Page 1

Magazine Cultural Escola Secundรกria Infanta Dona Maria nยบ10. Set-Out 2011

ArtistasEscondidos


PALAVRA

S

Uma Cidade Surpreendente Há uns anos atrás andava eu a viajar pelo mundo! Visitei cidades e mais cidades e todas elas me encantaram, cada uma à sua maneira. De Buenos Aires o tango, de Veneza o romantismo, de Nova York

a

agitação

mas

houve

uma

cidade

que

me

encantou

particularmente, uma cidade deveras mágica e surpreendente… Peço desculpa, ainda não me apresentei. Sou a Leonor e decidi fazer uma viagem pelo mundo! Tudo começou quando, ao terminar o curso de fotografia, não arranjei

emprego.

Como

nunca

fui

pessoa

de

baixar

os

braços, decidi durante um ano fazer uma viagem pelo mundo sem data de fim à vista. Pude assim aliar a fotografia à descoberta de várias cidades.

Só eu e a

minha máquina

fotográfica. Mal sabia o que me esperava… Passeei por várias cidades e todas elas me fascinaram mas uma seduziu-me particularmente. Era uma cidade pequena que me tinha sido descrita por uma amiga e que decidi visitar. Chegara-me aos ouvidos uma história que dizia existir uma profecia nessa cidade. Sempre que havia um eclipse a cidade transformava-se por completo. Atraída

por

aconteceria,

essa decidi

profecia rumar

e até

querendo lá

pois

perceber no

dia

o

que

seguinte

estava previsto um eclipse naquela zona. De malas às costas e máquina fotográfica ao pescoço cheguei pronta a desvendar os segredos que ela escondia. A cidade estava rodeada por altas muralhas e para entrar os viajantes tinham de passar num grande portão antigo em ferro, seguramente do tempo dos reis.


Era decididamente uma cidade antiga, mas à primeira vista uma cidade bastante normal. Mal cheguei comecei logo a tirar fotos para o meu álbum. Como estava

muito cansada da viagem,

só me queria

ver

instalada rapidamente no hotel, por isso chamei um táxi. Quando este chegou reparei logo no motorista, era um homem bonito, jovem, um ou dois anos mais novo que eu, musculado e com um cabelo que parecia ser bastante sedoso. Absorvida nestes pensamentos cheguei ao hotel. Despedi-me do simpático taxista. Instalei-me no meu quarto e adormeci. O dia seguinte prometia! Fora anunciado na rádio que por volta

das

quatro

horas

da

tarde

aconteceria

o

eclipse

total. Que longo sono

havia tido… Acordei por volta

das três

horas, preparei-me e saí do hotel com vista a documentar a profecia. Às quatro horas em ponto teve início o famoso eclipse. Deu-se apenas conta de um segundo de escuridão e depois tudo ficou iluminado por milhares de tochas. Não queria acreditar no que estava a acontecer… Mudou

tudo

revolução.

por O

completo, que

eu

parecia

vi

era

ter algo

acontecido

uma

verdadeiramente

indescritível. Num momento estava tudo normal e quando o eclipse começou tudo mudou. A cidade recuou

uns anos, na

verdade, recuou

uns

bons

séculos no tempo! Parecia que estávamos na época dos reis! Entretanto, bem no meio de todo o meu espanto, rufaram uns tambores e foi anunciada a entrada de um rei e da sua rainha! Tínhamos mesmo recuado no tempo. As pessoas apresentavam trajes maravilhosos e em vez de eu estar sentada numa mesa a almoçar, como antes do eclipse, estava num banquete repleto de comida, de bobos da corte, de um rei e de uma rainha, de princesas e príncipes, duques e duquesas, barões e baronesas, todos juntos num baile em que eu fui convidada especial!


Havia no recinto em volta lutas realizadas a cavalo, feiras de trocas de comida e afins. O taxista, o tal jovem do cabelo sedoso, era ali um verdadeiro príncipe! Sim, um príncipe!

O

meu

cérebro

estava

assoberbado

com

tanta

informação, e eu estava maravilhada. Como poderia algo assim estar-me a acontecer? Aquilo era inexplicável! Mas, subitamente, as tochas apagaram-se, o eclipse passou, e tudo mudou novamente. Eu encontrava-me no mesmo lugar onde tinha estado antes do eclipse ter começado! Não

queria

acreditar.

Perante

tanta

incredulidade

a

empregada do restaurante veio perguntar-me se eu estava bem. Só nessa altura pude confirmar que tudo tinha voltado ao mesmo de sempre. Nem pude documentar o que tinha visto, apenas pude guardar as imagens na minha cabeça. No dia seguinte viajei para outra cidade mas a surpresa do dia

anterior

ainda

morava

em

mim,

e

até

hoje

não

me

abandonou. Esta viagem mudou a minha vida! Mal cheguei a Portugal quiseram publicar as fotografias da minha volta ao mundo. Nesse

livro

contei

todas

as

minhas

experiências

com

excepção do sucedido naquela cidade misteriosa. Por vezes ainda

penso

se

não

seriam

maluquices

da

minha

cabeça.

Passei também a ser contratada por várias revistas e hoje já tenho uma carreira e uma vida estável. Mas permanecerá para sempre guardado em mim esse grande mistério. A pequena cidade do inexplicável eclipse solar que me surpreendeu de todas as maneiras imagináveis.

Rita Fonseca 9ºC Nº 26


Educação Visual

7ºano Projectos dos Jovens artistas


JOSÉ PIRES nº15 – 7ºB


Mariana ânge lo nº17 – 7ºC

Duarte Mendes nº10 – 7ºB


Duarte Mendes nº10 – 7ºB


Catarina Sá nº6 – 7ºB


Ana Baptista nº11 – 7ºB


desenho

Rita Machado nº27 – 7ºB

Maria Oliveira nº18 – 7ºB


EXPOSIÇÃO 8ºA Pinturas – 2010/2011

Duarte Castro nº9 – 9ºA


Inês Antunes nº17 – 9ºA


João Martins nº19 – 9ºA

Sara Ramos nº27 – 9ºA


Daniela Metelo nº8 – 9ºA


Beatriz Fernandes nº5 – 9ºA


Sofia Dias nº28 – 9ºA

Joana Maia nº18 – 9ºA

Patrícia Ribeiro nº25 – 9ºA


Teatro Novos talentos 7ยบano


IN ENGLISH

GAP COMPOSITION Plurilingualism means knowing how to speak, fluently, various languages besides your own. In general, speaking more than one language is important because it allows you to communicate with lots of different people making the world a bigger place for you. As a consequence, in 2001 the European Day of Languages was created to remember everyone of how important other languages are while creating cultural bridges between nations. If you learn other people’s language, you will be able to communicate efficiently with them and to learn more about them and their culture. In my opinion, learning English is very useful, mainly for two reasons: it is the most spoken idiom in the world as well as it might be very useful in the future (for example, while travelling or seeking a job abroad).

Mariana Pascoal- 10Âş C


Plurilingualism means having the ability of speaking different languages, besides our own.

Speaking more than one language is important because it enables us to communicate with everyone from any place of the world so, it opens up many opportunities and benefits in our professional and personal life.

In 2001 the European Day of Languages was created to promote plurilingualism by encouraging European citizens to learn more languages.

If you learn other people’s language, you will be able to communicate with them and get to know more about their culture and habits. We also get the chance of making news friends from abroad.

Learning English is very useful, mainly for two reasons: the first one is that as the world is getting globalised due to all these new ways of communicate, English is becoming more and more popular since it is the language that people use the most. As a consequence of that, when you are applying for a job (for example) you will get much more chances of being selected if you speak English.

Ana Carolina Carvalheira

10Âş C


A preto e Branco

Coimbra Jo達o Santos


Barcelona

Madrid

Viena

La Rochelle


Professor Jo達o Santos

g o s t a r d e

art.

ost art.

G


Halloween 7ยบanos A - B


TENHAM MUITO m E d o o o o


ILUSTRAÇÃO O fascínio da cor 7ºC

Mariana Ângelo nº17 – 7ºC


Maria Soares nº16 – 7ºC

Maria Carvalho nº15 – 7ºC

Miguel Duarte nº20 – 7ºC

Raquel Marques nº21 – 7ºC


O fascínio da cor 7ºB

Trabalhos de : Marta Costa; Ana Folques; Duarte Mendes; Maria João Santos; Luísa Amado


Mª. Leonor Oliveira nº18 7ºB

Rita Machado nº27 – 7ºB


Design Gráfico estampagem Em T-Shirt 9ºano Turma A Estudos Leonor Silva

Joana Maia

Francisco Amado

Patrícia Ribeiro


Última página "As cores da Crise..

São diferentes das cores da CRIATIVIDADE, São diferentes das cores da LIBERDADE São diferentes das cores da VONTADE

Os nossos JOVENS Serão sempre capazes de CRIAR de VOAR de DESEJAR

E o nosso ARMAZÉM terá sempre cores a condizer

capa : Foto de João Martins 9ºA

ARMAZÉM Nº10  

Magazine Cultural

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you