Page 1

ANP DIVULGA EDITAL DA 5ª RODADA DE PARTILHA DO PETRÓLEO PAINEL - PÁGINA 3

| ESTADO DO RIO DE JANEIRO | SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 20 18 | ANO LXX X | Nº 3 4.741 | 201 LXXX 34 Pedro Conforte

Pedro Conforte

CELULAR GANHA ESPAÇO NAS COMPRAS ONLINE

TERCEIRA IDADE BRILHA E SOLTA A VOZ

PÁGINA 8

PÁGINA 8

MP EXIGE MELHOR ATENDIMENTO PÚBLICO DA SAÚDE NA REGIÃO DOS LAGOS PÁGINA 6

FEIRAS DE MACAÉ VENDEM 90% DOS PRODUTOS SEM AGROTÓXICOS PÁGINA 6

R$ 1 ,25 | 1,25

CARROS COM GNV PODEM FICAR ISENTOS DE VISTORIA Veículos passariam apenas pela verificação anual do próprio combustível, que passou a ser mais rigorosa há alguns anos e a checar vários itens. Permissão depende da sanção do Pezão. P.5 Marcello Almo

DEPUTADO ESTADUAL E ASSESSORES SÃO ASSALTADOS EM ITABORAÍ PÁGINA 4

DIA DO BASTA TEM VÁRIOS PROTESTOS DE CATEGORIAS EM NITERÓI PÁGINA 5

ESPORTES

APÓS DERROTAS, FLAMENGO COMEÇA A FICAR COM CORDA NO PESCOÇO

Divulgação

Divulgação

GUERRA DO TRÁFICO EM NITERÓI FAZ MAIS UMA VÍTIMA Um dia após a polícia realizar uma megaoperação em mais duas comunidades da cidade, uma pessoa é assassinada na frente de uma creche do Morro do Palácio, no Ingá. Lá, bandidos fugiram de agentes pela Boa Viagem, roubando carros, na quinta-feira. P.4

Resultados ruins estão colocando pressão na equipe e no presidente, que não é mais unanimidade no clube. P.12

FECHAMENTO 23:00 ACOMP ANHA A EDIÇÃO Agência Brasil ACOMPANHA


2

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Fundado em 26 Novembro de 1936 A TRIBUNA é uma publicação da Editora Esquema Ltda CNPJ: 30.108.948/0001-26 Diretoria Diretoria: Jourdan Amóra Eva de Lourdes Santana Amóra Gustavo Santana Amóra Editor: Gabriel Felice

www.atribunarj.com.br

ADJORI-RJ Representante Comercial Brasília: Central de Comunicação - SCS QD. 02 BL."D" Ed. Oscar Niemayer S/ 1002, CEP 70316-900 . Fone/Fax: (61) 3323-4701. brasilia@centralcomunicacao.com.br

EDITORIAL DEPOIS DA POLÍTICA, A JUSTIÇA... A classe política há muito perdeu o respeito dos brasileiros e o processo de desacreditação dos nossos Poderes está crescendo. Agora é o comportamento do Judiciário, especialmente da maioria dos ministros do STF, que está levando a sociedade brasileira a se sentir frustada com as nódoas que atingem o Poder que representava a nossa mais sagrada referência. Aplaudida pelas decisões reveladoras da corrupção de ministros do Governo, senadores, governadores, deputados, prefeitos e empresários, a nossa Justiça só traduziu uma condenação concreta, a do ex-presidente Luis Ignácio Lula da Silva, entre os grandes políticos, e alguns peixinhos menores. Para macular a Justiça ajeitaram um auxílio-moradia para os magistrados, no montante de R$ 4,5 mil, que pode ser acumulado se marido e mulher forem igualmente membros do Judiciário. Foi uma injustiça gritante porque os bem remunerados magistrados têm a missão de julgar ações como a de pretendentes do programa “Minha Casa, Minha Vida”, que invadem os conjuntos residenciais quando há atraso na sua entrega ou para retomar imóveis de assalariados desempregados que não conseguem manter seus compromissos. O ministro Lewandowski saiu em defesa do aumento do teto de vencimentos dos magistrados, alegando ter havido uma defasagem com a falta de majorações durante dois anos. Esqueceu-se do efeito cascata da majoração, numa época em que os cofres públicos estão arrombados. Para justificar o aumento de vencimentos, ele esqueceu que o auxilio-moradia representa um acréscimo significativo nas despesas públicas e do dever de todos em apertar o cinto, especialmente os que estão nos níveis mais elevados de renda, na nossa sociedade. Alega o ministro que as ações do STF geraram um retorno de R$ 1,09 bilhão aos cofres da Petrobras, enquanto os gastos com o STF subirão “apenas” R$ 2 bilhões em 2019. O feito do STF é a conquista de uma Mega-Sena, mas um dever de ofício. Candidatos a Presidente falam na necessidade de promover mudanças no STF, especialmente quanto à formação dos seus quadros. Não estamos bem na fita do conceito internacional diante da ampliação da nossa crise econômica e ética.

CÉLIO JUNGER VIDAURRE

JUDICIÁRIO EM QUEDA Nesse prende e solta exercido pelos magistrados brasileiros, nossa justiça ficou abalada e, por que não dizer, desacreditada, após esses últimos acontecimentos ocorridos com petistas condenados em segunda instância. Três desembargadores do TRF-4 julgaram e condenaram Lula por corrupção e lavagem de dinheiro, ou seja, confirmaram o que Sergio Moro havia decidido. O desembargador, “petista de carteirinha” carteirinha”, Rogério Favreto, determinou a soltura do ex-presidente, porém, o presidente do TRF-4, Carlos Thompson Flores, manteve o ex-presidente na cadeia. Os deputados articuladores da “tramóia” “tramóia”, Wadih Damous e Paulo Pimenta, ficaram “jogando conversa fora” fora”, a seguir. O desprestígio que está sendo levado nosso judiciário é tão alarmante, pois, até na Côrte Maior, há ministros que não trazem qualquer credibilidade para se ter a unanimidade tão desejada e necessária, teve desfecho lógico e justo pois ladrão que é ladrão, seu lugar é na prisão e, assim, Lula continua preso. Na verdade, não há mais tranquilidade no povo brasileiro com essa justiça que nos representa. Não se pode concordar que os pobres aguardem seus crimes presos, enquanto os políticos corruptos e corruptores com advogados famosos, pagos com dinheiro roubado, são soltos em séries. Será que os 11 ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal ainda não deram pela coisa? Será que eles não sabem o que a população pensa sobre suas decisões? As aberrações nos julgamentos são tão patentes que, depois da operação Fatura Exposta com a prisão de Sergio Côrtes e outros, a roubalheira no setor da saúde e no INTO nunca parou, como se viu ultimamente com mais de 20 prisões. Todavia, todos estão de “orelhas em pé”

aguardando o que Gilmar Mendes irá fazer depois que já foi solto o Dr. Côrtes. Vê-se que, urgentemente, há necessidade de criar mecanismos que modifiquem esse modelo para a indicação dos ministros do STF, com período de mandato razoável para esses privilegiados julgadores que ficam poderosos infinitamente. Não dá mais para aturar Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e esse Marco Aurélio Mello até chegarem aos 75 anos. É tempo demais para decepcionar toda nossa gente. Esses ministros retratam o desânimo encontrado naqueles que ainda acreditam no judiciário. Hoje nada esperam. Se aquela antiga história de que “o poder emana do povo” fosse realmente verdadeira, jamais continuaríamos com esses julgadores do STF, pois, claro, tivesse a população um mínimo de poder, Lewandowski, Gilmar, Toffoli, Marco Aurélio e Favreto, por cento, estariam em escritórios de advocacia para sobreviverem dignamente. A sorte desses caras é que o brasileiro é passivo, alienado, indiferente e acomodado. Faltando pouco, muito pouco para o próximo pleito eleitoral, não se vê qualquer atitude nas ruas para se ter uma mudança, a tão esperada mudança. Aliás, com os candidatos apresentados nada se pode esperar. A coisa está feia. O judiciário brasileiro demanda certamente de profundas reflexões. Essa situação deprimente do prende e solta na justiça, está trazendo um desalento terrível não só na classe jurídica como na sociedade em geral, pois, o lugar de ladrões da saúde, o lugar dos ladrões da Petrobrás, o lugar dos ladrões da CEF, do BB, dos deputados, Prefeitos, Senadores, Governadores e Ministros ladrões, é na cadeia. A credibilidade do judiciário deverá, e muito, melhorar.

A paciência não pode ter limite! Célio Junger Vidaurre é advogado e cronista político. Publica seus artigos em 11 jornais diários e 16 semanários.

Endereço Endereço: Rua Professor Heitor Carrilho, 350F, Centro, Niterói - RJ - Cep: 24.030-230

Assinatura: assinaturaatribuna@gmail.com Trimestral ........................................................................ R$ 78,75 Semestral ....................................................................... R$ 157,50 Anual ............................................................................... R$ 315,00 Publicidade: publicidade@atribunarj.com.br Telef ones: (021) 2719-1886 / 2621-4986 elefones:

Setrab divulga 1.978 vagas de emprego

Divulgação

SALÁRIO que podem chegar até R$ 5 mil. São para ambos os sexos. São 593 colocações para deficientes

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab) e do Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ), informa a existência de 1.978 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. Com exigência de formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo e com Salários que podem chegar até R$ 5 mil. São para ambos os sexos. São 593 colocações para deficientes. A Capital tem 733 vagas, sendo 80 para Balconista, 70 para Motorista de Ônibus Urbano, 60 para Operador de Telemarketing, 60 para Atendente de Loja, 60 para Operador de Telemarketing Receptivo, 43 para Frentista, 40 para Cuidador de Idosos, 30 para Repositor em Supermercados, 30 para Operador de Telemarketing Ativo, 27 para Vendedor Interno, 22 para Copei-

ro, 21 para Repositor, 20 para Técnico de Enfermagem, 20 para Fiscal de Loja, 20 para Operador De Caixa, 20 para Supervisor de Telemarketing, 15 para Vendedor de Serviços, 15 para Motorista de Kombi, 10 para Açougueiro, 10 para Vendedor no Comércio de Mercadorias, (10) para Vendedor de Serviços, entre outras. A Região Serrana tem 25 oportunidades. No Médio Paraíba são 617 vagas, sendo 600 para Operador de atendimento receptivo (Telemarketing), em Volta Redonda. Entre as vagas para deficientes estão 118 para Empacotador, 101 para Repositor, 70 para Atendente de Lanchonete, 48 para Operador de Caixa, 40 para Operador de Loja, 38 para Auxiliar de Limpeza, 37 para Ajudante de Cozinha, 21 para Operador de Vendas, 15 para Servente de Limpeza e 12 para Operador de Ven-

das (Loja), entre outras. É importante salientar que as unidades do Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ) não recebem currículos e que a inscrição para se candidatar às vagas coletadas pela secretaria têm que ser cadastradas nos postos Sine/Setrab ou no site maisemprego.mte.gov.br. A secretaria também mantém em seu site o PDF com a distribuição de chances existentes por região e função. Ao se dirigir a uma unidade Sine/ Setrab para se candidatar a uma vaga, o trabalhador deve verificar se o perfil que tem cadastrado no sistema é compatível com a oportunidade existente. Caso tenha interesse em ocupar alguma outra função que não esteja registrada em sua ficha, peça ao atendente a orientação de como poderá concorrer a outras chances que se encontrem à disposição.

Qualificação para o mercado de trabalho

Uma parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SenacRJ) está criando mais oportunidades de qualificação profissional para jovens de colégios estaduais. 'Atualmente, cerca de 200 alunos de cinco unidades escolares da rede, localizadas em áreas de vulnerabilidade social, já começaram a receber as primeiras orientações sobre como estreitar sua relação com o mercado de trabalho. As atividades, direcionadas a jovens de 16 a 21 anos, serão ministradas por instrutores do Senac, no

contraturno das aulas, de segunda a sexta-feira', informou o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer. O curso de ‘Auxiliar de Operações em Logística’ será oferecido no Ciep 198 – Professora Roza Ferreira de Mattos, em Duque de Caxias (Prainha) e também no Caic Euclides da Cunha, no Rio de Janeiro (Rio das Pedras). Ainda na capital, no bairro Bonsucesso, o Colégio Estadual João Borges de Moraes (Complexo da Maré) e o Colégio Estadual Olga Benário Prestes (Complexo do Alemão) oferecerão o curso de ‘Assistente de Logística’, com carga horá-

Cartas SITUAÇÃO RUIM Na Rua Professor Jurenil Andrade Costa, no bairro Maravista não há calçamento e a coleta de lixo é irregular. Pagamos nossos impostos e somos submetidos a estas situações. Gostaríamos de ver a prefeitura investir um pouco na nossa região. Bianca Coutinho

ria de 200h. No bairro São Conrado, o Ciep 303 – Ayrton Senna da Silva (Rocinha) está iniciando as aulas do curso de ‘Auxiliar Administrativo’. Nos cursos de ‘Auxiliar de Operações em Logística’ e de ‘Auxiliar Administrativo’, o diferencial será a carga horária ampliada, de 368h. Para essas áreas, os alunos também terão acesso a mais 180 horas de estudos no Módulo Portal do Futuro, que visa prepará-los para a primeira experiência profissional e para que sejam agentes de transformação social, e outras 28 horas de vivência, que são atividades práticas em polos do Senac.


3

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

PAINEL

painel@atribunarj.com.br

ENCONTRO COM EMPRESÁRIOS

ANP DIVULGA EDITAL DA 5ª RODADA DE PARTILHA DO PETRÓLEO A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou ontem o edital com as regras da 5ª Rodada de Licitações de Partilha de Produção de petróleo e gás. O documento, publicado no Diário Oficial da União, traz também os procedimentos da rodada e os modelos de contrato de partilha. A 5ª rodada acontecerá em 28 de setembro, quando serão ofertados os blocos de Saturno, Titã e Pau-Brasil, na Bacia de Santos, e Sudoeste de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos. Todos são localizados em áreas de elevado potencial no polígono do pré-sal. A Petrobras só demonstrou interesse em atuar como operadora em Tartaruga Verde, logo, nesse bloco, outros interessados poderão disputar participação em apenas 70% da área. As empresas terão até o próximo dia 27 para entregar os documentos de manifestação de interesse e de qualificação e para pagar a taxa de participação. Até 13 de setembro, terão que ser apresentadas as garantias de oferta. Os vencedores assinarão contratos até 26 de novembro deste ano. Na modalidade de partilha, são consideradas vencedoras as propostas que oferecerem o maior percentual de óleo para a União. O edital pode ser consultado no site da ANP. A ANP explicou que, conforme Resolução CNPE nº 11/2018, e por determinação do Ministério de Minas e Energia (MME), foram alterados os percentuais mínimos de excedente em óleo para a União das áreas de Saturno e Titã, em cumprimento à recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). O percentual mínimo de excedente em óleo de Saturno, que era de 9,56%, passou para 17,54%. O de Titã, inicialmente de 5,80%, será de 9,53%. Atendendo à legislação vigente, a Petrobras foi consultada após a alteração. Manifestou-se sobre o direito de preferência que lhe assiste em cada uma das áreas ofertadas e manteve participação obrigatória como operador com 30% apenas na área de Sudoeste de Tartaruga Verde.

A Caixa Econômica Federal lançou ontem o portal de apostas dos jogos de loterias na internet, o Loterias Online. A previsão é que no primeiro ano de funcio-

namento o portal provoque um aumento de 3% no volume total de apostas. De acordo com o banco, os lotéricos também receberão parte da receita das vendas online.

QUATRO MUNICÍPIOS TERÃO ELEIÇÕES SUPLEMENTARES Os municípios de Aperibé, Iguaba Grande, Laje do Muriaé e Mangaratiba realizarão eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice em 28 de outubro deste ano, mesmo dia do segundo turno das eleições gerais. A data foi definida

na última quarta-feira (8) pelo plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), ao aprovar, por meio de resolução, o calendário dos pleitos suplementares, fixando os prazos e regras do processo eleitoral.

CAFÉ ENTRE AMIGOS Ontem na tradicional Confeitaria Beira Mar, em Icaraí, estavam o deputado federal Áureo Lídio; Aleksander Santos, vice-presidente do Solidariedade; Guilherme Henrique Soares David, secretário de Indústria e Comércio de

No próximo dia 23, às 20h30min, haverá a estreia do documentário “Missão 115”, do cineasta Sílvio Darin, sobre presos políticos durante a ditadura militar brasileira. Após a exibição do filme haverá debate com a advogada Rosa Cardoso, que defendeu presos políticos nos anos 1970 e 1980 e o historiador Daniel Aarão Reis. O evento será na Reserva Cultural Niterói, na Avenida Visconde do Rio Branco, 880, no bairro de São Domingos. O ingresso custa R$ 31 e a meia entrada, R$ 15,50.

FEST PARTAGE O Shopping Partage, no Centro de São Gonçalo, promove até domingo o 2º Beer Fest Partage, festival de cervejas artesanais, com destaque para as conhecidas Oi, Fuzarca, Arariboia, Old School, Invocada e Dois Lados.O evento é comemorativo ao Dia dos Pais, é gratuito e acontece nos jardins do shopping, com início às 13h. O primeiro encontro com candidatos ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, organizado pela Fecomércio, será com o candidato Pedro Fernandes, do PDT (foto dir. com seu vice Dr. Julianelli). A Federação inicia nesta segunda-feira, dia 13, uma série de encontros entre os principais candidatos com empresários e representantes do setor. O candidato e seu vice também responderão a perguntas definidas previamente, com temas de relevância para o crescimento econômico do estado e para a sociedade de forma geral.

INCENTIVO AO SETOR DA BELEZA

APOSTA ONLINE

Guapimirim; e o presidente do DEM no município, Alexandre Raposo. No cardápio, um bate papo sobre a atual conjuntura política e as movimentações eleitorais da cidade. O encontro abordou também eleições de 2020.

MISSÃO 115 EM DEBATE

O Sebrae oferece em Niterói o curso “Atendimento e vendas para negócios da beleza”. A capacitação terá 12 horas de duração e será realizada em dois dias, esta segunda-feira e no dia 20. As inscri-

ções devem ser feitas pelos telefones: (21) 2622-3610 e 2622-3588, ou na sede do Sebrae/RJ em Niterói, na Rua General Andrade Neves, 31, Centro. O horário do curso é das 9h às 15h.

PEDALE POR UMA CAUSA

Nove municípios de três regiões brasileiras recebem, no próximo dia 26, a quarta edição do Pedale por uma Causa, passeio ciclístico organizado pela associação Amigos Múl-

tiplos pela Esclerose (AME). A ação visa dar visibilidade à esclerose múltipla, doença autoimune do sistema nervoso central que mais acomete jovens adultos no planeta.

SESSÕES MATINAIS

A Câmara Municipal de Niterói analisa projeto de resolução, apresentado na última quarta-feira pela Mesa Diretora, que transfere o horário das sessões plenárias – que atualmente ocorrem às terças, quartas e quintas-feiras, das 17h às 20h –

para o horário da manhã, das 9h às 12h, nos mesmos dias. A mudança valerá até o dia 5 de outubro. A medida é para que os vereadores que vão disputar eleições este ano – nove são candidatos – possam ter a tarde e a noite livres para fazer campanha.

HOJE NA HISTÓRIA - 11/08 1710- O capitão Jean François Duclerc, com cinco navios e mil homens, faz mais uma tentativa francesa de ocupar o território do Brasil, sendo repelido pela Fortaleza de Santa Cruz, o que o fez desembarcar em Guaratiba. 1744- Nasce no Porto, Tomáz Antonio Gonzaga. 1819 - Instalada a Vila Real da Praia Grande (Niterói) criada em 10 de maio do mesmo ano. 1827- Carta de lei cria os Cursos Jurídicos de Olinda e de São Paulo. 1937Criada a UNE. 1984- Maluf vence Andreazza e se torna candidato da Arena à Presidência da República. 1992- Em manifestação, em São Paulo, surgem os primeiro “cara-pintadas”, defendendo a renúncia de Collor. 2011- Assassinadapor PM´s, em Niterói, a Juiza de São Gonçalo, Patrícia Aciolly.

DÓLAR R$ 3,865/+1,64%

“Estamos entregando nosso petróleo a preço de banana” Para Waldeck Carneiro, Lei Kandir não beneficia Estado, que teria perdido R$ 50 bilhões em impostos Divulgação

WELLINGTON SERRANO

O deputado estadual Waldeck Carneiro (PT) visitou na última quinta-feira a redação de A TRIBUNA. Na ocasião, ele fez um balanço dos seus três anos e meio do primeiro mandato, que, como ele mesmo destacou, exercido “na legislatura mais complicada do Estado do Rio de Janeiro nos últimos 60 anos”, devido às crises nacional e estadual. Segundo ele, a ruptura democrática que o Brasil está vivendo e a crise do Estado específica do RJ fazem o cidadão fluminense viver duas crises ao mesmo tempo. “O país está entregando suas principais reservas de riqueza e potencialidades estratégicas ao capital internacional”, afirmou. No caso da economia do petróleo, o deputado disse que isso afeta diretamente o Rio de Janeiro: “nós produzimos cerca de 70% das reservas certificadas do óleo, somos o maior produtor de petróleo da Federação e já vinhamos sendo prejudicados antes deste quadro crítico que o Brasil vive, desde o golpe de 2016, por

MUDANÇA na política da Petrobras em relação ao setor naval foi outro baque na economia do país causa da Emenda Serra, que colocou o setor do petróleo e de energia como o único em que o ICMS é arrecadado no

destino e não na origem, no consumo e não na produção: isso é um desastre para o Rio”, lamentou.

Waldeck ressaltou que o Estado também sofre há quase 20 anos com a Lei Kandir. “Ela isenta do recolhimento de

ICMS os produtos exportados primários e semielaborados. O Rio de Janeiro já perdeu nesse tempo quase R$ 50 bilhões. Então, já tínhamos essas perdas acumuladas e agora temos nossos campos de exploração sendo entregues a preço de banana para petrolíferas internacionais: não fazem investimentos aqui e revendem os campos de exploração para acumular capital nas nossas costas”, afirmou Carneiro. Para o deputado, o Brasil volta a ser exportador de óleo bruto e começa a comprar os derivados importados do nosso próprio petróleo. “Enquanto nosso parque de refino está com quase um terço da sua capacidade ociosa. Isso é um baque muito grande na economia do estado”, ressaltou. Segundo ele, outro baque grande na economia do estado é a mudança completa da política da Petrobras em relação às encomendas do setor naval. “Desde 2003, o setor naval passou a ser acionado pela Petrobras, que recebeu a diretriz de fazer pelo menos dois terços de suas compras ao setor naval brasileiro: embarca-

ções de apoio, plataformas, sondas perfuratrizes, que na década de 90 foram compradas quase todas na Ásia: China, Cingapura, Filipinas e Coreia. É o chamado Conteúdo Local, que fez o crescimento dos estaleiros que hoje estão quebrando e prejudicando a economia do Rio, pois o governo ilegítimo de Temer voltou a fazer suas encomendas à indústria naval estrangeira”, realçou Waldeck. Ele ainda criticou a economia que a Petrobras fez no segundo trimestre do ano, com um lucro líquido de R$ 10,7 bilhões, alta de 45% em relação ao primeiro trimestre, quando o lucro foi de R$ 6,96 bilhões. “Lucro a que preço? Comprando plataformas mais baratas na China e gerando dezenas de milhares de desempregados no Brasil? Botijão de gás que custa quase 10% do salário-mínimo? É uma economia que não compensa, que exclui! Prefiro um lucro líquido menor, mas com os trabalhadores do setor naval empregados e sem que as famílias tenham que escolher se compram comida ou gás”, concluiu o deputado.

Romário e Delaroli debatem segurança com general interventor

Divulgação

WELLINGTON SERRANO

A segurança parece ser mesmo a ‘menina dos olhos’ dos futuros candidatos ao governo do Rio, tanto que o deputado federal Marcelo Delaroli (PR), candidato a vice-governador do Rio na chapa encabeçada por Romário (Podemos), saiu na frente e participou de uma reunião no gabinete do general Braga Netto, comandante da intervenção militar na segurança pública, nesta sexta-feira para tratar sobre a violência. Ao final do encontro, os candidatos da coligação “A força que vem do povo” (Podemos, PR, Rede e PPL) concederam entrevista a

jornalistas no saguão principal do Palácio Duque de Caxias. “Nossa reunião foi muito positiva, evidente que falta muito para restabelecer a paz, mas diante do que ouvimos e foi apresentado pelo general, temos certeza que é possível sim reduzir a violência. Não tem receita milagrosa, o caminho é fazer o Estado voltar a ter gestão eficiente no Executivo, investir em inteligência, planejamento e valorização dos bons policiais”, destacou Marcelo Delaroli. Ainda segundo o candidato a vice-governador, o general Braga Netto afirmou que o compromisso é chamar agora em outubro todos os concur-

sados homologados da PM em julho iniciaram treinamento no Cefap 400 de 1.381 candidatos - e que chamará também os aprovados da Seap. REUNIÃO Romário e Delaroli ouviram do general um panorama das ações da intervenção na cidade e o trabalho de treinamento de policiais que trabalham nas Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). "Saio daqui bastante entusiasmado com que a gente ouviu, eu e o Delaroli. Os resultados têm sido muito positivos, os índices de criminalidade caíram em vários segmentos. A continuação desse

trabalho é de grande relevância e vamos continuar, principalmente na inteligência e treinamento que o exército vem fazendo", disse Romário. Assim como o general Braga Netto, Romário e Delaroli acreditam não haver necessidade de prolongar a intervenção. Porém, defendem a manutenção do legado, integrando as Forças Armadas à Polícia Militar e Civil, principalmente na questão dos treinamentos. "O que falta no Rio de Janeiro é liderança. Os poderes paralelos têm que entender que quem manda no Rio de Janeiro é a polícia. O exército nessa intervenção tem sido bem claro nesse sentido", concluiu Romário.

DUPLA saiu confiante da reunião, crendo na redução da violência


4

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Júri condena a mais de 77 anos três acusados de aborto e morte Julgamento, que durou mais de 12 horas, encerrou crime de quatro anos no Rio Fotos: Divulgação

AUGUSTO AGUIAR

Começou na quinta-feira e só terminou na madrugada desta sexta, em mais de 12 horas, o julgamento de três dos acusados pela morte da auxiliar administrativa Jandira Magdalena dos Santos Cruz, que morreu após realizar um aborto em uma clínica clandestina na Zona Oeste do Rio, um dos casos do gênero que estarreceu a opinião pública há cerca de quatro anos. As penas de três dos dez acusados atingiram 77 anos e 6 meses de reclusão. Jandyra, que teve seu corpo esquartejado e carbonizado em 2014 após se submeter a um aborto na clínica clandestina em que os réus atuavam, foram condenados pelos jurados do 4º Tribunal do Júri do Rio. O falso médico Carlos Augusto Graça de Oliveira foi condenado a 26 anos e seis meses de reclusão pelos crimes de homicídio, aborto (três vezes, de Jandira e mais duas grávidas) e por formação de quadrilha. Rosemere Aparecida Ferreira, que gerenciava o grupo, fazia contato telefônico com as clientes e repartia dinheiro pela equipe, recebeu pena de 35 anos e 6 meses de prisão por homicídio, aborto (três vezes), destruição de cadáver e formação de quadrilha; e Vanusa Vais Balcine, que também comandava a quadrilha, foi condenada a 15 anos e 6 meses de reclusão por aborto seguido de morte, aborto (três

JANDIRA Magdalena realizou aborto em clínica clandestina na Zona Oeste

vezes), destruição de cadáver e formação de quadrilha. O juiz Gustavo Gomes Kalil, que presidiu a sessão, fixou o regime inicial fechado a todos os réus, que não poderão recorrer em liberdade. Na sentença, o magistrado destacou que a quadrilha era organizada e sofisticada, com complexa divisão de tarefas, operou durante anos no Rio e cobrava entre R$ 2 e R$ 5 mil por procedimento de aborto, recebendo em torno de R$ 1 milhão por mês. “O negócio explorava o desespero de mulheres que engravidavam e,

pelos mais variados motivos, recorriam a eles”, disse, ressaltando que não foram observadas regras de segurança médica básica para o procedimento. “Não havia médico, cirurgião, anestesista, centro de terapia intensiva”, ressaltou. Ele destacou ainda que a vítima tinha apenas 27 anos e deixou duas filhas, de 9 e de 12 anos. “A perda precoce e violenta da mãe causa indubitável prejuízo ao psiquismo das crianças, que se viram privadas para todo o sempre do precioso convívio materno, quando ainda estavam no ple-

ELIZÂNGELA passou por situação parecida em Niterói

no desenvolvimento de suas personalidades”, afirmou, citando ainda o sofrimento da mãe e do ex-marido da vítima. Em relação ao fato de o corpo de Jandira ter sido encontrado carbonizado, sem os membros superiores e inferiores e sem arcada dentária, o juiz ressaltou que o direito ao corpo é uma das facetas da dignidade da pessoa humana. “A vítima fatal não teve seu direito ao corpo respeitado nem após a morte. Uma mãe não pode velar o cadáver da própria filha”, finalizou, destacando que a ação de terem ateado fogo no

Jungmann: morte de Marielle pode ter motivação política Após afirmar que há “agentes públicos” e também “políticos” envolvidos na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), o ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta sexta que o crime pode ter sido motivado por disputas políticas e negociações para indicações a cargos públicos. Ele não citou nomes nem entrou em detalhes. “Quando você tem o envolvimento daqueles que detêm o poder, [eles] de fato têm uma capacidade de, digamos assim, uma resiliência e uma capacidade de mobilizar defesas ou mobilizar meios de resistir. Mas, não tenho a menor sombra de dúvida de que não há nada que impeça a intervenção e a equipe que lá está de denunciá-los, a todos", observou o ministro. Nas últimas horas, vieram à tona informações que três políticos presos no Rio, denunciados pela CPI das Milícias, também são investigados como suspeitos de participa-

Divulgação

MINISTRO afirmou que crime precisa ser elucidado

ção na morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes, em 14 de março deste ano. A polícia investiga se os eventuais mandantes do assassinato queriam enviar um recado na tentativa de conter o ativismo de Marielle Franco.

Jungmann evitou mencionar detalhes sobre as apurações. “Não vou comentar nomes para não atrapalhar o andamento das investigações. Mas temos envolvimento de agentes públicos e também de políticos”, disse o ministro, reiterando a complexidade das apurações.

“[É um crime] extremamente complexo que tem reflexos tanto dentro dos órgãos públicos, dos agentes públicos, mas também em termos políticos. Isso faz com que a elucidação do crime na sua totalidade, não apenas executores, mas também mandantes, tenha seu elevado grau de complexidade”. CRIME O ministro reiterou que a morte de Marielle e Anderson foi um “crime bárbaro” e que precisa ser elucidado. Amanhã, completa 150 dias dos assassinatos. Ambos foram mortos com tiros disparados contra o carro em que estavam, no bairro de Estácio, no centro do Rio, quando retornavam de um evento político-cultural. O assassinato de Marielle Franco é tratado por ativistas como execução e teve repercussão internacional. A mãe da vereadora, Marinete Silva, esteve com o papa Francisco no último dia 2. Ela entregou ao pontífice uma camiseta da filha morta e ganhou um terço bento.

Batalhão de SG tem novo comandante Divulgação

TENENTE-CORONEL André quer aproximar polícia da população

Com o objetivo de aproximar o 7º BPM (São Gonçalo) da população, nesta sexta-feira o tenente-coronel André Henrique assumiu o comando do batalhão da segunda cidade mais populosa do Estado. Em uma cerimônia durante a tarde ele recebeu o comando do coronel Marcos Lima, que está em São Gonçalo desde outubro do ano passado. Anteriormente, o novo 01 do batalhão de São Gonçalo esteve por dois anos e meio à frente do 25º BPM (Cabo Frio). O tenente-coronel Henrique também já teve passagens pela região: esteve à frente dos batalhões de Itaboraí e de Magé. O oficial já

atuou como subcomandante no batalhão de Itaboraí, ao lado do coronel Fernando Salema, ex-comandante do 7º BPM e do 12º BPM. Com a presença de políticos, oficiais da Polícia Militar e delegados da cidade, o oficial recebeu o comando do 7º BPM. Com mais de 1 milhão de habitantes (o mesmo número de pessoas que um país pequeno, como TimorLeste), São Gonçalo tem localidades com intensas ações do crime organizado, como o Salgueiro e Jardim Catarina. O novo comandante terá como desafio combater roubos a transeuntes e em coletivos, além do roubo de carga.

corpo e no carro em que foi encontrado em local aberto ao público ainda expôs outras pessoas a risco. O processo foi desmembrado em relação aos réus Carlos Antonio Júnior, Mônica Gomes Teixeira e Marcelo Eduardo de Medeiros, que ainda serão julgados. CASO SEMELHANTE EM NITERÓI ESTARRECEU A POPULAÇÃO Em setembro de 2014, cerca de um mês após a divulgação da ocorrência na Zona Oeste do Rio, outro caso semelhante chocou a opinião pú-

blica em Niterói, quando a dona de casa Elizângela Barbosa, de 32 anos, morreu ao se submeter a um aborto numa clínica clandestina no Sapê, Região de Pendotiba. A vítima morreu depois de ser submetida ao procedimento clandestino e deixou três filhos. Na ocasião, a equipe de investigação da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) apurou que os envolvidos teriam parado um motorista na Estrada de Ititioca e este teria levado e deixado Elizângela no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca. Duas mulheres também teriam entrado no carro. A dona de casa, que se submeteu ao procedimento clandestino, morreu minutos após dar entrada na unidade hospitalar. Elizângela teria se encontrado com um homem, que a levou para a clínica de aborto e teria cobrado cerca de R$ 2,8 mil pela cirurgia. No mês seguinte, no transcorrer das investigações para prender os envolvidos no crime, uma das acusadas, de 37 anos, se entregou na sede da especializada. Ela era filha de outra acusada de chefiar o bando, que agilizava os abortos, numa residência no bairro Sapê. Esta última já havia recebido voz de prisão dias antes, junto com um técnico de enfermagem. O andamento do processo de Elizângela não foi informado pelo Tribunal de Justiça.

Deputado estadual é assaltado em Itaboraí e carro oficial é roubado AUGUSTO AGUIAR

Equipes das polícias Militar e Civil (35º BPM e 71ª DP/ Itaboraí) estão na busca dos criminosos que, na noite de quinta-feira, assaltaram o deputado estadual Renato Cozzolino (PRP), seu motorista e dois assessores quando passavam pela Rodovia BR-493 (Magé-Itaboraí). Além de pertences pessoais, os bandidos ainda roubaram o carro oficial onde estavam as vítimas. O assalto teria ocorrido na altura de Santo Aleixo. Segundo Cozzolino, os ladrões teriam surgido de um matagal às margens da rodovia e um deles portava duas pistolas. Durante a abordagem, os marginais ainda efetuaram disparos para o alto e, de acordo com

Cozzolino, teve que se abaixar dentro do carro, chegando a pensar que se tratava de um atentado. Por isso, ordenou que o condutor do veículo não parasse. Porém, um dos assessores afirmou que era melhor não acelerar. Em seguida, os bandidos se dividiram e abordaram as vítimas por dois lados diferentes do veículo e ao renderem o deputado e assessores ordenaram que as vítimas sequem olhassem para os assaltantes Os criminosos pediram o alarme do carro e fugiram em direção à Itaboraí. Após o roubo, as vítimas caminharam até conseguirem carona com um motorista de caminhão até um posto da PM em Itambi, onde pediram ajuda. A ocorrência foi registrada na 65ª DP (Magé).

Homem é morto no Morro do Palácio

Um confronto entre facções rivais no Morro do Palácio, no Ingá, assustou moradores, na tarde desta sexta. Relatos dos populares, um homem teria sido morto em frente à creche da comunidade durante uma troca de tiros entre bandidos. Segundo o 12° BPM, a vítima seria um morador de São Domingos que estava visitando amigos no local. A PM enviou viaturas para rondas pelas ruas do Ingá e da Boa Viagem deixando ainda mais temerosos comerciantes e moradores desses bairros depois da ocorrência de intensos tiroteios nas duas últimas semanas. Nas redes sociais e no Youtube, vídeos e posts comentam essa guerra entre facções rivais. Segundo a polícia, traficantes do Comando Vermelho estão tentando tomar o território da facção Amigos dos Amigos (ADA) que ocupa o Morro do Palácio. Nos acessos à favela, homens armados com fuzis e

pistolas são vistos fazendo a contenção e a comunidade já havia sido comunicada para um ‘toque de recolher’ às 21h desta sexta-feira. De acordo com testemunhas, o morto não era morador da comunidade e não teria envolvimento com o tráfico. A divisão de homicídios esteve no local realizou perícia e fez buscas na região. Além disso, a PM realizou buscas dentro do Palácio atrás dos traficantes durante a tarde e noite. Até o fechamento dessa edição não foram localizados. Na manhã da última quinta-feira, moradores dos mesmos bairros acordaram com um tiroteio intenso. Para fugir da polícia depois que um traficante foi morto e outro ferido, nove bandidos armados desceram pela encosta do Maquinho, no Morro do Palácio, e roubaram um carro na Avenida Almirante Benjamin Sodré para fugir até o Morro do Preventório.


5

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Vistoria mais leve para GNV Projeto que extingue obrigatoriedade da vistoria do Detran para veículos com gás depende da sanção do Pezão Marcello Almo

RAQUEL MORAIS

A possibilidade de diminuição na burocracia para a vistoria veicular deixou a população do Estado animada. Está em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) o projeto de lei 3.010/17, de autoria do deputado Dica (PR), que pretende simplificar esse processo valendo somente a vistoria que é feita do GNV, através do Certificado de Segurança Veicular (CSV), sendo dispensada a vistoria simplificada do Detran. O texto depende da sanção do governador Luiz Fernando Pezão, que tem 15 dias úteis para analisar o projeto. Segundo justificativa do deputado, os beneficiários da norma só ficarão dispensados quando cumprirem a vistoria realizada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O Detran deverá entregar o documento de vistoria anual após consultar no sistema essa vistoria. Os veículos com GNV também fi-

ROBSON Santana passou recentemente pelo processo de vistoria anual e teve que realizar dois procedimentos, o do GNV e do Detran

carão dispensados do pagamento da taxa de vistoria, tendo que pagar somente a taxa de emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

O responsável técnico da Celera, uma das empresas autorizadas para a vistoria do GNV, Márcio Xavier, explicou que a medida irá facilitar os motoristas e funcionários dos

setores envolvidos. No estabelecimento, que fica no bairro São Lourenço, a vistoria custa R$ 250 e, assim como outros postos, é mais completa do que a feita nos postos do

Manifestações em Niterói chamaram atenção para o Dia do Basta Marcello Almo

RAQUEL MORAIS

Nesta sexta-feira foi realizado o Dia do Basta, movimento sindical e popular que aconteceu em vários estados do país para chamar atenção das autoridades sobre as questões trabalhistas. Em Niterói, funcionários públicos federais, metalúrgicos e bancários foram para as ruas da cidade em busca de visibilidade para os problemas que afetam as categorias. As reclamações foram desde desemprego e assédio moral até cobrança das verbas rescisórias e pedidos de apoio municipal. O primeiro grupo, de funcionários da Universidade Federal Fluminense (UFF) lotados no Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap), realizou uma manifestação solicitando a revogação do contrato com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Representantes do sindicato explicaram que atualmente o Huap apresenta mais de 60 leitos fechados, aposentadorias precoces de servidores devido a assédio moral, maior precarização nas condições de trabalho e sucateamento. Liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal Fluminense (Sintuff), o grupo se reuniu em frente ao Huap e seguiu em caminhada até a reitoria da UFF, em Icaraí. De acordo com Bernarda Ferreira, coordenadora do sindicato, a pauta da reivindicação, que solicita o cancelamento do contrato com a Ebserh, se jus-

CERCA de 100 metalúrgicos buscavam apoio para pagamento de direitos trabalhistas

tifica por conta de promessas estabelecidas que não foram cumpridas. “Tivemos a redução de leitos, de funcionários e 229 vagas de trabalho que precisavam ser ocupadas e se encontram ociosas. Além disso, queremos a revogação da norma de serviço porque temos um acordo de greve com o reitor perante as 30 horas, conforme a legislação, e essa norma de serviço agride esse acordo. Nós somos favoráveis ao controle de frequência, mas não da forma como está sendo imposto, sem levar em consideração uma série de fatores que envolvem o serviço público”, contou a coordenadora.

Paralelo a esse movimento cerca de 100 metalúrgicos ocuparam a escadaria da Prefeitura de Niterói, no Centro. Eles buscam apoio para o principal problema da categoria: direitos trabalhistas rescisórios. Liderados pelo Movimento Social SOS Emprego Leste Fluminense, os trabalhadores cobraram os acertos após as demissões em massa de 2015. “Somos contra as demissões dos metalúrgicos que foram demitidos e não receberam seus direitos trabalhistas. Queremos nosso direito e pedimos apoio nessa questão da reabertura dos estaleiros de Niterói, como aconteceu com a Prefeitura de Ita-

boraí, que apoiou a categoria para retomada do Comperj”, pontuou o representante do movimento, Alexandre Lopes. Na Avenida Ernani do Amaral Peixoto, também no Centro, bancários reclamavam de assédio moral, demissões e injustiças contra a categoria. O movimento foi idealizado pelo Sindicato dos Bancários de Niterói e Região que, em nota, informou que a mobilização nacional exige um basta no desemprego, no aumento do preço do gás de cozinha e nos combustíveis, na retirada de direitos da classe trabalhadora, de privatizações e de demissões no setor financeiro.

Detran-RJ. “Os clientes reclamam que fazem duas vistorias e têm dois trabalhos. A nossa é mais exigente e temos um arquivo com fotografias e ví-

deos de todos os veículos para esse processo. Estamos vinculados ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e ao Inmetro e, por isso, precisamos seguir muitas normas. Essa mudança irá minimizar o trabalho das pessoas e, principalmente, poupar os clientes”, pontuou. O administrador Robson Santana, de 53 anos, aprovou o projeto. Ele esteve na última sexta-feira no posto do Detran de Neves, em São Gonçalo, para fazer a vistoria do seu carro, mas na última semana já tinha passado 'pelo crivo' para conseguir o certificado do GNV. “A inspeção do gás é questão de segurança, é mais completa e observa não somente o combustível, mas outras partes do veículo. Na semana passada descobri que meu carro estava com problema na suspensão e na regulagem dos gases. Já consertei e estou 100% para pegar o documento 2018 do meu carro. Isso tudo poderia ter sido feito na primeira inspeção”, brincou.

Restrições de crédito em Niterói têm alta RAQUEL MORAIS

Dados da Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL-Niterói), no Centro, apontaram que as inclusões nas restrições de crédito em Niterói aumentaram 3,79% em relação ao ano passado. No Sudeste, a análise apontou alta de 10,41% e em todo o país, 4,32%. Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais da metade dos negativados no país tem entre 30 e 49 anos. De acordo com o presidente da CDL-Niterói, Luis Vieira, isto se deve à diminuição de obtenção de crédito das pessoas, seja pelo receio da instabilidade econômica ou até mesmo pelo aumento de exigências das empresas ao conceder crédito. “Importante ressaltar que mais da metade das pessoas inclusas estão nessa faixa etária e é exatamente onde existe a con-

solidação do patrimônio das pessoas. O desemprego tem sido o fator que mais tem influenciado estes dados porém a falta de investimentos do Governo Estadual e também de vários municípios têm colaborado para que este índice continue a dificultar a vida da população”, comentou. Luís ainda afirmou que em muitos municípios o poder público é o maior indutor do desenvolvimento local, sendo Niterói uma cidade que tem seus índices abaixo da realidade do Estado e do Brasil, mas está influenciada pela regionalidade a qual está inserida. Dados nacionais apontam que o Sudeste concentra, em números absolutos, a maior fatia de negativados no país: 27 milhões de consumidores. Na sequência aparece o Nordeste, com 18 milhões de devedores com dívidas em atraso; o Sul, com oito milhões; o Norte, com seis milhões; e o Centro-Oeste, com cinco milhões. Marcello Almo

CADASTRO de inadimplentes teve crescimento de quase 4%

Alunos de São Gonçalo aprendem a serem empreendedores ANDERSON CARVALHO

O Colégio Estadual Francisco de Paula Achilles, no bairro do Anaia, com 202 alunos distribuídos em turmas do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, está inserida em uma das comunidades mais carentes de São Gonçalo e considerada área de risco. Enfrentando a pobreza, a falta de recursos públicos, a violência e a evasão escolar, um grupo de professores promove projetos de empreendedorismo e de primeiro emprego aos estudantes. Aos poucos, vão mudando a realidade dos jovens e seus familiares. A professora Nelma Salles, de 61 anos, que leciona Artes, desenvolveu no início do ano

projeto que estimula os estudantes a desenvolverem seu próprio negócio. Com as duas primeiras turmas trabalhou a construção de uma brinquedoteca, utilizando materiais reutilizáveis, como papelão e folhas de jornal. “Eles fizeram fogão, forno micro-ondas, geladeiras, bule, pia de cozinha com torneira e cestos. Vamos doar para uma creche comunitária aqui perto”, contou Nelma. Já no 8º ano, a professora pediu aos alunos a serem empreendedores. Um grupo começou a fazer bolo de pote. Outro, pastéis e uma aluna, trufas. “Eles estão incentivando até os pais a empreenderem e conseguiram uma forma de ajudar financeiramente em casa”,

relatou Nelma. Ela tem a parceria do professor Victor Machado, 37, de Geografia, que orienta os alunos da escola a criarem seus currículos e os ajudou a se cadastrarem no programa federal Jovem Aprendiz. “Com as turmas do 6º ano, trabalhei a valorização de trabalhadores de diversos segmentos. Começando com os que atuam na escola, como o porteiro, o pessoal da limpeza, a merendeira, entre outros. As do 7º ano aprenderam sobre profissões desvalorizadas, como garis, motoristas de ônibus e caixas de supermercado. As do 8º ano aprenderam sobre o mercado de trabalho e as do Ensino Médio, ensinamos a fazer currículo e os cadastramos no programa Jovem

Aprendiz, que tem cadastradas empresas como Enel, os Correios e a Caixa Econômica Federal. Elas contratam jovens a partir dos 14 anos. Em um período eles estudam e no outro, trabalham”, informou o professor. Outra iniciativa uma parceria com o Instituto JCA, da Viação 1001, que oferece cursos de qualificação profissional aos quatro melhores alunos de cada disciplina. O projeto de empreendedorismo está mudando a realidade dos estudantes. Que o digam Gustavo Gerômio, Isabela e Leandro Nunes Rangel, ambos de 13 anos, do 8º ano, que fazem bolo de pote e vendem na comunidade. “Toda semana fazemos. Vendemos 18 por dia e cada um a R$ 3,50. As vendas têm sido boas.

Os lucros dividimos igualmente. Com o dinheiro que ganhamos ajudamos um pouco em casa”, relatou Gustavo, que sonha em ser ator. “O objetivo é tirar boas notas na escola. Mas, estamos também ajudando os nossos pais e aprendendo uma nova fonte de renda”, explicou Leandro, que ainda não escolheu que profissão seguir. “A gente foi se aplicando mais e aprendendo novos sabores”, completou Isabela, que deseja ser jornalista. Clarissa Victória Moraes, de 14, aprendeu a fazer trufas e incentivou até a mãe a entrar no negócio. “Ela estava desempregada e ficou estimulada com o projeto. Estamos vendendo bem e conseguindo uma nova fonte de renda”, contou.

O projeto de empreendedorismo envolve as turmas de Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Português e Artes. A iniciativa foi por meio do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, do Governo Federal. Além da carga horária aumentada em Português, Matemática e Inglês, os alunos que estudam em escolas que ofertam Ensino Profissionalizante em Empreendedorismo também participam do Projeto de vida e mundo do trabalho; Projeto de pesquisa com ênfase em Gestão de Projetos, entre outros conteúdos relacionados ao Empreendedorismo. Essas unidades de ensino contam com parcerias do Instituto Ayrton Senna e Sebrae.


6

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 23 DE AGOSTOO DE 2018

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

CIDADES AVENIDA PRINCIPAL NOVA CIDADE, EM ITABORAÍ, GANHA REPAROS

PELO ESTADO LINHA VERDE

Arquivo

Divulgação

MPF DE OLHO WELLINGTON SERRANO

NOVA DIRETORIA DO CONSELHO DE SEGURANÇA DE SÃO PEDRO DA ALDEIA É EMPOSSADA O Conselho Comunitário de Segurança Pública (CCS) de São Pedro da Aldeia, tomou posse para o biênio 2018-2020. A solenidade reuniu o comandante da 2ª Companhia do 25ª Batalhão de Polícia Militar, Capitão Sandro Garcia, o subcoordenador estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ), Capitão Gustavo Matheus, os secretários municipais de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, de Governo, Eronildes Bezerra, e de Educação, professor Walzi Sampaio, além do procurador-geral do município, Cristiano Oliveira. Representando o comando do 25º Batalhão de Polícia Militar, o comandante da 2ª Companhia, capitão Sandro Garcia, deu posse à chapa eleita. “É um trabalho sem fins lucrativos, feito por pessoas voluntárias que se abdicam do seu lar para fazer a diferença e colocar a mão na massa. Pessoas que colhem da população os anseios e necessidades e trazem isso para nós para que possamos, numa coesão, administrar e minimizar cada vez mais essas demandas da sociedade”, disse. Na oportunidade, foi enfocada a importância da participação e do envolvimento de todos os setores da

sociedade para aumentar os níveis de segurança na cidade e dos Registros de Ocorrência (RO) como ferramenta fundamental para o planejamento estratégico das ações policiais e abastecimento dos bancos de dados das polícias Civil e Militar. Também foram abordadas as estratégias de atuação do ISP na coordenação dos conselhos comunitários, os projetos em andamento, além da ferramenta de análise criminal desenvolvida pela instituição, o ISPGeo, bem como a página de Dados Abertos do ISP, onde podem ser acessadas as estatísticas e os registros criminais e de atividade policial do estado do Rio de Janeiro, disponível para consulta pública no site www.isp.rj.gov.br. Realizada a cada dois anos, a votação para a nova mesa diretora elegeu como novo presidente Valério Nuno Figueiredo. Compondo a nova chapa, foram eleitos ainda, por unanimidade, Francisco Galdino, como vice-presidente; David Augusto Figueiredo, 1º secretário; Paulo Roberto Vasconcellos, 2º secretário; Guimar Pereira, diretora social e de assuntos comunitários; e Victor Manuel Bandeira, Abelar Pereira e Nair Felix, como os novos membros da Comissão de Ética. A diretoria de comunicação eleita é composta por

mídia, sobre a situação de inúmeros cidadãos, usuários do SUS que não são atendidos no serviço de saúde solicitado, sem sequer conhecer as razões dessa omissão; e o direito do cidadão de saber os horários de atendimento dos profissionais de saúde vinculados ao SUS, tanto para contribuir com o controle do cumprimento de tais horários, como também para evitar esperas e filas desnecessárias. Foi ressaltado que o registro de frequência como adotado hoje, exclusivamente pela folha de ponto, é uma forma frágil de controle da jornada de trabalho, por estar muito mais sujeita a fraudes. Da mesma forma que as negativas do serviço de saúde público, transmitidas ao cidadão de forma verbal e breve, sem esclarecer qual o prazo de agendamento do atendimento solicitado, o tempo de espera para serviços de urgência e emergência, a previsão de contratação da especialidade médica requerida ou apresentação de justificativas para o indeferimento de exames ou entrega de medicamentos prescritos.

equipamentos comunitários sucateados, o parque aquático fechado, o estádio sem iluminação, com gramado castigado. O parque foi reaberto e instalamos aquecedor na piscina de hidroginástica. O estádio municipal recebeu melhorias. Hoje temos competidores se destacando em diversos esportes. Isso, além de trazer medalhas, eleva a autoestima e cria exemplos positivos, principalmente para os mais jovens”, completou a prefeita. Para pleitear o apoio, pelo período de um ano, o atleta deve preencher, cumulativamente, os seguintes requisitos: ser natural do Município ou estar nele domiciliado, comprovadamente, há pelos menos cinco anos; ter renda familiar de até cinco salários mínimos; estar em plena atividade esportiva; quando menor de idade, estar matriculado em uma instituição de ensino e apresentar, semestralmente, o boletim escolar e a declaração de frequência com, no mínimo, 75% e notas de rendimento escolar de aprovação.

Divulgação

MARICÁ FESTEJA SUA PADROEIRA

Começaram os festejos da padroeira de Maricá, Nossa Senhora do Amparo. A festa religiosa começou na segunda-feira 6 de agosto com novena e missas e culminará com a Alvorada Festiva às 6 horas da manhã do dia 15 e às 11 horas a Missa Solene, ce-

lebra pelo Arcebispo de Niterói, D. José às 11 horas. A Santa Missa para os romeiros e devotos, acontecerá às 16 horas, seguida da procissão pelas ruas do centro da cidade. Show acontecerão na praça Orlando de Barros Pimentel, com artistas locais. Dessa vez, a prefeitura não trouxe nenhum grande nome para a festa, diferente do que aconteceu em 2017. Outra festividade relevante, foi a inauguração do Museu da Matriz, no segundo andar da Matriz de Nossa Senhora do Amparo, reunindo diversas peças sacras, utensílios e fotos que contam a história do município diretamente ligada a igreja matriz, principal patrimônio histórico de Maricá.

BARRACA DO PRIMO

Na quinta-feira, 9 de agosto, foi demolido a ´barraca do primo´ na praia da Tartaruga em Búzios.A decisão judicial foi movida pelo Ministério Público Federal . O município contestou a ação para reverter a situação e impedir a retiradaenão obteve sucesso. No dia 22 de junho de 2018, a segunda Vara Federal de São Pedro da Aldeia intimou o município de Búzios e determinou a demolição do quiosque encerrando qualquer possibilidade de reversão da decisão e obrigando o município a cumprir a determinação judicial.

DOWN

Feiras de Macaé oferecem 90% dos produtos livres de agrotóxicos

Divulgação

Pinacoteca Municipal recebe a exposição Portais da História Depois de ficar exposta por três semanas consecutivas na Casa França Brasil, no Centro do Rio de Janeiro, chega a Rio Bonito a Exposição Portais da História, do artista local Dawson Nascimento, que foi inaugurada na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, localizada na Avenida Castelo Branca (Rua dos Bancos), no Centro. As obras ficam expostas no local até o dia 17 de agosto. O horário de visitação é das 9 às 17 horas. Quem esteve visitando o local nessa quintafeira (9) foi o prefeito José Luiz Mandiocão, juntamente com os alunos da comunidade do Chavão, que foram apreciar as belas obras do artista local. Para Dawson Nascimento, expor as suas obras na Casa França Brasil, por meio da secretaria Estadual de

LANÇAMENTO DO BOLSA ATLETA REFORÇA COMPROMISSO COM O ESPORTE O programa Bolsa Atleta foi lançado na tarde desta quinta-feira (9) em cerimônia no auditório da Prefeitura de Quissamã. O benefício é destinado a esportistas amadores e profissionais que participam de competições oficiais, representando o município, e foi dividido em três categorias (ouro, prata e bronze), com valores brutos mensais entre R$ 230 e R$ 680. Autor da lei que criou o benefício quando exercia mandato como vereador, em 2012, o secretário Marcinho Pessanha disse que o sentimento era de dever cumprido. “Sempre vi o esporte como instrumento de inclusão. Depois de seis anos, a lei precisou ser atualizada e agora, finalmente, será colocada em prática. As pessoas jamais devem desistir de seus sonhos. Quando acreditamos, conseguimos”, ressaltou. Fátima Pacheco pontuou os avanços obtidos na área em 18 meses de gestão e frisou que Quissamã é uma cidade de vencedores. “No início de 2017 encontramos

Esta semana mais dois assaltos assustaram os moradores de Búzios, uma senhora de 74 anos teve seu dinheiro levado por um bandido após sair do Banco Santander em frente à Câmara de Vereadores de Búzios e uma moto foi roubada em Geribá na Rua dos Namorados, o piloto estava indo buscar sua sobrinha na escola, quando ocorreu mais um crime no bairro.

UPA

Divulgação

Genésio da Costa Cotrim chegou na hora exata. “Estávamos esperando por este serviço, finalmente está acontecendo. Sei que o trabalho ainda não terminou e que ainda resta muita coisa a ser feita no município. Esta rua inteira era coberta de barro e quando chovia ficava intransitável e por isso, já cheguei até levar um tombo”, disse Delma, satisfeita com as obras. “Sou morador desta rua há mais de 20 anos e estou satisfeito com a obra que está sendo feita. Foram muitos anos caminhando na lama, era impossível a locomoção de pedestres quando chovia e sem contar que os veículos estavam sempre danificados devido à situação desta rua. Agora estou satisfeito”, comentou o aposentado, Francisco José Santanna, de 84 anos.

O Ministério Público Federal (MPF) em São Pedro da Aldeia (RJ) expediu recomendação para que os municípios da Região dos Lagos implementem diversas medidas com objetivo de defender o direito dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como garantir a existência de mecanismos que inibam irregularidades nos serviços executados pelo SUS. As prefeituras têm o prazo de 30 dias para informarem se acatarão ou não as propostas, 60 dias para o cumprimento delas efetivamente. A ação determina: a implementação, de maneira regular, do controle de frequência por meio de registro eletrônico de ponto biométrico dos servidores públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde, de modo especial, dos médicos e dentistas; a instalação, em local visível das salas de recepção de todas as unidades públicas de

saúde, de quadros que informem ao usuário, de forma clara e objetiva, o nome de todos os profissionais de saúde em exercício na unidade naquele dia, sua especialidade e o horário de início e de término da jornada de trabalho de cada um deles. O quadro deverá informar também que o registro de frequência dos profissionais estará disponível para consulta de qualquer cidadão. Também terá de ser disponibilizado, para consulta de qualquer cidadão, o registro de frequência dos profissionais que ocupem cargos públicos vinculados, de qualquer modo, ao SUS. Além disso, é requerida também na internet, a informação do local e horário de atendimento dos médicos e dentistas, bem como seja garantido a todos os não atendidos no SUS, o fornecimento de certidão ou documento equivalente. E que por fim, estabeleçam rotinas destinadas a fiscalizar o cumprimento das recomendações. No inquérito civil 1.30.009.000310/ 2017-14, que deu origem às recomendações, foram destacados a recorrente divulgação de notícias pela

COTIDIANO

A Linha Verde em Macaé, sentido Aroeira x Bairro da Glória, no trecho próximo ao futuro hospital Unimed, estará interditada do dia 9 a 28 de agosto, por conta de obras de drenagem. No mesmo período, o trecho entre o Bairro da Glória x Aroeira estará funcionando em sentido duplo. A Prefeitura orienta que motoristas respeitem a sinalização e limites de velocidade estabelecidos.

A família do aposentado Claudionor Ramos do Nascimento, 70 anos, denunicou a UPA de Cabo Frio por negligência médica após a morte doidoso que foi levado à UPA de Cabo Frio com dificuldade de respirar e pressão arterial alta. Após 50 minutos aguardando a avaliação médica na sala vermelha, ele morreu. De acordo com a família, a omissão de socorro imediato tirou a vida do paciente e fez mais uma vítima de negligência médica na unidade de saúde. A denuncia foi protocolada no Ministério Público e na Prefeitura de Cabo Frio. Em nota, a Prefeitura Municipal de Cabo Frio informou que todos os procedimentos médicos necessários foram prestados ao paciente, que chegou à unidade em estado gravíssimo com diagnóstico de edema agudo de pulmão.

Órgão recomenda medidas para o controle do expediente de médicos na Região dos Lagos

O bairro Nova Cidade, em Itaboraí, ganhou reparos por toda a Avenida Genésio da Costa Cotrim. As equipes da Secretaria Municipal de Obras, no local, aplicaram aproximadamente 170 toneladas de asfalto. A previsão é de que as obras terminem já na próxima semana. No mês de Julho foram iniciados os serviços de patrolamento na Avenida. “Esta via é bastante movimentada e estava muito danificada. Ela tem 7 metros de largura e, aproximadamente, 300 metros de comprimento que serão revestidos por toneladas de asfalto”, comentou o secretário de Obras, Clóvis Raimundo Tomé. A dona de casa, Delma Oliveira, de 49 anos, moradora do bairro há dois anos, afirma que a pavimentação da Avenida

7

Alimentos orgânicos são aqueles produzidos com métodos que não utilizam agrotóxicos sintéticos, transgênicos ou fertilizantes químicos. Noventa por cento dos legumes, frutas e verduras comercializados nas feiras de Macaé são orgânicos. Como incentivo aos produtores da cidade, a Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria de Agroeconomia, disponibiliza assistência técnica aos agricultores na produção de mudas, orientação de preparo mecanizado de solos e correção de acidez. Práticas de cultivo, controle de pragas e doenças, insumos básicos para produção, como calcário e composto básico, transporte de produtos e feirantes para a Feira da Roça são outras ações. De acordo com o secretário de Agroeconomia, Jonas Siqueira Cesar, os alimentos sem agrotóxicos beneficiam a população, que consome um produto mais saudável, como também os agricultores, pois oferecem um produto com maior preço ao consumidor, cerca de 20%. “O produto sem agrotóxico é benéfico para todos. As técnicas usadas no processo de produção respeitam o ambiente e visam manter a qualidade do alimento. Dessa forma, o produto diminui a possibilidade de danos à saúde dos consumidores e de impacto à natureza”, pontuou o secretário. Os jovens produtores do sítio Santa Amália, localizado no Assentamento Celso Daniel, Vitor da Silva, 22 anos, e Graziele Moura, 24 anos, seguiram os passos de seus pais e oferecem produtos 100% orgânicos nas feiras do Pecado, Imbetiba e da Roça. “Nossa renda familiar é fruto dos produtos que produzimos e comercializamos. Os alimentos que oferecemos são todos orgânicos, como a manteiga, os temperos e até mesmo a banha de porco, que foi excluída da cozinha pelo medo de que aumentasse os riscos à saúde. Hoje, o consenso sobre ela mudou, sendo

considerada mais saudável que os óleos vegetais”, explicou o produtor Vitor. Jonas Siqueira ainda acrescentou que a adubação e remédios para combater pragas e doenças são feitos no próprio local de plantio, com produtos naturais, composto orgânico da natureza. A prefeitura também busca viabilidade econômica e retorno financeiro para as famílias, com o fornecimento e a distribuição dos produtos da agricultura familiar para merenda escolar, abastecendo 106 escolas do município. Macaé conta com cerca de 600 propriedades rurais. PROGRAMAÇÃO — Para quem procura produtos de qualidade, a Feirinha da Roça, com 30 anos de tradição, acontece aos sábados, a partir das 4h, na rua Manoel Joaquim dos Reis, ao lado do Supermercado Extra, no Centro, com 85 expositores. Já a Feira Caipira da Serra acontece toda sexta-feira, de 9h às 19h, onde é possível encontrar, além de alimentos sem agrotóxicos, artesanato, flores, teatro de fantoches e palhaços, que compõem o cenário da Praça Gê Sardenberg, onde fica a antiga Câmara de Vereadores de Macaé. Já as feiras dos bairros Imbetiba , Glória e Pecado são promovidas por meio da Cooperativa de Agricultura Familiar (Coopmac) e incluem produtos da economia solidária, como doces e artesanatos. O supermercado JPavani conta com espaço destinado a três agricultores familiares, que também oferecem produtos orgânicos. A feira na Imbetiba acontece na orla da praia, todas as terças-feiras, de 6h às 12h. Já no bairro da Glória, a programação ocorre na praça, as quartas, de 6h às 12h. Na Praia do Pecado, os produtos são oferecidos as sextasfeiras, de 6h às 12h. Quem quiser fazer parte das feiras promovidas pela cooperativa, as informações podem ser adquiridas pelo telefone (22) 99936-1378 ou emailcoopmac2007@hotmail.com.

Cultura, foi uma agradável experiência na sua trajetória como artista, pois, segundo ele, já havia feito outras exposições no Riocentro e em outros espaços, mas esse foi bem diferente, pois teve a participação de um público bem eclético, com mais de 6,8 mil pessoas. “A exposição Portais da História na Casa França Brasil teve uma intensa visitação de um público bem diversificado. Tive contato com centenas de pessoas de vários estados brasileiros e de várias nacionalidades. Foi muito gratificante e muito oportuno, sendo a Casa França Brasil o mais nobre espaço de exposição da cidade. A exposição estava prevista para ter a duração de uma semana, mas acabou se estendendo por três semanas consecutivas, devido ao grande

número de visitantes que elogiaram o nosso trabalho”, afirma o artista. Com vários convites para expor o seu trabalho em espaços de grande relevância histórico cultural, Dawson Nascimento já agendou outras exposições em algumas cidades, como Niterói, centro do Rio, Zona Oeste e nas cidades históricas como Paraty, Tiradentes e Ouro Preto, além de Rio Bonito, onde ele espera receber o mesmo carinho do público. “Agradeço a Deus, pelo dom da vida, pela graça e pelos amigos e apoiadores que me ajudaram nessa empreitada. Agora estamos com a exposição na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, do dia 7 a 17 de agosto, com visitações a partir das 9 às 17 horas. Aguardo todos vocês”, finalizou Dawson.

Divulgação

Cabo Frio será palco de evento de dança de salão com dançarinos com Síndrome de Down. O espetáculo “Down Dance, o Sonho”, é organizado pela Companhia de Dança Alan Lobato e acontecerá nesta sexta (10) e sábado (11), a partir das 20h, no teatro do Colégio Domingos Sávio, no bairro São Cristóvão, com apoio da Prefeitura através da Secretaria de Turismo. O espetáculo contará com a participação da Companhia Dancing Down, do Rio de Janeiro; da Companhia Rosa Demarchi, de Cabo Frio; da Apae de Búzios e do projeto Cadeirantes na Dança. Os bailarinos vão apresentar ritmos como samba, bolero, valsa, rock e forró. Os ingressos são vendidos por R$ 30 e meia por R$ 15. A meia entrada será permitida para estudantes, idosos acima de 60 anos, crianças e pessoas com deficiência. Mais informações do evento podem ser obtidas pelo telefone (22) 99948-5180.

CRIME

A Polícia Civil identificou e prendeu dois adolescentes suspeitos de torturar e matar a idosa Alzira Maria dos Anjos Silva, de 71 anos, na segunda-feira (6), no bairro Cidade Praiana, em Rio das Ostras. Os menores de 15 e 17 anos eram vizinhos da vítima e confessaram o crime à polícia e que entraram na casa da idosa para praticar um roubo, mas ela teria gritado e eles a sufocaram para impedir que a idosa fosse ouvida. Depois, os dois atearam fogo na casa para apagar evidências do crime. A causa da morte da idosa foi asfixia.

LUIZ LIMA

O nadador olímpico e pré-candidato a deputado federal pelo PSL, Luiz Lima, visitou a Região dos Lagose durante sua passagem, palestrou para um grupo de pessoas no Restaurante Cantinho do Peixe em São Pedro da Aldeia, onde se apresentou, conversou sobre propostas da sua pré-campanha, e expôs algumas de suas idéias sobre como o esporte e o turismo podem incentivar a indústria do turismo na região e gerar crescimento e desenvolvimento. A agenda de reuniões em cidades da região incluiu Arraial do Cabo e Búzios.

FRIBURGO

A Casa do Artesão, no Pavilhão das Artes, no Cônego, em Friburgo, foi inaugurada no último sábado, 4, e está funcionando plenamente. No último fim de semana, cerca de 80 turistas que vieram a Nova Friburgo para o Festival do Chocolate também passaram por lá. O Pavilhão das Artes abriu as portas após passar por algumas adaptações para concentrar a exposição de artesanatos produzidos na cidade. São mais de 60 artesãos expondo objetos de decoração, móveis, roupas, brinquedos, tapeçaria e presentes. De acordo com a prefeitura, outras obras de melhorias devem ser realizadas no local, em 2019, com recursos oriundos Ministério do Turismo. O espaço, incluindo o restaurante, funciona de quinta-feira a sábado, das 10h às 17h, e aos domingos, das 10h às 16h.

UTOPIA EM MARICÁ O Festival “Internacional” da Utopia realizado em Maricá, segundo o edital da prefeitura que só foi para rua no dia 16, dois antes do início da “farra”, bancou a vinda de jovens de todos os estado do Brasil, com preços exorbitantes. Dois vereadores de Maricá – Ricardinho Netuno (PEN) e Fillippe Poubel (PSL), entraram no Ministério Público pedindo averiguações sobre os valores exorbitantes de diversos itens do Festival da Utopia. Somente no edital da Cultura (com 86 páginas), os valores chegam aos R$ 3 milhões, e chamam atenção galões de água por R$ 29,50, repelentes por R$ 35,00 (tudo em quantidade absurda) além de lonas artísticas em valores que superaram R$ 100 mil, reais, suficiente para construir uma excelente casa. Mas o que mais chamou atenção, foi o valor das barraquinhas de madeira (feitas de ripa), que no mercado sai por aproximadamente R$ 300,00 (mão de obra e material), e que no edital saiu pela bagatela de R$ 7.756,00, ou seja, R$ 7.450,00 a mais que o valor de mercado. E foram 56 barraquinhas que não se sabem para onde foram depois do Festival da Farra. Muito tóxico e sexo liberado nos locais de concentração dos jovens, que não foi impedido pela secretaria de segurança local, apenas tolerado. Fiscais do TRE-RJ estiveram no evento e apreenderam materiais que faziam alusão ao PT, à Lula Livre e a tudo que poderia ser uma possível propaganda antecipada das eleições de 2018.


6

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 23 DE AGOSTOO DE 2018

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

CIDADES AVENIDA PRINCIPAL NOVA CIDADE, EM ITABORAÍ, GANHA REPAROS

PELO ESTADO LINHA VERDE

Arquivo

Divulgação

MPF DE OLHO WELLINGTON SERRANO

NOVA DIRETORIA DO CONSELHO DE SEGURANÇA DE SÃO PEDRO DA ALDEIA É EMPOSSADA O Conselho Comunitário de Segurança Pública (CCS) de São Pedro da Aldeia, tomou posse para o biênio 2018-2020. A solenidade reuniu o comandante da 2ª Companhia do 25ª Batalhão de Polícia Militar, Capitão Sandro Garcia, o subcoordenador estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ), Capitão Gustavo Matheus, os secretários municipais de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, de Governo, Eronildes Bezerra, e de Educação, professor Walzi Sampaio, além do procurador-geral do município, Cristiano Oliveira. Representando o comando do 25º Batalhão de Polícia Militar, o comandante da 2ª Companhia, capitão Sandro Garcia, deu posse à chapa eleita. “É um trabalho sem fins lucrativos, feito por pessoas voluntárias que se abdicam do seu lar para fazer a diferença e colocar a mão na massa. Pessoas que colhem da população os anseios e necessidades e trazem isso para nós para que possamos, numa coesão, administrar e minimizar cada vez mais essas demandas da sociedade”, disse. Na oportunidade, foi enfocada a importância da participação e do envolvimento de todos os setores da

sociedade para aumentar os níveis de segurança na cidade e dos Registros de Ocorrência (RO) como ferramenta fundamental para o planejamento estratégico das ações policiais e abastecimento dos bancos de dados das polícias Civil e Militar. Também foram abordadas as estratégias de atuação do ISP na coordenação dos conselhos comunitários, os projetos em andamento, além da ferramenta de análise criminal desenvolvida pela instituição, o ISPGeo, bem como a página de Dados Abertos do ISP, onde podem ser acessadas as estatísticas e os registros criminais e de atividade policial do estado do Rio de Janeiro, disponível para consulta pública no site www.isp.rj.gov.br. Realizada a cada dois anos, a votação para a nova mesa diretora elegeu como novo presidente Valério Nuno Figueiredo. Compondo a nova chapa, foram eleitos ainda, por unanimidade, Francisco Galdino, como vice-presidente; David Augusto Figueiredo, 1º secretário; Paulo Roberto Vasconcellos, 2º secretário; Guimar Pereira, diretora social e de assuntos comunitários; e Victor Manuel Bandeira, Abelar Pereira e Nair Felix, como os novos membros da Comissão de Ética. A diretoria de comunicação eleita é composta por

mídia, sobre a situação de inúmeros cidadãos, usuários do SUS que não são atendidos no serviço de saúde solicitado, sem sequer conhecer as razões dessa omissão; e o direito do cidadão de saber os horários de atendimento dos profissionais de saúde vinculados ao SUS, tanto para contribuir com o controle do cumprimento de tais horários, como também para evitar esperas e filas desnecessárias. Foi ressaltado que o registro de frequência como adotado hoje, exclusivamente pela folha de ponto, é uma forma frágil de controle da jornada de trabalho, por estar muito mais sujeita a fraudes. Da mesma forma que as negativas do serviço de saúde público, transmitidas ao cidadão de forma verbal e breve, sem esclarecer qual o prazo de agendamento do atendimento solicitado, o tempo de espera para serviços de urgência e emergência, a previsão de contratação da especialidade médica requerida ou apresentação de justificativas para o indeferimento de exames ou entrega de medicamentos prescritos.

equipamentos comunitários sucateados, o parque aquático fechado, o estádio sem iluminação, com gramado castigado. O parque foi reaberto e instalamos aquecedor na piscina de hidroginástica. O estádio municipal recebeu melhorias. Hoje temos competidores se destacando em diversos esportes. Isso, além de trazer medalhas, eleva a autoestima e cria exemplos positivos, principalmente para os mais jovens”, completou a prefeita. Para pleitear o apoio, pelo período de um ano, o atleta deve preencher, cumulativamente, os seguintes requisitos: ser natural do Município ou estar nele domiciliado, comprovadamente, há pelos menos cinco anos; ter renda familiar de até cinco salários mínimos; estar em plena atividade esportiva; quando menor de idade, estar matriculado em uma instituição de ensino e apresentar, semestralmente, o boletim escolar e a declaração de frequência com, no mínimo, 75% e notas de rendimento escolar de aprovação.

Divulgação

MARICÁ FESTEJA SUA PADROEIRA

Começaram os festejos da padroeira de Maricá, Nossa Senhora do Amparo. A festa religiosa começou na segunda-feira 6 de agosto com novena e missas e culminará com a Alvorada Festiva às 6 horas da manhã do dia 15 e às 11 horas a Missa Solene, ce-

lebra pelo Arcebispo de Niterói, D. José às 11 horas. A Santa Missa para os romeiros e devotos, acontecerá às 16 horas, seguida da procissão pelas ruas do centro da cidade. Show acontecerão na praça Orlando de Barros Pimentel, com artistas locais. Dessa vez, a prefeitura não trouxe nenhum grande nome para a festa, diferente do que aconteceu em 2017. Outra festividade relevante, foi a inauguração do Museu da Matriz, no segundo andar da Matriz de Nossa Senhora do Amparo, reunindo diversas peças sacras, utensílios e fotos que contam a história do município diretamente ligada a igreja matriz, principal patrimônio histórico de Maricá.

BARRACA DO PRIMO

Na quinta-feira, 9 de agosto, foi demolido a ´barraca do primo´ na praia da Tartaruga em Búzios.A decisão judicial foi movida pelo Ministério Público Federal . O município contestou a ação para reverter a situação e impedir a retiradaenão obteve sucesso. No dia 22 de junho de 2018, a segunda Vara Federal de São Pedro da Aldeia intimou o município de Búzios e determinou a demolição do quiosque encerrando qualquer possibilidade de reversão da decisão e obrigando o município a cumprir a determinação judicial.

DOWN

Feiras de Macaé oferecem 90% dos produtos livres de agrotóxicos

Divulgação

Pinacoteca Municipal recebe a exposição Portais da História Depois de ficar exposta por três semanas consecutivas na Casa França Brasil, no Centro do Rio de Janeiro, chega a Rio Bonito a Exposição Portais da História, do artista local Dawson Nascimento, que foi inaugurada na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, localizada na Avenida Castelo Branca (Rua dos Bancos), no Centro. As obras ficam expostas no local até o dia 17 de agosto. O horário de visitação é das 9 às 17 horas. Quem esteve visitando o local nessa quintafeira (9) foi o prefeito José Luiz Mandiocão, juntamente com os alunos da comunidade do Chavão, que foram apreciar as belas obras do artista local. Para Dawson Nascimento, expor as suas obras na Casa França Brasil, por meio da secretaria Estadual de

LANÇAMENTO DO BOLSA ATLETA REFORÇA COMPROMISSO COM O ESPORTE O programa Bolsa Atleta foi lançado na tarde desta quinta-feira (9) em cerimônia no auditório da Prefeitura de Quissamã. O benefício é destinado a esportistas amadores e profissionais que participam de competições oficiais, representando o município, e foi dividido em três categorias (ouro, prata e bronze), com valores brutos mensais entre R$ 230 e R$ 680. Autor da lei que criou o benefício quando exercia mandato como vereador, em 2012, o secretário Marcinho Pessanha disse que o sentimento era de dever cumprido. “Sempre vi o esporte como instrumento de inclusão. Depois de seis anos, a lei precisou ser atualizada e agora, finalmente, será colocada em prática. As pessoas jamais devem desistir de seus sonhos. Quando acreditamos, conseguimos”, ressaltou. Fátima Pacheco pontuou os avanços obtidos na área em 18 meses de gestão e frisou que Quissamã é uma cidade de vencedores. “No início de 2017 encontramos

Esta semana mais dois assaltos assustaram os moradores de Búzios, uma senhora de 74 anos teve seu dinheiro levado por um bandido após sair do Banco Santander em frente à Câmara de Vereadores de Búzios e uma moto foi roubada em Geribá na Rua dos Namorados, o piloto estava indo buscar sua sobrinha na escola, quando ocorreu mais um crime no bairro.

UPA

Divulgação

Genésio da Costa Cotrim chegou na hora exata. “Estávamos esperando por este serviço, finalmente está acontecendo. Sei que o trabalho ainda não terminou e que ainda resta muita coisa a ser feita no município. Esta rua inteira era coberta de barro e quando chovia ficava intransitável e por isso, já cheguei até levar um tombo”, disse Delma, satisfeita com as obras. “Sou morador desta rua há mais de 20 anos e estou satisfeito com a obra que está sendo feita. Foram muitos anos caminhando na lama, era impossível a locomoção de pedestres quando chovia e sem contar que os veículos estavam sempre danificados devido à situação desta rua. Agora estou satisfeito”, comentou o aposentado, Francisco José Santanna, de 84 anos.

O Ministério Público Federal (MPF) em São Pedro da Aldeia (RJ) expediu recomendação para que os municípios da Região dos Lagos implementem diversas medidas com objetivo de defender o direito dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como garantir a existência de mecanismos que inibam irregularidades nos serviços executados pelo SUS. As prefeituras têm o prazo de 30 dias para informarem se acatarão ou não as propostas, 60 dias para o cumprimento delas efetivamente. A ação determina: a implementação, de maneira regular, do controle de frequência por meio de registro eletrônico de ponto biométrico dos servidores públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde, de modo especial, dos médicos e dentistas; a instalação, em local visível das salas de recepção de todas as unidades públicas de

saúde, de quadros que informem ao usuário, de forma clara e objetiva, o nome de todos os profissionais de saúde em exercício na unidade naquele dia, sua especialidade e o horário de início e de término da jornada de trabalho de cada um deles. O quadro deverá informar também que o registro de frequência dos profissionais estará disponível para consulta de qualquer cidadão. Também terá de ser disponibilizado, para consulta de qualquer cidadão, o registro de frequência dos profissionais que ocupem cargos públicos vinculados, de qualquer modo, ao SUS. Além disso, é requerida também na internet, a informação do local e horário de atendimento dos médicos e dentistas, bem como seja garantido a todos os não atendidos no SUS, o fornecimento de certidão ou documento equivalente. E que por fim, estabeleçam rotinas destinadas a fiscalizar o cumprimento das recomendações. No inquérito civil 1.30.009.000310/ 2017-14, que deu origem às recomendações, foram destacados a recorrente divulgação de notícias pela

COTIDIANO

A Linha Verde em Macaé, sentido Aroeira x Bairro da Glória, no trecho próximo ao futuro hospital Unimed, estará interditada do dia 9 a 28 de agosto, por conta de obras de drenagem. No mesmo período, o trecho entre o Bairro da Glória x Aroeira estará funcionando em sentido duplo. A Prefeitura orienta que motoristas respeitem a sinalização e limites de velocidade estabelecidos.

A família do aposentado Claudionor Ramos do Nascimento, 70 anos, denunicou a UPA de Cabo Frio por negligência médica após a morte doidoso que foi levado à UPA de Cabo Frio com dificuldade de respirar e pressão arterial alta. Após 50 minutos aguardando a avaliação médica na sala vermelha, ele morreu. De acordo com a família, a omissão de socorro imediato tirou a vida do paciente e fez mais uma vítima de negligência médica na unidade de saúde. A denuncia foi protocolada no Ministério Público e na Prefeitura de Cabo Frio. Em nota, a Prefeitura Municipal de Cabo Frio informou que todos os procedimentos médicos necessários foram prestados ao paciente, que chegou à unidade em estado gravíssimo com diagnóstico de edema agudo de pulmão.

Órgão recomenda medidas para o controle do expediente de médicos na Região dos Lagos

O bairro Nova Cidade, em Itaboraí, ganhou reparos por toda a Avenida Genésio da Costa Cotrim. As equipes da Secretaria Municipal de Obras, no local, aplicaram aproximadamente 170 toneladas de asfalto. A previsão é de que as obras terminem já na próxima semana. No mês de Julho foram iniciados os serviços de patrolamento na Avenida. “Esta via é bastante movimentada e estava muito danificada. Ela tem 7 metros de largura e, aproximadamente, 300 metros de comprimento que serão revestidos por toneladas de asfalto”, comentou o secretário de Obras, Clóvis Raimundo Tomé. A dona de casa, Delma Oliveira, de 49 anos, moradora do bairro há dois anos, afirma que a pavimentação da Avenida

7

Alimentos orgânicos são aqueles produzidos com métodos que não utilizam agrotóxicos sintéticos, transgênicos ou fertilizantes químicos. Noventa por cento dos legumes, frutas e verduras comercializados nas feiras de Macaé são orgânicos. Como incentivo aos produtores da cidade, a Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria de Agroeconomia, disponibiliza assistência técnica aos agricultores na produção de mudas, orientação de preparo mecanizado de solos e correção de acidez. Práticas de cultivo, controle de pragas e doenças, insumos básicos para produção, como calcário e composto básico, transporte de produtos e feirantes para a Feira da Roça são outras ações. De acordo com o secretário de Agroeconomia, Jonas Siqueira Cesar, os alimentos sem agrotóxicos beneficiam a população, que consome um produto mais saudável, como também os agricultores, pois oferecem um produto com maior preço ao consumidor, cerca de 20%. “O produto sem agrotóxico é benéfico para todos. As técnicas usadas no processo de produção respeitam o ambiente e visam manter a qualidade do alimento. Dessa forma, o produto diminui a possibilidade de danos à saúde dos consumidores e de impacto à natureza”, pontuou o secretário. Os jovens produtores do sítio Santa Amália, localizado no Assentamento Celso Daniel, Vitor da Silva, 22 anos, e Graziele Moura, 24 anos, seguiram os passos de seus pais e oferecem produtos 100% orgânicos nas feiras do Pecado, Imbetiba e da Roça. “Nossa renda familiar é fruto dos produtos que produzimos e comercializamos. Os alimentos que oferecemos são todos orgânicos, como a manteiga, os temperos e até mesmo a banha de porco, que foi excluída da cozinha pelo medo de que aumentasse os riscos à saúde. Hoje, o consenso sobre ela mudou, sendo

considerada mais saudável que os óleos vegetais”, explicou o produtor Vitor. Jonas Siqueira ainda acrescentou que a adubação e remédios para combater pragas e doenças são feitos no próprio local de plantio, com produtos naturais, composto orgânico da natureza. A prefeitura também busca viabilidade econômica e retorno financeiro para as famílias, com o fornecimento e a distribuição dos produtos da agricultura familiar para merenda escolar, abastecendo 106 escolas do município. Macaé conta com cerca de 600 propriedades rurais. PROGRAMAÇÃO — Para quem procura produtos de qualidade, a Feirinha da Roça, com 30 anos de tradição, acontece aos sábados, a partir das 4h, na rua Manoel Joaquim dos Reis, ao lado do Supermercado Extra, no Centro, com 85 expositores. Já a Feira Caipira da Serra acontece toda sexta-feira, de 9h às 19h, onde é possível encontrar, além de alimentos sem agrotóxicos, artesanato, flores, teatro de fantoches e palhaços, que compõem o cenário da Praça Gê Sardenberg, onde fica a antiga Câmara de Vereadores de Macaé. Já as feiras dos bairros Imbetiba , Glória e Pecado são promovidas por meio da Cooperativa de Agricultura Familiar (Coopmac) e incluem produtos da economia solidária, como doces e artesanatos. O supermercado JPavani conta com espaço destinado a três agricultores familiares, que também oferecem produtos orgânicos. A feira na Imbetiba acontece na orla da praia, todas as terças-feiras, de 6h às 12h. Já no bairro da Glória, a programação ocorre na praça, as quartas, de 6h às 12h. Na Praia do Pecado, os produtos são oferecidos as sextasfeiras, de 6h às 12h. Quem quiser fazer parte das feiras promovidas pela cooperativa, as informações podem ser adquiridas pelo telefone (22) 99936-1378 ou emailcoopmac2007@hotmail.com.

Cultura, foi uma agradável experiência na sua trajetória como artista, pois, segundo ele, já havia feito outras exposições no Riocentro e em outros espaços, mas esse foi bem diferente, pois teve a participação de um público bem eclético, com mais de 6,8 mil pessoas. “A exposição Portais da História na Casa França Brasil teve uma intensa visitação de um público bem diversificado. Tive contato com centenas de pessoas de vários estados brasileiros e de várias nacionalidades. Foi muito gratificante e muito oportuno, sendo a Casa França Brasil o mais nobre espaço de exposição da cidade. A exposição estava prevista para ter a duração de uma semana, mas acabou se estendendo por três semanas consecutivas, devido ao grande

número de visitantes que elogiaram o nosso trabalho”, afirma o artista. Com vários convites para expor o seu trabalho em espaços de grande relevância histórico cultural, Dawson Nascimento já agendou outras exposições em algumas cidades, como Niterói, centro do Rio, Zona Oeste e nas cidades históricas como Paraty, Tiradentes e Ouro Preto, além de Rio Bonito, onde ele espera receber o mesmo carinho do público. “Agradeço a Deus, pelo dom da vida, pela graça e pelos amigos e apoiadores que me ajudaram nessa empreitada. Agora estamos com a exposição na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, do dia 7 a 17 de agosto, com visitações a partir das 9 às 17 horas. Aguardo todos vocês”, finalizou Dawson.

Divulgação

Cabo Frio será palco de evento de dança de salão com dançarinos com Síndrome de Down. O espetáculo “Down Dance, o Sonho”, é organizado pela Companhia de Dança Alan Lobato e acontecerá nesta sexta (10) e sábado (11), a partir das 20h, no teatro do Colégio Domingos Sávio, no bairro São Cristóvão, com apoio da Prefeitura através da Secretaria de Turismo. O espetáculo contará com a participação da Companhia Dancing Down, do Rio de Janeiro; da Companhia Rosa Demarchi, de Cabo Frio; da Apae de Búzios e do projeto Cadeirantes na Dança. Os bailarinos vão apresentar ritmos como samba, bolero, valsa, rock e forró. Os ingressos são vendidos por R$ 30 e meia por R$ 15. A meia entrada será permitida para estudantes, idosos acima de 60 anos, crianças e pessoas com deficiência. Mais informações do evento podem ser obtidas pelo telefone (22) 99948-5180.

CRIME

A Polícia Civil identificou e prendeu dois adolescentes suspeitos de torturar e matar a idosa Alzira Maria dos Anjos Silva, de 71 anos, na segunda-feira (6), no bairro Cidade Praiana, em Rio das Ostras. Os menores de 15 e 17 anos eram vizinhos da vítima e confessaram o crime à polícia e que entraram na casa da idosa para praticar um roubo, mas ela teria gritado e eles a sufocaram para impedir que a idosa fosse ouvida. Depois, os dois atearam fogo na casa para apagar evidências do crime. A causa da morte da idosa foi asfixia.

LUIZ LIMA

O nadador olímpico e pré-candidato a deputado federal pelo PSL, Luiz Lima, visitou a Região dos Lagose durante sua passagem, palestrou para um grupo de pessoas no Restaurante Cantinho do Peixe em São Pedro da Aldeia, onde se apresentou, conversou sobre propostas da sua pré-campanha, e expôs algumas de suas idéias sobre como o esporte e o turismo podem incentivar a indústria do turismo na região e gerar crescimento e desenvolvimento. A agenda de reuniões em cidades da região incluiu Arraial do Cabo e Búzios.

FRIBURGO

A Casa do Artesão, no Pavilhão das Artes, no Cônego, em Friburgo, foi inaugurada no último sábado, 4, e está funcionando plenamente. No último fim de semana, cerca de 80 turistas que vieram a Nova Friburgo para o Festival do Chocolate também passaram por lá. O Pavilhão das Artes abriu as portas após passar por algumas adaptações para concentrar a exposição de artesanatos produzidos na cidade. São mais de 60 artesãos expondo objetos de decoração, móveis, roupas, brinquedos, tapeçaria e presentes. De acordo com a prefeitura, outras obras de melhorias devem ser realizadas no local, em 2019, com recursos oriundos Ministério do Turismo. O espaço, incluindo o restaurante, funciona de quinta-feira a sábado, das 10h às 17h, e aos domingos, das 10h às 16h.

UTOPIA EM MARICÁ O Festival “Internacional” da Utopia realizado em Maricá, segundo o edital da prefeitura que só foi para rua no dia 16, dois antes do início da “farra”, bancou a vinda de jovens de todos os estado do Brasil, com preços exorbitantes. Dois vereadores de Maricá – Ricardinho Netuno (PEN) e Fillippe Poubel (PSL), entraram no Ministério Público pedindo averiguações sobre os valores exorbitantes de diversos itens do Festival da Utopia. Somente no edital da Cultura (com 86 páginas), os valores chegam aos R$ 3 milhões, e chamam atenção galões de água por R$ 29,50, repelentes por R$ 35,00 (tudo em quantidade absurda) além de lonas artísticas em valores que superaram R$ 100 mil, reais, suficiente para construir uma excelente casa. Mas o que mais chamou atenção, foi o valor das barraquinhas de madeira (feitas de ripa), que no mercado sai por aproximadamente R$ 300,00 (mão de obra e material), e que no edital saiu pela bagatela de R$ 7.756,00, ou seja, R$ 7.450,00 a mais que o valor de mercado. E foram 56 barraquinhas que não se sabem para onde foram depois do Festival da Farra. Muito tóxico e sexo liberado nos locais de concentração dos jovens, que não foi impedido pela secretaria de segurança local, apenas tolerado. Fiscais do TRE-RJ estiveram no evento e apreenderam materiais que faziam alusão ao PT, à Lula Livre e a tudo que poderia ser uma possível propaganda antecipada das eleições de 2018.


8

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

A vez da terceira idade

Internautas usam cada dia mais smartphone para fazer compras Pedro Conforte

Fest Voice Maturidade levanta plateia no Teatro Popular de Niterói

ENTRE OS itens mais procurados estão os de informática e comidas por delivery

Pedro Conforte

DEZ candidatos foram selecionados para estar na grande final na próxima semana PEDRO CONFORTE

Clássica, MPB, sertanejo, samba e até opera; o reportório do Fest Voice Maturidade emocionou e levantou o público nesta sexta-feira no Teatro Popular de Niterói. Realizado pela secretaria do idoso pela primeira vez na cidade, o concurso de música para terceira idade (acima de 60 anos) levou 20 vozes para o palco, mas apenas 10 seguiram para grande final nesta sexta. “Queremos repetir o evento todos os anos para transformar Niterói na cidade da música. Nosso objetivo incentivar aos idosos e mostrar que eles podem. Teve um competidor que estava deprimido e depois que fez a apresentação se transformou, uma alegria contagiante. Essa emoção não tem

valor”, contou Beto Saad, secretário do Idoso. As cadeiras do teatro popular ficaram praticamente cheias de uma plateia que se emocionava e participava junto com os cantores. Através de um grupo de sete jurados experientes no mundo da música, 10 cantores seguiram para grande final: Marcia Heloisa, Marli Rodrigues, Glória Regina, Djanira Maximino, Gessy Silva, Paulo Roberto Cardoso, Silvio Roberto Cardoso, Sebastião Jorge Silva, Luis Fernando Santos e Carlos Rogério. Com 81 anos, Gessy Silva Araújo foi uma das que mais emocionou o público. “A música é tudo pra mim, mas em um primeiro momento não queria participar, foram os meus familiares que me inscreveram e cantar hoje aqui para eles foi

Estudo mostra busca de consórcios e cooperativas RAQUEL MORAIS

Um relatório do Banco Central apontou que o setor de consórcios apresentou crescimento de 3,5% no número de cotas vendidas no comparativo de 2016 com 2017, além do aumento dos contemplados em 7,7%. Outro dado econômico divulgado foi o crescimento de 15% na carteira de crédito das cooperativas de crédito na análise do mesmo período. Economistas e especialistas dos setores avaliaram a pesquisa, mas não pontuaram um bom momento para os dois tipos de negócios em 2018. O relatório mostrou que o aumento no setor de consórcios alcançou R$ 48,6 bilhões. A alta foi puxada pelos dois maiores subsegmentos: 6,1% no de veículos automotores, atingindo R$ 29,90 bilhões e 10,8% no de imóveis, alcançando R$ 18,71 bilhões. Em dezembro de 2017, havia 155 administradoras de consórcios, 18,1 mil grupos e 6,9 milhões de cotas de consorciados ativas. O supervisor de consórcios da AB Abolição, no Centro de Niterói, André Augusto, explicou que na concessionária, nos últimos quatro meses, foi registrado uma queda de 40%. Ele acredita que a economia descontrolada e aumento do desemprego estão diretamente ligados a essa retração. “Muitos comerciantes compram consórcio e eles es-

tando em um momento ruim reflete na queda das vendas das cotas. Eles recebem por dia e o pequeno e médio empresário fazem essa programação, mas com a economia alterada isso não acontece”, explicou. O especialista disse que a vantagem do consórcio é que o cliente não paga juros altos em relação ao financiamento. Enquanto o primeiro tem uma média de 0,26% ao mês, o financiamento chega a 1,20% ao mês. Em relação às cooperativas de crédito, segundo o relatório do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo, o número de cooperados cresceu 8% no ano passado, alcançando a marca de 9,6 milhões de cooperados, com destaque para o crescimento em pessoas jurídicas (19%). Em média, o setor registrou adesão de 60 mil novos cooperados por mês. No final de 2017, havia quatro confederações, 35 centrais cooperativas, 967 cooperativas singulares e dois bancos cooperativos em atividade no país. O economista César Vidal explicou que esse aumento pode estar associado ao alto número de inadimplentes e à restrição de crédito dos bancos. “As cooperativas têm menos exigências e taxas menores para os associados”, pontuou. Ele ainda exemplificou que as taxas no cheque especial e rotativo do cartão giram em torno de 11% nos bancos e empréstimos em torno de 4% a 7% ao mês; enquanto nas cooperativas fica entre 2% e 5%.

muito emocionante”, lembrou. Quem também chamou a atenção da plateia foi Paulo Roberto Victer, de 64 anos. Ele praticamente cantou sem microfone, como um verdadeiro tenor profissional. “Há uns 20 anos estudei música, que continua na minha veia. Cantava em alguns corais mas sempre amador. Não podia deixar de passar a oportunidade de me apresentar, pelo simples prazer de cantar”. A segunda etapa e grande final, vai acontecer, no dia às 18 horas também no Teatro Popular de Niterói, com os 10 classificados. Os 3 primeiros serão agraciados com as seguintes premiações; R$ 3 mil e Hospedagem Resort Haras Morena; R$ 2 mil; e R$ 1 mil. Do 4° ao 10° lugar todos receberão uma medalha personalizada.

Hoje em dia a maioria das pessoas possui um smartphone e boa parte dessas pessoas tem usado o aparelho para fazer compras, seja a mais simples como pedir comida ou mais caras como comprar eletrônicos. Um estudo pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que nos últimos 12 meses, mais da metade (51%) dos internautas fizeram alguma compra por meio de aplicativos. Este valor cresce ainda mais entre a população mais jovem (60%). A pesquisa mostrar que os produtos mais compraram via aplicativos durante esse período foram os eletrônicos e itens de informática (44%), contratação de serviços de transporte particular (39%), vestuário (36%), ingressos para atividades de lazer (25%), comidas por delivery (24%) e produtos de beleza ou perfumes (23%). “Comprar direto pelo celular otimiza o tempo, muitas vezes você já está com ele na mão e longe do computador. Desde da época da faculdade eu o uso para compras, seja para adquirir livros de estudo ou roupas. Minha última compra de produto foi mês passado, quando comprei um perfume. Mas em relação a serviço de transporte e entrega de comida, utilizo pelo menos três vezes por semana. O smartphone faclita para a compra desses serviços”, contou a advogada Sthéfanie Rabello, de 26 anos. A facilidade e a praticidade são o que realmente atraem mais pessoas para a compras pelo celular, de acordo com a pesquisa. Para os entrevistados, a facilidade do acesso é o que mais leva as pessoas a comprarem via aplicativo (52%), seguido de perto pela praticidade e rapidez (49%). “Os dados da pesquisa não deixam dú-

vidas quanto ao futuro do e-commerce. Ele passará cada vez mais pelos aplicativos em dispositivos móveis, utilizados não apenas para comunicar-se durante o processo de compra, mas também para adquirir produtos e serviços, pesquisar e comparar preços”, analisou o presidente da CNDL, José Cesar da Costa. WHATASPP TAMBÉM NA MIRA DOS COMERCIANTES Concebido inicialmente para troca de mensagens pessoais, o WhatsApp vem se tornando também uma plataforma para negócios. De acordo com a mesma pesquisa, 44% dos entrevistados já utilizaram o aplicativo de mensagens para se comunicar com uma loja ou vendedor. “Após uma compra que fiz em uma loja, o vendedor pediu meu telefone, desde então recebo mensagens com promoções e produtos. Este serviço diferenciado e mais próximo do consumidor realmente é muito bom. Minha namorada também utiliza e muitas vezes manda mensagens para determinada loja parar tirar dúvidas de números e modelos, antes de ir a loja”, contou Felipe Escobar, de 32 anos. O estudo mostar que o WhatsApp já é o canal favorito dos internautas para se comunicar com as lojas: 27% preferem esse tipo de contato. A opção aparece à frente do telefone, citado por 25% dos entrevistados. No geral, 79% dos entrevistados que já utilizaram o WhatsApp para se comunicar com vendedores consideram importante que os estabelecimentos comerciais ou prestadores de serviços ofereçam ao cliente essa opção. Apenas 7% são contrários a essa necessidade e 13% demonstram indiferença.


9

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Governo quer adiar reajuste de servidores para 2020 Arquivo

lhões. O ministro do Planejamento já informou, em entrevista recente, que, se o presidente concordasse com o adiamento do reajuste, uma proposição deveria ser enviada ao Legislativo antes do projeto do Orçamento de 2019, conhecido como Lei Orçamentária Anual (LOA 2019). Conforme a legislação, o governo precisa enviar até 31 de agosto a peça orçamentária para o ano seguinte.

O presidente Michel Temer vai encampar a recomendação do Ministério do Planejamento segundo a qual não é possível dar aumento salarial ao funcionalismo em 2019. A sugestão de suspender o aumento, que beneficia diferentes categorias, foi levada ao presidente pelo ministro do Planejamento, Esteves Colnago. O Palácio do Planalto já recebeu a proposta, que deverá ser transformada em Medida Provisória (MP). A medida será enviada em breve ao Congresso. A decisão final sobre o adiamento do reajuste para 2020 caberá ao Legislativo. Com o orçamento apertado, o governo sustenta que haverá cortes bilionários nos programas sociais no ano que vem se não houver a suspensão do aumento, previsto para ser pago em janeiro, quando o novo presidente já terá assumido o cargo. A medida acarretaria uma economia de até R$ 11 bilhões no orçamento de 2019, considerando todos os servidores, entre civis e militares. Se o reajuste for adiado apenas para os civis, o impacto seria de R$ 6,9 bilhões, informou o Planejamento. A previsão é que as despesas com pessoal da União em 2019, como salários e encargos, seja de R$ 322 bi-

REAJUSTE DO JUDICIÁRIO O governo também já decidiu que irá esperar o Congresso se posicionar sobre a proposta de aumento de 16% nos salários do Judiciário, apresentada nesta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Conforme antecipou a Agência Brasil, o reajuste irá onerar a folha de pagamento do Executivo em R$ 243 milhões. Se considerado o "efeito cascata" nos demais poderes e também nas unidades da Federação, as despesas podem aumentar em até R$ 4 bilhões, segundo projeções de técnicos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Somente no Judiciário, o impacto seria de R$ 717 milhões ao ano. Nesta sexta-feira, o Ministério Público Federal (MPF) também anunciou a mesma proposta de reajuste para procuradores.

TRF4 mantém condenação de Cabral e de ex-secretário do Rio O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no Rio Grande do Sul, negou recurso de embargos declaratórios do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e de Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho, ex-secretário de gestão do Rio, que também teve o mesmo tipo de recurso negado na sessão.

Os embargos haviam sido interpostos contra a decisão do tribunal de manter a condenação do político e de seu exsecretário por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. O ex-governador foi condenado, em primeira instância, pela 13ª Vara Federal de Curitiba, especializada em

crimes financeiros e de lavagem de dinheiro, a uma pena de 14 anos e dois meses de reclusão, em 13 de junho do ano passado. Já Wilson Carvalho foi sentenciado a 10 anos e oito meses de reclusão pela prática dos mesmos crimes. De acordo com a sentença, a empresa Andrade Guti-

errez pagava propina ao exgovernador por meio do exsecretário e do sócio de Cabral, Carlos Miranda, para garantir o contrato de terraplanagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), integrado pela empreiteira e a Petrobras. Os réus recorreram das condenações ao TRF4. No

entanto, em 30 de maio deste ano, a 8ª Turma da corte negou, por unanimidade, provimento aos recursos de apelação criminal e manteve as penas para os dois condenados em primeira instância. Ao negar o recurso para Sérgio Cabral e Wilson Carvalho, a juíza relatora, Geórgia Cruz Arenhart, lembrou que

PALAVRAS CRUZADAS

HORÓSCOPO

www.recreativa.com.br

ÁRIES

I

21/3 a 20/4

l

Hoje é dia de ouvir a intuição e a razão é chegar num meio termo. Pensamentos contraditórios, inseguranças e questionamentos sobre felicidade podem ocorrer.

TOURO

I

21/4 a 20/5

l

LIBRA

I

21/9 a 20/10

l

Viradas inesperadas nos planos de fim de semana - o menu astral tem! Nem insista. Dia bom pra rever amigos. Um deles poderá precisar de você, esteja a postos. Mais disposição, só amanhã.

ESCORPIÃO

I

21/10 a 20/11 l

Revisão de planos e mudanças ou precipitação de decisões no âmbito familiar. Assuntos ligados à imóveis ficam em destaque. Mas não é momento certo pra decidir nada de importante.

Metas e ambições precisarão ser revistas em breve, e hoje já obterá sinais da direção nova delas. Mas não force nada e não tenha medos. Crises em casa: enfrentamentos necessários.

GÊMEOS

SAGITÁRIO

I

21/5 a 20/6

l

I

21/11 a 20/12

l

Viagens e relações com os mais próximos ficam sob suspeita neste sexta-feira. Tenha um plano B para o caso de mudanças inesperadas. Saúde um tanto frágil - evite desgastes físicos.

Não se coloque a prova hoje, poupe-se. Competições e desafios não estão prometendo vitórias fáceis. Desgastes amorosos podem ser contornados com um toque de surpresa e delicadeza.

CÂNCER

CAPRICORNIO

I

21/6 a 20/7

l

I

21/12 a 20/01 l

Seu instinto de sobrevivência é forte e poderoso, mas agora sua autoconfiança não está das mais confiáveis. Escolhas erradas são um problema. Alimentação merece critério e cuidado.

Clima astral pede flexibilidade na rotina e alegria. Ótimo dia pra procurar a companhia das pessoas de alto astral e pra cima. Saúde sensível: atenção à coluna, olhos e coração.

LEÃO

AQUÁRIO

I

21/7 a 20/8

l

Saúde frágil e sensibilidade em destaque - tanto hoje quanto amanhã. Preparação para o eclipse de amanhã. Pegue leve e descanse. Menos balada e mais vida mansa. Bom pra se escutar melhor.

VIRGEM

I

21/8 a 20/9

os embargos de declaração servem exclusivamente para esclarecer ambiguidades, omissões, contradições ou obscuridades de decisão recorrida, “não se prestando para fazer prevalecer tese diferente daquela adotada pelo órgão julgador ou para reavaliação das conclusões surgidas da livre apreciação da prova”.

l

Impulsos desencontrados e necessidade mais intensa de isolamento e descanso. Você se beneficiará disso e também de atividades criativas. Pouca paciência.

I

21/1 a 20/2

l

Tanto hoje quanto amanhã, relações em crise pedem atenções e decisões mais rápidas e urgentes. Se algo não vai bem, a tendência é de mudança. Nem tudo pode ser controlado com argumentos.

PEIXES

I

21/2 a 20/3

l

Tenha alguns planos alternativos para esta sexta-feira de surpresas. Compromissos podem ser alterados sem aviso prévio. Vigie sua relação com subordinados e assistentes. Resolva por conta própria.

DDG 0800 35 1422


10

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

CULTURA

cultura@atribunarj.com.br

SONIA GOMES E JAIME LAURIANO ABREM EXPOSIÇÕES NO MAC Divulgação

O

Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) abre duas novas exposições, nesse sábado às 14h. São elas: “A vida renasce, sempre”, primeira individual em um museu da artista brasileira Sonia Gomes; e “Brinquedo de furar moletom”, de Jaime Lauriano, onde o artista utiliza ferro das balas usadas pela polícia militar do Rio de Janeiro para fazer as suas miniaturas. A curadoria é de Pablo León de la Barra e Raphael Fonseca. “A Vida renasce, sempre” – a mostra, que ocupará o Salão Principal do museu, vai apresentar ao público cerca de 40 trabalhos, realizados nos últimos 20 anos por Sonia Gomes – indicada ao Prêmio pipa em 2012 e 2016. Desenhos sobre papel, tecido e madeira, intervenções em livros, objetos domésticos e de trabalho, assim como exemplos das diferentes séries de trabalho que a artista desenvolveu ao longo da sua carreira, como os panos, torções e pendentes estarão entre as obras selecionadas para a exposição no MAC Niterói. Suas esculturas são construídas a partir de tecidos e outros objetos encontrados, torcidos, amarrados e manipulados até se transformarem em tramas espaciais complexas. Tem como procedimento a desconstrução das técnicas de manufatura de tecidos, eliminando qualquer finalidade de uso desses materiais. Suas obras remetem, pelas cores, estamparias e até téc-

nicas empregadas, a um universo íntimo ligado à memória familiar e à identidade racial e cultural da artista, além de estarem relacionadas à sua cidade natal, Caetanópolis, importante centro mineiro de indústria têxtil. Entre o popular e o erudito, o mundo da artista mineira liga o espectador a uma poderosa tradição brasileira, que transforma materiais instáveis e difíceis em arte permanente e contemporânea

na trama extremamente inventiva de suas colagens e construções. Única brasileira na mostra principal da 56ª Bienal de Veneza, em 2015, Sonia Gomes expôs pela primeira vez aos 46 anos. Depois, não parou mais. Aos 70 anos, trabalha todos os dias. Uma grande oportunidade de o público conhecer o trabalho desta grande artista, que através do tecido e de sua obra, também escreve, estrutura, dá forma e rei-

vindica as vozes e presenças das minorias silenciadas, em especial àquela das mulheres negras no Brasil. “Brinquedo de furar moletom” – assim como as exposições anteriores desenvolvidas na varanda do MAC Niterói - no lugar preciso que o museu ocupa: sua vista privilegiada para a Baía de Guanabara. Tendo em mente suas pesquisas sobre mapas coloniais e sobre a história da violência no Bra-

ARRANCO DE VARSÓVIA COMEMORA 20 ANOS Divulgação

O grupo Arranco de Varsóvia comemora 20 anos na Sala Carlos Couto, no Teatro Municipal, no dia 14, terça-feira, às 20h. O grupo formado por Andrea Dutra, Elisa Queirós e Cacala Carvalho irá mostrar que entrou numa nova fase. O Arranco começou a paquerar outras vertentes do samba, misturando linguagens e elementos de outras praias sonoras e mostrará tudo

isso nesse show gratuito. Vinte anos se passaram desde que uma insônia deixou o Pauleira acordado, lá no Japão, com Quem me vê sorrindo, de Cartola, martelando na cabeça, fazendo com que ele decidisse misturar samba e vocal. Na volta, convocou o também instrumentista e arranjador Muri Costa e as cantoras Eveline Hecker, Soraya Ravenle e Rita Peixoto, nesta or-

dem, para formar o Arranco de Varsóvia. Prepararam e ensaiaram os primeiros oito arranjos e foram logo mostrar pra Beth Carvalho, que abençoou tudo e virou dinda imediata, aproveitando para indicar pérolas de repertório que colheu com seu faro fino. O Arranco estreou em disco em 1997, com Quem é de sambar, logo seguido pelo Samba de Cartola, que ganhou prêmio d'O

Globo de melhor disco do ano de 1998. Em 2001, o time feminino foi substituído por Andrea Dutra, Elisa Queirós e Cacala Carvalho, escolhidas entre 80 candidatas. Com a nova formação, o Arranco entrou em estúdio para gravar Na cadência do samba, que misturou duas inéditas de Dorival Caymmi, pérolas do pagode de Arlindo Cruz e Pixinguinha. O disco ganhou o Premio Tim 2006 de Melhor grupo de samba e encerrou a trilogia com a Dubas. Nesses 20 anos, muita coisa se transformou. Mas há exatos 14 anos o grupo se reúne, impreterivelmente, toda segunda-feira à noite, para ensaiar, ouvir música, conversar, chorar mágoas, tomar cafezinho, planejar, contar piadas e manter acesa a chama a amizade e desse raro e feliz casamento que continua cheio de samba e amor pra dar e vender, por muitos e muitos anos. A classificação etária é livre e a entrada é gratuita, mediante distribuição de 100 senhas meia hora antes da apresentação. A Sala Carlos Couto fica anexa ao Teatro Municipal de Niterói, na Rua Quinze de Novembro, 35 no Centro de Niterói. Mais informações pelo telefone (21) 2620-1624.

sil, o artista Jaime Lauriano propõe, por meio de tijolos portugueses, uma espécie de barricada/torre de observação da paisagem. Acima desse longo muro que ocupa três galerias do espaço, miniaturas de transportes relacionados ao militarismo, à defesa e à violência. Três caravelas, um tanque de guerra, um avião de guerra e 27 miniaturas de carros da polícia militar pousam sobre os tijolos como se estivesse a defender o espaço inter-

no do museu. As miniaturas desses carros representam as vinte e sete capitais do Brasil e tiveram seus modelos extraídos de modelos de automóveis comumente utilizados pela instituição: o caveirão (Rio de Janeiro), a base móvel da Polícia Militar de São Paulo e quatro modelos populares (Palio, Gol, Fiat Uno e pickup). As miniaturas são feitas do ferro das balas usadas pela polícia militar do Rio de Janeiro. O título da exposição foi retirado da música ‘Vida loka parte 1’, do célebre grupo paulistano de rap Racionais MCs. Do álbum ‘Nada como um dia após o outro dia’, de 2002, se trata de um verso que joga justamente com um dos elementos essenciais da proposta de Lauriano: os limites entre violência e infância, entre miniaturas de brinquedos e munição militar. As mostram ficarão em cartaz até 25 de novembro de 2018 com visitação de terça a domingo, das 10h às 18h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira). Estudantes, professores e pessoas acima de 60 anos pagam meia (R$ 5). Entrada gratuita para estudantes da rede pública (ensino médio), crianças de até 7 anos, portadores de necessidades especiais, moradores ou nascidos em Niterói (com apresentação do comprovante de residência) e visitantes de bicicleta. Na quarta-feira, a entrada é gratuita para todos. O MAC fica no Mirante da Boa Viagem. Mais informações pelo telefone (21) 2620-2400.

MONA VILARDO FAZ HOMENAGEM PARA DALVA DE OLIVEIRA A cantora Mona Vilardo fará duas apresentações no Teatro Municipal de Niterói nesse sábado e domingo, às 19h. Conhecida como “O Rouxinol Brasileiro” e a “Rainha da Voz”, Dalva realizou mais de 400 gravações e sua voz está em vários coros dos discos de Carmem Miranda, Orlando Silva e Francisco Alves. No ano passado, centenário do seu nascimento, a cantora e atriz Mona Vilardo homenageou essa Rainha do Rádio com belas canções dessa que foi, sem dúvida alguma, uma das maiores vozes do Brasil. O projeto de homenagear Dalva de Oliveira no seu centenário começou com o lançamento do clipe de Ave Maria no Morro, de Herivelto Martins. Mona Vilardo lançou o

clipe no seu canal do Youtube, no dia 5 de maio de 2017 – dia do centenário. Dalva de Oliveira começou sua carreira cantando no grupo “Trio de Ouro”, formado por Herivelto Martins e Raul Sampaio. Em “Mona canta Dalva” o Trio de Ouro é formado por Ayres D’Athayde (percussão), Daniel Sant'Anna (violão), Ricardo Nascimento (trompete) e Mona Vilardo (voz). A direção artística é de Marcia do Valle e a produção de Filomena Mancuzo. A classificação etária é livre, a duração do show é de 70 minutos e os ingresso custam R$ 50. O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua Quinze de Novembro, 35 no Centro de Niterói. Mais informações pelo telefone (21) 2620-1624. Divulgação


11

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

ESPORTES

esportes@atribunarj.com.br

Flu traz jogadores de volta Clube aposta no retorno do meia Daniel, que estava emprestado ao Oeste

Divulgação

O Fluminense vem atravessando uma série crise financeira, que passa pela perda de patrocinadores e por atraso na folha salarial dos jogadores e demais funcionários. Dessa maneira, as chances de ir ao mercado buscar opções se tornam menor. Criatividade passa a ser a palavra de ordem. E uma das alternativas foi pedir junto ao Oeste o retorno do meia Daniel, revelado nas categorias de base do Tricolor e que estava emprestado ao clube paulista. Daniel vem se destacando pelo Oeste na Série B do Campeonato Brasileiro, sendo líder de assistências e por isso mesmo passou a chamar a atenção dos tricolores. O clube paulista ainda tentou negociar, mas o retorno foi decretado. “O Daniel era líder de assistências lá e estávamos esperando este reconhecimento. Ele vinha trabalhando muito por isso, para as oportunidades surgirem, e por isso mesmo que não ficamos surpresos com o chamado do Fluminense”, assegurou Felipe Simões, representante do jogador, em entrevista à Rádio Brasil do Rio de Janeiro. A chegada de Daniel contou

PEDRO CONFORTE

DANIEL é líder de assistências na série B do Brasileiro

com o aval do técnico Marcelo Oliveira, que observou o jogador em alguns vídeos de jogos do Oeste e entende que ele pode somar bastante ao plantel, principalmente porque o Fluminense passa por um momento de va-

lorização dos jovens. Daniel chega para ser o reserva imediato do equatoriano Junior Sornoza. Este, por sinal, está se recuperando de um edema na coxa esquerda e ainda não tem presença assegurada

no duelo da próxima segundafeira, contra o Internacional, no Maracanã. O jogador será reavaliado nas atividades do fim de semana, mas a escalação deverá sair apenas minutos antes do confronto.

Rafaela supera final e leva o ouro no Grand Prix de Judô Rafaela Silva é ouro! Nesta sexta-feira, logo no primeiro dia do Grand Prix de Judô em Budapeste, na Hungria, a brasileira campeã olímpica em 2016, no Rio de Janeiro, superou duelos duros nas fases classificatórios, uma final de reviravoltas e conseguiu a vitória sobre a alemã Theresa Stoll com um ippon para garantir o lugar mais alto do pódio. A estreia na competição foi diante da americana Leilani Akiyama. Na categoria até 57 kg, a brasileira conseguiu exercer o domínio e se garantiu no terceiro round, quando superou a polonesa Julia Kowalczyk. Nas quartas de final, Rafaela finalizou a atleta canadense Christia Deguchi, que vinha de uma sequência invicta, e antes da final ainda passou pela anfitriã Hedvig Karakas. Na final, Rafaela encontrou uma adversária muito dura, que tentou se impor e deixou o duelo equilibrado em diversos momentos. Restando um minuto, a brasileira conseguiu um Yuko e abriu vantagem, que quase foi perdida com a marcação inicial da arbitragem de Ippon. Porém, com o recurso do vídeo, o golpe foi revisto e o Wazari foi marcado. No fim, a campeã olímpica venceu e garantiu o ouro.

Os times do Canto do Rio, de Niterói, e o Itaboraí Profute lideram seus respectivos grupos depois de três rodadas da série C do Campeonato Carioca. A equipe niteroiense teve a ajuda do Arturzinho, da Zona Oeste do Rio, que não regularizou a equipe e por isso perdeu de WO. Já o Itaboraí venceu por 3 a 2 na última rodada em um jogo eletrizante. A equipe volta a campo neste fim de semana. Com uma média de dois gols por partida o Itaboraí Profute tem o segundo melhor ataque, junto com o Canto do Rio. As equipes da região só perdem para o Paduano, que marcou oito gols nas duas primeiras rodadas. Na rodada deste fim de semana o Canto do Rio não entra em campo porque o grupo C, o qual lidera, tem cinco equipes. O Cantusca vai secar o Campo Grande, única equipe de tirar a liderança da equipe niteroiense. Com duas vitórias e um

empate, o Canto do Rio segue com sete pontos e com seis gols de saldo, enquanto o Campo Grande tem quatro pontos e três gols. Já o Profute não terá descanso, entra em campo neste sábado para se manter na liderança isolada, contra equipe de Búzios às 15 horas no Louzadão. Com pouco mais de 77% de aproveitamento na competição, a equipe de Itaboraí contabiliza duas vitórias e um empate com três gols de saldo. Caso vença neste sábado, o time se coloca na liderança isolada. TIME DE SG TENTA EMPLACAR APÓS DERROTA Depois de uma derrota avassaladora de 5 a 1 para o Paduano, o Atlético Carioca de São Gonçalo tenta embalar para se manter vivo na competição. Nesta terceira rodada do Grupo D o time gonçalense tenta a segunda vitória contra o lanterna São José que amarga duas derrotas e nenhum ponto. Divulgação

Divulgação

CANTUSCA tem sete pontos e seis gols de saldo

Seleção feminina de vôlei inicia maratona de amistosos

NA FINAL, Rafaela enfrentou a alemã Theresa Stoll e venceu a luta por ippon

Pela categoria até 60 kg masculino, Raphael Miaque, único brasileiro, acabou dominado logo na estreia diante do israelita Alon Rahima e perdeu por ippon. Já Nathalia Brigida estreou com o pé direito superando a espanhola Laura Abelenda. No segundo round, entretanto, acabou eliminada para a argentina Paula Pareto na chave até 48 kg feminino.

Quem conseguiu um bom desempenho e por pouco não avançou para a semifinal da competição em solo húngaro foi Diego Santos. Lutando na categoria até 66 kg, o brasileiro estreou com vitória sobre o americano Alaa El Idrissi por ippon. No segundo round, encarou o bielorrusso Dzmitry Minkrou e avançou novamente por pontos. A participação, porém, acabou fi-

nalizada no terceiro round, quando Diego foi derrotado pelo irlandês Nathon Burns por ippon. Na categoria até 57 kg feminino, mesma de Rafaela, Kamila Silva deu indícios de que poderia ir longe vencendo em sua estreia a eslovaca Viktoria Majorosova, mas no segundo round acabou dominada e derrotada por ippon diante da ucraniana Mariia Skora.

Mais sete medalhas e dois recordes batidos no Parapan A sexta-feira foi apenas o segundo dia de Parapan-Pacífico de natação, e o Brasil já soma quebra de recordes nos jogos em Cairns, na Austrália. Após o ouro no revezamento 4x50m livre, com a melhor marca das Américas na quinta, os atletas brasileiros conquistaram sete medalhas em dez finais, sendo dois ouros, nesta sexta. O primeiro recorde brasileiro do dia veio com o carioca Caio Oliveira (da classe S8) nos 100m livre com a marca de 1min01s34, que também lhe garantiu a medalha de bronze. Ele já havia batido este recorde em junho, na primeira etapa nacional do Circuito Loterias Caixa, em São Pau-

Canto do Rio e Itaboraí lideram grupos no Carioca

Divulgação

DANIEL conquistou seu terceiro ouro nos 100m livre

lo. Completaram o pódio o australiano Ben Pophan (59s33) em primeiro e o americano Robert Griswold (59s82) em segundo. Nesta mesma prova, Gabriel Cristiano terminou em quinto lugar com o tempo de 1min01s83. Já a capixaba Patrícia Santos quebrou o recorde brasileiro nos 50m peito (SB3). Ao finalizar a

prova em 1min02s62, ela garantiu vaga na final e a nova marca nacional. Na disputa por medalhas, Patrícia ficou com a prata (1min02s80). Na etapa da Itália da World Series, em maio, ela havia estabelecido 1min02s98 como melhor marca nacional. A americana Leanne Smith conquistou o ouro (57s62). O bron-

ze ficou com a australiana Rachel Watson (1min13s32). Conhecido da torcida brasileira, Daniel Dias conquistou seu terceiro ouro no torneio ao ser o primeiro nos 100m livre na classe S5. Na mesma categoria, Joana Neves foi a campeã no feminino. Além dos dois, Edenia Garcia (S3) e Phelipe Rodrigues (S10) conquistaram a prata nos 100m livre, enquanto Maiara Barreto (S3) e Caio Oliveira (S8) ficaram com o bronze. Nos 50m peito, Patrícia Santos (SB3) terminou na segunda posição. No sábado, mais seis atletas brasileiros caem nas piscinas de Cairns, nas provas de 50m costas e também 200m medley.

Nesta sexta-feira, a Seleção Brasileira feminina de vôlei deu continuidade à preparação para o Mundial do Japão, que será disputado entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro. Em Barueri (SP), as comandadas de Zé Roberto Guimarães treinaram com foco voltado para os quatro amistosos que farão contra os Estados Unidos ao longo da próxima semana, em ‘maratona’ que se inicia já neste domingo. O técnico do Brasil já conta com as últimas jogadoras por ele convocadas para integrar o provável plantel que disputará o Mundial. A levantadora Dani Lins, a central Thaísa, a líbero Suelen e as ponteiras Fernanda Garay e Fernanda Tomé constituíram o grupo que já conta com nomes de destaque do vôlei nacional e internacional, como Natália, Tandara, Adenízia, Roberta, entre outras. Fê Garay e Natália foram as únicas que não entraram em quadra, ficando apenas na academia. A primeira aprimora a forma física, enquanto a segunda ainda se recupera de lesão. Após o alongamento, as atletas brasileiras aqueceram com um exercício de coordenação, com três atletas de cada lado da quadra e duas bolas em jogo. A segunda parte do

treino já esteve mais relacionada à dinâmica de jogo, com uma atividade que envolveu tanto a parte defensiva como de construção de jogadas de ataque. O terceiro treinamento foi semelhante ao segundo, contanto, consistiu em jogadas de definição rápida, com os ataques enfrentando a resistência de bloqueios. O primeiro amistoso entre Brasil e EUA será realizado neste domingo, em Brasília (DF), no ginásio Nilson Nelson, a partir das 10h (no horário de Brasília). Na sequência, nos dias 14 e 16, próximas terça e quinta-feira, respectivamente, os testes ocorrerão em Uberaba (MG). O quarto e último jogo contra as norte-americanas, no dia 18, acontecerá no Maracanãzinho, no Rio. Na reta final da preparação para o Mundial 2018, será disputado o Torneio Montreux Volley Masters, na Suíça, entre os dias quatro e nove de setembro. No principal torneio do ano, o Brasil tem estreia programada para o dia 29 de setembro, contra Porto Rico. Pelo Grupo D, a seleção verde e amarela ainda enfrentará Cazaquistão, República Dominicana, Sérvia e Quênia por uma vaga na segunda fase da competição. Divulgação

BRASIL irá jogar quatro vezes com os EUA


12

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

ESPORTES

esportes@atribunarj.com.br

Momento delicado no Flamengo Com time começando a patinar nos campeonatos, grupo ligado a Bandeira se vê ameaçado a continuar à frente do clube O momento vivido pelo Flamengo na temporada tem gerado preocupação na diretoria do clube. Isso porque se trata de um ano eleitoral e o grupo ligado ao presidente Eduardo Bandeira de Mello não pretende passar o bastão. O mandatário não pode buscar uma nova reeleição, porém, seus aliados entendem que é importante neste momento permanecer à frente do clube para dar sequência ao processo de reestruturação financeira e tentar colher os louros, após boa parte dos mandatos de Bandeira ser dedicado ao pagamento de dívidas. Nos corredores do clube, esses aliados entendem que se o Flamengo não conquistar nenhum dos três títulos que está disputando, pode ser algo decisivo para uma derrota nas urnas, até então tratada como algo pouco pro-

Divulgação

BANDEIRA conseguiu sanear boa parte das contas do clube e quer eleger sucessor

vável. No último fim de semana, o Rubro-Negro perdeu

por 2 a 0 para o Grêmio no Rio Grande do Sul e viu o São

Paulo lhe roubar a liderança do Campeonato Brasileiro.

Pelo mesmo marcador, os flamenguistas foram derrotados por 2 a 0 para o Cruzeiro na quarta-feira, no Maracanã, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Ou seja, a chance de ser campeão continental reduziu consideravelmente e esta era a grande aposta dos dirigentes. No domingo, às 16h (horário de Brasília), o Flamengo volta a enfrentar o Cruzeiro no Maracanã, mas dessa vez pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se perder e o Internacional vencer o Fluminense no dia seguinte, o Rubro-Negro vai cair para a terceira colocação, ampliando o momento negativo. Na quarta-feira da próxima semana tem choque importante contra o Grêmio, também no Rio de Janeiro, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, os times empataram por 1 a 1 no

Zé Ricardo ganha confiança do plantel botafoguense O técnico Zé Ricardo assumiu o comando do Botafogo esta semana, na vaga de Marcos Paquetá, mas já é fácil perceber que o treinador caiu no gosto do plantel. Se antes os atletas eram vistos com um semblante de preocupação, agora os treinos são mais leves e o clima de brincadeira voltou ao Estádio Nilton Santos. A confiança se deve a bons trabalhos realizados recentemente pelo técnico à frente de

Flamengo e de Vasco. Companheiro de Zé Ricardo no Vasco, o volante Jean explicou que a chegada do treinador devolveu a confiança de todos. No ano passado, o treinador assumiu o Vasco em meio a um clima de desconfiança no Campeonato Brasileiro, a exemplo do que acontece agora com os botafoguenses, e conseguiu classificar o Cruz-Maltino para a Copa Libertadores. Aquela arrancada foi motivo de uma

Jorginho vê evolução no time do Vasco

Divulgação

TIME perdeu para LDU na Sul-Americana

O Vasco foi eliminado na Copa Sul-Americana, porém, a boa atuação na vitória de 1 a 0 sobre a LDU, na noite de quinta-feira, em São Januário, deixou o técnico Jorginho e os jogadores animados em relação ao futuro. O Cruz-Maltino dominou completamente o adversário e desperdiçou diversas oportunidades de gol. O 1 a 0 foi pouco em termos de produção, mas não suficiente para fazer o time brasileiro, derrotado por 3 a 1 no Equador, seguir na briga pelo título. “Pelo que apresentamos estamos animados em relação ao Campeonato Brasileiro. Posso dizer que este grupo vai surpreender ainda muita gente nesta temporada. Principalmente se o nosso torcedor seguir nos apoiando e fazer de São Januário o caldeirão que mais uma vez vimos contra a LDU. Temos dois jogos a menos que os demais adversários e se formos bem nesses jogos podemos pleitear coisas boas”, disse Jorginho, se referindo aos jogos reprogramados contra Bahia e Santos pelo Brasileirão. Os jogadores pensam da mesma maneira. “O Vasco tem

condições de avançar bem no Campeonato Brasileiro se conseguirmos manter o bom nível de atuação que mostramos contra a LDU nesta quinta-feira. O nosso time está com muita vontade de fazer um grande Brasileirão e esperamos que o torcedor siga acreditando neste time e apoiando como tem feito”, disse o meia Thiago Galhardo. O volante Andrey compartilha a mesma opinião. “O nosso pensamento agora se volta todo para o Campeonato Brasileiro e a nossa luta será para conquistar uma vaga na próxima Libertadores. Vamos lutar muito para que ela venha”, disse Andrey. O Vasco volta a campo pelo Campeonato Brasileiro já no próximo domingo, às 19 horas (de Brasília), no Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como a sexta-feira foi marcada por um trabalho regenerativo, somente neste sábado, dia da viagem da delegação para a capital paulista, que Jorginho vai definir a escalação para o duelo contra os palmeirenses. O Vasco é o 13º colocado no Brasileirão com 19 pontos conquistados.

conversa com Jean na chegada ao Botafogo. “Quando o encontrei ele me perguntou: ‘Pronto para darmos mais uma arrancada?’. Aí respondi a ele que se conseguir nos classificar para a Copa Libertadores já está bom. O Zé Ricardo é um treinador muito competente, que fala a linguagem do jogador e, com certeza, vai acrescentar muito ao time do Botafogo. A nossa expectativa é subir de produ-

ção no Campeonato Brasileiro e alcançar bons objetivos”, disse Jean. O treinador conta com a confiança do plantel. “O Zé Ricardo vem de bons trabalhos no Flamengo e no Vasco e com certeza chega para acrescentar muito ao nosso grupo. Estamos todos focados em fazer o Botafogo reencontrar o caminho das vitórias”, afirmou o zagueiro argentino Joel Carli. O Alvinegro volta a campo

pelo Campeonato Brasileiro neste domingo, às 11h00 (horário de Brasília), para medir forças com o Paraná Clube, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR), pela 18ª rodada da competição. O time do Botafogo para este confronto será divulgado apenas antes do jogo. Neste sábado, a delegação botafoguense embarca para a capital paranaense. Com 21 pontos, o Glorioso está na parte intermediária da tabela de classificação.

Rio Grande do Sul. Candidato de oposição tido como mais forte, Rodolfo Landim lançou a sua chapa e teve o apoio do ex-presidente Márcio Braga e de Zico. O fato repercutiu com preocupação na situação, que deverá confirmar nos próximos dias o vice-presidente de futebol Ricardo Lomba como candidato. Filiado ao partido Rede Sustentabilidade, Eduardo Bandeira de Mello está dividindo seu tempo com a política, outro fato que tem incomodado alguns aliados, que entendem que o momento requer foco total no processo de continuidade. O fato é que as próximas semanas serão decisivas para a definição do quadro eleitoral do Flamengo. O pleito acontece no fim do ano. Até lá, o desempenho em campo também vai influenciando nos gostos do torcedor. Divulgação

BONS trabalhos no currículo


13

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

CLASSIFICADOS

IMÓVEIS


14

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

PUBLICIDADE LEGAL Municipal de Rio Bonito:

PORTARIA Nº 884/2018 O Prefeito Municipal de Rio Bonito, Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais, conforme Processo nº. 1036 de 22.02.2017, R E S O L V E: Tornar Público a Anulação da Nomeação da Servidora Municipal CAROLINA APARECIDA RIBEIRO GONÇALVES pela inaptidão ao cargo de AUXILIAR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL por ferir aos requisitos exigidos e indispensáveis, nos termos do Edital do Concurso Público n.º 001/2014, a contar de 01 de agosto do corrente ano. Registre-se e Publique-se. Rio Bonito, em 09 de Agosto 2018. JOSÉ LUIZ ALVES ANTUNES Prefeito Municipal

Lei nº 2234 de 10 de agosto de 2018. Dispõe sobre autorização legislativa concedida ao Poder Executivo para a abertura de Crédito Adicional Suplementar, para o atendimento das despesas que especifica. O PREFEITO MUNICIPAL DE RIO BONITO, Estado do Rio de Janeiro, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo, autorizado a proceder, por Decreto, à abertura de Crédito Adicional Suplementar, no valor de R$ 282.000,00 (Duzentos e Oitenta e Dois Mil Reais), para atender despesas da Secretaria Municipal de Administração, de acordo com a dotação orçamentária relacionada no quadro seguinte:

Parágrafo Único – A autorização a que se refere este artigo se fundamenta nas disposições dos artigos 40 e 42 da Lei Federal n° 4.320/64. Art. 2º - O recurso para atender a presente autorização é proveniente da anulação parcial de saldo orçamentário conforme autoriza o artigo 43 parágrafo 1º - inciso III da Lei Federal nº 4.320/64 da dotação orçamentária relacionada a seguir:

Art. 3º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Rio Bonito, 10 de agosto de 2018. JOSÉ LUIZ ALVES ANTUNES Prefeito Municipal

DECRETO Nº. 137/2018 O PREFEITO MUNICIPAL DE RIO BONITO, Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais e de acordo com o que lhe confere a Lei Municipal nº 2234 de 10 de agosto de 2018. DECRETA: Art. 1º - Fica aberto pelo Poder Executivo, o Crédito Adicional Suplementar, no valor de R$ 282.000,00 (Duzentos e Oitenta e Dois Mil Reais), para atender despesas da Secretaria Municipal de Administração, de acordo com a dotação orçamentária relacionada no quadro seguinte:

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, em 07 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 039/2018 Rio Bonito, em 10 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 Nos termos do Edital nº. 001/2017 da Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Administração, no uso de suas atribuições legais, torna público a CONTRATAÇÃO por tempo determinado para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público, nos termos da Lei nº 708 de 20.04.1998 e Decreto regulamentador 452 de 09 de março de 2010 dos seguintes profissionais conforme abaixo discriminado:

PORTARIA SEMAD Nº. 040/2018 Rio Bonito, 03 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 Nos termos do Edital nº. 001/2017 da Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Administração, no uso de suas atribuições legais, torna público o NÃO COMPARECIMENTO para contratação por tempo determinado para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público, nos termos da Lei nº 1733 de 17 de dezembro de 2010, dos seguintes profissionais conforme abaixo discriminado:

Rio Bonito, 03 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 Nos termos do Edital nº. 001/2017 da Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Administração, no uso de suas atribuições legais, torna público a RESCISÃO da contratação por tempo determinado para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público, nos termos da Lei nº 1733 de 17 de dezembro de 2010, dos seguintes profissionais conforme abaixo discriminado:

Rio Bonito, 03 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas atribuições legais e na forma da Lei, faz emitir o seguinte ato de concessão:

ATO DE INTEGRAÇÃO Nº 024/2018

Parágrafo Único – A autorização a que se refere este artigo se fundamenta nas disposições dos artigos 40 e 42 da Lei Federal n° 4.320/64. Art. 2º - O recurso para atender a presente autorização é proveniente da anulação parcial de saldo orçamentário conforme autoriza o artigo 43 parágrafo 1º - inciso III da Lei Federal nº 4.320/64 da dotação orçamentária relacionada a seguir:

Fica concedida a Integração do Adicional de Insalubridade com percentual de 40% (Quarenta por cento), por atendimento dos requisitos do Art. 135 da Lei 1822 de 13/01/13, ao servidor descrito abaixo:

Rio Bonito, 01 de Agosto\ de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Mat. : 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 035/2018

Art. 3º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Rio Bonito, 10 de agosto de 2018. JOSÉ LUIZ ALVES ANTUNES Prefeito Municipal

Extrato de Contrato SME nº 084/2018 Município de Rio Bonito e MARIA DE LOURDES GONÇALVES CRUZ Locação do imóvel destinado a instalação da Creche em Nova Cidade, de acordo com a Lei Federal nº 8.666/93. Valor: R$ 5.450,00 (cinco mil, quatrocentos e cinquenta reais) Processo: 1376/2018 Contrato SME nº 084/2018 Prazo: 05 (cinco) meses. Data da assinatura: 09/08/2018

AVISO DE RESULTADO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 003/2018 A Prefeitura Municipal de Rio Bonito, Estado do Rio de Janeiro, por sua Presidente da Comissão Especial de Licitação da Secretaria Municipal de Saúde a Senhora Raquel Inácio Heringer Azevedo, devidamente autorizada pela Exmo. Sr. Prefeito Municipal, torna público que realizou o Chamamento Público nº 003/2018, cujo o objeto é o credenciamento de PESSOAS JURÍDICAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE FISIOTERAPIA interessadas em participar de forma complementar ao Sistema Único de Saúde - SUS, no município de Rio Bonito, para a prestação de serviços de Fisioterapia. Após análise da documentação do interessado, a empresa CLINICA DE REABILITAÇÃO FISIO BEMSTAR LTDA ME foi declarada credenciada no Chamamento Público Nº 003/2018, conforme tabela de procedimentos abaixo: TABELA DE PROCEDIMENTOS

A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Bonito, Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta no Processo nº. 3949/2018 de 017/07/2018, RESOLVE, averbar ao tempo de serviço da Servidora Municipal NILZA MARIA CORRÊA, matrícula nº. 1941, no cargo de TÉCNICO DE LABORATÓRIO, 5913 (Cinco mil, novecentos e treze) dias, o equivalente à 16 (dezesseis) anos, 02 (dois) meses e 13 (treze) dias de serviços prestados, conforme a Certidão do INSS, com fulcro no Art. 76, Inc IV da Lei 1822/2013 combinado com a Art. 201, § 9º da Constituição Federal. Registre-se e Publique-se, Prefeitura Municipal de Rio Bonito, em 02 de Agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de PROFESSOR ORIENTADOR PEDAGÓGICO, em vaga constante do Quadro Permanente:

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 041/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de ORIENTADOR EDUCACIONAL, em vaga constante do Quadro Permanente:

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 042/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de SUPERVISOR EDUCACIONAL, em vaga constante do Quadro Permanente, a contar de 31 de julho do corrente ano: DANIELE DE CARVALHO FERREIRA Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 043/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de AUXILIAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, em vaga constante do Quadro Permanente:

PORTARIA SEMAD Nº. 036/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Bonito, Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta no Processo nº. 4024/2018 de 19.07.2018, RESOLVE, tornar sem efeito a Portaria nº.1402/2015 do Processo nº. 3524 de 13.05.2015, que averbou o tempo de serviço da Servidora Municipal MARIA APARECIDA GOULART PINTAS MACHADO, matrícula nº. 0487, ORIENTADOR EDUCACIONAL, 652 (Seiscentos e cinqüenta e dois) dias, o equivalente à 01 (um) ano, 09 (nove) meses e 17 (dezessete) dias de serviços prestados ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social, esse tempo será devolvido ao Órgão de Origem. Registre-se e Publique-se, Prefeitura Municipal de Rio Bonito, em 07 de Agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 PORTARIA SEMAD Nº. 037/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Bonito, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE, conceder aos Servidores Municipais abaixo relacionados, o “Adicional de Qualificação”, por comprovarem através de Processo, grau de escolaridade acima do exigível para o cargo que ocupam, fazendo jus ao percentual de 30% (trinta por cento) do valor de referência, conforme o disposto nos Artigos 4º, Inciso III e 5º, Inciso I, da Lei Municipal nº. 429, de 24 de dezembro de 1992, do Plano Geral de Cargos e Carreiras dos Servidores Públicos Municipais da Prefeitura Municipal de Rio Bonito:

Rio Bonito, 02 de agosto de 2018. Raquel Inácio Heringer Azevedo Presidente da CEL

A Secretária Municipal de Administração no uso de suas atribuições legais, resolve emitir os Atos de Concessão abaixo relacionados:

A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de PROFESSOR I – EDUCAÇÃO FÍSICA, em vaga constante do Quadro Permanente a contar de 26 de julho de 2018: CARLOS HENRIQUE BARCELLOS Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 044/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de PROFESSOR II, em vaga constante do Quadro Permanente:

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 045/2018 Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, em 07 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 038/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Bonito, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE, conceder aos Servidores Municipais abaixo relacionados, o “Adicional de Qualificação”, por comprovarem através de Processo, 500 (quinhentas) horas de cursos de atualização e aperfeiçoamento no cargo que ocupam, fazendo jus ao percentual de 20% (vinte por cento) do valor de referência, conforme o disposto nos Artigos 4º, Inciso III e 5º, Inciso II, da Lei Municipal n.º 429, de 24 de dezembro de 1992, do Plano Geral de Cargos e Carreiras dos Servidores Públicos Municipais da Prefeitura

A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, nomear o(s) Servidor(es) abaixo relacionado(s), em virtude de habilitação em Concurso Público de Provas, realizado em 14.09.2014, obedecida a ordem de classificação e considerando-o(s) apto(s) para exercer(em) o cargo de GUARDA MUNICIPAL, em vaga constante do Quadro Permanente, a contar de 31 de julho do corrente ano: DANIELE MARIANO JARDIM RENNAN ARAUJO BARRETO SIDNEI SALGADO BARCELLOS YURI DE OLIVEIRA ITABORAHY Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933


15

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

PORTARIA SEMAD Nº. 046/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Tornar Público que, MOYZA TEIXEIRA DE OLIVEIRA DOS SANTOS, candidata à vaga de PROFESSOR ORIENTADOR PEDAGÓGICO, DESISTIU da ocupação da respectiva vaga, a contar de 01.08.2018, que faria jus por ter sido aprovado no Concurso Público realizado em 14.09.2014. Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

PORTARIA SEMAD Nº. 047/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura de Rio Bonito no uso de suas atribuições legais: RESOLVE, tornar Público que os abaixo relacionados NÃO ATENDERAM a convocação para a ocupação das vagas dos cargos de a que fariam jus, por terem sido aprovados no Concurso Público de Provas e Títulos, realizado em 14.09.2014:

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, em 09 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 A Secretaria Municipal de Administração, no uso de suas atribuições legais, torna público a PRORROGAÇÃO dos contratos por tempo determinado do Edital nº. 001/2017 da Secretaria Municipal de Educação, pelo prazo de até 12 (doze) meses, para atender às necessidades temporárias de excepcional interesse público, nos termos da Lei nº. 708 de 20.04.1998 e Decreto regulamentador 452 de 09 de março de 2010, dos seguintes profissionais conforme abaixo discriminado:

Nos termos dos Editais nº. 001/2017 e 003/2017 da Secretaria Municipal de Saúde, a Secretaria Municipal de Administração, no uso de suas atribuições legais, torna público a RESCISÃO da contratação por tempo determinado para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público, nos termos da Lei nº 1733 de 17 de dezembro de 2010, dos seguintes profissionais conforme abaixo discriminado:

Rio Bonito, 10 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

ERRATA DE PUBLICAÇÃO EXTRATO DE PUBLICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº020/2018, PUBLICADO NO JORNAL A TRIBUNA, ANO LXXX EDIÇÃO Nº 34.736 DOS DIA 04, 05 E 06 DE AGOSTO DE 2018, PÁGINA 13. Onde se lê: Propostas e Documentações serão recebidas no dia 21/08/ 2018, às 10:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação, à Rod. BR 101, Km 265 – Bloco B – Pça. Cruzeiro - Rio Bonito/RJ. Leia-se Propostas e Documentações serão recebidas no dia 21/08/ 2018, às 10:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação,, à Av. Manoel Duarte, nº. 2208 – Bela Vista – Rio Bonito-RJ.

ERRATA DE PUBLICAÇÃO

Registre-se e Publique-se Prefeitura Municipal de Rio Bonito, 08 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933 PORTARIA SEMAD Nº. 048/2018 A Secretária Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Bonito, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE, conceder aos Servidores Municipais abaixo relacionados, o “Adicional de Qualificação”, por comprovarem através de Processo, grau de escolaridade acima do exigível para o cargo que ocupam, fazendo jus ao percentual de 30% (trinta por cento) do valor de referência, conforme o disposto nos Artigos 4º, Inciso III e 5º, Inciso I, da Lei Municipal nº. 429, de 24 de dezembro de 1992, do Plano Geral de Cargos e Carreiras dos Servidores Públicos Municipais da Prefeitura Municipal de Rio Bonito:

EXTRATO DE PUBLICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº021/2018, PUBLICADO NO JORNAL A TRIBUNA, ANO LXXX EDIÇÃO Nº 34.736 DOS DIA 04, 05 E 06 DE AGOSTO DE 2018, PÁGINA 13. Onde se lê: Propostas e Documentações serão recebidas no dia 22/08/ 2018, às 10:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação, à Rod. BR 101, Km 265 – Bloco B – Pça. Cruzeiro - Rio Bonito/RJ. Leia-se Propostas e Documentações serão recebidas no dia 22/08/ 2018, às 10:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação,, à Av. Manoel Duarte, nº. 2208 – Bela Vista – Rio Bonito-RJ.

ERRATA DE PUBLICAÇÃO

Rio Bonito, em 10 de agosto de 2018. Danielle do Patrocínio Soares Secretária Municipal de Administração Matr. 3933

EXTRATO DE PUBLICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº022/2018, PUBLICADO NO JORNAL A TRIBUNA, ANO LXXX EDIÇÃO Nº 34.736 DOS DIA 04, 05 E 06 DE AGOSTO DE 2018, PÁGINA 13. Onde se lê: Propostas e Documentações serão recebidas no dia 22/08/ 2018, às 14:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação, à Rod. BR 101, Km 265 – Bloco B – Pça. Cruzeiro - Rio Bonito/RJ. Leia-se Propostas e Documentações serão recebidas no dia 22/08/ 2018, às 14:00 horas, na Sala da Comissão de Licitação,, à Av. Manoel Duarte, nº. 2208 – Bela Vista – Rio Bonito-RJ.


16

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

PUBLICIDADE

LEGAL É AQUI.

ELEIÇÕES SINDICAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Presidente no uso de suas atribuições estatutárias convoca todos os filiados (as), de acordo com o Estatuto, para as ELEIÇÕES SINDICAIS da Diretoria, do Conselho Fiscal, Delegados Representantes e seus devidos suplentes, para o quadriênio de 2018 a 2022. A votação acontecerá no dia 03/09/2018, no horário das 9h 00min às 17h 00min, em sua sede, situada na Rua Sá Carvalho 60, Brasilândia – São Gonçalo- RJ. O prazo para o registro das chapas concorrentes ao pleito será 15 dias contados a partir publicação deste edital. As inscrições serão realizadas na sede do Sindicato, no horário das 08:00 às 12:00 e das 14:00 as 18:00 horas, estando à disposição pessoa habilitada para prestar informações referentes ao processo eleitoral, receber documentação e fornecer recibo. Os pedidos de registros de Chapas deverão ser apresentados em chapas completas, com todos os membros da Diretoria e do Conselho Fiscal e o requerimento deverá ser dirigido a Comissão Eleitoral, em três vias, acompanhado dos seguintes documentos: 1) Ficha de qualificação do candidato (nome, filiação, estado civil, endereço, nº CPF, RG,PIS/PASEP, matricula funcional, local de trabalho e cargo que concorre); 2) Cópias (duas vias) do RG e CPF dos candidatos e 3) Copias (duas vias) dos três ultimo contracheque. O Requerimento deverá conter a indicação de um dos membros da chapa para representá-lo junto à Comissão Eleitoral. Convoca ainda, para apuração em horário a ser designado após o encerramento da votação. São Gonçalo, 09 de agosto de 2018. Célia Regina Conceição Rodrigues PRESIDENTE

TELEFONE:

2719-1886


17

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Submetemos à apreciação de V. Sas. as Demonostrações Contábeis findas em 31 de dezembro de 2017, o Parecer do Conselho Econômico e o Parecer do Auditor Independente quanto a sua reorganização e apresentação, demonstrando os fatos relevantes dos períodos. A Diretoria permanece a disposição para quaisquer informações que julgarem necessárias. A Diretoria.

NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 NOTA 01 – CONTEXTO OPERACIONAL A MITRA ARQUIDIOCESANA DE NITEROI é uma Organização Religiosa, Instituição de direito privado, sem fins lucrativos e econômicos, conforme contempla os artigos 44 ao 61 do Código Civil, de caráter beneficente de assistência social, com preponderância na área social, com duração por tempo indeterminado, sede e foro na cidade de Niterói, Estado do Rio de Janeiro, na Rua Gavião Peixoto, nº 250, registrado no CNAS conforme Processo nº 37.450/65-00, de 24/08/1965 e portadora do CEBAS pelo Processo de nº 51.292/65, de 13/12/1965, com solicitação de renovação conforme Processo nº 71000.104691/2009-12, Utilidade Pública Federal, conforme Decreto nº 73852/74, Utilidade Pública Estadual, conforme Lei n.º 4.992/07 e deferido pelo processo n.º E-23/1493/2010, Título de Utilidade Pública Municipal conforme Lei n.º 2.508/65, Registro no Conselho Municipal de Assistência Social sob o nº 0113/03, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente sob o n.º 033/99. Tem por finalidade, conforme os § 1º e 2º, artigo 2º do seu Estatuto Social, promover assistência social, atividade educacional, de saúde, cultural e trabalhar pelos menos favorecidos, sem distinção de cor, credo ou raça, na medida de suas possibilidades e recursos. NOTA 02 – APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Na elaboração das demonstrações contábeis de 2017, a Entidade adotou a Lei n° 11.638/2007, Lei N.º 11.941/09 que alteraram artigos da Lei N.º 6.404/76 em aspectos relativos à elaboração e divulgação das demonstrações contábeis. As demonstrações contábeis foram elaboradas em observância às práticas contábeis adotadas no Brasil, características qualitativas da informação contábil, Resolução N.º 1.374/11 (NBC TG), que trata da Estrutura Conceitual para a Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis, Resolução N.º 1.376/11 (NBC TG 26), que trata da Apresentação das Demonstrações Contábeis, Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), Deliberações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e as Normas emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), que estabelece critérios e procedimentos específicos de avaliação, de registros dos componentes e variações patrimoniais e de estruturação das demonstrações contábeis, e as informações mínimas a serem divulgadas em nota explicativa das entidades sem finalidade de lucros. NOTA 03 – FORMALIDADE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL RESOLUÇÃO 1.330/11 (ITG 2000) A entidade mantém um sistema de escrituração uniforme dos seus atos e fatos administrativos, por meio de processo eletrônico. Os registros contábeis contem números de identificação dos lançamentos relacionados ao respectivo documento de origem externa ou interna ou, na sua falta, em elementos que comprovem ou evidenciem fatos e a prática de atos administrativos. As demonstrações contábeis, incluindo as notas explicativas, elaboradas por disposições legais e estatutárias, serão transcritas no “Diário” da Entidade, e posteriormente registrado no Cartório de Registros de Pessoas Jurídicas. A documentação contábil da Entidade é composta por todos os documentos, livros, papéis, registros e outras peças, que apoiam ou compõem a escrituração contábil, estando hábil e revestida das características intrínsecas ou extrínsecas essenciais, definidas na legislação, na técnicacontábil ou aceitas pelos “usos e costumes” e é mantida em boa ordem e conservação. NOTA 04 – PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS ADOTADAS a) Caixa e Equivalentes de Caixa: Conforme determina a Resolução do CFC N.º 1.296/10 (NBC –TG 03) – Demonstração do Fluxo de Caixa e Resolução do CFC N.º 1.376/11 (NBC TG 26) – Apresentação Demonstrações Contábeis, os valores contabilizados neste subgrupo representam moeda em caixa e depósitos à vista em conta bancária, bem como os recursos que possuem as mesmas características de liquidez de caixa e de disponibilidade imediata ou até 90 (noventa) dias e que estão sujeitos a insignificante risco de mudança de valor; b) Aplicações de Liquidez Imediata: As aplicações financeiras estão demonstradas pelos valores originais aplicados, acrescidos dos rendimentos pró-rata até a data do balanço; c) Ativos circulantes e não circulantes: Contas a receber de clientes - As contas a receber de clientes são registradas pelo valor faturado. d) Perdas com Estimativa de Crédito de Liquidação Duvidosa: Esta estimativa foi constituída em montante considerado suficiente pela Administração para suprir as eventuais perdas na realização dos créditos. Esta provisão foi calculada seguindo os critérios estabelecidos pela Entidade (média de inadimplência dos últimos três anos), e assim atendendo a Resolução CFC n° 1.409/2012 em seu item 14 e o Parecer de Orientação da CVM 21/90. e) Estoques - Resolução CFC N.º 1.170/09 (NBC TG 16) – Os estoques foram avaliados pelo custo médio de aquisição. Os valores de estoques contabilizados não excedem os valores de mercado e referem-se aos produtos e materiais de consumo e gêneros alimentícios até a data do balanço. A provisão para desvalorização dos estoques é constituída, quando necessário, com base na análise dos estoques e seu tempo de permanência, a montante de provisão é considerado pela Administração ser suficiente para eventuais perdas. f) Imobilizado – Os ativos imobilizados são registrados pelo custo de aquisição ou construção, deduzido da depreciação calculada pelo método linear com base nas taxas mencionadas na Nota 09 e leva em consideração a vida útil pela utilização dos bens (Resolução CFC N.º 1.177/09 (NBC – TG 27). Outros gastos são capitalizados apenas quando há um aumento nos benefícios econômicos desse item do imobilizado. Qualquer outro tipo de gasto é reconhecido no resultado como despesa quando incorrido. g) Passivo Circulante e Não Circulante: Os passivos circulantes e não circulantes são demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes encargos incorridos até a data do balanço patrimonial. Quando aplicável, os passivos circulantes e não circulantes são registrados com base em taxas de juros que refletem o prazo, a moeda e o risco de cada transação. h) Prazos: Os ativos realizáveis e os passivos exigíveis até o encerramento do exercício seguinte são classificados como circulantes. i) Provisão de Férias e Encargos: Foram provisionadas com base nos direitos adquiridos pelos empregados até a data do balanço. j) Provisão de 13º Salário e Encargos: Foram provisionadas com base nos direitos adquiridos pelos empregados e baixados conforme o pagamento até a data do balanço. k) Despesas e Receitas: Estão apropriadas obedecendo ao regime de competência. l) Apuração do Resultado: O resultado foi apurado segundo o Regime de Competência. As receitas de prestação de serviços são mensuradas pelo valor justo (acordado em contrato - valores recebidos ou a receber) e reconhecidas quando for provável que benefícios econômicos futuros fluam para a entidade e assim possam ser confiavelmente mensurados. Os rendimentos e encargos incidentes sobre os Ativos e Passivos e suas realizações estão reconhecidas no resultado. m) Estimativas contábeis: As demonstrações contábeis são elaboradas sob o julgamento e determinações da Administração da Entidade e registradas nas estimativas contábeis, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Tais estimativas e premissas são aplicadas ao valor residual do Ativo imobilizado, Provisão para Contingências, Ativos e Passivos relacionados a benefícios a empregados. A liquidação das transações envolvendo essas estimativas poderá resultar em valores diferentes dos estimados em razão de imprecisões inerentes ao processo da sua determinação. A Entidade revisa as estimativas e as premissas pelo menos anualmente. NOTA 05 – ATIVOS CIRCULANTES - RECEBÍVEIS DE CLIENTES Os Valores Recebíveis de Clientes são registrados pelo valor faturado e sua formação é composta de Vendas de Produtos e Serviços, Subvenções Públicas a Receber e Outros Valores a Recuperar. NOTA 06 – OUTROS ATIVOS CIRCULANTES Sua formação é composta de valores adiantados a fornecedores de produtos ou serviços, adiantamentos de remuneração a empregados da entidade e despesas antecipadas de seguros do Imobilizado. NOTA 07 – ATIVO NÃO-CIRCULANTE (REALIZÁVEL A LONGO PRAZO) Este grupo é composto por valores a receber e recuperar cujo vencimento ultrapassa o exercício subsequente. NOTA 08 – ATIVO NÃO-CIRCULANTE (INVESTIMENTOS) Conforme determinação da Resolução do CFC N.º 1.178/09 (NBC TG 28) – Propriedades para Investimentos, este grupo Investimentos está composto por bens (terrenos e imóveis) mantidos pela Entidade para auferir aluguel, e estes são registrados pelo valor de aquisição ou custo de construção. Utilizamos o método linear de depreciação (NBC TG 28), e na Nota 09 demonstraremos as vidas úteis ou taxas de depreciação usadas; valor bruto e liquido contábil; até a data do balanço. NOTA 09 – ATIVO NÃO-CIRCULANTE (IMOBILIZADO E INTANGÍVEL) Os ativos Imobilizados são contabilizados pelo custo de aquisição ou construção, deduzidos da depreciação do período, originando o valor líquido contábil.


18

NOTA 10 – OBRIGAÇÕES A CURTO PRAZO (PASSIVO CIRCULANTE) Neste grupo estão contabilizadas as obrigações conhecidas ou calculáveis e os encargos estimados, cujos prazos estabelecidos ou esperados estão compreendidos no curso do exercício seguinte à data do encerramento do exercício vigente. NOTA 11 – PASSIVO NÃO CIRCULANTE Este grupo está composto em quase toda sua totalidade por empréstimos, financiamentos e provisões para contingências, valores cujo vencimento ultrapassa o exercício subsequente. NOTA 12 – SUBVENÇÕES E/OU CONVÊNIOS PÚBLICOS - Resolução CFC N.º 1.305/10 (NBC TG 07) São recursos financeiros provenientes de convênios firmados com órgãos governamentais, e tem como objetivo principal operacionalizar projetos e atividades pré-determinadas. Periodicamente, a Entidade presta conta de todo o fluxo financeiro e operacional aos órgãos competentes, ficando também toda documentação a disposição para qualquer fiscalização. Os convênios firmados estão de acordo com o estatuto social da Entidade e as despesas de acordo com suas finalidades. NOTA 13 – PATRIMÔNIO LÍQUIDO O patrimônio líquido é apresentado em valores atualizados e compreende o Patrimônio Social, acrescido do resultado do exercício ocorrido, os bens recebidos através de doações patrimoniais e o ajuste de avaliação patrimonial considerados, enquanto não computados no resultado do exercício em obediência ao regime de competência, as contrapartidas de aumentos ou diminuições de valor atribuído a elementos do ativo e do passivo, em decorrência da sua avaliação e preço de mercado. NOTA 14 - AJUSTE DE AVALIAÇÃO PATRIMONIAL Em consonância com a Resolução 1.159/09 (CTG 2000) e a Lei 11.638/07 a criação da conta Ajuste de Avaliação Patrimonial faz parte do Patrimônio Líquido como um grupo especial, uma vez que os valores nela contabilizados não transitaram pelo resultado e são oriundos de aumentos de valores atribuídos a elementos do ativo em decorrência de sua avaliação a preços de mercado. NOTA 15 – AJUSTE EXERCÍCIOS ANTERIORES Conforme Lei 6.404, artigo 186, foram escriturados no Patrimônio Líquido, conta Ajustes de Exercícios Anteriores os saldos decorrentes de efeitos provocados por erro imputável a exercício anterior que vinham sendo utilizados pela Entidade. O valor contabilizado e disposto nas demonstrações contábeis é representado, no seu maior volume, por registros indevidos em contas de resultado realizados no decorrer do exercício. NOTA 16 – RECEITAS (Resolução CFC N.º 1.412/12) As receitas das atividades de assistência social são oriundas, na sua maior proporção, de doações voluntárias e os recursos das atividades sustentáveis são oriundas, também, de doações voluntárias, receitas de vendas e serviços. As receitas referidas nesta nota estão dispostas na Demonstração do Resultado do Período da entidade. As atividades-meio possuem previsão § 1º, art. 8º de seu Estatuto Social, e para que a Entidade faça jus a Imunidade e/ou Isenção Tributária sobre essas atividades, conforme estabelecido no artigo 14 do Código Tributário Nacional, artigo 12 da Lei N.º 9.532/97 e artigo 29 da Lei N.º 12.101/09, cumpre os requisitos abaixo:  O Estatuto Social indica que os recursos (superávits) obtidos por essas receitas são revertidos para atendimento de suas atividades fins (objetivos sociais);  A Demonstração do Resultado do Período (DRP) da Entidade demonstrou que as atividades sustentáveis são superavitárias, ou seja, geram recursos para a manutenção das atividades fins (objetivos sociais). NOTA 17 – OUTRAS RECEITAS E DESPESAS OPERACIONAIS São receitas e despesas de caráter eventual que não são classificáveis nas principais atividades operacionais, no entanto, que estejam dentro do contexto legal, ético e moral da entidade, não obstante do seu contexto estatuário. NOTA 18 – DO RESULTADO DO PERÍODO O superávit do período de 2017 será incorporado ao Patrimônio Social em conformidade com as exigências legais, estatutárias e a Resolução do CFC n° 1.409/12 que aprovou a ITG 2002 em especial no item 15, que descreve que o superávit ou déficit deve ser registrado na conta do Patrimônio Social. NOTA 19 – COBERTURA DE SEGUROS Para atender medidas preventivas adotadas permanentemente, a Entidade efetua contratação de seguros em valor considerado suficiente para cobertura de eventuais sinistros, e assim atendendo principalmente o Princípio Contábil da Continuidade. NOTA 20 – SEGREGAÇÃO CONTÁBIL POR ÁREA DE ATUAÇÃO A Entidade atendeu o que está determinado no art. 33 da Lei N.º 12.101/09 regulamentado Decreto Nº. 8.242/14 e elaborando, no exercício de 2017, sua escrituração contábil segregada por área de atuação, de modo a evidenciar o seu patrimônio, as suas receitas, os custos e as despesas de cada área de atuação, conforme demonstrativo abaixo:

SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 11, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2018

Não distribui resultados, dividendos, bonificações, participações ou parcelas do seu patrimônio, sob qualquer forma ou pretexto (§ 4º art. 3º do Estatuto Social);  Atende o princípio da universalidade do atendimento, onde não direciona suas atividades exclusivamente para seus associados (as);  Tem previsão nos seus atos constitutivos, em caso de dissolução ou extinção, a destinação do eventual patrimônio remanescente a entidade sem fins lucrativos congêneres ou a entidades públicas (art. 12 do Estatuto Social); Consta em seu estatuto social a natureza, objetivos e público-alvo compatíveis com a Lei N.º 8.742/93 (LOAS) e Decreto N.º 6.308/07 (§ 1º art. 2º do Estatuto Social). OPERACIONAIS E CONTÁBEIS Possui certidão negativa ou certidão positiva com efeito de negativa de débitos relativos aos tributos administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil e certificado de regularidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS; Mantêm sua escrituração contábil regular que registre as receitas e despesas, bem como a aplicação em gratuidade de forma segregada, em consonância com as normas emanadas do Conselho Federal de Contabilidade; Conserva em boa ordem, pelo prazo de 10 (dez) anos, contado da data da emissão, os documentos que comprovem a origem e a aplicação de seus recursos e os relativos a atos ou operações realizados que impliquem modificação da situação patrimonial;  Cumpre as obrigações acessórias estabelecidas na legislação tributária;  Elabora as demonstrações contábeis e financeiras devidamente auditadas por auditor independente legalmente habilitado nos Conselhos Regionais de Contabilidade. NOTA 27 – CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS USUFRUÍDAS Conforme o artigo 29 da Lei N.º 12.101/09 entidade beneficente certificada fará jus à isenção do pagamento das contribuições de que tratam os artigos 22 e 23 da Lei no 8.212/91. Montante das Contribuições Sociais Usufruídas

NOTA 28 – OBRIGAÇÕES DA ÁREA EDUCACIONAL PARA FINS DE CEBAS Conforme determinação da Lei N.º 12.101/09 e o Decreto N.º 8.242/14 a Entidade já procedeu o recadastramento no Ministério da Educação, pelo site no SISCEBAS (http://cebas.mec.gov.br/). A Instituição Educacional mantêm seu cadastro atualizado no EDUCACENSO (Dados do Censo Escolar da Educação Básica). Os serviços de educação desenvolvidos pela Entidade são atividades de inserção ou proteção nas Políticas Públicas de Educação (Plano Nacional de Educação - PNE) e a Lei de Diretrizes e Bases (Lei N.º 9.394/96) que está inserida e como consequência, por elas, regulamentadas. Em atendimento no artigo 13 da Lei N.º 12.101/09 e o artigo 30 do Decreto N.º 8.242/14 para manutenção do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS) a Entidade cumpriu as diretrizes e metas do Plano Nacional de Educação vigente na forma do artigo 214 da Constituição Federal. NOTA 29 - DEMONSTRATIVO DO CUMPRIMENTO DO MÍNIMO DE BOLSAS INTEGRAIS Atendendo ao artigo 13 da Lei 12.101/09 (Educação Básica), a instituição concedeu bolsas integrais para os estudantes no ano de 2017, conforme demonstração a seguir:

NOTA 30 - DA CONCESSÃO DOS RECURSOS EM ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL – EDUCAÇÃO BÁSICA A ENTIDADE, em conformidade com o artigo 13 da Lei N.º 12.101/09 regulamentado pelo Decreto nº 8.242/14, oferece bolsas educacionais para alunos carentes, na forma da Lei (artigo 14 da Lei N.º 12.101/09), e também não cobrou taxa de matrícula ou custeio de material didático dos alunos bolsistas. Na concessão de bolsas educacionais a Entidade utilizou o seguinte critério de renda:  A bolsa de estudo integral é concedida a aluno cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de 1 e 1/2 (um e meio) salário mínimo.  A bolsa de estudo parcial é concedida a aluno cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de 3 (três) salários mínimos. NOTA 31 – OBRIGAÇÕES DA ÁREA SOCIAL PARA FINS DE CEBAS A Entidade de Assistencial Social já efetuou o recadastramento no Conselho Municipal de Assistência Social, conforme determina a Resolução CNAS N.º 16/2010, este procedimento é o reconhecimento público das ações realizadas pela Entidade, âmbito da Política de Assistência Social. Os serviços de assistência social desenvolvidos pela Entidade são atividades de proteção social nas Políticas Nacional de Assistência Social (PNAS), Decreto N.º 6.308/07, Resolução do CNAS N.º 109/09 e Resolução CNAS N.º 16/10, e por este motivo está inserida no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e como consequência, por elas, regulamentadas. NOTA 32 – FORMALIZAÇÃO DOS PROJETOS SOCIAIS A Entidade no desenvolvimento de suas ações sócio assistenciais formaliza em cada Projeto Social: os objetivos do mesmo; origem de recursos; infraestrutura; tipificando os serviços a serem executados (conforme Resolução do CNAS N.º 109/09 e Decreto N.º 6.308/07); público-alvo, capacidade de atendimento, recurso financeiro utilizado, recursos humanos envolvidos, abrangência territorial e demonstração da forma de participação dos usuários e/ou estratégias que serão utilizadas para esta participação nas etapas de elaboração, execução, avaliação e monitoramento do projeto. NOTA 33 – TIPIFICAÇÃO DAS AÇÕES ASSISTENCIAIS E CUSTOS ENVOLVIDOS A Entidade em atendimento a Resolução do CNAS N.º 109/09 e Decreto N.º 6.308/07 tipificou suas atividades executou suas ações, projetos e programas de forma continuada, gratuita e relacionados com o desenvolvimento (objetivos institucionais) em situação de vulnerabilidade de risco social e pessoal de assistência social conforme quadro:

Niterói (RJ), 31 de dezembro de 2017. Dom José Francisco Rezende Dias Arcebispo Metropolitano e Presidente Da Mitra Arquidiocesana de Niterói

Octávio da Costa Nunes Contador - CRC/RJ 090501/0-0

“RELATÓRIO DOAUDITOR INDEPENDENTE SOBRE ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS” Opinião com ressalva sobre às demonstrações contábeis Examinamos as demonstrações contábeis da MITRA ARQUIDIOCESANA DE NITEROI que compreendem o balanço patrimonial, em 31 de dezembro de 2017, e as respectivas demonstrações do resultado do período, das mutações do patrimônio líquido, e dos fluxos de caixa, para o exercício findo nessa data, bem como as correspondentes notas explicativas, incluindo o resumo das principais políticas contábeis. Em nossa opinião, devido à importância do assunto discutido no parágrafo a seguir intitulado “Base para opinião com Ressalva”, as Demonstrações Contábeis não apresentam adequadamente a posição patrimonial e financeira da Entidade, em 31 de dezembro de 2017, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Base para Opinião com Ressalva sobre as Demonstrações Contábeis A Entidade não possui o controle físico sobre o Imobilizado do Grupo Ativo Não Circulante e consequentemente as despesas com depreciações se encontram comprometidas. Para determinar seus saldos e montantes adequados a serem contabilizados em despesas de depreciação, será necessário efetuar levantamento físico e econômico do Ativo Imobilizado e, devido aos fatos descritos anteriormente, a Entidade também não efetuou a verificação de possíveis desvalorizações significativas que possam existir conforme determina a Resolução CFC nº 1.292/10 – NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos e a revisão da vida útil econômica desses bens em atendimento Resolução CFC n° 1.177/ 09 – NBC TG 27. Nossa auditoria foi conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em conformidade com tais normas, estão descritas na seção a seguir, intitulada “Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações contábeis”. Somos independentes em relação à Entidade, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código de Ética Profissional do Contador e nas normas profissionais emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas normas. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião com ressalva. Responsabilidades da administração pelas demonstrações contábeis A administração é responsável pela elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Na elaboração das demonstrações contábeis, a administração é responsável pela avaliação da capacidade de a Entidade continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das demonstrações contábeis, a não ser que a administração pretenda liquidar a Entidade ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento das operações. Os responsáveis pela administração da Entidade são aqueles com responsabilidade pela supervisão do processo de elaboração das demonstrações contábeis.

Devido à extensão do Balanço Patrimonial Segregado por Área de Atuação, será apresentado somente o exercício de 2017 a comparabilidade com o exercício anterior será apresentada de forma consolidada, assim como as demais demonstrações contábeis. NOTA 21 – IMUNIDADE TRIBUTÁRIA A ENTIDADE é imune à incidência de impostos por força do art. 150, Inciso VI, alínea ”C” e seu parágrafo 4º e artigo 195, parágrafo 7° da Constituição Federal de 05 de outubro de 1988. NOTA 22 – CARACTERÍSTICA DA IMUNIDADE A Mitra Arquidiocesana de Niterói é uma instituição educacional e/ou social sem fins lucrativos e econômicos, previsto no artigo 9o. do CTN, e por isso imune, no qual usufrui das seguintes características:  A Instituição é regida pela Constituição Federal; A imunidade não pode ser revogada, nem mesmo por emenda constitucional; Não há o fato gerador (nascimento da obrigação tributária);  Não há o direito (Governo) de instituir, nem cobrar tributo. NOTA 23 – REQUISITOS PARA IMUNIDADE TRIBUTÁRIA A única Lei Complementar que traz requisitos para o gozo da imunidade tributária é o Código Tributário Nacional (CTN). O artigo 14 do Código Tributário Nacional estabelece os requisitos para o gozo da imunidade tributária, esses estão previstos no Estatuto Social da Entidade e seu cumprimento (operacionalização) pode ser comprovado pela sua escrituração contábil (Demonstrações Contábeis, Diário e Razão), no qual transcrevemos: a) não distribuem qualquer parcela de seu patrimônio ou de suas rendas, a qualquer título (§ 4º, art. 3º do Estatuto Social); b) aplicam integralmente, no País, os seus recursos na manutenção dos seus objetivos institucionais (art. 9º do Estatuto Social); c) mantêm a escrituração de suas receitas e despesas em livros revestidos de formalidades capazes de assegurar sua exatidão. NOTA 24 – ISENÇÃO TRIBUTÁRIA A ENTIDADE é isenta à incidência das Contribuições Sociais por força da Lei N.º 9.532/97 e Lei N.º 12.101/09 regulamentado pelo Decreto nº 8.242/14. NOTA 25 – CARACTERÍSTICA DA ISENÇÃO A Mitra Arquidiocesana de Niterói é uma instituição educacional e/ou social e/ou de saúde sem fins lucrativos e econômicos, de direito privado, previsto no artigo 12 da Lei N.º 9.532/97 e artigo 1o. da Lei N.º 12.101/09, e por isso é reconhecida como Entidade Beneficente de Assistência Social (isenta), no qual usufrui das seguintes características:  A Instituição é regida por legislação infraconstitucional; A Isenção pode ser revogada a qualquer tempo, se não cumprir as situações condicionadas em Lei (contrapartida);  Existe o fato gerador (nascimento da obrigação tributária), mas a entidades é dispensada de pagar o tributo; Há o direito (Governo) de instituir e cobrar tributo, mas ele não é exercido. NOTA 26 – REQUISITOS PARA MANUTENÇÃO DA ISENÇÃO TRIBUTÁRIA A Mitra Arquidiocesana de Niterói é uma entidade beneficente de assistência social (possui CEBAS) e para usufruir da Isenção Tributária determinada pelo artigo 29 da Lei N.º 12.101/09, cumpri os seguintes requisitos: ESTATUTÁRIOS  Não percebe a seus diretores, conselheiros, sócios, instituidores ou benfeitores, remuneração, vantagens ou benefícios, direta ou indiretamente, por qualquer forma ou título, em razão das competências, funções ou atividades que lhes sejam atribuídas pelos respectivos atos constitutivos (§ 3º art. 3º do Estatuto Social); Aplica suas rendas, seus recursos e eventual superávit integralmente no território nacional, na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos institucionais (art. 9º do Estatuto Social);

Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações contábeis Nossos objetivos são obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis, tomadas em conjunto, estejam livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro, e emitir relatório de auditoria contendo nossa opinião. Segurança razoável é um alto nível de segurança, mas, não, uma garantia de que a auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria sempre detectam as eventuais distorções relevantes existentes. As distorções podem ser decorrentes de fraude ou erro e são consideradas relevantes quando, individualmente ou em conjunto, possam influenciar, dentro de uma perspectiva razoável, as decisões econômicas dos usuários tomadas com base nas referidas demonstrações contábeis. Como parte da auditoria realizada, de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria, exercemos julgamento profissional e mantemos ceticismo profissional ao longo da auditoria. Além disso: Identificamos e avaliamos os riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro, planejamos e executamos procedimentos de auditoria em resposta a tais riscos, bem como obtemos evidência de auditoria apropriada e suficiente para fundamentar nossa opinião. O risco de não detecção de distorção relevante resultante de fraude é maior do que o proveniente de erro, já que a fraude pode envolver o ato de burlar os controles internos, conluio, falsificação, omissão ou representações falsas intencionais.  Obtivemos entendimento dos controles internos relevantes para a auditoria para planejarmos procedimentos de auditoria apropriados nas circunstâncias, mas não com o objetivo de expressarmos opinião sobre a eficácia dos controles internos da Entidade.  Avaliamos a adequação das políticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis e respectivas divulgações feitas pela administração. Concluímos sobre a adequação do uso, pela administração, da base contábil de continuidade operacional e, com base nas evidências de auditoria obtidas, se existe uma incerteza relevante em relação a eventos ou condições que possam levantar dúvida significativa em relação à capacidade de continuidade operacional da Entidade. Se concluirmos que existe incerteza relevante, devemos chamar atenção em nosso relatório de auditoria para as respectivas divulgações nas demonstrações contábeis ou incluir modificação em nossa opinião, se as divulgações forem inadequadas. Nossas conclusões estão fundamentadas nas evidências de auditoria obtidas até a data de nosso relatório. Todavia, eventos ou condições futuras podem levar a Entidade a não mais se manter em continuidade operacional. Avaliamos a apresentação geral, a estrutura e o conteúdo das demonstrações contábeis, inclusive as divulgações e se as demonstrações contábeis representam as correspondentes transações e os eventos de maneira compatível com o objetivo de apresentação adequada. Comunicamo-nos com os responsáveis pela administração a respeito, entre outros aspectos, do alcance planejado, da época da auditoria e das constatações significativas de auditoria, inclusive as eventuais deficiências significativas nos controles internos que identificamos durante nossos trabalhos. São Paulo - SP, 03 de agosto de 2018 AUDISA AUDITORES ASSOCIADOS CRC/SP 2SP “S” “RJ” 024298/O-3 Ivan Roberto dos Santos Pinto Junior Contador - CRC/RS “S” “RJ” 058.252/O-1 CNAI/RS – 718 - CVM Ato Declaratório nº. 7710/04

PARECER DO CONSELHO ECONÔMICO O Conselho Econômico da MITRA ARQUIDIOCESANA DE NITERÓI – CNPJ 30.147.995/0001-89, cumprindo suas atribuições legais e estatutárias, realizou o exame do balanço patrimonial da MITRA ARQUIDIOCESANA DE NITERÓI e as respectivas Demonstrações do Resultado, Mutações do Patrimônio Líquido, Fluxo de Caixa, Demonstração do Valor Adicionado e Notas Explicativas, correspondente ao exercício findado em 31/12/2016, elaborado sob a responsabilidade de sua administração e do contador da entidade. Com base nos exames efetuados, o Conselho Econômico é de opinião favorável no sentido de que tais documentos traduzem com propriedade a posição patrimonial e financeira da entidade. Niterói (RJ), 1º de Junho de 2018. Marcos André Rocha Gameiro (Pe.) Conselheiro Econômico

Adriano Coutinho Carneiro Conselheiro Econômico

A Tribuna, 11, 12 e 13 de agosto de 2018  
A Tribuna, 11, 12 e 13 de agosto de 2018  
Advertisement