Issuu on Google+

Ano X - n ° 92-Julho -1999

ijítiim iiM&sm-M Efésios4,6


CURSO TEOLÓGICO PASTORAL - RATIFICAÇÃO Ratificamos as datas do Curso de Aprofundamento Bíblico sobre o Livro do Apocalipse (Bio página 02 junho/99) O AOS SÁBADOS Dias: 14 e 28/08; 11 e 25/09; 09, 16 e 30/10; 13 e 27/11 C ÀS QUARTAS-FEIRAS Dias: 01,08, 15, 22 e 29/09 FAFA PARABENIZA DIOCESES "Compartilhando sentimentos de alegria e ação de graças das Dioceses de Osasco, Santo Amaro, Campo Limpo e São Miguel Paulista no Décimo Aniversário de sua criação, o Sumo Pontífice saúda corn grande afeto em Cristo os respectivos bispos com sacerdotes, consagrados e fiéis, a todos exortando a prosseguirem, sem desânimo, no caminho da evangelização e comunhão entre elas e com a Arquidiocese de que nasceram para ser aquela "Ecclesía in América" que continua a missão do redentor no meio de suas gentes, ao enviar-lhes, na feliz ocorrência, particular Bênção Apostólica". (Cardeal Sodano, Secretário de Estado) 25 ANOS DE ECC ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO É com muita alegria que o Conselho Diocesano, Conselho Setorial e Dirigentes, convidam a todos para participarem da Santa Missa ern ação de graças, pelos vinte e cinco anos do ECC, na Diocese de Osasco. Esta celebração se realizará: no dia 11 de julho às 15h na Catedral Santo Antônio; será presidida por Dom Francisco e concelebrada por todos os Dirigentes Espirituais e padres presentes.

NOVO VIGÁRIO GERAL PARA A DIOCESE DE OSASCO Assumiu como Vigário Geral da Diocese, no dia 29/06, com missa solene, o Padre Claudemir José dos Santos, que até a presente data era Vigário da Paróquia Santo António. Região Carapicuiba. A Diocese de Osasco deseja que a sua missão seja abençoada. INICIATIVA POPULAR CONTRA A CORRUPÇÃO ELEITORAL A campanha de coleta de assinaturas está se intensificando, mas não pode se prolongar. Foi fixado o Dia 31 de julho de 1999 como data Limite para a coleta. Quem dispõe de folhas com assinaturas, que as envie URGENTEMENTE para Brasília; ainda que seja uma só folha, todas serão necessárias. Falta meio milhão de assinaturas, portanto, a Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), pede que redobrem os esforços. Outras notícias importantes: 1) Já tramita no Congresso, um Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que diminui o número mínimo de assinaturas para as iniciativas Populares de Lei, de 1% do eleitorado para 0,5%; 2) O quadro atual de questões que estão sendo levantadas no país relativamente à corrupção, está criando no Congresso um ambiente muito favorável à aprovação. "CORAGEMÍ LEVANTA-TE, ELE TE CHAMA" (Mc lO,49b) Acontecerá o l- Congresso Vocacional do Brasil. * Tema: "Vocações e Ministériios para o Novo Milénio" * Dias: 02 à 05/09/1999 * Loca!: Indaiaíuba - SP (Itaici) * Maiores Informações: http://www.congressovocacional. org.br ou pelo Fone: (011) 876-1434 FAX: (011) 876-3162

SEMANA CATEQUETICA - "NOSSO DEUS E PAI" TEMAS: "Deus Pai, Reconciliação e Caridade" JULHO / DIAS 05 - 06 - 07 06 - 07 - 08 12-13-1413 -14 -15 20-21-22-

LOCAL (Horário: das 20 às 21:45h) R|G(AO PASTORAL Paróquia N. Sra. dos Remédios Bonfim Paróquia N. Sra. Aparecida Carapicuiba Anfiteatro em Jandira Barueri Paróquia N. Sra. Graças - Vargem Grande Cotia Catedral Santo António

JULHO/DIA LOCAL (Horário: das 9 às 16h) 17 - Paróquia S. Roque

REGIÃO PASTORAL São Roque

ENCERRAMENTO: Dia 23 às 20h com Celebração Eucarística - Catedral BIO-02

NOTICIAS DO EPISCOPADO * Dom Cláudio Hummes, no dia 22 de abril, foi nomeado membro da Congregação do Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos por um período de 5 anos. * Dom Miguel Pedro Mundo, faleceu no dia 18 de maio, era Bispo Diocesano de Jataí (GO). * Dom Urbano José Allgayer, Bispo Diocesano de Passo Fundo (RS), renunciou o governo pastoral da Diocese no dia 19 de maio, na mesma data o Bispo Coadjutor Dom Pedro Ercílio Simon, assumiu o governo da Diocese. * Dom Jerônimo Mazzarotto, faleceu no dia 23 de maio, era Bispo Auxiliar Emérito de Curitiba (PR). * Pé. Agostinho Zacchetti, por Dom Cláudio Humrnes, no dia 24 de maio, foi nomeado Vigário Episcopal para a Região Santana (SP). * Dom Angelo Domingos Salvador, foi nomeado, no dia 26 de maio, Bispo da Diocese de Uruguaiana (RS). * Dom José Carlos Melo, CM, Bis pó Auxiliar de Salvador (BA), no dia 02 de junho, foi elevado a Arcebispo. * Pé. Mário Pasqualotto, PIME, no dia 02 de junho, foi nomeado, Bispo Auxiliar para a Diocese de Manaus (AM). * Mons. José Maria Libório C. Saracho, no dia 16 de junho foi nomeado Bispo Auxiliar para a Diocese de São Miguel Paulista. * Pé. Guilherme António Werlang, MSF, foi nomeado Bispo da Diocese Vacaníe de Ipamerí (GO). * Dom Raymundo Damasceno Assis, secretário Geral da CNBB, foi nomeado membro do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, por um período de cinco anos. "A CRUZ PEREGRINA PELO BRASIL EVANGELIZANDO COM MARIA, MÃE DE JESUS" Em preparação aos 500 anos da Evangelização do Brasil, réplica da cruz que presidiu a Primeira Missa no Brasil e a imagem de Nossa Senhora Aparecida visitam todas as Dioceses do Brasil. Elas estarão em nossa Diocese de Osasco de 18 à 25 de julho. O Catedral dias: 18, 19 e 20 O Região Pastoral Cotia dia 20 à tarde O Região Past. S. Roque dia 21 à tarde S Região Past. Barueri dia 22 à tarde O Região Past. Carapicuiba 23 à tarde O Região Past. Bonfim dias 24 e 25 Julho 1999


ACONTECIMENTOS... O Toda a nossa Diocese de Osasco sentiu com tristeza o falecimento do nosso querido Pé. Elídio Mantovani. Vigário Gerai, ele gozava da amizade e da confiança de todos os sacerdotes. Pároco da Catedral Santo António, atraía, graças à sua bondade, as atenções de todos os paroquianos. Amigo pessoal do senhor Prefeito, Dr. Silas Bortolosso, recebeu da parte do município de Osasco as homenagens mais carinhosas. Uma verdadeira multidão de pessoas compareceu ao seu funeral e à santa missa de sétimo dia. Pé. Elídio está em nosso pensamento e em nossos corações. Encomendamo-io a Deus, movidos pelo sentimento de gratidão e de saudade. Deus o tenha em seu Reino definitivo, pois, muito se assemelhou a Ele na terra pela bondade de coração. O Precisamos levar à frente a história dos homens. E para tanto, escolhemos o Pé. Claudemir José dos Santos para dar continuidade à tarefa de Vigário Geral e de Pároco da Catedral de Osasco. Desejamos ao Pé. Claudemir as melhores graças de Deus para que possa exercer com êxito o cargo tão importante no governo desta querida Diocese de Osasco. C O mês de julho na Diocese de Osasco é marcado pelas "Semanas Catequéticas". Programadas com bastante antecedência peia coordenação diocesana de catequese, elas se propõem, neste ano, a refletir sobre "Deus que é nosso Pai". Assim sintonizam com a preparação próxima ao Jubileu do ano 2000. No projeto de preparação do Jubileu, este ano de 1999 é dedicado às reflexões sobre o "Pai". Outros temas serão a "reconciliação" e a "caridade". Todo este esforço de evangelizar tem a intenção de realizar o que propõe o"Diretório Geral para a Catequese": "A Igreja tem a responsabilidade de catequizar aqueles que crêem, invoca o Espírito do Pai e do Filho, suplicando-lhe que faça frutificar e fortalecer interiormente todos aqueles trabalhos que, em todas as partes, se realizam em favor do crescimento da fé e do seguimento de Jesus Cristo Salvador...Eles encontram em Maria o modelo espiritual para prosseguir e consolidar a renovação da catequese contemporânea na fé, na esperança e na caridade. Por intercessão da "Virgem Santíssima do Pentecostes" Julho 1999

nasce, na Igreja, uma força nova, para gerar filhos e filhas na fé e educálos para a plenitude em Cristo". OOutro acontecimento a realizarse em julho é a chegada na Diocese da réplica da cruz que presidiu à Primeira Missa no Brasil e da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Acontecerá no dia 18 de julho, domingo, às 17 horas, vinda da Diocese de Mogi das Cruzes. Ela permanecerá na Diocese de Osasco até o seguinte domingo, dia 25 de julho. Assim todos teremos a oportunidade de, com todas as Dioceses, nos preparar para a celebração dos 500 anos de evangelização do Brasil. O lema: "A cruz peregrina pelo Brasil, evangelizando com Maria, Mãe de Jesus" será o enfoque dessa visita de evangelização. Para que ela passe por toda a Diocese propomos que permaneça na Catedral até à tarde de terça feira, dia 20, indo para a Região Pastoral de Cotia. No dia 21 à tarde irá para a Região Pastoral de São Roque. No dia 22, à tarde, irá para a Região Pastoral deBarueri. No dia 23 de julho, à tarde, irá para a Região Pastoral de Carapicuiba. E finalmente, no dia 24 de julho, à tarde, irá para a Região Pastoral do Bonfim, permanecendo na Igreja dos Remédios até à tarde do dia 25, quando será levada para a Diocese de São Miguel Pauiista. Vamos acolher a Cruz redentora de Jesus, agradecendo os 500 anos de evangelização do Brasii sem nos esquecer de pedir perdão pelos pecados cometidos durante a colonização e pela escravidão praticada nesta pátria, chamada também de "Terra de Santa Cruz". Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, nos ensine a considerar na Cruz redentora a obra maravilhosa de salvação de toda a humanidade, realizada por Deus, através do seu Filho, Jesus Cristo. t FRANCISCO 03- BIO


O QUE É VOCAÇÃO? Vocação é chamado. Não existe ser humano que não seja convidado ou chamado por Deus a ser rnais do que é. Todo ser humano, é chamado a viver, conviver, a servir e a crescer espiritualmente. Portanto, podemos falar de: # Vocação à existência (vida); # Vocação humana (ser gente, participar da obra do Criador e ser feliz); # Vocação cristã (ser comprometido com o Reino). Na realidade concreta, cada urn de nós é chamado a ser pessoa humana que assume, no mais íntimo do seu ser a Fé cristã e a sua vocação específica dentro do Plano de Deus, realizada no Povo de Deus. Vocação sempre indica chamado e quem chama sempre deseja alguma coisa da pessoa a quem chama. Deus faz um pouquinho diferente: * antes de pedir, Deus dá: # existência; # vida humana; * liberdade. Isso tudo significa que Deus quer precisar de nós

para continuarmos no mundo o seu Plano. Por isso, se há um chamado deve haver uma resposta. Nós podemos ser chamados para participar da obra de Deus nestes estilos de vida: no casa-

mento, na vida religiosa, na vida sacerdotal, como leigos e leigas consagrados. Estes estilos de vida serão naturalmente vividos em urna determinada profissão assumida para servir os irmãos. Toda vocação tem a dimensão missionária. O vocacionado é escolhido pelo Pai, consagrado pelo Espírito e enviado pelo Filho. # Vocação é obra divina: chamamento para a vida e exige resposta para um compromisso com Deus. Vocação é: 1) Oferta de Deus - urn chamado; 2) Resposta da gente - acolhida ao chamado; 3) Compromisso com Deus e com os irmãos e irmãs - doar-se. Todo animador vocacional, movido pela força do Espírito Santo, é mensageiro da alegria e portador da esperança, força renovadora que brota do Cristo Ressuscitado que o impulsiona para frente. C Para refletir: (Jeremias 1,4-8)

O PLANO DE DEUS 1. Acolhida (preparar urn cartãozinho com palavras de boas vindas) Material: Bíblia, vela, jornal (classif. de emprego}, carteira de trabalho, livros, ferramentas (caneta, pá, enxada, vassoura, eíc). Anímador(a): O mês de agosto é dedicado à "oração e à valorização dos vários ministérios que o Espírito Santo faz brotar nas comunidades", portanto, mês das vocações, somos convidados a ré* fletir e rezar. A história da nossa vocação é eterna como o próprio Deus. No princípio não existia nada, nem anjos, nem homens, nem mundo. Existia Deus e só Deus. E Deus vivia em comunidade. Esta comunidade era formada por: * Deus Pai; * Deus Filho; # Deus Espírito Santo. 2. Canto Inicial: Antes que te formasses, dentro do seio de tua rnãe, antes... 3. Oração: (colocar no chão os símbolos) Gn 12,1-8 * O que íez Abraão quando recebeu o chamado de Deus? Leitor l: O Pai: ninguém é pai se não tern alguém que lhe seja filho. Por isso, ser pai é estar voltado, isto é, interessar-se pelo bem e felicidade de seu filho. E "ser para"alguém que é seu filho. O Filho: ninguém é filho, senão aquele que tem alguém que é seu pai. Por isso, ser filho é "estar voltado", é BIO-04

"ser_p_ara "alguém que é seu pai. O Espírito Santo: é calor, o amor em Deus, isto é, a ação do amor do Pai para com o Filho e do Filho para com o Pai. Leitor 2: O amor "é coisa" que sai de quern ama e vai para a pessoa amada. O arnor foi feito à imagem e semelhança de Deus. O modelo da humanidade é o próprio Deus. Deus é comunidade ou comunhão de pessoas divinas, onde cada uma é ser para a outra. Eu também devo ser oara o outro. Só assim terei a vida conforme Deus quis e pensou. Assim terei a plena felicidade. Deus me criou (e a cada ser humano) para participar de sua vida e de sua felicidade divina. Leitor 3: O homem foi criado para viver a vida divina e, portanto, em comunhão com Deus e com os irmãos. Viver o amor, a caridade. Com o pecado, a desobediência, fruto do orgulho, do querer "ser mais" de maneira totalmente errada, a humanidade afastou-se de Deus. Porém, Deus não se vingou, continuou o Seu "plano". De fato, nenhuma pessoa seria capaz de recuperar a vida divina (a amizade e comunhão com Deus) se Deus não tivesse mandado "alguém" para salvá-la. Durante séculos Deus Pai preparou a vinda do Salvador (Jesus).

4. Oração: Ex 3,7-12 5. Reflexão: Acreditamos na misericórdia e bondade do Deus fiel? # Nós acolhemos a Palavra de Deus? * Anunciamos a bondade, a grandeza, e o amor de Deus? 6. Canto Final: Deus chama a gente pra um momento novo... Julho 1999


SAI 'A VOCAÇÃO LEIGA

1. Acolhida (com abraços) Material: Biblia, vela, fotos de família, fotos de crianças, fotos de missionários(as}, 5 tijolos. Animador (a): "No dia 03 de março de 1982, numa rua calma de Olinda, cidade vizinha a Recife-PE, o procurador federal, Pedro Jorge de Melo da Silva, foi comprar leite e pão para suas filhas numa padaria próxima a sua casa. Ao sair é assassinado pelas costas corn três tiros que partiram de um carro. Por quê? - Simplesmente porque, dois meses antes, cumprindo seu dever profissional, havia denunciado 25 pessoas corno responsáveis pelo desvio de 16 bilhões de cruzeiros (valor de 1984) destinados a empréstimos agrícolas do Banco do

Brasil. Este fato tornou-se conhecido como 'o escândalo da mandioca'." 2. Canto Inicial: Eis-meaqui, Senhor, Eis-me aqui, Senhor... 3. Oração: "Senhor nosso Deus, criador de todas as coisas venha a nós o teu imenso amor de Pai. Desperta em cada um de nós o jeito próprio de ser mais irmão e mais irrnã. Dá entusiasmo para celebrarmos sempre os dons recebidos. Queremos construir um mundo bom ern nossa vida com o nosso trabalho, na nossa vocação de leigos e leigas. Amém!'' Leitor 1: Nós leigos, sornos cristãos membros da Igreja, gostamos muito de Jesus Cristo, queremos segui-lo e testemunhá-lo. Como balizados temos obrigação de anunciar Jesus Cristo. Anunciamos na realidade em que vivemos: família, meios de comunicação, profissões, escolas, comércio, eíc. Neste vasto e complicado mundo das realidades algumas exigem de nós especial atenção: família, educação, política, meios de comunicação social. Leitor 2: Em todas estas realidades nós leigos buscamos: promover sempre o bern comum, defender a dignidade dos direitos do ser humano, proteger, especialmente, os mais fracos e necessitados, lutar sempre pela construção da

paz e da justiça. A nossa missão é: viver no mundo e transformá-lo à maneira de Jesus Cristo, animando e aperfeiçoando com espírito evangélico a realidade, prestar serviços à comunidade nos diversos ministérios, segundo as condições de cada um e necessidades da Igreja. Animador (a): O leigo transforma o mundo de dentro para fora como bom fermento na massa (Mt 13,33) e atua com o testemunho da sua vida, sua palavra oportuna, sua ação concreta. Oração: (colocar os símbolos), com os tijolos fazer uma "construção" (deixar espaços entre eles, para perceber a necessidade de preenchê-los}. Na construção podemos ver que sobraram espaços. Se a construção não for bem feita, ela corre o risco de desabar. A construção bem feita dá segurança. IPcdro 2,11-25. 5. Reflexão: Qual a relação entre o que estamos vendo e a vocação? * Há pessoas sern profissão e vocação? # A quem cabe o dever de construir a comunidade e no mundo profissional? "Vocação é a ordem do ser e um estado de vida; profissão é a ordem do fazer e uma ocupação na vida." 6. Canto final: Põe a semente na terra, não será em vão...

VOCAÇÃO CONSAGRADA 1. Acolhida (com abraços) Material: Bíblia, vela, estola, ODC, Liturgia das Horas, fotos de padres, religiosos(as) leigos (as) consagrados... Animador(a): O padre é alguém que é tirado do meio do povo e consagrado por Deus para o serviço deste mesmo povo nas coisas que se referem a Deus. Ele é o representante de Deus junto ao povo e do povo junto a Deus. E como uma ponte entre Deus e o Povo de Deus. O ponto de partida desta vocação não está na renúncia: "Deixa teu pai, tua mãe, teus irmãos, teus bens..." mas está numa opção de vida, numa escolha: seguir Jesus Cristo. Responder ao seu chamado: "Vem e segue-rne" (Mt 19,21). 2. Canto Inicial: Me chamaste para caminhar na vida contigo... 3. Oração: "Deus, criador do céu e da terra, Tu nos criastes à tua imagem e semelhança para participarmos de tua obra criadora. Inspira e sustenta a vocação dos nossos padres, religiosos(as), Julho 1999

leigos(as) consagrados, para viverem com serenidade, fé, esperança e caridade a sua vocação. Amém." Leitor l: O padre vive no seio de uma comunidade cristã e com ela exerce o seu ministério. Cabe ao padre: criar a comunidade eclesial, alimentá-la com a Palavra de Deus e os seus sacramentos, servir, defender, santificar, ensinar.

Deus o chamou para colocá-lo a serviço de seu plano libertador, a salvação do povo. E o chamado de Deus que o leva a isso. Não é melhor que os outros servidores, é nosso irmão. Leitor 2: Os (as) religosos(as), se dedicam ao serviço das famílias, dos pobres, dos doentes, dos idosos, das crianças, dos jovens, eíc. De acordo com os dons de cada um se dedicam também à catequese, ao serviço litúrgico, à luta pelos direitos humanos, pela justiça, ao anúncio do evangelho, à educação, à formação, animação de comunidades, etc. Vivem nornalmente em comunidades tendo tudo em comurn, e se organizam em Institutos, Ordens, ou Congregações.

4. Oração: Mc l,16-20 5. Reflexão: Que qualidades você considera mais importantes para alguém que deseja entrar na Vida Religiosa? * Pense na presença do padre em sua vida, sua família e em silêncio agradeça a Deus e reze por ele. 6. Canto Final: Os grãos que formam... 05- BIO


TRISTEZA NA DIOCESE: PE. ELIDIO DEIXA SAUDADES..

No dia 25 /05/1999, a nossa Diocese se entristeceu com a noticia do falecimento do querido Pé. Elídio Mantovaní. Nasceu no dia 16/04/1939, na cidade de Jundiai-SP, filho do Sr. Archângelo Mantovani e Sra. Assumpta P. Maníovani. Sua educação começou dentro da família, se desenvolveu na catequese e no grupo de coroinhas da Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro da Colónia, em Jundiaí. De 1945/50, teve os seus primeiros passos como estudante no Grupo Escolar Barão de Jundiaí. De 1951 a 1956 entrou no Seminário Menor Metropolitano "Imaculado Coração de Maria" em São Roque - SP, onde fez o Gi-

násio e o Colégio. Cursou o l- e o 2anos de Filosofia (1957 e 1958), no Seminário Central da imaculada Conceição, no bairro do Ipiranga-SP. Em 1959, devido ao espaço já pequeno do Seminário Central, foi transferido para Aparecida-SP, onde cursou o 3g ano de Filosofia. De outubro de 1959 a 07/1963, estudou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana. em Roma, onde obteve licenciatura em Teologia. No dia 05/05/1963, na Capela dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, pela Imposição das mãos de Dom Giovanni Canestri. Bispo Auxiliar de Roma, foi ordenado presbítero. Após a sua ordenação, presiou Assisiência Religiosa a várias Comunidades ca perireria de Roma e colaborou na Parcculs es Palidoro, enquanto fazia cursos complementares no carnpo da Teologia Dc-g~á^ca. Voltando para o Brasil, assumiu alguns serviços na Arquidiocese de São Paulo. :oi Vigário na Paróquia N. Sra. das Graças, no Bairro Cidade Vargas, de 05/1968 a 02/1969, quando voltou para o Seminário Menor Metropolitano ''Imaculado Cor. de Maria", onde foi secretário dos estudos, prof. de português, latim e grego, também foi reitor até o encerramento das atividades da casa, em 12/1973. Nesse período foi também, pároco de Araçariguama, no Município de S. Roque, e vigário substituto por três meses. Ern 30/12/ 1973, foi Vigário em Ibiúna. Por 4 anos Se-

CONSE LHO MISSIONÁRIO DIOCESANO (COMIDO No dia 18 de abril, alguns representantes das Pastorais da Diocese, se reuniram para estudarem juntos o Texto Base do COMLA 6. O estudo começou com urna visão geral do Texto Base, através de transparências do Congresso Latino Americano. Depois, em grupos foram aprofundadas as seguintes perguntas: 1) Como as realidades de hoje desafiam nossa ação evangelizadora?; 2) Como é ameaçada a vida?; 3) O que pode ser feito para despertar vocações missonárias, que anunciem Jesus àqueles que ainda não o conhecem e que são dois terços da humanidade? Síntese das Respostas: 1) Dar test e m u n h o de amor. 2) A vida é ameaçada pelas desigualdades sociais gerando fome, violência, desemprego, analfabetismo, precariedades na saúde, BIO-06

manipulação dos meios de comunicação social. 3} Organizar Missões populares; mobilizar grupos de ruas durante o ano todo: engajamento nos serviços da Igreja; formação para as lideranças; missão jovem (ajudar o jovem a descobrir sua vocação}. "Diante destes desafios precisamos experimentar hoje, a presença de Maria em nossas atividades, como exemplo de fidelidade, testemunho, anúncio, amor gratuito, amor e doação total, principalmente na oração. Maria nos dá muita força e coragem para enfrentarmos qualquer dificuldade." No final do estudo ficou de se organizar Celebrações Missionárias nas Comunidades, Paróquias, Regiões Pastorais, em preparação ao COMLA 6. Equipe do COMIDI.

cretáriou do Conselho de Presbíteros da Região Episcopal de Osasco (hoje, Diocese de Osasco), era membro da Comissão Regional de Presbíteros do Estado de S. Paulo e participou da Comissão Nacional do Clero, organismo subsidiário da CNBB. Nomeado Cónego Catedrático do Colendo Cabido Metropolitano de S. Paulo, por despacho do Revmo. Sr. Cardeal Arcebispo, D. Paulo Evaristo Ams, de 25/05/1979.

Até o dia do seu falecimento era Vigário Geral da Diocese de Osasco e Pároco da Catedral de Santo António. Agradecemos a solidariedade de todas as pessoas que foram sempre presença na vida do padre Elídio e também no momento de seu passamento. Pedimos a Deus que acolha em seu Reino este servo bom e fiel que tanto se dedicou à Igreja. Ele já está na Glória de Deus Pai.

LITURGIA -VIDA DA IGREJA FESTAS TEMÁTICAS

Durante o tempo comurn, são muitos os elementos de interferência na Liturgia. São práticas pastorais muito fortes na vida do povo. Os meses temáticos foram criados pela Igreja do Brasil, a partir das necessidades de evangelização e catequese do povo cristão. Por exemplo: Mês da Bíblia, das missões, vocação, etc. O cuidado que as Equipes de Liturgia devern tomar é o de ter uma comunhão entre as leituras, cantos, e com o momento celebrado, para que as comunidades tenham sempre como referência o Mistério Pascal de Cristo. Julho 1999


'eco

O DIACONATO PERMANENTE NO BRASIL HOJE A nossa diocese estuda a introdução do Diaconato permanente, para caminhar em comunhão com as outras dioceses do Brasil. Reinstaurado pelo Concílio há mais de trinta anos, nos primeiros 25 anos foi adotado por poucas dioceses, na maioria das quais somente para casos esporádicos. Mas, nos últimos anos os diáconos se multiplicaram: chegando (em fevereiro deste ano), a 929 diáconos já ordenados, outros 35 já próximos à ordenação e outros 681 frequentando cursos de preparação. Várias dioceses ordenaram já grupos consistentes de diáconos. Eis alguns exemplos: A diocese de Santos tem 6 diáconos ordenados e está preparando outros 15; Santo André tern 6 diáconos e prepara mais 18; Mogi das Cruzes tem 2 e prepara outros 18; Taubaté tem 24 e prepara 20; São José dos Campos tem 34 e prepara 43; São Carlos e Franca têm diáconos e estão preparando, respectivamente, 41 e 16. A experiência está se revelando útil à Igreja. E a nossa diocese quer seguir os sinais dos tempos. Diretrizes da CNBB - "o número aumenta graças à melhor seleção e formação que está sendo dada". Novas direírizes da CNBB exigem que L:os aspirantes recebam formação doutrinária, moral e espiritual que os capacitem a exercerem convenientemente o ministério da Palavra, da Liturgia e da Caridade". Exigem ainda que "tenham exercido encargos pastorais pelo espaço mínimo de três anos"; que no currículo de preparação conste "o estudo da Sagrada Escritura, Teologia Dogmática e Moral, Liturgia, Pastoral, Direito Canónico e outras disciplinas especiais e auxiliares". Novas diretrizes: em 22.02.98 a Congregação para a Educação Católica publicou "Normas fundamentais para a formação dos Diáconos Permanentes" e a Congregação do Clero

um "Díretório do ministério e da vida dos Diáconos Permanentes". (Paulinas, doe. ng 157). Em seguida, Dom Angélico S. Bernardino elaborou um anteprojeto de "Diretrizes" para adaptar as normas gerais destes documentos à realidade do nosso pais. As normas sugeridas pela Santa Sé e geralmente adotadas no Brasil, indicam este processo: apresentação dos candidatos ao Bispo é feita pelo pároco, em sintonia com a comunidade. São critérios de escolha: 1) a vivência cristã pessoal do candidato e da sua família; 2) as motivações que o movem a desejá-lo; 3) sua situação consolidada na família e na profissão, aceitação e colaboração da esposa; 4) atuação na comunidade com capacidade de liderança aceita pelo ^povo, e exercida em comunhão com a Igreja. Os candidatos aceitos pelo Bispo são admitidos a um período propedêutico para maior informação e esclarecimento relativo aos compromissos diaconais. Segue o período de formação, três anos no mínimo, contendo ao menos mil horas de aula, minis iradas de modo apto à condição dos aspirantes, ligados a atividades profissionais e familiares. Também as esposas, e até os filhos participam, de algumas iniciativas de formação que não termina com a ordenação, pois é exigida a formação permanente. Continuam as reuniões periódicas do grupo, com partilha de experiências e estudo dos problemas encontrados; são inseridos nas reuniões, reciclagens e retiros do clero. Este simples esboço permite concluir que o diaconato é assumido e levado para frente com muita responsabilidade. Saem pessoas bem formadas, treinadas na pastoral, avaliadas pelas dioceses, comunidades, e portanto, aptas a trabalhar com fruto para o crescimento do Reino de Deus.

FESTA DE CORPUS CHRISTI No ano de 1246, em LJége, na Bélgica, foi celebrada pela l 5 vez, por iniciativa de uma religiosa, a beata Juliana, a Festa do Corpo de Cristo. Em pouco tempo essa festa se transformou numa das mais importantes e mais populares do ano. Era considerada a festa mais importante da época. Havia sempre procissão e várias pessoas dramatizavam atos da História da Salvação. Em nossa Diocese, no dia 03 de junho, comemora mós o dia de Corpus Christi corn uma belíssima procissão, que foi abrilhantada pelas casas e ruas enfeitadas por onde passou. A missa, celebrada por Dom Francisco e concelebrada pelos padres da Diocese foi muito rica em símbolos e Julho 1999

também, pela presença de centenas de pessoas. 07- BIO


No dia 23 de rnaio (Pentecostes), cerca de três mil jovens entre crismandos e crismados, reuniram-se no Ginásio de Esportes do Parque dos Camargos em Barueri, para o 49 Encontro de Pentecostes dos Crismandos da Região Pastoral Barueri. Este Encontro foi promovido pela Coordenação de Catequese da Região, que sempre conta com o apoio dos padres, e a cada ano vem crescendo em participação e qualidade. O objetivo do Encontro é despertar nos jovens a consciência de que receber o Sacramento da Crisma é tornar-se apóstolo no mundo de hoje participando da Comunidade e sentindo-se Igreja enviada na Força do Espírito Santo. Pois é o Espírito Santo que renova a Igreja fazendo-a alegre, jovem, dinâmina e comprometida com a transformação da realidade. O tema deste ano foi: "Espírito Santo: Amor de Deus Pai trabalhando na Reconciliação do Mundo",

dando ênfase à Festa de Pentecostes, Projeto Rumo ao Novo Milénio e a Campanha da Fraternidade 99. O Encontro teve início às OShOO, com urn momento de oração preparado por catequistas das 10 Paróquias que compõem a Região. Logo após, o Pé. Atílio (Coordenador Regional) deu as boas vindas a todos. O dia foi enriquecido pela presença do Pé. Raimundo (Região Pastoral Bonfim), que deixou uma mensagem a todos os jovens "o Sacramento da Crisma é um momento precioso no itinerário da fé dos jovens e adolescentes". Encerrou-se o evento às 15HOO, com a Missa presidida pelo Pé. Atílio e concelebrada por sete padres da Região. "Que Maria Santíssima, Mãe da Igreja nascente em Pentecostes, proteja a todos jovens e os faça cheios do Espírito Santo para construírem uma nova humanidade sem drogras, sem violência e sem exclusão."

PASTORAL FE E POLÍTICA Nos dias 21. 22 e 23 de maio a Pastoral Fé e Política da Diocese de Osasco, se reuniu para realizar o encontro anual, com a participação de 40 pessoas, na Casa de Retiros "Divina Providência", em Cotia. O tema do encontro foi " O desemprego no Brasil de hoje" , que vem de encontro ao tema da C.F./99. No sábado dia 22, o assessor Celso Jordão (da Equi-

pe do Plínio Arruda), apresentou uma Análise da Conjuntura Atual no mundo e no Brasil. Após a exposição, formararn-se grupos para debater os ternas apresentados e procurar soluções. No domingo, esteve conosco. o Deputado Federal João Paulo, que apresentou a situação brasileira dos 500 anos de nossa história, explicou também a situação da Câmara

®£££^W£d£ÍX$) MsiJ^vA&fíT'01 -Q02 -S03 -S04 -D05 -S06 -T08 -Q09-S10 -S11 -D12 -S13 -T1 5 -Q16 -S-

E>£* ^*) Xj^j^Jl; - d~il3íí£BCS) ÇÇ)

39 SSB - Past. Social - Centro Pastoral - 20h Reunião Diocesana - Pastoral Familiar - Cotia Missa do Voluntariado -Califórnia- 15h ECC - 1 § Etapa - Reg. Bonfim - S. José - até dia 04/07 Retiro - Pastoral da Saúde - Região Bonfim Pastoral Carcerária - Reg. Carapicuiba - Sta Rita - 1 5h SÃO PEDRO E SÃO PAULO Encontro Vocacional da Região Barueri Conselho Pastoral - Reg. Barueri - Silveira - 15h RCC - Reunião Coord. Dioc. Reg. e Secr. Diocesanos ECC 1 § Etapa - Região Bonfim - Término Semana Catequética- Reg. Bonfim -até dia 07 -20h Semana Cateq. - Reg. Carap. - até dia 08/07 - 20h PR Região Bonfim - 9h Q- Encontro Região Pastoral Familiar - Bauru - até dia 11/07 Pastoral da Juventude Diocesana- Barueri- 14h Past. Familiar- Reg. Barueri- Aparecida -Jandira-16h RCC - Reunião Secretaria - Marcos PASCOM - Reunião Diocesana - CECAD - das 9 às 1 2h 15Q DOMINGO TEMPO COMUM Pastoral Juventude - Reg. Barueri - Vale do Sol - 1 4h 25 anos de ECC na Diocese - Catedral - 1 5h CEBs - Reg. Barueri - Medianeira - 1 4:30h Semana Catequéíica- Barueri - até dia 14/07 -20h Jornal Regional - Região Bonfim - Piratininga - 20h Semana Catequética - Cotia - Vargem Grande - até dial 5/07 -20h Apostolado da Oração - Reg. Barueri - Silveira - 1 5h RCC - Oração Coord. Dioc. Reg. e Secr. Diocesanos ECC - 1 3 Etapa - Reg. Bonfim - Vila Piauí - até dia 1 8/07

BIO-08

Federal na atualidade. Respondeu a diversas perguntas feitas pelos participantes. Estiveram presentes também, o Pé. Cláudio, (Coordenador das Pastorais Sociais) e o Pé. Claudemir. Após a celebração, já no final do encontro, foram discutidas as formas de atuação desta Pastora! . como equipe de Fé e Política e seu envolvimento na Pastoral de Conjunto.

17 -S• 18 -D20 - T23 - S 25-D27 -T29 -Q30 -S-

RCC -Reunião Secretaria Moisés Sem. Catequética - S. Roque - das 9 às 1 6h RCC - Evento Secretarias Marcos e Davi Esc. de Fé e Política - Reg. Past. Sto. Ant.- das 9 às 1 2h Fé e Política - Região Barueri - 1 6h 165DOMINGOTEMPOCOMUM Chegada da Cruz e imagem de N. Sra. Aparecida Catedral -17h Formação Pré-Matrimônio - Pastoral Familiar- Reg. Carapicuiba - Sto. António Past. da Juventude - Reg. Carap. - S. Roque - 1 4:30h ECC - 1- Etapa - Região Bonfim - Término Semana Catequética - Sio. António - Catedral - até dia 22/07 - 20h Sem. Cateq. - Missa de Encerramento - Catedral - 20h Comissão Administrativa- CEO -9h RCC - Região Barueri - Cristo Rei - 20h Romaria da Juventude - Reg. Carap. - Aparecida ECC - 1 § Etap. - Reg. Bonfim - Oper. Munhoz - até dia 25 1 7^ DOMINGO TEMPO COMUM Saída da cruz e imagem de N. Sra. Aparecida - da Igreja dos Remédios - 1 5h Ene. Interd. de CEBs - SP2 - Sto. Amaro - das 9 às 1 7h Past. Juventude Diocesana - Romaria da Juventude Apostolado da Oração - Retiro - Itapevi RCC - Reunião Geral - Coord. Diocesana Reg. Gr. Oração - Secr. Dioc. e Regionais ECC 1 - Etapa - Reg. Bonfim - Término Coordenadores G.O. da RCC - Reg. Sto. António Past. da Saúde - Reg. Carap. - N. Sra. Aparecida - 20h Apostolado da Oração - Reg. Bonfim - 15h Julho 1999


92 bio julho 99