Page 1

Português

Diálogos sobre politica educativa

INGLÊS PARA O FUTURO


Índice

Pag 1

Boas-vindas do British Council

Pag 2

Boas-Vindas Da Ministra da Educação Nacional

Pag 3

Diálogos De Políticas “Inglês Para O Futuro” 2012, 2013, 2014

Pag 4

Diálogos De Políticas “Inglês Para O Futuro” Cartagena, 1-3 De Outubro De 2012

Pag 6

Agenda Geral

Pag 10

Oradores Principais

Pag 11

Oradores Das Sessões Plenárias

Pag 13

Moderadores

Pag 16

Oradores

Pag 25

Diretório de Palestrantes


Boas-vindas DO BRITISH COUNCIL

Queremos dar-lhes as mais calorosas boas-vindas à formosa e histórica cidade de Cartagena de Indias. É um grande prazer apresentar-lhes os Diálogos de Políticas, uma série de três eventos planejados para prover um foro para a discussão de oportunidades, desafios e opções que enfrentam as pessoas responsáveis pela definição de políticas e os educadores na área do ensino do inglês na região. Por meio de estes diálogos, o British Council – em associação com pessoas e organizações chaves – tem como objetivo propiciar uma compreensão comum dos assuntos que enfrentam as pessoas responsáveis pela definição de políticas e os educadores na região e achar possíveis soluções. As interações que vão se realizar entre os eventos explorarão o papel do inglês como uma ferramenta internacional de comunicação e como um instrumento para uma transformação social positiva – em outras palavras, o inglês como meio para unir pessoas e mudar as vidas para melhor. Através da apresentação das melhores práticas de diferentes países, discussões com acadêmicos experimentados e diálogos entre colegas, esperamos gerar uma rede pan-regional de educadores de inglês, pessoas responsáveis pela definição de políticas e pessoas influentes que possam apoiar-se mutuamente – pessoas chaves das instituições públicas e privadas que vão tomar ou influenciar decisões sobre as políticas de inglês, decisões que podem afetar as vidas de milhões de pessoas no continente no século XXI.

Welcome

Este evento de abertura – “Inglês para o Futuro” – é o primeiro de uma série de conferências similares realizadas pelo British Council na América Latina. O evento inclui três temas duma grande relevância na região e no mundo: o Inglês e as Novas Tecnologias; o Inglês e a Educação dos Professores; e o Inglês nos Primeiros Anos. O evento tem sido concebido e organizado dentro do contexto de nossa associação de muitos anos com o Ministério Nacional de Educação da Colômbia, com quem estamos imensamente agradecidos por toda a ajuda, apoio e orientação - sem esta inestimável associação, nós tivéssemos desfalecido diante do primeiro obstáculo. Outros diálogos sobre políticas vão ser realizados no futuro no Brasil, no ano 2013, e na Argentina, no ano 2014. Nós o convidamos a ter um papel ativo nesta rede para nos ajudar a planejar os eventos dos anos 2013 e 2014. Esperamos que você desfrute da conferência.

1

Chris Rawlings

Peter Brown

Diretor British Council Colômbia

Diretor Regional de Inglês British Council América


Boas-vindas DA MINISTRA DA EDUCAÇÃO NACIONAL

Em nome do Governo Nacional da Colômbia e do Ministério da Educação Nacional, para mim é muito grato contar com sua participação nesta primeira versão dos Diálogos sobre política educacional“Inglês para o futuro”. Nesta sociedade a cada vez mais interconectada e globalizada onde vivemos hoje seria impensável não reconhecer que o ensino de uma segunda língua, e do idioma inglês particularmente, é uma ferramenta fundamental para uma melhor comunicação e relacionamento de nossos estudantes com o mundo, e para aumentar suas oportunidades de crescimento profissional e pessoal, uma melhor inserção no mundo laboral, dentre muitas outras coisas. Na Colômbia, partimos com uma vantagem visto que a Constituição Política de 1991 reconhece que a Colômbia é um país multilíngue e pluricultural e daí, dessa riqueza, cria-se uma base sólida para afrontar os desafios da globalização. Contudo, isso não é suficiente e desde o Ministério estamos engajados a trabalhar para a massificação do ensino e aprendizado de um segundo idioma, pois estamos convencidos de que os estudantes bilíngues ou multilíngues estão melhor posicionados para fazer face às novas exigências deste mundo a cada vez mais interdependente. O palco está já preparado, ademais, pelo crescimento exponencial das novas tecnologias e as enormes possibilidades que oferece a atual rede de comunicações que faz com que as fronteiras fiquem cada vez mais difusas. Nossa intenção de reunir aqui a todos aqueles que decidem e formulam políticas sobre esta questão é gerar espaços de reflexão sobre a importância do aprendizado e ensino do inglês – um idioma que é língua oficial, no mínimo, em 37 países atualmente – e sobre o papel do Estado nessa missão, que procurar gerar melhores oportunidades para nossos cidadãos, melhorar nossas inserção na economia global, contribuir para o desenvolvimento pessoal e profissional dos colombianos e, desta forma, reduzir as diferenças de desigualdade, um dos objetivos principais que o Governo tem colocado no Plano Nacional de Desenvolvimento. A Colômbia avança em seu processo de globalização com a subscrição de vários TLC, incluindo um com os Estados Unidos, por tanto, o bilinguismo se torna uma necessidade para sermos mais competitivos e tirar mais proveito das vantagens desses novos mercados. Por isso, além de compartilhar experiências com vocês, hoje vimos criar uma rede de análise e de ações concretas que nos obriguem a assumir compromissos para que o país seja cada vez mais forte no aprendizado e ensino desta língua estrangeira. Assim sendo, é um prazer para mim dar-lhes as boas-vindas a este grande evento e agradecer sua participação e desejar-lhes umas sessões muito produtivas.

Policy Dialogues

ENGLISH FOR THE FUTURE María Fernanda Campo Saavedra Ministra da Educação Nacional

2


Diálogos DE POLÍTICAS “INGLÊS PARA O FUTURO” 2012, 2013, 2014

Diálogos de Políticas do British Council:

Cartagena de Indias, Colômbia

O objetivo dos diálogos de políticas do British Council é prover um foro para a discussão de oportunidades, desafios e opções que enfrentam as pessoas responsáveis pela definição de políticas e os educadores na área do ensino da língua inglesa na América Latina. Objetivos gerais: • Entender melhor os assuntos comuns que enfrentam as pessoas responsáveis pela definição de políticas e os educadores da região e propor soluções. • Explorar o papel da língua inglesa como ferramenta para uma transformação social positiva. • Gerar uma rede pan-regional de educadores de inglês, pessoas responsáveis pela definição de políticas e pessoas influentes, que possam apoiar-se mutuamente.

Buenos Aires, Argentina

Assistentes Pessoas de alto nível responsáveis pela definição de políticas e pertencentes a autoridades federais/estaduais, ministérios/educação local na América Latina; e outras partes interessadas pertencentes a instituições públicas e privadas envolvidas no planejamento e implementação de políticas do ensino de inglês. Eventos: Foros anuais em diferentes países do continente.

Río de Janeiro, Brasil

3


Diálogos DE POLÍTICAS CARTAGENA DE INDIAS 2012 – INGLÊS PARA O FUTURO

Cartagena de Indias, Colômbia Temas e Tópicos Principais Inglês e as Novas Tecnologias •A transformação da aprendizagem •Desenvolvimento dos professores •Próximos passos Inglês e a Educação de Professores •Educação inicial dos professores •Desenvolvimento profissional contínuo •Impacto e sustentabilidade Inglês nos Primeiros Anos •Estudantes •Professores •Modelos

4


AGENDA

AGENDA AGENDA


Agenda Geral

O comitê organizador dos Diálogos de Políticas "Inglês para o Futuro" Cartagena 2012 tem o prazer de apresentar o programa da conferência. No primeiro dia, os participantes terão a oportunidade de examinar as perspectivas globais para a educação e o inglês no futuro (Charles Fadel e David Graddol) e poderão conhecer a experiência colombiana em particular. Os participantes também poderão discutir assuntos importantes relacionados aos três temas principais: o Inglês e a Educação dos Professores, o Inglês e as Novas Tecnologias, e o Inglês nos Primeiros Anos. Ao final do dia, os participantes examinarão como o British Council tem ajudado aos sistemas de educação nacional ao redor do mundo a melhorar o ensino do inglês (John Knagg - Ordem do Império Britânico). No segundo dia, você poderá participar num diálogo sobre as experiências do programa “O Inglês Abre Portas” de Chile (Isabel Gonzalez) e Costa Rica Multilíngue (Horacio Álvarez). Duas sessões plenárias principais dirigidas por Michael Carrier e Simon Borg vão nos inspirar para os diálogos temáticos no segundo e terceiro dia. No jantar, James Shipton vai nos apresentar APTIS, que foi lançado recentemente pelo British Council, e os participantes poderão se encontrar com velhos amigos e fazer relações num ambiente mais relaxado. No último dia do evento, Paul Woods, Simon Borg, Janet Enever, e Michael Carrier vão fazer mais um diálogo interessante, seguido pela conferência principal de Janet e os últimos diálogos paralelos. O diálogo final está a cargo de Mónica López e Hugo Ñopo em representação de duas organizações internacionais chaves de influência regional, e será moderado por John Knagg. Algumas conclusões gerais e reflexões de encerramento para o evento de diálogos de políticas 2013 serão resumidas. Para os representantes dos ministérios de educação tem duas atividades paralelas adicionais: uma oficina sobre desafios comuns que enfrentam os governos de diferentes países (moderada por Charles Fadel no primeiro dia) e uma visita à escola pública Bertha Gedeon acompanhada pelas autoridades locais de educação e moderada por Paul Woods. Nós apreciamos muito as contribuições que vocês fazem ao programa e esperamos gerar uma rede pan-regional de educadores de inglês, pessoas responsáveis pela definição de políticas e pessoas influentes.

6


7:30

AGENDA - DÍA 1 (SEGUNDA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2012)

Saída dos hotéis nos ônibus

8:00 – 8:30 Registro (Local: Hotel Santa Teresa)

8:30 – 9:30

8:30 – 9:30

Cerimônia de abertura (Local: Hotel Santa Teresa)

Discursos de: - María Fernanda Campo Saavedra, Ministra de Educação da Colômbia - Campo Elías Terán Dix, Prefeito de Cartagena - Embaixador do Reino Unido, John Dew - Christopher Wade, Diretor Regional - British Council Américas Mestre-de-cerimônias: : Michael Carrier (British Council, Reino Unido)

9:30 –10:30 Sessão Plenária: Educação no Futuro: Habilidades para o Século XXI (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: Charles Fadel (Estados Unidos)

10:30 – 10:50

Intervalo para café (Local: Hotel Santa Teresa)

11:00 – 12:00 Sessão Plenária: Inglês no Futuro (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: David Graddol (Reino Unido)

12:00 – 12:45 Diálogo: “Educação e Inglês no Futuro” (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: Charles Fadel – David Graddol Moderador: Michael Carrier (British Council, Reino Unido)

13:00 – 14:00

Intervalo para refeição (Local: Hotel Santa Teresa)

14:15 – 15:15 OFICINAS INICIAIS (Local: Museu Naval) O Inglês e as Novas Tecnologias: Assuntos e Perguntas Moderador: Thomas Connelly (British Council Chile)

15:20– 15:40

O Inglês e a Educação dos Professores: Assuntos e Perguntas Moderador: Mark Gregson (British Council Venezuela)

O Inglês nos Primeiros Anos: Oficina sobre Desafios Comuns na Política Pública de ELT Assuntos e Perguntas Representantes dos ministérios Moderador: Laura Pérez (Só com convite) (British Council Cuba) Moderador: Charles Fadel (Estados Unidos)

Intervalo para café (Local: Hotel Santa Teresa)

15:45-16:30 Como Melhorar o Ensino do Inglês nos Sistemas de Educação Nacional do Mundo: A experiência do British Council (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: John Knagg (Ordem do Império Britânico) (British Council, Reino Unido)

16:30 – 17:30 O Inglês nas Políticas Públicas: A Experiência Colombiana (Local: Hotel Santa Teresa) Diálogo: Política de Inglês 2010 – 2014 Oradores: Natalia Ruiz, Vice-Ministra Encarregada da Educação Superior, Colômbia

7


7:30

AGENDA - DÍA 2 (TERÇA-FEIRA, 2 DE OUTUBRO DE 2012)

Saída dos hotéis nos ônibus

8:15 – 9:00

Reflexões do Primeiro Dia (Local: Hotel Santa Teresa) Diálogo:

Isabel González (Ministra de Educação do Chile – Programa “O Inglês Abre Portas”) Horacio Álvarez (Banco de Desenvolvimento Interamericano - Costa Rica / República Dominicana)

Moderador: Chris Rawlings (Director British Council Colômbia)

09:15 – 10:15 Sessão Plenária: o Inglês e as Novas Tecnologias Sessão Plenária: Michael Carrier (British Council, Reino Unido) (Local: Hotel Santa Teresa)

10:15 – 10:35

Representantes dos ministérios saem para a visita da escola

Intervalo para café (Local: Hotel Santa Teresa)

10:35 – 12:35 DIÁLOGOS (Local: Museu Naval) O inglês e as Novas Tecnologias: A Transformação da Aprendizagem Moderador: Michael Houten (British Council Brasil)

O inglês e a Educação dos O inglês nos Primeiros Anos: Professores: Estudantes Educação Inicial dos Professores

Moderador: Pilar Aramayo / Kate Harris (British Council México) Oradores: Gavin Dudeney Oradores: Ministério da (Reino Unido) Educação Juan Carlos Garavito (Colômbia) (Colômbia) Dolores Corona Felipe Bracho (Cuba) (México) Lucía Quiroga (Argentina)

12:35 – 14:00

Visita à Escola A utilização das novas tecnologias nas escolas públicas Moderador: Claudia Ferradas Escola Bertha Gedeón de Baladi: Visita à escola (British Council, Argentina) Diálogo: O Futuro do Inglês nas Escolas Públicas Oradores: Carmen Muñoz (Espanha) Moderator: Paul Woods Leonor Corradi (British Council (Argentina) Argentina) Edwiges Rego Oradores: Ministério da Educação (Brasil) (Colômbia)

Intervalo para refeição (Local: Hotel Santa Teresa)

14:00 – 15:00 Sessão Plenária: O Inglês e a Educação dos Professores Sessão Plenária: Por Professor Simon Borg (Universidade de Leeds, Reino Unido) (Local: Hotel Santa Teresa)

15:00 – 15:20

Intervalo para café (Local: Hotel Santa Teresa)

15:30 – 17:30

DIÁLOGOS (Local: Museu Naval)

O Inglês e as Novas Tecnologias: Desenvolvimento dos Professores Moderador: Michael Houten (British Council, Brasil) Oradores: Mariel Armez (Argentina) Miguel Mendoza (Venezuela)

8

O Inglês e a Educação dos Professores: Desenvolvimento Profissional Contínuo

O Inglês nos Primeiros Anos: Professores

Moderador: Kate Harris (British Council, México) Oradores: Nayibe Rosado (Colômbia) Isabel González (Chile) Claudia Aratangy (Brasil)

Moderador: Claudia Ferradas (British Council, Argentina) Oradores: María Lucía Casas (Colômbia) Cristina Banfi (Argentina) Higinio Ordoñez (México)


7:30

AGENDA - DÍA 3 (QUARTA-FEIRA, 3 DE OUTUBRO DE 2012)

Saída dos hotéis nos ônibus

08:00 – 08:40

Reflexões do Segundo Dia (Local: Hotel Santa Teresa) Diálogo:

- Janet Enever (Suécia) - Simon Borg (Reino Unido) - Michael Carrier (British Council, Reino Unido)

Moderador: Paul Woods (British Council, Argentina)

08:40 – 9:40

Sessão Plenária sobre o Inglês nos Primeiros Anos Sessão Plenária : Professor Janet Enever (Universidade de Umeå, Suécia) (Local: Hotel Santa Teresa)

9.40 – 10:00

Intervalo para café (Local: Hotel Santa Teresa)

10:00 – 11:50 DIÁLOGOS (Local: Museu Naval) O Inglês e as Novas Tecnologias: Próximos Passos

O Inglês e a Educação dos Professores: Impacto e Sustentabilidade

O Inglês nos Primeiros Anos: Modelos

Moderador: Michael Houten (British Council, Brasil)

Moderador: Pilar Aramayo (British Council, México)

Moderador: Claudia Ferradas (British Council, Argentina)

Oradores: Paul Woods (British Council Argentina) Horacio Álvarez (República Dominicana / Costa Rica) Katharine Yasin (Estados Unidos)

Oradores: Juan Ramón Nieto (México) Carmen Moreira (Brasil) Rosa López de D’Amico (Venezuela)

Oradores: Janet Enever (Suécia) Teresa Reilly (Espanha)

11:50 – 12:40 Diálogo de Encerramento (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: -Mónica López (Convênio Andrés Bello) -Hugo Ñopo (Banco de Desenvolvimento Interamericano, Colômbia) Moderador: John Knagg, Ordem do Império Britânico (British Council, Reino Unido)

12:40 – 01:15 Apresentação da rede Reflexões finais do British Council (Local: Hotel Santa Teresa) Oradores: Peter Brown (Venezuela), Eric Klug (Brasil)

9


Oradores PRINCIPAIS

Charles Fadel coautor de “21st Century Skills: Learning for Life in Our Times” (Habilidades para o Século XXI: Aprender para a Vida em Nosso Tempo) é líder global em educação em Cisco Systems e representa a Cisco na junta diretiva de Partnership for 21st Century Skills (Sociedade para as Habilidades do Século XXI) para Cisco. Ele é convidado pela Escola de Educação de Harvard para fazer palestras para os estudantes, e por Wharton/UPenn para dar conferências. Ele também é vice-presidente do comitê de educação de Business and Industry Advisory Committee (BIAC - Comitê Consultivo de Negócios e Industria) para Organisation for Economic Co-operation and Development (OECD - Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). Na sessão plenária “Educação no Futuro: Habilidades para o Século XXI”, Fadel apresentará um marco para definir um novo enfoque para a educação que permita preparar às crianças para as competências necessárias para ter sucesso hoje.

David Graddol

David Graddol é um lingüista britânico que tem trabalhado em lingüística aplicada, análise do discurso, sociolingüística e história da lingüística. Ele é conhecido pelo livro que escreveu em 1997, “The future of English?” (O Futuro do Inglês), publicado pelo British Council. No livro, ele mostra diferentes panoramas sobre como o inglês pode se desenvolver como língua mundial. Um assunto importante que ele destaca no livro é que as pessoas que falam inglês como primeira língua são ou serão em breve excedidos em número pelas pessoas que falam inglês como segunda língua ou língua estrangeira. Na sessão plenária “English for the Future” (Inglês para o Futuro) ele vai explicar os desafios particulares que a comunidade do ensino de inglês e as pessoas responsáveis pela definição de políticas enfrentam no novo século.

10

Charles Fadel


Sessões Plenárias SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “INGLÊS E AS NOVAS TECNOLOGIAS” British Council, Reino Unido

Mr. Michael Carrier

Michael Carrier é diretor de inovação de língua inglesa no British Council em Londres. Ele tem trabalhado no ELT durante mais de 30 anos como professor, instrutor, autor, diretor de escolas y diretor de redes. Ele trabalhou na Alemanha, Itália, Polônia, Reino Unido e Estados Unidos, e fiz palestras em muitos países do mundo. Anteriormente ele foi o diretor executivo de Euro Centres em Washington D.C. e até o ano 2008 foi o presidente da rede de escolas de International House World no mundo. Ele é o autor de muitos livros de ensino do inglês e de habilidades do inglês, como as séries Break into English e Front Page, Business Circles, Intermediate Writing Skills e Spotlight Readers. O campo de interesse especial de Carrier é o e-learning e a aplicação da tecnologia no ensino das línguas. Ele é o editor da seção de tecnologia da publicação Modern English Teacher (MET), e recentemente foi professor associado em New School University, Nova Iorque.Atualmente é assessor especial no conselho da organização EAQUALS e anteriormente era diretor do comitê de marketing. Ele também é membro do conselho de English Language Teaching Journal (ELTJ, de OUP) e da publicação Language Teaching de CUP. Ele é membro da Royal Society of Arts, do Institute of Directors (IOD) e da Society of Authors de Londrês.

SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “O INGLÊS E A EDUCAÇÃO DOS PROFESSORES”

Simon Borg é professor de TESOL na Escola de Educação da Universidade de Leeds. Ele tem trabalhado em TESOL durante 24 anos, como professor, instrutor de professores, conferencista, supervisor, examinador, consultor e investigador em muitos contextos do ensino de línguas no mundo. As áreas chaves de investigação e atividade profissional de Borg em lingüística aplicada e TESOL são a cognição dos professores, a educação dos professores, o desenvolvimento profissional, a investigação sobre os professores e a instrução nos métodos de investigação. Ele tem publicado muitos artigos e é convidado com regularidade a colaborar em conferências, projetos e oficinas internacionais relacionadas com estes temas. No site http://www.education.leeds.ac.uk/people/staff/academic/bo rg/ tem informação completa sobre o trabalho e as publicações de Borg.Simon.

Simon Borg

Universidade de Leeds, Reino Unido

11


Sessões Plenárias SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “O INGLÊS NOS PRIMEIROS ANOS” Universidade de Umeå, Suécia trabalha na Universidade de Umeå, Suécia, como professora de educação de línguas em programas de mestrado e doutorado e investiga sobre políticas de línguas, aprendizagem de línguas na infância e as línguas e a globalização. Ela tem trabalhado em universidades em Londres, Hungria e Polônia, e foi assessora de políticas de línguas, aprendizagem de línguas na infância e educação dos professores em muitos países asiáticos e europeus. Recentemente publicou um estudo sobre a aprendizagem de línguas na infância em Europa (ELLiE), um livro coeditado com Jane Moon sobre políticas fundamentais de línguas no mundo e vários artigos sobre políticas de línguas em Europa. Atualmente investiga sobre o desenvolvimento duma escola estadual bilingüe primária na Inglaterra, que é um estudo piloto do governo de Reino Unido.

Jonh Knagg OB

Janet Enever

Como Melhorar O Ensino Do Inglês Nos Sistemas De Educação Nacional Do Mundo: A Experiência Do British Council John Knagg é diretor de investigação e consultoria em inglês no British Council e tem muita experiência em trabalhos relacionados com a educação da língua inglesa. Ele supervisa as associações de investigação do British Council e é responsável pela pasta de publicações do British Council (www.teachingenglish.org.uk/publications). Ele também é a pessoa encarregada do programa de trabalho do British Council em inglês com as pessoas responsáveis pela definição de políticas em ministérios ao redor do mundo. Ele é quem convoca o grupo de juízes para os prêmios de invocação em ELT, é o presidente do British Council para o conselho executivo de acreditação do Reino Unido – o programa de asseguramento da qualidade para as instituições do ensino do inglês no Reino Unido– e é membro do grupo editorial do English Language Teaching Journal de Oxford University Press. John Knagg tem qualificações em clássicos, educação, linguística e gerência das universidades de Oxford, Edinburgh, Bangor e Brunel. Ele trabalhou com o British Council em Europa, Oriente Médio, Extremo Oriente e América do Sul. Em março 2012 ele deu a conferência principal do British Council no congresso de políticas de língua em Sudan do Sul e coordenou uma declaração comum sobre os princípios das políticas de língua com participantes da UNESCO, ACALAN e outras organizações nacionais e multilaterais. Ele recebeu uma OBE pelo trabalho com a língua inglesa e a educação quando estava no British Council Singapura.

12


Moderadores (British Council Argentina) Claudia Feradas trabalha para o British Council Argentina como instrutora de professores de inglês. Ela tem muita experiência internacional como instrutora de professores e na escrita de materiais. Ela tem um mestrado em Educação e Desenvolvimento Profissional da Universidade de East Anglia e um doutorado em Estudos de Inglês da Universidade de Nottingham. Em Argentina, ela faz palestras no Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas, Buenos Aires, e na Universidade Nacional de Cuyo, Mendoza. No Reino Unido, Claudia tem sido convidada como palestrante e supervisora de investigação na Escola de Línguas de Leeds Metropolitan University, e é instrutora associada em NILE (Norwich Institute for Language Education). Ela também foi professora no programa de mestrado em TEFL na Universidade de Alcalá de Henares, Espanha, e tem copresidido a Conferência Oxford sobre o ensino de literatura cinco vezes.

Claudia Ferradas

Laura Pérez (British Council Cuba) Laura Pérez trabalha como gerente de projetos no British Council Cuba. Ela estudou língua inglesa na Universidade Pedagógica de Havana, e trabalhou seis anos em educação primária, secundária e terciária. Ela também é intérprete independente e tem trabalhado com a equipe de gerência da Embaixada Britânica em Havana.

Mark Gregson tem sido gerente de projetos no British Council Venezuela durante os últimos cinco anos. Anteriormente trabalhou por 25 anos na Escola de Línguas Modernas na Universidade Central de Venezuela (UCV) em Caracas, onde era professor de língua inglesa e cultura britânica no programa de graduação, e de sociolinguística, análise do discurso e linguística aplicada no programa de pós graduação. Ele foi membro fundador do mestrado em inglês como língua estrangeira na UCV, e foi diretor do departamento de inglês e diretor de extensão na Escola de Línguas Modernas durante vários anos. À parte do trabalho de gerência de projetos na Venezuela, Mark também é editor do projeto de futebol Primary Skills.

Mark Gregson

(British Council Venezuela)

13


Moderadores (British Council Brasil)

Michael Houten

Depois de trabalhar como professor de história e inglês no Reino Unido e como professor de EFL na Espanha, Michael Houten começou a trabalhar no British Council em 1991, como gerente de projetos de desenvolvimento de professores de inglês na República Checa, Eslováquia, Polônia e Brasil. Ele voltou para o Reino Unido no ano 2003 como gerente de aprendizagem online, responsável do reconhecido conjunto de sites LearnEnglish. Mais recentemente ele dirigiu os componentes de inglês de projetos associados com o comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Londres e com Premier League que produziu recursos online como os sites English for the Games e Premier Skills English. Também respondeu perguntas de sociedades empresariais sobre a utilização do conteúdo digital de inglês do British Council e trabalhou com Intel e ministérios de educação no mundo. Em Maio 2012 começou a trabalhar com a equipe de inglês de Brasil e mora no Rio de Janeiro.

Thomas Connelly é o gerente de ELT no British Council Chile e é o presidente de IATEFL Chile. Ele tem trabalhado em ELT no Reino Unido, Espanha, México, e agora em Chile. Antes de trabalhar para o British Council, ele trabalhou durante 5 anos no Instituto Chileno Britânico como diretor acadêmico de instrução de professores, e coordenou projetos de EFL nos setores público e privado. Tom tem um mestrado em Linguística Aplicada & ELT da Universidade de Surrey no Reino Unido. Também foi professor de linguística aplicada y geral na British University e na Universidade Alberto Hurtado e instrutor local do programa de mestrado TESOL do Instituto de Educação da Universidade de Londres. Ele gosta de praticar fly fishing no verão e de beber vinho chileno. Ele não tem passatempos porque é o pai de gêmeos.

Mark Thomas Connelly

(British Council Chile)

Pilar Aramayo (British Council México)

14

Pilar Aramayo Prudencio tem um mestrado em ELT e um diploma da Royal Society of Arts. Ela é diretora de associações (inglês) no British Council México. Durante os últimos 18 anos ela tem trabalhado como professora e instrutora de professores e também na escrita de materiais e na estruturação de cursos. No setor público, ela foi responsável pela estrutura do currículo nacional mexicano de TEFL para o ensino pré-escolar, primário e secundário, e escreveu materiais de instrução para professores para apoiar a implementação do currículo. No setor privado, ela desenvolveu um programa de instrução online para professores de línguas, que é utilizado atualmente na Espanha e nove países na América Latina. Ela tem interesse pela educação dos professores, a aprendizagem online e a estrutura de políticas públicas.


Moderadores (British Council Argentina) Paul Woods é o assessor regional de língua do British Council para o Cone Sul: Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai. Ele foi diretor do British Council em Botsuana e Moçambique, e tem dirigido projetos de língua inglesa e instruído professores desde 1972 em mais de 40 países ao redor do mundo. Ele administrou o site Global Education UK do British Council em 2010/11 e foi diretor de inglês do British Council na África Subsaariana de 2007 a 2010. Atualmente dirige um projeto piloto muito inovador para dar aula de inglês a escolas primárias no Uruguai remotamente através de videoconferência.

Paul Woods

Kate Harris (British Council México) Kate Harris é diretora de inglês no British Council México; isto inclui ensino do inglês, instrução de professores e exames em todo o México. Ela trabalhou em ELT durante 16 anos e para o British Council como professora e em gerência durante os últimos 14 anos. Ela tem um mestrado em HRM e uma certificação de pós graduação em gerência de talento. Ela investiga principalmente a gerência de talento e o desenvolvimento profissional contínuo para professores.

15


Oradores SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “INGLÊS E AS NOVAS TECNOLOGIAS”

Gavin Dudeney tem trabalhado em educação e capacitação por 23 anos, e co-dirige uma galardoada consultoria educacional especializada em capacitação e desenvolvimento online (www.theconsultants-e.com). Gavin tem publicado, dentre outros, os seguintes trabalhos: 'The Internet & The Language Classroom' (CUP 2000, 2007), 'How to Teach English with Technology' (com Nicky Hockly, Longman 2007), que foi premiado com o International House Ben Warren Trust Prize, e Digital Literacies (com Nicky Hockly e Mark Pegrum, Pearson neste ano 2012). Atualmente, Gavin escreve um livro sobre aprendizagem móvel e portátil a ser publicado em 2013. The Consultants-E desenhou e executou o primeiro CertIBET completamente online, e seu curso CertICT foi galardoado com o British Council ELTon em 2008. Gavin publica artigos ocasionalmente em seu blog http://slife.dudeney.com

Juan Carlos Garavito Escobar, economista natural de Bogotá, bacharel da Universidade Carlos III de Madrid, especialista em banca e finanças do Instituto de Estudos relativos à Bolsa de Valores da Espanha, com Mestrado em Desenvolvimento Diretivo do Instituto de Empresas e Pós-graduação em Estratégia Financeira da Escola de Negócios da Universidade de Oxford, Inglaterra. Hoje, é Gerente Geral do Programa de Transformação Produtiva de Bancoldex e do Ministério de Comércio, Indústria e Turismo. Trabalhou também como Gerente da Unidade Financeira da Roche Farma em Madrid-Espanha, onde antes serviu em diferentes cargos, incluindo os departamentos marketing e vendas e PeD (pesquisa e desenvolvimento).

Mariel Amez

16

Juan Carlos Garavito

Gavin Dudeney

Mariel Amez é formada em Educação de Inglês do Instituto Nacional Superior do Professorado de Rosario (hoje Instituto de Educação Superior "Olga Cossettini") e depois completou o programa de especialização da Universidade Nacional de Rosario, obtendo um diploma similar. Atualmente, trabalha como Professora de Literatura em Inglês no IES "O. Cossettini" e noISPI "San Bartolomé" (Rosario) e ensina cursos preparatórios para os exames Cambridge FCE e CPE. Mariel tem coordenado e ensinado em programas de pós-graduação para professores de Inglês como Língua Estrangeira. Também é Examinadora Oral Cambridge ESOL e Secretária do Comitê Executivo da Associação de Professores de Inglês de Rosario (APrIR). Seus interesses de pesquisa incluem literatura, ensino de idiomas, aprendizagem online e educação de professores, sobre os quais já publicou vários trabalhos e fez apresentações tanto presenciais quanto onlinet2.


Oradores SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “INGLÊS E AS NOVAS TECNOLOGIAS” O doutor Felipe Bracho Carpizo é desde 1o de maio de 2011, o titular da Direção Geral de Cômputo e de Tecnologias da Informação e Comunicação (DGTIC) da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM). Obteve seu bacharelado em Matemáticas na Faculdade de Ciências desta Universidade e seu doutorado na Universidade de Oxford, Inglaterra. Foi pesquisador no Instituto de Pesquisas em Matemáticas e Sistemas (IIMAS), e Chefe do Departamento de Computação. Suas pesquisas abrangeram temas sobre fundamentos da Computação e Lógica Matemática. Fundou o Conselho Assessor de Cômputo e serviu como seu primeiro Secretário e Coordenador de Assessores do Reitor da UNAM. Nessa época: 1985-1988, sob sua coordenação, foram reorganizados os serviços de Cômputo na UNAM, foram criadas as direções gerais de cômputo acadêmico e administrativo e se iniciou a rede UNAM. Foram adquiridos também os equipamentos por meio de compras e doações importantes para estabelecer o correio eletrônico. Também conseguiu a subscrição de acordos para conectar a Universidade à Internet através de antenas satelitais. Sob sua gestão, também a UNAM aprovou a instalação de uma antena no Instituto de Astronomia e a National Science Foundation outra, em Boulder Colorado. O convênio com essa fundação, promovido pela Doutora Gloria Koenigsberger – concedeu ademais, o uso de supercomputadores nos Estados Unidos para nossos pesquisadores. Por seu lado, a Secretaria de Comunicações e Transportes acordou com a UNAM para possibilitar a comunicação dessas antenas por meio utilizando satélites mexicanos. Foi Diretor de Pesquisa Orientada no Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, onde estabeleceu várias sedes de pesquisadores a nível nacional, a maior parte, vinculadas a empresas mexicanas. Como Coordenador de Informática Educativa no Instituto Latino-americano da Comunicação Educativa impulsionou projetos de criação e organização de conteúdos educacionais digitais – galardoado pela UNESCO – que já usaram milhões de crianças mexicanas.

Felipe Bracho

Horacio Alvarez Marinelli especialista em educação no Banco Interamericano de Desenvolvimento (IADB). Suas áreas de especialização são políticas educacionais e planejamento, e sistemas de informação educacional. Alvarez Marinelli ingressou no Banco em 2008, trabalhou por três anos no Bureau da Guatemala. Atualmente, trabalha no Bureau da República Dominicana, a cargo das operações nesse país e na Costa Rica. Previamente, trabalhou como Assessor do Ministro de Educação e o Diretor de Planejamento Educacional na Guatemala, e também como Consultor para USAID, o Banco Mundial e GTZ. Alvarez Marinelli tem um Diploma em Economia da Universidade Francisco Marroquín da Guatemala, um Mestrado em Administração e Assuntos Públicos da Faculdade Lyndon B. Johnson da Universidade de Texas.

Horacio Álvarez

17


Oradores SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “INGLÊS E AS NOVAS TECNOLOGIAS”

Miguel Mendoza um professor ESAP na Universidade Central da Venezuela (UCV) na Escola de Biblioteconomia. Bacharel em Inglês como Língua Estrangeira. Tem trabalhado como consultor ICT freelance para o British Council na Venezuela. Teve uma breve experiência como assistente de e-tutors para The Consultants-E. Membro fundador e atual Vice-presidente de AVEALMEC (Associação CALL Venezuela). Membro de organizações comoIATEFL, Webheads, eiTDi. Miguel Mendoza também se interessa pelas áreas de Leitura Extensiva e diversidade funcional.

Miguel Mendoza Katharine Yasin A Dra. Katharine (Kit) Yasin é diretora do Centro para América Latina e o Caribe dentro da Divisão de Desenvolvimento Internacional do Education Development Center, Inc. (EDC). Durante seu trabalho na EDC, a Dra. Yasin ha supervisionado projetos em toda a América Latina, o Caribe, a África e tem trabalhado extensivamente no desenho e uso de recursos multimídia, principalmente, com foco no desenvolvimento de programas de Instrução de Áudio Interativo (IAI). Seu trabalho também é conhecido pelo uso efetivo de jogos e música no processo instrutivo. Mais recentemente, na Colômbia, a Dra. Yasin ofereceu assistência técnica para o desenho e desenvolvimento de programas IAI para o ensino de Inglês como Língua Estrangeira para o Ministério da Educação em colaboração com a Universidade do Norte em Barranquilla, Colômbia. A Dra. Yasin também direcionou uma iniciativa IAI para prover desenvolvimento profissional para professores em Choco, Colômbia. Recentemente, ela trabalhou como diretora de projeto para uma iniciativa IAI de ensino pré-escolar no Paraguai. Atualmente, a Dra. Yasin é a diretora e desenhadora instrucional dos programas de Inglês para América Latina (ELA – English for Latin America), que são programas IAI desenhados como um meio de baixo custo e altamente eficiente para oferecer Inglês como Língua Estrangeira para a juventude e professores em toda a América Latina. A Dra. Yasin é Bacharel em Discurso da Universidade Northwestern e tem um diploma de mestrado e um doutorado em desenho instrucional e tecnologia da Universidade de Pittsburgh. Ela é fluente em Inglês, Espanhol, e Francês e está familiarizada também com o Creole de Haiti e o Somali.

18


Oradores SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “O INGLÊS E A EDUCAÇÃO DOS PROFESSORES” Dolores Corona é assessora de ELT para o Ministério de Educação Superior de Cuba. Ela é professora em tempo integral da Faculdade de Línguas Estrangeiras da Universidade de La Habana. Dolores tem um Ph.D. em Ciências Pedagógicas e tem participado em várias pesquisas, incluindo uma pesquisa conjunta com O. García (CUNY)Inglês em Cuba: Do Desenho Imperial para a Necessidade Imperativa. Também tem uma publicação em Inglês intitulada Post-Imperial: Mudança de Estado nas Ex-colônias Britânicas e Americanas (1940-1990), editado por J. Fishman et al. Mouton de Gruyter, Berlin e New York, 1996. Dolores tem sido Codiretora de dois projetos com G.Terroux (McGill University) para o crescimento profissional de professores de Inglês cubanos (1992-1998) e tem participado em eventos internacionais e regionais do BC e em projetos regionais de ELT. A sua última publicação é “A formação de profissionais em línguas estrangeiras nas universidades cubanas”, publicada em La Reforma Universitaria de 1962: Medio siglo de impacto en la Educación Superior Cubana. Coletivo de autores. Editorial “Félix Varela”, La Habana, 2012.

Lucía Quiroga

Dolores Corona

Lucia Beatriz Quiroga é Professora de Língua Inglesa, Especialista em Ensino de Inglês como Língua Estrangeira, e estudante do Mestrado em Literatura em Língua Inglesa da Universidade Nacional de Cuyo em Mendoza. É professora titular de Introdução à Literatura Norte-americana, Professora Corresponsável da Oficina de Práticas Docentes III “Didática da Literatura”, e Professora colaboradora de Residência Pedagógica I, II e III do Instituto de Formação Docente de São Luís, onde também se desempenha como organizadora de eventos científicos (Jornadas de Atualização para Docentes de Inglês) e ensina em cursos de capacitação para docentes do sistema educacional provincial. Além disso, tem trabalhado como Docente Titular de Língua Inglesa I, IV, V y VI (2006-2011), e como Coordenadora do Professorado de Inglês do IFDC São Luís (2009 – 2010). No ano 2010, Lucia foi beneficiária da bolsa de estudos “Programa Docentes Embaixadores,” outorgada pela Embaixada dos Estados Unidos para participar do Texas Intensive English Program, em Austin, Texas. Lucia tem participado de vários congressos como palestrante e tem publicado vários artigos científicos. Atualmente, Lucia participa como membro do projeto de pesquisa“A literatura na aula de inglês como língua estrangeira: uma análise das práticas de ensino no nível secundário do sistema educativo provincial de São Luís” (INFD, Ministério de Educação da Nação), e está trabalhando também em sua tese de mestrado, (“A representação cultural do corpo feminino em obras de Cristina García, Edwidge Danticat, e Jamaica Kincaid: memória corporal, resistência e identidade”), sob a direção da Dra. Cristina Elgue de Martini para o Mestrado em Literatura em Língua Inglesa (Orientação Século XX) da UNCuyo.

Natalia Ruiz Natalia Ruiz Diretora de Promoção da Educação Superior, é bióloga com estudos a nível de doutorado(Ecologia em Ben GurionUniversity no Israel) e com ampla experiência administrativa em cargos de alta gerência, como a Vice-reitoria de Pesquisa e a Vice-reitoria Acadêmica da Universidade Nacional da Colômbia; com conhecimentos sobre o Sistema de Educação Colombiano e de outros países, especificamente, no âmbito de reforma acadêmica, credenciamento institucional, internacionalização, sistemas de pesquisa e programas de doutorado. Durante seu desempenho laboral tem desenvolvido habilidades para o planejamento estratégico, orçamentos financeiros, coordenação de equipes de trabalho, estruturação e organização de dependências, formulação e aplicação relativa a esses processos.


Oradores SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “O INGLÊS E A EDUCAÇÃO DOS PROFESSORES” Nayibe Rosado é Bacharel em Ensino de Inglês como Língua Estrangeira (TEFL) e com um M.A. em Educação da Universidade do Norte. Nayibe é membro do grupo de pesquisa Linguagem e Educação e dentre seus interesses de pesquisa podemos salientar: Aprendizagem do professor, aprendizagem do estudante, complexidade, tecnologia no ensino de idiomas, desenvolvimento de competências linguísticas. Nayibe é professora de inglês como língua estrangeira no programa universitário em línguas da Universidade do Norte e também é professora do programa TEFL na Uninorte. Nayibe opta também pelo diploma de Doutora em Ciências da Educação da Universidade do Atlântico.

Isabel González

Nayibe Rosado

Claudia Aratangy

Isabel González é a diretora do Programa Inglês Abre Portas que dedica seus esforços ao fortalecimento do ensino e aprendizagem do inglês nas instituições públicas do Chile. A vida professional de Isabel Gónzalez abrange trabalhos de desenho, desenvolvimento, implementação e administração de programas corporativos de capacitação em inglês, incluindo a produção editorial de material pedagógico. Igualmente, tem dirigido equipes multidisciplinares de trabalho voltados para o desenvolvimento e a implementação de programas de capacitação destinados à aquisição de competências técnicas no local de trabalho.

20

Claudia Aratangy nasceu e cresceu em São Paulo, Brasil. Estudou na Universidade de São Paulo, onde obteve o diploma em Educação Física. Atualmente, Rosenberg é Diretora de Projetos Especiais da Fundação para o Desenvolvimento Educacional (FDE) – um projeto relacionado com a Secretaria de Estado para a Educação. É mentora do Programa Read and Write e membro da equipe responsável pela implementação deste Programa, incluindo a tarefa de produzir os materiais do curso – vários volumes para estudantes e professores. Também é responsável de adquirir as coleções de livros (818 títulos) e outros materiais de apoio para as aulas e de contratar serviços especializados em capacitação docente. Sua função também inclui a responsabilidade de gerenciar parcerias com Instituições de Educação Superior em um programa de bolsas de estudo que coloca estudantes de docência conjuntamente com professores em escolas estaduais. Continua liderando o desenvolvimento e implementação do ProgramaCulture is Curriculum, uma política de educação e Welcome cultura que facilita o acesso a atividades culturais em São Paulo para estudantes e professores. Dentre outras responsabilidades, também podemos incluir o programa Family School – que apoia as escolas para ficarem abertas nos finais de semana para comunidades locais – onde estão sendo desenvolvidos dois projetos com o British Council. Isso também inclui um projeto que tem a ver com temas mais sensíveis como educação sexual, bullying, prejuízos, violência e racismo, dentre outros.


Oradores

Juan Ramón Nieto

Juan Ramón Nieto é Mestre em Administração de Instituições Educacionais, desenhador e desenvolvedor de projetos educativos em temas de educação privada e mobilidade estudantil nas Secretarias de Educação Pública. Tem sido coautor e líder de diversos programas educacionais, entre os quais destacam os seguintes: •CENNI (Certificado Nacional de Nível de Idioma) de carácter nacional. •A profissionalização de professores de idiomas. •Asseguramento da qualidade nas instituições privadas de educação superior. Igualmente, tem contribuído no desenvolvimento do novo esquema de avaliação e certificação da educação básica, bem como no desenho do documento que registra a aprendizagem dos estudantes na escola. Também é Palestrante da Associação Nacional de Universidades e Instituições de Educação Superior e tem representado o México em diversos foros internacionais.

é uma serventuária pública federal, Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental; Mestre em Educação, da Universidade de Brasília, especialista em Administração da Educação da Universidade de Brasília e licenciada em Letras da Universidade Católica de Pelotas. Atualmente se desempenha como Diretora de Formação de Professores da Educação Básica, na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal em Nível Superior – CAPES. Como diretora, é responsável pelos programas: Plano Nacional de Formação de Professores para a Educação Básica – Parfor; Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID; Observatório da Educação; Novos Talentos; Programa de Consolidação das Licenciaturas – Prodocência, Cooperação Internacional para Professores da Educação Básica, dentre outros. No período 1996-2006, trabalhou para a institucionalização da Secretaria de Educação a Distância do MEC, concebendo e coordenando diversos programas e produzindo o documento Referenciais de Qualidade para cursos a distância, além de artigos sobre tecnologias da informação e da comunicação - TICs e educação a distância. Moreira prestou consultoria à Fundação das Nações Unidas, formulando o projeto Teacher Capacity Building Program in Botswana - Ending the Silence on HIV/AIDS, premiado pelas Nações Unidas em 2004.

Rosa López de D’Amico

Carmen Moreira de Castro Neves

Universidade Pedagógica Experimental Libertador - Pedagógico de Maracay – Venezuela Rosa López D’Amico é formada da UPEL – Maracay em Educação Física, Menção Esporte (Distinção Magna Cum Laude) e Língua Estrangeira, Menção Inglês (Distinção Cum Laude). Também é Mestre em Educação: Menção Ensino da Literatura em Inglês (Tese com Distinção de Publicação). UPEL – Pedagógico de Caracas, com um Doutorado em Filosofia da Educação – Tese em Organização e Regulação Esportiva– Universidade de Sydney (Austrália). Igualmente, trabalhou no estágio post-doutoral ‘Ewing Postdoctoral Fellowship’ na Universidade de Sydney Aurora em material didático e publicações na área. Atualmente, coordena as linhas de pesquisa: Gerência e Sociologia da atividade Física; Linguagem, Literatura e Cultura. Rosa é credenciada como membro do programa de Promoção Nacional ao Estímulo da Pesquisa (PEI) Galardoada com o Prêmio CONABA 2002 e tem recebido prêmios nacionais e internacionais, dentre outros: Prêmio à Produtividade Acadêmica em Pesquisa Universitária 2007 outorgado pelo Núcleo de Desenvolvimento Científico, Humanístico e Tecnológico das Universidade Venezuelanas (CDCHT). Prêmio por Trabalho de Pesquisa UPEL 2008 e o Prêmio Honor ao Mérito Científico Fundacite Aragua 2008. É Chefa da Área de Literatura e Cultura 1994-1998, 2001-2003 e Subdiretora de Pesquisa e Pós-graduação da UPEL – Maracay (2003 – 2007). Também é cofundadora do Mestrado em Ensino do Inglês como Língua Estrangeira – UPEL Maracay e Professora Titular na Universidade Pedagógica Experimental Libertador - Venezuela.

21


Oradores O INGLÊS NOS PRIMEIROS ANOS

María Lucía Casas

María Lucía Casas cursou Estudos de Língua e Cultura em St Clare’s, Oxford, Inglaterra. María Lucía é Bacharel em Línguas Modernas e Educação da Universidade Javeriana, com pós-graduação em Gestão de Educação Superior da Associação Colombiana de Universidades e um Mestrado em Educação da Universidade Javeriana. No âmbito profissional se tem desempenhado comoProfessora de Inglês, em ensino básico e secundário. Também tem sido Professora do Departamento de Línguas Estrangeiras da Universidade Javeriana. É Diretora Acadêmica e Coordenadora IB em escolas privadas, Decana da Faculdade de Negócios e Diretora do Escritório de Relações Internacionais, Colégio de Estudos Superiores de Administração. Casas é Presidenta de UNICA, primeira Universidade Bilíngue da Colômbia – ocupação atual. Chefa da Mesa Intersetorial de Bilinguismo, Colômbia e trabalha como Consultora para o Ministério de Educação Nacional e para autoridades locais em Educação Bilíngue e Capacitação Docente Bilíngue da Universidade Católica de Chile no Desenho do Programa de Capacitação Docente Bilíngue. Tem sido palestrante em conferências nacionais e internacionais em Educação Docente, Educação Bilíngue e Ambientes Educacionais Bilíngues.

Higinio Ordoñez

A Dra. Cristina Banfidetém um Diploma de Professora do INES em LV “JRF” na Argentina, e um M.Phil. em Linguística da Universidade de Cambridge e um Ph.D em Linguística da University College London. A Dra. Banfi tem trabalhado em instituições educacionais de todos os níveis, desde pré-escolar até educação superior. Ela tem organizado e participado de conferências internacionais, publicado trabalhos e livros e editado revistas especializadas. Banfi foi presidenta da Associação de Professores de Inglês de Buenos Aires (APIBA), Chefe do Departamento de Línguas da Universidade Católica Argentina e Diretora de Assuntos Internacionais na CONEAU (Comissão Nacional de Avaliação e Credenciamento Universitário). Atualmente, é Diretora de Línguas Estrangeiras do Ministério de Educação da cidade de Buenos Aires e ensina IES em LV ‘J. R.Fernández’, ISP ‘J.V. González’, ENS ‘S.B. de Spangenberg’, Universidade de Belgrano e Universidade de Buenos Aires. Suas áreas principais de interesse são: gestão educacional e pesquisa, desenvolvimento profissional, linguística teórica e aplicada e educação bilíngue.

22

Cristina Banfi

Higinio Ordoñez Nasceu em Atlacomulco, México. Tem estudos de Ensino de Inglês, Bacharelado em História, Mestrado em Educação Superior e Mestrado em Administração de Instituições Educativas. Tem sido professor de inglês por mais de 25 anos. Desde 1997 a 2009, colaborou na Escola Normal de Atlacomulco, instituição dedicada à preparação de professores de inglês para escolas secundárias. A nível internacional, desenvolveu o Welcome programa de Mestrado em Educação com a Universidade Estadual de San Diego. Desde outubro de 2009, é o Coordenador Estadual do Programa Nacional de Inglês em Educação Básica no Estado de México. Tem realizado pesquisas e atividades acadêmicas em Inglaterra, Japão e os Estados Unidos. Atualmente, desenvolve o projeto “Ensino de Inglês para Estudantes Jovens” na Universidade de Maryland nos Estados Unidos.


Oradores O INGLÊS NOS PRIMEIROS ANOS

Leonor Corradi

Carmen Muñoz tem um Bacharelado em Psicologia e em Filologia da Língua Inglesa (Universitat de Barcelona), um MA em Linguística Aplicada (University of Reading), um PhD em Linguística Inglesa (Universitat de Barcelona). Carmen Muñoz é Professora de Linguística Inglesa e Linguística Aplicada da Universitat de Barcelona e coordenadora do grupo de pesquisa GRAL. Seu principal interesse está na área da aquisição de línguas estrangeiras e bilinguismo. Tem dirigido vários projetos de pesquisa financiados pelo Ministério Espanhol de Educação e também tem participado em projetos de pesquisa internacionais. Entre 1995 e 2003, coordenou o Projeto BAF (Barcelona Age Factor) (Ver a Base BELC em http://talkbank.org./data). Tem ensinado cursos de Linguística e Linguística Aplicada. Seus cursos mais recentes estão focados nas diferenças individuais na aquisição de uma segunda língua. Atualmente, é vice-presidente da Associação Europeia de Segundas Línguas (EUROSLA). Membro do Comitê Internacional de AILA e membro do Comitê Executivo da Associação Espanhola de Linguística Aplicada (AESLA). Muñoz é membro de comitês editoriais de publicações nacionais e internacionais como: International Review of Applied Linguistics; Language Teaching Research; Atlantis; Resla; Estudios de Linguística Inglesa Aplicada; Estudios Ingleses de la Universidad Complutense; Vial.

Carmen Muñoz

Leonor Corradi é professora de inglês com mestrado em Educação e Capacitação (Surrey University, UK). Igualmente, é professora titular em Didática e coordenadora de escolas plurilinguísticas na cidade de Buenos Aires. Leonor faz parte também da Equipe de Línguas Estrangeiras do Ministério Nacional da Educação, a cargo do idioma inglês. Tem dirigido sessões de desenvolvimento profissional na Argentina e no estrangeiro, e tem participado como palestrante de inúmeras conferências nacionais e internacionais. Ensina inglês a estudantes cegos também como parte de um projeto piloto. Leonor é a autora do Currículo de Línguas Estrangeiras para a Cidade de BA (Inglês), e tem trabalhado na criação e reforma do desenho curricular em várias faculdades de capacitação docente. Tem escrito vários artigos e materiais educacionais e é autora também em ELT.

Edwiges Rego Edwiges Rego Ex-jornalista e professor por mais de vinte anos, Edwiges Rego tem dedicado grande parte de sua vida profissionall à educação pública na cidade de Rio de Janeiro, Brasil. Rego tem um trabalho duplo: é professor da escola básica e também trabalha com educação continua profissional docente, curriculum e desenvolvimento de materiais. Como membro da equipe de Inglês na Secretaria Municipal de Educação, sua responsabilidade atual abrange a implementação de um programa de educação em massa que envolve uma mudança necessária e almejada no ensino da língua inglesa para estudantes entre 5 e 14 anos.

23


Oradores Teresa Reilly trabalhou durante 36 anos como professora, capacitadora de professores e gerente de projetos para o British Council na Espanha. Teresa é diplomada da Universidade de Edimburgo, tem um MSc em Linguística Aplicada, um PGCE e um RSA Dip TEFL. Desde 1996 até finais de 2011, Teresa foi a Gerente de Projetos Bilíngues do British Council, Espanha, trabalhando em parceria com o Ministério da Educação da Espanha na introdução e desenvolvimento de um projeto nacional de escolaridade bilíngue em escolas estatais na Espanha e contribuindo a estes projetos a experiência do British Council em capacitação de professores e desenvolvimento de currículos. Teresa tem feito apresentações, seminários e oficinas sobre educação bilíngue em conferências na Espanha, o Reino Unido e outros países europeus, também, tem trabalhado como consultora para os Ministérios da Educação de Itália, Indonésia, Japão e Tailândia sobre as implicações de introduzir a educação bilíngue em Educação Pré-Escolar. Desde o começo de 2012, tem trabalhado como consultora independente em educação bilíngue.

Teresa Reilley

O INGLÊS NOS PRIMEIROS ANOS

DIÁLOGO DE ENCERRAMENTO

Hugo Ñopo (Ph.D. Northwestern, 2003), de nacionalidade peruana, é Economista Líder de Pesquisa em Educação no Banco Interamericano de Desenvolvimento, com sede em Bogotá, Colômbia. Antes trabalhou no Departamento de Pesquisa do BID; foi Professor Assistente em Middlebury College, Pesquisador Afiliado no Grupo de Análise para o Desenvolvimento (GRADE) e Assessor no Ministério do Trabalho e da Promoção Social no Peru. Também tem sido professor em várias universidades peruanas e palestrante em diversos foros. A agenda de pesquisa de Hugo inclui o desenvolvimento infantil em idade pré-escolar, as desigualdades raciais e de gênero nos sistemas educativos e os mercados de trabalho, a avaliação de impacto das políticas públicas, e a confiança e reciprocidade entre agentes econômicos. Seus trabalhos de pesquisa tem sido publicados em diversas revistas especializadas e livros do âmbito acadêmico mundial. Atualmente, também é Pesquisador Afiliado do Instituto para o Estudo do Trabalho (IZA) em Bonn, Alemanha.

24

Hugo Ñopo

Mónica López

Mónica López é Psicóloga da Universidade del Valle e atualmente cursa o Mestrado em Educação da Fundação CINDE (Centro Cooperador da UNESCO). Com uma ampla experiência em educação, tem sido capacitadora e assessora de maestros e diretivos docentes em planejamento, avaliação de aula e didática da linguagem escrita. Coordenou a revista "Alegria de Ensinar" e foi diretora da Divisão de Educação da Fundação FES. Também, tem sido professora universitária nas áreas de Desenvolvimento e Educação. Trabalhou também com a Secretaria de Educação de Bogotá na Subdireção de Colégios Privados e posteriormente trabalhou com o Ministério da Educação Nacional onde se desempenhou como Diretora de Qualidade Executiva em Pré-escolar, Primeiro e Segundo Grau. Em Abril de 2012, Mónica López tomou posse como Secretária Executiva do Convênio Andrés Bello, depois de ser eleita pelos Ministros de Educação dos 12 países membros do Organismo Internacional, graças a sua capacidade e idoneidade técnica.


Diretório de Palestrantes SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “INGLÊS E AS NOVAS TECNOLOGIAS” Michael Carrier Instituição: British Council País: Reino Unido Gavin Dudeney Instituição: The Consultants-E País: Reino Unido Juan Carlos Garavito Instituição: Bancóldex y Ministerio de Comercio, Industria y Turismo País: Colômbia Felipe Bracho Instituição: Universidade Autónoma de México País: Mexico Mariel Amez Instituição: Instituto de Educación Superior "Olga Cossettini" País: Argentina Miguel Mendoza Instituição: Universidade Central de Venezuela País: Venezuela Paul Woods Instituição: British Council País: Argentina Horacio Álvarez Instituição: Banco de Desenvolvimento Interamericano País: República Dominicana / Costa Rica Katharine Yasin Instituição: Education Development Center País: Estados Unidos

Simon Borg Instituição: Universidade de Leeds País: Reino Unido Natalia Ruiz Instituição: Ministério da Educação País: Colômbia Dolores Corona Instituição: Ministério da Educação País: Cuba Lucía Quiroga Instituição: Universidad Nacional de Cuyo País: Argentina Nayibe Rosado Instituição: Universidade de Norte País: Colombia Isabel González Instituição: Ministério da Educação País: Chile Claudia Aratangy Instituição: Secretariat of State for Education, FDE País: Brasil Juan Ramón Nieto Instituição: Ministério da Educação País: Mexico Carmen Moreira Instituição: CAPES, Brasilia País: Brasil Rosa López de D’Amico Instituição: Universidad Pedagógica Experimental Libertador Pedagógico de Maracay País: Venezuela

SESSÃO PLENÁRIA SOBRE “O INGLÊS E A EDUCAÇÃO DOS PROFESSORES”

25


Diretório de Palestrantes Janet Enever Instituição: Universidade de Umeå País: Suécia

Carmen Muñoz Instituição: Universidade de Barcelona País: Espanha

María Lucía Casas Instituição: UNICA País: Colômbia

Leonor Corradi Instituição: Ministério da Educação País: Argentina

Cristina Banfi Instituição: Ministério da Educação País: Argentina

Edwiges Rego Instituição: Secretaria Municipal de Educación, Rio de Janeriro País: Brazil

Higinio Ordoñez Instituição: Programa Nacional de Inglés en Educación Básica, Estado de México País: México

Teresa Reilly Instituição: Consultor Independente País: Espanha

O INGLÊS NOS PRIMEIROS ANOS

DIÁLOGO DE ENCERRAMENTO

Jonh Knagg OBE Instituição: British Council País: Reino Unido Mónica López Instituição: Convenio Andrés Bello País: Colômbia Hugo Ñopo Instituição: Banco de Desenvolvimento Interamericano País: Colômbia

26

Programa - Diálogos sobre politica educativa  

Diálogos sobre politica educativa INGLÊS PARA O FUTURO