Issuu on Google+

BIBLIOTECA IPAM | Março, 2014

Entrevista SÍLVIA BANDEIRA

Formadora e consultora para área de marketing e comercial, em empresas de diversos setores. Co-autora do Dicionário de Marketing das Edições IPAM. Docente do IPAM - The Marketing School. Especialista na área de investigação do perfil e comportamento do consumidor ecologicamente consciente.


Março de 2014

Biblioteca IPAM (BIPAM): De forma sucinta, como pode ser definido o Marketing Verde? SĂ­lvia Bandeira (S.B.): Marketing verde e a gestao holĂ­stica dos processos responsaveis por identificar, antecipar e satisfazer as necessidades dos clientes e da sociedade de forma sustentavel.

R A

T E K

M 2

G IN

R E V

E D


BIPAM: Para si, quais são os principais vetores que uma empresa deve ter em conta na adoção de uma estratégia focada no Marketing Verde? S.B.: Considero que os principais vetores de uma estrategia focalizada no Marketing verde, sao os ambientais, sociais e financeiros. No vetor ambiental temos a necessidade de gerir os recursos a longo prazo, resultantes da escassez dos mesmos e das alteraçoes climaticas que estao muitas vezes associadas as catastrofes ambientais. Ao nível humano, valorizar as capacidades pessoais e o Know-how, envolvendo cada vez mais os colaboradores no processo de tomada de decisao, dando-lhes autonomia de atribuindo-lhes um papel fundamental na capacidade de renovaçao da organizaçao. De realçar tambem o papel da empresa no seu meio social, ou seja, a sua abertura a escolas, instituiçoes e outros grupos de interesse na sociedade, que facilitam a sua integraçao e favorecem opinioes positivas. No que se refere ao vetor financeiro a adoçao de uma estrategia de Marketing Verde, permite que a empresa identifique as ineficiencias e as capacidades internas, permitindo assim uma melhor gestao dos recursos financeiros da empresa. Pode muitas vezes e a curto prazo diminuir os custos e aumentar a proposta de valor. Por exemplo os custos operacionais poderao ser otimizados recorrendo a (1) reduçao de perdas e resíduos, (2) aumento da taxa de utilizaçao dos recursos e eficiencias, (3) elaboraçao de processos mais faceis de apreender e mais eficientes, (4) desenvolvimento de novos produtos e processos.

3


Março de 2014

BIPAM: Qual o impacto desta estratégia nas empresas? S.B.: Com uma estrategia de Marketing Verde, a empresa melhora a sua imagem institucional e garante o lucro, ou seja, vende os seus produtos e protege o meio ambiente. A empresa consegue conjugar a necessidade de rever o seu processo produtivo aplicando novas tecnologias, usando materias-primas menos poluentes, reciclando materiais, planificando devidamente os produtos, recuperando e reciclando detritos do consumo e da industria. © moodboard/Corbis

BIPAM: O consumidor está cada vez mais exigente no momento de escolher o produto/serviço. É possível determinar que a consciência ecológica dos consumidores se reflete no comportamento de compra, ou isso não se verifica? S.B.: Existe uma forte relaçao entre a consciencia ecologica do consumidor e a intençao de compra. Ou seja, estes consumidores estao dispostos a comprar “produtos amigos do ambiente”. Considero que estamos numa nova Era, em que os consumidores que estao no perfil de consciencia ecologica elevada, tendem a melhorar as suas atitudes e comportamentos no sentido de atuarem de acordo com as suas crenças, disponibilizando-se para a compra de produtos verdes. 4


BIPAM: As preocupações ambientais estão cada vez mais na ordem do dia. Dos estudos já realizados, é possível determinar se o consumidor português é ecologicamente responsável? Qual o seu perfil? S.B.: Dos estudos que existem em Portugal os resultados indicam que a maioria dos inquiridos revela um comportamento ecologicamente consciente elevado. Quando observamos o perfil do consumidor ecologicamente responsavel sao do sexo masculino e feminino, jovem, com habilitaçoes literarias ao nível do ensino secundario e superior e com rendimentos medio-altos, sendo definidos como indivíduos que procuram consumir apenas os produtos que causem o menor – ou nao exerçam nenhum – impacto ao meio ambiente. © Colin Anderson/Blend Images/Corbis

5


Março de 2014

BIPAM: Que fatores podem influenciar o processo de decisão de compra do consumidor verde? S.B.: Os chamados consumidores verdes, quando selecionam as suas compras, consideram a qualidade, preço, e o facto de o produto ser ambientalmente correto. Para este consumidor o produto nao pode ser prejudicial ao ambiente em nenhuma etapa do seu ciclo de vida, pois ele associa o simples ato de compra a uma atitude de deterioraçao ou preservaçao do ambiente. Podemos referenciar a título de exemplo alguns fatores como, se o produto representa um risco para a sua saude ou dos outros; se prejudicam o ambiente durante a sua produçao, utilizaçao; se consomem muita energia, se tem excesso de embalagem, ou se e uma embalagem descartavel, se utilizam especies ameaçadas nas suas experiencias, entre outros. Este consumidor analisa antes da compra os benefícios e os malefícios que provocam ao ambiente ao comprar determinado produto. © Daniel Koebe/Corbis

6


NOTAS

5 7


Conheça a Estante Virtual IPAM, o Blog da Biblioteca IPAM! Biblioteca-ipam.blogspot.com

Goste de nós no Facebook! facebook.com/bibliotecaipam

Siga-nos no Twitter! twitter.com/bibliotecaIPAM

Tenha acesso a esta e outras entrevistas no Issuu! issuu.com/bibliotecaipam Consulte o nosso catálogo bibliográfico biblioteca.ipam.pt Visite-nos e fique a par de recursos e fontes de informação importantes para o seu percurso académico.

8


Entrevista exclusiva com Sílvia Bandeira