Page 1

a biblioteca informa

inverno 2014, nº31 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA Nesta edição do boletim das bibliotecas da Universidade de Aveiro dãose a conhecer conteúdos, funcionalidades, formas de acesso e de pesquisa nos principais organismos oficiais que recolhem, tratam e disponibilizam informação estatística ao utilizador, tais como o INE, Eurostat, Pordata e OCDE.

http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?cat=266 INE

EUROSTAT

OCDE

Em Portugal, a informação estatística é recolhida pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que é o organismo oficial para dados estatísticos nacionais. Há várias entidades com delegação de competências do INE que produzem informação e enviam-na a este Instituto. Apesar de muita desta informação ser publicada através de indicadores do INE, existem outros indicadores que apenas são disponibilizados nos sites destas entidades.

O Eurostat é o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia. Foi criado em 1953 e tem como papel fundamental fornecer estatísticas à Comissão e às outras instituições europeias para que possam ser definidas, implementadas e analisadas as políticas comunitárias. Harmoniza as estatísticas provenientes dos vários estados membros através do European Statistical System (ESS) possibilitando a comparação dos dados estatísticos dos vários países.

A OCDE – Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico (OECD – Organisation for Economic Co-operation and Development) foi criada em 30 de setembro de 1961 e é atualmente constituída por 34 Estados-Membros, estabelecendo relações frequentes com outros setenta países.

ddf

PORDATA A PORDATA, lançada em 2010 pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), pretende disponibilizar dados estatísticos sobre Portugal, a Europa e os Municípios portugueses. Estão organizados sob a forma de séries anuais com início, sempre que possível, em 1960.

SUMÁRIO INE – Instituto Nacional de Estatística acesso ao conteúdo dados estatísticos funcionalidades metainformação formas de aceder à informação como referenciar Pordata acesso ao conteúdo funcionalidades e metainformação

Eurostat acesso ao conteúdo funcionalidades metainformação como referenciar OCDE acesso ao conteúdo funcionalidades e metainformação como referenciar Outras fontes de informação estatística na Web Widgets e outras aplicações


a biblioteca informa

Como transferir a minha biblioteca EndNote para o Mendeley No seguimento do cancelamento do programa EndNoteX5, uma das alternativas pode passar pela utilização de outro programa para a gestão de referências bibliográficas, como é o caso do Mendeley. O Mendeley é um software open source disponível para Windows e Macintosh. O acesso, instalação e uso do programa implica a ligação à Web (internet), efetuar um registo e instalação da versão desktop e dos plugins – save to Mendeley e MSWord Plugin.

Como transferir a biblioteca EndNote desktop para o Mendeley: 1. Realize o registo no Mendeley, através do link http://www.mendeley.com/ e efetue o download da versão Mendeley desktop e dos plugins – save to Mendeley (para a recolha de registos bibliográficos em várias fontes, como Base de Dados) e MSWord Plugin; 2. Aceda ao EndNote Desktop e no menu File selecione a opção Export. Nomeie o ficheiro, selecione o formato XML (*.xml) e o Output Style que pretende (ex: APA6th). Guarde o ficheiro no local à sua escolha (ex: Ambiente de trabalho); 3. Arraste (drag and drop) o ficheiro XML da biblioteca do EndNote para o Mendeley Desktop;

Como utilizar o Mendeley, no processador de texto – MS Word 1. No menu References, do Word, verifique se está ativa a barra Mendeley Cite-OMatic; 2. Para inserir as citações basta selecionar a opção Insert Citation; 3. A lista das referências bibliográficas é realizada através da seleção da opção Insert bibliography.

INE Descrição do portal http://www.ine.pt O INE recolhe informação de várias fontes, efetua o seu tratamento estatístico e promove a divulgação de diversos indicadores através do portal Web – http://www.ine.pt. Para além destes, recolhe também informação específica, solicitada por outros organismos internacionais tais como o EUROSTAT, OCDE e outros, cujos dados apenas são disponibilizados no portal desses próprios organismos. Essas fontes também contêm outros indicadores que poderão ser muito úteis aos utilizadores, principalmente quando em determinadas áreas muito específicas é necessária informação estatística mais granular. No portal Web do Instituto Nacional de Estatística (INE) é disponibilizada informação estatística nacional, em acesso livre, através de uma base de dados dinâmica que possibilita a visualização de quadros e gráficos assim como a sua personalização à medida das necessidades. Oferece ainda um conjunto de ferramentas que facilitam o acesso à informação estatística bem como a atualização da mesma.

e habitação; contas nacionais e regionais; cultura e lazer; educação, formação e aprendizagem; indústria e energia; justiça; mercado de trabalho; população; saúde; território; transportes e comunicações; turismo; entre outros; 2. Aceder a outros serviços, como a subscrição de conteúdos e o envio de pedidos de informação não disponível online; 3. Consultar a Biblioteca Digital, que permite o acesso a todas as publicações editadas pelo INE e pelos organismos que o antecederam, desde 1864 até 2000; 4. Consultar, no Catálogo Bibliográfico, a coleção de publicações de âmbito estatístico de instituições nacionais e internacionais disponíveis para consulta nas Bibliotecas. (Fonte: http://www.ine.pt); 5. Consultar jornais e revistas internacionais de estatística (Menu” Ligações” > “Jornais e revistas de estatística”).

Neste portal é possível: 1. Consultar e importar gratuitamente um conjunto muito vasto de informação, sobre temas como agricultura, floresta e pescas; ambiente; comércio; construção

O INE trabalha informação de interesse atual, em discussão na sociedade. Efetua publicação de informação temática específica, em CD’s que permitem a customização da informação à medida das


3

(cont.) necessidades (Ex: CD País em números, Cidades em números, etc.). Comparativamente à PORDATA tem informação mais específica e direcionada assim como indicadores derivados para investigação. O espólio de informação do INE é mais vasto que o da PORDATA. O INE oferece a possibilidade de efetuar algum trabalho estatístico a pedido sem custos (como por exemplo desagregar um indicador a um nível pretendido), embora outros trabalhos possam ser cobrados mediante orçamento prévio. Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainf

INE: Acesso ao conteúdo No portal do INE pode aceder a: Dados estatísticos •

Acesso aos indicadores incluídos na Base de Dados, organizados por temas. Podem ser visualizados em quadros ou gráficos e podem ser exportados para XLS ou CSV.

Destaques • • •

Notas enviadas à Comunicação Social; Síntese da informação regularmente produzida pelo INE; Serve essencialmente como atualização de informação pois é efetuada a divulgação dos primeiros resultados obtidos a partir de operações estatísticas e apresenta uma lista atualizada dos últimos quadros estatísticos publicados, que podem ser exportados para XLS ou CSV.

Publicações • • •

orma/?p=2477

Versão digital das publicações editadas (em papel ou nadodigitais) pelo INE, a partir do ano 2000, organizadas por tema; Documentos em PDF e alguns com possibilidade de exportação de quadros para XLS ou CSV; Incluem-se também os PDF dos censos de 1864 a 2001 para eventual interesse no histórico dos censos da população/habitação.

Contas nacionais • •

Conjunto de informação organizada de acordo com princípios económicos e visam refletir o funcionamento da economia; Os quadros apresentados nesta área estão disponíveis em português e inglês e podem ser visualizados em XLS. Os códigos constantes nas designações de alguns quadros são do Sistema Europeu de Contas Nacionais e Regionais 1995 (SEC 1995). Em cada tema, são também facultados os destaques, publicações e documentos metodológicos. Adicionalmente pode ser consultado um documento explicativo sobre o apuramento do PIB.

Estudos •

Artigos organizados por temas, que foram divulgados em publicações do INE ou elaborados no âmbito da participação de técnicos em congressos. Estão disponíveis em texto integral, em PDF. (cont.)


a biblioteca informa

(cont.)

INE: acesso ao conteúdo – dados estatísticos

Disponibiliza o acesso integral às publicações de informação estatística editadas pelo INE anteriores ao ano 2000 (1864-2000) assim como publicações de âmbito estatístico de instituições nacionais e internacionais disponíveis no INE para consulta; Os documentos estão organizados por tema e subtema e apresentam-se em formato TIFF, estando em curso um processo de conversão para PDF.

No portal do INE, ao aceder à informação através da opção Dados estatísticos encontra:

Biblioteca Digital •

Dossiês Temáticos •

Inclui um conjunto de informação selecionada, organizada pelos temas Território, Género, Indicadores Estruturais e Indicadores de Desenvolvimento Sustentável.

Calendários •

Calendarização da divulgação dos destaques e da informação estatística. São muito importantes para os utilizadores que pretendam ter acesso rápido e just-in-time aos dados estatísticos mais recentes.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2474

Principais Indicadores Cerca de 150 indicadores da Base de Dados, escolhidos pelo INE, onde se incluem os mais pesquisados pelos utilizadores assim como os mais representativos do tema a que respeitam. Principais Quadros Cerca de 80 quadros elaborados com vários indicadores da Base de Dados, que caraterizam um determinado tema. Podem ser modificados de acordo com as necessidades dos utilizadores. Base de Dados É o ponto de acesso mais adequado para os utilizadores na pesquisa de informação por tema específico, com opção de refinar por subtema e nível geográfico. Possui mais de 7000 indicadores estatísticos, com possibilidade de construção de quadros à medida, conjugando vários indicadores e diferentes períodos (de salientar que existem alguns indicadores que aparecem nas Publicações, Destaques ou nas Contas Nacionais que não estão na Base de Dados). Permite a construção e gravação de quadros no computador e/ou na Área dos Utilizadores (desde que registados). Representa indicadores através de mapas, que podem ser impressos ou exportados. É possível alterar as classes de representação, períodos de referência, detalhe geográfico, etc. Permite a consulta da Metainformação de cada indicador (designação, periodicidade, fonte, datas de disponibilidade, dimensões, conceitos, etc.). Estatísticas Territoriais Possibilidade de construção de quadros por tema, para determinada Unidade Territorial (Portugal, Continente, NUTS II, NUTS III, Município e Freguesia), através de um conjunto limitado de indicadores da Base de dados. Pirâmides etárias Apresentação da informação sob a forma de pirâmides etárias, projeções da população por grupos etários quinquenais entre 2010-2060 com a possibilidade de impressão ou gravação. Permite selecionar um conjunto de anos e visualizar um gráfico dinâmico. Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2465


5

INE: funcionalidades No Portal do INE é possível, entre outras funcionalidades, aceder gratuitamente (visualizar, imprimir e importar) a:

INE: formas de aceder à informação A informação estatística do INE está acessível em quatro níveis:

Informação dinâmica assente numa Base de Dados (indicadores) a partir da qual o utilizador pode construir e alterar quadros à medida das suas necessidades;

• Informação disponível no portal do INE para toda a comunidade, com diferentes periodicidades, conforme a pertinência dos temas;

Publicações, estudos e destaques disponíveis em PDF (conteúdo integral) e nos formatos XLS e CSV (quadros).

• Informação facultada a “pedido de informação/esclarecimentos” - informação já trabalhada e facultada gratuitamente (informação disponível mas não publicada);

No INE é possível efetuar pesquisa em língua inglesa. Mediante registo na Área dos Utilizadores, é também possível gravar quadros para utilização futura e receber notificações da informação selecionada nas preferências do utilizador, aquando da sua divulgação. A partir da base de dados tem a possibilidade de consultar a metainformação, gravar, imprimir, exportar quadros para XLS ou CSV, exportar gráficos, assim como incluir indicadores, alterar condições de seleção e o formato do quadro. Para determinados indicadores, oferece informação até ao nível das freguesias. Na página “navegação” estão disponíveis pequenos vídeos de demonstração para apoio à utilização do Portal. Fonte: http://www.alea.pt/html/pmf/html/portaline.html

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2459

• Informação facultada a “pedido de informação/esclarecimentos” - informação com necessidade de tratamento estatístico – sujeita a orçamento (informação não disponível e não publicada, é paga); • Informação apenas para investigadores acreditados (informação gratuita mas para investigadores certificados) – ver: Protocolo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e respetivos anexos, assim como a comunicação “Acesso à informação estatística oficial para fins de

investigação científica”, do Eng.º Pinto Martins na Conferência “a informação estatística, o seu uso multidisciplinar no ensino e na investigação”, realizada na Universidade de Aveiro a 27 de dezembro de 2013.Ao abrigo deste protocolo criado entre o Instituto Nacional de Estatística, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência do Ministério da Educação e Ciência (DGEEC), é facilitado o acesso gratuito a dados estatísticos individuais anonimizados constantes de bases residentes no INE, para fins científicos e de investigação. O acesso a estes dados é facultado aos investigadores de universidades ou de outras instituições de ensino superior legalmente reconhecidas e organizações, instituições ou departamentos de investigação científica reconhecidos pela FCT e pela DGEEC.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2449


a biblioteca informa

INE: como referenciar a informação estatística Publicações APA6th: INE. (2014). Estatísticas do Emprego – 4.o Trimestre de 2013. Lisboa: INE. Retrieved from http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publica coes&PUBLICACOESpub_boui=153370649&PUBLICACOESmod o=2. NP 405: INE – Estatísticas do Emprego – 4.o Trimestre de 2013 [Em linha]. Lisboa : INE, 2014 [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL:http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid= ine_publicacoes&PUBLICACOESpub_boui=153370649&PUBLIC ACOESmodo=2>.

Quadros/tabelas APA6th: INE. (2014). Empresas exportadoras de bens (€) por País parceiro e Atividade económica (CAE Rev. 3). Portal do INE. Retrieved February 17, 2014, from www.ine.pt. NP 405: INE – Empresas exportadoras de bens (€) por País parceiro e Atividade económica (CAE Rev. 3) [Em linha], atual. 2014. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL:www.ine.pt>.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2557

INE: metainformação Em cada quadro ou gráfico que visualize no portal INE, encontra o ícone Mi que corresponde à metainformação. Aqui é apresentado um conjunto de informações úteis para a descrição de cada indicador, tais como a designação, a periodicidade, a fonte responsável pela recolha da informação, as datas de disponibilidade, as dimensões, os conceitos, a fórmula matemática (quando aplicável), unidade de medida, etc. Nomenclatura de Unidades Territoriais para fins Estatísticos (NUTS): Nível I: Continente, R. A. Madeira e R. A. Açores; Nível II: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, R. A. Madeira e R. A. Açores; Nível III: subdivisões das NUTS II (27 no total) – ver imagem abaixo. Administrativa: Distrito / Município / Freguesia; Censitária: Secção estatística / Subsecção estatística / Lugar; Regiões Agrícolas: Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes, Beira Litoral, Beira Interior, Ribatejo e Oeste, Alentejo, Algarve, Madeira e Açores.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2454


7

A PORDATA Lançada em 2010 pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), pretende disponibilizar dados estatísticos sobre Portugal, a Europa e os Município portugueses. Estão organizados sob a forma de séries anuais com início, sempre que possível, em 1960. A PORDATA reúne dados de entidades estatísticas oficiais para cada um dos seus três níveis de análise. No total são mais de 70 as fontes oficiais com que a PORDATA colabora e das quais recebe regularmente informação estatística, das quais se destaca o Instituto Nacional de Estatística, o Eurostat e a OCDE. Fonte: http://www.pordata.pt/Fontes +e+Entidades. No portal PORDATA um utilizador terá a informação disponibilizada em séries anuais com a mesma estrutura independentemente de se tratar do quadro referente ao número de treinadores em Portugal, ao PIB per capita na União Europeia ou ao número de crimes registados nos Municípios portugueses. Em termos visuais oferece apresentações muito claras, distintas e mais dinâmicas que o portal do INE.

PORDATA http://www.pordata.pt Acesso ao conteúdo O portal PORDATA disponibiliza a informação estatística, subdividida em vários temas e subtemas que incluem múltiplos quadros estatísticos. Toda a informação está estruturada em três grandes bases de dados: •

A Base de dados dos Municípios de Portugal apresenta a informação distribuída por 13 temas, hierarquizados por subtema – quadro – série. No total podem ser consultados 629 quadros estatísticos. A Base de dados de Portugal apresenta a informação distribuída por 16 temas, hierarquizados por subtema – quadro – série, num total de 1069 quadros estatísticos. A Base de dados da Europa apresenta 576 quadros estatísticos, distribuídos por 11 temas e hierarquizados por subtema – quadro – série.

A caixa de pesquisa disponível no topo da página permite a pesquisa de um termo em simultâneo nas várias bases de dados. Os resultados são apresentados separadamente por Municípios, Portugal e Europa. Na opção Consultar dados é possível efetuar uma pesquisa orientada, em que é selecionada desde a base de dados até ao período cronológico, passando pelo tema, subtema, etc. No final da página inicial do portal, no canto inferior direito encontra a área Indicadores em Destaque. Aqui são apresentados dois indicadores selecionados pela PORDATA, para cada base de dados (Municípios, Portugal e Europa). O portal disponibiliza também na área Retratos livros eletrónicos com resumos de indicadores que caracterizam alguns municípios, Portugal e a Europa, tais como: •

Retrato de Portugal na Europa (2011) – Resumo de indicadores sobre diversas áreas da sociedade que comparam Portugal com os países membros da União Europeia a 27. Retrato de Portugal (2011) – Resumo de indicadores da sociedade portuguesa contemporânea desde 1960 até 2011, com introdução de algumas referências ao ano de 2012. Retrato de Lisboa (2011) – Resumo de indicadores sobre o município de Lisboa para o ano de 2011 ou último ano com dados disponíveis. Comparação com a área da Grande Lisboa e Portugal ou com os 5 municípios com valores mais elevados do indicador. Retrato do Funchal (2011) – Resumo de indicadores sobre o município do Funchal para o ano de 2011 ou último ano com dados disponíveis. Comparação com a Região Autónoma da Madeira e Portugal ou com os 5 municípios com valores mais elevados do indicador. Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2519


a biblioteca informa

Funcionalidades da Pordata No portal PORDATA a informação estatística pode ser visualizada de três formas. Para Portugal e Europa existem tabelas (para todo ou parte do período de dados disponível) e gráficos (dinâmicos, estáticos ou de ranking). Ao nível dos Municípios, além dessas duas possibilidades (tabelas e gráficos) existem mapas estáticos, dinâmicos, distorcidos e comparados. É possível personalizar os quadros e os gráficos à medida das necessidades pretendidas, a partir de séries estatísticas relativas a diferentes temas. Na análise dos indicadores de qualquer uma das bases de dados da PORDATA, é possível: • • • • • • • •

Visualizar mais anos, mais países, mais municípios, mais gráficos e outras opções; Comparar dados, países, municípios e grupos; Efetuar cálculos: taxas de variação, percentagens, médias, números índices, etc.; Partilhar nas redes sociais; (Facebook, Twitter e Google+); Consultar a Metainformação; Imprimir; Exportar quadros para XLS e PDF; Aceder à simbologia e ao glossário.

Se efetuar um registo na Área Pessoal, pode receber alertas de atualizações assim como guardar dados das tabelas alteradas. O portal e todo o seu conteúdo pode ser visualizado em português ou inglês. A PORDATA disponibiliza um manual de formação que pode ser consultado em: Metainformação Em cada quadro, gráfico ou mapa que visualize no portal PORDATA, encontra no menu lateral esquerdo o ícone Mi que corresponde à metainformação. Aqui é apresentado um conjunto de informações úteis para a descrição da série de dados, tais como: âmbito geográfico, tipo de operação estatística, período ou momento de referência, periodicidade, entidade responsável, conceitos principais, notas sobre a série e eventuais notas de ano (correspondentes às quebras de série existentes em muitas tabelas). Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2516

Como referenciar Publicações APA6th: FFMS. (2013). Retrato de Portugal: indicadores 2011. Paris: PORDATA. Retrieved from http://www.pordata.pt/ebooks/PT2011v20130 6111700/RETRATODEPORTUGAL2011.pdf. NP 405: FFMS- Retrato de Portugal: indicadores 2011 [Em linha]. Paris : PORDATA, 2013. 72 p. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL:http://www.pordata.pt/ebooks/PT 2011v201306111700/RETRATODEPORTUGAL2 011.pdf>. ISBN 978-989-8662-23-1.

Quadros/tabelas APA6th: FFMS. (2014). Indicadores de envelhecimento em Portugal. PORDATA – Estatísticas, gráficos e indicadores de Municípios, Portugal e Europa. Retrieved February 17, 2014, from http://stats.oecd.org/. NP 405: FFMS – Indicadores de envelhecimento em Portugal [Em linha], atual. 2014. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL:http://stats.oecd.org/>.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2587


9

EUROSTAT - http://epp.eurostat.ec.europa.eu O Eurostat é o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia. Foi criado em 1953 e tem como papel fundamental fornecer estatísticas à Comissão e às outras instituições europeias para que possam ser definidas, implementadas e analisadas as políticas comunitárias. Harmoniza as estatísticas provenientes dos vários estados membros através do European Statistical System (ESS) possibilitando a comparação dos dados estatísticos dos vários países. Segundo o Eurostat a sua missão é ser o principal fornecedor de estatísticas de alta qualidade na Europa. É um serviço de estatística da União Europeia, situado no Luxemburgo, cuja tarefa é dotar a União Europeia com as estatísticas a nível europeu que permitam comparações entre países e regiões. No portal Web do Eurostat encontram-se dados apurados especificamente para o Eurostat (apenas publicados neste portal) e dados que também são divulgados pelo organismo de cada país (ex.: Censos, estimativas da população, PIB).

Funcionalidades O portal do Eurostat tem ao dispor algumas funcionalidades: •

Menu de pesquisa com possibilidade de pesquisa por palavra solta; Acessível através do ícone identificado por uma lupa, a “advanced search options” permite a pesquisa estruturada. Nos resultados encontram-se publicações, indicadores da base de dados e metainformação; Para cada pesquisa encontram-se publicações, tabelas, informação sobre metodologia, bases de dados, metainformação associada e acesso à Wiki;A Wiki “statistics explained”, serve de guia na procura da informação

(espécie de “Wikipédia” mas apenas para estatística); •

Pesquisa de A a Z – utilização de termos de linguagem natural com a indicação dos termos corretos a pesquisar. Oferece a ligação a diversos indicadores e recursos;

Calendarização da divulgação da informação estatística através do “Release calendars”.

Possibilidade de criação de um Espaço pessoal que permitirá: • receber alertas sobre o(s) tema(s) pretendido(s); • personalizar a navegação, na base de dados; • aceder à opção “Bulk download facility” – dá a possibilidade de efetuar download de grande quantidade de informação.

“Bulk Download” – Através desta funcionalidade, poderá encontrar:

todas as informações atualizadas duas vezes por dia, às 11:00h e às 23:00h;

os conjuntos de dados em TSV (valores separados de tabulação), DFT e formato SDMX, que pode usar para importar os dados para uma ferramenta à escolha;

orientações sobre como automatizar o download de conjuntos de dados;

um manual com todas as informações detalhadas sobre o “Bulk Download”;

o índice dos conjuntos de dados disponíveis;

os “dicionários” de todos os sistemas de codificação utilizados nos conjuntos de dados. Mais informação em: http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/eurostat Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2491


a biblioteca informa

Eurostat : como referenciar a informação estatística Publicações

Quadros/tabelas

APA6th:

APA6th:

EUROSTAT. (2013). International trade and foreign direct investment 2013. Luxembourg: Publications Office of the European Union. Retrieved from http://epp.eurostat.ec.europa.eu/cache/ITY_OFFPUB/ KS-FO-12-001/EN/KS-FO-12-001-EN.PDF.

EUROSTAT. (2014). GDP and main components – Current prices. Eurostat Home. Retrieved February 17, 2014, from http://epp.eurostat.ec.europa.eu/.

NP 405:

EUROSTAT – GDP and main components – Current prices [Em linha], atual. 2014. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL: http://epp.eurostat.ec.europa.eu/ >.

NP 405:

EUROSTAT – International trade and foreign direct investment 2013 [Em linha]. Luxembourg : Publications Office of the European Union, 2013. 108 p. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL: http://epp.eurostat.ec.europa.eu/cache/ITY_OFFPUB/ KS-FO-12-001/EN/KS-FO-12-001-EN.PDF >. ISBN 978-9279-27007-9.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2561

Metainformação no Eurostat Poderá obter toda a metainformação usada pelo Eurostat através do servidor RAMON. Poderá aceder a esta ferramenta em “Statistics” > Metadata (lado esquerdo). Para cada indicador ou quadro, o EUROSTAT disponibiliza ainda um conjunto de metainformação (metadata), identificada per um ícone. Aqui pode consultar os seguintes elementos: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

Contact Metadata update Statistical presentation Unit of measure Reference period Institutional mandate Confidentiality Release policy Frequency of dissemination Dissemination format

12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22.

Quality management Relevance Accuracy and reliability Timeliness and punctuality Comparability Coherence Cost and burden Data revision Statistical processing Comment Related Metadata

Em determinados casos, pode encontrar apenas o ícone “Information on the leaf”, onde pode consultar o título do indicador, o código, a data de atualização dos dados e da tabela, o valor e a disponibilidade de anos para o referido indicador. Mais informação em: http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/eurostat Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2484


11

Eurostat: acesso ao conteúdo

No portal do Eurostat, o acesso à informação estatística pode ser efetuado através de: • • • •

Base de dados; Tabelas pré-definidas; Publicações; Recortes de imprensa.

Base de dados Acessível através da “Statistics Database” em “Database by themes” ou em “Statistics” > Tema > “Database”. A base de dados carateriza-se por: • • • • • • •

Disponibilizar informação estatística em “bruto”; Permitir séries longas na maioria dos indicadores; Possuir sistema de navegação em árvore; Adequação para necessidades de informação mais especializadas; Permitir navegar por toda a informação estatística; Disponibilizar mais de 5500 indicadores estatísticos; Permitir a sua personalização.

Tabelas pré-definidas Acessíveis através do ícone “Statistics Database” em “Tables by themes” ou em “Statistics” > Tema > “Main Tables”. As tabelas pré-definidas caraterizam-se por: • • •

• •

Os dados das tabelas não poderem ser alterados; Os gráficos e os mapas poderem ser alterados; Existirem “Main Tables” ao nível de NUTS II (ex.: Population density by NUTS 2 regions (tgs00024); Geralmente abarcarem séries de 10/12 anos; Os indicadores englobarem toda a informação estatística mais relevante presente no Eurostat; Estarem estruturadas de acordo com as grandes diretrizes políticas da EU;

Toda a informação constante nas tabelas pré-definidas poder ser obtida na Base de Dados no entanto, nem toda a informação constante nas bases de dados pode ser encontrada nas tabelas pré-definidas.

Publicações Acessível através do menu superior “Publications”: • • •

Mais de 6000 publicações, sobre as diversas temáticas estatísticas; Publicadas em papel e/ou PDF; Acesso à coleção “pocketbooks” (informação estatística selecionada sobre os diferentes temas).

Recortes de imprensa Acessível na página inicial do Eurostat: • • • •

Informação da data de divulgação do recorte de imprensa; Primeiros dados estatísticos de cada um dos temas; Acesso a PDF com texto, gráficos e dados estatísticos; Informação mais completa do que a que aparece na comunicação social.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2508


a biblioteca informa

OCDE http://www.ocde.org A OCDE – Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico (OECD – Organisation for Economic Co-operation and Development) foi criada em 30 de setembro de 1961 e é atualmente constituída por 34 Estados-Membros, estabelecendo relações frequentes com outros setenta países. Fonte: http://www.oecd.org/about/membersandpartners/ A OCDE produz, trata e disponibiliza informação estatística para as áreas de emprego, educação e bem-estar social, economia, ambiente, finanças, governação e inovação. Para isto, conta também com dados estatísticos provenientes de outras instituições tais como a International Energy Agency (IEA), Nuclear Energy Agency (NEA), OECD Development Centre, PISA-OCDE Programme for International Student Assessment e o International Transport Forum (ITF), entre outras.

Na OECD iLibrary encontra um vasto conjunto de livros, artigos, estatísticas em formato PDF, WEB e XML editados pela organização, nas áreas da economia, sociedade, educação e ambiente. As coleções estão disponíveis desde 1998 para os livros, capítulos de livros, revistas, artigos e working papers e desde 1960 para a informação estatística, em vários formatos de leitura (PDF, XLS, WEB, DATA e EPUB), em várias línguas.

Funcionalidades e metainformação Funcionalidades •

A OECD iLibrary permite a visualização do texto completo dos livros e revistas através do ícone READ , estando o download das publicações reservado às instituições subscritoras. A UA não é subscritora institucional da iLibrary.

A leitura destas publicações está otimizada para dispositivos móveis tais como tablets ou smartphones.

A OECD OECD iLibrary também permite acesso gratuito a OECD Factbook, OECD Working Papers, OECD Key Tables, entre outras.

No portal da OCDE tem possibilidade de subscrever feeds RSS por país ou por tema. Se aceder à OECD iLibrary pode subscrever os feeds RSS por indicadores.

As estatísticas consultadas OECD iLibrary têm DOI (digital Object Identifier) que permite identificá-las inequivocamente.

Para informação mais detalhada sobre a iLibrary, consulte este manual.

A OCDE publica anualmente mais de 250 livros, mantém atualizadas 40 bases de dados estatísticas e disponibiliza milhares de tabelas estatísticas, relatórios técnicos e artigos científicos.

Acesso ao conteúdo A partir do portal Web da OCDE pode aceder à área Statistics onde pode consultar um conjunto selecionado de mais de 460 indicadores principais, visualizar os quadros na Web e efetuar download para formato PDF ou XLS. Para alguns indicadores tem disponível a opção “Get real-time data” que o encaminha para a base de dados OECD.Stat onde pode personalizar a tabela de dados, exportá-la para vários formatos, desenhar gráficos ou guardar a pesquisa (mediante o registo na área pessoal). O OECD.Stat contém cerca de oito biliões de células estatísticas representadas em cerca de 1700 indicadores, que são disponibilizados ao público, na totalidade mediante subscrição (base de dados iLibrary) ou aos dados principais através do portal Web OECD.Stat. Neste portal encontra informação estatística, distribuída por mais de 20 temas, hierarquizados por subtema – quadro – série.

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2524


13

Metainformação No portal Web OECD.Stat, ao visualizar os indicadores tem disponível o ícone i que corresponde à metainformação. Aqui é apresentado, sempre que possível, um conjunto de informações úteis tais como fonte, caraterísticas do indicador, base de dados específica e data de atualização. Esta informação pode ser apresentada ou escondida através do separadopr “Show information” / “Hide information” na margem direita do quadro.

Como referenciar Publicações APA6th: OECD. (2013). Portugal: Reforming the State to promote growth. Paris: OECD. Retrieved from http://www.oecdilibrary.org/docserver/download/0313051e.pdf?expires=1392660782&id=id&accname=ocid49018198a&che cksum=14A3CA99A960C4E0DECA10F962B4F742 NP 405: OECD – Portugal: Reforming the State to promote growth [Em linha]. Paris : OECD, 2013. 80 p. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL: http://www.oecdilibrary.org/docserver/download/0313051e.pdf?expires=1392660782&id=id&accname=ocid49018198a&che cksum=14A3CA99A960C4E0DECA10F962B4F742>. ISBN 978-92-64-20798-1.

Quadros / Tabelas APA6th: OECD. (2014). Current account % of GDP. OECD Statistics (GDP, unemployment, income, population, labour, education, trade, finance, prices…). Retrieved February 17, 2014, from http://stats.oecd.org/. Np 405: OECD – Current account % of GDP [Em linha], atual. 2014. [Consult. 17 feb. 2014]. Disponível em WWW:<URL:http://stats.oecd.org/>. Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2564


a biblioteca informa

Outras fontes de informação estatística Nacionais Em Portugal, a informação estatística é recolhida pelo Instituto Nacional de Estatística, que é o organismo oficial para dados estatísticos nacionais. No entanto, há várias entidades com delegação de competências do INE que produzem informação e enviam-na a este Instituto. Apesar de muita desta informação ser publicada através de indicadores do INE, existem outros indicadores que apenas são disponibilizados nos portais Web destas entidades, cujos endereços apresentamos de seguida. • • • • •

Direção-Geral de Energia e Geologia – Ministério da Economia e do Emprego [DGEG|MEE] Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência – Ministério da Educação e Ciência [DGEEC|MEC] Direção-Geral da Política de Justiça – Ministério da Justiça [DGPJ|MJ] Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos – Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território [DGRM|MAMAOT] Gabinete de Estratégia e Estudos – Ministério da Economia e do Emprego [GEE|MEE]

Internacionais A informação estatística internacional pode ser encontrada em diversas fontes, para além do Eurostat e da OCDE. Essas fontes também contêm outros indicadores que poderão ser muito úteis aos utilizadores, principalmente quando em determinadas áreas muito específicas é necessária informação estatística mais granular. Apresentamos aqui alguns endereços que podem ser úteis. • • • • • • • • • • • • • • • •

European Central Bank Food and Agricultural Organization Industrial Development Organization International Energy Agency International Labour Organization International Monetary Fund International Statistical Institute International Telecommunication Union UNdata UNESCO – United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization UNICEF – United Nations Children’s Fund United Nations World Bank World Health Organization World Tourism Organization World Trade Organization

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2432#sthash.GLMHkHAl.dpuf


inverno 2014 | nº31 informação estatística

a biblioteca informa

Widgets e outras aplicações

Mobile apps • Versão Mobile • EU Economy • Country Profiles

Eurostat O Eurostat disponibiliza um conjunto de aplicações para a Web que facilitam o acesso à informação estatística, tais como: Visualisation tools • Widgets • Statistics Illustrated • Inflation Dashboard • Country Profiles • Business cycle clock (BCC) • Statistical Atlas

Extraction tools • Tables, graphs and maps (TGM) • Data explorer • Extraction tools for automatic download • Other data extraction tool

OCDE • •

OECD Data Lab OECD Better Life Index

Consultar em linha: http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma/?p=2539

a biblioteca informa boletim das bibliotecas da Universidade de Aveiro http://blogs.ua.pt/bibliotecainforma Imagem da capa - http://www.morguefile.com/archive

Área de Recursos Eletrónicos e Apoio ao Utilizador Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia

n31_inverno2014  

Nesta edição do boletim das bibliotecas da Universidade de Aveiro dão-se a conhecer conteúdos, funcionalidades, formas de acesso e de pesqui...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you