Page 1

RELEASE

Arte em Cores leva experiência de arte urbana a municípios do Pará e Maranhão A partir do dia 16 de setembro, artistas de 15 municípios do Pará e do Maranhão poderão se inscrever no edital do projeto Arte em Cores, que vai distribuir R$ 75 mil em prêmios para os 50 artistas selecionados, oferecer oficinas online de arte urbana e selecionar e acompanhar projetos de criação de obras artísticas durante a pandemia. Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura e Patrocinado pela Vale, o Arte em Cores também promoverá a produção de dois grandes painéis em eventos culturais nos municípios de Marabá (PA) e Açailândia (MA), ao fim das restrições sanitárias decorrentes da COVID-19. O edital alcançará os municípios maranhenses de Arari, Vitória do Mearim, Igarapé do Meio, Santa Inês, Pindaré-Mirim, Alto Alegre do Pindaré, Açailândia e São Pedro da Água Branca; no Pará, Bom Jesus do Tocantins, Marabá, Curionópolis, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Ourilândia do Norte e Tucumã. Poderão participar da seleção os artistas residentes nestes municípios, com idade mínima de 18 anos e experiência em artes plásticas, pintura, desenho, arte urbana ou expressões afins. “Investir em projetos que contribuam para a sustentabilidade da cultura popular regional é fundamental, principalmente neste momento tão desafiador para o setor. Acreditamos no poder transformador da Cultura e por isso a Vale investe há mais de 20 anos no patrimônio cultural brasileiro”, destaca Christiana Saldanha, gerente de Patrocínios da Vale. O edital do Arte em Cores se desenvolverá em três etapas. No ato da inscrição, os artistas deverão apresentar fotos de obras já produzidas. Os cinquenta artistas selecionados por um júri especializado terão a oportunidade de participar de uma oficina à distância sobre referências estéticas, técnicas e suportes de arte urbana. Na segunda etapa, os artistas deverão apresentar um esboço da obra a ser desenvolvida. A organização do projeto enviará para a residência dos selecionados um kit para a produção das obras, composto de sprays e latas de tinta, pincéis, pigmentos, um painel de MDF de 0,90x1,85m e outros equipamentos de trabalho e proteção. Os artistas terão 15 dias para elaborar os painéis, que serão recolhidos pela equipe do Arte em Cores após o final do prazo de produção. Cada artista receberá prêmio no valor de R$ 1 mil pela obra concluída e entregue. Na terceira e última etapa, dez trabalhos serão selecionados pelo júri. Os autores contemplados participarão de uma oficina prática de 32 horas sobre conceitos e técnicas de arte urbana. Em data a ser definida, o Arte em Cores promoverá dois eventos culturais de encerramento do projeto, abertos à população, em Marabá e Açailândia. Nas duas cidades, os 10 artistas selecionados nesta etapa participarão da criação coletiva de arte urbana em um grande painel e receberão a premiação final de R$ 2,5 mil.


Sobre o Arte em Cores

O projeto Arte em Cores tem como carro-chefe a arte urbana, de cunho popular, produzida intencionalmente para interferir em espaços externos da cidade, sobre o mobiliário urbano. A arte urbana reúne diversas expressões artísticas difundidas nas ruas, como graffiti, estêncil, colagem, entre outras. Seus múltiplos efeitos podem transformar a vida de pessoas e de comunidades inteiras, redesenhar o semblante das cidades, desenvolver habilidades e talentos e promover a inclusão social.

Adaptado para o período de distanciamento social, o projeto Arte em Cores é realizado pela Vivas Cultura e Esporte, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com o patrocínio da Vale por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e parceria do Centro Cultural Tatajuba.


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.