Jornal dos Bairros - 25 Novembro 2022.

Page 1

Estudo da FIESC envolveu os 1,18 mil quilômetros das BRs 282, 153, 158 e 163 e do trecho da BR-470 entre Indaial e a divisa com o RS; além da restauração dos trechos com irregularidades, a entidade recomenda implantação de terceiras faixas na 282 entre Palhoça e Lages.

Feito para todas as classes Itajaí, 25 de novembro de 2022 | Ano XXIII | N° 1.074 DOS Cláudio Werner continuará na presidência do Itamirim por mais dois anos PÁGINA 5 PÁGINA 4 Vacinação contra Covid-19 para bebês inicia nesta sexta-feira (25) PÁGINA 3 Foto: O Carreteiro Com pavimentação precária, BRs em SC comprometem segurança e economia

O quadro para presidência da Alesc

Não se costuma dizer normalmente que uma eleição está decidida com dois meses e meio de antecedência. Mas tudo indica que esse é o caso para a escolha da nova mesa diretora da Alesc. A eleição en tre os 40 deputados será em 1º de fevereiro.

As costuras estão muito bem encaminhadas. Entre os parlamentares e também em fina sintonia com o futuro governador.

Jorginho Mello começou as conversas pelo MDB, que hoje tem nove deputados e terá seis na próxima legislatura. Mesmo assim, será a segunda maior bancada na Casa.

O governador eleito já decidiu, em comum acordo com os 11 eleitos do PL, que seu partido não estará na presidência do Legislativo Barriga-Verde.

É fundamental praticar esse gesto. O acordo seria nos seguintes termos. O MDB ficaria com a presidência, num mandato cheio de dois anos, sem divisão; o PL ficaria com a primeira vice, e o PT com a segunda vice-presidência da Alesc.

Eclética

Os demais cargos da mesa ainda estão em aberto. O objetivo, no entanto, é que não haja disputa a partir de uma mesa eclética que está se formando. O nome natural e de consenso dentro do MDB é o de Mauro de Nadal, que já foi presi dente e abriu mão de um ano em favor do atual piloto da Assembleia, Moacir Sopelsa.

Cepa

Mauro praticou o gesto ao correligionário considerando que o seu sucessor não disputaria o pleito de 2022, o que efetivamente aconteceu. Os dois são da região Oeste.

Curva ascendente

Mauro de Nadal tem perfil e como já registramos aqui, é correto, atuante e tem excelentes perspectivas de futuro na política.

Na fila

Embora surja o nome forte de Zé Milton, do PP, os sinais indi cam na direção do emedebis ta. Para a segunda metade da legislatura ainda não há con versas alinhavadas.

Pauta única

Na agenda de Jorginho Mello com os deputados do MDB, o assunto foi restrito ao Legislativo. O eleito busca, naturalmente, a governabilidade. Ele cumpriu quatro mandatos de esta dual e presidiu da Alesc. Conhece como poucos o funcio namento do Legislativo catarinense.

Fiel

O MDB tem dado demonstra ções de fidelidade, de que leva os acordos no fio do bigode. Isso ficou claro nos episódios do impeachment de Moisés da Silva. Quando fechou com o go vernador, permaneceu ao seu lado até o fim.

Câmara Alta

Não conseguiram a reeleição do atual chefe do Exe cutivo, o MDB perdeu um pouco de musculatura, man tendo as três cadeiras federais e ficando com seis de nove na Alesc. O partido, contudo, vai ganhar quatro anos no Senado com Ivete Appel da Silveira, suplente de Jorginho.

Dinâmica

O MDB andou descontente por um período com o governador eleito. Em 2018, ele se elegeu na coligação com o MDB para o Senado e depois se aproximou do bol sonarismo. Mas as coisas se acomodam. O processo é di nâmico. Nas entrelinhas, está claro que ele quer inclusive contar com o MDB no governo.

Mais à frente

Mas essa pauta é para outro momento, não foi tra tada essa semana. Não se pode descartar a hipótese do MDB na gestão que assumirá em janeiro de 2023. A go vernabilidade está assegurada com esta costura que leva o MDB à presidência do Legislativo estadual.

A participação no governo ainda não entrou no con texto de forma mais aguda.

Panorama estadual

Diferentemente do contexto federal, a transição de governo no Estado tem sido harmoniosa. Isso que no primeiro turno da eleição local, Jorginho Mello, o gover nador eleito de Santa Catarina, e Moisés da Silva, o atual gestor, trocaram duríssimas farpas. E até protagonizaram trocas de acusações publicamente em debates. O clima chegou a ficar indigesto.

Realidade eleitoral e de disputa que não está com prometendo o processo sucessório, conduzido de forma republicana e adequada.

O governador eleito, importante pontuar, não dá pra dizer que mergulhou, submergiu, mas não está se expon do em excesso. É cauteloso, no que faz muito bem, aliás.

O catarinense acabou assumindo uma postura mais cadenciada. Em recente agenda na Fiesc, ele reiterou que não vai anunciar qualquer nome de seu colegiado antes de dezembro. Especulações fazem parte. Dele, que é o que vale, não vazará nenhum nome antes do anúncio oficial.

Natural

Obviamente que o eleito está fazendo sondagens, e até convites, mas sem alarde. Com equilíbrio e bom sen so.

Conexão com a sociedade

Jorginho Mello repetiu que recriando a Secretaria de Ciência e Tecnologia, a ideia é que o indicado parta da Acate, associação das empresas de tecnologia. Da Agri

Diretor: Carlos Bittencourt | carlos@bteditora.com.br 47 - 9 8405.8777

Diagramação: Solange Maria Pereira Alves (0005254/SC) solange@bteditora.com.br

Departamento Comercial: (47) 3344.8600

Impressão: Gráfica Soller

O Jornal do Bairros é uma publicação da empresa Letras

Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Anita Garibaldi, 425 Centro – Itajaí –SC. CNPJ: 03.334.705/0001-33

Telefone: (47) 3344.8600

Site: www.jornaldosbairros.tv

cultura, o novo titular também viria das entidades do se tor produtivo, do exemplar cooperativismo catarinense, que é de excelência.

Indústria e comércio

A Fiesc, a mais importante federação empresarial do estado, poderia inclusive indicar o titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, ou outra no menclatura que possa ter a pasta. Especula-se que este segmento do governo venha a ser batizado de Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços.

Cadência

Além dessa questão da montagem da equipe, o que se vê claramente é um Jorginho Mello se preservando. Corretamente. Mais observa o cenário. Faz suas conver sas, articulações e não se expõe em excesso.

Cofre

Obviamente que ele também está se aprofundando na situação financeira de Santa Catarina. Tudo indica que ele vai pegar o Estado redondo sob o aspecto fiscal.

Repeteco

A exemplo do que ocorreu com Luiz Henrique da Silveira em 2003. Esperidião Amin não contava com a derrota no pleito de 2002. Projetava um terceiro mandato e acabou entregando a máquina absolutamente saneada ao sucessor.

Nome chave

Mesmo assim, por óbvio, que um nome muito aguar dado nos meios políticos e empresariais catarinenses é o do novo titular da Fazenda. Jorginho reafirmou, também, que não vai preservar nenhum dos atuais titulares do co legiado estadual.

Perfil

O nome fazendário será al guém com perfil híbrido, diga mos assim. Terá que ter quali dade técnica, naturalmente, bom trânsito entre os pares, mas também que tenha de senvoltura junto aos políticos, o que já descartou, de cara, o atual inquilino da chave do co fre, Paulo Eli. Ele é eminentemente técnico.

Na moleira

Segue trecho da nota emitida pela Fiesc esta sema na ante o gravíssimo quadro nacional: “Diante do grave momento que vivemos, registramos nossa preocupação frente às declarações que sinalizam a falta de compromis so com a responsabilidade fiscal, que tem consequências econômicas e sociais desastrosas, como a inflação, a re dução da competitividade e o aumento do desemprego.

Da mesma forma, manifestamos nosso inconformis mo com a reiterada relativização da garantia constitucio nal de livre manifestação.”

Circulação: Itajaí, Balneário Camboriú, Navegantes e região. Fale conosco: Sugestão de temas, opiniões ou dúvidas: carlos@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tv

Jornal filiado à Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina Rua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianópolis, CEP 88.015-090 Fone (48) 3029.7001 e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 2 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022
COLUNA
O Jornal dos Bairros não se responsabiliza pelos artigos assinados pelos seus colaboradores ou de matérias oriundas de assessorias de imprensa de órgãos oficiais ou empresas particulares.
PRISCO PARAÍSO

Com pavimentação precária, BRs em SC comprometem segurança e economia

Pavimentação deteriorada é uma situação constante nas rodovias fe derais em Santa Catarina, revela es tudo da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), realizado entre agosto e setembro, pelo engenheiro Ricardo Sa poriti. O levantamento identifica pontos críticos em praticamente todos os 1,18 mil quilômetros percorridos nas BRs 282, 470, 153, 158 e 163 (integralmente), além do trecho da BR-470 entre Indaial e a divisa com o RS. No traçado entre Florianópolis e Lages da BR-282, principalmente até Alfredo Wagner, o principal entrave é a lentidão do tráfego, devido ao movimen to intenso. Neste caso, a FIESC sugere a implantação de terceiras faixas, especial mente em subidas, e a retomada de estu dos para a execução do traçado original da rodovia na Grande Florianópolis. O relatório foi apresentado em reunião da Câmara de Transporte e Logística da FIESC na quinta (24).

“Tanto no âmbito federal quanto no estadual, 60% das nossas rodovias estão necessitando de restauração, por isso, pre cisamos urgentemente garantir recursos e um programa de manutenção preven tiva e rotineira das rodovias e suas obras de arte especiais”, afirma o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar. “Rodovias em mau estado elevam o número de aci dentes e aumentam o consumo de com bustíveis, o custo de manutenção e o tem po das viagens; ou seja, trazem impactos sociais e econômicos”, alerta o empresá rio. “Por outro lado, o recurso investido na melhoria das condições das rodovias tem retorno com o incremento da atividade econômica, arrecadação de impostos e geração de empregos”, salienta.

O relatório será enviado pela FIESC às autoridades estaduais e federais, incluindo os poderes executivos e os parlamentares eleitos e reeleitos. No dia 5 de dezembro o tema será retomado, com a apresentação da agenda de infraestrutura, pela qual a entidade deverá demonstrar as principais necessidades catarinenses no setor.

O engenheiro Ricardo Saporiti tem realizado vistorias nas rodovias catarinen ses desde 2011. Nesse período, ele percor reu 13.423 quilômetros. O número supera a malha rodoviária total de Santa Catari na, mas algumas rodovias foram visitadas mais do que uma vez.

Traçado original e ampliação de terceiras faixas na BR-282 Tráfego intenso, que eleva o risco de acidentes e o tempo de viagem é a prin cipal dificuldade para quem transita pela BR-282, entre Florianópolis e Lages, prin

cipalmente no trecho de serra, até Alfredo Wagner. A solução apontada é a execução de mais trechos de terceira via. “Compa radas às obras de duplicação, as faixas adicionais são melhorias de baixo custo e menor impacto ambiental que aumentam a qualidade do serviço e a segurança em rodovias”, relata o levantamento, que con firma outro trabalho da FIESC a respeito do assunto – o documento “BR-282 Mais Segura e Mais Eficiente”, lançado em ju nho de 2021.

O relatório produzido em 2022, que é embasado em dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transpor tes (DNIT) e estatísticas de acidentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), concluiu como adequada a execução de terceiras faixas em 40,1 quilômetros no sentido Leste-Oeste e em 28,8 quilômetros no sentido oposto. O trabalho sugere ainda readequações e melhorias em interse ções, relocações de sarjetas de drenagens e reforço da sinalização horizontal e verti cal. Durante a realização da verificação in loco foi identificado início de obra de ter ceira faixa no km 50, entre Santo Amaro da Imperatriz e Rancho Queimado, a qual já se encontra concluída.

A rodovia tem seu ponto zero nas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Cam pos e depois de seis quilômetros (que cor respondem à Via Expressa) se sobrepõe à BR-101 em trecho de 9 quilômetros até Palhoça. A partir daí (km 15,5) até o acesso a Santo Amaro da Imperatriz (km 23,2) seu traçado é provisório, sobre uma antiga ro dovia estadual e em região densamente urbanizada. A alternativa recomendada pela FIESC é a elaboração de Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Am biental (EVTEA) e dos projetos rodoviá rios executivos do traçado definitivo da BR-282, entre seus kms 6 e 24 (do trevo com a BR-101 e o Bairro São Francisco, em Santo Amaro da Imperatriz), numa exten são de aproximadamente 20 quilômetros, passando pelas localidades do Roçado, Forquilhinha, Brejarú, Pedra Branca e Ca lembra.

Defeitos na pavimentação são recorrentes

Nos demais segmentos percorridos pelo engenheiro Saporiti o problema mais recorrente é a deterioração da pavimenta ção. São relatados trincamento e desagre gação do asfalto, buracos, afundamento e recalque da pista, trilhas de roda e mesmo remendo recente de capa já deteriorado.

 BR 470 - de Indaial à Divisa SC/RS - foram destacados nove pontos com a pista danificada, em alguns casos em lon

gos trechos. No km 193,5, os defeitos se estendem por 5 quilômetros, no km 124, chegam a 4 mil metros e no km 158,6 a avaria tem extensão de 1,35 mil metros.

Nesta rodovia, foram observadas obras em andamento para a construção de viaduto e de ponte em Pouso Redon do e de restaurações de subtrechos entre Otacílio Costa e a Divisa com o Rio Gran de do Sul.

 BR-282 - no traçado entre o trevo com a BR-116 e o Extremo- Oeste, foram identificados pontos com irregularidades na pista, inclusive em quatro pontes. No km 572, as deformidades se estendem por 1,5 mil metros. O segmento entre Chapecó e São Miguel do Oeste apresen ta problemas no pavimento em aproxi madamente 20% da sua extensão, inclu sive com sinalização horizontal precária.

Na mesma rodovia, existem irregula ridades de revestimento de pista em qua tro pontes – sobre os rios do Peixe (reves timento e na cabeceira), Irani, Chapecó e das Antas. No caso do segmento entre Vargem Bonita, o Trevo do Irani (entron camento com a BR-153) e Ponte Serrada, durante o estudo, nos meses de agosto e setembro, foi identificada precariedade no revestimento asfáltico, embora uma operação tapa-buracos tivesse sido reali zada pouco tempo antes. Ao passar pelo local na semana passada, o engenheiro Saporiti constatou que uma nova recupe ração global do pavimento existente está em andamento naquele trecho. Entre La ges e Campos Novos, o trecho também está sendo recuperado. Igualmente está em execução o acesso a Nova Itaberaba.

 BR-158 – Cerca de 30% do trecho catarinense, com extensão total de 47 km (entre o BR-282 próximo a Cunha Porã e

a divisa com o Rio Grande do Sul), apre senta pavimentação danificada. O estu do cita seis pontos mais problemáticos, incluindo o km 81,5, onde a danificação da pista se estende por 3 mil metros. A ponte sobre o rio Lajeado Sertão (km 130) também apresenta precariedade na pavi mentação.

 BR-153 - com cerca de 120 quilô metros de traçado no território catarinen se, registra defeitos na pavimentação em seis lugares, incluindo os kms 58 e 81,5, no qual a anomalia também se estende por 3 mil metros. A ponte sobre o rio Uru guai, na divisa com o Rio Grande do Sul, apresenta problemas nas juntas de dila tação.

 BR-163 - Igualmente são seis pon tos críticos, num trecho de quase 60 qui lômetros no território de Santa Catarina. Além disso, há uma obra abandonada de um viaduto no trevo com a BR-282, no acesso a Paraíso, a qual é recomen dada a retomada. O traçado, que recen temente foi considerado a pior estrada brasileira em pesquisa da Confederação Nacional do Transporte, está sendo recu perado, com a realização de cerca de 47 quilômetros de nova pavimentação, uma obra custeada basicamente com recur sos estaduais. São 18 quilômetros entre São Miguel do Oeste e Guaraciaba, que recebem concreto asfáltico betuminoso, mais 23 quilômetros entre Guaraciaba e Guarujá do Sul, passando por São José do Cedro, com pavimento rígido de concre to (17 quilômetros já executados) e os 12 quilômetros entre Guarujá do Sul e a di visa com o Paraná, com dois quilômetros de recapeamento asfáltico executado e o restante apresentando pavimento bas tante deteriorado, quando da vistoria.

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 3 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022
Estudo da FIESC envolveu os 1,18 mil quilômetros das BRs 282, 153, 158 e 163 e do trecho da BR-470 entre Indaial e a divisa com o RS; além da restauração dos trechos com irregularidades, a entidade recomenda implantação de terceiras faixas na 282 entre Palhoça e Lages Ricardo Saporiti

rede de gás natural residencial encanada em Itajaí

O projeto conceitual de traçado de rede foi apresen tado nesta segunda-feira, (21/11), em reunião plenária.

A Associação Empresarial abriu as portas para que representantes da Companhia SCGás apresentassem o projeto para a instalação de uma rede de gás natural encanada. A proposta prevê 28.295 metros de rede, que deve ser executada em três etapas.

A primeira terá 9.790 metros de rede de gás natural e deve seguir por ruas no Centro, Ressacada- até a BR 101, Fazenda e da Praia Brava. O segundo estágio vai comple mentar uma área maior, serão 10.960 metros de rede que deverão se estender pelo bairro São Judas, além de con templar ruas no Centro. A última parte do projeto terá 7.545 metros de extensão e também seguirá por ruas do Centro, Ressacada e Fazenda.

Além de ceder o espeço, a Associação Empresaril de Itajaí também lançou uma pesquisa de opinião para os empresários associados e comunidade. O intuito é auxi liar no desenvolvimento do traçado da rede. No formulá rio é possível sugerir outras localidades para a implanta ção do gás natural, além daquelas já informadas.

Se aprovado o projeto, Itajaí será a segunda cidade do litoral norte de Santa Catarina a receber uma rede de gás natural residencial. O primeiro projeto piloto foi em Balneário Camboriú, em 2018. A companhia fez a instala ção do sistema nas alçadas em vez do tradicional modelo praticado nas ruas, o que também deverá ser feito em Itajaí.

A previsão da SCGás é conseguir todas as licenças necessárias até o ano que vem e iniciar as obras em 2024, a conclusão da instalação das três etapas da rede de gás natural é de 10 meses.

O GN, é um combustível fóssil que se encontra na na tureza, geralmente em grandes reservatórios do subsolo. Sua utilização é feita por meio de uma rede de distribui ção encanada.

Formulário: https://forms.gle/EZJzAuttK8MPgn7B7

FEAPI certifica quase 300 alunos

AFundação de Educação Profissional e Administra ção Pública de Itajaí (FEAPI) certificou 295 alunos de 20 cursos de qualificação profissional, na noite de segunda-fera (21), no Centreventos de Itajaí. Durante a cerimônia, também foram lançados os cursos de Educa ção à Distância (EAD) que serão oferecidos pela FEAPI no próximo ano.

Foram formados alunos dos cursos: Auxiliar Admi nistrativo Financeiro, Logística aplicada ao Comércio Ex terior, Costura Modelagem e Costura nível básico, Libras básico e intermediário, Cuidador de Idosos, Marketing Digital, Inglês, Informática, Conferente, Desenvolvimento Web, Ajudante de Veterinário e Auxiliar de Logística.

Após a certificação, os alunos de Costura apresenta ção algumas das criações desenvolvidas no decorrer das aulas. O evento encerrou com apresentações artísticas dos alunos do curso de Libras.

“Desenvolver novas habilidades é essencial para os profissionais de qualquer área, uma vez que aumenta a competitividade e amplia seus conhecimentos. Também é importante para a sociedade como um todo, tendo em vista que, à medida que o profissional se especializa, me lhor é o serviço oferecido por ele”, destaca a diretora exe cutiva da FEAPI, Ivana Teixeira.

FEAPI apresenta cursos na modalidade EAD

A partir do ano que vem, a FEAPI inova com a ofer

ta de cinco cursos profissionalizantes na modalidade de Educação à Distância (EAD). Serão disponibilizadas 100 vagas para os cursos gratuitos de Administração e Mer cado de Trabalho, Empreendedorismo, Inglês, Manuten ção de Celulares e Maquiagem. A primeira aula será pre sencial, mas o restante do curso, assim como atividades e trabalhos, deverá ser ministrado através da plataforma da FEAPI. Para participar dos cursos, é necessário ter no mínimo 16 anos e o Ensino Fundamental Completo. As inscrições, que vão de 28 de novembro deste ano a 31 de janeiro de 2023, devem ser feitas presencialmente na sede da FEAPI (rua Camboriú, nº 509, bairro Fazenda). Mais informações pelo telefone (47) 3390-4000.

Cláudio Werner continuará na presidência do Itamirim por mais dois anos

Confira

Silvio Noel Oliveira Junior Wagner Lucio de Souza

SUPLENTES:

TITULARES: Adilson

Simas Carlinhos Berlatto Carlos Antônio Borba Carlos Roberto Machado Cleonice de Oliveira Porto

Adalberto Francisco de Jesus Ailton Peixer Alexandre Arnoldo Zimermann Aline Cunha de Souza Carlos Eduardo Lopes

Na terça-feira, 22 de novembro, foi mais uma data decisiva na história do Itamirim Clube de Cam po, onde ocorreu a Eleição do Conselho Deliberativo e Fiscal.

A Eleição, que foi disputada entre duas chapas, teve como vencedora a Chapa 1 “Juntos somos mais fortes”, representando a atual gestão. Em continui dade ao processo eleitoral, ocorrerá a Assembleia onde será aclamado o Presidente do Conselho De liberativo, que nomeará a nova Diretoria Executiva para o biênio 2023 – 2025.

Edson Cesar Russi Ezair Franscisco de Borba Gaspar Laus Israel Guilherme Nardes

João Felipe Macagnan Marco Aurélio Seára Junior Mauro Uriarte Francisco Moacyr Werner Filho

João Carlos Batista dos Santos

José Augusto Figueiro Tessele

Luis Antônio Razzini

Marcelo de Almeida Heusi

Mateus dos Santos Cabral

Mauricio Machado

Meikel José Hohlbeck Rodrigo Penteado dos Santos

Rodrigo Carlos Truppel Thales Bernardo Dalago

CONSELHO FISCAL –

TITULARES: Jean Carlo Barbi João Carlos dos Santos Ricardo Garcia

CONSELHO FISCAL –

SUPLENTES:

Douglas Juliano Rosa

José Amarildo Machado

Kaio Rodrigo Bernardes Borderes

Agradecemos a participação de todos os Associados em mais esta importante etapa!

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 4 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022 PUBLICAÇÕES LEGAIS
ACII abre espaço para SCGás apresentar projeto da primeira
a nominata dos membros do novo Conselho Deliberativo:
Alexandre

Município de Itajaí reforça cuidados preventivos contra a Covid-19

Objetivo é evitar a propagação de subvariantes e incentivar a população a completar o esquema vacinal

OMunicípio de Itajaí reforça os cuidados preventivos contra a Covid-19 após a confirmação de casos das novas subvariantes da Ômicron no Brasil. Completar o esquema vacinal, usar máscara caso apresente sintomas respiratórios, higienizar as mãos com frequência, buscar atendimento médico caso apresente sintomas e manter os am bientes sempre ventilados e arejados são algumas medidas que a população deve adotar para reduzir as chances de propa gação do vírus.

Neste mês de novembro, as subvarian tes geraram uma nova onda de aumento de casos em todo país. Santa Catarina e Itajaí também registraram um acréscimo nos casos ativos da doença. No entanto, até o momento, não houve aumento de infecções mais graves, que necessitam de internação, por exemplo, principalmente em pessoas com vacinação completa.

“O Município, assim como o país, teve um aumento de casos de Covid-19 nas úl timas semanas. Estamos acompanhando esses dados e, por enquanto, os registros na cidade são leves e moderados, sem impacto significativo em internações hos pitalares e óbitos. Porém, é fundamental que a população reforce as medidas de proteção e mantenha a vacinação atuali zada, recebendo as doses de reforço den tro do prazo recomendado”, afirma a dire tora da Vigilância Epidemiológica de Itajaí,

Paola Vieira.

Atualmente, mais de 207 mil pessoas já foram vacinadas com pelo menos uma dose em Itajaí e quase 185 mil fizeram a segunda dose. Além disso, 83.680 pessoas tomaram a terceira dose e 23.358 recebe ram a quarta dose. O Município também inicia nesta sexta (25) a imunização dos bebês em 10 unidades de saúde.

“Ainda temos muitas pessoas com o esquema vacinal incompleto. A imuniza ção completa com as duas doses de refor ço é fundamental para controlar a doença, prova disso é a redução de óbitos e inter nações. Nesta semana, vamos distribuir as doses que chegaram para as unidades retomarem a vacinação”, completa Paola.

Confira quem pode se vacinar no momento:

Relembre as dicas de prevenção ao coronavírus:

Evite contato próximo com pessoas com sintomas gripais

Higienize as mãos com freqüência

Cubra o nariz e a boca ao espirrar

Evite tocar olhos, boca e nariz com as mãos não higienizadas

Limpe e desinfete as superfícies em casa, no trabalho ou na escola

Use máscara quando estiver com sintomas respiratórios

Mantenha os ambientes sempre bem ventilados e arejados

Ao apresentar sinais e sintomas procure atendimento médico

Mantenha em dia a vacinação contra Covid-19

Vacinação contra Covid-19 para bebês inicia nesta sexta-feira (25)

OMunicípio de Itajaí aplicará a pri meira dose da vacina contra Co vid-19 para bebês a partir desta sexta-feira (25). O imunizante será da Pfi zer e estará disponível em 10 unidades de saúde do município, de acordo com o horário de funcionamento de cada uma. Foram recebidas 380 doses para aplicação na cidade.

A vacinação ocorrerá de forma gra dual. Inicialmente serão vacinados os be bês de seis meses até menores de um ano sem comorbidades, e de seis meses até menores de três anos com comorbidades. As unidades de saúde do município com o imunizante disponível são: Itaipava, Santa Regina, Nossa Senhora das Graças, Fazen

da, Cidade Nova 2, Rio Bonito, São Vicente, Jardim Esperança, Crescem e Murta.

Entre as comorbidades previstas para receber a vacina estão: diabetes melli tus, pneumopatias crônicas graves, hi pertensão arterial, insuficiência cardíaca, doenças neurológicas crônicas, cardio patias congênitas, doença renal crônica, obesidade mórbida, Síndrome de Down, imunocomprometidos, entre outras. Para se vacinar é necessário apresentar docu mento de identificação da criança e, se for o caso, o laudo da comorbidade.

O Município aguarda o recebimento de mais doses por parte do Governo do Estado para distribuir a todas as unidades de saúde e aplicar nos bebês.

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 5 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022
Imunizantes da Pfizer estarão disponíveis em 10 unidades de saúde do município
Marcos Porto Marcos Porto 
Dose: bebês de seis meses a menores de 03 anos, conforme grupos determinados inicialmente, e maiores de 03 anos
Dose: 03 anos ou mais
Dose (1º Reforço): 12 anos ou mais
Dose (2º Reforço): 30 anos ou mais
WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 6 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022

Neide Uriarte

Bodas de Chumbo de Nilda Kumm de Britto e Ubirajara de Britto

Parabenizamos o amado casal Nilda Kumm de Brit to e Ubirajara de Britto, que no dia 20 de novembro completou 68 anos de casamento. O aniversário de 68 anos de casamento é chamado de Bodas de Chumbo, que representa uma verdadeira conquista. Hoje em dia, manter um casamento firme e forte, ao longo desses anos todos são para pouquíssimos casais. o abraço dos amigos do Jornal dos Bairros ao casal Nilda e Bira, filhos, noras, netos e bisneta.

Aniversário de André Leonardo Conceição

O jovem André Leonardo Conceição comemorou aniversário no dia 20 de novembro. Ele é filho de: Andréa Prateat e Valdemar Conceição. Parabéns, André Leonardo! Feliz Aniversário! Completar mais um ano de vida é um momento de alegria, de celebrar junto dos que mais ama, junto daqueles que têm um sorriso e um abraço sinceros para compartilhar.

No dia 18 de novembro foi comemorado o aniversário da linda e meiga Maitê Gregório dos Santos Cunha. Ela é filha do casal Priscila Gregório dos Santos e Gerson Luiz Cunha. Recebe muito amor e carinho dos avós maternos, Nilceia Gregório Santos e Rui Garcia dos Santos e dos avós paternos, Rosângela Menezes Cunha e Antônio Carlos Cunha. A primeira festa de aniversário da Maitê foi realizada na casa de praia da família em Itapoá.

Lançamento do Livro sobre a vida do empresário

Sr. Alvim Sandri

Bodas de Prata de Alessandra e Francisco de Olinda

O jovem casal, Alessandra e Francisco de Olinda celebrou suas Bodas de Prata, no dia 22 de novembro. A comemoração dos 25 Anos de Casamento será uma viagem especial do casal, neste próximo final de semana. Parabéns Alessandra e Francisco! Que Deus os abençoe e proteja sempre, junto com toda família!

Nascimento de Maria Augusta Zimmermann Gonçalves

No dia 30 de novembro, a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) sedia o lançamento da obra biográfica “Alvim Sandri: minha longa estrada da vida”. O evento é aber to ao público e será realizado, às 19h30, no auditório de Farmácia (Bloco E) do campus Itajaí. O livro narra a trajetória de Alvim Sandri, um dos mais tradicionais empreendedores de Itajaí, que completa 99 anos no dia do lançamento da sua biografia. Segundo André Sandri, neto do empresário, a produção da obra iniciou há cerca de 18 meses e teve o apoio do jornalista e escritor Luiz Garcia. “O meu avô foi um dos precursores do comércio na Rua Brusque e teve a sua primeira biografia escrita em 1990. A história dele se mistura à de Itajaí e nós tive mos a ideia de recontá-la, trazendo mais detalhes. Como primogênito, Alvim Sandri enfrentou muitos obstáculos e ajudou a conduzir os irmãos, que também fundaram negócios tradicionais aqui na cidade”, contou o familiar. Durante o evento, o público terá acesso a obra que conta a trajetória do empresário. Os interessados em prestigiar o lançamento devem confirmar presença, antecipada mente, pelo telefone (47) 988592891.

Nossos parabéns ao lindo e querido Kael, que completou seu primeiro aninho de vida! Orgulho dos papais Marcelo Roggia/Fran Nardes. Muitas felicidades e bençãos a toda família!

Nasceu na última sexta-feira, dia 18 de novembro, Maria Augusta Zimmermann Gonçalves. Ela é filha do casal Mariah Zimmermann Gonçalves e Rodrigo Luiz Xavier Gonçalves. Cumprimentos aos papais, extensivos aos avós maternos, Marina e Jorge Luiz Zimmermann e aos avós paternos, Raquel Maria Xavier Gonçalves e Luiz Gonzaga Gonçalves. Que a linda Maria Augusta cresça sempre com muito amor, paz, saúde e alegrias!

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 7 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022
neidefestas@matrix.com.br Neide Pasold Uriarte (47)9977.2390
Primeiro Aniversário da Maitê Aniversário do Kael

Natal EnCanto de Itajaí terá participação de mais de 1,4 mil artistas e trabalhadores da cultura

Evento ocorre de 08 a 22 de dezembro com atrações no centro e em bairros da cidade

De 08 a 22 de dezembro, o Natal Encanto de Itajaí movimentará a cidade e a cadeia da economia criativa da região. Mais de 1.400 artistas, produtores, técnicos e outros trabalhado res da cultura estarão envolvidos com a programação do evento. Neste ano, uma série de atrações será oferecida para pes soas de todas as idades, de forma 100% gratuita, no Centro e também em algumas localidades do município.

Cerca de 400 dançarinos, atores e fi gurantes integrarão o desfile com 12 alas e cinco carros alegóricos, que ocorrerá nas ruas Hercílio Luz e Estefano José Vanolli. A escadaria e janela do Museu Histórico também receberão os Anjos Cantores, com um total de 500 crianças, 80 por dia, durante seis dias de apresentação no lo cal.

Já no palco da Praça da Igreja Matriz, seis grupos convidados se apresentarão entre os dias 08 e 13 de dezembro. Além disso, de 15 a 22 dezembro, um grande coro formado por 250 vozes realiza o tradi cional concerto do evento, acompanhado de uma orquestra com 20 instrumentistas e do show estético de projeção mapeada.

A Rua Coberta, localizada na Praça Arno Bauer, concentrará atrações artísti cas e gastronômicas, envolvendo cerca de 100 músicos e 20 profissionais dos estabe lecimentos gastronômicos. No local, apro ximadamente 30 artesãos, 20 escritores e artistas visuais também atuarão diaria mente com a exposição e comercialização de seus trabalhos.

Grupos musicais, que totalizam 30 artistas, farão ainda o cortejo ao Bom Ve lhinho entre os dias 14 e 22 de dezembro. Em paralelo, de 16 a 22 de dezembro, a Caravana do Papai Noel percorrerá os bairros da cidade com 12 artistas e profis sionais de apoio. A equipe de montagem de estruturas conta com 20 pessoas que já estão na ativa, no preparo dos espaços que sediarão o Natal EnCanto. Durante os 15 dias, pelo menos mais 20 profissionais atuarão no suporte da sonorização e ilu minação das atrações do evento.

“O Natal EnCanto envolve os artistas locais das mais variadas linguagens e oxi gena a nossa economia criativa com uma série de profissionais que trabalham no evento, desde o planejamento, produção, confecção de figurinos, cenografia, estéti

ca, repertório e arranjos musicais, até a so norização, iluminação e suporte em geral. Esta dinâmica e o clima de fim de ano im pulsionam o comércio e atraem pessoas

de todos os lugares”, ressalta o superin tendente administrativo das Fundações, Normélio Pedro Weber, responsável pela direção geral e regência do evento.

Ceia de Natal e final de ano é com a Passion Cuisine

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV 8 Ano XXIII - edição 1.074 - 25 de novembro de 2022
Faça a encomenda pelo fone (47) 9 9902.2247
Marcos Porto Carolina Copello Carolina Copello