Page 1

AVISOS =>REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DIA 18/02/18 (próximo domingo) às 20h30 para prestação de contas e eleição da diretoria para o próximo biênio. Será após o culto da noite. Todos membros arrolados como membros estão convocados. =>Por favor PREENCHAM A FICHA de Membro quem ainda não entregou, pois precisamos os Lavras - saber MG dados da família como data de aniversário... etc.. (José Mauro/Kátia, Camila/Fernando, Vitória, Alexandra, Pablo, Maria Aparecida Faria ... Alguns não preencheram ou está incompleta, faça tudo de novo. => Neste mês de fevereiro de 2.018 o BOLETIM ATOS 29 estará completando 13 anos de edição semanal ininterrupta. =>Os ENVELOPES DE DÍZIMOS 2018 estão a disposição de cada um no balcão na entrada. Se alguém que ainda não está filiado como membro ou ainda não preencheu a sua Ficha de Membro quiser uma cartão, preencha a Ficha de Membro ou dê seu nome completo a um dos diáconos responsáveis para que possamos providenciar. =>Não percam nas terças-feiras estudo da Palavra de Deus e oração por curas e milagres. Tragam Peças de roupas, objetos, documentos, garrafa d'água... para orarmos e receber milagres. =>A única maneira de prosperarmos financeiramente é a forma de como estamos aplicando os tesouros aqui na terra. É o maior INVESTIMENTO que fazemos aqui neste mundo. Se cada um for fiel no pouco (dízimos e ofertas), Deus será fiel no muito. Este Boletim tem edição semanal e está hospedado nos sites: www.atos29.com.br - www.issuu.com/radiowebatos e no Facebook. Se você quiser poderá baixá-lo e imprimir em papel A4 ou se quiser receber no seu e-mail solicite pelo email: apostolohelio@gmail.com

Ano XIII no. 659 - Jacutinga (MG) - 11/02/2018

Boletim Comunidade Cristã

Internacional

E-mail: apostolohelio@gmail.com Rádio Atos 29 acesse: www.atos29.com.br - Uma programação 24 hs com música, hora certa, climatempo, informações e Cultos ao vivo terça-feira (19h30) e Domingo (19h00). Retransmissão 2a. e 4a. às 19h30. Programa HORA DO ARREBATAMENTO ao vivo de Segunda a Sexta-feira às 11h30

DURANTE OS CULTOS -Ao ENTRAR no salão de culto tire o boné ou o chapéu -Antes do culto não fique conversando: FIQUE ORANDO -Depois não vá embora rapidamente: FIQUE CONVERSANDO -Não saia do seu lugar sem necessidade durante os cultos -A igreja é você, cuide bem dela e tenha COMUNHÃO -Quando você sair de qualquer lugar deixe-o melhor do que quando você entrou. -Na igreja desligue o celular, use a «Bíblia» que você trouxe -Ao receber visitas em sua casa DESLIGUE a TV e não use o celular em redes sociais. Converse com as visitas.

Agenda da semana

Hoje em Jacutinga: Ap. Helio Dízimo (terça): Pba. Berenice

23.02 Nair do Carmo Silva Aniversariantes 01.03 Minervina Melo Laudares 06.03 Ricardo Franco de Godoi Vídeos Não deixe de assistir - Pesquise no Google Sugeridos YouTube-Sinais Horrorosos Da Volta de Jesus - Paulo Jr -Aberta a Temporada de Caça ao DR LAIR R ESCALA DE SERVOS (Líderes)

Abrir (fechar) a Igreja José Vicente Assentar na Frente/Envelopes Luiz Albino Dízimo 13/02 Pba. Berenice

Servir Chá / Café 11.02 Ana Maria 18.02 Rosa Jacob Recepção / Boletim 11.02 Vitória 18.02 Alexandra

RESPONSABILIDADE DE CADA UM: Se alguém não puder no dia da escala troque c/ outra pessoa

DÍZIMOS e OFERTAS - Bradesco Ag. 2739 - CC 2366-3 OFERTA MISSÕES - Bradesco Ag. 2739 - CC 392-1

www.atos29.com.br

O BÊBADO EVANGELISTA

Dois amigos bebiam num bar, numa sexta-feira à noite, até não poderem mais. À certa hora, um deles, que era conhecedor da Palavra de Deus (pois fora “criado na igreja”) disse para o outro: –Ô, meu amigo, você sabia que nós dois vamos pro inferno? – O que é isso, meu, vira essa boca pra lá! –Vamos, sim, cara! –Pare com isso, meu… –Pare com isso “ocê” vai ver. A Bíblia diz que os bêbados vão pro inferno. Eu e você somos bêbados. Então, nós vamos pro inferno. E ponto final. Foram para as suas casas, mas, o outro, apesar de estar muito bêbado, não podia dormir. As palavras do seu amigo ficavam se repetindo em seu pensamento. Logo de manhã, mesmo de ressaca, procurou uma igreja evangélica, arrependeu-se de seus pecados, converteu-se a Cristo e nunca mais se afastou dos caminhos de Deus. O outro, que era conhecedor da palavra de Deus… continuou na bebedeira. “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.” (1 Co. 6:9-10).


Palavra apostólica

N

Ap. Helio R. Lago

CAINDO EM SI

o evangelho de Lucas capitulo 15 num contexto que Jesus está contando a parábola do filho pródigo, depois deste ter perdido toda a sua parte da herança recebida de seu pai com meretrizes e prazeres com seus amigos, começou a passar fome, a esta altura ele se lembrou da casa do pai, que seus empregados tinham comida com fartura. O texto diz: “Então, caindo em si, disse: Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome!” (Lc. 15:17). Vivemos num tempo em que o povo em sua maioria está “fora de si”, como nesta parábola. Fora de si, significa fora da realidade, ou como se estivesse anestesiado, vivendo uma vida sem percepção da realidade social, educacional, comportamental e espiritual. Tudo está sendo mesclado entre o falso e o verdadeiro, entre o permissível e o não permissível, entre o que é de Deus e o que não é de Deus, ou seja, como se tudo fosse a mesma coisa. Devido a isto vemos aceleradamente o crescimento dos usuários de drogas e consequentemente o crescimento dos assaltos, da delinquência, dos assassinatos, dos desajustes familiares e a degradação espiritual. A exemplo disto tudo vemos os acontecimentos nos dias de carnaval com um crescimento assustador nas grandes metrópoles, quando muitos se acham no direito de fazer o que quiserem atrás das máscaras e fora delas, quando entorpecidos por doses de bebidas alcoólicas e drogas das mais diversificadas e possíveis, com um crescimento assustador entre aqueles de famílias exemplares, de alta sociedade ou até mesmo em muitos que cresceram em um berço cristão, hoje estão se descambando por este caminho, muitas vezes sem retorno, levando os pais, as famílias, a igreja e a sociedade a sofrerem consequências tristes e terríveis. Na procura de uma felicidade, uma satisfação de seus próprios instintos, cria quase que um buraco negro dentro de si, que segue devorando todos os seus recursos familiares, físicos e psicológicos numa tentativa desesperada de preencher esse vazio. Porém há limites para o prazer humano e para o prazer carnal. Uma vida de

culto ao corpo e ao prazer nunca poderá trazer a verdadeira felicidade. A parábola do filho pródigo precisa abrir os olhos de cada ser humano principalmente dos jovens, mas também, de muitos adultos e até idosos frequentadores ou líderes das igrejas, que estão vivendo uma vida de filho pródigo, passando necessidades e se alimentando de “comida de porcos”. Tudo isto, é problema espiritual, é falta do temor de Deus, é falta de passarem pelo arrependimento e pelo novo nascimento, de uma experiência profunda com o Espírito Santo. Situações como estas estamos vendo e vivendo bem próximos de nós, ou, até mesmo nós que, não estamos esfriando espiritualmente, já não orando mais, não lendo a Bíblia, não evangelizando, não trabalhando na igreja, não frequentado os cultos com assiduidade e assim por diante. Pessoas nestas condições depois de abrirem seus olhos e caírem em si, não podem ficar paradas somente com a sua lucidez e conscientização, precisam agir como fez o filho pródigo, que o texto diz: “Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores. E, levantando-se, foi para seu pai.” (Lc. 15:18-2a). Deste texto tiramos as seguintes conclusões: 1- Decisão: “Levantar-me-ei, e irei”; 2- Reconhecimento dos pecados: “e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti”; 3- Humildade: “tratame como um dos teus trabalhadores”; 4- Posicionamento: “E, levantando-se, foi para seu pai” 5- Certeza do perdão: para aquele que vai ao Pai depois: Cair em si – Decidir – Reconhecer – Humilhar - Posicionar e Obter o Perdão. Quando “CAÍMOS EM SI” Deus entende a nossa imprudência tendo infinita paciência e misericórdia conosco, seus filhos pecadores. O pai da parábola não estava preocupado com o gasto da herança que ele havia juntado com tanto esforço, ele precisava que seu filho passasse por essa lição para que crescesse como um homem. Ele teve a paciência de esperar que seu filho passasse por isso e se arrependesse dos seus atos. A paciência de Deus tem por objetivo dar-nos tempo para percebermos nossos erros e nos arrependermos. O que não podemos é ficarmos anestesiados e conformados com o mundo ao nosso redor e sendo levados por ele ao fundo do poço.

A Natureza Da Cobra Um homem de Deus viu quando uma cobra estava morrendo queimada e decidiu tirá-la do fogo, mas quando o fez, a cobra o picou. Pela reação de dor, o homem de Deus o soltou e o animal caiu de novo no fogo e estava se queimando de novo. O homem de Deus tentou tirá-la novamente e novamente a cobra o picou. Alguém que estava observando se aproximou do homem de Deus e lhe disse: — Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-la do fogo ela irá picá-lo? O homem de Deus responde: — A natureza da cobra é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar. Então, com a ajuda de um pedaço de ferro o mestre tirou a cobra do fogo e salvou sua vida. Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal, não perca sua essência; apenas tome precauções. Alguns perseguem a felicidade, outros a criam. Preocupe-se mais com sua consciência do que com a sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, não é problema nosso… é problema deles. O Menino e o Carvão O garoto chega em casa pisando forte e diz ao pai: - Estou com muita raiva do Lucas, papai! Ele me envergonhou na escola e agora eu desejo tudo de ruim pra ele! O pai então o leva até o quintal, com um saco de carvão e diz: - Filho, quero que jogue os pedaços de carvão naquele lençol que está pendurado no varal, como se ele fosse o Lucas. O filho sem entender, mas empolgado com a brincadeira, faz o que o pai pediu. Ao final, o garoto diz estar feliz por ter sujado uma parte do lençol, como se fosse o coleguinha. O pai então o leva diante do espelho e para a surpresa do garoto, a aparência dele era tão preta, que mal conseguia enxergar os próprios olhos. O pai então concluiu: - Veja meu filho, o mal que desejamos aos outros é como esse carvão. Ele pôde até sujar um pouco do lençol, mas na verdade o maior prejudicado foi quem o jogou.

Boletim 659 11 02 18 caindo em si  

Boletim Atos 29 edição 659 de 11-02-2018. Leia nesta Edição:CAINDO EM SI (Editorial: Ap. Helio R. Lago); A Natureza da Cobra; O Menino e o C...

Boletim 659 11 02 18 caindo em si  

Boletim Atos 29 edição 659 de 11-02-2018. Leia nesta Edição:CAINDO EM SI (Editorial: Ap. Helio R. Lago); A Natureza da Cobra; O Menino e o C...

Advertisement