Page 1

VOLUME 2:

belementos


Project created by Burt Sun Art by Bel Borba Produced by Burt Sun and Guil Macedo Photography by Andre Costantini, Burt Sun, Guil Macedo Ka-Man Tse and Bel Borba Introduction by Burt Sun and Guil Macedo Text by Bel Borba and Guil Macedo Art direction and editing by Burt Sun and Guil Macedo Addtional Photography by AndrĂŠ Bogdan, Michelle Brady, Taiza Campos and Eric Carvalho


Introdução: Muitas expressões filosoficas e visões de mundo têm embasamento em um conjunto de elementos, nos quais acredita-se representar os blocos de construção essenciais do universo. A partir do conceito clássico dos quatro elementos, ar, fogo, água e terra, e da tabela periódica dos elementos químicos, juntos, representam no mundo material tudo o que vemos, ouvimos e sentimos. Quando conhecemos Bel Borba, ficamos deslumbrados com o seu uso explosivo de tais elementos criativos. Através de diferentes materiais e técnicas, ele cria e recria cotidianamente objetos familiares e símbolos que podem ser facilmente compreendidos e decifrados. Costumávamos acreditar que, um bom artista era um químico, pois utiliza elementos criativos para formular arte e produzir resultados dentro da faixa de previsibilidade. No entanto, Bel mudou essa nossa ideia preconcebida de que ARTE é, de alguma forma, um ato de experiência química. Ao invés de um químico, Bel é um alquimista. Simplificando, no mundo de Bel, não há limites sobre os elementos dos quais ele pode tirar inspiração, ele é livre quando cria. Há apenas o caos, nunca a ordem. Testemunhar o processo criativo de Bel é testemunhar um ato de magia. Parece ser fácil, mas é muito complexo. Quando pensamos no conceito do tempo, imaginamos que cada elemento encontra-se localizado, por algum motivo, em um determinado espaço cronológico. Esta noção foi completamente destruída, após presenciarmos o processo criativo deste Mestre. Sua velocidade heróica, a efemerização de sua arte, tornam cada segundo único, e abrem um espectro no espaço, no qual, cada instante, é imortalizado pela nossa memória, pela experiência de se transportar através de um portal intergalático, onde todos os conceitos pre estabelecidos precisam ser revisitados.

Many philosophies and worldviews have a set of elements believed to reflect the essential building blocks of the universe. From the classical concept of the four basic elements: air, fire, water and earth, to the modern periodic table of chemical elements, they represent everything we see and feel in the material world. When we first met Bel Borba, we realized that he like to different materials and techniques. He created and recreated everyday familiar objects and symbols that can be easily understood and grasp.We have once believed that a good artist is a chemist, they use creative elements to formulate art and produce results within the range of predictability. However, Bel has changed our preconceived notion that ART is somehow an act of chemistry experiment. Instead of an chemist, Bel is an alchemist. Simply put, in Bel’s world, there is no limit on the elements he can draw inspirations from. He is free when he creates. There is only chaos, never order. To witness Bel’s creative process is to witness an act of magic. It appears to be effortless, but it is not. When we think of the concept of time, we imagine that the impossiblity of each moment could be solidified in a space continuum. This notion was completely destroyed after we encountered the creative process of this Master. His heroic speed, the euphorically effects in his art, makes each moment unique and solid. And this experience opens a spectrum, in which, every moment becomes immortalized in our memories as witnesses. We perceive all those singular moment will carry through an intergalactic portal, where all pre-established concepts need to be revisited. In this book, we intend to share with you Bel’s creative process rather than just displaying the end result. We’d like to believe that the “Belements” presented here is just a beginning. There will be many more “Belements” to come.

Nesta exposição e neste livro, iremos compartilhar com vocês este processo, e não apenas apresentar o resultado final. Gostaríamos de acreditar que os “Belementos”, aqui apresentados, são apenas o começo de uma extensa jornada.

Burt Sun e Guil Macedo


O Estádio Fonte Nova foi construido nos anos 50 e recentemente ( 2011 ) foi demolido para a construção de um novo estádio para a Copa do Mundo. The Fonte Nova Stadium was built during the 50’s and in 2011 was demolished for the construction of a new stadium for the world cup.


Quando eu olho para esses destroรงos, eu posso ouvir o som e os ecos das pessoas que em algum momento aqui estiveram. Certamente jรก choraram, jรก gritaram com euphoria, jรก brigaram! When I see these concrete remains, I can hear the sound and the echoes of the people that in some moment had been here. Certainly they have cried, they have euphorically screamed, they have all the emotions!


As esculturas feitas com os fragmentos do Estádio Fonte Nova foram levadas ao museu Rodin para um exposição, uma noite antes da abertura... The sculptures made from the fragment of Fonte Nova, was brought to rodin museum, for an exhibit, the day before the exhibit open...


Uma das esculturas de 7 toneladas sofreu danos no transporte e foi consertada durante a madrugada antes da exposição One sculpture weight 7 ton was damaged during the installation and were fixed overnight


THE SHOW MUST GO ON...


O novo Estádio Fonte Nova foi inaugurado em 2013. As esculturas produzidas por Bel Borba com os destroços do antigo estadio, retornaram para serem expostas na nova construção. The new Fonte Nova stadium was opened in 2013. Bel’s new sculptures made with the remains of the old stadium, returned to be displayed with the new construction


Eu não acho que arte seja uma ciência exata. Para mim, arte é o exemplo mais abstrato da nossa existência. Eu não posso abrir mão desse poderoso aparelho que são a intuição, o instinto e a espontaneidade. Eu acho que essas são ferramentas realmente poderosas para um artista. I don’t see art as exact science,

for me, ART is the most abstract example of our existence. I can’t give up those powerful instruments, Which is intuition, instinct and spontaneity. I think this is a very powerful tool for an artist.


Aqui costumamos dizer que os cachorros de raca pura nao sao os mais espertos, alem de serem mais senssíveis as doenças. Mas os vira-lata” por outro lado, comem os restos deixados nos lixos e vivem nas ruas. Eles são mais fortes e mais inteligentes. Qualquer um que leve um para casa irá se apaixonar pore le. Eu mesmo tenho vários em casa. Eu acho que é uma vantagem ser um vira lata, resultado da mistura de raças, como nós brasileiros. De certa forma eu me orgulho disso. Here we say that the pure race dogs are not the smartest ones, besides they are more sensible to desieases. But the “vira-latas”, the street dogs, only eat from the street buckets, garbage and leftovers. In the end, they are much stronger and really smart. Who ever brings them home, will love them. I have a lot back home, they are mixed race dogs, from Barra to Rio Vermelho. I think it’s an advantage to be a strteet dog, a result from mixed races, like us, the Brazilians Somehow I’m proud of that.


Acaba vindo tudo pra cá, das mais diversas origens, das mais diversas culturas, fazendo disso aqui o intestino da nossa cidade. E essa convergência, à exemplo do que acontece com o corpo humano, nutre o nosso organismo. There’s everything here, from the most diverse places and cultures, turning this into our city’s intestine. And just like the human body, it nurtures us.


De alguma forma eu represento uma fatia da cultura, da natureza e do temperamento Baiano. Somehow, I represent one slice of Baiano’s nature, culture and temperament


Os saveiros são embarcações tradicionais da Bahia que contam com 400 anos de história. Eram responsáveis por todo o transporte realizado na época, abastecendo os portos das regiões costeiras. Nas ultimas decadas foram largados ao descaso e a maioria, sem preservação, se deteriorou. The saveiro boats are traditional form Bahia that carries with it, more than 400 years of history. They were responsible for all transportation, supplying the ports of the coast regions. In the last decades they were forgotten, and most of them, without preservation, got lost.


?

Muitos saveiros foram retirados do fundo dos rios…Tentamos consertar a maioria deles, mas muitos estavam irreparáveis. Eu quero transformá-los em testemunhas de um tempo perdido. Many Saveiro boats were found on the bottom of the river… We try to restore them as much as we can, but some of them are beyond repair. I want to transform them into a testimony of a lost time


?


?


Depois de 14 meses, Bel se deu conta que esta relĂ­quia deveria ser devolvida ao fundo dos rios, para serem preservados pela natureza. Bel os enterrou novamente. Depois de 14 meses, Bel se deu conta que esta relĂ­quia deveria ser devolvida ao fundo dos rios, para serem preservados pela natureza. Bel os enterrou novamente


Nos temos uma cultura muito rica, porque Salvador é uma cidade portenha, oriunda dos indios, portugueses, africanos…é um coquetel étnico muito interessante. Uma das coisas mais importantes pra mim, é de junto ao saveiro, ter me aproximado tambem de um universo como este.

We have a very rich culture because Salvador is a port city originated from the Indians, the Portuguese, the Africans… It’s a very interesting ethnic mixture My connection to the old Saverio boats is very important to me. It allows me to be close to a place like this.


EntĂŁo isso ĂŠ uma rara oportunidade de viajar no tempo So this is a rare opportunity to travel back in time..


Pegue uma carona comigo, em minha viagem, em meu delírio. Eu acho que todas as cidades me dão sinais quando eu viajo. Eu gosto de usar as cidades como suporte, como inspiração. Eu acho que cada cidade é a sua própria manifestação da vida. Hitchhike with me, in my voyage, in my delirium. I think all the cities give signs to me when I travel, I like to use the city itself as support, as inspiration. I think each city it’s a life form of it’s own.


Cartagena 2013, FCCI International Film Festival


Eu so estabeleci o conceito de representar as pessoas de sua propria família, eu dou os instrumentos, eu dou os ícones, depois disso, torna-se sua própria história, sua própria realidade e sua prórpia casa.. I’ve just established the concept of representing the people of their family. I give the instruments, I give the the icons, after that, it becomes their own history, their own reality, their own home.


Nesta jornada encontramos com este morador de rua, que perdeu toda sua familia em um acidente de carro e foi obrigado a se mudra para as ruas. Durante o processo de criação deste muro junto a comunidade local, ele acabou se tornando parte do grupo, e ao final, prometeu ser o guardião da arte. On this great journey we encounter with this homeless guy, who’s lost his entire family in a car accident and had to move to the streets. During the process of creating the wall with the local community, he became part of our group, and in the end he promise to be the guardian of the art wall. .


Durante esta jornada extremamente enqiquecedora, o time, mais uma vez tvee a oportunidade de trocar grandes experiências, e continuar a fazer o que faz de melhor; engajar as comunidades na criação da arte. ( Burt Sun, Guil Macedo, Bel Borba and Andre Costantini During this extremely enriching journey the time had once again the rare opportunity to exchange great experiences, and keep on doing what they do best; engaging community on making art. ( Burt Sun, Guil Macedo, Bel Borba and Andre Costantini )


Em 2013 na cidade de São Paulo, Bel Borba fez um graffite de enormes proporções usando garrafas de água. A performance durou 25 minutos. 2013 in São Paulo, Bel Borba created a large scale water graffiti using bottled water. The whole performance happened in 25 minutes.


Em 2012 o time “Bel Borba Aqui” foi chamado pela FIAF e pela Times Square Aliance para criar 30 filmes durante todo o mês de outubro. O trabalho aconteceu por toda a cidade de Nova York e toda sua coleção foi concluída em forma de uma gigante exposição exibida na Times Square. O time teve a idéia de usar barreiras de água e reciclar as que estavam danificadas para expressar sua visão...

In 2012 the “Bel Borba Aqui” Team was commissioned by FIAF NYC and Times Square Alliance to creat a large scale public art installtion and 30 films during the month of October. The art work appared in all area of New York City and conclude all it’s collection as a gigantic exhibition to be displayed on Times Square. The team decide to use and recycled damaged water barriers to express their vision...


“ ... alguns minutos depois o espetáculo se encerra, mas Borba já deixou sua marca: um artista baiano humaniza o maior templo da publicidade americana. “ -- Patrick Brock, Revista Muito “... a few minutes later, the show ends but Borba has left its mark: A Bahian artist humanizes the largest temple of American advertising.” -- Patrick Brock, Muito Magazine


“Universal Pulse” foi uma animação “stop motion” criada para o programa de arte pública da Times Square, que pela primeira vez na história foi exibida em mais de 24 telões, todas as noites, nos 3 minutos que antecederam a meia noite,durante todo o mês de outubro. As enormes esculturas feitas com barreiras d’água, também fora colocadas no endereço mais icônico de Nova York, criando um icrí vel espaço de arte pública no coração da Times Square. “ Universal Pulse” was a stop motion animation, created for Times Square Public art program, for first time in history being shown on more than 24 Jumbotrons on Times Square every night, during 3 minutes before midnight for 30 days in Oct. 2012, the huge sculptures made with the water barriers were also placed on NYC’s most iconic address, creating a outrageous public art space right in Times Square.


Belbook 2 4p  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you