Issuu on Google+

OPINIÃO

SIMPLES NACIONAL: Empresas inadimplentes podem ser excluídas. {Pág 02}

Reforma da passarela de Braço do Rio prevista para o mês de março

SAÚDE

Goiaba: excelente alimento para manter o pique após o Carnaval {Pág 10}

SAÚDE

Telefonia móvel a caminho das comunidades rurais do ES {Pág 10}

BASTIDORES DA POLÍTICA {Pág 07}

COM A INTERDIÇÃO DA PASSARELA, OS PEDESTRES TÊM QUE ATRAVESSAR A RODOVIA CORRENDO RISCO. COMO OPÇÃO FOI CONSTRUÍDA UMA RAMPA PARA A TRAVESSIA, COM RISCO DE ACIDENTES. {Pág 03}

{Pág 04 e 05}

Violência explode em Braço do Rio

{Pág 03}


barcosnoticias@gmail.com

02

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Editorial

OPINIÃO

Empresas inadimplentes podem ser excluídas do Simples Nacional em 2013 Agora é pra valer! U O velho ditado “Não há vitória sem luta” pode resumir a bandeira que a Rede Barcos de Comunicação assumiu ao defender em seus noticiários das páginas do Jornal Barcos Notícias e nas reportagens ao longo dos últimos cinco anos desde que chegou à comunidade de Braço do Rio com a Rádio Barcos FM 98,5. Ao vislumbrarmos a possibilidade da reforma ou pelo menos o início da obra da passarela de Braço do Rio, sobre a BR 101 nos dá a sensação do cumprimento de cidadania no início desta luta. Luta esta que só vai estar cumprida totalmente quando houver a inauguração da reforma. Mas pelo que estamos observando pelas movimentações dos nossos políticos, do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes e ainda do Ministério Público Federal que também entrou no circuito, não resta dúvidas de que o trabalho que abraçamos

não foi em vão: Agora é pra valer! Finalmente a passarela vai ser reformada. E já existe até previsão de quando os trabalhos podem começa: mês de março e só terminar quando a obra estiver totalmente concluída. Pelo menos foi o que garantiu o deputado Federal Lelo Coimbra em entrevista por telefone à Rádio Barcos e que estamos transcrevendo na integra nesta edição. Portanto tudo isso nos leva à grande certeza: não há vitória sem luta e a nossa vitória significa a vitória do povo deste distrito de Braço do Rio e do município de Conceição da Barra. Aliás, esta é apenas mais uma vitória do empenho da Rede Barcos (Rádio e Jornal) porque outras bandeiras é nossa intenção levantar e vamos empunhá-las até ver o resultado, a começar pela questão da Segurança Pública, diante do quadro crítico que se encontra enfrentando o nosso povo.

m alerta aos empresários cujos negócios estão enquadrados no Simples Nacional: a Receita Federal veta a entrada ou permanência no regime tributário simplificado de quem se atrasa no recolhimento de tributos. Isso inclui débitos do Simples Nacional, de contribuições previdenciárias e/ou de outros tributos, referentes aos exercícios de 2007 a 2012. O processo de exclusão começou no primeiro dia de 2013. Caso não existam pendências, quem está no sistema tem sua permanência renovada automaticamente. Já os que querem ingressar no Simples têm até o dia 31 de janeiro para aderir. Em setembro do ano passado, a Receita começou a enviar notificações – chamadas de “Atos Declaratórios Executivos” (ADE) – pelos Correios aos empre-

endedores devedores, informando-os sobre a existência desses débitos. Para evitar surpresas, Kelly Cristina Ricci Gomes, Gerente de Consultoria Tributária e Sócia da De Biasi Auditores Independentes, recomenda que todos chequem sua situação preventivamente. “É sempre indicado fazer uma pesquisa mesmo sem receber a notificação. No caso de eventuais pendências, há a opção de pagá-las à vista ou propor o parcelamento da dívida, eliminando, assim, qualquer chance de ser expulso do sistema ou de ter problemas futuros”, afirma a especialista. Até setembro, 441.149 contribuintes optantes pelo Simples estavam com um ou mais débitos. O volume total devido ao Fisco somava, à época, R$ 38,7 bilhões. Para o empresário resolver sua situação, basta acessar o Portal

e-CAC, no site da Receita Federal(www.receita. fazenda.gov.br), e gerar a guia para pagamento à vista ou parcelado. No próprio site há instruções para regularizar a dívida. A falta de regularização dos débitos dentro de 30 dias, a contar da ciência do ADE, resulta na exclusão automática da pessoa jurídica do Simples Nacional, conforme previsto no art. 17, inciso V, da Lei Complementar nº 123, de 2006. Consequentemente, os impostos do negócio passam a ser lançados de acordo com as alíquotas normais, o que encarece o valor dos tributos. A empresa também perde outras vantagens, como a possibilidade de vender serviços ou produtos a União, estados e municípios. Para ingressar no Simples Nacional, é necessário solicitar a opção pelo sistema até o último dia

útil de janeiro. Uma vez deferida, produz efeitos a partir do primeiro dia do ano-calendário da opção. Já as empresas em início de atividade podem solicitar a entrada no Simples em até 30 dias após o último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigíveis), desde que não tenha se passado 180 dias da inscrição do CNPJ. Se não houver nada pendente, a opção produz efeitos a partir da data da abertura do CNPJ. Depois deste prazo, só é possível aderir ao sistema simplificado de tributação das micro e pequenas empresas no mês de janeiro do ano-calendário seguinte. Mais informações podem ser obtidas em www.receita.fazenda. gov.br/SimplesNacional.

mente, trabalhadores rurais meeiros, avulsos ou proprietários filiados a Sindicatos que contribuem de forma simbólica, isso quando. Realmente tem que ser deficitário. Não sou contra o benefício em si com o dinheiro do contribuinte, mas tal aposentadoria, juntamente com a esmola Bolsa Família, indiretamente é compra de voto futuro. Enquanto isso os aposentados com

mais de um salário mínimo, por direito adquirido estão vendo seus vencimentos achatados ano sim, outro também. Não demora muito todos estarão recebendo o mínimo. Isso mostra que o PT realmente gosta de pobre, e quanto mais pobre melhor, para coroar seu projeto de 20 anos no Poder.

Ex-Libris Com. Integrada Ana Carolina Esmeraldo

CARTA DO LEITOR

Previdência Entra Governo sai Governo, continua a manjada choradeira que o INSS é deficitário e, até acredito ser. Porém quando foram juntados os Institutos Previdenciários num mesmo sistema nos governos militares, o combinado foi que todos ou haviam contribuído mensalmente ou iriam contribuir também da mesma

forma até aposentarem nas formas de direito. É próprio de legislador ou de cargo executivo fazer favores com dinheiro que não lhes pertence. Para apresentarem ser bons, colocaram direitos de aposentadoria em deficientes de toda natureza, independentemente da idade, que nunca contribuíram monetaria-

Antônio O. Taufner São Mateus – ES


barcosnoticias@gmail.com

03

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Violência explode em Braço do Rio Os três assassinatos registrados esse ano no distrito de Braço do Rio, que compreende Sayonara e Cobraice, traz à tona um velho problema: a falta de segurança que leva o morador a desconfiar de qualquer pessoa que se aproxima. O problema se torna mais grave quando se constata: O Destacamento da Polícia Militar fica grande parte do dia fechado e são apenas dois policiais para atender toda a região com uma viatura. Como se não bastasse à falta de condições para atender toda a região de Braço do Rio, os dois policiais militares são deslocados ainda para o distrito de Nova Lima, que pertence ao município de São Mateus, para atender a qualquer tipo de ocorrência. Um detalhe chama ainda atenção: o morador da região que for roubada, assalta e perder documentos tem que se deslocar até a sede de Conceição da Barra para registrar ocorrência na Delegacia da Polícia Civil. Mortes O que mais chama a atenção de moradores e

Fotos: Gracielho Pereira

Distrito já comporta posto da Civil

Populares se aglomeraram para ver o corpo do adolescente Rogeferson que ficou estendido no meio da rua.

Destacamento da PM fica maior parte do dia fechado.

comerciantes é a sensação de insegurança que ronda os bairros e ruas do distrito diante da sensação de insegurança, que aumenta à noite com a constatação de que grande número de ruas apresenta iluminação precária, ou quase nenhuma A última vítima de homicídio foi o adolescente Rogeferson Mar-

ques, de 15 anos, morto com seis tiros em plena luz do dia, exatamente às 10h de quinta-feira (7) no bairro Santa Rita, em Braço do Rio. Pior: algumas pessoas ouviram os tiros mas ninguém se atreveu a informar à polícia quem seria o autor do assassinato e nem suas causas. Esse foi apenas o primeiro crime registra-

do no mês de fevereiro, mas nos registros da PM já consta o assassinato a tiros de Gelcione dos Santos, 25 anos, registrado na Cobraice, no dia 11 de janeiro. A vítima morava com a mãe que admitiu que ela usava drogas. Segundo o sargento Brito dois homens encapuzados e em uma moto teriam sido os autores do crime. A outra morte que consta dos registros da PM é de Valceir Brommenschenkner, 23 anos, ocorrida no centro de Braço do Rio este ano. Ele teria envolvimento com drogas e passagem pela polícia. Foi morto a tiros por um motoqueiro que fugiu sem ser identificado.

O delegado de Conceição da Barra, Roberto Fanti de Rezende admitiu que é grande o número de moradores da região de Braço do Rio que se deslocam até a sede do município para registrar ocorrências de furtos e até documentos perdidos. Ele entende que o distrito já comporta uma unidade da Polícia Civil para descentralizar o atendimento. “Uma das coisas que entendemos ser necessário para Braço do Rio seria um

Posto da PC, providência que deveria ser adotada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, revelou o titular da Delegacia de Conceição da Barra. Quanto aos três assassinatos registrados entre janeiro até o dia sete de fevereiro o delegado explicou que no caso dos dois primeiros na Cobraice e sede do distrito já existem suspeitas de quem teria cometido, “mas não posso dar mais detalhe para não atrapalhar as investigações”, disse.

O Delegado Roberto Fanti admite que Braço do Rio comporta Posto da Polícia Civil.

Aumenta procura por ensino médio A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Augusto de Oliveira está desempenhando sua atividade em Braço do Rio de forma a tentar atender a toda a comunidade escolar, muito embora esbarre em pequenos problemas que, para resolver, depende única e exclusivamente de uma política do Governo do Estado, através da Sedu, que é a expansão de sua parte física. Pelo menos é o que constatou a reportagem em contato

com a diretora Miriam Pereira de Souza. Mas o problema não se resume apenas na ampliação do prédio, como também a reforma da quadra esportiva que há três anos foi destruída por uma tempestade que causou pânico nos moradores da região. Para minimizar a situação e evitar transtornos para os visinhos a diretora improvisou uma tela para evitar que bola usada pelos alunos atingisse moradias próximas. Mas

nem tudo são problemas, segundo a diretora que cobra a necessidade de rampas para facilitar o aceso de deficientes. Espaço “Estamos com problema de espaço para desenvolver projetos importantes”, revela Mirian adiantando que está previsto para o mês de julho um novo curso técnico de administração. Afirma ainda que esteja previsto ainda para este ano um curso subseqüente de nível médio aberto

a toda a comunidade que concluiu ou está por concluir o ensino médio. A diretora informa ainda que até outubro de 2012 a escola abrigava 900 alunos e com a conclusão do curso técnico de Meio Ambiente o quadro voltou para 800 alunos. “A procura por vagas tem aumentado e mais uma turma de técnico vai ser criada de acordo com o processo seletivo. “O processo será dia 19 para o curso de Técnico em

Informática com 80 vagas sendo disponibilizadas. “A procura por ensino médio aumentou em torno de 20% e não estamos conseguindo atender a demanda”, lembra. Miriam revela que outro problema enfrentado é a falta de elevador. “Estamos na expectativa de melhoria da escola a partir de sua reforma e ver solucionados todos os problemas para melhor comodidade dos alunos, professores e demais servidores.

Miriam aguarda reforma da Escola.


barcosnoticias@gmail.com

04

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Reforma da passarela de Braço do Rio prevista para o mês de março

Toninho de Deus fala da importância da luta.

Rede Barcos encampou a luta

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), órgão do Ministério dos Transportes que cuida das rodovias federais de todo o país, vislumbra com a possibilidade de iniciar as obras de recuperação e conservação da passarela sobre a BR 101, em Braço do Rio no mês de março. Este, pelo menos, é o resultado dos contatos realizados pela reportagem da Rede Barcos de Comunicação (Jornal Barcos Notícias e Rádio Barcos FM) com o Dnit, em Vitória e a bancada federal (deputados e senadores), em Brasília. Dos deputados contatados apenas Dr. Jorge Silva, do PDT e Lelo Coimbra (PMDB) retornaram as ligações e e-mails. Eles confirmaram que estão avançados os estudos do Dnit para o início das obras, o que pode acontecer ainda no mês de março. E que essa semana engenheiros do órgão iriam visitar a passare-

Como veículo de comunicação do distrito de Braço do Rio, a Rede Barcos que começou as atividades há mais de cinco anos com a Rádio Barcos 98,5 FM e posteriormente o Jornal Barcos Notícias, que completa quatro anos em junho, abraçou a bandeira da luta da comunidade pela restauração e reforma da passarela, por entender que já não oferecia segurança a quem a utilizava diariamente. “Entendíamos que não poderia ficar alheios aos problemas da falta de segurança provocados pelo estado precário em que se encontra daí a nossa luta incessante junto ao DNIT, prefeitura e os meios políticos para ter o problema resolvido”, disse o diretor geral da Rede

la para definir de que forma será feito o serviço. Interdição Á três anos o Jornal Barcos Notícias em sua sétima edição passou a tratar com exclusividade a necessidade da recuperação da passarela. Já naquela época havia risco dela desabar e provocar uma tragédia, vitimando moradores do bairro Pinheiros e até mesmo motoristas que trafegam pela rodovia. Devido à morosidade do Dnit em uma solução para o reinício das obras de recuperação da passarela, começou a haver movimentação no sentido de interdição da pista da BR 101 como forma de chamar a atenção das autoridades como a bancada federal do Espírito Santo (deputados e senadores). Diante da situação a Rede Barcos através de seus veículos Rádio e Jornal voltou a questionar as autoridades já que o muni-

cípio através da Prefeitura havia tentado buscar uma formula de fazer a obra mas o processo não foi adiante, conforme revelou o deputado federal Lelo. Foi o próprio parlamentar que em entrevista na última quarta-feira (6) à Rádio Barcos FM diretamente de Brasília antecipou que em contato com o superintendente do Dnit teve a garantia que logo após o carnaval, portanto esta semana, técnicos

do órgão fariam uma revisão na passarela para que o trabalho de recuperação se inicie em março próximo.

Barcos Antônio de Deus. “Em conversa com o prefeito Jorge Donati foi exposto ao chefe do Executivo a nossa preocupação e luta que iríamos empregar pela restauração da passarela, sendo apoiados por ele. Na oportunidade Jorginho disse que estaria junto nesta luta. E que já vinha contatando os órgãos responsáveis pela passarela. E prosseguiu: “Agora que caminhamos para termos o problema solucionado mediante garantia que nos foi dada pelo deputado federal Lelo Coimbra, e o empenho do também deputado da região Dr. Jorge Silva, bem como do Senador Magno Malta, não poderíamos deixar de fazer este registro” – concluiu.

Dr. Jorge Silva acompanha a situação


barcosnoticias@gmail.com

05

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Deputado Lelo promete empenho na reforma da passarela “Se preciso irei a Braço do Rio acompanhar a solução do problema pessoalmente” – Lelo Coimbra Hilmar de Jesus O deputado federal revelou em entrevista à Rádio Barcos 98,5 FM por telefone, direto de Brasília ajudar na agilização dos contatos com o DNIT no sentido de apressar a reforma da passarela de Braço do Rio. A entrevista foi ao ar no último dia 7 e estamos transcrevendo nesta edição para deixar nossos leitores informados do propósito como veículo de comunicação do Distrito, o motivo que nos leva a abraçar esta bandeira. Trechos da entrevista Deputado o que a população aqui de Conceição da Barra e especialmente Braço do Rio pode contar com o trabalho do senhor como parlamentar do Espírito Santo pode interceder para solucionar a questão da passarela? Lelo Coimbra - Eu tenho sim acompanhado esse problema. No ano de 2012 houve um acordo entre a prefeitura e o DNIT, o Departamento Nacional que faz essas obras em todos os Estados do Brasil, e houve um acordo da prefeitura fazer um levantamento dos problemas e tentar conseguir fazer através

tem algum dado que precisa modificar, ou acrescentar, faz um contrato anexo a este contrato mãe da manutenção da estrada, e a obra no mês de março começa pra não parar, e resolver de maneira definitiva este problema.

Lelo Coimbra fez contato com o diretor do Dnit

dela própria, o prefeito foi muito prestativo e fez bem a parte do levantamento dos problemas, só que a obra não conseguiu ser feita pelo município. Então qual foi o passo seguinte? Conversei com o diretor do DNIT do Espírito Santo, que é Halpher Luigi Mônico Rosa e ele me disse o seguinte: que ao longo destes dois últimos dias, eles estariam fazendo os procedimentos para retomar a obra, e ir alguém até sexta-feira ou logo após o carnaval na passarela pra poder fazer a vistoria dos dados que continuam o mesmo, ou o que alterou, e eles vão fazer um contrato que se juntará ao contrato da empresa que faz a manutenção da BR. Esse é um

contrato que já existe, como esse problema se tornou muito grave, e a necessidade de resolver logo pra população de Braço do Rio. O senhor vai estar sempre informado do andamento do projeto? O diretor do DNIT assumiu como emergência a solução do problema e me colocou pra fazer o acompanhamento junto com ele e irei informando com você através da Rádio que você muito bem trabalha como jornalista, e pra avisar as pessoas porque essa obra será retomada ao longo do mês de março, essa foi à promessa que Halpher me fez. Ele faz o levantamento, checam as informações se está tudo de acordo com os dados que estão lá se

Então o senhor vai se empenhar na solução do problema? Eu estou acompanhando, após o carnaval volto em contato com ele de novo para ver o andamento e vou informando a população através do seu trabalho ai, e vou falando qualquer dúvida, e se necessário for, até a presença física eu farei ai com maior carinho, com maior prazer, porque um equipamento como esse, uma passarela como essa numa BR que é tão movimentada, e que é tão vital pra população de Braço do Rio é muito importante que ela não fique tanto tempo interditada, e que isso seja sanado logo com as obras iniciadas e concluídas o mais breve possível, e que em março, segundo o diretor do DNIT me garantiu essa semana que a obra estará sendo iniciada e ai vai até concluir sem interrupção.

Senador garante que reforma vai sair O Senador Magno Malta (PR) disse que tem acompanhado de perto a luta dos moradores de Braço do Rio para que a passarela seja reformada e volte a ser utilizada. Por isso, garante que em todas as oportunidades que conversa com o diretor do DNIT Halpher Luiggi cobra uma definição para o problema, mas garantiu que as conversações

estão dando resultado positivo. Foi o que antecipou a assessoria de imprensa do senador, em contato com a reportagem do Jornal Barcos Noticias. “A reforma vai sair”, garantiu Malta. De acordo com a assessoria, o Senador Magno Malta têm farto material fotográfico sobre as condições em que ser encontra a passarela

cuja estrutura oferece risco na segurança dos moradores do Bairro Pinheiros que a utiliza diariamente (no momento está interditada) como forma de evitar sofrer acidentes devido ao tráfego intenso de veículos diariamente pela BR 101. A reportagem vai continuar man-

tendo contato com o senador Magno Malta.

A estrutura de ferro está totalmente condenada.

Ministério Público acompanha o caso e ouve engenheiro O Ministério Público Federal através da Procuradoria da República em São Mateus ouviu no último dia cinco de fevereiro o engenheiro Reginaldo Lirio Morelato, supervisor da Unidade local do Dnit, em Linhares para saber as reais condições da passarela em Braço do Rio e as providências que estariam sendo tomadas para resolver a questão. Na ocasião o engenheiro revelou que tem conhecimento do estado em que se encontra a passarela, depois de duas vistorias que fez no local. Disse que não entende que a melhor medida técnica a ser tomada seja a retirada da passarela e que de fato a impressão visual é ruim, com sinais de ferrugem, peças oxidadas e que os dois pilares metálicos precisam ser substituídos por estruturas de concreto. O engenheiro revelou ainda que há risco de desmoronamento da passarela nas condições em que se encontra. “As condições em que se encontra a passarela não significa que não haja possibilidade de desmoronamento, mas não entende que deva haver a sua retirada”, afirmou. Concluindo o engenheiro disse que

acredita ser possível a recuperação da passarela, mas reconhece que seria necessária a construção de uma estrutura de concreto armada envolvendo os dois pilares. Disse ainda que é necessário jateamento de toda a estrutura e substituir algumas peças. Quanto ao tempo estimado para adoção das providências seria em torno de seis meses . “Primeiramente seria necessário realizar um aditivo no contrato de conservação do trecho, submetendo alguns itens à aprovação do Dnit em Brasília. Depois da aprovação seriam necessários mais três meses para a execução da obra”, disse. E adiantou: “A eventual instalação de semáforos no local deveria ser precedida de estudo técnico que demoraria cerca de um mês, mas não acredito que a instalação de semáforos seja a melhor solução técnica para a região, uma vez que se trata de trecho rural sem nenhum outro semáforo por perto”. Concluindo: “O procedimento para a retirada da passarela levaria em torno de um mês e seria realizado pela prestadora de serviço de conservação da BR 101 Construtora Ápia”.


barcosnoticias@gmail.com

06

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Católicos na expectativa da criação da Paróquia de Braço do Rio A assinatura do decreto da criação da Paróquia está na dependência do bispo Diocesano de São Mateus Dom Zanoni Demettino de Castro. Fotos: Hilmar de Jesus

Hilmar de Jesus

A

comunidade católica não vê à hora de celebrar a elevação da Igreja local em Paróquia São João Batista, atualmente ligada à Paróquia de Pedro Canário. Na Quarta-feira de Cinzas, antes da celebração que foi transmitida ao vivo pela Rádio Barcos FM 98,5, o padre Elder Malovini explicou à reportagem em que estágio está o processo para transformação da Paróquia. E o que depende para efetivamente ocorrer a transformação em Paróquia. Barcos Notícias Como será o futuro dessa Paróquia? Padre Elder - Na verdade, Braço do Rio ainda não é Paróquia, a caminhada que agente vem fazendo há dois anos aqui é de observação, acompanhando as comunidades aqui de Braço do Rio ao redor dela, as Comunidades maiores de Sayonara e as outras do interior no intuito de observar a necessidade pastoral. Quando se pensa na criação de uma Paróquia, em primeiro lugar se pensa na necessidade que se tem de prestar um atendimento melhor às pes-

O Padre Elder emocionou na pregação junto aos fiéis.

A Igreja vai ser elevada a Paróquia São João Batista.

soas. Foi a partir daí, com dois anos de observação que achamos necessário começar um processo de criação de uma paróquia. Na verdade o que está previsto pra esse mês de fevereiro que vem sendo anunciado desde o final do ano passado é que o Bispo assine o decreto de criação da quase paróquia de Braço do Rio, de São João Batista, que vai ser o padroeiro da paróquia. Uma quase paróquia não funciona como uma Paróquia basicamente, quando se cria uma quase paróquia é para que haja um trabalho, não só de estru-

Padre Elder e nosso diretor Toninho de Deus.

turação pastoral mas também física, agente tem dentro da Diocese de São Mateus alguns exemplos em que se foram criados diretamente a Paróquia porque aquele lugar já tinha estrutura física preparada pra isso e condições econômicas também são levadas em conta pra se criar a paróquia. Mas também agente já teve exemplos de paróquias que primeiramente foi criada a quase paróquia com intuito de se organizando até que chegou o momento em que agente disse: Está pronto, então agora pode se criar a Paróquia. Braço do Rio agente ta passando por este processo neste momento, começando estruturar a paróquia, agente vai então nesses próximos dias receber já o comunicado com o decreto assinado pelo Bispo da criação da quase paróquia. E a agente começa um trabalho de estruturação física também.

Pastoralmente nós já estamos a um tempo caminhando com as próprias pernas de forma mais independente da paróquia de Pedro Canário de onde agente vem. Agora o trabalho é construir a estrutura física mesmo, para que o funcionamento da Paróquia possa acontecer. Então, nós temos a necessidade de construir uma casa Paroquial que, pensando numa paróquia agente precisa pensar numa casa paroquial onde possa residir o padre, depois também a estrutura que vai ajudar com que a paróquia caminhe, as estruturas dentro da paróquia, um escritório paroquial antes de tudo se faz necessário como também um salão paroquial. A ampliação do salão. Agente já tem uma estrutura pequena, mas que ainda não responde a toda demanda que nós temos. Dentro desse processo da criação da quase paróquia nós já fizemos várias

reuniões e já estamos encaminhando o projeto de construção, primeiramente a prioridade da gente e se Deus permitir até o final desse ano agente já tenha construído o escritório paroquial, mas estão sendo montado todo o projeto de escritório paroquial, de salão paroquial com as dependências todas necessárias, como também o da casa paroquial.

Ainda este ano sai? Este ano agente espera que já saia o escritório paroquial, que inicialmente é fundamental pra que a paróquia possa ser estruturada, possa funcionar de forma independente, que hoje pastoralmente agente está caminhando independente, mas economicamente ainda a nossa dependência continua na paróquia de Pedro Canário

Jovens da Comunidade fizeram acompanhamento da celebração.

Momento de Fé durante a celebração da Quarta feira de Cinzas.


barcosnoticias@gmail.com

07

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Mudança

BASTIDORES

Há um forte indício que haverá mudança na Câmara Municipal de São Mateus. O que surpreende são as fórmulas como o caso pode vir a acontecer. Tem gente dizendo aos quatro cantos da cidade que vai rolar grana, e alta. Pobre eleitor!

com Hilmar de Jesus E-mail: hmjtribuna@ig.com.br (27) 9740-6516

Respirando no oxigênio Verba garantida

O prefeito de Conceição da Barra Jorginho Donati (PSDB) se antecipa para garantir que vai cumprir o que prometeu quando da posse. Que vai liberar parte do dinheiro a ser destinado para a construção da sede própria da Câmara Municipal, em torno de um milhão de reais.

Novidade

Não vai ser novidade se dois ou mais vereadores da Câmara de São Mateus se lançarem candidato a deputado estadual nas próximas eleições ano que vem. E um deles pode ser o atual presidente Isaias de Guriri (foto). Cacife para pleitear a vaga tem de sobra sem contar que pode agregar lideranças locais em torno de seu nome em todo o município pela seriedade que comanda o legislativo municipal já no seu primeiro mandato de vereador.

Saúde

E por falar em Jorginho (foto), em recente visita às instalações da Rede Barcos de Comunicação, depois de retornar do Rio de Janeiro, demonstrou que está esbanjando saúde. Nem parecia que esteve internado como noticiado pela grande imprensa.

Rede de Fibra Óptica

O comentário em Jaguaré é um só. Passada a ressaca do Carnaval que não foi lá grande coisa, com o registro do assassinato a facadas de um folião, o que pôs fim à folia, é que o prefeito Rogerinho Feitani está respirando à base de oxigênio depois que seu nome foi incluído na operação Derrama. E haja oxigênio!

Guriri

E por falar em Guriri que seja tomado como exemplo da falta de maior segurança para explicar a morte de turista mineiro na madrugada de terça-feira de carnaval em meio aos foliões na frente do trio elétrico. Curioso é que a ambulância demorou quase dez minutos para socorrer o rapaz. No último dia de carnaval um jovem de 16 anos também foi assassinado.

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) concluiu os trabalhos para a implantação da Rede Metro.ES/Metrovix. Essa estrutura atende a mais de 100 órgãos estaduais com fibra óptica, em Vitória. Com velocidades de 1 a 10 gigabits por segundo, a Rede contempla hospitais, escolas, delegacias e diversos tipos de repartições públicas.


barcosnoticias@gmail.com

08

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Consultores do Bandes que ajudaram a movimentar R$ 181 milhões no Estado participam de premiação Vitória -O número de contratos de financiamento fechados pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) em 2012 chegou amais de 7 mil em 2012, 11% a mais do que os 6,3 mil contratos feitos em 2011. Esses números ajudaram o banco a atingir opatamar de 29 mil clientes diretos ativos (entre 20032012). Em valores, esse crescimento representou R$ 181 milhões a maisinvestidos na economia capixaba em propriedades rurais e micro e pequenos empreendimentos, um crescimento de quase

30%comparado com 2011. Esse desempenho foi reconhecido em uma premiação dos parceiros-consultores do Bandes, neste sábado(02), na Serra. Para o diretor-presidente do Bandes, Guerino Balestrassi, o trabalho dos consultores confere uma capilaridade fundamental para o sucesso do banco em sua política de desenvolvimento: “A parceria com os consultores faz com que o empreendedor dos segmentos rural e urbano conheça as nossas linhas sem precisar se deslocar de seus municípios. Esse crédito representa a

dinamização dessas regiões, ajudando na geração de emprego e renda, atendendo a clientes que muitas vezes nunca conheceriam o nosso trabalho e a nossa missão”, declara Guerino. Para o Diretor de Crédito e Fomento do Bandes, Guilherme Henrique Pereira, os resultados conferem legitimidade ao banco para procurar novos nichos: “Consolidamos o crédito rural e o apoio às micro e pequenas empresas. Agora temos que atuar fortemente para promover investimentos de maior porte, que marquem

a presença capixaba no mercado nacional e, em alguns casos, mundial. Além disso, queremos financiar empresas inovadoras que agreguem valor às nossas mercadorias.”, explica Guilherme. Os consultores premiados no segmento rural foram: CEPAGRO Consultoria, de Vila Pavão, seguido de MAST, Águia Branca, e Tamanhoni e Frigi, de Rio Bananal. Do setor urbano, o 1º lugar ficou com Simone Gomes Amorim, de Cachoeiro de Itapemirim, seguido de Gustavo Athayde da Silveira, de Guaçuí, e César Thadeu, de Linhares. Já

Piscicultura: criação de tilápia é alternativa de renda em Ecoporanga Produtores rurais de Ecoporanga conheceram na prática o processo de produção de peixes em tanques-rede e viveiros escavados. O Escritório Local de Desenvolvimento Rural do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura levou um grupo de agricultores a dois municípios da região, a fim de apresentar as diferentes técnicas de cultivo de tilápias. Ao todo, 15 pessoas participaram da excursão, incluindo produtores, técnicos e estudantes de curso técnico em agropecuária. “A ideia surgiu a partir da demanda dos próprios produtores rurais. Alguns procuraram o Incaper para receber orientação para instalação de tanques rede. Promovemos dois dias de curso em Ecoporanga e fomos a campo, para mostrar

na prática como deveriam ser instalados os tanques e dar outras orientações técnicas”, explicou Wesley Ribeiro Ferrari, engenheiro agrônomo do Incaper em Ecoporanga. A pecuária e a cafeicultura são as principais atividades agrícolas desenvolvidas em Ecoporanga. “Muitos produtores possuem barragens nas propriedades, para irrigar o café e as pastagens. Para complementar a renda e diversificar a cultura estamos incentivando a criação de tilápias”, disse o agente de desenvolvimento rural do Incaper. Em São Mateus, o

grupo visitou a Associação de Pescadores de São Mateus (Apesam), na comunidade de Pedra D’Água. Lá, observaram a produção de tilápias em tanques-rede, e tiraram dúvidas sobre a instalação dos tanques e o manejo da produção, desde a chegada dos alevinos até a despesca, passando pela nutrição, manejo sanitário, entre outros temas. Em seguida, o grupo foi a Conceição da Barra visitar um sistema de criação intensiva em viveiros escavados. Eles puderam observar, na prática, como é feito todo o manejo da produ-

ção e obtiveram orientações técnicas para o consórcio da criação de tilápias com camarão da malásia. “O consórcio tilápia-camarão da malásia é uma ótima alternativa para o produtor, pois nesse sistema o camarão se alimenta das fezes e dos restos da ração fornecida às tilápias, permitindo, com isso, o aumento da lucratividade”, destacou o agente de desenvolvimento rural do Incaper, Wesley Ribeiro Ferrari. O próximo passo dos produtores é adequar ou instalar as estruturas já existentes e adquirir os alevinos para dar início à produção. A comercialização das tilápias será feita em feiras livres de Ecoporanga e municípios vizinhos, e por meio dos programas governamentais de comercialização, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE).

os consultores Alemir Franco (Nova Venécia) e T&T Consultoria e Assistência Técnica Rural (São Gabriel da Palha) receberam o “prêmio precisão”, urbano e rural respectivamente. Para premiação, além do volume de recursos, os consultores foram avaliados por critérios de precisão dos projetos, tempo de tramitação e também pela participação nas capacitações “Conversando” ao longo do ano. Para o urbano, também é utilizado como critério a recuperação de crédito. Para Alemir Franco, consultor de Nova Ve-

nécia, é a dedicação o fator principal para se destacar: “Eu fiz mais de 200 financiamentos pelo Programa Nossocrédito e outros 45 para micro e pequenos empresários, isso representa quase um por dia útil. E é exatamente assim que penso: todo dia conquistar e satisfazer mais um cliente” explica Alemir. Simome Gomes, 1º lugar do segmento urbano, definiu assim a premiação: “Posso me considerar uma tricampeã, porque nas últimas três edições recebi prêmios pelo meu desempenho,” brinca a consultora de Cachoeiro.


barcosnoticias@gmail.com

09

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Estudantes iniciam o ano com frota de ônibus renovada “Aproximadamente 80 alunos serão beneficiados com os novos veículos” Pinheiros - Os estudantes Pinheirenses têm mais um motivo para não faltarem aula no ano letivo de 2013, na última semana o prefeito Antonio da Emater esteve em Vitória para buscar dois ônibus zero kilometros para transportar os alunos da Zona Rural município. A cidade foi contemplada no dia 31 de Janeiro com dois ônibus escolares do Programa Caminhos da Escola do Ministério da Educação (MEC/FNDE) em parceria com Governo do Estado e Governo Municipal. O prefeito Antônio da Emater ressaltou a importância dos veículos para os estudantes. “Nossa meta é não medir esforços para melhorarmos ainda mais a educação na nossa cidade, os ônibus irão beneficiar em muito os alunos da zona rural do município, já tínhamos três que nos ajudavam bastante, agora com mais dois que recebemos, o transporte escolar da rede municipal de ensino de Pinheiros ganhará mais conforto e segurança”, destacou o prefeito. A secretária Municipal de Educação Wanésia Favero, também ressaltou a importância dos veículos, “acessibi-

lidade é o ponto chave dos ônibus que possui capacidade para 16 pessoas sentadas, em cada um há um elevador que facilitará o embarque e desembarque de pessoas com deficiência locomotiva, uma cadeira de rodas e um acento reservado para os acompanhantes. Os ônibus também são equipados com sistema de ar condicionado e aquecedor, caixa compacta de ferramentas, instalada na parte lateral, e extintores de incêndio”, explicou a secretária. A secretária explicou ainda que o Programa Caminhos da Escola foi criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, amplian-

do, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais. O Programa também visa à padronização dos veículos de transporte escolar, à redução dos preços dos veículos e ao aumento da transparência nessas aquisições. Finalizando Wanésia

disse que os dois motoristas do município passaram por uma capacitação profissional que envolveu estudos teóricos e práticos com relação ao uso e manutenção dos transportes escolares, “Durante o curso que teve a duração total de quatro horas, em sala de aula, os cursistas conheceram conceitos básicos e avançados relacionados aos mecanismos elétricos e mecânicos dos ônibus, por meio de exibição de slides e pequenos vídeos”, lembrou a secretária. Ao final do curso, todos os motoristas receberam certificados que comprovam a participação e conclusão da capacitação profissional. Em breve o município será contemplado com mais dois ônibus do mesmo porte do atual.

Atendimento no Roberto Silvares triplica Com a chegada do verão e o aumento do número de casos de dengue na maioria dos municípios do norte do Estado e sul da Bahia, tem sido grande a procura do Hospital Roberto Silvares, nesta época do ano de pacientes com sintomas da dengue. A afirmação é do Serviço Social do hospital, que fica em São Mateus. Somente de pacientes do município de São Mateus triplicou o número de atendimento neste período em relação ao ano passado, muito embora nos postos de atendimentos como Unidade de Saúde do bairro Boa Vista e no Pronto Socorro do centro da cidade é onde se registra a maior procura. De acordo com a Secretaria de Saúde de São Mateus somente no mês de janeiro foram confirmados 222 casos da doença de um total de 313 amostras coletadas de sangue coletadas no período de 2 a 19 de janeiro, conforme revelou a secretária municipal de saúde Mércia Holanda. Preocupação A Secretaria Municipal de Saúde, preocupada com a possibilidade de vir a registrar um surto da dengue, o

que no momento não existe, segundo a secretaria, refdorçou o combate ao mosquito aedes aegypti transmissor da dengue. O trabalho é feito por meio da equipe de controle vetorial da Vigilância Ambiental e do Programa de Educação em Saúde, conforme determina o Plano Municipal de Combate à Dengue. De acordo com a secretária Mércia, desde dezembro, todas as equipes priorizam as áreas consideradas de risco e trabalham com medidas de prevenção, como tapar caixas d’água, inspecionar os quintais e o interior das casas, além de grandes empresas, para identificar possíveis focos do mosquito. O clíniico geral Dr. Joaquim Cardoso Lima que atende no Pronto Atendimento de Braço do Rio reconhece que tem sido oequeno o número de pacientes com suspeita de dengue na região.


barcosnoticias@gmail.com

10

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Telefonia móvel a caminho das comunidades rurais do ES O Governo do Espírito Santo iniciou os procedimentos necessários para a implantação de redes de telefonia móvel e transmissão de dados em comunidades rurais capixabas. No dia 04 de fevereiro, a Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) publicou no Diário Oficial o Edital de Chamamento Público para as operadoras interessadas em participar da licitação dos serviços. Inicialmente o projeto piloto para a implantação de Serviço Móvel Pessoal (SMP), com tecnologia mínima GSM-EDGE e 3G, irá abranger 10 comunidades rurais atualmente não atendidas por estes serviços. Os investimentos do Estado poderão chegar a R$ 3 milhões. “A reivindicação das comunidades do interior é antiga. A telefonia móvel é um instrumento importante para o desenvolvimento do Estado, bem como para a redução das desigualdades, uma das nossas premissas de atuação. Nosso projeto piloto será um exemplo para o Brasil. Conectadas via telefone e internet, as comunidades terão maiores oportunidades

O crédito financeiro é fundamental para o produtor investir em equipamentos que ampliam a capacidade de produção.

para ampliação dos serviços e o surgimento de novos negócios”, ressalta o governador Renato Casagrande. A sessão pública para a definição das operadoras que irão realizar os serviços será no dia 4 de abril de 2013 e o projeto piloto será implantado em comunidades rurais dos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Dores do Rio Preto, Governador Lindenberg, Mimoso do Sul, Montanha, Pancas, Rio Bananal, Santa Leopoldina e Santa Maria do Jetibá. “Esse serviço que iremos implantar é o mesmo que atualmente é ofertado nos prinicipais núcleos urbanos do país. Após o início da operação, as comunidades do interior, tecnologicamente, só estarão

atrás das cidades sede da Copa do Mundo, que terão oferta de servigo 4G. Além da novidade dos serviços, o Espírito Santo sai na frente do Brasil na relação com as operadoras. O modelo que organizamos para garantir a realização dos investimentos não necessitará de recursos imediatos do tesouro e serão pagos a partir de descontos nos impostos devidos pelas operadoras”, destaca o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografoa e Estatística (IBGE) aproximadamente 36 mil pessoas residentes em 10 comunidades rurais desses municípios serão beneficiadas com a telefonia móvel e trans-

missão de dados de alta qualidade. Por se tratar de um projeto piloto, a seleção das comunidades rurais buscou implantar os serviços nas quatro grandes regiões do Estado: Extremo Norte, Norte/Noroeste, Central Serrana e Sul/Caparaó. Com os serviços em operação, a população rural terá uma comunicação mais ágil e eficiente, com acesso facilitado aos serviços de saúde, educação, segurança, ciência e tecnologia e às informações referentes ao mercado agrícola, maior potencial para geração de renda do agronegócio capixaba, com a possibilidade de atingir novos mercados e a possibilidade de desenvolvimento de novos negócios, principalmente relacionados ao agroturismo e às agroindústrias. Confirmada a eficiência do modelo adotado no projeto piloto, a meta da Seag é implantar telefonia móvel e transmissão de dados nos principais distritos do Espírito Santo, ampliando a oferta dos serviços à população rural capixaba, que atualmente, segundo o IBGE, é de 583.480 habitantes.

Goiaba: excelente alimento para manter o pique após o Carnaval Você sabia que a goiaba possui grande concentração de vitamina C e, por isso, é considerada uma excelente opção de consumo para manter o organismo saudável. Como também é fundamental para a formação dos ossos, dentes e ajuda a equilibrar a água do corpo. Quem não costuma comer diariamente, pelo menos uma fatia, pode ter fraqueza muscular e ressecamento da pele. A nutricionista Caroline Palmeira esclarece algumas dúvidas sobre a fruta que está em período de safra durante os meses de fevereiro e março. “Algumas pessoas ainda não sabem, mas a goiaba detém grande quantidade de vitamina C, substância que auxilia na absorção de ferro, mantém a função do sistema imune e diminui a fadiga durante o esforço físico. Ela é rica em fibras, que regula o trânsito intestinal, controla o colesterol e a glicemia. É importante lembrar que torna a absorção da glicose mais lenta e, dessa forma, estabiliza os níveis dela no sangue. A goiaba vermelha é rica em licopeno, um poderoso antioxidante,

que combate os radicais livres evitando o envelhecimento precoce das células e auxiliando na prevenção de alguns tipos de câncer como o de próstata”, explica Caroline. Por isso é essencial consumir na forma in natura, ou em sucos. Além disso, a goiaba é procurada também para receitas de doces, salada de frutas, geléias e vitaminas. E para quem vai curtir o Carnaval e deseja uma dica rápida e fácil, a nutricionista dá uma ótima sugestão de suco refrescante para manter o organismo bem hidratado durante toda a folia. “Os ingredientes necessários são: quatro goiabas grandes, 1/4 de xícara (chá) de suco de limão, uma colher (chá) canela em pó, duas xícaras (chá) de água e açúcar a gosto. O modo de preparo é rápido e prático, começando por descascar as goiabas e cortá-las em pedaços. No liquidificador, coloque todos os ingredientes e bata até ficar homogêneo. Coe em uma peneira, acrescente cubos de gelo e sirva em seguida”, conclui.


barcosnoticias@gmail.com

11

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Incaper orienta agricultores a recuperarem recursos hídricos do Córrego do Cupido A previsão para a finalização do levantamento de dados da microbacia é até o dia 29 de março deste ano O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) tem orientado agricultores da microbacia do Córrego do Cupido, de Sooretama, a usarem de maneira adequada os recursos hídricos da região. Muitos deles vivem às margens da Reserva Biológica do município, criada, em 1982, para preservar a Mata Atlântica remanescente no Espírito Santo. De acordo com o chefe do escritório local do Incaper, Lucas Calazans Santos, as ações de educação ambiental na comunidade se intensificaram após a

assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que estabelece regras para o uso da água para irrigação em períodos de seca. “O TAC surgiu após a escassez de água enfrentada por muitos produtores da microbracia. Eles não podem, legalmente, fazer uma barragem no local devido à proximidade com a Reserva Biológica de Sooretama. Dessa forma, a solução é encontrar maneiras de recuperar a água do córrego, o que passa por uma regulação de seu uso e por ações de educação ambiental”, informou Lucas.

Atualmente, o Incaper tem feito um levantamento do perfil social, agrícola e ambiental dos moradores da microbacia do Córrego do Cupido. Está sendo aplicado um questionário a partir do qual serão escritos projetos que visam a incentivar o reflorestamento e apresentar soluções tecnológicas para a questão da seca. “Com a participação da comunidade, iremos adotar práticas que visem à sustentabilidade do sistema, por meio do manejo adequado do solo, da água e da lavoura. Também é preciso investir em sistemas de irrigação mais

eficientes e fortalecer a interação entre os produtores a fim de fazer com que todos se sintam integrados ao processo”, explicou Lucas. A previsão para a finalização do levantamento de dados da microbacia do Córrego do Cupido é até o dia 29 de março deste ano, quando será entregue o cadastramento para outorga coletiva de água para a Secretaria de Meio Ambiente de Sooretama. O questionário que levantará o perfil da microbacia também será analisado e projetos voltados para a melhoria da região serão desenvolvidos.

Boa Esperança investe R$ 1,8 milhão em melhorias de escolas Ano novo, escolas novas. Esse lema resume muito bem os investimentos em infraestrutura na área de educação no município de Boa Esperança. A Prefeitura, através da secretaria de Educação está investindo R$ 1 milhão, 800 mil e 126 reais com recursos próprios em obras de melhorias nas escolas, para garantir mais conforto aos alunos e melhores condições de trabalho para profissionais da área. Em sobradinho e Santo Antônio as reformas foram concluídas nas Creches Criança Feliz e Amiguinhos, res-

Escola Quilômetro Vinte em fase final de reforma e ampliação

pectivamente. Na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Quilometro Vinte, a obra está em fase final de conclusão para iniciar o ano letivo.

Na sede, o Governo Municipal concluiu as intervenções nas escolas Professora Ubaldina Santo Amaro do Amaral, no Centro e Professora Izaura Almeida

Silva no Bairro Nova Cidade, além das Creches João de Barro em Vila Tavares e Pingo de Gente no Centro. “Entendemos que a educação é o alicerce para formar bons cidadãos. Além de educadores altamente qualificados e devidamente valorizados, temos que oferecer uma estrutura digna para que esses profissionais possam exercer bem suas funções, garantindo educação de qualidade para todos. É isso que estamos fazendo, estamos cumprindo com nosso papel”, ressalta o Prefeito Romualdo Milanese.

As três grandes Luzes Na iniciação maçônica, logo após o nosso juramento e ao recebermos a Luz, defrontamo-nos imediatamente com as três grandes Luzes emblemáticas da Maçonaria universal. É sabido que, ao redor do mundo, nenhuma Loja Maçônica regular executa seus trabalhos sem que o Compasso e o Esquadro figurem expostos sobre o volume da Ciência Sagrada. Com o Compasso podemos desenhar o círculo espelhado para o infinito, centralizado pelo ponto que pode representar o início de toda a evolução. Representa a Justiça e nos ensina o princípio e o fim dos nossos direitos. Na ação deste instrumento figura a dualidade de suas hastes e a união destas na sua junção. É nisto que se exprime um dos mais sublimes preceitos maçônicos, ou seja, o da união, da harmonia e do amor entre os maçons. O salmo 133, na abertura dos trabalhos, expressa muito bem esta trilogia: “Oh quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”... e mais adiante, “é como o orvalho do Hermon”... [montanha na fronteira entre o Líbano e a Síria, sempre coberta de neve, cujo reflexo atinge grandes distâncias] “que desce sobre os Montes de Sião”... [região de Jerusalém onde o rei Davi construiu uma residência real e mais tarde o rei Salomão construiu um imenso Templo] e em continuidade ao salmo, “porque ali o Senhor ordena a sua benção e a vida para sempre”. Com estas palavras o rei Davi externou a sua

alegria ao contemplar a união de todas as tribos de Israel. A maçonaria adota o Compasso sobre o altar, sob o Esquadro no 1º grau, para simbolizar também o universo em oposição ao homem. O Esquadro, para execução dos projetos é imprescindível, significando como que a base de um edifício. É um instrumento muito útil para traçar ângulos retos, baseado no teorema de Pitágoras. Podemos aplicar este teorema ao nosso comportamento na vida profana, onde as linhas retas do esquadro podem indicar-nos o caminho mais curto para a prática da virtude. Ele é o instrumento da Sabedoria que nos ilumina e nos guia, regulando a nossa conduta no lar, no trabalho e na sociedade. Sobre o L.’.L.’. é feito o nosso juramento, pois é o ponto culminante da habilitação interior para o recebimento da Luz. Não é suficiente o juramento fundamentado na Honra. Este ato solene é realizado em presença do G.’.A.’.D.’.U.’., quando adquire um caráter espiritual, comprometendo a consciência religiosa do homem. Nestas condições, a sua Honra e a sua Fé dão garantia da autenticidade de suas afirmações. A recepção da Luz é o ponto culminante da iniciação maçônica, tendo como objetivo maior relação que une o Homem a Deus. Pedro Juchem, M.’.M.’. - Loja Venâncio Aires II, nº 2369, GOB RS , Or.’. Venâncio Aires, RS, Brasil.


barcosnoticias@gmail.com

12

1ª QUINZENA|FEVEREIRO|2013

Fechamento de Centros de Educação Infantil preocupa pais Fotos: Gracielho Pereira

C

om o início das aulas a expectativa da grande maioria dos pais é ver o filho na sala de aula. Aliás, se não o fizer corre o risco de ser processado pela Justiça: é o que preconiza a Constituição Federal (Lei do Pátrio Poder) quando frisa que os pais devem garantir o acesso do filho à educação. Mas o que está acontecendo em Conceição da Barra com o fechamento de dois Centros Municipal de Educação Infantil, também conhecidos como creche não reflete este princípio, deixando inúmeros pais de Braço do Rio e Sede apreensivos. Em Braço do Rio foi fechado o Centro Municipal de Educação Infantil Santa Mônica que no ano de 2012 chegou a receber 117 crianças. O Centro nasceu de uma creche fundada em 1979 pela professora Maria José Oliveira Lins, conhecida por dona Lica, que depois a transferiu para Braço do Rio. Atualmente aposentada devido a problema de saúde, dona Lica lamentou o fechamento do Santa Mônica.

O que diz as mães

O Centro Municipal Santa Mônica foi fundado em 1979 na Cobraice.

Lamento “No momento que a presidente Dilma fala em priorizar a educação no país lamento o que está acontecendo. Lembro-me que passaram por minhas mãos pessoas que hoje são advogados, como Dr. Ronaldo, morador da Cobraice, professores e outros profissionais”, disse. Na sede de Conceição da Barra foi fechado o Centro Municipal de Educação Santa Rita, mas a assessoria de imprensa da prefeitura

Pátrio Poder O pátrio poder é o conjunto de direitos relativos à pessoa e aos bens do filho com idade inferior a vinte e um anos de idade e que não foi emancipado (Guimarães, 2000). THEOTONIO NEGRÃO, em edição atualizada do Código Civil de 2001, no Capítulo VI, se refere, na Seção II Do Pátrio Poder quanto à pes-

soa dos filhos, às obrigações daqueles que detêm o pátrio poder: Art 384. Compete aos pais quanto à pessoa dos filhos menores: I.. Dirigir-lhes a criação e educação. II. Tê-los em sua companhia e guarda. III. Conceder-lhes, ou negar-lhes consentimento para casarem. IV. Nomear-lhes

não tinha condições de informar a quantidade de crianças que estudaram no ano passado. A informação do secretário de Gabinete Wilson Oliveira é de que estava ocorrendo defasagem de alunos daí a razão da transferência dos que foram matriculados, para outro local, com mais conforto e comodidade. “As crianças matriculadas foram transferidas para a Escola Menino Jesus”, revelou Wilson adiantando que a exemplo do Centro tutor, por testamento ou documento autêntico, se o outro dos pais lhe não sobreviver, ou não puder exercitar o pátrio poder. V. Representá-los até os 16 anos, nos atos da vida civil e assisti-los, após esta idade, nos atos em que forem partes, suprindo-lhes o consentimento. VI. Reclamá-los de quem ilegalmente os detenha. VII. Exigir que lhes prestem obediên-

Nezilda Souza Freires, dona de um supermercado em frente onde funcionava o Centro Municipal Santa Mônica lamentou: “Moro aqui há mais de dez anos e acompanhava o funcionamento e lamento o que está acontecendo pois esperava matricular meu netinho aqui próximo da minha casa. Tem muitas crianças nesta região de Braço do Rio que precisam ficar na creche para as mães trabalharem. Deveriam abrir novas unidades educacionais e não fechar”.

Conceição Mota Lisboa, moradora do bairro São Jorge ficou surpresa ao procurar o Centro Educacional Santa Mônica para matricular o neto de dois anos e constatou que havia sido fechada. “Fui à sede de Conceição da Barra e falei com a Sandra na Regional de Educação e ela mandou que procurasse o Centro Municipal São João e para minha surpresa as matriculas começaram e terminaram na segunda-feira e só havia 28 vagas. Teve mãe que chegou às 3h da madrugada e ficou decepcionada”. Conceição tem a guarda do neto e por isso, impossibilitada de trabalhar.

A professora Lica, aposentada, lamentou o fechamento.

Municipal Santa Mônica a estrutura do Santa Rita é antiga e não vinha oferecendo comodidade e segurança para as crianças. cia, respeito e os serviços próprios de sua idade e condição. O artigo 384 claramente demonstra que os pais ou aqueles que detenham a guarda da criança têm obrigações e responsabilidade com a sua segurança, educação, bem estar, enfim, todos os cuidados elencados na constituição e que constituem a filosofia do melhor interesse da criança.

Prefeito diz que não vai faltar vagas O prefeito Jorge Donati (PSDB) garantiu que nenhuma criança de Conceição da Barra e Braço do Rio vai ficar sem estudar em sua administração e que o fechamento dos dois Centros de Educação Infantil da Sede e do Distrito está dentro do projeto

de melhorar as condições físicas dos prédios para receber os alunos. “Temos que otimizar nossas instalações e reduzir custeio”, disse. Donati disse ainda que o município está encarregado em oferecer ensino de qualidade daí a justificativa para o fechamento dos Centros. “Nenhum criança, nenhum aluno ficará sem escola no nosso município”, Jorginho garante que não vai faltar vagas. assegurou.


58ª EDIÇÃO