Page 1

Hotel

arq. LINA BO BARDI

Unique | arq . Ruy

Ohtake

São Pau

Roma - Itália |

lo - SP

| 200

1914-1992

2

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA ARQLAB (v.1,1)

Material necessário

Instruções de impressão

- Impressora colorida Inkjet ou Laser e 15 folhas A4 de papel sulfite 75 g/m². - Cola bastão ou spray. - Tesouras ou estilete. - Um pouco de tempo livre - aproximadamente 1 a 2 horas.

- As cartas estão em escala 1:1 e devem ser impressas no modo TAMANHO REAL (actual size) em papéis A4 (210 x 297 mm), por isso não ajuste o arquivo às margens da impressão. - Inserimos uma linha de 10 cm na primeira página, que deve ser utilizada para conferir a escala da impressão.

linha - 10cm

cola

ARQLAB apresenta:

BARALHO DA

ARQUITETURA BRASILEIRA

cola

cola

cola

p. 1


p. 2

Edifício Altino Arantes (Banespão) | arq. Plínio Botelho do Amaral

PODER ECONÔMICO

São Paulo - SP | 1947

Conjunto Nacional | arq. David Libeskind

Edifício Martinelli | arq. Vilmos (William) Fillinger

São Paulo - SP | 1956

São Paulo - SP | 1934

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 3

Sede da Indústria Têxtil Hering | arq. Hans Broos

Hotel Tropical Tambaú | arq. Sérgio Bernardes

Blumenau - SC | 1975

Edifício IBM Tutóia | Croce, Aflalo e Gasperini Arquitetos Associados

João Pessoa - PB | 1970

Edifício Acal | arq. Pedro Paulo de Melo Saraiva

São Paulo - SP | 1977

São Paulo - SP | 1974

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 4

arq. RUY OHTAKE

Hotel Unique | arq. Ruy Ohtake

São Paulo - SP | 2002

São Paulo - SP | 1938

empresário JOÃO ARTACHO JURADO

Edifício BOX 298 | Andrade Morettin Arquitetos Associados

São Paulo - SP | 2009

São Paulo - SP | 1907-1983

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 5

Plano Piloto de Brasília | arq. Lúcio Costa

arq. GIAN CARLO GASPERINI

Brasília - DF | 1957

Palácio do Supremo Tribunal Federal | arq. Oscar Niemeyer

Castellammare - Itália | 1926

PODER ESTATAL

Brasília - DF | 1958

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 6

Palácio Nereu Ramos (Congresso Nacional) | arq. Oscar Niemeyer

Brasília - DF | 1960

Palácio Tomé de Sousa | arq. João Filgueiras Lima

Paço Municipal e Centro Cívico | arq. Rino Levi

Salvador - BA | 1986

Santo André - SP | 1965

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 7

Conj. Habitacional Heliópolis Gleba G | Biselli + Katchborian Arquitetos

Hospital Sarah Lago Norte | arq. João Filgueiras Lima

São Paulo - SP | 2015

arq. JOÃO FILGUEIRAS LIMA (LELÉ)

Brasília - DF | 2003

Palácio Tiradentes | arq. Oscar Niemeyer

Belo Horizonte - MG | 2010

Rio de Janeiro - RJ | 1932-2014

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 8

arq. OSCAR NIEMEYER

Igreja Nossa Senhora do Rosรกrio dos Homens Pretos | s/ autoria

arq. LรšCIO COSTA

PODER CULTURAL

Rio de Janeiro - RJ | 1902-1998

Ouro Preto - MG | 1762-1823

Rio de Janeiro - RJ | 1907-2012

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 9

Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro | eng. Francisco de Sousa Aguiar

Santuário do Bom Jesus de Matosinhos | Aleijadinho

Rio de Janeiro - RJ | 1910

Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã) | arq. Miguel Feldman e equipe

Congonhas - MG | 1757-1875

Escola Normal Caetano de Campos | Escritório Ramos de Azevedo

Rio de Janeiro - RJ | 1950

São Paulo - SP | 1894

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 10

Teatro do Paiol | arq. Abrão Assad

Igreja São Bonifácio | arq. Hans Broos

Curitiba - PR | 1972

Museu da Mineralogia | arq. Éolo Maia e arq. Sylvio de Podestá

São Paulo - SP | 1965

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP | arq. João Vilanova Artigas

Belo Horizonte - MG | 1992

São Paulo - SP | 1969

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 11

arq. JOÃO BATISTA VILANOVA ARTIGAS

arq. FRANCISCO DE PAULA RAMOS DE AZEVEDO

Curitiba - PR | 1915-1985

Campinas - SP | 1851-1928

eng/arq. LUIS SAIA

PODER GREGÁRIO

São Carols - SP | 1911-1975

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 12

Edifício Copan| arq. Oscar Niemeyer e arq. Carlos Lemos

Casa de Vidro | arq. Lina Bo Bardi

São Paulo - SP | 1966

Calçadão de Copacabana| Roberto Burle Marx

São Paulo - SP | 1951

Edifício Viadutos | João Artacho Jurado

Rio de Janeiro - RJ | 1970

São Paulo - SP | 1956

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 13

Centro Cultural São Paulo| arq. Eurico Prado Lopes e arq. Luiz Telles

Estação Rodoviária de Jaú| arq. João Batista Vilanova Artigas

Jaú - SP | 1973

São Paulo - SP | 1982

Pinacoteca do Estado de São Paulo| arq. Paulo Mendes da Rocha

SESC Pompéia| arq. Lina Bo Bardi

São Paulo - SP | 1998

São Paulo - SP | 1982

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


p. 14

paisagista ROBERTO BURLE MARX

Praça Victor Civita | Levisky Arquitetos Associados Anna Dietzsch

São Paulo - SP | 2007

São Paulo - SP | 1909-1994

arq. LINA BO BARDI

arq. PAULO MENDES DA ROCHA

Roma - Itália | 1914-1992

Vitória - ES | 1928

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)


O BARALHO

7 ,9 ,8 ,6 3 8 , 4 , 5 , 7 , coringa 6 6 , 10 , 8 , 4 , 10 3 4 , 10 , 9 , 3 6 9 5 ,7 2 2 5 5 , 9 , 10 4 7 Js, Qs, Ks, As, coringa selo verso 2 ,3 ,2 ,8

São Paulo - 2017

Coordenação do projeto: Prof. Dr. Ricardo Luis Silva (ARQLAB - Senac)

Vetorização e produção: Bárbara Bravo, Henrique Reis e Ricardo Silva

Ilustrações das obras: Aline Lie Kazihara Amanda Miyazaki Bárbara Bravo Carolina Markowski Filipe Fiaschi Gabriela Bitencourt Henrique Reis Hugo Martins Johnlívio Medeiros Juliana Ketendjian Letícia Pestana Liliane Teixeira Lucas Paganini Natalice Nunes Priscila Soares Rafael Zaia Ricardo Silva Valéria Fialho Vanessa Araújo

CRÉDITOS

verso: Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida arq. Oscar Niemeyer | Brasília - DF | 1970

Equipe ARQLAB.

A bagagem e o repertório arquitetônicos são ferramentas fundamentais para qualquer arquiteto. Parte da qualidade arquitetônica de suas propostas está vinculada diretamente ao tamanho do seu repertório transformado em uma “coleção de obras”. Essa coleção está em constante transformação e ampliação. Todo espaço visitado, vivenciado, experimentado é incorporado na coleção. Esse processo é diário, está no cotidiano do arquiteto. Entendendo essa dinâmica, um grupo de estudantes se reuniu no ARQLAB-SENAC, sob a coordenação de um professor, para explorar a possibilidade de amplificar a manipulação e acesso à obras importantes da arquitetura brasileira: transformar essas arquiteturas em cartas de um jogo de baralho. Foram dezenas de reuniões; centenas de obras listadas e estudadas; milhares de argumentos apresentados para a seleção das 38 obras que, finalmente, se converteram em ilustrações das cartas do baralho. As obras foram agrupadas nos 4 naipes de acordo com sua relação com os “poderes” envolvidos: Ouros se transforma em “Poder Econômico”; Espadas se transforma em “Poder Estatal”; Copas se torna o “Poder Cultural”; e Paus em “Poder Gregário”. As obras foram distribuídas cronologicamente em cada naipe, da mais antiga à mais recente. Como ilustração para figurar na “trinca real” foram escolhidos três arquitetos que se envolveram com cada um dos “poderes”, entendendo que o “Valete” é o arquiteto mais audacioso, a “Dama” é o arquiteto mais estratégico e o “Rei” o mais respeitado. Crie jogos, associe suas cartas de diferentes formas, reorganize-as, construa castelos de cartas...

BARALHO DA ARQUITETURA BRASILEIRA | ARQLAB (v.1,0)

p. 15

Profile for ARQLAB SENAC

Baralho ARQLAB  

Kit do Baralho ARQLAB de Arquitetura Brasileira. Imprima, corte, monte e jogue. A bagagem e o repertório arquitetônicos são ferramentas fun...

Baralho ARQLAB  

Kit do Baralho ARQLAB de Arquitetura Brasileira. Imprima, corte, monte e jogue. A bagagem e o repertório arquitetônicos são ferramentas fun...

Advertisement