Conhecendo a verdade

Page 1

CONHECENDO AVERDADE...

Rio de Janeiro, 2012 1ª Edição

Gilberto Cesar


CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ C414c Cesar, Gilberto Conhecendo a verdade... / Gilberto Cesar. - 1.ed. - Rio de Janeiro : AR Editora, 2012. 68 p. : 21 cm ISBN 978-85-65873-11-6 1. Deus 2. Bíblia - Estudo e ensino. I. Título. 12-8504.

CDD: 220.6 CDU: 27-276

21.11.12 26.11.12

040862

O conteúdo deste livro é de inteira responsabilidade do seu autor.

Ar Editora www.areditora.com.br contato@areditora.com.br


João 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.



Sumário 1

Acomodados em algum lugar. 13

2

Um grande sinal. 18

3

Os mistérios.

4

Por detrás de um palco. 22

5

O tempo não para. 24

6

Ainda há tempo.

7

Existe outro mundo.

30

8

Os seres espirituais.

33

9

Quando a morte bater em tua casa.

10

A vida de hoje.

11

Por que você nasceu.

12

Ingratidão da humanidade.

13

O que é o pecado hoje?

14

Um dia.

15

A chave pra vencer o pecado.

16

Engano do Diabo. 60

17

A verdade e nada mais.

18

O desafio.

20

27

39 42 45

48

52

66

63

55

36



Gilberto César

Agradecimentos Primeiramente agradeço a Deus, por permitir e confiar a mim esta revelação em forma de livro. Ao Espírito Santo, pela inspiração das palavras no meu coração, pela paciência e esperança que me deu até aqui. A minha amada esposa, a Missionária Adriana, pelo apoio, orações e intercessões em meu favor. Às minhas filhas Naiara e Nádila, pela agraciada bênção que o Senhor Nosso Deus nos concedeu. À AR EDITORA, canal de bênção para publicar o livro.

7



Gilberto César

Prefácio O esposo e pastor Gilberto César tem um grande e lindo testemunho de um ato voluntário e espontâneo: quando se converteu ao Senhor Jesus. Foi no dia 24 de abril de 1992, no dia do nascimento de nossa primeira filha. É um esposo e obreiro, um homem muito dedicado, fiel, amoroso e trabalhador. Fez Teologia na ETAD, curso concluído no ano de 2003. Profissionalmente é Gerente de Recursos Humanos. Sempre fazendo a obra de Deus, já foi secretário, tesoureiro e professor de escola bíblica. Desde 1996 começou a dirigir congregações. Atualmente é pastor de igreja na cidade de Jaboticabal/SP. Apesar de ter passado por muitas lutas e provas, é persistente e tem muita fé, por isso é um vencedor. Deus o usa muito na pregação da Palavra; já leu a Bíblia várias vezes e constantemente faz estudos Bíblicos. Também leu vários livros, sempre de literatura evangélica. Tem muita sabedoria, pois sabe discernir e separar as coisas que são de Deus das que não são. Gosta muito de escrever seus esboços de pregação. No ano de 1999, começou a escrever o livro: já era seu sonho. 9


Conhecendo a Verdade...

Sempre comentava comigo sobre o que escrevia e pedia para eu ler; na época, escrevia tudo em rascunhos por não ter computador. Depois de seis anos, digitou tudo no computador, e continuava a escrever. Foi quando por um motivo de força maior, no ano de 2008, perdeu tudo o que havia escrito até aquele momento, mas, como ele mesmo diz no livro, quando nós passamos por algo vivido e presenciado, aquilo fica guardado e gravado na mente e no coração. Foi assim que aconteceu: tudo o que ele havia escrito ficou guardado na sua mente e no seu coração, e começou a escrever novamente, só que com muito mais detalhes, detalhes preciosos, detalhes que fazem a diferença. Depois de muita persistência, finalmente, no ano de 2012, terminou. Aleluia! Glória a Deus! Um livro que realmente fala no fundo de nossos corações.

Sua esposa, Missionária Adriana Silvestre César.

10


Gilberto César

Introdução Para que você conheça a verdade, sem que haja dúvidas ou qualquer outra influência contrária, aconselho que, primeiramente, após ler esta introdução, e antes de ler a mensagem deste livro, entre no seu quarto ou numa sala sozinho, feche a porta, e faça a seguinte oração, dizendo: “Senhor Deus, peço ao Senhor que me dê a revelação e o entendimento através do Teu Espírito Santo; que eu compreenda e conheça toda a sua verdade, tudo o que for do Senhor. Eu te peço: revele sua palavra no meu coração, em nome do Senhor Jesus!”. A fonte de todas as informações contidas neste livro é exclusivamente inspirada pelo Espírito Santo e pelas Sagradas Escrituras. Fazendo a oração, com certeza, ajudará a si mesmo a encontrar e conhecer toda a verdade, que talvez para você esteja dentro de um baú fechado, trancado e escondido há mais de dois mil anos. Abrindo este livro, acaba de encontrar esse baú, cheio de riquezas inimagináveis, que irão enriquecer sua vida espiritual, moral, física, sentimental, psicológica e também material. Você será uma nova pessoa, porque esta riqueza tem 11


Conhecendo a Verdade...

poder para mudar e para transformar tudo, tudo mesmo! Você irá sentir como se tivesse entrado em um portal do tempo, e transportado para outro tempo, em outra era, de um outro lado. Ali poderá ver, ouvir, sentir, presenciar e conhecer a verdade. Serão reveladas muitas coisas das quais você tinha dúvidas, e outras, que estavam ocultas. Conhecerá o que não conhecia, verá o que seus olhos nunca viram, e ouvirá o que seus ouvidos nunca ouviram. Quando a mensagem for revelada no fundo do coração pela transformação da Palavra, ela ficará gravada na mente, na alma e no seu coração. E quando terminar essa leitura, terá que voltar... e se sentirá novamente no mundo e na época atual, como se tivesse novamente voltado pelo portal do tempo. Mas agora com uma valiosa diferença, com uma nova visão das coisas que poderá trazer de volta à sua memória, ao seu pensamento e ao seu coração. Será algo real, vivido, sentido, experimentado. Você irá adquirir um profundo conhecimento – Conhecendo a verdade...

Pastor Gilberto César.

12


Gilberto César

1

Acomodados em algum lugar. Romanos 12:2 E

não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Mateus 11:28 Vinde a mim, todos os que estais can-

sados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Conta-se que, há muito tempo atrás, havia uma pequena tribo de índios, que viviam numa grande caverna, onde não havia uma saída; era muito escura, fria e mesmo assim ali conseguiam viver, ou seja, eles caçavam, comiam, dormiam, acordavam, reproduziam e se multiplicavam. Eles se acomodaram com aquele lugar e com a rotina de vida ali, mas, ao passar dos tempos, dois deles, inconformados com aquela vida, daquela maneira, foram profundamente despertados para encontrar uma saída, uma solução. Então, resolveram separar algumas coisas, como alimentos, facas, lanças, vestes, e partir à procura de uma saída. Quando disseram aos outros da tribo sobre o que iriam fazer, todos, todos acharam uma loucura, e disseram: “Não há saída! Não adianta! Vocês vão se perder, correr perigo, ou até morrer!”. Mesmo assim, aqueles índios, decididos a não viver mais naquela situação, daquela maneira, pegaram seus pertences, 13


Conhecendo a Verdade...

despediram-se de alguns, tomaram um rumo e partiram. Foram em busca do que queriam, do que estava no fundo dos seus corações, do que desejavam. Depois de muito andar e passarem por lugares perigosos, frios, trevas tremendas, estavam perdidos. Lutaram contra feras, depararam-se com animais peçonhentos, e muitas vezes vinha o medo. Outras vezes, o desânimo, mas, mesmo assim, haviam decidido continuar, e assim continuaram. E passaram muitos dias. Haviam perdido a noção do tempo, e, enquanto caminhavam, de repente, de muito longe, avistaram uma pequena luz. De imediato não saíram do lugar. O coração bateu mais forte. O que seria aquilo? Perguntavam, porque eles nunca haviam visto luz. Seria algo bom ou ruim? Era o que se perguntavam. Com muito medo, concordaram em continuar andando, caminhando rumo àquela luz, que, a cada passo que davam, parecia que ficava maior. E foram, foram, e a luz ficava cada vez maior. Caminharam, caminharam, e ela sempre maior. E quando chegaram lá no fim, já não era mais uma grande luz, mas, sim, uma saída: a boca da caverna. Mais um passo, e agora parecia que estavam em outro mundo – tudo mais real, mais claro, mais belo, mais lindo, com 14


Gilberto César

o ar diferente e com cores que nunca haviam visto. E por algum tempo puderam ficar ali, apreciando e desfrutando de toda aquela maravilha. Ficaram perplexos de alegria, por encontrar e saber que havia uma saída, um novo mundo, uma nova terra, afinal encontraram aquilo que tanto queriam e desejavam: a saída. Então, resolveram voltar pelo mesmo caminho para avisar aos parentes, aos amigos e ao resto da tribo. Queriam dizer que realmente existia, sim, uma saída. Depois de alguns dias, chegaram novamente à tribo, junto aos outros, e, ao verem aqueles dois índios, em cada cabeça passou um pensamento. Uns pensaram: “É! Pelo jeito sofreram tanto e voltaram arrependidos!”. Outros disseram: “Eles tiveram coragem!”. Ainda outros disseram: “Nossa! Pensamos que tivessem morrido!”. Alguns ainda disseram: “Ainda bem que conseguiram voltar, já estávamos com saudade!”. Vários nem deram muita importância, não fizeram caso algum, mas, somente uns poucos, poucos mesmo, pensaram no fundo do coração: “Será que eles encontraram realmente a saída?” Então, aqueles dois índios, por um instante, puderam ver o olhar de cada um, e, em seguida, com o coração muito emocionado, disseram bem alto a todos: “Preparem-se! Venham conosco, encontramos a saída!”. 15


Conhecendo a Verdade...

E pulavam de alegria e muito emocionados, mas, passados alguns minutos, um silêncio tomou conta daquela situação, porque quando olharam ao seu redor, só havia uns poucos índios. Quase todos viraram as costas e foram embora, foram saindo, um a um, nem deram importância. Uma tristeza tomou conta do coração daqueles dois índios e eles perguntavam: “Por quê? Por quê? Onde estão os outros? Por que não estão aqui? Afinal, nós encontramos a saída!”. E os que ficaram responderam: “Olha, uns acham que vocês estão loucos e que tudo isso é loucura, que não existe uma saída; outros até acreditam, mas preferem viver aqui e continuar nesta vida”. Foi então que aqueles poucos índios que ficaram ao redor deles disseram: “Mas nós não, nós acreditamos e queremos ir com vocês; nós queremos ver a saída, nós não queremos continuar aqui nesta vida. Se realmente existe, queremos uma vida melhor. Iremos com vocês rumo a esta saída”. A verdade é que, no mundo atual, onde estamos e vivemos, muitos não percebem, mas é como se estivessem vivendo numa caverna sem saída. Tudo tem um limite. Nascemos, vivemos e morremos, e ninguém escapa desta verdade. As pessoas, de modo geral, acostumaram-se a viver numa rotina de vida, sujeitas à angustia, à separação, à dor, ao sofrimento, à tristeza e à morte. Não imaginam e nem param pra pensar que existe a saída para uma vida melhor, uma saída para tudo ao seu redor, uma vida sem opressão, angústia, nem dor, sem passar necessidades, nem sofrimento, tristeza e morte. 16


Gilberto César

Talvez por estarem acostumados, acomodados com o modo de vida que levam ou por não conhecer outro, já nem passa pela cabeça uma saída. Não uma saída de dentro de uma espaçonave, com marcianos ou extraterrestres para levar para outro planeta, mas sim uma saída pessoal, individual e real. Há uma saída para cada pessoa. Uma saída para outro mundo, para um novo lugar onde tudo é maravilhoso e belo: a sua forma, o seu chão, os muros, as moradas, a vida. Há uma saída em que tudo é infinito e real. Creia, existe essa saída! Pode acreditar! Você precisa ficar Conhecendo a Verdade...

17