Page 1


Editorial 08 de março foi comemorado o Dia Internacional da Mulher, e a data foi marcada por lutas de igualdade de gênero e valorização da mulher, e nós da Revista Cadê o SíndiCarla Brayner

co, queremos reforçar a importância de termos mulheres

Editora

assumindo cargos, seja como síndica, administradora ou funcionária do condomínio. O que não apoiamos é o preconceito por simplesmente ser mulher. Utilizamos na nossa capa para ilustrar o texto sobre mediação de conflitos, a imagem de uma mulher, representando as questões do dia 08 de março. No texto, a advogada Lessiene Sardinha explica a melhor forma de utilizar a Mediação de Conflitos e evitar levar a situação para a justiça. Também vamos falar sobre a nova moda em Salvador, os famosos food trucks, que levam lazer e alegria para os condomínios nos finais de semana. O Corpo de Bom-

Edição

beiros nos explicou sobre o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que atesta que a edificação atende aos requisitos mínimos de segurança contra

Março/Abril 2017

#62

incêndio e pânico. Entenda também o reembolso do ICMS na conta de energia. Em dezembro de 2016 aconteceu mais uma edição da Assembleia Show Cadê o Síndico e novamente tivemos a oportunidade de compartilhar conhecimentos importantes, que fazem parte da rotina do síndico e daqueles que estão presentes em um condomínio. Aproveitamos a oportunidade para pedir desculpas ao nosso público por realizarmos o evento com um certo atraso, devido a algumas situações inesperadas. Esperamos vocês novamente, nas edições deste ano. Boa leitura!

Expediente Gerência Executiva

Editora Responsável e textos

Cadê o Síndico é uma revista de publicação bimestral da Editora União

Antônio Castro

Carla Brayner (DRT 3843-BA)

Salvador Ltda.

Gerência Comercial

Projeto Gráfico

Lucas Castro

MyBranderia

Comercial

Editoração

Gardênia Burgos

Adrien Tournillon

Periodicidade - Bimestral Tiragem - 8.000 exemplares (24.000 leitores em média) Rua Francisco Gonçalves, 1, Edf. Reitor Miguel Calmom - sala 303 CEP: 40015-090 Comércio - Salvador/BA

Vera Lucia Barbosa Marketing

Colaboradores

Tel.: (71) 3242-1084 / 3491-0710

Rafael Castro

Nelson Uzeda

revista@cadeosindico.com.br

Cadê o Síndico • 5


Colunas Dúvidas Jurídicas

Direito condominial

Drª Kátia Gerlin

Condomínio não pode utilizar

Comarella responde

medidas não pecuniárias para

Kátia Gerlin Comarella Advogada

punir condômino devedor

10

Ionara Ribeiro Advogada

Pergunte ao Especialista

Possibilidade de locação dos

O condomínio é responsável

espaços físicos

por furtos em áreas comuns? Lessiene Sardinha Advogada

Direito Imobiliário

14

Marcela Queiroz Advogada

Auditoria Contábil

Elevadores

Agora é a vez da auditoria

Porque modernizar

condominial!

melhora a segurança?

Michele Lordêlo Contadora

20

18

Adriana Novaes Advogada

24

26

TELEFONES DE EMERGÊNCIA E SERVIÇOS PÚBLICOS Polícia Militar 190 Bombeiros 193 Polícia Civil 197 Polícia Rodoviária Federal 191 Polícia Rodoviária Estadual 198 Defesa Civil 199 Samu 192 Detran 154 Ibama 152

Procon 151 Água e Esgoto 115 Energia Elétrica 116 Gás Encanado 117 Anac 162 ANTT 166 Aneel 167 Anatel 1331 Banco Central 145

SUS 136 Secretaria de Saúde 160 Guarda Municipal 153 Previdência 135 Disque Eleitor 148 Defensoria Pública 129 Ministério Público 127 Receita Federal 146 Delegacias do Trabalho 158

ANÚNCIO

6 • Cadê o Síndico

Centro de Valorização da Vida Prevenção às Drogas Conselho Tutelar Direitos Humanos Delegacia da Mulher Disque Racismo Vigilância Sanitária Disque Prefeitura Tribunal de Justiça

141 132 125 100 180 138 150 156 159


Sumário 19

9

Perfil Paulo Vilas Boas, diretor e sócio fundador da Ystilus

12

EVENTO

13

ECONOMIA

17

TECNOLOGIA

Quinta edição da Assembleia Show

Reembolso na conta de luz

E-commerce de material de construção da Axé Madeireira

19

ECONOMIA

25

LEGISLAÇÃO

Food Truck em condomínios

Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros

28 Classificados Capa #22

Mediação como solução de Conflitos Qual a melhor forma de utilizar o método?

Cadê o Síndico • 7


Valores de Referência 01

Contribuição do INSS Tabela a ser aplicada para recolhimento

04

a partir de 01.01.2011.

Registro de Condomínio Passos necessários na regularização do condomínio

Salário de

Alíquota para fins de

1. Registro do condomínio no cartório de imóveis, junta-

Contribuição

recolhimento do INSS

mente com a convenção. 2. Elaboração da convenção, com assinatura de proprietá-

Até R$ 1.556,94.............................................................................. 8%

rios de no mínimo 2/3 das frações ideais do condomínio.

De R$ 1.556,95 até R$ 2.594,92.............................................. 9%

3. Inscrição das escrituras definitivas das unidades no

De R$ 2.594,93 até R$ 5.189,82............................................. 11%

Cartório de Registro de Imóveis.

Teto máximo, contribuição....................................R$ 570,88

4. Expedição do habite-se (pela construtora/incorporadora).

Pagamento até o dia 20 do mês subsequente ao de compe-

5. Solicitar o desmembramento do IPTU por unidade.

tência. Não havendo expediente bancário antecipa para o

6. Convocação da primeira assembleia para eleição de

1º dia útil anterior.

síndico e conselho consultivo.

02

GRPS (INSS)

7. Inscrição do condomínio no CNPJ, que torna automática a inscrição no INSS (esta é necessária para o condo-

Guia de Recolhimento

mínio ser empregador).

para Previdência Social

OBS: CNPJ: É o cadastro de pessoa jurídica. O condomínio precisa desse registro porque, apesar de não pagar im-

20% sobre a folha, como parcela do condomínio.

posto de renda (associação sem fins lucrativos), vai reter

2% sobre a folha, como contribuição de acidente de

imposto de renda dos funcionários na fonte.

trabalho. 4,5% sobre a folha, como contribuição de terceiros (SESC, SENAI, etc...) Salário Família:

05

Piso Salarial Válido até (31/12/2016) Data base: Janeiro de cada ano.

Até R$ 806,80.................................................................... R$ 41,37 De R$ 806,81 a R$ 1.212,64.......................................... R$ 29,16

03

Obrigações

• Supervisor.................................................................R$ 1.076,97 • Assistente administrativo......................................R$ 1.028,84 • Zelador, porteiro ou agente de portaria, piscineiro, jardi­ neiro, folguista, vigia, ascensorista.....................R$ 1.010,79 • Garagista, faxineiro, manobrista, mensageiro, auxiliar de serviços gerais, demais trabalhadores em serviços

Admissão/Demissão (CAGED) – Comunicar ao Ministé-

gerais................................................................................R$ 948,21

rio do Trabalho até o dia 05 do mês subsequente. Recolhimento do INSS até o dia 20 do mês subsequente.

Adicional Noturno: ............................................................. 2 5%

Recolhimento do FGTS, 8% sobre a folha de pagamento, até o 5º dia útil do mês subsequente.

VALE ALIMENTAÇÃO:

Recolhimento do Pis, 1% sobre a folha de pagamento, até

Cond. Residencial.......................................................... R$ 242,00

o dia 24 do mês subsequente.

Cond. Comercial.............................................................R$ 253,00

Recolhimento do ISS, (Sobre serviços prestados) pagamento no dia 5 do mês subsequente.

8 • Cadê o Síndico

OBS: Valores para 2017 ainda não homologados


Perfil

Seguindo normas PAULO ROBERTO VILAS BOAS FAZ DE TUDO PARA SEGUIR A CONVENÇÃO E REGIMENTO INTERNO

Paulo Vilas Boas, experiência e perfeccionismo

com regras e resistências aos seus limites. “É no local que Por: CARLA BRAYNER

residem que aprendem a respeitar os espaços e os direitos dos outros, como numa escola”, disse Paulo. Do tipo perfeccionista, ele tem a Ystilus como aliada para

“Condomínio é uma grande escola”. É assim que Paulo Ro-

superar as situações cotidianas e conseguir deixar tudo

berto Vilas Boas administra condomínios há mais de 15 anos,

em ordem. “O maior desafio é lidar com pessoas que não

em Salvador. Diretor e sócio fundador da Ystilus – Assesso-

têm o hábito de viver em comunidade e respeitar o direito

ria e Serviços em Condomínios, Paulo é síndico profissional

dos outros. Tenho procurado, na medida do possível, ouvir

de grande parte dos condomínios que administra.

mais e colher opiniões, aplicando, sem abrir precedentes,

Há dezesseis anos, trabalhava em uma empresa de admi-

o que determina a convenção e o regimento interno do

nistração de condomínios e percebeu, que, principalmente

condomínio”, concluiu Paulo.

nos condomínios empresariais, era complicado encontrar

Durante esses longos anos como síndico, foram muitas as

condôminos interessados em se candidatar à síndico. “Eles

ações, porém, ao se deparar com problema financeiro em

tinham que se ocupar dos seus próprios negócios. Com isso,

um condomínio, não hesitou em tomar ações administrati-

decidi criar a Ystilus, com foco em administração em con-

vas urgentes e impactantes. “Modificamos todo o sistema

domínios, que assumisse todas as demandas, deixando os

de controle de acesso, dispensando os porteiros contra-

síndicos livres para desfrutar das suas moradias, em condo-

tados, e implantamos um sistema totalmente eletrônico/

mínios residenciais, ou dos seus negócios, em condomínios

digital. Com isso, foi recuperada a estabilidade financeira,

comerciais. E deu certo, pois quando surgiu a profissão de

e o condomínio permaneceu por três anos seguidos, sem

síndico profissional, eu já tinha adquirido a expertise neces-

reajuste da taxa condominial”, informou Paulo.

sária, há mais de dez anos de profissão”, contou Paulo. Para ele, o condomínio é o local em que a maioria das pessoas, sobretudo as crianças, tem contato pela primeira vez

“O MAIOR DESAFIO É LIDAR COM PESSOAS”

Cadê o Síndico • 9


Dúvidas Jurídicas

Dra. Kátia Gerlin Comarella Kátia Gerlin Comarella

responde

Advogada

1. Com relação ao afastamento ou renúncia de um

consiste numa forma de estimular o devedor a efetuar o pa-

membro dos conselhos (fiscal, consultivo, de obras,

gamento da dívida com antecedência, de modo a disponi-

etc.) é preciso informar por escrito ou apenas de for-

bilizar o valor devido ao credor o quanto antes. Entretanto,

ma verbal? Esse aviso é apenas para o síndico ou para

condôminos inadimplentes argumentam que o desconto

condomínio em geral?

é uma forma de elevar o valor da multa moratória de 2%

A lei não trata acerca deste caso em especial. Entretanto,

(dois por cento) ora previsto no art. 1336 do Código Civil,

a convenção pode livremente dispor a esse respeito, esti-

de forma disfarçada. Por isto, orienta-se que o condomínio

pulando regra para que, em caso de afastamento, o conse-

antes de proceder com os descontos, procurem advogados

lheiro informe ao síndico sua renúncia ao cargo, e o síndico

especialistas para orientação mais detalhada, e, é impor-

devidamente informado, convoque assembleia extraordi-

tante que esta prática esteja deliberada em assembleia.

nária para a escolha de novo integrante para o conselho. 3. Se por um acaso o síndico for destituído, falecer 2. É legal o desconto para pagamento do condomínio

ou abandonar o cargo, automaticamente o subsín-

antecipado?

dico tem a obrigação de assumir o cargo e finalizar

Então, vários são os entendimentos acerca desta prática.

o mandato?

O chamado “desconto ou abono de pontualidade” como é

Não. Em nenhuma das leis que regem a organização e

conhecido o desconto concedido pelos condomínios aos

administração de condomínios tratam expressamente

moradores que pagam a taxa de condomínio antes da data

desta obrigação, até mesmo porque, a função de subsín-

de vencimento, não possui previsão legal que proíba ou

dico é opcional conforme as próprias leis. Por sua vez, é

permita esta prática.

possível que a convenção do condomínio estabeleça tal

Por outro lado, os tribunais brasileiros estaduais e turmas

hipótese, trazendo a possibilidade do subsíndico assu-

do STJ, entendem pela possibilidade de concessão de des-

mir até o restante do mandato do antigo síndico. Caso

contos pelos condomínios. Conforme orientação do STJ,

a convenção não trate deste assunto é necessário nova

o desconto concedido em caso de pagamento antecipado

eleição de síndico.

10 • Cadê o Síndico


Cadê o Síndico • 11


Evento

Marcelo Gomes do Crea, palestrante

Waldney Oliveira palestrante

Aldo Mattos, palestrante

Assembleia Show

QUINTA EDIÇÃO ATESTA INTERESSE POR CAPACITAÇÃO Por: RAFAEL CASTRO

No dia 17 de dezembro de 2016 aconteceu a 5º edição da Assembleia Show Cadê o Síndico no Wall Street Empresarial, e novamente tivemos a oportunidade de compartilhar conhecimentos importantes, que fazem parte da rotina do síndico e daqueles que estão presentes em um condomínio. Primeiramente, pedimos desculpas ao nosso público e aos parceiros, por realizarmos a edição com um certo atraso, devido algumas situações inesperadas.

Programa Cadê o Síndico, com debatedores e os palestrantes

Nessa segunda edição do ano, abordamos sobre Medição de água individualizada, e também da importância da par-

interagindo e participando das palestras realizadas.

ceria síndico e CREA-Ba. Finalizamos falando sobre pla-

Portanto, mais uma vez agradecemos à todos os nossos

nejamento e controle de obras e a Norma 16.280 da ABNT.

colaboradores, por toda dedicação e empenho em mais

E apesar da época de final de ano, ficamos muitos felizes

um evento de sucesso. Agradecemos também pelo apoio

com o comparecimento do público, que esteve presente

e confiança depositada pelos nossos anunciantes e parceiros, que são um dos grandes responsáveis por possibilitar a realização desse trabalho. Nos encontramos em breve na próxima edição.

Empresas patrocinadoras do evento Doalto Elevadores, Brasilgas, Crea-Ba, Eleve Elevadores, Expel Elevadores, AC condominial, Amplavisão Cia Técnica, CbbsCard, Clube da Seguradora, Consulserv, Manancial, Maria Brasileira, MyCond, Porter, Proseg, Sindseg, Tecmetra, Vip House, Vip Piscina. e Restaurante Yemanjá. Ricardo Vasconcelos, Antônio Castro e Rafael Castro

12 • Cadê o Síndico


Reembolso na conta de energia

Economia

ICMS COBRADO NAS CONTAS DE LUZ PODERÁ SER DEVOLVIDO Por: CARLA BRAYNER

relativamente altos. “Essa economia nas contas em razão da exclusão da incidência do imposto com certeza irá trazer um grande benefício aos condomínios, principalmen-

Consumidores de todo o país podem acionar a Justiça

te com o recebimento dos valores pagos referentes aos

para reaver os valores pagos nas faturas de energia elétri-

últimos anos”, ressalta Carlos.

ca dos últimos cinco anos. Os condomínios podem buscar

O Supremo Tribunal de Justiça consolidou o entendimen-

a redução do valor atualmente pago na conta de energia

to de que esses encargos não devem fazer parte da base de

elétrica que pode gerar uma economia superior a 20% da

cálculo do ICMS e o contribuinte poderá ajuizar ação judicial

tarifa de energia.

diretamente contra o Estado arrecadador para obter a dimi-

Na conta de energia elétrica paga mensalmente são co-

nuição dos valores nas contas futuras e, eventualmente, nos

brados pelas operadoras, além do custo do fornecimento

valores pagos de forma majorada no passado.

de energia, os tributos devidos (ICMS, PIS, Cofins e Cosip)

“Vários tribunais estão seguindo o entendimento do STJ,

como também demais encargos do sistema de distribui-

a fim de determinar que se exclua da base de cálculo do

ção de energia. “É importante notar que o valor do ICMS

ICMS os encargos da fatura de energia elétrica, tendo

discriminado na fatura de energia elétrica, na maior parte

judiciário baiano se posicionado a favor da não incidên-

das vezes, é calculado sobre valores que não correspon-

cia em diversos processos do nosso escritório”, declarou

dem unicamente ao fornecimento de energia, abrangendo

Carlos Silveira.

indevidamente encargos de distribuição e de transmissão do sistema de energia.

rior ao que deveria ser cobrado”, informou o advogado Car-

“ESSA ECONOMIA NAS CONTAS EM RAZÃO DA EXCLUSÃO DA INCIDÊNCIA DO IMPOSTO COM CERTEZA IRÁ TRAZER UM GRANDE BENEFÍCIO AOS CONDOMÍNIOS”

los Silveira, do escritório Silveira e Abreu Advocacia.

Carlos Silveira

Os condomínios possuem contas de energia com valores

Advogado

“É comum, os Estados exigirem das distribuidoras de energia o valor do ICMS calculado sobre esses encargos de distribuição e de transmissão, denominados como TUSD, TUST e EUSD. Em consequência, as empresas de distribuição repassam aos consumidores o valor do ICMS em valor supe-

Cadê o Síndico • 13


Pergunte ao Especialista

O condomínio é responsável por furtos ocorridos em

Lessiene Sardinha Advogada

áreas comuns?

A responsabilidade civil é um dos temas atualmente de-

lação condominial é completamente omissa acerca do tema.

batido com indiscutível relevância prática e teórica no

No intuito de pôr fim ao dilema, o Superior Tribunal de

direito moderno. Alguns dos seus princípios encontram-

Justiça (STJ) ao julgar o Recurso Especial nº. 268.669-SP,

se inseridos na Constituição Federal de 1988, e, portanto,

por unanimidade, confirmou a seguinte assertiva: “O con-

receberam o status de normas constitucionais. As discus-

domínio só responde por furtos ocorridos nas suas áreas

sões travadas acerca do tema passaram a fazer parte do

comuns se isso estiver expressamente previsto na respec-

cotidiano dos tribunais e dos doutrinadores.

tiva convenção”. Logo, o condomínio somente responderá

O art. 186 do Código Civil brasileiro, dispõe que: “Aquele

civilmente por atos ilícitos ocorridos em suas áreas co-

que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou im-

muns se tiver assumido expressamente na convenção o

prudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda

dever de vigilância e fiscalização.

que exclusivamente moral, comete ato ilícito”.

Para aquecer mais os debates, o ministro Barros Monteiro

Contudo, para haja o dever de indenizar, é necessário

retificou seu voto, esclarecendo que “(...) O simples fato de

que subsistam três pressupostos: dano, conduta culpo-

haver o dever de vigilância e fiscalização não significa que

sa do agente e nexo de causalidade entre um e outro.

o condomínio, automaticamente, esteja responsabilizan-

Cumpre esclarecer que caso se comprove ter sido o

do-se por todos os danos que ocorrerem no prédio”. Nou-

dano provocado por agente externo ou decorrente de

tras palavras, “o fato de o veículo encontrar-se estaciona-

culpa exclusiva da vítima o dever de indenizar não res-

do na garagem não significa, por si só, que o condomínio

tará configurado.

deva arcar com os danos havidos”.

No âmbito do condomínio, dentre outras celeumas, um

Ao que parece ainda há certa divergência entre os posi-

tema recorrente no meio jurídico e administrativo é a con-

cionamentos em relação a responsabilidade civil do con-

trovérsia entre a responsabilidade civil do condomínio em

domínio pelos furtos em áreas comuns e, consequente-

casos de furtos na área comum. Insta salientar que a legis-

mente, o dever de indenizar.

14 • Cadê o Síndico


Consultoria especializada em elevadores

Informe Publicitário fico neste segmento, por este motivo, geralmente ficam limitados às informações que lhe são passadas pelas fornecedoras desses serviços, o ideal é contar com o suporte de especialistas, e dessa forma garantir a solução dos

“NOSSA MISSÃO: INOVAÇÃO AOS CONCEITOS DE QUALIDADE, SEGURANÇA E RESPEITO AOS CLIENTES E USUÁRIOS, BUSCANDO SEMPRE A EXCELÊNCIA EM NOSSOS SERVIÇOS.”

problemas a custo adequado, sem prejuízo da segurança

Fernando Azevedo

entre o condomínio e a empresa de conservação/manuten-

Engenheiro – Eletrotécnico

ção, promovendo a resolução de forma segura.

e qualidade desejada. A INOVA CONSULTORIA consegue chegar à raiz dos problemas com imparcialidade através de inspeções e laudos técnicos registrados junto ao CREA, possibilitando um elo

Em alguns estados brasileiros (Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, etc.) existem leis, onde se torna obrigatória uma A consultoria em elevadores tem como finalidade, garantir

inspeção anual de segurança e qualidade nos transportes

a segurança dos usuários, auxiliar os gestores condomi-

verticais. Essas inspeções não podem ser executadas por

niais, aumentar a vida útil dos equipamentos, reduzir cus-

empresas fabricantes ou de conservação/manutenção,

tos e elevar a qualidade das manutenções aplicadas.

para garantir a idoneidade das informações. Em Salvador,

Realizada nos principais países do mundo a mais de 45

onde já se tem uma mão de obra fragilizada, essa lei tam-

anos, a consultoria especializada em Elevadores é aplicada

bém existe “Lei 6.978, de janeiro de 2006”, porém, ainda

no Brasil há pouco mais de 15 anos.

não vem sendo cobrada. Se já existem leis para que as ins-

É comum que síndicos, administradores ou gestores, se

peções de segurança e qualidade aconteçam anualmente,

sintam vulneráveis ao se deparar com problemas intermi-

por que não garantir que seus familiares/usuários este-

tentes nos elevadores e orçamentos astronômicos.

jam usando um transporte seguro diariamente? (veja em:

Quem nunca se indignou por ter o elevador paralisado por

www.cadeosindico.com.br/noticia.aspx?id=NTMz).

dias, ou até mesmo por meses sem saber o real motivo?

Uma consultoria imparcial dará um suporte importante na

Esta modalidade de consultoria tem contribuído muito

administração do condomínio, afinal, nada melhor do que

na gestão condominial, refletindo na melhoria imediata

pessoas que entendem do segmento para proporcionar

da segurança, funcionamento, confiabilidade e valoriza-

confiabilidade e evitar possíveis transtornos aos condômi-

ção do patrimônio.

nos e usuários. O acesso ao real estado de conservação e

A INOVA CONSULTORIA é pioneira neste segmento espe-

principalmente da segurança, são restritos e em alguns ca-

cializado em elevadores no estado da Bahia, através dos

sos os condôminos acabam elevando seus custos pagando

seus engenheiros e técnicos experientes, habilitados junto

por peças e serviços provenientes de detalhes técnicos.

ao CREA-BA, atua com imparcialidade, assessora os gestores condominiais apresentando diagnósticos precisos

Trocar de empresa será a melhor solução?

sobre o real estado de segurança e conservação dos equi-

Comecem a pensar nesta questão, fica a dica!

pamentos e especifica as interversões necessárias, usando

Nossos clientes estão muito satisfeitos e disponibilizaram

como base as NORMAS MERCOSUR DE SEGURANÇA.

seus contatos como referência, é só solicitar!

Direcionada exclusivamente a prestar consultoria condominial especializada em elevadores, a INOVA CONSULTORIA não executa serviços de manutenção e tem como objetivo a assessoria técnica e comercial nas decisões relacionadas a reparos, manutenções, modernizações, reformas, aquisições ou recebimento de novos equipamentos.

e-mail: inovaconsultoria@inovaconsultoria.eng.br

Percebemos que os gestores condominiais, em sua maio-

Site: www.inovaconsultoria.eng.br

ria, não detêm conhecimento técnico/comercial especi-

Tel.: (71) 3165-5809 / 3351-1964 / 98891-7136 / 98727-5397 Cadê o Síndico • 15


16 • Cadê o Síndico


Informe Publicitário

O e-commerce de material de construção mais completo de Salvador Não é de hoje que os brasileiros

das, voltado para o segmento da

amam comprar pela internet, com

construção e reforma, com a pro-

os seus smartphones, tablets e

posta de levar aos consumidores

computadores, em virtude da pra-

baianos produtos de qualidade e

ticidade que os sites de e-commer-

com o preço justo. O site é bastante

ce disponibilizam na hora de com-

simples e intuitivo, com apenas al-

prar o produto desejado. Outros

guns cliques qualquer pessoa con-

fatores que facilitam na decisão

segue escolher e comprar o produ-

dos brasileiros na hora de adqui-

to desejado.

ri um produto são: o aumento das

Um dos grandes diferenciais do

vendas de smartphones e tablets,

site é o prazo de entrega, que atu-

melhoria na qualidade da internet

almente é de 48 horas, um marco

móvel, o aumento da segurança

inovador para o segmento. Quem

dos consumidores no momento da

agradece são os consumidores

realização da compra e a rapidez na entrega.

tanto físicos quanto jurídicos que buscam um aten-

A Axé Madeireira e Material de Construção sediada em

dimento de qualidade e com rapidez.

Salvador vem despontando no mercado com o seu e-

Para validar essa informação entramos em contato com

commerce, oferecendo inúmeros produtos. Vale ressal-

uma cliente que utilizou o serviço da Axé Madeireira e

tar que a empresa já tem 15 anos no mercado e nasceu

solicitamos que nos envia-se uma avaliação do e-com-

com o objetivo de vender apenas madeira, mas com o su-

merce. Ela relatou: “Comprei os materiais para a obra do

cesso devido à ótima aceitação do público passou a ven-

meu apartamento no dia (15/02), realizei o cadastro, es-

der outros produtos do segmento de material de cons-

colhi os produtos e finalizei as compras! Até então tudo

trução, das maiores marcas do país, como: a Tramontina,

normal. Na quinta, dia (16/02) recebi uma ligação da em-

Coral, Soprano, Iquine, FortLev, Vonder, Eternit, Vedacit

presa, me perguntaram se eu tinha recebido os produtos

e outros; a lista não para de crescer, atualmente a empre-

e se eu fui bem atendida pelo entregador. Informei que

sa possui mais de 100 fornecedores e parceiros.

recebi todos os produtos e o atendimento foi excelente!”,

Em 2017 a Axé Madeireira implantou o seu site de ven-

afirmou a moradora do Horto Florestal.

Cadê o Síndico • 17


Auditoria Contábil

Michele Lordêlo

Agora é a vez da auditoria condominial!

Contadora

As temáticas relacionadas à auditoria condominial vêm

condomínio; vejamos um exemplo de um empreendi-

alcançando uma grande maturidade no mercado baiano

mento com dez anos de constituição, que nunca foi au-

e no momento de crise financeira em que contratos estão

ditado, com falta de pagamentos de FGTS e INSS dos co-

sendo revistos, as finanças e a eficiência na arrecadação

laboradores registrados, sendo mais grave ainda o fato

são temas discutidos constantemente, percebemos que há uma convergência para que os recursos

deste condomínio, ter se apropriado indevidamente do INSS (ou seja descontou do colaborador e não pa-

sejam melhores aplicados e sobretudo geridos

gou ao órgão competente).

pelo síndico morador, síndico profissional e ad-

Um caso como esse, que gerou ao condomínio uma

ministradora, tornando mais acessível a inclusão

multa de mais de R$ 200.000,00 e infelizmente, é

deste tema nas assembleias para aprovação dos serviços de auditoria. Realizamos um levantamento que identificou que a maioria dos empreendimentos do nosso Estado

recorrente em nossas auditorias. Com toda certeza, nesse contexto, se fosse cobrada uma auditoria, o investimento para o condomínio seria bem menor. Atualmente, tratar a auditoria

não possui auditoria preventiva

como um serviço desnecessá-

mensal, mas realizam pelo me-

rio não condiz com uma gestão

nos uma auditoria a cada dois anos, por verificarem que é mais viável para o condomínio possuir um relatório de uma empresa especializa-

de excelência. Mobilize-se e reúna os condôminos interessados em mudar a forma como seu condomínio é gerido! Contem comigo através do Mutirão de Audi-

da, que valide e que acompanhe a gestão do síndico.

toria- Fase III, para aprovar esse serviço o quanto antes;

Quando há uma má gestão e não existe uma preocu-

agendem um atendimento personalizado, apresentando

pação com a prestação de contas, isso pode gerar con-

as pastas do seu condomínio para análise. Aguardo vosso

sequências graves e muitas vezes irreversíveis para o

contato! m_lordelo@yahoo.com.br.

18 • Cadê o Síndico


Economia

Food Truck em condomínios PRATICIDADE E SEGURANÇA NA PORTA DE CASA

moradora do Le Parc Residential Resort. O concierge do Le Parc Residential Resort, Gil Lopes, contou que em 2016 aconteceram três eventos com food trucks no condomínio e neste ano já ocorreu um. “O Le Parc é um condomínio clube e tem em seu conceito elementos de um resort, portanto nossa missão é garantir a todos uma experiência única, com uma morada de excelência, integrando pessoas, com foco no bem-estar.

Por: CARLA BRAYNER

Com isso, a possibilidade de frequentar uma praça de food truck no conforto do seu lar, oferece comodidade aos condôminos, bem como fomenta a integração entre

Os Food Trucks invadiram as ruas de Salvador. Um novo

os moradores, ação essa que reforça o conceito do con-

movimento urbano, que se espalhou no Brasil, mas origi-

domínio, que está ligado ao bem-estar, segurança e con-

nalmente foi criado nos Estados Unidos,

vivência harmoniosa”, fala Gil Lopes.

leva kombis, trailers e bicicletas (bike

Neste contexto de levar conforto e

trucks), devidamente adaptados para

praticidade para as famílias que op-

feiras, praças e condomínios da capital.

tam em morar em locais com mais

Com a rotina turbulenta dos grandes

itens de lazer, a Perini criou o Perini

centros urbanos, cada vez mais as

Truck para levar os clássicos sor-

famílias optam por empreendimen-

vetes, doces e salgados, incluindo a

tos com opções de lazer para todos os

tradicional coxinha de catupiry, aos

membros da família. “O que garante

condomínios de Salvador. “Temos fre-

segurança e comodidade, já que não

quentemente o food truck da Perini

precisam gastar tempo com locomoção

estacionado aqui no condomínio, e

ou sair de dentro da sua moradia para desfrutar de facili-

eu adoro, pois posso trazer minha família para fazer um

dades, como padarias móveis, professores de natação e de

lanche na tarde de sábado em um local seguro. O me-

idiomas, massagistas, esteticistas, cuidadores de animais

lhor é não precisar tirar o carro da garagem, descemos

de estimação e faxineiras”, disse a síndica Edna Nunes.

o elevador e curtimos juntos”, conta Talita Alonso Ribeiro

Também é possível encontrar condomínios que ofere-

moradora do Vilaggio Panambi.

cem opções de feiras livres no espaço do estacionamento. “Já tivemos food trucks aqui no Le Parc e foi maravi-

e fácil. Muito bom poder morar em um lugar em que não

“JÁ TIVEMOS FOOD TRUCKS AQUI NO LE PARC E FOI MARAVILHOSO.”

precisamos sair para buscar lazer. As crianças adoram

Juliana Biazin

e esperamos repetir em breve”, comenta Juliana Biazin,

Moradora do Le Parc Residential Resort

lhoso. Diversos tipos de comida, e de uma forma prática

Cadê o Síndico • 19


Direito condominial

Ionara Ribeiro

Condomínio não pode utilizar medidas não pecuniárias para punir condômino devedor

Advogada

Em recente decisão, o STJ consolidou sua jurisprudên-

dores perante o meio social em que residem – foge dos

cia no sentido de que o Condomínio não pode ignorar os

ditames do princípio da dignidade humana.

meios expressamente previstos em lei para cobrança de

Esse posicionamento foi adotado pela Terceira Turma, em

dívida condominial.

agosto de 2016, ao julgar recurso especial de Condomínio

A suprema corte considera que o Código Civil é taxativo

residencial que teria impedido moradora e familiares de

quando estabelece sanções pecuniárias para o caso de

frequentar o clube do condomínio, com base em previsão

inadimplemento de despesas condominiais.

regimental (REsp 1.564.030).

De acordo com o novo CPC, as cotas condominiais pos-

Para os ministros, o direito do condômino ao uso das par-

suem natureza de título extrajudicial (artigo 784, inciso X),

tes comuns não decorre da situação de adimplência das

tornando a satisfação do débito ainda mais rápida.

cotas condominiais, mas, sim, do fato de que, por lei, a

Imperioso salientar que a contribuição para as despesas

unidade imobiliária abrange a correspondente fração ide-

do condomínio edilício constitui obrigação de natureza

al de todas as partes comuns.

“propter rem”, o que possibilita a penhora da própria uni-

Por essa razão, “a sanção que obsta o condômino em

dade autônoma para que seja satisfeito o débito.

mora de ter acesso a uma área comum (seja qual for a

Outra hipótese prevista no CC é a possibilidade de o condo-

sua destinação), por si só, desnatura o próprio instituto

mínio, por meio da aprovação de três quartos dos morado-

do condomínio, limitando, indevidamente, o correlato di-

res, impor outras penalidades pecuniárias, como multas, de

reito de propriedade”.

forma proporcional à gravidade e à repetição da conduta.

Dessa forma, o Superior Tribunal de Justiça entendeu que

Para o STJ, a proibição de acesso e de utilização de qual-

as sanções devem ser exercidas “nos limites do direito

quer área comum pelo condômino e seus familiares – seja

fundamental à moradia, do direito de propriedade e sua

de uso essencial, social ou de lazer, com o único e ilegítimo

função social e outros, todos enfeixados no princípio-mor

propósito de expor ostensivamente a condição de deve-

da dignidade da pessoa humana”.

20 • Cadê o Síndico


Cadê o Síndico • 21


Capa

Mediação como solução de Conflitos QUAL A MELHOR FORMA DE UTILIZAR O MÉTODO? Por: CARLA BRAYNER

“Art. 3o Pode ser objeto de mediação o conflito que verse sobre direitos disponíveis ou sobre direitos indisponíveis que admitam transação. “O principal papel do mediador

É muito comum o conflito entre moradores nos condo-

é promover o encontro das partes envolvidas no conflito,

mínios. As reclamações são corriqueiras e versam sobre

sem, no entanto, interferir de forma direta no problema,

os mais diversos assuntos, seja por causa do barulho no

ou seja, o mediador deve estabelecer a comunicação e es-

andar superior ou animais de estimação, tudo passa a ser

timular o diálogo”, esclarece Lessiene.

motivo para uma celeuma.

O síndico, o advogado ou a administradora que atuam no

As limitações impostas por regras, previstas em regi-

condomínio podem ser mediadores entre condôminos

mentos internos, convenções e decisões deliberadas em

para evitar a necessidade de acionar o Poder Judiciário

assembleias, fazem com que as pessoas tenham tole-

ou que aplique corretamente a advertência ou multa. Para

rância. “Entendo que condomínio é uma grande escola.

o síndico profissional Paulo Vilas Boas, a administração

É nele que a maioria das pessoas, sobretudo as crianças,

do condomínio, ou o síndico, não devem participar da

têm contato pela primeira vez com regras e resistências

mediação direta dos conflitos entre condôminos. “A não

aos seus limites, aprendendo a respeitar os espaços e os

ser que esse conflito venha a interferir no bem-estar de

direitos dos outros”, afirma Paulo Vilas Boas, síndico pro-

outros condôminos, ou que seja causa de descumprimen-

fissional há mais de 15 anos e diretor e sócio-fundador da

to da convenção ou regimento do condomínio. Sugerimos

Ystilus Assessoria e Serviços em Condomínios.

sempre o diálogo e o entendimento civilizado, não sendo

Um método para solução de conflitos no âmbito condomi-

possível o entendimento nesses moldes, que procurem

nial que vem ganhando espaço, é a mediação. “A media-

orientação jurídica”, explica Paulo.

ção é um processo voluntário que oferece àqueles que es-

Além de ajudar na resolução de problemas individuali-

tão vivenciando um conflito a escolha de um terceiro, sem

zados (entre vizinhos ou entre síndicos e condôminos),

poder decisório, neutro e imparcial, de forma a prestar

o mediador pode ser convocado para contribuir em reu-

assistência na obtenção de acordos juntamente com os

niões de condomínio em que são tomadas decisões cole-

envolvidos. Esse procedimento favorece principalmente

tivas. “O uso do mediador não tem garantia de sucesso,

por preservar as relações e a satisfação dos interesses

e o conflito pode ser levado para a justiça. Contudo, o

das partes envolvidas”, explica Lessiene Sardinha.

procedimento é considerado vantajoso uma vez que se as

Nos termos do art. 3º. da Lei 13.140 de 26 de junho de 2015

partes estiverem dispostas a ceder um pouco, o problema poderá ser resolvido naquele momento”, ressalta a advo-

“ENTENDO QUE CONDOMÍNIO É UMA GRANDE ESCOLA. É NELE QUE A MAIORIA DAS PESSOAS, SOBRETUDO AS CRIANÇAS, TÊM CONTATO PELA PRIMEIRA VEZ COM REGRAS ”

gada Lessiene Sardinha.

Paulo Vilas Boas

rante este juízo”, conta Lessiene.

Diretor e sócio-fundador da Ystilus

Para evitar que conflito tome o caminho da esfera judi-

22 • Cadê o Síndico

As administradoras também oferecem serviços de mediação dentro da assessoria ao síndico. Se o conflito não for resolvido e ocorrerem casos de ameaças ou agressões, o departamento jurídico da administradora deve ser chamado para orientar. “É comum que nesses casos as ações sejam propostas perante os Juizados Especiais, desde que cumpridas as exigências para demandar pe-


“O PRINCIPAL PAPEL DO MEDIADOR É PROMOVER O ENCONTRO DAS PARTES ENVOLVIDAS NO CONFLITO”

tes”, garante Lessiene Sardinha. A tolerância, o cumprimento das regras do condomínio, a convivência com pessoas diferentes, com ideias diferentes, são os instrumentos fundamentais para desenvolvimento das pessoas. “A principal causa de problemas

Lessiene Sardinha

administrativos nos condomínios são os precedentes

Advogada

concedidos, relacionados ao não cumprimento, ou a falta de respeito ao que foi convencionado ou regulamentado,

cial, o ideal é buscar escritórios capacitados e especiali-

mesmo que, naquele momento, aquela infração, pareça

zados em conflitos de condomínio. “Na maioria dos casos

não ter importância. A negligência na fiscalização e a au-

se consegue obter sucesso na resolução dos conflitos en-

sência de medidas coibentes efetivas aos citados descum-

tre os condôminos e entre condôminos e a administração.

primentos, se tornam motivacionais ao descumprimento

O que se espera é a conscientização das pessoas sobre

de outras regras que, em outras oportunidades podem vir

a importância de sua participação na discussão de seus

a ser fundamentais para a boa convivência. Além do diá-

próprios problemas, e que de certo modo, cheguem a

logo, o respeito às regras, e a aplicação das penalidades

redescobrir valores como a solidariedade e a humilda-

previstas na convenção do condomínio e no Código Civil

de. Assim, certamente o resultado será uma composição

Brasileiro, são ferramentas indispensáveis ao sucesso de

amigável, espontânea e satisfatória para ambas as par-

uma gestão condominial”, finaliza Paulo.

Cadê o Síndico • 23


Direito Imobiliário

Marcela Queiroz

Possibilidade de locação dos espaços físicos

Advogada

Ao versar a respeito da possibilidade de locação dos es-

mesmo não fazer nada com a receita, deixando-a em

paços físicos em condomínios edilícios, detém-se além da

uma conta para utilização em reformas e melhorias, ou

essencial previsão expressa de tal possibilidade na con-

o que melhor convier. A forma de utilização deve ser

venção e/ou no regimento interno, como nas formas de

aprovada em Assembleia.

tributação da quantia recebida, e uma vez que exista esta

Desta forma, cabe à administração do condomínio e à

possibilidade, de que forma esta receita, que constará nos

sindicância do condomínio, levar o tema à assembleia

informes do Imposto de Renda e se poderá ser concedida

tanto para a decisão de locação do espaço (que deverá

em desconto da taxa condominial ou se o condomínio de-

ser formalizada mediante contrato de locação), quan-

verá fazer o crédito do valor para cada condômino.

to para que seja decidida a destinação desta receita, e,

Inicialmente, vale à pena elucidar que a Receita Fede-

cabe a estes condôminos, ao acompanhar a vida condo-

ral, conforme normatização SRF Nº 2 DE 27.03.2007,

minial, após o condomínio receber este valor, que deve

que traz a regra de que se o condomínio auferiu renda

ser declarado por cada condômino em sua Declaração

com o aluguel desse espaço, todos os moradores au-

de Imposto de Renda Anual Pessoa Física, como rendi-

feriram-na de acordo com a sua fração ideal, apenas

mento de cada condômino, na proporção do quinhão

deve-se atentar ao fato de que esse valor só tem o ca-

que lhe for atribuído.

ráter de renda quando não for alugado pelos próprios

Destarte, quando o espaço for locado por terceiro, po-

condôminos, uma vez que neste caso de aluguel, o con-

de-se celebrar um contrato de locação e estabelecer

dômino não é considerado rendimento de aluguel. En-

entrada da receita, que deve ser oficializada, e, ao final

tende que mesmo se o valor do aluguel do espaço não

de cada ano, o condomínio enviará aos condôminos os

for vertido em espécie para os condôminos, se for, por

informes para o lançamento desses valores na declara-

exemplo, vertido ao fundo de caixa do condomínio, ou

ção de Imposto de Renda Pessoa Física de cada um em

convertido em desconto no valor da taxa condominial,

tempo de entrar na declaração para aquele período, que

mês a mês, ou crédito em favor de cada morador, ou até

é sempre no início do ano seguinte.

24 • Cadê o Síndico


Legislação

Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros DOCUMENTO ATESTA REQUESITOS MÍNIMOS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO O Auto de Vistoria do Corpo de Bom-

O AVCB não é obrigatório nos seguintes casos: • Residências exclusivamente unifamiliares. • Residências exclusivamente unifamiliares localizadas no pavimento superior de ocupação mista, com até dois pavimentos e que possuam acessos independentes. Ainda há um grande número de condomínios que carece

beiros – AVCB é o documento emiti-

de regularização quanto ao cumprimento das obriga-

do pelo Corpo de Bombeiros Militar

ções de prevenção e combate a incêndio. Isso aconte-

da Bahia (CBMBA) certificando que,

ce porque alguns síndicos têm dificuldades em acom-

durante a vistoria, a edificação pos-

panhar as medidas periódicas que devem tomar para

sui as condições de segurança contra

manter o edifício seguro e de acordo com a legislação.

incêndio previstas em legislação e tem

Algumas vezes até existe atenção aos equipamentos, mas

o prazo de validade de 12 meses. Esse do-

a falta de treinamento faz com que a segurança fique com-

cumento atesta que a edificação atende aos requisitos mí-

prometida nas situações de ocorrência de sinistros. Além

nimos de segurança contra incêndio e pânico. As condições

disso, a irregularidade coloca em risco não só a vida e o pa-

contidas no AVCB formam um conjunto de medidas estru-

trimônio dos condôminos, como pode levar à recusa de res-

turais, técnicas e organizacionais integradas para garantir

sarcimento por parte da seguradora em caso de incêndio.

à edificação um nível ótimo de proteção no segmento de se-

Todo empreendimento novo precisa passar por vistoria

gurança contra incêndios e pânico.

obrigatória e obter o AVCB. Checam-se todos os detalhes do sistema de prevenção e combate a incêndio – extintores,

O AVCB é obrigatório nos seguintes casos:

mangueiras, luzes de emergência, portas corta-fogo, sinali-

• Construção e na fabricação.

zação etc. Uma vez em ordem, o edifício recebe o documen-

• Reforma, quando compromete padrões de segurança.

to que deve ser renovado anualmente.

• Mudança de ocupação ou uso. • Ampliação da área construída. • Aumento da altura da edificação. • Promoção de eventos programados.

“PROCURE A UNIDADE DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR MAIS PRÓXIMA DE SEU CONDOMÍNIO, POIS MAIS EFICAZ QUE O COMBATE É A PREVENÇÃO”

Cadê o Síndico • 25


Elevadores

Adriana Novaes

Porque modernizar melhora a segurança?

Advogada

Pesquisas realizadas pelo mundo todo, por segmentos es­­­­­pecializados, apontam a necessidade de uma moder­ nização dos elevadores a cada 15 anos. Normalmente, o primeiro item que necessita de substitui­ção e que indica a idade do elevador é o seu painel de comando. Nesse caso, uma modernização técnica é realizada utilizando um painel de comando computado­rizado dotado de inversor de frequência que consegue reduzir em 40% o consumo de energia elétrica do elevador. A modernização de elevadores transforma equipamen-

Quadro de comando antigo e modernizado

tos antigos em modernos, mais bonitos, confortáveis, seguros e, principalmente, mais econômicos. É importante lem­brar que a manutenção de e­levadores consome

Os revestimentos antigos são substituídos por outros

cerca de 7% dos recursos de um condomínio e, cerca de

materiais, como aço inoxidável, fo­lheado de madeira,

6% do orçamento em energia elétrica. Portanto, vale à

laminado melamínico, espelho e granito no piso. O ele-

pena modernizar.

vador ganha teto e iluminação novos, novas botoeiras de

Com a modernização, o condomínio estará priorizan-

chamada, com indicadores digitais, dentro de uma con-

do a segurança das pessoas que utilizam os elevadores

cepção mais mo­derna e atualizada, proporcionan­do aos

diariamente. Além disso, os elevadores podem ser adap-

usuários viagens mais agradáveis e seguras.

tados para serem acessíveis para quem tem deficiência

No geral, elevadores antigos são bastante robustos e

visual, auditiva ou motora.

permitem modernizações e adaptações conforme a ne-

A modernização estética das cabines e dos botões de

cessidade ao longo do tempo de utilização. A redução

acionamento nos pavimentos agrega maior valorização

com os custos de manutenção e desgaste de elementos

ao patrimônio e visibilidade de alto nível ao condomínio.

mecânicos serão reduzidos sensivelmente.

26 • Cadê o Síndico


Cadê o Síndico • 27


Ao ligar, informe que viu o anúncio na revista Cadê o Síndico.

Classificados

Novo

Classificados Mais opções para você participar

Feira de Santana

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

SEGURO

SEGURO

28 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ELEVADORES

LAVAGEM DE CAIXA D’ÁGUA

CONTROLE DE PRAGAS

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 29


Ao ligar, informe que viu o anúncio na revista Cadê o Síndico.

Classificados

Novo

Classificados Mais opções para você participar

Itabuna e Ilhéus ELEVADORES

ELEVADORES

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO

30 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Ao ligar, informe que viu o anúncio na revista Cadê o Síndico.

Classificados

Novo

Classificados

Mais opções para você participar

Salvador

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

Veja anúncio na página 20 ADMINIST. E ASSESSORIA

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

FACEBOOK

Cadê o Síndico ADMINIST. E ASSESSORIA

Cadê o Síndico • Classificados • 31


Classificados ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINIST. E ASSESSORIA

Mais opções para você participar

ANUNCIE FACEBOOK

/cadeosindico 32 • Cadê o Síndico • Classificados

3242-1084

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados ADMINIST. E ASSESSORIA

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

Versão digital www. cadeosindico .com.br FACEBOOK

Cadê o Síndico ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ÁGUA ECONOMIA

ADMINISTRAÇÃO E ASSESSORIA

ÁGUA ECONOMIA

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 33


Classificados ÁGUA ECONOMIA

ÁGUA ECONOMIA

ÁGUA ECONOMIA

ANTENAS

Veja no título Segurança Eletrônica

Veja no título Filtro de Entrada ÁGUA-MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA

APLICATIVO - CONDOMÍNIO

APLICATIVO - CONDOMÍNIO

Veja anúncio na página 4 34 • Cadê o Síndico • Classificados

Veja anúncio na página 56

aquecedores

Veja no título Bombas e Motores

AUDITORIA - PREV. E REV.

Veja anúncio na página 18

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados AR CONDICIONADO - MANUTENÇÃO

AUDITORIA - CONTABILIDADE

APLICATIVO - PREGÃO ELETR.

Veja anúncio na página 56

Cadê o Síndico no Rádio

Sábados 13 às 15h

RÁDIO METRÓPOLE FM 101,3 ASSESSORIA JURÍDICA

BOMBAS E MOTORES

ASSESSORIA JURÍDICA

BOMBAS E MOTORES

BLINDAGEM ARQUI. (GUARITA)

Veja anúncio na página 23 COMUNICAÇÃO CONDOMINIAL

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 35


Classificados BOMBAS E MOTORES

CHURRASQUEIRA

36 • Cadê o Síndico • Classificados

COMUNICAÇÃO VISUAL

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados CONDOMÍNIO - SINALIZAÇÃO

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

Cadê o Síndico no Rádio Sábados 13 às 15h

RÁDIO METRÓPOLE FM 101,3 CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 37


Classificados CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

Mais opções para você participar ANUNCIE

3242-1084 38 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

Mais opções para você participar ANUNCIE

3242-1084 CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

FACEBOOK

Cadê o Síndico

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 39


Classificados CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

40 • Cadê o Síndico • Classificados

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

CONTROLE DE PRAGAS

CONSTRUÇÕES E REFORMAS

Versão digital www.cadeosindico.com.br O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 41


Classificados CONTROLE DE PRAGAS

CURSOS E TREINAMENTO

CURSOS E TREINAMENTO

Veja anúncio na página 55

Veja anúncio na página 21

DECORAÇÃO

Mais opções para você participar Contatos (71) 3489-2909/3347-6022 CONTROLE DE PRAGAS

ANUNCIE

3242-1084

DECORAÇÃO

DESENTUP. - LIMPA FOSSA

42 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados DESENTUPIMENTO - LIMPA FOSSA

ELEVADORES

FAVENK

Mais opções para você participar

ANUNCIE

3242-1084 DISTRIBUIÇÃO DE IMPRESSOS

ELEVADORES

DISTRIBUIÇÃO DE IMPRESSOS

ELEVADORES

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 43


Classificados ELEVADORES

ELEVADORES

ELEVADORES

CONDOMÍNIO - IMPLANTAÇÃO

Veja informe na página 27 ELEVADORES

44 • Cadê o Síndico • Classificados

ELEVADORES - FORRO

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados ELEVADORES

ELEVADORES - CONSULTORIA

ELÉTRICA

FACEBOOK

Cadê o Síndico

Cadê o Síndico no Rádio

Sábados 13 às 15h

RÁDIO METRÓPOLE FM 101,3

ENTULHO

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 45


Classificados EQUIPAMENTOS PARA CONDOMÍNIO

EQUIPAMENTOS PARA CONDOMÍNIO

46 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados EQUIPAMENTOS PARA CONDOMÍNIO

EXTINTOR - CONSULTORIA

EXTINTORES DE INCÊNDIO

ESGOTO - CONDOMÍNIO LIMPEZA

FARDAMENTO

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 47


Classificados FILTRO DE ENTRADA

IMPERMEABILIZAÇÃO

Veja no título Construção e Reforma

INSPEÇÃO PREDIAL

Veja no título Construções e Reformas

INSPEÇÃO PREDIAL

Veja no título Construção e Reforma FEIRAS E CONGRESSOS

GESTÃO DE CONDOMÍNIO

Veja anúncio na página 4

INTERNET CONDOMINIAL

Cadê o Síndico no Rádio Sábados 13 às 15h

Veja anúncio na página 56

GÁS - MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA

RÁDIO METRÓPOLE FM 101,3 JARDINAGEM E PAISAGISMO

48 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados JOGOS - ARTIGOS E EQUIPAMENTOS

LAVAGEM DE CAIXA D’ÁGUA

Limpeza - Higienização

LAVAGEM DE CAIXA D’ÁGUA

Mais opções para você participar

ANUNCIE

3242-1084

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 49


Classificados MARCAS E PATENTES

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

PELÍCULAS - ALTA PERFORMANCE

MATERIAIS ELÉTRICOS

MÓVEIS PLANEJADOS

PIZZA - DELIVERY

Veja anúncio na página 9 MÓVEIS PLANEJADOS

Veja no título Decoração PARA-RAIOS

Mais opções para você participar PARQUE INFANTIL

REGISTRO DE MARCAS

ANUNCIE

3242-1084 50 • Cadê o Síndico • Classificados

Veja anúncio na página 19

Veja no título Marcas e Patentes

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados PISCINA

PISCINA

PORTÕES - VENDAS/MANUTENÇÃO

PISCINA

PRODUTOS DE LIMPEZA

RÁDIO COMUNICAÇÃO

Mais opções para você participar

Veja no título Equipamentos para Condomínios PRODUTOS DE LIMPEZA

ANUNCIE

3242-1084

Veja no título Equipamentos para Condomínios PORTARIA REMOTA

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

RESTAURANTE -COMIDA CASEIRA

Cadê o Síndico • Classificados • 51


Classificados SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

Veja anúncio na página 14

FACEBOOK

Cadê o Síndico

52 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Classificados SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURO

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

Versão digital www.cadeosindico.com.br O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes

Cadê o Síndico • Classificados • 53


Classificados SÍNDICO PROFISSIONAL

SÍNDICO PROFISSIONAL

SÍNDICO PROFISSIONAL

TELAS E ALAMBRADOS

SÍNDICO PROFISSIONAL

Mais opções para você participar

ANUNCIE

3242-1084 TELECOMUNICAÇÃO

TERC. DE MÃO DE OBRA

Veja no título Segurança Eletrônica TELECOMUNICAÇÃO

Veja no título Segurança Eletrônica 54 • Cadê o Síndico • Classificados

O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes


Ed62  

Mediação COMO EVITAR QUE CONFLITOS PAREM NA JUSTIÇA

Ed62  

Mediação COMO EVITAR QUE CONFLITOS PAREM NA JUSTIÇA

Advertisement