Page 1

Curso de Comunicação Empresarial

Relatório de Estágio Curricular Associação Industrial e Empresarial de Valongo (AIEV) de André Filipe Nunes Cosme

S. Mamede de Infesta Junho 2014


Curso de Comunicação Empresarial

Relatório de Estágio Curricular Associação Industrial e Empresarial de Valongo (AIEV)

Ano letivo: 2013/2014 Período de estágio: 20 de Janeiro de 2014 a 20 de Abril de 2014

André Filipe Nunes Cosme Aluno Nº. 2110205

Orientador ISCAP: Doutora Maria Helena Guimarães Ustimenko Supervisor Externo: Bruno Silva

S. Mamede de Infesta Junho 2014


«Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito.» Fernando Pessoa

i


Relatรณrio de Estรกgio Curricular - AIEV

Pareceres: I. Parecer De Bruno Silva, Supervisor Externo:

iii


II – Parecer Dra. Elizabete Carvalho (Junta de Freguesia de Ermesinde):

iv


Agradecimentos A todos os que contribuíram, directa e indirectamente, para a realização bem-sucedida do meu estágio curricular, permitindo-me desenvolver as minhas capacidades e adquirir experiência profissional. À minha família, namorada e amigos, por toda a ajuda e apoio durante o período de estágio e aulas, pela paciência e atenção redobrada. Aos meus colegas de curso, pela flexibilidade, compreensão e capacidade de interajuda que tiveram nas alturas, em que, devido a ter de concluir de tarefas do estágio, não pude participar tão ativamente nos trabalhos de grupo académicos no âmbito da licenciatura. A todas as pessoas que compõem os órgãos sociais da AIEV, em especial ao Bruno Silva (vice-presidente), Carlos Oliveira (tesoureiro), Hugo Monteiro (presidente) e Vera Sampaio (2ª secretária) que foram as pessoas que mais de perto acompanharam as várias fases do meu estágio e com quem mantive contacto mais frequente. À Dr.ª Elisabete Carvalho, responsável pelo gabinete de ação social da Junta de Freguesia de Ermesinde, uma vez que, embora não esteja ligada à AIEV, foi a minha principal “mentora” na organização daquela que foi, talvez, a iniciativa que mais me colocou à prova: O Dia Internacional da Mulher na Freguesia de Ermesinde, em que a AIEV se associou, como parceira, à organização do evento. A todos os meus professores do ISCAP, pelos ensinamentos e dedicação recebidos ao longo destes últimos três anos. À

Professora

Helena

Guimarães

Ustimenko

por

toda

a

atenção,

compreensão e ajuda, dispensadas no acompanhamento do estágio.

v


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Resumo Com este relatório final do Estágio Curricular no âmbito da Licenciatura em Comunicação Empresarial pretende-se proceder a uma descrição tão exaustiva quanto possível de todas as actividades desenvolvidas no decurso do estágio realizado na Associação Industrial e Empresarial de Valongo (AIEV), dando especial realce à componente de integração profissional e de desenvolvimento prático. Em síntese, todas as tarefas realizadas neste estágio, apresentadas em detalhe no capítulo 2, se centraram em torno dos seguintes pontos: •

Organização pela AIEV de eventos com o objetivo de fomentar a atividade do tecido empresarial do concelho e a sua divulgação, através dos mais diversos formatos e meios de comunicação;

Estabelecimento de contactos frequentes (por email, telefone e pessoalmente) com os associados, o comércio local, a indústria e outras organizações/entidades e autarquias que representam o concelho de Valongo;

Manutenção do site e redes sociais, bem como a gestão das bases de dados e contactos (mailing lists) da AIEV.

No âmbito deste estágio, aprimorei as minhas capacidades comunicativas, melhorando ainda o modo improvisado de atuar em diversas situações, que o exigiam, podendo dizer que me sinto, hoje, muito mais confiante para lidar com situações adversas. Além disso, o facto de ter tido de desenvolver parte do trabalho autonomamente, ajudou-me a desenvolver a minha autoconfiança, superando muitas dificuldades sozinho, podendo afirmar que me tornei numa pessoa mais proativa e independente, qualidades fundamentais no contexto profissional atual. Palavras-chave: Associativismo, assessoria, comunicação, relações públicas, organização de eventos vii


«título do projecto / estágio»

Índice Pareceres: .........................................................................................................................................iii I - Parecer De Bruno Silva, Supervisor Externo…………………………………..……………………………iii II – Parecer Dra. Elizabete Carvalho (Junta de Freguesia de Ermesinde) ..........................................iv Agradecimentos ..................................................................................................................................v Resumo ............................................................................................................................................ vii Notação e Glossário ...........................................................................................................................xi 1

Introdução .............................................................................................................................. 13 1.1

Enquadramento teórico ................................................................................................... 14

1.2

Apresentação da Organização ......................................................................................... 15

1.3

Apresentação do estágio ................................................................................................. 16

1.3.1

Descrição das Funções..................................................................................................... 16

1.3.2

Planeamento de estágio ................................................................................................... 17

1.4

Ferramentas utilizadas.................................................................................................... 19

1.4.1 Edição de Imagem .............................................................................................................. 19 1.4.2 Edição de Vídeo e Som ........................................................................................................ 19 1.4.3 Criação de Newsletters e gestão das Plataformas Online .......................................................... 20 1.4.4 Restantes Tarefas ............................................................................................................... 21 2

Descrição do projecto de estágio............................................................................................. 22 2.1

Base de Dados interna e externa..................................................................................... 22

2.2

Campanha de Comunicação AIEV .................................................................................... 23

2.3

Conferência “Oportunidades de Negócio na China” ......................................................... 23

2.4

Encontro de negócios com o Cônsul de Israel ................................................................. 24

2.5

Dia Internacional da Mulher ............................................................................................ 25

2.6

Entrevista AIEV “Regiões TV” ......................................................................................... 28

2.7

Sessão de Esclarecimento ASAE “Práticas Restritivas do Comércio” ............................... 28

2.8

Sessão de Esclarecimento: Apresentação do Projeto AIEV para o Comércio Local .......... 29

2.9

V Edição da Feira VAlorizar ............................................................................................. 31

2.10

Seminário de Empreendedorismo “transFORMA-TE” ...................................................... 32

2.11

III Edição da Feira da Saúde de Ermesinde .................................................................... 32

2.12

Sessão de Esclarecimento PSP “Comércio Seguro” ......................................................... 33

2.13

Outras Tarefas ................................................................................................................ 35

2.13.1

Trabalho de Campo/Angariação de Associados ............................................................... 35

viii


«título do projecto / estágio»

2.13.2

Clipping ..................................................................................................................... 36

2.13.3

Newsletters ................................................................................................................ 37

2.13.4

Reuniões Administrativas ............................................................................................. 38

2.13.5

Serviços de Manutenção das Instalações ....................................................................... 38

3

Conclusões .............................................................................................................................. 41

4

Webgrafia................................................................................................................................ 45

5

Bibliografia .............................................................................................................................. 45

6

Anexos .................................................................................................................................... 45

ix


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Notação e Glossário Esta secção é um glossário de termos, onde se apresenta, por ordem alfabética, todos os conceitos e acrónimos utilizados no texto do presente relatório: ACE1 ADED

Atelier de Comunicação Empresarial Análise do Discurso e Estruturação Discursiva

AEP

Associação Empresarial de Portugal

AIEV

Associação Industrial e Empresarial de Valongo

AJEPC

Associação de Jovens Empresários Portugal-China

CI CM EDP ETT

Comunicação Institucional Comunicação de Marketing Energias Renováveis de Portugal Estruturação do Texto Técnico

GCRP

Gabinete de Comunicação e Relações Públicas

GMIME

Gabinete Mais Investimento Mais Emprego

HTML

Linguagem de Marcação de Hipertexto

I&D

Investigação e Desenvolvimento

IPIM

Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento

ISAG

Instituto Superior de Administração e Gestão

ISCAP

Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto

PME

Pequenas e Médias Empresas

TATE TCPT TIC

1

Teorias de Argumentação e Técnicas Expressivas Teorias de Comunicação e Práticas Textuais Tecnologias de Informação e Comunicação

Unidades Curriculares do curso de Comunicação Empresarial

xi


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

1 Introdução Este relatório final do estágio curricular da Licenciatura em Comunicação Empresarial

pressupõe

uma

descrição

de

todas

as

actividades

desenvolvidas no decurso do referido estágio, realçando a componente de integração profissional e de desenvolvimento prático. No entanto, mais do que uma mera descrição de actividades, este relatório visa constituir uma análise autocrítica do trabalho desenvolvido durante o estágio, tendo como ponto de partida os conhecimentos técnicos

adquiridos

ao

longo

da

Licenciatura

em

Comunicação

Empresarial. Para melhor levar a cabo esta estratégia de abordagem, achei importante dividir o presente relatório de estágio, em três capítulos: Capítulo

1

a)

o

enquadramento

teórico

do

estágio

(com

contextualização do tema técnico ligado à área da atuação da AIEV, o Associativismo); b) uma breve apresentação da AIEV; c) apresentação do estágio, mais concretamente, descrição das funções desempenhadas e planeamento do estágio; d) as ferramentas utilizadas em todas as atividades realizadas no âmbito do estágio; Capítulo 2 – abordagem mais desenvolvida ao projeto de estágio, com enfoque em todos os eventos realizados ou coorganizados pela AIEV em que participei na organização e divulgação. Além disso, há também uma referência a outros tipos de tarefas pontualmente efetuadas; Capítulo 3 – conclusões finais, acompanhadas por uma reflexão crítica de todo o estágio. Seguindo o aqui exposto, começarei por fazer um breve enquadramento teórico do âmbito do meu estágio, de modo a facilitar o entendimento das tarefas que tive de realizar, bem como das soluções encontradas para atingir os fins visados.

André Cosme

13


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

1.1 Enquadramento teórico Por definição, o associativismo pode ser entendido como sendo “qualquer iniciativa formal ou informal que reúna um grupo de pessoas ou empresas para representar e defender os interesses dos associados e estimular a melhoria técnica, profissional e social dos associados, do ponto de vista empresarial. O associativismo é a atuação coletiva das empresas, almejando o caminho para a sobrevivência dos negócios e a criação de vantagens competitivas” (Corrêa: 2008). Ref.1 A verdade é que, embora o ditado "a união faz a força" seja já muito antigo, a sua importância é cada vez maior nos dias de hoje. O associativismo é visto cada vez mais como uma forma de aumentar a produtividade, uma vez que, num mercado tão voraz como o que vivemos atualmente, a associação entre empresas pode ser uma forma bemsucedida de as tornar mais competitivas. O associativismo deve ser, a meu ver, considerado como uma forma de acrescentar valor à empresa, tendo já que “só há valor acrescentado se houver utilidade social e valor de mercado nas empresas, ao introduzir a noção de valor acrescentado aproximamos a noção de produtividade da de competitividade” (cf. Leitão, et al.). Ref.2 Estas alianças estratégicas são também benéficas no que toca à aquisição de produtos/serviços a preços mais económicos entre associados e/ou parceiros, o que que aumenta as margens de lucro das empresas, nos seus negócios. Mas, mais do que tudo o que foi dito anteriormente, o associativismo pode ser uma grande ferramenta para a internacionalização das empresas e expansão dos seus negócios, já que permite às PME ter acesso a um mercado mais justo e solidário e, assim, promover a internacionalização dos seus produtos/serviços. É inegável que uma empresa “ao fazer a abordagem da competitividade, deve ter em atenção que, para se ser competitivo André Cosme

no

mercado

global

e

no

modelo

da

economia 14

do


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

conhecimento, precisa de conjugar três vertentes: Inovação, Tecnologia e Internacionalização” (cf. Ibid.) - Ref.3 Foi precisamente a pensar nestas três vertentes que a AIEV foi criada em janeiro de 2013.

1.2 Apresentação da Organização A AIEV aparece, em janeiro de 2013, como uma plataforma ideal para lançamento de empresas no concelho de Valongo, oferecendo uma série de serviços exclusivos para os seus associados, desde serviços de informação e consultoria, em áreas como a assessoria jurídica e a contabilidade,

até

planos

de

formação

e

internacionalização

personalizados para PME de acordo com as necessidades próprias de cada um. Além disso, a AIEV orgulha-se de ter um papel prepoderante e proativo no desenvolvimento económico da região de Valongo, contribuindo de forma estratégica para a sua expansão, nomeadamente no sentido de: •

Melhorar a capacidade de investimento em inovação e I&D, atraindo recursos

humanos

competentes

e

contribuindo

para

a

profissionalização e melhoria da dinâmica e empreendedorismo empresarial na região de Valongo; •

Promover a internacionalização e a competitividade, induzindo a uma maior cooperação entre as empresas em matéria de produção, desenvolvimento

tecnológico,

comercialização

e

promoção

em

cadeias de atividade económica mais qualificadas; •

Contribuir e promover conceitos como a sustentabilidade, numa ótica de eficiência de recursos e desenvolvimento de uma cultura empresarial na região de Valongo que não ignora a responsabilidade social.

André Cosme

15


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Informações mais detalhadas sobre a AIEV podem ser encontradas no seu site2 e na sua Escritura de Constituição (Anexo 1). Passo a apresentar as razões que me levaram a aceitar, sem hesitação, a proposta de estágio na AIEV.

1.3 Apresentação do estágio Este estágio foi-me apresentado pela Drª Susana Pinto, do GCRP do ISCAP, numa altura em que as opções de empresas para realização de estágio curricular na minha área já começavam a escassear. Quando a Dr.ª Susana Pinto me perguntou se estaria interessado em trabalhar numa associação comercial, fiquei bastante interessado, pois o papel destas associações nos concelhos sempre foi um tema que me despertou curiosidade, daí ter aceitado o desafio de imediato. Foi a própria Dr.ª Susana Pinto que promoveu o encontro pessoal com Bruno Silva (supervisor externo), que, por sua vez, é também aluno da Licenciatura em Marketing do ISCAP. Por uma questão de facilidade logística, a entrevista foi realizada no ISCAP e logo ficou decidido que seria eu a ocupar a vaga como estagiário na AIEV, na área da Comunicação e Relações Públicas, cujas principais funções passo a descrever.

1.3.1 Descrição das Funções As

funções

desempenhadas

no

decurso

do

estágio

foram,

fundamentalmente, três: •

Organização de eventos realizados pela AIEV sempre com o objetivo de fomentar a actividade do tecido empresarial do concelho e a sua divulgação, através dos mais diversos formatos e meios de comunicação;

2

www.aiev.pt/associacao.

André Cosme

16


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Estabelecimento de contactos frequentes (por email, telefone e pessoalmente) com os associados, o comércio local, a indústria e outras organizações/entidades e autarquias que representam o concelho de Valongo;

Manutenção do site e redes sociais e gestão das bases de dados e contactos (mailing lists) da AIEV.

No subcapítulo seguinte passo a expor o planeamento inicial das atividades a desenvolver durante o estágio.

1.3.2 Planeamento de estágio O estágio era para ter início logo na primeira semana de janeiro, mas, por questões de ordem burocrática, apenas foi iniciado a 20 de janeiro, em regime part-time (4 horas por dia, de segunda a sexta-feira), durante 3 meses (até 20 de Abril). Em relação ao local de trabalho, o primeiro mês de estágio, foi passado a trabalhar nas instalações de um dos associados da AIEV, a Consultâmega, visto que a AIEV estava em processo de mudança de sede, não existindo ainda condições para ir trabalhar para o novo espaço. Quando o espaço ficou concluído (a 17 de fevereiro), mudei-me definitivamente para as novas isntalações, na Rua Dr. Nunes da Ponte, n.º 33-3º piso. Não obstante, dado que grande parte das tarefas que realizei serem de cariz digital, houve muito trabalho que desenvolvi a partir de casa, não havendo necessidade de me deslocar diariamente até à sede em Valongo, o que foi bastante vantajoso, principalmente, em termos económicos. Numa primeira fase, foram-me apresentados os trabalhos a decorrer na AIEV e o plano de actividades para o ano de 2014, para uma mais fácil integração e conhecimento da organização. (Anexo 2) Não me foi, contudo, traçado nenhum plano de estágio específico, pois as tarefas relacionadas com os eventos realizados ou coorganizados pela

André Cosme

17


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

AIEV foram-me sendo atribuídas ao longo do estágio, à medida que iam sendo adicionadas novas iniciativas ao calendário de eventos da AIEV. No que toca aos contactos com os vários organismos, foi também uma tarefa contínua, em muito dependente dos contextos: desde solicitar uma simples informação até à gestão de todas as envolventes relacionadas com os preparativos de um evento. A manutenção das redes sociais e do site foi dividida entre clipping de informação económica, jurídica e legal relevante para o comércio e indústria de Valongo, a divulgação de eventos e atividades da AIEV e a promoção dos parceiros e associados e seus produtos/serviços. A única tarefa que realmente se pode considerar como tendo sido planeada foi a criação de uma base de dados com todos os associados da AIEV, a ser atualizada à medida que mais empresas se foram e vão tornando associados. Aliás, tentar arranjar novos associados para a AIEV deverá também ser vista como uma das tarefas que tive de levar a cabo. No tocante a esta última, tive total liberdade para definir a estratégia a seguir para o fazer, o que é apenas mais uma das provas da grande liberdade e independência, em termos de iniciativa, que marcaram todo o meu estágio. Outra evidência clara da autonomia de ação de que dispunha é o facto de me ter sido atribuído um fundo de maneio ao longo do estágio, a ser utilizado para cobrir todo o tipo de gastos associados com atividades da AIEV (criação, impressão e distribuição de materiais, etc.) Todos os gastos efetuados estão anotados numa folha Excel, que funciona como de folha de controlo de despesas. (Anexo 3) Passo agora a expor pormenorizadamente as ferramentas que mais utilizei ao longo do estágio para dar resposta às diferentes tarefas que tive de levar a cabo.

André Cosme

18


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

1.4 Ferramentas utilizadas 1.4.1 Edição de Imagem Para a edição de imagem, ao longo dos três meses de estágio, utilizei nomeadamente o programa Adobe Photoshop, programa de edição de imagem, no qual adquiri alguma experiência ao longo dos três anos de estudos no ISCAP, nomeadamente em unidades curriculares como TIC, bem como nos trabalhos desenvolvidos com este software, tais como o Ciclo de Palestras sobre Língua Russa, em Novembro de 2013 e os cartazes para o Dia da Rússia, evento levado a cabo no âmbito da Semana Internacional do ISCAP. É inegável que as tarefas se tornam mais simples, já que é uma ferramenta muito completa, que permite trabalhar vários formatos em conjunto com outros programas multimédia. Foi, sem dúvida, a ferramenta que mais me acompanhou durante o estágio. 1.4.2 Edição de Vídeo e Som Praticamente não foram produzidos conteúdos de vídeo e som neste estágio, mas, quando foi o caso, recorri ao Adobe Premiere para edição de vídeo e ao Adobe Audition para edição de som. São dois programas que atuam em conjunto e que permitem tratar vídeo, áudio, inserir imagens, efeitos e transições, etc. Confesso que, aquando do começo do estágio, pouco ou nada conseguia fazer com estes programas, mas ao longo do semestre, quer em trabalhos académicos (como no caso da gestão da comunicação de empresas fictícias em ACE), quer em projetos do estágio, posso dizer que ganhei uma relativa experiência na sua utilização. Também foram usados programas de conversão de ficheiros para que estes se adequassem às plataformas de publicação. Por exemplo, o ficheiro final do Adobe Premier, AVI, não é adequado para o Youtube ou para a maioria dos sites, devido ao seu formato e tamanho. Para combater esta lacuna, usei o Atube Catcher, que permite mudar o formato dos vídeos.

André Cosme

19


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

1.4.3 Criação de Newsletters e gestão das Plataformas Online No que toca à criação de páginas, sites e aplicações Web, foi usado o Wordpress, uma vez que a AIEV já possui uma conta premium nesta plataforma, que é compatível com HTML, o que a torna muito completa. Além do site, outra plataforma com que trabalhei muito foi o Facebook, indispensável para qualquer empresa, hoje em dia. A Internet e, mais concretamente, redes sociais como o Facebook emergem como meio alternativo para agir junto de destinatários que inde- pendentemente do grau de interesse que possuem na interacção humana, estão, no mínimo, mediamente envolvidos com tecnologia e possuem forte ânsia por conteúdos comunicacionais de cariz infocomercial (cf. Lendrevie. et al.). - Ref.3

Assim, o meu conhecimento prévio desta plataforma fez com que rapidamente me integrasse nas diretrizes da AIEV, que passavam por fazer, sempre que possível, um post por dia, entre as 13h e as 14h, dando a conhecer um dos nossos associados e outro post entre as 16h e as 17h, anunciando um evento ou atividade ligada diretamente com a AIEV. Existem vários estudos que apontam para o facto de que esta é altura do dia em que se regista maior de tráfego de utilizadores nesta rede social 3

Infografia sobre a rede social Facebook.

3

Figura retirada do site http://www.huffingtonpost.com/belle-beth-cooper/a-scientific-guide-topos_b_4262571.html

André Cosme

20


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Por fim, um post à noite, entre as 21h e as 22h, divulgando uma notícia de interesse para o comércio e/ou indústria de Valongo. A AIEV dispõe também de uma conta no Google+, que, contudo, praticamente não foi utilizada, pelo que não me debruçarei sobre esta ferramenta. As newsletters para informar os novos conteúdos da AIEV e a novas plataformas disponíveis foram construídas com o Mailchimp. Apenas com alguns conhecimentos básicos desta plataforma, a verdade é que consegui utilizá-la da melhor forma possível, constituindo uma grande ajuda para a elaboração deste tipo de documentos, já que trabalha com formatos certos para que as newsletters possam ser enviadas através de correio electrónico para bases de dados com números significativos de emails. Foi também criada uma conta no Webmail4, que foi o programa utilizado para o envio pontual de emails em nome da AIEV. Este programa correspondeu às minhas expectativas, sendo bastante simples e objectivo, possibilitando ainda a visualização de relatórios de entrega e leitura. 1.4.4 Restantes Tarefas O Microsoft Office e os vários programas que o integram foram utilizados, tais como o Word, o Excel e o PowerPoint para edição de inquéritos, base de dados, criação de apresentações e outros documentos que envolveram edição de texto. Os contactos entre os vários associados da AIEV, empresas e entidades do Concelho e colegas de trabalho foram efectuados com recurso a um telemóvel particular, que me foi entregue, por email, pelo Webmail e pela rede social Facebook. Em suma, todas as ferramentas com que trabalhei são softwares, ferramentas e meios utilizados no dia-a-dia, com cuja utilização já me encontrava

4

familiarizado.

O

recurso

a

todos

estes

softwares

comunicacao@aiev.pt

André Cosme

21

e


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

ferramentas, sua maioria acessíveis em todo o lado, tornaram, sem dúvida nenhuma, as tarefas digitais e de contactos mais fáceis.

2 Descrição do projecto de estágio Neste capítulo, apresento as atividades em que a AIEV se envolveu e em cuja organização e/ou divulgação participei. Irei também, sempre que se justifique, fazer uma breve reflexão sobre pontos fortes e fracos de cada evento em que participei e as relações com o curso de Comunicação Empresarial. Esta descrição será o mais exaustiva possível, visto que o conteúdo deste trabalho é para ser compreendido e reproduzido, sempre que necessário, no futuro por outras pessoas da organização.

2.1 Base de Dados interna e externa Como referido anteriormente, esta foi a tarefa primordial do meu estágio. Trata-se de uma tarefa que foi planeada a priori, apresentando a particularidade de se ter prolongado durante todo o período de estágio. Esta tarefa dividiu-se em duas partes: •

Atualizar a base de dados interna dos associados que a AIEV já contava no momento em que iniciei o estágio (Anexo 4);

Aumentar as bases de dados externas da AIEV, com inúmeros contactos de empresas e indústrias do concelho de Valongo, que poderão vir a ser potenciais associado (Anexo 5 e 6).

Na base de dados interna tem de se ter em conta uma série muito detalhada de critérios que podem ser vistos no Anexo 4, o que fez com que, em muitos casos, tivesse de entrar em contacto com os próprios associados, de modo a obter algumas dessas informações (Anexo 7). Depois de reunidos os dados, as empresas foram sendo colocadas no site da AIEV, para ajudar à sua divulgação.

André Cosme

22


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

2.2

Campanha de Comunicação AIEV – 5 de Fevereiro

Na altura em que iniciei o estágio, a AIEV ainda não era conhecida no concelho de Valongo, sendo, por isso, natural que me tenham solicitado que expandisse as bases de dados externas, com o objetivo de, a posteriori, elaborar um plano de comunicação e respetiva campanha de divulgação da AIEV. A propósito desta mesma campanha, foi solicitada a criação de uma Newsletter que apresentasse sucintamente a AIEV, a ser enviada para todos os contactos da Mailing List externa (Anexo 8). Embora não me tenha sido solicitado, tomei a iniciativa de elaborar um cartão institucional, que fosse visualmente simples e prático, contendo todas informações-chave relacionadas com a AIEV, incluindo QR Codes para o site e Facebook5 da AIEV (Anexo 9). Embora a ideia tenha sido valorizada, o feedback que recebi foi que o cartão conteria informação a mais, o que podia ter repercussões menos positivas, inclusive no que toca a custos de impressão e que a questão dos QR Codes era ainda um pouco “avançada” para os comerciantes de Valongo, pelo que, na prática, não viriam, com certeza, a ser utilizados. Assim, foi criado um outro cartão institucional que teve em conta todas estas diretrizes e que foi aceite por todos os órgãos sociais (Anexo 10). No âmbito desta campanha, foi ainda assinado um protocolo entre a AIEV e a AEP, associações com objetivos comuns, a fim de promover sinergias entre ambas e simultaneamente elevar o nome da AIEV a nível nacional. Coube-me preencher o formulário desta parceria (Anexo 11).

2.3 Conferência “Oportunidades de Negócio na China” – 19 de Fevereiro Este seminário foi organizado em parceria com a Câmara Municipal de Valongo, no Fórum Cultural de Ermesinde, pelas 18h do dia 19 de

5

www.facebook.com/aievalongo

André Cosme

23


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

fevereiro e contou com a participação especial de Irene Lau - Diretora Executiva do IPIM de Macau. O evento, gratuito e aberto a toda a gente, focou-se, naturalmente, nos empresários com interesse em dinamizar e expandir os seus negócios nos mercados asiáticos, tendo sido abordadas as potencialidades de Macau e o bom momento para investimentos recíprocos com esta região, uma “porta de entrada” para a China. Neste evento, foi-me delegada a elaboração de um convite a ser enviado para associados e não associados da AIEV (Anexo 12), bem como um press release, que foi enviado para os orgãos de comunicação social de Valongo (Anexo 13) e que teve como press kit o cartaz com o programa e outras informações úteis sobre o evento (Anexo 14). Também foi importante, para que o evento chegasse a mais pessoas, divulgá-lo junto das redes sociais Facebook, Google+6 e Eventbrite7, bem como no site da AIEV, com fotos ilustrativas. No pós-evento, foi também enviada uma nota de agradecimento a todos os presentes (Anexo 15). Este evento marcou também a efetivação de um protocolo de colaboração entre a AIEV e a AJEPC, que deverá contribuir para que os empresários associados da AIEV cheguem também ao mercado chinês através da participação em feiras ou missões empresariais promovidas pela AJEPC, bem como nas bolsas de contactos promovidas em Portugal com empresários chineses. 2.4 Encontro de negócios com o Cônsul de Israel – 4 de Março Esta iniciativa contou com a presença da Embaixadora de Israel em Portugal, Tzipora Rimon, que visitou o concelho de Valongo na terça-feira

6 7

www.plus.google.com/118072062252221672784. www.eventbrite.pt.

André Cosme

24


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

de Carnaval, a convite da AIEV em parceria com o Município de Valongo através do GMIME. Os três grandes objetivos traçados pela AIEV para este encontro foram: 1. mostrar o que de mais genuíno e característico existe no concelho; 2. promover o networking, através da exploração do potencial de negócios existente em Israel; 3. dar a conhecer as empresas do concelho, criando um elo de ligação entre Valongo e Israel. Pode dizer-se que os objectivos traçados pela AIEV foram cabalmente cumpridos, ultrapassando mesmo as expectativas originais, tendo sido um sucesso junto dos empresários do Concelho. Este evento foi divulgado junto das redes sociais Facebook e Eventbrite. Além disso, no pós-evento, uma nota de agradecimento foi colocada no site da AIEV, com fotos ilustrativas e uma newsletter foi enviada para os presentes, com documentação importante sobre a Economia de Israel (Anexo 16). 2.5

Dia Internacional da Mulher – 8 de Março

Este projeto foi, como já antes referi, o mais trabalhoso e o que envolveu mais tempo de preparação prévia, tendo começado a debruçar-me sobre ele no dia 17 de Fevereiro. Mas não foi só este pormenor que tornou este evento especial, outra particularidade desta iniciativa foi que, como foi realizada pela Junta de Freguesia de Ermesinde, em parceria com a AIEV, fui

convidado

a

trabalhar

nas

instalações

do

próprio

município,

respondendo diretamente à responsável principal do projeto, a Dr.ª Elisabete Carvalho. Este evento tinha uma dupla missão que, em minha opinião, foi excelentemente articulada. Por um lado, com este evento pretendia-se enfatizar e reconhecer o papel da Mulher na sociedade, homenageando-a e presenteando-a com uma série de workshops ligados à área da estética André Cosme

25


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

e da beleza e, por outro lado, divulgar e dinamizar o tecido empresarial de Ermesinde através da promoção de parcerias com estabelecimentos do comércio local da freguesia em determinadas áreas de interesse mais feminino (estética, vestuário, calçado, acessórios, entre outras). Os empresários que quisessem aderir, tinham de praticar um desconto, no Dia da Mulher, entre os 10% e 70%, e os próprios workshops foram todos levados a cabo por empresas de Ermesinde. Estas atividades foram realizadas ao longo de todo o dia na Junta de Freguesia e foram especialmente destinadas a todas as mulheres da freguesia (e não só) que quiseram participar. Ora, inicialmente, a minha participação neste evento seria apenas na comunicação e divulgação do mesmo, o que não deixou de ser feito, através de um press release (Anexo 17), do Facebook da AIEV e da Junta da Freguesia de Ermesinde8 e dos sites da AIEV e da Junta da Freguesia de Ermesinde9. Mas a tarefa que me ocupou mais tempo, das cerca de três semanas dedicadas exclusivamente ao evento, foi o desenvolvimento de os contactos junto do comércio local de Ermesinde, na tentativa de arranjar estabecimentos que praticassem os descontos referidos e que estivessem interessados em organizar workshops naquele dia (Anexos 18 e 19). Esta tarefa acabou por se mostrar bastante difícil. Mesmo alegando que a Junta é que tratava de todos os preparativos e que o estabelecimento iria beneficiar de todo o mediatismo e publicidade circundante ao evento, o que seria ótimo para questões de divulgação, não foi assim tão fácil conseguir quem se associasse à causa, tendo, inclusive, que me deslocar pessoalmente a vários estabelecimentos, mais do que uma vez, para os persuadir a integrar a iniciativa. Os esforços não foram, contudo, em vão,

8 9

www.facebook.com/Freguesia.de.Ermesinde. www.jf-ermesinde.pt.

André Cosme

26


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

pois, acabámos por contar com cerca de 28 lojas aderentes e 19 cabeleireiros, o que foi bastante positivo. Dado que esta iniciativa foi marcada por uma forte presença na net, foi criado ainda um site10 próprio com informações detalhadas sobre o evento, bem como sobre todos os estabelecimentos participantes. Este site demorou um pouco a ser completado, uma vez que precisava que os estabelecimentos membros me enviassem a informação relevante e o seu logótipo (identificação de marca), o que nem sempre foi feito com a devida antecedência e me forçou a contactar novamente as empresas. Além disto, foi também criado um cartaz (Anexo 20), contendo todas as informações sobre o evento e todos os workshops careceram de uma inscrição prévia em fichas de inscrição próprias (Anexo 21). Todos estes documentos foram divulgados em todos os canais de comunicação supracitados e foram expostos nas instalações da Junta em suporte físico. Foram também criados dísticos que foram entregues aos estabelecimentos para serem facilmente identificáveis como membros da iniciativa. O resultado final foi um completo sucesso, pois mais de 400 pessoas passaram pela Junta de Freguesia durante o dia e, em 7 dias de divulgação, cerca de 2151 pessoas visitaram o site dedicado aos parceiros do comércio local que aderiram à iniciativa. No pós-evento, desloquei-me, juntamente com a Dr.ª Elisabete a todos os estabelecimentos membros para obter feedback acerca da iniciativa, que permitisse fazer uma apreciação crítica dos aspetos que poderiam vir a ser melhorados, isto já a pensar na próxima edição. Coloquei também no site da AIEV, uma pequena notícia11 a agradecer em nome da AIEV a todas as entidades que possibilitaram este evento e a apresentar o balanço final.

10 11

www.aiev.pt/comerciolocal. www.aiev.pt/associacao/dia-internacional-da-mulher-8-de-marco/.

André Cosme

27


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

2.6

Entrevista AIEV “Regiões TV” – 20 de Março

Foi um convite relâmpago que a AIEV recebeu para ir ao programa “Jornal das 13h” no Regiões TV. O presidente da AIEV, Hugo Monteiro abordou o tema da importância do associativismo e, mais concretamente, do papel da AIEV, em conjunto com as autarquias locais, no desenvolvimento do tecido empresarial de Valongo. Foi, sem dúvida, uma excelente iniciativa, pois permitiu dar não só mais visibilidade à AIEV, mas também ao concelho de Valongo. Esta presença da AIEV foi divulgada junto das redes sociais Facebook, tendo sido colocadas uma série de fotos, sublinhando o clima de descontração nos bastidores do programa e até um endereço para o live stream12 do programa em direto. 2.7 Sessão de Esclarecimento ASAE “Práticas Restritivas do

Comércio” – 26 de Março Esta sessão

de

esclarecimento foi subordinada ao tema

“Práticas

Restritivas de Comércio”, que teve como orador convidado o Inspetor António Amaral da ASAE. A iniciativa realizou-se na Biblioteca Municipal de Valongo, por volta das 21:15h. De salientar que esta iniciativa foi pioneira no distrito do Porto e foi mais um grande sucesso da AIEV, contando com cerca de 70 empresários de Valongo e até de fora do concelho. Para esta sessão de esclarecimento, e dada a importância que o tema tem para o comércio e a indústria, apostamos numa comunicação holística (integrada) e antecipada, através de todos os canais de comunicação que constituem o “arsenal” da AIEV:

12

http://www.tvtuga.com/regioes-tv/.

André Cosme

28


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Newsletter, que foi enviada para todas as nossas mailing lists – comunicação social, autarquias, base de dados externa (empresas de Valongo) e interna (Associados) (Anexo 22);

Redes sociais Facebook e Eventbrite;

Site da AIEV e Site13 da Câmara de Valongo;

Convites via email e contactos telefónicos com a indústria e presenciais com o comércio local;

Cartaz Publicitário do Evento (Anexo 23).

Como sabíamos que esta iniciativa iria ter uma grande adesão, tivemos de impor um sistema de acreditação/inscrição prévia através do email geral da AIEV14 ou do Eventbrite, que é uma plataforma própria para este tipo de ações. Além disso, no pós-evento, uma nota de agradecimento foi colocada no Site e Facebook da AIEV, com fotos ilustrativas e um inquérito de satisfação foi entregue aos presentes para poderem avaliar a ação e também para sabermos que outros temas gostariam de ver abordados em próximas sessões (Anexo 24). Este evento marcou também a efetivação de um protocolo de colaboração entre a AIEV e o ISAG, com descontos para os associados e colaboradores da AIEV na inscrição num dos cursos desta instituição (Anexo 25). 2.8 Sessão de Esclarecimento: Apresentação do Projeto AIEV para

o Comércio Local – 9 de Abril Esta sessão de esclarecimento surgiu na continuação do plano de comunicação traçado no ponto 3.2, com o propósito de dar a conhecer melhor o projeto, as atividades até agora desenvolvidas e as planeadas para o futuro. E, porque a AIEV foi criada por e para empresários, tivemos

13 14

www.cm-valongo.pt/2014/03/20/aiev-promove-sessao-de-esclarecimento-com-inspetor-da-asae/. geral@aiev.pt.

André Cosme

29


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

também em atenção que os presentes (cerca de 30 pessoas) pudessem deixar as suas opiniões e ideias para melhorar o concelho (Anexo 26). Ao longo da sessão, foram abordados inúmeros temas, desde a questão dos parquímetros no centro de Valongo, à introdução de um cartão social etário do concelho com benefícios sociais, passando pelo modo como as redes sociais e a Internet podem ser dinamizadores de negócios, entre muitos outros. Eu próprio, a título pessoal, apresentei uma ideia que visa contrariar o número baixo de vendas dos estabelecimentos do comércio tradicional (Anexo 27). Toda a sessão foi marcada por uma constante interatividade entre a audiência e os membros da Associação, tendo sido visível a troca de experiências e o desenvolvimento de sinergias e de networking. Para esta sessão de esclarecimento, tal como na anterior, foram usados todos os meios de comunicação de que a AIEV dispõe: •

Newsletter, que foi enviada para algumas das nossas mailing lists – base

de

dados

externa

(empresas

de

Valongo)

e

interna

(Associados) (Anexo 28); •

Redes sociais Facebook e Eventbrite e Site da AIEV;

Convites via email, contactos telefónicos com a indústria e contactos presenciais com o comércio local;

• À

Cartaz Publicitário do Evento (Anexo 29).

semelhança

da

acreditação/inscrição

iniciativa prévia

anterior, através

do

impusemos email

um

sistema

(geralaiev.pt)

ou

de do

Eventbrite, que é uma plataforma própria para este tipo de ações. Além disso, no pós-evento, uma nota de agradecimento foi colocada no Site e Facebook da AIEV, com fotos ilustrativas, e um inquérito de satisfação15 foi enviado, não aos presentes, pois esses manifestaram as

15

www.pt.surveymonkey.com/s/XD5D9WV

André Cosme

30


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

suas opiniões na sessão, mas sim aos que não puderam estar presentes, através da plataforma SurveyMonkey, para poderem avaliar a ação e também para sabermos que outros temas gostariam de ver abordados em próximas sessões. Esta ferramenta é excelente para este tipo de acções, pois ela própria faz a recolha, análise e organização das respostas. Como balanço desta sessão, foi possível concluir que existe, de facto, espírito de luta, união e vontade dos comerciantes em mudar o rumo dos negócios no Concelho e ultrapassar o panorama crítico com que se debatem. 2.9

V Edição da Feira VAlorizar – 15 e 16 de Maio

Esta feira, que vai na sua 5ª edição, é realizada pela Câmara Municipal de Valongo, através da Agência para a Vida Local, na Escola Secundária de Ermesinde. Em síntese, a VAlorizar assume-se como uma mostra de emprego e formação do concelho de Valongo. Ora, esta feira conta, em todas as suas edições, com a presença de entidades

representativas

das

áreas

do

Emprego,

Formação

e

Empreendedorismo e, por isso, a AIEV não poderia deixar de marcar presença com um stand para proporcionar todos os esclarecimentos necessários sobre o “projeto AIEV” e as suas próximas atividades. O stand, foi decorado com um dístico e uma bandeira, ambos contendo o logótipo da AIEV, dois sofás e um computador (Anexo 30). Neste computador, foi apresentado um vídeo promocional da AIEV, que esteve em exibição ao longo de toda a exposição (Anexo 31). Fui destacado para representar o stand da AIEV durante os dois dias e posso dizer que foi bastante gratificante conversar com os visitantes e esclarecê-los acerca da AIEV. Durante a feira, foram também colocadas fotos sobre a mesma no Facebook para mostrar aos que não tiveram oportunidade de ir como esta estava organizada (Anexo 32).

André Cosme

31


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

A par da Mostra de Emprego e Formação, decorreu também um programa que incluiu a realização de diversas atividades paralelas e workshops, todos de bastante interesse na área do emprego e formação (Anexo 33). Não creio, contudo, poder afirmar-se que a adesão a este evento da AIEV se tenha corolado do êxito inicialmente esperado, já que a maior parte dos stands eram de escolas secundárias e escolas profissionais, que neles davam a conhecer os seus cursos. Além disso, sendo esta feira realizada numa escola secundária, naturalmente que foram alunos entre os 14 e os 18, quem mais afluiu a esta feira, o que não é, propriamente, o públicoalvo da AIEV.

2.10 Seminário de Empreendedorismo “transFORMA-TE” – 29 de Maio A AIEV foi convidada a moderar esta sessão subordinada ao tema “Empreendedorismo”, promovida pelo Centro Social de Ermesinde. A ligação da AIEV a esta iniciativa ficou-se a dever ao facto de o seu contributo para a criação de emprego no concelho de Valongo ser já notório. O cartaz e o programa deste seminário foram divulgados no Site e no Facebook da AIEV (Anexo 34). Menciono, a seguir, uma série de atividades que, embora tenham sido realizadas após a data oficial de término do estágio curricular, tinham começado a ser organizadas durante o estágio, pelo que me senti responsável pela sua implementação e acompanhamento.

2.11 III Edição da Feira da Saúde de Ermesinde – 29 a 31 de Maio Ciente da importância do esclarecimento da comunidade sobre o bemestar da população e a fomentação da qualidade de vida, através da promoção da saúde e da prevenção da doença, a Junta da Freguesia de

André Cosme

32


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Ermesinde organizou nos dias 29, 30 e 31 de Maio a sua III Feira da Saúde. A AIEV apoiou esta causa e, como tal, ajudou na divulgação deste evento, que tem como propósito primordial a promoção de estilos de vida saudáveis através da educação para a saúde. Mais uma vez, o Site e Facebook da AIEV foram o mote para a comunicação desta iniciativa. Além disso, foi enviada uma newsletter (Anexo 35) com o cartaz do evento e com as fichas de inscrição para os workshops (Anexos 36 e 37). Depois do evento, foi partilhado um vídeo em que se mostra o best-of desta iniciativa, com fotos ilustrativas dos três dias (Anexo 38). 2.12 Sessão de Esclarecimento PSP “Comércio Seguro” – 4 de Junho Este evento foi, para mim, duplamente especial, pois além de ter sido o último evento que organizei para a AIEV, foi um evento que surgiu por minha iniciativa. Após ver uma notícia na televisão relacionada com a PSP, que andava a realizar sessões de esclarecimento sobre prevenção no local de trabalho, liguei de imediato para o Bruno Silva e sugeri-lhe a possibilidade de a AIEV organizar uma palestra relacionada com a temática em parceria com a PSP Valongo/Maia. A minha ideia rapidamente obteve o consentimento de todos os órgãos sociais da AIEV, pois todos são de opinião que é de extrema importância que os comerciantes estejam consciencializados sobre como devem atuar para prevenir e reagir em

segurança

perante

situações

ilícitas,

tais

como

furtos.

Como fui eu que tive a ideia, ofereci-me para tratar dos preparativos da sessão autonomamente e com antecedência, o que implicou diversos contactos telefónicos no sentido de agendar uma reunião particular com o comandante geral da PSP Valongo/Maia, para sondar qual seria o seu interesse em disponibilizar um orador. Após alguns dias de contactos exaustivos, consegui finalmente agendar uma reunião na sede da AIEV. Nessa reunião, foram discutidas todas as questões legais circundantes à André Cosme

33


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

participação de uma força policial como a PSP num evento destes, desde as temáticas concretas a abordar até à autorização legal para a utilização do logótipo da PSP como parceira do evento. De facto, uma questão de que não tinha noção é a falta de autonomia das delegações regionais de entidades como a PSP Valongo/Maia em relação ao departamento central de Lisboa, pelo que praticamente qualquer iniciativa a que a PSP se queira associar carece de aprovação do órgão central da PSP, aprovação essa que, infelizmente, tarda sempre um pouco em chegar. Consequentemente, embora a reunião tenha sido realizada cerca de duas semanas antes da data marcada para o evento, só tive autorização para divulgar os cartazes cerca de 4 dias antes da data da sua realização, o que foi um inconveniente, pois não me deu tempo suficiente para elaborar uma campanha de divulgação tão forte e diversificada como pretendia. Em relação ao local do evento, a Junta de Freguesia de Ermesinde, que rapidamente se associou ao evento, forneceu o seu anfiteatro como palco para a sessão. Apesar dos contratempos, a comunicação do evento passou pelo site, Facebook e Eventbrite da AIEV. Foi enviada também uma newsletter informativa para todas as mailings lists da AIEV (Anexo 39), contendo o cartaz da iniciativa (Anexo 40). Como sabíamos que esta iniciativa iria ter uma grande adesão, tivemos de impor um sistema de acreditação/inscrição através do email geral da AIEV e do Eventbrite, que é uma plataforma própria para este tipo de ações. O evento foi um sucesso, embora os níveis de adesão tenham sido um pouco abaixo dos esperados. Uma questão que gerou alguma controvérsia na sessão foi a questão legal que circunda o registo de alarmes junto da PSP. Como tal, juntamente com a newsletter de agradecimento a todos os presentes na conferência, foram enviadas informações essenciais para ultrapassar este problema (Anexo 41).

André Cosme

34


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

2.13 Outras Tarefas 2.13.1 Trabalho de Campo/Angariação de Associados Como é possível perceber, várias iniciativas, mais direccionadas para o comércio local, como o Dia da Mulher, envolveram um forte trabalho de campo, que assentou num contacto pessoal loja-a-loja e na entrega frequente de um flyer demonstrativo e explicativo do evento. Ora, uma das funções que me foram atribuídas logo desde o início do estágio foi a de dar a conhecer a AIEV ao maior número possível de empresários em Valongo e, como tal, aquando desses contactos pessoais com os estabelecimentos, tentei sempre apresentar resumidamente o projecto da AIEV, sublinhando os benefícios que esse estabelecimento poderia retirar da sua adesão à AIEV, deixando, inclusive, uma ficha de inscrição em cada loja (Anexo 42). No entanto, iniciativas como a Palestra da ASAE e a Palestra da PSP que eram não só direccionadas ao comércio local mas também à indústria, forçaram-me a outro tipo de abordagem, pois, ao passo que o comércio local está todo muito centralizado no centro das freguesias, já as indústrias estão afastadas quer do centro, quer entre si, o que tornaria a abordagem porta a porta um processo muito moroso e até dispendioso. Assim, a alternativa natural foi o contacto via email e telefone, mas a estratégia manteve-se a mesma: divulgar o evento e dar a conhecer a AIEV. Para chegar ao maior número de indústrias no concelho de Valongo, foi essencial a utilização de dois Websites: o da IGNIOS16 e o da AEP17. Ambas são plataformas muito simples de trabalhar (embora a IGNIOS forneça uma base de contactos mais atualizada e completa) e que contêm informação muito detalhada sobre a atividade comercial de inúmeras

16

www.ignios.pt. www.aeportugal.pt/inicio.asp?Pagina=/Aplicacoes/MOPEEstudos/EstudosRegionais&Menu=MenuInfoEcono mica&Concelho=Valongo. 17

André Cosme

35


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

regiões do país (Valongo incluído) e os contactos de cada empresa, o que tornou esta minha tarefa muito mais fácil. 2.13.2 Clipping18 Embora sendo uma tarefa um pouco mais secundária, o clipping foi também uma constante ao longo do meu estágio. Para colocação e divulgação do clipping, foram usados como plataformas principais o site e Facebook da AIEV, embora em alguns casos muito específicos, em que a informação a divulgar apenas era relevante para um reduzido leque de empresas, a divulgação desta foi procedida por email ou newsletter. É possível dividir o clipping efectuado em três grandes grupos: •

clipping de informação relevante para o comércio e a indústria de Valongo Exemplo Clipping (Anexo 43), isto é todo o tipo de notícias ligadas

à

economia,

internacionalização,

mercados,

emprego,

legislação, tecnologia, ambiente e outros temas similares, sempre que possível com uma ligação ao norte do país e/ou ao concelho de Valongo; •

clipping de informação relacionada com os associados Exemplo Clipping (Anexo 44), onde é clara a componente que se prende com a promoção dos associados da AIEV, pois, embora as notícias fossem de interesse para o comércio em geral, elas eram sempre apresentadas na perspetiva do associado. Ainda a propósito deste setor, a certa altura do estágio tive a ideia de lançar uma campanha de comunicação via Facebook, em que o objetivo seria destacar os associados, não individuamente,

mas

aglutinando-os

por

área

de

atividade

e

promovendo-os através de uma imagem criativa ligada à sua área.

18

Clipping é o processo de selecionar notícias de interesse em jornais, revistas, sites e outras fontes, no sentido de o divulgar

em redes sociais, blogs, webjornais, rádio e televisão, entre outros meios de comunicação.

André Cosme

36


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Antes de apresentar esta ideia ao meu supervisor externo, decidi de imediato elaborar dois exemplos práticos para a minha ideia ser melhor compreendida (Anexos 45 e 46). Apesar de ter gostado da ideia, o meu supervisor referiu que a política da AIEV sempre foi a de promover individualmente os associados e que mudar essa política agora poderia ter efeitos residuais negativos na sua reputação; •

clipping de informação de eventos e atividades organizadas direta ou indiretamente pela AIEV Exemplo Clipping (Anexo 47). Tal como o anterior, há aqui também uma clara junção entre o Clipping e o Marketing, pois todas as notícias lançadas neste sentido, foram sempre com o propósito de destacar a AIEV e não tanto a notícia em si.

As principais fontes de clipping usadas foram alguns jornais nacionais tais como Dinheiro Vivo, Jornal de Notícias e Diário Económico e também alguns regionais tais como A Voz de Ermesinde e o Jornal Novo de Valongo. 2.13.3 Newsletters Além de todas as newsletters relacionadas com eventos e atividades da AIEV mencionadas dos pontos 3.1 ao 3.12 e as newsletters referidas no ponto 3.13.2, fiquei encarregue de regidir uma newsletter bimensal, contendo uma espécie de resumo dos principais highlights da AIEV durante esse período e ainda com uma referência aos eventos futuros planeados pela AIEV (Anexo 48). Importante também destacar que todas as newsletters foram enviadas pela plataforma Mailchimp19, que é uma ferramenta excelente para este tipo de ações, pois permite criar mailings lists e newsletters muito rapidamente e ainda manter o registo de todas as estatísticas, através de relatórios minuciosos e atualizados.

19

www.mailchimp.com.

André Cosme

37


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

2.13.4 Reuniões Administrativas Periodicamente (de 15 em 15 dias), os órgãos sociais da AIEV reúnem-se na sede para debater temas, relacionados com toda a logística de futuros eventos da AIEV, bem como para tratar de assuntos de interesse respeitantes ao desenvolvimento da concelhia e à expansão da AIEV e respetiva delegação de tarefas. Todas as reuniões eram precedidas por um email geral enviado a todos os corpos administrativos, com todos os pontos da agenda a abordar na reunião, onde sempre havia um ponto para “outros assuntos” não previstos na agenda. De cada reunião era lavrada uma ata, de modo a manter esta informação em arquivo para consulta. Era no decurso destas reuniões que eu era normalmente solicitado a fazer um ponto da situação relativamente às minhas tarefas pendentes, sendome delegadas novas tarefas, consoante o avanço das iniciativas. Além disto, tentei, sempre que possível, levar para cada reunião uma ou duas ideias sobre ações para o desenvolvimento não só da AIEV e dos seus associados, mas também do concelho, o que foi sempre valorizado pelos representantes administrativos da AIEV (Anexos 9, 27, 45, 46 e 48). 2.13.5 Serviços de Manutenção das Instalações Aquando das mudanças para as novas instalações da AIEV, fui requisitado para tratar de vários aspetos relacionados com a organização da sede, nomeadamente: a) verificação pontual do correio; b) aquisição de todos os materiais necessários para criar boas condições de trabalho na sede (foi-me um dado um orçamento à parte para esta tarefa); c) organização física

do

espaço;

d)

montagem

dos

equipamentos

necessários

(computador); e) gestão das despesas do espaço, tais como água, luz, entre outras. Fiz inclusive uma contagem de luz para a EDP, pois havia suspeitas, posteriormente confirmadas por mim, que a AIEV andava a pagar por estimativa um valor superior ao que devia. A solução que encontrei foi alterar o tarifário de pagamento de forma a pagar uma

André Cosme

38


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

importância fixa por mês (ex: 40%) e no final do ano, a própria EDP encarrega-se de fazer o acerto fincanceiro.

André Cosme

39


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

3 Conclusões Expectativas iniciais e finais O facto de trabalhar com uma associação comercial despertou em mim, desde o início, grande interesse, pois o papel destas associações nos concelhos sempre foi um tema que me despertou curiosidade, daí ter aceitado o desafio. Neste sentido, o meu estágio só reforçou a opinião que já tinha de que, em alturas de crise como a que vivenciamos hoje, “juntos somos mais fortes”. Não se pode encarar o estabelecimento do lado como um concorrente, mas sim como um potencial parceiro que pode ajudar a promover iniciativas conjuntas, que sejam benéficas para ambos. Mas o que me deixou mais expectante, no bom sentido, foi o terem referido que iria ter muito “trabalho de campo”, ou seja, muitas das actividades iriam envolver um contacto pessoal com inúmeras entidades, estabelecimentos e organismos (autarquias, etc.), o que me deixou bastante motivado, pois considero-me uma pessoa bastante comunicativa e tive de imediato a perceção que iria conhecer muitas pessoas e aumentar a minha base de contactos profissional, o que de facto aconteceu, e é uma das mais-valias que retiro desta experiência. Todavia, após as três primeiras semanas de estágio, senti que este estava a ficar um pouco aquém das minhas expectativas. O trabalho que me era dado era escasso e a comunicação entre mim e o meu supervisor externo era praticamente nula e, como tal, grande parte do que fiz adveio de iniciativa própria. No entanto, quando confrontei o meu supervisor externo com esta situação, percebi que a ausência de trabalho, na fase inicial do estágio, se deveu ao facto de a AIEV estar numa fase em que os novos órgãos sociais tinham acabado de

assumir e, como tal, a AIEV

encontrava-se a atravessar, ela própria, mais uma fase de planeamento do que propriamente de execução.

«autor»

41


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

De facto, coincidência ou não, foi a partir daí que a minha “carga de trabalho” aumentou substancialmente e a comunicação entre mim e o meu supervisor externo também. Senti-me mais apoiado e motivado, o que me deu novo ânimo para prosseguir com o estágio.

Relacionamento com os responsáveis da AIEV Desde o início que me senti à vontade com todos os responsáveis que me fizeram

sempre

sentir

como

sendo

“um

deles”.

As

reuniões

administrativas eram sempre realizadas num clima de descontração, onde a minha opinião era sempre valorizada, o que me deixou sempre mais motivado para intervir. Depois das reuniões, havia sempre um convívio mais informal, no qual eu fui sempre convidado a participar, sinal que nunca me excluíram nem me trataram de forma diferente ou inferior por ser estagiário.

Importância da licenciatura no estágio Sendo o estágio curricular feito no sentido de nos dar uma visão mais abrangente da aplicação prática dos conteúdos abordados ao longo da licenciatura, elaborei esta tabela que define objectivamente as tarefas que mais pus em prática neste estágio e as unidades curriculares, nas quais adquiri os conhecimentos decisivos para as poder executar o melhor possível. Tarefa Perfeição oral e de redação de conteúdos em Português Aptidão para a escrita criativa de conteúdos Gestão de redes sociais e plataformas/websites Atendimento telefónico

«autor»

Unidade Curricular ADED e ETT

TCPT, ADED, ETT e TATE

TIC, CI, CM, ACE, TATE ACE

42


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Conhecimento de marketing

CM

digital Dominio de ferramentas

TIC

informáticas (office, adobe) Organização de correspondência

ACE

Organização de eventos/relações

CI e ACE

públicas

Contributo do estágio para o desenvolvimento profissional Se houve competências que aprimorei neste estágio foram as minhas capacidades comunicativas, pois, para os meus contactos loja-a-loja tentei preparar sempre de antemão uma estratégia de abordagem, embora, na prática, tivesse de improvisar em muitas situações. Assim, com este estágio, posso dizer que me sinto muito mais confiante para lidar com situações adversas. Além

disso,

como

grande

parte

do

trabalho

que

desenvolvi

foi

autonomamente, tive de superar, sozinho, muitas dificuldades e, por isso, tornei-me numa pessoa muito mais proativa e independente, qualidades fundamentais no contexto profissional atual. Em parte isto foi possível, visto que o planeamento do estágio se caracterizou, desde início, por uma grande liberdade, no que toca não só a prazos, mas também à forma de atuação nos mais variados contextos e face às mais diversas tarefas. Claro que a ausência de prazos apertados e a liberdade que me foi dada, em termos estratégicos, para lidar com as várias tarefas revela a confiança que foi depositada em mim. Mas essa liberdade representou também para mim uma grande responsabilidade, já que a concretização das diversas ações dependia de sobremaneira da minha própria iniciativa, podendo afirmar que ganhei não só experiência, mas também confiança nas minhas próprias capacidades.

«autor»

43


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

Com

este

estágio,

pude

perspetivar

que

preciso

de

formação

complementar na área da gestão e até mesmo de algumas bases de contabilidade, pois muitos assuntos ligados à criação de uma associação (como, por exemplo, a escritura de constituição da mesma) se prendem com uma série de questões que envolvem conhecimentos específicos que eu não possuo e que são cruciais, principalmente, tendo em conta a área de estudos que quero seguir: gestão de empresas.

«autor»

44


Relatório de Estágio Curricular - AIEV

4 Webgrafia Ref.1: Corrêa, Rinaldi da Silva. 2011. 17 junho 2014. http://blogeducavirtual.wordpress.com/2011/09/13/o-associativismoe-uma-pratica-contemporanea-que-pode-melhorar-em-muito-a-vidado-micro-e-pequeno-empresario.

5 Bibliografia Ref. 2: Leitão J., Ferreira J.M. e Azevedo S.G. et al (2008) – Dimensões Competitivas de Portugal, Centro Atlântico Lda., Famalicão, PT Ref.3: Ibid. Ref. 4: Lendrevie, J., Lindon, D., Dionísio,P. e Rodrigues, V. – Mercator XXI, Teoria e Prática de Marketing, Dom Quixote (6.º edição), Lisboa, PT

6 Anexos Aqui é possível encontrar toda a documentação referenciada ao longo do relatório, organizada por capítulos, que atesta a informação do mesmo. Nota: Todos os anexos, devidamente numerados, encontram-se numa pasta num CD-ROM que acompanha este relatório de estágio.

«autor»

45

Estágio AIEV  
Estágio AIEV  
Advertisement