Issuu on Google+

| MÉDICOS VOLTAM À CAPELA E REVIVEM A HISTÓRIA DA AMF | PAINEL - PÁGINA 3 |

| ESTADO DO RIO DE JANEIRO | QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 20 16 | ANO LXX X | Nº 3 4 . 282 | R$ 1 | 201 LXXX 34

TÚNEL À ESPERA DOS CARROS

Divulgação

Galeria Luis Antonio Pimentel teve a pavimentação concluída ontem e já possui sistemas de iluminação e ventilação. Inauguração das duas galerias está prevista para meados de dezembro. PÁGINA 5

Marcello Almo

DENÚNCIAS DE COMPRA DE VOTOS LEVA POLÍCIA FEDERAL A SAQUAREMA PÁGINA 6

HOSPITAL ALBERTO TORRES SOFRE COM DESABASTECIMENTO DE REMÉDIOS E INSUMOS PÁGINA 4

NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA QUER IMPEDIR CIRCULAÇÃO DE ARMAS NO ESTADO PÁGINA 6

PRE RECORRE AO TSE E QUER ANULAR ELEIÇÃO DE MARQUINHO MENDES EM CABO FRIO PÁGINA 4

PONTA D’AREIA NAS TELINHAS

O bairro é pacato e nos remete a cidades do interior, onde todos se conhecem. Nem parece que está a metros do Centro de Niterói. Assim é a Ponta D’Areia, cujos personagens típicos e histórias centenárias irão ajudar a compor a nova trama da novelista Glória Perez, que contará a história da vinda dos portugueses para o Brasil. Parte do bairro será, inclusive, retratada em uma cidade cenográfica. PÁGINA 5

DOM JOSÉ FRANCISCO REZENDE DIAS

FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE ESTÁ DE VOLTA A NITERÓI Divu

PÁGINA 2

lgaç

ão

DISCÍPULA, MISSIONÁRIA, PROFÉTICA E TERAPÊUTICA

PÁGINA 7

EDIÇÃO 10 Páginas FECHAMENTO 22:00 ACOMP ANHA A EDIÇÃO Agência Estado ACOMPANHA

PANE ELÉTRICA DEIXA ESCOLA TRADICIONAL DE SÃO GONÇALO SEM AULAS POR DOIS DIAS PÁGINA 4


2

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

www.atribunarj.com.br

ADJORI-RJ

Fundado em 26 Novembro de 1936 assinaturaatribuna@gmail.com A TRIBUNA é uma publicação da Editora Esquema Ltda Assinatura: CNPJ: 30.108.948/0001-26 T r i m e s t r a l ................................................................. R$ 56,70 Diretoria Diretoria: Jourdan Amóra Eva de Lourdes Santana Amóra S e m e s t r a l ................................................................. R$ 113,40 Gustavo Santana Amóra Editor: Gabriel Felice A n u a l ........................................................................... R$ 226,80

Endereço: Rua Professor Heitor Carrilho, 350F, Representante Comercial Brasília: Central de Comunicação - SCS QD. 02 BL."D" Ed. Oscar Nie- Endereço Centro, Niterói - RJ - Cep: 24.030-230 mayer S/ 1002, CEP 70316-900 . Fone/Fax: (61) 3323-4701. brasilia@centralcomunicacao.com.br

Telef ones: (021) 2719-1886 / 2621-4986 elefones:

Estado tem 1.167 vagas de emprego

EDITORIAL

Divulgação

O ADENSAMENTO URBANO (I) No ano de 2030 viveremos a dura realidade de termos 91,1% da população brasileira vivendo nas cidades, segundo o Programa da ONU para Assentamentos Humanos, como divulgamos ontem. É uma previsão preocupante em função de problemas de ordem econômica e ambiental, expansão desordenada, segregação socioeconômica e questões relacionadas à saúde, segurança e efeitos da mudança climática, como advertiu a encarregada do programa ONU-Habitat, para o Brasil, Rayne Ferreti. No espaço de 100 anos (1821/1920) Niterói (incluindo São Gonçalo) saltou de 5.015 almas para 86.238; e daí aos dias atuais (mais 96 anos) chegamos aos 496.696 habitantes, com uma densidade de 3.706 habitantes por km². Um dado assustador é o crescimento da nossa frota de veículos: em 1992 eram 82.513, uma média de um carro por cinco habitantes. Hoje temos 287.544 veículos, atendendo a 496.696 habitantes, o que significar dizer um carro para 1,73 habitante. O adensamento se revelou na grande expansão imobiliária, com destaque para os anos pós-início das obras da Ponte Rio-Niterói quando, por exemplo, tomou forma a expansão urbana de Itaipu, época em que Niterói passou a ser apenas um distrito urbano, sem a clássica zona rural. Esta expansão urbana gerou grandes demandas, com gravidade para a mobilidade urbana. É consequência da improvisão marcante em cidades de quase todo o Mundo, que não planejaram as necessidades futuras diante da realidade acelerada da expansão urbana, faltando planejamento para o desenvolvimento. No caso de Niterói tivemos um momento positivo no período imperial quando, não existindo o automóvel, contamos com a clarividência do Juiz de Fora, José Clemente Pereira, que encomendou o Plano de Edificação da Vila Real da Praia Grande, ao a Arnaud (ou Armand) Juan Pallieri, que estabeleceu a largura das ruas, gabaritos, alinhamentos e normas de edificações na Praia Grande e em São Domingos. O traçado atual das ruas pouco se modificou ao longo de quase dois séculos, a serem completados em 2019. (Continua)

DOM JOSÉ FRANCISCO REZENDE DIAS Arcebispo Metropolitano de Niterói

DISCÍPULA, MISSIONÁRIA, PROFÉTICA E TERAPÊUTICA Semana passada, eu afirmei que não seria esperar demais se essas quatro palavras norteassem uma visão da Igreja que fosse cada vez mais fiel a seu Senhor. Se não fosse demais, eu também acrescentaria mais uma dimensão: diria que a Igreja deve ser também poética, no caminho das parábolas de Jesus. As parábolas são um perfeito exemplo do caminhar entre a nua realidade e o ideal. Sem a visão da realidade, nos perdemos em boas intenções inócuas. Mas sem um olhar poético, nos perdemos no emaranhado do desespero, fornido justamente por essa distância entre o ideal e o real. O mundo de hoje não oferece mais o conhecimento de Jesus. Dada a quantidade de ideias desencontradas, é preciso perguntar se os cristãos conhecem Jesus, sabem onde encontrá-Lo e como irradiá-Lo. Não é difícil encontrar numa igreja, em plena adoração ao Santíssimo, pessoas em algum corredor lateral rezando a alguma imagem de santo. Se conseguiram deixar o Santíssimo de lado, é porque muita coisa está realmente “ficando de lado”. Assim sendo, não é estranho que as pessoas guardem dúvidas, quando ouvem ideias confusas na mídia, ou alguma pregação paralela, ou quando na própria família, a diversidade religiosa torna impossível a boa convivência. O que se precisa oferecer aos que creem, para que continuem crendo com mais luminosidade? Uma paróquia discípula e missionária deve oferecer a todos uma iniciação ou reiniciação nos mistérios da Fé. Isso significa priorizar uma pastoral de tonalidade bíblico-profética: a Palavra de Deus precisa ser o farol no distante mar. É preciso que se façam investimentos na perseverança da catequese, se preciso, investindo recursos nisso. Caso contrário, outros mestres, e nunca faltarão “outros mestres”, tomarão o lugar do único Mestre. A Conferência de Aparecida propôs ao Continente latino-americano uma urgente missão continental. Mais do que programas missionários ocasionais, a urgência deve tomar conta de todos os propósitos e tornar a Igreja toda, permanentemente, missionária. Ou a Igreja será a igreja dos quatro elementos fundamentais – discípula, missionária, profética e terapêutica – ou irá correr o risco de resvalar nas urgências do imponderável, e se tornar uma entidade de fins beneméritos, porém, de maneira alguma, salvadores. A proposta do Cristo Jesus não se reduz a transformar a realidade humana. Essa proposta pode ser encontrada em muitos reformadores sociais. A proposta de Jesus é a de salvar a realidade humana em si, e de si mesma, na raiz contaminada do pecado que a afasta de Deus. Um verdadeiro programa de salvamento deve ser instaurado junto aos náufragos da existência: os doentes, os afastados, os enlutados, necessitados, os que perderam o sentido, enfim, todos os náufragos de todos os naufrágios. Nesse sentido, é preciso que todas as portas sejam abertas. O século 21 não é mais o século de portas fechadas. Saúde significa abrir portas e janelas, e deixar o ar entrar. (Continuação)

SÃO CHANCES para ambos os sexos e exigem formação entre o ensino fundamental e o superior

O Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab) anunciam 1.167 oportunidades de emprego em todo o estado, com salários de até R$ 4 mil, mais benefícios. São chances para ambos os sexos e exigem formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo. A Capital tem 911 chances, com destaque para 230 para Repositor de Mercadorias, 208 para Operador de Telemarketing, 80 para Inspetor de Alunos, 55 para Vendedor, entre outras. A Região Metropolitana oferece 25 vagas incluindo Atendente de Lojas, Mecânico, Vendedor, Borracheiro e Cartazeiro.

Para a Região Serrana são 71 oportunidades, com 25 para Vendedor, 20 para Vendedor Pracista, 16 para Armazenista, entre outras. No Médio Vale do Paraíba são 20 vagas. Entre elas estão duas para Faxineiro, duas para Atendente de Lojas e Mercado, uma para Serralheiro, entre outras. Na Baixada Litorânea existem cinco vagas para Porteiro. Para deficientes existem 140 vagas, sendo 25 para Operador de Caixa, 22 para Faxineiro, 18 para Repositor de Mercadorias, 15 para Embalador a mão, dez para Copeiro, entre outras. As inscrições para se candidatar às vagas coletadas pela secretaria

podem ser feitas nos postos SINE/ Setrab (http://www.rj.gov.br/web/setrab/exibeconteudo?articleid=2566341) ou no site maisemprego.mte.gov.br. A secretaria também mantém em seu site o PDF com a distribuição de chances existentes por região e função. A Setrab esclarece que o banco de dados de emprego pode sofrer alterações momentâneas como inclusão/fechamento de vagas ou ampliação/redução de ofertas. Para manter o Painel de Vagas o mais atualizado possível, a Setrab passou a divulgá-lo duas vezes na semana, sendo uma na terça-feira à tarde e outra na sexta-feira.

Inscrições para o Programa de Estágio da International Paper A Across, empresa brasileira de atração, seleção e desenvolvimento de talentos, está realizando a seleção do Programa de Estágio 2017 da International Paper (IP), líder mundial na fabricação de papéis para imprimir e escrever e embalagens. Produtora das linhas Chamex, Chamequinho e Chambril. Estudantes com formação prevista entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018 podem participar. A inscrição acontece até 31 de outu-

bro pelo site da Across. O programa, com duração de 12 a 24 meses, busca alunos de diversas áreas, com dinamismo e interesse no desenvolvimento de carreira. É necessário ter disponibilidade para estagiar por 18, 24 ou 30 horas semanais (máximo 6h/dia), ter bons conhecimentos no pacote Office e em Inglês, sendo que o nível do segundo pode variar de acordo com a vaga de atuação. Os benefícios são bolsa-auxílio,

plano de saúde, plano odontológico (opcional), seguro de vida vale alimentação, vale refeição (somente para escritório em SP), restaurante (para as fábricas) e vale transporte. São 50 oportunidades de estágio em 10 unidades da IP localizadas em SP, MS, GO e AM. Os interessados podem obter mais informações ou se inscrever pelo site: http://www.ipnextgeneration.com.br/.

Renda pode ser critério de desempate em acesso a pós-graduação Os processos seletivos para acesso a programas de pós graduação, mestrado e doutorado das universidades estaduais do Rio de Janeiro podem adotar a renda do candidato como critério de desempate. Este é o objetivo do projeto de lei 1.106/15, do deputado André Ceciliano (PT). Pela proposta, terão preferência

Cartas Quiosques e estrutura ruins Estive na Praia de Icaraí na noite de ontem. Percebi como é fraco nosso potencial para receber turistas. São quiosques que não possuem estrutura para acomodar ninguém sentado, espaço só de passagem mesmo. Não há variedade de produtos para ofertar e o mais grave, não há um banheiro público para que a população possa usar. Lourival Costa

em caso de empate no concurso de acesso à pós-graduação os candidatos que comprovem ter renda familiar inferior a dez salários mínimos. A regra deverá ser incluída nos editais de seleção. Na justificativa do projeto, o deputado explica que o critério já existe na esfera federal desde o ano

passado. “É importante destacar que não se trata de novo sistema de reserva de vagas, mas sim, de estabelecer critério de desempate para candidatos que obtiveram a mesma classificação em processo seletivo de admissão para as universidades públicas”, afirma Ceciliano.


3

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

PAINEL

painel@atribunarj.com.br

MÉDICOS VOL TAM À CAPELA E VOLT E REVIVEM A HISTÓRIA DA AMF A passagem, ontem, do Dia do Médico, teve como destaques a maciça presença destes profissionais na celebração da missa em louvor ao padroeiro, na Capela São Lucas, de estilo moderno, em forma de duas mãos em oração, inaugurada em 18 de outubro de 1970, como parte integrante da sede da Associação Médica Fluminense. Nomes consagrados da medicina foram reunidos no altar pelo monsenhor Elidio Robaina, que lembrou o Evangelho de São Lucas, que é o terceiro livro do Primeiro Testamento, e sua dedicação ao estudo da Medicina, além de ser pintor e músico. A Capela está sendo remodelada e já tem intensa afluência de fiéis, sendo considerada o “Templo dos Médicos”. Presentes vários ex-presidentes da AMF, como Alcir Chácar e Aloisio Decnop, foi destacada a presença de Waldenir Bragança, que conduziu as obras após obter oito lotes cedidos pelo governador Geremias Fontes, com prazo de um ano para executar a obra. O atual presidente, Benito Petraglia, saudou a classe e reverenciou o santo padroeiro, orgulhoso das realizações da Associação que completou 87 anos e ali tinha a presença de Waldenir, que a presidiu há 50 anos passados e teve uma vida dedicada à medicina, inclusive presidindo o Diretório Acadêmico Barros Terra, há 60 anos, vindo, ainda, a ser presidente do Conselho Regional de Medicina. Em meio ao café da manhã muitos lembraram a figuram do saudoso médico Antonio Cunha Pereira da Silva, o “arrecadador de fundos” para a obra, especialmente junto a empresas de material médico e puderam admirar a placa, com os nomes em bronze, dos médicos da época da construção, obra comandada pelo arquiteto Germinal Bottino.

Chapa Dilma-T emer ganha sobr evida Dilma-Temer sobrevida O julgamento da ação do PSDB pretendendo anular a votação obtida pela chapa vitoriosa em 2014, porque a campanha eleitoral teria sido movida pelo propinoduto da Petrobras, não mais ocorrerá este ano. O ministro do TSE (e também do

STF) Luiz Fux, admitiu que o julgamento poderá ocorrer com o desdobramento da ação, mas o julgamento só ocorrerá em 2017. A acusação contra Dilma pode determinar a sua inelegibilidade, o que não foi decretado quando aprovado o seu “impeachment”.

Telefone mais car o caro O STF decidiu ser cabível a cobrança do Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas contas de telefonia. A tributação é repassada aos consumidores.

Memória de Niterói: A imponência do antigo Casino

Tempo no trânsito Um dos participantes da visita às obras do túnel, ao retornar de Cafubá para as Charitas, constatou que à velocidade de 35 km/h pode fazer a travessia em apenas dois minutos. Mas, ao percorrer a Rua Fagundes Varela, menor em apenas 100 metros, perdeu 18 minutos no trecho entre as ruas Miguel de Frias e a São Sebastião. Pode mensurar a importância do túnel para a mobilidade urbana.

UFF na disputa Embora faltem dois anos, a eleição para escolher o novo Reitor da UFF já está movimentando a comunidade universitária. O atual Reitor, Sidney Mello vai buscar a reeleição, mas terá um adversário de peso: Roberto Salles, que apoiou a sua eleição. Mas existem outros nomes em discussão, na área mais à esquerda da comunidade.

A antiga imponência do novo prédio do “Casino”, idealizado pelo arquiteto Luis Fossati, em substituição à casa construída em 1916 por Eugen Urban e demolida em 1939. Era imponente o Hotel Balneário Casino Icarahy, com uma torre na sua fachada. Com o fechamento do jogo ordenado pelo Presidente Eurico Gaspar Dutra, em 1946, o prédio foi usado como hotel e restaurante, ganhando, em 1952, o Cine Grill, o Cine Casino e uma boate na varanda do segundo andar. Depois surgiu outra boate no anexo onde funciona a Livraria da UFF. O imóvel pertenceu ao industrial português Thomé Lúcio Feiteira. Com a criação da UFF, a professora Violeta Campofiorito Saldanha da Gama sugeriu a sua compra para sediar a Reitoria.

Rodrigo visita Tenente Jardim e Felipe se prepara para debate na TV

Fotos: Divulgação

RODRIGO conversou com eleitores na Zona Norte ANDERSON CARVALHO

O prefeito de Niterói e candidato à reeleição, Rodrigo Neves (PV), visitou ontem Tenente Jardim, na Zona Norte. Recebido por moradores e líderes comunitários, Neves falou sobre as propostas para o próximo mandato e agradeceu a expressiva votação que teve na região, onde alcançou 61% dos votos no primeiro turno. “Se dependesse dessa região, eu teria sido eleito no primeiro turno. Estou na estrada há muito tempo, comecei atuando na luta comunitária aos 15 anos. Nosso adversário perdeu 30 mil votos da eleição de 2012 para esta agora. Ele está na política também há muito

FELIPE passou o dia afiando o discurso para o debate

tempo e qual foi o legado que deixou? Trezentas toneladas de remédio estragado. Ele não tem propostas para apresentar, por isso, fica espalhando boatos por aí. Pegamos a Prefeitura em uma situação muito caótica e trabalhamos muitos, conversamos com lideranças comunitárias e, principalmente, cumprimos todos os compromissos assumidos. Reabrimos e reformamos o Getulinho, o Mario Monteiro, fizemos 20 escolas, e faremos muito mais", afirmou. Hoje, às 13h20min, participa de debate no SBT; às 17h30min, tem atividade na Boa Viagem e às 20h, em São Francisco. Peixoto não teve atividade externa ontem. Passou o dia com a co-

ordenação de campanha preparando-se para o debate no SBT de hoje. O candidato espera tratar de questões como as que debateu no final da noite da última segunda-feira, em sabatina na Igreja Batista da Orla de Niterói, no Ingá. “É mais uma oportunidade de apresentarmos nossas propostas e esclarecermos definitivamente os boatos que vêm sendo espalhados pela cidade. O debate político é fundamental no exercício da democracia. Vamos levar nossas ideias para a construção de uma cidade limpa, transparente, e uma administração que esteja sempre aberta ao diálogo com a população niteroiense”, disse o pessebista. Não divulgou agenda.

Entusiasmado O ex-reitor da UFF, Luiz Pedro Antunes, está entusiasmado com a obra do túnel Luis Antonio Pimentel. É um beneficiário direto: mora nas Charitas e visita constantemente familiares residentes em Cafubá. Será um beneficiário direto, usando a bicicleta e poupando a duradoura viagem pelo atual percurso.

Dólar Com queda de 0,76% a moeda norte-americana passou a valer, no fechamento de ontem, R$ 3,1830.

HOJE NA HISTÓRIA 19 DE OUTUBRO 1827- Inaugurada, no Rio, a Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional, iniciativa de Inácio Álvares Pinto de Almeida, Cunha Mattos e Januário da Cunha Barbosa, entre outros. 1875Nasce em Piracicaba, SP, José Alcântara Machado de Oliveira. 1901 1901Alberto Santos Dumont (foto) contorna a Torre Eifel, com o “Dumont nº 6”. 1907- Morre, no Rio, Eduardo ChapotPrévost. 1987- Bolsa de Valores de Nova Iorque registra grande queda. 1990 1990- Três navios do Lóide Brasileiro são arrestados, na Europa, para pagamento de dívidas. 1994 1994- Denúncia de fraude no sistema computadorizado resulta na anulação das eleições legislativas e novo pleito nesta data. 2014 Celebrada missa marcando a beatificação do Papa Paulo VI, cujo dia festivo será 26 de setembro. COMEMORAÇÃO Dia do Poeta e do Guarda Noturno SANTOS DO DIA Santa Laura, S.Issac Jogues, Paulo da Cruz e Pedro de Alcântara

Em São Gonçalo, mais corpo a corpo nos bairros WELLINGTON SERRANO

O candidato a prefeito José Luiz Nanci (PPS) esteve em cinco bairros ontem para conversar sobre suas propostas para mudar São Gonçalo. Moradores de Venda da Cruz, Covanca, Porto Velho, Gradim e Porto Novo receberam o médico e reclamaram sobre as condições que enfrentam diariamente: esgoto a céu aberto e lama nas ruas. “Como médico, sei que o esgoto traz riscos aos moradores: doença para as crianças que brincam na rua, água parada que vira foco de mosquito, sem contar a vergonha de receber visita em meio ao mau cheiro. A limpeza de córregos e bocas de lobo é função da Prefeitura e, por isso, teremos um programa sério, para cuidar dessa questão de forma permanente. Também vamos garan-

tir que o serviço de coleta de lixo funcione com qualidade, para que o lixo acumulado não pare nos rios. Queremos cuidar da população em todas as suas necessidades", afirmou o candidato. Hoje, o prefeitável, na parte da manhã, vai estar no Portal da Educação, no Boaçu, após tem reunião de apoio das lideranças evangélicas, no Lindo Parque e no Bairro Almerinda. Ele fecha a manhã com caminhada. E, à tarde, participa de sabatina na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Gonçalo. Ainda na noite de ontem, o PSDB estadual declarou apoio oficialmente ao candidato José Luiz Nanci, com a presença dos deputados Estaduais Luiz Paulo e Carlos Osório, no Centro de São Gonçalo. O candidato do PRB à Prefeitura, Dejorge Patrício, não divulgou agenda de campanha.

TRE indefere candidatura de Dr. Silvestre à Prefeitura de Varre-Sai Por maioria de votos, o TRE-RJ indeferiu, na sessão plenária da última segunda-feira, a candidatura de Silvestre José Gorini, o Dr. Silvestre (PSD), à Prefeitura de Varre-Sai, pela coligação "Juntos Somos Mais Fortes" (PSD, DEM, PSDB, PtdoB, Pros, PT, PP, SD, PPS). Com a decisão, que deu provimento a recurso interposto pelo PMDB e pela coligação "A Mudança É o Povo que Faz" (PMDB, PR, PTB, PRTB, PSB), tornam-se nulos

os 3.511 votos recebidos pelo candidato em 2 de outubro. A Corte Eleitoral fluminense entendeu que Dr. Silvestre, condenado por improbidade administrativa em 2006, causou dano ao erário e obteve enriquecimento ilícito, não estando apto, por isso, a disputar o pleito deste ano, conforme determina a legislação eleitoral. Ainda cabe recurso da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

Audiências para discutir a LOA são adiadas para novembro WELLINGTON SERRANO

Marcada para amanhã, a primeira audiência pública para discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) de Niterói, do exercício de 2017, foi adiada para ganhar mais divulgação com a ampliação do prazo para o debate. A primeira audiência será realizada no dia 5 de novembro, às 20h, a segunda, dia 7 e a terceira e última, no dia 30, todas no

plenário da Câmara dos Vereadores. A realização das audiências para debater a LOA em novembro foi proposta por representantes da sociedade civil e de membros da classe política, porque, segundo o presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa, vereador Bira Marques (PT), não irá divergir do modelo apresentado pelo governo que será eleito. “Os representantes da sociedade

civil ganharam mais tempo para entregar as emendas à LOA propostas pelos cidadãos. Achei melhor fazer depois das eleições porque aí o processo eleitoral já estará concluído com o novo prefeito de Niterói e isso inclusive ajuda nos próximos passo, sobretudo para não contaminar a lei com o debate da eleição”, afirmou o vereador Bira Marques. Segundo o presidente da Comis-

são de Finanças, diante da crise instalada no país e estado, Niterói tem uma LOA muito boa. “Na verdade temos investimentos que a prefeitura está fazendo de grande vulto como o túnel da Transoceância, e a criação das 29 unidades escolares, ampliação do Médico de Família e do novo Getulinho o que leva o aumento do custeio, mas que estão garantidos de acordo com o orça-

mento”, afirma o presidente. De acordo com o documento, as despesas serão de R$ 2,34 bilhões no ano que vem, um aumento de 1,5% sobre os R$ 2,31 bilhões autorizados para este ano. Apesar de o valor total do orçamento ser maior, a previsão é que o volume de investimentos seja menor: serão R$ 397,3 milhões, 12,6% a menos que o previsto para 2016.


4

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

CIDADES

Hospital Geral de SG não tem remédios e insumos Hospital especializado em tramatologia está mandando pacientes de volta para casa sem atendimento Marcello Almo

Reprodução de TV

ALINE BALBINO

O Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, assim como diversos hospitais estaduais, está funcionando precariamente. Além de pagamento atrasado de funcionários terceirizados, não há material básico para atender pacientes. Funcionários afirmaram que falta gaze, seringas, agulhas, luvas, entre outros insumos. Pacientes reclamam que não estão sendo atendidos pelos médicos e estão sendo encaminhados para outras unidades. Familiares de pacientes internados afirmaram que o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) está lotando com doentes espalhados pelos corredores. Não estão sendo aceitas novas internações por conta da superlotação e as cirurgias foram canceladas. Apenas as mais emergenciais estão ocorrendo. O hospital é referência em traumatologia e atende, principalmente, pacientes vítimas de acidentes, queimaduras graves, por disparos de armas de fogo e acidentes ortopédicos. O paciente Delmo Laurindo voltou para casa

PRATELEIRAS do estoque estão com caixas vazias, segundo funcionários

sem atendimento. Funcionários gravaram um vídeo mostrando os armários de insumos praticamente vazios. “Estou passando muito mal e me encaminharam para cá. Eles (funcionários) se recusaram me atender. Estou com dor de cabeça, desmaiando, vomitando e ficando meio surdo. Pa-

guei passagem e táxi para vir aqui. Moro lá em Marambaia e vou voltar para casa sem atendimento. Agora vou contar com uma carona para ir para casa. Estou muito chateado e continuo passando mal”, disse. Uma enfermeira que preferiu não se identificar disse que o salário está

Procuradoria Eleitoral recorre ao TSE contra eleição de Marquinho Mendes Divulgação

ANDERSON CARVALHO

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) do Rio de Janeiro recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que o candidato do PMDB a prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, volte a ser considerado inelegível e assim, os seus 44.161 votos sejam anulados. Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral – o placar foi 4 a 3 – na última segunda-feira, ele teve o recurso aceito e o registro deferido. Com os votos validados, ficou em primeiro lugar no pleito e foi considerado eleito. Mendes concorrera com registro indeferido sob recurso. A PRE explicou ao TSE que Mendes, hoje deputado federal, é inelegível por infração à Lei da Ficha Limpa. O peemedebista foi condenado por abuso de poder político e econômico e as contas dele referentes ao exercício financeiro de 2012 – último ano dele como prefeito de Cabo Frio – foram desaprovadas pela Câmara Municipal em 2013. Entre as irregularidades, estão despesas com pessoal que excederam em mais de R$ 70 milhões os créditos orçamentários e o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, com um déficit de mais de R$ 57 milhões ao fim do mandato.

MARQUINHO Mendes teve recurso deferido na última segunda pelo TRE

No recurso ao TSE, o procurador regional eleitoral substituto Maurício da Rocha Ribeiro contestou a alegação da defesa de Mendes de que teria acabado o período da inelegibilidade pela condenação por abuso de poder político e econômico. “Após a promulgação da Lei da Ficha Limpa, o prazo de inelegibilidade passou a ser de oito anos e não três, como decidiu o TRE. Os precedentes do Supremo Tribunal Federal invocados pelo candidato referem-se às hipóteses em que o prazo de três anos de inelegibilidade já tenha sido totalmente cumprido, o que não se verifica no caso do candidato, cujo processo, por abuso de poder político e econômico, que ge-

rou a inelegibilidade ainda se encontra pendente de recurso no TSE”, explicou Ribeiro. Em sua defesa, Mendes alegou irregularidades na votação realizada no Legislativo, em especial, o descumprimento de ordem judicial que determinou a suspensão do seu julgamento. Além disso, segundo o candidato, a Câmara votou as contas baseada em parecer da Comissão de Finanças da Casa, sem parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado. Ele recorrera no TRE contra o indeferimento da registro, decidido em sentença da 96ª Zona Eleitoral. Procurado, Mendes não se manifestou até o fechamento desta edição.

Escola fica sem luz e água e alunos, sem aulas ALINE BALBINO

Estudantes da Colégio Municipal Presidente Castelo Branco, no bairro Boaçu, em São Gonçalo, estão sem aula desde a última segunda-feira. A unidade está sem água e energia elétrica e, por isso, as aulas foram interrompidas durante dois dias. Segundo a prefeitura de São Gonçalo, gestora da unidade, o problema já foi resolvido. A partir de hoje as aulas serão regularizadas para os 2.200 estudantes. Os alunos reclamam que a unidade está em péssimo estado de conservação, com janelas e portas quebradas e infiltrações em diversas

áreas da escola. Os estudantes não sabem quando a situação se normalizará. Essa não é a primeira vez que há reclamações em relação à escola. No ano passado, a equipe de A TRIBUNA visitou a unidade e constatou a existência de goteiras, infiltrações e mobiliário quebrado. “Sempre foi assim. Essa escola precisa de atenção do prefeito (Neilton Mulim). Agora que ele perdeu, ficaremos nessa situação até o outro assumir. A educação não é valorizada em São Gonçalo. Estamos no segundo dia sem aula porque não tem luz e água. Isso é um absurdo. Sem luz não há como puxar água. Como vamos

estudar assim?”, indagou um estudante que preferiu não se identificar. O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe) informou que está ciente das reclamações dos alunos e pais em relação à infraestrutura da escola. A Secretaria municipal de Educação informou que uma equipe compareceu no Colégio Presidente Castelo Branco para fazer os reparos na rede elétrica da unidade, devido a uma pane. A nota garante que as aulas serão repostas e os alunos não serão prejudicados. Foi feita a substituição do painel de energia elétrica e hoje as aulas acontecerão normalmente.

atrasado há dias. “Os funcionários estão pedindo ajuda de familiares para poder vir trabalhar. Estamos trabalhando sem material, fazendo milagre. Estamos tentando salvar vidas sem nenhuma condição”, disse. A Secretaria de Estado de Saúde

informou que foi feito um repasse ontem para a organização social que administra o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não informou o valor. A direção do Sindicato de Profissionais da Saúde e da Previdência (Sindsprev) foi procurada, mas não foi encontrada.

Justiça determina paralisação do “Vermelhinho” ALINE BALBIMO

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) determinou a paralisação dos coletivos da Empresa Pública de Transporte (EPT), de Maricá. Os ônibus que receberam o nome de “Vermelhinho” pararão de rodar em breve e o desrespeito à ordem poderá acarretar multas diária no valor de R$ 100 mil. O pedido de suspensão do serviço foi feito pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) a pedido das empresas privadas de ônibus que circulam pela cidade. A alegação das viações é que a Prefeitura de Maricá feriu a Lei de Concessão Municipal, de julho de 2005. A alegação é a mesma, de prejuízos causados pelos coletivos gratuitos. Essa não é a primeira vez que

os “Vermelhinhos” param de circular. Na verdade, a briga pela suspensão do serviço já perdura por dois anos, desde quando os ônibus passaram a funcionar gratuitamente na cidade. Em agosto do ano passado os coletivos foram proibidos de circular por Maricá. O itinerário também chegou a ser alterado, mas uma desembargadora conseguiu derrubar a determinação de que eles teriam que fazer trajeto diferente dos coletivos da viação Nossa Senhora do Amparo. A Prefeitura de Maricá informou que ainda não foi oficialmente notificada sobre a decisão. Quando for cumprirá como sempre fez, exercendo também seu direito a recorrer em defesa da população carente do município, a maior prejudicada caso o interesse das empresas prevaleça sobre o do cidadão. Divulgação

PEDIDO de suspensão dos serviços gratuitos foi feito pela Fetranspor

Ação social leva centena de pessoas à Pestalozzi Centenas de pessoas participaram ontem do Programa Exercitando a Cidadania, promovido pelo Serviço Social da Associação Pestalozzi de Niterói. Durante todo o dia, equipes técnicas das instituições convidadas como a Universidade Federal Fluminense, as secretarias municipal de Assistência Social e de Saúde, o Grupo pela Vidda e a concessionária Ampla ficaram à disposição da comunidade para orientações e dicas sobre os mais diversos assuntos. Nas tendas montadas pela instituição, técnicos orientaram a população sobre assuntos variados como

adquirir e ter direito a programas sociais do governo como o Benefício da Prestação Continuada e o Vale Social e gratuidade nos meios de transportes, além de dicas de consumo consciente de energia elétrica. A Ampla ofereceu lâmpadas de baixo consumo de energia mediante a apresentação da conta de luz. “A Pestalozzi está aberta a toda comunidade e para nós é uma imensa satisfação promover eventos como esse e receber pessoas que tanto necessitam de orientações e serviços sociais”, explica José Raymundo Martins Romeo, presidente da instituição.


QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

5

Túnel próximo da inauguração Ontem o asfaltamento da galeria Luís Antônio Pimentel foi concluído e todo túnel deve ser entregue em 15 de dezembro Fotos: Ivanildo Parreto

OBRA está orçada em R$ 310 milhões e cada galeria tem mais de um quilômetro de extensão AUGUSTO AGUIAR

Orçada em torno de R$ 310 milhões, parte dos recursos federais, está marcada para o dia 15 de dezembro a inauguração da ligação Charitas-Cafubá (túneis Luis Antonio Pimentel e João Sampaio), apontada como a obra de mobilidade mais importante dos últimos anos na cidade de Niterói. A obra é parte integrante da TransOceânica, que está prevista para ser concluída no segundo semestre do ano que vem. O anúncio foi feito, na manhã de ontem, pelo prefeito Rodrigo Neves, que percorreu a pé o trajeto que recebeu a primeira camada de asfaltamento. Parte do trecho da

TransOceânica foi aberto no último dia 14, com meio quilômetro de pista, sentido Estrada Francisco da Cruz Nunes. “É um dia histórico para nós e todos os niteroienses. O cronograma está sendo cumprido e até antecipado, são dezenas de homens trabalhando. Diferente de outras obras, como o Túnel Santa Bárbara, no Rio, por exemplo, vamos abrir o túnel conforme programamos, no dia 15 de dezembro. Vamos realizar o sonho de gerações de niteroienses. Tenho 40 anos e sempre ouvi falar desse sonho, de uma via para ligar a Região Oceânica ao restante da cidade. No dia 15 de dezembro vamos abrir o túnel para carros, ônibus e bicicleta. Foi difícil su-

RODRIGO Neves (E) garantiu que o túnel será aberto ao tráfego em meados de dezembro

perar tantas etapas, como licenciamentos. Fora mais de 50 etapas vencidas, graças ao empenho de cada equipe. O futuro de Niterói será muito melhor, com a melhoria da mobilidade urbana”, afirmou Rodrigo Neves, que percorreu o túnel ao lado do vice-prefeito Axel Grael, o presidente Câmara, Paulo Bagueira, secretários, e a equipe técnica responsável pela obra no túnel, entre outros. Num período de menos de um ano foi perfurado mais de dois quilômetros de galerias, aplicação da primeira camada de asfaltamento (pavimentação), além da instalação de câmeras, que em breve serão interligadas ao Centro Integrado de Segurança Pú-

Os áureos tempos da Ponta D'Areia serão retratados na telinha

Fotos: Marcello Almo

RAQUEL MORAIS

A Ponta D'Areia é um dos bairros mais tradicionais de Niterói e agora será um dos núcleos de filmagens de uma novela de Glória Perez. A informação foi confirmada pela Associação dos Moradores do Morro da Penha e Portugal Pequeno (Ammopeppe) e o núcleo de produção da TV Globo já esteve no bairro para fotografar os principais pontos, já que um trecho do Portugal Pequeno será reconstruído na cidade cenográfica para as gravações. A comunidade está contente com a novidade que terá ênfase, principalmente, na beira do cais da Rua Miguel Lemos e todo o trecho da Barão de Mauá. Moradores lendários do bairro também vão servir de referência para a trama, que se chamará À flor da pele. "Estamos todos felizes com essa novidade. Pelo que fiquei sabendo no encontro com o grupo a história será inspirada na chegada dos portugueses em Niterói e na Zona Sul do Rio”, explicou o presidente da associação, Adriano Felício. E conhecendo de perto a história dos portugueses, o comerciante Marcelo Alves, de 47 anos, cresceu dentro do restaurante do pai, que serve até hoje o tradicional 'bacalhau à portuguesa'. “Meu pai veio fugido de Portugal para o Brasil e na década de 30 abriu o restaurante, que se chamava Bar Vale de Cambra. Hoje eu assumi o negócio da família e o Decolores continua com uma clientela fiel. Quem

blica (Cisp). De acordo com informes, na medida em que as obras avançaram, já teriam sido retirados do local mais de 520 toneladas de cascalhos, parte do material reaproveitado na própria obra da TransOceânica. Lado a lado como o ritmo avançado da obra no túnel, também segue a da ciclovia, além da instalação do sistema de iluminação e ventilação. Na entrega da obra, no túnel funcionará além da ciclovia, faixa dupla para circulação de veículos de passeio, faixa seletiva (em concreto) para passagem do BHS (Bus High Level System). “As famílias vão ganhar com economia de tempo. A Região Oceânica ficou um tempo isolada, mas no

ano que vem as 11 estações do transporte público estarão concluídas e com o túnel, a ligação com outras partes da cidade estará concluída. Estou feliz, porque nesse contexto de crise, onde há cidades que não conseguem nem manter suas obras básicas, estamos concluindo uma importante obra”, afirmou Rodrigo Neves. “É um momento de muita satisfação. Foi um projeto que começou com um traçado bem simples, na planta. Cumprimos todas as etapas. É um equipamento da maior importância, que muda a geografia de Niterói, e transforma o transporte coletivo para mais eficiente”, congratulou o o viceprefeito Axel Grael.

Abasteça seu carro e ganhe A TRIBUNA Marcello Almo

ADRIANO

PONTOS históricos serão retratados em cidade cenográfica

sente saudade da comida portuguesa encontra aqui toda essa história e sabor”, comentou. Outra figura importante do bairro é o conhecido barbeiro Adilson, da Barbearia Tavares, que corta cabelo e faz barba na mesma loja há 50 anos. Ícone no bairro, ele lembra, na década de 90, de uma gravação que aconteceu no bairro com a Malu Mader (A Justiceira). “Eles estavam gravando há dias com muita chuva e frio e um certo dia dois figurantes não apareceram nas gravações. Então a produção me pediu para eu ser figurante, mas eu não quis. Por semanas ficaram implicando

ADILSON

comigo, que eu perdi a chance de beijar a Malu Mader”, lembrou aos risos. Em nota oficial, a associação destacou “o contexto histórico que nosso bairro possui (…) os traços religiosos como a igreja de N.S. de Fátima, construída em 1940, além de diversas construções baseadas na arquitetura Portuguesa. Não podemos esquecer do 1º Estaleiro Privado do Brasil, aqui construído pelo maior 'empreendedor' que o Brasil já teve, Irineu Evangelista, o famoso Barão de Mauá. Tudo isso reunido em um cantinho com ar bucólico, denominado Portugal Pequeno”, reforçou o informe.

LUIS Jourdan, Ronaldo e Augusto firmaram parceria na redação do jornal

Desde hoje os primeiros clientes que abastecerem de seus carros no Posto 4 Primos, da Rua São Lourenço, 179, terão direito a um exemplar gratuito de “A Tribuna”. Convênio neste sentido foi firmado, na última segunda-feira, pelo diretor da organização, Ronaldo Castro, e pelos representantes do jornal, Luis Jourdan Santana Amóra e Augusto Palanca. O posto tem se notabilizado pelo lema Atendimento, Qualidade e Rapidez, contando com uma equipe especializada para o bom relacionamento com os clientes. Ele mantém, inclusive, um serviço de relacionamento com o seu crescente público, com a mensagem: “Respeito é bom e você merece. Sugestões, reclamações e elogios podem ser feitos pelo SAC – Fale com o seu Manoel. Telefones 4126-7595 e 97371-6063 (Whatsaap)”.

Várzea das Moças vai ganhar portal de segurança Divulgação

PREFEITO anunciou novidade no centro de monitoramento da cidade

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou na tarde de ontem o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) e o CCO (Centro de Controle da Mobilidade), na Região Oceânica, e anunciou novidades. Sobre o Cisp, o prefeito informou que, dentro dos próximos dez dias, será instalado um novo portal de segurança que lê placas de carros e pode identificar aqueles que teriam sido roubados, assim como já acontece na Ponte Rio-Niterói: será na Avenida Central, em Várzea das Moças, na Região Oceânica, uma das saídas e entradas da cidade. “Os portais de segurança são um segmento avançado do monitoramento por câmeras. Vamos instalar um novo portal em Várzea das Moças e, até o fim do ano, pretendemos chegar a outros bairros, como Barreto e Fon-

seca. Apesar da atribuição constitucional da segurança pública ser dos governos estaduais, a Prefeitura está colaborando com a área”, disse. Em relação ao CCO da Mobilidade, Rodrigo Neves disse que a próxima região contemplada será a entrada e saída do túnel que liga São Francisco a Icaraí já nas próximas semanas. O sistema já funciona na esquina da Avenida Jansen de Melo com a Rua Marechal Deodoro, no Centro, e também no Largo da Batalha. Ao todo, serão 190 cruzamentos ou esquinas da cidade que vão receber o sistema, que permite acionar em tempo real o sinal verde por mais tempo em uma área engarrafada, ou o vermelho para segurar o fluxo quando necessário, em caso de acidente, por exemplo, contribuindo para reduzir os congestionamentos.

“Os sinais inteligentes são de fundamental importância para o conceito de cidade inteligente que estamos implantando. Com esse sistema, vamos ter uma redução de 20% a 30% no tempo de deslocamento. Já melhorou a circulação no Largo da Batalha, um dos eixos saturados da cidade. Isso vai contribuir para melhorar a qualidade de vida da população”, disse o prefeito. O secretário de Ordem Pública, Gílson Chagas, destacou a integração dos dois sistemas. “Com certeza, vamos proporcionar maior segurança nos cruzamentos e maior fluidez ao trânsito, ajudando os órgãos de segurança a monitorar melhor a cidade, deslocando a PM, Polícia Civil e Guarda Municipal para locais onde há ocorrências policiais ou casos de desordem urbana”, declarou.


6

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

PF prende políticos em Saquarema acusados de crimes eleitorais Parlamentares são acusados de comprarem votos e fazerem obras eleitoreiras Fotos: Marcello Almo

ALINE BALBINO

Uma operação da Polícia Federal (PF) de Niterói terminou com a prisão de cinco políticos na cidade de Saquarema, na Região dos Lagos. Entre os presos estão o atual presidente da Câmara de Vereadores, Romacart Azeredo de Souza; o vice-presidente, Vanildo Siqueira da Silva; o vereador Paulo Renato Teixeira Ribeiro, e mais outros dois vereadores ainda não identificados. Além disso, a PF conseguiu cumprir seis mandados de condução coercitiva (forma impositiva de levar suspeitos de processos a prestar esclarecimentos), sendo de dois médicos acusados de fornecer remédios, receitas médicas para exames e atestados para comprovar faltas. Foram cumpridos também 19 man-

dados de busca e apreensão em que foram apreendidos computadores, documentos, mídias, remédios, receitas, entre outros. O delegado Elias Escobar explicou que o esquema estaria ocorria antes das eleições de 2016. Os políticos beneficiariam pessoas em troca de votos. Além de responder criminalmente por, pelo menos, cinco crimes, eles terão os mandatos cassados. Os candidatos conseguiram se reeleger neste último pleito. A PF continua fazendo buscas para prender outros dois acusados, sendo Guilherme Ferreira de Oliveira, o “Pitiquinho” e Hamilton Nunes de Oliveira, o Pítico”, que era candidato à prefeitura de Saquarema e pai de um dos vereadores presos. A investigação começou no dia 13 de setembro. A Polícia Federal também está de

DELEGADO Elias Escobar (D) explicou que esquema ocorria antes da eleição

ROMACART estaria entre os envolvidos

posse de uma escuta telefônica entre um dos investigados e um pastor de uma igreja evangélica de Saquarema em que é confirmada a presença do político num culto religioso onde seriam oferecidas vantagens indevidas aos fieis. O pastor é uma das pessoas que será convidada para prestar esclarecimentos na PF. Escobar citou os crimes cometidos pelos acusados que podem ser condenados a mais de 15 anos de reclusão. “Havia compra de voto, captação de sufrágio, emissão de receituário de medicamento controlado, transporte irregular de eleitores, fornecimento de combustível para angariar fotos, cooptação de um líder religioso por seu intermédio e mediante paga para arrecadar votos. Além de outros crimes como formação de quadrilha, constru-

REMÉDIOS foram apreendidos

DH passa sufoco com falta de energia e de água AUGUSTO AGUIAR

Até o fim da tarde de ontem agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) haviam passado 14 dias de sufoco, apenas com a esperança de restabelecimento do fornecimento de energia elétrica nas dependências de sua sede, interrompido no dia 4. Na ocasião, dois homens - identificados como Gilber Alves Nogueira, de 42 anos, e Daniel Souza da Silva, de 28 anos – foram presos e autuados por furto de energia, após serem flagrados furtando cabos de energia no prédio anexo da distrital. Desde então o prédio da DH ficou às escuras e sem energia os agentes ficaram impedidos de usarem

computadores e outros equipamentos e para piorar ainda mais o abastecimento de água na unidade ficou comprometido. Computadores desligados, salas escuras, bebedouros e banheiros sem água foi o quadro que persistia até até a tarde de ontem, sem a garantia de restabelecimento. Segundo informações, a concessionária Ampla chegou a analisar o problema, mas disse que a responsabilidade pelo conserto seria do Estado. Na tarde de ontem, o titular da especializada, delegado Fábio Barucke, afirmou, com alguma esperança: “A prefeitura esteve aqui e estão consertando. Parece que hoje (ontem) restabelece”. Também na tarde de ontem a asses-

soria de comunicação da Polícia Civil emitiu o seguinte informe: “Segundo informações da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), na manhã de 4 de outubro, foram presos em flagrante, por furto, Gilber Alves Nogueira, 42 anos, e Daniel Souza da Silva, 28 anos, em um prédio anexo ao da Delegacia, em Niterói. Após serem comunicados que dois homens estavam no prédio anexo à Delegacia furtando cabos, policiais da unidade foram até o local e os prenderam. O furto causou os problemas elétricos e, consequentemente, no abastecimento de água da unidade. Engenheiros da Prefeitura de Niterói já avaliaram os danos e esta se comprometeu a fazer o conserto nos próximos dias”.

Segurança Pública do Rio vai combater circulação de armas O novo secretário de Segurança Pública do Rio, Roberto Sá, afirmou que o seu principal desafio no combate da criminalidade será trabalhar com poucos recursos. Ele quer investir no trabalho de articulação de informações para, caso necessário, realocar recursos públicos. Para isso vai dispor de uma comissão será instalada para analisar os índices de criminalidade nas comunidades que fazem parte do programa e, caso seja necessário, utilizar os recursos necessários. Analisando os indicadores, ele, o novo comandante-geral da PM, coronel Wolney Dias, e o novo chefe de Polícia Civil, delegado Carlos Augusto Neto Leba, irão definir a nossa ação. O Instituto de Segurança Pública (ISP)

Divulgação

SÁ vai criar comissão na Secretaria

e a inteligência vão passar a monitorar esses indicadores para realocar recursos. Sobre o trabalho investigativo, Roberto Sá afirmou: "Eu tenho conversado com o novo chefe da Po-

licia Civil e existe um desejo da própria polícia em intensificar a investigação sobre principalmente nas armas de alto impacto. Para vocês terem ideia, olha que número impressionante, o Rio apreende 24 armas de fogo por dia, o que é quase uma arma por hora. No caso dos fuzis, é quase um por dia. Não é possível, não podemos ter muitas armas de fogo nas mãos das pessoas. Já mapeamos as divisa do Rio com Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais. Pretendo encomendar ao comandante da Polícia Militar uma estrategia de alocação de recursos com o uso da inteligencia. O Ministério da Justiça, vai ajudar colocando Policiais Rodoviários Federais (PRF) para controlar entrada dessas armas".

Feminicídio será identificado em registros de ocorrência Agora é lei: registros de ocorrência de homicídio contra mulheres serão identificados como feminicídio nas delegacias de polícia. É que determina a lei 7.448/16, de autoria da deputada Martha Rocha (PDT), sancionada pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, e publicada no Diário Ofici-

al da última sexta-feira.“O objetivo, segundo a deputada, é aprimorar as informações e estatísticas do Instituto de Segurança Pública (ISP) sobre esse tipo de crime, tipificado por lei federal no ano passado. “É importante nós entendermos que o feminicídio é o homicídio contra

a mulher proveniente da violência doméstica, o que se trata de uma violência específica. Queremos contribuir para a criação de um registro adequado, contendo informações importantes para facilitar a investigação, identificando o autor e levando-o a julgamento", explica.

ção de obras em prol de potenciais eleitores”. Novas ações como essas serão feitas, segundo Escobar. A PF estreitará laços com o Poder Judiciários de várias cidades para inibir ações criminosas em outras eleições. Ele acrescentou que compra de votos é uma cultura de várias cidades e que fere a democracia brasileira. Questionado sobre um possível envolvimento do político, Paulo Melo, o delegado afirmou que as prisões são de candidatos de várias partidos. “Não posso precisar se esses presos têm ligação com esse ou aquele candidato. É um mosaico de partidos. Nós estendemos que esse trabalho funcionou como um laboratório que devem ser repetidos em eleições vindouras”, disse Escobar.

Para ministro, “Brasil prende muito, e mal” Divulgação

POLICIAIS federais de Niterói cumpriram seis mandatos de condução coercitiva

MINISTRO irá apresentar hoje plano nacional de combate à criminalidade

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse ontem que o Brasil tem critérios ruins para manter presos em regime fechado e defendeu alterações na Lei de Execução Penal que permitam reduzir o número de detentos. “É uma ideia que eu tinha desde

que era secretário de Segurança Pública de São Paulo. Estamos finalizando a ideia”, disse Moraes, após discutir o assunto com a bancada do PSDB no Senado. “É para acabar com uma tradição no Brasil. O Brasil, historicamente, prende muito, mas prende mal. O Brasil prende quantitativamente, mas não prende qualitativamente”, acrescentou. Pela proposta, que será apresentada em breve pelo governo, os condenados que cometeram crimes menos graves, como furtos sem violência, por exemplo, cumpririam suas penas em regime aberto, com penas alternativas, como de prestação de serviços à comunidade. Por outro lado, o governo quer dificultar a progressão de pena para aqueles que cometeram crimes violentos ou ligados a organizações criminosas, para que cumpram, no mínimo, “metade da pena em regime fechado”, disse Moraes. Hoje, é necessário o cumprimento de apenas um sexto da pena para que o detento possa solicitar a mudança para um regime prisional mais brando.

PROJETO NOVOS MUNDOS Detentos passaram a desempenhar um trabalho inédito para Defensoria Pública. Beneficiados com os regimes aberto, semiaberto e prisão domiciliar vão trabalhar na sede da Defensoria Pública estadual em funções com auxiliar de serviços gerais e copeiro. O projeto inicialmente vai empregar 13 internos. Ontem, seis deles já começaram inciaram seus novos ofícios. A iniciativa é resultado de um convênio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), através da Fundação Santa Cabrini, e da defensoria. Nessa segunda, houve uma cerimônia para inaugurar o projeto, batizado de Novos Mundos.

CURRICULUM DO CHEFE DE POLÍCIA O novo chefe de Polícia Civil do estado, Carlos Augusto Neto Leba, ingressou na Polícia Civil como detetive em 1987. Dez anos depois, ele foi empossado delegado. O novo chefe da polícia já coordenou Projetos Especiais, a Polícia Técnico-Científica, foi diretor da Academia de Polícia Sylvio Terra e chefiou a Divisão Antissequestro. Em 2002, ocupou o cargo de Subsecretário de Planejamento e Integração Operacional na Secretaria de Estado de Segurança. Atualmente, ele ocupava o cargo de delegado titular da 1ª Departamento de Polícia de Área (DPA).


7

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

CULTURA

cultura@atribunarj.com.br

TEATRO POPULAR RECEBE DE VOLTA À FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE Divulgação

E

m 5, 12 e 13 de novembro o Teatro Popular Oscar Niemeyer receberá o infantil De Volta à Fantástica Fábrica de Chocolate. Após ser o ganhador do grande prêmio oferecido pelo lendário Willy Wonka e, assim assumir a fábrica, Charlie abandona, momentaneamente, o posto para estar ao lado de seus familiares. Depois de muitos anos, tentando se convencer, sem sucesso, da importância da família, para seu sucessor, Willy Wonka decide, novamente, enviar aos cinco cantos do mundo, cinco novos “Wonka Tickets” dentro de seus famosos chocolates. Inexplicavelmente, cinco desses bilhetes dourados são encontrados pelos filhos de seus antigos visitantes, 20 anos atrás. A grande revelação está no desconhecido menino que também fora premiado com um dos bilhetes, surpreendendo a todos. Quem será este novo menino? Quais novas surpresas aguardam estes ilustres e privilegiados visitantes? Quais são os novos planos de Willy para convocar esta reunião? Busque incansavelmente o seu bilhete dourado e não perca esta grande aventura: “De Volta à Fantástica Fábrica de Chocolate”. Os bilhetes que dão acesso ao espetáculo estão escondidos nos Bombons Jukah vendidos pelos representantes na cidade de Niterói (RJ). Além disso ainda pode ganhar o direito de vivenciar esta fantástica aventura, participando da própria história. A peça tem direção de Diego Ramos e no elenco nomes como o próprio diretor e Gabriel Ferreira, Lívia Barros, Larissa Nóbrega, Lara Monaco, Manu Fraga, Fernanda Catão, Rhayssa Guedes e Mayhara Sheylla por exemplo. A classificação etária é livre, a duração do espetáculo é de 55 minutos e os ingressos custam R$ 30 (inteira), R$15 (meia-entrada) e R$15 (promocional - lista amiga). A peça será apresentada em dois horários às 15h e 17h. O Teatro Popular Oscar Niemeyer fica na Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n no Centro de Niterói. Mais informações pelo telefone (21) 2613-2734.

HERMETO PASCHOAL É DESTAQUE NA SALA CARLOS COUTO Divulgação

Em homenagem aos 80 anos de vida do multi-instrumentista, compositor e mestre da improvisação Hermeto Pascoal, a Sala Carlos Couto, anexa ao Teatro Municipal

de Niterói, recebe, de 26 de outubro a 30 de novembro de 2016, a exposição “Hermeto Pascoal 80 Anos”, que tem a curadoria de Teca Nicolau. Durante a abertura da

mostra, que acontece no dia 25 de outubro, às 20h, o artista lança e autografa seu mais novo DVD, intitulado “Hermeto Brincando de Corpo e Alma”. A mostra, um projeto idealizado pela Vestar Criações Artísticas e Culturais. Ímpar em seu processo criativo e de manifestação musical, a todo momento registra composições em quaisquer objetos ao alcance de suas mãos (panelas, revistas, bacias, tampas de vasos sanitário, toalhas, bule, chapéu, bandejas, pratos, copos e até paredes), tornando-os como bases para partituras com a mesma habilidade que extrai sons e notas melódicas de objetos inusitados. Em “Hermeto Brincando de Corpo e Alma”, o artista mostra o que sempre falou, o corpo é vários instrumentos musicais, ele extrai sons do seu corpo pelo som da fala, pelo ritmo do seu coração, barba, cabelos fazem sons imaginários. Explo-

rar o seu corpo como descontração ele faz com o seu corpo e alma uma verdadeira viagem sonora”, explicou Fábio Pascoal. Nascido em Olho d’Água e criado em Lagoa da Canoa (estado de Alagoas), em 22 de junho de 1936, Hermeto Pascoal teve uma infância bem humilde. Filho de Vergelina Eulália de Oliveira e Pascoal José da Costa, desde pequeno esteve em contato constante com a natureza e, consequentemente, teve o lado criativo e musical aflorado. A partir de um cano de mamona de jerimum (abóbora), fazia um pífano e ficava tocando para os passarinhos. Ao ir para a lagoa, passava horas tocando com a água. O que sobrava de material do seu avô ferreiro, ele pendurava num varal e ficava tirando sons. Até o acordeão de 8 baixos de seu pai, de sete para oito anos, ele resolveu experimentar e não parou mais. Isso explica as suas referências, que, ao contrário da maio-

ria dos artistas, não apontam para os grandes ícones e sim para a natureza e para a sua própria família. Atualmente, com o desenvolvimento de seu talento nato, o poliinstrumentista é famoso por fazer algo que já o fascinava desde pequeno: conseguir extrair música boa de qualquer coisa, desde chaleiras e brinquedos de plástico até a fala das pessoas. Entretanto, a trajetória rumo ao sucesso não foi fácil, nem rápida. Durante os seus mais de 60 anos de carreira, Hermeto já trabalhou em diversas rádios, tocou em casas noturnas e gravou músicas em parceria com diferentes artistas. Um artista completo e instigante. A classificação etária é livre, a entrada é gratuita e a visitação pode ser feita de terça a sexta-feira das 10h às 18h e aos sábados e domingos das 10h às 18h. O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua XV de Novembro, 35 no Centro. Mais informações (21) 2620-1624.

GALERIA DE ARTE E ESPAÇO UFF DE FOTOGRAFIA INAUGURAM TRÊS EXPOSIÇÕES O Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada apresenta duas exposições do mesmo autor, Luiz Sisinno, chamadas Bonequinho e Amores Instantâneos. Em Bonequinho, estão imagens que ganharam fama em redes sociais, imagens que desafiam o convencional e jogam com “o febril poder das selfies”, no dizer do próprio autor. Assim é o projeto fotográfico realizado ao longo dos últimos três anos em Rio de Janeiro, São Paulo, Paris, Londres e Berlim, sempre com cenas protagonizadas pelo “Bonequinho”, personagem-título da mostra. O Bonequinho, na verdade, é um rapaz estático e sério, mas cheio de força e expressão ao interagir

com atrações turísticas, obras de arte e paisagens vibrantes. Luiz Sisinno preparou ainda uma série inédita de 16 fotos em homenagem à cidade de Niterói, que poderão ser vistas também a partir do dia 20 de outubro no espaço UFF de Fotografia. Com apenas um smartphone, afirma o autor, é possível criar uma obra artística e envolver olhares diversos. Luiz Sisinno é formado em Cinema pela UFF. Com mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e trabalha como produtor de arte da Rede Globo há 15 anos. Na Rede Globo atuou na produção de arte em apresentações como O Auto da Compadecida, Chiquinha

Gonzaga, O Clone, Coração de Estudante, Sabor da Paixão, Sítio do Picapau Amarelo, Toma Lá Dá Cá, A Vida Alheia, O Dentista Mascarado, O Caçador e Tá no Ar. Em Amores Instantâneos, Luiz Sisinno pretende mostrar a solidão que surge por trás da grande onda de aplicativos de relacionamento. Utilizando fotos antigas abandonadas, algumas da própria família e outras garimpadas em feiras de antiguidade, combinadas com textos de perfis do aplicativo Grindr, gravados com uma rotuladora Sylvapen – um objeto já fora de uso, Luiz Sisinno quer mostrar a solidão em épocas distintas, mas num diálogo atualizado. Amores Instântaneos é um re-

trato contemporâneo do homem que tem toda a tecnologia à sua disposição, mas de certa forma é o mesmo de há cem anos sempre buscando escapar da solidão, da morte e do esquecimento. A curadoria das duas mostras é do professor de cinema da Universidade Federal Fluminense (UFF) e doutor em Estudos Cinematográficos pela New York University, João Luiz Vieira. A exposição Amores, domingos e cortes, que também será inaugurada no dia 20, das 19h às 21h, traz desenhos e telas de Bia Leite, Hermano Luz e Rodrigo D’Alcântara, artistas radicados em Brasília, que tiveram suas trajetórias artísticas entrecruzadas. A exposição coleti-

va configura entre suas produções, paralelismos e complementaridades a partir das temáticas suscitadas pelo título: o amor como sentimento dilacerante, vívido e intenso; o domingo como o ambíguo e o corte como ruptura, secção e procedimento. A apropriação de imagens de meios midiáticos e a reprogramação das mesmas também intermeiam conceitualmente a exposição dos três artistas, que estará aberta para visitação até o dia 27 de Novembro. A entrada é franca e todas as exposições estarão abertas ao público de segunda a sexta-feira das 10h às 21h e sábados e domingos das 13h às 21h.


8

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

ARTES FLUMINENSES

LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL 1912-2015 “IN MEMORIAM”

JORGE PICANÇO SIQUEIRA

J

ORGE PICANÇO SIQUEI-RA foi médico, jornalista, escritor, histo riador, professor, trovador, cordelista, poeta, artista plástico, conferencista e acadêmico. Filho de José Siqueira da Silva (farmacêutico) e de dona Maura Picanço Siqueira (dona Deusinha), nasceu na cidade de Macaé, Estado do Rio de Janeiro, no dia 30 de julho de 1930. Tem como único irmão o médico Jair Picanço Siqueira. Estudou as primeiras letras em casa com os pais. O curso primário com a professora Irene Josefina Meireles; o secundário no Ginásio Macaense e o científico no Colégio Bittencourt Silva em Niterói. Ingressou na Faculdade de Medicina, de Niterói, em 1949, e diplomou-se em 1954. Durante 35 anos foi médico do Hospital dos Servidores Públicos e do IAPB (Instituto de Aposentadoria e Pensão dos Bancários). Fez curso de pintura com o Pintor Frank Schaeffer e, também, no Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro, com Aluísio Carvão, José Maria Dias da Cruz, Walter Marques, Líbia Schenker, Eduardo Suad e Kat van Scherpenberg. Realizou exposições individuais na Galeria Daltro (Niterói); Museu de Artes e Tradições Populares (Niterói); Galeria Picanço (Macaé); Centro Cultural Paschoal Carlos Magno (Niterói); Museu Histórico do Estado do Rio de Janeiro (Niterói); Caixa Econômica (na cidade do Rio de Janeiro); Academia Brasileira de Letras (Rio de Janeiro); Museu Antônio Parreiras (Niterói); Teatro Municipal (Niterói) e no Centro Cultural, Campos e Academia Niteroiense de Letras. Participou das seguintes exposições coletivas: Galeria Jardy (cidade do Rio de Janeiro); Companhia Brasileira de Recursos Minerais (Rio de Janeiro); Clube Naval e Escola Naval (Rio de Janeiro); Bloco Escola do MAM (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro); Parthenou (Niterói); Galeria Picanço (Macaé); UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro); Associação Médica Fluminense (Niterói); Museu do Telefone (Rio de Janeiro); BNDS (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social do Rio de Janeiro); Planetário (Rio de Janeiro); Universidade Federal da Paraíba; Secretaria de Educação de Pernambuco; Secretaria Municipal de Cultura de Nova Friburgo; Companhia das Artes (Teresópolis – RJ); Faculdade Plínio Leite (Niterói); Conselho Britânico (Rio de Janeiro e ou-

tras cidades). Participou do XI Salão Carioca; Bienal Pan-americana (Rio de Janeiro); Associação Médica Paulista; Associação Médica de Santa Catarina e II Salão Nacional de Arte Religiosa no Paraná. Possuem obras do nosso biografado: Associação dos Diplomados da Academia Brasileira de Letras; Ordem dos Advogados do Brasil (Macaé); TER (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro); Museu Antônio Parreiras; Museu de Artes e Tradições Populares (Niterói); Hotel Meredin (Paris); Residence Palace Hotel (Roma); Casa de Casimiro de Abreu (Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro); Clube de Literatura Cromos (Niterói). Jorge Picanço é autor do projeto da Bandeira da Academia Brasileira de Literatura. Obteve Medalha de Prata e de Ouro na Associação Médica de Santa Catarina; de Prata na Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, e de Prata no Clube Naval no Rio de Janeiro. Em Arte Postal foi selecionado para as mostras “In Memory of Max Ernest, 1992, Ravena, Itália; Book Project, The Normand Museum; The Divine Comedy, Itália, e outros. Sobre Medicina publicou os livros: Como Cuidar do seu Bebê, Puericultura – 1963, e o Pediatra na Sala de Parto, 1966, foi fundador e presidente da Associação Médica de Macaé e membro da American Academic of Pediatrie; presidiu o Centro de Estudos do INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social), Macaé, RJ, e realizou conferências nos mais importantes hospitais do Estado do Rio de Janeiro. Dirigiu o filme científico “O Pediatra na Sala de Parto”, patrocinado pelo Laboratório Farmitália. Publicou centenas de artigos na área da medicina e fez dezenas de palestras e conferências. Em literatura, além das publicações já mencionadas, participou de antologias das Academias Carioca de Letras, Brasileira de Literatura, Brasiléia de Trova, Brasileira de Jornalismo, de Letras do Estado do Rio de Janeiro e outras. No jornalismo escreveu semanalmente para os Jornais: O Debate, A Voz de Macaé e outros jornais e revistas. Foi presidente do Elos Clube de Niterói; da Academia Brasileira de Literatura; da Academia Guanabarina de Letras; da Academia Carioca de Letras; da Academia Niteroiense de Letras; da Academia do Estado do Rio de Janeiro; Rotary Club de Ma-

caé; Academia de Letras de Macaé; Associação Médica de Macaé; Sociedade Brasileira de Médicos Escritores; Academia Brasileira de Médicos Escritores e outras. Pertenceu, além das Instituições já citadas, as seguintes: Academia Brasileira de Jornalismo; Fluminense de Letras; Macaense de Letras e Artes; Gonçalense de Letras, Artes e Ciências; Federação das Academias de Letras do Brasil; Centro da Comunidade Luso Brasileira do Rio de Janeiro; Federação das Associações Portuguesas Luso Brasileira; do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói; Academia Brasileira de Médicos Escritores; American Academy of Pediatrics; Ordem Internacional das Ciências, das Letras e da Cultura; UMEAL – União Mundial de Escritores e Artistas Lusófilos; Internacional Writers and Artists Association; Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal; Academia Brasileira de Trova; Academia Internacional de Ciências, Artes, Letras e Filosofia; Academia Brasileira de Cordel; União Brasileira de Trovadores; Associação dos Diplomados da Academia Brasileira de Letras; Sala de Letras e Artes Gabriela Mistral; Centro de Estudos José Siqueira da Silva; Academia Macaense de Letras; Academia Petropolita-

HORÓSCOPO

nia de Poesia Raul de Leoni; Academy of Letters of England; Academia de Letras e Artes de Paracambi; Academia Eldoradense de Letras; Instituto Histórico e Geográfico de Uruguaiana; Academia Internacional de Letras Três Fronteiras; Academia de Trovadores da Fronteira Sudoeste; Academia de Trovadores, de Heráldica e Genealogia; Academia Fluminense de Medicina; Academia Internacional de Ciências Humanísticas; Federação das Associações Portuguesas e LusoBrasileiras; Academia Itaocaense de Letras; Ordem Brasileira dos Poetas de Literatura de Cordel; Associação Médica de Macaé e outras. Jorge Picanço Siqueira escreveu os seguintes livros e opúsculos: Como Cuidar de seu Bebê, Puericultura, 1963; O Pediatra na Sala de Parto, 1966; Assistência ao Selecionado Macaense, Conferência, 1965; Melquíades Picanço, Discurso, 1982; O Vendedor de Sonhos, Poesia, 1984; A Saga de Antônio Conselheiro Segundo Picanço, Poema, 1984; Joaquim Osório Duque Estrada, Elogio Acadêmico, 1984; O Desenho e o Desenvolvimento da Criança, Pediatria, 1985; A Escola de Paris, Monografia, 1985 (em parceria com Maria Aparecida Picanço Goulart); No Centenário de Melchíades Picanço, Discurso,

I 21/3 a 20/4 l

Ao longo da semana, a Lua cheia junto ao ambicioso Marte é poderosa para produzir resultados, mas seu poder estará em xeque. Imbua-se de um espírito prático, ponha a mão na massa. Lide com dinheiro logo hoje.

TOURO

I

21/4 a 20/5

l

LIBRA

I

21/9 a 20/10

l

A semana tem uma pressão emocional que pode ser desconfortável, pois mexe com seu calcanhar de aquiles: o poder de decisão. No entanto, esta é uma época de realizações para você, que precisa apostar no seu potencial.

ESCORPIÃO

I

21/10 a 20/11

l

Você já começa a semana com a Lua em Touro, boa para trabalhar do seu jeito e desenvolver um projeto. Só não pegue pesado: sensibilidade orgânica pede ritmo saudável. Seus planos de trabalho vão mudar nos próximos dias.

Seu regente Marte está com fome de poder, porém a Lua transita pela área dos relacionamentos do seu mapa ao longo da semana. O desafio de comunicação é sério, suas motivações põem em xeque as parcerias e negócios.

GÊMEOS

SAGITÁRIO

I

21/5 a 20/6

l

I

21/11 a 20/12

l

Num ritmo mais lento nesta segunda, fique nos bastidores. Algo está em preparação. Terça e quarta serão dias mais tensos, principalmente quarta, quando uma questão séria de trabalho ou dinheiro estará em jogo.

Dedicação logo hoje pode preparar o terreno para o desafio das ideias e dos diálogos nos próximos dias. Você tem força para produzir um trabalho especial e aumentar sua renda. Mas tem que ter foco, não disperse.

CÂNCER

CAPRICORNIO

I

21/6 a 20/7

l

I

21/12 a 20/01 l

Invista no trabalho em equipe e na força da colaboração logo hoje. Amanhã e quarta serão dias perigosos para as parcerias, risco de oposições violentas. Por isso mesmo, há necessidade de empreender algo em conjunto.

Exerça sua autoridade com benevolência e as pessoas lhe respeitarão e colaborarão mais. Hoje é um dia para desenvolver um potencial criativo. Depois, você terá que lidar com detalhes, até produzir a contento.

LEÃO

AQUÁRIO

I

21/7 a 20/8

l

A reflexão estratégica associada a uma disposição férrea pode produzir efeitos transformadores no seu trabalho. O desafio é de comunicação e relacionamento, aliado ao tempo de desenvolvimento dos processos.

VIRGEM

I

FONTE: Biblioteca do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói (BIHGN).

PALAVRAS CRUZADAS www.recreativa.com.br

ÁRIES

1991; Quintino Bocayuva, Discurso, 1993; José Corrêa Picanço, Discurso, 1993; Memorial de Niterói, Memórias, 1996; Maternidade Zona Oeste, Memórias, 1996; Centenário de Nascimento Farmacêutico José Siqueira da Silva, 1999; Centenário de Nascimento de Maura Picanço Siqueira, 2002 (em parceria com Maria Aparecida Picanço Goulart); Macaé de Antigamente, História, 2004; Motta Coqueiro Couto, 2004; Cartas a Françoise, Memórias, 1990; Casimiro de Abreu: Uma História Literária, Ensaio, 1990; A Pharmácia, Memórias, 1992; O Memorial do Gimnasio e Outras Memórias, Memórias, 1994; Érico Veríssimo, Elogio Acadêmico, 1992 e outros. Publicou ainda em Literatura de Cordel: Curakango: Chico do Padre; Motta Coqueiro; Pires de Bertioga; Casculeiro; Barra de Monte de Cedro; Bellegarde; A Morte de Manoel Antônio de Almeida; Gondomar; Os Sete Capitães. Todos de 1984. Curakango e Outras Histórias, 1996. Comendas, medalhas e outros: Título de Especialista em Pediatria dado pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Pediatria; O Médico do Ano, dado pelo Hospital Maternidade Alexandre Fleming – Rio de Janeiro, RJ; Prêmio Hipócrates – ABRAMES; Medalha Manuel Antônio de Almeida de ABRAMES; Medalha Cultural José Cândido de Carvalho, Câmara Municipal de Niterói; Medalha Mérito Cultural, Revista Brasília; Medalha dos Trinta Anos do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói; Medalha Tiradentes; Medalha Evadyr Molina, dado pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Gonçalo; Medalha dos 60 anos da Academia Niteroiense de Letras; Medalha do Cenáculo Fluminense de História e Letras; Medalha da Academia Carioca de Letras; Medalha da Academia Guanabarina de Letras; Medalha da Academia Carioca de Letras e outras medalhas. O Acadêmico Jorge Picanço Siqueira faleceu na Presidência da Academia Niteroiense de Letras e na Presidência do Conselho Fiscal da Irmandade de São Vicente de Paulo, no dia 29 de outubro de 2006, no Hospital das Clínicas de Niterói, e foi sepultado no Cemitério de Maruí, às 17 horas do dia seguinte.

21/8 a 20/9

l

É hora de expressar potência criativa, autoridade pessoal e capacidade de liderança. Pode não ser uma questão de cargo, mas de postura. Terça e quarta serão dias importantes para fomentar sua atuação profissional.

I

21/1 a 20/2

l

Não adianta querer pular etapas, antes há uma elaboração interior. Depois você precisará articular as ideias, os meios e os recursos para realizar seus projetos. Comunicação é uma faca de dois gumes.

PEIXES

I

21/2 a 20/3

l

Dinheiro é um tema para você cuidar logo hoje, negocie o melhor que puder. Ao longo da semana sua disposição emocional pode oscilar. Por isso, muna-se de bons colaboradores. Melhor trabalhar com metas a longo prazo.

DDG 0800 35 1422


9

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

PUBLICIDADE LEGAL

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE NITERÓI CNPJ 30.131.205/0001-77 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA, CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E CONSELHO FISCAL DA APAE DE NITERÓI – RJ A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Niterói, com sede em Niterói, na Rua Professor Ismael Coutinho, s/nº, bairro Centro, através de sua Diretoria Executiva, devidamente representada por sua Presidente Sra. Norma Corrêa Pires, CONVOCA através do presente edital, todos os associados especiais e contribuintes da APAE, para Assembleia Geral Ordinária, que será realizada na sede da APAE, às 14:00 horas, do dia 23 de NOVEMBRO DE 2016, com a seguinte ordem do dia: 1 – Apreciação e aprovação do relatório de atividades da gestão 2014/2016 2 – Apreciação e aprovação das contas dos exercícios 2014/2016, mediante parecer do Conselho Fiscal. 3 – Eleição da Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Conselho Fiscal da APAE de Niterói, em cumprimento ao disposto no artigo 25, inciso III e 26 do Estatuto padrão da APAE de Niterói. A inscrição das chapas candidatas deverá ocorrer na Secretaria da APAE até 20 (vinte) dias antes da eleição, que se realizará dentre as chapas devidamente inscritas e homologadas pela comissão eleitoral. (Art. 58, inciso I, do Estatuto padrão da APAE). Somente poderão integrar as chapas os associados especiais que comprovem a matrícula e a frequência regular há pelo menos 01 (um) ano nos programas de atendimento da APAE, e os associados contribuintes, exigindo-se, destes, serem associados da APAE há, no mínimo, 01 (um) ano, estarem quites com suas obrigações sociais e financeiras, e terem, preferencialmente, experiência diretiva no Movimento Apaeano. (art. 58, inciso II, do novo Estatuto padrão das Apaes). A Assembleia Geral instalar-se-á em primeira convocação às 14:00 horas, com a presença da maioria dos associados e, em seguida convocação, com qualquer número, meia hora depois, não exigindo a lei quorum especial (art. 24, §2°, do novo Estatuto padrão das Apaes). Niterói, 18 de outubro de 2016. Norma Corrêa Pires Presidente APAE Niterói

PUBLICIDADE LEGAL É AQUI. TELEFONE: 2719-1886


10

QUARTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2016

ESPORTES

esportes@atribunarj.com.br

Flamengo perde pontos de clássico CBF alterou tabela até que haja uma decisão do STJD ao pedido interposto pelo Fluminense Divulgação

O Flamengo oficialmente perdeu três pontos no Campeonato Brasileiro. Ontem, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) atualizou a tabela de classificação do Brasileirão e retirou a pontuação da vitória rubro-negra no clássico sobre o Fluminense, na última quinta-feira, após o Tricolor pedir a anulação da partida no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Árbitro do confronto, Sandro Meira Ricci também foi indiciado pelo órgão. Desta forma, a vitória do Flamengo por 2 a 1, conquistada na última quinta-feira, fica suspensa até a decisão do tribunal. Com isso, o Rubro-Negro volta aos 57 pontos ganhos e tem agora um jogo a menos que os rivais. Já o Flu permanece com 46 pontos ganhos. A alteração influencia drasticamente a luta pelo título do Campeonato Brasileiro, já que, nes-

te momento, o Palmeiras abriu sete pontos de vantagem na liderança do torneio. A operação está dentro dos termos do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que em seu artigo 84, explica que o pedido de anulação é encaminhado ao presidente do STJD, que decide se o indefere por inépcia ou ilegalidade, ou se dá seguimento à ação. O julgamento final do caso deve acontecer até o dia 15 de novembro, mas existe a possibilidade de ser antecipado. O pedido de anulação do Fluminense foi motivado por conta de uma confusão provocada após um gol do zagueiro Henrique, que decretaria o empate por 2 a 2. No primeiro momento, o auxiliar de arbitragem anulou corretamente o gol, já que o beque estava impedido. Em seguida, o árbitro voltou a atrás e validou o tento do Flu. Por fim, após uma confusão

que durou 13 minutos e precisou contar até mesmo com a presença da Polícia Militar para proteger o trio de arbitragem, o árbitro Sandro Meira Ricci acabou decidindo pela anulação do gol, gerando a revolta dos tricolores. Nesta terça-feira, Ronaldo Piacente, presidente do STJD, avisou que Ricci também foi indiciado pela procuradoria. “A arbitragem inclusive já tem uma denúncia da procuradoria. O árbitro vai ser denunciado, o procurador já me informou. Além disso, eu também pedi para que fosse avaliada toda essa invasão que teve e que não foi relatada pelo árbitro – que depois acrescentou o fato à súmula – porque aquelas pessoas não poderiam estar ali naquele momento em cima do árbitro, naquela confusão, então pedi para que isso também seja apurado”, disse Ronaldo Piacente.

CONFUSÃO foi provocada após o segundo gol do Fluminense, que foi validado e depois anulado pelo juiz

Tricolor quer recuperar pontos fora de casa A derrota por 2 a 1 para o São Paulo na noite de segunda-feira, no Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ), não estava nos planos do Fluminense, que esperava utilizar o fator campo para vencer e ingressar no G6, a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. O revés complicou o Tricolor carioca, que pretende recuperar os pontos perdidos como visitante. A primeira oportunidade será no domingo, quando o time das Laranjeiras encara o Coritiba a partir das 18h30min, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. “A gente não esperava perder este jogo contra o São Paulo, ainda mais depois de termos saído em vantagem. Porém, não podemos mudar um resultado que já aconteceu. Temos que olhar para frente e encarar o

Divulgação

PARA GUM, jogadores têm que olhar pra frente e vencer

jogo contra o Coritiba como uma oportunidade de reação, apesar da dificuldade de se ganhar no Paraná”, disse o atacante Wellington, autor do único gol do Fluminense no jogo contra o São Paulo.

O zagueiro Gum segue a mesma linha de raciocínio. “Do mesmo modo que o São Paulo veio ao Rio de Janeiro e nos venceu, podemos ir ao Paraná para derrotarmos o Coritiba, apesar de respeitarmos esse

adversário. O Campeonato Brasileiro tem sido marcado pelo equilíbrio, estou animado”, avaliou o defensor. O lateral direito Wellington Silva lembrou do intervalo curto entre jogos. “O Campeonato Brasileiro não permite muito tempo para lamentações. Portanto precisamos esquecer o que houve contra o São Paulo e projetarmos o confronto com o Coritiba. É importante recuperarmos os pontos perdidos em casa”, afirmou. A terça-feira foi de trabalho regenerativo, com apenas os reservas indo a campo e os titulares ficando na academia reforçando a musculatura. Já a quarta está reservada para folga do plantel, que volta a trabalhar na tarde de quinta-feira, quando o técnico Levir Culpi vai começar a projetar a escalação para o confronto com o Coritiba.

Rubro-negros evitam desespero com retirada de pontos Nos bastidores da Gávea o caso da retirada dos pontos do Flamengo é tratado com cautela e existe a preocupação do presidente Eduardo Bandeira de Mello e dos dirigentes do departamento de futebol de não tirarem o foco da preparação do time para o jogo contra o Corinthians, no próximo domingo, às 17h, no Maracanã, no Rio, pela 32ª rodada do Brasileirão. Além disso, os diretores do Rubro-Negro acre-

ditam que o Tricolor terá dificuldades de comprovar uma suposta interferência externa. Nos últimos dias dirigentes de Flamengo e Fluminense entraram em uma guerra de declarações, que contou com a presença do líder Palmeiras, principal interessado em tropeços do Rubro-Negro, seu principal concorrente na luta pelo título. O Verdão soma 64 pontos e com a retirada dos pontos do

Flamengo, a diferença para os dois subiu para sete pontos. Dentro de campo o elenco segue se preparando para o duelo contra o Corinthians. O técnico Zé Ricardo foi informado que dificilmente vai poder contar com o meia Everton, que teve diagnosticada uma lesão no músculo adutor da coxa direita. O atleta iniciou o processo de fisioterapia e aguarda para ser reavaliado. É possível que algumas mu-

danças aconteçam na escalação, já que o rendimento na derrota de 2 a 1 para o Internacional não agradou. Um dos mais contestados é o atacante peruano Paolo Guerrero, que vem tendo um desempenho abaixo do esperado. O jogador convive com a sombra de Leandro Damião, que aparentemente vive um melhor momento. Hoje o elenco flamenguista vai trabalhar na parte da manhã.

Vasco trabalha para voltar a vencer A derrota de 2 a 1 para o CRB, no sábado, jogou o Vasco para um ambiente de crise. O trabalho do técnico Jorginho passou a ser ainda mais contestado e o time viu o AtléticoGO abrir quatro pontos (58 a 54) na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Na zona de acesso para a elite do futebol nacional, o Cruz-Maltino volta a campo no próximo sábado, às 16h30min, quando medirá forças com o Paraná Clube, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela 32ª rodada e os vascaínos esperam que um triunfo afaste todo o clima negativo no clube. “Nós precisamos voltar a vencer e se isso acontecer tenho certeza de que muda tudo, pois a confiança volta e nós vamos reagir para atingir os nossos objetivos. Esse mesmo time conseguiu avançar ao longo da temporada, obtendo resultados muito importantes e não desaprende-

mos. O Vasco tem qualidade para voltar a encontrar o rumo e vamos fazer isso, de preferência a partir da próxima rodada”, disse o zagueiro Luan. “No futebol existe a questão da confiança por conta dos bons resultados e sabemos que ela é fundamental para um time que precisa voltar a ganhar. Temos um jogo importante no sábado, contra uma equipe que também busca a vitória e por isso mesmo não vai ser tranquilo”, afirmou o lateral Madson. Para este compromisso, o Vasco contará com o retorno do volante Douglas, que estava servindo à Seleção Brasileira de juniores. O jogador deverá ficar com a posição de Fellype Gabriel. Outro que fica à disposição após cumprir suspensão é o zagueiro Rafael Marques. A exemplo do que aconteceu nesta terça-feira, o elenco vascaíno vai trabalhar em tempo integral na quarta-feira.


A tribuna 19 de outubro de 2016