Page 1

Maio de 2013 Nº 349 | R$ 8,00

OPINIÃO A polêmica da maioridade penal Os segredos da Maçonaria Casamento Comunitário realiza sonhos Vem aí a Grand Expo 2013


Editorial

Vamos comemorar Maio de 2013 Nº 349 | R$ 8,00

OPINIÃO A polêmica da maioridade penal Os segredos da Maçonaria Casamento Comunitário realiza sonhos Vem aí a Grand Expo 2013

Avenida Nossa Senhora de Fátima, 19-15. Jardim América, Bauru-SP CEP 17017.337 Telefone: (14) 3223-8560

Fundador Luiz Carlos Cordeiro 1982-2010 Diretor Carlos Eduardo Cordeiro E-mail: ccordeiro@gmail.com Celular: (14) 9765-9210

Diagramação e arte Ana Carolina Milo Britto revistaatencao@gmail.com

Jornalismo Priscila Nóbrega

jornalismoatencao@gmail.com

Executiva de Negócios Maria Teresa Prearo Camara atencaobauru@gmail.com

Impressão Grafilar Circulação Bauru, Jaú, Agudos, Piratininga, Lençóis Paulista, Pederneiras, Botucatu, Duartina, Barra Bonita, Ibitinga e toda região.

4

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

A Revista Atenção está prestes a completar trinta e um anos e quem ganha o presente é você, leitor. Com tiragem de cinco mil exemplares, chegamos a inúmeras cidades da região, atingindo um amplo público exigente e capaz de entender nossa proposta, que é divulgar o que tem de melhor em nossas cidades, ressaltando suas conquistas políticas, suas empresas e seus cidadãos que, de diversas formas, contribuem para seu crescimento. E para comemorar ainda mais, essa edição está repleta de conteúdo, como os 122 anos de Pederneiras, cidade de grande destaque político em toda região, que tem muito a oferecer aos seus munícipes e visitantes. Tem uma entrevista exclusiva com o seu prefeito Daniel Camargo, matéria especial sobre as obras já finalizadas, os projetos para o futuro e seu potencial de crescimento. O Perfil é com o empresário Flávio de Sá. Tem a trajetória de vida do Daniel Alonso, proprietário da Casa Sol. Tem coluna nova para preencher o seleto grupo de colunistas da nossa revista, a nutricionista Vivian Zilio, que trará soluções nutricionais para os leitores. A Maçonaria pode não abrir suas portas para qualquer pessoa, mas para a equipe da Atenção não abriu só as portas, mas contou um pouco sobre sua história, mitos e verdades sobre o que pensam por aí. Atualmente, se o jovem, menor de idade, cometer um crime e for detido, quando completar 18 anos, naturalmente seu nome fica ‘limpo’ novamente, como se nunca tivesse cometido nenhum tipo de infração. Mas, o que está sendo discutido é que essa lei mude, e a maioridade diminua para o jovem ser punido de forma ‘correta’ e que a

justiça seja feita. Em função dessas discussões, fomos conversar com oito leitores para saber o que eles pensam sobre o assunto. É importante diminuir a maioridade penal ou essa não é a melhor saída? Leia essa matéria e tire suas conclusões também. Agora, mudando de assunto, a bailarina da Dança do Ventre Karina Valentin, trouxe da Turquia um livro rico em dados históricos dessa arte e vai publicar a tradução em seu blog, dando a oportunidade das brasileiras saberem um pouco sobre essa dança sedutora e encantadora. A coluna de Moda está lindíssima com joias da Gold Silver, que são tendências nesse inverno. O Espaço Gourmet tem uma receita enviada pelo Bendito Santo Botequim que dá água na boca, ótima para ser degustada no Happy Hour com os amigos. Nos sociais, registramos os eventos que marcaram as noites de maio e ficaram para a história. Por fim, produzimos essa edição com muito capricho e carinho, a fim de dar continuidade ao lindo trabalho do saudoso Luiz Carlos Cordeiro, fundador desta revista que há mais de trinta anos registra os melhores momentos de nossa cidade e da região. Obrigada leitor, por ser peça chave durante todos esses anos de labuta. Boa leitura e até junho. Priscila Nóbrega - Jornalista


Sumário

28

33

22

24

VOCÊ AMA O QUE FAZ?

FEIRA EM MILÃO

CIRURGIA PLÁSTICA

COLUNA DE ODONTOLOGIA

SAIBA SE VOCÊ ESTÁ NO CAMINHO CERTO De repente você não é um bom vendedor, mas pode se tornar um ótimo operador de logística ou um profissional especializado no atendimento do pós-venda.

MÓVEIS E DECORAÇÃO Confira as novidades do design brasileiro no Salão Internacional de Milão.

CALVíCIE A cirurgia da calvície viveu uma grande evolução principalmente nas últimas décadas. Conheça as novidades.

COMO ANDA SUA HIGIENE BUCAL? Muitas doenças começam pela boca. Cuidado!

6 - Atualização 12 - Empreendedorismo 14 - Voluntários em Ação 18 - Zarcillo Barbosa 25 - Arquitetando 26 - Perfil

34

30 - Coluna IAB 32 - Marketing 36 - Visão Regional 37 - Universo Jurídico 38 - Reinaldo Cafeo 39 - Educação

62

NOVA COLUNA

PADRE BETO

NUTRIÇÃO & SAÚDE Vivian Zilio é nutricionista e ressalta a importância do equilíbrio entre nutrição e peso corporal para a qualidade de vida.

HIPOCRISIA Reflita com padre Beto sobre a filosofia das aparências.

40 - Circuito Cultural 46 - Entrevista: Daniel Camargo 50 - 122 anos de Pederneiras 54 - Opinião 58 - Luciano Pires 70 - Artes & Cultura

72 - Reminiscências 74 - Dicas de Viagens 76 - Beneficência Portuguesa 78 - De Bem com a Vida 80 - Moda: especial brincos 82 - Meu Pet

64

86

NOTíCIAS DE BAURU, DA REGIÃO E DO BRASIL

SOCIAIS

EM BAURU Não perca Irmã Selma e seu terço insano na cidade e confira outras notícias de Bauru, região e Brasil.

CONFIRA Momentos especiais, coquetéis, lançamentos, eventos e muito mais.

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

5


Atualização

Vem aí a Gr and Expo B auru 2013

B auru celebra o segundo Casamento Comunitário em junho

A maior festa da cidade chega a sua 40ª edição com maior volume de atrações gratuitas para toda a família. A Grand Expo Bauru 2013 acontece de 8 a 18 de agosto no Recinto Mello Moraes.

Programação 8/8 - Fred & Gustavo. Entrada gratuita 9/8 - Thaeme & Thiago. Ingressos custarão R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

10/8 - Sorriso Maroto - R$ 20,00 inteira - R$ 10,00 meia entrada 11/8 - Patati Patatá. Entrada gratuita. 12/8 - Rasgando os Céus (gospel). Entrada gratuita 13/8 - shows regionais. Entrada gratuita. 14/8 - Kléo Dibah & Rafael/início do rodeio. Entrada gratuita. 15/8 - Inimigos da HP. Entrada gratuita. 16/8 - Fernando & Sorocaba. Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meiaentrada). 17/8 - Munhoz & Mariano/ semifinal e final do rodeio. Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). 18/8 - Dudinha e a Galinha Pintadinha e show com Bruno Cesar e Marquinhos. Entrada gratuita. Fonte: JC/ Mariana Cerigatto

6

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Os noivos vão oficializar a união e receber a bênção religiosa durante o culto ecumênico, que será realizado às 19h, no Sagae Eventos. O clima festivo vai envolver mais de dois mil participantes entre familiares, amigos incluindo mais de quarenta parceiros do evento. Os casais terão direito a álbum de fotografias, assim como na edição passada, mas nesse ano, eles vão concorrer a uma noite de núpcias no Hotel Saint Paul, em Bauru.

Critérios

Geralda Cristina de Paula, responsável pela Secretaria do Bem-Estar Social de Bauru, ressalta que, em apenas 15 dias após a divulgação da 2ª edição do casamento comunitário, havia mais de 60 inscritos de todos os bairros de Bauru com destaque para Pousada da Esperança, Santa Edwirges, Santa Terezinha, Nova Esperança e Vila Independência. A partir do fechamento do período de inscrição, a Secretaria realizou visitas nas residências para fazer a triagem, sendo que os principais fatores de seleção são a renda de até dois salários mínimos e a situação de vulnerabilidade. Nesse último quesito, consideram-se o local de moradia e o padrão de vida, além de saber se o casal tem filhos e quanto tempo estão juntos.

Vestidos e Fraques

Com experiência de 39 anos no mercado, a empresária Celia Aparecida Lopes Serrano soube há pouco tempo que esteve presente na terceira geração de uma família, em termos de preparar noivas e daminhas. Mais conhecida como a ‘fada madrinha’ do primeiro e agora segundo casamento comunitário de Bauru, Ce-

lia tem um coração solidário tão grande quanto a vontade de ajudar as mulheres a subirem ao altar, mas com um diferencial: elas precisam estar impecáveis e será assim que as 30 noivas vão realizar o sonho.

Cerimonial e convite

Os noivos também terão direito a convite personalizado. O empresário Eduardo Maio, dono de uma gráfica no Jardim Paulista, em Bauru, será o padrinho responsável pela confecção de 150 convites na cor pastel com bordas em tom marrom, papel texturizado branco, arabescos e um brasão semelhante àqueles de famílias nobres de dinastias abastadas. “Sigo a filosofia de ajudar as pessoas sem condições de ter um evento que merecem”, conta.

Patrocínios O casamento comunitário é uma realização da Secretaria do Bem-Estar Social em parceria com mais de 40 empresas: Assenag Mulheres, B&S Cerimonial, Bauru Limousine, Bom Dia Bauru, Blueberry Formaturas, Boulevard Shopping Nações, Buffet Mantovani, Cartório Alexandre, Cartório Novelli, Casa do Salgado, Célia Noivas, Clube do Turismo, Confiança Supermercado, Cuca Doces Finos, Denise Teixeira, DJ Cesar, DJ Lucas, Elizete Doces Finos, Encanto Casamentos, Franco Junior Comunicação, Gelic, Gráfica M5, Hebert Bueno Decorações, Hobby Foto, J. Dehon Fotografia, Jornal da Cidade, Leide Bolos, Lions Clube Bauru Centro, Locx, Lume Light, Sagae Eventos, Mandaliti, Marcio Trio Los Angeles, Padaria e Confeitaria Copacabana, Padaria Pão & Tal, Play Regional, Pirilampo Fogos, Plasútil, Praça Brasil Salgadinhos, Proseg Segurança, Revista Atenção, Rovilson Eventos, Saint Paul Residence, Simone Segantim e vereadora Telma Gobbi.


Atualização Vitrine para novos negócios O empresário Alex Viegas, diretor executivo da Perfubrasil, participou da maior feira de com o setor supermercadista; Feira Apas 2013 - 29 Congresso e Feira de Negócios em Supermercados. A feira é vista pelo setor como a grande oportunidade para lançar novos produtos, consolidar marcas e iniciar negócios. Com a Perfubrasil não foi diferente. “A feira foi uma grande oportunidade para apresentação dos produtos e para a valorização da marca”, afirma Viegas, que está otimista com negócios que foram fechados para a marca. Durante o evento, Viegas se encontrou com um dos vice-presidentes da APAS SP, o empresário bauruense Jad Zogheib, que acabam de fechar uma parceria de sucesso.

Campanha “Eu ajudo a mudar” A Legião da Boa Vontade está promovendo a Campanha "Eu ajudo a mudar!", que busca sensibilizar a sociedade para a necessidade de contribuir em prol das ações da LBV às pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade ou risco social. Somente em 2012 foram mais de 10 milhões de atendimentos e benefícios prestados à população de baixa renda, graças à ajuda de colaboradores, voluntários e ao apoio da mídia. A Legião da Boa Vontade tem a missão de promover a educação e cultura com espiritualidade ecumênica, para que haja consciência socioambiental, alimentação, segurança, saúde e trabalho para todos. Participe você também.

Delivery B auru: um site completo! Depois de minuciosa pesquisa sobre a necessidade de ferramentas funcionais na internet, o publicitário Victor Fortuna idealizou um portal no qual fosse completo para o interior. Com praticidade no acesso, um leque de vantagens, e variedades de empresas, o site busca suprir as necessidades diárias dos internautas. Com o objetivo de suprir as necessidades para as pessoas que buscam em um único lugar diversos itens, como alimentação, conserto de veículos, publicidade e eventos na cidade. Além da localização GoogleMaps que marca o ponto exato da empresa e do evento. Um grande destaque nos serviços oferecidos pelo site é a seção de ofertas, que o consumidor final paga diretamente à empresa que oferece o desconto, onde há necessidade de pagamento antecipado. O Delivery Bauru não tem participação na venda de qualquer produto no site, apenas serve como veículo para descontos especiais. 8

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

www.deliverybauru.com.br

Por que anunciar no Delivery Bauru? Além de todo o espaço oferecido no site, os clientes também contam com mídias apoio, como postais, outdoor, marca página, banner em eventos. A empresa pode participar dessas mídias com campanhas criadas pelo Delivery Bauru colocando seu logotipo por valores atrativos, já que todas as outras informações o consumidor final encontrará no site.

Novidades Em breve, a equipe Delivey Bauru vai lançar o módulo de classificados para que o internauta possa vender e comprar produtos ou serviços. E claro, as novidades não param por aí, periodicamente o site vai lançar ideias práticas e tentadoras, porque no Delivery Bauru, procurou, achou. Informações: Victor Fortuna (14) 8126-3493 | comercial@deliverybauru.com.br


Marmi Clássico, Grandes Clássicos Bronze Armani Mármore de origem italiana em cor chocolate com veios brancos e dourados. Superfície sofisticada para ambientes que buscam uma atmosfera de glamour.

Gris Armani Variação do mármore Bronze Armani em tons prateados com veios levemente cor de ouro. Sofisticação e minimalismo para ambientes contemporâneos.

LOJA BAURU (14) 4009-6161 | AVENIDA GETÚLIO VARGAS 21-76 - JARDIM EUROPA - BAURU/SP LOJA MARÍLIA (14) 3453-5001 | AVENIDA DAS ESMERALDAS, 67 - JARDIM TANGARÁ - MARÍLIA /SP

www.portobello.com.br

LOJA SÃO CAETANO DO SUL (11) 4226-7660 | AVENIDA GÓIAS, 233 LOJAS 1 E 2 - SANTO ANTONIO - SÃO CAETANO DO SUL


Atualização

Duplo evento de sustentabilidade é sucesso Os bons resultados da realização do Festieco 2013 e da IV Fimab provam que a sustentabilidade é bem aceita pela população. Cerca de 20 mil pessoas passaram pelo Recinto Mello Moraes para conferir a programação do evento. Neste ano, além dos habituais estandes que mostraram como empresas de diversos setores atuam na questão ambiental, o Festieco contou com atrações diferenciadas, como shows de cantores de Bauru e região. Através do comprometimento do deputado estadual Pedro Tobias, os visitantes puderam assistir diversas palestras do Eco Congress, com as principais autoridades da área. O maior evento ambiental do centro do Estado de São Paulo será ainda maior no próximo ano, dando continuidade na contribuição para aproximar a população da discussão ambiental, que hoje é assunto de interesse de todos.


Empreendedorismo

P róMarket: uma história de sucesso bauruense

H

á mais de 16 anos, os irmãos José Mário e Caio Benjamim vislumbraram um nicho de mercado que sofria com o amadorismo e a falta de novidades. Foi assim que surgiu a PróMarket, pioneira no desenvolvimento de inovações para móveis expositores que fazem dela uma das empresas mais respeitadas e reconhecidas do setor em todo o Brasil. Além da alta qualidade obtida com a busca constante de novos materiais e tendências, a PróMarket investe em capacitação de sua equipe. Hoje, com mais de 140 colaboradores das áreas de engenharia, arquitetura, design, produção, comercial e administrativo. Isso faz com que seus clientes, entre as principais redes de supermercados de todo o país, sejam atendidos por 12

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

uma equipe tecnicamente preparada e que trabalha com satisfação desde o entendimento das necessidades de seus clientes até as etapas finais de produção, entrega e instalação. “Na busca por expositores eficientes, desenvolvemos soluções que atendem aos mais altos padrões de higiene e durabilidade, muitas delas inclusive, com patentes requeridas. Para dar continuidade nessa história de sucesso, a empresa se prepara para novos voos, ainda mais altos”, revela José Mário Benjamim.

Tudo novo Em fase final de construção, a nova sede de produção da PróMarket está instalada em uma área de mais de 17 mil m2,

às margens da Rodovia Marechal Rondon, entre Bauru e Agudos. Uma super estrutura, que exigiu investimentos de mais de US$ 800 mil em equipamentos de última geração para produção eficiente e sustentável, muitos deles sem similares no Brasil. Para marcar essa nova era de negócios, a PróMarket tem investido também em comunicação, com redesign do seu logotipo, novos catálogos, novo site e um posicionamento de marca que fala por si.

Prêmio da Apas 2013 Com tantos movimentos de expansão de negócios sem perder de vista a valorização do ser humano, bons frutos já começaram a surgir: a empresa venceu na edição 2013 da APAS, a mais


Em fase final de construção, a nova sede de produção da PróMarket está instalada em uma área de mais de 17 mil m2, às margens da Rodovia Marechal Rondon, entre Bauru e Agudos

importante feira do setor supermercadista, o prêmio na categoria Melhor Exposição/Display de estande Porte Médio num cenário com mais de 550 expositores dos mais variados segmentos. Durante a feira, a PróMarket premiou seus representantes de todo o país pelo cumprimento das metas em 2012, com prêmios em dinheiro e o sorteio de um carro 0km, entre os que mais se destacaram. Não era para menos, pois a empresa realizou mais de 250 novos projetos só em 2012.

Conhecimento e Rentabilidade A PróMarket atribui sua trajetória de crescimento ao perfil empreendedor e inquieto de seus diretores, como conclui Caio Benjamim: “Nós nos tornamos especialistas não só em móveis

expositores, mas também do setor supermercadista. Isso dá à nossa empresa experiência e confiabilidade para oferecer soluções para setores que compreendem, em média, 40% da área de vendas de um supermercado”. As soluções em móveis expositores para as áreas de hortifruti, adega, padaria, salgados e embutidos, churrasco, empório e especiarias, magazines e frente de loja garantem rentabilidade aos clientes PróMarket, pois geram aumento do fluxo com maior clareza e agilidade no momento da compra para os consumidores e maior eficiência para as equipes de reposição e atendimento.

Se por um lado exigências como rentabilidade e lucro movem a PróMarket para a excelência no que faz. Outros fatores importantes como respeito ao ser humano, crescimento sustentável e postura comercial ética não são esquecidos pelos diretores Caio e José Mário. Essa visão é aplicada em todas as etapas do negócio, desde a relação de absoluta transparência com seus clientes e fornecedores até a valorização profissional e financeira de cada membro do time de colaboradores e representantes. “Buscamos ser os melhores mas, não necessariamente, os maiores. Nosso crescimento tem sido planejado, constante e ético. É isso que queremos para nossos clientes e equipe”, reforçam os irmãos Benjamim.

André Timex

RECONHECIMENTO A empresa conquistou prêmio na edição 2013 da APAS, o 29º Congresso e Feira de Negócios em Supermercados. A expansão de negócios e a valorização do ser humano da PróMarket refletem o capitalismo consciente.

História construída com respeito

Serviço Avenida Rodrigues Alves, 34-73 Telefone: (14) 4009-0909 Email: promarket@promarket.ind.br Site: www.promarket.ind.br MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

13


Solidariedade

Voluntários em ação: uma questão de amor

E

ncantados com a oportunidade de visitar pessoas carentes em Bauru, o grupo Voluntários em Ação surgiu após o convite feito pela diretora do Abrigo de Idosos do Paiva, com o lema “Levar Alegria”. A solidariedade de seus idealizadores tornou realidade através de atividades recreativas, culturais e lanches distribuídos para os abrigados. Completando dezesseis anos de atividades sociais filantrópicas e com atuação exemplar, o grupo conta com o apoio de dezessete voluntários e colaboradores que também participam das visitas mensalmente. No início, as visitas eram feitas somente aos abrigados. Depois, o grupo passou a visitar também a Casa da Criança, a participar de barracas beneficentes, da Feira da Bondade da APAE, na distribuição de lanches e realização de bazares. 14

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Trabalho e dedicação na ajuda ao próximo

O grupo Voluntários em Ação construiu sua história na cidade com visitas mensais desde o início de suas atividades, dedicando regularmente seu trabalho para entidades carentes como o Abrigo de Idosos, o Projeto Colméia, na Vila São Paulo e o Projeto Seara de Luz, no bairro Ferradura Mirim. Além de particiar de atividades importantes como o corte do bolo de aniversário de Bauru, no Parque Vitória Régia e o Brechó Chic da Feira da Bondade da APAE. Os locais beneficiados pelo grupo são definidos através de reuniões periódicas que selecionam os institutos que mais necessitam de ajuda. Para os interessados em fazer parte das ações realizadas pelos voluntários, é importante gostar de servir ao próximo e ter disponibilidade de horário aos sábados para

Para os interessados em fazer parte das ações realizadas pelos voluntários, é importante gostar de servir ao próximo e ter disponibilidade de horário passar por um processo de adaptação. As verbas chegam de forma esporádica de colaboradores e através de bazares organizados pelos próprios voluntários. Para um dos idealizadores, Miguel Daré, ser voluntário é mais do que participar de visitas e atividades solidárias, é importante ter o desejo e sentir no coração a vontade de servir. colaboração: elder ibanhez


Imagem ilustrativa do Cinema e Garage Band

Imagem ilustrativa do Espaço Gourmet

Imagem ilustrativa da Brinquedoteca

Traga sua família para viver experiências de pura alegria! 93,40 m2 de área privativa

3 Dormitórios (1 suíte) Sala de Estar Sala de Jantar Banheiro Social Lavabo Varanda Gourmet com Churrasqueira Cozinha Área de Serviço 2 Vagas na Garagem

NOSSA

Planta flexível

Imagem ilustrativa da Piscina Infantil

Imagem ilustrativa da Suíte Master

Plantão de vendas no local: (14) 3104 5677 Avenida Getúlio Vargas, em frente a entrada do Residencial Paineiras. Horário de funcionamento: de segunda a domingo das 10 às 18h

VISITE MODELO DECORADO Imagem ilustrativa da Sala de Estar

Em atenção à Lei 4.591/64, informamos que as fotos e ilustrações desta peça publicitária têm caráter exclusivamente promocional, por tratarse de um bem a ser construído. As condições de comercialização de cada unidade constam dos contratos a serem firmados com seus adquirentes. Incorporação R.1/107.159 do Primeiro Oficial de Registro de Imóveis de Bauru SP.

Construção e Incorporação

Exclusividade de vendas

Assuã - Construções, Engenharia e Comércio Ltda Tel. (14) 2106-0000 . Bauru - SP www.assua.com.br

Tel: (14) 3104-5677 Bauru - SP www.imobiliariah2.com.br


Lição de vida

“ Realizar o sonho de um milhão de famílias” Revista Atenção acompanha um dia na vida do empresário que fundou uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, a Casa Sol. Daniel apresenta dicas para a conquista de novos mercados e garante: “Nossa meta é clara: realizar o sonho de um milhão de famílias”

P

ouco antes das seis da manhã de uma quinta-feira 100 soldados do Tiro de Guerra o aguardam em pé no auditório do quartel utilizado para as instruções. Ele caminha cumprimentando os atiradores e já vai desligando o aparelho celular, que, ao longo do dia, irá tocar, pelo menos, meia centena de vezes. Sobe ao pequeno palco onde os dois militares responsáveis pela instrução já se posicionam para apresentarem o convidado. Seguindo a disciplina militar, os 100 atiradores sentam-se em sincronismo e o sargento Marco Aurélio Vettorazzi detalha quem vai, pelos próximos 60 minutos, conversar com os soldados de Marília. “O palestrante desta manhã, que irá transmitir sua trajetória de vida, é o empresário Daniel Alonso”, anuncia. O dia só está começando para Daniel. 16

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Ele ainda irá participar de um treinamento, coordenar reunião com seus gerentes, definir estratégias de negócios, estabelecer os detalhes de uma capacitação em uma das lojas e analisar vários contratos com fornecedores e prestadores de serviços. Nas datas comemorativas, a Casa Sol, através de todos os seus departamentos, produtos e serviços da matriz em Marília e das filiais em Bauru, São Carlos e Lins, necessita consolidar as campanhas, compor peças publicitárias, gravar comerciais, além de estabelecer descontos e planos de pagamento aos clientes. Independente destes novos desafios das próximas horas, Daniel começa sua palestra no quartel do Tiro de Guerra de Marília. Dentro dos próximos 60 minutos, em seu testemunho, irá transmitir empolgação, momentos de superação,

ensinamentos para uma vida melhor e despertar a vontade de vencer. “Compreendo que da mesma forma que uma empresa necessita ter seus departamentos em funcionamento perfeito, o ser humano também precisa estar em sintonia com os seus departamentos, como o espiritual, físico, emocional, intelectual, familiar, social, profissional e financeiro”, ressalta. A palestra avança. Daniel recorda que seu perfil empreendedor nasceu ainda na infância, quando traçou a meta para adquirir uma bicicleta e que lhe permitiria ir para a escola mais rápido. “Como meus pais não tinham dinheiro, resolvi recolher os grãos de café que caiam e ficavam esquecidos. Assim, montei as minhas sacas e com o dinheiro comprei minha bicicleta”, lembra.


Uma potência do interior

A maior lição de economia que tive na vida não veio da Universidade de Harvard e de nenhum prêmio Nobel de Economia, mas sim de minha mãe, que fazia render para o sustento da família o salário mínimo que o meu pai ganhava.

Através de um ambiente familiar sólido, alicerçado em princípios cristãos, Daniel desenvolveu o empreendedorismo e a certeza de que esforços conjugados com princípios éticos e a excelência no trabalho sempre resultam em êxitos. “A maior lição de economia que tive na vida não veio da Universidade de Harvard e de nenhum prêmio Nobel de Economia, mas sim de minha mãe, que fazia render para o sustento da família o salário mínimo que o meu pai ganhava. E veja que na época o salário mínimo de um trabalhador correspondia a somente 40 dólares, algo em torno de R$ 100 nos dias atuais”, ressalta Daniel que por cinco vezes conquistou o prêmio de Melhor Empresa para se Trabalhar, concedido através de pesquisa das revistas Exame e Você S/A (publicações da Editora Abril). A palestra no TG termina, Daniel se despede da tropa e segue dirigindo seu carro para a sede da Casa Sol em Marília. O prédio funciona a poucas quadras do primeiro endereço da Casa Sol, onde quase três décadas atrás Daniel começou sua atividade empresarial vendendo materiais para construção, como areia, pedra, cimento e tijolos. Já na sala de treinamento na Casa Sol, Daniel participa do treinamento acompanhado por seus gerentes e líderes da empresa. “Hoje fala-se muito na desaceleração do consumo, mas não podemos esquecer que inúmeras famílias ainda não realizaram o sonho da casa própria, outras ainda aguardam o momento certo para ampliar suas residências ou construir um cômodo novo. Digo que esta potência consumidora não deve ser oprimida pelo Governo, pois a economia aquecida resultará em empregos e em mais oportunidades. A economia regional e a economia de todo o Estado de São Paulo têm seguir crescente, pois numa situação de crescimento e expansão quase todos se beneficiam”, analisa o empresário. Foi através desta concepção que a empresa de Daniel foi reconhecida através do ranking da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material para Construção) a empresa que mais cresceu no Interior de São Paulo, saindo do 256º lugar em vendas para construção em 2002 para o 8º lugar em 2012.

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

17


zarcillobarbosa

cotidiano

O Estado sem Deus

E

ste país chamado brasil já é complicado por natureza e tem gente que quer complicá-lo ainda mais. o Ministério Público Federal, por exemplo, ajuizou uma ação objetivando a retirada da expressão religiosa “deus seja louvado” das cédulas de real. como se não tivesse coisa mais importante a fazer, com tantos corruptos infelicitando a nação. os norte-americanos cultivam o lema “in God we trust” (Em deus confiamos) que vem estampado nas notas de dólar. lá, o Estado também é laico (independente de qualquer religião) e nunca ninguém reclamou ou se sentiu ofendido por isso. aqui também há questionamentos sobre o uso de símbolos religiosos (como crucifixos) em espaços públicos. Pelo menos 90% da população é cristã e os nossos ateus até deixam escapar um “ai meu deus”, quando se vêm em apuros. Para quê mexer com essas coisas sagradas? Projetos de lei tramitam pelo congresso permitindo o sacrifício de animais (galinha preta, bode) em “rituais de origem africana”. leia-se candomblé, macumba. como se o povo precisasse de permissão do governo para fazer despacho com galinha preta na encruzilhada. outro deputado quer proibir que o Enem, ou provas de concursos públicos não sejam realizados durante o shabat (dia de descanso religioso para o judaísmo, que começa no pôr do sol de sábado). Há quem queira proibir, também, o ensino de natureza religiosa em escolas públicas. tudo para deixar claro que o Estado brasileiro é leigo, isto é, não está nem com deus e nem com o diabo. E daí... Por coerência deveriam mudar a constituição que, em seu preâmbulo faz expressa manifestação de deus – a carta é promulgada “sob a proteção de deus”. todas as sessões legislati18

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

vas no congresso, nas assembleias e câmaras de Vereadores se iniciam com invocações a deus. aconteceu de um sujeito, na galeria da câmara negar-se a ficar de pé e tirar o boné no momento de se clamar pela proteção divina. Foi retirado da plateia, à força, pelos seguranças e a mando do presidente da sessão. Um exagero evidente. a constituição veda à União, aos estados, aos municípios e ao distrito federal “estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou com os seus representantes relações de dependência ou aliança (...)” (art. 19, i). É daí que se extrai o princípio do estado laico: a necessária e desejável separação entre Estado e religião no marco do estado democrático de direito. Mas, também não é preciso ir à guerra por causa disso. a ordem jurídica em um estado democrático de direito não pode se converter na voz exclusiva da moral de qualquer religião. os grupos religiosos têm o direito de constituir suas identidades em torno dos seus princípios e valores, pois são partes da sociedade democrática. Mas não têm o direito a pretender hegemonizar a cultura de um Estado constitucionalmente laico. bauru ganhou notoriedade na mídia internacional porque o então padre beto saiu da igreja católica e foi excomungado. cada organização tem

a sua hierarquia e pertencer a ela significa obedecer as suas regras. o padre beto não se entendia mais com seus superiores e pediu demissão. aí resolveram excomungá-lo. Uma atitude medieval que provocou essa onda toda. Padres e freiras deixam (ou levantam) os hábitos com muita frequência. discretamente. sem causar abalos sociais. Frei leonardo boff foi um deles. inconformado com a sua defesa da teologia da libertação o cardeal ratzinger, antes de ser papa, chamou-o para um bate-papo. cada um ficou com a sua opinião e boff deixou as sandálias da ordem. nem por isso abdicou de defender os pobres. Jesus cristo foi um exemplo de bom senso. Mesmo assim não se conformaram com o que ele dizia e com as suas atitudes. Excomungaram-no da comunidade, mandando-o à cruz. Mesmo num Estado laico, como o nosso, o crucifixo ainda resiste nas salas de júri. o importante é se nesses locais se distribui a justiça dos homens com equidade. Um crucifixo na parede ou três palavras na nota de real, só em cabeças de pouca massa podem significar que o estado democrático seja refém de dogmas consagrados. Zarcillo Barbosa é jornalista e colaborador da Revista Atenção há 30 anos. Envie um e-mail: zarcillo@uol.com.br


PASCHOALOTTO RELACIONANDOPESSOAS NELSON

Juventude e futuro

20

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

não é a minha área, posso sim dizer que não só o trabalho dignifica o homem, mas faz dele toda a economia que gira o mundo, toda a ciência que desenvolve a tecnologia, a medicina e todos os segmentos humanos. O trabalho gera renda, que gera bemestar. Que gera vontade de viver, de aprender e de fazer. Agrada-me muito quando vejo jovem trabalhando. Vejo ali que ele já procura não só o seu sustento pessoal, mas familiar também. Pensa no seu futuro brilhante. Pensa no seu bem-estar, no bem-estar da família e sobretudo na coletividade. Uma sociedade que produz renda, gera impostos, distribui renda, traz à sua comunidade a organização dessa própria comunidade aos padrões éticos e morais adotados por esta nação, sem se falar no cumprimento da lei. Ou seja, a família, aliada à organização da comunidade, gera uma sociedade organizada, um Estado democrático. Enfim, um Estado de direito. Um jovem com uma estrutura familiar que se conduz por esses princípios éticos, morais e legais, além de religioso, por óbvio, aliado à uma formação escolar de boa qualidade, com certeza o fará um profissional que buscará no trabalho o seu futuro promissor. Nós empresários, temos grande responsabilidade nesta parte, já que pouco podemos nas áreas que dependem da vontade dos governos e das instituições de Estado (Senado, Câmara de Deputados, Poder Judiciário, entre outros). Contudo, a nossa contribuição é muito significativa, pois geramos impostos e esses impostos são a sustentação de todo o sistema pública, seja ele qual for. Nenhum governo pode ignorar esse fato e não creio que o façam. Temos, com isso, uma grande responsabilida-

de na formação desse jovem, de querer vê-lo em altos postos de comando, ou de trabalhadores honestos e eficientes, mas com certeza muito nos constrange e agride vê-los nas páginas dos jornais, na internet, nos noticiários policiais, acusados de horríveis crimes. Falta um entendimento da sociedade quanto a essas questões cruciais. O mesmo jovem que permitamos não respeitar a família, não ir à escola, não gostar de trabalhar, é o mesmo jovem que possivelmente veremos nas páginas de jornais e noticiários policiais. Sangra a família, sangra a so-

corbisimages

E

stamos nos deparando com números assustadores de violência infantojuvenil, onde menores, que deveriam frequentar escolas, entidades de acolhimento de menores ou sob a guarda dos pais e responsáveis, com a proteção do Estatuto da Criança e do Adolescente, acabam ingressando no crime, drogas, bebidas alcoólicas, numa vida com baixo percentual de retorno. Quase sempre morrendo muito jovem ainda, sem viverem de fato a vida para a qual foram concebidos. O trinômio Família-Escola-Trabalho é, sem sombra de dúvidas, a saída para que os nossos jovens possam ser o futuro desta nação, ou de quaisquer outras. Lembro-me que antes da Constituição de 1988 o jovem podia trabalhar já aos 12 anos. Não tenho nada contra ele só começar a trabalhar aos 16 anos, mas faltam estruturas de apoio para que este jovem, dos 12 aos 16 anos, não ingresse no mundo do crime. O ensino, notadamente no nível médio, não existem disciplinas profissionalizantes. As empresas não podem contratar, salvo em programas assistenciais de menores aprendizes, como a Legião Mirim, Legião Feminina, Senac e Senai, CIEE, CIPS, por exemplo. Entretanto, poderíamos ter Escola-Empresa, onde o menor, além de estudar aquilo que se apreende na escola normalmente, poderia aprender a trabalhar, a pensar em seu futuro, a já optar por aquilo que realmente queira ser quando crescer. Contudo, difícil como autoridades e entidades engajadas na solução dos problemas que afligem a sociedade, sejam elas de ensino, de segurança e de quaisquer outras áreas e segmentos, não se envolvem diretamente na solução desses problemas. Alguns dizem que não adianta a redução da maioridade penal. Outros dizem que o jovem tem que estudar. Sem querer polemizar sobre eficiência ou não do ensino no Brasil, sobre segurança, que

ciedade. Não buscam os governos incentivar a indústria, o comércio e as empresas de serviços a dar emprego. Buscam nelas os impostos, cada vez mais representativos percentualmente na cadeia produtiva. Distribuem-no mal. Sem me ater a desvios e corrupção. Não geram com ele uma sociedade mais justa, uma Escola mais eficiente (educação é a base de tudo). Não geram profissionais mais capazes. Felizmente, existem jovens com vontade de ser alguém na vida, de buscar o seu futuro. A eles, meu reconhecimento. Persistam! Comprometam-se! Jovem de hoje: O futuro é seu! Nelson Paschoalotto é empresário e advogado.


danielalonso administrando

corbisimages

Às vezes você ama o que faz e nem sabe

d

e acordo com a pesquisa realizada pela Gallup e apresentada em 8 de maio no Brasil pelo consultor indiano e docente de Harvard, raj sisodia, aponta que apenas 28% das pessoas gostam do seu trabalho. ou seja, menos de um terço dos trabalhadores em todo o mundo. este número, realmente, me deixou perplexo e muito intrigado. mas o pior, ainda conforme os dados apresentados por sisodia, tido como um dos precursores do chamado Capitalismo Consciente, é que dos 72% que detestam o que fazem, cerca de 20% estão completamente desmotivados, isso corresponde que uma em cada cinco pessoas não se empolga com o que faz no ambiente profissional. reconheço que a falta de profissionalismo por parte de alguns empresários e gestores acaba acarretando e colaborando diretamente para tal condição lastimável. É comum empregadores estarem focados apenas no lucro fácil, diante da minimização de custos, deixarem para trás cláusulas trabalhistas obrigatórias e prerrogativas empregatícias. muitas vezes, ignoram artigos dos acordos coletivos por mero capricho ou ostentação de poder. isso não é sinal de inteligência empresarial, mas sim, desculpe-me pela sinceridade, ignorância: burrice no português em claro e bom som! salários e verbas trabalhistas, benefícios e comissões jamais devem ser negligenciados. Por outro lado, compreendo perfeitamente o peso tributário das cláusulas de um contrato empregatício e a infinidade de impostos, taxas e recolhimentos que envolvem o exercício empresa22

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

rial. o empregador brasileiro, o empresário da iniciativa privada responsável pelo aquecimento de toda a economia nacional, fica obrigado a recolher, religiosamente em dia sob pena de multas e tudo mais, uma série incalculável de tributos e impostos. Contudo, defendo a perfeita junção da vontade de crescer e ambiente saudável para se trabalhar. esta sintonia, que já conferiu para a Casa sol cinco prêmios como melhor empresa para se trabalhar do Brasil e proporcionou o nosso crescimento (hoje estamos no topo das listas de lojas de materiais de construção que mais vende em todo o estado de são Paulo e contamos com quatro lojas), pode ser mantida e alimentada quando os dois lados formam a mesma moeda, ou melhor dizendo, a mesma empresa. do lado empresarial, o cumprimento da carteira assinada, do recolhimento em dia do FGts e a implementação de estímulos salariais, como plano de saúde e o 14º salário. do lado do colaborador, o empenho e a sinceridade em desenvolver o trabalho da melhor maneira possível. agora, se você profissional está infeliz no emprego ou está

no emprego que não gosta, sugiro que converse com seus familiares, amigos próximos e colegas de profissão. reflita realmente qual seria a alternativa mais eficaz. de repente você não é um bom vendedor, mas pode se tornar um ótimo operador de logística ou um profissional especializado no atendimento do pós-venda ou, ainda, num analista de rH da empresa onde já está empregado atualmente. se está farto do varejo, parta para a construção civil ou para a área de ti (tecnologia da informação), ambas com vagas em expansão em quase todas as regiões do Brasil. mas, atenção, antes de optar pela mudança faça um amplo planejamento, ponderando os prós e os contra e, acima de tudo, descobrindo se o que você vive não passa apenas de um momento ruim na carreira. Às vezes você está entre os 28% que amam o que fazem e nem sabem disso. reflita, o autoconhecimento sempre nos completa e, o que é melhor, nos protege.

Daniel Alonso é empresário, diretorpresidente da Casa Sol e consultor. E-mail: danielalonso@lojascasasol.com


Móveis e Decoração

Milão 2013: O B rasil no mundo

O

Salão Internacional de Milão é reconhecido globalmente como um referencial internacional de Design, conferindo à indústria de mobiliário Italiana o status líder em criatividade, qualidade e beleza. Este fato faz com que ano a ano a mostra firme-se como uma grande vitrine de Designers e de suas criações, além de promover a indústria Italiana, motivo pelo qual a feira foi criada. Na visão global o panorama econômico do Brasil, um país em crescimento e desenvolvimento, tem proporcionado um ambiente economicamente atrativo e consistente para novos investidores, tornando-o mais confiável globalmente em relação há muitos países em crise. Há muito o que fazer e o que investir aqui. Muitos brasileiros visitam a feira para admirar o design italiano e trazer para nosso país o que tem de mais atual. Já o grande custo da importação brasileira, muitas vezes deixa o produto italiano economicamente inviável para o consumidor final e a solução para muitas empresas brasileiras é a contratação de designers italianos para desenvolver linhas de mobiliários com assinatura “italiana”. Ao visitar a feira pudemos ver estrelas brasileiras do Design brilhando em uma constelação mundial. Ora eles estão sendo vistos e admirados pelo mundo! É o caso do designer Zanini de Zanine, que criou três novas cadeiras para a marca Cappellini. Destaque para a poltrona Trez, em alumínio, inspirada em Amilcar de Castro e Joaquim Tenreiro. Há muito que fazer na indústria brasileira, acreditar em nosso Design é um passo importante. Há em nossa raiz de miscigenação humana uma riqueza cultural sem precedentes que se reflete nos trabalhos de nossos designs. A pergunta é: por que não abrir os olhos para o Design Brasileiro aqui dentro do Brasil? 24

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Os Irmãos Campana, dupla brasileira mais famosa do mundo do design, tiveram seus produtos expostos no estande da Edra, com a nova linha “Campana Beds”.

A Bancada New Vintage, desenhada pelo Studio B Design, recebeu o prêmio Salão Design 2012 e obteve atenção especial nesta mostra.

Com o projeto “A Gente Transforma” do designer Marcelo Rosenbaum, gerou uma coleção de luminárias sem precedentes, com adaptação do projeto técnico e comercialização a cargo da La Lampe.

Adriana Caversan é arquiteta, especialista em arquitetura sustentável e mestranda em Design no PPG Design UNESP BAURU arquitetura@arquiteturaideal.com

Lucilene Cavenaghi é Design de Interiores e proprietária da Casablanca Interiores

lucavenaghi@terra.com.br


Arqtª. Priscila Cucci

arquitetando

Arqtª. Allana Ciniciato

Decoração:

Do clássico ao ousado

O

clássico nunca cai de moda, é sempre elegante e mais fácil de acertar na hora da escolha dos itens decorativos, mas vale a pena ousar e apostar nas novas tendências: formas arrojadas e cores vibrantes, assim como na mistura de estilos. Uma casa decorada adequadamente pode transmitir admiração, harmonia e estilo dos proprietários.

Um toque especial Para deixar o ambiente mais íntimo, deixe fluir maneiras de como trazer um pouco de você no local. Separe fotos antigas de seus amigos e familiares e coloque-as em porta retratos. É uma opção clássica e que dificilmente falha. Espaço, móveis e decoração devem compor uma disposição ordenada, harmonizando o ambiente, peças versáteis ajudam na funcionalidade do mesmo. Posicionar objetos marcantes em locais privilegiados da casa, personaliza o espaço e a mistura de peças rústicas, sofisticadas, retrô e ultramodernas proporciona movimento e ousadia.

OUSAdO

O quadro colorido, as almofadas amarelas, os vasos na cor azul turquesa: nesta sala, tudo vibra. As poltronas e a mesa de centro em tons escuros, deram elegância e ao mesmo tempo proporcionaram um contraste ao espaço ousado.

dICAS

APARAdOR PEçA dECORATIVA VERSáTIl

O aparador encaixa bem tanto em salas, hall de entrada, corredor, dormitório ou naquele espaço que parece que está faltando algo.

CláSSICO Para uma decoração clássica, acima está um modelo de bancada de lavabo e papel de parede com estampa e cores mais tradicionais e peças em tons neutros, além da bandeja com ítens decorativos, saboneteira prata e toalha branca. Para dar um charme especial, vale apostar em flores. Nesse caso utilizamos um vaso com rosas brancas.

(14) 9106-9984 priscilacucci@hotmail.com

Centro Integrado de Construção Civil Contato: 3206-0301 End.: Rua Aviador Gomes Ribeiro nº 18-43 Bauru-SP.

Para o melhor aproveitamento do espaço é interessante acomodar pufes, gardens e banquetas embaixo do mesmo, é funcional e prático.

Outra utilidade para o aparador é organizar taças, pratos e talheres com um arranjo de fl ores na hora de receber visitas para o jantar. Agradecimentos: Essencial Casa (14) 3226-3199 Sollarium Interiores (14) 3227-7204

(14) 9694-9057 allanaciniciato.arq@hotmail.com


perfil

Dezembro

2012

F lávio de S á Neide Carlos

“sou empresário, casado com isabel sá, pai de três lindos filhos, formado pela universidade mackenzie, mba em gestão de franquia. sou cidadão bauruense desde 1994, onde me realizo a cada dia e tenho orgulho, respeito e muito carinho por essa cidade que gentilmente acolheu minha família”.

nome completo sá flávio rodrigues de ativiDaDes atuais bello shop bauru, empresário das porto do sul, bem como no marília e são caeta mação do porcelanato industria de transfor ento ciDaDe De nascim marília formação samento de Dados, superior em proces a em gestão de mb e o administraçã franquias cor preferiDa azul um livro o verdadeiro poder um filme se beber não case De assistir esporte favorito futebol De praticar esporte favorito academia time Do coração corinthians

26

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

hobby viagem e leitura ator miguel fallabela atriz marília pera íDolo Deus comiDa que mais gosta carnes e massas música preDileta Dias melhores – Jota quest

o que gosta em bauru o calor humano e das oportun

idades

o que muDaria em bauru melhoria transporte coletivo / educação o que falta em bauru transporte urbano (terminal) segreDo Do sucesso acreditar, perseverar e transpir ar o que mais gosta em si otimismo / perseverança

banDa preDileta u2

se tivesse outra profissão, ser ia? consultor de empresa

cantor(a) preDileto(a) il Divo

o que ainDa não fez e gos taria De fazer ser palestrante

o que faz em seu tempo livre pesquisas, leitura e viagens uma viagem inesquecível europa (itália, suíça, frança, croácia) uma viagem interessante san francisco (napa valley) ciDaDe onDe gostaria De morar miami

um boa lembrança Do pas saDo adolescência (amizade sincera) planos para o futuro viver cada dia como se fosse o últim sua frase preferiDa “quando está comprometido com alguma coisa, você não aceita desculpas, só resultados”

o


jOãOgaBriElE

cirurgia plástica

Conheça a novidade para o microtransplante capilar

a

cirurgia da calvície que teve sua origem no inicio do século passado viveu uma grande evolução principalmente nas últimas décadas. O preparo do cabelo, que inicialmente era transplantado com grandes retalhos e enxertos contendo pele e folículo capilar, cresciam, mas sem nenhuma qualidade estética. Depois veio a cirurgia que implantava tufos, que deixavam uma cicatriz como "cabeça de boneca" e os “punchs”, espalhados como as "sementes do morango”, enfim, plantações de cabelo. com as novas tecnologias desenvolvidas para o tratamento da calvície, hoje os resultados são incomparáveis. a técnica atual se desenvolveu com o uso da microscopia e o preparo do cabelo na menor unidade de crescimento, as chamadas unidades foliculares. Foi uma evolução neste tipo de cirurgia e hoje o resultado é natural, muito diferente do que se tinha há alguns anos. uma das grandes novidades nesta área é o robô artas. Ele é resultado do aprimoramento da técnica de microtransplante capilar. Ou seja, cada folículo, é retirado individualmente pelo artas que permite ao cirurgião plástico implantá-los mais rapidamente e de forma natural na parte calva. Esse robô surgiu justamente para possibilitar um preparo mais rápido das unidades foliculares, dispensando uma quantidade considerável de assistentes. O trabalho atualmente envolve uma equipe especializada, além do cirurgião. isso porque ao se retirar uma faixa de cabelo da parte de trás da cabeça é necessário que os assistentes separem com a ajuda de um microscópio eletrônico cada fio de cabelo para o implante. uma tarefa delicada e também demorada. com o robô esse trabalho é rea28

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Foi uma evolução neste tipo de cirurgia e hoje o resultado é natural, muito diferente do que se tinha há alguns anos.

lizado mais rapidamente. ao acioná-lo, ele retira individualmente cada fio de cabelo para o transplante, sem a necessidade de ter que separar manualmente cada folículo. isso é, sem dúvida, uma tecnologia que em alguns anos pode ser muito importante para a cirurgia capilar. infelizmente ainda tem um custo muito elevado e deve demorar alguns anos para chegar ao mercado com um valor acessível para os pacientes que desejam fazer este procedimento. O robô está disponível apenas em poucos grandes centros dentro dos Eua. Mas o robô artas ainda tem algumas limitações e precisa evoluir para melhorar suas atuais dificuldades, principalmente para pacientes com cabelos brancos ou claros, e pacientes candidatos a grandes transplantes. O microtransplante capilar realizado hoje não é menos eficaz, ele apenas

O robô retira individualmente cada fio de cabelo para o transplante, sem a necessidade de ter que separar manualmente cada folículo

O resultado é natural, muito diferente do que se tinha há alguns anos

demanda uma equipe maior. a cirurgia plástica tem o mesmo resultado e a equipe que separa os folículos, além de muito bem treinada, realiza um trabalho com precisão e segurança. indiscutivelmente com ou sem o robô a cirurgia envolve um time habilitado e habituado ao procedimento.

Dr. João Gabriele é médico cirurgião e membro especialista e titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.


iabbauru

maria luiza canedo

E lucidando estilos arquitetô nicos

residência unifamiliar com estilo arquitetônico contemporâneo

n

a atualidade, a arquitetura vai adaptando-se a complexidade das mudanças aceleradas e a dinâmica da vida, cujos conceitos arquitetônicos estão sempre em transformação. como forma de esclarecimento, é usual os desejos e menções de um projeto arquitetônico predominantemente “moderno”, porém, a arquitetura moderna se consagrou em meados do século XX com a necessidade da industrialização crescente nas condições da época, tendo o uso do concreto armado e o funcionalismo de uma “máquina de morar” como alguns dos princípios básicos do modernismo. mas afinal, é realmente isso que o cliente quer? Geralmente não. o termo “moderno” está relacionado ao recente, ao hodierno, o qual é requerido ao arquiteto uma fusão de volumetria, materiais e processos construtivos atuais. contudo, o movimento que estamos vivendo é de uma era arquitetônica contemporânea. apesar do vocábulo “contemporâneo” também denotar preceitos dos tempos atuais, na arquitetura existe um contrassenso inconveniente entre o uso desses dois tempos. 30

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

entre espaços minimalistas ou ambientes ornamentais, a necessidade de esclarecer o anseio do nosso cliente o torna protagonista de seus valores pessoais. de um modo conciso, a arquitetura contemporânea designa-se por ser um movimento baseado em todas as tendências e técnicas do mundo atual, que abrange todas as formas culturais, denotando uma liberdade de concepção e uma emancipação na escolha de referências. além disso, a arquitetura contemporânea dispõe de uma nova gama de ma-

teriais de construção, sistemas construtivos e elementos arquitetônicos, que permitem o uso deliberado de diversos estilos, explorando a arte do desconstrutivismo, por exemplo, bem característico do movimento. na arquitetura de interiores não soa diferente, entre espaços minimalistas ou ambientes ornamentais, a necessidade de esclarecer o anseio do nosso cliente o torna protagonista de seus valores pessoais. assim, é de fundamental importância a execução de um briefing, buscando destacar os objetivos e desejos a serem alcançados, evitando desencontros durante a elaboração do estudo preliminar de um projeto arquitetônico e otimizando os prazos de entrega do produto final. cabendo a nós profissionais, distinguirmos e aclararmos os anseios do nosso cliente, a fim de obter as informações exatas e apropriadas na criação do espaço e na concepção do belo. Arquiteta Maria Luiza Canedo DGNB Consultant – German Sustainable Building Council Associada ao IAB – Bauru


FernanDaaLmeiDa

marketing

Para quem você anuncia? Para a mente ou o coração? O processo de escolha por um produto é mais suscetível aos apelos emocionais ou racionais?

a

pergunta do milhão. Conquistar o coração ou a razão do consumidor? Chamar a atenção pelos atributos racionais do produto, pela inovação, tecnologia e eficácia? Ou vender os aspectos subjetivos que a aquisição do produto irá agregar ao consumidor, como status, imagem pessoal e senso de pertencimento? eis a questão diariamente debatida no mundo do marketing . O estudo do comportamento do consumidor, na busca pela compreensão dos processos de decisão de compra, é uma ciência por si só. entender quais processos levam à decisão por esse ou aquele produto é um desafio imenso, constantemente enfrentado por profissionais de marketing e publicidade. Uma das dificuldades é que não há uma resposta permanente: o mesmo indivíduo extremamente objetivo para determinado produto pode declinar de toda racionalidade na hora de adquirir outro pelo qual ele simplesmente está apaixonado. a dúvida entre ganhar o consumidor pela emoção ou pela razão existe desde a gênese publicitária. ao mirar para o coração do consumidor, as marcas esperam que o processo de decisão emocional elimine restrições como preço e neutralize o apelo de vantagens concretas que produtos de outras marcas possam trazer, mantendo-o fiel. Por outro lado, focando na razão, espera-se que o consumidor avalie o custo/benefício do produto oferecido, buscando conquistar consumidores mais racionais ou que se encontrem naquele intervalo de descontentamento com a marca que sempre consumiu. apesar da resposta parecer óbvia, existem algumas reflexões a se fazer. Conquistar uma posição de fidelidade emocional, em geral, pode levar mais tempo e exige maior in32

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

vestimento em comunicação, do que as campanhas focadas em atributos racionais. isso porque não é da noite para o dia que se comunica um posicionamento de marca suficiente para criar a identificação com o público-alvo. Já as campanhas focadas em atributos racionais, por serem mais objetivas, podem almejar resultados imediatos apelando para um processo de compra mais curto: preciso/ gosto-da-oferta/compro. algumas marcas alcançam essa fidelização apaixonada, cobiçada por todo profissional de marketing

a dúvida entre ganhar o consumidor pela emoção ou pela razão existe desde a gênese publicitária. – provavelmente aquelas que você já ouviu: Harley Davidson, Starbucks, Chanel, Coca-Cola, entre outras. Criar uma legião de seguidores não é fácil, requer muito planejamento e a persistência necessária para escolher um posicionamento e sustentá-lo por tempo suficiente para criar a identificação necessária para a fidelização emocional. mais que um produto, essas marcas representam estilos de vida, valores e atitudes dos quais cada indivíduo se apropria para significar sua própria identidade através do consumo. Já a compra racional é mais simples. É curta, baseada na certeza de que determinado consumo aten-

derá a necessidade que o consumidor identificou. mas nem por isso é menos eficiente para fidelizar: em muitas situações, esse ciclo curto de consumo se repete inúmeras vezes, porque o consumidor, ainda fundamentado pela razão, continua entendendo que determinado produto é a melhor oferta de valor ou de custo/ benefício e por isso continua comprando. a fidelização não deixa de existir – apenas poderá ser superada se o consumidor encontrar oferta melhor – racionalmente falando. a boa notícia é que as duas abordagens podem conviver. Uma marca pode elaborar seu plano de comunicação para equilibrar as duas abordagens, pensando em campanhas de médio e longo prazo baseadas em aspectos emocionais e campanhas de resultado imediato para produtos específicos, por exemplo, na busca de resultados de curto prazo. ao longo do tempo, se a marca comunicar uma mensagem contínua e consistente, formando um posicionamento claro para o mercado, conquistará a fidelização de consumidores que se identificarem com os valores disseminados por essa marca, tornando-a mais que um mero fornecedor de soluções para estes consumidores, mas uma referência de consumo que traduz a forma como aquele indivíduo compreende a si próprio. reflexão importantíssima. entre razão e emoção, se sua empresa conquistar os dois, o sucesso é garantido.

Fernanda Almeida é Relações-Públicas, Mestre em Comunicação e Especialista em Marketing e Planejamento Estratégico da Comunicação. É consultora, professora universitária e diretora da Adenda Mkt de Relacionamento.


nailaBergamaschi odonto Educação para a saúde bucal é assunto sério

n

esta edição quero falar sobre a importância da higiene bucal. Você acha que sua higiene bucal é realizada de maneira correta? Às vezes pensamos que estamos fazendo tudo certo, mas não estamos. a má higiene bucal acarreta inúmeros problemas, tais como: mau hálito, doença periodontal (gengiva), cárie, saburra lingual e até doença cardíaca, entre outras. Vale a pena ressaltar que muitas doenças começam pela boca e devemos ter todo o cuidado. o Brasil ainda está longe de ter uma boa higiene bucal, pois a maioria das pessoas dá pouca importância a este assunto, o que faz o país ainda ter alto índice de desdentados.

Promoção de saúde bucal na minha forma de ver, a única maneira de baixar esse alto índice é realizar a promoção de saúde bucal para a população. e a educação tem que começar desde cedo, para se tornar um hábito. o cirurgião dentista deve ser criterioso ao realizar a primeira consulta do seu paciente, fazendo uma anamnese detalhada, com todas as perguntas sobre o histórico de saúde geral, hábitos de higiene, além de radiografar tudo. outro item indispensável é o fio dental, cujo uso deve ser diário, pois tira resíduos que a escova não consegue tirar durante a escovação regular. Por fim, ressalto que sua saúde bucal é assunto sério, e merece toda atenção.

alguns tópicos de como ter uma boa higiene bucal Fazer a escovação após cada refeição (café [antes e depois], almoço e jantar) e antes de dormir; Passar o fio dental pelo menos uma vez ao dia antes da escovação; crianças com menos de 8 anos devem usar produtos infantis e a quantidade de pasta de dente equivalente a um grão de arroz; crianças com menos de 3 anos devem usar pasta de dente sem flúor; a escovação deve durar no mínimo 2 minutos e os movimentos devem ser realizados de forma leve e circular; escovar a língua corretamente em todas as escovações; Para a maioria das pessoas é recomendado uso de escovas dentais macias e extra macias; Visitar o seu cirurgião dentista regularmente.

o Brasil ainda está longe de ter uma boa higiene bucal, pois a maioria das pessoas dá pouca importância a este assunto.

Naila Zanchetta Bergamaschi é cirurgiã-dentista, clínica-geral e estética. CRO/SP : 105.256 naila.odontologia@hotmail.com

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

33


na olu c a nov

nutrição & saúde

Avaliação nutricional com tecnologia de última geração nem sempre quando o ponteiro da balança desce, significa que perdemos gordura corporal

o

inBody 720 é uma revolução no quesito avaliação corporal e chega a Bauru proporcionando precisão e tecnologia de última geração na avaliação física e nutricional para perda de peso. o equipamento é recém chegado a Bauru, através da nutricionista Vivian Zilio, que importou o equipamento diretamente dos estados unidos, da BiosPaCe.

avaliação precisa como fator de sucesso

o equilíbrio entre nutrição e peso corporal parece ser algo simples, como uma equação matemática de soma e subtração de calorias. no entanto se fosse fácil assim, a taxa de obesidade não seria tão acentuada no Brasil e no mundo. Manter um corpo saudável e garantir qualidade de vida é hoje um grande anseio da sociedade. a nutrição equilibrada e a prática de atividade física são recursos valiosos na busca de bem-estar, e quando praticadas de forma adequada, garantem ótimos resultados. Lembrando que organismos se comportam de formas muito diferentes. entender o seu funcionamento, analisando a sua composição e seu metabolismo é fundamental para o sucesso de qualquer tratamento que envolva aspecto nutricional. Profissionais da saúde com acesso a diag34

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Vivian Zilio acredita que o novo equipamento trará autonomia e eficácia nos resultados

nósticos precisos neste quesito, tem em mãos valiosas ferramentas capazes de proporcionar, com agilidade, excelentes resultados para os seus pacientes.

inbody 720

É um equipamento com tecnologia bioimpedância de última geração, aprovado pela anVisa, é capaz de aliar precisão e rapidez em sua composição corporal. um sistema computadorizado diferencia a quantidade de músculos, gordura e água corporal mostrando quanto de seu peso corresponde a massa livre de gordura, quanto é sua taxa metabólica basal (gasto energético em calorias do organismo), inclui itens de medição de alta tecnologia como gordura visceral e edema e ain-

da faz uma análise segmentar mostrando onde estão distribuídos os músculos e a gordura (se é mais no abdome, nas pernas, braços, etc). relaciona os resultados com os padrões de normalidade preconizados pela organização Mundial da saúde – oMs.

a avaliação

É realizada através do método de medição direta segmentar multifrequência com sistema de eletrodos tetrapolar com oito pontos táteis 2 em cada pé e 2 em cada mão. ocorre a medição dos valores de impedância de cada segmento corporal: braço direito, braço esquerdo, tronco, perna direita e perna esquerda. uma inofensiva corrente elétrica percorre o corpo, medindo a oposição da corrente do fluxo. isso acontece, pois a corrente


vinicius fernandes

vivianzilio

Vivian Zilio é nutricionista na Clínica Longevità Rua José Fernandes, 11-12 Jardim Paulista. Telefone: (14) 3223-4242 E-mail: vivian.zilio@hotmail.com

Avaliação completa elétrica move-se em diferentes velocidades pela massa magra e gordura corporal. A composição corporal é calculada considerando a resistência da corrente, sexo, idade e altura.

Resultados

A folha com resultados é impressa na hora da avaliação e o paciente guarda uma cópia para poder comparar com a próxima avaliação, que deve ser feita a cada 3 meses aproximadamente. Ao mostrar a proporção de IMC e porcentagem de gordura corporal do paciente, a InBody720 indica se há obesidade oculta no paciente. É possível avaliar o risco cardiovascular através da relação cintura-quadril e o próprio equipamento indica o quanto de músculos a pessoa tem que ganhar ou quanto de gordura tem que perder e mostra qual parte do corpo tem que ser mais trabalhada.

Pediatria

InBody também fornece avaliação corporal para crianças especialmente com o objetivo de diagnosticar/prevenir a obesidade infantil. Além disso, o crescimento e desenvolvimento é acompanhado através de gráficos.

• Área de gordura visceral.  • Água Intra-Celular.  • Água Extra-Celular.  • Proteína corporal.  • Minerais totais e estimativa do  conteúdo mineral ósseo.  • Massa de músculos esqueléticos.  • Massa livre de gordura.  • Índice de Massa Corporal (IMC).  • Massa de gordura.  • Percentual de gordura.                                                              • Relação Cintura/Quadril.  • Massa magra de cada membro e do  tronco de forma segmentada.  • Indicação do peso ideal, controle do  peso, controle de gordura e controle de  músculos.  • Valores de Impedância de cada um  dos 5 segmentos corporais nas 6  freqüências de medição.  • Edema segmentar com indicação da  relação entre fluido extra-celular e total  e relação entre água extra-celular e total  para cada segmento corporal.  • Edema corporal com indicação da  relação entre fluido extra-celular e total e  relação entre água extra-celular e total.  • Metabolismo basal.  • Histórico da composição corporal. • Faixa de idade de 6 a 99 anos. • Faixa de peso de 10 a 250 Kg. MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

35


IVanaCaMarInHa VISÃO regIOnal O poder da palavra

wo

rd

s

ds

wor

H

oje, gostaria de dar uma atenção especial não àqueles que são notícia, mas para os que falam sobre os acontecimentos. a liberdade de expressão é de suma importância e deve ser garantida a todo cidadão, mas nunca é demais ter cautela sobre a forma como se “fala” sobre um fato. ao falarmos sobre alguém nos arriscamos pouco, pois nossa atenção e prazer resumem-se em avaliar com superioridade aqueles que nos submetem seu trabalho e reputação. no facebook por exemplo, vemos pessoas ganhando “fama” com críticas negativas que são divertidas de escrever e ler, mas a dura realidade que os críticos devem encarar é que no quadro geral, o menor dos trabalhos feito com empenho, talvez seja mais significativo do que a sua crítica. Parece divertido ser preconceituoso e fofoqueiro. Como é fácil julgar, criticar e condenar sem conhecimento de causa. nem sempre a voz do povo é a voz de Deus. Cuidado e cautela com essa voz, pois muitas vezes ela pode ser injusta. O peso da responsabilidade de um cargo público faz com que você avalie com muito critério cada passo, cada atitude que toma, e falo isso com conhecimento de causa, pois fui prefeita por oito anos. Você não está escrevendo a história apenas do local que representa, está deixando também a sua marca. existem leis e responsabilidades fiscais, existem limites orçamentários, regras a serem seguidas e respeitadas. Muitas vezes falo com pessoas que não gostam do PT e demonstram certo rancor como se um partido abrigasse apenas incompetentes. Mudo de roda e encontro anti-tucanos fazendo comentários horríveis sobre a privataria tucana. Calma! a política abriga muito mais 36

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

que estereótipos partidários. as críticas e convicções devem ser embasadas no bom senso, em fatos reais, deve estar documentada e buscar opiniões divergentes para ser democrática. essas pessoas adeptas do radicalismo se esquecem que o mundo é relacionamento e que este muda conforme o dinamismo da sociedade. Todo radicalismo para mim esta fadado ao fracasso. Devemos fugir de rótulos, analisar sem preconceitos, não julgar sem conhecimento de causa. O bom cidadão deve ter sua opinião constantemente refletida, considerando o que vê (obras, força do comércio, poder de compra do povo, restaurante cheio), analisar o que lê, o que assiste e claro, também suas próprias convicções e experiências.

evitando o comodismo

lembrei de uma frase de Paulo Henrique amorim que diz que se você dorme com a Miriam leitão e acorda com o Wiliam Wack, não significa que está bem informado, - a maioria das vezes é preciso saber ler nas entrelinhas. É preciso ser curioso, buscar outras opiniões sem preguiça, nunca sabemos de tudo. Você precisa se aprofundar, ler, entender e acima de tudo desconfiar das verdades absolutas. nem todas as fontes têm credibilidade. analisar vieses, opiniões viciadas e sempre refletir sobre tudo. Muitas vezes, por terem mais poder financeiro, alguns políticos capitalizados conseguem afogar as vozes dos menos capitalizados. O mundo não é bicolor, temos vários ideais, várias bandeiras e acima de tudo mais do que um único nome.

Meu grande amigo aldo rebelo me ensinou que para ser político, ser bem intencionado e comprometido é a melhor proposta de governo. acredito que o político em si já é um corajoso. expõe sua vida e suas intenções ao público, se coloca a disposição e a serviço da população e ao seu julgamento. O povo tem a voz, e não deveria ser diferente. Mas precisa utilizar essa voz como um clamor popular em seu benefício. Cobrar o justo, fazer oposição construtiva, dar apoio a projetos dignificantes. Comunicar-se. Propagar-se. estou utilizando a política como exemplo, mas muitas vezes essa voz maledicente desfaz relacionamentos, casamentos, desmoraliza profissionais através da marginalização em redes sociais. Sou adepta e curto muito essa facilidade e rapidez que as redes sociais oferecem, mas acredito que há de se ter bom senso: com o que se diz, com o que se lê. afinal, de “boas intenções” e “comentários inocentes”, o inferno também está cheio! Ivana Maria Bertolini Camarinha é formada em história e fisioterapia. Ingressou na política em 2004, exercendo dois mandatos como prefeita de Pederneiras. Hoje, Ivana utiliza o aprendizado de sua trajetória política para dar palestras e consultorias em gestão pública e fomento.


UNIVERSOJURÍDICO DIREItO Os direitos dos empregados domésticos

P

or conta da aprovação da Emenda à Constituição Federal que ampliou os direitos dos empregados domésticos, o tema virou o assunto do momento. trata-se mesmo de um marco histórico na legislação, porque trouxe mudanças significativas para as famílias brasileiras, uma vez que as novas regras, além de onerar os empregadores em demasia, tendem a promover mudanças radicais na dinâmica e na rotina dessas famílias. Os empregados domésticos são todos aqueles que trabalham em residências, com vínculo de emprego, que tenha como empregador pessoa física proprietária ou locatária do imóvel para a moradia da família. Estão incluídos nesse conceito as faxineiras, os cozinheiros, os jardineiros, os motoristas, as babás, os caseiros, os cuidadores de idosos, dentre outros colaboradores das famílias. Em relação aos trabalhadores domésticos que possuem vínculos de emprego, e que, portanto, não prestam serviços de forma eventual e esporádica, a Emenda Constitucional trouxe muitas alterações para a dita classe. Porém muitas ainda necessitam da regulamentação: -obrigatoriedade do pagamento do Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGtS), com o depósito de 8% do valor do salário mínimo acrescido de horas extras; - a Emenda à Constituição Federal, também determinou que os empregados domésticos possuem carga horária de 44 horas semanais, ou seja, 8 horas diárias com até 2 horas de descanso; - além dessas, a lei instituiu o di-

reito ao pagamento das horas-extras trabalhadas. Dessa forma, o empregado doméstico que realizar tarefas por um período superior a 8 (oito) horas diárias vai receber 50% a mais pelas horas extras trabalhadas. Da mesma forma, se exceder o limite de 44 horas semanais, deverá receber o pagamento por tais horas extras; - se houver trabalho entre as 22 (vinte e duas) horas e as 5 (cinco) horas, os empregadores deverão arcar com o adicional noturno de no mínimo 20% para cada hora trabalhada; - a partir dessa nova ordem jurídica, com a obrigatoriedade do Fundo de Garantia por tempo de serviço, quem demitir um empregado doméstico sem justa causa, terá que pagar multa no percentual de 40% do saldo do fundo. Vê-se que são muitas e significativas as alterações trazidas pela nova legislação, mas algumas não são para aplicação imediata, pois dependem de regulamentação, tais como as relativas ao FGtS, à multa por demissão e ao adicional noturno. Para esses direitos, em específico, ainda não haverá obrigatoriedade enquanto não sobrevier a lei regulamentadora.

Mas, e as diaristas? Elas possuem vínculo de emprego? As alterações da lei valem para elas também? Para as diaristas, falta um requisito para que sejam consideradas trabalhadoras com vínculo de emprego, que é o da habitualidade no serviço. Nesse caso para não fique caracterizado esse vínculo de emprego, os especialistas consideram a necessidade da adoção de medidas que deixem claro o caráter autônomo do trabalho.

Fernanda Meguerditchian Bonini. sócia proprietária da Bonini, Wanderley & Gonfiantini Sociedade de Advogados. Escritório atuante nas diversas áreas do Direito, com ênfase no segmento empresarial, contencioso e consultivo, com foco especial às causas cíveis, tributárias, societárias, trabalhistas e ambientais. www.bwgadvogados.com.br

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

37


ReinaLDocafeo economia e você As escolhas e a criação de valor

38

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

thinkglink.com

o

princípio econômico da escassez pode ser utilizado em nossa vida como um todo. na visão econômica, o fato de os recursos serem escassos, exige-se que a sociedade faça suas escolhas, respondendo questões fundamentais, ou seja, o que e quanto produzir, como produzir e para quem produzir. Se analisarmos a vida financeira das famílias e tomarmos o endividamento como exemplo poderemos traçar uma analogia entre escassez e escolha. a maioria das famílias tem renda escassa. normalmente possuem uma única fonte de renda e precisam destinar seus recursos de maneira a maximizar sua utilização. o leque de gastos é enorme. a tentação em consumir maior ainda. a pressão dos membros da família em adquirir bens e serviços é constante, portanto, quem efetuar boas escolhas conseguirá criar valor. Gastos com alimentação, moradia, locomoção, saúde e educação são inquestionáveis. fazem parte das prioridades da família e o papel de cada um é conseguir mais com menos. evidentemente que mesmo em questões essenciais as escolhas devem ser adequadas. Uma casa pequena tem custo de manutenção menor, já uma casa maior, custo mais elevado. estudar em escola particular pode oferecer melhores condições na educação dos filhos, mas tem um custo que precisa ser considerado. a saúde está primeiro lugar, mas infelizmente para alguns pode ser proibitivo con-

tratar um plano de saúde particular. no campo das demais despesas da casa fica evidente que o padrão de vida definido pela família deve ser compatível com a renda auferida. Possuir um automóvel, ou uma moto, realizar viagens de lazer, possuir eletroeletrônicos, adquirir roupas de grife, frequentar cabeleireiros, manicure, contratar uma emprega doméstica, enfim, abrir o leque nos gastos, garantindo conforto e comodidade, tem seu preço e é preciso possuir recursos disponíveis para bancá-los. o que se observa na prática é que poucas famílias planejam tudo isso. entram em uma roda viva, gerando gastos e correndo atrás dos recursos para honrá-los. Se estressam e acabam com a qualidade de vida. Para fazer boas escolhas e criar valor, é preciso ser criterioso. analisar as opções disponíveis, reunir a família, estabelecer metas e controlar os gastos.

Para fazer boas escolhas e criar valor, é preciso ser criterioso. Quem não faz isso, normalmente faz más escolhas e destroem valor. a frase “quem compra o que não precisa, venderá o que precisa” é emblemática. o supérfluo, o adiável, o descartável, poucos querem recomprar, e se a família se endividou porque comprou estes produtos e serviços de maneira exagerada. caso optar por não se endividar com as finanças da casa, acabará vendendo o que precisa, ou seja, algo valioso como um terreno e um bem que muitos atribuem valor.

Reinaldo Cafeo é economista e consultor de empresas


RAFAELSANCHEZ EDUCAÇÃO Avaliação: quando a teoria na prática, é outra!

I

ndependente da Filosofia ou Metodologia utilizada pela escola, ou ainda do Sistema Educacional adotado, em todas as situações relacionadas ao ensino é necessária à aplicação de algum tipo de avaliação. Mas qual é a finalidade de uma avaliação? Se relembrarmos da época em que estudamos, talvez muitos de nós também associemos avaliações a algo negativo, como uma punição. Porém, a finalidade da avaliação não é punir o aluno, ou pelo menos não deveria ser. Pelo contrário, sem avaliar como um aluno está em relação a um determinado assunto, o professor tem menos ferramentas para o desenvolvimento do seu planejamento. Também é preciso esclarecer que avaliar não significa, necessariamente, aplicar uma prova. Existem várias outras maneiras de se avaliar um aluno. Por exemplo, uma conversa individual, um trabalho de pesquisa, um debate promovido pelos próprios alunos, entre muitas outras opções. Entretanto, antes de se definir qual o tipo de avaliação deve ser

educação/uol

Um dos momentos que mais geram conflitos nas escolas são as avaliações. Enquanto uma minoria de alunos percebe a sua importância, a grande parte reclama por ter que se submeter a tantas provas. Mas será que eles estão errados em reclamar?

Existem várias outras maneiras de se avaliar um aluno. Por exemplo, uma conversa individual. usado, talvez o primeiro passo seja definir o que o professor precisa avaliar e, a partir dessa resposta verificar qual a melhor maneira de se fazer essa avaliação. Soma-se a isso, uma questão muito importante, que às vezes é deixada de lado: todos os alunos têm as mesmas capacidades e aprendem da mesma maneira? Se respondermos que não a essa pergunta, ou seja, se reconhecermos que cada aluno tem os seus pontos fortes e os seus pontos fracos e o seu ritmo de estudo, podemos che-

gar a outro questionamento: Se os alunos são diferentes, por que, na maioria das vezes, avaliamos todos da mesma forma? Será que a forma com que as avaliações têm acontecido em várias escolas por todo Brasil, há muito tempo, não tem contribuído para essa sensação negativa que citamos no início do texto? Será que elas têm sido realmente aproveitadas como um momento de reflexão sobre aquilo que o aluno já conseguiu aprender em relação a algum aspecto e também de reflexão do próprio professor em relação ao seu desempenho com aquele grupo? Voltando à questão do início do texto: Será que os alunos estão errados em reclamar ou a escola talvez esteja usando a avaliação de uma forma superficial?

Rafael Sanchez trabalha na área da Educação. www.rafaelsanchez.com.br

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

39


Cultura

Circuito S oul Rap será realizado em junho

C

om o objetivo de incentivar a cultura do rap de forma limpa, descriminalizando a categoria que sempre foi vista de forma preconceituosa, Bauru será palco da primeira edição do Circuito Soul Rap. Nada mais do que a Alma Rap, exatamente o que o evento tem a dizer e a oferecer diante a um movimento que pode ter “adormecido” por alguns anos. Entre seus objetivos, está o de causar a musicalidade, ampliando conhecimentos perante a cena “de rua”. Além de levar cultura moderna e urbana assim como intensificar o surgimento de novos artistas, os apoiando e incentivando numa atmosfera ampla de talentos como músicos num contexto geral, can-

tores, rappers, mcs, atletas e dançarinos. Promovendo assim, arte, cultura, conteúdo e saúde. A intenção é realizar um evento dessa categoria pelo menos uma vez por mês, sempre trazendo novidades, conceitos e artistas reconhecidos dessa cena. Além da música, o evento promove arte em geral, moda, grafite, skate e basquete, sempre considerando o contexto do “Rap”. Os visitantes irão assistir o show da banda local "Fábrica De Rima", do grupo piracicabano "De Buenas Crew", discotecagem de "Dj Báia" e quem coloca o som para arte da dança de Breakmonsters Crew, grupo nacionalmente conhecido representado no evento por seus integrantes da cidade. Além da arte do

grafite ao vivo, durante os shows com Instituto Graffiti Shop de Bauru. Desmistificando ideias e pensando num movimento pacificador, o Circuito Soul Rap deve ser aberto a todo público, inclusive aos menores de idade que possuírem autorização de seus pais ou responsáveis. Para mais informações ligue: (14) 3243-1494.


Maçonaria

Os segredos da Maçonaria

A

Maçonaria sempre foi uma instituição revestida de certo mistério, pois se conhece muito pouco sobre ela, criando diversos mitos. Além de ser educativa, progressista e essencialmente filosófica, composta da associação de homens com finalidade de evolução moral e intelectual. Como muitos pensam a Maçonaria não é uma sociedade ou seita religiosa, não havendo em suas leis, regulamentos ou rituais, dispositivos que autorizem contestações, censuras ou críticas de qualquer natureza a outras organizações. Muito pelo ao contrário, respeita todas, adotando os mesmos princípios evangélicos cristãos. Suas portas ficam fechadas para não permitir interrupções ou distrações externas, otimizando seus estudos. São três graus de hierarquia maçônica como: aprendizes, ou membros novos, que constituem as oficinas simbólicas; companheiros, logo acima; mestres ou maçons perfeitos. Além desses, há outros graus, de caráter honorífico, em número variável, de acordo com o rito. 42

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

A busca da verdade e outras virtudes Entre seus principais objetivos estão: a investigação e busca da verdade, a exaltação da moral e o desenvolvimento geral das virtudes humanas. A Maçonaria combate a ignorância, a superstição, o fanatismo, o orgulho, a intemperança, os vícios, a discórdia, a dominação e os privilégios. A Maçonaria resume o dever do homem na seguinte frase: "Respeito a um Ser Supremo, amor ao próximo e dedicação à família”. A Maçonaria, não considera possível o progresso senão através do respeito ao outro, à justiça social, cultivando sempre a solidariedade entre os homens. Mantém o lema: Liberdade, Igualdade e Fraternidade sem distinção especial a ideais políticos ou religiosos. A maçonaria combate a ignorância, a superstição e o fanatismo, discórdia, a denominação e os privilégios. No entanto, ela é tolerante com relação aos seus

membros, respeitando a opinião de cada um. Não é uma instituição com fins lucrativos, pois sua arrecadação em atividades e seus recursos se destinam ao bem estar do ser humano. O seu lema, a Ciência, Justiça e Trabalho.

Personalidade jurídica Não pela simples razão de que sua existência é amplamente conhecida. As autoridades de diversos países, assim como o Brasil, concedem personalidade jurídica à maçonaria, suas finalidades são amplamente difundidas pela mídia. É uma sociedade discreta, não fazem alarde com intuito de promoção social de suas ações ou atitudes. O único segredo que existe e não se conhece, senão pelo ingresso na instituição, são os meios para se reconhecerem os maçons entre si, em qualquer parte do mundo, e o modo de interpretar seus símbolos e os ensinamentos nele contidos.


O maçom é um exemplo a ser seguido

Próximos eventos realizados pelas Lojas Maçônicas 23.6 Tradicional Porco no Rolete na Loja Luz do Paraíso 25.6 Tradicional Festa das Massas na Loja Obreiros da Fraternidade

O maçon torna-se com o tempo, uma pessoa com claras possibilidades de se aperfeiçoar, de se instruir, de se disciplinar e conviver com as pessoas de modo que passa a ser um exemplo dentro ou fora do país. Dá-se a denominação de Loja ou oficina ao lugar onde se reúnem os maçons, periodicamente para realizarem suas reuniões e cerimônias ritualísticas. Exige-se do maçon o respeito aos seus estatutos e regulamentos e acatamento às resoluções da maioria, acatamento às Leis do País, ao Governo, dedicação de parte de seu tempo para participar das reuniões e a prática da moral, da igualdade e guarda dos segredos dos rituais maçônicos que como qualquer outra instituição os possui.

Como ser um maçom Para ser um maçom, o homem deve ser convidado por um maçom em exercício. O convidado deve ser um homem

livre e de bons costumes, ser consciente de seus deveres com a Pátria, seus semelhantes e consigo mesmo, ter uma profissão ou ofício lícito que lhe permita prover as suas necessidades pessoais e de sua família e o sustento das obras mantidas pela maçonaria. O convidado não pode possuir vícios, e deve acreditar em um ser criador, seja qual for sua crença ou religião. Embora, por tradição secular, ainda não admitam incluir mulheres na maçonaria. Porém, as esposas dos maçons têm papel fundamental e indispensável nos eventos e atividades assistenciais desenvolvidas pela instituição.

Eventos beneficentes Embora não façam alarde das ações beneficentes, no que se refere à promoção social, os maçons realizam, colaboram ou apoiam a grande parte dos eventos beneficentes realizados em Bauru. Além de cuidar e administrar inúmeras creches tradicionais da cidade. Esse é um dos pilares da maçonaria, a benemerência em todas as modalidades.

A Ajinomoto através de seus diretores e funcionários, Parabeniza os moradores de Pederneiras pelos seus 122 anos de progresso da Cidade. É com foco no trabalho, em nossos negócios, no desenvolvimento tecnológico, e trabalhando em equipe, que temos o orgulho de fazer parte desse crescimento.

Parabéns Pederneiras


Política

R

icardo Izar Jr. (PSD) decidiu transferir seu domicílio eleitoral para a cidade e pretende impulsionar o partido criado por Gilberto Kassab (PSD). Desde o ano passado, ele atua como coordenador da sigla nos 39 municípios da região. Em 2010, Izar Jr. foi eleito pelo PV com pouco mais de 88 mil votos. Em Bauru, foram aproximadamente 200. Apesar disso, o parlamentar foi muito bem votado em cidades da região, onde seu pai, Ricardo Izar, já falecido, tinha atuação política frequente. No ano que vem, ele vai concorrer à reeleição e busca um nome para dobrar como candidato a deputado estadual. Nas próximas semanas, Izar deve con-

versar com Caio Coube (PSDB), Chiara Ranieri (DEM) e até Clodoaldo Gazzetta (PV). “Eu prefiro alguém de Bauru, mas podemos procurar em Jaú também. O ideal é que tenhamos apenas um candidato do partido na região”. A decisão de migrar o domicílio eleitoral – atualmente, na capital do Estado. Izar já conversou com o prefeito Rodrigo Agostinho. Para fortalecer seu nome na região, o deputado aposta em

Aceituno Jr.

Izar Jr. será candidato a deputado estadual

emendas e no bom relacionamento com os chefes do Poder Executivo das cidades. Izar já tem atuação consolidado na região de Piracicaba. Fonte: JC - Vinicius Lousada


Entrevista Daniel Camargo

prefeito de Pederneiras

Revista Atenção: Como iniciou sua vida política? Daniel Camargo: Minha vida política iniciou em 2003 quando me filiei ao PV e sai candidato a vereador com 22 anos de idade em 2004. Não fui eleito, mas fiquei entre os 20 mais votados com 254 votos. Em janeiro de 2005, fui convidado pela prefeita Ivana a fazer parte da sua equipe como estagiário de jornalismo. Fui promovido a assessor de imprensa e logo após chefe de gabinete da Ivana. Como participei ativamente do governo fui preparado e indicado para disputar as eleições no ano passado, vindo a ser eleito com 11.952 votos. Revista Atenção: Atualmente vemos muitos jovens prefeitos. Quais as vantagens de ser jovem? Daniel Camargo: Isso mostra um cenário de renovação política. A população quer pessoas novas no cenário político, seja de idade ou com ideias. Em nossa região temos muitos prefeitos jovens e a vantagem é força de vontade, mais disponibilidade de buscar recursos junto a Brasília e São Paulo.

D eterminação e vontade política Daniel Camargo avalia seu governo e revela o bom momento de Pederneiras

46

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Revista Atenção: Quando você ganhou a eleição como prefeito, a Ivana tinha exercido os dois últimos mandatos. Como estava a Prefeitura quando assumiu o cargo? Daniel Camargo: Bem, a Ivana deixou a Prefeitura em excelente condição financeira. Todas as contas em dia e salário de funcionários em ordem. No ano anterior foi tomada algumas medidas que foram importantes para que isso tivesse ocorrido. Todas as obras que haviam sido paralisadas foram retomadas e estão a todo vapor. Revista Atenção: Qual sua visão sobre mulher na política? Daniel Camargo: A mulher hoje exerce um papel fundamental na política. Temos exemplo da nossa ex-prefeita Ivana que exerceu dois mandatos extraordinários mudando a cara da cidade. Também a prefeita de Lençóis, a Bel


Lorenzeti, que está trabalhando incansavelmente tendo grande aprovação popular. E, por fim, a nossa presidente Dilma que foi considerada a segunda mulher mais poderosa do mundo e que vem superando nosso ex-presidente Lula. Aos poucos, temos deputadas, ministras e outras tantas vereadoras que estão se sobressaindo nas disputas eleitorais e ganhando cada vez mais espaços na política. Revista Atenção: Pederneiras cresceu nos últimos anos. Quais suas estratégias para dar continuidade a esse crescimento? Daniel Camargo: Pederneiras cresceu muito nestes últimos anos. Todos os prefeitos que por aqui passaram contribuíram para seu desenvolvimento. Dando continuidade a este crescimento temos preparados um plano de governo que visa o crescimento ordenado da cidade em ritmo acelerado de progresso. Novas indústrias chegando para gerar empregos, UPA (Unidade de Pronto Atendimento) que será entregue em breve, Centro Poliesportivo, Centro de Fisioterapia, quadras, creches, vestiários, praças, ruas e avenidas sendo abertas e outras asfaltadas. Muito foi feito e temos várias ações programadas para que Pederneiras continue crescendo a cada ano. Revista Atenção: Pederneiras comemora 122 anos de existência. Quais os presentes que a Prefeitura vai dar para a cidade? Daniel Camargo: Este mês preparamos muita festa como a Feira das Nações e shows. Também importantes inaugurações como Escola do bairro Michel Neme que custou R$ 1,5 milhão, Quadra esportiva de lazer e praças nos bairros: Leonor Mendes de Barros, Jardim das Palmeiras, Jardim Emprel, Jardim Modelo e serão construídas novas nos bairros: Jardim América, Bertoline e Facciolo. Também vamos inaugurar o Posto de Saúde do Assentamento com investimento de mais de

R$ 200 mil e um complexo esportivo de lazer com campo, vestiário e arquibancadas no bairro Cidade Nova. Também estão programadas o término do Distrito Industrial e início da construção de mais 350 novas unidades habitacionais no bairro Jardim Planalto Verde II, além das 142 iniciadas pelo CDHU no bairro Maria Elena. Outras duas importantes obras que serão entregues e iniciadas este ano serão: Creche do bairro Jar-

Bem, a Ivana deixou a Prefeitura em excelente condição financeira. Todas as contas em dia e salário de funcionários em ordem.

dim Pacaembú para 240 crianças com investimento de R$ 2 milhões e uma no bairro Antônio de Conti que iremos iniciar em breve no valor de R$ 1,5 milhão para 150 crianças. Revista Atenção: Existe diversos projetos gratuitos para a comunidade. Cite alguns deles. Daniel Camargo: Hoje, temos projetos voltados para todos os níveis da comunidade como o Projeto Andar e Voar que atende mais de 900 alunos com vários cursos gratuitos de pintura, violão, dança, violino, artes e balé. Também o

Pró Banda que oportuniza aos jovens aprenderem a tocar instrumentos musicais e Coral Municipal. O programa Atletas do Futuro beneficia 450 jovens de Pederneiras. O Festival de Música e a Mostra de Dança oferecem opções culturais para quem quer mostrar seu talento. Revista Atenção: O que é o Fundo Social de Solidariedade de Pederneiras? Daniel Camargo: Hoje, o Fundo Social de Pederneiras é comandado pela minha irmã Letícia Camargo que exerce, junto com os membros voluntários, um papel importante desenvolvendo na área social da cidade ajuda às famílias carentes através de campanhas como de arrecadação de alimentos, roupas e móveis usados. Também coordena ações de combate a erradicação da pobreza através de programas de geração de renda. Revista Atenção: Como se encontra a situação de emprego na cidade? Daniel Camargo: Hoje, Pederneiras está avaliada muito bem. Temos sólidas empresas e novas chegando que proporcionam inúmeras vagas de emprego na cidade. Estamos realizando formação profissional a pessoas para que estejam preparadas para o mercado de trabalho. Este trabalho é feito através de parcerias com empresas e com o Senai. Revista Atenção: O município tem alguns pontos turísticos interessantes. Cite alguns deles. Daniel Camargo: Temos nosso Complexo Cultural formado pelo Centro Cultural Izavam Ribeiro Macario, pelo Teatro Municipal Flavio Razuk e pela Praça de Cultura e Lazer “Geraldo Antonio Cardoso”. Temos ainda o Parque Ecológico Vale do Sol, que recebe milhares de visitantes todos os meses e preserva riquíssimas espécies da fauna regional, além de ter vários animais, estação de exercícios físicos, pista de caminhada,

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

47


Temos sólidas empresas e novas chegando que proporcionam inúmeras vagas de emprego na cidade.

áreas para shows e playground para as crianças. O rio Rio Tietê, com seus inúmeros potenciais, e a prainha municipal, que recebe muitos turistas nos finais de semana, principalmente os amantes da pescaria. Temos também o Castelo Furlani, que há muito tempo recebe olhares de vários cantos do país e está sendo preparada para receber turistas em breve. Pederneiras tem também uma área rural muito rica, com cachoeiras, trilhas e áreas para visitação, como, por exemplo, o Engenho Bessi, que faz parte do Circuito Turístico Caminhos do Centro Oeste. Enfim, Pederneiras oferece muitas oportunidades no turismo. Revista Atenção: Explique sobre o portal de transparência. Daniel Camargo: Está disponível no site da Prefeitura de forma clara para que todos os moradores tenham acesso sobre tudo que a prefeitura compra, investe, convênios, cargos e salários. Revista Atenção: Quais os projetos para os próximos quatro anos? Daniel Camargo: Espero que com a aju-

da dos governos Estadual e Federal consiga tornar realidade os demais projetos na cidade. Temos o Centro do Homem, a Casa do Diabético, mais casas populares, mais empresas, avenidas e alças de acesso a grandes bairros na cidade. Enfim, temos muitos sonhos para serem concretizados nos próximos anos para melhorar o nosso ciclo de desenvolvimento e avanço da cidade.

Revista Atenção: Deixe uma mensagem ao leitor. Daniel Camargo: Quero agradecer a população de Pederneiras pela oportunidade de ser prefeito desta cidade. A todos que confiaram seu voto em minha pessoa quero dizer que vou trabalhar muito em busca de recursos e parcerias para que possamos crescer cada vez mais. MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

48


Especial Pederneiras

Pederneiras comemora 122 anos e se destaca como força política regional

O

mês de maio para Pederneiras é muito importante, pois é o aniversário do município. Dia 22 de maio o município comemora 122 anos de emancipação político-administrativo, uma história de crescimento, desenvolvimento e que, até hoje, influencia na efervescência política regional. A cidade passa por um momento pleno de desenvolvimento na sua história com oito anos de administração da ex-prefeita Ivana Maria Bertolini Camarinha e, agora, com o atual prefeito Daniel Pereira de Camargo. Estamos trabalhando para não perder essa luz que estacionou sobre a cidade nos últimos anos e trouxe crescimento, vivacidade e uma nova dinâmica na administração e na vida pública. “Vamos em busca de mais progresso e mais melhorias para Pederneiras e região”, afirma o mais jovem prefeito de Pederneiras, Daniel Camargo, eleito com 30 anos.

Obras na cidade

Durante todo o mês vários eventos, entregas de obras e a FENAP 2013 estão agitando o município. “Preparamos muita festa como a Feira das Nações, shows gratuitos e também importantes inaugurações como a Escola do bairro Michel Neme que custou R$ 1,5 milhão, unidade de saúde, campo de futebol, quadra esportiva de lazer e praças nos bairros Leonor Mendes de Barros, Jardim das Palmeiras, Jardim Emprel e Jardim Modelo”, explica. Seguindo esta linha de progresso municipal, Pederneiras segue com inúmeras obras que estão movimentando a economia. Novas praças com moderno projeto paisagístico e estações de exercícios físicos serão construídas nos bairros Jardim América, Bertolini, 50

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

“Em cada canto da cidade tem um toque da administração pública municipal” Jardim Anchieta e Facciolo nos próximos meses. “Também vamos inaugurar o Posto de Saúde do Assentamento com investimento de mais de R$ 200 mil e um Complexo Esportivo de Lazer com campo de futebol, vestiário e arquibancadas no bairro Cidade Nova”, completa. Outras obras seguem a todo o vapor: a UPA Unidade de Pronto Atendimento está pronta e vai receber equipamentos modernos para ser entregue a população. “Será o segundo pronto socorro de Pederneiras, mais saúde e qualidade de atendimento para todos”, ressalta. O complexo Poliesportivo com quadras poliesportivas, piscina aquecida, academia e sala de fisioterapia está em fase final e deve ser entregue ainda este ano. “O novo Polo Industrial Parque Pederneiras II está recebendo os últimos detalhes de pavimentação e iluminação e será entregue ainda neste semestre com toda a infraestrura para abrigar mais de 70 novas empresas, gerando empregos e renda para o município”, aponta.

Em cada canto da cidade tem um toque da administração pública municipal. “Queremos tocar a vida do cidadão, levar cidadania, saúde, educação e lazer de qualidade para cada um dos quase 45 mil habitantes da nossa cidade. Estamos empenhados em manter Pederneiras no rumo certo”, diz. Também estão programadas o início da construção de mais 350 novas unidades habitacionais no bairro Jardim Planalto Verde II, além das 142 iniciadas pelo CDHU no bairro Maria Elena. “Já entregamos 233 casas no Residencial Planalto Verde I em abril e outras 68 serão entregues nos próximos dias no mesmo bairro”, explica. Além disso, outras 120 casas serão entregues neste semestre, também no bairro Maria Elena, com custo zero para a população. Outras duas importantes obras que serão entregues este ano serão a creche Pró-Infância II, no bairro Jardim Pacaembú, para atender 240 crianças em período integral com investimento de


R$ 2 milhões e o novo aterro sanitário com o barracão da coleta seletiva, com mais de R$ 2 milhões de investimentos. “As parcerias que fazemos com os Governos Estadual e Federal são importantes para o município, pois trazem melhorias diretas para a população. Essas benfeitorias ajudam na qualidade de vida e sustentam o progresso de todo o município”, justifica. Uma dessas parcerias resulta na construção que será iniciada ainda este ano da Creche Escola para 150 crianças, com recursos estaduais de R$ 1,5 milhão. Alías, o prefeito Daniel Camargo aproveita o trânsito livre deixado pela ex-prefeita Ivana em Brasília e já soma quantias vultosas de recursos conquistados por Pederneiras nestes primeiros cinco meses de gestão. “Foram dois milhões de reais do Governo Federal conquistados através do nosso empenho político em Brasília, em parceria com os vereadores e com a liderança política da ex-prefeita Ivana, junto aos deputa-

Pederneiras segue uma linha de prosperidade que tem atraído olhares de empreendedores de vários cantos do país

dos que são parceiros de Pederneiras. E muitas outras conquistas estão por vir”, lembra. Deste recurso, R$ 1 milhão será destinado para a reestruturação completo do Centro de Lazer Municipal e outros R$ 800 mil para a Santa Casa de Misericórdia. Os outros R$ 200 mil serão investidos nas áreas da Cultura, Agricultura e Piscicultura. Também foram conquistados R$ 200 mil junto ao Governo do Estado por intermédio do Deputado Carlos Neder para a Santa Casa. Com todo este potencial, Pederneiras segue uma linha de prosperidade que tem atraído olhares de empreendedores de vários cantos do país e continua buscando cada vez mais qualidade de vida para seus moradores. “Fico feliz por ter a oportunidade de trabalhar em prol da cidade que eu nasci e vou me dedicar ao máximo para que Pederneiras continue sendo referência política e econômica na região”, finaliza. MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

51


Estude sem sair de

PEDERNEIRAS

Estrutura com foco nos resultados do aluno Estúdio

Tecnologia de ponta Com equipamentos de última geração, produz e transmite as aulas na modalidade a distância. O funcionamento é similar ao de uma central de televisão. O sinal é distribuído por satélite para todo o Brasil.

Tutoria

Suporte total ao aluno Por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), do 0800, chat ou fórum, o aluno entra em contato com professores e tutores, tira dúvidas e compartilha conhecimento com os demais colegas.

Material didático

Apoio ao conhecimento São livros impressos ou eletrônicos fornecidos aos alunos e inúmeros títulos na Biblioteca Virtual. Além disso, todo material de aula pode ser consultado online através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

Suporte local

Diminuindo as distâncias No Polo de Apoio Presencial (PAP) mais próximo de sua casa, o aluno encontra uma equipe de profissionais qualificada e comprometida para orientar e dar suporte em todas as etapas do processo acadêmico.

Qualidade

comprovada pelo MEC e mercado 1º Lugar Prêmio Top Educação 2010 em educação a distância e pós-graduação

ENADE Aluno com maior nota do Brasil 2º ano consecutivo

Qualidade Comprovada ABE-EAD Entre as maiores instituições de EAD do Brasil (ABE-EAD) 2009

Campus 13 de Maio Curitiba

Prêmio Jabuti 2010

Coleção Gira Mundo (Editora IBPEX) 2º lugar. Categoria didático e paradidático.

Campus Garcez Curitiba


Vantagens da EAD

Cursos de

Graduação Bacharelado

» Administração NOVO » Ciências Contábeis NOVO

Licenciatura

» Letras NOVO » Pedagogia

Tecnólogos

» Gestão Ambiental NOVO » Gestão do Turismo NOVO » Gestão de Recursos Humanos » Comércio Exterior » Gestão Comercial » Gestão da Produção Industrial » Gestão Financeira » Gestão Pública » Marketing » Processos Gerenciais » Secretariado » Logística

NOVO

» Qualidade de Vida: O aluno tem mais flexibilidade para conciliar os estudos com a vida pessoal e profissional; » Mobilidade Total: autonomia para estudar onde e quando quiser; » Experiência na prática: O corpo docente é composto por professores com ampla experiência acadêmica e no mercado de trabalho; » Tecnologia de ponta na produção e transmissão de aulas; » Suporte integral ao aluno; » Qualidade reconhecida com o melhor custo benefício do mercado; » Diploma em uma instituição reconhecida e premiada, que é referência em educação a distância em todo o Brasil.

+ de 30 cursos de pós-graduação Consulte!

PAP Pederneiras

Rua Castelo Branco, 1249 Telefone: (14) 3283-2703 Campus Divina Curitiba

Campus Tiradentes Curitiba

www.uninterpederneiras.com.br


Opinião

A polêmica da diminuição da

Maioridade Penal Era para o adolescente estar estudando, aprendendo, passeando, se divertindo e voltando para a casa sem ter cometido nenhum tipo de delito ou ato de violência. Porém, em alguns casos, está ameaçando ou violentando professor, roubando, pichando, e praticando outras imprudências. Não importa a classe social, basta estar desviado do bom caminho, não ter os pais vigiando e orientando-o para não se envolver em situações problemáticas que fará mal a si mesmo ou ao próximo.

A

tualmente, se tratando da maioridade penal, de acordo com estudos, a idade padrão em todo o mundo é 18 anos. Por sinal, é o que se recomenda na Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança, de 1989, da qual o Brasil é signatário. Outro ponto importante diz respeito ao próprio conceito de maioridade, que também tem nuances distintas conforme o país. Em alguns lugares, o adolescente pode perder a prerrogativa de responder por seus atos diante do sistema especial juvenil ou, por outro lado, continuar inserido nele mesmo após ter atingido a idade para ser processado penalmente como adulto. Para o Pellegrino Bacci, coordenador da Comissão de Segurança Pública da Subseção da OAB/SP, presidente do Conseg Bauru Centro Sul, presidente do Comsebru (Conselho Municipal de Segurança Pública de Bauru), o Brasil chegou a um limite inimaginável de ocorrências policiais e atos de violência praticados por menores a partir de 10 anos. A utilização desses menores por crimi54

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

nosos (que os empregam por conta da absoluta impunidade, proporcionada pelo ECA), e os atos por opção própria praticando roubos de veículos e objetos, utilizando e distribuindo drogas, assaltos e roubos seguidos de morte deixam a sociedade sem ação. “Se eles têm capacidade e conhecimento legal do que estão fazendo, devem ficar presos no tempo integral da pena imposta. Só faço uma restrição: enquanto menor de 18 anos (por questão de segurança do menor), esse jovem ficaria na Fundação Casa que tem conhecimento e tratamento específico para menores. Assim que completar 18 anos, deverá ser transferido e cumprir o restante da pena entre os maiores”, ressalva. Eis que surgiu a oportunidade, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, de 33 propostas de emenda constitucional reduzindo a maioridade penal, que até o momento, está sem idade definida. A fim de punir o jovem e fazer com que cumpra sua pena de acordo com o crime que

Se eles têm capacidade e conhecimento legal do que estão fazendo, devem ficar presos no tempo integral da pena imposta. Só faço uma restrição: enquanto menor de 18 anos (por questão de segurança do menor), esse jovem ficaria na Fundação Casa Pellegrino Bacci, coordenador da Comissão de Segurança Pública e presidente do Conseg

cometeu. Você é a favor ou contra essa medida? Para os leitores da Atenção, há controvérsias.


A MAIORIDADE PENAL NOS CINCO CONTINENTES

América do Norte Estados Unidos: entre 6 e 18 anos, conforme a legislação estadual México: 11 ou 12 anos para a maioria dos estados

África Argélia: 7 anos Egito: 15 anos África do Sul: 7 anos Etiópia: 9 anos Marrocos: 12 anos Nigéria: 7 anos Marrocos: 12 anos Quênia: 8 anos Sudão: 7 anos

América do Sul Argentina: 16 anos Brasil: 18 anos Chile: 16 anos Colômbia: 18 anos Peru: 18 anos

Europa Alemanha: 14 anos Dinamarca: 15 anos Finlândia: 15 anos França: 13 anos Itália: 14 anos Noruega: 15 anos Escócia: 8 anos Inglaterra: 10 anos Suécia: 15 anos

Asia Rússia: 14 anos Ucrânia: 10 anos Bangladesh: 7 anos China: 14 anos Coréia do Sul: 12 anos Filipinas: 9 anos índia: 7 anos Japão: 14 anos Myanmar: 7 anos Nepal: 10 anos Paquistão: 7 anos Uzbequistão: 13 anos

Oceania Austrália: 7 anos Fonte: Difusora Maranhão

Alcimar Luciane Mazier Advogada e Vice Presidente da 21ª Subseção da OAB

Diminuir a maioridade penal não é a solução para sanar a violência. Primeiro, porque se hoje os maiores aliciam os menores para a prática de crimes, certamente não será diferente com a redução da maioridade penal. Cada vez mais novos, nossos adolescentes e crianças serão aliciados para a prática de crime em razão de sua inimputabilidade. O nosso sistema prisional não consegue cumprir sua principal missão, que é a reabilitação. Assim, quando encarcerado, ao invés de aprender um ofício ou dedicar-se aos estudos, o jovem acabaria sofrendo forte influência de presos mais perigosos, o que provavelmente o tornaria mais agressivo e dificultaria sua recuperação. É necessário que o Estado desenvolva políticas públicas efetivas voltadas à educação das crianças e dos adolescentes, com atividades esportivas e de lazer. E ainda realizar cursos profissionalizantes, que ocupem seu tempo e os motivem ao crescimento pessoal e profissional. Além disso, se faz necessária a reforma legislativa proposta pela OAB/SP para a medida socioeducativa consistente na internação não se limite ao tempo máximo de três anos, como previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, mas sim ao tempo que o juiz entender ser razoável, devendo considerar a personalidade do menor infrator e a gravidade do ato infracional.

Viviane Scarabelo

Presidente do Conselho Tutelar de Bauru Região II

Sou contra a diminuição da maioridade penal. Talvez a minha resposta possua um gosto amargo e não agrade toda população. Estas pessoas acreditam piamente que a “punição” é a melhor forma de conseguirmos obter resultado eficaz. O fato é bem diferente, pois faz com que toda sociedade faça a sua parte. Todos devem cooperar, porque o adolescente é um problema de toda a sociedade. Podemos citar como exemplo o artigo 4º do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente): ‘É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade, à convivência familiar e comunitária’. O jovem infrator deve pagar pelos seus atos. Mas nunca como um adulto. Para o adolescente, a cela é especial, em entidade exclusiva para adolescente. Obedecendo regras quanto a complexidade e gravidade da infração. Por fim, citamos o artigo 121, do ECA: ‘A internação constitui medida privativa da liberdade, sujeita aos princípios de brevidade, excepcionalidade e respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento’. No entanto, este é um assunto que deve ser constantemente refletido para que todos saibam e decidam o que é melhor para àqueles que serão as próximas gerações. MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

55


Simone Grassi Nutricionista

Não importa a classe social, basta estar desviado do bom caminho, não ter os pais vigiando e orientando-o para não se envolver em situações problemáticas que fará mal a si mesmo ou ao próximo.

Milton Bassoto Delegado

Preliminarmente gostaria de deixar claro que tal mudança depende de Emenda Constitucional, que somente será aprovada se passar por votação no Congresso Nacional e Senado Federal e, por conta disso uma discussão a nível municipal não vai mudar em nada. Enfim, tenho a opinião formada de que não deve ser diminuída a maioridade penal. Na média, o adolescente brasileiro não tem total discernimento e consciência de seus atos. Devemos primeiramente dar educação, oportunidade de entretenimento, trabalho, esportes e lazer para depois, pensarmos em aumento da idade da maioridade penal. No momento, está em estudo mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente que, se implantadas aumentará o tempo de internação do menor infrator e, acredito que essa medida poderá dar oportunidade ao Poder Judiciário, de aplicar pena mais severa e assim, manter um indivíduo perigoso longe do convívio social. 56

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Sou a favor da diminuição da maioridade penal. Até porque, se o jovem mata ou comete crimes, ele está apto para responder por eles. Até visita íntima eles têm direito dentro das instituições. Se é homem ou mulher para ter relação sexual, tem que responder pelos seus atos como adultos. Não podemos ter dois pesos e duas medidas.

Nelson Garcia Filho Comandante da Policia Militar Aposentado

Sou contra. Essa medida vai fazer com que os jovens infratores fiquem ainda mais revoltados. O correto, na minha opinião, seria limitar o horário para os adolescentes permanecerem nas ruas durante a noite. Mas como essa decisão não foi tomada pelos órgãos competentes, vamos esperar até que muitos cidadãos sejam ameaçados, estuprados, mortos, assaltados, enfim, vamos aguardar piorar a situação para o Estado resolver.

Mirtes Freitas Psicóloga

Diminuir a maioridade penal só faz mudar o problema de lugar: das instituições de atendimento ao adolescente para as cadeias. Mas o infrator/criminoso continuará a existir e voltará a atacar suas vítimas de forma até mais violenta, pois não terá a chance de receber educação e/ ou reeducação. A verdade é que a adolescência é um período peculiar de desenvolvimento, em situação especial de maior vulnerabilidade, onde o adolescente é sujeito de direitos e responsabilidades. A medida socioeducativa de internação tem caráter punitivo quando priva o adolescente de liberdade, mas o caráter educativo tem como objetivo a reinserção social e a possibilidade de reflexão sobre a infração cometida. Internado, ele terá a chance de estudar, participar de cursos profissionalizantes, os vínculos familiares serão resgatados e a moralidade e ética serão, muitas vezes, apresentadas a esse indivíduo pela primeira vez. Cobrar os “direitos do menor” não é deixá-los fazer o que querem.

Luis Henrique Rafael

Procurador do Ministério Público do Trabalho

João Crepaldi Artista Plástico

Seria a favor se o sistema carcerário fosse realmente para recuperar o criminoso e não para formar profissionais do crime. Se a penitenciária fosse um complexo de educação cível e moral, campo de trabalho regenerador e não apenas um local para esconder o infrator dos olhos da sociedade por um pequeno espaço de tempo. Sou a favor se a educação fosse prioridade nesse país e não mero objeto de decoração ou ideal contemplativo. Por isso não canso de parafrasear Pitágoras: “Eduque as crianças e não será necessário punir os homens”.

Sou a favor da redução, haja visto que a legislação brasileira já prevê a capacidade eleitoral com 16 anos e a proibição de trabalho a menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz. Entretanto, não basta apenas reduzir a maioridade penal para 16 anos com finalidade meramente punitiva. É preciso que haja a implementação de políticas públicas para que o adolescente tenha opções de estudo, aprendizagem profissional, esporte e entretenimento. E falar em políticas públicas significa exigir do Estado a criação de opções de estudo integral, estudo profissionalizante, atividades culturais e esportivas ao jovem para sua integração na sociedade capitalista, com participação na renda e no consumo sustentável.


Raul de Paula Médico e vereador

O ser humano utiliza referenciais em tudo que faz na vida, até por uma questão organizacional da sociedade. O mundo evoluiu e o jovem de hoje não é o mesmo jovem de ontem. O nível de informações o coloca em condições de poder dirigir, votar, decidir por seus desejos de consumo e definir relacionamentos. Isso tudo porque tem informação suficiente para decidir. Desta forma, quem pode agir sem pedir permissão para um tutor tem que responder por seus atos. Em relação ao sistema carcerário, tudo vai depender do tipo de delito. Crimes hediondos não podem merecer tratamentos românticos. Este pessoal não rasga dinheiro, sabe muito bem fazer escolhas, escolhas estas tortuosas por falta de uma base familiar adequada, calcada em princípios religiosos e morais.

Willy de Macedo Dantas Professor Universitário

Entendo que a redução da maioridade penal está ligada à questão do desenvolvimento psicológico e social dos jovens. Estamos vivendo no ápice das transformações e revoluções tecnológicas. Experimentamos o acesso à informação de um modo jamais visto, comportamentos estão se alterando, a sociedade está mudando, portanto, percebe-se que os jovens de hoje são diferentes daqueles de outrora, por conta dessa série de explosões que a sociedade contemporânea permite. A constituição esclarece a divisão de julgamento entre adolescentes e adultos. Esse fato esbarra em questões sólidas, como a cláusula pétrea, que proíbe qualquer alteração na Constituição, daí, podendo abrir um precedente complicado em termos legais e sociais. Em relação aos resultados de uma possível redução dessa maioridade penal, não vejo que isso reduza a criminalidade, mas percebo um sentido de justiça plena, punindo com maior severidade jovens conscientes dos seus atos e de alguma maneira, acaba minimizando a margem de jovens que assumem a culpa por crimes cometidos por adultos.


LUCIANOPIRES

REFLEXÕES

P ré sal pós xisto

E

m minha palestra SustentHABILIDADE, comento que em 1971 o Clube de Roma, que estuda as consequências da expansão econômica mundial, previu que o crescimento da humanidade seria limitado pelo esgotamento de minerais importantes e de fontes de energia não renováveis. O cobre, por exemplo. Usando um recurso sofisticado na época – computadores - levantaram a taxa de consumo de cobre nos vinte anos anteriores e projetaram os vinte anos futuros, contemplando as taxas de crescimento econômico esperadas. Conclusão: trinta anos depois, por volta do ano 2000, as reservas de cobre estariam esgotadas! O que o Clube de Roma não previu foi que no final dos anos noventa o sistema de cabeamento telefônico com fios de cobre passaria a ser substituído por fibras óticas, de vidro, mais eficientes. A matéria-prima para as fibras óticas é o silício, grosseiramente dizendo, areia, um dos elementos mais abundantes na natureza. O consumo caiu drasticamente e o cobre não acabou. Os precisos cálculos matemáticos dos especialistas deixaram de fora um detalhe: a engenhosidade do homem, que a cada dia cria novas soluções para velhos problemas. Mesmo com milhares de técnicos, computadores, satélites, modelos matemáticos e anos acumulados de conhecimento, falhamos miseravelmente em nossas previsões, pois as interações que envolvem os sistemas econômicos, ambientais e sociais são por demais complexas, não existem fórmulas prontas. Não existem certezas, apenas dados que os homens juntam para tentar tirar conclusões. Erros e acertos, é assim que funciona o mundo da ciência, que não é exato, lida com probabilidades e na maior parte das vezes é surpreendido por um acontecimento novo, uma 58

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

reação inesperada, uma descoberta. É no gênio que tira as conclusões da análise dos dados frios que reside nossa esperança. Onde um medíocre nada vê, um gênio pode ver o futuro. Me lembrei dessa história ao ler matéria recente sobre avanços tecnológicos nas operações de prospecção e perfuração que permitiram a exploração mais profunda de camadas rochosas que contêm o gás de xisto nos EUA. O resultado foi a descoberta de reservas imensas de gás natural, que podem mudar a balança global da geração de energia. O gás natural pode substituir o gás liquefeito de petróleo (GLP), o carvão nas usinas elétricas, a gasolina e o diesel. Nos EUA, calcula-se que se 500 mil caminhões mudarem para gás natural, o consumo de petróleo cairá quase meio milhão de barris por dia, ou 5% das importações de petróleo deles. O gás de xisto é apenas um exemplo de avanço tecnológico que pode mudar a história da humanidade. Um avanço que até recentemente desconhecíamos. Por causa dos gênios, tenho esperança no futuro da humanidade. Mas há gênios e gênios. Um gênio do marketing político, por exemplo, pega uma informação como a do gás de xisto e a transforma numa grande ferramenta política. Grita aos quatro cantos que o paraíso nos espera por conta de uma descoberta fabulosa que trará,

Por causa dos gênios, tenho esperança no futuro da humanidade. num futuro incerto, riqueza e prosperidade. Cria esperanças, ganha votos. Quando esse movimento tem bases sólidas e confiáveis, abre-se uma avenida para o progresso. Mas quando é apenas oportunismo político, cria-se a falsa esperança numa solução incerta, inviável ou simplesmente inexistente. E quando o resultado for cobrado, os milagreiros já estarão em outra. E aí aquela pulga atrás da orelha começa a se mexer. E o pré-sal? Enquanto estamos discutindo como repartir o dinheiro que ainda não existe, os norte-americanos estão trabalhando para mudar a matriz energética mundial, atropelando o petróleo. E eles não costumam brincar em serviço. O pré-sal resistirá ao pós-xisto? Ou serão apenas promessas? Luciano Pires é jornalista, escritor, conferencista e cartunista site: www.lucianopires.com.br


Unimed Bauru Maio de 2013

www.unimedbauru.com.br

3º Simpósio de Enfermagem do Hospital Unimed reúne profissionais de toda a região O Hospital Unimed Bauru realizou seu 3º Simpósio de Enfermagem. O evento reuniu cerca de 170 profissionais, no Centro de Estudos da unidade, para discutir Qualidade e Comunicação na prática da enfermagem. O tema foi “Lidando com as Adversidades do Mundo Hospitalar”. Organizado pelo terceiro ano consecutivo, o simpósio marcou a celebração do Dia do Enfermeiro, em 12 de maio. “Liderança em Cinco Atos” foi o tema do Profº. Mestre Fabrízio Rosso, que abriu a programação. Em seguida, a Profª. Dra. Maria Julia abordou “RX do Líder que Todos Querem”.

Na parte da tarde, os temas foram: “Liderança e Comunicação - Lidando com as Adversidades do Mundo Corporativo”, com o Profº. Ms. Cláudio Queiroz; “Liderança Situacional”, com a Profª. Dra. Luciana Lucio Pereira; e “Liderança Coaching: Um Modelo de Referência para o Exercício do Enfermeiro - Líder no Contexto Hospitalar”, com dra. Maria Lucia Cardoso. Um debate encerrou o evento. Palestras com profissionais reconhecidos na área de qualidade hospitalar deram o tom do 3º Simpósio de Enfermagem.

MÃES CORUJAS – A equipe da Hotelaria do Hospital Unimed celebrou o Dia das Mães. Um chaveiro com uma coruja feita em feltro foi entregue às mães internadas e também para que os pequenos pacientes da pediatria presenteassem suas mamães.

LIMITE PARA OS FILHOS – O Dia das Mães foi comemorado com palestras na Unimed. “A Importância do Limite para o Desenvolvimento Humano” foi discutido com os funcionários pelos psicólogos Anderson Jonas Neves e Jéssica Aline Rováris.

PROTEÇÃO – As vagas do novo estacionamento central do Hospital Unimed Bauru estão ganhando cobertura. Entregue no início do ano, a nova área oferece 287 vagas. A obra está sendo realizada em etapas e deve ser concluída no segundo semestre.


nElSOngOnçAlvES ItAbErá Alfabetizando a violência

P

esquisa da Apeoesp deste mês, entidade que representa os milhares de professores da rede estadual de ensino, ratifica o elevado índice de violência dentro e fora dos muros escolares. Desagregação da família, cognição socioeconômica e perda de valores cívicos e morais estão entre os fatores conhecidos mas, infelizmente, não resolvidos da problemática. Mas os dados da pesquisa interna da Apeoesp advertem para outras consequências. Segundo as informações que podem ser obtidas no site da entidade (www.apeoesp.com.br), 74% dos professores da rede são mulheres, e os demais homens, dos quais apenas 51% são efetivos. Do universo pesquisado, 60% são casados, ou mantêm convivência marital, e 62% lecionam em unidades da periferia das cidades. E é longe do centro que os casos de violência de multiplicam, boa parte acobertados pela insensibilidade de dirigentes que “coíbem” o registro. Outro volume significativo de ocorrências fica circunscrito ao ambiente da escola. Outro percentual acontece após o expediente, fora dos muros da escola. Estes casos, o poder público ignora. Impera a política do derrubar as estatísticas ao invés de enfrentar a realidade. O levantamento aponta que 40% do quadro de professores de escolas estaduais lecionam em mais de um turno e o mesmo percentual é responsável por mais de uma matéria. A média de alunos por sala de aula é de 38 estudantes, segundo a Apeoesp. 76% contam com licenciatura em curso superior. Mas os indicadores que acentuam o alerta em relação a que paulistas estamos formando em nossas escolas para as próximas gerações, 60

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

não aparecem necessariamente nos dados, mas podem ser percebidos com as estatísticas em mãos. A passividade dos professores em relação à violência nas escolas preocupa. Alguns vão contrapor que o silêncio está diretamente ligado ao medo, o que ratifica que as instituições não estão dando suporte para um dos pilares da evolução cidadã, a educação. Mas aqui cabe parêntese de que a instituição de classe pode servir como alento à mudança de postura, “puxando o orelha” do educador que permanece sem reação e não denuncia. Assistir a esse quadro é esperar pelo próximo tapa. E a agressão da vez pode atingir o rosto de quem está calado. A diluição dos conceitos de educação em sua mais original premissa - a do bom comportamento e respeito ao próximo - colabora para reafirmar que estamos formando analfabetos funcionais e sem civilidade. Apesar da oportuna campanha pela internet desencadeada pela Apeoesp, é reduzida a participação de professores no registro de denúncias, mesmo via site da entidade. nem a ideia de preservação da autoria comove. Segundo o que foi possível colher neste levantamento, 72% dos profes-

A agressão da vez pode atingir o rosto de quem está calado. sores entrevistados já presenciaram alunos brigando na sala de aula ou no pátio da escola, 62% dos professores disseram que já foram pelo menos uma vez xingados por estudantes e 35% sofreram algum dano pessoal. O levantamento menciona ainda que em 42% das ocorrências registradas, 42% dos alunos estavam sob efeito de droga, 29% dos casos tinham relação direta com tráfico de drogas e 29% por uso de álcool. Aqui não se trata de meramente citar estatísticas para reforçar o óbvio: a dilaceração da formação escolar. É alarmante assistir à passividade do poder público, da omissão de parte do professorado, da covardia dentro da sala de aula e da profunda ignorância dos pais, cada vez mais distantes da vida de seus filhos. Nelson Gonçalves Itaberá é jornalista, músico e compositor


padrebeto

repensando

A Filosofia das Aparências

o

s seres humanos de uma sociedade de consumo vivem em um universo, no qual a imagem possui grande importância. desde pequeno o ser humano é levado a criar uma imagem e sustentá-la perante a sociedade. da mesma forma, todo ser humano cria um julgamento de seus semelhantes segundo as aparências. todos se preocupam no que os outros irão pensar se assumimos determinada postura ou determinado comportamento. Isso significa que todos se incomodam com sua imagem e o que ela significa para os outros. Uma sociedade que vive de aparências é sempre uma sociedade que possui relações superficiais e relacionamentos distantes. Como consequência, as pessoas acabam sendo hipócritas e preconceituosas. se vivemos de aparências não demonstramos exatamente o que somos e pensamos, e assim nos tornamos hipócritas, ou seja, pessoas que sustentam valores que não desejam viver, ou que só vivem estes valores em público. ao mesmo tempo, se todos representam um papel e não vivem na autenticidade temos medo de nos aproximar, pois a proximidade revela nossas contradições. se vivemos de aparências e distantes facilmente criamos preconceitos, ou seja, um conceito prévio do que é o outro. Mas, não são somente a hipocrisia e o preconceito as doenças de uma sociedade de consumo. o grande problema da sociedade das aparências é a insegurança. Como a imagem é somente uma fachada, nunca conhecemos as verdadeiras intenções dos outros. a convivência derruba os “fantasmas” e acaba com preconceitos. Mais que isso, a convivência constrói obrigatoriamente a veracidade e a transparência nas relações. Justamente a transparência talvez seja uma das principais características do ser humano para a construção de uma sociedade justa. afinal, a 62

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

transparência gera discussão e expõe as claras os posicionamentos de cada um. seja na família, no trabalho ou na sociedade, a transparência obriga o ser humano a pensar sobre seus comportamentos e sobre os comportamentos dos outros. Mais que isso, ela garante a todos a segurança do “jogar limpo”, sem truques e sem artimanhas. a transparência também evita um grande mal de nossas instituições: a corrupção e a exclusão. nossas instituições políticas e até mesmo religiosas são marcadas por atos de corrupção e de exclusão, por isso evitam a transparência. se as instituições apresentassem com transparência seus gastos e aplicação de nosso dinheiro, o tempo realmente investido em trabalho e as realizações feitas (e como são feitas) muitos erros seriam evitados e muitos oportunistas estariam fadados ao fracasso. além disso, a transparência das instituições motivariam a participação popular, pois seja nas instituições políticas ou religiosas, as decisões estão nas mãos das minorias que detem o poder. esta situação é a maior forma de exclusão social existente em nosso país. sem dúvida alguma, através das aparências acabamos excluindo pessoas devido ao sexo, raça ou aspecto físico. Mas, a grande exclusão é a crença de que o poder deve estar nas mãos de poucos e não da maioria, como deveria ser em uma democracia.

seja na família, no trabalho ou na sociedade, a transparência obriga o ser humano a pensar sobre seus comportamentos e sobre os comportamentos dos outros. Beto Daniel é padre, professor e pesquisador universtário.


Notícias Bauru geral

Rodada de Negócios do Ciesp O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) Regional Bauru promoveu a Rodada de Negócios da Macrorregião – composta pelas regionais Bauru, Botucatu, Jaú e Marília, no total de 100 cidades. O objetivo das rodadas realizadas pelo Ciesp é estreitar as relações entre grandes e médias empresas com as pequenas e microempresas, visando o desenvolvimento de novos negócios. Os números são sempre positivos e de acordo com o diretor do Ciesp Regional Bauru Domingos Malandrino, o objetivo da Rodada de Negócios 2013 em Bauru foi atingido com sucesso. Teve 20

empresas como âncoras, participaram 91 empresas, aconteceram 1.068 rodadas de negócios agendadas (entre âncoras e fornecedores) e ainda muitas outras entre os próprios fornecedores. Estima-se que foram cerca de 1,2 mil contatos de negócios. Segundo as estatísticas, 86,96% das empresas participantes disseram que foi realizado algum contato com grandes possibilidades de negócios; 84,78% consideraram que as expectativas foram atendidas; 100% das reuniões foram produtivas e 100% dos visitantes participariam de uma próxima Rodada de Negócios.

I rmã Selma e o seu Terço Insano Dia: 28/07 Local: Teatro Municipal de Bauru Horário: 19h Ingressos: R$ 50/25 Informações: 9607-1363 ou 8808-7127

Gonzalo (Clube Turismo) e Domingos Malandrino

Airton Siste, Domingos Malandrino, Sebastião Leleco, Norberto Afonso, Clóvis Pereira, Arnaldo Ribeiro, Daniel Simões e Ademir Redondo

geral

Faleceu este mês, o benemérito Sebastião Paiva, conhecido como “seo Paiva”, aos 104 anos. Ele estava internado no Hospital Estadual, no Centro de Terapia Intensiva (CTI) com pneumonia. Uma das pessoas mais importantes na cidade, no que diz respeito ao auxílio aos menos favorecidos, dedicou sua vida à Fundação Espírita Sebastião Paiva, uma de suas obras mais importantes em meio a tantos outros projetos sociais que realizou durante sua longa caminhada. Mais de mil pessoas compareceram no velório, realizado no escritório da Sociedade Beneficente Cristã, no Jardim Bela Vista, a fim de prestar a última homenagem ao Sebastião Paiva. Familiares e amigos deram o último adeus no Cemitério do Ypê, encerrando o funeral. 64

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

arquivo

Adeus ao Sebastião Paiva

O produtor Vinicius Trombini vai trazer para Bauru um Stand-Up prá lá de engraçado, com um dos artistas mais requisitados dos últimos anos. “Irmã Selma e o seu Terço Insano”, escrito e apresentado pelo ator, diretor e autor Octávio Mendes. Formado na Escola de Arte Dramática de São Paulo (EAD-ECAUSP). Atualmente, contratado pelo SBT, participa do programa “A Praça é Nossa” e está no elenco da novela “Uma Rosa com Amor”, também do SBT. É um dos fundadores do espetáculo “Terça Insana”, onde permaneceu por quatro anos, e, criou personagens como “Irmã Selma”, e Maria Botânica, Xanaína. O show tem aproximadamente uma hora e meia de duração. É um humor familiar, apropriado para maiores de 14 anos.


geral

geral

FOB/USP completa 51 anos Reduz o

número de roubos e furtos em B auru

em odontologia e fonoaudiologia a FOB tem 340 alunos matriculados. Na pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) tem 404 alunos matriculados e aproximadamente 99 alunos de especialização. Na FOB, a extensão de serviços à comunidade corresponde a realização de mais de 93 mil procedimentos por ano, em diferentes níveis de complexidade, incluindo serviços de urgência, atendimentos clínicos e atividades extramuros. Rubens Kazuo Kato

A Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da Universidade de São Paulo (USP) completou 51 anos de idade no dia 17 de maio. A FOB integra o campus de Bauru da USP com o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) e a Prefeitura do Campus USP de Bauru (PUSP-B). Constituída por 6 departamentos de ensino, a FOB conta com 110 docentes, a maioria em tempo integral e 246 servidores administrativos, operacionais e técnicos. Nos cursos de graduação

Segundo dados divulgados recentemente pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) houve um declive considerável em relação a dois crimes que amedrontam os moradores: roubos e furtos. Para a polícia, o aumento de prisões e o combate firme ao tráfico são os principais responsáveis pela melhoria nos índices. Os dados divulgados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da SSP são atualizados até abril. Segundo a análise, nos quatro primeiros meses deste ano, foram 288 roubos contra 356 computados no mesmo período do ano passado, o que representa queda de 20%. Se tratando de roubos e furtos de veículos em Bauru, os índices se mantiveram estáveis. Foram registrados 11 roubos de veículos de janeiro até abril de 2013, apenas um caso a menos do que em 2012. Já os furtos de veículos foram 240 este ano, contra 244 em 2012. Fonte: JC/Vitor Oshiro

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

65


Notícias Região geral

política

B arra B onita discute novos projetos O prefeito de Barra Bonita Guilherme Belarmino participou, em Brasília, da posse do engenheiro químico e ex-prefeito de São Carlos, Oswaldo Duarte Filho, que assumiu a Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social, do Ministério da Ciência, Tecnologia e

Inovação (Secis/MCTI). E se reuniu com o ministro Marco Antonio Raupp. Na pauta, foram ressaltados assuntos como a ampliação do CVT (Centro Vocacional Tecnológico) do Departamento de Formação Profissional e a participação de Barra Bonita em novos projetos.

educação

Conferência Nacional de Educação (Conae)

educação

Escolas Estaduais recebem novos agentes de organização O governador Geraldo Alckmin nomeou mais 6.298 agentes de organização escolar para atuar nas escolas da rede estadual de ensino. Somente na região de Bauru, foram nomeados 161 profissionais. Agora, serão, no total, 36.056 agentes de organização escolar efetivos dando suporte às mais de 5.000 escolas estaduais. Esses servidores têm entre suas atribuições zelar pelo bem-estar dos alunos e pela estrutura física da unidade de ensino, orientar os estudantes quanto às normas de conduta previstas no regimento escolar, controlar a movimentação dos alunos nas dependências da escola e auxiliar na manutenção da disciplina geral. 66

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Prefeitos e secretários municipais de Educação de 90 cidades das regiões de Bauru e Marília se reuniram no auditório do Sesi-Horto e deram início nas discussões que devem culminar na Conferência Nacional de Educação (Conae), que acontece no ano que vem. Obrigatoriamente, todos os dirigentes que participaram do encontro precisam realizar suas conferências municipais antes dos dias 19 e 20 de junho, quando acontece a etapa intermunicipal da conferência, na Instituição Toledo de Ensino (ITE), da qual participarão 3.690 delegados das 90 cidades inseridas na região. Este encontro vai eleger 100 delegados, representando diversos segmentos, para a Conferência Estadual de Educação, que acontece no segundo semestre. A etapa municipal de Bauru está marcada para o dia 5 de junho. Fonte: JC/Vinicius Lousada


jairomarques/divulgação

B auru e cidades da região receberam o Sebrae Móvel

Governo Federal libera R$ 2,3 milhões em recursos para a região

O Escritório Regional do Sebrae de Bauru ofereceu uma boa oportunidade aos empresários de micro e pequenos negócios, futuros empresários e empreendedores individuais de toda a região. Trata-se do Sebrae Móvel, um escritório itinerante que leva informação para quem quer abrir uma empresa, melhorar a gestão empresarial ou sair da informalidade. O atendimento é gratuito. Do dia 20 de maio ao dia 29, passou por cida-

O Governo Federal, através do Ministério dos Esportes, liberou R$ 2,350 milhões em recursos para serem investidos em infraestrutura esportiva nos municípios de Pederneiras, Boracéia, Macatuba, Bocaina, Mineiros do Tietê e Bariri. Estes recursos foram anunciados através de articulação da ex-prefeita de Pederneiras Ivana Maria Bertolini Camarinha, que, desde o início do ano, foi a Brasília algumas vezes acompanhando prefeitos e dando suporte político por recursos para os municípios da nossa região. Convidado pela ex-prefeita Ivana, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, esteve em Pederneiras para participar do Jantar Beneficente do Fundo Social de Solidariedade.

des da região e esteve com agentes do Sebrae-SP para orientar os empreendedores sobre temas como planejamento empresarial, questões financeiras, métodos para o melhoramento do fluxo de caixa, formas de divulgação da empresa e procedimentos para formalização. No escritório itinerante também estiveram disponíveis a agenda de cursos, palestras e consultorias da entidade.

política

Vice prefeito conquista R$ 1 milhão para Pederneiras

Emprega S ão Paulo/ Mais Emprego oferece quase 1500 vagas de trabalho na região de B auru

O vice-prefeito municipal de Pederneiras, Juarez Solana de Freitas (PV), esteve em Brasília liderando uma comitiva de políticos locais na busca por recursos para o município. Foi liberado R$ 1 milhão em recursos para Pederneiras, sendo R$ 800 mil destinados para a Santa Casa de Misericórdia e outros R$ 200 mil para serem investidos nas

áreas da Cultura e Agricultura. Ao lado do vice-prefeito estavam o chefe de gabinete da Prefeitura de Pederneiras e presidente municipal do PSB Carlos Alberto Ottoboni Filho, o vereador Carlão do Vagão (PSB) e o conselheiro do Deputado Federal Vicentinho e Assessor da Câmara Municipal Celso Costa.

O programa Emprega São Paulo/ Mais Emprego, agência de empregos pública e gratuita gerenciada pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), oferece nesta semana 1571 oportunidades de trabalho divididas entre as áreas de Comércio, Indústria e Serviços, na região de Bauru. Como se cadastrar Para ter acesso às vagas basta acessar o site: www.empregasaopaulo. sp.gov.br criar login, senha e informar os dados solicitados. Outra opção é comparecer a um Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) com RG, CPF, PIS e Carteira de Trabalho.

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

67


Notícias Brasil negócios

Turismo de negócios cresce no B rasil O Brasil passa por um momento importante no turismo de negócios. No último ano esse segmento cresceu 20%, mas é preciso investimento para que o setor continue em expansão. O que mais chama atenção dos visitantes são as feiras. Realizadas em locais estratégicos, elas servem para encontro de profissionais de diversos setores que acabam conhecendo pontos turísticos da cidade, consumindo produtos locais e voltando, sempre que possível. Só no ano passado, no Rio de Janeiro, os participantes de feiras e exposições deixaram na cidade R$ 430 milhões. Em 2011, aconteceram 51 feiras no Rio. No ano passado, foram 108 e centenas de visitantes.

Novas regras para o comércio eletrô nico brasileiro O comércio eletrônico brasileiro passou a ter regras mais rígidas. A partir de agora começa a valer as determinações de decreto presidencial Decreto nº 7.962, que incluiu regras para as compras em lojas virtuais no Código de Defesa do Consumidor. A intenção da norma é tornar mais claras as informações sobre produtos, serviço e fornecedor, presentes no site, melhorar o atendimento ao consumidor e preservar o direito de os clientes se

arrependerem da compra. No entanto, todo site deverá exibir o CNPJ da empresa ou o CPF da pessoa responsável, além de informar o endereço físico onde possam ser encontrados ou o endereço eletrônico para que possam ser contatados. As ofertas devem apresentar uma descrição das características do produto, incluindo riscos à saúde e segurança dos clientes, a disponibilidade dos itens e se há qualquer tipo de restrição ao consumidor. Os preços devem conter de maneira explícita quaisquer despesas adicionais como entrega e seguros que venham interferir nos valores finais. Os sites também são obrigados a informar todas as modalidades de pagamento e qual é o prazo para usufruir o serviço ou para a entrega dos produtos.

negócios

S obe a estimativa de inf lação oficial De acordo com a pesquisa realizada pelo Banco Central (BC) sobre os principais indicadores econômicos, a projeção de instituições financeiras para a inflação oficial subiu de 5,71% para 5,80%. Para 2014, a mediana das expectativas também subiu, de 5,76% para 5,80%. A projeção para a taxa básica de juros, a Selic, usada como instrumento para controlar a inflação, permanece em 8,25% ao ano, ao final de 2013 e de 2014. A pesquisa do BC também traz a mediana das expectativas para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor 68

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que passou de 4,92% para 4,95%, neste ano, e de 5% para 4,95%, em 2014.


geral

Gay poderá casar em cartório O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou uma resolução que obriga os cartórios de todo o país a converterem união estável homoafetiva em casamento civil. Com isso, após a união, os homossexuais poderão solicitar o casamento e os cartórios não poderão rejeitar o pedido, como acontece atualmente em alguns casos. O casamento civil está em discussão no Congresso Nacional. Enquanto isso, casais homossexuais que querem se casar pedem à Justiça o casamento civil, e cabe ao juiz decidir.

Agora, a decisão será administrativa, dentro do próprio cartório. O cartório, embora órgão extrajudicial, é subordinado ao TJ do estado.

geral

38% dos internautas ganham até um salário mínimo Segundo dados de acesso à web produzidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 38% dos brasileiros vivem com renda mensal de até um salário mínimo. As informações constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) referentes ao ano de 2011. No ano, a internet chegou a 46,5% dos brasileiros maiores

Mais de 19 mil são empregados no início do ano Nos primeiros quatro meses do ano mais de 19 mil cidadãos foram inseridos no mercado de trabalho paulista por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs). Esse número representa o crescimento de 24,8% se compararmos com o mesmo período do ano passado. Atualmente, são 247 Postos gerenciados pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) espalhados pelo Estado. No período, as vagas mais ofertadas foram para operador de telemarketing receptivo, faxineiro, trabalhador da manutenção de edificações, vendedor de comércio varejista e alimentador de linha de produção.

de 10 anos (77,7 milhões de pessoas). De acordo com a pesquisa, a inserção na internet aumenta conforme a elevação da escolaridade. Entre os brasileiros que possuem 15 anos ou mais de sala de aula, 90,2% são internautas. Já entre aqueles que frequentaram a escola por 4 a 7 anos, apenas 11,8% acessam a rede.

geral

Governo entrega carros para Polícia Civil e B ombeiros O governador Geraldo Alckmin entregou, em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, novas viaturas para a Polícia Civil e unidades de resgate aos Bombeiros. Para a Polícia Civil são 884 viaturas, entre vans para transportes de presos, veículos descaracterizados e caminhonetes. O investimento é de mais de R$ 59 milhões. A capital rece-

berá 369 viaturas, enquanto a Grande São Paulo será contemplada com 70 e o interior com 445. Já para os Bombeiros foram 50 unidades de resgate para a capital e interior, com equipamentos de última geração, com suporte avançado às vítimas, além de materiais e insumos necessários para o atendimento.

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

69


Arte & Cultura

B auruense traduz livro de importância mundial para a Dança do Ventre

A

convite do Conselho Internacional de Dança (CID) da UNESCO, a professora e bailarina Ká Valentin representou o Brasil no Congresso Internacional de Danças Otomanas, em Instambul, na Turquia. Na oportunidade, Ká Valentin, que pratica e estuda esta arte há 16 anos, pôde aprofundar seus estudos com historiadores, sociólogos, musicólogos e coreógrafos, todos empenhados em pesquisar e resgatar as tradições culturais e artísticas dos povos dominados pelo Império Otomano, entre 1299 e 1922. Em sua bagagem, além da fantástica 70

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

experiência de visitar mais um dos berços da Dança, Ká Valentin trouxe uma missão: traduzir e compartilhar o livro “Orientalist Dance”, escrito pelo presidente do CID, o historiador AlkisRaftis.

Reconhecimento Internacional Não foi por acaso que Karina ganhou este presente das mãos do Presidente do CID. Desde quando começou a estudar a dança, ela participa de festivais, mostras e concursos. Busca também aprimoramento constante por meio de cur-

sos e workshops com mestres de renome nacional e internacional. Além disso, é frequentemente convidada para participar de celebrações de casamentos, aniversários e outros eventos da comunidade árabe, prova do trabalho de qualidade que desenvolve. Organiza também o Festival “Flores do Oriente”, que este ano entra em sua 6ª edição, reunindo bailarinas de todos os níveis de aprendizado num espetáculo que é sempre sucesso de público e de crítica. Em julho de 2008, Karina conquistou a Medalha de Bronze no Campeonato Mundial de Dança do Ventre, realiza-


Conselho Internacional de Dança (CID) da UNESCO

do no Cairo (Egito). Em 2011, foi a única representante do Brasil no Congresso de Danças Otomanas, na Turquia. E em 2012, participou novamente junto com seu grupo de alunas do Festival AhlanwaSahlan, o mais prestigiado do mundo, no Egito. Ká Valentin dirige sua escola em Bauru há sete anos, onde ministra aulas de Dança do Ventre e Folclore Árabe, oferecendo ainda as modalidades Ballet para Adulto Iniciante, Pilates, Estilo Tribal e em breve Sapateado Americano e Dança Espanhola.

Um Oásis de Informação sobre a Dança do Ventre A Dança do Ventre, originalmente conhecida como “RakselShark” ou Dança Oriental Árabe, surgiu milênios atrás. No entanto, poucas praticantes desta arte têm acesso à sua história, suas origens, suas tradições verdadeiras. Principalmente no início do seu aprendizado, a maioria das alunas prefere ater-se às técnicas e coreografias, já que a dança promove uma série de benefícios físicos, emocionais e mentais, tornando a mulher mais feminina, charmosa e confiante. Num segundo momento, na percepção da professora, é necessário buscar informação de qualidade para fundamentar seu crescimento em bases sólidas. No entanto, há pouco material confiável sobre a dança publicado no Brasil.

Karina com o historiador AlkisRaftis

Além da fantástica experiência de visitar mais um dos berços da dança, Ká Valentin trouxe uma missão: traduzir e compartilhar o livro “Orientalist Dance”, escrito pelo presidente do CID, o historiador AlkisRaftis.

Neste sentido, o livro do Raftis é um “oásis” para as estudiosas do assunto, pois procura desmistificar uma série de mal-entendidos vinculados à Dança do Ventre. Também apresenta diversas pinturas, fotos e relatos de viajantes que visitaram os países árabes e relataram suas percepções sobre este universo tão mágico e inspirador para o Ocidente. Percebendo a riqueza do material que tinha em mãos, Ká Valentin sugeriu ao historiador que publicasse sua obra no Brasil. Muito feliz com a proposta, Alkis não só presenteou-a com o livro, como permitiu que a bailarina publicasse o mesmo em português. Karina está empenhada em concluir esta missão da melhor forma possível, e você poderá acompanhar quinzenalmente trechos traduzidos e imagens do livro no blog www.kavalentin.blogspot. com e encantar-se com toda a riqueza que a verdadeira Arte da Dança do Ventre pode proporcionar às suas praticantes, envolvendo-se neste universo de mistério, encanto e beleza.

Fotos Gisele tesser Make e Produção angelita Prado FiGurinos daniela Minotti

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

71


Reminiscências

Resgatando a memória de B auru Reviva os bons momentos da “Cidade sem Limites”

Francisco Roberto (Óptica Vetri) e Bruno em 1986

Lí Gasparini 19 anos - em 1986

Debutantes de 1975 no BTC: Fernanda, Maria, Fabíola, Ana Paula, Roberta, Isabella, Roberta Toledo, Paula Medina, Patricia, Glenda, Claudia, Priscilla, Ruth Previdello com a madrinha Ruth Quaggio ao centro

72

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013


Edições de 1983: maio, abril e julho

Riad Said exibe seu trabalho, em 1986

O empresário Ricardo Coube, em 1991

Moacir Garcia conduz sua filha Silvana ao altar

Alunas da ginástica jazz feminina da ALBB - professora Norma Cordeiro: Maria Augusta, Claudia, Ana Luzia, Clímene e Mariangela em 1979

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

73


RE UNI MOS O M AIS SELETO GRUPO DE COLUNISTAS PAR A TR AZER O MELHOR CONTEÚDO ATÉ VO C Ê, LEITOR!

Dra Naila Heloisa Wanderley B ergamaschi Odontologia Direito

Daniel Alonso Empresas

Nelson

Luciano

Pessoas

Reflexão

Reinaldo Cafeo E conomia

Nelson Gonçalves Variedades

Rafael Allana Karina Vivian Zilio Priscila Fernanda Ivana Sanchez Ciniciato Camarinha Pópolo Nutrição Cucci Almeida Arquitetando Arquitetando Educação Marketing Visão Regional Elas por E la & S aúde

Entrevista

Padre B eto Daniela Daniel Hueb Repensando B em estar

Fernanda Yara Gonfiantini B onini Direito Direito

Zarcillo B arbosa Cotidiano

Paschoalotto Pires

Atualidades

Gastronomia

Universo Jurídico

Dicas de Viagem

Business em foco

Notícias de B auru

Reminiscências

O pinião

Moda

Gente e B alada

Pela Região

Dr. João Gabriele Plástica

Saúde

Decoração

Geral

Consultoria

Pelo B rasil

Pelo Mundo

Sociais Perfil


Beneficência Portuguesa

S emana da enfermagem no Hospital B eneficência Portuguesa de B auru Com o objetivo de proporcionar integração entre os colaboradores, o Hospital Beneficência de Bauru promoveu, nos dias 05 a 16 de maio, a semana de enfermagem. Este ano, a instituição fez uma gincana entre seus colaboradores envolvendo várias provas, entre elas, arrecadação de alimentos, elaboração de composição de uma paródia, apresentação dos grupos através de mímicas, elaboração de frases criativas e decoração das “pias” dos setores (a fim de incentivar a higienização das mãos). Além da competição, os colaboradores assistiram palestras sobre enfermagem, entre elas uma sobre a prevenção da infecção hospitalar proferida pelo médico infectologista Marcelo Pesce. A equipe da enfermagem reunida

Equipe Super Mão Limpa 76

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Equipe comemora sucesso da campanha


Enfermeira chefe Nilde Queiroz com sua equipe

Equipe faz apresentações pelos setores do hospital

Campanha “Higienize suas mãos”

Médico Marcelo Pesce preferindo palestra sobre enfermagem

Disputa de gincana entre os enfermeiros MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

77


daNieLaHUeb

de bem com a vida

U lthera: nova tecnologia para tratar a f lacidez do rosto, pescoço e pálpebras

v

ocê pode – e consegue – adiar os efeitos do tempo em sua pele com cuidados básicos, como usar hidratante todo dia, não se esquecer do filtro solar no rosto, colo, braços e todas as áreas atingidas pelo sol, ter uma alimentação mais regrada, com frutas legumes, pouca fritura e açúcar e dizer não ao cigarro e ao álcool em excesso. o problema é que chega um momento que os sinais da idade vão ficando cada vez mais evidentes. Hoje em dia isso não é mais motivo ficar de cabelo em pé: o Ulthera é um tratamento que deixa sua pele bem mais lisa e sem sinais. Sabe qual o apelido carinhoso que esse tratamento ganhou? Lipo sem cortes. ou seja, faz mágicas!

como ele age?

o nome já é explicativo: Ultherapy é o nome completo porque surgiu nos estados Unidos, em um congresso de dermatologia, de San diego. o nome faz uma junção, em inglês, de ultrassom e terapia e proporciona um rápido lifting facial, é indicado para pacientes com flacidez moderada da pele, do rosto, do pescoço ou da região dos olhos. o Ulthera, como ficou famoso no brasil, atua atravessando a pele, conseguindo chegar até a derme profunda. a grande diferença desse tratamento é que também consegue atingir suas camadas mais profundas, como a fáscia (ou seja, o invólucro) da musculatura facial e, assim, os benefícios são bem maiores.

Sem rugas e sem flacidez

como utiliza o ultrassom focado, o Ulthera, a princípio, visualiza as estruturas mais profundas da pele para depois tratar as 78

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

áreas necessárias. o aparelho lança ondas que aquecem as camadas mais profundas da pele, exatamente as áreas responsáveis pela produção de colágeno que retarda a flacidez e proporciona à pele uma aparência mais lisa e sem marcas. com a ação do tratamento, os tecidos da pele se contraem, produzindo um efeito lifting imediato e que vai melhorando por até três meses após o procedimento, quando um novo colágeno continua a ser produzido.

Quantas sessões?

vale conversar com o seu dermatologista, afinal, cada caso tem suas peculiaridades. o fato é que uma única sessão pode ajudar a levantar as sobrancelhas, reposicionar as maçãs do rosto e definir melhor o ângulo da mandíbula. o Ulthera também dá um ótimo jeito na flacidez do pescoço. moral da história: é uma técnica que trata o rejuvenescimento facial em todos os níveis e camadas, sem a necessidade da cirurgia.

ele substitui mesmo a cirurgia plástica?

Substitui nos casos em que a flacidez e as rugas ainda não atingiram um estágio muito avançado, mesmo assim, o Ulthera melhora bastante esses casos, a diferença é visível. É o tratamento ideal para preencher a lacuna entre os pacientes que ainda não necessitam de um lifting cirúrgico ou não o desejam pelo pós-operatório trabalhoso. isso se deve ao fato de que o procedimento dura, no máximo, 50 minutos e os únicos efeitos colaterais que podem

surgir são uma ardência (leve) seguida de vermelhidão, que some em até um dia depois do ultrassom.

efeito potencializado

Uma dica: converse com seu médico para saber se no seu caso é válido associar o Ulthera com outros tratamentos estéticos, como aplicação de toxina botulínica, laser e luz intensa pulsada. dessa forma, sua pele ganha um ar mais jovem e o tratamento acaba sendo turbinado. Gostou da ideia? então, marque uma visita ao seu médico. o Ulthera chegou há pouco tempo no brasil e ainda não são todas as clínicas dermatológicas que possuem o aparelho. Daniela Hueb é médica nutróloga e dermatologista - Cremesp - 96027


kARINAPóPOLO ELAS POR ELA Acertar no presente é uma Seja sincera: você sabe presentear? Vou fazer duas perguntas para te ajudar a responder a esse dilema. A hora que você vai comprar um presente o que você pensa: em comprar algo para realmente agradar ou no preço? Se você pensou no preço a conversa fica difícil. Mas acredite, não é preciso gastar muito para agradar. Dá para conciliar o bom gosto e economia. O segredo é usar a criatividade e bom senso. Presentes sem troca

Gente por favor, isso é terrível! Conheço pessoas que se dizem chiquérrimas e cometem essa gafe. Dar roupa de marca de promoção não é chique, pelo contrário, é desagradável. Acredita que tem gente que embrulha aquele artigo velho, que nunca usou, mas que está parado há anos no armário e entrega de presente? Sim, existe gente assim. No entanto, isso não significa que você está proibida de dar algo da promoção, ou um artigo que você ganhou e nunca usou, você pode e deve passar para frente, desde que use a sinceridade. Um dia ganhei um presente de uma amiga e ela me disse: - ”Olha, eu comprei isso em um Outlet em Miami, mas acho que você vai gostar, se você não gostar me fale que te dou outra coisa”. Ela foi honesta e sinceridade é a base para o sucesso. A blusa não serviu, mas eu não fiquei com cara de boba em nenhuma loja, tentando trocá-la.

Retribua a altura

Se você sempre ganha presentes mais finos de determinada pessoa, retribua a altura. Só não faça isso se não houver condições financeiras para tal.

O presente Ideal

A escolha do presente ideal nem sempre é tarefa fácil, mas vamos combinar uma coisa: pense em primeiro lugar no estilo da pessoa, na idade, o que ela gosta, e

arte

se coloque no lugar dela. Isso tornará a tarefa um pouco mais fácil. Outra dica que visa facilitar: Procure comprar em lojas que você sabe que a pessoa frequenta. Assim, se ela não gostar, com certeza, vai achar algo para efetuar uma possível troca.

Se o presente for em dinheiro Se for este o caso, a pessoa a ser presenteada deve ser razoavelmente íntima e a quantia razoavelmente generosa. Não entregue o dinheiro em mãos. Procure colocá-lo em um envelope e este, por sua vez, acompanhado de uma lembrancinha. Fica mais simpático. Fazendo o presente: No último Natal ganhei um pano de prato natalino maravilhoso feito por minha cunhada. Um trabalho lindo! Fiquei muito feliz com a lembrança. Este tipo de presente causa uma ótima impressão, mas cuidado! Somente quem tem alguma habilidade manual pode fazer o presente a ser dado para a outra pessoa.

Embalagem

Ah, e você já deve ter escutado o ditado que “a primeira impressão é a que fica” por isso, a embalagem é tudo. Capriche e o efeito será outro para quem recebe.

Homens O sexo masculino é mais difícil de presentear, mas opte pelos básicos: pijamas, livros e DVD’s. Perfumes, eu, particularmente, acho um pouco pessoal, mas se você souber o gosto da pessoa, também vale. Vinhos: uma opção bacana, principalmente se o presenteado for realmente um apreciador e a bebida de muita categoria.

Recebendo um presente Quando você for o presenteado, ao receber qualquer presente, agradeça e abra-o na frente de quem deu. Caso seja uma “surpresa”, você deve agradecer e demonstrar o quanto ficou feliz com aquele carinho. E ainda, se te perguntarem o que gostaria de ganhar, não precisa dizer "nada", "não se preocupe" ou coisa parecida. É preferível que dê uma dica, tipo "adoro sapatos", afinal se a pessoa está perguntando é porque ela quer uma resposta. Seja sincero. Por fim, sempre agradeça o presente recebido. Seja pessoalmente, seja com um cartão pessoal ou telefonema.

Karina Pópolo é jornalista karinapopolo@terra.com.br

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

79


moda

Maxi brincos: tendência internacional Depois de conquistar as passarelas de moda, o maxi brinco ganha força como tendência da próxima temporada e já faz parte dos looks das mulheres brasileiras. o acessório é uma ótima opção para quem quer investir em um look poderoso. a peça complementa e enriquece ainda mais, tanto as produções sofisticadas como as mais básicas. o brinco é sempre sinal de elegância e feminilidade e, na versão maxi, ganha ainda mais destaque nos looks. Use abuse desse acessório que te deixará ainda mais linda.

Tendência nas passarelas nacionais e internacionais, os maxi brincos destacam o formato do rosto e dão um toque especial aos cortes de cabelo, valorizando e complementando a produção

Dicas De anÉis e coLares

anéis: “semi Joia com rodio negro e zircônia. Um arraso!”

Turquia: “as semi joias turcas saíram da televisão e conquistaram os dedos, as orelhas, os pescoços e os braços das brasileiras.”

agradecimentos Gold silver - www.goldsilver.com.br boulevard shopping nações (14) 3233-7410 | rua batista de carvalho, 6-74 (14) 3312-0303 Getúlio Vargas, 8-38 (14) 3879-5639 | bauru shopping (14) 3202-8283 | Jaú shopping, (14) 3416-1858

80

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013


MEU

Pet Apaixonados por Pets

Janaína de Oliveira Carvalho

Rafaela Carvalho

Richard Fabri e Maria Teresa Camara

Tenho uma cachorrinha e o nome dela é Agatha. Ela não tem raça definida e está com dez anos. Precisei viajar para o Mato Grosso do Sul para conhecê-la. Foi em um churrasco quando uma senhora me disse que tinha alguns cachorros para doar, e quando olhei para a Agatha, foi amor a primeira vista. Logo decidi adotá-la. Ela ama dormir o tempo todo, principalmente na minha cama. Ela é especial porque é tudo de bom, só traz alegria e felicidades. Mesmo quando faz arte a gente se diverte.

Meu cachorrinho é lindo e se chama Brendon. Ele está prestes a completar oito anos. Chegou até minha família através de um rapaz que trabalhava comigo, porque a amiga dele tinha soltado o cachorrinho na rua e então, revolvi adotá-lo. Ele é especial por ser super carinhoso e cuidadoso. Ele morre de ciúmes da minha mãe, então a protege demais, sempre está disposto a cuidar e nos dar carinho. Fora isso, serve de terapia para um senhor de idade que sofreu derrame, esse senhor vai passear com ele todo dia. Um faz companhia para o outro. Existe um amor incondicional entre eles.

Eu e minha namorada temos uma cachorra linda chamada Dahra, da raça Bulldog Campeiro de seis meses. Nós queríamos um cachorro e nosso amigo, Eduardo Galiano, nos presenteou com a Dahra. A partir do momento em que adotamos, gostamos tanto das características da raça que passamos a ser criadores. A Dahra é adorável e adora brincar com crianças e em locais de terra para se sujar todinha. Nós não vivemos mais sem ela, porque é companheira, dócil e brincalhona.

Adote um cãozinho

Tome nota

Existem muitas ONG’s que cuidam de animais de estimação e precisam da sua ajuda, como a ONG Pró Amigo Bicho. Para fazer doação ou adotar, entre em contato pelo fone: (14) 8142-9738 e (14) 9712-4592.


NÃO SE PODE DISCUTIR COM NÚMEROS

ANOS

MIL LEITORES com alto poder de consumo

de história

PÁGINAS

por edição mensal

Conteúdo com credibilidade. Circulação em Bauru e 12 cidades da região. LEIA | ANUNCIE | ASSINE (14) 3223-8560

NOSSA REGIÃO

QUATRO ENTREVISTAS ESPECIAIS

EVIs

DEPUTADO PEDRO TOBIAS, RO, VICE-PREFEITA ESTELA ALMAG GA) CHICO DO BORDADO (IACAN E JOÃO CURY (BOTUCATU)

s Tas DO MÊ

bauru prefeito de agudos prefeito de ra da usc

b ente da aci ello, presid b Paulo Martin m, presidente da Oa bie alessandro , advogado criminalista ani Thiago Tez

ANOXXXI

e região A Revista mensal de Bauru

Março de 2013 Edição 347 | R$ 8,00

13 Abril de 20 8,00 nº 348 | R$

OVO JEITO DE TRABALHAR NAS GRANDES CIDADES FAZ SUCESSO NO INTERIOR A IMPORTÂNCIA DO ADVOGADO CRIMINALISTA

AR O NOVO JEITO DE TRABALH NAS GRANDES CIDADES FAZ SUCESSO NO INTERIOR

MODA NOIVAS

MAGNUS NOIVA E FESTA APRESENTA TENDÊNCIAS E NOVIDADES

L ne Tendolo

IãO enagem ia das Mães

ab TIEcO E FIM e de maior vitrin nterior

COMPORTAMENTO

A

BAURU RECEBE VERB PSICÓLOGOS FALAM PARA FEDERAL DE 118,7 MILHõESTO O LUT DO DOR A RE SOB TO AMENTO DO ESGO TRAT OMEn E COMO SUPERÁ-LA O bOM M O DE DO TuRIsM u E bauR BISPO DOM CAETANO ExPõ gócIOs EM nE TA, ALIS JORN O PERFIL COM ExPECTATIVAS PARA O SUAS s CISCO FRAN Da CANTOR E COMPOSITOR DE DO Ia PAPA HIsTóR NELSON GONÇALVES uEnsEs Ruas bauR

A IMPORTÂNCIA DO ADVOGADO CRIMINALISTA

MODA NOIVAS

MAGNUS NOIVA E FESTA APRESENTA TENDÊNCIAS E NOVIDADES


Gastronomia

D elicioso B olinho Tropeiro Ingredientes

Modo de preparo

2 xícaras de chá de arroz cozido 2 colheres de sopa de cheiro verde picado 100g de mussarela ralada 1/2 xícara de chá de farinha de trigo 1/2 xícara de chá de leite 150g costela bovina cozida e desfiada Orégano Óleo para fritar

Numa tigela coloque o arroz, o cheiro verde, a mussarela ralada, o leite, orégano (a gosto) e misture bem. Depois coloque a farinha de trigo e misture novamente até dar "liga" na massa. Encha uma colher de sopa com a massa, recheie com a costela picada e modele. Escolha o formato e coloque os bolinhos um a um na panela, fritando aos poucos com óleo bem quente. Deixe até dourar.

Receita do Bendito Santo Botequim Av. Getúlio Vargas, 23-98 Bauru | (14) 3227-7505 MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

85


Gente

S ollarium completa 10 anos

A Sollarium comemorou seus 10 anos com um coquetel para amigos, fornecedores e clientes

A anfitriã Nagela, Maria Vitória e José Isaac

Karina e Fábio Manfrinato

Riad Said e Claudio Ricci

Luiz Maranhão, Giselle Paulucci Maranhão, Cristina Zaiden e Gilson Longhini

Bernardo Campos, Magaly Moraes e Aurélio Moraes

86

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

fotos: André timex

Priscila Cucci e Renata Buzalaf


Gente

Coquetel de lançamento da Unimed: novo plano de saúde odontológico No dia 7 de maio, no Buffet Márcia&Marô, a Unimed reuniu convidados da Imprensa de Bauru, representantes de algumas grandes empresas clientes da cooperativa na cidade e região para o lançamento da Unimed Odonto. A equipe nacional e regional da Unimed Odonto esteve presente ao lado dos colaboradores da área comercial, da diretoria da Unimed Bauru e do pessoal de Marketing e Assessoria de Imprensa para receber os convidados. A Unimed Bauru já está oferecendo a cobertura dos planos da Unimed Odonto. Agora, as empresas clientes poderão complementar o plano de saúde de seus colaboradores com o tratamento odontológico. A Unimed Odonto é uma operadora gerenciada pela Seguros Unimed e pela Unimed do Brasil. Já são cerca de 5 mil dentistas credenciados em todo o País. Só em Bauru há mais de 50 profissionais aptos a atender pela Unimed Odonto.

Marina Tozzi, Jorge Oliveira, Fernanda Almeida, da Unimed Odonto, com o médico e diretor da Unimed Orlando Costa Dias

Jorge Oliveira, superintendente nacional de negócios e relacionamento, com o diretor da Unimed

Márcia Palhacci, coordenadora de Marketing da Unimed, e Carlos Cordeiro, da Revista Atenção

Oderlei Pereira Sanches, do Comercial da Unimed, ao lado de Fernanda Almeida e André Veríssimo, da Unimed Odonto

88

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013


Ajax Rabelo Machado, Enidélcio de Jesus Sartori, Orlando Costa Dias, Carlos Cordeiro, Roberson Antequera Moron, Emerson Luiz Cardia de Campos, João Luiz Barbante Trentini, durante o lançamento da Unimed Odonto

Unimed comemora Dia da E nfermagem com jantar Os enfermeiros, técnicos e auxiliares da Unimed Bauru comemoraram o Dia Internacional da Enfermagem com um jantar especial no Buffet Márcia&Marô. Celebrada em 12 de maio, a data é especial e todo ano é lembrada pelas diretorias do Hospital Unimed Bauru e da cooperativa médica.

O casal Elaine e Orlando Costa Dias

Érika Dios, Fábio Delboni, Márcia Palhacci e Guilherme Parada do Marketing Unimed

Inês Galvão ganhou iPad em sorteio no prêmio da Unimed. Na foto ao lado do médico Roberson Moron, Ajax Machado e Ediana Melchiades

A comemoração do Dia da Enfermagem do Hospital Unimed

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

89


Gente

Solidariedade em Pederneiras O Fundo Social de Solidariedade de Pederneiras realizou com sucesso no dia 4 de maio, no Clube Alvorada, o Jantar Dançante Beneficente em comemoração aos 122 anos de emancipação político-administrativa do município. Mais de 500 convidados curtiram o show da Banda Santa Esmeralda, entre eles o Ministro de Estado do Esporte Aldo Rebelo, o Deputado Federal Nilton Lima, o prefeito de Boracéia Marcos Bilancieri, o prefeito de Macatuba Tarcizio, a ex-prefeita de Pederneiras Ivana Maria Bertolini Camarinha e outras autoridades da nossa região.

Daniel Camargo, presidente do fundo social Letícia Camargo, Ricardo Alvarez, Eliseo Neto, Dirley Alvarez e Cynthia Alvarez

Daniel Camargo, Ricardo Camargo e Sidelmar

Vice-prefeito de Boracéia Valdir de Souza, Prefeito de Macatuba Tarcisio, Ivana Camarinha, Prefeito de Boracéia Marcos Bilancieri, Daniel Camargo e Juarez Solana

Fabiana Vieira, Ana Paula, Angelica Matielo, Talita Garnica, Denise Barbosa, Tereza Pinoti e Juliana Terrel 90

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013

Aldo Rebelo, Daniel Camargo, Ivana Camarinha e Juarez Solana

Sebastião Gimenes, Lucia Gimenes, Daniel Camargo, Gleice Dario e Ricardo Canelada


O sucesso da UATI/USC Fashion Day A Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI) da Universidade Sagrado Coração (USC) realizou a 5ª edição do “UATI/USC Fashion Day”, um evento de moda, dança e arte que, trouxe como tema as “Pin Ups”, mulheres modelos que encantaram os filmes clássicos do cinema, como Marilyn Monroe e Rita Hayworth. O evento teve apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Bauru, Natura, Prumo Tur, Casarão Antiguidades, Sebastião e Luzia Cabeleireiros e parceria com os cursos de Design de Moda, Publicidade e Propaganda, Artes Cênicas e Relações Públicas da USC. A idealização foi de Cris Lopes com apresentação do produtor de moda Miguel Daré e figurino de Lenita Cardoso.

Irmã Jucélia Melo (pró-reitora de extensão e ação comunitária), Gislaine Aude Fantini (coordenadora da UATI/USC), Rosa Assis (aluna da UATI) e Irmã Susana de Jesus Fadel (reitora)

Inês Santos, Mariuza, Neuza Toloi, Ana Ulian, Layne, Cris lopes, Maria Genoveva, Cleonice, Nilza Ferrão e Nilda Agnelli, as “Pin Ups” da UATI/USC

Benedito Ferrão (Mister Melhor Idade 2012), Maria Genoveva (Miss Melhor Idade 2012) Amilton Teixeira (Mister Simpatia 2012)

Os alunos José Marques e Isabel Medina durante o desfileda UATI/USC MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

91


Gente

Momentos especiais

A empresária de moda Mayra Ansanello

Carla Rodrigues, Malu Pereira e Simone Godoy brindam com Márcia Gueller um ano do salão

Ricardo Mesquita e Claudia Maia, felizes com o primeiro aniversário de sua filha Leandra Maia Mesquita

Aniversário de cinco anos da Maria Júlia, filha da Gilka e do Beto

Mãe Ana Carolina da Silva Vecchi Svícero e o filho Pedro, que completará um ano no dia 1º de junho

Daniele França e Alexandre Monchelato

92

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013


Coquetel especial para as mães na Giovana Ribeiro vinicius fernandes

A loja Giovana Ribeiro realizou coquetel especial para comemorar o Dia das Mães. No evento, além dos quitutes e drinks, foi apresentado as novas coleções de roupas, sapatos, bolsas e acessórios da marca Lança Perfume.

Izabela Costa, Camila Duarte de Araújo, Regina, Geovania Ribeiro, Maria Izabel e Marcia Carvalho

Marjorie Zequi Fernandes

Geovania Ribeiro, Maria Estela e Maria Izabel MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

93


VB News B auru: sem limites para fazer acontecer

Daniel e Daniele Disposti

Celinha Mendes e Luiz Carlos da Silva Mendes

Heloisa e Alfredo Pontes

Luceli Toledo Martins de Paula Campos e Ari

Carlinhos e esposa

Eduardo Pegoraro e Virgínia

Parceiros se uniram em prol do próximo casamento coletivo em Bauru no Buffet Mantovani: Fátima Caetano Ferraz e Edwaldo Lopes Ferraz Wagner Fabio, Darlene Tendolo, Marcio Mendes, Ricardo (96FM) e Fernando Mantovani 94

REVISTA ATENÇÃO

MAIO DE 2013


www.facebook.com/VBNEWSBAURU

B auru ganha novo “Sampa” Sampa 27-28 é um Bar-Balada idealizado por João Cabreira.

Rodrigo Brustolin e Markinho da Diversidade

A empresária de moda Francine Obeid

Ana Beatriz, Carlinhos Cordeiro, João Cabreira e Vinicius Fernandes

Marcelo, chefe de gabinete do prefeito de Bauru, marcou presença

Rose Cabreira, feliz e com nova profissão: corretora de imóveis

A colunista com o empresário da noite João Cabreira e seu filho Adnan

MAIO DE 2013

REVISTA ATENÇÃO

95


Edição de maio 349  

Edição especial do aniversário da cidade que se destaca como força política na região e muito conteúdo: marketing, relacionamento, a polêmic...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you