Page 1

EDIÇÃO BODAS DE PRATA

DIÁRIO MINDELACT RADIM VIZVARY OS SATYRUS CHICO DIAZ a par e passo, o evento dos afetos

03


O FILHO DA MÃE Chico Diaz

Saber de LULA LIVRE! NADA MAIS IMPORTANTE! Eu sou filho do chão dos homens nus. Das mulheres sem pompa ou excelência Eu nasci ao vigor da resistência Numa casa de taipa, à meia luz

Eu vinguei num Brasil que não seduz Vitimado na mão da inconsequência Que sustenta o que é pela essência De Marias, Josefas e Lindus Percorrendo os grotões desses Brasis A lembrança da minha mãe me diz Para eu nunca esquecer qual é o meu Liderando nas dores e alegrias Afagando o Brasil todos os dias Com os beijos que a minha mãe me deu. Do POETA Antonio Marinho, pra LUÍ DE LINDU


Em uma coletiva Levanto a camisa do Lula livre e ofereço ao Joao Branco ...reconhecimento pela 25 edição. Afirmo que o evento é fundamental para a saúde deste mundo e o que importa nestes tempos ...é o fazer artesanal ...sobre a imperiosa necessidade do fazer artesanal .

O mistério e a riqueza das pequenas coisas... A mão do artesão O barro, O barco, a Madeira, o cais, a pessoa, o mundo Há o que se moldar...no ar ,tesão. O Horizonte é um risco, Lá longe uma Linha. Curiosamente o espetáculo de hoje com Ivan Cabral repete de certa forma o “Achadiço” do Nuno Cardoso ,pela estrutura e atmosfera documental e confessional.


solos A palavra precisa de gente para existir; o ator precisa de paisagens para existir. Agora, nestes dias de silêncio, a paisagem é própria ,autobiográfica. “Uma Narrativa do triunfo”, ”evidências de um eu melhor“ ...auto observação. Forjando significados em novas narrativas e novas identidades... como se fosse primordial apoderar-se da primeira pessoa, o EU COMO LUGAR DE FALA... umbigada? Uma questão: fazer da alma e da própria alma o barro a ser trabalhado pelo artesão. Como se a história pessoal e a procura desse entendimento ou aceitação, levasse à poesia e consequentemente a um significado. A questão íntima, a trajetória, a vida ávida contada com superações e seus tropeços como forma imperiosa de ver a vida. Me Pergunto se o recorte individual alimentará o coletivo. a cura vira desse lugar? Da recepção atende Wilker, como assim? Homenagem ao ator brasileiro, A Morna é patrimônio mundial. O mindelact também. Aqui o povo gosta de música. Aqui o povo gosta de gente. Chico Diaz


HOMENAGEM BODAS DE PRATA FOTÓGRAFO - JOÃO BARBOSA

Profile for Associação Mindelact

Diário Mindelact Nº03 2019  

Para acompanhar a par e passo tudo sobre a edição Bodas de Prata do festival Mindelact.

Diário Mindelact Nº03 2019  

Para acompanhar a par e passo tudo sobre a edição Bodas de Prata do festival Mindelact.

Advertisement