Page 1

1ª Edição Rio de Janeiro - 2012


CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ S832r Nas recâmaras do Rei : uma vida de intimidade com o Senhor / André Luiz Steil. - 1.ed. - Rio de Janeiro : AR Ed., 2012. 114p. : 21 cm

ISBN 978-85-65873-04-8

1. Deus. 2. Vida cristã - Meditações 3. Meditações. I. Título.

12-6393.

CDD: 242 CDU: 27-184.2

04.09.12 14.09.12

038751

O conteúdo deste livro é de inteira responsabilidade do seu autor.

Ar Editora www.areditora.com.br contato@areditora.com.br


Agradecimentos Agradeço, em primeiro lugar, a Deus, papai amado; ao Senhor Jesus Cristo, amado noivo, e à presença inefável do Espírito Santo, amigo e companheiro de todas as horas. Um agradecimento especial a minha amada esposa, Ana Carolina Steil, mulher guerreira, companheira, doce e, ao mesmo tempo, ousada no Senhor, que tem me feito o homem mais feliz do mundo durante todos estes anos. Juntos recebemos duas pérolas preciosas do Senhor, nossas filhas e heranças, Sara e Leticia. Já teria desistido se não fosse o amor intenso de vocês três. Ao meu pastor, Jasizael Casas, homem chamado para fazer a diferença em nossa nação, e que tem sido um “Parteiro”, e não “Coveiro” de sonhos e projetos que nascem no coração de seus filhos espirituais.


Ao povo da minha amada igreja, Comunidade CENA, em Joinville, onde o carinho e o respeito de cada irmão e irmã me constrangem em muitos momentos. Jamais poderei pagar os sentimentos recebidos de cada um de vocês. Meus pais, irmãos, amigos e todos que de alguma forma são participantes destes anos de ministério: meu muito obrigado. Abraço fraternal, Pr. André Steil


Sumário Capítulo 1 O Despertar

9

Capítulo 2 Conhecendo as Recâmaras

21

Capítulo 3 Dependência Total

29

Capítulo 4 Reduzindo Minha Carne à Submissão

43

Capítulo 5 Adoração

55

Capítulo 6 Quase Desisti

65


Capítulo 7 O Meu Tudo

73

Capítulo 8 Holofotes e Status

81

Capítulo 9 Ame o que Ele ama

89

Capítulo 10 Ansiedade

99

Capítulo 11 O Rei me Introduziu nas suas Recâmaras 107


Folha de rosto Aguardando a capa


Nas recamaras do Rei “Uma Vida de Intimidade com o Senhor�


Capítulo 1 O Despertar Oito horas da manhã.

O despertador toca alto e vibra em cima do criado-mudo. Quando olho para o relógio, percebo que havia dormido há apenas trinta minutos. Estiquei a mão para pegar o despertador e desativei rapidamente o alarme. Encostei minha cabeça novamente no travesseiro e lembrei-me da noite anterior. Os acontecimentos dela me mantiveram acordado até o dia clarear. O cheiro suave e delicioso do café de mamãe entrou em meu quarto, que ficava numa posição privilegiada dentro de nossa casa. Ele estava localizado ao lado da cozinha, e assim que mamãe preparava algumas de suas saborosas receitas, ou 9


Nas Recâmaras do Rei quando pela manhã o café era servido, eu era o primeiro a sentir o agradável aroma e a correr para a mesa. Mas, naquela manhã, foi diferente: aquele cheiro maravilhoso não me fez correr, como era habitual. Olhei para uma cadeira que estava perto de minha cama e encontrei a Bíblia aberta no Livro de Cantares. Havia adormecido meditando na Palavra de Deus e pensando em tudo que o Senhor havia ministrado em meu coração. Abri um pouco a cortina para ver como estava o tempo e me surpreendi com um lindo sol raiando sobre nossa pacata cidade. Aquele outubro de 2004 foi marcado por chuvas torrenciais, mas naquela manhã algo estava diferente. Para muitos poderia ser apenas mais um dia de sol, para mim significava...

“Um novo começo”. Havia participado, na noite anterior, de um culto abençoado em minha igreja e, ao retornar para minha casa, comecei a conversar com Deus e perguntar como poderia levar uma vida mais íntima com Ele. Perguntei se existia um lugar de intimidade e adoração no Senhor onde pudesse desfrutar da Sua presença, não apenas de maneira superficial, mas de forma plena e abundante.

10


Pr. André Steil Percorri a distância que separava minha casa da igreja envolto nestes pensamentos e cantarolando hinos de adoração a Deus. Chegando a casa, conversei rapidamente com minha mãe e relatei sobre o culto que acabara de participar. Fiz uma rápida refeição e fui para o quarto. Estava desejoso por orar e ler a Bíblia para descobrir mais a respeito de uma vida íntima com Deus. Comecei a ler alguns Salmos, depois um trecho dos evangelhos, narrativas belas e tocantes, contudo sabia que ainda não era este o alvo final de minha busca. Após vários minutos de leitura bíblica, o Espírito Santo ministrou suavemente ao meu coração para abrir no Livro de Cantares. A princípio, relutei e deduzi que este livro não poderia contribuir com minha pesquisa e estudo. Continuei a ler outros trechos, até que aquela voz soou novamente em meu coração, direcionando-me a abrir a Bíblia no local indicado. O impulso desta vez foi mais forte. Decidi obedecer à orientação do Espírito Santo e procurei o livro de Cantares na Bíblia. Antes de continuar, preciso explicar o motivo de minha reação diante da orientação do Senhor. Quando relutei em abrir o Livro de Cantares, minha mente imediatamente me conduziu a uma aula de escola dominical que havia partici11


Nas Recâmaras do Rei pado recentemente. O professor nos explicou que este livro, juntamente com o Livro de Ester, encontrou dura oposição por eruditos e teólogos no decorrer da História da Igreja no que tange a sua participação no cânon sagrado, ou seja, o compêndio de livros considerados divinamente inspirados por Deus. O motivo principal desta dura oposição era a falsa afirmação de que Cantares tratava-se de um livro extremamente sensual, e o livro de Ester não possuía em sua narrativa, em nenhum momento, a pronúncia do nome de Deus. Colocações e críticas à parte, o professor nos explicou que estes dois livros permaneceram na Bíblia porque o Senhor assim o quis, e se eles fazem parte do cânon sagrado é porque o Senhor, através destes escritos, pretende ministrar verdades espirituais em nossas vidas. Este amado professor nos impulsionou a lermos estes dois livros. Confesso que esta aula me levou a olhar de outra forma para Ester e Cantares, mas meu coração ainda não havia sido completamente tocado para iniciar uma meditação e estudo nestes dois livros. Naquela noite, o Espírito Santo se encarregou de colocar em meu coração aquele desejo necessário. Aproveitei a Bíblia de estudo que havia recém-adquirido 12


Pr. André Steil para começar minha leitura e pesquisa. Comecei a estudar as características do livro, a data, o contexto histórico e outras informações importantes. Percorri meu olhar sobre as informações do autor, e acabei descobrindo que a autoria do livro foi atribuída ao sábio Rei Salomão. Quando cheguei ao contexto histórico, fiquei surpreso com aquilo que estava lendo. Salomão, o grande e poderoso Rei Salomão, ficou perdidamente apaixonado por uma mulher. “Por uma mulher?”, pensei em voz alta. Havia estudado dias antes que no Livro de I Reis, capítulo onze, Salomão possuía setecentas mulheres e trezentas concubinas. Vale salientar que a poligamia era prática comum e permitida no contexto cultural e bíblico do Antigo Testamento. Então significa que, em algum momento da sua vida, este homem se apaixonou perdidamente por uma única mulher, ao ponto de todas as outras que possuía ficarem em segundo plano? Isto já foi suficiente para despertar por completo a minha atenção. Voltando às minhas descobertas ao livro de Cantares, aprendi, então, que este livro trata-se de uma declaração apaixonada de um homem para uma mulher. Uma declaração apaixonada de Salomão para a sua doce Sulamita. 13


Nas Recâmaras do Rei Liguei o computador e comecei a procurar na internet mais informações sobre o livro. Procurei em comentários bíblicos, dicionários e outros materiais. Foi quando encontrei um estudo sobre o livro e fiquei maravilhado com as informações que descobri. Um dos estudos dizia que era provável que o Rei Salomão estivesse gerenciando uma de suas vinhas, quando ele avistou a jovem Sulamita trabalhando. Ele se apaixonou no primeiro olhar. Interessante que a jovem não estava vestindo uma roupa de gala, porque estava trabalhando em uma de suas vinhas, portanto deveria estar usando roupas velhas e surradas. Podemos levar em conta também que não estava limpa, porque a sujeira decorrente do trabalho na vinha não a deixava numa condição mais apresentável. No capítulo um, versículo seis, ela mesmo declara que sua pele era morena devido o resplandecer do sol. “Não repareis em eu ser morena, porque o sol resplandeceu sobre mim...”. Outro detalhe importante é a menção de Salomão no capítulo quatro, versículo nove. “...roubaste-me o coração com um dos teus olhares...”. O rei afirma que ela roubou o seu coração com apenas um olhar. É preciso levar em consideração que naquela época era 14


Pr. André Steil proibido uma pessoa encarar o rei sem a sua permissão. Este ato poderia resultar em morte. Sabe o que descobri com isto? Os estudiosos são unânimes em afirmar que, até o capítulo dois do livro de Cantares, a sulamita não sabia que era o rei Salomão quem a cortejava. Porque o rei, em vez de trazê-la para o palácio e possui-la, preferiu se disfarçar como um pastor de ovelhas e depois se aproximar. O objetivo do rei não era forçá-la, e sim conquistá-la. Ele queria ganhar o seu coração por aquilo que era, e não pela posição que ocupava. Esta avalanche de informações me levou a ficar pensativo por alguns minutos. Com a Bíblia em meu colo, sussurrei para o Espírito Santo a seguinte pergunta: Senhor, se este livro trata de uma declaração apaixonada de um homem para uma mulher e vice-versa, como aprenderei algo que me leve até a Tua presença? A pergunta brotou naturalmente em meu coração, pois esta é a barreira principal que separa o Livro de Cantares de muitos cristãos hoje. Quando passamos os olhos por cima deste livro, logo surgem indagações, tais como: - Não estou querendo uma aula de como tratar bem a minha esposa, esquece, vou ler outra coisa! 15


Nas Recâmaras do Rei - O que tenho eu para aprender apenas com uma declaração de amor entre um homem e uma mulher? - Prefiro ler sobre os milagres que Jesus realizou. Isto sim será edificante. Questionamentos à parte e longe de querer diminuir a importância dos relatos dos milagres de Jesus, ou as cartas de Paulo, ou o livro de Atos, Salmos e outros, nossa missão não está estabelecida em querer formar um ranking dos melhores livros da Bíblia. A Bíblia toda é para nossa edificação e crescimento. A própria Palavra de Deus deixa isto bem claro em II TIMÓTEO 3.16-17 “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra”. Que maravilha. Que texto bíblico confortador. Isto quer dizer que o livro de Cantares também possui uma mensagem especial de Deus para nossas vidas, basta nos esforçamos para descobrir. Quando um homem assenta em seu coração que a Bíblia é a pura e genuína Palavra de Deus, ele está deixando o terreno do seu coração pronto para o Senhor ministrar verdades 16


Pr. André Steil espirituais sobre o Reino. Após fazer a pergunta ao Espírito Santo sobre como poderia aprender sobre a presença de Deus em Cantares, deitei em minha cama, deixei a Bíblia numa cadeira próxima à escrivaninha e comecei a meditar no assunto. Eu estava decidido a ter uma resposta antes de começar a ler. Eu precisava de uma direção de Deus, e uma ministração antes de qualquer coisa.

Escorreguei da cama, caí de joelhos e comecei a orar. Em alguns minutos, a presença de Jesus entrou em meu quarto e lágrimas molhavam a minha face. Estava adorando a Deus com todas as minhas forças. Foi quando começou a brotar em meus lábios um hino de louvor que dizia: “O Espírito e a Noiva dizem vem”. Fiquei repetindo este refrão inúmeras vezes, até que parei para refletir no que estava cantando. O Espírito e a Noiva significam que o Espírito Santo e a amada noiva (Igreja) estão clamando pelo Senhor Jesus por um relacionamento íntimo. Imediatamente dois versículos brotaram em meu coração. “Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de 17


Nas Recâmaras do Rei Deus habita em vós?”. I CORÍNTIOS 3.16 “Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis”. ROMANOS 8.26 A igreja sou eu, eu sou o Templo do Senhor, eu sou a noiva amada e o Espírito Santo habita em mim. Maravilhoso é saber que a moradia do Espírito Santo em meu coração é ativa. Além de ser o consolador prometido, Ele me auxilia a orar e pedir como convém. Aleluias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Obrigado, Senhor!!!!!!!!!! Este foi o brado de louvor que gritei em meu quarto. Havia encontrado a solução para o meu dilema. As palavras apaixonadas de Salomão para com sua amada Sulamita e dela para com seu amado podem e devem ser encaradas com uma representação do amor apaixonado do noivo Jesus para com sua a noiva, a Igreja de Cristo. O noivo Jesus deseja intensamente que sua noiva o adore, delicie-se na sua presença, procure estar no aconchego de seus braços e sinta o calor do seu carinho. Este relacionamento é íntimo e próximo, por isso nada melhor do que a 18


Pr. André Steil representação de um amor apaixonado de um homem e de uma mulher para ilustrar o amor de Jesus. Ainda que nunca compreendamos, em sua totalidade, o amor de Deus, devido nossas limitações e falhas, Ele nos deixou Sua palavra, para através dela nos lançarmos ao colo do Pai. A dúvida havia sido tirada, meu coração palpitava de alegria. Estava pronto para começar minha escalada em direção a uma

“Vida de Intimidade com o Senhor”. Demorei a dormir naquela noite. Meu coração palpitava desejoso de descobrir sobre a presença do Senhor. Debrucei-me na Bíblia, estudando-a, e intercalava isso a momentos de oração. As horas foram avançando, até que adormeci. Oito Horas da manhã. O Despertador toca. Havia adormecido há trinta minutos!!!!

19

Nas recamaras do Rei: uma vida de intimidade com o Senhor  

O autor André Steil, de modo claro, leve, didático e preciso, ensina ao leitor, por meio de relatos próprios, sobre a importância de adquiri...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you