Issuu on Google+

MAPA SIMPLIFICADO DE SOLOS DO ESTADO DO PARANÁ 54°0'0"W

A

53°0'0"W

52°0'0"W

51°0'0"W

50°0'0"W

49°0'0"W

48°0'0"W

A

Bt

C1

São Paulo

Mato Grosso do Sul

C2

P R

L+P

Paranavaí

RY

L

6

Maringá

1 3 R P

1 5 8 B R

N

P

Campo Mourão

25°0'0"S

1

2

RL+RR

Argentina

1 5 8

5 1 R 5

P C

C+L

B R

G+O RL+RR

RL+RR

C

AR+RL 2 7 7

AR+RL

C GZ

AR+RL GZ

GZ

P

E GZ Paranaguá E GZ

C

Bh

C AR+RL

C+RR E GZ E ESPODOSSOLOS (E) - solos arenosos, com drenagem variável, determinando fragilidade ambiental.

E

AR+RL

G+O

B R

6 1 1

C

C+L

C+RR

AR+RL

AR+RL AR+RL

AR+RL

A

GZ C+RR E

RL+RR C

União da Vitória

Cr

Oceano Atlântico

C+N

Pato Branco

C+N C

Santa Catarina

A

53°0'0"W

52°0'0"W

Legenda Classificação

1

C

1

C+L

RL+RR

L

54°0'0"W

R

G+O

N

B R

L

P

N+RL

P+N

C

N+RL

Curitiba

C+L

AR+RL AR+RL

AR+RL

6 3 7

L

L

L

0 9 0

C

C

AR+RL

AR+RL

C+N

3

AR+RL

P R

AR+RL C+RR

B R

7

AR+RL

6

N+L

Francisco Beltrão

L

C+RR AR+RL AR+RL

7

RL+RR

N+L

C

L+C

3

3

RL+RR

AR+RL

C

AR+RL

R

R

L

Ponta Grossa

Irati

N+L

L

R

7

L

3 7 3

B

L

B

3

3

L

B

26°0'0"S

L

R

Guarapuava

Laranjeiras do Sul

N+L

N+RL

Cg

P

1 5 1 P R B

P+N

2 7 7

RL+RR

AR+RL 6

L+C

L

A

P

E

7

B R

C

N

C

3

L+C

G+O

R

N+RL

LATOSSOLOS (L) - solos muito profundos (normalmente mais que 2 m), bem drenados (água infiltra com facilidade), com elevado potencial de utilização.

L

C

Cascavel

RL+RR

A

AFLORAMENTOS DE ROCHAS (AR) - locais com pouca presença de solos, determinando elevada fragilidade para os ambientes logo abaixo.

P+N C

N+L

2 3 9

L

L

L RL+RR C

1 6 3

N+L

NEOSSOLOS LITÓLICOS (RL) - solos de encostas bem declivosas, rasos (menos de 50 cm) e bem drenados (água infiltra com facilidade), sujeitos à erosão, portanto devem ser destinados à preservação.

C+RR

L

NITOSSOLOS (N) - solos profundos ( 1 a 2 m) e bem drenados (água infiltra com facilidade), com bom potencial de utilização.

GLEISSOLOS (G) - solos desenvolvidos em ambientes com grande quantidade de água, portanto, devem ser destinados à preservação.

C

P

N+L

1

1

B

N+RL

RL+RR

RL+RR

N+L

9

Toledo

L

P

R

5

C+RR

L C

L

B R

0

P R

L

P L

7 3 1

R

A

R

6

N

P

L

9

P

0

B

Paraguai

Bt

P+N

RL+RR N+L

C

P

Ivaiporã

3

P R

9

P

CAMBISSOLOS (C) - solos de encostas, pouco profundos (50 cm a 1 m) e bem drenados (água infiltra com facilidade), que ocorrem caracteristicamente em paisagens mais declivosas.

RL+RR

0

P

Bw

P

0 9 2

24°0'0"S

L

RL+RR

P R

R

A 2

P

L

R

2 7 2

3

L

N+L

N+RL

6

L P

RL+RR

P

B R

4

N

P 2

5

P

P

9

R

Umuarama

3

Apucarana

N+RL P

RY

4 4 4

N+L P

0

L+P

RL+RR

L

R

L+P

A

Santo Antônio da Platina

3 6 9

NEOSSOLOS FLÚVICOS (RY) - solos de margens de rios, portanto devem ser destinados à preservação ambiental.

P

P R

N+L AR+RL

Cornelio Procópio

Londrina 3 7

7

R

B R

N+L

24°0'0"S

B

N+L

Bi

N+RL

4 4 5

RY

L

N+L

P R

ARGISSOLOS (P) - solos profundos (1 a 2 m), bem drenados (água infiltra com facilidade), com acúmulo de argila no horizonte B, muito sujeitos à erosão,pois o horizonte A tem mais areia.

R

P

C6

25°0'0"S

G+O

3

2

0 9 2

23°0'0"S

P R

N+L

3

C5

Escala: 1:1.200.000

26°0'0"S

C

C4

L+P 23°0'0"S

3 1 7

C3

C+L - CAMBISSOLOS + LATOSSOLOS

AR+RL - AFLORAMENTOS DE ROCHAS + NEOSSOLOS LITÓLICOS

C+N - CAMBISSOLOS + NITOSSOLOS

G+O - GLEISSOLOS + ORGANOSSOLOS

L - LATOSSOLOS

RY - NEOSSOLOS FLÚVICOS

L+C - LATOSSOLOS + CAMBISSOLOS

RL+RR - NEOSSOLOS LITÓLICOS + NEOSSOLOS REGOLÍTICOS

L+P - LATOSSOLOS + ARGISSOLOS

E - ESPODOSSOLOS

N - NITOSSOLOS

P - ARGISSOLOS

N+RL - NITOSSOLOS + NEOSSOLOS LITÓLICOS

P+N - ARGISSOLOS + NITOSSOLOS

N+L - NITOSSOLOS + LATOSSOLOS

C - CAMBISSOLOS

GZ - GLEISSOLOS SÁLICOS

C+RR - CAMBISSOLOS + NEOSSOLOS REGOLÍTICOS

Corpos de Água

51°0'0"W

50°0'0"W

Adaptado do Mapa do Levantamento de Reconhecimento dos Solos do Estado do Paraná Convênio 12/72 - Governo do Estado do Paraná/ IAPAR/ EMBRAPA/ SUDESUL - 1981 Escala: 1: 600.000

49°0'0"W

48°0'0"W

EXECUÇÃO:

AUTORES: EMBRAPA FLORESTAS Eng. Agrônomo Gustavo Ribas Curcio - Pesquisador Contato: (041) 3675 5735 E-mail: curcio@cnpf.embrapa.br Laboratório de Monitoramento Ambiental Contato: (041) 3675 5717 e-mail: marilice@cnpf.embrapa.br Acad. Geografia Vilmar de Oliveira Sobrinho - Estagiário Acad. Eng. Florestal Lisâneas Albergoni do Nascimento - Estagiária Eng. Florestal Marilice Cordeiro Garrastazu - Pesquisadora Eng. Florestal Maria Augusta Doetzer Rosot - Pesquisadora UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - Departamento de Solos e Engenharia Agrícola Eng. Agrônomo Valmiqui da Costa Lima - Professor Departamento de Solos e Engenharia Agrícola Contato: (041) 3350 5649 E-mail: valmiqui@ufpr.br PÚBLICO ALVO Professores e Escolares de Ensino Fundamental e Médio MAPA ELABORADO PARA APOIO AO PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA SOLO NA ESCOLA. FEVEREIRO DE 2012

NEOSSOLOS REGOLÍTICOS (RR) - solos de encostas declivosas, pouco profundos (50 cm a 1 m) e bem drenados (água infiltra com facilidade), determinando fragilidade ambiental.

H1

H2 PATROCÍNIO:

Cg Publicado com recurso do Programa de Gestão de Solo e Água em Microbacias. APOIO:

ORGANOSSOLOS (O) - solos mal drenados (com acúmulo de água) e com muita matéria orgânica, portanto, devem ser destinados à preservação.


mapa-simplificado