Issuu on Google+

Uma Igreja Missionรกria Pรกgina 3

Dom Francisco comemora 85 anos Pรกgina 4

Festividades de Nossa Senhora Pรกgina 5

Jovens em defesa da Vida Pรกgina 8


COMUNICADOS Primeira ExpoSanta em Vargem Grande

DATAS NATALÍCIAS Ir. Ivete Clara da Rocha, mop 01/1973 Ir. Cleide Negro, mc 02/1928 Ir. Maria do Rosário, mop 02/1922 Ir. Marileila Rodrigues, ije 03/1982 Pe. Douglas Dias de Melo 05/1981 Ir. Maria Clara da S Trindade, ocd 06/1974 Ir. Fátima Ap. dos S. Peixoto, FM 07/1963 Pe. Daniel Luciano Busetti, csf 07/1957 Ir. Alzira de Almeida, iascj 08/1934 Pe. Francisco Assis de Moraes 09/1965 Pe. Mauro Sérgio Rodrigues Maciel 15/1955 Pe. Ubirajara Vieira de Melo 15/1969 Pe. Luiz Gonzaga Mello Camargo 19/1923 Pe. Alexander Souza de Carvalho 19/1982 Ir. Trindade Almezinda Elias, ffdp 22/1974 Pe. Cristiano José Soares Sanches 24/1975 Pe.Vagner João Pacheco de Moraes 25/1978 Ir.Vera Lúcia Cameroti, fm 25/1961 Pe. Emersom P. Borgonovi 28/1972 Ir. Joana da Cruz do Im. Coração, ocd 28/1964 D. Francisco Manuel Vieira 29/1925 Ir. Célia Gonçalves Leão, fnsn 30/1966 Pe. Márcio Messias Cardozo 31/1967 Ir. Maria Antonina do Rosário, mop 31/1918 ORDENAÇÕES SACERDOTAIS Frei Nilson Ribeiro de Souza, ocd Pe. Olacir Geraldo Agnolin, mi Mons. Wilhem Paulo Link Pe. José Ailton Ribeiro Pardinho Frei Jorge Jacinto Corrêa, ocd

01/2002 09/1993 10/1965 12/1993 15/1984

Profissão Religiosa Frei Geraldo Luis Boletini Ir. Maria Rita, mop Ir. Alzira de Almeida Ir. Sebastiana Maria de Souza, mad Ir. Antonia M. do Menino Jesus, ocd Ir. Maria Antonina do Rosário, mop

04/1997 06/1968 08/1934 12/1966 15/1949 18/1952

A cidade de Vargem Grande Paulista, acolhe a primeira edição do evento ExpoSanta. Dia: 17 de outubro Horário: 10 às 19h Local: Sítio Santa Teresinha – Rua José Manuel de Almeida, 1600 (em frente ao colégio Objetivo)

Barueri se organiza para Celebrar sua Padroeira Nossa Senhora da Escada De 12/11 à 20/11 – Novena nas Paróquias da cidade (12/11) Paróquia Rainha Santa Isabel; (13/11) Paróquia São João Batista; (14/11) Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja; (15/11) Paróquia Nossa Senhora de Lourdes; (16/11) Paróquia Nossa Senhora das Graças; (17/11) Paróquia Santa Cruz; (18/11) Paróquia Nossa Senhora da Escada; (19/11) Paróquia Nossa Senhora da Escada; (20/11) Paróquia Nossa Senhora da Escada.

Dia 21/11 (13:30hs) – Procissão, saindo da Capela Nossa Senhora da Escada (Praça Nossa Senhora da Escada), Aldeia, em direção ao Ginásio Poliesportivo José Correa. (15:00hs) – Missa Diocesana na Solenidade de Cristo Rei com homenagem à Nossa Senhora da Escada no Ginásio Poliesportivo José Correa. (17:30hs) – Show de Bandas católicas encerrando com a apresentação do Grupo KLB. Ao lado do Ginásio José Correa e quermesse promovida pelas paroquias da cidade.

JORNADA DA FAMÍLIA De 02/09 à 11/09, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Mairinque realizou a Jornada da Família. Cada dia uma comunidade era visitada pela pastoral e as famílias presentes puderem refletir os temas que estão no livro “Semana nacional da Família”.

30º Encontro Estadual Missionário

“Chamados e Enviados em Missão Ad gentes” O Conselho Missionário do Regional Sul 1 da CNBB, que abrange o Estado de São Paulo, realizou, entre os dias 27 e 29 de agosto, na Casa São Francisco, em Presidente Prudente, a 600 quilômetros de São Paulo, seu 30º Encontro Estadual. O tema abordado foi Missão Ad Gentes: chamados e enviados, tendo como assessor o Pe. Sávio Corinaldezi, das Pontifícias Obras Missionárias de Brasília(DF). Nossa Diocese de Osasco foi representada por Pe. Gil­mar Raimundo de Santana (Assessor do COMIDI), Rosi­ nei­de Maria de Paiva (da Executiva do COMIDI e ViceCoordenadora do COMIRE do SP2); da Nilza Maria (Coordenadora do COMIR da Região Pastoral Cotia); de Alfredo do COMIR da Região Pastoral Cotia e de Dalva Maria de Almeida do Secretariado Diocesano de Pastoral.



1º FORUM DAS ENTIDADES SOCIAIS

Data:16 de outubro Horário: 8:30 h às 14h Local: Auditório das Faculdades Mario Schemberg – Estrada Municipal do Espigão, 1413 Mais informações: 4702-2295 / 8163-3856 / 7805-7503 www.paroquiagranjaviana.com.br

Outubro 2010


VOZ DO PASTOR

Uma Igreja Missionária A V Conferencia Geral do Episcopado Latina Americano e do Caribe foi um momento de graça de Deus para nosso povo e nos deu um documento que é fun­ damental para se compreender a iden­ tidade missionária da Igreja: “Fizemos isso como pastores que querem seguir estimulando a ação evangelizadora da Igreja, chamada a fazer de todos os seus membros discípulos e missionários de Cristo, Caminho, Verdade e Vida, para que nossos povos te­ nham vida nEle”. (Introdução do Documento de Aparecida) Agrade­ cemos aos nossos Bispos que nos animam com suas palavras a viver a missão que Jesus nos deixou: “Ide, por todo mundo, anunciai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16,15), “Ide, por tanto e fazei que todas as nações se tornem dis­cí­ pulos”.(Mt. 28,19) A ação missionária tem inicio no encontro com Jesus Cristo, com sua Pessoa e com seu Evangelho. Entusiasmados com essa experiên­ cia pessoal e comunitária de fé e amor, a Igreja “a partir de Cristo” (NMI 28-29) lança-se, corajosamente, no serviço de comunicar ao mundo o projeto de Jesus, o Evangelho do amor e da vida e a beleza do encontro com Jesus ressuscitado. “Conhecer Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor nos confiou ao nos chamar e nos escolher. Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado, po­ demos e queremos contemplar o mun­do, a historia, os nossos povos da Amé­ rica Latina e do Caribe, e cada um de seus habitantes” (D.Ap.18) Os discípulos missionários têm olhos para ver a rea­ lidade e sentimento para solidarizar-se com os irmãos mais afastados de Deus e os mais carentes de vida, de amor e de bens materiais e partilhar com eles sua confiança em Deus e sua ajuda material. Nossa Diocese realiza a quarta Etapa das Santas Missões Populares, a Missão Permanente, conforme assumimos no 6º Plano de Pastoral, no Setor Renovar a Comunidade. Procuramos conscientizar as pastorais e movimentos “valorizando o que já aconteceu nas etapas anteriores das SMP. Acompanhar e cobrar mais os trabalhos que são realizados nas paró­ quias e comissões missionárias (COMIPA



E COMIR) onde existe” (6º Plano de Pas­toral). – Foi um belo trabalho a preparação dos missionários e missionárias que assu­ miram as visitas domiciliares e o trabalho de criar os Grupos de Evangelização de rua, hoje existentes em grande número nas diversas realidades de nossa diocese e outras ações junto ao povo de Deus.

– “A Diocese, em todas as suas comu­ nidades e estruturas, é chamada a ser ‘co­ munidade missionária’(ChL.32)”. Cada diocese precisa fortalecer sua consciência missionária, saindo ao encontro dos que ainda não crêem em Cristo no espaço de seu território e responder adequadamen­ te aos grandes problemas da sociedade na qual está inserida. Mas também, com espírito materno, é chamada a sair em busca de todos os batizados que não participam na vida das comunidades cristãs”(D.Ap.168). – A comunhão fraterna nos anima à Pastoral de Conjunto, todos caminhando na mesma direção, unidos no trabalho missionário. Na medida em que experi­ mentamos a fraternidade nos sentimos comprometidos em partilhar os dons recebidos de Deus: “No povo de Deus, a comunhão e a missão estão profunda­ mente unidas entre si... a comunhão é missionária e a missão é para a comu­ nhão (ChL.32)”.(D.Ap.163) Vivendo a Missão Permanente, diversas paróquias estão realizando projetos missionários onde atuam crianças, jovens, casais e idosos. A Visita Pastoral do Bispo consta­ tou o crescimento de comunidades e nas comunidades, que entrelaçadas, formam a rede de comunidades, a paróquia, onde

se vive a comunhão e da qual partem os missionários para os centros urbanos e para as periferias. As paróquias que vi­ vem em missão procuram adequar-se para acolher melhor os que chegam, renovar suas estruturas para melhor formar, fazer a conversão pastoral para que possam levar as pessoas a crescer na fé e encontrar na comunidade seu es­ paço onde possam louvar a Deus, alimentar-se da Palavra e da Euca­ ristia e oferecer aos outros a possibilidade de uma vida mais plena. “A paróquia é uma comunidade eclesial fundamental que testemu­ nha Jesus Cristo através da vida se deus membros que vivem inseridos na sociedade e são responsáveis pela construção de uma cultura de solidariedade e de paz”. (Igreja em Missão, CNBB) A matriz da paróquia, cada comunidade, é um centro de formação de discípulos missionários realizada na experi­ ência de Jesus e dos irmãos. A Leitura Orante da Palavra faz cres­ cer na fé e vida cristã, possibilita iluminação para a vida de cada dia e, ao mesmo tempo nos leva a partilhar com os outros o dom recebido. Ser missionários hoje é continuar a missão de Jesus de Nazaré atendendo às carências dos irmãos levando-lhes esperança de vida e desejo da graça de Deus. No presente momento em que celebramos a Semana da vida e o dia do Nascituro ser missionário é compro­ meter-se com a defesa da vida em todos seus estágios o que exige uma capacidade crítica para perceber onde a vida está fragilizada e ameaçada e empenhar-se para que seja socorrida e se elaborem leis e outros instrumentos que a promovam. Todos somos chamados ao seguimento de Jesus, a viver sua vida e continuar sua ação evangelizadora. O Espírito de Deus nos consagra no sacramento da Crisma para sermos apóstolos, missionários, para testemunhar Jesus Cristo e anunciar seu Evangelho. Ele dá sabedoria e força para que vivamos a missão que Jesus nos confiou para a salvação dos irmãos. Ma­ ria, a Estrela da Evangelização nos ajude a sermos discípulos de seu divino Filho e anunciar o Evangelho com renovado ardor missionário para que todos tenham vida em abundância. Dom Ercílio Turco Bispo Diocesano Outubro 2010


ESPECIAL

Dom Francisco comemora 85 anos de Vida e 35 anos de ordenação Episcopal

Na cidade de Rio Tinto, Porto, Portu­ gal, dia 29 de outubro de 1925, nasceu Francisco Manuel Vieira, filho de Manuel Joaquim Vieira e Maria da Glória dos

Santos Vieira. No ano de 1931, aos 6 anos de idade, mudou-se com toda a família para o Brasil. Naturalizou-se bra­ sileiro. Em São Paulo iniciou os estudos de 1º grau (1936-1939), em Pirapora o 2º grau (1940-1945). Sua ordenação presbiteral aconteceu no dia 8 de dezembro de 1952. Fiel à sua missão pastoral trouxe a paz, a alegria, o perdão, a bênção a quantos buscaram, através dele, a vida sacramental. Dedicado e acolhedor, soube sempre orientar seus paroquianos da Igreja São Pedro, na Mooca, buscando guiar, for­ mar, promover, através de atendimento pessoal, de reuniões e de cursos, onde foi vigário de 1963 a 1970 e Vigário Episcopal da região Belém de 1970 a 1974. Como professor coordenador de seminaristas e ecônomo nos Seminários de São Roque e de Aparecida, foi zelo­ so formador dos jovens que aspiravam

chegar ao sacerdócio. Seu campo de trabalho foi se ampliando cada vez mais. Assim, veio a assumir a Coordenação da Pastoral Vocacional em nível da Região Episcopal Leste, na época com 84 pa­ róquias. No dia 25 de janeiro de 1975 deu-se a Ordenação Episcopal de Mons. Francisco Manuel Vieira juntamente com mais três Mons. eleitos por Sua Santidade o Papa Paulo VI, Bispos auxiliares do Rev.mo Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns. Dom Francisco Manuel Vieira assumiu o governo da Região Episcopal de Osas­ co e no dia 1º de maio de 1989 a Região Episcopal foi instalada como Diocese de Osasco e Dom Francisco seu primeiro bispo. Desde 2002 é bispo emérito de nossa diocese. Agradecemos a Deus o Dom da vida de Dom Francisco, feita dom para a Igreja

o Manuel Vieira

Francisc Missa em Ação de Graças pelo aniversário de Dom 85 anos de idade 35 anos de episcopado

sas e Convidamos os padres, seminaristas, religiosos e religio ia todo povo de Deus para participar desta solene Eucarist

Dia: 29 de outubro de 2010 (sexta-feira) Horário: 19h30 Local: Catedral Santo Antônio - Osasco

Assista Entrevista com Dom Francisco Manuel Vieira (Bispo Emérito da Diocese de Osasco) Programa Nos Caminhos do Senhor (Radio Imaculada Conceição 1430am) gravado em 13/10/09 www.rainhasantaisabel.com.br/webtv.html 

Outubro 2010


Noticias Diocesanas e Regionais

Festividades de Nossa Senhora animam a Diocese

A cidade de Ibiúna comemorou no dia 15 de Setembro a festa de Nossa Senho­

ra das Dores, padroeira da cidade e da paróquia. Este feriado em Ibiúna teve um motivo muito importante e especial, mais do que descansar e ficar em casa, toda a comunidade foi convidada a vivenciar com muita fé e alegria a festa de sua santa padroeira, que começou bem cedo, logo as dez da manhã com a missa dos festeirinhos, depois as 18 horas uma linda procissão tomou conta das ruas de Ibiúna . Muitos devotos participaram

acompanhando o andor, muito bonito de Nossa Senhora das Dores. No final da celebração o padre Macha­ do agradeceu a todos, pelo empenho que tiveram com a festa . No recinto de eventos de Ibiúna um grande Show com o padre Antônio Maria e o padre Juarez de Castro coroaram esta grande festa de Nossa Senhora das Dores em Ibiúna. Gil Ortiz (Rádio Imaculada Conceição 1430Am São Roque)

Shows marcam encerramento da Festa de Nossa Senhora do Monte Serrat em Cotia No dia 05 de setembro com mais de 10 mil pessoas, segundo a estimativa do corpo de bombeiros, foi celebrado o 7º dia da novena presidida pelo Pe. Fernando e concelebrada pelo pároco Pe. Odair, e logo a seguir aconteceu grande show com Chitãozinho & Xororó, a dupla sertaneja que celebrava também os 40 anos de carreira e apesar do frio

o público presente não se desanimou e o calor tomou conta da festa.

No dia 08 de setembro, numa noite também fria e de garoa, mas de muito ca­ lor humano e de bênçãos, pois o carisma do Pe. Juarez cativou todos os presentes no show. Às 21 horas em ponto deu-se inicio ao show, em que até os padres, os seminaristas e o prefeito fizeram parte do espetáculo. A festa encerrou-se com a grande queima de fogos.

Araçariguama celebra a Festa de Nossa Senhora da Penha No dia 16 de setembro, a festa come­ çou bem cedo com a alvorada as 6 horas da manhã. Às 16 horas, o andor com a imagem de Nossa Senhora da Penha percorreu as ruas da cidade de Araçariguama. Foi um momento de muita fé e devoção que contou com a participação de muitos fiéis. Logo após a procissão aconteceu na Praça da Matriz, a missa campal, ce­

lebrado por Dom Ercílio Turco, bispo diocesano, e concelebrado pelo padre Sebastião Correa, pároco da paróquia Nossa Senhora da Penha. No final o padre Sebastião agradeceu o empenho e a colaboração de todos que ajudaram na realização da festa e na ocasião aproveitou para anunciar os novos festeiros, que sem dúvida, já estão pensando na festa do próximo ano. A festa prosseguiu com as barracas típicas

de bebidas e comidas e com shows ao vivo na praça central. Gil Ortiz (Rádio Imaculada Conceição 1430Am São Roque)

Pastoral da Educação realiza encontro regional No dia 28 de agosto de 2010, na igreja Medianeira de Todas as Graças ocorreu o encontro da pastoral da educação a nível regional. Estavam presentes Magali, Lucila, Iva, Celina, Fernanda, Carmem, Wanda, Stella e Fátima todas professoras da rede pública e estadual de ensino. A palestra foi presidida pela coordenadora



diocesana Heloisa. O encontro começou com a benção do nosso pároco padre Reginaldo, dizendo estar muito feliz com o encontro, em seguida foi feita uma dinâmica do fósforo que tinha como finalidade a união de todos. Assuntos tratados: Urgência Nacional (doc. CNBB); processo histórico e social;

o que é a Pastoral da Educação; objetivo geral; sustentação; educação, igreja e so­ ciedade; exigência; estar sempre unida ao pároco; dimensões; disposição de fazer uma pastoral de conjunto de acordo com a pedagogia de Jesus Em Outubro acontecerá uma missa para os professores. Pe. Reginaldo Outubro 2010


Noticias Diocesanas e Regionais

Diocese de Osasco realiza Assembleia da Unidade

Aconteceu no dia 18 de setembro, sábado, a partir das 8h30, a Assembléia Diocesana de Pastoral, da Diocese de Osasco, no Colégio Misericórdia em Osasco. O encontro foi celebrativo for­ mativo, ou seja, esta Assembléia não ti­nha o objetivo de traçar um planejamento de pastoral, mas de refletir o tema “A uni­ dade: os aspectos humanos, teológi­cos

e pastorais”. Para a formação, foram convidados: Ir.Hermínia Genaro, da Congregação de São José de Cluny, de São José do Rio Preto, que abordou os aspec­ tos humanos e psico-afetivos da unidade, desde o ventre materno até a fase adulta. Para ela, o encontro tem o objetivo de cultivar a semente da unidade dentro da Igreja. O Prof. Dr. Pe.Gilvan Leite traba­

lhou os fundamentos Bíblico-teológicos da unidade, com enfoque eclesiológico. Partiu do sentido de pré-figuração de Igreja do Antigo Testamento. Depois, seguiu para o Novo Testamento, dizendo que Jesus constitui Igreja, através dos doze apóstolos e depois se junta aos doze os discípulos e discípulas até constituir-se São Pedro à frente dos mesmos. Na terceira conferência, na parte da tarde, Pe. Edileis abordou os aspectos práticos de comunhão na pastoral e ca­racterísticas práticas de como a unidade acontece na pastoral diocesana, paro­ quial, comunitária ou nos diversos orga­ nismos eclesiais. “Por fim, disse que para chegar à unidade por via da comunhão, precisamos de dedicação, humildade a fim de saber abrir mão de algumas coisas que causam separação, e determinação. A assembléia concluiu-se com o mandato do bispo para os serviços pastorais: coor­ denação de região pastoral e suas execu­ tivas, de setores pastorais e suas executi­ vas, coordenador e secretário diocesano de Pastoral e Secretariado de Pastoral Pe. Emerson Borgonovi (portal notícias da diocese)

Dom Ercílio nomeia novos coordenadores das regiões e dos setores – Pe. Edileis Silva de Araújo, confir­ mado no mandato de coordenador Dio­cesano da Pastoral que recebeu há três anos – Pe. Jorge Augusto M. Alexandre recebeu o mandato para secretario dio­ cesano da Pastoral. – Pe. José Ailton Ribeiro Pardinho recebeu o mandato para Coordenador da Região Pastoral Santo Antonio. – Pe. José Maria Falco recebeu o man­dato para Coordenador da Região Pas­ toral Carapicuíba. – Pe. Luiz Omar Batista dos Reis re­ cebeu o mandato para Coordenador da Região Pastoral Bonfim. – Pe. Odair José Rodrigues recebeu o mandato para Coordenador da Região Pastoral Cotia.

– Pe. Valdivino Aparecido Gonçalves recebeu o mandato para Coordenador da Região Pastoral Barueri.

– Pe. Sebastião Correia recebeu o mandato para Coordenador da Região Pastoral São Roque.

Receberam o mandado para Coor­ denadores de Setores os seguintes pa­ dres:



– Pe. Sebastião dos Reis Miranda, Se­ tor Pastoral e Ação Missionária. – Pe. Marcos de Oliveira Galdino, Setor Movimento e Associações. – Pe. Mauro Ferreira Setor Pastorais Sociais. Outubro 2010


Noticias Diocesanas e Regionais

Padres encontram-se com Candidatos No dia 02 de setembro, no Salão de Atos da Cúria Diocesa­ na, os padres da região Santo Antônio e da Região Bonfim: monsenhor Claudemir e os padres Omar, Antonio Carlos, Romildo, Henrique, Alan, Alexandre Pessoa, José Ailton, Emerson Borgonovi, Rogério Lemos, Cláudio e Odair, es­ tiveram reunidos num café da manhã junto ao candidato a deputado federal, Gabriel Chalita e o candidato a deputado estadual Mário Luiz Guide. Já na noite anterior, o candidato João Paulo esteve reunido com os padres. O encontro teve como objetivo fazer com que a Igreja Diocesano conhecesse as propostas dos candidatos.

Paróquia Imaculada Conceição do Jardim Dracena realiza evento motivado pela CFE 2010 Motivada pela Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2010, que teve como tema Economia e Vida e lema Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro (MT 6,24), a Paróquia Imaculada Conceição do Jardim Dracena realizou no dia 21 de agosto a Feira das Comuni­ dades. Inicialmente, a idéia foi oferecer um espaço de divulgação àqueles membros de nossas comunidades e bairros que são pequenos produ­ tores e prestadores de serviços e não dispõem de meios para tornar os seus trabalhos conhecidos – inclusive aqueles que não freqüentam a Igreja. O evento não foi uma forma de angariar fundos para a paró­ quia, mas ao contrário, foi uma forma de a paróquia empregar parte de seus recursos numa realização, que, muito modestamente, teve como meta os objetivos da CFE 2010. Pe. Alexandre

Resultado do Plebiscito do Limite de Propriedade As cidades de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Cotia e Vargem Grande Paulista participaram do plebiscito sobre o limite de propriedade da Terra realizado em setembro, somando num total de 59 urnas com 4.146 votantes. Resultado:

Região de Barueri realiza encontro de coroinhas No período de manhã do dia 04 de setembro, aconteceu no Ginásio de esporte do Jardim Belval, em Ba­ rueri o encontro regional de Coroi­nhas. Muitas paróquias enviaram seus representantes. Os meninos e me­ ninas receberam formação, lazer e puderam partilhar de um delicioso lanche.



Outubro 2010


VATICANO

Papa supera expectativas no Reino Unido

Apesar de todas as polêmicas que en­ volveram a presença papal, Bento XVI conseguiu fazer ouvir a sua voz, como reconheceu o próprio primeiro-ministro britânico David Cameron, e centrar as atenções na mensagem que queria deixar na sua 17ª viagem ao estrangeiro. Foram as pessoas e o entusiasmo com que reagiram à presença do seu líder espiritual que ajudaram a mudar a ima­ gem do Papa e o tratamento mediático que lhe foi dado, particularmente a nível televisivo.

O clima de festa, o peso das palavras de Bento XVI e a capacidade de abor­ dar diretamente temas previsivelmente delicados, como os abusos sexuais de menores ou a relação entre religião e secularismo foram apostas que deram os seus frutos. Alguma imprensa escrita insistiu em temas polêmicos, como o aborto ou a contracepção, mas de forma geral os balanços apresentados avaliam com nota muito positiva a passagem do Papa por Edimbrugo, Glasgow, Londres e Birmingham. O antigo Arcebispo da Cantuária (angli­ cano), George Carey, escreveu no «News of the World» que Bento XVI “chegou, viu e venceu”. No Reino Unido, o atual Papa mostrou ter aprendido nos últimos anos a dizer as coisas certas na altura certa, mas não há dúvida de que a força de milhares de católicos espalhados pelos locais por onde passava foi essencial para que estas palavras não fossem abafadas por vozes contestatórias.

Jovens lançam “Declaração à ONU e ao Mundo” a favor da vida e da família A Aliança Internacional da Juventude (AIJ) lançou a “Declaração da Juventu­ de à ONU e ao Mundo”, petição que será apresentada à Assembléia Geral das Nações Unidas na qual estes jovens solicitam defender a vida e a família ante as ameaças atuais como o aborto e as uniões homossexuais equiparadas ao matrimônio e promovidas pela recente “Conferência da Juventude 2010” da ONU, realizada em León, no México. Diante deste evento –que foi considerado por diversos peritos como uma farsa na que apenas se admitia a postura anti-vida e pró-homossexual – e ante o “antepro­ jeto” do Ano Internacional da Juventude das Nações Unidas, o Programa de Ação Mundial para os Jovens (PAMJ), a de­ claração surge como uma resposta em

defesa da vida e da família. A declaração rechaça também o que foi estipulado por um setor minoritário de jovens que exige “o acesso universal aos serviços de saúde sexual e reprodutiva, que sejam confidenciais e propícios para os jovens, incluindo acesso a uma educação da sexualidade integral apoiada em infor­ mação científica, em contextos formais e não formais” assim como o acesso a uma gama completa de anticoncepcionais e aborto, assim como o reconhecimento por parte dos governos dos grupos GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transexuais). A “Declaração da Juventude à ONU e ao Mundo” tem como objetivo demonstrar à Organização das Nações Unidas que o setor minoritário de jovens radicais não fala em nome da maioria.

Pergunte ao padre “Padre, sou casada só no civil... o meu desejo é casar-me na Igreja, mas o meu marido não aceita. O que devo fazer?” Cara Irmã em Cristo, Bendigo a Deus pelo seu desejo de celebrar sua união como sacramento do amor do Pai do céu pelos seus filhos e de Cristo pela sua Igreja. É um desejo louvável numa sociedade que não valoriza mais o caráter religioso sacramental do casamento. O que lhe dizer? Casar-se na Igreja supõe a fé, dom de Deus acolhido por aquele que crê, por isso eu lhe digo: viva sua fé intensamente como testemunho ao seu marido, mostre com sua vida o quanto Cristo é importante, fale com ele a partir de sua experiência, não brigue, não o force, mas mostre, pelo seu amor, o amor de Deus. Reze por seu marido para que ele abra o coração para acolher o dom da fé. Algumas pessoas podem lhe ajudar sobretudo algum amigo feliz no matrimonio que desfaça certas crendices de que casar-se na Igreja prejudica a união, o que, absolutamente não é verdade, já que o sacramento traz a sua Graça que santifica e realiza a felicidade daquele que recebe a benção nupcial. Não desista, minha irmã! No mais, lembre que Deus lhe ama, assim como a Igreja que espera sua presença sua colaboração. Procure seu pároco e peça também sua orientação. Rezarei pela senhora e por seu esposo e espero, um dia, ser convidado para assistir ao seu matrimônio cristão. Deus lhe ilumine Pe. Mauro Ferreira (Pároco N. Sra. da Escada – Barueri) Faça sua pergunta ao padre: www.bio.diocese@yahoo.com.br

Publicação do Boletim Informativo da Diocese de Osasco – Distribuição Gratuita – 9100 Exemplares Bispo Diocesano: Dom Ercílio Turco – Coordenação, Editoração e Revisão: Pe.Valdivino A. Gonçalves Colaboração: Irmã Leticia, Pe. Emerson Pedroso, Sem. Marcio José Pereira, Gil Ortiz, Cristiana Aparecida de Brito, Carol Gonzaga Editoração Eletrônica: Janio Luiz Malacarne Fone: (11)3683-4522 – Fax: (11)3683-7071 – Email: bio@diocesedeosasco.com.br – Cx. Postal: 56 – CEP: 06001-970 – Impressão: PAULUS



Outubro 2010


176. Bio - Boletim informativo da Diocese de Osasco - out 2010