Pré-Bienal de São Paulo (1970) - Catálogo

Page 1


.


Pré - Bienal de São Paulo

Fundação Bienal de São Paulo

CA T i.Í\LOGO


Fundação Bienal de São Paulo Parque lbirabuera

- São Paulo

C. P.: 7832 Tel.: 71-9200 - 275-4390

2


índice IIomenage1n

.............................

5

A.presentação

............................

9

Explicação

Ti orte-N ardeste

Centro-Oeste

.............

......

11

.....

13-20

. . .. . . . . . . . . . ... . . .. . . . . .. . .

21-36

.........

. .

. ... . . . ... ... .. . .. .

.

.

Centro-Sul Sul

37-66

. ... .. . .. ... . .. .. .. . ....

Homenage1n

Póstuma

....................

(.\.ssessoria de Artes Visuais e Júris de Seleção da Pré-Bienal

69

.. ... ... .. ... .. . .. .

71

..........................

71

Diretoria Executiva e Conselho Administrativo Regulamento

69

.... . .... . .. .

Júri de Seleção para a ;{r Bienal de São Paulo ()s Selecionados

. . . . . . . . . . . . 67-75

........... ... .. . .. ... .

72 . . . . .

72

t...n a·ice Alb a t't· e 1co . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

72 3


.


Homenagem

Sua Excelência

o Senhor

Roberto Costa de Abreu Sodré Governador

do Estado de São Paulo

Sua Excelência

o Senhor

Paulo Salim Maluf Prefeito

Municipal

de São Paulo

-

o


Comissão de Honra OS GOVERNADORES Sua Excelência Acre.

DOS ESTADOS:

o Sr. Jorge

Kalume,

Governador

~ua Excelência o Sr. Antônio Simeão Lamenha dor do Estado de Alagoas. Sua Excelência o Sr. Danilo Duarte dor do Estado do Amazonas.

_Sua Excelência da Bahia.

o Sr. Luiz Vianna

Sua Excelência o Sr. Hélio Prates Distrito Federal.

Sua Excelência o Sr. Plácido Estado do Ceará.

Sua Excelência o Sr. Christiano Estado do Espírito Santo.

Sua Excelência o Sr. Otávio Estado de Goiás. Sua Excelência o Sr. Francisco Estado da Guanabara. 6

do Estado

do

Filho, Governa-

de Mattos Areosa, Governa-

Filho, Governador

da Silveira,

do Estado

Governador

do

Governador

do

Dias Lopes Filho, Governador

do

Aderaldo

Castelo,

Lage de Siqueira,

Governador

do

Negrão de Lima, Governador

do


Sua Excelência o Sr. José Sarney do Maranhão.

Costa, Governador

do Estado

Sua Excelência o Sr. Pedro Pedrossian, Mato Grosso.

Governador

Sua Excelência o Sr. Israel Estado de Minas Gerais.

da Silva, Governador

Sua Excelência Pará.

Pinheiro

o Sr. Alacid Nunes,

Governador

do Estado de

do Estado

do

do

Sua Excelência o Sr. João Agripino Filho, Governador da Paraíba.

do Estado

Sua Excelência do Paraná.

do Estado

o Sr. Paulo Cruz Pimentel,

Governador

Sua Excelência o Sr. Helvídio Estado do Piauí.

Nunes de Barros, Governador

do

Sua Excelência o Sr. Jeremias Estado do Rio de Janeiro.

de Mattos Fontes, Governador

do

Sua Excelência o Sr. Monsenhor Walfredo Gurgel, Governador Estado do Rio Grande do Norte.

do

Sua Excelência o Sr. Walter Perachi Estado do Rio Grande do Sul.

Governador

do

do

de

Sua Excelência o Sr. Ivo Silveira, Santa Catarina.

Barcellos,

Governador

Estado

7


Sua Excelência de Sergipe.

o Sr. Lourival

Sua Excelência o Sr. Ivanhoé Território do Amapá.

Baptista,

Gonçalves

Governador

Martins,

do Estado

Governador

do

Sua Excelência o Sr. Jayme Augusto da Costa e Silva, Governador do Território de Fernando de Noronha. Sua Excelência o Sr. Walmir Leal Dillon, Governador tório de Roraima.

do Terri-

Sua Excelência o Sr. Cel. João Carlos Marques Netto, Governador do Território de Rondônia.

B


Apresentação

Inscreve-se no pórtico desta Pré-Bienal de São Paulo, primeiramente, o nosso ag1:adecimento à presença dos artistas dos que do extremo sul ao extremo norte do Brasil deram sua adesão a esta idéia. Antes dessa experiência, nada foi feito que se parecesse com esta verdadeira mobilização nacional que tentamos. O panorama buscado através de todo o imenso território nacional está aqui, naturalmente oferecendo deficiências e falhas que foram principalmente nossas - pois não pudemos bater de porta em porta e levar nossa convocação a todos os recantos. Nem ainda mais debater razões de ausência ou de indiferença à iniciativa. que por si só se nos afigurava bastante a despertar o interêsse e ê participação. No entanto, temos o panorama, e se dos que deveriam compôlo nem todos souberam que havia aqui um lugar para o seu trabalho, é com êste panorama que se nos oferece a oportunidade de uma tomada de contacto com a realidade artística brasileira ,,tual. Esta oportunidade em nosso pensamento único e exclusivo visava a constituir um critério para a escolha da representação nacional à XI Bienal de São Paulo. Então, estamos no dever de receber esta contribuição, e procurar ardentemente através dela chegar a um resultado positivo, construtivo e relativamente justo. Todos os que concordaram em trabalhar nesta oportunidade não desejam outro prêmio para seu esfôrço, isenção e vigílias. 9


Aos Governadores, os nossos agradecimentos pelo grande e1npenho em seus Estados a fim de que pudesse ser dado êsse primeiro passo decisivo no campo da integração das artes visuais cm nosso País. Agradecemos ainda aos que, com seu conselho e sugestão, encaminharam muitos dos artistas que aqui se reunem. Temos fé na causa que nos inspirou e tudo faremos para que chegue ao têrmo êste trabalho comum que se situa acima de regionalismos e de restrições. Francisco Ma:tarazzo Sobrinho

10


Explicação

Para a elaboração dêste catálogo foi estabelecido o critério de divisão dos artistas pelas áreas de seleção: Norte-Nordeste (englobando todos os Estados do Norte e Nordeste); Centro-Oeste ( reunindo as seleções em Minas Gerais. Goiás, Brasília e Mato Grosso); Centro-Sul (obras que passaram por júris organizados no Rio de Janeiro e São Paulo) e, finalmente, Sul (Rio Grande do Sul, S. Catarina e Paraná). As fichas de inscrição, indicando o local de nascimento dos artistas participantes, apresentam um resultado interessante, de int~gração nacional: existem artistas de todos os Estados do Brasil, tnenos do Piauí e Maranhão, além de estrangeiros, naturalizados ou radicados no País, que figuram de forma destacada entre os 258 selecionados em todo o Br~sil. Para uma idéia dessa participação realmente nacional, apresentamos a seguinte relação percentual em ordem decrescente: S. Paulo - 20% Guanabara e Minas Gerais - 10% cada u1n; Rio Grande do Sul - 7%; Pará e Goiás - 6% cada um; Paraná e Bahia - 5% cada um; S. Catarina - 4%; Estado do Rio - 3%; Pernambuco, Ceará, Paraíba e Mato Grosso - 2% cada um; Sergipe e Alagoas - 1 % cada um; Amazonas, Acre e Espírito Santo 0,5 % cada um.. e finalmente, artistas estrangeiros radicados ou naturalizados - 12,5%. Outro aspecto interessante: os artistas estrangeiros radicados c,u que se naturalizaram posteriormente encontram-se em sua n1aior parte em São Paulo (cêrca de 10% ), seguindo-se Brasília. Bahia e Goiás. ll


Segundo as áreas de seleção nas quatro regiões a que nos. referimos antes, as percentagens foram as seguintes: Centro-Sul, 125 artistas ( 48,40%); Centro-Oeste, 57 artistas (22,10%); NorteNordeste, 42 artistas ( 16,30%) e Região Sul, 34 artistas (13,20%).

OBSERVACAO ... Os artistas são apresentados em. ordem alfabética, independentemente de técnicas, segundo as quatro áreas em que foram selecionados: Norte-Nordeste, Centro-Oeste, Centro-,Sul e Sul. Para facilitar o manuseio do Catálogo, apresentamos em cada separação, nas quatro áreas acima referidas, a indicação da página em que começa e em que termina o grupo.

Ao título e técnica de cada obra segue-se a importância pela qual pode ser adquirida. Quando não há indicação de preço é porque o trabalho não está à venda.

12


Região Norte-Nordeste (Páginas 13 a 20) (AMAZONAS, BAHIA, CEARÁ, PARA, PERNAMBUCO, SERGIPE)

PARAÍBA,

N. 0 de artistas: 42 N. 0 de obras: 112 ALBUQUERQUE,

RUBENS

MARTINS

DE (1951 -

Fortaleza) CrS

Polaris, 1970, acrílico D2 face, 130 x 130 Flúxun, 1970, acrílico D2/face, 115 x 80 Refrato I, 1970, acrílico D2/face, 130 x 130 Espectômetro, 1970, acrílico D2/face, 170 x 110 ALVES DIAS (1936 -

Limoeiro) CrS

Nordeste n. 0 I, 1970, amarragem de arame, 285 X 32 X 162 :r~ordeste n. 0 II, 1970, amarragem de arame, 132 X 65 X 97 Nordeste n. 0 III, 1970~ amarragem de arame. 114 X 70 X 130 "'\MARO MUNIZ

(1951 -

Campina

Capricho,

EULER

(Be~m)

1970. escultura

3. 000,00 3. 000,00

Grande)

O Coração, 1970, ferro, solda, plástico. 145 x 70 Aparelho Respiratório, 1970, ferro, solda. 75 x 45 Sistema Gargo-bucal, 1970, ferro, solda, 50 x 40 _-t\.parelho Renal, 1970, ferro, solda, 70 x 50 Aparelho Digestivo, 1970, ferro, solda. plástico, 50 x 80 ARRUDA,

3. 000,00

Cr$ 500,00 500,0G 300,00 300,00 300,00

Cr$ 100,00 13


ASR (1943 -

Rio de _Janeiro)

CrS,, Natureza, 1970, nanquim e lápis de côr, 70 x 92 Tema de Carnaval, 1970, nanquim e lápis de côr, 70 X 92 Nordeste, 1970, nanquim e lápis de côr, 70 x 92 Vida e Anomalias, 1970, nanquim e lápis de côr, 70 X 92 Natureza, Vida e Morte, 1970, nanquim e lápis de côr, 70 X 92

1. 300,00 1. 300,00 1. 300,00 1. 300,00 1. 300,00

BASTOS JR., NESTOR PINTO (Belém)

Cr$ 1970, objeto

.l\nálise em Movimento, BETY KING (1932 -

Louisiana)

-

5. 000,00

Bahia

Cr$ Pintura Crescente, 1970, pintura eletrolítica, 150 x 250 (15 placas, cada placa Cr$ 350,00)

5. 250,00

conjunto BRANCO DE MELO (Belém) Geométrico (leométrico

Cr$ 1. 000,00 1. 000,00

I, 1970, pintura II, 1970, pintura

CÂNDIDA ROSILDA

(Belém)

CrS Entrada

de Festa, 1970, pintura

CARVALHO, ROGÉRIO

(1947 -

400,00

Salvador)

Smooth Flying, 1970, xilogravura, 92 x 60 Action de Fruster, 1970, xilogravura, 92 x 60 1\rkhein Fijiz, 1970, xilogravura~ 60 x 92 Pastelada, 1970, xilogravura, 60 x 92 Televibrechen1, 1970, xilogravura, 92 x 60 14

Cr$ 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00


CASTRO, AFRANIO

DE (1932) CrS 500,00 500,00 500,00 500,00 500.00

~'\cará-bandeira, 1970, têmpera, 97 x 67 Acàrá-papa-terra, 1970, têmpera, 97 x 67 Acará, 1970, têmpera, 97 x 67 Galo de Briga, 1970, têmpera. 97 x 67 Empinadores de Papagaio, 1970, têmpera, 97 x 67 CHICO PEREIRA

(1944 -

Campina

Grande)

- ...

,.,...,.1·~

Detalhe Detalhe Detalhe Detalhe Detalhe

primeiro. segundo, terceiro, quarto, quinto,

1970, pintura sôbre tela, 120 x 1970, pintura sôbre tela, 120 x 1970, pintura sôbre tela. 120 x 1970, pintura sôbre tela, 120 x 1970, pintura sôbre tela, 120 x

CORREA, ANTÔNIO

(1947 -

120 120 120 120 120

Belém) C1·S 2. 000,00 2. 000,00

Tempo I, 1970, técnica mista, 160 x 110 fempo II, 1970. técnica mista, 160 x 110 Tempo III, 1970, técnica mista, 160 x 110

ECKENBERGER, Nagem Nagem Nagem Nagem Nagem

Saca Saca Saca Saca Saca

REINALDO

( 1938 -

Argentina)

I, 1970, nanquim, colagem, 70 x 100 II, 1970. naquim, colagem, 70 x 100 III, 1970, nanquim, colage1n, 70 x 100 IV, 1970, nanquim, colagem, 70 x 100 V, 1970, nanquim, colagen1, 70 x 100

GOGOTE AUGUSTUS !-Ialterófilo, 60 Lampião, 100 Gestação, 80

500,00 500~00 500,00 500,00 500,00

-

Bahia CrS 500.000 500,00 500,00 500,00 500,00

(Sergipe) CrS 500,00 800,00 500.00

15


HENRIQUE

(1937 -

Salvador)

Pai e Filho, 1969, sucata, 65 x 40 Retirante, 1968, sucata, 75 x 35 Guerreiro, 1968, sucata, 62 x 28

Cr$ 300,00 500,00 300,00

JOSÉ LUIZ (BeJém) Fecundação,

Cr$ 4. 000,00

1970, pintura

LOPES, FERNANDO

(1936 -

Recife) e goiva, 180 x 59

Cr$ 10. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 1, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 85 x 185

2. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 2, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 85 x 185

2. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 3, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 85 x 185

2. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 4, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 85 x 185

2. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 5, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 185 x 85

2. 000,00

Mat. Macro Eros T/E Imagem 6, 1970, xilogravura sôbre papel banhado em amido, 185 x 85

2. 000,00

Cristo Armorial,

1970, formão

LUZ, ÉDISON DA (1942)

LljZ, ÉDISON

(1942)

CRUZ, PALMIRO (Bahia) (1949) CUNHA, JOSÉ (Bahia) (1948) LIMA, VERA (Bahia) (1946) JVH.ragem do Etsedron - Adimensional 16


Tv.1ACIEL,LUIZA

(1926 -

Pesqueira)

Composição n. 0 1, 1970, óleo sôbre tela de juta, 160 X 130

Cr$ 3.

ººº·ºº

Composição n. 0 2, 1970, óleo sôbre tela de juta, 160 X 130

3. 000,00

Composição n. 0 3, 1970, óleo sôbre tela de juta, 160 X 130

3. 000,00

MARCUS

FRANCISCUS

(1950 -

Fortaleza) Cr$

Caminho dos Caracóis, 50 X 70 Jôgo das Bonecas, 50 X 70

bico de pena e lápis água, 300,00

bico de pena e lápis-água, 300,00

Prateleira de Anjos, bico de pena e lápis-água, 50 X 70 MATOS,

GíLSON

(1954 -

300,00

Piatã) Cr$

lJm Sol Gira I, 1970, xilogravura vegetal, 150 x 60 -

sôbre papel 2. 000,00

Um Sol Gira II, 1970, xilogravura vegetal, 150 x 60

sôbre papel

2. 000,00

'·Um Sol Gira" III, 1970, xilogravura vegetaL 150 x 60

sôbre papel 2. 000,00

Um Sol Gira V, 1970, xilogravura vegetal, 150 x 60

sôbre papel

lTm Sol Gira IV, 1970, xilogravura

sôbre papel

vegetal, MEDEIROS, Xumucuís,

2. 000,00

2. 000,00

150 x 60 WALDIR 1970, técnica

SARUBI mista

DE (Pará) Cr$ 10. 000,00 17


MEIRA, RUY (1921 -

Belém)

Composição I, 1970, óleo sôbre tela, 150 x 150 Composição II, 1970, óleo sôbre tela, 200 x 200 Composição III, 1970, óleo sôbre tela, 150 x 150 MORAES, RITA (1947 Produtividade Produtividade

Salvador)

n. 0 1, 1970, pintura, n. 0 2, 1970, pintura,

NEVES, FRANCISCO

(1949 -

116 x 81 81 x 116

Campina

FER.NANDES

Coisomen,

.Atitude de Mulher, ROBERTO

mista,

218 x 80

Cr$ 5. 000,00

Belém) Cr$ 1. 000,00

escultura

(Belém) Cr$ 500,00 500,00

Sinfonia Vermelha, 1970, pintura Ruínas, 1970, pintura ROBERTO JOSÉ (1954 -

Campina

Grande)

X Y K 355, 1970, pintura sôbre papel canson, 200 x 120 G 3 UMW, 1970, pintura sôbre papel canson, 200 x 120 Sinal Fechado, 1970, pintura sôbre papel canson, 100 x 75 18

Cr$ 250,00 250,00 200,00 200,00 200,00

(1946 -· Belém)

1970, técnica

PINTO, JR. (1911 -

Cr$ 800,00 800,00

Grande)

Danação, 1970, bico de pena, 71 x 34 Lua, 1970, bico de pena, 71 x 34 Atentos, 1970, bico de pena, 71 x 34 Escada, 1970, bico de pena, 71 x 34 Após-guerra, 1970, bico de pena, 71 x 34 PAULO

Cr$ 1. 500,00 2. 500,00 1. 500,00

Cr$ 800,00 800,00 500,00


SCALDAFERRI,

SANTE

(1928 -

Salvador) CrS

Confusão na Area, 1970, tinta plástica sôbre tela, 89 x 120 Verão 70, 1970, tinta plátsica sôbre tela, 89 x 120 Êxtase Messiânico, 1970, tinta plástica sôbre tela, 89 x 120

3. 000.00 3. 000,00 3. 000.00

SOBRAL, ACACIO (Belém) Amazoniano,

CrS 200,00

1970, pintura

SOUZA JR., OSMAR PINHEIRO

DE (Belém) CrS 20. 000,00

Objeto n. 0 1, 1970, objeto V ALE, ROBERTO

(Belém) CrS

Arvore em Sonho, 1970, pintura Pintura, 1970, pintura \ 7

IANA, AUGUSTO

300,00 300.00

(Belém) CrS 100,00 100,00

Desespêro, 1970, desenho Ressurreição, 19·70, desenho VILA, ROLANDO

(1934 -

Luz, 1970, óleo e colagem XAVIER J. (1937 Escultura Escultura Escultura Escultura Escultura

n. 0 n. 0 n. 0 n. 0 n. 0

1, 2, 3, 4, 5,

Moya -

-

Pará

sôbre tela, 135 x 105

Campina

1970, 1970, 1970, 1970, 1970,

Peru)

CrS 2. 500,00

Grande)

metais-solda, metais-solda, metais-solda, metais-solda, metais-solda,

70 x 60 170 x 60 170 x 60 170 x 60 170 x 60

CrS 600.00 600.00 600,00 600,00 600.00

19


ZENON BARRETO

(Ceará)

Em Ritmo de Barcas, nanquim sôbre cartão, 84 x 67 Em Ritmo de Siris, nanquim sôbre cartão, 84 x 67 Em Ritmo de Cataventos I, nanquim sôbre cartão, 50 x 67 Em Ritmo de Cataventos II, nanquim sôbre cartão, 50 x 67

20

Cr$ 500,00 500,00 500,00 500,00


Região Centro-Oeste <Páginas 21 a 36) (MATO GROSSO,

GOIAS/BRASíLIA, N. 0 de artistas:

GERAIS)

MINAS 57

N. 0 de obras: 245

4'\LMEIDA, CIRINEU

DE (Goiânia) CrS

Desenho I, 1970, técnica mista 1970, desenho, 100 x 120 Positivo-negativo, Desenho II, 1970, técnica mista, 100 x 120 Desenho III, 1970, técnica mista, 100 x 120 i\NAMÉLIA

(1936 -

Nova Lima) Cr$

C2rtas - O Lôbo e o Cordeiro, 1970, xilogravura colage1n, 100 x 70 Cartas - O Coringa, 1970, xilogravura colagem, 100 x 70 (~artas - Lêda e o Cisne, 1970, xilogravura colagem, 100 x 70 ANDRADE, (1945 -

MANOEL AUGUSTO Belo Horizonte)

SERPA

400,00 400,00 400,00

DE Cr$

As psico-máquinas X, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 As psico-máquinas XI, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 As psico-máquinas XII, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 i\s psico-máquinas XIII, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x O

400,00 400,00 400,00 400.00

21


As psico-máquinas XIV, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 As psico-máquinas XV, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 As psico-máquinas XVI, 1970, nanquim e ecoline sôbre papel, 100 x 70 XVII, 1970, nanquim e ecoline As psico-máquinas, sôbre papel, 100 x 70 ,\NDRÉS,

MARIA

HELENA

400,00 400,00 400,00 400,00

(Belo Horizonte) Cr$

Filmagem no espaço n. 0 1 (Sépia), 1969, ecoline (1 desenho, painel com 2 desenhos), 96 x 66 1. 000,00 Filmagem no espaço n. 0 3 (Azul) 1969, ecoline (1 desenho, 600,00; painel com 2 desenhos), 96 x 66 1. 000,00 Filmagem no espaço n. 0 2 (sépia), díptico, 1969, ecoline, 200 x 70 (1 desenho díptico 1.200,00, painel com 2 dípticos) 2. 000,00 :Filmagem no espaço n. 0 2 (Azul) díptico, 1969, ecoline, 200 x 70 (1 desenho díptico 1.200,00, painel com 2 dípticos) 2. 000,00 Fjlmagem no espaço n. 0 3 (Séptico), 1969, ecoline, 1. 000,00 96 x 66 (1 desenho 600,00, painel com 2 desenhos) Filmagem no espaço n. 0 1 (Azul), 1969, ecoline, 1. 000,00 96 x 66 ( 1 desenho 600,00, painel com 2 desenhos) ARAúJO, Parágrafo Parágrafo Parágrafo

LAERTE

(1948 -

Goiânia)

I, 1970, xilogravura, 50 x 75 III, 1970, xilogravura, 50 x 75 VI, 1970, xilogravura, 50 x 75

ARAúJO, REGINAL.DO NASCIMENTO (1940 - Campo Grande)

Cr$ 500,00 500,00 500,00

DE Cr$

Cena Rural I, 1970, nanquim papel, 45 x 49 Cena Rural II, 1970, nanquim papel, 47 x 65

22

e guache

sôbre

e. guache sôbre


Cena Familiar, 1970, nanqu1m e guache sôbre papel, 64 x 32 Cena Lúdica I, 1970, nanquim e guache sôbre papel, 36 x 4 7 Cena Lúdica II, 1970, nanquim e guache sôbre papel, 37 x 50 ARAúJO,

Anicuns)

DE (1942 -

TANCREDO

Do Homem. 1970, vinil sôbre tela, 100 x 73 Da Guerra. 1970, vinil sôbre tela, 100 x 73 Da Carne, 1970, vinil sôbre tela, 100 x 75 1970, vinil sôbre tela, 100 x 73 Da Perspectiva, Sermão da Montanha, 1970, vinil sôbre tela, 90 x 60 A Ceia, 1970, vinil sôbre tela, 90 x 60 O Beijo, 1970, vinil sôbre tela, 90 x 60 1970, vinil sôbre tela, 90 x 60 Crucificação, 1'.1orto, 1970, vinil sôbre tela. 90 x 60 AVILA,

SARA

(Nova Lima -

CrS 1. 200,00 1. 200,00 1. 200.00 1. 200,00 600,00 600,00 600,00 600,00 600,00

M. Gerais) CrS

Seqüência 1: Alfa e ômega: formação ( tríptico), formação B, formação C, 1970, flotage 100 x_ 210 Seqüência 1. Alfa e ômega: do apogeu à destruição, 1970, flotage, 100 x 350 Seqüência 1: Alfa e ômega: Rahab, 1970, flotage, 100 X 70 RARBALHO,

REINALDO

(Ipameri

-

120 x 80 c;enesis, 1970, Jacarandá, 1970, eucalipto, 250 x 60 Conjugados, 1970, eucalipto, 250 x 60 Conjugados,

BIANCHETTI,

GLÊNIO

(1928 -

1. 500,00 2. 500,00 600,00

Goiás) CrS 1. 500,00 1. 500,00 1. 500.00

Bagé) CrS

Tríptico, 'Iríptico, Tríptico,

1970, acrílico, 1970, acrílico, 1970. acrílico,

77 x 565 77 x 113 77 x 565

23


BIANCHETTI, LEONARDO (1953 -

Pôrto Alegre) Cr$

Montagem II, 1970, montagem, 108 x 385 Montagem II, 1970, montagem, 108 x 385 Montagem III, 1970, montagem, 108 x 385 CAMBAR:A, MARIA AUGUSTA

(1942 -

600,00 60000 600,00

Corumbá) Cr$

Recuperação - Forma papel, 58 x 67 Recuperação - Forma pap.el, 58 x 64 Recuperação - Forma papel, 61 x 65 Recuperação - Forma papel, 58 x 62 Recuperação - Forma papel, 58 x 62 CASTANO,

1, 1970, guache sôbre 200,00 2, 1970, guache

200,00

3, 1970, guache sôbre 200,00 4, 1970, guache sôbre

200,00 5, 1970, guache sôbre

200,00

JOSÉ ORLANDO (1945 -

Estudo, 1970, técnica mista, 500 x 500 COSTA,

JR. (1942 -

sôbre

Mutum) Cr$

Anicuns)

Figura III, 1970, óleo, 60 x 73 Figura IV, 1970, óleo, 60 x 50 Gravura I, 1970, xilogravura, 60 x 50 Gravura II, 1970, xilogravura, 60 x 50 Gravura III, 1970, xilogravura, 60 x 50

Cr$ 300,00 300,00 200,00 200,00 200,00

DE MELO (Fortaleza)

Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho

n. 0 n. 0 n. 0 n. 0 n. 0

Desenho

n. 0

24

1, 2, 3, 4, 5, 6,

1970, 1970, 1970, 1970, 1970, 1970,

Conté, Conté, Conté, Conté, conté, Conté,

102 x 73 102 x 73 102 x 73 102 x 73 102 x 73 102 x 73

Cr$ 1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00


Desenho n. 0 7, 1970, Conté, 102 x 73 Desenho n. 0 8, 1970, Conté, 102 x 73 DIAS, VANDA PINHEIRO

(1930 -

1. 200,00 1. 200,00

Itaberaí)

Desintegração I, 1970, betume, 100 x 69 Desintegração II, 1970, betume, 100 x 69 Desintegração III, 1970, betume, 100 x 69 Desintegração IV, 1970, betume, 100 x 69 Desintegração V, 1970, betume, 100 x 69 Pássaro I, 1970, água-tinta, maçarico e relêvo, 683 X 952 Balança VII, 1969, água-tinta, maçarico e relêvo, 685 X 965 Balança VIII, 1970, água-tinta, maçarico e relêvo, 687 X 92 Recipiente II, 1970, água-tinta, maçarico e relêvo, 68 X 92 Recipiente III, 1970, água-tinta, maçarico e relêvo, 673 X 965 O Motor na Asa, 1969, água-tinta, maçarico e relêvo, 67 X 96 A Pata do Boi - duas rodas, 1970, água-tinta, maçarico e relêvo, 67 x 96 t-1esse furar de roda, 1969, áqua-tinta, maçarico e relêvo, 67 x 96 EDUARDO ANGELO Anteprojeto n. 0 /1.nteprojeto n. 0 Anteprojeto n. 0 Anteprojeto n. 0 Anteprojeto n. 0 ESPíNDOLA,

(1945 -

500.00 500.00 500.00 500,00 500,00

Juiz de Fora)

9, 1970, técnica mista, 5m2 12, 1970, técnica mista, 5m2 15, 1970, técnica mista, 5m2 16, 1970, técnica mista, 5m2 19, 1970, técnica! mista, 5m2

HUMBERTO

Crs 1. 000,00 1. 000,00 1 . 000,00 1 . 000,00 1. 000,00

(1943 -

CrS 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00

Campo Grande)

CrS Pantanal: Paisagem, 1970, óleo sôbre tela/ arame, 170 x 150

3. 000,00

25


Pantanal: Boi de Corte, 1970, óleo sôbre tela/ facas, 170 x 150 Bovinocultura: Circumstantia, 1970, óleo sôbre tela/ latão, 170 x 150 O Crachá, 1970, óleo sôbre tela/relêvo, 170 x 150 Da Paisagem ao Brasão, 1970, óleo sôbre tela, 170 X 150 FIGUEIREDO, STELLA Carmo do Paranaíba)

3. 000,00 3. 000,00 3. 000,00 3. 000,00

MARIS DE (1946 CrS

Marketing (ensaio para reestruturação) A, 1970, montagem (pleno-relêvo), 100 x 50 Marketing ( ensaio para reestruturação) B, 1970, montagem (pleno-relêvo), 100 x 130 Marketing ( ensaio para reestruturação) C, 1970, montagem (pleno-relevêvo), 100 x 160 Marketing (ensaio para reestruturação), 1970, montagem (pleno relêvo) lVIarketing (ensaio para reestruturação) 1970, montagem (pleno-relêvo) F'REDERICO

Escultura II - Cadeira, pintada, 140 x 65 Escultura III - Cadeira, pintada, 135 x 65

1970, chapa preta

400,00

CrS" 3. 000,00

1970, chapa preta 3. 000,00 1970, chapa

DARIO DE (1951) -

preta 3. 000,00

Belo Horizonte)

Gran pala na xuranha, 1970, escultura, 180 x 50 Os _primeiros dias da infância, 1970, escultura. 200 X 100 Itoda-viva, 1970, escultura, 200 x 100 26

400,00

G. (Varginha)

Escultura I - Cadeira, pintada, 140 x 65

FREITAS,

400,00

Cr$ 250,00 200,00 350,00


GODOY, HELENO Gravura forte Gravura forte Gravura sôbre Gravura forte G:avura forte

(1946 -

Goiatuba) CrS

8/1970, 1970, relêvo, água-tinta e águasôbre papelão, 675 x 96 9/1970, 1970, relêvo, água-tinta e águasôbre papelão, 68 x 96 10/1970, 1970, água-tinta e água-forte papelão, 68 x 985 11/1970, 1970, relêvo, água-tinta e águasôbre papelão, 67 x 98 14/1970, relêvo água-tinta e águasôbre papelão, 675 x 985

Gravura 15/1970, 1970, relêvo, áqua-tinta forte sôbre papelão, 68 x 97,5

e água-

Gravura 17 /1970, 1970, relêvo, água-tinta fu~"te sôbre papelão, 68 x 98 Gravura 18/1970, 1970, relêvo, áqua-tinta forte sôbre papelão. 68 x 98

e água-

GOUVEIA,

CLÉBER

(1942 -

500,00 500,00 500,00 500.00 500,00 500.00 500,00

e áqua500,00

Uberlandia) CrS

A Fuga do Ponto, 1970, nitrocelulose, laca acrílica, 140 x 140 Dos Massacres - os Cubos, 1970, nitrocelulose, laca acrílica, 140 x 120 Dos Massacres - o Crânio, 1970, Nitrocelulose, resina acrílica, 140 x 140 I)os Negros, 1970, nitrocelulose, resina acrílica, 140 x 140 Dos Confrontos, 1970, nitrocelulose, resina acrílica, 140 x 140 I-IASSIS (1951 -

Conceição

do Pará -

1. 000,00 1. 000,00 1. 000.00 1.

ººº~ºº

1. 000,00

M. Gerais) CrS

B == B - (A+B+C+D) == [ 4 ,/ 1/I ==O ] O 1970, técnica livre, 450 x 110 C ·==(A+B+C+D) == [ 60 m4c y6] == O 1970, técnica livre, 350 x 140

4. 000,00 3. 000,00 27


HELT, GEORGE- (1949 - Juiz de Fora) !~to I - Cena IV, 1970, mototipia e litografia Ato I - Cena, IV, 1970, monotipia e litoragia .r\to II - Cena III, 1970, monotipia e litografia HENRIQUE, GASTÃO MANOEL

(1933 -

800,00 800,00 800,00

São Paulo) Cr$

N.º 1, 1970, duratex, compensado, sintético, 200 x 150 x 300

~i .0 2, 1970, esmalte N. 0 3, 1970, esmalte

duratex, compensado, sintético duratex, compensado, sintético

J'OAO SEBASTIÃO Situação: Situação: Situação: Situação: Situação: tela,

esmalte

(1949 -

Cuiabá)

Gôzo, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 100 Dor, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 100 Sonho, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 100 Cansaço, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 100 Ato Consumação, 1970, óleo sôbre 100 x 100

JOSÉ DE ARIMATHEA

(1938 -

CrS 400,00 400,00 400,00 400,00 400,00

Cataguases) Cr$

Educação (alfabetização), 1970, recorde, colagem, xilogravura, 90 x 130 Educação (campo de ação), 1970, recorte, colagem, xilogravura, tipografia, 90 x 130 Educação (obstáculos), 1970, técnica, 90 x 130 JUNQUEIRA,

IVONE ETRUSCO

(1941 -

Barra Longa)

Paisagem I, 1969, berrylord sôbre alumínio, 200 x 187 Paisagem II, 1969, berrylord sôbre alumínio, 200 x 187 Paisagem III, 1970. berrylord sôbre alumínio, 150 x 100 Pdisagem IV, 1970, berrylord sôbre alumínio, 200 x 100 28

Cr$ 800,00 800,00 800,00 800,00


LIMA, DÉCIO MAURO (1925 l\Io. . . núm pa. Um sonho, 1\ ,r , .r/J.o.. . num pa. A realidade, J\1o. . . num pa. O Desenho,

Belo Horizonte)

. . tri. . . cam. . . Quadro I 1970, montagem, 80 x 80 . . . cam. . . Quadro II . . t r1. 1970, montagem, 80 x 80 . . tri. . . cam. . . Quadro III 1970, montagem 80 x 80

LIMA, JOSÉ RONALDO

(1939 -

Cr$ 500,00 500.00 500.00

Rio Casca) CrS

Objeto tátil e visual (proposta I), 1970, plástico e semente, 150 x 150 Objeto tátil e visual (proposta II), 1970, plástico e bola de gude, 150 x 150 Objeto tátil e visual (proposta IV), 1970, plástico e semente 150 x 150 Proposta tátil I, 1969, madeira e materiais diversos, 60 x 30 x 30 Proposta tátil 2, 1969, madeira e materiais diversos, 60 x 30 x 30 Proposta tátil 3, 1969, madeira e materiais diversos, 60 x 30 x 30 Proposta tátil 4, 1969, madeira e materiais diversos, 60 x 30 x 30 Proposta tátil 5, 1969, madeira e materiais diversos, 60 x 30 x 30 Objeto tátil e visualproposta I, 1970, vidro e semente, 30 x 30 x 30 Objeto tátil e visual - proposta II, 1970, vidro e semente. 30 x 30 x 30 Objeto tátil e visual - proposta III, 1970, vidro e semente, 30 x 30 x 30 Objeto tátil e visual - proposta IV, 1970, vidro e semente, 30 x 30 x 30 Objeto tátil e visual - proposta V, 1970, vidro e semente, 20 x 20 x 20 Objeto olfativo - proposta I, 1970, madeira e cheiro, 100 x 90 x 90

300.00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 200,00 200,00

29


()bjeto olfativo - proposta II, 1970, madeira e cheiro, 100 x 90 x 90 Objeto olfativo - proposta III, 1970, madeira e cheiro, 100 x 90 x 90 Objeto olfativo - proposta IV, 1970, madeira cheiro, 7 O x 07 x 07 <Jbjeto olfativo - proposta V, 1970, madeira cheiro, 7 O x 07 x 07 Objeto olfativo - proposta VI, 1970, madeira e cheiro, 70 x 07 x 07 Objeto olfativo - proposta VII, 1970, madeira e cheiro, 70 x 07 x 07 Proposta tátil (conjunto composto de 7 peças), 1970, plástico

LIZ ROBERTS

(1944 -

Irã -

LISELOTTE

150,00 150,00 150,00 150,00 300,00

Cr$ 250,00 250,00 250,00 250,00 250,00

x 50 de côr, 96 x 65 de côr, 96 x 65 x 65

DE ( 1940 -

Ale1nanha)

lVIadeira e Pedras sôbre Ferros, 1969, madeira e pedra-sabão, 62 x 40 Madeira e Bronze sôbre Ferros, 1970, madeira e bronze, 150 x 55 1\1:adeira sôbre Ferro, 1970, ·madeira, 160 x 55 F;lâmula Madeira, 1970, pano, madeira e ferro, 180 x 100 1970, pano, vidro, e Flâmula Envidraçada, madeira, 180 x 100 Flâmula Metalizada, 1970, pano e metal, 180 x 100 30

200,00

Brasília)

So Cold in China, 1970, nanquim, 65 Shout for Joy, 1970, nanquim e lápis Yardbird Suite, 1970, nanquim e lápis IIot House, 1970, nanquim, 65 x 50 Itocker, 1970, nanquim e guache, 96

MAGALHÃES,

200,00

-

Goiás CrS

1. 500,00 1. 500,00 1. 500,00


MARIA JOSÉ (Estado Pintura Pintura Pintura Pintura Pintura

1, 2, 3, 4, 5,

1970, 1969, 1969, 1968, 1968,

óleo, óleo, óleo, óleo, óleo,

do Rio de Janeiro) 112 x 114 x 114 x 114 x 111 x

MARQUES, IGOR (1950 Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho MIHAIL

CrS 2. 000.00 2. 000.00 2. 00.000 2. 000,00

9005 9305 93 92 93

2.

Estado da Guanabara)

I, 1970, nanquim a bico de pena. 89 x 30 II, 1970, nanquim a bico de pena, 74 x 51 III, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 IV, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 V, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 VI, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 VII, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 VIII, 1970, nanquim a bico de pena, 86 x 55 Austria)

(1947 -

ººº·ºº

-

CrS -100.00 -100.00 400.00 -100.00 400,00 400,00 400,00 400.00

Brasília

CrS Signo VI, 1970, pintura, tinta sintética sôbre duratex, 200 x 150 Signo VII, 1970, pintura, tinta sintética sôbre duratex, 200 x 150 l',íJRANDA (1942 1, 2, 3, 4, 5,

1. 500.00

Rio de Janeiro)

fevereiro. 1970, nanquim e lápis de côr, 65 x 95 1970, nanquim e lápis de côr, 65 x 95 1970, nanquim e lápis, 65 x 95 1970, nanquim e lápis, 65 x 95 1970, nanquim, 65 x 95

MOYA (1932 -

1. 500.0C

Luxemburgo)

Minas Gerais

Forma Dinâmica n.º 1 - Estrutura modêlo), 1970, madeira pintada acrílica, 36 x 24 x 26

arquitetônica de tinta

CrS 500.00 500,00 500,00 500,00 500,()0

CrS

800,00

31


Forma Dinâmica n. 0 2 - Estrutura arquitetônica (modêlo), 1970, ·madeira pintada de tinta acrílica, 71 x 20 x 12 Forma Dinâmica n. 0 3 - Estrutura arquitetônica (modêlo), 1970, madeira pintada de tinta acrílica, 49 x 23 x 20 F'orma Dinâmica n. 0 4 - Estrutura arquitetônica (modêlo), 1970, madeira pintada de tinta acrílica, 35 x 17 x 16

lVIUND JR., HUGO (1933 -

800,QO

800,00

Mafra)

Projeto Visual I, 1970, tinta sôbre duratex, 80 x 525 Projeto Visual II, 1970, tinta sôbre duratex, 80 x 525 Projeto Visual IV, 1970, tinta sôbre duratex, 80 x 25 Projeto Visual V, 1970, tinta sôbre duratex, 110 x 25

NETTO, SÉRGIO (1932 -

800,00

Cr$ 800,00 800,00 700,00 700,00

Guanabara) Cr$

... '\ Bola - O nascimento / série O Morro, 1970, pintura e colagem, 80 x 60 O Tamborim - Alegria / série O Morro, 1970, pintura e colagem, 80 x 60 A Torneira - A decepção / série O· Morro, 1970, pintura e colagem, 80 x 60 A Garrafa - O Desespêro / série O Morro, 1970, pintura e colagem, 80 x 60 A arma - A Morte / série O Morro 1970, pintura e colagem, 80 x 60 NOGUEIRA,

LEONAM (1951 -

300,00 300,00 300,00 300,00

Goiânia)

Objeto (A) ou "Ninho", 1970, poliéster e elementos metálicos, 60 x 120 x 120 Objeto (B) ou "Concentrado", 1970, poliéster e metal, 100 x 64

32

300,00

Cr$ 2. 000,00 1. 500,00


t~OVIELLO,

DÉCIO

Recompletamento

200

X

X

X

-

Módulo

X

OLIVEIRA,

II -

1970, industrial.

-

Módulo

III -

1970, industrial. 3. 000,00

-

Módulo

IV -

-

Módulo

V -

1970, industrial, 1970. industrial.

300

3.

ººº·ºº

3. 000,00

D. J. ( 1938 -

GERALDO

Bragança

Paulista)

TELES

DE (1915 -

Itapecerica.

Roda Mágica, 1970, entalhe com formão e pua, 105 x 85 Festa de São João e Fé de Corrente, 1970, entalhe com formão e pua, 310 x 21 PACHECO,

3. 000,00 3. 000.00

Desintegração, 1970, óleo sôbre tela, 200 x 130 Persistência do Despertador n. 0 1, 1970, óleo sôbre tela, 150 x 130 Persistência do Despertador n. 0 2, 1970, óleo sôbre tela, 160 x 120 Persistência do Despertador n. 0 3, 1970, óleo sôbre tela, 160 x 120 Verônica. 1970, óleo sôbre tela, 160 x 120

(JLIVEIRA,

CrS

1970. industrial.

300

Itecompletamento

200

I -

300

X

Recompletamento

200

Módulo

do Sapucaí)

300

Recompletamento

200

-

São Gonçalo

300

Recompletamento

200

( 1929 -

ANA MARIA

(1943 -

CrS 2. 500.00 2.

ººº·ºº

2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00

MG) CrS 3. 500.00 3. 500,00

Goiânia) Cr$

Escultura 1969, Escultura Escultura I'scultura

3, Expulsão do Paraíso), madeira, 145 x 45 2, 1970, madeira, 100 x 50 1, 1970, madeira, 100 x 80 4, 1970, madeira, 100 x 100

4. 000,00 2.000,00 3. 000,00 2. 500,00

33


PAULA,

S.ERGIO DE (1946 -

Belo Horizonte)

Cr$ O que está dentro está fora, o que está fora está dentro 1970, nanquim, (desenho da série Sangromas), sôbre papel, 100 x 100 ecoline, letra-filme Paisagem Mutante (desenho da série Sangromas), sôbre 1969, nanquim, ecoline e letrafilme papel, 70 x 70 Arame azul, mar farpado (desenho da série 1970, nanquim, ecoline e letra-filme Sangromas), sôbre papel, 88 x 88 da invasão Percepção da origem ou pressentimento 1970, nanquim, (desenho da série Sangromas), sôbre papel, 70 x 70 ecoline, letra-filme Desassociação em série ( desenho da série 1970, nanquim, ecoline e Sangromas), sôbre papel, 70 x 70 letra-filme PELEGRINO,

MOTA (1950 -

LUIZ ALBERTO

500,00

400,00

350,00

350,00

Volta Redonda)

..t'\bril, 1970, trabalho Maio, 1970, trabalho PILó,

CONCEIÇAO

(1927 -

Belo Horizonte) CrS 250,00 250.00

Cardume, 1968~ litografia, 76 x 56 l\tf0tinho, 1968, li to grafia, 76 x 56 l?lôr Tropical, 1968, litografia, 76 x 56 Forma I, 1968, litografia, 76 x 56 56 x 76 :Forma XI, 1970, xilogravura, 56 x 76 ltorma III, 1970, xilogravura, PôRTO,

SÉRGIO

Ocupandespaço Ocupandespaço Ocupandespaço 34

AUGUSTO

(1946 -

X, 1970, madeira Y, 1970, madeira Z, 1970, madeira

250.00 250.00

Estado

da Guanabara)

e plástico, 280 x 135 e plástico, 280 x 135 e plástico, 280 x 135

Cr$ J. 000.0ü 1. 000.00 1. 000.00


FilTTER, GUSTAVO

Ale1nanha)

(1904 -

-

Goiás CrS

HCasca Fina" (inclinada) n. 1, 1969, madeira, 94 x 25 ..Casca Fina" (vertical) n. 0 2, 1969, n1adeira, 177,5 X 22,5 0

'·Casca Fina" (vertical) madeira, 271 x 18

3. 000,00

n. 0 4 1969. 1

Cascas Finas, (compostas) madeira, 75 x 48 '·Casca Fina" (vertical) madeira, 280 x 29

ººº·ºº

3.

n. 0 7, 1970,

3. 000,00

n. 0 8, 1970, 3. 000,00

ROSA, JOAO BATISTA

(1940 -

Goiânia) Crs

1, 1970, lápis-cêra Derivada da desintegração betume sôbre pinos plac, 160 x 90

e

Derivada da desintegração 5, 1970, lápis-cêra betume sôbre pinos plac, 160 x 90

e

110SANE

MARIE

(1954 -

600.00 600,00

Belo Horizonte) CrS 250,00 250,00 250,00

,Armadilha, 1970, técnica mista, 133 x 77 Decadência, 1970, técnica mista, 133 x 77 C~adeira, 1970, técnica mista, 133 x 77 SOARES, TERESINHA

( 1937 -

Araxá) CrS

Deitada em Berço Esplêndido, 1970, técnica mista, 190 x 90 Sou Flamengo_. 1970, técnica mista, 190 x 90 Ela me Deu a Bola, 1970, técnica mista, 190 x 90 STAMIROWSKA, O Dia do Dilúvio,

SOFIA

LIGEZ.A (1911 -

1970, técnica

Polônia)

mista, 200 x 110

800,00 800,00 800,00

Goiás CrS 1. 500,00

35


'rILLMANN Paisagem Paisagem Paisagem

(1945 -

Araxá)

Cósmica I, 1970, gravura-relêvo, Cósmica II, 1970, gravura-relêvo, Cósmica III, 1970, gravura-relêvo,

VINIC (1942 -

22 x 66 22 x 66 22 x 66

Goiânia)

A Pouca Elipse, 1969, nanquim, 85 x 71 Sobradinho's "Midnight Cowboy", 1969, nanquim, tJma alucinação puramente física, 1969. nanquim, 94 x 72 Easy Rider Kalapalo, 1969, nanquim. 106 x 76 Olacáceo, 1969, nanquim, 80 x 54 ô Norbert wiener, tu tá por fora, bicho, 1970, nanquim, 85 x 70 Protocloridrato 285, 1970, nanquim, 85 x 55 É preciso estar atento e forte, 1970, nanquim 107,5 x 77 1

'\VASH

(1937 -

CrS 250,00 250,00 250,00

85 x 55

CrS 500,00 500,00 1. 500,00 1. 500,00 CrS 500,00 500,00 500.00 1. 500,00

Rio Verde) CrS

Composição em Ondas Verticais, 1970, têmpera sôbre tela, 140 x 100 Forma Contínua em Azul, 1970, têmpera sôbre tela, 140 x 100 Volumes em Movin1ento, 1970, têmpera sôbre tela, 140 x 100 No Éden, 1970, têmpera sôbre tela, 140 x 100 Teorema, 1970, têmpera sôbre tela, 140 x 100

36

2. 000,00 2. 000,00 2. 000.00 2. 000,00


Região Centro-Sul (Páginas 37 a 66) (SAO PAULO,

RIO DE JANEIRO, N. 0 de artistas:

N. 0 de obras: ADLEROVA,

CHARLOTTA

(1908 -

GUANAB~'\RA)

125 567

Berlim -

São Paulo CrS 350,00

Gravura n. 0 13, 1969, gravura em duratex. 60 x 60 (lravura n.° 15, 1969, gravura em duratex e madeira, técnica mista, 60 x 60 c;ravura n. 0 16, 1970, duratex, 1nadeira, técnica mista, 60 x 60 (lravura n. 0 17, 1970, gravura em duratex e técnica mista, 60 x 60 Gravura n. 0 19, 1970, duratex, técnica mista, 60 x 60 Gravura n. 0 20, 1970, duratex, técnica mista, 60 x 150 ALDIR

1941 -

:i50.00 350,00 350.00 350.0(' 350.00

São Paulo)

Caipirismo, 1970, óleo. 250 x 200 Patropismo, 1970, óleo, 150 x 200 Cafeísmo, 1970, óleo, 150 x 200 Visão de Macuco II, 1970, óleo, 150 x 200 Menino-passarinho, 1970~, óleo, 150 x 200 ..L\MARAL, MARCIA BARROSO

DO (1943 -

I, 1970, vinil sôbre duratex, 80 x 150 II, 1970, vinil sôbre duratex, 80 x 150 III, 1970, vinil sôbre duratex, 80 x 150 V~ 1970, vinil sôbre duratex~ 80 x 150 IV, 1970, vinil sôbre duratex, 80 x 150

CrS ~. 000.00

ººº·ºº

2. 2. 000,00 2. 000,00 2.

ººº·ºº

Rio de Janeiro) CrS 600.00 600.00 600.00 600,00 600.00

37


AMARAL, MARGARA

P. (1949 -

Ribeirão

Prêto) CrS

Expansão 1970, Expansão 1970, Expansão 1970,

formal técnica formal técnica formal técnica

AMATUZZI, Estrutura Estrutura

em um espaço finito XI, mista, 100 x 80 em um espaço finito XIII, mista, 100 x 80 em um espaço finito XIV, mista, 100 x 80

700,00 700,00

LUIZ (São Paulo)

Subseqüente Suseqüente

CrS 1. 500,00 1. 500,00

"G", 1970, tinta acrílica "E", 1970, tinta acrílica

i\MORIM MELO, FRANCISCO Pintura Pintura Pintura

700,00

DE ASSIS (1941 -

Alagoas) CrS 500,00 500,00 500,00

1, 1970, óleo sôbre duratex, 120 x 100 2, 1970, óleo sôbre duratex, 120 x 100 3, 1970, óleo sôbre duratex, 120 x 100

1\RIAS, CARLOS GARCIA

(1927 -

Argentina)

-

Dobra elástica, 1970, polimatéria, 70 x 110 x 60 Imagem Diluída, 1970, polimatéria, 80 x 90 x 55 Diafragma, 1970, polimatéria, 140 x 50 x 50 ARRIV ABENE, D·óRIS SANGIRARDI, ESTÊV AO -

São Paulo CrS 2. 400,00 3 .100,00 2. 000,00

São Paulo CrS

Transplantes. i\RRUDA (Cruzeiro)

1970, técnica mista

CAMARGO,

MARIA THEREZA

I~EMOS DE CrS

Estudo Estudo Estudo Estudo Estudo 38

4, 5, 6, 7, 8,

1970, tecelagem manual, 110 x 90 1970, tecelagem manual, 180 x 100 1970, tecelagem manual, 100 x 180 1970, tecelagem manual, 110 x 200 1970, tecelagem manual, 200 x 120

1. 000.00 1. 500,00 1. 200,00 1. 500,00


~l\.SSEFF, DALTON Xilo Xilo Xilo Xilo Xilo Xilo

n. 0 n. 0 n.° n. 0 n. 0 n.°

SALEM

A, 1970, xilogravura, B, 1970, xilogravura, C. 1970, xilogravura, D, 1970, xilogravura, E, 1970, xilogravura. F, 1970, xilogravura~

BAPTISTA

( 1943 -

(1942 -

Nôvo Horizonte) CrS 500,00 500,00 500,00 500,Q0 500,00 500,00

120 x 70 120 x 70 120 x 70 120 x 70 120 x 70 120 x 70

Sergipe)

D'Ela Eu Um, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Paz Sem Fim, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Habitado, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Multiplicai-vos ... , 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Mutandis, 1970, óleo sôbre tela Eu Vejo Portanto ... , 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Acidente, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 Mistificação, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 45 BARBOSA,

ROBERTO

(1945 -

S .. Paulo) CrS 500,00 800,00 600,00 800.00 850,00

Inseto, 1970, técnica mista, 80 x 100 Praga, 1970, técnica mista, 100 x 100 Ave, 1970, técnica mista, 70 x 100 Perfil, 1970, técnica mista, 100 x 80 :E'ormiga, 1970, técnica mista, 70 x 100 BARCHI,

FERNANDO

(1929 -

CrS 500,00 500,00 500,00 500,00 500,00 500,00 500,00 500,00

Milão) -

São Paulo CrS

Volwne - corte - deslocação n. 0 99. 66. 99, 1969, polimatéria, 60 x 50 x 60 \Tolume - corte - deslocação n. 0 66. 99. 66, 100 x 50 x 90 1970, polimatéria, BARROS, HELENA MARIA (1937 - Rio de Janeiro)

BELTRÃO

2. 000,00

4. 000,00

DE

Da Série Fotográfica - Formatura Imaginária n.º 1, 1970, nanquim, pena e pincel, 46 x 59

Cr$ 400,00

39


Da Série Fotográfica n. 0 2, 1970, nanquim, Dê.1Série Fotográfica n. 0 - 3, 1970, nanquim, Da Série Fotográfica n. 0 4, 1970, nanquim, Da Série Fotográfica n. 0 4, 1970, nanquim, Da Série F'otográfica n. 0 5, 1970, nanquim, Da Série Fotográfica n. 0 6, 1970, nan,quim, Da Série Fotográfica n. 0 7·, 1970, nanquim, Da Série Fotográfica n. 0 8, 1970, nanquim, I3AVARESCO (1937 -

Formatura Imaginária pena e pincel, 46 x 59 Formatura Imaginária pena e pin.cel, 46 x 59 Formatura Imaginária pena e pincel, 46 x 59 Formatura Imaginária pena e pincel, 46 x 59 Formatura Imaginária pena e pincel, 76 x 62 Formatura Imaginária pena e pincel, 76 x 62 Formatura Imaginária pena e pincel, 76 x 62 Formatura Imaginária pena e pincel, 76 x 62

Presidente

400,00 400,00 400,00 400,00 400,00 400,00 400,00

Prudente) CrS 10. 000,00 10. 000,00 10. 000,00

Vida. 1970, técnica mista, 159 x 275 1\1:orte, 1970, técnica mista, 159 x 275 Ressurreição, 1970, técnica mista, 155 x 275 BECKER, PAULO (1927 -

400,00

S. Cruz do Sul) CrS

Obra I, 1970, técnica mista BORDANO, NINCA (1914 Desenho Desenho Desenho Desenho

Alemanha)

-

S. Paulo

II_. 1970, colagem, guache, 70 x 50 VI, 1970, colagem, guache, lápis, 70 x 50 VII, 1970, guache, 50 x 70 VIII, 1970, guache, 70 x 50

BOUDAKIAN,

ARMENUHI

Trânsito Intelectual, 1970, técnica mista, 85 x 100 As Feras, 1970, técnica mista, 100 x 85 A Família, 1970.. técnica mista ' 85 x 90 O Real e o Imaginário, 1970, técnica mista, 85 x 90

40

CrS 400,00 400,00 400,00 400,00 CrS 1. 200,00 1. 200,00 1. 000,00


BRENTANI,

GERDA (1908 -

Trieste)

-

S. Paulo CrS

l)esenho n. 0 1, 1970, nanquim prêto sôbre papel, 100 x 40 Desenho n. 0 2, 1970, nanquim prêto sôbre papel. 50 x 50 Desenho n. 0 3, 1970, nanq uim prêto sôbre papel, 100 x 45 Desenho n. 0 4, 1970, nanquim prêto sôbre papel. 45 x 100 Desenho n. 0 5, 1970, nanquim prêto colorido sôbre papel, 30 x 70 13RILL, ALICE

(Alemanha)

-

e colorido 1. 000.00

e colorido e colorido e colorido

ººº·ºº 1 . ººº·ºº 1.

1. 000.00

e 1. 000,00

São Paulo CrS 450.00 450.00 450.00 450.00 450.00 450.00 450.00

F,antasia Hippie, 1970. guache, 70 x 50 Ponte, 1970, guache, 68 x 50 Chuva, 1970, guache e colagem, 70 x 50 O Respiro, 1970, guache e colagem, 70 x 50 Flor de Pedra, 1970, guache, 70 x 50 Olhos da Stupa, 1970, guache, 70 x 50 Estrutura, 1970. guache, 70 x 50 l1UENO, MARIO (Campinas)

CrS Manifesta i\lanifesto Manifesto Manifesta Manifesta

1, 1970, 2_. 1970, 3, 1970, 4, 1970, 5, 1970,

colagem, colagem, colagem, colagem~ colagem,

C..AMINHA, HELENA Desdobramento Desdobramento Desdobramento Desdobramento Desdobramento

n. 0 n. 0 n. 0 n.º n. 0

130 130 130 130 130

(1923 -

X X X X X

1. 500.00

110 110 110 110 1104

1. 500.00 1 . 500,00 1. 500.00 1. 500.00

S. Cruz do Sul)

1, 1970, aço inox .. 2, 1970, aço inox .. 3, 1970, aço inox .. . inox., aço 1970, 4, 5, 1970, aço inox ..

90 90 90 90 90

X

X X X X

130 130 130 130 130

CrS 2. 2. 2. 2. 2.

000.00 000.00 000.00 000.00 000.00

41


CARNEIRO,

EDíRIA

(Salvador)

Alienação n. 0 1, 1970, xilogravura, Alienação n. 0 2, 1970, xilogravura, Alienação n. 0 3, 19·70, xilogravura, Alienação n. 0 4, 1970, xilogravura, Alienação n. 0 5, 1970, xilogravura, Coisificação n. 0 1, 1970, xilogravura, l~•oisificação n. 0 2, 1970, xilogravura, Coisificação n. 0 3, 1970, xilogravura,

100 x 70 100 x 70 100 x 70 100 x 70 100 x 70 100 x 70 100 x 70 100 x 70

CARO, BERNARDO (1931 - Itatiba) Depende Delas, 1970, xilogravura, 62 x 92

Vamos com Elas, 1970, xilogravura, 62 x 92 Amor com Elas, 1960, xilogravura, 62 x92 F~las em Desfile, 1970, xilogravura, 62 x 92 Caminhar com Elas, 19i0, xilogravura, 62 x 92 Sempre com Elas, 1970, xilogravura, 62 x 92 Parado com Elas, 1970, xilogravura, 62 x 92 Sentir com Elas, 1970, xilogravura, 62 x 92 CAVALCANTI,

IONALDO

Cr$ 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00

(1933 -

150,00 (sem montagem) 200,00 (com montagem) 150,00 150,00 150,00 150,00 150,00 150,00 150.00

Recife) CrS

Germinação em Cadeia 1, 1970, nanquim, guache e colagem, 102 x 38 Germinação em Cadeia 2, nanquim, guache e colagem, 102 x 38 Dupla Germinação 1, 1970, nanquim, guache e colagem, 72 x 51 Dupla Germinação 2, 1970, nanquim, guache e colagem, 72 x 51 Dupla Germinação 3, 1970, nanquim, guache e colagem, 72 x 51 Vegetal I, 1970, nanquim, guache e colagem, 72 x 51 Vegetal II, 1970, nanquim, guache e colagem, 72 x 51 vTegetal III, 1970, nanquim, guache e colagem, 102 x 38 42

800,00 800.00 800,00 800,00 800,00 800.00 800.00 800.00


CHECCACCI

(1941 -

Taranto)

-

Guanabara

Estou sem o Antigravitacional, 1970, vinil, 120 x 150 Querida, êste verde não lhe fica tão bem como o roxo que usou ontem, 1970, vinil, 120 x 150 A Bela Adormecida, perfumada e entrosada sonha com o Príncipe e seus 520 HP, 1970. vinil Copacabana, princezinha do luar, ou a mulher que tinha 6 km, 1970, vinil, 120 x 150 De quão maviosas podem ser as flôres ao crepúsculo delirante de uma natureza tropical, 1970, vinil, 120 x 150

CrS

Socorro!

CICCI, ULIENO

(1948 -

Ribeirão

2. 000.0G 2. 000.0t~ 2.

ººº·ºº

2.

ººº·ºº

2. 300.00

Prêto) CrS

Divisão Ectoplasmática mista, 60 x 90 Divisão Ectoplasmática mista, 120 x 180 Divisão Ectoplasmática mista, 120 x 50 Divisão Ectoplasmática mista, 120 x 180

I, 1970, técnica 300,00

II, 1970, técnica 700,00

III. 1970, técnica 500.00

VI, 1970, técnica

CUNHA. LUIZ CARLOS DA (1940 -

700.00

Pôrto Alegre)

Easy Rider, 1970_. técnica mista c-;ood Bye Pequina. 1970, técnica mista Outra Vez, 1970, técnica mista Teus Espaços Noturnos. 1970, técnica mista Meus Traços em Maços, 1970, técnica mista l\1eu Coração Cheio de Chuva, 1970, técnica mista Midnight Me, 1970, técnica mista Tudo d_e Nôvo, 1970, técnica mista

CrS 2. 500,00 2. 000,0C 2. 300.0C 2. 500.00 2 .400,00 2. 600.•)0 2 .100.00 2. 200.00

4-3


DAJA

(1932 -

Torso, 1968, gêsso e Sudário II, gêsso e

D'AMICO,

Paraná)

CrS

pintura sôbre tela, pano, acrílico, 106 x 91 1969, pintura sôbre tela, pano, acrílico, 128 x 138

NICOLA

(1949 -

S. Paulo) CrS

Proposta indumentária pano, 300 x 50 Proposta indumentária pano, 300 x 50 Proposta indumentária pano, 250 x 50 Proposta indumentária pano, 250 x 50 Proposta indumentária pano, 200 x 50 I-1roposta indumentária pano, 200 x 50 Proposta indumentária pano, 200 x 50 F'roposta indumentária pano, 200 x 50

D'ARCANCHY, Obra Obra Obra Obra Obra OBS.

44

NEUSA

ambiental

I, 1970, 500,00

ambiental

II, 1970, 500,00

ambiental

III, 1970, 500,00

ambiental

IV, 1970, 500,00

ambiental

V, 1970, 500,00

ambier,tal

VI, 1970, 500,00

ambiental

VII, 1970, 500,00

ambiental

VIII, 1970, 500,00

(Guanabara)

CrS n. 0 1 (parte l.a), 1970, técnica mista 1. 000,00 n. 0 2 (parte 2.a), 1970, técnica mista 1. 000,00 n. 0 3 (parte 3.a), 1970, técnica mista 1. 000,00 n. 0 4 (pa 1:te 4.a), 1970, técnica mista 1. 000,00 n. 0 5 (parte 5.a), 1970, técnica mista 1. 000,00 Os cinco trabalhos fazem parte de uma só obra mas também funcionam separadamente.


DEAMO,

FERNANDO

CrS 300,00 300,00 300,00 300,00

I, 1970, técnica mista, 60 x 60 K, 1970, técnica mista. 60 x 60 L. 1970, técnica mista, 60 x 60 M, 1970, técnica mista, 60 x 60

Referência Referência Referência Referência DEDECCA. Pintura Pintura Pintura

Votuporanga)

(1948 -

ENEAS

MATTOS

(1921 -

Rio Branco, CrS 1. 000,00

I, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 120 II, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 120 III. 1970, óleo sôbre tela, 120 x 120

DESLANDES,

VALENTIM

( 1940 -

Romênia)

1. 1.

-

ººº·ºº ººº·ºº

S. Paulo Crs

Homenagem, Rembrandt I, 1970. técnica mista, 100 x 81 l-Iomenagem a Rembrandt II, 1970, técnica mista. 100 x 81 Homenagem a R.embrandt IV, 1970, técnica mista, 100 x 81 DILLO-N, OSMAR

(1930 -

ººº·ºº 1. ººº·ºº

1.

1. 000.00

Rio de Janeiro) CrS

De De De De De

20 20 20 20 20

de de de de de

abril abril abril abril abril

EICHBAUM, Composição Composição Composição Composição Composição

a a a a a

15 de 15 de 15 de 15 de 15 de

GISELA

julho julho julho julho julho

de de de de de

(1920 -

1970 A, 1970 B, 1970 C, 1970 D, 1970 E,

1970. 80 x 34 1970, 80 x 34 1970, 80 x 34 1970, 80 x 34 1970, 80 x 34 2. 000,00 ( o conjunto)

Alemanha)

-

São Paulo

I. 1969, nanquim colorido. 47 x 65 II, 1969, naquim colorido, 65 x 47 III, 1970, nanquim colorido, 55 x 65 IV, 1970, nanquim colorido, 65 x 55 V, 1970, nanquim colorido. 54 x 70

CrS 700,J0 700,00 800.00 800,00 750.00 45


Composição Composição c:omposição

EL-JAIK,

VI, 1970, nanquim colorido, 70 x 54 VII, 1970, nanquim colorido, 90 x 70 VIII, 1970, nanquim colorido, 70 x 90

ASTRÉIA

(1941 -

750,00 900,00 900,00

Nova Friburgo) CrS

Janela da mista, Janela da mista, Janela da mista, Janela da mista, Janela da mista,

FANG

Lapa n. 0 100, 50 x 130 Lapa n. 0 101, 50 x 130 Lapa n. 0 102, 60 x 160 Lapa n. 0 103, 95 x 60 Lapa n. 0 104, 160 x 400

FONG

(1931 -

1970, técnica 3. 000,00 1970, técnica 2. 000.00 1970, técnica 2. 000,00

1970, técnica 1970, técnica

5. 000.00

China)

-

São Paulo CrS 2. 700,00 3. 000,00 500,00 500,00

Pintura IV, 1970, óleo, 200 x 150 Pintura V, 1970, óleo, 200 x 150 Desenho I, 1969, nanquim, 39 x 49 Desenho II, 1970, nanquim, 39 x 49

FAVERO,

MARIA LUIZA

(1942 -

S. Paulo) CrS 1. 500,00 1. 500,00

l\/futante I, 1970, alumínio, 200 x 50 1\1:utante II, 1970, alumínio, 1,50 metros

FERNANDEZ,

ANTÔNIO

(1940 -

Espanha)

-

S. Paulo CrS

Mãe, 1970, ferros soldados, 245 x 60 Pai e Filho aos Domingos, 1970, ferros soldados, 195 x 115 Família, 1970, ferros soldados, 195 x 100

46

5. 000,00 8. 000.00


FERRAZ,

ODILA (1941 -

Guanabara)

Parede I, 1969, aço, acrílico e espelho, 200 x 40 Parede II (peça dupla), 1969, aço, acrílico e espelho, 200 x 30 Parede III, 1969, aço, acrílico e espelhos. 200 x -10 'frilho, 1969, aço, acrílico, 200 x 80 Cubo-gêlo (ou Estrutura congelada), 1969, aço. acrílico e espelho, 125 x 125 FERRI, MÁRIO G. ( 1918 -

Pintu~·a Pintura Pintura Pintura l 1 intura

SOLANO

3. 000,00 :3. 000,00

ººº·ºº 3. ººº·ºº 2.

São José dos Can1pos)

Desenho n. 0 1. 1969, tinta, 54 x 114 Desenho n. 0 2, 1969, tinta, 54 x 114 l1esenho n. 0 4, 1970, tinta, 54 x 114 FINARDI,

CrS 4. 000,00

CrS 350.00 350.00 350 00

(Passo Fundo)

1. 1970, óleo, 2, 1970, óleo, 3, 1970, óleo, 4. 1970, óleo, 5. 1970, óleo,

115 x 115 x 115 x 115 x 115 x

CrS 2. 300.00 2. 300.00 2. 300,00 2. 300,00 2. 300,00

73 73 73 73 73

FLAMMARION (1941) - Rio de Janeiro) PIIVIENTEL, LUIZ OTÁVIO (1948 - Rio de Janeiro) Orgramurbana, FLORITA

1970, técnica

(1936 -

mista

CrS 15. 000.00

S. Paulo) CrS

Ninfa e Centauro, 1970, óleo sôbre tela. 100 x 81 Rapto da Terra pelo Mar, 1970, óleo sôbre tela, 100 x 81 Fauno e Ninfa 1970, óleo sôbre tela, 100 x 81 GERHARD,

VICTOR (1936 -

1. 000.00

1. 000.00

1. 000.00

Rio Grande do Sul) CrS

Coisanova 70 - VI, 1970, técnica mista sôbre tela, 116 x 73

850.00

47


Coisanova sôbre Coisanova sôbre Coisanova sôbre Coisanova sôbre

70 - VII, 1970, técnica mista tela, 116 x 73 70 - VIII, 1970. técnica mista tela, 116 x 73 70 - IX, 1970, técnica mista tela, 116 x 73 70 - X, 1970, técnica mista tela, 116 x 73

GIME-NES (1936 -

BETHY

850.00

850,00

Valparaíso)

1970, xilogravura, 68 x78 Segurança e Transferência, ·vapôres e Humores, 1970, xilogravura, 68 x 78 ''frilogia do Poder, 1970, xilogravura, 68 x 78 Tangentes e Convergentes, 1970, xilogravura, 68 x 78

GIUDICE,

850,00

(1930 -

CrS 400,00 400,00 400,00 400,00

Guanabara) CrS

-Surgimento da íorma, 1970, gravura em metal (relêvo, buril), 146 x 72 Da nebulosa nasce a forma - Ser, 1970, gravura em metal (relêvo, água-tinta), 146 x 73 Plenitude da forma, 1970, gravura em metal (água-forte, água-tinta, verniz, mole. relêvo), 146 x 73 Onde está a nebulosa? é a era do computador, 1970, gravura em metal relêvo, áqua-tinta), 146 x 73 A essência da forma, o nascimento do Ser, 1970, gravura em metal (verniz mole), 14·6 x 73 GLÊ (1938 -

300,00 350.00

400,00 300,00 300,00

S. Paulo) CrS

Parábola tela, Parábola tela, Parábola tela,

48

anamórfica I, 1970, óleo sôbre 130 x 80 anamórfica II, 1970, óleo sôbre 130 x 80 anamórfica III, 1970, óleo sôbre 130 x 80

1. 000,00

1. 000,00 1. 000,00


GUARIGLIA, Coluna Coluna Coluna Coluna Coluna

CYPRIANO

(1935 -

S. Paulo) Cr$ 1. 500,00 1. 500,00 1. 500,00 1. 500,00 1. 500.00

1 2 3 4 5, área total 25 m2

GUARIGLIA,

CYPRIANO

(1935 -

S. Paulo) CrS

Nova forma de anotar arte, 1970, escultura plana, Carreta, madeira, 82 x 123 Nova forma de anotar arte, 1970, escultura plana. Conversa de Menina, madeira, 93 x 77 Nova forma de anotar arte, 1970, escultura plana, Meninas Correndo, madeira, 94 x 57 Nova forma de anotar arte, 1970, pintura negativa AEspera do ônibus, madeira, 78 x 79 Nova forma de anotar arte, 1970, pintura negativa, Calçada, madeira, 80 x 79 Nova forma de anotar arte, 1970, pintura negativa, Leitura no Quinta, madeira, 79 x 81 GUERRA,

CELSO DE SALES

(1948 -

Cabrália

Psukhé Stasis, 1970, escultura, 173 x 70 Conceptio, 1970, escultura, 175 x 70 Procreatio, 1970, escultura, 175 x 70 GUERRA, FERNANDO

F. (1948 -

2. 000 ,00 2. 000,00 2. 000,00 3. 000,00 3 . 000,00 3. 000,00

Paulista) Crs 1. 500.00 1. 500,00 1. 500.00

Surubim) CrS

C~avaleiro do Unicórnio, 1970, pincel e bico de 300,00 pena, 51 x 70 150,00 Paz~ 1970, pincel e bico de pena, 52 x 32 150,00 Dragão sob Sol, 1970, pincel e bico de pena, 51 x 36 150,00 Quintrúpede, 1970, pincel e bico de pena, 36x51 150,00 Ruminante, 1970, pincel e bico de pena, 51 x 36 A Vitória da Guerra, 1970, pincel e bico de pena, 51 x 36 150.00

49


GlJ_ERSONI, ODETTO ( 1924 -

S. Paulo)

Justaposição de Formas II, 1970, xilogravura, 90 x 60 Jôgo Cruzado IX, 1970, xilogravura, 90 x 60 Jôgo de Formas XXVII, 1970, xilogravura, 90 x 60 90 x 60 Jôgo de Formas XXXII, 1970, xilogravura, Formas Justapostas VI, 1970, xilogravura, 90 x 60 90 x 60 V, 1970, xilogravura, I'ormas Justapostas Formas Justapostas VI, 1970, xilogravura, 90 x 60 Justaposição em Relêvo I, 1970, xilogravura, 90 x 60 GUSMÃO, IRENE BUARQUE

DE (1943 -

Cr$ 280,00 280,00 280,00 280,00 280,00 280,00 280,00 280~ºº

S. Paulo) Cr$

Drops A n. 0 eucatex, Drops A n. 0 eucatex,

1, 1970, tinta plástica sôbre 120 (diâmetro) 5, 1970, tinta plástica sôbre 120 (diâmetro)

JIOLLANDA,

ADOLPHO

Guanabara)

(1940 -

Cr$ Relevos Relevos Relevos Relevos Relevos

1, 2, 3, 4, 5,

1970, proposta 1970 - cada peça executada 1970 1970 1970

HUSEM TIO ( 1946 -

Indonésia)

-

e planta

S. Paulo

R,itmo dos coqueiros, 1970, aquarela, 72 x 100 Claro-escuro, 1970, aquarela, 72 x 90 Chuva Começar, 1970, aquarela, 72 x 100 IGEL (1945 -

50

Cr$ 1. 000,00 800,00 1. 000,00

S. Paulo)

Desenho n. 2, 1970, nanquim, 47 x 35 Elvira Modigan - Um pouco dêle, Um pouco de mim, 1970, nanquim, 755 x 565 Do seu corpo nascem minhas lem'b~anças, 1970, nanquim, 47 x 35 Desenho n. 0 4, 1970, lápis, 47 x 35 0

50,00

CrS 350,00 600,00 450,00 350.00


INAGAKI,

Número Número Número IRACY

MICHINORI

1, 1970, plástico, 2, 1970, plástico, 3, 1970, plástico.

(1938 -

( 1943 -

Japão)

-

S. Paulo CrS

250 x 100 x 80 150 x 70 x 50 180 x 100 x 80

São Paulo)

em sisal 1969, montagem Computador, Porta Bombas, 1970, montagem em sisal A máquina de fazer pingos, 1970, montagem en1 sis~d Máquina no Espaço, 1970, montagem em sisal !VENS Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho

( 1942 -

Colagem n. 0 Colagem n. 0 Colagem n. 0 Colagem n. 0

JIM

(1946 -

Desenho Desenho Desenho

3. 000,00 2. 000,00 2. 000,00 2.

ººº·ºº

Florianópolis) CrS 400.00 --100,00 -100.00 400,00 400,00 400,00 400,00 400,00

I, 1970, desenho, 60 x 80 II, 1970. desenho. 60 x 80 III, 1970, desenho, 60 x 80 IV, 1970, desenho. 60 x 80 V, 1970, desenho, 60 x 80 VI, 1960, desenho, 60 x 80 VII, 1970, desenho, 60 x 80 VIII, 1970, desenho. 60 x 80

JACOBOWITZ,

c~·s

HANNELORE

1, 1970, 2, 1970, 3, 1969, 5, 1970,

(1928 -

.A.lemanha)

colagem papel, 72 x 52 colagem papel. 71 x 50 colagem papet 82 x 50 colagem papel, 80 x 51

-

S. Paulo CrS 350.00 350.00 350.00 350.00

Pindamonhangaba)

n. 0 1, 1970. bico de pena. 70 x 70 n. 0 2, 1970, bico de pena, 70 x 70 n. 0 5, 1970, bico de pena, 70 cm. (diâmetro)

CrS 1. 000:00 1. 000,00 1. 000.00

51


KARMAN, ERNESTINA

(1915 -

Santos)

Cr$ Visão Cósmica I, 1970, óleo, nanquim e metal, 50 x 38 Visão Cósmica III, 1970, óleo, naquim e metal, 50 x 38 ·v'isão Cósmica VII, 1970, óleo, naquim e metal, 50 x 44 KRANZ, MARÍLIA

(1937 -

2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00

Rio de Janeiro)

CTS Estéreo-Forma, negativo, Estéreo-Forma, negativo, Estéreo-Forma, negativo, Estéreo-Forma, negativo,

1970, barro, forma gêssoipony, 60 x 90 (acompanha slide) 1970, barro, forma gêssoipony, 60 x 90 1970, barro, forma gêssoipony, 60 x 90 1970, barro, forma gêssoipony, 60 x 90

KUPERMAN, MARY (1915 -

Rússia) -

500,00 500,00 500,00

S. Paulo

Gravura n. 0 8, 1969, xilogravura, 85 x: 65 Gravura n. 0 25, 1970, técnica mista, 85 x 65 Gravura n. 0 30, 1970, xilogravura, 85 x 65 LAZULI, THEO (1933 -

500,00

CrS 250,00 250,00 250.00

Rio de Janeiro)

Relêvo III, 1969, relêvo em chapa de cobre, 110 x 160 Itelêvo I, 1969, relêvo em chapa de latão, 83 x 173 LEAL, PAULO ROBERTO (1946 -

4. 000,00 4. 000.00

Guanabara)

CrS Armagem Armage-m Armagem Armagem Armagem

52

I, 1970, papel kraft 14 fls .. 120 x 90 II, 1970, papel kraft 14 fls .. 120 x 90 III, 1970, papel kraft 14 fls., 120 x 90 IV, 1970, papel kraft 14 fls., 120 x 904 V. 1970, papel kraft 21 fls., 120 x 90


L:14:MOS,CARLOS

(1925 -

S. Paulo)

Relógio IV, 1970, óleo sôbre P. V. A., suporte de okaplan, 85 x 85 Relógio VI, 1970, óleo sôbre P. V. A. suporte de okaplan, 85 x 85 Relógio VII, 1970, óleo sôbre P. V. A., suporte de okaplan, 85 x 85 ltelógio VIII, 1970, óleo sôbre P. V. A. suporte de okaplan, 85 x 85

LIMA, NÉLSON

(1942 -

CtS

1. 200,00 1. 200,00

1. 200.00 1. 200.00

Est. de S. Paulo) C .S 1

Comunicação, técnica mista, 122 x 244 F.,ragmento A, técnica mista, 120 x 60 Fragmento B, técnica mista, 120 x 60

LIMA VERDE, CELINA (1940 -

10. 000,00 1. 000,00

500.00

Fortaleza) CrS

Desenho I (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75 Dt·senho II (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75 Desenho III (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75 Desenho IV (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75 Desenho V (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim_. 100 x 75 Desenho VI (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75 Desenho VII (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim. 100 x 75 Vesenho VIII (A engrenagem e a flor), 1970, nanquim, 100 x 75

900,00 900.00 900,00

900,00 900,00 900,00 900,00

53


LITSEK,

MARIA LUIZA LEAO ( 1932 -

Rio de Janeiro)

O mergulho. 1970, bico de pena e nanquim, 75 x 60 Auto-Retrato, 1970, Bico de pena, e nanquim, 75 x 60 IJinda Bororó, 1970, bico de pena e nanquim, 75 x 60 O escudo, 1970, bico de pena e nanquim, 75 x 60 O labirinto, 1970, bico de pena e nanquim, 75 x 60 A noite do Marinheiro, 1970, bico de pena e nanquim, 60 x 75 Gente, 1970, bico de pena e nanquim, 75 x 60 l\'1itologia, 1970, bico de pena e nanquim, 60 x 75 LIZARRAGA,

ANTÔNIO

(1924 -

Buenos Aires)

-

600,00 600,00

600~ªº 600,00

S. Paulo

CrS lVIomento lógico - forma AA, 1970, nanquim pincel, 70 x 105 Momento Lógico - forma AB, 1970, nanaqu1m e pincel, 70 x 105 11omento Lógico -. forma AB, 1970, nanquim e pincel, 70 x 105 Forma Redutivel e Forma Geral, 1970, nanquim e pincel, 70 x 10.5 Metodologia e Erotjsmo, 1970, nanquiln e pincel, 70 x 105 l\1:odêlo com Função Referencial, 1970, nanquim e pincel, 70 x 105 'fransação e Abertura, 1970, nanquim e LUCAS, CLODOMIRO Gravura Gravura Gravura

Experiência Experiência Experiência

PEREIRA

1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00 1. 200,00

Campinas)

C:rS 300,00 300,00 300,00

I, 1970, metal V, 1970, metal VII, 1970, metal

LUCENA, LúCIA

54

(1941 -

1. 200,00

DE (1947 -

Rio de Janeiro)

80 x 50 n. 0 2, 1970, xilogravura, n. 0 3, 1970, xilogravu~-a. 80 x 50 n. 0 4, 1970, xilogravura, 80 x 50

Cr$ 250.00 250,00 250,00


Experiência Experiência Experiência

LUFTING,

n. 0 5, 1970, xilogravura, n. 0 6, 1970, xilogravura, n. 0 7, 1970, xilogravura

IRENE

(1907 -

'

80 x 50 80 x 50 80 x 50

Frankfurt)

-

250,00 250,00 250.00

S. Paulo CrS 280,00 280,00 280,00

As desprotegidas, 1968, xilogravura, 56 x 90 Composição, 1968, xilogravura, 63 x 90 O Perigo, 1969, xilogravura, 48 x 84

LUIZ ALPHONSUS

(1948 -

Belo Horizonte) CrS

Ambiente I, 1969, estrutura em madeira, 2 X 220 X 250 Ambiente 2 (corte), 1969, estrutura em madeira, 200 x 220 x 250 Ambiente 3 (superfície), 1969, estrutura em madeira, 200 x 10 x 250 Ambiente 4 (limite de área, chão), 1969, esparadrapo Continuidade ou 0,333 ... , 1969, técnica mista (dividido em 3 partes), área total 3m2 Negativo e Positivo, 1970, técnica mista, área total 150 m2 Encontro em um ponto, 1970, técnica mista ( dividido em 3 partes), área total 360 m. lineares

l\'1ACHADO NETTO, CLÉBER MACIEL VALDEIR OLIVEIRA ' Pintura n. 0 1, 1970, tinta plástica sôbre tela, 240 x 40 Pintura n. 0 2, 1970, tinta plástica sôbre tela~ 240 x 40 Pintura n. 0 3, 1970, tinta plástica sôbre tela, 240 x 40

(1937 -

Bacabal)

8. 000.00

3. 000.00

3.

ººº·ºº c,.-s

1. 000,00 1. 000.00 1. 000.00

55


MAGNO, JUAREZ l\. Sagração A Sagração

n. 0 n. 0 A Sagração n. 0 A Sagração n. 0 A Sagração n. 0 A Sagração n. 0 A Sagração n. 0 A Sagração n. 0

MAREINES,

(1943 -

Belo Horizonte)

1, 1970, bico de pena, 100 x 81 2, 1970, bico de pena, 100 x 81 3, 1970, bico de pena, 100 x 81 4, 1970, bico de pena, 100 x 81 5, 1970, bico de pena, 100 x 81 6, 1970, bico de ,pena, 100 x 81 7, 1970, bico de pena, 100 x 81 8, 1970, bico de pena, 100 x 81

SULAMITA

(1936 -

Cr$ 600,00 600,00 600,00 600,00 600,00 600,00 600,00 600,00

S. Paulo) CrS

E da tarde e da manhã

se f êz. o dia primeiro, 1970, técnica mista, 25 m2 E o homem da Terra fêz o homem da Lua à sua imagem, 1970, técnica mista A1nanheci, o homem disse, 1970, técnica mista O homem e a mulher feitos para a Lua, 1970, técnica mista

MESTRINER, Pintura Pintura Pjntura Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho

ODILA

(1928 -

Ribeirão

Prêto)

I, 1970, tinta acrílica sôbre tela, 99 x 72 II, 1970, tinta acrílica sôbre tela, 99 x 72 III, 1970, tinta acrílica sôbre tela, 99 x 72 I, 1970, tinta nanquim sôbre cartão, 60 x 45 II, 1970, tinta nanquim sôbre cartão, 67 x 43 IV, 1970, tinta nanquim sôbre cartão, 68 x 51 V, 1970, tinta nanqauim sôbre cartão, 68 x 51 VI, 1970, tinta nanquim sôbre ca:1:tão, 64 x 47

MISSON, MíLTON

(1938 -

10. 000,00

10. 000,00 10. 000,00

c·~s 2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00

Colinas) CrS

Triunfante Triunfante

56

70-I, 1970, tecido sôbre chassi, 110 x 130 70-VI, 1970, tecido sôbre chassi, 110 x 130

2. 000,00 2. 000,00


MOREIRA,

LúCIO

(1931 -

Taubaté) CrS

Panorama Cósmico 9A, 1969/70, técnica mista, 120 x 120 Panorama Cósmico 9B, 1969 / 70, técnica mista, 120 x 120 Panorama Cósmico 8 - Vertical, técnica mista, 120 x 120 MOTTA

PAES_, MARIA

3. 550,00 3. 550,00

1969/70.

3 . 5 :)-o.on .

HELENA

( 1937 -

Rio de Janeiro) CiS

Espaço Espaço Espaço J~spaço Espaço ~~spaço

10, 1970, nanquim, 70 x 80 11-1970, 1970, nanquim, 70 x 80 13-1970, 1970, nanquim, 70 x 80 15-1970, 1970, nanquim, 70 x 80 16-1970, 1970, óleo sôbre duratex, 100 x 120 2-1970, 1970, óleo sôbre duratex, 100 x 120

IAOUSSIA

(1910 -

Criméia)

-

500,00 500,00 500,00 500,00 1 . 000,00 1. 000,00

S. Paulo CrS 2. 000,00-

Luta, 1969, guache sôbre alumínio, 100 x 60 \Tisão, 1970, desenho com fios de latão e guache, 100 x 80 Dança Espanhola, 1970, desenho-guache sôbre alumínio, 100 x 80 NAKAKUBO,

MASSUO

(1938 -

S. Paulo) CrS

Serigrafia papel, Serigrafia Serigrafia papel, Serigrafia

n. 0 6. 1970, serigrafia sôbre 66 x 96 n. 0 7, 1970, serigrafia sôbre papel, 66 x 96 n. 0 10. 1970. serigrafia sôbre 96 x 66 12.º 7, 1970, serigrafia sôbre papel, 66 x 96

!~EUMANN, IRMA (1896 Collagravura Collagravura

Tchecoslováquia)

n. 0 202, 1970, gravura, n.° 204. 1970, gravura,

70 x 45 70 x 45

-

250,00 250.00 250.00 250.00

S.Paulo Crf. 200,00 200,00 57


Collagravura Collagravura Collagravura Collagravura Desenho n. 0 Desenho n. 0 Desenho n. 0 Desenho n. 0 Desenho n. 0

gravura, gravura, gravura, gxavura, 1969, desenho, 70 x 50 30, 1969, desenho, 70 x 31, 1969, desenho, 70 x 32, 1969, desenho, 70 x 36, 1970, desenho, 70 x n. 0 n. 0 n. 0 n. 0

205, 206, 207, 208,

1970, 1970, 1970, 1970,

OHARA, HISAO (1932 -

Japão)

-

200,00 200,00 200,00 200,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00

70 x 45 70 x 45 70 x 45 70 x 45 50 50 50 50

S. Paulo CrS

Espaço de conjunto de Unidade n. 0 3, 1970, escultura, 30 x 300 Espaço de conjunto de Unidade n.° 1, 1970, escultura. 45 x 350 OKUBO, EMÍLIA (1939 -

5. 000,00

5. 000,00

S. Paulo) Cr$

Estrutura n. 0 70, transparente, Estrutura n. 0 71, Estrutura n. 0 72, Estrutura n. 0 73, PAGNANO

1970, acrílico 120 x 120 1970, acrílico azul, 150 x 100 1970, acrílico fumé, 100 x 150 1970, acrílico azul, 150 x 150

3. 000,00 3. 000.00 3. 000.00 3. 000,00

(Sertãozinho) CrS

Estudo n. 0 1, 1969, montagem em alumínio, l 20 x 50 Estudo n. 0 2, 1970, montagem em alumínio, 120 x 50 Estudo n. 0 3, 1970, montagem em alumínio, 87 x 140 Estudo n. 0 4, 1970. montagem em ferro, 150 x 300 Estudo n. 0 5, 1970, montagem em alumínio, 160 x 110

58

ººº·ºº 5. ººº·ºº 5.

8. 000,00 15. 000,00 10. 000.00


PAULA, Situação bico Situação bico Situação bico Situação bico Situação bico Situação bico Situação bico Situação bico

NOÉLIA de de de de de de de de de de de de de de de de

PICHLER,

Forma pena, Forma pena, Forma pena. Forma pena, Forma pena, Forma pena, Forma pena, Forma pena,

DE (1937 -

Salvador) CrS

n. 0 1, 1970, nanquim. 92 x 70 n. 0 2, 1970, nanquim. 92 x 70 n. 0 3. 1970, nanquim. 92 x 70 n. 0 4, 1970, nanquim. 92 x 70 n. 0 5, 1970. nanquim. 92 x 70 n. 0 6. 1970, nanquim. 92 x 70 n. 0 7, 1970, nanqu1m. 92 x 70 n. 0 8, 1970, nanqu1m. 92 x70

KAROLY

(Hungria)

-

500.00 500.00 500.00 500.00 500.00 500.00 500.00 500.00

S. Paulo CrS

Hymne de soleil, 1970, ferro e aço inox., Cantata I, 1970, ferro. 270 x 130 <.~antata II, 1970, ferro, 280 x 140

PIMENTEL.

WANDA

(1943 -

1280 x 130

1 O.ººº·ºº 10. 000.00 10. 000.00

Guanabara) CrS

Série - Envolvimento duratex e madeira, Série - Envolvimento duratex e madeira. Série - Envolvimento duratex e madeira, Série - Envolvimento duratex e madeira. Série - Envolvimento duratex e madeira~

1, 1970, tinta 122 x 250 2, 1970. tinta 122 x 250 3, 1970, tinta 122 x 250 4, 1970, tinta 122 x 250 5, 1970. tinta 122 x 250

plástica

sôbre 3. 500.00

plástica

sôbrc 3. 500.00

plástica

sôbre 3. 500.00

plástica

sôbre 3. 500,00

plástica

sôbre 3. 500.00

59


PRADO NETTO Pintura Pintura Pintura Pintura Pintura

(1919 -

S. Vicente)

X, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 100 XI, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 100 XII, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 100 XIII, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 100 XIV, 1970, óleo sôbre tela, 120 x 100

R.l~IMO (1912 -

.A.muleta Amuleto .A.muleta Amuleto J\.1muleto Amuleto ..~muleto A.muleta

1, 1970, 2, 1970, 3, 1970, 4, 1970, 5, 1970, 6~ 1970, 7, 1970, 8, 1970,

CrS 2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00

Botucatu) xilogravura, xilogravura, xilogravura, xilogravura, xilogravura, xilog:ravura, xilogravura, xilogravura,

ILJ\.MOS, OSCAR (1938 -

66 x 66 x 66 x 66 x 66 x 66 x 66 x 66 x

Crs 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00

48 48 48 48 48 48 48 48

Itacatiara) CrS

Sem título, 1970, esmalte, suvinil 4 peças de 200 x 140 REIF, MARIANA

(1924 -

sôbre duratex,

Polônia)

-

S. Paulo CrS

1 (da série Mundo de criança), 1970, óleo sôbre tela, 90 x 90 2 (da série Mundo de criança), 1970, óleo sôbre tela, 90 x 90 4 (da série Mundo de criança), 1970, óleo sôbre tela, 90 x 90 5 (da série Mundo de criança), 1970, óleo sôbre tela, 90 x 90 RODRIGUES,

INACIO

( 1947

1. 700,00 1. 600,00

1. 700,00 1. 700,00

Acaraú) CrS

O infinito, 1970, tinta plástica sôbre tela, 100 x 700

60


O univarna, 1970, tinta plástica sôbre tela. 100 x 70 l\. gravidade, 1970, tinta plástica sôbre tela, 100 x 70 Binárias, 1970, tinta plástica sôbre tela, 100 x 70 A paz vive aqui, 1970, tinta plástica sôbre tela, 100 x 70

ROESLER, Gravura Gravura Gravura Gravura Gravura Gravura Gravura Ciravura

INGE -

1900, 1900, 1900, 1900, 1900, 1900, 1900, 1900,

2. 000,00 2. 000,00 2. 000.00 2. 000,00

(Guanabara)

1969/70, metal-alumínio, 90 x 70 1969/70, metal-alumínio, 90 x 70 1969/70, alumínio, técnica mista, 90 x 70 1969/70, alumínio, técnica mista, 90 x 70 1969/70, metal-alumínio, 90 x 70 1969 /70, alumínio, técnica mista, 80 x 60 1969 /70, alumínio, técnica mista, 90 x 70 1969/70, alumínio técnica mista, 90 x 70

ROSSI, ALíCIA

G. (1928 -

Buenos Aires) -

Alphaville, 1970, acrílico, 100 x 90 Alta Tensão, 1970, acrílico, 110 x 100 lVIetamorphosis, 1970, acrílico, 100 x 80 I 1roveção no Espaço, 1970, acrílico, 100 x 90 O Tempo, 1970, acrílico, 100 x 100 SA, INÊS DE (1942 -

CrS 250,00 250,00 250,00 250,00 250,00 300,00 250,00 250,00

S. Paulo Crs 1. 200,00 1. 200.00 1. 200,00 1. 200.00

Guanabara)

E depois Morrer, 1969, 80 x 60 Tempo de Acesso, 1969, 80 x 60 Paulsação Síncrona, 1969, 90 x 65 Machina Expeculatrix, 1969, 80 x 60 l',iatriz Temporal, 1970, 80 x 60 Involução Espacial, 1970. 80 x 60

CrS 150,00 200,00 200,00 150,00 150,00 200.00 61


SAKAKIBARA,

SATOSHI

(1931 -

Japão) Cr$

Pjntura Pintura

4, 1970, óleo~ 150 x 150 5, 1970, óleo, 150 x 150

SALGUEIRO,

MAURÍCIO

(1930 -

Vitória) Cr$

Acabamento 2B, 1970, alumínio, aço inoxidável, acrílico, elementos eletro-mecânicos, 300 X 90 X 120 Escultura I, 1970, ferro, aço inoxidável, elementos eletro-mecânicos, 300 x 120 x 100 SALLES,

LAURITA

R. DE (1952 -

S. Paulo)

Semovente I, 1970, duratex e tinta fôsca, 52 x 152 Semovente II, 1970, duratex e tinta fôsca, 455 x 1575 Semovente III, 1970, duratex e tinta fôsca, 45 x 168 Semovente IV, 1970, duratex e tinta fôsca, 63 x 157 Semovente V, 1970, duratex e tinta fôsca, 525 x 154 SARUÉ, GERTY (1930 -

SILVA, RÉGIS MACHADO

62

1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00

Austria)

Corrente alternada, 1970, nanquim, 72 x 58 Signos em evolução, 1970, nanquim e tinta tipográfica, 65 x 112 Texto, 1970, nanquim, 87 x 125 Telecomunicação (2), 1970, nanquim, 83 x 113 Espacial, 1970, nanquim e tinta tipográfica, 90 x 100 Incógnita, 1969, nanquim e tinta tipográfica, 90 x 100 XI, 1969, tinta tipográfica e nanquim, 55 x 70 X2, 1969, tinta tipográfica e nanquim, 100 x 90

Construção Construção Construção

Cr$ 1. 000,00 1. 000,00

(1944 -

I, 1970, técnica mista, 92 IV, 1970, técnica mista, 92 V, 1970, técnica mista, 92

Cr$ 600,00 700,00 800,00 700,00 800,00 800,00 500,00 800,00

Paraibuna) Cr$ 500,00 500,00 500,00


SMITH,

HENRIQUE

( 1912 -

Can1pos) CrS

Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho

1, 1969, 2, 1969, 4_, 1968, 5, 1967, 7, 1969,

SPONCHIADO.

esferográfica, esferográfica, esferográfica, esferográfica, esferográfica. MARIA

100 x 49 120 x 94 65 x 77 77 x 60 63 x 73

HELENA

(1942 -

Olín1Jia) CrS

Direção contínua I, 1970, acrílico sôbre madeira esmaltada, 100 x 100 Direção contínua II, 1970, acrílico sôbre madeira esmaltada, 100 x 100 Direção contínua III, 1970, acrílico sôbre madeira esmaltada, 100 x 100 TEIXEIRA,

ROMERO

SOARES

(1939 -

1. 200,00 1. 200.00

Cataguases) CrS

Acontece como na reunião da semana passada, 1970, técnica mista. 60 x 60 ft....ilustração de fulano, 1970, técnica mista. 60 x 60 l\ questão do pessimismo, 1970, técnica mista, 60 x 60 1'/Ias tal caso não constitui a regra, 1970, técnica mista, 60 x 60 Procurei sublinhar estas contradições, 1970, técnica mista. 60 x 60 A coisa seguinte foi um cigarro, naturalmente, 1970, desenho, 60 x 60 Não se preocupe com o que penso, 1970. desenho. 60 x 60 A felicidade é apenas uma forma de purgatório 1970, desenho, 60 x 60 com ar refrigerado. rrOLEDO,

OSWALDO

MARTINS

(1926 -

300,00 300,00 300.00 300,00 300,00 300.00 300,00 300,00

Rio de Janeiro) CrS

A superfície do Poeta, 1970, óleo sôbre madeira. 90 x 69 Devaneio Branco, 1970, óleo sôbre madeira,

100 x 100

800,00 1. 000,00

63


TORT, PEDRO· (1916 Pintura Pintura Pintura Pintura Pintura

n. 0 n. 0 n. 0 n. 0 n.°

TRIMANO,

15, 16, 17, 18, 19,

1970, 1970, 1970, 1970, 1970,

LUÍS

Barcelona)

óleo, óleo, óleo, óleo, óleo,

(1943 -

200 x 200 x 200 x 200 x 200 x

-

S. Paulo Cr$ 3. 000,00 3. 000,00 3. 000,00 3. 000,00 3. 000,00

90 90 90 90 90

Buenos

Aires)

-

S. Paulo CrS

Série Paulistana I, 1970, bico de pena e nanquim, 50 x 70 Série Paulista II, 1970, bico de pena e nanquim, 70 x 50 .Série Paulista III, 1970, bico de pena e nanquim, 70 x 50 Série Paulistana IV, 1970, bico de pena e nanquim, 30 x 20 -Série Paulistana V, 1970, bico de pena e nanquim, 30 x 20 TUNEU (1948 -

500,00

500,00 500,00

S. Paulo)

N.0 1, 1970, guache N. 0 2, 1970, guache N.0 4, Dedicado ao nanquim sôbre N. 0 8, 1970, guache UNONIUS,

500,00

e nanquim sôbre papel, 50 x 50 e nanquim sôbre papel, 50 x 50 Fernando, 1970, guache e papel, 50 x 50 e nanquim sôbre papel, 50 x 50

KRISTIAN

(1943 -

Finlândia)

CrS 500,00 500,00 500,00 500,00

S. Paulo CrS

Estrutura 540, 1970, montagem com fios metálicos, 935 x 155 ·Estrutura 1440, 1970, montagem com fios metálicos, 160 x 90 Estrutura 496, 1970, montagem com fios metálicos, 90 x 210 Estrutura 360, 1970, montagem com fios metálicos, 180 x 92

64

520.00 850,00 500,00 650.00


Estrutura 700, 1970, montagem metálicos, 180 x 70

VALLAURI, ALEX (1949 Gravura Gravura Gravura Gravura

com fios 590,00 Abissínia)

-

S. Paulo CrS 280,00 280,00 280.00 280.00

III, 1970, gravura, 100 x 70 IV, 1970, gravura, 100 x 70 V, 1970, gravura, 100 x 70 VII, 1970, gravura, 100 x 70

VARELA, CIBELE CrS

Quando faz manhã, 1970, tinta sôbre duraplac, 89 x 99 De volta, 1970, tinta sôbre duraplac, 89 x 99 A nuvem azul, 1970, tinta sôbre duraplac, 89 x 99 Meio-dia, 1970, tinta sôbre duraplac, 134 x 122 No outro dia, 1970, tinta sôbre duraplac, 134 x 122 VEIGA, VERA (1925 -

ººº·ºº ººº·ºº ººº·ºº ººº·ºº 2.000,00

2. 2. 2. 2.

S. Paulo) CrS

Desenho Desenho D~senho Desenho

1, 2, 4, 6,

1970, bico 1970, bico 1970, bico 1970, bico

'"{IANNA, GILKA

de pena, de pena, de pena, de pena,

(1934 -

45 x 57 45 x 57 45 x 57 45 x 57

300,00 300,00 300,00 300,00

Minas Gerais) CrS

I-,iilésimo gol Pelé, 1970, xilogravura, 105 x 91 Evolução, 1970, xilogravura, 105 x 91 Paz, 1970, xilogravura, 105 x 91 Dia dos Namorados, 1970, xilogravura, 105 x 91 riatal, 1970, xilogravura, 105 x 91 ,,voNG, HELENA Figura Figura Figura Figura

1, 2, 3. 4,

1968, 1969, 1970, 1970,

(1938 -

guache, guache, guache, guache,

40 50 40 40

China) x x x x

60 70 60 60

-

Guanabara CrS 350,00 500,00 350,00 350,00

65


Figura 5, guache, 40 x 60 Figura 6, 1970, guache, 40 x 60 Figura 7, 1970, guache, 60 x 40 Figura 8, 1970, guache, 60 x 40 XAND·ó, NIOBE (Campos

Novos do Paranapanema)

1\-1:áscarasn. 0 6, 1970, acrílico sôbre papel, 100 x 75 Máscaras n. 0 7, 1970, acrílico sôbre papel, 100 x 75 Figura n. 0 1, 1970, acrílico sôbre papel, 100 x 75 Figura n. 0 2, 1970, acrílico sôbre papel, 100 x 75 Figura n. 0 3, 1970, acrílico sôbre papel, 100 x 75 Fjgura n. 0 4, 1970, acrílico sôbre chapa acrílica, 120 x 82 Figura n. 0 5, 1970, acrílico sôbre chapa acrílica, 120 x 82 ZALUAR

(1924 -

350,00 350,00 350,00 350,00

CrS 1. 000,00 1. 000,00 1. 000 00 1. 000,00 1. ®00,00 1. 000,00 1. 000,00

Niterói)

Crs Modulação I, 1970, vinil e montagem sôbre duratex, 90 x 90 Modulação II, 1970, vinil e montagem sôbre duratex, 90 x 90 Modulação III, 1970, vinil e montagem sôbre duratex, 90 x 90 l\,fodulação IV, 1970, vinil e montagem sôbre duratex, 90 x 90 Modulação V, 1970, vinil e montagem sôbre duratex, 90 x 90

66

2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00 2. 000.00

2. 000,00


Região Sul (Páginas 67 a 75) (RIO GRANDE

DO SUL, S. CATARINi\

E P.ARANÃ)

N. 0 de artistas: 34 N. 0 de obras: 162 ...'\RNEY, ANTÔNIO Comparação Comparação C;omparação Comparação Comparação

de de de de de

EELL, LINDOLF

(1926 -

Valôres Valôres Valôres Valôres Valôres

Curitiba)

1, 2, 3, 4,

1970, 1970, 1970, 1970, 5, 1970,

(1938 -

colagem, colagem, colagem, colagem, colagem,

CrS 900,00 900,00 900,00 900,00 900,00

100 78 X 100 78 X 700 78 x 100 78 x 100 78

X

Timbó)

Man, 1970. madeira compensada, 160 x 65 Coração do Mundo, 1970, madeira compensada, 75 x 75 Temoral, 1970. madeira compensada con1 sepicho de ferro, 66 x 100 BERNHARDT, PLíNIO CÉSAR (1927 Retábulo I, 1970, têmpera, cêra e vinil sôbre cartão, 69 x 51

Cachoeira

CrS 2. 000,00 2. 000,00 2. 000.00

do Sul) Cr$ 400,00

Retábulo sôbre Retábulo sôbre

II, 1970, têmpera, cêra e vinil cartão, 69 x 51 III. 1970, têmpera, cêra e vinil cartão, 69 x 51

BRUEGGEMANN

( 1917 -

400,00 400,00

Pôrto Alegre) CrS

Pintura Pintura Pintura

I, 1970, óleo, 67 x 113 II, 1970, óleo, 67 x 113 III, 1970, óleo, 67 x 113

700,00 700,00 700.00

67


Pintura Pintura

500,00 500,00

IV~ 1970, óleo, 103 x 42 V, 1970, óleo, 103 x 42

IJRZEZINSKI,

JOAO OSóRIO

BUENO DE (Castro) Cr$

Objeto Caipira, técnica mista, 83 (altura) Objeto Caipira, técnica mista, 56 (altura) Objeto Caipira, técnica mista, 98 (altura) Objeto Caipira, técnica mista, 67 (altura) CALDERARI, Gravura Gravura Gravura Gravura Gravura

1, 2, 3, 4, 5,

CZERMAK,

FERNANDO

1969, 1969, 1969, 1969, 1969,

(1939 -

Lapa)

ponta-sêca, 70 x 50 ponta-sêca, 70 x 50 ponta-sêca, 70 x 50 ponta-sêca, 50 x 70 ponta-sêca, 50 x 70

LIANE

(1935 -

Cr$ 400,00 400,00 400,00 400,00 400,00

Pôrto Alegre) CrS

Arvores e frutos I, 1969, tinta vinílica sôbre tela, 65 x 55 Árvores e frutos II, 1960, tinta vinílica sôbre tela, 65 x 55 Arvores e frutos III, 1960, tinta vinílica sôbre tela, 65 x 55

I~LI HELL (1929 -

700,00 700,00

Palhoça)

O Dono da Furna, 1969, pintura s/tela, 99 x 121 O Cérebro Salvador, 1970, pintura s/tela, 96 x 1205 Os Donos da Menina, 1969, pintura s/tela. 70 x 90 Brincando de. Rodas e Rodinhas, 1968, pintura s / tela, 805 x 955 Madame, 1969, pintura s/tela, 80 x 60 Carnaval no Circo, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 485 x 685 DRnçarino das Lâmpadas, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 54 x 84

68

700,00

CrS 10. 000,00 4. 000,00 4. 000,00 10. 000.00 3. 000,00 10. 000.00 2. 000.00


Dançarino sôbre Lápis, 1969, nanquin1 prêto e guache com acrílico, 55 x 85 O Cérebro Brincalhão, 1970, nanquim prêto e guache com acrílico, 475 x 605 Morro, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 34 x 475 Vaso de flôres, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 45 x 475 Dançarino das Vogais, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 575 x 88 Dançarino das Consoantes, 1969, nanquim prêto e guache com acrílico, 58 x 87 FRANCO,

VIOLETA

(1931 -

5. 000.00 2. 000.00 1. 000,00 1. 000,00 20. 000.00 20. 000 ,00

Curitiba) CrS

Brasil n. 0 1, 1970, pintura espátula, 100 x 146 Brasil n. 0 2, 1970, pintura Brasil n. 0 3, 1970, pintura GONÇALVES,

DANÚBIO

a óleo com a óleo, 100 x 146 a óleo, 100 x 146 (1925 -

Pôrto

I, 1970, Técnica mista, 48 x 66 II, 1970, Técnica mista, 48 x 66 III, 1970, Técnica mista, 48 x 66 IV, 1970, Técnica mista, 48 x 66 V, 1970, Técnica mista, 48 x 66 VI, 1970, Técnica mista, 48 x 66 VII, 1970, Técnica mista, 48 x 66 VIII, 1970, Técnica mista, 48 x 66

HASSIS

CORREA

Itaguaçu Itaguaçu Itaguaçu Itaguaçu Desenho Desenho

3.

ººº·ºº

Alegre)

Gravura Gravura Gravura Gravura c;ravura Gravura Gravura Gravura

(1926 -

3. 000,00 3. 000.00

CrS 180.00 180,00 180,00 180,00 180,00 180.00 180,00 180.00

Florianópolis)

I, 1970, óleo, 122 x 75 II, 1970, óleo, 122 x 75 III, 1970, óleo, 75 x 122 IV, 1970, óleo, 75 x 122 I, 1970, nanquim s/impresso, 45 x 55 II, 1970, nanquim s/impresso, 55 x 45

CrS 1. 000.00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00 600,00 600.00

69


Desenho III, 1970, nanquim s/impresso, Desenho IV, 1970, nanquim s/impresso, H. FUHRO

(1938 -

55 x 45 55 x 45

Pôrto Alegre)

Foxglove, 1969, buril s/ plástico, 37 X 40 - 150,00

Cr$ com montagem 180,00

1 côr,

Fração, 1969, buril s/plástico, 2 côres, 72 x 29 - 200,00 - com montagem Canopus, 1969, buril s/plástico, 2 côres, - 200,00 Período Antigravitacional, 1970, buril s/plástico 1 côr, 70 x 32,5 -

180,00

Betelgeuse, 1970, buril s/plástico, 2 côres, 58 X 26 - 180,00 A.lfa Centauro, 1970, buril s/plástico, 2 côres, 49 X 28 - 180,00 Sirius I, 1970, buril s/plástico, 49 x 28 - 200,00 Sirius II, 1970, buril s/plástico, 2 côres, 49 X 2 8- 180,00

J. CÉSAR (1932 -

600,00 600,00

Siqueira

240,00 com montagem 240,00 210,00 210,00 210,00 230,00 210,00

Campos)

CrS,, Casa Azul, 1969, colagem sôbre madeira, 71 x 96,5 Hotel, 1969, colagem sôbre madeira, 81 x 62 Muro, 1969, colagem sôbre madeira, 47 x 86 Pensão, 1969, colagem sôbre tela, 62 x 83 Casa Geminada, 1969, colagem sôbre tela, 62 x 75 KNECHTEL, Ilomem Homem Homem I-Iomem

70

e e e e

NILZA

Vida Vida Vida Vida

(1947 -

Ponta

500,00 500,00 500,00 500,00 500,00

Grossa)

I, 1970, técnica mista, 50 x 40 II, 1970, técnica mista, 50 x 40 III, 1970, técnica mista, 50 x 40 IV, 1970, técnica mista, 50 x 40

Cr$ 400,00 400,00 400,00 400,00


I~IMA, MARIA TOMASELLI

CIRNE (1941 - Austria)

- P. Alegre CrS

Volumina, 1970. óleo s / tela, 50 x 61 Figuração I, 1970, óleo s/tela, 50 x 61 Figuração II, 1970. óleo s/tela, 50 x 61 Figuração III, 1970, óleo s/tela, 50 x 61 I~TPPMANN, ÊNIO (1934 Desenho _Desenho Desenho Desenho Desenho Desenho

500,00 500.00 500,00 500,00

Rio Pardo)

VII, 1969, guache e tinta acrílica. 50 x 70 VIII, 1969. guache e tinta acrílica, 70 x 52 IX, 1969, guache e tinta acrílica, 70 x 50 X, 1969, guache e tinta acrílica, 70 x 50 XI, 1970, tinta acrílica. 112 x 75 XII, 1970, tinta acrílica, 112 x 75

LôBO, SUZANA

(1944 -

CrS 600,00 600,00 600,00 600,00 1. 000,00 1.

ººº·ºº

Curitiba) CrS

Gigante pela própria natureza, 1970, técnica mista, 100 (diâmetro) Indivíduo n. 0 6, 1970, técnica mista, 100 (diâmetro) Circulo Inconseqüente, 1970, técnica mista, 100 (diâmetro) LUIZ SI (1941 -

400,00 400,00 400,00

São José) CrS

Mulheres Mulheres Mulheres MARTINS,

400,00 500,00 600.00

"A", 1970, óleo, 85 x 70 "D", 1970. óleo, 85 x 70 "F", 1970, óleo, 85 x 70 ROMANITA

DISCONZI

(1940 -

Pôrto

Alegre) CrS

Esquerda! Direita!, 1969, serigrafia, 57 x 45 Proibido, 1969, serigrafia, 57 x 45 Os anônimos procuram, 1969. serigrafia, 57 x 45 Identidade, 1969, serigrafia, 5 7x 45 Direção A, 1969, serigrafia, 57 x 45 Comunique-se, por favor, 1969, serigrafia, 57 x 45 Os Pombos da Praça, 1970, serigrafia, 66 x 95 Inscrição - 1970 A. n., 1970, serigrafia, 95 x 66

100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 120,00 120,00

71


l\IASSUDA, ALBERTO

Cairo) -

(1926 -

Saudades do Velho Mundo, O Homem das Três Vidas 1, O Homem das Três Vidas 2, Mocinha Clara, 1969, técnica Querida, 1967, óleo, 80 x 60 MELLO, INARA GRASSI

1967, óleo, 1970, óleo, 1970, óleo, mista, 92

(1939 -

Paraná

74 x 60 81 x 65 82 x 60 x 66

Florianópolis)

Desenho I, 1970, grafite, 50 x 40 Desenho II, 1970, grafite, 50 x 40 Desenho III, 1970, grafite, 50 x 40 lVIEYER FILHO

(1919 -

Cr$ 1. 000,00 800,00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00

Cr$ 100,00 100,00 100,00

Itajaí) Cr$

Galo-Spartacus, 1969, tintas plásticas e acrilicas, 60 x 68 Galo-Napoleão, 1969, tintas plásticas e acrílicas, 60 x 68 Galo-Alexandre o Grande, 1969, tintas plásticas e acrílicas, 60 x 68 Galo-Picasso, 1970, tintas plásticas e acrílicas, 60 x 68 Galo-Pelé, 1969, tintas plásticas e acrílicas, 60 x 68 MO-URÃO, OSMANY (1949 -

(1944 -

2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00 2. 000,00

Curitiba)

Reflexos Metálicos V, 1970, metal, 100 x 38 R.eflexos Metálicos VI, 1970, metal, 100 x 38 Reflexos Metálicos VII, 1970, metal, 100 x 38 MSCHAFF

2. 000,00

CrS 400,00 400,00 400,00

Pôrto Alegre) Cr$

Sem Título n. 0 1, 1970, bico de pena com côres, 60 x 72 Sem Título n. 0 2, 1970, bico de pena com côres, 40 x 62

72

500,00 200.00


Sem Título n. 0 com côres, Sem Título n. 0 Sem Título n. 0 OSN (1930 -

3, 1970, bico de pena 65 x 75 4, 1970, bico de pena, 45 x 65 5, 1970, bico de pena. 65 x 75

300,00

250,00 :l50.00

Itajaí) CrS

Tubos Colda, 1970, colagem metais sôbre eucatex e tinta-óleo, 30 x 30 Pêndulo Colar, 1970, colagem metal sôbre eucatex mais tinta-óleo, 30 x 30 Espêlho Calor, 1970, colagem espelho sôbre eucatex mais tinta-óleo, 30 x 30 PETRUCCI

(1919 -

500.00 500,00 500,00

Pelotas) CrS

Abstrato I, 1970, vinil, têmpera e cêra s/cartão, 55 x 55 Abstrato II, 1970, vinil, têmpera e cêra s / cartão, 55 x 55 Abstrato III, 1970, vinil, têmpera e cêra si cartão, 55 x 55 Abstrato IV 1970, vinil, têmpera e cêra s / cartão, 55 x 55 Abstrato V, 1970, vinil, têmpera e cêra s / cartão, 55 x 55 PLETICOS, Formas Formas Formas f,ormas Formas

SÍLVIO

(1924 -

I, 1970, técnica II, 1970, técnica III, 1970, técnica IV, 1970, técnica V~ 1970, técnica

mista, mista, mista, mista, mista,

Iugoslávia) 122 x 122 x 122 x 122 x 122 x

500.00 500.00 500.00 500,00 500.00

-

Santa Catarina CrS 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00 1. 000,00

70 70 70 70 70

RÊGO, RONALDO MURILO LEÃO (1945

1.

ººº·ºº

-Maceió) Cr~

Pesquisa lA, 1970, colagem· de branco sôbre branco, 100 x 130

800.00

73


Pesquisa sôbre Pesquisa sôbre Pesquisa sôbre Pesquisa

2A, 1970, colagem de branco branco, 100 x 130 3A, 1970, colagem de branco branco, 100 x 130 4A, 1970, colagem de branco branco, 100 x 130 5A, 1970, colagem de branco sôbre branco, 100 x 130

ROCHA, SUZANA

(1939 -

800,00 800.00 800,0C 800,00

Pôrto Alegre) Cr$

Considerações sôbre nanquim e bico Considerações sôbre nanquim e bico C.~onsiderações sôbre nanquim e bico ROSA, SôNIA

a de a de a de

1.a Bacia, pena, 3 5x 2.a Bacia, pena, 3 5x 3.a Bacia, pena, 3 5x

MARIA TOSATTI

1970, 95 1970, 95 1970, 95

500,00 500,00 500,00

DA (1948 -

Videira)

A Hora e o Espaço, 1969, técnica mista, 30 x 20 A Hora de Sempre, 1969, técnica mista, 30 x 20 ..f\. Hora e o Lugar, 1969, técnica mista, 30 x 20 :.\ Hora é de Todos, 1969, técnica mista, 30 x 20 SIMÕES, MARCIA

(1948 -

Londrina) Cr$ 650,00 650,00 650,00

Vir a Ser, 1970, técnica mista, 140 x 70 Para Si, 1970, técnica mista, 140 x 70 Em Si, 1970, técnica mista, 140 x 70 TEIXEIRA, 1Jmbral Umbral Umbral Umbral

74

V. SAGBONI

Cr$ 250,00 250,00 250,00 250,00

(1932 -

Joaquim

I, 1970, técnica mista, 45 x 58 II, 1970, técnica mista, 45 x 58 III, 1970, técnica mista, 45 x 58 IV, 1970, técnica mista, 45 x 58

Távora) CrS 700.00 400,00 400,00 . 400,00


TELMO FARIA Paisagem, Paisagem, Paisagem, TENIUS

(1919 -

Curitiba)

1970, 贸leo, 65 x 92 1970, 贸leo, 65 x 92 1970, 贸leo, 65 x 92 (1939 -

CrS 1. 000,00 1. 000,L0 1. 000.00

P么rto Alegre)

Meteoro I, 1969, ferro soldado, 47 x 170 l'v'1eteoro II, 1969, ferro soldado, 26 x 83 Meteoro IV, 1969, ferro soldado, 80 x 66 Meteoro V, 1970, ferro soldado. 37 x 40 Fuga 69, 1969, ferro soldado e/ pedras, 65 x 67

CrS 2. 500,00 700,00 850.00 500,00 1. 500.00

75


Homenagem Póstuma Sala "Geraldo de Souza" Geraldo de Souza estava inscrito na Pré-Bienal, para seleção em São Paulo. O artista 1campineiro, acometido de um ataque cardíaco, faleceu no mês de maio. Em homenagem à sua memória e considerando sua contribuição ao desenvolvimetno do panorama artístico não só de Campinas como de São Paulo, a Fundação Bienal de S. Paulo decidiu organizar uma retrospectiva de Geraldo de Souza, com a coordenação de Clodomiro Lucas, artista e colunista de artes plásticas, e com total apoio do jornal "Diário do Povo", também de Campinas. Os trabalhos de Geraldo de Souza, através de sua intensa vida artística, mereceram elogios e estímulos dos críticos de arte mais em evidência no País, como José Geraldo Vieira, Geraldo 14.,erraz,Theon Spanudis e tantos outros. Muito jovem ainda ao falecer, ,com 48 anos de idade, sua atividade mais intensa verificou-se na década de 60, embora tenha obtido várias láureas a partir de 1956. Suas obras estão no acervo do Museu de Arte de Belo }:Iorizonte, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo e Museu de Arte Contemporânea de Campinas, e em mãos de numerosos colecionadores e de sua família. Geraldo de Souza participou da VII e da IX Bienais de São Paulo. Apresentação

"O desenho para mim é profissão e a pintura é uma seqüência dêle. Com o correr do tempo, pintar tornou-se-me uma necessidade orgânica. Hoje a arte significa muito para mim." Assim se expressa o artista Geraldo de Souza aos seus amigos. Assim era seu pensamento, assim era sua concepção artística. Geraldo de Souza era um pintor sempre em evidência e sua arte sempre estava em dia. Não era introvertido, sempre procurava comunicar-se com o mundo e não tinha dificuldades para fazê-lo. Seus trabalhos possuem vibrações internas, seus óleos criam diálogos com o espectador. Os desenhos convocam apre-

76


ciadores da arte para discutir, analisar e dialogar, confinnando no fim uma criação autêntica. Geraldo de Souza era calmo, "se bem que todos os sêres humanos têm seus momentos de explosão". Para esta sala especial, procurei trazer trabalhos novos que participaram da IX Bienal e da Bienal da Bahia. inclusive de outros salões que Geraldo de Souza procurava sempre prestigiar, pesquisando e expondo. Nós, artistas plásticos dês te País, devemos agradecer à Fundação Bienal de São Paulo na presidência do dinâmico Sr. Francisco Matarazzo Sobrinho, que tornou possível a realizaçüo desta sala especial na Pré-Bienal de São Paulo, que reúne artistas plásticos de norte a sul do Brasil. Agradecemos também à direção do jornal "Diário do Povo" de Campinas, que sempre através de suas páginas divulgou artistas plásticos brasileiros. Clodomiro

Lucas

SALA ESPECIAL (com obras da Coleção "Ana Borges de Souza") 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

Rubro-sol, 1968, óleo, 160 x 63 Azul-sol, 1968 óleo, 160 x 63 Amarelo-sol, 1968, óleo, 160 x 63 Abril-ocre, 1963, óleo, 90 x 130 Tentativa Narrativa, 1967. óleo, 120 x 87 Longe, 1965, óleo, 86 x 120 Narrativa, 1967, óleo, 120 x 85 Submerso .. 1968, óleo 120 x 85. 1

77


Assessoria de Artes Vi sua is O regulamento da Pré-Bienal foi organizado pela Assessoria de Artes Visuais da Fundação Bienal de São Paulo, integrado pelos críticos de arte Geraldo Ferraz, Antônio Bento e Sérgio Ferro. Os trabalhos foram acompanhados pela AIAP de São Paulo, através da presença do Sr. Anatol Wladislav, presidente; Bethy Giudice, secretária, e Hanna Brandt, tesoureira.

78


Juris de Seleção da Pré-Biena1 AMAZONAS: A seleção foi feita en1 u1na mostra realizada en1 MDna~s: sendo escolhido para representar aquêle Estado o arti~ta Afrânio de Castro. PARA: O júri foi constituído pelos críticos Os\vald de .Andrade Filho (representando a Bienal), Mário Barata. Alair Gon1es. 1.Torge Derengi e Luiz Fernando Alencar. NORDESTE: A seleção foi feita na Pré-Bienal do Nordeste, prévia da Pré-Bienal de São Paulo, figurando no júri de críticos de arte Harry Laus (representando a Bienal), Walmir Ayala e Ariano Suassuna. Coordenador da Pré-Bienal do Nordeste: Paulo Fernando Craveiro. MINAS GERAIS: O júri foi integrado por Harry Laus (representando a Bienal), Lisetta Levy, Francisco B. Bittencourt FiP10. l'/1[11 istella Tristão e Morgan Motta. GUANABARA E ESTADO DO RIO. A seleção foi efetuada no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro pelos críticos de arte Carmem Portinho_. Edyla Mangabeira Unger, José Roberto Teixeira Leite~ Roberto Pontual e Marc Berkowitz. SÃO PAULO: Funcionaram como júri de seleção os críticos de arte Mate Berkowitz, Geraldo Ferraz, Antônio Bento, Lisetta Levy e Harry Laus. PARANA: O júri de seleção foi integrado pelos críticos Os\vald de Andrade Filho (representando a Bienal), Eduardo da Rocha Virmond e Fernando Velloso. RIO GRANDE DO SUL: Júri formado pelos críticos Gilberto I\1orás Marques. Carlos Scarinci e Geraldo Ferraz representando a Bienal). BRASÍLIA: Júri de . seleção integrado pelos críticos Hugo Auler (representando a Bienal), lula Brandão e Rubem Valentin1.

7-:;


GOIAS: Júri - Hugo Auler (representando Brandão e Alcides da Rocha Miranda.

a Bienal, lula

MATO GROSSO: A seleço foi feita por um júri local organizado pela Sra. Aline Figueiredo, Diretora-Presidenta da Associação Matogrossense de Arte em Campo Grande.

., .

SANTA CATARINA: A seleção foi feita por um Jur1 constituido pelos Srs. Carlos Humberto Correa, Aldo J oão Nunes e Augusto Nilton Souza. Realizaram-se, assim, trabalhos de seleção pela primeira vez em pontos diferentes do País, o que, também pela primeira doze vez, permitirá uma representação artística nacional, assegur2ndo uma visão mais ampla, quase um panorama global, da atividade artístico-visual brasileira.

80


Juri de Seleção para a XI Bienal de São Paulo Para a seleção da representação brasileira na XI Bienal de São Paulo foi constituído um júri de cinco críticos de arte, dois c~;trangeiros e dois nacionais, indicados pela Fundação Bien,11 ele São Paulo, e um nacional, eleito pelos artistas participantes na Pré-Bienal. O júri foi integrado pelos seguintes críticos de arte: James Johnson Sweeney, dos Estados Unidos; Romero Brest, da .l\rgentina; Marc Berkowitz, da Guanabara, e Hugo Auler, de Brasília, indicados pela Fundação Bienal, e Lisetta Levy, de S5o Paulo, eleita pelos artistas. A apuração dos votos realizou-se na presença de representantes da AIAP.

81


Os Selecionados O júri, que iniciou suas atividades no dia 9 de setembro, terminou no dia 11 o seu trabalho, sendo selecionado para a representação brasileira na XI Bienal de São Paulo, em 1971, Cis artistas: Abelardo Za~uar, Adolpho Hollanda, Ana lVIaria Pacheco, Antônio Arney, Antônio Carlos Rodrigues (Túneu), Antônio L,izarraga, Cléber Gouveia, Cléber Machado, Fernando D'eamo, Gerty Saruê, Gustav Ritter, Humberto Espíndola, Iracy Nitsche, José àe Arimathea, Károly Pichler, Liselotte Magalhães, Luiz Alphonsus Guimarães, Manoel Augusto · Serpa de Andrade, Mário Bu·eno,-Oscar Ramos, Paulo Becker, Paulo Roberto Leal, Romanita D. Martins, Waldir Sarubi Medeiros e Wanda Pimentel. Foram ainda indicados os artistas Juarez Magno Machado, Henrique Leo Fuhro, João Carlos Goldberg, Luiz Carlos .da Cunha e Branco de Melo, considerando-se a sugestão feita anteriormente e aceita pela Bienal de que não se limitasse a representaço brasileira estritamente aos 25 artistas, de acôrdo com o que estabelecia o regulamento.

82


Diretoria

Executiva

Francisco Matarazzo Sobrinho - Presidente Armando Costa de Abreu Sodré - Vice-Presidente Benedito José Soares de Mello Pati - Diretor Guido Santi - Diretor J. A. Cunha Lima - Diretor João de Scantimburgo - Diretor José Humberto Affonseca - Diretor Maria Martins - Diretora Prof. Edmundo Vasconcellos - Diretor Oscar P. Landmann - Diretor Paulo Uchôa de Oliveira - Diretor Wladimir do Amaral Mu.rtinho - Diretor Ministro Vasco Mariz - Repres. do Govêrno Federal :Edgar Ortiz - Repres. do Govêrno Estadual Giannandrea Matarazzo - Repres. da Pref. Municipal

83


Conselho Administrativo Francisco Matarazzo Sobrinho - Presidente Metalúrgica Matarazzo S.A. Armando Costa de Abreu Sodré - Vice-Presidente Adalberto Queiróz Albert Bildner Aldo Calvo Aldo Magnelli Antônio Sylvio da Cunha Bueno Benedito José Soares de Mello Pati Caio de Alcântara Machado César Giorgi Dora de Souza Edgard ·Baptista Pereira Edmundo Vasconcellos Ema Gordon Klabin Erich Humberg Ermelino Matarazzo Fernando Muniz de Souza Francisco Luiz de Almeida Salles Gastão Vidigal Baptista Pereira Giannandrea Matarazzo Guido Santi Haidée Lee Hasso Weiszflog Hélio Rodrigues Isabel Moraes Barros J. A. Cunha Lima João de Scantimburgo João Fernando de Almeida Prado João Leite Sobrinho 84


João S. Hirata José Adolpho da Silva Gordo José de Aguiar Pupo José Humberto Affonseca Justo Pinheiro da Fonseca Luiz Diederichsen Villares I ...uiz Lopes Coelho Márcio Ribeiro Pôrto Maria Martins Prof. Edmundo Vasconcellos Niso Viana <>scar Kla bin Segall C)scar P. Landmann Oswaldo Arthur Bratke Oswaldo Miguel Frederico Balarin Oswaldo Silva Otto Heller Paulo Motta raulo Uchôa de Oliveira Roberto de Oliveira Campos Roberto Maluf Roberto Pinto de Souza Sabato Magaldi Sebastião de Almeida Prado San1paio Sérgio Pinho Mellão \ 7 alentim dos Santos Diniz \Valter Belian \Vladimir de Toledo Piza Wladimir do Amaral Murtinho

85


Regulamento

da Pré-Biena1 de São Paulo Cap. I -

Da Denominação

e Objeto

Art. 1.0 - A Fundação Bienal de São Paulo institui a partir de 1970, nos anos pares, uma exposição nacional destinada· a apresentar e permitir amplo confronto do que está sendo· realizado no País no campo da arte visual, para a es.colha d~ -representação brasileira à Bienal de São Paulo. Com o nome de PréBienal 1970, essa mostra será realizada nos ·meses de setembro e outubro, consoante as cláusulas dêste Regulamento. Cap. II -

Das Inscrições,

Prazo e Entrega

das Obras

Art. 2.0 - Para inscrever-se na Pré-Bienal 1970, deve o interessado: a) - ser brasileiro ou estrangeiro residente no País dois anos, no mínimo, no momento da inscrição; b) - apresentar até 15 (quinze) de abril de 1970 ficha ou fichas de inscrição integralmente preenchidas, indicando as obras com as quais concorrerá, não podendo o número destas exceder de 5 obras em pintura e escultura, 8 em desenho e gravura e 5 nas demais técnicas, compreendendo o máximo de 15 metros lineares ou área de 25 metros em qualquer caso, para cada ins. cr1çao; c) - as fichas de inscrição serão remetidas à Secretaria da Fundação Bienal de São Paulo, Cx. P. 7832, São Paulo; d) - as declarações consignadas nas fichas de inscrição não poderão ser posteriormente alteradas; e) - feita a inscrição, ficará inteiramente a cargo e por conta do interessado entregar, até 30 (trinta) de junho de 1970, os trabalhos inscritos, convenientemente preparados para exposição. à entidade onde será efetuada a seleção local, ou diretamente à

86


sede da Bienal, em São Paulo. tsse prazo não poderá ser prorrogado por motivo algum, ainda que de ordem técnica: f) - a embalagem e a remessa das obras para a Pré-Bienal 1970 serão feitas pelo órgão que promoveu a seleção local, encarregando-se a Fundação Bienal de São Paulo da reembalage111 e restituição das obras; g) - os inscritos residentes no Exterior deverão providenciar o despacho de seus trabalhos diretamente para a Fundação BiePal de São Paulo, Parque do Ibirapuera, São Paulo. responsabilizando-se pelo frete e transporte, de modo que cheguem, impreterivelmente, até o dia marcado na letra "e", para a seleção que será realizada em São Paulo; h) - os participantes residentes na Grande São Paulo deverão retirar os trabalhos expostos até o dia 30 de janeiro de 1971. não se responsabilizando a Bienal pela sua guarda depois de expirado êsse prazo. Cap. III -

Do Júri de Seleção e Premiação

Art. 3.0 - Todos os trabalhos inscritos serão submetidos a seleção, devendo o júri ter em vista a renovação, as inovações e as transformações que se estão operando incessantemente no· campo da criação artística. Art. 4.0 - A seleção será realizada por um júri constituído de críticos de arte, organizado pela Diretoria da Fundação Bienal de São Paulo. De acôrdo com as condições de cada Estado, a Bier, al enviará um dos n1embros do júri para a organização da sele-

-

Ç20.

Art. 5.º - Um júri de Seleção e Premiação, que poderá ter participação estrangeira, encarregar-se-á de indicar em tôrno de vinte e cinco artistas, entre os mais significativos, independentemente de técnicas, os quais integrarão a representação do Brasil na XI Bienal de São Paulo. Art. 6.º - Os artistas escolhidos para a Sala do Brasil na XI Bienal de São Paulo, a realizar-se em setembro de 1971, deverão apresentar-se nesta última com trabalhos inéditos, na inscrição ou nas inscrições para que foram selecionados. Art. 7 .0 - A Fundação Bienal de S. Paulo destinará verba de Cr$ 50. 000,00 ( cincoenta mil cruzeiros) para os artistas sele-

87


cionados, recebendo cada um Cr$ 2.000,00 (dois mil cruzeiros) para preparar sua participação na XI Bienal de S. Paulo. Art. 8.0 - As decisões do Júri de Seleção e Premiação serão . , . . , . 1rrevogave1s e 1rrecorr1ve1s. Cap. IV -

Das Vendas

Art. 9.0 - A aquisição de obras expostas na Pré-Bienal será feita exclusivamente pela sua seção de Vendas, retendo para atender a despesas, uma percentagem de 15%. Cap. V -

Das Disposições

1970 esta,

Gerais

Art. 10.0 - A simples inscrição do interessado implicará na plena aceitação das cláusulas e condições dêste Regulamento. Art. 11.º - Na devolução dos trabalhos com frete a pagar, feita pela Bienal, esta não se responsabilizará pelo extravio ou qualquer dano ocorrido durante o transporte, ficando o seguro por conta do artista participante. Art. 12.0 - Embora tomando as cautelas necessárias, a Bienal não se responsabiliza por eventuais danos sofridos pelos trabalhos enviados, cabendo ao expositor, se o desejar, efetuar o seguro de suas obras contra quaisquer riscos. A:rt. 13.0 - É vedado ao expositor retirar qualquer trabalho antes do encerramento da Pré-Bienal. brasileira à XI Bienal de São Art. 14.0 - A representação Paulo poderá ser ampliada por artistas especialmente convidados pela Diretoria da Fundação Bienal de São Paulo, para participação em salas especiais, temáticas, didáticas ou históricas nacionais ou internacionais. Art. 15.0 - Os .casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos pela Diretoria da Fundação Bienal de São Paulo. São Paulo, 20 de janeiro

88

de 1970.


índice Alfabético Pré-Bienal 1970 Adlerová, Charlotta Albuquerque, Rubens Martins de Aldir Almeida, Cirineu de Alves Dias Amaral, Márcia Barroso do Amaral, Márgara P. Amaro, Muniz Amatuzzi, Luiz Amorim Melo, Francisco de Assis Anamélia Andrade, Manoel Augusto Serpa de Andrés, Maria Helena Araújo, Laerte Araújo, Reginaldo Nascimento de Araújo, Tancredo de Arias, Carlos Garcia Arney, Antonio Arrivabene, Bóris, e Sangirardi, Estêvão Arruda Camargo, Maria Thereza Lemos de Arruda, Euler

Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Sul S~lJ.

Asseff, Dalton Salem Ávila, Sara

Centro-Sul Centro-Sul Norte-Nordeste N orte-N ardeste Centro-Sul Centro-Oeste

Baptista Barbalho. Reinaldo Barbosa. Roberto Barchi. Fernando Barros, Helena Maria Beltrão Bastos J. Nestor Pinto Bavaresco Becker, Paulo

Centro-Sul l~entro-Oeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul

ASR

de

89'


Bell, L.indolf Bernhardt, Plínio César Betty King Bianchetti, G lênio Bianchetti, Leonardo Bordano, Ninca Bouda.kian, Armenuhi Branco de Melo Brentani,, Gerda Brill; Alice Brueggmarin Brzezinski, João Osório Bueno de Bueno, Mário

Sul Sul N orte-N ardeste ·centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Sul Centro-Sul Norte-Nordeste . Centro-Sul Centro-Sul Sul Sul Centro-Sul

Calderari; Fernando Cambará,- Maria Augusta Caminha. Helena Cândida Rosilda Carneiro, Edíria (~aro, Bernardo Carvalho, Rogério Castafio, José Orlando Castro, -Alfrânio de Cavalcânti, Ionaldo Checcacci Chico Pereira Cicci, ·Ulieno Correa, Antônio Costa Jr. Cruz, Palmira Cunha, José Cunha, Luiz Carlos da Czermak, Liane

Sul Centro--Oeste Centro-Sul Norte-Nordeste. Centro-Sul Centro-Sul Norte~Nordeste Centro-Oeste N orte-N ardeste Centro-Sul Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul N orte-N ardeste Centro-Oeste Norte-Nordeste ,Norte-N ardeste Centro-Sul Sul

Daja D' Amico, Nicola D'Arcanchy, Neusa Deamo, Fernando Dedecca, Eneas Mattos

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul

90


De Melo Deslandes, Valentim Dias, Vanda Pinheiro Dillon, Osmar

Centro-Oeste Centro-Sul Centrc-OC'~.;te Centro-Sul

Eckenberger, Reinaldo Eduardo Ângelo Eichbaum, Gisela El-J aik. Astréia Eli Heil Espíndola, Humberto

N orte-N ardeste Centro-Oeste Centro-Sul Centro-Sul

Fang-Fong Favero_. Maria Luiza Fernandez, Antônio Ferraz, Odila Ferri, Mário G. Figueiredo, Stella Maris de Finardi, Solano Flammarion Florita Franco, Violeta Frederico G. Frei tas, Dario de

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Sul Centro-Oeste Centro-Oeste

Gerhard, Victor Gimenes Giudice, Bethy Glé Godoy. Heleno Gogote, Augustus Goldberg, João Carlos Gouveia, Cléber Gonçalves, Danúbio G-uariglia, Cypriano Guerra, Celso de Sales Guerra, Fernando F. Guersoni. Odetto Gusmão, Irene Buarque

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Oeste Sul Centro-Sul Centro-Sul Centre-Sul Centro-Sul Centro-Sul

Sul Centro-Oeste

de

91


Hassis Hassis Correa Helt, George Henrique Henrique, Gastão Manoel H. Fuhro 1Iollanda, Adolpho Husem Tio Igel Inagaki, Iracy !vens

Michinori

•-";.~ •. -fJ.,,J.

'

Centro-Oeste

Sul Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Oeste

Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul

Jacobowitz, Hannelore J. c•ésar Jim João Sebastião José de Arimathea José Luiz Junqueira, Ivone Etrusco

Centro-Sul Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Oeste

Karman, Ernestina Knechtel, Nilza Kranz, Marília Kupermann, Mary

Centro-Sul Sul Centro-Sul Centro-Sul

Lazuli, Theo Leal, Paulo Roberto Lemos, Carlos Lima, Décio Mauro Lima, José Ronaldo Lima, Maria Tomaselli Cirne Lima, Nélson Lima Verde, Celina Lima, Vera Lippmann, :Ênio Litsek, Maria Luiza Leão Liz Roberts

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Sul Centro-Sul Centro-Sul N orte-N ardeste Sul Centro-Sul Centro-Oeste

92


Lizarraga, Antônio Lobo, Suzana Lopes, Fernando Lucas, Clodomiro Lucena, Lúcia Pereira Lufting, Irene Luiz Alphonsus Luz, Édison da Luz, Edison da

de

Centro-Sul Sul Norte-Nordeste Centre-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Sul N orte-N ardeste

Machado Netto, Cléber Maciel, Luiza Maciel, Valdeir Oliveira Magalhães, Liselotte de Magno, Juarez Marcus Franciscus Mareines, S ulami ta Maria José l\'Iarques, ígor Martins, Romanita Disconzi Matos, Gílson Massuda, Alberto Medeiros, Waldir Sarubi de Meira, Ruy Mello, Inara Grassi Mestriner, Odila Meyer Filho Mihail Miranda Misson, Mílton Moraes, Rita Moreira, Lúcio Motta Paes, Maria Helena Mourão, Osmany Moussia Moya Mund Jr .. Hugo

Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Sul N orte-N ardeste Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Sul Norte-Nordeste Sul Norte-Nordeste Norte-Nordeste Sul Centro-Sul Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Centro-Sul Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul Sul Centre-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste

Mschaff

Sul

93


Nakakubo, Massuo N etto, Sérgio N eumann, Irma Neves, Francisco Nogueira, Francisco Nogueira, Leonan N oviello, Décio

Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Sul Norte-Nordeste Norte-Nordeste Centro-Oeste Centro-Oeste

Ohara, Hisao Okubo, Emília Oliveira, D. J. Oliveira, Geraldo Osn

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Oeste Sul

Teles de

Pacheco, Ana Maria Pacheco, Maurício Pagnano . Paula, Noélia d~ Paula, Sérgio de Paulo Fernandes Pelegrino, Luiz Alberto Petrucci Pichler, Károly Piló, Conceição Pimentel, ·wanda Pinto, Jr. Pleticos, Sílvio. Pôrto,. Sérgio Augusto Prado Netto

Mota

Raimo Ramos, Oscar Rêgo, Ronaldo Murilo Leão Reif, Mariana Ritter, Gustavo Roberto Roberto José Rocha, Suzana 94

Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Norte-Nordeste Centro-Oeste Sul Centro-Sul Centro-Oeste Centro-Sul Norte-Nordeste Sul Centro-Oeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste N orte-N ardeste N orte-N ardeste Sul Sul


Rodrigues, Inácio Roesler, Inge Rosa, João Batista Rosa, Sônia Maria Tosatti Rosane Marie Rossi, Alícia G.

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Oeste Sul Centro-Oeste Centro-Sul

da

Sú, Ir:ê3 de

Sakakibara, Satoshi Salgueiro, Maurício Salles. Laurita R. de Sangirardi, Estêvão e Arrivabene, Scaldaferri, Sante Scaldaferri, Sanle Silva, Régis Machado Simões, Márcia Smith, Henrique Soares, Teresinha Sobral, Acácio Souza Jr., Osmar Pinheiro de Sponchiado, Maria Helena Stamirowska, Zofia Ligeza

Bóris

Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul N orte-N ardeste Centre-Sul Sul Centro-Sul Centro-Oeste Norte-Nordeste N 0 1:te-N o?·dcstE: Centro-Sul Centro -Oeste

Teixeira, Romero Soares Teixeira, V. Sagboni Telmo Faria Tenius Tillmann Toledo, Oswaldo Martins Tort, Pedro Trímano, Luís Tuneu

Centro-Sul Sul Sul Sul Centro-Oeste Centre-Sul Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul

Unonius,

Centro-Sul

Kristian

Vale, Roberto Vallauri, Alex Varela, Cibele Veiga, Vera

Norte-Nordeste Centro-Sul Centro-Sul Centro-Sul

9.5


Viana, Augusto Vianna, Gilka Vila, Rolando Vinic

Norte-Nordeste Centro-Sul Norte-Nordestt~ Centro-Oeste

Wash Wong, Helena

Centro-Oeste Centro-Sul

Xandรณ, Niobe Xavier, J.

Centro-Sul Norte-Nordeste

Zaluar Zenon, Barreto

Centre-Sul Norte-Nordeste

96


Compo1to e lmpreuo na GRAFICA SAO JOSI: Rua Galvão Bueno, 230 Telefone: 278-7872