Issuu on Google+

Carta Mensal

do Governador

Presidente R.I. John Kenny | Governador Mário Rebelo DISTRITO 1960 | PORTUGAL | Nº 5 | NOVEMBRO’09

www.rotary.pt

Mensagem do Governador

“Muitas vezes se diz melhor calando do que falando em demasia” Pindaro

Caras Companheiras e Caros Companheiros em Rotary, Rotary International recomenda que o mês de Novembro seja dedicado à Rotary Foundation e, ao falar dela teremos necessariamente que recordar Arch Klumph, Presidente em 1917, que doou 26,50 dólares para iniciar o que viria a ser a actual realidade dos nossos dias. Quando em 1928 o fundo atingiu mais de 5 000,00 dólares autonomizou-se dando origem à denominada ­Rotary Foundation, entidade distinta dentro do nosso Movimento. Em 1930 é atribuído o primeiro subsídio de 500 dólares. A grande depressão e a segunda guerra mundial prejudicaram o desenvolvimento da Rotary Foundation que retomou o crescimento a partir de 1947, ano da morte do fundador Paul Harris. Neste ano é criado o programa de bolsas educacionais e no ano rotário de 1965-1966 são criados os Intercâmbios de Grupos de Estudos e os Subsídios Equivalentes. O programa 3 H “Saúde, Fome e Humanidade” foi lançado em 1978 e os Voluntários de Rotary em 1980. A Rotary Foundation lançou no Ano Rotário de 1984-1985, do Presidente Carlos Canseco e do nosso saudoso Governador Jaime Buceta, o programa Polio Plus que tem sido até hoje o maior em que nos encontramos ­envolvidos e cuja erradicação desejamos que se encontre na sua recta final. Conseguimos reduzir nestes ­vinte e cinco anos o número de casos em 99% e o número de países endémicos passaram de 125 para 4. Não poderemos abrandar esta campanha pois a complacência é o nosso maior inimigo e o retroceder da ­doença poderá por em risco o nosso objectivo final. O desafio de angariação de 200 milhões de dólares que Rotary deverá reunir será uma realidade e poderemos afirmar aos nossos parceiros que continuamos a trabalhar com determinação até reunir aquela importância. O nosso Distrito não poderá alhear-se desta nobre missão, contribuindo com a sua quota-parte neste objectivo, sendo criativos e firmes nos projectos de angariação de verbas uma vez que o futuro de Rotary também passa pelas nossas mãos. Aceitem um abraço amigo do,

Mário Rebelo

Governador do D1960 2009-10


rotary internacional Mensagem do Presidente de RI

Caros Companheiros O escritor George Bernard Shaw disse que “a imaginação é o início da criação; você imagina o que quer, deseja o que imagina, e termina por criar o que deseja”. Não faltam pessoas no mundo capazes de imaginar um futuro melhor. Mas no Rotary, não nos limitamos a imaginar o futuro – nós o desejamos e nos empenhamos para criá-lo por meio dos Rotary Clubs e da Fundação Rotária. Ao longo dos anos tive o privilégio de testemunhar os frutos do trabalho feito pelos rotarianos no mundo inteiro com os programas da Fundação. Uma coisa que me impressiona é que esses programas não enfocam apenas a satisfação imediata. Os melhores programas e projetos rotários visam construir o futuro – e tornar a vida melhor para as próximas gerações. Duas décadas atrás fizemos a promessa de eliminar a pólio, algo ambicioso porém realista. E agora, graças à nossa Fundação Rotária, estamos quase lá. Tenho esperança de que com a ajuda da Fundação Bill e Melinda Gates e o Desafio 200 Milhões de Dólares do Rotary, em breve poderemos dizer que a pólio é uma doença do passado. Pois se falharmos agora estaremos decepcionando todos que se esforçaram antes de nós e cada criança a quem fizemos a promessa. Se falharmos, poremos em risco nossa reputação e a reputação de todos os rotarianos do passado. Por isso, não vamos falhar. Podemos e devemos vencer. Eu sei que cada um de vocês reconhece que o Futuro do Rotary está em Suas Mãos – e o futuro da nossa Fundação também.

John Kenny

Presidente do Rotary Internacional, 2009-10

governadoria AV. GAGO COUTINHO E SACADURA CABRAL, 7 R/C | 2005-201 SANTARÉM | Tel. 243 326 139 | Tms. 914 963 350-80 governadoria0910d1960@gmail.com editor MÁRIO REBELO RC SANTARÉM | projecto gráfico Jorge Ferreira RC palmela impressão armazém de papéis do sado, lda. | distribuição Gratuita

2

novemBRo ’09


TEMA DO MÊS

Seminário Distrital da Rotary Foundation Distrito 1960 Ano Rotário 2009/2010

Decorreu no passado sábado dia 21 de Novembro de 2009 no Hotel da Costa da Caparica, com a Organiza­ ção do Rotary Club da Costa da Caparica com início ­pelas 10 horas Seminário Distrital da Rotary Foundation Distrito 1960 Ano Rotário 2009/2010, com a presença dos ­seguintes Clubes: RC Abrantes, Almeirim, Parede­ Carcavelos, Lisboa-Belém, Lisboa-Norte, Lisboa-Lumiar, Odivelas, Cascais-Estoril, Torres Vedras, Santo Tirso, Loulé, Costa da Caparica, Setúbal, Porto de Mós, Lisboa, Rio Maior, Mafra, Portela, Entroncamento, Faro, Algés, ­Almada, Sintra, Montijo, Santarém, Silves, Moita, Azei­ tão, Lisboa-Centennarium e o Rotaract Lisboa-Estrela. O Seminário foi presidido pelo Governador do Distrito 1960 Mário Rebelo. O lema “Pensar Global, Agir Local” foi a matriz de todas as intervenções, O Past-Governador Compº Gonçalves Afonso, Assis­ tente do Coordenador da Rotary Foundation da Zona 13B para os Distritos 1960 e 1970 no Ano Rotário 2009/2010,

salientou e apelou de forma assertiva para a consciência do nosso contributo que deverá ser tido como um ­contra ponto à visão financeira/contributiva para a Rotary Foundation. Foi recordado pelo Past Governador José Manuel Cor­ deiro Presidente da Comissão Distrital Rotary Foun­ dation, os programas – I.G.E., Subsídios Equivalentes, a Polio, Subsídios Humanitários (Saúde, Educação, Comu­ nitário, Hídrico/Saneamento e Produção de Alimentos), bem como a situação financeira da Rotary Foundation. Foi verificado o que é necessário para se realizar um dia de vacinação na Índia, bem como toda a logística envol­ vente. Deixou como referência a máxima “Façamos o que pode­ mos, com o que temos, onde estamos”. Plano de visão de Futuro, Fundo anual de programas, Fun­ do Permanente e a Polio. Existiu também uma chamada de aten­ ção para a marca = Imagem de Marca e a capacidade ou falta dela para ­influenciar: – A respeitabilidade da Rotary Foun­ dation como parceiro e braço de Rotary Internacional, isto porque a Fundação executa os objectivos de Rotary. – A razão de ser da Rotary Foundation – “O primado da paz no Mundo”. Armando Barreira, RC Almeirim, Presi­ dente da Sub-Comissão Polio Plus, acen­ tuou a sua intervenção “Por um mundo livre de Polio para todas as crianças” e a necessidade de os clubes rotários in­ dicarem um delegado para a Polio. Referiu-se aos PIN’S como uma fonte de receita para a entrega de donativos para a campanha da Polio Deixou uma visão: Erradicar a Polio e escutar a máxima GOOD BYE POLIO, THANKS ROTARY. Vasco Lança Rosa, RC Portela, Presidente da Sub-Comis­ são de Subsídios, referiu-se ao I.G.E. onde foi Team Líder efectuando um relato do que foi a participação e dos Subsídios equivalentes. Salientou que a envolvência do Distrito com a Rotary Foundation ao longo destes anos novemBRo ’09

3


tEMA DO MÊS

se eleva ao montante US$ 500.000,00. Reforçou nova­ mente a sua disponibilidade para se deslocar aos Clubes que solicitarem a sua presença a fim de se proceder a ex­ plicações detalhadas de como é que se pode elaborar e candidatar um projecto de subsídios equivalentes. Nuno Ricardo Texier, Intercambio Grupo Estudos, RC Lisboa-Centennarium, salientou a forma inédita como foi efectuado, este Conclusão ano o recrutamen­ to, quer do Team “Criar consciência para e do nosso líder, quer dos par­ contributo à Rotary Foundation, ticipante no I.G.E., porque o futuro do Rotary está em referindo-se tam­ nossas mãos.” bém ao futuro do I.G.E. como meca­ nismo de criação de boas vontades e que contribui para um aumento da compreensão e paz mundial. Referiu ainda a importância das trocas de experiências profissionais, sócio-culturais e educacionais durante um I.G.E. Isabel Flores Alumini/ex-participantes, RC Silves, assen­ tou a sua intervenção na criação da associação Alumini constituída por ex-participantes em Intercâmbios de Grupos de Estudo, na senda do que é recomendado pelo Rotary Internacional. Luís Soares Rodrigues, Bolsas Educacionais, RC San­ tarém, salientou as mais de 40.000 bolsas atribuídas pela Rotary Foundation e apresentou a bolseira da Ro­ tary Foundation que se encontra em Portugal de nome Abigail. A bolseira na sua intervenção agradeceu esta oportunidade oferecida pelo movimento Rotário, mais referindo que o seu distrito também tem como grande preocupação o contributo para a erradicação da Polio. Rita Joana Pedro, Representante Governadoria, do 4

NOVEMBRo ’09

RTC Lisboa-Estrela, teve a sua intervenção sobre os projectos de Subsídios Simplificados aplicados pelos Rotaract’s junto das suas comunidades. António Mendes, Bolsas pela Paz Mundial, RC Almada referiu o porquê da criação pela Rotary Foundation das Bolsas para Paz e apresentou e leu o curriculum da nossa candidata Joana. Por último, Past-Governador José Manuel Cordeiro ­referiu-se às doações – Fundo permanente, polio e fundo anual bem como ao Sistema Share, Além dos Movimen­ tos do FDUC do Distrito versus Contribuições do Distri­ to .Salientou os 11 projectos em Portugal e 13 projectos fora do Distrito. Por último referiu o valor do FDUC a uti­ lizar durante o ano 2009/2010 no montante US $ 37.830. Usou da palavra em Mensagem final Comp.º Past-Gover­ nador Henrique Gomes de Almeida, RC Cascais-Estoril. Terminou o seminário ao fim da tarde após uma jornada de trabalho Rotário com o Governador Mário Rebelo agradecendo a todos a sua participação e apelando que temos de “Sair da Indiferença” companheiros e não com­ panheiros, “Criando a consciência para dar o nosso con­ tributo à Rotary Foundation, porque o futuro do Rotary está em nossas mãos.”


CLUBES

o Governador do Distrito 1960 em Visitas Oficiais Visita Oficial ao Rotary Club Machico-Santa Cruz

Pelas 11 horas do dia 2 de Novembro o ­Governador encontrou-se com o Presi­ dente e alguns membros do clube dirigin­ do-se à sede do Club de Machico. Seguiu­ ‑se o almoço e de tarde o Companheiro Luis Delgado, Provedor da Misericórdia de Machico fez uma visita guiada às ins­ talações que funcionam como Lar de dia, Lar interno, Infantário e Centro Clínico. O Governador congratulou-se com as belís­ simas e funcionais instalações que os utentes desta casa possuem. Às 19horas reunião do Conselho Director alargado seguindo-se o jantar que decorreu de modo agradável com vários companhei­ ros do clube de Machico, Funchal, Porto Santo, Moita e Uxbridge. Foram ainda entregues duas insígnias Paul Harris e ho­ menageado o Profissional do Ano.

Visita Oficial ao Rotary Club do Funchal

A Visita Oficial do Governador ao Rotary Club do Funchal realizou-se no dia 3 de

Novembro. Começou com a reunião do Conselho Director alargado seguindo-se um almoço no Hotel Praia Mar. O governador falou da situação do clube e informou os companheiros que estava ao seu inteiro dispor para esclarecer mais algumas dúvidas que por ventura existis­ sem. Agradeceu aos companheiros Afon­ so Malho e Ana Maria, do Rotary Club da Moita, aos companheiros João Vilela da Mota e Teresa, do Rotary Club de Machi­ co Santa Cruz, e aos companheiros Luis Delgado e Dulce, do Clube de Porto ­Santo, que o acompanharam em todas as visitas aos clubes da Madeira e Porto Santo. Às 16horas terminou o almoço onde estive­ ram presentes, além de elementos do clu­ be, companheiros da Moita, Porto Santo, Machico Santa Cruz e senhoras do Inner Wheel.

Visita Oficial ao Rotary Club de Rio Maior

ros do clube, dez Presidentes de clube, o representante do Presidente da Câmara e o Dr. Calado da Maia, da S­anta Casa da Misericórdia e sócio honorário do clube.

Visita Oficial ao Rotary Club de Portimão

A visita começou com o Conselho Direc­ tor na sede do clube e as senhoras toma­ ram um chá numa Pastelaria da cidade. O jantar que contou com a presença de vários clubes do Algarve e alguns convi­ dados decorreu de um modo muito amis­ toso. O Governador emblemou um novo companheiro e no seu discurso incentivou o clube a realizar alguns projectos e a ad­ mitir mais sócios.

Visita Oficial ao Rotary Club da Praia da Rocha

Dia 5 de Novembro, Visita do Governa­ dor ao Rotary Club de Rio Maior. A tarde ­começou por uma visita guiada à Santa Casa da Misericórdia. Esperavam o Go­ vernador e os companheiros do clube o Dr. Calado da Maia e os restantes Mesá­ rios que depois da visita e de uma troca de lembranças ofereceram um pequeno be­ berete a todos os presentes. Às 17horas foi a visita à Câmara Municipal seguindose a reunião do Conselho Director alarga­ do. O Jantar decorreu da melhor forma e estiveram presentes além de companhei­

A visita do Governador ao Rotary Club da Praia da Rocha começou com uma visita à sede do clube, onde se realizou o Conselho Director alargado. Ao jantar, que decorreu de forma muito agradável e descontraída estiveram presentes ­vários novemBRo ’09

5


cLUBES companheiros dos clubes do Algarve alguns convidados. O Presidente pediu desculpa pela alteração do dia da visita mas afazeres profissionais impediam­ ‑no de estar presente no dia marcado. Falou­ dos projectos que tem em mãos e o ­Governador agradeceu a boa contribui­ ção que têm dado ao seu projecto e pôs­ ‑se à disposição do clube para qualquer coisa de que precisem.

Visita Oficial ao Rotary Club de Tavira

O Governador visitou o Rotary Club de ­Tavira no dia 12 de Novembro. O encontro foi às 14 horas no hotel e iniciou-se com uma visita ao Jardim-de-infância João de Deus, cuja Directora foi uma das profis­ sionais do ano. Mais tarde o Governador e os companheiros do clube foram rece­ bidos pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal. Seguiu-se o Conselho Director na sede do clube e a terminar o jantar ­festivo que contou com a participação dos companheiros do clube, dos Presi­ dentes de Faro, Loulé e Olhão, de compa­ nheiros de clubes do Algarve e de vários convidados.

Visita Oficial ao Rotary Club de Almancil

A Visita oficial do Governador começou às 10.30horas da manhã com o Conselho­ Director e as senhoras foram visitar a casa António Aleixo na Quarteira. O ­almoço festivo contou com a presença de ­todos os companheiros do clube, de ­vários companheiros de clubes do ­Algarve e do estrangeiro. O Governador agradeceu as contribuições que o clube tem dado para a Polio e para as Instituições que apoia no Algarve. Acabaram com uma visita ao 23 de Novembro e começou com uma Lar do Bom Samaritano, instituição que o ­visita a uma Instituição de Solidariedade que o clube apoia. Depois foram recebi­ clube apoia. dos na Câmara pelo Senhor Presidente e Visita Oficial ao Rotary a terminar a tarde o Conselho Director na sede do clube. O jantar foi no Restaurante Club do Montijo “A Lareira” e estiveram presentes Presi­ dentes e Companheiros de vários clubes, o Presidente da Câmara de Caldas da Rainha e alguns convidados. O Governa­ dor relembrou alguns dos companheiros deste clube já falecidos e a acção que eles tiveram em Rotary. Congratulou-se com o trabalho que o clube vem desenvolvendo e salientou o esforço que tem sido feito A Visita Oficial do Governador ao Mon­ por todos os companheiros, deste clube, tijo realizou-se no dia 18 de Novembro. para que o Movimento Rotário tenha a ­Depois da recepção pelos companhei­ ­visibilidade que merece. ros do clube, começou-se com uma ­visita guiada pelo Vereador da Cultura ao ­Museu da Misericórdia de Alcochete seguida de uma visita à colectividade do Barrete Verde também em Alco­chete. Ao fim da tarde reunião do Conselho Direc­ tor alargado, seguindo-se o jantar festivo onde estiveram presentes o represen­ tante do Senhor Presidente da Câmara do Montijo, a Presidente da Junta de Fre­ guesia de Alcochete, um companheiro Lion, Presidentes e representantes de ­vários clubes do Distrito. O jantar decor­ reu de um modo muito afável e o Gover­ nador elogiou o clube pelas actividades que tem desenvolvido e incentivou os companheiros a continuarem, terminou depois da habitual troca de prendas.

Visita Oficial ao Rotary Club de Caldas da Rainha

A Visita Oficial do Governador foi no dia 6

novemBRo ’09

Visita Oficial ao Rotary Club de Lisboa

Dia 24 de Novembro, visita oficial do ­Governador ao Rotary Club de Lisboa. Pelas 15 horas iniciaram a visita ao Centro Helen Keller e ao horto pedagógico que faz parte deste Centro. Depois reunião do Conselho Director alargado na sede do clube. À noite jantar no Hotel Tivoli com a presença de companheiros do clube, de Past Governadores, do Governador ­Eleito e de membros de outros clubes e convi­


NOTÍCIAS DO DISTRITO dados. Decorreu de modo muito afável e o Governador salientou a obra do Centro que visitou e o apoio que os companhei­ ros têm dado. Terminou com a troca de lembranças e com o reconhecimento do Governador perante a antiguidade do ­clube, o Clube mais antigo de Portugal e clube padrinho do mais antigo Rotary Club de Madrid.

Visita Oficial ao Rotary Club de Portalegre

A visita ao Rotary Clube de Portalegre­ realizou-se no dia 26 de Novembro. O ­encontro começou por uma visita à ­Câmara Municipal onde o Governador e os companheiros do clube foram recebi­ dos pelo Senhor Presidente da Autarquia. Mais houve a reunião do Conselho Direc­ tor alargado e a terminar o jantar festi­ vo onde estiveram presentes o Senhor Presidente da Câmara, companheiros do Clube, companheiros dos clubes de Abrantes, Castelo Branco, Évora, Badajoz e Cáceres, além de vários convidados. O Governador depois de ter emblemado dois companheiros falou do seu envolvi­ mento no Projecto Inrot 6 e cumprimen­ tou o companheiro Fernando, do Rotary de Cáceres e Presidente 2009-2010 do Inrot 6. Agradeceu aos companheiros do clube o esforço que têm feito para levar por diante os seus projectos e incentivou­ ‑os a mais iniciativas.

Visita Oficial ao Rotary Club de Azeitão

Dia 30 de Novembro – Rotary Club de Azeitão. Depois da recepção ao Governador se­ guiu-se uma visita à Junta de Freguesia de

S. Simão, à Junta de Freguesia de S. Lou­ renço e à AURPIA – lar de idosos em Azei­ tão. Mais tarde o Conselho Director alar­ gado e o jantar festivo onde estiveram os Presidentes das duas Juntas de Fregue­

calendário DE visitas Oficiais Dezembro’09 10

RC Amadora

14

RC Lisboa-Lumiar

15

RC Portela

17

RC Peniche

Janeiro’10 5

RC Castelo Branco

7

RC Estremoz

9

RC Porto de Mós

12

RC Lagos

13

RC Lagoa

14

RC Olhão

18

RC Loures

19

RC Palmela

20

RC Entroncamento

25

RC Almeirim

26

RC Setúbal-Sado

27

RC Lisboa-Centennarium

28

RC Seixal

sia, companheiros do clube, companhei­ ros de outros clubes e convidados. Fez-se uma homenagem a um profissional e o Governador falou dos seus projectos e aproveitou para agradecer ao Presiden­ te da Junta de S. Simão a sua disponibili­ dade para fazer uma parceria de modo a tornar a Universidade da Terceira Idade, em Azeitão, uma realidade. A terminar o Governador pôs-se à disposição do clube para qualquer esclarecimento, agradeceu a presença de todos e depois da habitual troca de prendas despediu-se com votos de um Feliz Natal.

Alterações ao Guia Distrital [PÁGINA 32]

Juventude/Novas Gerações Presidente e Coordenador do Ryla: João Frutuoso Inglês, Rotary Club de Sintra; Rotaract, Interact e Rotakid: Vitor Manuel R. S. P. Sampaio e Melo, Rota­ ry Club de Lisboa-Centro; Serviços Pró-Juventude: Mário Au­ gusto C. H. Rebelo, ­Rotary Club de Santarém. [PÁGINA 33]

Doações Anuais Nuno Ricardo V. Caetano Texier, ­Rotary Club de Lisboa-Centenna­ rium; Jacinto José Botelho Baeta, Rotary Club de Sintra; Maria José Carvalho Afonso Gil, ­Rotary Club de Portela. trital Guia Dis 2009-10

TUGAL 0 | POR

TO 196 DISTRI

nte R.I

Preside

nny

John Ke

r

do Governa

belo

Mário Re

novemBRo ’09

7


notícias do distrito

O Rotary Club de Porto de Mós Realizou a sua primeira Homenagem de Reconhecimento Profissional ao Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, que contou com a presença do Governador Companheiro Mário Rebelo e sua esposa O Rotary Club de Porto de Mós, ­refundado em 24 de Abril passado, ­homenageou no dia 22 de Novembro a personalidade que mais marcou Porto­ de Mós nas primeiras décadas da se­ gunda metade do século passado: o Dr Manuel de Oliveira Perpétua, funda­ dor, na década de cinquenta, do Colé­ gio de Porto de Mós e do extinto mas primeiro Rotary Club de ­Porto de Mós. Além do homem, do humanista e do ­pedagogo, de grandes méritos pessoal e profissional, o Rotary Clube de Porto de Mós homenageou ainda a persona­ lidade ímpar que dedicou grande parte da sua vida ao movimento Rotário. A esta festa, que contou com a presença do Governador Companheiro Mário Rebelo e esposa, associaram-se perto de uma centena de pessoas: antigos alunos e professores do então Colé­ gio de Porto de Mós e companheiros do Clube anfitrião e dos clubes de ­Alcobaça, Benedita, Caldas da Rainha, ­Fátima, Lisboa-Belém e Peniche. Porque em primeiro os primeiros, o

primeiro homenageado pelo novo Ro­ tary Club de Porto de Mós não ­poderia ­deixar de ser o Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, um homem que Porto de Mós, não só, não poderá ­esquecer como nunca se cansar de homenagear. A homenagem começou e mantevese em permanente ambiente de fes­ ta, com a recepção ao homenageado a ser feita pela Tuna Académica da ­Escola Superior de Saúde, do Insti­ tuto Politécnico de Leiria, seguindo­ ‑se a sessão de apresentação do homenageado e a convencional ceri­ mónia rotária. Depois, um almoço que se prolongou tarde fora, entrecortado por diversas intervenções dando con­ ta dos imensos méritos e da enorme admiração pela figura incontornável do Dr. Manuel Perpétua, a par de duas belíssimas sessões de canto lírico. A Presidente do ­Rotary Club de Porto de Mós, salientou na ocasião a impor­ tância da obra de Oliveira Perpétua e o seu exemplo de companheirismo e de solidariedade.

ANTÓNIO VITAL FERNANDES FAIA Coronel de Cavalaria, nas­ ceu em Vila de Frades, Vidi­ gueira, a 28 de Maio de 1939, casado com Maria Clara Pa­ radela de Oliveira Fernandes Faia, teve duas filhas e três netos e residia em Santarém desde 1974. No Colégio Militar, na Escola do Exército e na Academia Militar efectuou a sua formação académica. No período de 1961 a 2003 serviu como militar e desempenhou várias comissões de serviço nos diferentes territórios de expressão portu­ guesa. Obteve várias condecorações e louvores no desempenho da sua actividade profissional. Ingressou como sócio do Rotary Club de San­ tarém em 1995 tendo desempenhado vários cargos: como Presidente no Ano Rotário 19981999 e como assistente do governador no ano seguinte. Sempre assíduo nas reuniões do Clube mesmo quando a doença o afligia falou sempre nela desapaixonadamente e sem revolta. Faleceu entre Companheiros e Amigos na ­tarde do dia 18 de Outubro de 2009 e esteja onde estiver sempre honrará o lema principal do nosso movimento.

Hotel Golf Mar

64ª Conferência Distrital Vimeiro | Porto Novo | Maceira 20 a 23 de Maio de 2010

«Rotary e as Novas Gerações» Governador 2009-10

Mário Rebelo

DISTRITO 1960 | PORTUGAL OrganizaçãO

Rotary Club de Torres Vedras

8

novemBRo ’09


CARTA Distrito 1960 - NOVEMBRO de 2009 -nº5