Page 1

JORNAL DA CIDADE “SEM LIBERDADE DE CRITICAR, NÃO EXISTE ELOGIO SINCERO”. BEAUMARCHAIS

www.jornaldacidade.net

Sergipe R$ 2,00 - Outros Estados R$ 2,50

EDIÇÃO DE FIM DE SEMANA

Aracaju-SE, 12 a 14 de outubro de 2019 - Ano XLVIII - Nº 13.996

THAÏSBEZERRA JORNAL DA CIDADE

ra

Editora: Thais Bezer

Aracaju(SE), 12 a

14 de outubro de

2019

VISTA ENTRE Hilda Ribeiro

t tb@jornaldacidade.ne

“Estamos pagando antecipado”

A3 A 3

itto, criticou F, Carlos Ayres de Br O ex-ministro do ST o e a Lava Jato. Os destaques sio. o ex-juiz Sérgio Mor r Nathan e Vitor Aloi cto Vi s io ár es pr em os são

385 mil sergipanos ainda não sacaram os R$ 500 do FGTS Os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na Caixa Econômica totalizam R$ 136 milhões. Em Sergipe, 735.719 pessoas têm direito ao saque das contas inativas e ativas, ou seja, 385.719 pessoas ainda não fizeram o saque. B1 Jadilson Simões

EUGÊNIO Nascimento

Em momento de grave crise no Estado, o Ministério Público de Sergipe está prestes a adquirir 12 veículos, conforme está descrito no pregão eletrônico. Essas aquisições podem esperar um momento melhor. A5

NACIONAL

Fernando Collor é alvo de operação da PF que apura lavagem na compra de imóveis A4

ENTREVISTA

LUCIANA FRANCO

MÉDICA ONCOLOGISTA

CURVA DO GIRASSOL Flores são atração em parque

Conhecida como “A curva do Girassol”, área com plantação de girassóis no Parque da Sementeira, em Aracaju, tornou-se atração no local. Muitas pessoas vão ao parque municipal para tirar fotos. B4

REALIZAÇÃO DE EXAMES PREVENTIVOS SÃO ALIADOS

IRMÃ DULCE

Sergipe terá roteiro religioso sobre a santa

CONTRA O CÂNCER DE MAMA

M UNICÍPIOS

Divulgação

Dulcíssima Dulce A7

POR MARCOS MELO

Ode a José Carlos Teixeira

P

Turismo B8

PREVISÃO DO TEMPO

MPF ajuíza ação para obrigar o governo federal a proteger o litoral sergipano de danos ambientais. A2

EXTREMO

ALTA: 03h17 2.0 15h36 2.0

BAIXA: 09h28 0.2 21h45 0.3

COMERCIAL

12

MARÉS

(79) 3226.4800

REDAÇÃO

EDIÇÃO DE HOJE 30 PÁGINAS

ÍNDICE UV

A7

ERISCÓPIO

FALE COM O JC

Fonte: INPE | CLIMATEMPO

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Umidade relativa Min. 56º - Máx. 78º Probabilidade de chuva 60%. Min. 23º - Máx. 30º

ARTIGOS

POR José Lima Santana

Desastre ambiental ameaça o futuro de milhares de famílias que vivem da pesca em Sergipe

Pontos turísticos sergipanos são alternativas para celebração de cerimônias

B2

(79) 3226.4805

FECHAMENTO DESTA EDIÇÃO

comercial@jornaldacidade.net

9 9978.7550

redacao@jornaldacidade.net

00:00


CHEFE DE REPORTAGEM

EUGÊNIO NASCIMENTO

RONALD DÓRIA

REPRESENTANTE: BRASÍLIA/DF

LC Comunicação e Marketing LTDA. SEPS 709/909 - BLOCO D - SALA 215 - EDF. FAPE - TELEFONE: (61) 3711.8712

ARACAJU  12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

PERISCÓPIO

EDITORIA POLÍTICA

MAIS PROTEÇÃO

O Ministério Público Federal em Sergipe ajuizou ação urgente para que a Justiça obrigue o Governo Federal a adotar medidas efetivas de proteção do litoral sergipano em um prazo de 24 horas. Ação tem foco em áreas sensíveis como mangues e a foz do Rio São Francisco, expostas a manchas de óleo desde setembro. Para o MPF, as medidas adotadas atualmente não são suficientes para conter o avanço dos danos causados pelo acidente ambiental.

politica@jornaldacidade.net

APERREADOS 1

Há um certo clima de aperreio rondando a Assembleia Legislativa de Sergipe. Isso porque alguns deputados que respondem a processos na Justiça (principalmente na eleitoral) acham que após a cassação do governador Belivaldo Chagas pelo Tribunal Regional de Sergipe, o clima para eles é ruim. O raciocínio é de que se cassaram um governador que ganhou a eleição com grande diferença de votos, ninguém pensará duas vezes para tirar o mandato de um deputado.

C

APERREADOS 2

No momento, pelo menos quatro deputados estaduais estão na berlinda: Diná Almeida (Podemos), que foi cassada na semana passada; Talysson de Valmir, que foi o parlamentar mais votado; Samuel Carvalho, e até o presidente Luciano Bispo, que tomou posse graças a uma liminar, depois que sua candidatura chegou a ser indeferida pela Justiça eleitoral.

DE OLHO

om isso, estão fora da Assembleia, mas de olho na situação desses deputados, os seguintes suplentes: Gracinha Garcez (ex-prefeita de Itaporanga), que é suplente de Diná; Robson Viana, suplente de Bispo; Jairo de Glória, suplente de Talysson de Valmir; e Sheyla Galba, suplente de Samuel Carvalho. Lembrando: todos estão recorrendo das decisões desfavoráveis e só perdem o mandato efetivamente após julgamento dos recursos no TRE.

FEDERAIS

Entre os deputados federais, Bosco Costa (Pros) chegou a ser cassado pelo TRE/SE e Valdevan Noventa (PSC) utilizou tornozeleira. Ambos podem perder definitivamente o mandato, que seria ocupado pelo mesmo suplente, em qualquer um dos casos: o ex-deputado federal Jony Marcos (PRB).

EDVALDO E ALESSANDRO 1

O prefeito Edvaldo Nogueira recebeu em seu gabinete, nessa sexta-feira, 11, o senador Alessandro Vieira. Na pauta do encontro, a destinação de recursos para Aracaju. Na próxima semana, a bancada federal de Sergipe se reunirá para definir as emendas coletivas que serão apresentadas ao Orçamento Geral da União. Historicamente, a capital sergipana é beneficiada com uma emenda de bancada.

EDVALDO E ALESSANDRO 2

“Tivemos uma conversa proveitosa e fico muito feliz em poder contar com o apoio do senador Alessandro Vieira, que colocou o seu mandato à disposição da cidade e disse que irá nos apoiar para que mais uma emenda de bancada seja destinada para Aracaju”, afirmou o prefeito. O senador Alessandro Vieira ressaltou que apresentará emendas para a capital sergipana e frisou que as ações em favor de Aracaju são uma “construção conjunta”.

QUEDA NAS VENDAS

As vendas no varejo do comércio sergipano registraram queda de 2,5% em agosto de 2019, na comparação com o mês anterior (série com ajuste sazonal). De janeiro a agosto de 2019, as vendas recuaram 0,7%, e nos últimos 12 meses, apresentaram um crescimento de 0,7%. Os números mostram um franco desempenho do comércio sergipano em comparação com a média dos estados brasileiros.

R

CADERNO

Rua Fernando Xavier de Oliveira, 200 - Inácio Barbosa - Aracaju-SE CEP: 49.040-706 - TELEFONE: (79) 3226.4800 .................................................................................................................................................................... G RU P O A N TÔ N I O CA R LO S F R A N C O

DIRETOR DE REDAÇÃO

OPINIÃO A JORNAL DA CIDADE

EMPRESA GRÁFICA JORNAL DA CIDADE LTDA

MARCOS FRANCO DIRETOR PRESIDENTE

Amazônia é solução, não um problema

egião pobre, de grande potencial, a Amazônia sempre foi esquecida pelos governos. Agora o pulmão do planeta arde em chamas. A Amazônia, que vem sendo destruída pela ganância, e pela ignorância, é agredida todos os dias. A natureza e as comunidades indígenas sofrem com a omissão e a impunidade. O governo federal está tentando mudar um pouco esse cenário. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirma que o governo pretende fomentar o desenvolvimento econômico da Amazônia com uma nova filosofia de preservação ambiental, que não se restringe apenas a proteção, mas encaminhar para a geração de empregos e de oportunidades. Para que a proposta vá adiante é necessário empenho do setor privado, inclusive de investidores estrangeiros. O governo quer criar empregos para todas as pessoas na Amazônia, transformar aquela região em um novo polo econômico, de desenvolvimento sustentável, com base, fundamentalmente, no investimento privado. Essa proposta, inclui ainda, de acordo com o ministro, as comunidades indígenas, para onde o governo pretende levar a possibilidade de conduzir

LEVAR GARIMPOS PARA A AMAZÔNIA PODE SER PERIGOSO, ESSE É, SEM DÚVIDA, O PONTO FRACO DAS PROPOSTAS 

HERÓDOTO BARBEIRO

APRESENTADOR E EDITOR-CHEFE DO ‘JORNAL DA RECORD NEWS’

Sem nepotismo O governador não pode roubar, nem deixar roubar. Para isso o Estado fixa o olho nele não só durante o período que está no poder, mas principalmente quando saí. O governador não pode sair do poder mais rico do que no momento que entrara. Para isso existe um grupo de funcionários de carreira, honestos, e leal ao povo e ao Estado, incorruptível que não deixa passar nada. Fazem um relatório minucioso, sem a interferência do mandatário e enviam para as autoridades superiores do pais. Uma vez findo o período de governo ele deve estar em local certo e sabido e se apresentar a qualquer tribunal que exija a sua presença. Pode se defender por escrito ou oralmente e se valer de advogados caríssimos, gente geralmente formada na melhor universidade do pais, Caso não comparecer poder ser condenado à revelia e ter o nome incluído na lista dos procurados pela justiça dentro ou fora do Brasil. As investigações geralmente ocorrem na capital do país com o acompanhamento de toda elite da burocracia, e serve de exemplo aos demais. O governador não pode praticar o nepotismo, ainda que essa pratica fosse comum na sociedade brasileira. Parentes tinham que

DIVIDIDA 2

A vereadora destacou, ainda, que é importante não deixar a vaidade falar mais alto e prejudicar o interesse do grupo. “O grupo forte, unido, trabalhando com seriedade, consegue chegar aonde pretende, mas se deixar a vaidade falar mais alto, como já vimos muitos exemplos, isso só não prejudica o grupo, como vai deixando vestígios pelo caminho. Muitas vezes “os vaidosos” não reconhecem que estão agindo assim, eles mesmos se referem “aos vaidosos” como se fossem outras pessoas”,

CAPACITAÇÃO 1

Visando à capacitação de mão de obra para profissionais que atuam na área do turismo, sejam eles da rede hoteleira, de bares e restaurantes, foi realizada uma reunião nesta sexta-feira (11), entre a gestora estadual do Senac, Priscila Felizola, o secretário estadual de Turismo e Comunicação, Sales Neto, e as turismólogas da Setur, Waleska Carvalho e Andreza Melo. O objetivo é tornar esses profissionais futuros microempreendedores.

CAPACITAÇÃO 2

Durante a reunião, foi discutida a possibilidade de convênios que levem melhorias para os profissionais do setor turístico. “O Senac possui uma expertise muito grande na capacitação de mão de obra e isso é fundamental para a atividade turística, afinal, tratar bem nossos turistas é quase uma garantia de satisfação dos nossos visitantes para que eles possam viver a melhor experiência possível quando em visita em nosso estado”, afirmou Sales Neto.

CONSERVAÇÃO

As Unidades de Conservação federais espalhadas pelo país (são 334 atualmente) poderão começar a receber eventos de grande porte, tanto na área cultural, como shows, esportivas, como também para cultos religiosos. O ordenamento desse tipo de atividade (na prática, a autorização para esse tipo de atividade) passa a ser oficialmente considerada pelo ICMBio como “atividade de proteção” do meio ambiente. Isso interessa diretamente a Sergipe, que possui áreas como a Serra de Itabaiana e o Parque da Imbura, que são unidades de conservação.

ser mantidos longe do governo e principalmente do cofre público. Nomeá-los para embaixadas, nem pensar. Era um verdadeiro crime de lesa pátria, mesmo que fosse para uma embaixada na Índia, Sri Lanka. China ou Japão. Na Europa, nem pensar. Mesmo que quisesse estaria fora do seu alcance de poder. Postos na Justiça ou em outros órgãos governamentais também estavam sob vigilância para que parentes e amigos não se instalassem neles e formassem uma quadrilha para assaltar os pagadores de impostos. Todos deveriam ser escolhidos de acordo com a capacidade administrativa e ter cursado escolas que os recomendavam a gerir parte do aparelho do Estado, como gostavam alguns de rotular a máquina administrativa que incluía não só a coleta de impostos, mas a construção de obras ´públicas civis ou militares. Os habitantes constantemente reclamavam que o governo não investia o suficiente para que a população pudesse ter, pelo menos, uma qualidade de vida descente, ainda que muitos vivam como escravos em taperas fétidas e construídas de sobras de material dos poderosos. A questão central é a quantidade de bens móveis e imóveis que

o governador possuí na época da posse e quanto tinha no momento que deixava o cargo. Uma conta fácil de fazer. Não é fácil esconder fortunas uma vez que ele é um latifundiário ou ligado a eles. O Brasil precisava do agronegócio para manter equilibrada a sua balança de pagamentos e de comércio, e os fazendeiros sabiam disso. Por isso tinham acesso ao gabinete governamental com preferência e sempre que possível recebiam as comitivas de políticos em suas fazendas com o que dispunham de melhor. Podiam ficar o tempo que quisesse, alguns gostavam de caçar, outros de pescar e outros apenas repousar uns dias e trocar ideias com os latifundiários da região. A constituição era clara e do conhecimento de quem aceitasse o cargo. Era mais conhecida como O Regimento do Governador-Geral foi criado por Dom João III e trazido ao Brasil por Tomé de Sousa, então Governador-Geral do Brasil com o princípio de nortear a administração colonial do Brasil por Portugal. Com 48 artigos, que disciplinava detalhadamente a instalação do governo, concessão de sesmarias, organização do comércio, medidas para a defesa, trato aos índios, invasores e outros mais.

GAUDÊNCIO TORQUATO JORNALISTA, É PROFESSOR TITULAR DA USP

A podernite

DIVIDIDA 1

Durante entrevista à Rádio Cultura, em que teve como pauta principal projeções para 2020, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) reforçou a importância da união da oposição, para obter êxito em qualquer disputa. “Se a oposição não entender isso, me refiro à oposição macro, que precisamos nos unir, a gente não vai chegar em lugar nenhum. Pelo contrário, com essa divisão, parte dela vai estar a serviço da situação”, enfatizou Emília.

o crescimento usando as suas terras e as suas riquezas. Há um grande interesse da União, neste momento delicado, de explorar economicamente as riquezas da região amazônica, como o potencial turístico e riquezas minerais. A ideia é fazer com o que a região compartilhe suas riquezas com o Brasil e com a humanidade. Proposta arriscada, uma das alternativas seria a legalização dos garimpos na região para os brancos e para os índios. Para que se atinja esses propósitos o governo quer superar os entraves na legislação. Levar garimpos para a Amazônia pode ser perigoso. Esse é, sem dúvida, o ponto fraco das propostas do governo federal, que pensa ainda em levar de volta os produtores de arroz expulsos da reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima. Isso traria de volta a onda de violência que por muito tempo assolou aquela área. O país precisa pensar a Amazônia sem inviabilizar a floresta com ações predatórias que desequilibram as condições de sua existência. O garimpo predatório e criminoso, a grilagem de terras públicas, o roubo de madeira, as derrubadas e queimadas, a violência contra índios e populações locais, tudo isso precisa ser combatido. A floresta agradece.

Os governantes, regra geral, padecem de grave doença: a podernite. Que afeta, sobretudo, membros do Poder Executivo, a partir do presidente da República, governadores e prefeitos, podendo, ainda, pegar protagonistas de outros Poderes e os corpos da burocracia. Como todas as ites, trata-se de uma inflamação, que, ao invés de atacar o corpo, invade a alma. Podemos designá-la como a “doença do poder’”. Se alguém quiser associá-la ao egotismo, a importância que uma pessoa atribui a si mesmo, está correto, pois os conceitos são próximos. O presidente Bolsonaro, vez ou outra, avisa que o poder é dele. Inclusive, o poder da caneta BIC, substituída pela caneta Compactor, quando tomou conhecimento que a primeira é de origem francesa. (Bolsonaro, lembremos, azucrinou o presidente Emmanuel Macron por conta da questão amazônica). O STF, nos últimos tempos, tem pontuado: em última instância, o poder é nosso. A decisão de conceder aos delatados a condição de serem os últimos a falar nas investigações da Lava Jato é um exemplo do poder da última palavra. O Legislativo, assustado com a invasão de suas competências e queixoso da debilidade do governo na frente da articulação política, assume papel de protagonista principal em matéria de reformas. Nesse ciclo de grandes interrogações, cada qual quer ter mais poder. Até porque no vácuo, um poder toma o lugar de outro. O poder traz fruição, deleite, sentimento de onipotência. Gover-

nantes e até burocratas se acham donos do pedaço, tocados pela ideia de que são eles que conferem alegrias e tristezas, fecham e abrem horizontes, fazem justiça. A podernite tem graus variados de metástase. Nos homens públicos qualificados, talhados pela razão, os tumores são de pequena monta. Nos Estados mais desenvolvidos, com culturas políticas mais evoluídas, a doença não se espalha muito porque as críticas da mídia e de grupos formadores de opinião funcionam como antivírus. Nos Estados menos aculturados, dominados por estruturas paternalistas e sistemas feudais, a doença geralmente chega a graus avançados. O primeiro sintoma da doença é a insensibilidade. Só ouve o que quer ouvir. O grito rouco das ruas é para eles uma sinfonia distante. Da insensibilidade, deriva a arrogância. Governantes transformam-se em soberanos, querendo que cidadãos vistam o manto de súditos e achando que os programas governamentais constituem um favor e não um dever. Nessa esteira, desenvolve-se o assistencialismo, com pequenos sacos de migalhas distribuídas a esmo. A construção da identidade de um Governo transforma-se, assim, em culto à personalidade, sob os aplausos da plêiade de amigos e oportunistas. Alguns governantes descobriram as vantagens das redes sociais e capricham no envio de mensagens, vídeos e fotos sobre sua performance, desprezando a sábia lição de nossos avós: “elogio em boca própria é vitupério”. O obreirismo inconsequente também passa ser eixo das adminis-

trações, no fito de fixar marcas. E é porque faltam recursos. Vivemos momentos de quebradeira geral. Mas o “balonismo pessoal” (fenômeno de enchimento do balão do ego) é impulsionado por levas de áulicos. Ocorre que o Produto Nacional Bruto da Felicidade – o PNBF – não sobe. Os bolsos continuam secando. E a indignação social se expande. Por isso, as pessoas se afastam dos governantes. Só mesmo grandes sustos - como queda de popularidade - trazem-nos à realidade. Nesse momento, percebem que o poder é uma quimera. Volta-se contra eles mesmos. Senhores, esta é a dura realidade: a glória mítica de palanques, os palácios, os ministérios e as instâncias da Justiça são coisas passageiras. Mudam como as nuvens. (A propósito, as caravanas que pediam Lula Livre hoje se mobilizam para pedir o Lula Preso. Porque da sede da PF em Curitiba onde está, ele consegue fazer mais barulho do que em seu apartamento de São Bernardo do Campo). Eita, Brasil mutante, ou se quiserem, Brasil do chiste. Só faltava essa: O procurador de Justiça de Minas Gerais, Leonardo Azeredo dos Santos, ganha R$ 24 mil mensais e garante que esta quantia é um “miserê”. O que dirão os milhões de brasileiros desempregados ou aqueles que põem no bolso o mísero salário mínimo? Os pacientes de podernite agem como Vespasiano, o Imperador, que, na beira da morte, ficava gracejando numa cadeira: Ut Puto Deus Fio (Parece que Me Transformo num Deus).


SEM PRIVATIZAÇÃO O secretário especial de Desestatização, Desinvestimentos e Mercados do Ministério da Fazenda, Salim Mattar, voltou a reforçar nesta sexta (11), durante o Fórum de Investimentos Brasil 2019, que o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e a Petrobras não serão privatizadas neste governo do presidente Jair Bolsonaro. “No meu mandato, não consta a privatização da Petrobras, nem da Caixa e nem do Banco do Brasil. Essas empresas não serão vendidas”, afirmou. Aracaju

politica@jornaldacidade.net

EDITORIA DE POLÍTICA

12 a 14 de outubro de 2019

Veja quem são os parlamentares de SE mais influentes nas redes Por Unidade da Federação, o senador Alessandro Vi e i r a ( C I DA DA N I A ) é o parlamentar mais influente de Sergipe, estado que não tem representantes entre os Top20 do ranking FSBinfluênciaCongresso, referente ao último bimestre (agosto/setembro). O senador ocupa a 102ª posição do total de 588 parlamentares listados. A bancada de Sergipe ficou em 20º lugar no ranking geral. No recorte estadual, Alessandro Vieira é seguido pelo deputado João Daniel, do PT, que está em 113º lugar e pelo deputado La-

POLÍTICA Jornal da Cidade

ércio Oliveira (PP), na 185ª posição. Apenas cinco deputados e um senador não postaram qualquer conteúdo nas redes sociais em agosto e setembro. Por isso, o ranking inclui 508 deputados e 80 senadores, totalizando 588 parlamentares (ou 99% do atual Congresso Nacional).

Metodologia

O

FSBinfluênciaCongresso monitorou as publicações dos deputados federais e senadores de 1º de agosto a 30 de setembro. O monitoramento é 24x7, capturando e analisando

o grau de engajamento de todas as publicações feitas pelos parlamentares no Facebook (apenas páginas públicas), no Instagram (apenas contas business) e no Twitter. Para se calcular a nota de cada parlamentar e construir o ranking, são levados em consideração o número de seguidores, a quantidade de publicações, o alcance das publicações e o engajamento (curtidas, comentários e compartilhamentos) em cada rede social. São aplicados pesos diferentes a cada item, assim como para cada uma das três redes sociais analisadas. Confira na tabela abaixo o Ranking do Estado.

ENTREVISTA HILDA RIBEIRO Prefeita do município de Lagarto

“Estamos pagando antecipado”

Assessoria

CHEGANDO AO COMANDO DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LAGARTO EM UM MOMENTO CONTURBADO E DELICADO – O AFASTAMENTO DO PREFEITO VALMIR MONTEIRO, ACUSADO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA – A JOVEM HILDA RIBEIRO AFIRMA QUE TEM CONSEGUIDO, EM POUCO TEMPO, IMPLEMENTAR MUDANÇAS NA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL. ELA GARANTE QUE SEUS PROJETOS SÃO VOLTADOS PARA O BEM DA POPULAÇÃO, TANTO QUE ATÉ VEREADORES DA OPOSIÇÃO ESTARIAM VOTANDO FAVORAVELMENTE A ELES. A GESTORA AINDA AFIRMA QUE CONCEDEU O MAIOR REAJUSTE SALARIAL AOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL. AINDA NA CONVERSA COM O JC, ELA EVITOU FALAR SOBRE A DISPUTA ELEITORAL DO PRÓXIMO ANO, QUANDO ELA DEVE TENTAR PERMANECER NO CARGO.

Max Augusto DA EQUIPE JC

VEREADOR ISAAC

“Projeto de Elber é bom, mas veio num momento errado” O Projeto de Lei 312/2019, que dispõe sobre a não interrupção do tráfego nas vias públicas de grande fluxo, para a realização de obras públicas ou privadas, nos horários das 6h às 9h e 18h às 20h, durante os dias úteis, foi rejeitado na Câmara Municipal de Aracaju. A proposta foi do vereador oposicionista Elber Batalha (PSB). O vereador Isac Silveira (PCdoB) comentou a proposta: “Eu tenho convicção que o PL 312/2019 apresentado pelo vereador Elber, de fato tem um condão de disciplinar as realizações de obras

aqui em Aracaju. Se a gente discutisse isso no início da legislatura, com certeza teria sido aprovado. Mas estamos em período pré-eleitoral e não pode virar um debate eleitoreiro”, disse Isac. Isac aproveitou o momento e apresentou no telão da CMA uma montagem que fizeram com uma imagem dele e do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), juntos durante uma visita à Avenida Euclides Figueiredo. “Isso não partiu daqui, de alguém da oposição, mas veja como é usado, eleitoreiramente, para destruir a imagem de Edvaldo Nogueira

e a minha. A mim interessa a agilidade de todas as obras, e à população também”, frisou o parlamentar. O vereador não deixou de falar sobre o papel que a oposição vem fazendo na casa legislativa municipal. “Tenho a convicção que alguns membros da oposição querem se utilizar de bons projetos para fazer a má política, e a má política não serve para nenhum de nós. A gente precisa reconhecer as boas ações e não subverter os discursos. Nós temos que ter transparência com a população”, declarou Isac.

INFRAESTRUTURA/CAPITAL

Edvaldo autoriza obras em três loteamentos “Esta é uma obra que tem um sentido maior, especialmente porque trará dignidade às famílias que tanto sonharam com este momento”. Foi com essa afirmação que o prefeito Edvaldo Nogueira deu início, na manhã dessa quinta-feira, 11, à nova leva de ordens de serviço para a execução de projetos estruturantes na capital sergipana. O gestor municipal autorizou a infraestrutura dos loteamentos Isabel Martins, Guarujá e Santa Catarina, todos localizados no bairro Soledade, zona Norte. Ele afirmou que este seria mais um compromisso seu com os aracajuanos que se torna realidade, resultado de um investimento de mais de R$ 4,5 milhões para infraestrutura completa de 20 ruas. “Vocês não imaginam a minha alegria em poder autorizar uma ordem de serviço que vai melhorar a vida de todas as pessoas que moram neste local. Durante a minha campanha, fiz uma carreata e passei por aqui, quando pude ver todas as obras que realizei na minha outra gestão. Senti uma imensa felicidade, mas ao mesmo tempo, fiquei triste por não ter conseguido

fazer cinco obras em localidades extremamente importantes: Moema Mary, Jardim Bahia, Porto do Gringo, Rosa do Sol e esta região”, afirmou o prefeito. Em seu discurso, Edvaldo lembrou que para melhorar a vida da população da zona norte, conta com os recursos da emenda impositiva da bancada federal de R$ 63 milhões. Na oportunidade, ele voltou a agradecer ao ex-deputado federal André Moura, que na condição de líder do governo federal, conseguiu liberar a verba. “Quando retornei à Prefeitura, fui em Brasília e consegui liberar R$ 63 milhões com a ajuda do ex-deputado André Moura, que foi meu adversário da eleição, mas me estendeu a mão. Sou agradecido a quem me ajuda. Onde ele estiver, o agradecerei, assim como agradeço a todos os deputados federais, senadores e aos vereadores da nossa cidade que foram importantes nesta conquista”, salientou. Com essas novas obras, cujas ordens de serviço serão assinadas ao longo deste mês, destacou Edvaldo, ele se torna o prefeito que mais investiu na zona norte da capital.

“Enfrentamos os problemas e estamos colhendo os frutos do nosso trabalho. Na próxima semana, darei mais ordens de serviço. Com exceção do loteamento Copacabana, pelo qual eu estou lutando para conseguir recursos, todas as áreas da zona norte estarão drenadas e pavimentadas. Serei o prefeito que mais trabalhou pela zona norte. Estou muito feliz, porque tenho trabalhado na cidade inteira, mas com o foco preferencial nas comunidades que mais precisam e que estamos transformando”, afirmou. Liderança da comunidade, o vereador Fábio Meirelles afirmou que havia uma descrença da comunidade em relação à obra. “As pessoas desejavam, mas diziam que a obra nunca seria feita. Aí vem o prefeito Edvaldo Nogueira, mesmo recebendo a prefeitura com toda a dificuldade, manteve sua determinação e compromisso com a população mais carente. Edvaldo fez o projeto, anunciou que viria realizar a obra e hoje está aqui assinando a ordem de serviço. Estamos muito felizes, é um presente que jamais esqueceremos”, ressaltou.

w JORNAL DA CIDADE - O que a senhora pretende realizar no exercício do mandato, em se tratando de obras? HILDA RIBEIRO - Já estamos realizando, que é a principal delas, recuperar as ruas e avenidas do nosso município. Iniciamos o maior tapa-buracos que Lagarto já viu, com 1.600 toneladas de asfalto investidas só para isso, além dos mais de R$ 6 milhões para obras de pavimentação asfáltica na sede e em povoados. É bom destacar que nosso trabalho, por mais pouco tempo que tenha, já entregou resultados, como a inauguração que fizemos do Centro Especializado em Reabilitação, o CER III, um prédio muito grande e importante para a saúde das pessoas com deficiência. E já estamos colocando em prática uma grande revitalização de Lagarto. Instalamos nova iluminação LED e estamos tocando obras de reformas de praças, como a da Filomeno Hora, que representa um grande projeto de modernidade e paisagismo para o município. Não posso esquecer de citar que já está bem encaminhado o projeto para a construção da Orla da Barragem, que terá seus recursos garantidos através de emendas do deputado federal Gustinho Ribeiro. Será uma grande obra do ponto de vista turístico para Lagarto e para toda a região Centro-Sul. w JC - Os salários dos servidores estão em dia? HR - Esse é um dos principais pontos positivos da nossa gestão, que é manter o salário dos servidores em dia. Na verdade, estamos fazendo mais. Estamos pagando antecipado. Dez dias antes do fim do mês os servidores da Prefeitura de Lagarto já estão com seus salários na conta. Isso representa uma grande valorização do funcionário público e uma injeção na economia do município. w JC - Quais os principais problemas de Lagarto e as soluções que a senhora tem para eles? HR - Claro que um município como Lagarto, com mais de cem mil habitantes e um polo regional, convive com problemas diariamente. Eu destacaria que o problema de infraestrutura é o principal deles, porque Lagarto vem crescendo, mas necessita de uma política que foque em seu desenvolvimento. E é o que estamos fazendo. Primeiro resolvendo os problemas de infraestrutura urbana, que são as ruas e avenidas, como já citei, e projetando obras importantes para a expansão do município, como a Nova Entrada de Lagarto, que já estamos construindo, que melhorará o trânsito para quem acessa o centro ou para quem segue para os outros municípios. A obra trará desenvolvimento e abrirá oportunidade de crescimento numa nova região. Temos que pensar o município deste jeito: sempre para crescer, desenvolver, expandir. Lagarto é grande e merece ter esse tratamento. w JC - Como está o relacionamento com a Câmara Municipal? HR - Temos a grande maioria como aliados, mas mesmo os vereadores da oposição estão votando conosco em projetos que enviamos à Câmara, o que mostra nossa excelente relação com a Casa. São projetos que realmente são de benefício para a população, como a criação da Renda Cidadã, um benefício de R$ 110 para mil famílias, e do Mais na Mesa, que é o benefício da cesta básica para famílias carentes - ambos já aprovados.

w JC - Mais algum projeto importante que tramitou na Câmara? HR - Enviamos recentemente um projeto de lei extremamente importante no que se refere a tributos e taxas, a exemplo dos mototaxistas, que ficarão isentos de impostos, tendo apenas o alvará de regularização do trabalho deles como custo, o que caiu pela metade os gastos dele anualmente para poder trabalhar. Os motoristas de táxis, caminhonetes, vans e micro-ônibus também terão seus impostos reduzidos entre 9 e 36%. Nesse projeto também isentamos de impostos as vaquejadas, consideradas em lei como Patrimônio Histórico e Cultural de Natureza Imaterial; o IPTU para imóveis que vierem a ser reconhecidos como pertencente a famílias de baixa renda; o IPTU de lotes de loteamentos urbanos pelo prazo de até dois anos após a expedição do “habite-se” ou cinco anos do alvará; e isenção de taxas de localização e funcionamento, os alvarás, para atividades de baixo risco. w JC - Como estão a Saúde e a Educação do município? HR - Seguem o mesmo ritmo de obras: sendo transformadas. Estamos tratando as duas áreas com mais humanização. Primeiro entregamos aos professores o maior reajuste salarial que um gestor já deu à categoria em Lagarto. Agora, estamos fazendo algo especial com a merenda escolar dos nossos alunos, utilizando apenas alimentação saudável e adquirindo metade dela diretamente da agricultura familiar de Lagarto, investindo também nessa área, gerando mais renda para os produtores. Levamos para diversas escolas uma ação de revitalização das unidades escolares, fazendo reformas e reparos para dar qualidade para servidores e estudantes. Um ambiente escolar limpo, renovado, bonito faz diferença para nossas crianças. Na saúde eu destaco a contratação de médicos que realizamos, ampliando o número de atendimentos, e a aquisição de medicamentos, deixando abastecidos todas as farmácias e postos de saúde, acabando de vez com a falta de remédios. Hoje, Lagarto vive outra realidade em se tratando de saúde. Não existe mais a política de saúde coronelista, em que só são atendidos pessoas de um grupo específico. Hoje, temos saúde humanizada para toda a população. w JC - Lagarto é um município violento? Por quê? HR - O número de homicídios no nosso município caiu muito, como mostraram os últimos levantamentos, mas mesmo assim não é motivo para relaxar. Hoje, a Prefeitura de Lagarto tem a Guarda Municipal, que tem grande contribuição na segurança do município, realizando diversas ações, prisões e apreensões em flagrante. A população tem grande respeito pelo trabalho dos nossos guardiões. Esse trabalho é fruto da valorização que damos a esses guerreiros. w JC - A senhora pretende disputar a reeleição em 2020? Por quê? HR - Agora é hora de trabalhar ainda mais por Lagarto. Especulação sobre possíveis candidaturas é desviar o foco das reais necessidades do povo. O que eu quero é me concentrar exclusivamente nas necessidades e desafios que temos pela frente para melhorar a qualidade de vida do nosso povo.


A-4

Política/Opinião

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

JORNAL DA CIDADE

MERVAL Pereira Collor é alvo de operação PANORAMA POLÍTICO - COM AMANDA ALMEIDA

- AGÊNCIA O GLOBO

Briga pelo butim

A

eleição de Bolsonaro para a Presidência da República em 2018, consequência da disfuncionalidade de nosso sistema político-partidário e da decadência da democracia representativa pelo mundo afora, e a do próprio país, corroída pela corrupção, explicitou no nosso combalido cotidiano político o paradoxo de ter o mais poderoso Congresso dos últimos anos, e o de menor qualidade individual. O índice de renovação foi o maior dos tempos recentes, mas resultou em um Congresso amorfo, com um quadro partidário mais fragmentado ainda, e os maiores partidos da Câmara, o PSL e o PT, sofrendo, o primeiro, de descontrole, e o segundo de controle excessivo. Dedicando-se unicamente à libertação de Lula, o PT não tem importância parlamentar. Já o PSL, um nanico que surgiu gigantesco do nada que significava, graças à filiação de última hora do candidato Jair Bolsonaro à Presidência da República, continua no baixo clero, sem organização e sem liderança. Bolsonaro passou a metade de seu primeiro ano de mandato criticando a velha política, e hoje se dedica a tomar conta do partido que o elegeu para, com métodos iguais aos que critica, organizar um esquema partidário que dê sustentação à sua reeleição. A disputa no baixo clero pelo butim dos fundos Partidário e Eleitoral no ano das eleições municipais tem alcance mais longo, até a eleição presidencial de 2022. Não é à toa que o presidente Bolsonaro abriu uma guerra contra a direção do PSL. Um partido nanico até a eleição passada, o PSL elegeu a segunda maior bancada em 2018, o que garantiu um fundo partidário de R$ 110 milhões este ano. E mais R$ 359 milhões em 2020, somando os fundos Partidário e Eleitoral. Essa vitória estrondosa, no entanto, não se converteu em ativo eleitoral para o clã Bolsonaro, pois o partido tem dono: o deputado federal Luciano Bivar. Assim como Bolsonaro no ano passado, Bivar também foi candidato à Presidência da República em 2006, mas terminou em penúltimo lugar, recebendo 0,06% dos votos. O último colocado, como de costume, foi o candidato do Partido da Classe Operária (PCO), o mesmo ao qual os advogados de Bolsonaro comparam o PSL em termos de transparência de prestação de contas. Os dois estão empatados no último lugar num ranking de transparência. Pedindo uma análise independente das contas do seu nono partido político (já esteve no PDC, PP, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC), Bolsonaro pretende criar uma situação tal que lhe permita ou assumir o controle do partido ou liderar uma debandada de deputados sem que se arrisquem a perder o mandato. A primeira possibilidade é remota, a outra é uma improbabilidade que não está na lei, mas que o Tribunal Superior Eleitoral poderá encontrar uma interpretação alargada para permitir. Os Bolsonaro querem mesmo é controlar os fundos do partido, que só existem por causa deles. Sair do PSL seria uma atitude megalômana daqueles líderes que chamam seus seguidores para o suicídio, neste caso eleitoral. Disputar eleições sem tempo de televisão e dinheiro pode ter dado certo para Bolsonaro, embora o apoio de grandes empresários hoje esteja comprovado, e a facada trágica tenha criado um efeito inverso na sua campanha, que o criminoso queria inviabilizar. Mas, achar que novamente esse fenômeno se olsonaro sem o repetirá não é razoável. A PSL perde o apoio briga pelo butim traz ainfinanceiro, mas o PSL sem da uma contradição interBolsonaro será um partido na: Bolsonaro sem o PSL rico sem uma bandeira perde o apoio financeiro, mas o PSL sem Bolsonaro será um partido rico sem uma bandeira, que o presidente representa cada vez mais para um núcleo eleitoral nada desprezível. Vê-se a cada dia o esforço do presidente de acelerar sua campanha pela reeleição. Ontem, esteve lado a lado com dois potenciais concorrentes: João Doria, governador de São Paulo, e Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro. Para Doria, tucano que esteve circunstancialmente do seu lado na eleição presidencial, reservou vaias de seus seguidores, que o receberam aos gritos de “Mito”. Bolsonaro estava em seu habitat, na formatura de uma turma da Polícia Militar de São Paulo, tanto que carregou no colo uma criança fantasiada de PM com uma arma de brinquedo na mão. Já com Witzel, aproveitou solenidade de lançamento de um submarino no Rio para adverti-lo frontalmente. Encarando-o, exigiu de seus possíveis concorrentes “ética, moral e sem covardia”. Se com João Doria a disputa é entre campos distintos, com Witzel é no mesmo campo.

B

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em duas cidades

R

IO E BRASÍLIA (AG) Agentes da Polícia Federal cumprem nesta manhã de sexta-feira 16 mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao senador Fernando Collor (PROS-AL). O ex-presidente é investigado em suposto esquema de lavagem de dinheiro por meio de compra de imóveis em leilões públicos. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Maceió (AL) e Curitiba (PR) e foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin.

As investigações da operação batizada de Arremate têm por objetivo identificar e comprovar o suposto envolvimento de Collor como responsável por arrematar imóveis em leilões públicos ocorridos nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2016, e assim ocultar recursos de origem ilícita, bem como viabilizar a ocultação patrimonial dos bens e convertê-los em ativos lícitos. Collor é investigado por participar dos leilões por meio de um laranja e assim ocultar que era o beneficiário final das ope-

rações. Os valores sob investigação são de aproximadamente R$ 6 milhões, sem as correções. Além de lavagem, os envolvidos são acusados de corrupção, desvio de dinheiro público (peculato), falsificações e organização criminosa. Em agosto, a então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento de inquérito aberto com base na delação da Odebrecht para investigar Collor. Ela contrariou em parte o relatório final da Polícia Federal (PF). O delega-

do Orlando Cavalcanti Neves Neto tinha assinado relatório no qual dizia haver elementos para concluir que Collor cometeu o crime de corrupção passiva. Já em setembro, Fachin arquivou o inquérito que apurava se o senador cometeu peculato . Em maio, a PGR acusou o parlamentar de atuar para que a BR Distribuidora firmasse contratos com a empresa Laginha Agro Industrial, de propriedade do também alagoano João Lyra , com quem Collor mantém relações políticas, de amizade e familiares.

MANOEL MOACIR COSTA MACÊDO; MANOEL MALHEIROS TOURINHO E ZANDER NAVARRO ENGENHEIROS AGRÔNOMOS

Engenheiros agrônomos: acordem! Louvores à performance da agropecuária brasileira. Um caso ímpar de sucesso. O setor que produz, emprega e mantém ganhos de crescimento. Em menos de cinquenta anos, o Brasil passou de importador para ativo exportador de alimentos. A segurança alimentar para todos é um corolário da paz. A fome persiste pela desigualdade de renda que limita os pobres em adquirir alimentos na quantidade recomendada pela Organização Mundial de Saúde - OMS. Entre outros atores, é reconhecido o papel dos engenheiros agrônomos nessa aventura vitoriosa. Merecedores, homens e mulheres, de comemorações em 12 de outubro - “Dia do Engenheiro Agrônomo”. Uma profissão regulamentada pelo “Decreto Nº 23.196, de 12 de outubro de 1933”. Reza serem esses profissionais capazes de “realizar análises científicas, identificar e resolver problemas, operar, modificar e criar sistemas agropecuários e agroindustriais”. A sociedade era então rural, os latifúndios improdutivos, a “terra” uma reserva de valor, a agricultura de monocultivos (cana-de-açúcar e café) e a pecuária extensiva. No tronco principal do currículo escolar dos engenheiros agrônomos, constavam as disciplinas de abrangência geral, como agricultura, zootecnia, silvicultura, engenharia rural, desenho, topografia, mecânica agrícola, estatística experimental, genética, melhoramento de plantas e química agrícola, entre outras. A seguir, surgiram as disciplinas de conteúdo específicos, a exemplo da

fruticultura, biotecnologia vegetal, bioquímica dos solos, hidroponia, planejamento e gestão do agronegócio, horticultura, sociologia e extensão rural. Eram profissionais formados na lógica simples e unilateral da utópica trajetória da “produção ao consumo”. Antes da reforma universitária de 1968, oriunda do “Acordo MEC-USAID”, o ensino universitário era seriado, diferente da atual semestralidade com disciplinas obrigatórias e eletivas. Na sociedade atual, urbana, competitiva e complexa, é comum a convivência com a “síndrome de burnout”, um distúrbio psíquico ligado à atividade profissional, em decorrência da abundância de informações, alienação e contradições nos encaminhamentos e respostas desejadas na produção e nos negócios. Na agricultura brasileira, por exemplo, predomina de um lado, um mundo rural, como palco de transformações na cadeia de valor; do outro, um mundo urbano consumidor e demandante de mudanças no modo de produzir em qualidade e quantidade. As tecnologias em uso, carregam também contradições, como a rápida acumulação em certas produções e limitado controle social da tecnologia adotada. Enquanto em outras realidades, as tecnologias acumulam menos, mas conseguem um maior controle social sobre elas. Nesse tempo de “mudança de época”, destaca-se a inserção da agricultura brasileira na chamada “Quarta Revolução Industrial”. Uma arena competitiva por mercados

exigentes e protecionistas, os quais exigem em tempo real inovações tecnológicas de última geração, algumas delas com parâmetros estabelecidos “fora da porteira da unidade rural”. O fator tradicional de produção, a “terra”, diferente da “tecnologia”, contribui com menos de dez por cento do crescimento da produção da agricultura. A logomarca mudou do “arado de aiveca”, movido pela força motriz animal, para o “trator”, de energia intensiva em capital, até sem motorista e guiado à distância. Atualmente, não ostenta um símbolo material da profissão, mas as seis letras “A”, das Associações filiadas à FAEAB - Federação das Associações de Engenheiros Agrônomos do Brasil. As exigências do novo modo de produção da agricultura, forçou o desmembramento de atribuições tradicionais do engenheiro agrônomo para profissões independentes e especializadas. Atividades antes ocupadas por engenheiros agrônomos, são agora delegadas para profissionais da engenharia agrícola, ambiental, florestal, agrimensura e de alimentos, ou mesmo, pela transferência top-down de “pacotes tecnológicos”. Em consequência, surgiram as seguintes questões: “A formação do engenheiro agrônomo ainda corresponde às demandas atuais de uma agricultura financeirizada e baseada em ciência?” e “Qual o perfil curricular apropriado para o engenheiro agrônomo atuar no laboratório, na sala de aula e no campo, numa sociedade com uma pujante e complexa agricultura, contradições sociais e enormes desigualdades de renda?

Quão difícil é reformar conceitos e labores das próprias profissões, com história, sentimentos, vitórias e conquistas. A força das corporações, os interesses privados e os apetrechos mentais dificultam apreender as velozes transformações em curso nas agriculturas. No dizer de um brochado francês, “os fatos se revoltam contra os códigos”. Os fatores em uso nos sistemas produtivos, não atualizam em similar velocidade com a maioria dos currículos acadêmicos do engenheiro agrônomo, a exemplo da transgenia, da clonagem, dos alimentos funcionais, da internet das coisas, da agricultura de precisão, do mapeamento de genomas, do empreendedorismo dos produtores rurais e da globalização, entre outros determinantes da produção capitalista da agricultura. Apreciar a produção da agricultura brasileira apenas como uma atividade conectada com os mercados globais em tempo real, será o mesmo que louvar a reprodução do ameaçado trabalho do engenheiro agrônomo, lastreado em conteúdos que limitam a sua atuação em diferentes e complexas realidades das diversas agriculturas: familiar, orgânica e a tipicamente empresarial. Para todas elas, o futuro chegou. Do tradicional e romântico engenheiro agrônomo majoritariamente masculino, insultado como viril, resistente às intempéries do tempo e limitado ao labor agrícola, restam saudades de um tempo, onde a juventude sonhou com uma sociedade renovada, justa, libertária e solidária.


Política/Nacional

ANCELMO GOIS

• Email: coluna.ancelmo@oglobo.com.br • Fotos: fotoancelmo@oglobo.com.br

COM ANA CLÁUDIA GUIMARÃES, DANIEL BRUNET E TIAGO ROGERO

AGÊNCIA O GLOBO

Estevam Avellar

PRORROGAÇÃO AMEAÇADA

Wilson Witzel trabalha para esticar o Regime de Recuperação Fiscal do Rio, que permite adiar o pagamento de algumas dívidas, contra uma certa má vontade de Bolsonaro. Mas não é só ele. Paulo Hartung, ex-governador do Espírito Santo, ao ser questionado, esta semana no evento Renova BR Ideias, no Rio, sobre o Regime, foi meio cabreiro. - O Regime é bom para o Rio, mas não sei se é bom para o Brasil. O Rio deixará de pagar R$ 30 bilhões nesse período (2017-2023). É o povo brasileiro que está arcando com isso. Quem dera eu tivesse tido essa colher de chá. Tive que resolver a crise no Espírito Santo só com a receita do estado.

NOSSA SENHORA

A cantora Margareth Menezes e o sanfoneiro Waldonys vão se apresentar na cerimônia de canonização da Irma Dulce, amanhã, no Vaticano. No repertório, muitas músicas de Roberto Carlos (cantor preferido da santa) e Gilberto Gil, como aquela que tem os versos “Andar com fé eu vou / Que a fé não costuma faiá / Andar com fé eu vou / Que a fé não costuma faiá...”.

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

A-5

EUGÊNIO NASCIMENTO

eugenionascimento@jornaldacidade.net

MP quer comprar 12 veículos

T

em muita gente estranhando. Em momento de grave crise no Estado, o Ministério Público de Sergipe está prestes a adquirir 12 veículos, conforme está descrito no pregão eletrônico. Essas aquisições podem esperar um momento melhor. Tem quadros do MPSE achando que esses são gastos adiáveis. O pregão descreve carro preto e branco. Com relação ao carro preto, deve ser os de representação dos Procuradores de Justiça.

Fechou o tempo

Não ousem convidar para a mesma mesa o deputado estadual Rodrigo Valadares e o presidente do PSL em Aracaju, João da Tarantela. Eles não se suportam. Tarantela diz que o Rodrigo é um oportunista. Rodrigo afirma que “não dou respostas a esse cara”. Eles vão se encontrar somente na convenção do PSL em 2020, se o partido sobreviver até lá.

Sem polícia

A Energisa informou à coluna que não faz uso de policiais para entregar as contas de energia no bairro 17 de março. A nota publicada neste espaço na semana passada contava com informações de moradores da área.

É bom correr Assessoria

JORNAL DA CIDADE

MOZART E AS ARMAS QUÍMICAS

PORQUE HOJE É DIA DAS CRIANÇAS No dia dos miúdos, o registro é para a talentosa e carismática Valentina Vieira, 10 anos, que tem

roubado os nossos corações como a Sofia de “Bom Sucesso”. Ela vive a filha de Nana (Fabiula Nascimento) e neta de Alberto (Antonio Fagundes), que é apaixonada pelo universo dos livros. Uma fofa!

Em comemoração ao Dia das Crianças, a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio, com a regência de Tobias Volkmann, apresenta hoje, na sala Cecilia Meireles, um programa que mistura Mozart com música regional brasileira. No piano estará José Maurício Bustani - sim, o diplomata brasileiro de 65 anos que, por pressão do governo Bush, deixou o cargo de diretor-geral da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) em 2002, ao negar que a então ditadura iraquiana tinha armas químicas, como de fato não tinha. Aliás, o cineasta José Joffily faz um documentário sobre o diplomata-pianista.

D

eputados e senadores de Sergipe já estão avaliando as emendas ao Orçamento Geral da União (OGU) para 2020. Isso tem levado prefeitos (as) aos seus gabinetes, em Brasília. A prefeita de Riachão do Dantas, Simone Andrade, andou fazendo um rolezinho na capital federal e voltou alegre para a sua terra natal.

É preocupante

Escolas públicas, municipais, estaduais e em bairros periféricos, estão a merecer a atenção de prefeitos e governador. São correntes os relatos de adolescentes que tentam suicídios e os casos de automutilação. A contratação de psicólogos e de assistentes sociais traria uma grande ajuda.

Efeito das manchas

Não adianta papo-furado de autoridades sergipanas e federais sobre as manchas na costa litorânea. As praias de Sergipe precisam de limpeza urgente ou, nesse verão que chega, a economia sofrerá grandes prejuízos. Os setores da economia do turismo que mais sofrerão serão hotéis, pousadas, bares, ônibus de turismo, entre outros. Menos fala e mais ação.

arquivo / núcleo de memória da puc

Perdidas no tempo

A crise da economia dos minérios é um fato incontestável. Depois de décadas de fartura com o dinheiro dos royalties, prefeituras sergipanas da região do Cotinguiba vão ter problemas de caixa. Por incrível que pareça, essas cidades não conseguiram transformar essa área em polo de desenvolvimento econômico sustentável. Para quem visita essas cidades, a impressão é que elas estão paradas no tempo.

Brasil dançou

AS DAMAS DA NOSSA LITERATURA

Acredite. O registro acima, de 1975, do II Encontro Nacional de Professores de Literatura feito pela PUC-Rio, reúne na mesma bancada Marina Colasanti (à esquerda no detalhe), Clarice Lispector (ao centro) e Nélida Piñon (à direita). O histórico clique será uma

DIPLOMACIA DO HAMBÚRGUER

Luis Alberto Moreno, presidente do BID, em entrevista a Roberto D’Avila, da “Globo News”, que vai ao ar segunda, disse que é muito mais importante para um embaixador em Washington “ter bons contatos no Congresso do que... na Casa Branca”. Moreno sabe o que diz. Foi embaixador da Colômbia nos EUA por sete anos.

SEGUE...

Como se sabe, a amizade de Bolsonaro com Trump não evitou que os EUA preferissem a Argentina - e não o Brasil - para uma vaga na OCDE, o clube dos bacanas.

‘AMIGOS, AMIGOS. NEGÓCIOS...’

O embaixador Seixas Corrêa, um dos mais experientes diplomatas brasileiros e sogro do atual chanceler Ernesto Araújo, ainda em julho, disse à “Época” que a política de Bolsonaro e do genro em relação aos EUA era “ingênua”: “Os americanos só nos deram atenção especial quando estávamos diante do risco do que era visto como um golpe de esquerda na década de 60. Fora isso, eles têm uma certa benevolência, mas nunca nos deram nada. Nunca, jamais... Nem nunca darão. Eles só dão quando têm seus interesses econômicos, políticos ou de segurança afetados”.

das atrações de “Quanto ao futuro, Clarice Lispector”, evento para celebrar o centenário da autora de “A hora da estrela”, “Laços de Família” e “Perto do Coração Selvagem”. Será nos dias 20, 21 e 22 de outubro, de 2020, na PUC, com a organização do decano Julio Diniz, e a participação de biógrafos a críticos literários debatendo e homenageando a obra de Clarice. Maravilha!

AINDA O PRÊMIO CAMÕES

A escritora Nélida Piñon, ontem à noite, postou em sua rede social uma sugestão de assinatura no diploma do Prêmio Camões a Chico Buarque de Hollanda. Bolsonaro, como se sabe, não assinou o documento. Fato festejado pelo compositor: “Para mim, é um segundo prêmio Camões”. Nélida propõe: “Que tal os escritores brasileiros assinarem o diploma brasileiro do Prêmio Camões a Chico Buarque? Afinal, somos todos senhores da língua portuguesa e dela fazemos uso em nome do povo brasileiro”. Eu apoio.

TEM PENA D’EU

Dá série veja como apanha o cinema brasileiro. Segunda passada, um parceiro da coluna foi no Cinemark Downtown assistir “Hebe, a estrela do Brasil”, sessão que constava no site do cinema. Ao chegar, foi informado que a sala estava em reforma. Portanto, não passaria o filme.

CARONA PARA A SANTA

O cronista e jornalista Carlos Eduardo Novais, 79 anos, que embora seja carioca da Tijuca já morou por dez anos em Salvador, onde foi assessor do governador Lomanto Júnior, conta que transportou, por duas vezes, em seu Gordini, a Irmã Dulce: “Nunca pensei que daria carona a uma santa”.

A "amizade" entre as primeiras-famílias do Brasil e dos EUA, os Bolsonaro e os Trump, não parece ajudar os interesses econômicos brasileiros. A Argentina, que Bolsonaro esnobou em suas viagens internacionais rompendo assim uma tradição bem estabelecida, ganhou a recomendação explícita de Donald Trump para entrar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Antes disso, o Brasil pediu pra sair da Organização Mundial do Comércio, sediada em Genebra.

Confiança na Série B

Os empresários e o governo terão um papel importante a jogar no próximo ano com o Confiança na série B do Brasileirão. O time de camisas azuis precisará contratar novos jogadores para fazer bonito na competição. O "Dragão do Bairro Industrial" vai colocar as belezas de Sergipe no mapa do turismo nordestino. Os brasileiros saberão onde fica Sergipe na hora de fazer viagem turística para o Nordeste.

Guerra Santa

Pelo andar da carruagem, tudo indica que o Brasil viverá uma guerra religiosa no meio da Floresta Amazônica entre padres católicos e pastores evangélicos. Os evangélicos descobriram que podem ficar ricos mais rapidamente se tornando garimpeiros nas terras indígenas e tentando converter os brasileiros nativos à teologia da prosperidade. Os católicos buscarão preservar os direitos e as culturas dos povos da selva.

Desemprego

O desemprego corre solto em Sergipe. É tanta gente sem ter o que fazer que a falta do que fazer é a principal atividade de 167 mil sergipanos.


A-6

Economia/Opinião

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

MÍRIAM LEITÃO AGÊNCIA GLOBO - POR ALVORO GRIBEL

miriamleitao@oglobo.com.br

Ataque à cultura fere a economia A

LOTERIAS Concurso - 2196 - 09/10/2019

Concurso - 5095 - 11/10/2019

MEGA-SENA 01 25 27 28 41 56

QUINA

Concurso - 1997 - 10/10/2019

Concurso - 1876 - 11/10/2019

DUPLA SENA 04 07 14 21 24 27

LOTOFÁCIL

04 12 13 22 41 45

IGOR LEONARDO MORAES ALBUQUERQUE ADVOGADO E SUBSECRETÁRIO-GERAL DA MESA DIRETORA DA ALESE

Ecos das Constituições Sergipanas (Final)

E

cultura brasileira Cultura tem sido usada como está sob ataque. Isso alavanca para o desenvolvimento é perigoso do ponto de em vários países. No Brasil, vista da democracia, está sob ataque do governo mas é também um erro Bolsonaro econômico. Em vários países do mundo, esse setor tem sido uma alavanca ao desenvolvimento. A Inglaterra reposicionou sua mão de obra para a economia da cultura quando perdeu empregos na indústria tradicional para a China. A França fez o mesmo. A censura é um veneno para o setor, porque a liberdade é o único ambiente no qual as artes florescem. O economista gaúcho Leandro Valiati é professor visitante de economia da cultura da universidade de Sorbonne, na França, e da Queen Mary, na Inglaterra. Ele tem conduzido estudos sobre esse assunto nos dois países. Vê com muita preocupação o que está havendo no Brasil. — Essas cadeias estão se rompendo no Brasil pela crise enorme que a gente passa no financiamento da cultura em um governo que é contra a cultura por razões de disputa ideológica e isso está gerando o que chamamos de tempestade perfeita — diz Valiati. Ele conta que no mundo inteiro, mesmo na Inglaterra da era Thatcher, a cultura sempre recebeu financiamento público. — A Inglaterra tem um departamento de cultura, mídia e esportes que criou o primeiro modelo de políticas públicas para indústrias criativas dentro da lógica de pensar um motor para o desenvolvimento do século XXI — diz o professor. Quando a produção tradicional começou a migrar para a Ásia, a Inglaterra reposicionou sua mão de obra para outros setores de ponta como as indústrias criativas, de produção de conteúdo, dependente da tecnologia de comunicação. Há desde criação de fundos públicos, treinamento, até a transformação de Londres em cidade hiperconectada. Parte do dinheiro da cultura vem da loteria, mas há outros fundos públicos e o investimento direto no patrimônio, como museus. — Cultura tem emprego e renda muito positivos. O Brasil é riquíssimo nisso. Cada estado é um pequeno país de tradições, valores culturais, cadeias produtivas da cultura, existe uma economia que é efetiva e na qual o dinheiro público é muito bem investido — explica Valiati. Ele explica que indústrias criativas incluem tanto as clássicas como teatro, cinema, audiovisual em geral, música, rádio, conteúdos para TVs, livros, mas também softwares, games, arquitetura, design, publicidade, tudo o que envolve direito intelectual. O ex-ministro e hoje deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) chegou a montar uma secretaria da Economia da Cultura exatamente para diferenciar esse núcleo do resto das indústrias criativas. Valiati diz que o Brasil já vinha com o esgotamento do modelo de financiamento. Precisaria repensar a indústria como um todo porque isso está sendo feito de forma global. Mas todo o quadro piorou. Calero concorda. — O que está acontecendo agora é um sufocamento da cultura por parte do governo Bolsonaro. Está dentro de uma visão maior dele que é de destruir e sufocar todos os que ousarem contestar seu poder — diz o deputado. O primeiro movimento foi o de condenar o subsídio ao setor, como se fosse benefício pessoal aos artistas. Leis de incentivo às artes existem em todos os países do mundo, inclusive Estados Unidos. Tem que haver clareza nos critérios e prestação de contas. Só para se ter uma ideia, a indústria automobilística ainda tem subsídios e isso sim deveria ser visto como escandaloso. Valiati compara os dois setores: — A indústria automobilística tem 7% da fatia de subvenção fiscal total. A cultura tem 1% a 1,5%. E mesmo isso vive sendo criticado. Eu coordenei estudo de cinco anos no Brasil para entender a economia da cultura, separando de outras atividades criativas. O total de emprego criado é maior do que os gerados pela indústria extrativa. O problema é que essa discussão tem sido feito de forma rasa. Em grandes países, o debate se dá em torno de reposicionar a economia estimulando uma cadeia de valor na área cultural. Aqui, o debate, lembra Calero, é levar a Ancine para Brasília para forçar “os cineastas do Leblon a irem para o Cerrado”, como foi dito. Há implicâncias contra artistas e grande pressão contra as artes. Isso sufoca as liberdades individuais e coletivas, mina a democracia, solapa um setor econômico que produz emprego de qualidade e renda. Há mais a dizer sobre isso. Continuarei amanhã no mesmo assunto.

20 24 31 39 49

01 02 03 04 07 08 11 13 16 18 19 20 22 23 24

Concurso - 2012 - 11/10/2019

LOTOMANIA

01 10 12 17 23 28 35 37 40 42 43 50 53 54 66 68 84 92 97 99

JORNAL DA CIDADE

m 18 de outubro de 1988 foi instalada a Assembleia Estadual Constituinte de Sergipe, composta pelos Deputados Abel Jacó dos Santos, Antônio Arimatéa Rosa, Aroaldo Alves de Santana, Carlos Alberto de Oliveira, Dilson Cavalcante Batista, Djalma Teixeira Lobo, Djenal Tavares Queiroz, Eliziário Silveira Sobral, Francisco Modesto dos Passos, Francisco Teles de Mendonça, Guido Azevedo, Hildebrando Dias Costa, Jerônimo de Oliveira Reis, Joaldo Vieira Barbosa, José Carlos Machado, Laonte Gama da Silva, Luciano Andrade Prado, Luiz Antônio Mitidieri, Marcelo da Silva Ribeiro, Marcelo Déda Chagas, Nicodemos Correia Falcão, Nivaldo Silva Carvalho, Reinaldo Moura Ferreira, Rosendo Ribeiro Filho. Posteriormente, Nelson Araújo também veio a participar dessa Constituinte. Em Sessão Preparatória à instalação da Constituinte, realizada em 13 de outubro de 1988, houve a eleição da Mesa Diretora, assim constituída: Deputado Guido Azevedo, Presidente; Deputado Reinaldo Moura, Vice-Presidente; Deputado Laonte Gama, 1º Secretário; Deputado Carlos Alberto, 2º Secretário; Deputado Dilson Batista, 3º Secretário; Deputado Djalma Lobo, 4º Secretário. Interessante notar que essa Mesa previamente eleita não permaneceu com essa composição, sendo que, após discussões e novas composições políticas, os 1º, 2º e 4º Secretários renunciaram a seus cargos em 11 de janeiro de 1989, sendo eleitos, nessa mesma data, para os mesmos cargos, respectivamente, os Deputados Carlos Alberto, Antônio Arimatéa e Aroaldo Santana.

Ainda em 11 de janeiro de 1989 houve outro fato importantíssimo para os trabalhos da Constituinte sergipana: à vista das indicações partidárias, a nomeação, pelo Presidente Guido Azevedo, dos membros da Comissão Constitucional, que seria a responsável pela elaboração do projeto de Constituição. A referida Comissão teve a seguinte composição: a) pelo PFL – Deputados Nicodemos Falcão, José Carlos Machado, Luciano Prado e Francisco Passos, como titulares, e Deputados Nivaldo Silva, Djalma Lobo, Jerônimo Reis e Hildebrando Costa, como suplentes; b) pelo PDS – Deputados Djenal Queiroz, como titular, e Deputado Francisco Teles de Mendonça, como suplente; c) pelo PMDB – Deputados Eliziário Sobral e Luiz Mitidieri, como titulares, e Deputados Ribeiro Filho e Abel Jacó, como suplentes; d) pelo PL – Deputado Laonte Gama, como titular, e Deputado Joaldo Barbosa, como suplente; e) pelo PT – Deputado Marcelo Déda, como titular, e Deputado Marcelo Ribeiro, como suplente. A Assembleia Estadual Constituinte promulgou a nova Constituição de Sergipe em sessão solene realizada em 05 de outubro de 1989, sob a presidência do Deputado Guido Azevedo, cumprindo, assim, no prazo, a missão que lhe fora dada pela Constituição Federal um ano antes. Presenciaram o ato, além dos Deputados Constituintes, os Chefes dos Poderes Executivo e Judiciário, respectivamente, Governador Antonio Carlos Valadares [1987-1991] e Desembargador Fernando Ribeiro Franco, os quais, todos eles, após a promulgação, juraram

manter, defender e cumprir a nova Constituição do Estado, conforme mandamento constante do art. 1º de seu Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. A Constituição Estadual de 1989, oriunda das mais legítimas aspirações da sociedade sergipana, documento produzido com fundamento no diálogo incansável de diferentes [e, às vezes, antagônicas] correntes políticas, permanece, hoje ainda, após trinta anos de existência, e contando com quarenta e oito emendas, bem servindo ao Estado, assegurando liberdade a seus cidadãos no regime democrático e regulando a ação administrativa dos poderes públicos. A Carta Constitucional de 1989 é resultado, também, da tradição constitucional sergipana. Todo o trilhar, todo o desenrolar da história, com seus acertos e desacertos, estiveram contidos nas Constituições Estaduais pretéritas, que, em um senso de evolução, ecoam até os nossos dias, através da Constituição de 1989, síntese do nosso passado e repositório jurídico das mais altas aspirações de um Sergipe melhor, socialmente justo e mais desenvolvido. Nestes 30 Anos de Promulgação da Constituição Estadual de 1989, a Assembleia Legislativa, presidida pelo Deputado Luciano Bispo, nos convida a todos para revisitarmos o histórico constitucional de Sergipe, não por simples nostalgia, ou puramente para evidenciar as biografias de grandes tribunos que passaram pelo Legislativo sergipano, ou, ainda, não para lamentar nossas desventuras em períodos onde a democracia estava somente no campo da imaginação, mas, e, princi-

palmente, para que permaneçamos vigilantes e atentos aos valores democráticos, pilares da Carta Constitucional Estadual, seguindo o contido na Constituição da República. Fontes e bibliografia consultadas: ALBUQUERQUE, Igor L. M. Fragmentos da História Constitucional de Sergipe. In Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe nº 40, págs. 263-285. Aracaju: IHGSE, 2010. BARRETO, Luiz Antônio [Org.]. Sergipe, 100 anos de História Constitucional. Aracaju: Assembleia Legislativa, 1992. SERGIPE. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA. Livro de Atas da Assembleia Estadual Constituinte (1989). SERGIPE. CONSTITUIÇÃO ESTADUAL (1935). Autógrafo da Constituição do Estado de Sergipe, promulgada a 16 de julho de 1935, preservado no arquivo da Secretaria-Geral da Mesa da Assembleia Legislativa. SERGIPE. CONSTITUIÇÃO ESTADUAL (1947). Autógrafo da Constituição do Estado de Sergipe, promulgada a 16 de julho de 1947, preservado no arquivo da Secretaria-Geral da Mesa da Assembleia Legislativa. SERGIPE. CONSTITUIÇÃO ESTADUAL (1967). Autógrafo da Constituição do Estado de Sergipe, promulgada a 10 de maio de 1967, preservado no arquivo da Secretaria-Geral da Mesa da Assembleia Legislativa. SERGIPE. CONSTITUIÇÃO ESTADUAL (1989). 9ª ed. Aracaju: Assembleia Legislativa, 2019.

PAULO NOGUEIRA FONTES PROFESSOR DE HISTÓRIA E ADVOGADO

O JEITINHO BRASILEIRO (nosso modo de ser ou nossa tragédia) Entre tantas características do povo brasileiro vamos encontrar, no nosso já tradicional “jeitinho”, algo que, à primeira vista, possa aparecer como trivial mas, na verdade, constitui um dos sérios problemas do nosso caráter, repercutindo de forma trágica em toda a nossa História. Esse fato nos faz lembrar a célebre frase de William Shakespeare: “To be, or not to be, that is the question”, numa tradução literal: Ser ou não ser eis a questão. Tomando por base tal assertiva shakespeariana temos há bastante tempo, buscado entender o nosso modo de ser, traduzido no nosso já célebre “jeitinho”. Nessa busca tentamos encontrar alguma pista que nos leve a uma explicação razoável, sobre esse tal comportamento tipicamente brasileiro. Nesse sentido percebemos, a partir inclusive do “Ser ou Não Ser”, com relação a esse “jeitinho”, algo que pode ser expresso na seguinte formulação: O brasileiro ao se negar “a ser” e também a “não ser” afirma-se no “pode ser”. Eis o problema que não resolve a questão e nos torna indivíduos circunstanciais. Por outro lado, também poderemos perceber alguma luz que nos possa iluminar e nos levar a compreender que esse tipo de cultura comportamental é um reflexo de toda uma trajetória histórica do povo brasileiro. Tal compreensão, nasceu da constatação histórica de que diante do enfrentamento das dificuldades da vida cotidiana brasileira, desde os tempos coloniais, o brasileiro comum buscou esforçar-se na adaptação às suas circunstâncias, sem que houvesse fundamentalmente a preocupação maior de remover os obstáculos à sua frente que o condicionavam de forma objetiva. E nesse esforço historicamente conseguiu desenvolver um modo muito próprio e rápido de resolutividade, o que possivelmente se traduz,

ao nosso ver, no nosso famoso “jeitinho brasileiro”. Porém como todos sabem, não será numa atitude de “jogar para o debaixo do tapete” os nossos problemas, como se diz aqui entre nós, que encontraremos o caminho para solução destes e, muito menos será, como fazem alguns, negando a sua existência que removeremos, de forma essencial e concreta, aquilo que produzimos para o seu devido lugar. Ainda acreditando como todo brasileiro que ama esse País e busca a Verdade dos Fatos, e tendo a consciência e a visão de que, historicamente, somos o que somos e assim sendo, resta-nos como sempre, a esperança de evoluirmos com seriedade na busca de um futuro melhor para nossos filhos e netos. Diante do que expusemos acima, e lembrando de tudo aquilo que, todos nós brasileiros vimos observando nos últimos julgamentos ocorridos no Plenário do Supremo Tribunal Federal, percebe-se a presença desse “jeitinho” - que, ora se apresenta na “criatividade legislativa”, que aliás não lhes cabe, - ora numa hermenêutica jurídica também criativa. E que nos preocupa nesse momento é o fato de que alguns ministros da nossa Corte Suprema, ao julgarem os processos que envolvem políticos que praticaram crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa revelados na Operação Lava-Jato, têm buscado no “jeitinho” a que nos referimos, para livrá-los das possíveis condenações a que estão sujeitos ou, o que é pior, anular as condenações verificadas em primeira instância e confirmadas pelo Tribunal Regional Federal. Tal fato, vai além dos costumes da nossa cultura cotidiana e constitui, nesse momento, a nossa maior tragédia, cujas consequências veremos em pouco tempo no campo institucional, no enfraquecimento da nossa ainda débil democracia.

Finalmente apesar disso, como temos otimismo e entusiasmo, assim como consciência de que somos capazes de encontrar os nossos próprios caminhos, propomos a todos aqueles brasileiros que ainda se preocupam com o nosso País, uma reflexão sobre o tema, acreditando que todos nós podemos e devemos, através de um processo pedagó-

gico, buscarmos transformar esse nosso “jeitinho” em ALGO MAIOR , em termos de uma criatividade transformadora que nos leve a um patamar civilizatório que o Tempo e a História nos reservam e ainda nos aguardam para a consecução de um Grande Destino como Nação. Críticas e sugestões no e-mail: pfontes@ globo.com.

INDICADORES DÓLAR Comercial Compra Venda R$ 4,1229...........................R$ 4,1236 Paralelo Compra Ve n d a R$ 3,2000...........................R$ 3,4000 Turismo Compra V e n d a R$ 3,9500 .......................R$ 4,2800 IMPOSTO DE RENDA NA FONTE Fonte Alíquota Dedução Até R$1.903,98........................isento...........0....... De R$1.903,99 a R$ 2.826,65...7,5%.....R$ 142,80. De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05...15% ......R$ 354,80. De R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68..22,5%...R$ 636,13. A partir de R$ 4.664,68 ...........27,5%...R$ 869,36. Dedução por dependentes..........................R$189,59

TR SETEMBRO Dia01................................0,0000% Dia02................................0,0000% Dia03................................0,0000% Dia04................................0,0000% Dia05................................0,0000% Dia06................................0,0000% Dia07................................0,0000% Dia08................................0,0000% Dia09................................0,0000% Dia10................................0,0000% Dia11................................0,0000% Dia12................................0,0000% Dia13................................0,0000% Dia14................................0,0000% Dia15................................0,0000% Dia16................................0,0000% TBF AGOSTO Dia31................................0,4911% AGOSTO Dia01................................0,4705% Dia02................................0,4412% Dia03................................0,4409% Dia04................................0,4620% Dia05................................0,4830% Dia06................................0,4833% Dia07................................0,4830% Dia08................................0,4617% Dia09................................0,4397% Dia10................................0,4398% Dia11................................0,4608% Dia12................................0,4817% Dia13................................0,4818% Dia14................................0,4817% Dia15................................0,4608% Dia16................................ 0,4256%

INSS - ASSALARIADOS, DOMÉSTICOS E TRABALHADORES AVULSOS Contribuição - Aliquota Até 1.693,72............................................8.00% De R$ 1.693,73 a R$ 2.822,90.........................9,00% De R$ 2.822,91 até R$ 5.645,80......................11,00%

SALÁRIO FAMÍLIA Até R$ 907,77........................R$ 46,54.....1-Filho De R$ 907,78 até R$ 1.364,43......R$ 32,80..... 2-Filhos

POUPANÇA JULHO Dia20.......0,3715% Dia21.......0,3715% Dia22.......0,3715% Dia23.......0,3715% Dia24.......0,3715% Dia25.......0,3715% Dia26.......0,3715% Dia27.......0,3715% Dia28.......0,3715% Dia29.......0,3715% Dia30.......0,3715% Dia31.......0,3715% AGOSTO Dia01.......0,3715% Dia02.......0,3715% Dia03.......0,3715% Dia04.......0,3715% Dia05.......0,3715% Dia06.......0,3715% Dia07.......0,3715% Dia08.......0,3715% Dia09.......0,3715% Dia10.......0,3715% Dia11.......0,3715% Dia12.......0,3715% Dia13.......0,3715% Dia14.......0,3715% Dia15.......0,3715% Dia16.......0,3715% Dia17.......0,3715%

SALÁRIO MÍNIMO R$ 998,00 Fontes: FGV/IBGE/BANCO CENTRAL/FIPE/SEFAZ/SE

Dia18.......0,3715% Dia19.......0,3715% Dia20.......0,3715% Dia21.......0,3715% Dia22.......0,3715% Dia23.......0,3715% Dia24.......0,3715% Dia25.......0,3715% Dia26.......0,3715% Dia27.......0,3715% Dia28.......0,3715% Dia29.......0,3434% Dia30.......0,3434% Dia31.......0,3434% SETEMBRO Dia01.......0,3434% Dia02.......0,3434% Dia03.......0,3434% Dia04.......0,3434% Dia05.......0,3434% Dia06.......0,3434% Dia07.......0,3434% Dia08.......0,3434% Dia09.......0,3434% Dia10.......0,3434% Dia11.......0,3434% Dia12.......0,3434% Dia13.......0,3434% Dia14.......0,3434% Dia15.......0,3434% Dia16.......0,3434%


Nacional/Opinião

JORNAL DA CIDADE

PADRE. ADVOGADO. PROFESSOR DA UFS. MEMBRO DA ASL, DA ASLJ, DA ADL E DO IHGSE

Dulcíssima Dulce

POR LEANDRO MAZZINI

Governo e o Congresso sacrificaram a Educação para pagar a fatura da aprovação da reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados, e acelerar as articulações da votação em segundo turno no Senado. Dos R$ 3 bilhões em créditos aprovados pelos deputados e senadores, R$ 1 bilhão – remanejado do Ministério da Educação – será destinado para arcar com emendas parlamentares. Os recursos vão para a agricultura familiar, compra de ônibus e saneamento básico para atender às bases eleitorais dos congressistas. Além dos contingenciamentos deste ano, a previsão orçamentária da Educação para 2020 será 18% menor – cai de R$ 122 bilhões para R$ 101 bilhões. MÃOS AO ALTO - Não é só um ônus popular para o Palácio. Na maioria dos casos são os congressistas quem condicionam essas demandas ao apoio à pauta. É um sequestro elegante.

Ficha caiu

O

ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, está atrás, sem sucesso, de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, para pedir demissão. Mas quer ouvir um “fica, amigo”..

DEMOROU - Marcelo Álvaro faz ouvidos moucos a aliados que sugerem há meses ele deixar o cargo, para preservar o Governo e se defender como deputado federal do cerco da PF.

DECOLAGEM SILENCIOSA

N

o fórum da APEX para investidores estrangeiros em São Paulo, a presidente da Boeing para América Latina, Donna Hrinak, revelou que a estimativa para os próximos 20 anos na fabricante é de demanda por 44 mil novos aviões – 3 mil para América Latina. No evento, um silêncio sobre o caso Embraer. Nenhuma palavra de Donna ou de ministros sobre o fechamento temporário da fábrica em São José dos Campos.

BANCOS FICAM - Salim Mattar, o secretário de Privatizações do Governo, revelou a investidores que a Caixa, Banco do Brasil e Petrobras não serão privatizados “nesta gestão”. Também não deu nenhum pio sobre a venda da Embraer, na qual o Estado tinha boa fatia, para a Boeing. Lembrete: o BB e Petrobras já são de capital aberto, controlados pela União. PF ‘NUTELA’? - Virou rotina agora a Polícia Federal usar carros descaracterizados, e não patrulhas com giroflex (como esse povo merece) em operações de buscas e prisões de autoridades políticas. São os chamados ‘alvos sensíveis’.

PACOTE MORO

A

pós a série de derrotas no grupo de trabalho que discute o pacote anticrime, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, abriu o gabinete para deputados federais e tem se reunido duas vezes por semana com o chefe da Casa Civil, Onix Lorezoni. Moro reforça o pedido para que pontos originais da proposta sejam restabelecidos na votação em plenário. PACOTE MORO 2 - Dezoito trechos do projeto original foram rejeitados pelo Congresso Nacional. Um deles previa a possibilidade de o preso cumprir pena depois de condenado em segunda instância da Justiça (Hoje, há entendimento no STF para isso, mas não uma lei). Em outra derrota, o TCU suspendeu a mídia do pacote anticrime, orçada em R$ 10 milhões.

SEM CONTINÊNCIA - Os congressistas estão de olho na relação do Brasil com os Estados Unidos sobre a eventual entrada do País na OCDE. Para o líder do Cidadania, Daniel Coelho (PE), o Governo deve “ser duro e mostrar que temos voz ativa não só com a Venezuela ou Cuba”. Falta combinar com Bolsonaro. LISTA SUJA - Subiu para 190 o número de empregadores autuados por submeterem trabalhadores a condições análogas à escravidão. O levantamento, produzido pela Secretaria Especial do Trabalho e da Previdência, é atualizado a cada semestre. Na “lista suja” atual, foram incluídos 28 novos estabelecimentos distribuídos por 13 Estados. Minas lidera. SEGUUURA, GLEISI - A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, administra uma crise no Recife à distância. Apadrinhado pelo senador Humberto Costa para ser vice na chapa do PSB em 2020, o secretário de Desenvolvimento Agrário Dilson Peixoto (PT) faz ataques pessoais à correligionária deputada federal Marília Arraes, que quer disputar a prefeitura. ESPLANADEIRA - # Nova pousada de Caraíva, primeiro vilarejo do Brasil, ao Sul de Trancoso (BA), a La Boutique Café Caraíva (mesmo nome no Instagram) já aceita reservas para janeiro em diante na Booking e Airbnb. Com Walmor Parente e Equipe DF, SP e Recife www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada reportagem@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF (61) 30342192 / (61) 99993339 / (61) 78137537

A-7

JOSÉ LIMA SANTANA

ESPLANADA Fatura O

Aracaju, 12 A 14 de outubro de 2019

N

a língua de Cervantes, “dulce” é doce. Eis o nome que ela escolheu como no seu tempo de iniciação religiosa era comum nas congregações católicas. Dulce era o nome da mãe de Maria Rita, ou seja, da Irmã Dulce. Dulce dos Pobres. O Anjo Bom da Bahia. E por que não do Brasil? O Anjo Bom também de Sergipe. Afinal, aqui ela iniciou a sua vida religiosa, em São Cristóvão. Aqui foi operado o primeiro milagre reconhecido pelo Vaticano, sob a intercessão da Irmã Dulce. Desde que o Papa Francisco anunciou a canonização da Irmã Dulce, que fora beatificada sob o papado de Bento XVI, muitos compositores têm dedicado músicas àquela que, neste domingo, 13 de outubro de 2019, será elevada aos altares como santa. Dentre tais compositores, destaca-se Theotônio Neto, cuja música em homenagem à Santa Dulce é interpretada pelo cantor sergipano Roberto Alves, que deu um toque especial à sua interpretação. Desde 9 de fevereiro, por decisão do Sr. Arcebispo Metropolitano de Aracaju, Dom João José Costa, eu estou à frente da Paróquia Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, que passará a se chamar Paróquia Santa Dulce dos Pobres. Não sei, numa visão simplista e meramente terrena, porque eu fui parar ali. Porém, acredito nos desígnios. A Paróquia citada foi erigida sem uma igreja matriz. Aos poucos, os padres que passaram por ali, como Almi e Wagner, com a colaboração da comunidade, foram fazendo o que era possível. Depois, veio o diácono Francisco, como administrador paroquial. A obra da igreja tomou certo impulso. Paralisou sob embargo da EMURB, em face de problemas com o projeto arquitetônico, que carecia de alterações. Dois meses após eu assumir a Pa-

róquia, deu-se o desembargo da obra, que foi recomeçada. Muito ainda falta para fazer. Será preciso a continuidade das ações generosas da comunidade, que, a bem da verdade, dentro das limitações de cada um e de cada uma, não têm faltado. Falar em Irmã Dulce é falar na doçura aguerrida, na gentileza firme, na generosidade não passiva. Uma visionária. Uma lutadora. Uma fortaleza por trás do hábito a vestir o corpo frágil. Santa? Desde sempre. Os santos nascem com a auréola dos que pegam no arado sem olhar para trás, dos que tomam a cruz e seguem, dos que se vestem de bons samaritanos (ou de boas samaritanas, conforme o caso), dos que são luz e sal. Dulce era tudo isso. A Bahia sabe muito bem disso. Os baianos, milhares, muitos milhares, sentiram nas entranhas a doçura do seu coração, manifestada em amor que se fazia serviço e em serviço que era prestado com amor. Na Igreja Católica, os santos e as santas são canonizados (as) para ganhar os altares. Os não católicos não compreendem isso, não aceitam isso, mas não têm como nem porque compreender e aceitar. São situações postas por um segmento religioso, que se compreende e se apresenta no contexto da manifestação de Jesus Cristo, quando disse a Pedro: “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16,18). Assim o é. Esta é a fé católica. Inabalável. A Igreja, ao longo dos séculos, constatou que “os santos e santas sempre foram fonte e origem de renovação nas circunstâncias mais difíceis da história da Igreja. Com efeito, a santidade é a fonte secreta e a medida infalível de sua atividade apostólica e de seu elã mis-

sionário” (Catecismo da Igreja Católica, 828). A todos Deus faz o convite de viver em profunda conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo, numa experiência incondicional do mandamento do amor a Deus e ao próximo, a fim de alcançar uma perfeita união com Jesus, ou seja, a santidade. “Sereis santos porque eu sou santo”, disse o Senhor (Lv 11,45). Existe um caminho que se faz para reconhecer santos e santas alguns homens e mulheres que, como se acredita, Deus escolhe para seguir mais de perto o exemplo de Cristo, e darem testemunho glorioso do Reino dos céus, seja com o derramamento de sangue ou com o exercício heroico das virtudes (Constituição Apostólica – Divinus Perfectionis Magister). A Igreja tem sempre conservado a sua memória, propondo aos fiéis exemplos de santidade no seguimento de Cristo. Ao longo dos séculos, os Romanos Pontífices se preocuparam em expedir normas adequadas para facilitar a obtenção da verdade numa matéria de tão grande importância para a Igreja (Sanctorum Mater – Congregação para as causas dos santos). Na Constituição Apostólica do Papa João Paulo II sobre a legislação relativa às causas dos santos, foram dadas orientações para o processo de canonização, e uma delas é a participação ativa das Igrejas particulares (dioceses). O Documento aponta que “à luz da doutrina sobre a colegialidade proposta pelo Concílio Vaticano II, seria conveniente associar os Bispos à Sé Apostólica no tratamento das Causas dos Santos”. Para cada causa é escolhido pelo Bispo um postulador, cuja tarefa é investigar detalhadamente a vida do candidato para conhecer sua fama de santidade. Sendo que já é chamado Servo de Deus o fiel católico do

qual se iniciou a causa de beatificação e canonização. O primeiro processo é o das virtudes ou martírio. Essa é a etapa mais demorada, porque o postulador deve investigar minuciosamente a vida do Servo de Deus, verificar a fundo a vivência das virtudes. Já no caso de um mártir, devem ser estudadas as circunstâncias que envolveram sua morte, para comprovar se houve realmente o martírio. Ao término desse processo, a pessoa é considerada venerável. O segundo processo é o milagre da beatificação. Para se tornar beato, é necessário comprovar um milagre ocorrido por sua intercessão. No caso dos mártires, não é necessária a comprovação de milagre. O terceiro e último processo é o milagre para a canonização. Este tem que ter ocorrido após a beatificação. Comprovado esse milagre, o beato é canonizado e o novo santo passa a ter um culto de veneração universal. Não se trata de adoração, como alguns podem entender de forma equivocada. Adora-se unicamente a Deus, único, verdadeiro, vivo. Chegou o tempo de Dulce. Santa Dulce. Neste domingo, 13, em Roma, ela será canonizada. Na nossa Paróquia, haverá vigília e adoração ao Santíssimo, a partir das 04:00 horas. A seguir, os fiéis que ali comparecerem poderão assistir a solenidade de canonização através de aparato eletrônico instalado para esse fim. Depois, será servido um café da manhã. Às 08:00 horas, o senhor Arcebispo presidirá a Santa Missa. Para quem não sabe, a igreja de Dulce dos Pobres fica na Rua Orlando Tavares, Aruana. Indo pela Av. Melício Machado, passando pelo primeiro posto de gasolina Petrox, entra na primeira via à direita. Há uma placa indicativa na esquina. Dali, são 800 metros em linha reta. Estão todos convidados.

MARCOS MELO

PROFESSOR EMÉRITO DA UFS E MEMBRO DA ASL

Ode a José Carlos Teixeira Livro fecundo – Memórias da Resistência – do professor de professores e festejado escritor Jorge Carvalho do Nascimento é uma Ode a José Carlos Mesquita Teixeira e, por extensão, a seus fiéis escudeiros e coadjuvantes, Oviedo Teixeira, seu pai, e os irmãos, Luiz Antonio e Tarciso, de uma saga existencial e política sem precedentes na história sergipana. Em abril de 64, o jovem Zé Carlos, no verdor dos 28, decidiu nadar contra a correnteza, quando a descida das águas o levaria à placidez de vales verdejantes. Talvez, a metáfora não seja das melhores, mas foi isso que sucedeu com a grande maioria da classe política ao alvorecer do regime militar. De fato, sem uma única exceção, os 32 deputados estaduais aderiram aos generais. Zé Carlos, deputado federal, foi contra e, essa opção, teve o decisivo apoio de seus familiares, mesmo conscientes das vicissitudes e dos caminhos tortuosos que iriam trilhar para manter suas empresas. Na voragem das perseguições e reclusões que se seguiram, Zé Carlos, vice-líder do PSD, de pronto, fez duro e corajoso discurso na Câmara, contra a prisão do governador Seixas Dória, ao tempo em que percorreu gabinetes de generais, inclusive o do ministro da guerra, Costa e Silva, cobrando explicações sobre o paradeiro de Dória. Essa firme determinação, teve o apoio do conceituado jornalista Carlos Castelo Branco, do Jornal do Brasil, que deu ampla cobertura à sua solidária e corajosa odisseia. Tal atitude ele a repetiria outras vezes quando opositores de seu Estado foram presos. Na edição do Ato Institucional Nº 2, que criou o bipartidarismo, Zé Carlos não pensou duas vezes e ingressou no MDB, ou melhor, fundou o partido em Sergipe, sempre com o apoio da família. Acompanha-o, apenas, os deputados federais Ariosto Amado e Walter Batista, os

prefeitos de Moita Bonita e Pedra Mole, dos 74 municípios existentes e 5 dos 21 vereadores de Aracaju; e nenhum deputado estadual. O fato é que ninguém queria ir para a oposição, muito embora centenas de convites fossem feitos com resultados desanimadores. Mas, desassombrado, Zé Carlos seguiu adiante na sua cruzada pela restauração da democracia, como bem atesta Jorge Carvalho nas memórias que, durante anos, diligentemente coletou dos que protagonizaram esses acontecimentos. Partido fundado, com poucos diretórios, sem capilaridade eleitoral na maioria dos municípios e, com enormes dificuldades, enfrentou a poderosa Arena no pleito de 1966. Foram eleitos, pelo MDB, um deputado federal, Zé Carlos, e seis deputados estaduais, entre os quais o conceituado advogado Jaime Araújo Andrade, que, sem conhecê-lo, recebeu meu voto a pedido de Abelardo, colega de Ateneu. Sim, os estudantes se mobilizaram para eleger os candidatos de oposição. Candidato a senador, Oviedo Teixeira não logrou êxito. Leandro Maciel, líder da ex-UDN, foi o vencedor. Na eleição de 1970, o MDB elegeu 4 deputados estaduais, 9 vereadores à Câmara de Aracaju e 7 prefeitos. Embora obtivesse votação abundante, Zé Carlos não se reelegeu porque o partido não atingiu a quantidade de legendas para deputado federal; e, Oviedo Teixeira, não se elegeu senador em razão de acordo equivocado por conta de avaliações inconsistentes, como relata Jorge Carvalho, a partir de depoimentos de próceres emedebistas. As duas vagas foram ocupadas pelo ex-governador Lourival Baptista e pelo empresário Augusto Franco. Dessa forma, o MDB ficou sem representante no Congresso Nacional, como acentua Jorge Carvalho. No pleito de 1972, específico para a Câmara, o MDB ele-

geu 8 vereadores. O destaque, ressalta Jorge Carvalho, foi a robusta votação que recebeu o candidato Jackson Barreto Lima, que obteve 1766 votos, primeiro colocado da legenda. Anos seguintes, Jackson faria brilhante carreira político-eleitoral ao se eleger prefeito de Aracaju em duas oportunidades, deputado estadual em duas legislaturas, deputado federal diversas vezes, vice-governador e governador. Seu peso eleitoral o guindou a uma liderança inconteste no âmbito partidário e na política sergipana, inclusive ao avalizar candidaturas e viabilizar as eleições de colegas da Faculdade de Direito e de militância: Wellington Paixão (prefeito de Aracaju), Benedito de Figueiredo (duas vezes vice-governador) e, last but not least, João Gama (prefeito de Aracaju), que realizou uma administração modernizante. A eleição de 1974 foi um divisor-de-águas. A rejeição aos

militares tornou-se evidente pelo avanço triunfal do MDB que elegeu 16 senadores, alguns sem passado eleitoral, a exemplo do ginecologista Gilvan Rocha, que bateu o senador Leandro Maciel com vantagem de mais de 50 mil votos. Zé Carlos se elegeu deputado federal e prosseguiu na sua luta pela redemocratização do país ao lado de líderes de seu partido como Ulisses Guimarães, Mário Covas, FHC, Marcos Freire, Tancredo Neves e outros. O resto é história! Enfim, o livro do professor Jorge Carvalho, de longa gestação pelas exaustivas pesquisas realizadas e, em especial, pela coleção de importantes depoimentos que obteve dos que protagonizaram essa caminhada cívica, fontes vivas de seu memorável relato, enfeixa um primoroso documentário sobre a resistência ao regime militar em terras sergipanas, sob a liderança maior de José Carlos Mesquita Teixeira.


BEM ESTAR

E

“TURISMO, BEM ESTAR E SAÚDE”

SAÚD

A Escola do Legislativo Professora Neuzice Barreto de Lima, da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), realizou o “Seminário Turismo, Bem Estar e Saúde”. O evento aconteceu na última quinta-feira, dia 10 de outubro. O Seminário foi voltado para os funcionários da Câmara e teve o objetivo de capacitar e atualizar os profissionais. Vale destacar que o turismo, o bem-estar e a saúde podem ser fonte de oportunidades de investimento para gerar lucros e alavancar a economia. É justamente o objetivo da Escola do Legislativo em promover este seminário para aqueles que têm interesses no assunto.

Laudicéia Fernandes

“Realização de exames preventivos são aliados contra o câncer de mama” OUTUBRO É MÊS BASTANTE CONHECIDO PELA CAMPANHA DE PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA. O MOVIMENTO #OUTUBROROSA REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO CUIDADO COM A SAÚDE DA MULHER E O DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER. SEGUNDO ESTIMATIVA DO INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (INCA), EM 2019, O BRASIL TERÁ CERCA DE 59.700 NOVOS CASOS DE CÂNCER DE MAMA, COM UM RISCO ESTIMADO DE 56 CASOS A CADA 100 MIL MULHERES. PARA FALAR SOBRE ESSE ASSUNTO TÃO IMPORTANTE, O JORNAL DA CIDADE, ATRAVÉS DO ESPAÇO “SAÚDE E BEM-ESTAR”, CONVIDOU A MÉDICA ONCOLOGISTA LUCIANA FRANCO, QUE CONCEDEU UMA ENTREVISTA EXCLUSIVA. CONFIRA:

w JC – Como a mulher pode saber se pertence a um grupo de alto risco?

isso, a importância da realização de exames de rastreamento para detecção precoce da doença. w JC – Quais são os exames ideais para o rastreamento do câncer de mama? LF – A mamografia é o principal exame para rastreamento e é o único exame que, quando realizado de maneira periódica em mulheres assintomáticas, leva a uma redução da mortalidade pelo câncer de mama. Ela identifica melhor as lesões mamárias em mulheres após a menopausa. Antes desse período, as mamas são mais densas, por isso a chance de detecção de lesões malignas é menor. Nesses casos, a ultrassonografia ou ressonância das mamas podem ter papel importante.

LF – Pacientes com antecedentes de lesões pré-malignas, como atipias ou carcinoma “in situ”, ou que já foram submetidas à radioterapia do tórax, assim como mulheres com história familiar de câncer de mama em parente de primeiro grau antes dos 50 anos ou de câncer de mama bilateral ou de ovário em qualquer idade ou, ainda, histórico familiar de câncer de mama masculino estão no grupo de alto risco. w JC – Quais os principais sintomas do câncer de mama? LF – O primeiro sinal do câncer de mama costuma ser a presença de um nódulo (caroço) endurecido e geralmente indolor na mama ou na axila. Com o crescimento da lesão, podem surgir áreas de espessamento ou retração da pele, com a pele com aspecto de casca de laranja, aumento da mama, retração e inversão do mamilo e saída de secreção pelo mamilo. É importante reforçar que grande parte dos tumores pode ser assintomática. Por

w JC – A partir de que idade e com que frequência a mulher deve fazer estes exames? LF – A idade para início da rotina de rastreamento e a periodicidade ainda são controversos. O Ministério da Saúde e o Instituto Nacional do Câncer recomendam o início dos exames de rastreamento a partir dos 50 anos. Já outras sociedades médicas e organizações nacionais e internacionais, como a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, a Sociedade Brasileira de Mastologia e o National Comprehensive Cancer Network, indicam como ideal o início aos 40 anos. Os exames de mamografia devem ser realizados anualmente em população sem fatores de alto risco.

SOL KIDS NO DIA DAS CRIANÇAS 1

O Shopping Jardins preparou uma animada festa para acolher toda a família. Hoje, sábado, dia 12, a partir das 15h, a banda Sol Kids comanda a diversão na Praça de Alimentação Jardins e convida crianças, jovens e adultos a curtirem uma agradável tarde ao som de “Tchu Tchue”, “Xerengotengo”, “Borboletinha”, entre outras canções que estimulam a imaginação e a criatividade. O Pingo Feliz também participa deste animado encontro, presenteando a garotada com esculturas de balões e pintura facial.

SOL KIDS NO DIA DAS CRIANÇAS 2

Considerada a primeira banda sergipana dedicada ao universo infantil, a Sol Kids foi criada neste ano pelo músico Thiago Sol, com o objetivo de levar alegria e diversão para toda a família e estimular o aprendizado de meninos e meninas. O repertório é marcado por canções autorais e interpretações singulares de clássicos infantis e hits nacionais. Os músicos se apresentam com figurinos inspirados nos super-heróis e convidam o público a embarcar em um mundo de fantasia, repleto de cores, músicas e brincadeiras. Ascom/Unimed

w JORNAL DA CIDADE – Quais são os fatores de risco para o aparecimento do câncer de mama? LUCIANA FRANCO – Existem vários fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de mama, tais como: idade acima dos 50 anos, fatores relacionados ao tempo de exposição aos próprios hormônios femininos, como o início da menstruação antes dos 12 anos e menopausa após os 55 anos, primeira gravidez após os 30 anos, mulheres que não têm filhos, além do uso de terapia de reposição hormonal após a menopausa ou de anticoncepcionais orais. Existem, ainda, outros fatores relacionados aos hábitos de vida, como sedentarismo, obesidade e sobrepeso. Além dos fatores genéticos em mulheres com casos de câncer de mama na família e/ou câncer de ovário em parentes consanguíneos, sobretudo em idade jovem, ou câncer de mama em homem também em parente consanguíneo.

SOCIEDADE Ascom/SJ

FRANCO ENTREVISTA LUCIANA MÉDICA ONCOLOGISTA

Aracaju  12 a 14 de outubro de 2019

w JC – Qual a relação da menopausa com o câncer de mama? LF – A maior parte dos tumores de mama ocorrem após os 50 anos, ou seja, em mulheres após a menopausa. Além disso, a menopausa tardia, após os 55 anos, aumenta a exposição das mulheres ao estrógeno, o hormônio sexual feminino, o que faz aumentar o risco de desenvolvimento de câncer nesta população.

BENEFÍCIOS DA CORRIDA

Papo Coruja

Por Karina Mendes

Colunista e Colaboradora

papocoruja.com.br papocorujaoficial @papocoruja papocoruja

karina.k.mendes@gmail.com Arquivo Pessoal

Linda, inteligente e cheia de charme. Tarsila Dantas, filha de Tarcísio e Lizandra, comemorou mais um ano de vida na última quarta-feira, dia 9 de outubro. Para ela, um mundo cheio de amor, muita saúde e dias felizes. Parabéns, princesa!

NAS TELONAS “Abominável” está em cartaz. A animação conta a história de Yi, que encontra um jovem, Yeti, no telhado de seu prédio em Xangai. Ela e seus amigos travessos, Jim e Peng, o nomeiam Everest e embarcam em uma jornada épica para levar a criatura mágica de volta para família dele no ponto mais alto da Terra. Além desse filme, “Angry Birds 2” e “Ela Disse, Ele disse” também nas telonas.

DOMINGO ASTRAL RIOMAR Neste domingo, dia 13, o RioMar Aracaju promove a primeira edição do Domingo Astral RioMar. O evento reúne diversos grupos da cidade que promovem o bem-estar através de práticas de ioga e meditação. No roteiro, o público conta com uma programação voltada para a busca da paz e equilíbrio interior, com aulas de Yoga, apresentação musical, meditação da Lua Cheia, com a organização internacional Arte em e a observação da Lua através de telescópios da Casa de Ciência e Tecnologia da Cidade de Aracaju (CCTECA) e a Sociedade de Estudos Astronômicos de Sergipe (Sease). PARA OS PAPAIS Carlinhos Maia fará novo show em Aracaju nos dias 26 e 27 de outubro. O espetáculo intitulado “Acredite, colega”, reunirá histórias ainda mais engraçadas sobre o processo de fama do alagoano, nascido em Penedo, que cresceu através das redes sociais. O espetáculo acontecerá no Teatro Tobias Barreto (TTB), e a venda dos ingressos já está a todo vapor, com vagas esgotadas para plateia. Contudo, restam, ainda, assentos para o Mezanino com valores que vão de R$ 50 (meia entrada) e R$ 100 (inteira). Há, também, a opção do Mezanino Solidário, em que o valor do ingresso é R$ 70 mais 1 quilo de alimento não perecível.

Arquivo Pessoal

Guilia Poletto é o xodó da família e o orgulho da mamy Nathalie. A pequena manda ver em tudo o que faz. Seja nos estudos ou nos esportes, ela arrasa. Sem falar na beleza que herdou na mamãe poderosa. Linda!

PAPELARIA CRIATIVA Quando se pensa em papelaria criativa, a Artideia (@artideia) dá um show. Tudo para deixar qualquer tipo de festa, nascimento, casamento com aquele toque de sofisticação e bom gosto. Anne Trindade e Lara Batalha continuam arrasando nas produções.

O entardecer do dia 27 de outubro, um sábado, foi marcado pela adrenalina de centenas de corredores pelas ruas de Aracaju. O Circuito de Corridas TV Atalaia Unimed reuniu atletas profissionais e amadores que acreditam nos benefícios da corrida para uma melhor qualidade de vida. A Unimed Sergipe, aliás, crê na força do esporte como caminho para a promoção da saúde e para o estímulo de bons hábitos. Nessa etapa, a corrida teve cerca de 1 mil inscritos nos percursos de 2,5km, 5km e 10km. “Participar de corridas de rua é um grande incentivo para a prática de esporte e uma oportunidade única para reencontrar amigos e colegas de profissão. Além de tudo, é saúde, mostrando para todos que é possível mudar um hábito e conquistar novos desafios”, afirma Ana Cristina Bittencourt, médica cooperada Unimed Sergipe. AURICULOTERAPIA A busca pelo bem-estar deve ser sempre constante. Nesse contexto, cuidar do corpo em prol da saúde e da beleza deve, sim, fazer parte da rotina das pessoas. Não à toa, frequentemente, muita gente adere a tratamentos terapêuticos e estéticos. Luciana Leandro Rezende, proprietária do centro estético Fragrância & Cia, comenta, por exemplo, sobre os benefícios da auriculoterapia, um ramo na especialidade da acupuntura, oficializada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma terapia de microssistema. Consiste na estimulação mecânica de pontos específicos do pavilhão auricular para aliviar dores e/ou tratar problemas físicos e psíquicos. A especialista aponta, também, os benefícios da drenagem linfática, da massagem relaxante e da limpeza de pele, tratamentos também disponibilizados na Fragrância & Cia. São ações simples, que, segundo Luciana, além do cuidado com o corpo, ajudam a tratar também a mente, à medida que contribuem para diminuir o estresse, por exemplo. Fica a dica! OUTUBRO ROSA A Legião Feminina de Educação e Combate ao Câncer promove uma série de palestras educativas sobre a prevenção e detecção precoce do câncer de mama dentro da vasta programação da Campanha Outubro Rosa. A ação ocorrerá nos dias 15, 22 e 29 próximos, sempre às 8h, na sede da instituição, localizada na Rua Dom Bosco, 272, Bairro Cirurgia, em Aracaju. Além disso, hoje, sábado, dia 12, numa parceria com o Distrito 3 do Lions Clube, acontecerá o mutirão da saúde na Rodoviária Nova, entre às 7h e 13h.


CIDADES B CADERNO

Jornal da Cidade

Aracaju  12 a 14 de outubro de 2019

EDITOR: Ronald Dória

cidades@jornaldacidade.net

385 mil sergipanos não sacaram o FGTS Trabalhadores têm até março para sacar R$ 500

André Moreira

Grecy Andrade

A

DA EQUIPE JC

té o momento, 370 mil trabalhadores sergipanos receberam o crédito em conta referente ao saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), totalizando R$ 136 milhões. Em Sergipe, 735.719 pessoas têm direito ao saque das contas inativas e ativas do fundo, ou seja, 385.719 pessoas ainda não fizeram o saque. Segundo a Caixa Econômica Federal, o valor a ser sacado, até março do ano que vem, é de aproximadamente R$ 240 milhões. Quem não possui poupança na Caixa seguirá outro cronograma de pagamento, que teve início agora em outubro. Para quem possui cartão e senha do cidadão, o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Nestes casos, o trabalhador tem duas formas de realizar o saque. Até R$ 100 por conta podem ser resgatados em unidade lotéricas, utilizando o CPF e um documento de identificação. Valores maiores, até R$ 500, podem ser resgatados em unidades lotéricas ou corresponden-

SAQUES de até R$ 100 podem ser feitos na Caixa ou em lotéricas tes Caixa Aqui, utilizando o Documento de Identificação e Cartão do Cidadão com senha. Também é possível sacar nos terminais de autoatendimento com CPF e senha Cidadão. É possível consultar o valor disponível, os canais de atendimento para saque e a data que o benefício estará disponível acessando o site da Caixa — veja aqui se você tem valores a receber. Além do saque imediato liberado pelo governo este ano, a partir do

ano que vem, o contribuinte terá acesso a retiradas anuais, no chamado saque-aniversário. Todos os trabalhadores, independente do aniversário, sendo correntistas ou não da Caixa, podem sacar o dinheiro até o dia 31 de março de 2020. A Caixa alerta, entretanto, que à medida que o trabalhador vai adiando seu saque, ele ficará sujeito ao efeito cumulativo dos outros calendários, o que acumulará mais pessoas para receber e, portanto, poderá enfrentar mais filas.


B-2

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

Cidades

JORNAL DA CIDADE

Trabalhador cai em poço de elevador na zona sul

Segundo morador do prédio, homem quebrou a perna após acidente Jadilson Simões

Laís de Melo DA EQUIPE JC

U

m acidente de trabalho ocorrido na tarde dessa sexta-feira, 11, deixou um homem ferido, com fratura exposta em membro inferior. Ele trabalhava na manutenção de um elevador do prédio residencial Jaime Araújo, localizado na zona sul da capital, quando a plataforma utilizada no serviço quebrou, e o homem caiu no poço do elevador do 1º andar do edifício. “As pessoas estavam achando que foi o elevador que desabou, mas, na verdade, foi a plataforma que o moço estava usando para realizar a manutenção no elevador”, conta o morador Altran Valois. O Corpo de Bombeiro Militar de Sergipe foi acionado e prestou atendimento ao homem ferido. Em seguida, o

AMBULÂNCIA do SAMU o transportou até uma unidade hospitalar

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou para transportar o trabalhador a uma unidade hospitalar. “Eu estava aqui embaixo quando escutei os gritos dele.

Ele caiu e quebrou a perna, teve fratura exposta. Mas não foi o elevador que despencou. Infelizmente, foi a plataforma de trabalho deles que quebrou e ocasionou a

queda desse homem no poço. Ele foi levado pelo Samu, e outros quatro trabalhadores permanecem aqui fazendo a manutenção do elevador”, acrescenta Altran.

racaju Parque Shopping – As áreas de alimentação e lazer funcioA nam das 12h às 22h. As lojas âncoras funcionam das 13h às 21h, e as lojas satélites das 14h às 20h.

Jardins – O ‘Espaço Internacional de Artesanato e Decoração – Nações & Artes’ e a feira literária ‘Eu Amo Ler Escariz’, instalados na Praça de Eventos 1, funcionarão das 14h às 20h. Na Praça de Eventos 2, a atração ‘Mundo das Bolinhas – Fundo Mar’ estará aberta das 12h às 20h. Riomar – As praças de alimentação Rio e Mar e operações de lazer irão abrir das 12h às 22h. As âncoras e megalojas funcionarão das 13h às 21h. Demais lojas e quiosques abrirão das 14h às 20h. As operações gastronômicas, como o Ferreiro Grill, Camarada Camarão e Madero abrirão ao meio-dia e funcionarão de acordo com os horários estabelecidos pelas respectivas redes. O hipermercado GBarbosa funcionará das 8h às 21h. Já o Cinemark abrirá a bilheteria às 12h30 e a primeira sessão se iniciará às 13h. Prêmio – As lojas funcionam das 14h às 20. As áreas de alimentação, lazer e serviços funcionam das 12h às 22h.

Supermercados

Mercados e feiras livres

Os mercados centrais de Aracaju (Antônio Franco, Thales Ferraz e Maria Virgínia Leite Franco) e os setoriais (bairros) funcionarão das 6h às 13h. As feiras livres do Leite Neto, Grageru, Cirurgia, Santo Antônio, Cidade Nova, 18 do Forte, São Carlos e Santa Tereza serão realizadas normalmente, no período da manhã.

Parque da Sementeira

O Parque da Sementeira abrirá em horário normal neste feriado, das 5h às 21h45.

Sindipetro vai promover vários atos Jadilson Simões

Grecy Andrade DA EQUIPE JC

GILVANI ALVES lamenta série de demissões e hibernação da Fafen e terceirizados demitidos. Ficaram alguns poucos para manutenção da hibernação”, lamenta. Ela pontua ainda que o presidente da Petrobras, indicado do governo Bolsanaro, informou que não tem interesse de ficar com a Petrobras no Nordeste. “Em Ser-

gipe já anunciou que até junho de 2020 fechará sedes”, alertou. Sobre os atos, ela informou que os petroleiros, tanto das bases da Federação Nacional dos Petroleiros (FPN) quanto da Federação Única dos Petroleiros (FUP), estão fazendo assembleias para rejeitar proposta

do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Lá, o vice-presidente do órgão, ministro Renato de Lacerda Paiva, propôs a prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente da Petrobras por mais 30 dias. “O indicativo de greve da FNP é para o dia 16 e da FUP, para o dia 26. A proposta é fazer greve unificada das duas federações, devemos sair juntos numa data próxima. Vale ressaltar que foi a Petrobras que levou negociação para TST. E, mesmo após reuniões não opinou sobre a proposta do TST que é bem parecida da Petrobras”, completou Gilvani Alves. Confira a programação dos atos em Sergipe: 14/10 – Fafen; 15/10 – Tecarmo e Porto; 16/10 – Carmópolis; 17/10 – Sede Rua Acre; 17/10 – Aposentados - Sindipetro (sede Aracaju) - 9h; e de 14 a 17/10 – Áreas Isoladas e Turnos.

EM JANEIRO

Feira de SE será realizada em 2020 A Feira de Sergipe, a maior vitrine para artesanato local, está de volta. O evento, que se consolidou como um importante espaço para a divulgação do trabalho de centenas de artesãos e das mais diversas manifestações culturais, será realizado entre os dias 14 e 26 de janeiro de 2020, desta vez em um novo espaço, o Parque da Sementeira. Para selecionar os profissionais que irão expor os seus produtos na XVIII edição da Feira, o Sebrae lançou um edital nesta sexta-feira, 11. Serão destinadas 125 vagas destinadas a artesãos, inclusive microempreendedores individuais. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 23 de ou-

Confira o que abre e fecha no feriado

A Associação Sergipana de Supermercados (Ases) informou que o comércio varejista de gêneros alimentícios em Sergipe tem permissão de funcionamento no dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, comemorado em 12 de outubro, sábado. De acordo com a Ases, os supermercados que optarem pelo funcionamento nessa data devem cumprir com as obrigações legais previstas da CCT, que rege o pagamento do prêmio nos feriados.

PROTESTOS

Preocupados com a política de desinvestimento do governo Bolsonaro em Sergipe, que já culminou na hibernação da Fábrica de Fertilizantes Hidrogenados (Fafen), do anúncio da saída da sede da Petrobras no Estado e do leilão de unidades da empresa, o Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe (Sindipetro/ AL-SE) realiza a partir da próxima segunda-feira, dia 14, uma série de atos e discussões sobre o assunto. De acordo com uma das dirigentes do Sindipetro, Gilvani Alves, Sergipe já amarga a demissão de milhares de trabalhadores diretos e diante da política atual, a situação tende a se agravar. “A Fafen continua hibernada e quase todo pessoal próprio já foi transferido

12 DE OUTUBRO

tubro no site www.feiradesergipe. com.br Podem participar do processo maiores de 18 anos, residentes no estado de Sergipe e cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB), com Carteira Nacional dentro do prazo de validade. Os candidatos devem preencher um formulário de inscrição e anexar os documentos, além de apresentar fotos que representem o tipo de artesanato que pretendem comercializar. O julgamento das propostas será feito por uma comissão formada por dois colaboradores do Sebrae, além de um consultor e um representante de instituições

parceiras da entidade. Entre os critérios de avaliação que serão analisados estão a referência à cultura popular, criatividade, linguagem própria, tradição, expressão contemporânea, inovação e consciência ambiental. A lista provisória com os nomes dos artesãos selecionados, por ordem de classificação, bem como a lista dos excedentes será divulgada no dia 04 de novembro. Havendo recursos, após o julgamento respectivo, será divulgada no dia 18 de novembro a lista definitiva, na página eletrônica do Sebrae, contendo os nomes dos classificados, por ordem de pontuação. Todas as informações referentes ao edital estão disponíveis no

site www.feiradesergipe.com.br. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800570-0800. Feira de Sergipe ealizada pelo Sebrae, a Feira de Sergipe busca difundir o artesanato, a cultura e os pequenos negócios do Estado, criando um ambiente favorável para os empreendedores divulgarem e comercializarem seus produtos, além de garantir uma alternativa de entretenimento para sergipanos e turistas. Além dos 125 estandes de artesanato, o evento também contará com espaço kids, praça de alimentação e palco para shows.

R

Agências bancárias

As agências bancárias não funcionam no dia 12 de outubro.

Centro Comercial

As lojas do Centro Comercial funcionam no dia 12 de outubro.

Unidades de Saúde

Hospitais e demais unidades de saúde de urgência do Estado estarão de plantão para atender as demandas da população. Em Aracaju, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão fechadas durante todo o feriado, mas as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva e Fernando Franco e os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) 24 horas funcionarão normalmente durante todo o dia.

Órgãos do Estado

As repartições e órgãos estaduais da administração direta e indireta não funcionarão no dia 12. Os serviços emergenciais do Estado, como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, polícias Militar e Civil, Samu 192 Sergipe, e hospitais funcionarão em regime de plantão.

Órgãos da PMA

Os órgãos públicos municipais não terão expediente, com exceção dos serviços considerados essenciais para o funcionamento da cidade.

IRMÃ DULCE

Roteiro religioso

ergipe caminha para ter um Shomenagem roteiro de peregrinação em à Irmã Dulce. O

passo inicial para efetivação do projeto foi discutido na manhã desta sexta-feira, 11, em reunião entre o prefeito Edvaldo Nogueira, o governador Belivaldo Chagas e o arcebispo metropolitano, Dom João José Costa, ocorrida no Palácio dos Despachos. Proposto pelo próprio Edvaldo, o encontro teve a finalidade de delinear como seria o percurso, que deverá ter Aracaju, local onde se localiza a primeira paróquia do Brasil que leva o nome da Santa, como ponto de partida, seguindo até São Cristóvão, cidade em que Dulce viveu. Também participaram das discussões iniciais para concretização do projeto o padre da Paróquia Irmã Dulce, José Lima, a embaixadora das obras de Irmã Dulce em Sergipe, Ana Lúcia Aguiar, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Carlos Pinna de Assis, e o assessor do TCE/SE, Theotonio Neto. Irmã Dulce será canonizada no próximo dia 13 de outubro, em celebração presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano. Em Aracaju haverá uma programação festiva pela data que contará com o apoio da Prefeitura. “Estamos trabalhando a ideia para que a presença de Irmã Dulce em Sergipe também seja valorizada. Vamos estabelecer um caminho de peregrinação, que vá de Aracaju, onde está a primeira paróquia do país com o nome da Santa, até São Cristóvão, e também definir como data comemorativa em nosso estado o dia 13 de agosto, quando ela decidiu se tornar religiosa. Tudo isso está sendo trabalhado em conjunto, pela Cúria Metropolitana, Prefeitura de Aracaju e pelo Governo do Estado”, detalhou o prefeito Edvaldo Nogueira. O gestor destacou que o projeto também possui o objetivo de fortalecer o turismo religioso em Sergipe. “Temos certeza de que esse percurso será muito importante, tanto do ponto de vista da fé, como do ponto de vista do turismo religioso. Por isso é um dia muito feliz, em que estamos estabe-

lecendo um caminho de fé, de desenvolvimento econômico e de justiça social, com um projeto que será liderado pelo maior representante da sociedade civil sergipana, que é o governador Belivaldo Chagas, e para o qual já apresentamos a ideia deixando-o completamente integrado”, salientou Edvaldo. O governador Belivaldo Chagas ressaltou que a proposta é poder inaugurar o percurso em 2020, ano em que Sergipe completará 200 anos de Emancipação Política. “Vamos trabalhar nessa ação conjunta para que o roteiro esteja completamente pronto e entregue à sociedade sergipana, brasileira e mundial. Todo aquele que quiser conhecer o caminho de Irmã Dulce vai poder vir a Sergipe, que foi justamente onde ela começou a compreender seu tino religioso, uma vez que a história conta que Irmã Dulce iniciou sua vida religiosa aqui. Ela morou em um convento, em São Cristóvão, e agora se torna nossa Santa. Nada mais natural do que a gente aproveitar esse momento para homenageá-la com esse roteiro”, reforçou. Para o arcebispo metropolitano, Dom João José Costa, o roteiro “é um justo reconhecimento a história de Dulce, em Sergipe”. “Da história da nossa igreja também. Para nós, é motivo de muita honra e gratidão. Com certeza vamos fazer essa caminhada com Dulce, não somente do ponto de vista físico, mas também do espiritual”, comemorou. Assim como o arcebispo, a embaixadora das obras de Irmã Dulce em Sergipe, Ana Lúcia Aguiar, definiu a reunião como “o primeiro passo para a consolidação de um sonho”. “Sou devota de Irmã Dulce e fico muito feliz porque há 27 anos tentamos avançar nesse projeto que começa a se consolidar, justamente pelo desejo de Dulce, de ter a extensão da sua obra, em Sergipe, principalmente em São Cristóvão. Existem relatos de Irmã Dulce, de que Sergipe deu a ela a certeza de seguir na carreira religiosa, amando e servindo à Cristo através das pessoas, dos pobres, então é uma justa homenagem”, declarou.


Cidades

JORNAL DA CIDADE

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

Fundação Renascer: agentes paralisam atividades

B-3

Jadilson Simões

Gestor questiona se concurso para medida socioeducativa ainda é viável Fotos: André Moreira

Da Redação

A

NO PAÍS, a média de acidentes é de 36 vítimas por dia

JORNALDACIDADE.NET

pós denúncias envolvendo a gestão de recursos públicos da Fundação Renascer feitas pelo presidente do Sindicato dos Agentes Socioeducativos, Clichardson Hipólito, a categoria decidiu realizar um ato de paralisação das atividades nessa sexta-feira, 11. Na porta do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), os dirigentes sindicais e associados se reuniram para questionar o governador Belivaldo Chagas sobre melhorias no sistema socioeducativo e também com relação à realização de concurso público. “Nós não estamos reivindicando salário ao governador do estado. Nós estamos reivindicando o concurso público para a categoria. Nós estamos reivindicando melhoria para o sistema socioeducativo. Para que, por meio do concurso público aumente o efetivo e que venha a ter uma melhor segurança nas unidades de medidas socioeducativas”, afirma Clichardson Hipólito. Segundo o sindicalista, recentemente, no dia 1º de outubro, um princípio de fuga ocorrido na nova unidade, em Nossa Senhora do Socorro, deixou dois funcionários terceirizados gravemente feridos, demonstrando, desta forma, que o sistema expõe a vida dos trabalhadores. “Foram retirados os nossos equipamentos de proteção individual e coletivo. O gestor da Renascer nos deixa expostos ao risco. Eles falam em três anos sem eventos de fuga ou violência dentro das unidades, mas, vale ressaltar que quem está lá, na grande maioria, é o terceirizado. Eles não falam para não perderem seus empregos. É por isso que a mídia não sabe”, explica Clichardson. Atualmente, a Fundação dispõe de 106 agente efetivos e cerca de 200 terceirizados para dar conta de seis unidades de medidas socioeducativas com cerca de 300 adolescentes internos. Para o diretor operacional da Fundação Renascer, Carlos

CRIANÇAS/ADOLESCENTES

Seguro DPVAT: quase 130 indenizados O

HOUVE protestos na porta do Cenam; Clichardson Hipólito: "Nós estamos reivindicando melhoria para o sistema socioeducativo"

Viana, o diálogo é característica constante do presidente Wellington Mangueira. Segundo ele, o sindicato se utiliza de um evento isolado para generalizar todo o sistema. “Quem conhece Wellington Mangueira sabe que sobre negociar, as portas dele estão abertas o tempo todo, até em excesso. Não faltou diálogo, não faltou conversa. Inclusive, foi o próprio doutor Wellington que colocou a eles a mudança de celetista para estatutário. Eles estão falando de EPI e da terceirização, mas quando tinham rebeliões e fugas, eles usavam todos esses equipamentos, capacete, spray de pimenta, tudo o que você

imaginar, que eles estão dizendo que é importante. A gente não retirou esses equipamentos, nós apenas dissemos que os equipamentos só podem ser usados em ocasiões de enfrentamento”, relata Carlos Viana. E ele vai mais além: “eles estão utilizando um fato ocorrido depois de três anos sem fugas, de forma política a fim de tumultuar a gestão. O orçamento nos traz algumas privações, mas dizer que essas privações são usadas para prejudicar funcionário, isso é uma tremenda irresponsabilidade”, diz o gestor. Questionado sobre a questão do concurso público, Viana tem dúvidas quanto à viabilidade e aponta as vantagens em

terceirizar o serviço dentro das unidades. “Cabe a reflexão se concurso público é viável ainda para medida socioeducativa. Eu tenho mestrado na área de gestão de atendimento socioeducativo e tenho estudado isso no Brasil inteiro. Então, fazer concurso para a gente voltar a ficar refém. Temos que melhorar a estrutura do estado para que a gente possa fazer com que o concurso funcione. De fato, nós temos muita gente que é boa de prova e ruim de trabalho. De certa forma, fomos obrigados a terceirizar. Com a terceirização nós temos uma resposta mais dinâmica”, finaliza Carlos Viana.

SEM SEMIABERTO

Presos sergipanos não farão Enem Mais uma vez, a falta do regime semiaberto em Sergipe traz consequências para a população carcerária que, atualmente, gira em torno de 5 mil detentos. Desta vez, devido à ausência dessa modalidade penal, presos que teriam o interesse em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019) estão penalizados pelo Estado. Imagine um detento ser aprovado no Enem para cursar uma faculdade e não poder ter a garantia legal para isso? Pois bem, essa é a realidade do sistema prisional no estado desde 2017, quando da desativação do presídio de Areia Branca. Em contrapartida, como parte das atividades de ressocialização dos internos do sistema prisional, detentos das nove unidades prisionais de Sergipe participaram, na terça e quarta-feira, 8 e 9, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) para pessoas privadas de liberdade. De acordo com o coordenador pedagógico da Secretaria de Justiça e Defesa do Consumidor (Sejuc), professor Genaldo Freitas Lima, o exame é voltado para as pessoas que estão além da faixa etária convencional para os níveis de ensino fundamental e médio, e também para aqueles que estão fora da escola. No primeiro dia de aplicação das provas, participaram

Fotos: André Moreira

Dia das Crianças, comemorado neste sábado (12/10), celebra o direito dos pequenos e dos adolescentes, de forma a conscientizar sobre os cuidados necessários nesta etapa da vida. Nesse sentido, a data também é uma oportunidade para educar e refletir sobre os acidentes de trânsito envolvendo menores. Segundo a ONG Criança Segura, o deslocamento de automotores é a principal causa de ocorrências fatais entre crianças de 0 a 14 anos. Os números do Seguro DPVAT refletem essa realidade. Até setembro deste ano, 9.865 crianças e adolescentes de 0 a 17 anos foram indenizados em função de ocorrências durante o tráfego de veículos em todo o país, ou seja, uma média de 36 vítimas por dia. Os dados ainda mostram que a maioria ficou com algum tipo de sequela permanente após o acidente: cerca de 70% (ou 6.933) das indenizações foram pagas por invalidez. A cobertura de reembolso de despesas médicas e suplementares foi a que registrou o segundo maior número de pagamentos de indenização. De janeiro a setembro, foram 1.471 sinistros. E mais 1.461 casos de indenizações pagas por mortes no trânsito. Em Sergipe foram pagas 128 indenizações para crianças de 0 a 17 anos de idade. Além do elevado número de crianças e adolescentes que ficam com alguma invalidez permanente, os dados chamam atenção para um alto índice de atropelamentos, já que a maioria dos acidentados estava na condição de pedestre no momento do sinistro, concentrando 58% dos pagamentos. Ainda assim, as estatísticas envolvendo passageiros são elevadas. As crianças que estavam dentro do veículo durante a ocorrência concentraram cerca de 42% das indenizações pagas. O percentual indica um quantitativo de 4.125 pagamentos para a faixa etária. As estatísticas por tipo de veículo mostram que as motocicletas são as principais responsáveis pelos acidentes. De janeiro a setembro, foram pagas mais de 5 mil indenizações por ocorrências envolvendo o veículo de duas rodas. Os automóveis ocupam a segunda posição, concentrando 3.461 sinistros. Os caminhões e pick-ups aparecem na sequência, com 572 pagamentos. Já os ônibus, micro-ônibus e vans, e os ciclomotores apresentam 345 e 49 seguros, respectivamente. Entre os estados com mais sinistros pagos, Minas Gerais se destaca, com mais de mil indenizações pagas a crianças envolvidas em acidentes de trânsito. Na sequência, estão São Paulo (985), Ceará (717), Paraná (626) e Maranhão (588). Distrito Federal (47), Acre (45) e Amapá (23), no entanto, registraram as estatísticas mais baixas. Para mudar esta realidade, os especialistas ressaltam os cuidados necessários quando há crianças nos veículos. “Quando o assunto é trânsito, a atenção é fundamental, principalmente quando há menores envolvidos. É importante lembrar que a cadeirinha, o cinto de segurança e o capacete, no caso das motos, são itens obrigatórios”, explica Arthur Froes, superintendente de Operações da Seguradora Líder. Arthur ainda destaca a realidade dos pedestres. Para ele, os motoristas também têm papel fundamental para alterar as estatísticas. “É necessário ter uma conduta prudente ao volante, respeitando a sinalização e o limite de velocidade, principalmente em áreas escolares e residenciais. Além disso, é importante que as crianças estejam acompanhadas dos pais ao atravessar as ruas, além de sempre utilizar as faixas de pedestre”, finaliza o superintendente.

Sobre o Seguro DPVAT

O

DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (valor de R$ 13.500), invalidez permanente (de R$ 135 a R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até 3 anos.

Sobre a Seguradora Líder-DPVAT

E

m operação desde janeiro de 2008, a Seguradora Líder-DPVAT é uma seguradora privada responsável pela administração do Seguro DPVAT no Brasil. A seguradora se tornou uma das principais fontes para dados relacionados a acidentes de trânsito. No site www.seguradoralider.com.br estão disponíveis para o cidadão diversas informações sobre o Seguro DPVAT e estatísticas.

CRISTINÁPOLIS

PRF prende cambista

DEVIDO à ausência de modalidade penal, presos que teriam interesse em participar estão penalizados pelo Estado os internos que buscam a certificação do ensino fundamental, já no seguinte, aqueles que visam obter o certificado de conclusão do ensino médio. Como forma de minimizar os problemas ocasionados pela ausência do regime semiaberto em Sergipe, a Secretaria de Justiça e Defesa do Consumidor (Sejuc) deverá entregar até o fim deste ano um novo estabelecimento penal para o cumprimento do regime se-

miaberto. A unidade funionará no município de Areia Branca, às margens da BR-235, no local do antigo Centro Estadual de Reintegração Social I e II (Cersab). O secretário da Justiça e Defesa do Consumidor, Cristiano Barreto, destaca que a unidade prisional é um investimento muito importante para a melhoria da segurança da população sergipana. “Essa nova unidade prisional é um

compromisso do Governo do Estado com o Poder Judiciário. Com o presídio, teremos a possibilidade de continuarmos reduzindo a criminalidade, com a finalização da progressão, por salto, do regime fechado para o aberto”, disse o secretário. Enquanto o regime semiaberto não é realidade no estado, presos ainda continuam saindo do regime fechado direto para o aberto, neste caso, de volta para suas casas.

P

oliciais Rodoviários Federais (PRF) detiveram na madrugada desta sexta-feira, 11, um homem com mandado de prisão em aberto. A ação aconteceu no km 200 da BR 101, em Cristinápolis/SE. Os agentes federais realizavam o trabalho de fiscalização na rodovia quando abordaram um ônibus do transporte interestadual de passageiros, com placas de Minas Gerais, e após consultar o banco de dados utilizado pela PRF, descobriram a existência de um

mandado de prisão contra um dos ocupantes, expedido pela justiça do estado de Pernambuco, pelo crime de uso de moeda falsa. Questionado, o passageiro informou que foi preso em 2012, por utilizar dinheiro falso (na época, 99 cédulas de R$ 20 e 50 cédulas de R$ 100, todas falsas), e que seguia para Aracaju onde trabalharia como cambista em um grande show que acontecerá hoje à noite na cidade. Ele foi detido e encaminhado à superintendência da Polícia Federal em Sergipe.


B-4

Cidades

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

Matheus Batalha

É DOUTOR EM PSICOLOGIA PELA UFBA E PROFESSOR DA UNINASSAU

A Estrela Maior “A

lgumas casas aqui não possuem telhado”, me falou o passageiro que sentava ao meu lado enquanto a aeronave se preparava para o pouso. Havíamos conversado por quase todo o voo. Ele era um engenheiro que trabalhava em uma obra complexa no Peru. Sua vida já incluía passagens por Angola, uma estadia longa nos EUA, e uma transferência, financeiramente vantajosa, para Lima, onde residia naquele momento. Desembarcamos pouco depois da meia noite e me deparei com o aeroporto lotado. Haviam pessoas em todas as áreas do desembarque. Estranhei a movimentação, mas pacientemente segui de fila em fila, passando pela alfândega e pelo pequeno guichê bancário para a troca de moedas estrangeiras. Quando deixei a área restrita para passageiros, encontrei um número ainda maior de pessoas no saguão de desembarque. Um motorista estava à minha espera e seguimos rapidamente até o estacionamento. Assim que me acomodei no veículo, lhe perguntei o que estava acontecendo. “Teremos show de Paul McCartney esta semana”, ele me respondeu e completou explicando que a movimentação ali estava anormal desde o início daquela semana. Aquela era uma viagem de trabalho em que participaria do comitê de seleção do Programa Fellow-Mundus. Passei as semanas anteriores me preparando para as reuniões que teríamos nos dias seguintes. Enquanto membro daquele comitê, teria a tarefa de julgar, em conjunto com meus colegas, as solicitações de bolsas de estudo de estudantes de diversos países, em distintas modalidades. O trabalho de preparação havia sido intenso, o que me fez entrar no avião com planilhas impressas, relatórios escritos e pontos críticos a serem discutidos, mas sem nenhuma programação cultural previamente estabelecida. Durante as semanas anteriores, não passou em minha mente, por um segundo sequer, que deveria verificar a programação cultural em Lima. Vaguei madrugada adentro em silêncio no carro que me conduzia ao hotel. Lembrei que, anos antes, meu pai havia me convidado para assistir ao show de Paul McCartney em São Paulo, de quem era fã incondicional. Eu havia terminado o tratamento quimioterápico e meu pai ofereceu comprar os ingressos para irmos justos ao concerto. “Não posso gripar”, lhe disse. O meu médico havia me pedido para ficar longe de aglomerações e um estádio de futebol lotado de fãs, como eu e ele, não parecia ser um local recomendado para quem buscava recompor sua saúde. Achei melhor não arriscar. No dia seguinte, seguimos, logo cedo, para a Universidad del Pacifico. O trânsito naquela manhã estava caótico. Os carros pareciam não respeitar nenhuma regra e andavam tão próximos uns dos outros que, em vários momentos, cogitei que era iminente uma colisão. Chegamos ao campus da universidade e, de imediato, ficamos surpresos com sua complexa infraestrutura. A instituição havia sido fundada no inicio dos anos sessenta por um grupo de investidores em parceria com um grupo jesuítico conhecido por “Sociedade de Jesus”, que participavam de suas principais decisões acadêmicas e administrativas. Logo que adentramos o primeiro corredor notei que as salas de aula possuíam diferentes modulações, que poderiam ser usadas para estratégias pedagógicas distintas, e que algumas delas possuíam janelas de vidro que permitiam uma visão ampla do que acontecia nos corredores. Percebi também, que o material projetado nas telas das salas de aula por que passei estava escrito em inglês. Percebendo nosso espanto, a nossa anfitriã, que dirigia a aérea internacional da instituição, nos contou que a universidade havia adotado uma estratégia agressiva de internacionalização. Para eles não bastava somente fornecer aos alunos boas opções de intercâmbio ou boas salas de aula, seguindo os moldes do que encontramos na Ásia, EUA e Europa, nem muito menos disponibilizar apenas o que havia de melhor em termos de tecnologia. O ponto central para eles era dar oportunidades aos professores de adquirir o máximo de conhecimento possível em como utilizar todas aquelas inovações em prol do desenvolvimento dos seus alunos. Tudo era calibrado para que os professores pavimentassem o caminho para seus alunos. Nossa anfitriã nos contou também que uma parte significativa do seu corpo docente já havia tido uma experiência acadêmica no exterior, através de um dos mais de 150 acordos bilaterais que a universidade possuía com instituições mundo afora. Cada decisão estratégica era pensada em face a possibilidade de dotar os seus professores com novos recursos pedagógicos. Para isto a formação e a qualificação docente eram preocupações constantes. Enquanto isso, no Brasil, nos preocupamos com as condições de infraestrutura que, em alguns casos, são lamentáveis, e, costumeiramente, esquecemos da necessidade de qualificação contínua de nossos docentes. O professor é o maestro que move o desenvolvimento humano de nossa sociedade. Portanto, as melhores oportunidades de aperfeiçoamento devem estar sempre à sua disposição. Um país que não enxerga seus professores como uma de suas melhores estrelas está fadado a um progresso lento e descontinuado. No meu voo de volta ao Brasil, vim acompanhado por fãs de Paul McCartney. Todos comentavam do concerto magnífico que eu havia perdido. Daquela vez, em vez de planilhas e documentos, carreguei em minha memória a certeza de que o trabalho que havia feito ali, revisando cada uma das submissões, teria um impacto positivo na vida daqueles estudantes. Lembrei que, certa vez, no caminho para a escola, ao ouvir uma canção dos Beatles, meu pai me disse “na vida, o que vale é tentarmos tornar melhor o que temos”.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha programática e ideológica do JORNAL DA CIDADE.

JORNAL DA CIDADE

Os benefícios da liberação miofascial nos tratamentos

Fisioterapeuta explica como são as técnicas e seus diversos efeitos Divulgação

Grecy Andrade

A

DA EQUIPE JC

liberação miofascial é uma forma de terapia manual (com ou sem instrumentos) com intenção de reduzir a dor e potencializar a função dos músculos. Diversos estudos apontam a eficiência da liberação miofascial para tratamento de diversas condições. Seus principais benefíos são: reduzir tensão; auxiliar no ganho da extensibilidade tecidual, prevenir e tratar dor pós-exercício, etc., para potencializar a função e contribuir no processo terapêutico de atletas ou não. De acordo com o fisioterapeuta Ítalo Jorge Feitosa Silva, formado em Liberação Miofascial Manual e Instrumental pela Sociedade Brasileira de Fisioterapia, a liberação miofascial é uma técnica de terapia manual, que consiste em aplicar pressão em pontos de maior tensão e rigidez da musculatura, ou até mesmo de deslizamento no sentido da fibra muscular, com o objetivo de acomodar a fáscia (camada de característica plástica que recobre o músculo) de forma adequada. “É indicada não somente para atletas ou praticantes de musculação, crossfit, corredores e/ou atividades esportivas intensas, mas também para pessoas que possuem o hábito de ficar em posturas mantidas no ambiente de trabalho, que sentem a musculatura sobrecarregada, fatigada ou

ÍTALO JORGE diz que resultados influenciam na qualidade de vida até mesmo dolorida. Hoje em dia, é comum no consultório a procura por parte de pacientes que sentem ‘peso nas costas’ e dores na região da nuca”, explica o especialista. O fisioterapeuta acrescenta que além de estimular o alinhamento da fibra muscular, os efeitos da liberação miofascial são diversos, dentre eles, o relaxamento físico e mental; melhor desempenho nas atividades do dia a dia e

nos esportes; redução da fadiga muscular precoce e, consequentemente, melhor qualidade de vida. A técnica é realizada com o paciente na maca, seja no domicílio ou consultório e na posição orientada pelo fisioterapeuta conforme a musculatura a ser liberada. “Há a instrumental, em que geralmente são utilizados instrumentos de acrílico ou metal com formatos anatômicos adequados

para as mais determinadas regiões do corpo e necessidades individuais e há a manual, em que o terapeuta realiza o deslizamento muscular com manobras manuais específicas da técnica”. Ítalo Jorge esclarece ainda que algumas precauções devem ser avaliadas pelo fisioterapeuta habilitado, que identificará contraindicações como lesão muscular severa, hematoma, trombos, dermatites e varizes com grandes dilatações. Sobre o número de sessões, somente o profissional poderá dizer após uma avaliação. “Não há um quantitativo específico, é feita a avaliação conforme cada caso em específico. Geralmente ,os pacientes fazem semanalmente quando iniciam o tratamento, em seguida fazem quinzenalmente ou mensalmente para manutenção do alinhamento, da recuperação e do relaxamento muscular, assim que sentem a necessidade”. Questionado sobre os custos do tratamento, o fisioterapeuta diz que não é caro, já que atendimento dura em média uma hora e dez minutos, e os benefícios são permanentes, que influenciam diretamente na qualidade de vida, no trabalho, nas atividades esportivas e até mesmo na parte psicológica dos indivíduos. “Quem passa por um atendimento de liberação miofascial e vivencia dos seus benefícios chega a achar barato e fundamental”, finalizou.

ÓLEO NO LITORAL

Vigilância Ambiental faz alertas A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Coordenação de Vigilância Sanitária e Ambiental, e em decorrência do recente surgimento de óleo nas praias do litoral nordestino recomenda uma série de cuidados à população e orienta profissionais de saúde quanto aos cuidados em possíveis casos de intoxicação devido à exposição dos resíduos. De acordo com o coordenador de Vigilância em Saúde Ambiental, Alexandro Bueno, o Ibama confirmou que o material oleoso é petróleo cru.

O petróleo bruto é uma complexa mistura de hidrocarbonetos, que apresenta contaminações variadas de enxofre, nitrogênio, oxigênio e metais. “A presença do petróleo no ambiente nem sempre leva à exposição da população. Contudo, em acidentes de grandes proporções a probabilidade de exposição humana aumenta”, disse o coordenador Alexsandro, salientando que o despejo de óleo no mar também pode causar efeitos sobre a saúde da população. Salientou que os danos podem ocorrer por meio de contato dér-

mico, por inalação ou ingestão. Em curto prazo, geram dificuldades de respiração, pneumonite química (irritação pulmonar provocada pela inalação de substâncias tóxicas até os pulmões), confusão mental, dores de cabeça, irritação na garganta, coceira nos olhos, cansaço, tontura, náusea, febre, irritação na pele como dermatite, machucados e ferimentos. Já os efeitos de longo prazo estão associados a danos genotóxicos (quando agentes químicos danificam a informação genética no interior de uma célula) por consumo de

frutos do mar contaminados, anormalidades endócrinas, possíveis impactos no sistema reprodutivo e efeitos adversos no sistema respiratório. A ingestão pode causar dores abdominais, vômito e diarreia. Segundo Bueno, o quadro atual requer atenção dos profissionais de saúde, das autoridades sanitárias, dos órgãos ambientais e da população. “É preciso estar atento ao aumento de casos com sintomatologia semelhante, especialmente em crianças e gestantes, tendo em vista a exposição aos compostos tóxicos nas atividades de lazer”, frisou.

Governo informa as medidas adotadas O Governo de Sergipe, por meio do Gabinete de Crise, reunido nesta sexta-feira, 11, na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), informa as medidas adotadas pelo Executivo Estadual durante surgimento da substância oleosa no litoral do Nordeste:

Pesca:

Está sendo feita coleta e monitoramento da qualidade do pescado, com envolvimento dos órgãos públicos estaduais: Secretaria de Estado da Agricultura Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa-SE),

Instituto Tecnológico de Pesquisas do Estado de Sergipe, (IPTS) e diversos laboratórios do estado. Este monitoramento é feito periodicamente para fornecer um parecer preventivo para avaliação da qualidade do pescado para consumo.

Balneabilidade:

A análise da água, feita periodicamente pela Administração Estadual de Meio Ambiente (Adema), atesta para balneabilidade, no entanto recomenda aos banhistas que evitem o contato com as manchas de óleo presentes no litoral. Abastecimento público de água

A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), vem monitorando a qualidade da água para consumo humano em todos os locais de captação de água e, até o momento, não há risco de contaminação. A Companhia, inclusive, colocou preventivamente barreiras de proteção nos locais de captações de água.

Limpeza

O processo de limpeza, de retirada das manchas de óleo permanece sendo feito diariamente em toda a extensão do litoral sergipano por equipes das prefeituras de municípios atingidos, a exemplo de Araca-

ju e Barra dos Coqueiros e por cerca de 20 colaboradores da Petrobras. O material recolhido é enviado para uma unidade da Petrobras em Carmópolis, chamado Alto do Jericó.

Monitoramento

O Governo de Sergipe, articulado com os municípios, continuará permanentemente vigilante quantos aos impactos da presença das manchas de óleo na foz dos rios que cortam o estado, inclusive na próxima segunda-feira, 14 de outubro, uma equipe técnica do Gabinete de Crise, irá percorrer a foz do Rio Sergipe, saindo da Barra dos Coqueiros.

CURVA DO GIRASSOL

Primavera no Parque da Sementeira A beleza do verde e amarelo que desabrocha com a Primavera encanta quem passa pelo Parque Augusto Franco (Sementeira) nesta época do ano. O miolo robusto e as pétalas ovais, pecioladas, trazem um toque especial para o que hoje é conhecida como “A curva do Girassol”. Especialmente pela sua beleza e encantamento causado nas pessoas, assim como sua perenidade, é que a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), criou uma área específica para a plantação de girassóis no Parque da Sementeira. Suas flores são bonitas e grandiosas, e seu nome científico “Helianthus”, que significa “flor do sol”, traduz perfeitamente a imponência e porte majestoso desta planta. Podendo atingir alturas que variam de dois a três metros, o girassol tem também em sua família espécies anãs, que atingem apenas 40 centímetros de altura, o que não o torna menos encantador.

É justamente por esse encanto que a flor foi escolhida para receber a Primavera no Parque, saudando a estação junto com os que por ali passam, como explica o coordenador do Horto Municipal, Vitor Melo. “A ideia de plantar girassóis surgiu pela beleza ímpar que ele possui, esse amarelo, essa flor grande que é vista de longe pelas pessoas. Junto com isso, vimos também a ideia de plantar o girassol para que ele floresça com a chegada da Primavera”, justifica o coordenador do Horto, local onde são cultivadas as mudas de espécies utilizadas pela Sema. A preparação para o plantio começa bem cedo, três meses antes da estação das flores. O solo é limpo e preparado para receber a sementes, que são colocadas, em seguida, para germinar. Quando começam a brotar, a equipe da Sema entra em ação com todos os cuidados necessários, como o controle de ervas daninhas, por exemplo, para que a planta flores-

ça saudável, sem danos e desabrochando no momento exato. “A curva do girassol se tornou um cartão-postal do Parque. As pessoas vêm, param, tiram fotos. A plantação dessas flores foi tão bem-aceita que já ficou no calendário das pessoas. Assim que chega a Primavera, elas já vem aqui para tirar foto com os girassóis. É uma coisa bem simbólica”, relatou o coordenador Vitor Melo. O cozinheiro Authiberto dos Santos é um dos que admiram os girassóis durante a corrida que realiza todas as tardes antes de ir para o trabalho. “É uma planta que nos chama atenção, faz do Parque da Sementeira um local ainda mais agradável para se exercitar e recepciona bem a Primavera. Acredito que a Prefeitura escolheu bem ao plantar os girassóis para recepcionar essa época do ano”, afirma. “Quando chega a Primavera faço questão de trazer minha esposa para correr junto comigo e admirar esses girassóis aqui plantados. É um gesto

diferenciado da Prefeitura e que nos atrai ainda mais para o Parque da Sementeira que já é um local ideal para se praticar uma atividade física e com os girassóis fica melhor ainda”, afirma o analista de sistema, Raul Lopes. “Embeleza mais o local e nos deixa muito feliz em saber que o poder público, planta, mantém e cuida da natureza por meio desses girassóis maravilhosos”, elogia o aposentado Antônio Cardoso. Famoso pelo posicionamento em direção ao sol (heliotropismo), os girassóis ao amanhecer estão com suas flores voltadas para o leste. Ao longo do dia, eles seguem o sol de leste a oeste, enquanto à noite estão voltados para o oriente. Isso faz destas plantas potentes acumuladores de energia solar, que, em conjunto com seus componentes, tornam vegetais valiosos como alimento/remédio. Essa característica também é considerada em algumas culturas como algo que remete a energias positivas e boas vibrações, fazendo do girassol um grande símbolo de positividade.


ESPORTES Jornal

CRUZEIRO: PERRELLA ASSUME VAGA BELO HORIZONTE (MG) - Itair Machado não é mais o vice-diretor de futebol do Cruzeiro. O dirigente, que passou dois meses afastado do cargo pela Justiça entre julho e setembro, deixou o posto após reunião com mais de 100 conselheiros. Em seu lugar, o clube mineiro anunciou Zezé Perrella, que já viajará com o grupo para a partida do fim de semana contra a Chapecoense.

da

Cidade

EDITOR: Paulo Roberto

Aracaju  12 a 14 de outubro de 2019

esportes@jornaldacidade.net

Confiança renova contrato do técnico Daniel Paulista

Divulgação

Treinador alviazul ficará no comando do Dragão por mais uma temporada

E

m bases não reveladas, a diretoria do Confiança, depois de alguns dias de especulações, finalmente, anunciou a renovação do contrato do técnico Daniel Paulista. Um dos principais responsáveis pelas conquistas de uma vaga na Copa do Nordeste de 2020, depois de uma grande vitória, por 2 a 0, sobre o Sampaio Corrêa, em pleno Castelão, em São Luiz, e do acesso à Série B, do Brasileiro de Clubes, o jovem treinador permanecerá no clube do Bairro industrial até o fim de dezembro do próximo ano. O anuncio da renovação de compromisso de Daniel Paulista, com a agremiação da Zona Norte de Aracaju, foi feito pelo presidente Hyago França, na noite da quinta-feira passada, por meio das redes sociais. O ex-técnico do Sport Club do Recife, que se encontra na cidade paulista de Ribeiro Preto, revendo familiares, só deve retornar a Aracaju, mais precisamente, ao Bairro Industrial, possivelmente, na segunda quinzena de novembro. O treinador, que chegou ao clube no início do primeiro semestre deste ano, comandou a equipe na classificação para a Copa do Nordeste de 2020 e no histórico acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. Para o próximo ano, além das

Confiança

TÉCNICO Daniel Paulista acerta renovação de contrato e fica no Dragão até fim de dezembro de 2020 duas competições, Daniel Paulista, ainda, terá a difícil missão de reconduzir o Confiança a detentor da hegemonia do futebol sergipano, interrompida, em 2018, pelo Sergipe, e, em 2019, pelo Frei Paulistano. “Ficamos bastante satisfeitos com esse acordo. O trabalho de Daniel Paulista deu resultados. Ele foi o comandante de uma equipe que fez história e conseguiu o inédito acesso para a Série B. Por isso, nada mais justo do que a gente dar continuidade a esse trabalho em uma temporada tão importante como a do ano que vem”, afirmou o presidente Hyago França.

O primeiro mandatário azulino, em contato telefônico, mantido, na manhã de ontem, com o JORNAL DA CIDADE, informou que, no início da próxima semana, na segunda-feira ou terça-feira, viajará com destino a São Paulo, para um encontro com o técnico Daniel Paulista. Na oportunidade, o dirigente disse que vai tratar, junto ao treinador, de vários assuntos, com destaque para os relacionados à contratação de jogadores e a formação do novo plantel alviazul. “A viagem será bastante proveitosa. Isso porque, além de um reencontro que teremos com Daniel Paulista, após a conquista do acesso, vamos

começar a trabalhar a reorganização do elenco do Confiança, que passará pela contratação de novos jogadores, alguns, quem sabe, do futebol paulista, já que iremos atrás de novas parcerias, com clubes daquele Estado, a exemplo do Palmeiras, com quem já tivemos uma primeira conversa, nesse sentido. Também, iremos conversar sobre o início dos trabalhos, que deve acontecer no começo dezembro, com vistas ao Sergipano da Série A-1, primeira competição que iremos disputar”, afirmou Hyago França. Ontem, Daniel Paulista, em entrevista concedida ao radialista Barroso Guimarães, da Rádio Jornal FM, revelou que ficou satisfeito com a sua permanência no Dragão. “A diretoria do Confiança, durante os jogos da Série B já vinha demonstrando interesse em me manter no comando técnico da equipe para 2020. Como o campeonato estava em andamento, deixamos para que as tratativas, sobre o assunto, fossem retomadas, agora, como aconteceu. Felizmente, tudo que se previa deu certo e, agora, é esperar que a nossa equipe volte a brilhar, levantando o Estadual e se destacando na Copa do Nordeste e na Série B, do Brasileiro do próximo ano”, falou Daniel Paulista.

ESTADUAL SÉRIE A-2

América quer vaga para a final Equipe de melhor campanha na fase classificatória, a meta do América, de Pedrinhas, agora, não é outra, senão derrotar o Socorro, na tarde deste sábado, em casa, no Estádio Roberto Silva, e esperar pelo vencedor do jogo entre Centro Sportivo Maruinense e Associação Desportiva Gloriense, que se enfrentam, neste domingo, à tarde, no Sabino Ribeiro, para a partida final do Campeonato Sergipano da Série A-2 de 2019, valendo uma vaga na elite do futebol sergipano de 2020.  Para o encontro com o ‘Fantasminha Camarada’, que os pedrinhenses estão encarando como dos mais difíceis, o técnico Caio Simões está com o elenco livre de problema. Isso significa que o comandante tem em seu favor a condição de poder escolher o que há de melhor no grupo para escalar para a partida. Apesar de jogar, no Roberto Silva, onde, ainda, não experimentou o sabor de uma derrota, o filho do saudoso Mauricio Simões não espera nada fácil, no duelo  “Vai ser um jogo em que o vencedor será aquele que souber aproveitar as melhores chances de gol. Conheço as características do nosso adversário, que subiu muito de produção no campeonato, tanto que chegou onde encontra, na semifinal.  Mas o América, também, tem seus méritos, ao realizar uma bela primeira fase e chegar ao topo da competição não será novidade”, disse Caio Simões.  O América finalizou, oficialmente, os trabalhos para o jogo, deste sábado, na tarde da quinta-

José Maria Marques

“O time está pronto para a guerra. Todos os jogadores sabem o que representa a conquista de uma vitória e prometem correr atrás dela, do primeiro ao último minuto do jogo”, emendou o comandante americano.

Socorro com time completo

C

TREINADOR Caio Simões treinou forte a equipe do América para o jogo deste sábado com o Socorro -feira passada, com um treino tático. O técnico Caio Simões, durante o ensaio, explorou vários tipos de jogadas, principalmente, as recorrentes em jogos. Sobre o time que vai a campo, de primeira, o jovem orientador declarou que só será anunciado minutos antes de ele ir a campo.

omo o América, o Socorro está com o seu elenco ileso, ou seja, livre de problema de ordem médica e disciplinar. Por isso, o que existe no Siri Rubro-Negro é uma vontade muito forte de, em pleno Roberto Silva, surpreender o adversário e partir, no próximo fim de semana, para o jogo, diante do CSM ou Gloriense, em disputa do cetro máximo da competição e, consequentemente, do acesso à Série A-1, em 2020.  Ontem à tarde, no treino com bola que orientou no Lelezão, o técnico Edilson Santos teve uma boa conversa com os jogadores, alertando-os para as dificuldades que o time vai encontrar, durante a partida, mas, também, conscientizando-os de que eles são capazes de atropelar o América e, com isso, levar o time à grande final do campeonato.  “O nosso grupo, além de boa qualidade dos jogadores, é muito obediente. Em campo, sempre, procura se comportar como fica determinado, faro que tem contribuído para os bons resultados.  Neste sábado, esperamos que não seja diferente e, realizando uma grande partida, faça o dever fora de casa, como deve ser feito.

ESTADUAL SÉRIE A-2

Touro prevê jogo duro contra o CSM A Associação Desportiva Atlética Gloriense sabe que não terá vida fácil, no jogo contra o Centro Sportivo Maruinense, programado para as 15h, deste sábado, no Estádio Sabino Ribeiro, em disputa de uma vaga para a final do Estadual da Série A-2 de 2019, contra o América, de Pedrinhas, ou Socorro, que se encaram, neste domingo à tarde, no Roberto Silva, visando ao igual objetivo. A certeza das dificuldades é tão forte que o técnico Givanildo

Sales, durante os preparativos da semana. exigiu muito dos jogadores. Todos os tipos de jogadores recorrentes foram trabalhados, com um só objetivo: impedir as ações do adversário. Com isso, o ‘Rei do Acesso’ espera assistir a sua equipe cometendo o mínimo de erros e o máximo de acertos possíveis, na peleja com a agremiação da região sertaneja do Estado. “O CSM é uma equipe que cresceu muito no campeonato, a ponto de se classificar para a se-

mifinal. Não foi por acaso que isso aconteceu. Por isso, todo cuidado será pouco. O jogo será muito difícil e a Gloriense para se consagrar terá de mostrar muito serviço, em campo, o que esperamos acontecer”, disse Givanildo. Pelo lado da representação da cidade banhada pelo rio Ganhamoroba, o técnico Carlos Alberto Dias, também, espera por dificuldades. Mas como o time treinou com bastante desenvoltura, a expectativa do ex-jogador

do Botafogo, do Rio de Janeiro é que repita uma de suas melhores atuações no campeonato e leve de vencida o Touro do Sergipe e conquiste a vaga para a decisão. “O que podemos garantir é que o CSM está preparado para ganhar a vaga. Sabemos que será uma partida das mais difíceis, mas vamos tentar neutralizar todos os setores da Gloriense e vencer o jogo e, depois, partir para a final”, disse o treinador esmeraldino.

PROFESSOR Wendel Mota confiante no sucesso de Sergipe nos JEJ

BADMINTON

Sergipanos confiantes em medalhas nos JEJ J

á são conhecidos os atletas sergipano, de Badminton, que representarão o nosso Estado nos Jogo Escolares da Juventude, em Blumenau-SC, no período de 15 a 30 de novembro. As vagas foram conquistadas nos 36º Jogos da Primavera. Na categoria B (15 a 17 anos), foram classificados Kailane Letícia e Paulo Roberto Santana, do Centro de Excelência Professor Paulo Freire, de Aracaju; A (12 a 14 anos), Ginaldo José da Silva Rodrigues, aluno do CE Martinho Garcez, e; Roberto Gabriel, da Escola de Aplicação, de Frei Paulo; Vitória de Oliveira, do Colégio Magnus, de Itabaiana, e Vitória Silva Souza, San Rafael, de Aracaju Destaque - Kailane Leticia é o grande nome do Badminton sergipano, e, quinta vez consecutiva, representará Sergipe na competição. Ela participou, nos anos de 2015, 2016 e 2017, pela categoria, e em 2017 e 2018, pela B, tendo, na oportunidade, ganhado medalhas. Este ano, será a quinta participação seguida e a atleta se diz preparada para novas conquistas. “É uma honra reapresentar o estado nos Jogos Escolares da Juventude. mais uma vez. Espero conquistar novas medalhas”, disse Kailane Letícia. Essas façanhas, segundo a atleta, são resultado de muito treino e dedicação, sob a orientação do professor Wendel Mota, que deposita muita confiança na atleta.  “Kailane está em um momento muito importante de sua carreira esportiva, pois, em um ano em que foi Campeã Regional em Recife, busca se afirmar no cenário nacional e uma vaga na Seleção Brasileira Junior. Ela participará, no período de 16 a 20 de outubro da III Etapa do Campeonato Brasileiro de Badminton, na cidade de Curitiba/PR, e, no mês seguinte, e, embarca novamente, para o sul do Brasil, para os Jogos Escolares da Juventude, na cidade de Blumenau/SC”, informou o treinador da atleta.

INTERNACIONAL

Odair é dispensado G

AZETA PRESS - Porto Alegre (RS) - Odair Hellmann não é mais o técnico do Internacional. Após quase dois anos no comando do Colorado, o treinador não suportou a pressão depois de perder a final da Copa do Brasil e acumular resultados ruins no Campeonato Brasileiro, e foi demitido após revés contra o CSA, em Alagoas. Membros da diretoria do clube gaúcho se reuniram durante a tarde para planejar o prosseguimento da temporada. O presidente Marcelo Medeiros, os vice-presidentes do Conselho de Gestão e o vice-presidente de futebol Roberto Melo decidiram pela saída do treinador. Alvo de protestos da

torcida ao lado de Hellmann, Melo segue no cargo. Desde novembro de 2017 no Colorado, Odair comandou o Inter 116 vezes, com 61 vitórias, 27 empates, 28 derrotas para 60,3% de aproveitamento, marcando 151 gols e sofrendo 89. Sob o comando do técnico, o clube gaúcho terminou o Brasileiro de 2018 na 3ª colocação após o acesso da Série B. Nesta temporada, foi vice-campeão do Campeonato Gaúcho, para o Grêmio, e da Copa do Brasil, para o Athletico-PR, além da eliminação nas quartas de final da Libertadores para o Flamengo. Odair deixa o Colorado na 6ª colocação do Brasileiro com 38 pontos somados.

PACAEMBU

Concessão é suspensa G

AZETA PRESS - São Paulo (SP) O Ministério Público do Estado de São Paulo entrou com um pedido na Justiça para a suspensão do contrato de concessão do estádio do Pacaembu, assinado em setembro pelo prefeito Bruno Covas junto ao consórcio Allegra Pacaembu. A informação foi divulgada pela Folha de São Paulo na noite desta quinta-feira. Em pedido feito pelo promotor Christiano Jorge Santos, a ação civil pública, proposta pela Associação Viva Pacaembu, chama atenção para o fato de Eduardo Barella, ex-conselheiro da SPTrans durante a época da apresentação das propostas, ser o atual diretor presidente da Progen, uma das empresas do consórcio vencedor da concorrência internacional. A Associação entende que o fato fere o edital de licitação, que proíbe a participação

de “quaisquer entidades que tenham como empregado, dirigentes, sócios ou ocupantes de cargo ou emprego na Administração Municipal, Direta ou Indireta”. Em nota, a Prefeitura de São Paulo respondeu à Folha que Eduardo Barella “não teve qualquer ingerência no procedimento licitatório, conduzido pela secretaria de Esportes e a extinta secretaria de Desestatização e Parcerias, no caso da concessão do Pacaembu” A Prefeitura ainda completa, dizendo que “a SPTrans não participou de nenhuma fase do processo. O próprio caráter competitivo da licitação é inequívoco, visto que quatro consórcios apresentaram propostas. Também foram respeitados todos os ritos e protocolos inerentes ao procedimento licitatório, sendo que eles foram exaustivamente analisados pelos órgãos de controle externo”.


OPINIÃO/VARIEDADES

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

ROSA CRISTINA LEITE ETTINGER

FLÁVIO RICCO

EDUCADORA

O que fazer?

Q

uisera eu poder escrever um texto otimista vislumbrando dias melhores para os brasileiros e brasileiras. A cada dia, os brasileiros e brasileiras, como eu, perdemos um fio de esperança, diante das notícias divulgadas pela mídia. Aquilo que mais nos deprime, acredito, é a injustiça social que assola o nosso país. Alguns, independentes dos altos salários, têm aumento anualmente, seus crimes contra o erário público são perdoados ou, quando são condenados, resta sempre um “recurso” que os deixa continuar exercendo a sua função... - O que fazer? Se nós que temos casa própria, um salário (mesmo anos sem aumento) garantido no final do mês, plano de saúde, filhos adultos já formados com todas as chances para exercerem uma profissão, nos indignamos diante de tanta injustiça social. Imagine o pai de família desempregado, que não tem onde morar, que depende dos serviços públicos para sobreviver com sua família. - O que fazer? Dizem que “viver é realizar planos”, é construir uma família, ter casa própria, educar seus filhos, vê-los formados, exercendo uma profissão, casando, tendo seus filhos. Enfim, este é o ciclo da vida! Embora hoje haja muitas variáveis, pessoas do mesmo sexo construindo uma família, adotando filhos, do coração. Tudo isso é válido desde que haja sentimento, aceitação e respeito. O que hoje está dificultando a realização do bem-estar de uma família e a questão financeira é a ausência, em nosso país, de justiça social. Isso significa “dar mais a quem menos tem e dar menos a quem mais tem”. - O que fazer? Em virtude do desgoverno e da corrupção dos nossos governantes, piorou muito a

vida da população principalmente dos mais pobres. Falta emprego para o pai e/ou mãe de família, escola pública, principalmente creches, para seus filhos, serviços públicos de qualidade como educação, saúde, transporte. Além disso, há ausência de saneamento básico, aumentando as doenças principalmente nas crianças. - O que fazer? Diante de tudo isso, cresce a violência urbana, fazendo muitas vítimas inocentes como aconteceu no último dia 20 de setembro com Ágatha Félix. Ágatha tinha apenas 08 anos e foi vítima de bala perdida, disparada da arma de um policial no Rio de Janeiro. Até nisso a família de classe popular leva desvantagem. Ninguém é morto por uma bala perdida em Copacabana, não obstante ter um morro com traficantes nos seus arredores, mas o confronto da polícia X bandidos é diferente na zona Sul. Todos nós sabemos, e os nossos governantes também, que “acertar na cabecinha” nunca foi nem será meio correto de combater a violência nas grandes metrópoles. É uma grande incoerência diante desse quadro desumano em que se encontra a população que vive à margem da sociedade ter um chefe de estado tão austero. Ele defende a posse e porte de arma para o “cidadão de bem” e o “excludente de ilicitude” para o policial que mata. E mais, recomenda a uma professora, através de seu aluno, a leitura do livro “A verdade sufocada – a história que a esquerda não quer que o Brasil conheça”. Este livro é da autoria do coronel condenado por tortura na ditadura militar, morto em 2015, Carlos Alberto Brilhante Ustra (JC 01/10/19) - O que fazer? No momento em que estou escrevendo

COLABORAÇÃO: José Carlos Nery

esse texto, ouço o som do interfone e vou atendê-lo. Era o porteiro, avisando que um rapaz queria falar comigo. Era André, um jovem que conheci há alguns anos, e um dia eu e minha família o ajudamos a tirar seus documentos e levá-lo de madrugada para enfrentar a fila de um emprego. Sua felicidade durou pouco porque logo perdeu o emprego! Após alguns meses, sofreu um acidente no trabalho, ficando impossibilitado de trabalhar. Mas através de um advogado amigo nosso, ele recebeu tudo a que tinha direito. O tempo passou, e perdi o seu contato. Hoje foi uma agradável surpresa vê-lo. Disse-me que retornou ao trabalho com outra função, construiu uma casinha no terreno que tinha no bairro Coqueiral, casou-se e já é pai! - O que fazer? Torcer para que todos esses jovens sujeitos de direitos e desejos realizem o ciclo de sua vida. Torcer também para que os nossos governantes cumpram a Constituição Federal – CF/88, reconhecendo os direitos desses jovens, possibilitando-lhes exercer a sua cidadania. E torcer ainda para que as palavras do saudoso educador, grande defensor dos direitos da criança e do adolescente seja uma realidade em nosso país. Ele foi um dos redatores do Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA/90, Antônio Carlos Gomes da Costa, e disse “Aquilo que a pessoa se torna na vida depende fundamentalmente de duas coisas: da oportunidade que teve e das escolhas que fez”. Que grande coincidência André me procurar, logo hoje, depois de algum tempo! Essa visita me trouxe boas notícias que fizeram renascer em mim esse fio de esperança de um país com mais justiça social!

JÁCOME GÓES

DA EQUIPE DE ARTICULISTAS

Aplicação da disciplina Na relutância em fazer o bem, a infeliz criatura pratica autocondenação, causando desastres no decurso da própria existência ... XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Aptidões íntimas não executadas geram, infelizmente, flagrante crime de omissão ... Somente é exequível a felicidade, quando deveres são fielmente cumpridos, transformando nobres ideais em autêntica realidade. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Com a brilhante luz do conhecimento devidamente aplicada através de conscientes atitudes, aí, sim, é realmente energizada a autoconfiança como eficaz recurso para consolidar a verdadeira e legítima ascensão espiritual! A gênese de todos os problemas está diretamente conectada com o leviano uso do livrearbítrio.

Se somos agentes causadores do nosso próprio destino, devemos acreditar que a realidade não está relacionada com a causalidade, mas, sim, com a essência causal. Se não aplicarmos a autovigilância visando ser dinamizado o processo seletivo, estaremos vivendo à mercê das circunstâncias, vítimas da própria irresponsabilidade.

deve ter· a devida precedência de um firme alicerce devidamente representado por todo o processo seletivo em termos de informações que devem consolidar o conhecimento. A real diretriz a ser racionalmente criada, deve superar a indiferença, sempre visando aperfeiçoar a ascese da alma!

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

A melhor referência para agirmos com devida procedência é, sem dúvida, a própria consciência que deve ser consultada como medida preventiva. Em assim sendo, a vontade representada pelo QUERER deve passar, de maneira precedente, pela devida confirmação do DEVER. Assim agindo, erros são minimizados e acertos maravilhosamente ampliados!

Sem envidar esforços torna-se impossível renovar o autoconhecimento visando promover a alquimia íntima, pois é importante, em todas as dimensões, refrear impulsos, bloquear tendências negativas, sempre buscando o fiel compromisso com a disciplina como direta aplicação que faculta acontecer a ideal dinâmica da evolução!

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX A sólida construção do aprendizado

CIÊNCIA E SAÚDE

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Pense nisso, por favor. Meu abraço, de coração a coração!

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde – UFS

COORDENADOR: PROF. DR. RICARDO QUEIROZ GURGEL

Novo parasita que causa doença similar ao Calazar é descoberto em Sergipe No Hospital Universitário atendemos pacientes portadores de leishmaniose visceral, conhecida como Calazar, realizando o diagnóstico e tratamento com eficácia na maioria dos casos. Alguns pacientes evoluem para forma grave da doença, com inchaço do corpo, pele amarelada (icterícia), diminuição acentuada das células do sangue, principalmente plaquetas, levado a sangramento pelo nariz e boca. Estes pacientes com maior gravidade podem evoluir para morte ou não responder as diversas tentativas de tratamento. Um paciente, há 9 anos, chamou mais nossa atenção porque apresentava lesões de pele, cuja biópsia evidenciou a presença de células repletas de parasitas no seu interior. Este paciente não tinha imunossupressão, o que poderia justificar a disseminação do parasita para a pele. Diante deste caso, resolvemos investigar a contribuição do parasita nesta manifestação atípica de doença visceral. A sequência genômica, todo o código genético que define o parasita, revelou que tratava-se de um novo parasita ainda não descrito, que era parente da Critidia, um microrganismo protozoário que não infecta o homem, e parente distante (filogeneticamente) dos parasitas Leishmania, responsáveis por causar, dentre outras doenças, o Calazar. Após análise genética de outros parasitas isolados de pacientes diagnosticados com “leishmaniose visceral” no Hospital Universitário, detectamos a presença deste novo parasita em cerca de 100 outros isolados de pacientes, sendo alguns deles com a forma clínica sem resposta ao tratamento, porém a maioria respondendo bem ao tratamento convencional para leishmaniose visceral. Do ponto de vista clínico e parasitológico, ainda não sabemos a extensão do problema, porque alguns pacientes são mais graves ou não respondem ao tratamento.

O parasita foi descoberto em Sergipe, porque as pesquisas foram realizadas aqui e em colaboração com pesquisadores de USP/ Ribeirão Preto, Universidade Federal de São Carlos/SP e também o com instituto de saúde dos Estados Unidos, para termos a clareza e segurança que se tratava de um novo parasita causando doença similar ao Calazar e com maior gravidade no paciente índice, ou seja, o paciente inicial da pesquisa. Estudos são necessários para investigar o ciclo deste novo parasita, no intuito de descobrir qual o inseto transmissor e qual o reservatório animal no ambiente urbano, que está propiciando a transmissão para o ser humano. As leishmanioses constituem um importante grupo de doenças causadas por protozoários Leishmania transmitidos pela picada de flebotomíneos fêmeas infectados (conhecidos como mosquitos-palha). São doenças largamente distribuídas na América, África, Ásia e Europa, presentes em 102 países e caracteristicamente acontece em populações negligenciadas, com condições precárias de moradia, ausência de recursos e sistema imune debilitado. As manifestações clínicas das leishmanioses são classificadas sobretudo em leishmaniose tegumentar, que acomete a pele ou mucosas, e a leishmaniose visceral que atinge fígado, baço e medula óssea, levando a redução das células sanguíneas, com presença de febre e fraqueza do paciente. Nos últimos anos, gêneros e espécies de parasitas antes nunca relacionadas a infecção em humanos são observadas em casos esporádicos, mas frequentes. O achado de espécies de Leptomonas e Crithidia, parasitas que não infectam humanos, mas foram observadas em coinfecções oportunistas, na presença de Leishmania, ou isoladamente

JORNAL DA CIDADE

causando doenças similares a leishmaniose (doenças tipo-leishmaniose). Aqui em Sergipe, como descrito no começo desse texto, encontramos um gênero completamente novo, com características genéticas do parasita Crithidia, como a primeira espécie descrita em um paciente com manifestação clínica grave de doença tipo-leishmaniose. Esses relatos científicos demonstram a presença de vazios no conhecimento que ainda precisam ser esclarecidos sobre essas doenças e seus parasitas. Os parasitas Leishmania são conhecidos por conseguir alterar seu código genético e pela sua capacidade de realizar reprodução sexuada, incomum a outros parasitas próximos da Lesihmania. Essas características, junto à evolução desses parasitas, como também com a convivência por milhares de anos junto a outros parasitas similares, podem ter implicações ainda não demonstradas cientificamente. Independente do caminho tomado pelas discussões que mudam as classificações taxonômicas e filogenéticas, questões técnicas para o entendimento desses microrganismos, os esforços nos estudos desses parasitas devem focar e contribuir no controle das leishmanioses em todas as suas formas, incluindo as manifestações clínicas de doenças tipo-leishmaniose. As medidas de controle dos animais que são reservatórios da doença, estudar os vetores que transmitem a doença, a melhora no tratamento quimioterápico e a busca incessante por uma vacina, devem ser o foco dessas pesquisas, principalmente quando lembramos dos possíveis efeitos das mudanças climáticas na distribuição desses parasitas. Prof Dr Roque Pacheco de Almeida Prof Titular de Medicina, Universidade Federal de Sergipe Gerente de Ensino e Pesquisa, Hospital Universitário/UFS/EBSERH Lucas Magalhães, Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, UFS

tvcanal1@terra.com.br

Band pode estar preparando a saída da igreja N

ão há nenhuma decisão até agora, mas alguns dos mais importantes setores da Band trabalham com a possibilidade da Igreja Internacional da Graças de Deus não continuar por muito tempo na faixa nobre da sua programação. A informação é que os abatimentos concedidos no preço do horário chegaram ao máximo possível e, numa próxima, não será mais oferecida ao cliente a possibilidade de negociar qualquer desconto. Os tempos começam a ficar diferentes. Dia mais, dia menos, não apenas a igreja do RR Soares, mas todas as outras, inclusive a Universal, serão obrigadas a rever esta política da compra de horário. E verificar até que ponto tal prática continua sendo útil e vantajosa. Levantar o tal do custo/benefício. Se considerarmos simplesmente a audiência, traço na totalidade, a compensação é nenhuma. Valeria, e isso já foi colocado aqui, muito mais a pena, com probabilidade de um melhor retorno, investir na compra de espaços comerciais.

TV TUDO

SITUAÇÃO DELICADA - A decisão de espichar “Poliana” e não existir, até agora, nada decidido sobre a sua substituta conturbaram bem o ambiente no departamento de novelas do SBT. Além da insatisfação, há um clima de insegurança quanto ao futuro. DEPOIS DO “ZORRA” - Neste sábado tem Zeca Pagodinho no “Altas Horas”, do Serginho Groisman, na Globo. E com a participação especial de Ana Carolina. ESTÁ ANDANDO - A Globo ainda não tem definido o início de gravações, muito menos estreia de “O Selvagem da Ópera”, supersérie de Maria Adelaide Amaral. O certo é que será feita. A diretora Denise Saraceni foi para Milão gravar exteriores. ESTILO DIFERENTE - Rodolfo Schneider, novo diretor-executivo, tem surpreendido a redação de jornalismo da Band com o seu jeito diferente de trabalhar. Sabe o nome de todos, o que cada um faz e deixa a sua sala aberta o tempo todo, para sugestões e conversas. A PROPÓSITO - O jornalismo da Band, em São Paulo, deve apresentar novidades nesses próximos dias. Tudo caminha para Andressa Guaraná e André Basbaum dividirem a chefia de redação, cargo até bem pouco tempo do Allen Chahad, que foi para o digital com André Luiz Costa. DA MESMA FORMA - Na BandNews, a conversa caminha para a nomeação de Rosangela Lara na chefia de redação em substituição a André Basbaum. Este cargo que, até abril passado foi ocupado pelo Henri Karam, agora contratado da CNN Brasil. TEMPOS SÃO OUTROS - Sobre o modo de Rodolfo Scheiner na Band, rigorosamente nada é diferente, em se tratando do Leão Serva, na TV Cultura. Lá, a sua sala, no departamento de jornalismo, só tem servido para pendurar o paletó, no mais, ele tem preferido tocar o seu expediente na própria redação. ESPECIAL - O “Só Toca Top”, da Globo, neste sábado, vai apresentar uma edição comemorativa ao “Dia das Crianças”. As apresentadoras Maiara & Maraisa recebem a dupla musical “Palavra Cantada”, a “Galinha Pintadinha”, turma do Mundo Bita e o cantor Gilberto Gil, que faz uma apresentação mais que especial ao lado da neta Flor Gil. NO MILHO - Há uma semana, no sábado passado, aqui se falou da falta de novos apresentadores de entretenimento. Que nenhuma grande revelação surgiu nos últimos anos. Foi um erro não citar Tiago Leifert. A coluna pede desculpas aos leitores e a ele. ESTREIA - O Sexy Hot, maior canal adulto do país, estreia na noite deste sábado, o filme “Safada”, baseado em histórias reais sobre as aventuras sexuais da escritora reconhecida no mundo erótico, Nalini Narayan. A produção retrata três experiências vividas por ela que são contadas no livro que leva o mesmo nome.

Raquel Cunha/TV Globo

B-6

PRÓXIMOS CAPÍTULOS - Em “Éramos Seis”, depois de ter comentado com o delegado Gusmões (Stepan Nercessian) que já foi casado, um segredo que nem o melhor amigo Júlio (Antonio Calloni) sabe, Almeida (Ricardo Pereira) se encontra com Clotilde (Simone Spoladore) para um passeio no parque. Eles estão apaixonados um pelo outro, mas Almeida teme que Clotilde não queira ficar com ele quando souber a verdade sobre seu passado.

BATE – REBATE

• Fábio Pannunzio está preparando para daqui alguns dias o lançamento do seu canal... • ... E o que ainda é chamado provisoriamente de PRK 30, passará a levar o nome de Planeta Diário... • ... E bem “redondo”, o Fábio faz questão de frisar. • Chegaram a circular notícias, segundo as quais, Ratinho estaria finalizando “a compra de uma afiliada da Globo em um estado do Nordeste”... • ... Ele desmente. • Fabian Londero, da NSC TV, de Santa Catarina, e Aline Ferreira, da Rede Amazônica Amapá, serão os apresentadores do “Jornal Nacional” neste sábado. • Após cumprir licença-maternidade, Thalita Oliveira voltou ao dia a dia da Record e já estará novamente na apresentação do “Domingo Espetacular”... • ... O programa, portanto, volta a ter três apresentadores: Thalita, Eduardo Ribeiro e Patrícia Costa. • A Disney já começou a sondar o mercado de autores e atores, com vistas a iniciar seus trabalhos por aqui. • Recente estreia da Globo, o reality “Mestre do Sabor” será exibido até 26 de dezembro.

C´EST FINI

O “Topa ou Não Topa”, da Patrícia Abravanel, ocupou a vice-liderança de audiência em setembro, na Grande São Paulo, de acordo com o Kantar Ibope. O game show do SBT marcou 6,6 pontos de média. Na mesma faixa horária e período de comparação a Record, terceira colocada, registrou 5,6 pontos. A Globo, em primeiro, deu 11,1. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!


Instagram/Reprodução

O cantor Belo, ao lado de sua esposa, Gracyanne Barbosa, marcou presença no Conversa com Bial, programa que será exibido ainda hoje na TV Globo. No papo com o apresentador Pedro Bial, o artista revelou detalhes sobre sua vida, fez uma linha do tempo sobre sua carreira e falou também sobre o relacionamento com a musa fitness.

VARIEDADES Jornal da Cidade

BELO RELEMBRA PERÍODO NA PRISÃO E ELOGIA A EX VIVIANE ARAÚJO

Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

Astral ÁRIES (21/03 A 20/04)  Diminua a velocidade e encerre a semana com mais atenção aos sentimentos. O dia poderá ser confuso nas tarefas cotidianas. A cabeça viajará por terras distantes. Conexão com alguém de longe, ou autoridade esclarecerá caminhos a seguir. Aproveite o fim de semana para viajar, curtir paisagens inspiradoras e conhecer gente diferente. Cheiro de novidade no ar.

ENTREVISTA SANDYALÊ TOURO (21/04 A 20/05)  Programação agitada com amigos hoje. Evite excessos. Hora de focar em maior equilíbrio e em hábitos saudáveis. Ansiedade e impaciência poderão interferir no amor. Exponha expectativas e aprofunde o tom das conversas. Bom momento para formalizar uma parceria e impulsionar novo projeto de trabalho. Aproximação e entendimento com irmãos. 



GÊMEOS (21/05 A 20/06)  Termine a semana com sensação de “missão cumprida” e mais confiança no futuro. Lua na sua área da carreira durante o dia trará maior popularidade. Bom para se expor, projetar a imagem e conquistar maior prestígio profissional. Mudanças deverão ser planejadas com tempo e cabeça fria. Não tome decisões precipitadas só para se livrar da ansiedade. Poder em alta.

LEÃO (22/07 A 22/08)  Sentimentos profundos e desejos de mudança inspirarão novos planos. Trabalho cansativo hoje. Encerre tarefas e evite assumir novos compromissos. Bom momento para quebrar a rotina e curtir um fim de semana diferente. À noite, tudo aberto para viajar, descobrir novidades e apostar numa vida mais gostosa. Conversas com filhos ou seu par trarão animação.

VIRGEM (23/08 A 22/09)  Clima carinhoso nos encontros de hoje. Descubra segredos, investigue informações e elimine uma cisma. Fantasias românticas inspirarão o dia. Encare os desafios financeiros, estude uma proposta e negocie acordos. Você terá argumentos inteligentes para vencer discussões e encerrar a semana com uma vitória. Vida social continuará animada no fim de semana.







LIBRA (23/09 A 22/10)  Decisões firmes e iniciativas serão recompensadas. Conquiste mais espaço e resultados financeiros positivos no trabalho. A semana terminará com maior estabilidade e conquista pessoal importante. Ótimo desempenho em reuniões, estudos, pesquisas e atividades intelectuais. Comunicações abertas. Você receberá boas notícias e aprovação de um projeto.

ESCORPIÃO (23/10 A 21/11)  Sintonia forte com o amor. Troque mensagens, crie planos a dois e curta momentos encantadores. Se estiver só, um encontro mágico poderá resultar em paixão hoje. Com Vênus em seu signo, seu magnetismo e poder de sedução estarão em destaque. Atraia novas relações. Oportunidades na área financeira. Aproveite o fim de semana para elaborar ideias de trabalho.

SAGITÁRIO (22/11 A 21/12)  A família cobrará atenção hoje. Lembranças virão à tona carregadas de emoção. Bom para expressar carinho e gratidão. Hora de decidir assuntos de moradia ou da casa. Aproveite as pausas durante o dia para avaliar os sonhos e fortalecer a autoestima. Noite divertida. Curta as coisas boas da vida em ótima companhia. O amor poderá chegar de surpresa, se estiver só.







CAPRICÓRNIO (22/12 A 20/01)  Você estará sensível às palavras e captará os sentimentos dos outros de maneira amplificada hoje. Bom para criar mais intimidade com uma amizade e esclarecer desconfianças na relação. Novos parceiros chegando e oportunidades de evolução da carreira. Explore um papel profissional diferente e brilhe. O dia favorecerá contratos, comunicações e novos contatos.

AQUÁRIO (21/01 A 19/02)  A semana terminará com perspectivas de crescimento financeiro. Você poderá negociar um contrato vantajoso ou obter benefícios no trabalho. Cuidado com distrações nas contas ou nas decisões de uma viagem. Detalhes, percentuais ou câmbio farão diferença no seu bolso. A vida social continuará animada. Aceite convite de amigos, participe de eventos e ganhe prestígio.

PEIXES (20/02 A 20/03)  Aproveite a Lua em seu signo para cuidar da beleza, da sua imagem e de interesses pessoais. Estratégias e planos para o futuro ficarão mais definidos. Arme uma viagem com os filhos ou seu par e explore ambientes diferentes. O dia trará soluções de mistérios e afastamento de alguém ou de um grupo em razão de novas escolhas. Mudanças virão para melhor!

Cinema

CONTINUAÇÕES Ad Astra - Rumo às Estrelas. EUA, 2019. Direção de James Gray. Com Brad Pitt, Tommy Lee Jones, Ruth Negga. Roy McBride (Brad Pitt) é um engenheiro espacial que decide empreender a maior jornada de sua vida: viajar para o espaço. Ficção Científica. 14 anos, 124 min. Jardins, versão plana, dublado, sessão às 14h20. Versão plana, legendado, sessão às 17h10 e 22h30. Abominável. EUA, 2019. Direção de Jill Culton, Todd Wilderman. Com Chloe Bennet, Sarah Paulson, Tenzing Norgay Trainor. Yi é uma adolescente que, certo dia, descobre que um Yeti está no telhado do prédio em que ela mora, em Xangai. Animação. Livre, 97 min. Jardins, versão plana, dublado, sessão às 13h10, 15h30 e 17h45. Versão 3D, dublado, sessão às 14h10, 16h30, 18h45 e 21h. Riomar, versão plana, dublado, sessão às 12h45, 13h50, 15h05, 16h20, 17h20 e 18h40. Hebe - A Estrela do Brasil. Brasil, 2019. Direção de Maurício Farias. Com Andréa Beltrão, Marco Ricca e Danton Mello. Hebe Camargo se consagrou como uma das apresentadoras mais emblemáticas da televisão brasileira. Biografia. 14 anos, 122 min. Jardins, versão plana, original, sessão às 13h, 15h45 e 18h30. Predadores Assassinos. EUA, 2019. Direção de Alexandre Aja. Com Kaya Scodelario, Barry Pepper e Morfydd Clark. Quando a Flórida é vítima de um imenso furacão, os tsnunamis levam todos os habitantes a evacuarem o local. Terror. 16 anos, 88 min. Jardins, versão plana, dublado, sessão às 13h40, 16h, 18h25, 20h10, 20h40 e 22h20. Riomar, versão plana, dublado, sessão às 13h20 e 15h25. Versão plana, legendado, sessão às 17h40, 19h50 e 22h. Coringa. EUA, 2019. Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à goza-

Divulgação



CÂNCER (21/06 A 21/07)  Comunicações aceleradas e imprevistos com a equipe cobrarão agilidade hoje. Conte com seus próprios recursos e não espere muita colaboração hoje. Em compensação no amor, algo estará nascendo. Renove os sentimentos e impressione alguém especial com charme e inteligência. Conversas instigantes despertarão seu interesse num novo envolvimento.

ESTREIAS Morto Não Fala. Brasil, 2019. Direção de Dennison Ramalho. Com Daniel de Oliveira, Fabiula Nascimento, Bianca Comparato. Plantonista de um necrotério, Stênio (Daniel de Oliveira) possui um dom paranormal de se comunicar com os mortos. Trabalhando a noite, ele já está acostumado a ouvir relatos do além. Porém, quando essas conversas revelam segredos sobre sua própria vida, o homem ativa uma maldição perigosa para si e todos a sua volta. Versão plana, Shopping Jardins Sala 4 - 16:15 18:50 21:20.

“As composições colocam para fora minhas sensações”

ção de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante. Shopping Jardins Sala 2 - 17:15 20:00 leg. Sala 3 - 19:15 22:00 dub. Sala 7 - 14:45 17:45 20:30 dub. Sala 8 - 12:50 15:30 18:15 21:00 dub. Shopping Riomar Sala 2 - 15:00 17:45 leg. Sala 4 - 12:50 15:30 18:15 21:00 leg. Sala 5 19:00 21:50. Vai que Cola 2 - O Começo. Brasil, 2019. Direção de César Rodrigues. Com Samantha Schmütz, Marcus Majella, Emiliano D’Ávila. Muito antes de socializarem quase todos os dias na pensão da Dona Jô, Jéssica, Ferdinando, Máicol sequer se conheciam. Comédia. Jardins, versão plana, original, sessão às 13h40, 16h e 18h20. Riomar, versão plana, original, sessão às 13h40, 15h50 e 18h10. CINE VITORIA Sócrates - Depois da morte de sua mãe, o jovem Sócrates (Christian Malheiros), que foi criado apenas por ela durante os últimos tempos, precisa fazer tudo o que for possível para que consiga sobreviver na realidade da miséria, somado com o preconceito por ser homossexual. Seus valores e ideais são colocados na balança com o medo de não conseguir se virar sozinho. Um Banho de Vida - Bertrand (Mathieu Amalric) está no “auge” dos seus quarentas anos e sofre de depressão. Depois de usar uma série de medicamentos que não surtiram nenhum efeito, ele começa a frequentar a piscina municipal do bairro em que vive. Lá ele conhece outros homens com histórias semelhantes a sua. O grupo se junta e forma uma equipe de nado sincronizado masculina, algo incomum dentro do esporte. Sob o comando de Delphine (Virginie Efira), uma ex-atleta vitoriosa, Bertrand e os novos companheiros decidem participar do Campeonato Mundial de Nado Sincronizado, encontrando, enfim, um novo propósito para sua vida. Bacurau - Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.

RECENTEMENTE, A CANTORA SERGIPANA SANDYALÊ LANÇOU O ÁLBUM ‘ÁRVORE ESTRANHA’, QUE COMO ELA MESMA DEFINE, “É UMA METÁFORA, UMA ANALOGIA ENTRE AS ÁRVORES QUE NASCEM NO SOLO ÁRIDO, NO SERTÃO, E AS QUE NASCEM NO SOLO FÉRTIL, NA CAPITAL”. NA ENTREVISTA QUE A CANTORA CONCEDEU AO JORNAL DA CIDADE, SANDYALÊ TAMBÉM FALA DAS PARCERIAS QUE COMPÕEM O TRABALHO. CONFIRA! w JORNAL DA CIDADE -

Como você define o álbum ‘Árvore Estranha’? SANDYALÊ - O ‘Árvore Estranha’ é um álbum muito pessoal, fala muito sobre mim, minhas relações afetivas e sociais, sobre como me sinto em meio às pessoas, tanto no meu lugar quanto fora dele. É uma metáfora, uma analogia entre as árvores que nascem no solo árido, no sertão, e as que nascem no solo fértil, na capital. Da dificuldade enfrentada por cada uma para germinar, brotar, crescer, florescer e dar seus frutos. O processo é parecido como o de gravar e lançar um álbum. Trouxe para mim como artista, tendo que me deslocar do sertão para os grandes centros como São Paulo, para poder trabalhar e mostrar minha arte, em um solo ‘fértil’. É uma gestação,

de parto normal, demorado e doloroso, dando a importância devida a cada processo. É saber esperar. Espere. w JC - Quais suas

inspirações nas composições das músicas do álbum? SA - As composições de ‘Árvore Estranha’ colocam para fora minhas sensações e sentimentos, em um processo longo, doloroso, prazeroso e, por isso, também fértil. As composições são retratos auditivos de cada momento vivido por mim, transições, transformações e um belo amadurecimento, tanto pessoal quanto profissional, durante esse processo de quatro anos, em que estive escrevendo, produzindo e gravando o disco. Tédio, incertezas, vontades, esperança e a falta dela, instabilidade física e emocional são ex-

pressos em sons secos de bateria, repetições de riffs e das máquinas de ritmo, sintetizadores, echos, instrumentos novos e velhos. w JC - Quais as parcerias

que participam do disco? SA - As participações são especialíssimas: Julico, da banda The Baggios, gravou guitarra e voz em “Pêia”, música de Elvis Boarmorte; o músico Belga Sebastién Willemyns toca Philicorda na música “Tudo Bem?”, que é minha e de Dudu Prudente. Monstro, meu amigo querido de Recife, faz toda a parte de sintetizadores na música “Cisma”, que é uma composição minha, de Allen Alencar e de Lau. Também contei com um coro de mulheres incríveis, em algumas músicas, sendo elas: Luna, Tori, Jeca, Bruna Ribeiro, Ana Paula e Mayara.

w JC - Como foi o

processo de criação com Julico (The Baggios), na faixa Pêia? SA - Foi massa! Julico arrebenta, né, e quando recebi essa música de

Elvis só pensei nele para gravar comigo. Foram três tardes no estúdio Orí, uma gravando voz e as outras duas gravando guitarra. A gente já tinha uma sintonia, já participei do show da Baggios e Julico do meu, acho muito forte esse feat e não poderia deixar de estar no disco. Dueto serigy! w JC - Com o álbum

lançado, quais os próximos passos? SA - O show de lançamento será dia 3 de novembro no Parque dos Cajueiros; breve vamos divulgar mais sobre. Dia 16 de novembro, estaremos no FASC, palco Santa Cecília, às 19h. A ideia é circular o show do Árvore Estranha pelo Brasil, principalmente nos Estados que ainda não fui. Pretendo investir em festivais internacionais também. E já estou pensando no terceiro disco, inclusive já tenho nome e ideia de estética sonora.


CONHEÇA AGORA ALGUNS DOS PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS DE ARACAJU

Sergipe é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na Região Nordeste e tem por limites o oceano Atlântico a leste e os estados da Bahia, a oeste e a sul, e de Alagoas, a norte, do qual está separado pelo Rio São Francisco Aracaju, 12 a 14 de outubro de 2019

TURISMO Jornal da Cidade

PONTOS TURÍSTICOS SERGIPANOS

são alternativas para celebração de cerimônias

O

s pontos turísticos de Sergipe não atraem apenas pessoas de fora. Os sergipanos estão começando a ver esses locais com outro olhar, e escolhendo os cartões-postais do estado para cerimônias diversas. ‘Noivados, despedida de solteiro, casamentos e bodas já não são comemoradas como antigamente”, revela a cerimonialista Paula Bodeker. Ela ainda acrescenta que “hoje em dia, os casais estão optando por renovar os votos a cada um ano, e a escolha de comemorar essa data em um ponto turístico remete à personalidade de cada casal. Além de ser mágico, pois traz uma lembrança do que os dois viveram juntos”, conclui. Paula Bodeker comenta que a palavra de ordem é inovação. “A comemoração tradicional começa a ter o clima de diversidade. Hoje, os noivos querem deixar a sua marca através das emoções, da gastronomia, da cultura e principalmente da história do local. Além de ter os preços mais acessíveis”, pontua. Ela ainda cita que o litoral sergipano é um dos lugares mais procurados. “Recentemente, organizei um casamento na praia. Os noivos optaram por comodidade, conforto e a oportunidade de ampliar as comemorações de casamen-

dessa cerimônia. Eu e Cledlon nos conhecemos em uma rave na praia e queríamos selar esse momento para sempre. Foi inesquecível e precisaríamos passar esse encanto para nossos

to, que não ficam restritas ao momento da festa”, explica. O noivado da fisioterapeuta demartofuncional Taciane Andrade e do médico Matheus Santana aconteceu em dose dupla. “Fizemos um chá-bar tradicional e no outro dia optamos por uma festa no catamarã, pelos cânions do Rio São Francisco. Algo mais intimista apenas para familiares e amigos mais próximos em total clima romântico. O local remete a essa atmosfera particular só nossa e fala muito de nós dois. Além de valorizar um ponto turístico que é nosso e que não deixa a desejar para nenhum ponto turístico do mundo em relação à beleza, cultura e gastronomia”, enfatiza Taciane.

A maioria dos destinations weddings acontece em Xingó e no Litoral Sul. “Essa é uma tendência que merece ser cada vez mais valorizada. Afinal, estamos ‘conhecendo’ uma potencialidade turística do nosso estado”, completa a cerimonialista. Mestranda em Turismo, ela acredita que Sergipe possui uma potencialidade na área muito grande, e que através desses eventos, “é possível levar cada vez mais visistantes e turistas para diversos locais do estado, gerando emprego e renda, e movimentando a economia local”, comemora Paula Bodeker. Para a esteticista Camila Oliva, casar à beira mar foi a realização de um sonho. “Há uma história por trás

amigos e no futuro para nossos filhos. Por isso, optamos casar no Litoral Sul, em uma das praias com um pôr do sol deslumbrante. Foi tudo do nosso jeito. Mesmo sendo um local conhecido,

naquele momento parecia que estávamos em outro lugar inusitado e muito romântico. Sergipe possui praias paradisíacas, perfeitas para a renovação dos votos de casamento”, destaca.


JORNAL DA CIDADE A SEMANA MUNICÍPIOS www.jornaldacidade.net

“SEM LIBERDADE DE CRITICAR, NÃO EXISTE ELOGIO SINCERO”. BEAUMARCHAIS

EDIÇÃO DE FIM DE SEMANA

Aracaju-SE, 12 a 14 de outubro de 2019 - Ano XLIX - Nº 13.996

Sergipe R$ 2,00 - Outros Estados R$ 2,50

A Polícia Federal (PF) em Sergipe cumpriu, na última quinta-feira, 10, cinco mandados judiciais em sedes de empresas e residências de empresários, nos municípios de Aracaju e Itabaiana. A operação foi intitulada de ‘Mosqueteiros’ e teve o objetivo de coletar provas em investigação que apura a existência de fraudes em licitações realizadas entre os anos de 2016 e 2019, por nove prefeituras de municípios sergipanos, envolvendo recursos do FNS, FNAS e Fundeb. PÁG. 4

HOJE NAS

Colunas

PANORAMA

PANORAMA

Em seu voto, no processo que cassou o mandato da deputada estadual Diná Almeida, o Des. Diógenes Barreto reconheceu que houve práticas abusivas graves o suficiente para caracterizar a ocorrência de abuso de poder econômico e político nas eleições de 2018. “Seja pela oferta de casas populares efetuada pela prefeitura no período eleitoral, ou pela vinculação indevida da máquina pública municipal com a candidatura da investigada, ou pela utilização de recursos de origem não identificada na campanha eleitoral", disse. PÁG. 2

A equipe da Perfuratriz 12 da Cohidro [PF-12] fez o trabalho de desobstrução de um poço tubular no povoado Quipé, em Lagarto. Com o poço novamente produzindo água, os moradores, em regime de mutirão, dão continuidade à construção de uma rede de distribuição de água até as residências da comunidade rural com mais de 60 famílias. Demanda do deputado federal Fábio Reis e do vereador Washington da Marquita, ao Governo do Estado, atendida. PÁG. 5

Político

Agropecuário

ÓLEO NA PRAIA

Desastre ambiental ameaça o futuro de milhares de famílias que vivem da pesca em Sergipe Raul Spinassé/Folha Press

MANCHAS DE ÓLEO se espalham pelas praias, adentram rios e mangues, matam a vida marinha e deixam mais de 10 mil pescadores na berlinda. Seguro Defeso poderá ser antecipado

A situação apenas evidenciou o despreparo do poder público, seja ele Federal ou Estadual, para atuar com celeridade em casos de catástrofes ambientais. A forma como todos foram pegos de surpresa, deixou claro que não existe nenhum tipo de monitoramento que permita a antecipação a cenários de crises. Já são mais de 40 dias de petróleo chegando ao litoral sergipano, mais de 10 mil pescadores afetados, e nenhuma atitude foi realizada para evitar que mais petróleo continue se aproximando da costa. Na Foz do Rio São Francisco é possível ver óleo flutuando na água. Os pescadores revelam que a substância já está impregnada nos mangues e clamam por ajuda. “A gente que pesca para nós mesmo, está tendo prejuízos. Já não temos material suficiente para pescar e o que temos, perdemos”, lamentou o pescador José Carlos. PÁG. 3

‘CESSÃO ONEROSA’

Municípios de SE vão receber R$ 163 milhões do megaleilão do pré-sal Critério estabelecido, aprovado na Câmara dos Deputados, leva em consideração o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Grande maioria das prefeituras sergipanas será contemplada com o valor mínimo, que é de R$ 911.989,57. O leilão das reservas de pré-sal já tem data definida para o próximo dia 6 de novembro. PÁG. 2

Prevenção GOVERNO ADOTA MEDIDAS PARA PREVENIR ENTRADA DA PESTE SUÍNA EM SE Em virtude do foco de peste suína clássica identificado no município de Traipu, em Alagoas, a Emdagro já está adotando todas as medidas preventivas indicadas no Plano de Contingência para Peste Suína. Como o município de Gararu fica na área perifocal - a 7 km do foco -, os fiscais da Emdagro estão sendo deslocados para locais estrategicamente definidos e os postos de divisas já estão em alerta, bem como os veterinários e pecuaristas da região. PÁG. 5

Laranjeiras

Socorro

Vereador denuncia prefeitura por desvio de cerca de R$ 200 mil do Fundeb PÁG. 2

Prefeitura e SSP discutem ampliação das ações do Instituto de Identificação no município PÁG. 4

FALE COM O JC

Produção leiteira ASSISTÊNCIA TÉCNICA DO SENAR SERGIPE ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS O objetivo do programa de Assistência Técnica é orientar os produtores sobre como gerenciar a propriedade e aumentar a sua produção de leite. A metodologia é baseada em visitas técnicas mensais com foco em gerenciamento e treinamentos. A expectativa é atender mais de 700 produtores em 2020. As inscrições seguem até o dia 2 de dezembro. PÁG. 5

Comercial: (79) 3226.4800 | comercial@jornaldacidade.net Redação: (79) 3226.4805 | redacao@jornaldacidade.net


2

MUNICÍPIOS

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

JORNAL DA CIDADE

PANORAMA POLÍTICO Municípios de SE vão receber R$ 163 DA REDAÇÃO DE MUNICÍPIOS

CASSADA

A sessão plenária da última quinta-feira no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) foi bem intensa. No processo da deputada estadual Diná Almeida, esposa do prefeito de Tobias Barreto, Diógenes Almeida, o relator do processo Des. Diógenes Barreto reconheceu que houve práticas abusivas graves o suficiente para caracterizar a ocorrência de abuso de poder econômico e político nas eleições de 2018, pelo motivo de obter vantagem em relação aos outros candidatos. “Seja pela oferta de casas populares efetuada pela prefeitura no período eleitoral, ou pela vinculação indevida da máquina pública municipal com a candidatura da segunda investigada, ou pela utilização de recursos de origem não identificada na campanha eleitoral”, disse.

VALENDO

A procuradora Eunice Dantas acompanhou toda a sessão de dentro do aquário do Tribunal e, logo após, foi falar com a imprensa. Ela comentou que “a partir de agora, Diná Almeida não perde o mandato imediatamente, porque eles precisam da confirmação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por outro lado, a inelegibilidade já está valendo. Na próxima eleição, nem ela, nem o seu marido Diógenes Almeida podem candidatar-se”. O advogado de defesa, Paulo Hernani, afirmou que a decisão cabe recurso e “Brasília decidirá quem está com a razão, se os dois juízes que votaram dizendo que não houve abuso ou a maioria que reconheceu que houve. O acordão será publicado e havendo alguma obscuridade, alguma coisa que a gente possa embargar de declaração, a gente assim fará”.

PERDE FORÇA

A

Divulgação

notícia da decisão do TRE tem repercutido no município de Tobias Barreto. Isso porque, enquanto a oposição comemora a decisão, o grupo do prefeito Diógenes Almeida promete recorrer. No meio de tudo isso, está a população tobiense, ciente de que, com essa decisão, o município perde força política. O prefeito do município, Diógenes Almeida, MDB, disse que só se pronuncia sobre seu pedido de inelegibilidade e cassação do mandato de sua esposa, Diná, após os embargos de declaração no TRE/SE. “E o clima em Tobias é de muita tristeza, pois o município pode perder força no cenário político sergipano por conta de uma ação despropositada da oposição. Mas Diógenes e Diná seguem firmes e fortes em seus mandatos, trabalhando como sempre. Até porque a decisão final só virá bem lá na frente, após o TSE se pronunciar”, diz o vereador Toinho Barreto.

RESPOSTA DURA

No caso do governador Belivaldo Chagas, o TRE-SE rejeitou por seis votos a dois, o pedido de Arguição de Impedimento e de Suspeição em relação ao presidente da Corte, Des. José dos Anjos. A defesa de Belivaldo alegou que o filho do presidente, Alfredo José Machado dos Anjos, trabalha na sociedade SLKB Advogados”, que defende interesses da coligação que investiga esse processo. O relator confirmou que Alfredo realmente exerce suas funções na empresa, mas ressaltou que ele não participou dos processos das Ações de Investigação Judicial Eleitoral de Belivaldo. Antes de iniciar o julgamento deste processo, o Des. Diógenes Barreto deu uma resposta bem dura ao advogado do governador por questionar a falta de “quorum completo” em razão do pedido de nulidade. “Aqui é um argumento de impedimento, não exige no regimento interno quorum qualificado, estamos julgando apenas o impedimento”, afirmou.

SEM RESTRIÇÃO

O clima político entre o prefeito de Estância, Gilson Andrade, sem partido, e a vice-prefeita, professora Adriana Leite anda meio arranhando, e o empresário Ivan Leite, esposo de Adriana, já até acenou com a possibilidade de “conversarem” com o pré-candidato Márcio Souza, PSOL. Mas, o atual administrador da cidade não faz nenhuma restrição em manter a mesma chapa com a viceprefeita para as eleições do ano que vem. Vale lembrar que Adriana já afirmou que é possível se candidatar como titular, mas que as definições serão tomadas somente no próximo ano.

HELENO ACALMA

E para apaziguar o momento político que vive o município de Estância, o ex-deputado Heleno Silva, liderança no PRB de Sergipe, disse que ele e seu partido vêm trabalhando pela manutenção da aliança política e eleitoral entre o prefeito Gilson Andrade e a professora Adriana Leite. “Torço por uma nova aliança entre Adriana Leite e Gilson Andrade. Pela aliança entre o doutor Gilson e Ivan Leite. E, pelo bem de Estância, que o trabalho de Gilson seja dado continuidade. Ele é um bom prefeito. É um bom ser humano, um cara muito bom. Então, a gente está torcendo por isso”, disse Heleno.

DENGUE NA MATERNIDADE

Ainda falando em Estância, a situação no Hospital Regional Amparo de Maria (HRAM) continua bem complicada. Nesta semana, a população e os próprios funcionários já conseguiram mais de 143 assinaturas para que o diretor da unidade, Joaldo Santos, que ficou no lugar do interventor, José Magno, peça demissão ou o órgão competente o substitua. Os servidores ainda estão em greve e as denúncias de má gestão da unidade não param. Através de vídeo enviado ao JORNAL DA CIDADE, a servidora Santina Leite mostrou um suporte de água do bebedouro cheio de larvas dos mosquitos da dengue, bem ao lado da ala da maternidade. Infelizmente, o caos permanece e as autoridades responsáveis parecem não estar oferecendo suporte suficiente para o hospital.

NÃO É VANTAJOSO

“Vejo grande probabilidade dos Reis fazerem o futuro prefeito de Lagarto”, disse a deputada estadual Goretti Reis, PSD, e admitiu que “ainda temos vários questionamentos em relação a isso”. Ou seja, ela já aposta que o momento político é propício para que sua família eleja o futuro prefeito de Lagarto em 2020. Ela apontou Fábio Reis como futuro candidato e explicou sobre a vantagem dele deixar o cargo de deputado federal. “Creio que ele diria que não é vantajoso. Mas se o nome dele, como ele mesmo diz, é um consenso, é um nome que vai à vitória, ele irá para esse sacrifício. E a gente vai tentar construir, depois de mais dois anos à frente, um novo representante, um novo deputado federal para poder ajudar na liberação de recursos federais para Lagarto”.

MAIS UM NOME

Menos de um ano para as eleições municipais e mais um nome é cogitado para a disputa, desta vez, no município de Boquim. O primeiro suplente de senador e empresário Jorge Mitidieri, PSD, defendeu veemente que o ex-prefeito de Boquim, Pedro Barbosa, seja o candidato do grupo de sua família e de aliados no ano que vem à sucessão do prefeito Eraldo do Cabeça Dantas. No entanto, Pedro Barbosa teria pendências em forma de contas de suas duas gestões de prefeito de Boquim a serem resolvidas pela Câmara Municipal.

MAIS UM NOME II

Há quem preveja que, por causa disso, Pedro Barbosa possa vir a estar interditado em sua intenção de voltar ao Executivo em 2020. Jorge Mitidieri procura atenuar isso. “Tem essa pendência aí do crivo da Câmara, sim. Mas, por enquanto Pedro não está inelegível e enquanto ele tiver condição, o pré-candidato é ele. Agora, se durante essa caminhada aí ocorrer alguma situação, a gente tem que pensar em outro nome, não é? Mas a princípio o nome é o dele”, reforça Jorge.

milhões do megaleilão do pré-sal

Critério estabelecido, aprovado na Câmara dos Deputados, leva em consideração o Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

O

Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira, 9, o Projeto de Lei 5.478/2019, que trata da partilha dos recursos do bônus de assinatura da ‘cessão onerosa’, estimados em R$ 10,9 bilhões para os Municípios. As 75 prefeituras de Sergipe serão contempladas com R$ 163.511.333,26, de acordo com estimativas da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O leilão das reservas de pré-sal já tem data definida para o próximo dia 6 de novembro. A aprovação da medida proporciona um certo alívio para as administrações municipais, que vão poder iniciar o ano de 2020 com condições, ao menos, de quitar dívidas previdenciárias, ou até mesmo de fazer investimentos necessários em melhorias sociais. Isso porque, de acordo com o PL aprovado, o recurso apenas poderá ser utilizado pelas administrações em três frentes: investimento, pagamento de dívida previdenciária ou criação de reserva financeira, também para custos previdenciários. A aprovação da medida se deu após intensa mobilização de prefeitos de todo Brasil, que foram até o Congresso Nacional cobrar dos parlamentares um posicionamento favorável à causa municipalista. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, comemorou a aprovação da medida, e lembrou que os impactos são favoráveis, sobretudo, para quem oferta serviços diretamente à população. “Isso é uma vitória de todo o movimento municipalista. E é mais um passo de uma conquista anunciada durante a Marcha [a Brasília em Defesa dos Municípios] deste ano”, destacou. De acordo com ele, foi graças à articulação do movimento e ao apoio de parlamentares municipalistas que foi possível mudar o texto, aprovado na última quarta-feira. O mesmo passou a prever a obrigação do Ente (gestão municipal) de quitar, com a verba, dívidas previdenciárias antes de qualquer investimento. Essa medida surgiu após mudanças na forma de apresentação da proposta - antes o tema tramitava como PEC, mas, por acordo,

O RECURSO poderá ser utilizado em três frentes: investimento, pagamento de dívida previdenciária ou criação de reserva financeira, também para custos previdenciários virou um projeto de lei, com o objetivo de agilizar a análise e a aprovação do texto. O próximo passo, com essa alteração de forma, é que o PL siga para análise dos senadores. A expectativa municipalista é positiva, pois os senadores já haviam atendido ao pleito anteriormente, quando votaram o mesmo assunto. “Temos a garantia de que a matéria tramitará rapidamente no Senado, pois já contamos com o apoio do Davi [Alcolumbre] e de muitos senadores. A nossa expectativa é que esse projeto esteja concluído já na próxima semana”, afirmou Aroldi.

UNIÃO

O presidente da Federação dos Municípios de Sergipe (Fames) e prefeito de Ilha das Flores, Christiano Cavalcante, comemorou o empenho dos prefeitos sergipanos no “corpo a corpo” com a bancada Federal do Estado e destacou o compromisso da União de repassar as parcelas referentes aos municípios até o final do ano. “Saímos vitoriosos, pois conseguimos aprovar a cessão onerosa sem toda aquela amarração que os parlamentares haviam aprovado na CCJ [Comissão de Constituição e Justiça] mais cedo. A previsão agora é que o leilão seja

realizado no próximo dia 6 de novembro, e o compromisso do Governo Federal é de pagar as parcelas dos municípios até o final do mês de dezembro”, disse Christiano. A Mobilização Municipalista ocorrida na tarde da última terça, 8, foi decisiva para aprovação nas mudanças do projeto. Cerca de 400 gestores se reuniram na sede da CNM para alinhar as ações e intensificar as agendas na Câmara para pressionar pela rápida votação da medida da Cessão Onerosa.

ESTADOS E DF

O percentual da cessão onerosa também foi mantido para os Estados e o Distrito Federal e será de R$ 10,9 bilhões. Os critérios de partilha, no entanto, foram alterados. A divisão aprovada é de 2/3 por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e 1/3 por Lei Kandir e FEX. O critério representou o primeiro impasse na votação da medida na Câmara e foi resolvido apenas na última quarta, após a definição de critério misto para a distribuição.

ENTENDA O QUE É CESSÃO ONEROSA

A cessão onerosa é um acordo feito entre o Governo Federal e a Petrobrás, em

2010, que previa a produção de até 5 bilhões de barris de óleo equivalente (boe) em sete campos do pré-sal da Bacia de Santos. A estatal, porém, descobriu durante a exploração da área que havia mais do que o triplo do volume estabelecido no contrato. Esse é o chamado “excedente da cessão onerosa”, que será vendido em leilão pelo governo, no próximo dia 6 de novembro. O governo vai vender no leilão as quatro áreas resultantes da exploração da Petrobrás na cessão onerosa: Atapu, Búzios, Itapu e Sépia. Esses campos podem conter de 6 bilhões a 15 bilhões de barris de óleo equivalente e serão vendidos sobre o regime de partilha da produção. Ao todo, 14 empresas foram habilitadas pelo governo para participar do leilão: como operadoras, BP Energy (Reino Unido), Chevron (EUA), CNODC (China), CNOOC (China), Equinor (Noruega), ExxonMobil (EUA), Petrogal (Portugal), Petrobrás (Brasil), Petronas (Malásia), Shell (EUA) e Total (França), e como não operadoras, ou seja, que terão que fazer parceria para produzir estão a colombiana Ecopetrol, QPI (Catar) e Wintershall (Alemanha).

LARANJEIRAS

Vereador denuncia Prefeitura de desvio de cerca de R$ 200 mil do Fundeb Baseado nas atas de reuniões do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (CACS/Fundeb), o vereador de Laranjeiras, José Carlo Sizino Franco (JJ), denunciou, na sessão legislativa da última quinta-feira, 10, que a Prefeitura desviou cerca de R$ 200 mil do Fundo. De acordo com o parlamentar, o rombo pode ser ainda maior. O Ministério Público também está investigando os fatos, que vieram à tona após o Conselho reprovar as contas do fundo referentes ao ano de 2018. Entre os motivos está a descoberta de indícios de pagamentos superfaturados em contratação de pessoas para a prestação de serviços e compras de materiais para as escolas da rede municipal. Após a constatação das supostas irregularidades, o CACS/ FUNDEB solicitou esclarecimentos das secretárias municipais Fernanda Isabelita Barreto Leite Fontes (Administração Geral) e Keilla Cristina Reis Freire (Educação), porém as explicações não convenceram os conselheiros que, por 4 votos a 2, reprovaram as

contas e a ata da reunião encaminhada ao Ministério da Educação. A entidade também vai investigar as denúncias e pode suspender o repasse de recursos do FUNDEB para prefeitura de Laranjeiras já em 2020, se constatadas as irregularidades de ações indevidas.

IRREGULARIDADES

Entre os indícios de irregularidades constatados pelo conselho estão o pagamento de quase R$ 45 mil a pessoas físicas, muitas delas sem comprovação da prestação do serviço. Também chamou a atenção dos conselheiros alguns valores pagos aquém da realidade, a exemplo de R$7.200,00 para custeio de alimentação e transporte dos sanfoneiros que tocaram na festa de Santo Antônio, em junho de 2018, assim como o valor de R$ 5.250,00 para a divulgação da Chamada Pública, realizada em maio do mesmo ano. O Presidente do Conselho, José Fraga Santos Filho também questionou às secretárias que representavam a Prefeitura de Laranjeiras na reunião, realizada em agosto passado, quanto à compra de botijões de gás, já que na ta-

bela apresentada pela Secretaria Municipal de Educação constava a aquisição 445 unidades supostamente distribuídas às escolas, mas em outras notas fiscais fornecidas constavam apenas 362. Além dos botijões de gás, o conselho também pediu esclarecimentos sobre os valores referentes ao conserto dos fogões e freezers das escolas, assim como a lavagem e abastecimento, sem nota fiscal, dos ônibus escolares, a contratação de brinquedos infantis e o quantitativo de uniformes adquiridos para os alunos. Segundo o Conselho, foram comprados pela Prefeitura 5.250 uniformes, sendo que o Censo Escolar – INEP apontou em 2018, que 3.438 alunos foram matriculados na rede municipal de Laranjeiras. Outra suposta irregularidade está na compra de 2.174 camisas usadas por servidores no Desfile Cívico de 07 de setembro do ano passado. O então secretário de Educação, Eraldo Silva, havia solicitado apenas 150 unidades. Ainda de acordo com informações do CACS, em outubro de 2018, a Prefeitura de Laranjeiras fez a compra de 8.845 garrafões de água mineral,

mas apenas 139 unidades foram utilizadas. Em 2019, a Prefeitura já gastou mais R$ 16 mil com a compra de água mineral. Não só essas irregularidades foram apontadas pelo CACS/ FUNDEB, mas também a falta de transparência por parte do poder público municipal, que não disponibiliza informações com regularidade no Sistema SIOPE/MAVS. Dessa maneira, o conselho não tem acesso aos documentos para fazer a fiscalização. Para se ter uma ideia, até 15 de agosto de 2019, não constavam, no referido sistema, os dados do quarto e quinto bimestres, assim como o anual/2018. Em 2019, nenhuma informação havia sido publicada até a data da reunião ordinária, quando novamente foi feita a cobrança.

RESPOSTAS

A equipe do JORNAL DA CIDADE procurou a Prefeitura de Laranjeiras para comentar as denúncias do vereador JJ, mas até o fechamento desta edição não obteve respostas. O Caderno Municípios segue à disposição aguardando um posicionamento da gestão municipal.


JORNAL DA CIDADE

MUNICÍPIOS

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

3

Desastre ambiental ameaça o futuro de milhares de pescadores Manchas de óleo se espalham pelas praias, adentram rios e mangues, matam a vida marinha e deixam mais de 10 mil pescadores na berlinda. Seguro Defeso poderá ser antecipado

N

o início do mês de setembro o nordeste brasileiro foi afetado por um vazamento de petróleo que ao entrar em contato com o mar acabou se espalhando rapidamente pela costa brasileira. Até agora 139 praias, de 63 municípios dos nove estados nordestinos, foram atingidas pela substância, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, totalizando mais de 100 toneladas de óleo. Consequências do vazamento: animais marinhos ameaçados, suspensão da soltura de tartarugas filhotes, e prejuízos para o turismo e comunidades de pescadores. As manchas de óleo já atingiram a foz do Rio São Francisco. A informação foi confirmada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF). “As manchas apareceram no encontro do litoral alagoano com o litoral sergipano, no Pontal do Peba. Não sabemos se chegarão mais manchas, mas a situação é preocupante, visto que a foz do Rio São Francisco e sua região estuarina configuram um ecossistema de alto valor para a reprodução das espécies fluviais e marinhas. A região tem também um banco de camarão importantíssimo, além de ser área de desova de tartarugas e ter uma coleção de manguezais”, declarou o presidente do CBHSF, Anivaldo Miranda. Já são mais de 40 dias de petróleo chegando ao litoral sergipano. Em Aracaju, as praias mais atingidas são a Coroa do Meio e o Viral. Já no interior, a Praia da Caueira, em Itaporanga D’ajuda, foi a mais prejudicada. Na Foz do Rio São Francisco é possível ver óleo flutuando na água. Os pescadores revelam que a substância já está impregnada nos mangues e assim clamam por ajuda. “A gente que pesca para nós mesmo, está tendo prejuízos. Infelizmente, nós que sobrevivemos da pesca temos que pagar por isso. Já não temos material suficiente para pescar e o que temos, perdemos”, lamentou o pescador José Carlos. Receosos, os pescadores paralisaram as atividades desde que o óleo começou a chegar nas praias do litoral norte de Sergipe, em Pacatuba e Pirambu, no dia 24 de setembro, e agora temem pelo futuro da pesca e da mariscagem no Estado. “Eu quero ver como é que vão fazer para retirar todo esse óleo que estamos vendo nas nossas praias e o que vão fazer por nós para sairmos desse prejuízo. Já jogamos várias redes na água e todas vêm assim cheia de petróleo. A minha rede foi toda estragada. Era uma rede cara, feita à mão, e perdi”, disse, desolado, o pescador Alberto José de Oliveira. De acordo com o secretário da Federação dos Pescadores do Estado de Sergipe, Marcos Santos de Menezes, em torno de 10 mil pescadores, dentre marisqueiras e catadores de caranguejo, já foram afetados com essa catástrofe ambiental e os prejuízos são grandes. “São pessoas que sobrevivem unicamente da pesca e agora estão sem ter nem como pescar para o consumo próprio. As redes ficaram pretas de óleo e foram perdidas. A situação tá feia e cada vez fica pior”, alertou. Segundo ele, até mesmo a pesca de subsistência tem sido evitada diante do risco de contaminação. “Todos estão com medo de pescar e o peixe estar contaminado. Precisamos de uma resposta do que vão fazer com a gente também. Nós queremos pescar, mas nem podemos colocar a rede na água, senão perdemos. O petróleo é grosso. A água já está mudando de cor e está com o cheiro forte. O óleo encosta, aí o sol quando bate, começa a diluir, e solta uma nata azul, que já é óleo descendo para água”, descreveu Marcos. Para o secretário, o desespero maior agora é que as manchas de óleo já estão prejudicando manguezais. “Essa parte do ‘Giral’, perto da ponte, já é para o mangue mesmo e tem óleo”, garantiu Marcos, afirmando que nenhum comunicado, muito menos um breve contato do Poder Público foi feito com a Federação dos Pescadores do Estado de Sergipe e nem com alguma Associação de Pescadores. O primeiro secretário da Associação de Pescadores e Pescadoras da Coroa do Meio, Felipe Santos, entidade que, além da capital, representa comunidades dos municípios de Carmópolis, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, entre outros, confirma que nenhum alerta foi feito. “Ninguém emitiu aviso nenhum direcionado aos pescadores. Como teve a proibição para os banhistas, aí sabemos que nós pescadores também não podemos entrar na água”, comentou. Segundo ele, o que houve recentemente foi uma reunião entre deputados e com o senador Alessandro Vieira, na Assembleia Legislativa, para discutir os impactos da catástrofe do derramamento de óleo, e foi levantada a possibilidade da antecipação do Seguro Defeso. “Nenhuma informação concreta ainda. Mas, gostaria de chamar a atenção que, mesmo antecipando o Seguro Defeso, não vão conseguir antecipar o ciclo de reprodução dos camarões, eles vão continuar se reproduzindo em janeiro e dezembro. Então, por mais que se proíba a pesca agora para limpar a área atingida, depois quando liberarem, eu quero ver o que é que a gente vai conseguir pescar, porque os animais estão morrendo e já será a época de fertilização deles nesse período, então continuaremos sem poder pescar”, advertiu Felipe.

CASO DE JUSTIÇA

A situação vem piorando com o avanço da substância oleosa nos rios, pois poderá comprometer o abastecimento humano e o sistema de irrigação, uma vez que prejudicará as bombas de captação e estações de tratamento. Esse problema apenas evidenciou o despreparo do poder público, seja ele Federal ou Estadual, para atuar em casos de catástrofes ambientais. Mostrou-se que não há monitoramento que permita a antecipação à crise. Não há planos emergenciais para a contenção da catástrofe.

PESCADORES relatam que as redes de pesca estão comprometidas pela substância oleosa

TARTARUGA marinha é encontrada por pescadores suja de óleo e morta à beira da Foz do Rio São Francisco

“A MINHA rede foi toda estragada. Era uma rede cara, feita à mão, e perdi”, disse o pescador Alberto José de Oliveira

A COLOCAÇÃO de boias de contenção para evitar que as manchas chegassem aos rios do estado, como o Vaza-Barris, um dos mais ameaçados, levou tempo para entrar em ação

NOTA PÚBLICA DE GABINETE DE CRISE DO GOVERNO DE SERGIPE O Governo de Sergipe, por meio do Gabinete de Crise, reunido nesta sextafeira, 11, na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), informa as medidas adotadas pelo Executivo Estadual durante surgimento da substância oleosa no litoral do Nordeste:

*Pesca:

Está sendo feita coleta e monitoramento da qualidade do pescado, com envolvimento dos órgãos públicos estaduais: Secretaria de Estado da Agricultura Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa-SE), Instituto Tecnológico de Pesquisas do Estado de Sergipe, (IPTS) e diversos laboratórios do estado. Este monitoramento é feito periodicamente para fornecer um parecer preventivo para avaliação da qualidade do pescado para consumo.

*Balneabilidade:

“JÁ NÃO TEMOS material suficiente para pescar e o que temos, perdemos”, lamentou o pescador José Carlos

RECEOSOS, os pescadores paralisaram as atividades e agora temem pelo futuro da pesca e da mariscagem no Estado

Em Sergipe, enquanto a mancha continua poluindo as praias, adentrando os rios, matando a vida marinha, comprometendo a economia local e trazendo prejuízos aos pescadores, o que tem sido feito pelos órgãos responsáveis? O Governo do Estado criou um gabinete de crise para acompanhar todo o desdobramento do incidente ambiental e decretou situação de emergência, no sábado passado, dia 5. De imediato, iniciaram a retirada do óleo nas praias, porém ações de prevenção ou contenção parecem ter chegado tardiamente ou talvez ainda nem chegaram. A colocação de boias de contenção para evitar que as manchas chegassem aos rios do estado, como o Vaza-Barris, um dos mais ameaçados, levou tempo para entrar em ação. A informação era que cerca de 300 metros de boias vinham dos estados de Pernambuco e Maranhão em uma ação conjunta dos governos Federal e Estadual, além da Petrobras. Porém até o fechamento desta edição do JORNAL DA CIDADE, a contenção que foi divulgada pelo Governo do Estado foi apenas a da Centrais Elétricas do Sergipe (Celse), que instalou, na quinta-feira, dia 10, 200 metros de barreiras absorventes no Rio Sergipe, na região da Barra dos Coqueiros. “As boias seriam transferidas, mas, além desses estados possivelmente estarem precisando delas, não são de fácil desmonte para serem trazidas. É melhor que se compre outras, uma vez que esperávamos que tivessem mais. Não sabemos quando vão chegar, então precisamos fazer a compra e isso deve custar cerca de R$ 100 mil para o estado”, explicou o diretor-presidente da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Gilvan Dias. Em reunião no auditório da Superintendência do Ibama em Sergipe, na última quinta-feira, 10, as entidades que integram o Comitê Unificado debateram o passo a passo a seguir para diminuir os impactos ambientais causados pelo aparecimento do óleo nas praias nordestinas. A reunião, no entanto, não agradou representantes do Ministério Público Federal em Sergipe (MPF-SE), integrante do Comitê, que embora reconheça os esforços dos órgãos ambientais, questionou os métodos usados até agora para a limpeza e monitoramento das regiões afetadas pelo óleo. Segundo o MPF, já se passou muito tempo entre o início do surgimento deste óleo para que as ações feitas se resumam, a grosso modo, na colocação de barreiras de contenção em determinadas localidades afetadas. “A principal divergência que se levantou se refere à essas barreiras de proteção. Elas talvez não tenham um resultado imaginado. A nossa grande indagação é: o que foi estudado até o presente momento em termos de proteção dessas áreas? É agora que vão começar a estudar?”, questionou o procurador da república, Rodrigo Rockenbach.

Para o procurador da república, é preciso que haja uma estudo mais detalhado que traga resultados positivos e diretos. Rockenbach afirma que caso não se chegue a um consenso, o MPF ajuizará uma Ação Civil Pública (ACP). “Iremos estudar com cautela e se amanhã não chegarmos a um novo entendimento sobre essa questão, iremos recorrer à justiça”, avisou.

INVESTIGAÇÕES

As investigações são conduzidas pela Marinha do Brasil em coordenação com o Ibama, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Polícia Federal, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) e a Força Aérea Brasileira. Participam ainda os governos de alguns estados e municípios afetados. O Ibama e a Capitania dos Portos solicitaram apoio da Marinha e da Petrobras na elaboração de laudos sobre a substância. Há ainda pesquisas sobre o material em andamento na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Segundo o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, são três hipóteses: um navio afundado, um acidente durante a passagem do óleo de um navio para outro ou um despejo criminoso. “Até agora, é um fenômeno muito estranho. Não há sinais de que está retrocedendo, é um desastre muito preocupante para todos nós”, afirmou em audiência na Comissão de Minas e Energia da Câmara. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, admitiu que é preciso aumentar os controles de atividades de risco. Ele falou sobre o estudo da Petrobras que diz que o petróleo encontrado foi extraído na Venezuela. “Esse incidente do litoral demonstra a importância, justamente, de um licenciamento, de um modelo e de um sistema que seja de contenção de danos bastante eficiente. Esse petróleo que está vindo, muito provavelmente, da Venezuela, como disse o estudo da Petrobras, é um petróleo que veio de um navio estrangeiro ao que tudo indica”, afirmou. Como na maioria das situações em que um erro grave é cometido por instituições governamentais por falta de plano de ações para situações emergenciais, as explicações viram um jogo de batata quente: cada um dos possíveis responsáveis joga a culpa de um para o outro e no fim das contas ninguém ficará sabendo exatamente o que aconteceu. Então, ao invés de perguntar quem é o culpado, a pergunta que nunca irá calar é: por que não se fez nada para conter a chegada de óleo nas praias? Com a palavra o Presidente da República, Ibama, Marinha, MPF, PF e demais autoridades que deveriam conter a chegada do óleo e não fizeram. Por que?

A análise da água, feita periodicamente pela Administração Estadual de Meio Ambiente (Adema), atesta para balneabilidade, no entanto recomenda aos banhistas que evitem o contato com as manchas de óleo presentes no litoral.

Abastecimento público de água

A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), vem monitorando a qualidade da água para consumo humano em todos os locais de captação de água e, até o momento, não há risco de contaminação. A Companhia, inclusive, colocou preventivamente barreiras de proteção nos locais de captações de água.

*Limpeza

O processo de limpeza, de retirada das manchas de óleo permanece sendo feito diariamente em toda a extensão do litoral sergipano por equipes das prefeituras de municípios atingidos, a exemplo de Aracaju e Barra dos Coqueiros e por cerca de 20 colaboradores da Petrobras. O material recolhido é enviado para uma unidade da Petrobras em Carmópolis, chamado Alto do Jericó.

*Monitoramento

O Governo de Sergipe, articulado com os municípios, continuará permanentemente vigilante quantos aos impactos da presença das manchas de óleo na foz dos rios que cortam o estado, inclusive na próxima segunda-feira, 14 de outubro, uma equipe técnica do Gabinete de Crise, irá percorrer a foz do Rio Sergipe, saindo da Barra dos Coqueiros. Ubirajara Barreto dos Santos Secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade

Orientações: – Não toque na substância; – Caso tenha entrado em contato, limpe com gelo e óleo de cozinha; – Caso tenha reação alérgica ao toque ou caso tenha ingerido, procure imediatamente uma unidade básica de saúde mais próxima; – Caso encontrar algum animal com óleo não pegue; – Se quiser ajudar, proteja-o do sol e contate a polícia ambiental; – Não devolva o animal contaminado à água. *E caso de intercorrências sobre o assunto, entrar em contato com os órgãos ambientais de Sergipe pelos telefones: Adema: (79) 3198-7190 IBAMA: (79) 3046-1000 Pelotão da Polícia Ambiental: 190 SEMA: (79) 3225-4178


4

MUNICÍPIOS

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

A SEMANA DA REDAÇÃO DE MUNICÍPIOS

ROYALTIES

Por 8 a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na última quarta-feira, manter a obrigatoriedade de estados produtores de petróleo repassarem 25% dos royalties a que têm direito para todos os municípios de seu território. A norma era questionada no Supremo desde 2012 pelo estado do Espírito Santo, que argumentava não caber a uma lei federal estabelecer os critérios para a distribuição dos royalties entre os municípios. O relator da matéria, ministro Edson Fachin, afirmou que a legislação pertinente à distribuição de royalties do petróleo é sim de competência federal, motivo pelo qual “é constitucional a imposição por este instrumento legal de repasse de parcela das receitas transferidas aos estados para os municípios”.

SAÍDA

Após cinco anos no comando da delegacia do município de Itabaianinha, localizado na região sul de Sergipe, o delegado Francisco Gerlandio deixará o cargo nos próximos dias. O delegado será transferido para o município de Cristinápolis. Até o fechamento desta edição do JORNAL DA CIDADE, nenhum nome foi confirmado para substituí-lo. Nas redes sociais, a população agradeceu pelo exemplo da boa administração. "Deixará um legado de excelente, por ter dado sua parcela de contribuição a segurança pública neste município, juntamente com toda sua equipe de policiais civis abnegados e dedicados a causa", lamentou um internauta.

FAMÍLIA INDIGNADA

No dia 20 de setembro, um homem morreu, conhecido por Mikael Nunes de Almeida e duas pessoas foram presas em uma operação policial contra explosões de caixas eletrônicos em Nossa Senhora da Glória (SE). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), A suspeita da polícia, é de que um grupo criminoso se organizava para invadir um banco do município. A família em luto emitiu uma nota na semana passada esclarecendo que Micael Nunes nunca esteve preso e que jamais poderia ser chamado de presidiário ou ex-presidiário, nem mesmo procurado pela polícia. É salientado também que, ele nunca esteve no mundo do crime, pelo contrário, dedicou a sua vida ao trabalho e a família. A família diz está indignada com tamanha tragédia e questiona aos órgãos competentes. O inquérito policial ainda não finalizado.

MAGISTÉRIO

As prefeituras de Feira Nova e Canindé do São Francisco estão obrigadas a pagar os salários do magistério até o último dia útil do mês. Essas são as decisões de duas liminares impetradas pelo Sintese e concedidas pelo Tribunal de Justiça. No caso de Canindé, o desembargador José dos Anjos fixou multa diária de R$5 mil ao prefeito Weldo Mariano, caso a gestão municipal não cumpra a decisão. Já em relação a Feira Nova, a desembargadora Iolanda Santos Guimarães estabeleceu o valor da multa em R$ 1 mil. Os professores das duas cidades têm sofrido com os constantes atrasos no pagamento dos salários e, considerando que o magistério é uma categoria importante e numerosa no serviço público, a irregularidade na data de pagamento também afeta a economia local.

POLÍCIA FEDERAL

Na última quinta-feira, 10, a Polícia Federal (PF) em Sergipe cumpriu cinco mandados judiciais em sedes de empresas e residências de empresários, localizadas nos municípios de Aracaju e Itabaiana. A operação foi intitulada de 'Mosqueteiros' e têm o objetivo de coletar provas em investigação que apura a existência de fraudes em licitações realizadas entre os anos de 2016 e 2019, por nove prefeituras de municípios sergipanos, envolvendo recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS), Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A PF identificou que um grupo de empresas concorreu em várias licitações atuando em aparente conluio. As licitações envolvem objetos que muitos dos quais não se enquadram nos ramos de atividades das empresas investigadas.

CINEMA

Com cerca de 50 produções cinematográficas diferentes, o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), em sua 17º edição, será realizada no período de 23 a 27 de outubro em Aracaju (SE). Este ano, o evento vai homenagear o mestre dos quadrinhos brasileiro Mauricio de Sousa e exibe, pela 1ª vez no cinema, o novo filme de Luccas Neto, e também terá as sessões Prêmio Brasil de Cinema Infantil, Pré-estreia Brasil, Panorama Brasil, Programa Internacional, Anima Mundi com Dublagem ao Vivo, Se você ainda não viu, 8X Animação – Especial Séries Brasileiras, O Pequeno Jornalista, Mostra Novos Jovens e Sessão Acessibilidade. Confira a programação completa no site: www.fici.com.br

NOVOS VOOS

A partir do dia 27 de outubro, o Aeroporto Internacional de Aracaju/ Santa Maria (SE) ganhará novas opções de voos. As rotas terão como destinos Campinas e outra para Guarulhos, ambas cidades em São Paulo. Segundo a Infraero, os passageiros que desejarem voar para Guarulhos também poderão contar com mais quatro frequências semanais, que passará a operar diariamente no terminal sergipano. As novas rotas e frequências oferecerá um aumento de cerca de mil novos assentos. Atualmente, operam no Aeroporto de Aracaju as companhias Azul, Gol e Latam, com voos regulares que ligam Aracaju às cidades de Guarulhos (SP), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Salvador (BA) e Recife (PE).

PALMEIRAS

Confiança poderá firmar uma parceria com o Palmeiras, O de São Paulo, nos próximos dias. No último fim de semana, durante primeira conversa, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, os presidentes Hyago França, do Confiança, e Maurício Gilliotte, do Palmeiras, poderão firmar uma parceria nos próximos dias. O objetivo dos proletários é conseguir jogadores que não serão utilizados no elenco principal palmeirense, na próxima temporada, para reforçar a equipe alviazul, nos jogos da Série B, do Brasileiro de Clubes de 2020, do qual será a única representante do nosso Estado. A intenção da diretoria é, também, montar uma grande equipe não apenas para lutar para se manter na Série B, mas, também, tentar ir mais longe, quem sabe, até à Série A. Todos reconhecem que é uma empreitada das mais difíceis, mas nem por isso impossível de ser alcançada.

FUNDAÇÃO RENASCER

Agentes socioeducativos lotados na Fundação Renascer paralisaram as atividades nesta sexta-feira, 11, e se manifestaram em frente ao Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) e da Unidade de Internação Provisória (Usip), duas das principais unidades do sistema socioeducativo do estado. O ato tem por objetivo denunciar a falta de estrutura, as terceirizações do serviço de agente, além das constantes realizações de Processo Seletivo Simplificado (PSS) em vez de concursos públicos. O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança Socioeducativo (Sindasse), Clichardson Hipólito, ressaltou que os números do sistema são positivos, mas que mascaram uma realidade de terceirizações desenfreadas.

JORNAL DA CIDADE

Servidores de Canhoba vão à justiça para cobrar cumprimento do PCCV De acordo com o Sindicato, a defasagem nos provimentos é tão grande que tem servidores que chegam a receber abaixo de um salário mínimo

P

or orientação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canhoba (Sindicanhoba), pequeno município localizado ao norte do Estado, às margens do Rio São Francisco, os servidores estão ingressando na justiça para cobrar que a prefeitura cumpra com o que está previsto no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). “A situação é tão grave que os funcionários de nível 1 chegam a ter como salário base R$ 982,94, valor inferior ao salário mínimo”, lamentou o presidente do Sindicanhoba, Paulo Roberto dos Santos. Ele explica que os servidores chamados de Nível 2 têm como base o valor de R$ 997,00, enquanto os funcionários de Nível 3 têm como base R$ 1.012,00 mensais. Pelo que está previsto no plano, um profissional com nível superior completo deveria ter como salário base R$ 1.471,61, mas o valor que ele recebe é hoje R$ 1.251,59. “Nossa data base para revisão e reajuste salarial anual é 1º de janeiro e, até o momento, o prefeito Manoel Messias Hora Guimarães não efetuou o reajuste da categoria conforme previsto em nosso Plano de Carreira”, endossou o vice-presidente do Sindicanhoba, José Agonalto Santos. Ele ressalta que o plano, instituído pela Lei Complementar 02/2012 de 09 de abril de 2012, prevê a valorização profissional, levando em consideração o tempo de serviço e a qualificação dos servidores. Os servidores municipais obtiveram reajuste salarial em 2012 e em 2013. Em 2014 e 2015, a categoria permaneceu sem reajuste, e em 2016 a gestão concedeu a correção da inflação a partir do mês de julho. Em 2017, novamente, os servidores ficaram sem reajuste e em 2018 o aumento só se deu a partir do mês de abril. Itanamara Guedes, presidente da Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (FETAM Sergipe), entidade à qual o Sindicanhoba é filiado, destaca que além de estar regulamentado no PCCV do município, a Constituição Federal em seu artigo 37, inciso X, garante o reajuste anual da remuneração dos servidores públicos de, no mínimo, a reposição das perdas inflacionárias do ano anterior. Em 2018, a recomposição da inflação foi de 3,75%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

SERVIDORES garantem que não foi por falta de tentativa de diálogo e negociação junto a prefeitura que o PCCV não foi cumprido “Em muitos municípios, o que vemos é a utilização da Lei de Responsabilidade Fiscal como pretexto para que alguns gestores descumpram a Constituição Federal e não concedam a atualização da inflação aos servidores públicos”, aponta a presidente da FETAM, que é também diretora de políticas sociais da CUT Sergipe, central sindical à qual o Sindicanhoba é filiado.

GRATIFICAÇÕES

Apesar de não ter cumprido a legislação no que diz respeito ao pagamento dos servidores, a gestão municipal concedeu gratificações vultosas a apenas alguns funcionários contratados e cargos em comissão. “Por que para alguns tanto e para outros tão pouco? Isso contraria a concepção de isonomia salarial, além de ser um desrespeito aos servidores efetivos”, apontou Agonalto, explicando que as gratificações chegavam a 170% do salário para alguns funcionários. O excesso de gratificações somente cessou quando a Lei Municipal que versa sobre o assunto foi considerada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça. “Se o planejamento do Governo Municipal foi falho, não é o servidor público que deve pagar o preço pela incúria dos mandatários de ocasião”, completou a advogada

do sindicato, Olívia Cristina Evangelista Ferreira. A advogada lembrou ainda que, em junho deste ano, o prefeito realizou uma grande festa popular: o Santo Cruzeiro, que onerou os cofres públicos do município de Canhoba. “O recurso utilizado para a realização da festa poderia ter sido utilizado para efetuar o pagamento do servidor público municipal”, completou o presidente do Sindicanhoba, Paulo Roberto.

NEGOCIAÇÃO

Não foi por falta de tentativa de diálogo e negociação junto à prefeitura que o PCCV não foi cumprido. Agonalto explica que desde 18 de janeiro, a direção do sindicato vem tentando dialogar com a prefeitura, tendo nesta data protocolado um Ofício solicitando reunião com o prefeito para tratar do assunto. Somente no início de março, quando se efetivou a primeira conversa formal com a prefeitura, a gestão assumiu o compromisso de cumprir o que estava previsto no Plano. Em meados de abril, em nova reunião, os representantes adiaram o pagamento para maio. Ao chegar ao fim de maio, no dia 30, a direção do sindicato foi até a prefeitura tentar reabrir o diálogo e foi surpreendida com a negativa da prefeitura em conceder o reajuste, sob a alegação de que o

Limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal havia sido atingido pelo município.

RESPOSTAS

Procurado para comentar as denúncias do Sindicanhoba, o prefeito Manoel do Arroz (PSD) disse estar sensível à reivindicação do sindicato e que tem o total interesse de melhorar o salário do funcionalismo municipal. Entretanto, defende-se com embasamento na situação financeira do município, cuja a folha de pagamento de salários compromete cerca de 69% de toda arrecadação da prefeitura. “Vamos buscar o entendimento. Não posso ser irresponsável e conceder um aumento, para depois não ter condições de garantir o pagamento dos salários em dia, coisa que nunca atrasamos em nossa administração”, disse o prefeito Manoel do Arroz. Ele também rebate a denúncia do sindicato de que há servidores recebendo abaixo de um salário mínimo e explica o mal entendido no pagamento de gratificações. “Quando assumi a gestão já havia uma lei que regulamentava o pagamento dessas gratificações, que eu também não concordo, porque eram discrepantes. Pensando nisso, estamos trabalhando em um projeto que vamos apresentar à Câmara com novas propostas de valores, mais condizentes com a realidade”.

SOCORRO

Prefeitura e SSP discutem ampliação das ações do Instituto de Identificação no município O prefeito do município de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, esteve reunido na última quarta-feira, 9, com o secretário de Segurança Pública do Estado (SSP), João Eloy, para tratar da possibilidade da ampliação das atividades do Instituto de Identificação no município, bem como de melhorias estruturais para delegacias da região. Isso porque a demanda por serviços em Nossa Senhora do Socorro, como a confecção da carteira de identidade, por exemplo, cresce a cada dia. Em momentos como o “Prefeitura de Socorro em Ação” (evento promovido mensalmente e que leva dezenas de serviços fundamentais a várias localidades), a SSP sempre é convidada a trabalhar em parceria com a administração municipal, disponibilizando a estrutura de logística para o RG. No entanto, de acordo com Padre Inaldo, este serviço ainda precisa ser ampliado e facilitado no dia a dia do socorrense. A chegada do Instituto no município foi pleiteada pelo prefeito quando o mesmo ainda era de-

REUNIÃO TAMBÉM discutiu melhorias estruturais para delegacias da região putado estadual, e se concretizou após sua posse como gestor. “A ideia é criarmos uma central de atendimento que funcionará no mercado do João Alves, possivelmente junto com outros serviços oferecidos pela Prefeitura. Com isso, nós pretendemos ampliar a capacidade de atendimento e facilitar o acesso do cidadão ao RG”, explica. Para João Eloy, trabalhar de mãos dadas com as gestões municipais é aumentar o sucesso que a SSP tem obtido em seu trabalho

em todo o estado. “Nós do governo estadual temos um carinho muito grande pela população de Socorro, que é trabalhadora e necessita de muita atenção. Se tudo der certo, vamos atender ao pedido do prefeito e também garantir mais um ponto de atendimento para o Instituto de Identificação também no Conjunto Jardim”, afirma. A parceria que a SSP desenvolve com a Prefeitura de Socorro tem dado bons resultados na área da cidadania, mas também demonstra avanços

significativos na área da segurança pública. É também o que comprovam os dados do instituto de pesquisas da Secretaria, que apontam a queda de homicídios no município entre os anos de 2017 e 2019. Em 2017, foram registrados 81 homicídios, enquanto que em 2019, no mesmo período analisado, o número figura em 54. Neste sentido, durante a reunião também foram encaminhadas visitas a duas sedes de delegacias no município para a avaliação da melhoria das infraestruturas. Segundo a delegada Viviane Pessoa, a SSP estuda maneiras de melhorar o serviço, especialmente na área da 7ª e da 9ª Delegacias. “O intuito é sempre prestar o melhor serviço à população socorrense”, aponta. Esta parceria, somada aos investimentos que a gestão municipal tem feito na própria Guarda Municipal, com a regularização do uso de armas de fogo, renovação da frota, e a modernização dos equipamentos de segurança, figuram como um contexto de melhorias na área da segurança no município.


MUNICÍPIOS

JORNAL DA CIDADE

PANORAMA AGROPECUÁRIO DA REDAÇÃO DE MUNICÍPIOS

DIRETORIA ITINERANTE Divulgação

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

5

Governo adota medidas para prevenir entrada da peste suína clássica em Sergipe Em razão de foco identificado em Traipu (AL), Emdagro alerta postos de divisas e suspende emissão de GTA em municípios próximos

N

a Estação de Bombeamento 03, do Perímetro Irrigado Califórnia, administrado pela Cohidro em Canindé de São Francisco, têm continuidade as obras que já construiu a nova cobertura na área de bombas; reformou o telhado e substituiu as portas da casa de força e abrigo de funcionários; fez a repintura de toda área e equipamentos e também está refazendo o piso, recuperando os dutos da fiação elétrica dos motores das bombas. São ações resultantes da ‘Diretoria Itinerante’, que semanalmente faz visitas a todos os perímetros da Cohidro, fiscalizando o andamento dessas intervenções e identificando novas demandas. No Califórnia, após a conclusão da EB-03, a intenção é que ocorram reformas nas outras estações de bombeamento.

EXPO OURO BRANCO

Já foi definida a data da tão esperada Expo Ouro Branco 2019, em Nossa Senhora da Glória. De 13 a 16 de novembro, a organização espera receber milhares de pessoas no parque de exposições do município, nesta, que é a maior feira de animais da Região Norte do Estado. A programação prevê a realização de torneio leiteiro, julgamentos, CineSenar, Lelão, e dos concursos Princesa e Rainha do Leite (as inscrições já estão abertas pelo site Pingou Notícias). Em breve, a organização promete divulgar mais detalhes da programação.

AGILIZANDO A OUTORGA

O governo quer zerar fila nos pedidos de autorização de uso da água das bacias hidrográficas sergipanas para implementação de novos viveiros de camarão. Para agilizar os processos de outorga, foi criada uma equipe técnica integrando Seagri e SEDURBS, por meio da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SERHMA) e da ADEMA. O surgimento da fila nos pedidos de outorga de água para carcinicultura começou em 2017 com a suspensão da atividade pelo MPE. As declarações voltaram a ser emitidas a partir de janeiro de 2019, após a aprovação na Assembleia da Legislativa de normas complementares sobre licenciamento ambiental. Entre os processos de aquicultura que solicitaram outorga, já foram analisados 226 e outros 77 aguardam análise.

ÁGUA NO QUIPE

A equipe da Perfuratriz 12 da Cohidro [PF-12] fez o trabalho de desobstrução de um poço tubular no povoado Quipé, em Lagarto. Com o poço novamente produzindo água, os moradores, em regime de mutirão, dão continuidade à construção de uma rede de distribuição de água até as residências da comunidade rural com mais de 60 famílias. Demanda do deputado federal Fábio Reis e do vereador Washington da Marquita, ao Governo do Estado, atendida.

BAIXO CARBONO

Na última terça-feira, 8, os dirigentes da Superintendência do Ministério da Agricultura e da Embrapa em Sergipe e da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri-SE) aprofundaram as articulações para efetivar a implantação do Plano Agricultura de Baixo Carbono (ABC) no estado. A conversa ocorreu durante visita ao Campo Experimental Jorge Sobral, em Nossa Senhora das Dores, no médio sertão sergipano. Os gestores viram no campo os experimentos que envolvem sistemas integrados de produção com foco na compensação e neutralização das emissões de carbono por meio da absorção do elemento, além de experimentos com produção de grãos (milho e soja) de maneira integrada com a gramínea forrageira braquiária, que promove grande melhoria das propriedades do solo e ganhos de produtividade.

E

m virtude do foco de peste suína clássica identificado no município de Traipu, em Alagoas, a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe - Emdagro já está adotando todas as medidas preventivas indicadas no Plano de Contingência para Peste Suína. Como o município de Gararu fica na área perifocal - a 7 km do foco -, os fiscais da Emdagro estão sendo deslocados para locais estrategicamente definidos e os postos de divisas já estão em alerta, bem como os veterinários e pecuaristas da região. A Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) tranquiliza a população e ressalta que a peste suína clássica não é uma zoonose, não apresentando risco de transmissão ao ser humano. Os riscos econômicos, no entanto, são expressivos. Preservar a sanidade dos rebanhos é necessário para evitar danos às exportações. Uma das medidas já adotadas pela Emdagro foi a suspensão da emissão de GTA [Guia de Trânsito Animal] nos municípios de Gararu, Lourdes, Canhoba e Itabi. “A emissão já foi bloqueada no SIAPEC, e não poderá emitir blocado. O veterinário de Gararu já está coletando material para exame sorológico, entre outras ações. Os regionais e escritórios locais da Empresa estão em alerta máximo”, disse Aparecida Andrade, diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro. O Estado de Sergipe faz parte do circuito que recebeu, em 2016, o reconhecimento internacional de área livre de Peste Suína Clássica, e o governo de Sergipe vem envidando esforços para manter o estado livre da doença. Na sexta-feira, 11, o secretário André Bomfim, o presidente e a diretora de Defesa Animal da Emdagro, Jefferson Feitoza e Aparecida Andrade, estiveram em Alagoas, para alinhar com o governo local, medidas de prevenção do alastramento da peste suína para o estado vizinho.

SEAGRI TRANQUILIZA: Peste suína não apresenta risco de contágio ao ser humano

SECRETÁRIO e gestores de Emdagro foram a Alagoas alinhar ações com governo local

EMDAGRO informa suspensão da emissão de GTA em Gararu, Lourdes, Canhoba e Itabi

“A sanidade dos nossos rebanhos é de extrema importância, tanto para a população quanto para economia. E, por essa razão, temos dialogado com gestores da Agricultura de todo o Nordeste desde o início do ano, buscando alinhar ações para evitar que a peste suína venha de outros estados para cá. O presidente da Emdagro, Jefferson Feitosa, está atento e, com sua equipe técnica, está seguindo o plano de contingência”, disse André Bomfim, secretário de Estado da Agricultura. A Peste Suína Clássica é causada por um vírus contagioso, mas não a seres humanos. Na forma aguda, ela é caracterizada por febre alta; os animais ficam amontoados; apresentam lesões hemorrágicas (avermelhadas) na pele e extremidades (membros, orelhas, focinho e cauda); apresentam falta de apetite e fraqueza; conjuntivite; e alta mortalidade, podendo ocorrer em 5 a 14 dias após o início do ciclo da doença. Na sua forma crônica, a peste suína clássica se manifesta através de apetite irregular, febre e diarreia; recuperação aparente, com recaída posterior e morte; problemas reprodutivos (aborto, natimorto e repetição do cio); pelo nascimento de leitões fracos e debilitados; e pelo retardo no crescimento. A Emdagro orienta os produtores que adquiram reprodutores apenas de Granjas de Reprodutores de Suídeos Certificados (GRSC); que se certifiquem que os animais comprados são de rebanhos saudáveis; que sempre transitem com os animais acompanhados do GTA; que não alimentem os suínos com restos de alimentos; que controlem a entrada de veículos e pessoas nas suas propriedades; e que mantenham o cadastro sempre atualizado junto à Emdagro. Em caso de suspeita de animal com peste suína clássica, o produtor deve procurar imediatamente o escritório da Emdagro mais próximo, ou ligar para (79) 3234-2624.

BÔNUS

A boa safra da castanha de caju e mandioca na região nordestina nessa temporada levou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a ampliar o número de estados que vão receber os bônus de descontos utilizados por agricultores e extrativistas no Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF). Entre as culturas que receberão bônus estão o açai (fruta), babaçu (amêndoa), borracha natural, castanha de caju, inhame, feijão caupi, laranja, mamona em baga, maracujá, mel de abelha, raiz de mandioca e tomate. Sergipe recebeu desconto de 14,36% no maracujá e 2,97 % na mandioca. Com o bônus, os agricultores familiares podem solicitar os descontos no pagamento ou na amortização de parcelas do financiamento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A lista de produtos e estados selecionados está disponível no site www.conab.gov.br, lembrando que a validade é de 10 de outubro até 9 de novembro.

QUEDA

Os preços dos alimentos consumidos em domicílio caíram pelo quinto mês consecutivo e foram os principais responsáveis pela deflação de setembro de -0,04%, o menor patamar desde 1998, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na última quarta-feira, 9, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro. O grupo de alimentação e bebidas teve recuo de -0,43%, sendo o que mais impactou na deflação (0,11 pontos percentuais). Na avaliação da CNA, este resultado foi puxado principalmente pela alimentação no domicílio, que caiu -0,70% em setembro, com as maiores quedas para tomate (-16,17%), cebola (9,89%), batata inglesa (-8,42%) e frutas (-1,79%). A alimentação em domicílio tem um peso de 2/3 dentro do grupo “Alimentação e Bebidas”, que é analisado no IPCA.

TERRAS INDÍGENAS

Na última terça-feira, 8, o avanço da mineração em terras indígenas foi tema da reunião do Núcleo Agrário, coordenada pelo deputado federal João Daniel (PT/SE), com a participação de parlamentares da bancada do Partido dos Trabalhadores e representantes de entidades. João Daniel ressaltou a importância do debate, tendo em vista o crescimento do interesse das mineradoras em explorar terras indígenas. “Essa atividade tem crescido com grande interesse dos empresários do setor da mineração, que buscam explorar as reservas do nosso subsolo, pondo em risco os povos originários e a nossa soberania, tudo isso com a conivência do governo Bolsonaro”.

TURISMO RURAL SUSTENTÁVEL

As Secretarias de Estado da Agricultura (Seagri) e do Turismo (Setur), juntamente com a UFS, debatem a criação da Rede de Turismo Rural Sustentável do Baixo São Francisco, que será composta por uma rota turística para fomentar o desenvolvimento sustentável nas comunidades beneficiadas pelo Projeto Dom Távora. Atualmente 222 famílias são beneficiadas com ações que permitam a inclusão pelo trabalho e pela renda de maneira sustentável. A rota turística envolve quatro comunidades diretamente e, ao menos. mais seis comunidades de Brejo Grande e Ilha das Flores serão atingidas indiretamente.

O PROGRAMA de Assistência Técnica e Gerencial do Senar tem o objetivo de orientar os produtores sobre como gerenciar a propriedade e aumentar a sua produção de leite

“ANTES DO PROGRAMA eu tinha uma média de 150 litros por dia. Finalizei o programa com 400 litros e hoje eu produzo 500 litros de leite por dia” Adriano Vieira da Costa, produtor de leite do município de Carira

PRODUÇÃO LEITEIRA

Assistência Técnica do Senar Sergipe está com inscrições abertas Com o objetivo de oferecer assistência técnica e gerencial gratuita durante dois anos, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe – Senar/ SE está com inscrições abertas para os produtores de leite do estado. A inscrição deve ser realizada até 2 de dezembro de 2019. O programa de Assistência Técnica e Gerencial tem por objetivo orientar os produtores sobre como gerenciar a propriedade e aumentar a sua produção de leite. A metodologia é baseada em visitas técnicas mensais com foco em gerenciamento e treinamentos. A expectativa é atender mais de 700 produtores em 2020. O presidente do Senar/SE, Ivan Sobral, explica que a assistência técnica tem mudado a

realidade dos produtores de leite. O programa iniciou, em 2016, beneficiando 140 produtores, distribuídos em sete municípios. Atualmente, 200 produtores em 10 municípios estão sendo atendidos pelo Senar/SE. “O programa de Assistência Técnica tem trazido bons resultados para Sergipe. Temos casos de produtores que dobraram a produção depois da assistência, e mesmo depois da finalização do programa aumentaram a produção. Este programa será ampliado em 2020 atendendo a todos os municípios sergipanos”, afirma Ivan.

PRODUTORES ASSISTIDOS

O produtor de leite, Eduardo Santos Costa, 28 anos, é um dos casos de sucesso do programa. Ele

foi assistido durante dois anos no município de Nossa Senhora da Glória. Eduardo produzia 95 litros de leite por dia e, hoje, produz cerca de 400 litros. Para Eduardo Costa, o principal aprendizado durante o programa foi calcular os custos da sua produção, algo que ele não fazia antes da assistência “Antes do programa, tirava 95 litros de leite de oito vacas. Quatro meses depois, as mesmas oito vacas chegaram a 200 litros de leite e tive que fazer uma ordenha mecânica. Atingir um patamar é fácil, difícil é se manter. Com um ano de programa, obtive uma média de 28 litros por vaca o ano inteiro”, afirma. O produtor de leite do município de Carira, Adriano Vieira da Costa, também foi beneficiado com o programa durante dois anos. Ele

implantou uma ordenha mecânica após o programa e a produção já aumentou. “Antes do programa eu tinha uma média de 150 litros por dia. Finalizei o programa com 400 litros e hoje eu produzo 500 litros de leite por dia. A tendência é aumentar e dar continuidade ao que aprendi. Se melhorou, não se pode voltar”, afirma Adriano.

INSCRIÇÃO

Podem participar do cadastro produtores de todos os municípios sergipanos com produção diária a partir de 70 litros. Os interessados devem acessar o link disponível no site www.senarsergipe.org.br. Dúvidas entrar em contato através do e-mail ateg@ senarsergipe.org.br ou das redes sociais @sistemafaesesenar.


MUNICÍPIOS

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

INTERIOR Acontecendo

VALE A PENA essa lembrança da querida esteticista, Flávia Vieira, durante passeio pelas belas praias de Maceió! #Linda

JORNAL DA CIDADE

A LUA DE MEL do casal do ano, Carolina Franco e Roberto Libório, tinha que continuar sendo com muita magia e belas paisagens. Após casamento em São Miguel dos Milagres -AL, os queridos estão repousando nas Ilhas Maldivas. #Aproveitem

TEM UMA PARTICIPANTE sergipana no novo reality Mestre do Sabor da rede Globo. É a “Seichele Barboza, bonita e cheirosa”, disse em sua apresentação. Seu prato, recheado de sabores sergipanos, cativou Avillez e Kátia Barbosa Uma festa!

Victor Pollak/TV Globo

6

MONIZE EVILLY, Jéssica Borges e Ketlin Heloisa curtiram no último domingo, 6, um super show do cantor Gustavo Lima, na cidade de Tobias Barreto. Ah, as lindas ainda usaram o boné com a #AIBB, em referência ao artista! #ValeuaPena

DE BIKE, o ex-deputado federal, Márcio Macedo, fez uma visita ao Oceanário de Aracaju. Ele disse que foi “rever os amigos do projeto Tamar, amenizando saudades e, sobretudo, solidarizando com as tartarugas marinhas vítimas do derramamento de óleo na costa nordestina e também com os filhotes de tartarugas que em virtude dessa tragédia ambiental ainda não foram soltos no mar, seu habitat natural”

VIAJAR É VOCÊ SENTIR-SE LIVRE, conhecer pessoas novas... Enfim, são vários momentos bons, principalmente, para renovar as energias. A modelo fotográfica, Elienay Santos, de Itabaiana, está curtindo os fantásticos momentos em Morro, na Baêa! #Linda

QUARTA TAMBÉM é dia de feijoada! O prefeito de Poço Verde, Iggor Oliveira, convidou seus amigos para um belo almoço tendo como prato principal essa delícia de comida comum do Nordeste. A sua residência foi o ponto do encontro.

NA SEMANA DA CRIANÇA, alunos das escolas municipais de São Domingos receberam brinquedos da renomada marca Estrela. Essa ação faz parte de uma parceria entre o Tribunal Regional do Trabalho, a própria marca de brinquedos e a Prefeitura de São Domingos. #Foisucesso

CHEIO DE ESTILO e com boas dicas motivadoras em seu Instagram, o fotógrafo Márcio Henrique também capricha em seus próprios registros. Ah, esse local lindo ao fundo foi em Morro de São Paulo - BA!


8

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

THAÏS BEZERRA

JORNAL DA CIDADE

HOMENAGEM AO DIA DAS CRIANÇAS

JORNAL DA CIDADE

THAÏSBEZERRA THAÏS BEZERRA

JORNAL DA CIDADE

Editora: Thais Bezerra

ARTHUR filho de Carol Lebre e Alcebíades Jr.

GABRIEL e Bernardo filhos de Luana e André Almeida Ribeiro

GUSTAVO e Gabriel filhos de Renata e Gustavo Barreto

BERTRAND filho de Ingrid e Madson Lima

MARINA E BRUNO, filhos de Maria de Lourdes e Bruno Prado

AS PRIMAS Letícia e Tetê, filhas de Yleanne e Henrique Neto e Lysiane e Avilé

LETÍCIA e Larissa filhas de Livia e Vinicius Gois

CATARINA filha de Léa Paim e Paulinho Calumby

Aracaju(SE), 12 a 14 de outubro de 2019

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

tb@jornaldacidade.net


2

THAÏS BEZERRA

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

THAÏS BEZERRA - O que é o Instituto Aspásia de Mileto – I AM? VITOR ALOÍSIO - O I AM é uma escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental que traz um olhar direcionado para o pensar humano, tendo como guia o saber-ser, processo que envolve o respeito a si e aos outros, a cooperação, e portanto traz em si a importância da educação como fonte de sabedoria, aprendizagem, desenvolvimento humano e enriquecimento da vida social. O principal objetivo do I AM é formar cidadãos e cidadãs conscientes, capazes de enfrentar os desafios da atualidade como processo contínuo de construção social, não só aqueles encontrados no mercado de trabalho, mas em todas as áreas da vida. TB - Qual a metodologia pedagógica utilizada pelo I AM? VICTOR NATAN - A metodologia do I AM é baseada no sociointeracionismo e na filosofia da práxis, processo educativo aberto e inclusivo, em que todos são convidados, diariamente, a experimentar práticas e vivências sociais que consubstanciem um conhecimento pautado na fraternidade das ações pedagógicas, favorecendo a busca de melhoria contínua do modo de ser e viver no mundo, viver consigo mesmo(a) e com o outro(a). Também são adotados recursos de ensino, como a pedagogia de projetos e iniciação científica, que claramente trazem benefícios não somente pedagógicos, mas também de outras ordens, auxiliando os(as) estudantes na busca do equilíbrio socioemocional. TB - Quais os diferenciais do I AM? VA: Acredito que nosso grande diferencial seja o olhar especial para a inteligência emocional e autoconhecimento, onde trabalhamos com o Sistema de Autoconhecimento I AM que foi desenvolvido

TB entrevista Vitor Aloisio e Victor Nathan

JORNAL DA CIDADE especialmente para esse projeto. Esse sistema visa proporcionar à criança um olhar para dentro de si, sendo constituído por três diferentes momentos que ocorrem, diariamente, por todo o ano letivo e em toda a escola como: Momento da meditação/ respiração, Momento da gratidão e Diário das emoções. O I AM olha para cada criança como um ser único e especial. Além disso, trabalhamos com aulas semanais de filosofia e criatividade, desde a Educação Infantil, e aulas diárias em inglês, desde 1 ano de idade, com metodologia de ensino bilíngue em parcerias com a International School. Nossos(as) alunos(as) também terão aulas de robótica e maker, a partir de projetos desenvolvidos com a equipe da Robô-Ciência. TB - Qual o público alvo? VICTOR NATHAN - No ano de 2020 o I AM abre as portas já recebendo estudantes a partir de 1 ano de idade até o 5º ano do Ensino Fundamental. Os anos finais do Ensino Fundamental, ou seja, do 6º ao 9º ano crescerão gradativamente com nossos(as) alunos(as) a partir do ano de 2021.

TB entrevista hoje os empreendedores na área educacional Vitor Aloísio Guimarães de Abreu Lima e Victor Nathan Fontes Silva. Vitor Aloísio é doutorando em Psicologia e psicólogo, com especialização em Processos criativos e facilitador de grupos. Inteligente, estudioso, esbanja simpatia e é focado no que faz. O sócio Victor Nathan é doutorando em Educação, mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente e advogado, discreto, de mente aberta para o novo, e ambos estão preparados para pilotar com competência, acolhimento, amor, dedicação, conhecimento e ética, o Instituto Aspásia de Mileto - I AM, escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental e bilíngue. Vamos conhecer um pouco sobre o I AM que chegou pra formar cidadãos em nossa terra.

TB - E as matrículas já estão abertas? VA: Já sim TB, inclusive gostaria de convidar todos(as) para conhecer o I AM, o projeto está lindo e apaixonante. Estamos abertos de segunda a sábado, em horário comercial, para visitação e matricula e também estamos com alguns eventos para os responsáveis e as crianças vivenciarem o I AM, é só ficar ligado em nossas redes sociais, nosso Instagram é @institutoaspasiademileto e nosso Facebook é Instituto Aspásia de Mileto – I AM. O I AM está localizado na Atalaia, um bairro em constante evolução, na Rua Arício Guimarães Fortes, nº 700, próximo ao Terminal da Atalaia.

DESTAQUE Eles e Elas

Francisco Rollemberg

Para celebrar o Dia do Médico, a Somese realizará no próximo dia 18, a partir das 19h30, o III Jantar Dançante da Classe Médica no Iate Clube de Aracaju. Cinco amigos da Somese e 40 médicos serão homenageados com a ‘Comenda Dr. Francisco Guimarães Rollemberg’. O buffet all inclusive será assinado pelo chef David Britto e a Orquestra Super Ohara animará a festa. Militante da informação, parcerias e resultados, TB receberá a emocionante comenda Amiga da Somese, pelo trabalho de divulgação dos eventos realizados pela Sociedade Médica de Sergipe, tanto na área científica como nas ações sociais e filantrópicas. TB agradece a sensibilidade e reconhecimento de toda a diretoria da entidade.

João Macedo

Em solenidade festiva na 2a. Reunião de congraçamento de instituições científicas e culturais entre as Academias de Letras da Bahia e Sergipe, a Academia Brasileira Rotária de Letras (ABROL-BA) e SOBRAMES – Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, será instalada no dia 18 de Outubro, às 09h, no Auditório da SOMESE, a Academia Brasileira Rotária de Letras, Seção de Sergipe (ABROL-SE) onde se inclui a posse dos acadêmicos fundadores, dar posse ao Conselho Consultivo e por conseguinte a entrega do Título de Membro Honorário a rotarianos que prestaram relevantes serviços à causa rotária, e cuja história merece ser reconhecidas e registradas nos anais desta academia, tendo como Presidente e Coordenador Dr. João Macedo Santana, Membro Titular da ABROL Nacional.

Vanessa Tölle

Para a surpresa geral, a primeira professora de língua portuguesa dentro do sistema oficial de educação austríaco é sergipana. Paixão indisfarçada pela arte, talento que transborda, a aracajuana nata é a pedagoga Vanessa Noronha Tölle, que vive atualmente em Viena, de onde organiza e produz o Festival Cultural do Brasil. O evento tem a assinatura da Sociedade Austro Brasileira de Educação e Cultura (batizado de Verein Papagaio). Vanessa mantém o português como língua de herança, enquanto as crianças brasileiras residentes em Viena aprendem nossa língua-mãe e conhecem a música, arte e história do nosso país. “E diminuímos o distanciamento que os brasileiros sentem dos seus costumes, no exterior”, complementa.

Anne Xavier

Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos e doutora em Biotecnologia Industrial pela Rede Nordeste de Biotecnologia, Anne Rocha Xavier é docente da UFS e apoia o projeto de lei que determina padrões para identificação e diferenciação dos garrafões que embalam água adicionada de sais em Sergipe: “Projeto importante que assegura o Direito do Consumidor e trata da identificação da água adicionada de sais (nova modalidade disponível no mercado), para dar clareza ao cidadão sobre o que, de fato, está consumindo” analisa. Temos a água mineral natural (das fontes naturais), água natural (a filtrada) ou água adicionada de sais (industrializada). “Todas são potáveis, mas a única natural de verdade é a água mineral natural”, esclarece.

THAÏS BEZERRA

JORNAL DA CIDADE

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

7

Bate-Bola com Jan Havlik O nosso convidado hoje é Jan Gustave S. Havlik, advogado cível e empresarial, que integra o time de grandes profissionais do escritório referência no Estado e no nordeste, RR Advocacia, pilotado pelo querido Gegeu Resende. Jan possui graduação em Direito pela Universidade Tiradentes (2015). Tem Pós-graduado em Ciências Criminais pela PUC de Minas Gerais e LLM em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas - FGV-Rio. Atua também na tutela civil e penal de direitos humanos em movimentos sociais e coletivos. É um jovem advogado, brilhante, preparado, estudioso e inteligente. Ele é membro da comissão de Direitos Humanos da OAB - Seccional Sergipe, Coordenador do Legal Hackers Aracaju e Coordenador da ABJD/Sergipe. É filho do paulista Harold Jacques Havlik (descendente de pai tcheco e mãe francesa) de quem herdou a retidão de princípios e da mãe, a saudosa baiana Gil Havlik - que era marchand, galerista, de belos e profundos olhos azuis, exuberante, onde chegava roubava as atenções, herdou a cor dos olhos e a leveza de ser. Jan é elegante no trato com o próximo e na postura diante da vida. Vamos conhecer um pouco da personalidade de Jan Havlik. Nome: Jan Gustave S. Havlik Apelido: O primeiro nome já é tão pequeno! Onde nasceu? Salvador Status de relacionamento: Acontecendo No zodíaco é... água (peixes) e fogo (leão) Religião? Todas aquelas que propagam a paz, divida o pão e partilhe a terra. O melhor de você? A absoluta entrega no que faço E o pior? A falta de paciência Na pele de quem, gostaria de passar um dia? De um astronauta no espaço Bem mais precioso? Minha consciência Um sonho realizado? Ter visitado Atenas, o Parténon Inspiração... as pessoas que lutam e trabalham pelo que acreditam O que te faz feliz num dia de sol? Óculos escuros e ar condicionado E na chuva? Ser pego desprevenido sem guardachuva O melhor show da vida? Pearl Jam – Lollapalooza E qual não veria de novo? Lana del Rey Se a sua vida fosse uma novela? Serve série? Seinfeld Ator que admira? Wagner Moura Atriz preferida? Charlize Theron Cinema ou Netflix? Netflix A rede social que mais respeita? O círculo de amizade Snap ou Stories? Um longa metragem O que o anima... a luta pelos ideais O que o desanima... fofoca É fácil dizer não? Não é, mas é preciso. Um hobby? Aikido – arte marcial japonesa Uma preguiça? Uma rede com a brisa soprando Livro de cabeceira? Vários: Hagakure – O Livro do Samurai, Meditações de Marco Aurélio, A Moral a Deles e a Nossa – Trotsky Por do sol ou nascer da lua? Poente Rio ou mar? Mar O que mais gosta de comprar: Livros O que admira no outro? A coerência e coragem Muitos ou poucos amigos? Poucos Mais vale um ‘like’ ou um ‘follow’? Olho no olho Na vida, daria um ‘unfollow’ em? Racistas,

LGBTfóbicos e todas os outros tipos de pessoas que discriminam Vinho ou champs? Vinho, Champanhe e Cerveja, de preferência sem ressaca Um sabor de infância? Suco de manga Na cozinha, minha especialidade é... Carbonara Doce ou salgado? Doce Uma comida de mãe? A saudade Verdade: É sempre o caminho mais rápido Mentira: Sempre vem à tona para alguém Maior medo? Perder a minha família. Seu sonho mais louco... fazer a volta ao mundo com meu carro Pesadelo? Quebrar o carro na volta ao mundo sem poder consertar Momento marcante na carreira? O reconhecimento e respeito dos meus pares pela atuação

AÇÃO PARAMAÇÔNICA JUVENIL - APJ, entidade juvenil ligada a maçonaria, constituída por jovens entre 07 e 21 anos, de bons costumes e invejável idoneidade, que prima pelas boas ações e o amor à pátria, em solo estanciano, responde através do Núcleo Alfa Piauhytinga, coordenado pela Ductor (presidente) Anna Costa e sua Nomenclator (Vice) Maria Clara, Núcleo que esse ano completou 20 anos de fundação, sendo comemorado a data com um feito histórico, a inauguração da primeira Sala Arquétipa (templo da APJ) do Brasil e do mundo, situada no prédio da Loja Maçonica Piauhytinga em Estância. Idealizada por toda a familia Maçonica Piauhytinga atraves das mãos do irmãos Moises Pereira na gestão do Venerável Mestre Sandro Barreto, sempre com a participação das Mulheres da nossa Fraternidade Feminina e dos Diletos Jovens Apejotistas. A belissima sala contou com a ajuda de diversos irmãos em ideal, entre eles o ex-prefeito Ivan Leite, na foto com o venerável Sandro Barreto.

MAIS UMA LOJA EM GLÓRIA - O empresário Adalto Aragão está vibrando com mais uma conquista nos negócios. Está inaugurando uma filial das Óticas Diniz, dia 16 de outubro, quarta-feira, às 08h, no centro da cidade de Nossa Senhora da Gloria, oferencendo aos clientes 1.000 armações gratuitas, e lentes a preços imperdíveis. Adalto conquistou recentemente o Prêmio Destaque das Óticas Diniz, na categoria “melhor loja padrão” dentro da rede, para franqueados que seguem o padrão nacional da marca. Ficou mega feliz com o reconhecimento merecido. Amigo querido, TB deseja mais sucesso na sua segunda loja em Glória.

Uma canção para chamar de sua? Cajuína de Caetano Veloso Pratica esporte? Sim. Crossfit e Aikido. Viagem dos sonhos? Japão ou Egito Sozinho ou acompanhado? Acompanhado Conversa ou silêncio? Cada qual em sua hora Festa boa precisa ter... Amigos Uma ligação ou mensagem via WhatsApp? Uma ligação O que mais gosta no seu trabalho? A realização e satisfação das pessoas e a solução dos problemas Qual a sua ideia de felicidade? A felicidade é o caminho O que deseja para humanidade? Que todos sejam detentores de tudo. Qual a sua ocupação favorita? A Ocupação Beatriz Nascimento, no bairro Japãozinho. Maior desafio? Manter-me firme nas minhas convicções Uma palavra? Coerência Um dia perfeito... Acordar em paz na companhia daqueles que amo e não ter nenhum dever para o resto do dia Amar é... uma decisão de compreensão e não violência, não importando as circunstâncias. Maior extravagância? Réveillon em Trancoso Se o mundo fosse acabar... que acabe sem dor Um recanto de Sergipe para descansar? O Dojo O que gostaria de fazer que ainda não fez? Uma viagem de barco a vela Uma palavra que lhe define? Esforço Não se arrisca a... saltar de paraquedas Sonho de consumo? Um croissant francês e um pastel de nata com café fresco toda manhã Um desejo de aprender? Tocar um instrumento Quem gostaria de ter sido em outra vida? Alguém melhor de quem já fui Meu pecado é... impulsividade O que o dinheiro não compra? O valor das coisas Uma frase tipo ‘parachoque de caminhão’? Envergo, mas não quebro Um refrã o que leva pra vida? “O homem que diz dou, não dá, porque quem dá mesmo, não diz” – Canto de Ossanha de Vinicius de Moraes e Baden Powell

JOVENS BRILHANTES - Aracaju recebeu o Startup Weekend EDU, em sua edição Educação. A ideia vencedora foi lançada pela educadora Ingrid Schweter Ganda, de criar histórias sociais direcionadas a pessoas autistas, que inspirou designers, desenvolvedores e educadores a abraçar seu sonho. O Autism Grow up (@autismgrowup) ficará seis meses incubado no Tiradentes Innovation Center, na Unit. O grupo vislumbra seguir adiante e busca parceiros para contribuir no projeto. Parabéns aos jovens Ana Claudia Mota, Alexandre Dória, Andira Maltas, Ingrid Schweter Ganda, Janaina Machado, Kauê Santana, Michelline Simões e Nádia da Luz - minha amiga querida, gaúcha, que veio morar em Aracaju no início deste ano, e trabalhar na Universidade Tiradentes. Na foto o time vencedor com Arleide Barreto Silva, Pró-Reitora de Graduação. Parabéns!


6

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

THAÏS BEZERRA

Destaque estaque

Por Telefone

REVEILLON 2020 É NO ICAJU A noite da virada no Iate Clube de Aracaju será inesquecível! A Orquestra Super Oara traz de Pernambuco energia e alto astral. A grande novidade é a cantora baiana Ciranda Montez que apresenta seu axé na boa companhia da banda Menina Baiana. A noite também contará com buffet livre assinado pelo Chef David Britto, berçário e espaço Kids e grande queima de fogos refletida nas águas do rio Sergipe. Aproveite a promoção do primeiro lote que encerra em 31/10. Informações: (79) 3211-9623 / 98877-0450.

. No almoço de domingo no restaurante Sollo durante todo o mês de outubro, o fantástico cantor Fábio Lima. Show de voz e violão na área verde, com repertório nota mil e interpretação brilhante. Um dos grandes artistas do Estado. TB não perde!

HOJE 12, TEM ENCONTRO CULTURAL DE SEBOS Neste sábado, 12, a partir das 09h, o Parque da Sementeira recebe a sétima edição do Encontro Cultural de Sebos. O evento é organizado pelo coletivo de sebistas “Bonde das Traças”, cuja proposta é o fortalecimento da cena de sebos em Aracaju e a expansão do mercado de livros usados, além de materiais afins como discos, revistas, história em quadrinhos (HQs), cordéis, entre outros, estimulando o hábito da leitura e a democratização cultural, com precinhos bem abaixo do valor de mercado. O público poderá comprar, trocar e vender artigos relacionados ao universo da leitura. Serão comercializados também desenhos, pinturas, chaveiros, bottons, ecobags, roupas, discos de vinil e muito mais! O acesso é gratuito! ALIANÇA FRANCESA E FUNCAJU REALIZAM FESTIVAL DA CANÇÃO NO DIA 27/10 Pela segunda vez, Aracaju vai sediar a Etapa Regional Nordeste do Festival da Canção Aliança Francesa, evento nacional que é organizado em Aracaju pela Aliança Francesa e a FUNCAJU no dia 27 de outubro, às 18h, no Parque da Sementeira. O evento é gratuito e contará com as interpretações dos 12 candidatos selecionados na primeira etapa, que representam cidades tais como Aracaju, Maceió, Salvador, Fortaleza e Recife. O grande vencedor da Etapa Final, que será realizada em Porto Alegre, será premiado com uma viagem para Paris. Durante o evento, haverá o sorteio de uma bolsa de estudos e diversos outros brindes. Acesse www.afaju.com.br para conferir a lista de candidatos selecionados bem como os cursos de francês que iniciam no dia 14 de outubro! Para mais informações, visite a sede da Aliança Francesa, situada na Rua Pacatuba, 288 ou ligue no 98877-7904 ou 3211-9868. ESCOLINHA DE VELA NO RIO SERGIPE Relançada no sábado passado com a presença de grandes velejadores iateanos, convidados e o novo instrutor, o cearense Ícaro Carneiro – campeão brasileiro de Hobie Cat, a Escolinha de Vela do Iate Clube de Aracaju (ICAJU) objetiva a formação de novos atletas em um esporte que proporciona diversão, espírito de cooperação, novas amizades e saúde. Para quem quer conhecer ou saber mais sobre o esporte à vela, o ICAJU oferece aula experimental gratuita. Agendamento pelos fones (79) 3211-9623.e 98877-0450.

. A prima querida Constance Álvares, conceituada engenheira de segurança da Deso, está de férias e viaja neste sábado, 12, para o Canadá. Vai rever a filha amada Maria Eduarda e o marido André Rossi que moram em Toronto há três anos. . O fundador das Óticas Santana, senhor Gilson Figueiredo, aproveita esse final de semana na Praia do Forte, com todos os filhos e noras: Gilsinho e Bete, Cássio e Thais, Adriano e Belga, Fabio e Corina, Valéria, Fabio e Adriana e um casal amigo de São Paulo. . Na próxima quarta-feira, 16, às 19h, a cantora Maraisa A Dama do Forró lançará nas redes sociais e no seu canal do YouTube seu primeiro clipe da música “Na Balada com as Amigas”. Vamos conferir esse lançamento, assinado pelo produtor de vídeo, Diego DiSouza, tão aguardado e valorizar o talento sergipano. Sucesso Maraisa! . Aproveitaram o que há de melhor em Nova York, o advogado brilhante Marcio Conrado e a esposa Sandra, com os amigos, o anestesiologista Aloísio Vieira e Camila, o empresário Sergio Gama e Isadora, entre outros. A big apple é sempre um destino incrível em solo americano. . A advogada inteligente e alto astral Dianne Villas Boas vai completar 30 anos. A filha caçula do casal querido Jorge e Marta Villas Boas, vai brindar seu aniversário com animada festa com a família e amigos, dia 2 de novembro, às 15h30, no salão de festas do Condomínio Vila Verde. Anote o hashtag #didirepente30 . Viajados, sintonizados e leves, os queridos Paulo Filho e Suely Hagenbeck, que pilotam com os filhos e grande equipe a rede Casa Alemã, curtiram merecidas férias em Portugal.

JORNAL DA CIDADE

JORNAL DA CIDADE Ayres Britto critica Sérgio Moro

. Preocupado com a saúde dos sergipanos, o médico Francis Vinícius criou o Instituto que leva seu nome para trabalhar com medicina personalizada. Pensando nisso, promoverá o Vitta Experience no próximo dia 26. Este será um encontro de especialistas para ajudar pessoas a conquistar melhores escolhas para suas vidas. O evento contará com palestrantes de renome no segmento como Victor Sorrentino, Helen Bastos, Antônio Dantas, Mariana Sales, além do próprio Dr. Francis, claro! Mais informações no Instagram de @dr.francisvinicius . O cardiologista Sérgio Tavares tirou merecidas férias e foi com a esposa Marcela, aproveitar a temporada de relax na Espanha e Portugal. . Nesta segunda-feira, 14, o cantor Weliton Gordinho lança sua mais nova música de trabalho em todas as rádios e plataformas digitais. A aposta do cantor é o hit “Alô @”, dos compositores cearenses Kuildery Guerreiro e Rafinha. Natural do povoado Barrocas, em Simão Dias, Weliton vem se destacando como nova aposta do Arrocha em Sergipe. Sucesso! . Os ex-Big Brother Brasil, Adriana Santana e Rodrigão, estiveram em Aracaju no último dia 6 para participar do Met - Mente em Transformação, evento liderado pelas influenciadoras digitais Lívia Sampaio e Nayara Dantas. Autora do livro “Nunca foi Sorte”, Adriana ao lado do marido, contou com foi seu início de carreira, BBB e de como conseguiu se reinventar no mundo digital. Hoje, ela é mãe de um casal, empreendedora e dá palestras pelo Brasil todo. Em breve, mais uma edição do Met, que também contou com palestras de Lívia, Nay e Agamenon Filho. . É neste sábado, 12, na Associação de moradores do Parque Beira Rio, no Inácio Barbosa, o Dia das Crianças solidário com show da cantora Maysa Reis e uma programação bem especial para os pequenos. Este evento solidário foi idealizado pelo Berçário Nosso Ninho, inclusive, os ingressos estão sendo vendidos lá. Quem for deve levar 1kg de leite em pó para campanha do grupo Filhas de Maria. O evento começa as 15h e crianças até 12 aninhos não pagam ingresso.

Referência no meio jurídico nacional, o sergipano Carlos Ayres Britto entende que nos processos da Operação Lava Jato “houve ilegitimidade no proceder”. Entrevistado pela Globo News, o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal garantiu que “o devido processo legal não foi bem observado”. Quando questionado sobre o comportamento do então juiz federal e hoje ministro da Justiça, Sérgio Moro, o jurista Carlos Britto foi enfático: “O Judiciário não pode ser nascente, corrente e foz de um mesmo rio. Não pode fazer as três coisas ao mesmo tempo. E na operação Lava Jato houve a mistura das três coisas”. Mas há dois anos atrás, também na Rede Globo, Ayres Britto elogiava Sérgio Moro e a Lava Jato. Com essa, só bebendo um saboroso suco Maratá!

THAÏS BEZERRA

Política

Organizando

Se depender do empenho do ex-deputado José Carlos Machado, o DEM será o partido com maior capilaridade eleitoral. Ele tem conversado e tentado atrair diversas lideranças para fortalecer a sigla com vistas às eleições de 2020 e 2022.

O silêncio dos não escolhidos

Essa ausência dos que antes vinham se posicionando ativamente na política sergipana na condição de oposição nos últimos pleitos, a exemplo do grupo de Eduardo Amorim, André Moura, e dos Valadares; só mostra que, com a derrota de todos eles, houve uma ‘pane’ entre eles, e que também existiu um crescimento ou um processo de estruturação de uma ‘nova oposição’ vindo do segmento do senador Alessandro com o ex-vereador Dr. Emerson, Kitty Lima, e cia. Há de fato uma ligeira impressão de que esse grupo identifica esse vácuo e procura mostrar aos sergipanos eles como opções fortes para as próximas eleições...

Casa da mulher

A senadora Maria do Carmo recebeu, em seu gabinete,em Brasília, a deputada estadual Maria Mendonça e lhe assegurou atender ao pedido de destinar recursos de emenda para a construção da casa da mulher brasileira em Sergipe, cuja obra está orçada em aproximadamente $11 milhões. A senadora se comprometeu, de pronto, por considerar ser de suma importância preservar a vida das mulheres vítimas de violência, sobretudo, doméstica.

Garantia à vida

A deputada Maria Mendonça destacou a disponibilidade da senadora Maria do Carmo em abraçar a causa e ressaltou que garantir a construção da casa é assegurar dignidade, cidadania e segurança às mulheres em condição de vulnerabilidade.

Vice prega resistência

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) não esconde a preocupação com “a tentativa de desmontes dos direitos de milhões de brasileiros”. Embora de perfil moderado, a petista

3

defende que todos se unam “nas trincheiras da resistência” para lutar contra o retrocesso arquitetado pelo governo federal. Ao participar da Conferência Estadual da Assistência Social de Sergipe, Eliane afirmou ser preciso pensar nas crianças e adolescentes, nas mulheres, no público LGBTQI+ e nas pessoas com deficiência. Segundo a vice-governadora de Sergipe, são os assistentes sociais que têm a missão de construir para todos e todas. Então, mãos à obra galera!

Em vez de cargo, encargos

Desde que tomou posse, o novo superintendente do Incra em Sergipe, Udo Gabriel Vasconcellos Silva, tenta diminuir o tamanho da grave crise do órgão. Com o quadro de pessoal reduzidíssimo, devido as aposentadorias de vários técnicos, Udo Gabriel se desdobra para dar conta da missão. Já na próxima segunda-feira, o homem irá à Brasília pedir socorro à chefia do Incra. Vai pedir a liberação urgente de recursos para honrar dívidas com fornecedores e prestadores de serviço. Ao que parece, os projetos de reforma agrária ficarão engavetados até o superintendente conseguir sanear as finanças e resolver parte dos problemas internos. Pelo visto, tá mais fácil tirar leite de pedra!

Prefeito Beto Caju entre os melhores

E quem está feliz da vida é o prefeito de Carmópolis, Alberto Narcizo da Cruz Neto, o “Beto Caju” (SD). É que a União das Forças Jovens de Sergipe (UFJS) o incluiu entre os homenageados com o prêmio “Melhor dos Melhores”. Ao ser informado da boa nova por Augusto Júnior, presidente da UFJS, “Beto Caju” disse ter ficado muito satisfeito em saber que, “apesar das dificuldades enfrentadas pela administração municipal, estamos no caminho certo”. Criado há quase 20 anos, o prêmio visa homenagear pessoas e empresas que contribuem para o desenvolvimento de Sergipe. Bola branquíssima pra “Beto Caju”!

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

DESEMBARGADOR RUY PINHEIRO - O brilhante desembargador Ruy Pinheiro participou da palestra ocorrida semana passada no hotel Radisson com a presenca do vice presidente da República General Mourão, onde foi debatida para a seleta platéia de empresários de Sergipe, a situação econômica do Brasil. No debate envolvendo os senadores Rogerio Carvalho e Alessandro Vieira, o desembargador Ruy Pinheiro participou falando sobre a lei da Mordaça que procurava inibir o Ministério Público e o Judiciário a só investigar autoridades políticas se existisse prova. E destaca Ruy: “Como todos nós sabemos, a investigação se inicia sem saber como ela termina. Com muita percuciência fiz a crítica da referida lei dizendo de forma subliminar que os politicos tinha medo de serem investigados e de pronto eu disse nos debates que não tinha medo de ser investigado por ninguém.” “Disse ainda que o povo brasileiro está cansado de pagar impostos e não vê esses impostos serem revertidos em prol da população, beneficiando saúde e educação, porque os impostos eram desviados em prol da classe política, caracterizando improbidade adminstrativa que é o mal que aflige todo o país.” E concluiu o desembargador: “Lamentável que a classe política não queira passar o Brasil a limpo que é o desejo de todos os brasileiros.”

MEDALHA - O ex-governador Albano Franco recebeu essa semana, das mãos do Presidente da Assembleia legislativa, Deputado Luciano Bispo, a medalha pelos 30 anos da Constituição de Sergipe, por fazer um importante trabalho como gestor público e parlamentar, no seu Estado. O meu dileto amigo Albano, é o nome que abre portas e melhor representa Sergipe no mundo político no Brasil, e que ficou agradecido pela homenagem do poder legislativo. Foi uma solenidade bastante prestigiada. TB registra o significativo momento, do presidente da Alese Luciano Bispo com o homenageado Albano Franco. Foto Sérgio Silva NOVO JUIZ DO TRE - O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, no uso da atribuição que lhe confere a Constituição, através de Processo do Ministério da Justiça, nomeou Raymundo Almeida Neto, para compor o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, no cargo de Juiz Titular. O desembargador José dos Anjos, presidente do TRE/SE, convida para a sessão solene de posse de Raymundo Almeida, como Juiz membro da Corte na classe jurista. A solenidade será realizada dia 16 de outubro, quarta-feira próxima, às 14h, no auditório do TRE/SE, no Centro Administrativo Governador Augusto Franco. TB parabeniza o querido amigo pela importante conquista profissional.

Mais uma obra desejada I

O Canal do Sertão que passou a ser denominado Canal do Xingó, por várias vezes e por vários momentos já houveram infinitas discussões em prol da sua construção da saída da cidade de Paulo Afonso, até a Bahia, chegando até o estado de Sergipe. Como sabemos, essa obra não acontece, enquanto que no estado de Alagoas já está com 70% do Canal adiantado.

Mais uma obra desejada II

A informação que temos, é que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) não têm recurso para finalizar o projeto, muito menos para a construção. O esforço e somação da nossa bancada sergipana deveria exigir do Governo Federal a locação de recursos para a Codevasf, e assim ser feita a elaboração do projeto e termos por fim uma luz no fim do túnel para a tão esperada construção do Canal de Xingó em Sergipe. Será que ainda podemos sonhar com isso?

Sorrindo a toa

Depois de muita luta e cobrança, o vereador Fábio Meireles está sorrindo a toa com a assinatura de ordens de serviço em comunidades da zona norte. Para o parlamentar, que é morador da região, essas iniciativas geram uma nova esperança para os moradores que sempre foram invisíveis aos olhos do poder público.

Muvuca

Em São Cristóvão, a muvuca eleitoral tem sido grande. É muita gente de olho na sucessão do prefeito Marcos Santana. O capitão Samuel, por exemplo, ainda não sabe qual será o seu destino partidário, mas já mudou o seu domicílio para a vizinha cidade histórica.

Pré-candidato afia a língua

Pré-candidato a prefeito de Aracaju, o advogado Henri Clay Andrade (sem partido) exercita o improviso, lançando pesadas criticas na direção do governo federal. Segundo o causídico, a política econômica do governo Jair Bolsonaro (PSL) privilegia a supressão de direitos, o aumento do desemprego e da recessão. “São ações deliberadas que atingem os trabalhadores e os mais carentes. Vivemos o maior retrocesso social da história do Brasil”, discursa. Ex-presidente da OAB em Sergipe, Henri Clay entende ser preciso resistir ao avanço autoritário e defender as liberdades públicas e os direitos fundamentais das pessoas. Alguém aí pensa diferente?


4

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

THAÏS BEZERRA

JORNAL DA CIDADE THAÏS

Cintilar e acontecer estão na ordem do dia de TB. Vamos ao assunto. Aju é um baile com chuva ou com sol.

BODA HUANAE OLIVIER - Recebi o convite do casamento da lindona top model e digital influencer Huana Paula e o belo francês Olivier Castel. O casamento em Aracaju será dia 9 de novembro, às 16h, no Condomínio Morada da Praia 2, no Mosqueiro. Cerimônia e recepção no mesmo local. A badalada boda promete ser de muito astral, como é o casal, que mora na França. TB já confirmou presença! BLOCO POR AMOR AO IATE 2020 - O cantor baiano e cidadão aracajuano por merecimento, Netinho, estará de volta a Aracaju para comandar pela segunda vez consecutiva o Bloco Por Amor ao Iate. A folia acontece no sábado, 08 de fevereiro, a partir das 15h, partindo da sede do Iate Clube, seguindo pela Avenida Beira Mar e retornando ao clube. O lançamento oficial do bloco acontecerá dia 07 dezembro, a partir das 13h, no salão nobre do clube, com as bandas Cajurioca, Axé Vinil e Batifun. Prepare o fôlego, porque se o esquenta vai ser bom, imagine o Bloco! BAHIA E SERGIPE UNIDOS NA LITERATURA, EDUCAÇÃO E MEDICINA - Vai acontecer em Aracaju iniciando nesta quarta-feira, 16, a 2º Reunião de Instituições Científicas e Culturais da Bahia e Sergipe, promovida pela Academia Sergipana de Medicina, Academia Sergipana de Letras, Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Sobrames Sergipe e a Academia Brasileira Rotária de Letras – Seccional Bahia. No evento ocorrerão conferências, mesas-redondas, lançamento de livros, sarau musical e no encerramento, dia 18, os participantes vindos da Bahia e seus confrades sergipanos vão se encontrar na Festa do Médico que acontecerá no Iate Clube de Aracaju, promovida pela Sociedade Médica de Sergipe. SARAU E NOVOS LIVROS NA PRAÇA - A primeira atividade será o Sarau Tributo Ismar Barreto, que vai acontecer no Café do Museu da Gente Sergipana, promovido pela Sobrames, em 16 de outubro, a partir das 19h30, para convidados e venda de ingressos na portaria. No dia seguinte , 17, manhã e tarde, começam as atividades literárias e de homenagens, `que acontecerão no auditório da SOMESE, culminando com o lançamento do livro “A vida é um trio elétrico”, de Claudefranklin Monteiro e instalação da Comissão para avaliação e instalação da Academia Sergipana de Educação.

MUSEU DA GENTE - No final da tarde, da quinta-feira, a partir das 17h, os acadêmicos sergipanos e baianos visitam o Museu da Gente e participam depois de uma sessão literária – Café com Letras – com o lançamento da terceira antologia da Sobrames Sergipe, intitulada SENTIDOS, que conta com a organização do médico e escritor Lúcio Prado Dias. No dia seguinte, 18 de outubro – na parte da manhã, no auditório da Somese, será instalada a seccional Sergipe da Academia Brasileira Rotária de Letras, com a divulgação do quadro acadêmico composto de 22 patronos e seus respectivos ocupantes das cadeiras. EVENTO NA SOMESE - O renomado médico João Macedo, vibrando com a notícia que o companheiro rotariano Paulo Pereira, Governador atual do Distrito 4391 do Rotary Internacional, e sua esposa Dora, e o futuro Governador, companheiro Luiz Cruz e a esposa Yara, estarão presentes na solenidade de instalação da ABROL - ACADEMIA BRASILEIRA ROTÁRIA DE LETRAS de Sergipe. na próxima sexta-feira, dia 18, às 09h, da manhã, no Auditório da SOMESE. TB honrada e feliz será a Mestre de Cerimônia. NUTEMPO DANCE - Residência Artística na Nutempo Dance Company com Everaldo Pereira, às19h, do dia 26/10 com aulas de Contemporâneo, Afro Contemporâneo, Ballet Clássico, Composição Coreográfica, Repertório da Cia, Performance na Praia, Performance de Abertura com os bailarinos da Cia, Performance de Encerramento com todos os participantes e café da manhã incluído. NESTE DOMINGO GONZAGUINHA NO TTB - O espetáculo ‘Gonzaguinha: o eterno aprendiz’, será apresentado no Teatro Tobias Barret, neste domingo, 13, às 20h. É uma versão poética da vida e da obra do cantor e compositor Gonzaguinha em única apresentação. O musical conta a história de um dos maiores compositores e intérpretes brasileiros, com o intuito de preservar a memória desse ícone da MPB. No palco, - um ator, três cantores e cinco instrumentistas - em uma banda, fazem brilhar ainda mais a obra de Gonzaguinha que deixou um legado de músicas belíssimas e letras inteligentes que marcam gerações. Imperdível!! EXOTIC ESSENCE - A pole dancer e empresária Camila Bomfim está em São Paulo para participar do curso intensivo de Exotic Pole, ministrado pela referência nacional na modalidade, Karina Dias. O Exotic Pole é diretamente relacionado aos pole dancers russos e suas incríveis técnicas de flexibilidade e força. Tendo como característica o uso de salto alto, o estilo tem como principal foco a técnica e a fluidez, trabalhando com movimentos lineares em médio e baixo plano – principalmente floorworks, giros, handstands. Em Aracaju, a modalidade é ofertada no Camila Bomfim Studio.

THAÏS BEZERRA

ARACAJU, 12 A 14 DE OUTUBRO DE 2019

18 ANOS DA LOIRA LINDA LARA BARRETO

Acontecendo OUTUBRO ROSA - O conceituado médico mastologista Dr. Maurício Resende, destacado não só em Sergipe, como nos Estados Unidos e Europa, declarou nas redes sociais sobre a satisfação de fazer parte do IEO Milão, importante evento da mastologia mundial, renovando conhecimentos na Itália. O Instituto Europeu de Oncologia (IEO), um dos grandes centros do mundo em mastologia, recebeu profissionais de várias países, junto com alunos e ex-alunos para uma visita e atividades no centro cirúrgico. TB registra e parabeniza o amigo!

JORNAL DA CIDADE BEZERRA

Com elegância, emoção e muito amor, foi realizada na noite da sexta-feira de 4 de outubro a comemoração do aniversário de 18 anos da loira linda Lara Barreto, filha do querido e sintonizado casal Ricardo e Mara Barreto e irmã do gato Danilo Barreto. A recepção realizada na Mansão Terrazzo Verdetto foi sofisticada e bastante prestigiada por familiares e muitos amigos. Lara estava exuberante e muito feliz. A festa nos surpreendeu com o belo discurso poético de seu pai Ricardo Barreto para a aniversariante e com o alto astral de todos os presentes. Com um impecável cerimonial de Sônia Maciel, uma linda decoração de Maria de Lourdes da Dom de Festas, um maravilhoso serviço de Anna Buffet, um bolo original assinado por Simone Mota, ao som do espetáculo da DJ Lôra, a magia da festa foi marcada pelo encontro de gerações, tudo registrado pela competência do trabalho da fotógrafa Norma de Paula. TB registra a vibrante e linda comemoração com uma energia incrível de amor e alegria! O amor entre o pai Ricardo Barreto, Lara e sua mãe Mara

CAETANO E LULA RIBEIRO - “Um nome que lembra música, que lembra mar, abraço, saudade, afago. Lula que é Ribeiro mas é do mundo, que coleciona amigos por todas as fronteiras, que distribui olhares e ternura e divide seu tempo por quantos brasis existam para olhar seu canto e abraçar seu sorriso, porque o amor é sempre assim. Esse carinho do Mestre Caetano me representa. Todos somos Lula Ribeiro. O Embaixador da nossa Música. (Texto de Jorge Lins). TB registra esse encontro especial semana passada em BH onde meu amigo Lulete foi recebido pelo amigo de longa data, o ícone da MPB Caetano Veloso, no camarim, após show na capital mineira.

DESTAQUE Umas & Outras E tem mais novivas em Sergipe Del Rey. TB 40 ANOS de muita informação, boas notícias, registrando tudo e todos.

A linda aniversariante Lara Barreto com seu vestido exuberante

A alegria contagiante de Lara

& Viajaram em clima de lua de mel para a França, o empresário Pedrinho Mendonca e a esposa Yzelia, para celebrar 25 anos de casados. Foram brindar as Bodas de Prata com os melhores vinhos em cidades francesas. Viva o amor! & O atleta sergipano Marcó Almeida, participou do Iron Man em Barcelona, e brilhou entre centenas de participantes do mundo inteiro. Para orgulho da esposa Lulu Souto e familiares, e de seus pais Marco Antônio e Gina Almeida. & Sempre de bem com a vida, a querida Noélia Diniz e a amiga Dileide Aragão foram para Santa Catarina vivenciar uma experiência incrível. Participaram do Cicloturismo no Vale Europeu Catarinense. Depois esticaram a Blumenau para conhecer a famosa October Fest. Tintin!! & Curtindo a Europa as lindas irmãs advogadas Gabriela e Ana Carolina Luduvice, na companhia do noivo Daniel Lima, que pilota a Castelar Viagens. Vinte dias maravilhosos entre Londres, Amsterdã, Paris e Lisboa, onde foram prestigiar o casamento de Sara Luduvice e Carlos Manuel na famosa Quinta da Pacheca.

Linda decoração da festa

Lara e sua querida avó Ceiça Barreto

O avô Francisco, a avó Augusta, Mara, Lara, Ricardo, a avó Ceiça e Danilo

A avó Augusta, Mara, Lara e Ricardo em seu belo discurso

Os tios-avós Dr.Todt e dona Nicinha

Lara, o irmão e os primos queridos

Tio João, Lara e tia Célia

Lara e a tia Maria Tereza

Lara e a tia Martha

Tio Paulo, Lara e tia Valéria

Tio Guto, Lara e tia Karla

Tio Marcelo, Lara e tia Vânia

& Também em Portugal essa semana, alguns amigos de Henrique Britto e Gabi Prado, que casaram em um resort na cidade de Albufeira, ba bela região do Algarve. Foram participar da cerimônia, Valadares Filho, André Gentil, Jefison Chagas, Henrique Cardoso, Emanoela Sobral, Gucha Maia, entre outros. TB deseja felicidades ao new casal! & O afinado casal Marlon Abreu e Bete curtindo dias especiais na Itália. Encontraram por lá com a amiga sergipana Maria Helena Faro e a filha Ana Helena, em férias na bela região de Puglia. & A coluna envia os pêsames aos familiares do querido Euler Prado Ribeiro, que desencarnou essa semana. Meus sentimentos aos irmãos Maximino Ribeiro, Bete Rolemberg, Cristiano Ribeiro, Lili Sobral e Ana Clara Ribeiro Ramos, e demais familiares. Que ele descanse em paz! & Amigas estiveram juntas essa semana em um animado almoço no restaurante Sollo, na quarta-feira, 09, para cantar os parabéns para Fátima Silva. Participaram Lucércia Oliveira, Clauteniz Oliveira, Cláudia Traversa, Rita Campos, Célia Maynard, Antonieta Cabral, Guida Schuster, Kátia Bravo, entre outras. TB envia um beijo para a querida aniversariante. & A linda Madiane Dias, que faz arquitetura em São Paulo, passou alguns dias em Aju city para matar a saudade da família e dos amigos. Reencontrou a mãe Anaceli Melo que está morando em Portugal com o marido Mozart Santos. & Tudo lindo no batizado de Antônio Jorge Neto, filho de Paulinha Prudente e Gabriel Santana. A linda decoração foi capitaneada por Paula Monteiro, que cuidou dos mínimos detalhes do brunch. Os padrinhos Tininha e Fábio Ribas estavam super felizes.

Instituto Salto Quântico em mais um evento da ONU! A organização fundada e presidida pelo líder espiritual Benjamin Teixeira de Aguiar, por ter status consultivo especial no Conselho Econômico e Social da ONU, participará da gigante conferência mundial a ser realizada em março de 2020, a CSW64 (Commission on the Status of Women), que, nesta edição, versará sobre direito das mulheres e igualdade de gênero. Nela também serão celebrados os 25 anos da Declaração de Pequim. O documento de participação do ISQ já foi psicografado por Benjamin e contém as sugestões dos Espíritos Eugênia-Aspásia e Matheus-Anacleto sobre a delicada e tão relevante temática. A versão em inglês está sendo providenciada pelos ultracapazes dirigentes do departamento de tradução do ISQ, Izabelle Trag e Marcone Vieira, ambos residentes nos Estados Unidos e componentes do Quantum Leap Institute, o núcleo da Instituição em terras de Tio Sam. De Aracaju para o mundo! Quem mora na nossa capital sergipana não pode deixar de ir às palestras do conferencista internacional – neste domingo, 13/10, no Comfort Hotel, às 19h.

& Casais amigos estão aproveitando uma bela viagem pelo sul da França. Sergio Melo e Selma Duarte, Francisco Barreto e Iracema, Francisco e Lélia Franco, curtem as pequenas cidades e brindam a vida com bons vinhos. & Guilherme Bevilaqua e Mariana Carvalho estão explorando a Espanha. Mais uma lua de mel pra conta, mas desta vez, ficam mais saudosos do Brasil, pois a pequena Maria não foi, ficou com os avós. & A conceituada odontóloga Elaine Campos participou essa semana do 12º Congresso Internacional ABOR no Rio de Janeiro. Elaine é a representante de Sergipe na homenagem do prêmio Top da Ortodontia Brasileira. O trabalho de Elaine com um portador de Síndrome de Down, será publicado para o mundo inteiro conhecer, na maior revista Científica da Ortodontia Mundial. O marido João Fontes estava presente no evento e ficou emocionado. Orgulho para todos nós! Parabéns Elaine! & A bela advogada Yandra Barreto e o amado, o médico Gustavo Cardoso curtiram dias especiais no Rock in Rio, no último final de semana. Estão cada dia mais apaixonados.

5

Profile for LUKY COMUNICAÇÃO

JORNAL_DA_CIDADE_AJU_12_10_2019  

JORNAL_DA_CIDADE_AJU_12_10_2019  

Advertisement