Page 1

brasilbest.com

Música

CULTURA

Boca do Rio Tour

Abril 2016

1


2

Setembro 2017

Música

CULTURA

Boca do Rio Tour

brasilbest.com


brasilbest.com

Música

CULTURA

Boca do Rio Tour

Setembro 2017

3


4

Serviço

Setembro 201 7

EDITORIAL

Celso Braz

brasilbest.com

Racismo aumenta nos Estados Unidos Os conflitos raciais em Charlottesville que resultaram na morte de uma mulher, inflamaram a questão racial nos EUA. A resposta quase nula de Trump a esse triste episódio, soou mais como um apoio aos grupos racistas. Isso gerou forte reação da imensa maioria da população americana, que é contra o racismo. Os grupos racistas ganham momento e já planejam novas manifestações em diferentes cidades dos EUA. Enquanto isso o governo Trump continua a apertar o cerco contra os imigrantes, criando leis que facilitam a detenção deportação de ilegais. A investigação sobre fraude nas eleições americanas avançam e poderão comprometer o governo de Trump. Mais que nunca, o imigrante precisa encontrar forças para resistir e superar esse difícil momento, na história americana.

Foto: Igor Capibaribe

Vamos resistir! Força, imigrante!

- Celso Braz

Setembro 201 7

10

Esporte: Davi Prado

Fotografia: Marcelo Issarualde

Ciência: Comportamento

650-204-9940 - ph I 415-259-5752 - fax contact@brasilbest.com I www.brasilbest.com 7 Surrey Lane, San Rafael, CA 94903

12

6

Comunidade: Fabiano Gomes

7

Publisher/Executive Editor: Celso Braz Contributing Writers: Vina Schneider, Claudio Lemos, Bruno Seixas Gustavo Lino, Deborah Leite, Rosy Cavalcante, Roberto Lima, Alysson Antunes Translation: Jaqueline Jacques Contributing Photographers: Fred Pompermayer, Igor Capibaribe

BrasilBest, BrasilBest.com © 1999 Art Director/Designer: Celso Braz Designers: Lucianna Queiroz, Luciana Barbosa Wildt, Suzy Kieninger San Diego: Christine Portela I Los Angeles: Fabricio Nobre I Miami: Carlos Borges Hawaii: Nuremberg Santanna, Ricardo Taveira, Hilton Alves ALL RIGHTS RESERVED. No part of this publication may be reproduced, stored in a retrieval system, or transmitted in any form or by any means, eletronic, mechanical, photocopying, recording or otherwise without the prior written permission of the publisher and the author.


Serviço

brasilbest.com

IMIGRAÇÃO

Fernanda Bueno

Setembro 2017

5

Hora de pedir perdão

A

s leis de imigração nos Estados Unidos são extremamente rigorosas em alguns casos. Em outros casos, existem diferentes tipos de perdão para aqueles que não puderam manter a conduta 100% legal. Aqui, falamos um pouco de algumas dessas opções, e como elas podem ajudar. Perdão de presença ilegal Quem tem presença ilegal nos Estados Unidos (cruzou pela fronteira, ficou mais tempo do que o visto deixava e saiu do país, entre outros) não se qualifica para um visto novo ou mesmo para um pedido de Green Card por família. A exceção dessa regra se encontra no perdão de presença ilegal, que “apaga” a presença ilegal e te permite aplicar para o visto novo. Geralmente falando, se qualificam aqueles que tem pai, mãe, esposo ou esposa que são Residentes Permanentes ou Cidadãos Americanos. O parente Americano tem que provar que sofreria dificuldades extremas se o imigrante retornasse ao Brasil, entre outras coias. Perdão de Fraude Existem também os perdoes de fraude- de casamento por documento, de documentos falsos, mentir na hora de apresentar o visto, entre outras coisas. O tipo de perdão que você precisa depende do que você fez de errado. Um deles é bem parecido com o perdão da presença ilegal. O outro geralmente é usado no tribunal e requer um parente que se qualifique, e você não pode ter nenhum outro problema relacionado de imigração ou criminal.

Perdão de Inadmissibilidade Quando você aplica para um visto nos Estados Unidos (não importa qual seja o visto), você tem que mostrar que e admissível, ou que sua entrada nos Estados Unidos é permitida pela lei. Ou seja, tem que mostrar que não tem problemas criminais, nem quebrou as leis de imigração, nem planeja cometer nenhum delito ao chegar aqui, etc. Se você tem alguma mancha no seu histórico (problemas com drogas, por exemplo), o seu visto será negado se você não se qualificar para um perdão. Os requerimentos básicos desse tipo de perdão são: provar que você não é um perigo para a sociedade; provar que o seu delito não foi serio; e explicar por que você quer o visto. Essa lista, obviamente, não é exaustiva. Antes de aplicar para qualquer tipo de visto ou para o Green Card, é importante rever o seu histórico e decidir se tem alguma manchinha que precisa ser limpa antes de aplicar. Procure um advogado para conversar sobre os perdoes disponíveis no seu caso. Este artigo deve ser utilizado apenas para fins educativos, para informações gerais e uma compreensão geral da lei, e não para fornecer aconselhamento jurídico.

por Fernanda Bueno fbueno.law@gmail.com

ANUNCIE MELHOR, ANUNCIE BRASILBEST 650-204-9940 I contact@brasilbest.com

AMERICAS TRAVEL A AGÊNCIA NÚMERO 1 PARA O BRASIL! ONDE VOCE ENCONTRA OS mELHORES PREÇOS PARA O BRASIL. TARIFAS ESPECIAS AmERICAS TRAVEL RIO / SAO PAULO / BELO HORIZONTE / SALVADOR RECIFE / FORTALEZA E OUTRAS CIDADES

OS MELHORES PREÇOS PARA A AMÉRICA LATINA!

(415) 703-9955 / 888-703 9955

342 Hayes St, Unit F San Francisco, CA 94102

Temos preços especias do Brasil para os EUA

AmERICAS TRAVEL Número Um na America Latina

www.brazcreative.com

WWW.AMERICASTRAVEL.NET CST # 2064111-40


6

Setembro 201 7

Atualidade

CIÊNCIA

Comportamento

brasilbest.com

Ciência comportamental ganha espaço N

a busca pela melhor compreensão do comportamento humano, a ciência comportamental oferece uma nova perspectiva sobre como funciona a tomada de decisão dos indivíduos. O campo científico surgiu na década de 1970, mas agora um dos setores que têm absorvido seus princípios e técnicas é o de políticas públicas. Já são vários os exemplos, principalmente no exterior e, mais recentemente, no Brasil.

Marina Cançado, destaca que a aplicação das técnicas envolvendo a ciência comportamental não depende de altos investimentos em tecnologia ou estrutura. “As intervenções da ciência comportamental tem custo baixíssimo, muitas vezes é mudar um formulário, ou como no Bolsa Família, foi distribuir para as beneficiárias formas de organizarem o dinheiro. Muito das ciências comportamentais está nos detalhes que são negligenciados”.

“As ciências comportamentais derivam da própria psicologia. É entender como a cabeça das pessoas funciona para pensar, por exemplo, em políticas públicas, essa é uma das aplicações e a principal, é a que interessa mesmo”, explica a psicóloga Vera Rita de Mello Ferreira, professora e doutora em Psicologia Econômica. “A grande novidade é quando as ciências comportamentais se posicionam a favor do cidadão, trazendo contribuições em diferentes ramos para ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões para elas mesmas”, acrescenta No Brasil, ciência comportamental foi usada no desenho e na implementação do programa de educação financeira dentro do Bolsa Família, que atende famílias de baixa renda. A ideia principal é como estimular as mulheres, que recebem o benefício, a poupar, pagar dívidas e planejar o orçamento familiar. “A partir dessa abordagem, de entender o comportamento e a tomada de decisão financeira das famílias, nós passamos a desenhar soluções que pudessem alterar aqueles comportamentos”, diz a diretora do Departamento de Benefícios do Bolsa Família do Ministério do Desenvolvimento Social, Caroline Paranayba. As soluações, chamadas de tecnologias sociais, foram elaboradas em conjunto com as beneficiárias. “Chegamos a um conjunto de soluções que não foram desenvolvidas para elas, mas com elas, que é a premissa dessa abordagem: construir a solução com quem está envolvido no problema”. Para o desenvolvimento, foram feitas oficinas e imersão dos profissionais envolvidos, que chegaram a conviver diariamente na casa das beneficiárias para entender a rotina. “Precisamos nos envolver para entender o conceito de escassez na prática”, disse a diretora.

O resultado foi a elaboração de três passos: o primeiro, uma agenda de controle financeiro. “Vimos que muitas tinham dificuldade de letramento e utilizamos figuras em adesivos para identificar o gasto do mês, assim elas tomaram consciência de valores”, explicou. A segunda foi uma carteira para controlarem o dinheiro que entra e onde era gasto. A terceira solução foram três cofrinhos: cada um deverá ser usado em uma situação. “Eles têm uma abordagem diferente, onde podem separar o dinheiro para as emergências, outro para o dia a dia, e o terceiro que é o cofre dos sonhos, para um objetivo maior”, detalhou Caroline. Segundo a superintendente da Associação de Educação Financeira do Brasil, Cláudia Forte, as avaliações já apontam para uma mudança de comportamento entre as beneficiárias. De acordo com a superintendente, 34% da amostragem analisada já começou a resolver as pendências com recursos próprios e 39% no número de famílias conseguiram poupar. Baixo custo A consultora da Associação Travessia - organização sem fins lucrativos que ajudou na elaboração do programa -

Nos Estados Unidos e no Reino Unido, a ciência também tem sido usada por instituições e governos na construção de políticas e programas sociais mais eficientes. Marina Cançado cita um exemplo do governo inglês na área de educação e arrecadação de impostos. “Fizeram mais de 400 projetos nas políticas públicas com a utilização dos ensaios comportamentais, desde aumentar a presença de pais nas reuniões de escolas públicas até aumentar a arrecadação de impostos de pessoas que não estavam pagando”. Ética Sobre se a ciência comportamental em políticas poderia influenciar as decisões de um indíviduo, a consultora não acredita que as técnicas restrinjam a liberdade de escolha. “Poderia ser encarada como manipulação, ou com o governo querendo que as pessoas se comportem de determinada forma, mas eu não concordo, porque um dos princípios da ciência comportamental é sempre preservar a liberdade de escolha do indivíduo, então em nenhum momento você está obrigando ninguém a fazer nada, você só está criando um contexto para facilitar”, defende. Especialistas e interessados na área se reuniram na última semana em São Paulo para debater o tema, com o objetivo de trazer a discussão para o contexto brasileiro principalmente em relação às políticas públicas e programas sociais. Um dos principais especialistas em estudos da economia comportamental no mundo e professor de psicologia da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, Dan Ariely, participou do evento e disse que a discussão ética envolcontinua na página 19


brasilbest.com

Imigração

SONHO DE IMIGRANTE

Fabiano Gomes

Setembro 2017

Fabiano Gomes

- Qual foi a sua motivação para transferir sua vida e seus sonhos para os EUA? Desde de criança eu tinha esse sonho de vir ao Estados Unidos, mas a decisão veio quando eu estava na faculdade. Eu estudava Comércio Exterior e por não falar nada de inglês decidir trancar a faculdade e passar seis meses na Califórnia. Eu achava que em seis meses ficaria fluente na língua e voltaria para terminar a faculdade. Mas18 anos depois eu ainda continuo “brigando” com a língua. Quando eu cheguei aqui tudo mudou. Eu vim parar em San Francisco e os seis meses viram quase dois anos. Eu voltei ao Brasil e bastaram oito meses para decidir voltar para a San Francisco Bay Area e fixar a minha residência por tempo indeterminado. - Você teve uma pessoa que lhe deu apoio na chegada? Seu eu falar em “uma pessoa” estarei sendo

injusto com todas as outras pessoas que eu conheci, que me ajudaram e continuam ajudando. Eu vim para a Bay Area sem conhecer ninguém. Um amigo do amigo me pegou no SFO, abriu a porta de sua casa e me hospedou por um mês. No dia seguinte eu já estava na rua fazendo novas amizades. Eu tive a sorte de conhecer muitas pessoas e sempre fui muito ajudado, de alguma forma, por todas elas. A lista é muito grande então eu não vou citar nomes, mas elas sabem quem são. Aproveito essa oportunidade para dizer um grande Obrigado a todas as pessoas que me ajudaram. - Qual foi a sua maior dificuldade nos primeiros anos de EUA? A língua com certeza. Eu lembro que no meu primeiro dia sozinho em San Francisco eu fui comer no McDonald. continuação da página 16

ANUNCIE MELHOR, ANUNCIE BRASILBEST 650-204-9940 I contact@brasilbest.com

7


8

Setembro 2017

Brasileiras pelo Mundo

VIAGEM

Vanessa Tenório

brasilbest.com

Quem mandou não estudar?! E

sta frase passou pela minha cabeça algumas vezes enquanto eu executava minhas primeiras atividades voluntárias na Dinamarca. Famosa no Brasil, essa sentença é comum em conversas informais entre pessoas insatisfeitas com sua profissão, por executarem serviços braçais, cansativos e que exigem, em sua grande maioria, força e repetição. Nas minhas andanças pelo Rio e por outras regiões do país, já ouvi essa questão entre trabalhadores rurais, garis, empregadas domésticas, babás, auxiliar de serviços gerais, caseiros, porteiros, jardineiros, pedreiros… todos que eu, particularmente, tive a oportunidade de conversar e escutar atentamente. Bastava um reclamar do trabalho que lá vinha o colega com o julgamento: “Quem mandou não estudar?!”.

o mundo contando boas histórias e usando diferentes ferramentas de jogos para integrar as pessoas de todas as faixas etárias (é especialista em Team Building, um serviço bastante contratado pelo RH das grandes empresas). É super divertida. Tem vivências muito engraçadas para contar e não é nem um pouco reservada na hora de rir. Esbanja altas gargalhadas contagiantes. Aos poucos, fui conhecendo suas histórias de superação. Guerreira.

hospedada em uma delas e ajudá-la na construção, mas os planos mudaram porque ela finalmente conseguiu um comprador interessado em sua terra, cuja venda permitiria a realização do sonho de dar volta ao mundo com a filha. Por este motivo, as construções foram interrompidas e a minha ajuda seria na retirada de todo entulho e lixo acumulado nas duas casas e no terreno, tornando o local apresentável ao possível comprador.

Possui uma filha de 11 anos, cujo ensino é doméstico. Ela

Para acomodar-me melhor, ela me hospedou na casa do seu ex-marido que estava viajando com a filha. A casa é totalmente ecológica, com banheiro estilo tailandês/indiano cujo principal desafio é acertar o buraco. Ainda não cheguei nestes países, mas já iniciei o treinamento (risos).

Geralmente, estes profissionais associam que não tiveram escolha pelo fato de não terem estudado. Se tivessem tido oportunidade, estariam ocupando uma das profissões classificadas pela sociedade como as “de elite”.

Introdução feita, voltemos ao tema principal. Lembram das profissões que listei? Aqui elas não existem. Eles fazem de tudo, não existe elite. Plantam, cozinham, limpam o bairro, a rua, a casa, o banheiro, constroem suas casas, cuidam dos filhos, do jardim, cortam lenhas, separam e carregam o seu próprio lixo. Eles têm uma casinha só de ferramentas com tudo que pudermos imaginar… o trailer para acoplar no carro também é um item quase que obrigatório por família, porque facilita a logística. Na Suécia, também pude vivenciar isso morando num bairro nobre por quase um mês. Ou seja, mesmo quem estuda muito, pega no pesado. E não tem idade nem sexo não… é o mesmo para todos.

É claro que existem as exceções. Conheço algumas inclusive. Aproveito a breve pausa para aplaudir toda essa turma cujo trabalho eu valorizo demais! Mas o que isso tem a ver com a Dinarmarca??? Já já eu conto. Tem relação com a Suécia também. Permitam-me introduzir primeiro como foram meus últimos dez dias. Depois de 15 horas de viagem, finalmente cheguei à Ecovila Friland. Percebi já na caminhada até a casa da Micha, minha anfitriã, que a comunidade é realmente sustentável devido à diversidade de construções naturais. É uma verdadeira escola de permacultura. Os telhados criativos foram os que mais me chamaram atenção. Passo horas observando cada um deles e sonhando em construir um igual. Micha é uma dinamarquesa de porte grande, extremamente forte por dentro e por fora. Mulher empoderada, que acredita que somos capazes de produzir uma energia interior fortemente capaz de nos proteger de qualquer perigo externo (compartilhou inclusive algumas experiências pessoais onde usou seu superpoder). Sonha em viajar

própria ensina a filha. A prodígio Liv, que só anda com pés descalços para sentir a energia da Mãe Terra, tem três projetos simultâneos: produzir suas próprias roupas, fazer bolos de casamento e construir uma casa com papelão. Todos projetos já em andamento. Vivenciei os três (ela consertou um vestido meu inclusive). Viva a Liv!!! Seu ex-marido, um dos fundadores da comunidade, viaja o mundo ensinando construções naturais. Depois que fui descobrir que ele, Steen Møller, é uma fera da permacultura e famoso em canais de TV. Há 10 anos, Micha constrói sozinha duas casas. Eu ia ficar

Antes de continuar, reforço que tudo que escrevo não deve ser generalizado. Compartilho apenas minhas experiências pessoais. Com chuva ou sol, estávamos lá nós duas retirando o lixo do terreno e das casas. Imaginem todo tipo de resíduo possível: madeiras de diferentes tipos e tamanhos (algumas o dobro de mim na altura e na largura), plásticos resistentes e outros nem tanto, vidros, metais, concretos, pedras, telhas, lonas, tecidos, isopor, armários e mesas de madeira nobre, utensílios domésticos, etc. A tarefa inicial era remover todo o lixo e depositar no


brasilbest.com

Brasileiras pelo Mundo

VIAGEM

Vanessa Tenório

Setembro 2017

9

Se eu achava que na Suécia o processo de reciclagem era desenvolvido, a Dinamarca me provou que existem processos ainda mais avançados 5 - Lembram que eu estava orgulhosa de mim com o trabalho pesado realizado? Passou quando eu vi uma senhora de aparentemente 75 anos fazendo o mesmo sozinha e, em outra ocasião, um senhorzinho de quase 90 anos, também sozinho.

trailer (lembro-me que esta atividade lá em casa era feita pelo meu pai e meu irmão devido ao peso dos materiais. Eu nunca ajudei os pobres coitados. Perdoem-me, amados! Prometo que daqui pra frente tudo vai ser diferente).

Entre uma viagem e outra, descansávamos no carro rindo de nós mesmas e parávamos para fazer um delicioso lanche na casa verde com cachos de uvas doces e ameixas colhidas na hora.

Quando recolhíamos os materiais, apareciam variados tipos de pequenos animais, como sapos, lesmas, minhocas, caramujos. Um verdadeiro desafio para um trabalho sem luvas. Ok, no segundo dia eu apliquei os conhecimentos adquiridos na área de segurança do trabalho e consegui um par de luvas. Boa menina!

Sempre que possível, tentava alguma conexão para avisar a todos que eu estava bem. A vontade era dizer que eu estava feliz carregando lixo. Mas preferi deixar pra lá… eu jamais conseguiria explicar em poucas palavras o que estava por trás desta atividade braçal e pesada.

Fiquei tão orgulhosa de mim: eu estava ali, aprendendo com uma dinamarquesa, que mulheres também podem fazer serviços pesados, que não é necessário terceirizar o serviço quando você tem saúde para fazer com as próprias mãos. Fizemos mais de dez viagens até o depósito de reciclagem (uma média de duas viagens por dia, já que a carga horária de um voluntário é de quatro horas). Um parêntese especial para este depósito que existe há mais de 25 anos. Se eu achava que na Suécia o processo de reciclagem era desenvolvido, a Dinamarca me provou que existem processos ainda mais avançados. Pensem num imenso estacionamento com vários containers facilmente identificados por tipo de material, preparados para receber itens de qualquer tamanho. Nas numerosas viagens que fizemos, vi todo tipo de gente e faixa etária chegando com seus carros e separando o seu lixo. Este lugar me ensinou algumas lições: 1- Como o ser humano é capaz de produzir lixo. Affe! 2 - Acumulamos, frequentemente, muitas coisas que não precisamos. 3 - O lixo de poucos pode ser o luxo de muitos (vi sofás, colchões, cadeiras, utensílios domésticos, aparelhos

eletrônicos, lavadoras, bicicletas, patinetes, roupas, portas, janelas, barracas de camping, lonas… muitos itens em bom estado sendo descartados). 4 - A separação e destinação correta deste lixo traz alguma esperança.

por Vanesa Tenório voenessa.blog.br


10

Setembro 2017

Esporte

DESTAQUE

Davi Prado

brasilbest.com

Davi Prado D

avid Prado, é um talentoso piloto de Jet Ski, conhecido no Brasil e no Mundial/USA Ski. Nasceu em Goiânia, no dia 27 de Abril de 2000 e com apenas 17 anos de idade, já possui um currículo de gente grande. Iniciou na Runabout aos 9 anos. Ingressou na categoria Ski (velocidade) e Freestyle (manobras) e aos 11, conquistou os títulos de Campeão Brasileiro, categorias Ski e Freestyle, Campeão Europeu na Ski e Vice Campeão Europeu no Freestyle. Aos 12, em Lake Havasu – AZ -USA, obteve o título de Campeão Mundial na categoria Ski Stock Jr e 9º lugar no Freestyle Amador. Na oportunidade, recebeu o título de Racing Star Jr. (Piloto Estrela do Mundial) pelo segundo ano consecutivo entre centenas de pilotos de 57 países, para um público estimado em 10.000 pessoas/dia. A IJSBA (International Jet Sports Boating Association) o reconheceu como piloto mais jovem a participar do Mundial na categoria Freestyle (manobras radicais). É considerado o piloto mais jovem na história do Jet Ski Brasileiro a conquistar tais títulos. Entre os diversos títulos conquistados, se destacam: - Tetra Campeão Brasileiro em duas categorias Freestyle/ Ski - Bi Campeão SulAmericano (Ski), - Campeão Europeu em 2011 (Ski), - Vice Campeão Europeu (Freestyle) - Campeão Sul Brasileiro (Ski) - Campeão Mundial em 2012, - Campeão Ski Novice Limited 3ª e 4ª Round da Jettribe Best of the Best em Parker AZ. David Prado vem lutando bravamente para se manter neste esporte, e atualmente, treina

Todos os meses no jornal e website BrasilBest

Contato:

contact@brasilbest.com 650-204-9940

Lake Havasu AZ-USA.

nos USA . Não obstante ao pouco recurso recebido, tem representado muito bem o Brasil, conquistando títulos inéditos onde busca apoio e Patrocinio para continuar sua carreira e tentar seu novo desafio, o titulo de Bi Campeão Mundial, que acontecerá de 30 /09 a 09/10 em

Ele pode divulgar sua marca ou empresa no Jet Ski e nas redes sociais. Entre em contato e apoie esse jovem |Piloto.

por Eze Prado


Brasil

brasilbest.com

B

onito seria uma pacata cidadezinha do interior se, em meados dos anos 70, o peão de uma fazenda não tivesse descoberto um buraco no chão. Dentro do buraco de 72 metros de profundidade - batizado de abismo Anhumas - havia um imenso lago de águas cristalinas tomado por estalactites. Aos poucos, o tal buraco, a encantadora gruta da Lagoa Azul, as cachoeiras e os rios incrivelmente transparentes e repletos de peixes coloridos ganharam fama e infraestrutura turística, tornando a região, na década de 90, uma espécie de Disney ecológica.

VIAGEM

Bonito

Setembro 2017

11

Bonito

Cavernas e quedas d´água transformaram-se em pano de fundo para a prática do rapel; as matas foram cortadas por trilhas planejadas e circuitos de arvorismo; e os rios - verdadeiros aquários naturais graças ao calcário das rochas que contornam os leitos - viraram cenários para mergulhos autônomos e livres. E assim deverá continuar para sempre. Flutuação é o esporte mais praticado, tamanha a variedade de peixes nos muitos rios de águas cristalinas. Exemplar no quesito turismo sustentável,

Sem eles, é impossível curtir os atrativos - muitos recebem um número limitado de visitantes por dia e ficam dentro de propriedades particulares, sendo fundamental fazer reservas com antecedência nas agências da cidade. A rígida fiscalização proibiu, por exemplo, o rapel no Buraco das Araras - o interior da fenda é abrigo de aves diversas -, além de uma séria de outras atividades, como a pesca nos rios da região. Todo o esforço é válido para conservar as belezas que tanta fama garantem ao lugar.

Bonito faz bonito quando o assunto é preservação e exploração da natureza de maneira responsável. Por questões ambientais, os passeios que levam a cachoeiras, grutas, trilhas e nascentes são obrigatoriamente acompanhados por guias locais credenciados.

Paraíso dos aventureiros, Bonito reserva espaço também para quem quer apenas contemplar os santuários. Para esta turma há cavalgadas e passeios de bicicleta. E, por mais que a água seja fria, não há como se esquivar da flutuação, uma espécie de mergulho livre. Equipado com máscara, snorkel, roupas e botas de neoprene, basta soltar o corpo que a correnteza e a natureza se encarregam do resto: apresentar as magníficas e coloridas flora e fauna dos rios, que por tanto tempo ficaram isoladas pelo anonimato.

por Marcio Prado


12

Setembro 2 2017 20 01 7

MĂşsica

CULTURA

Boca do Rio Tour

Fotografia I Marcelo Issarualde

Born in 1961, Montevideo, Uruguay. After graduating as an architect, he moved to New York to complete his academic education at the Columbia University supported by the prestigious Fulbright Advanced Research Award grant. He initiated his professional career as a photographer for press media. During this period he has been selected to represent his country at the Journalistic photography of La Plata workshop given by SebastiĂŁo Salgado, Susan Meiselas, Fred Ritchin, Abbas and Robert Pledge, Argentina. He obtained the Seven Young Latin American Artist Exchange grant of the American Cultural Exchange Institute and numerous photography prizes. Subsequently he investigated and worked in fashion, portrait and architecture photography.

www. isarrualde.com / www. isarrualde.net

brasilbest.com


brasilbest.com

Copa Airlines

VIAGEM

Peru

Maio 201 7

13


14

Setembro 2017

TV Globo

TELEVISÃO

Estrelas

brasilbest.com

Conheça as ‘Estrelas do Brasil’ S

eja bem-vindo à terra do carimbó. À terra do açaí. Do tucupi. Do tacacá e da guitarrada. E de um povo alegre. Fique à vontade para conhecer a Cidade Velha. Para observar a garça despejar todo seu charme ao urubu. Para admirar o mise-en-scene natural dessas duas espécies de aves que recebem os pescadores e os turistas às margens da Baía do Guajará. Descubra as belezas da Ilha do Combu e como é cultivado o cacau pelas bandas de lá. Percorra as vielas do mercado Ver-O-Peso e sinta a energia pulsante de uma das feiras ao ar livre mais antigas do Brasil. E para tudo isso, conte com os melhores guias-locais possíveis.  Como previsto, depois de percorrer o Brasil em busca de exemplos reais de solidariedade, o ‘Estrelas’ segue na estrada e estreia em novo formato Foto: Globo/Leandro Santana – o ‘Estrelas do Brasil’. Com malas feitas, Angélica se prepara para viajar pelo país e conhecer os seus encantos através de personalidades que se destacam nos lugares onde vivem, em diferentes segmentos, seja pela gastronomia, pela música, pela arte ou até mesmo por um serviço prestado. Para a primeira parada do programa, o estado escolhido é o colorido e vibrante Pará, na região Norte. Durante cinco programas, o público viaja com a apresentadora pelo local. Junto com ela, ainda, artistas e personalidades conhecidas são convidados a desbravarem a cultura paraense por meio de seu povo. Depois, será hora de explorar outros destinos brasileiros. “O Brasil é enorme, tem muitos talentos, muita culinária, muita música, espalhados por aí, e queremos mostrar esse Brasil que não necessariamente o resto do país conhece. Vamos começar por Belém do Pará, que tem culinária, ritmos, arte e uma cultura incríveis, além de um povo muito carinhoso”, conta Angélica.

o hit “No Meio do Pitiú”; e a dupla Tia Coló e Dona Carmelita, a primeira, erveira das mais famosas, e a segunda, feirante, do mercado Ver-o-Peso. Os convidados

Foto: Jorge Martinez

paraenses, artista plástica, chocolateira, açaizeiro, produtor musical, vendedor de tacacá, figurinista, artesão e até padre. No programa de estreia, por exemplo, Angélica e os convidados conhecem as motoristas da cooperativa

“Uma experiência linda. A mescla de culturas, o sorriso estampado no rosto do povo, culinária maravilhosa. Sempre quis conhecer melhor o Norte do Brasil”, confessa Bruno. Já Maria Flor adianta o que vem por aí: “Junto comigo o público vai conhecer uma pessoa muito especial, que cozinha. Além disso, ela canta só sucessos. E também vai conhecer uma senhora maravilhosa que trabalha no mercado Ver-o-Peso e vende frutas bastante exóticas”. Os roteiros  Junto com as estrelas locais, Angélica e os convidados percorrem pontos cheios de história e cultura paraense. Entre os locais visitados, por exemplo, estão a Ilha do Combu, o Forte do Presépio, o mercado Ver-o- Peso, a Praça Batista Campos, o Polo Joalheiro, a Casa das 11 Janelas e a Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré, de onde parte o Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas católicas do mundo.  O ‘Estrelas’ tem direção geral de Hélio Vargas e redação final de Paula Miller. A estreia do ‘Estrelas do Brasil’ vai ao ar canal internacional da Globo neste sábado, dia 26, nas Américas; e domingo, 27, no Japão e Austrália; e sábado, 2 de setembro, na Europa e África.

As estrelas paraenses Para apresentar a cultura paraense à apresentadora, público e convidados, o programa conta com estrelas que vivem no Estado e dominam o assunto. A lista inclui taxistas de uma cooperativa formada exclusivamente por mulheres, músicos, fotógrafo, chef de cozinha, designer de joias de materiais do Pará, estilista de fantasias de um dos mais tradicionais concursos

Angélica conta com a presença de pessoas queridas pelo público ao seu lado, durante as viagens. Para o estado do Pará, a apresentadora leva ninguém menos do que os atores Paulo Betti, Andreia Horta, Zezé Polessa, Maria Flor, Bruno Gissoni, Ícaro Silva e Eriberto Leão, e as cantoras Naiara Azevedo, Fafá de Belém e Gaby Amarantos. No programa de estreia do ‘Estrelas do Brasil’, a dupla Bruno Gissoni e Maria Flor será a primeira a conhecer a cultura de Belém.

Diva’s Taxi; o fotógrafo Luiz Braga; a cantora Dona Onete, destaque do Carimbó que gravou seu primeiro álbum após os 70 anos de idade e hoje domina as paradas do Pará com


Junho 2017

brasilbest.com

Todos os meses no jornal e website BrasilBest Contato:

ANUNCIE MELHOR, ANUNCIE BRASILBEST 650-204-9940 I contact@brasilbest.com

contact@brasilbest.com 650-204-9940

ANUNCIE MELHOR, ANUNCIE BRASILBEST 650-204-9940 I contact@brasilbest.com

15


16

Setembro 2017

Imigração

Fabiano Gomes Era no final da manhã e a minha idéia era pedir um Big Mac, Coke e batatas fritas, mas como eu não sabia os valores eu pagaria com uma nota $20 e receberia o troco. O meu plano era fantástico até hora de fazer a minha ordem. Eu falei para a atendente: Big Mac, potato e Coke e ela me falou um monte de coisa que eu não entendi. Eu queria entregar a minha nota de $20 e pegar o meu Big Mac mas ela continuava a falar e a apontar para as fotos dos iténs do menu. A fila atrás de mim começou a crescer e eu já estava nervoso. Depois de algúns minutos querendo comprar o meu Big Mac, descobrir que eles só serviam café da manhã naquele horário. Depois fui descobrir que batata frita se chama french fries. Hoje eu acho engraçado, mas no dia foi bastante tenso. - Em algúm momento você teve medo, ou desanimou? Eu acho que o desânimo acontece no dia que perdemos algúm familiar ou amigo querido. Nesses dias bate aquela tristeza e você pensa “o que eu estou fazendo aqui”. Eu sempre tento ter uma atitude positiva e manter os meus pensamentos para frente, mantendo o foco nos meus próximos objetivos. Acho que momentos ruins sempre vão aparecer mas depende de nós decidirmos quanto tempo que eles irão ficar em nossas vidas. - Como surgiu seu interesse pela área Financeira? Eu sempre tive uma grande curiosidade sobre esse assunto. Eu sempre quis saber como funcionava esse mundo de investimentos, ações e bolsa de valores. Quando resolvi voltar a estudar e terminar a faculdade, decidi focar os meus estudos na área das Finanças. É um mundo bem complexo, dinâmico, que muda a cada segundo e, com a globalização, nunca descansa. Essa dinâmica e a necessidade de sempre estar aprendendo e se informando

SONHO DE IMIGRANTE

Fabiano Gomes

brasilbest.com

continuação da página 7

foram os fatores determinantes para eu decidir focar por essa área. E a necessidade de aperfeiçoamento nunca termina. - Qual foi o momento mais marcante de sua carreira nos EUA até agora? Eu tive vários momentos marcantes nessa minha caminhada. Os dois mais recentes foram a minha formatura e minha entrevista de trabalho. Foram seis longos anos e meio de estudos. Eu fiz dois anos e meio só de inglês antes começar a fazer as outras classes necessárias, no meu currículo. Eu terminei a faculdade com um GPA muito bom e já com uma oferta de trabalho, antes mesmo da minha formatura! Consegui terminar meu curso sem deixar nenhuma dívida com a faculdade. O outro grande momento foi minha entrevista de trabalho. A pessoa que estava me entrevistando me perguntou qual era a minha motivação para ter feito a Faculdade, trabalhar no mínimo 30 horas por semana e participar em maratonas e triátlons. Eu pensei durante uns segundos e vieram vários motivos na minha cabeça, mas a minha resposta para ela foi essa: “a última vez que eu entrei nesse prédio (Transamerica Building) foi para entregar pizza e hoje eu estou aqui fazendo uma entrevista de trabalho.” Basicamente eu falei para ela que essa energia vem da minha vontade de crescer e aprender; e que quando eu decido por um objetivo eu faço tudo para alcançá-lo. - Que conselho você daria para um imigrante que está acabando de chegar na América? Aprender a língua e fundamental. Eu me arrependo de não ter estudado assim que cheguei aqui, mas nunca é tarde para começar. Eu acho que a fórmula para alcançar o sucesso seria mais ou menos assim: aprenda a língua, sonhe grande, tenha objetivos, deixe sempre as portas abertas, seja sempre honesto e ajude alguém sempre que for possível.

ANUNCIE MELHOR, ANUNCIE BRASILBEST 650-204-9940 I contact@brasilbest.com


brasilbest.com

Serviço

AGENDA CULTURAL

Los Angeles

San Francisco

Arizona

CONTADORES DE ESTÓRIAS: Todo primeiro domingo do mês (Horário: 2p a 6p. Local: Capoeira Mandinga 4137 Piedmont Ave. BAYBRAZIL ANNUAL CONFERENCE - Date: Sep 21 Time: 9am – 6 pm. Location: GOOGLEPLEX, 468 Ellis St, Mountain View, CA 94043, Quad 3, Olympic Room. Pre-registration on our site www.baybrazil.org SF Bay Brazilian Day & Lavagem Festival 2017 - Date: Sep 3 Time: 10am – 7pm. Location: BRASARTE, 1901 San Pablo Avenue (at Hearst Street) Berkeley, CA 94702.1611 http://www.brasarte.com

COMPRO ROTAS DE

LIMPEZA DE CASAS Fale com Steve

925-765-4915 AMERICANO PROCURA AMERICANO, 63 anos, gostaria de conhecer uma mulher brasileira (qualquer idade, acima de 21 anos). Gosto de tenis, dança, viagens, spas, passeios, jantar fora, shows, etc. Falo inglês somente. Ligar no 415-517-5977 (dia ou noite)

A Culinária Brasileira e Portuguesa no programa

ESPAÇO DA CULINÁRIA com Luis Lourenço todas as Quarta-Feiras à 1:30 pm, nas Rádios KLBS 1330 AM (Los Banos) KSQQ 96.1 FM (San Jose).

Marta Tavares

Utah

Setembro 2017

17


18

Setembro 201 7

Qual é bebida que se bebe devagar, devagar, devagarinho? - Martini da Vila

Entretenimento

PASSATEMPO

Mulher grávida vive reclamando de barriga cheia!

O patrão dá uma bronca no caseiro: – Olha, seu José, não deixe a sua cadela entrar novamente na minha casa! Ela está cheia de pulgas! No mesmo instante o caseiro vira-se para a sua cadelinha – Teimosa, vê se não entra mais na casa do patrão! Lá tá cheio de pulgas!

-----------------------------------------------------

-----------------------------------------------------

O Pateta usa o teclado. E o Mickey Mouse.

O juiz pergunta ao réu caipira. –‍ Sua idade? – 35 anos seu dotô! – É casado? – Sim! ‍– Com quem? – Ca minha muié, uai sô! O juiz muito irritado com o caipira pergunta: ‍– O sr. conhece alguém casado com um homem? – Sim! Quem? – A minha muié uai!

-----------------------------------------------------

----------------------------------------------------Por que o médico que trabalha a noite se veste de verde? - Porque ele está de plantão ----------------------------------------------------Por que o jacaré tirou o jacarezinho da escola? - Porque ele réptil de ano ----------------------------------------------------Uma pesquisa mostrou que 93% da população não acredita nos políticos. – E os outros 7%? – São políticos. ----------------------------------------------------Qual o nome do carro que mostra que vai chover? – Celta Preto! O que significa SUS? – Seu último suspiro! ----------------------------------------------------O bêbado atravessa a rua e um carro buzina pra ele: BIBI… O bêbado olha pro carro e diz: – Eu também BIBI, e muito!! ----------------------------------------------------A professora falou: Bastião, me fale uma frase com a palavra capacidade! João disse: – Quando morava na roça eu era abestado, aí eu vim capacidade e miorei!

Piadas e Jogos

brasilbest.com

CAÇA PALAVRAS

7 ERROS

----------------------------------------------------Na aula de química o professor pergunta: - Quais as principais reações do álcool? O aluno responde: - Chorar pela ex, achar que esta rico, ficar valente e pegar mulher feia! Então o Professor disse: - Nota 10! ----------------------------------------------------Na delegacia – Seu delegado meu marido saiu de casa ontem a noite, disse que ia comprar arroz e até agora não voltou. O que eu faço doutor? – Sei lá, faz macarrão!! ----------------------------------------------------Joãozinho entra em casa esbaforido: - Mãe, mãe, me dá um real pra eu dar pro senhor idoso, ali na rua! Orgulhosa, ela dá o dinheiro ao filho e pergunta: - Pra que senhor idoso você vai dar o dinheiro, meu anjo? - Pra aquele ali que está gritando “Olha a pipoca quentinha!”

CRUZADAS Substitua os números pelas letras indicadas no gráfico ao lado: Escreva cada palavra decifrada ao lado do respectivo número:

Verticais

Horizontais


brasilbest.com

Atualidade

CIÊNCIA

Comportamento

Setembro 2017

19

continuação da página 6 vendo o uso das ciências comportamentais precisa levar em conta o alto custo das más escolhas dos cidadãos e os reflexos na sociedade. “Quanto mais tempo eu estudo mais acho que temos que ser paternalistas, pois o mundo que está aí é complexo. Quanto mais avançamos em todas as áreas da vida, mais as decisões se tornam difíceis e as pessoas não sabem qual o ponto certo a escolher. Precisamos analisar o custo-benefício das más escolhas”. O especialista ainda aconselha a quem quer mudar comportamentos pessoais e no trabalho ficar atento aos detalhes. “É se debruçar sobre os detalhes, sobre o comportamento que se espera.Ver quais são os obstáculos e como eliminá-los”. Em 2015, a a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp) decidiu mudar o formato do formulário da previdência complementar que é entregue ao funcionário público no primeiro dia de trabalho para identificar se ele quer ou não participar do plano.

subir de 40% para 82% a fatia de participantes ao plano.

No documento, a opção “Sim, eu quero aderir ao plano” passou a ser marcada automaticamente, com o objetivo de aumentar a adesão. Desde então, caso não queira aderir ao plano, o funcionário tem 90 dias para desistir. A iniciativa, baseada em uma prática aplicada nos Estados Unidos, fez

“Em nenhum momento a liberdade [de escolha] é suprimida, porque a pessoa pode deixar de fazer, não tem nada compulsório”, disse a psicológa Vera Rita. A especialista diz ainda que não existe nenhum perigo na adoção da ciência comportamental na coletividade, pois está a favor da população. “É sempre uma indução leve e caso você queira revelar tudo que está sendo feito para o tomador de decisão, isso não diminui a eficácia. O que eu defendo também é colocar o público-alvo para pensar junto, antes de formular [iniciativas]”.

Incentivo do Banco Mundial De acordo com o Relatório do Desenvolvimento Mundial 2015: Mente, Sociedade e Comportamento, do Banco Mundial, diversos fatores comportamentais e sociais podem afetar o êxito de uma política. “A prática de desenvolvimento exige um processo interativo de descoberta e aprendizagem, que implica a distribuição do tempo, dinheiro e conhecimento técnico ao longo de vários ciclos de projeto, implementação e avaliação”. Segundo o relatório, uma visão mais profunda do comportamento humano pode contribuir para o alcance dos objetivos de desenvolvimento em muitas áreas, como desenvolvimento na primeira infância, finanças domésticas, produtividade, saúde e mudança climática.

por Ludmilla Souza (com EBC)


20

Setembro 2017

RECEITA

Culinária

Carne de porco com coentro seco e vinho

Bia Flores

brasilbest.com

Pork with dried coriander and wine

por Bia Flores

Ingredientes: 4 porções

Ingredients: 4 servings

- 750 g de filé de porco

- 750 g of pork fillet

- 2 colheres (sopa) de suco de limão

- 2 tablespoons lemon juice

- 4 colheres (chá) de sementes de coentro secas (veja a dica)

- 4 teaspoons dried coriander seeds (see tip)

- ½ colher (chá) de açúcar

- ½ teaspoon of sugar

- Sal e pimenta-do-reino

- Salt and black pepper

- 3 colheres (sopa) de azeite de oliva

- 3 tablespoons olive oil

- 2 cebolas grandes fatiadas

- 2 large sliced ​​onions

- 1 xícara (250 ml) de vinho tinto - Folhas de coentro para decorar

- 1 cup (250 ml) red wine

anabiaf79@aol.com

Modo de preparo: Corte a carne em cubos de 2,0 cm aproximadamente e coloque-os em uma vasilha de cerâmica ou vidro. Quebre as sementes de coentro em um machucador manual; adicione o açúcar, 1 colher (chá) de sal e ½ colher (chá) de pimenta-do-reino. Misture bem e esfregue na carne cortada de modo que cada pedaço fique temperado por igual. Junte 3 colheres (sopa) do vinho, misture e cubra a vasilha. Leve à geledeira por 4 horas ou de um dia para o outro. Retire a carne da geladeira e deixe-a em temperatura ambiente por 30 – 40 minutos antes de cozinhar. Reserve um refratário médio com tampa – você pode usar folha de papel alumínio grosso. Preaqueça o forno à 325°F (160° C ). Leve ao fogo alto uma frigideira antiaderente grande. Quando estiver quente, coloque 2 colheres (sopa) do azeite e deixe aquecer sem esfumaçar. Acrescente a carne e cozinhe por 3 a 4 minutos, até dourar levemente (por dentro ela deve ficar rosada). Transfira para o refratário, cubra para mantê-la morna e deixe de lado. Na mesma frigideira, em fogo moderado, aqueça o restante do azeite e refogue a cebola, até murchar e dourar ligeiramente, mexendo ocasionalmente. Adicione o vinho restante; tempere com 1 pitada do sal e 1 pitada da pimenta. Deixe ferver por 1 a 2 minutos; transfira para o refratário e cubra com a tampa ou papel alumínio. Leve ao forno por pelo menos 1 hora ou até a carne ficar macia. Decore a gosto com folhas de coentro e sirva. Sugestão: as sementes secas do coentro têm um ligeiro e agradável sabor de laranja. Este sabor é acentuado quando elas são quebradas ou esmagadas. Você pode aquecê-las ligeiramente em uma frigideira, antes de amassá-las. Caso não as tenhas ou as encontre, substitua-as por 1 colher (sopa) de coentro moído.

- Coriander leaves to decorate

Method of preparation: Cut the meat into approximately 2.0 cm cubes and place in a ceramic or glass bowl. Break the coriander seeds into a manual bruise; Add the sugar, 1 teaspoon of salt and ½ teaspoon of black pepper. Mix well and rub the cut meat so that each piece is evenly seasoned. Add 3 tablespoons of the wine, mix and cover the bowl. Take to the glacier for 4 hours or overnight. Remove the meat from the refrigerator and leave it at room temperature for 30 - 40 minutes before cooking. Reserve a medium refractory with lid - you can use thick foil foil. Preheat the oven to 325 ° F (160 ° C). Take a large non-stick frying pan over the heat. When it is hot, put 2 tablespoons of the oil and let it warm without fumigating. Add the meat and cook for 3 to 4 minutes until lightly browned (inside it should turn pink). Transfer to refractory, cover to keep warm and set aside. In the same frying pan over moderate heat, heat the rest of the oil and sauté the onion until lightly browned and browned occasionally. Add the remaining wine; Season with 1 pinch of salt and 1 pinch of pepper. Let it boil for 1 to 2 minutes; Transfer to the refractory and cover with the lid or foil. Bake for at least 1 hour or until meat is tender. Garnish with coriander leaves and serve. Suggestion: the dried coriander seeds have a slight and pleasant orange flavor. This taste is accentuated when they are broken or crushed. You can heat them lightly in a frying pan, before kneading. If not, replace with 1 tablespoon chopped coriander.

HORÓSCOPO

aquário - 20/01 à 18/02 É provável que algumas pessoas necessitem da sua ajuda para tomar decisões importantes e deverá ajudar em tudo o que puder. No entanto, tenha cuidado para que estas não criem dependência.

gêmeos - 21/05 à 20/06 A nível profissional, poderá sentir que está em fase de estagnação. A sua criatividade não estará na melhor fase, o que vai dificultar a sua vontade de aceitar novos desafios.

libra - 23/09 à 23/10 O seu lar será o seu grande ponto de equilíbrio durante esta fase. Estará mais virado para as tarefas domésticas, assim como para a organização das mesmas.

peixes - 19/02 à 19/03 Estará mais paciente para ouvir as pessoas mais velhas. Há uma forte probabilidade de se interessar por causas humanitárias. Viverá esta fase que lhe trará uma aprendizagem para o futuro.

câncer - 21/06 à 22/07 Se está num relacionamento, evite fechar-se ou até criar situações de rotina, pois estas não vão ajudar em nada. Dê mais de si à pessoa que ama!

escorpião - 24/10 à 22/11 Se está num relacionamento, poderá sentir que chegou a altura de esclarecer algumas situações. Não perca mais tempo. Siga a sua intuição! A nível de saúde, a sua forma física estará em pleno.

áries - 20/03 à 19/04 Este mês será cheio de emoções. Poderá ter de lidar com algumas situações de dualidade, entre a razão e a emoção. Algúns reencontros poderão trazer algumas lembranças da sua infância.

leão - 23/07 à 22/08 Embora ande um pouco ansioso, é importante que não queira tudo para ontem. Lembre-se que devagar, se vai ao longe. Deverá ter cuidado com as suas atitudes.

sagitário - 23/11 à 20/12 Forte união conjugal ou profissional. Para os nativos de Sagitário, este mês aconselha-se a que tenha alguma prudência e não se deixe levar por opiniões de terceiros.

tour0 - 20/04 à 20/05 É provável que sinta a necessidade de iniciar coisas novas, como fazer algum curso ou montar o seu próprio negócio. Algumas decisões importantes terão de ser tomadas.

virgem - 23/08 à 22/09 O seu lado impulsivo poderá ser prejudicial e deve evitar tomar decisões de cabeça quente. Nesta fase é importante que não coloque nada a perder ou virá a arrepender-se mais tarde.

capricórnio 21/12 à 19/01 Se está num relacionamento, o reencontro com uma pessoa do seu passado vai fazê-lo balançar. Tenha cuidado com situações de dualidade! Para os que estão sós, vão querer cuidar mais de si.


Trump não sai da cabeça!

brasilbest.com

Roteiro & Arte

Dante tem pensando muito em Trump ultimamante.

e já começa a ficar preocupado, pois acha que está vendo Trump em todos os lugares!

foi tomar uma gelada para espairecer, mas também não funcionou...

foi relaxar no parque e não funcionou... perdeu o sono e decidou trabalhar mais um pouco na UBER mas, piorou...

amanheceu e ele foi dar um mergulho na praia mas, babou...

completamente exausto, decidiu deitar na cama para dormir...

... e esquecer o Trump! OOPS!


22

Setembro 2017

MĂşsica

CULTURA

Boca do Rio Tour

Todos os meses no jornal e website BrasilBest

Contato:

contact@brasilbest.com 650-204-9940

brasilbest.com


brasilbest.com

Música

CULTURA

Boca do Rio Tour

Setembro 2017

23


Música

24

Setembro 2017

CULTURA

Boca do Rio Tour

brasilbest.com

RACISMO AUMENTA NOS EUA - Jornal BrasilBest Mídia, edição 211 Setembro 2017 - brasilbest.com  

• Imigração: Pedir “Perdão” • Editorial: Racismo aumenta nos EUA • Atualidade: Ciência Comportamental • Entrevista: Fabiano Gomes • Viagem:...