Issuu on Google+

Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Bem-vindos à quinta edição do “Jornal do Pokeforum”. Esperemos que gostem.

Pág.1


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Rubrica

Páginas

Índice

2

Introdução

3

Notícias do Forúm

4e5

Metagame

6 a 10

FVM

11 a 15

Sprites!

16 e 17

Entrevista

18 a 20

Game Time

21

Design Time

21 e 23

Music Time

24 a 27

Anime Time

28 a 32

Pág. 2


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Coordenadores: -Blazigatr -Jozoz Equipa do Jornal: Notícias do Fórum/Cronista das Notícias do mês - Rex Entrevistador – Sild San Metagame - Myr Designer Spriter - by Desenhador - Blazigatr Animes - DarkAbsol Jogos - Valdes Música – TheMipe

Pág. 3


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Hey everybody! Como podem ver, o jornal passou de bi-mensal para mensal de novo. Isso significa mais textos meus e watnot. Também estou agora incutido com o trabalho extra de relatar as nóticias do mundo pokémon, bem como as notícias deste fórum. Mas não é por isso que recebo dois ordenados. Aliás, não recebo nenhum. Aliás estou neste momento numa catacumba escura e fria, algemado e com o líder deste jornal atrás de mim em trajes menores e com um chicote. Quando parei para descansar ele quase me furou um olho com uma das suas arestas de cara e estou a chorar sangue. E, fica entre nós, ele toca-me nos meus "no-nos" quando estou demasiado exausto para oferecer resistência. Por isso após lerem este texto venham salvar-me do meu maléfico mestre! (by blazi: isto era o que tu querias não era rex? Pois era, mas fica-te pelos sonhos íntimos) No mundo Pokémon, o que há de relevante este mês é o lançamento do "Pokémon Typing DS", um jogo que consiste em apanhares pokémons...soletrando os seus nomes. Este é um spin-off que creio que não irá viver para ver as terras Americanas e Europeias. Porque os nomes japoneses e ingleses são diferentes, uma eventual tradução levaria mais trabalho que só traduzir as falas e colocar um logo novo. Além disso jogos de soletrar são do mais retardado que há. Deal with it.

Pág. 4


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

No Pokéforum, esqueci-me de mencionar, que os Digimons há muito morreram. Agora o que está a dar é o GPX Plus, que é como a cena dos digimons, excepto que é com pokémons e as imagens não se mexem. E se não carregarem nos meus, irão juntar-se a mim na catacumba. Os torneios já passaram, tendo o Tigas ganho os referentes a metagame porque ele é haxeiro, mas infelizmente não houve rasto de Missão Especial no RPG. Agora, após o dia de Jesus Zombie, o fórum acalma, lugúbre pelo último período de aulas e as conversas XXX da shoutbox às cinco para a meia noite estão destinadas a terminar excepto ao fim-de-semana. Portanto kiddos, eu maneira de closure, aproveitem enquanto podem porque em breve a escola irá cair sobre vocês com toda a vossa força. espero que tenham todos tido um bom dia de Jesus Zombie!! Ah e parabéns ao Tigas que foi moderador do mês em Março, e ao DkM, TheMipe que foram membros do mês de Março, porque como fui tão considerado membro do mês, uns outros fags acabaram por partilhar o pódio comigo. By: RX

Pág. 5


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Bem, como a reacção ao artigo anterior foi positiva, decidi regular-me pelo mesmo formato. Nesta edição vou analisar algumas estratégias, ataques, e como utilizar determinados Pokémons, novamente sem qualquer apoio de nenhum site informativo, apenas baseadas no meu conhecimento de metagame. Comecemos pelos ataques, mais concretamente o Substitute, um movimento muito útil, o qual utilizo frequentemente nas minhas equipas uma vez que é um ataque que pode ser aprendido pela maior parte dos Pokémons do metagame actual. Este ataque cria um “dinossauro miniatura” que toma o lugar do Pokémon que o usa, tornando-se o “boneco”, o alvo do próximo ataque do oponente. Ataques passivos, como por exemplo, Thunder-Wave, Toxic, Leech Seed, etc, não afectam o Pokémon uma vez que este está protegido pelo invólucro do Substitute. Em termos práticos, este ataque é utilizado como forma de criar uma situação desconfortável para o oponente, uma vez que este tem de executar um ataque que cause dano ao Substitute a fim de este desaparecer. O Substitute, na sua generalidade é utilizado por Pokémons que necessitem de “upar” (aumentar/elevar) o seu Status, a fim de se tornarem potenciais Sweepers. Desta forma, no caso de estarmos a prever um Switch-out (troca do Pokémon anteriormente em campo) pelo oponente ou de um ataque passivo ou de um ataque que cause poucos danos, o Substitute possibilita a utilização de moves que elevem o Status, pelo menos uma vez, permitindo o surgimento de uma situação que poucos jogadores adversários conseguem contrariar. Pág. 6


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Então e o que me dizem do ataque Pursuit? Um move extremamente útil do tipo Dark que causa uma quantidade considerável de dano a um Pokémon cuja fraqueza é este tipo de ataques. Contudo, este ataque tem uma particularidade, mesmo que o oponente troque o seu Pokémon, em vez do ataque causar dano ao Pokémon que entra de novo no campo, atinge o Pokémon que é retirado do jogo. Assim, na maioria das vezes em que se usa o Pursuit, de modo a causar dano a Pokémons dos tipos Psychic ou Ghost, este causa 1HKO. Passemos à análise de tipos específicos de Pokémons, nesta edição vou criticar a utilização de Anti-Leads, ou seja, Pokémons que tal como os Leads, são utilizados no início das batalhas; contudo, os Anti-Leads têm a principal função de orientar o seu moveset, especificamente, para combater os Leads. Pokémons como Azelf, Hydreigon, Genesect, etc, são óptimos Anti-Leads, uma vez que possuem uma vasta “movepool” (podem aprender muitos ataques diferentes), que lhes proporciona a criação de um moveset rico em ataques de vários types capazes de enfrentar qualquer Lead. Para além da sua função como Anti-Leads, estes Pokémons também se comportam muito bem noutras alturas/ situações do combate, uma vez que são realtivamente rápidos e tem ataques capazes de causar grandes quantidades de danos. Chegou a altura de apresentar a sugestão de equipa desta edição; desta vez, procurei compor uma equipa baseada nos aspectos analisados anteriormente…e então cá vai:

1- Hydreigon (Anti-Lead) ~ Flametrower/ Fire Blast ~ Dark Pulse ~ Draco Meteor/ Dragon Pulse ~ Hidden Power Ground/ Surf (penso que não se pode utilizar Earth power, uma vez que estamos a usar Dark Pulse)

Pág. 7


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

2- Jellycent ~ Scald/ Surf ~ Recover ~ Toxic/ Will-o-Whisp ~ Ice Beam/ Energy Ball

3- Blaziken (com a habilidade Speed Boost – Dream World) ~ Swords Dance ~ Hi Jump Kick ~ Flare Blitz / Blaze Kick ~ Stone Edge

4- Virizion ~ Giga Drain/ Grass Knot ~ Focus Blast ~Calm Mind ~ Substitute/ Hidden Power Ice (Este Virizion é o que eu utilizo, não é o Standart normal, espero que gostem)

Pág. 8


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

5- Galvantula (habilidade Compoundeyes) ~ Thunder ~ Bug Buzz ~ Energy Ball / Volt Switch ~ Hidden Power Ice / Hidden Power Fire

6- Scizor (Item Choice Band) ~ Bullet Punch ~ Pursuit ~ Superpower ~ U-Turn

Bem, não vou colocar natures, items, EV’s, uma vez que cada metagamer gosta de trabalhar a sua equipa, e desta forma incentivo o melhoramento das qualidades de metagame dos users do Pokéforum. No entanto deixei alguns comentários ao longo da equipa, pois acho que são importantes e quem não os quiser seguir é livre de o fazer. Espero que tenham gostado do artigo de metagame desta edição… Cumps, Myr

Pág. 9


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Ora muito bem-vindos a mais um FVM. Este FVM é ainda mais simples que o anterior e vou apenas ensinar-vos a fazer sombras nas paisagens, paisagens essas tipo desertos, montes, montanhas... Espero que gostem.

Para uma paisagem desértica ou com montes relvados, simplesmente façam um “C” na direcção correcta para dar um efeito de sombra, depois apenas têm de fazer um bom degrade incidindo mais nessa parte.

Pág. 10


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Para fazerem as sombras em montanhas, apenas têm de fazer na mesma o “C” mas desta vez, irregular.

Espero que tenham gostado e até à próxima.

Pág. 11


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

DESENHO DO MÊS

Blazi

Pág. 12


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

By: Bastyriou Pág. 13


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

SPRITE DO MÊS Neste sprite do mês só houve um participante e foi na categoria de recolour. Esperemos que participem mais na próxima edição. Houve poucos participantes neste “Sprite do Mês” pelo que o by irá colocar o pódio deste mês em fusão com o da próxima edição.

Pág. 14


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Este mês o Sild San decidiu pegar numa entrevista que tinha feito ao Blazi há um tempinho atrás, num contexto diferente daquele a que estão familiarizados. Blazi

Sild: Olá Blazi. Esta entrevista é para um trabalho da escola e vai ser num contexto diferente do normal. Como te chamas e qual a tua idade? Blazi: marco (nao precisas saber mais anos de idade.

,nao metas isto claro ) e tenho 18

Sild: Como o Desumano . Se calhar não quererás responder a isto mas; onde vives e ainda andas na escola (eu sei que andas na universidade mas prontos)? Blazi: Vivo na zona Oeste, perto de Torres Vedras e ando na faculdade, na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa. Sild: Fixe. Pretendes então seguir medicina? Blazi: Eu disse enfermagem não medicina, mas por acaso já pensei algumas vezes nisso. Contudo depende das ofertas de emprego quando eu acabar de me licenciar, pelo que estou a pensar em ir trabalhar para o estrangeiro, depois talvez venha ou não para fazer medicina.

Pág. 15


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Sild: E se fores para o estrangeiro em que países pensas viver? Blazi: Sinceramente depende das ditas cujas ofertas de emprego, mas pensei em suíça ou países nórdicos. Sild: E o que sentiste quando foi confirmado que tinhas entrado? Blazi: sinceramente foi uma sensação de como quem diz "já estava a espera". Acredita, foi mesmo, porque segundo as notas do ano passado, sabia que era ali que ia entrar e quando vi que isso aconteceu nao me surpreendeu, no entanto estou feliz por ter entrado no que queria como e lógico. Sild: Recomendarias a universidade a alguém? Blazi: Sim, nao só por ter mais oportunidades de emprego no futuro, como também aprende-se muita coisa e tem-se um espírito muito bom, espírito de equipa, as praxes ajudam a relacionarmo-nos, mesmo sem nos conhecermos, fiquei com uma madrinha que me dá literalmente tudo , mas mesmo tudo sobre o ano em que estou (1º), deu apontamentos, testes, dicas... Mas como tudo também tem coisas más, como por exemplo levar nãos de gajas, já levei 2 desde que lá estou, mas também levo sins ;)

Sild: Estás a gostar da tua nova vida? Blazi: Estou, e basicamente deve-se ao que respondi na questão de cima, o espírito, novas pessoas e amigos, mais sabedoria...isto porque eu valorizo muito o conhecimento. Sild: E que responsabilidades acrescidas ganhaste com esta nova etapa? Blazi: Muitas, a responsabilidade de ter de rever a matéria diariamente, levantar-me diariamente as 5h30m (da manha sim) e só chegar as 16h , responsabilidade de ir todos os dias para a capital quando se mora longe, fora as responsabilidades "normais" claro.

Pág. 16


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Sild: Já pensaste na vida pessoal? Blazi: Já e meto-a à frente, é claro que estudo e sempre me dediquei imenso à escola, no entanto se tiver tudo estudado, vou ter com os meus amigos, desenho, faço “tretas” no PS, vejo televisão… nunca deixei que a minha vida fosse só a escola, pois tal como o meu pai diz "há tempo para tudo" Sild: E os horários são pesados ou algo que se aguente facilmente? Blazi: Os horarios em si sao bons, "entro" as 8h e "saio" as 14h. Eu apenas tenho de me levantar aquela hora e só chego aquela hora pois tenho de apanhar autocarro, metro e ainda andar uns metros a pé.

Sild: Ora muito obrigado Blazi. Boa sorte na faculdade. Blazi: Obrigado eu, boa sorte, espero que tenhas boa nota

Pág. 17


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Com a chegada da 3DS às lojas, muita gente se interroga sobre o seu preço e se vala mesmo a pena gastar todo esse dinheiro na nova portátil da Nintendo. Para vos esclarecer todas as dúvidas, vou-vos dar informações sobre as funcionalidades e jogos desta nova consola. Vou começar por falar do 3D, muita gente pensa que é impossível ou que é uma aldrabice e a verdade é que ficam desiludidas quando compram a consola. E porquê? Porque começam logo a pensar no 3D do cinema e coisas a saírem do ecrã, mas não é assim. Não deixa de ser 3D, mas eu preferia chamar-lhe relevo, uma camada há frente do ecrã que dá uma pequena sensação de 3D aos jogadores, foi o que senti quando tive a Nintendo 3DS nas minhas mãos. Mas prefiro jogar sem isso, faz confusão aos olhos e bastam 15 minutos para vos começarem a doer os olhos, se olharem fixamente e muito perto para o 3D, quando tentam olhar para outra coisa ficam com a vista um bocado desfocada. Um grande defeito da consola e um erro da Nintendo, tendo em conta que estamos a prejudicar a nossa visão. Pág. 18


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Mas mudando de tema, a consola mantém o típico formato da sua antecessora, dois ecrãs, o de baixo é táctil e basicamente mantém as mesmas teclas, adicionando um analógico, o botão “Home” e um botão que ajusta o Modo 3D aos nossos olhos. Uma inovação são os gráficos, muita gente achava os gráficos da antiga Nintendo DS fracos para uma consola da geração, então não se podem queixar da 3DS, claro que os gráficos não estão ao nível da Playstation 3 ou da Xbox 360, mas são melhores que os da PSP e acho que até da Playstation 2. Um dos motivos que me leva a compreender o preço da consola, é mesmo os gráficos.

A Nintendo 3DS trás mais uma câmara que a DSi, que é para puder tirar fotos em 3D e também pode ser usada com a aplicação “Wii Maker”. Esta aplicação usa uma foto nossa, para criar uma versão mais básica de um Mii, sem termos de nos dar ao trabalho de sermos nós a cria-lo. Já temos as fotos em 3D e o Mii, agora só temos de juntá-los, fazendo o Mii entrar na foto, metendo-o numa posição que queiramos. Outra aplicação que parece ter sido retirada da Wii, é o “Activity Log”, mas desta vez com mais conteúdo e mais bem trabalhada. O “Activity Log” vai monotorizar e gravas as actividades dos utilizadores, nomeadamente os passos dados na rua, graças a uma ferramenta incluída na consola, isto oferece recompensas e é uma forma de apelar ao exercício físico. E por falar em exercício físico, está na hora de falar no “SpotPass” e no “StreetPass”, expressões que a Nintendo quer que façam parte do vocabulário dos jogadores. O “StreetPass” é uma aplicação com características interessantes, basicamente, quando duas pessoas vão a andar na rua e se cruzam com uma 3DS (não precisa de estar ligada), as máquinas interagem entre si, trocando dados. Já o “SpotPass” permite receber conteúdos na 3DS de forma fácil, como acontece na Wii, filmes e séries em 3D e outro tipo de coisas. Em Portugal, a TMN vai estar ligada ao “SpotPass” de alguma forma ainda não revelada, isto também para sublinhar, que em Portugal se está a investir bastante nesta consola, estando a 3DS totalmente em português e também alguns jogos. Pág. 19


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Uma coisa que mudou, são os famosos e trabalhosos Friend Codes, na consola antecessora tínhamos de adicionar um FC em cada jogo, caso quiséssemos jogar com algum amigo por Wi-Fi, agora só existe um Friend Code, que é o da 3DS, poupando muito trabalho aos utilizadores. Bem, agora vou falar-vos dos jogos. O preço máximo aumentou em relação aos jogos da antecessora, na DS nenhum jogo custava mais que 39,99 €, agora o preço vai até aos 49,99 €, mas compreende-se, tento em conta que os gráficos estão num nível superior. Agora, vou falar um pouco sobre 2 jogos da 3DS: Super Street Fighter IV: 3D e Pro Evolution Soccer 2011 3D.

Super Street Fighter IV: 3D A adaptação dos 35 lutadores, presentes nas versões caseiras, foi feita de forma exemplar. Todas as personagens possuem os correspondentes leques de movimentos, vistos nas versões anteriores do jogo. Em adição, esta versão portátil de Street Fighter 4 inclui todos os fatos adicionais, que foram lançados através de DLCs pagos nas versões PS3 e Xbox 360. Tirando o facto de que poderão fazer tudo o que fazem em Super Street Fighter 4 (PS3/Xbox 360) em qualquer sitio, a qualquer hora, Super Street Fighter 4: 3D Edition é uma obra de arte portátil. Embora esta versão apresente factores (alguns compreensíveis) menos conseguidos quando comparados com as suas versões caseiras. A vida nos cenários, outrora existentes nas versões PS3/Xbox 360, deixaram de existir, passando a ser estáticos. Ou seja, para além das boas animações feitas pelas personagens, os típicos acontecimentos que decorrem em plena luta deixaram de existir, virando a atenção inteiramente para a luta. Pág. 20


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Pro Evolution Soccer 2011 3D

Desde logo é o jogo de futebol mais polido e vistoso que já vimos para uma portátil, indiscutivelmente. Para quem sempre seguiu as portáteis da Nintendo tem aqui um avanço fantástico. Outras versões tendem a resultar em experiências bastante fluidas, mas aqui nesta versão para a 3DS, desde a modelação dos atletas, aos estádios, à animação, relato, PES 2011 é um jogo altamente competente, um sólido desafio ainda que a Konami não tenha explorado como devia nos modos de jogo Todavia e apesar das limitações, esta versão vive por si e transmite o essencial de um PES, com mais dezenas de seleções e mais de uma centena de clubes. Mais de vinte estádios devidamente reproduzidos, a edição Liga dos Campeões e a tão apregoada Master League. A ausência de alguns torneios como a prova congénere sul-americana da Liga dos Campeões, bem como a impossibilidade de treinar a equipa selecionada, como forma de melhor se adaptar à perspetiva de jogo, exercem algum desconsolo quando percorremos o quadro de opções e não vemos essas possibilidades. Contudo a Master League já por si proporciona uma riqueza significativa de jogos, envolvendo a gestão e evolução de um plantel ao longo de várias temporadas.

By: Valdes

Pág. 21


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

A Jota saiu do jornal por não apresentar trabalho. Esta secção está cursed, ninguém fica cá muito tempo. xD

Pág. 22


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

BANNER DO MÊS

Parabéns ao Ovidiu-Hiei, que ganhou o “Desenho do Mês” desta edição. Também tem foi o único participante, mas o desenho está bom, tirando a cara, cabelo e traço, o desenho está bom. Parabéns mais uma vez

Pág. 23


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Muse

Olá pessoal! Nesta Edição trago-vos um artigo sobre os Muse, banda que está a ter um grande êxito no momento. Se não quiserem ler o artigo, leiam na mesma. Ok! Vou começar a apresentar o artigo. Os Muse, como disse são uma banda, esta é mais acentuada para o Rock Alternativo. A banda foi formada em 1994 e os seus membros são: Matthew Bellamy (vocalista, guitarra, piano, teclado), Christopher Wolstenholme (baixo e teclado) e Dominic Howard (bateria). O seu maior êxito foi a lotação total do estádio Wembley Stadium em Londres. A Banda já tem 5 álbuns de estúdio, nomeadamente, Showbiz (1999), Origin Symmetry (2001), Absolution (2003), Black Holes & Revelations (2006) e The Resistance (2009). Os Muse já conquistaram numerosos Pág. 24


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

prémios na sua carreira. Cinco MTV Europe Music Awards, cinco Q Awards, nove NME Awards, dois Brit Awards, quatro Kerrang! Awards e um American Music Awards. Já foram igualmente nomeados para os três prémios Grammy, ganhando o prémio de melhor álbum de Rock, sendo esse o álbum The Resistance. Em meados de 2010 a banda já tinha vendido mais de 11 milhões de cópias por todo o mundo.

A formação da banda e início de carreira A sua formação começou em 1992. O Matthew Bellamy fez um teste para entrar na banda de Dominic Howard e conseguio superar, aí eles perguntaram ao Christopher Wolstenholme se podia aprender a tocar baixo, pois na altura só tocava bateria, este aceitou e deu-se a formação de um grande banda actual. Em 1993 a banda tinha como nome Rocket Baby Dolls, esta foi participar numa competição de bandas e eles venceram. Com o choque da vitória, a banda decidiu largar os empregos e ir para Teignmouth. O nome actual da banda derivou-se da inspiração que Matthew teve pelo professor de artes, pois o professor mencionava a palavra “muses”, então o Matthew procurou a palavra no dicionário e abreviou para “Muse”, a banda aceitou e ficou o nome.

Pág. 25


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Álbuns Bem os Muse já publicaram 5 álbuns, estes são: Showbiz (1998), Origin of Symmetry (2001), Absolution (2003), Black Holes & Revelations (2006) e The Resistance. Entre estes todos o álbum com mais êxito foi o Black Holes & Revelations, pois este álbum garantiu à banda uma nomeação para os Mercury Prize e o 3º lugar na lista de “Álbuns do Ano” da NME para 2006.

Best Singles

As melhores músicas que a banda já criou são obviamente aquelas com mais êxito, essas são: Knights of Cydonia, Starlight, Assassin, Uprising, Resistance, Supermassive Black Hole, Neutron Star Collision (Love is Forever) e Plug in Baby. Actualmente as músicas que mais tocam nas rádios são: Resistance, Uprising e Neutron Star Collision (Love is Forever), pois são as músicas com mais êxito e mais recentes do grupo. Espero que tenham gostado pessoal, espero que tenha despertado um pouco a curiosidade sobre os MUSE se não os conheciam e até para à próxima. TheMipe Pág. 26


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Tengen Toppa Gurren-Lagann Este mês irei falar de um anime conhecido que é Tengen Toppa Gurren-Lagann que pode ser traduzido para “Ultrapassando os Céus com Gurren-Lagann”. O anime conta a história de uma humanidade futurista, ou então de uma dimensão alternativa, onde os poucos humanos que existem vivem no subterrâneo. Foi produzida pela GAINAX que também produziu os conhecidos Furi Kuri e Diebuster. O anime tem 27 episódios para além de dois especiais. Antes de mais nada gostaria de vos avisar que a partir daqui serão dados spoilers acerca do Anime, por isso se não quiserem saber não leiam. Se virem spoilers a culpa não é minha!

Pág. 27


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Personagens: Simon é um rapaz que trabalha no subterrâneo. A sua idade não é conhecida, mas pensasse que tenha entre 12 e 14 anos. Ele vivia na vila de Jeeha (Ou Jiha), onde passava os dias a escavar, para expandir a vila. Os melhores escavadores ganham carne de primeira do líder da vila, mas o próprio Simon diz que não trabalha pela carne, ele escava por causa dos tesouros que acha, e um desses tesouros não muda somente a sua vida, mas o Universo inteiro. O seu melhor amigo é Kamina. Kamina é um rapaz considerado delinquente pelos outros habitantes de Jeeha. É o líder da Brigada Gurren (Guren-dan), juntamente com mais três rapazes. O seu maior sonho é ultrapassar o tecto da vila, onde a suposta superfície existe (por mais que todos neguem que ela exista), e ele diz que já foi para lá com o seu pai quando era uma criança. Acabou por colocar Simon no meio de uma confusão, pois iria fazer uso de sua perfuradora para abrir o tecto da vila, que fez com que todos fossem presos. Kamina diz a Simon para o chamar de Aniki, que significa irmão mais velho.

Pág. 28


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Yoko Vinda da vila vizinha à Jeeha, Littner (Ou Ritona), Yoko é, aparentemente, uma rapariga da mesma idade de Kamina. É muito bonita, com cabelo ruivo comprido, e muito sensual, com um peito bem avantajado. Veste apenas short e a parte superior de um biquíni, mas é muito tímida em certas ocasiões, dizendo que usa a roupa curta apenas para ter mais mobilidade. A sua arma é um rifle do estilo da Segunda Guerra, que é movido a electricidade, podendo assim lançar tanto balas de energia como flechas. É inteligente, e consequentemente, apaixona-se por Kamina, apesar de negar. Leeron é conhecido por ser um dos personagens mais cómicos. Homossexual assumido, Leeron é escandaloso, mas muito inteligente. Dominou a língua e gramática antiga, e é perito em armas. Muito respeitado por Yoko, Simon e todos da vila Littner, á excepção de Kamina. Após algum tempo, começa a assustar o pequeno Gimmy.

O Anti-Espiral é o verdadeiro vilão de Tengen Toppa Gurren-Lagann. Ele é a materialização de todos os habitantes de um planeta numa "forma feia", como ele mesmo diz. Os habitantes daquele planeta descobriram o perigo da Energia Espiral, que é uma energia que reside dentro de qualquer ser que acredite em si mesmo, e selaram sua evolução. Han-Rasen, como é conhecido, é dado como Deus na série, por poder controlar o tempo, espaço, e até mesmo as estatísticas e probabilidades. O único sentimento visto por ele durante a série é o repúdio para com os humanos. Pág. 29


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Existem mais personagens, mas não falarei de todas porque assim o artigo ficará demasiado extenso.

Prémios: O Tengen Toppa Gurren-Lagann recebeu um Prémio de Excelência em 2007 no Japan Media Arts Festival. O director Hiroyuki Imaishi recebeu um prémio individual de "Personal Best" no dia 12 na Animation Kobe Festival do mesmo ano pelo seu trabalho na série. Em 2008, durante o 7º e anual Tokyo Anime Awards realizada noTokyo International Anime Fair, Tengen Toppa Gurren-Lagann ganhou a "melhor produção". Além disso, o "Best Character Design Award" foi entregue ao designer de personagens Atsushi Nishigori pelo seu trabalho sobre o anime.

Espero que tenham gostado do artigo, DarkAbsol

Pág. 30


Jornal do Pokeforum – Edição 4 – Março/Abril 2010

Esperemos que tenham gostado desta edição. Mais uma vez pedimos desculpa pelo atraso e espero que a próxima edição corra melhor. Até à próxima edição!  Equipa do Jornal

Pág. 31


Jornal Pokeforum Ediçao 5 MAio 2011