Page 1


Anuário de do Ceará 2014

ESTÚDIO MIX DESIGN & IMAGEM

Rua Nunes Valente, 2439 | Dionísio Torres | 60125-000 85 3224.2036 | 3181.3169 estudiomixceara@gmail.com Fortaleza-CE


Viva a Fortaleza de muitos sabores.


Patrimônio imaterial, tradição reinventada Pergunte sem titubear: Qual uma das melhores lembranças que se leva do Ceará? Dez entre dez pessoas questionadas incluirão em suas respostas: a culinária regional. O consenso a respeito da nossa gastronomia é motivo de orgulho, afinal para todo bom cearense, receber bem é também proporcionar uma experiência gastronômica marcante ao visitante. Porque comida e afeto costumam andar juntas, como se cada pessoa que aqui chegasse, ocupasse a casa da gente e fosse recebido com um carinhoso afago. Por esta razão, mais que visitar prédios, espaços físicos, pontos turísticos, praias e festas, conhecer o Estado do Ceará é uma oportunidade de visitar sabores, cheiros, receitas de muito longe, imaterializadas e entranhadas na cultura da região. O Anuário de Gastronomia do Ceará conta nas próximas páginas um pouco sobre esse rico roteiro, que viaja o Brasil, visita o exterior e retorna para casa com novos estilos e formas. É a tradição reinventada por chefs, culinaristas, sommeliers, em bares, restaurantes e lanchonetes espalhadas pela cidade. Dos pratos sofisticados franceses e italianos, passando pelos sorvetes de gosto caseiro da Aldeota, os doces refinados com a graça cearense, as bebidas especiais que realçam os sabores locais... Encontrase de tudo um pouco no Ceará. O que o leitor verá a seguir é uma mostra da riqueza proporcionada pela gastronomia. Como bem traduziu Câmara Cascudo em sua Antologia da Alimentação no Brasil, “comer é revelar-se”. Pois neste anuário, o Ceará é revelado. Boa leitura!

André Benevides Diretor e Publisher


Salmito Filho | Secretário de Turismo de Fortaleza Fortaleza se destaca no cenário gastronômico brasileiro por possuir uma das mais ricas e diversificadas culinárias, com temperos peculiares que agradam os mais exigentes paladares. Quem visita nossa capital não resiste ao provar nossos pratos regionais como o baião de dois, acompanhado da carne de sol na manteiga da terra e da macaxeira frita, a nossa deliciosa tapioca com queijo coalho e a popular e nutritiva rapadura feita da cana-de-açúcar. Atenta a essa importante ferramenta do Turismo, a Prefeitura de Fortaleza, na gestão do Prefeito Roberto Cláudio, tem investido na requalificação de nossos polos gastronômicos para viabilizar o acesso tanto de moradores quanto de turistas às nossas delícias culinárias. O turismo gastronômico faz parte das atrações de nossa cidade, que cada vez mais cresce com uma grande variedade de bares e restaurantes. Assim, o Anuário de Gastronomia do Ceará apresenta o que de melhor em nossa gastronomia, seu universo de sabores e costumes, porque nossa capital é muito mais que praia e artesanato. É um híbrido cultural, também expresso nos sabores que esta terra produz.


Capa ESTUDIO MIX | ANUÁRIO DE GASTRONOMIA DO CEARÁ Direção Geral e Publisher André Benevides Direção de Imagem Robson Melo Jornalista responsável Edma Cristina de Góis Designer e Direção de Arte André Benevides Tratamento de Imagens e produção Pedro Melo Fotografias Robson Melo, Pedro Melo e Firmino Jr. Atendimento Nara Fialho Administrativo Ster Stoppelli Apoio de logística José Luíz Ximenes Colaboradores Aérton Freitas, Cristina Vasconcelos, Kaline Macedo, Silvana Melo, Grand Cru, Interfood, SECITECE, SETUFOR, Agência Bolero, Roger Monte, Marel, Bontempo, La Maison, Delitália, Chefs, Gourmets e Sommeliers convidados. Periodicidade Anual Tiragem 2 mil exemplares Circulação dirigida e vendida em PDVs Impressão Gráfica Santa Marta Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos artigos não assinados pelo livro. É proibida qualquer cópia ou reprodução do conteúdo e de imagem do livro sem prévia autorização. Os textos contidos nos projetos dos profissionais foram desenvolvidos baseados em informações fornecidas pelos mesmos, insentando o Anuário de responsabilidades sobre seu conteúdo. Para anunciar ou obter informações entre em contato: estudiomixceara@gmail.com | andrebenevides7@gmail.com Estudio Mix | Design e Imagem Rua Nunes Valente, 2439 | Dionísio Torres | 60125-000 Fortaleza-CE | 85 3224.2036 | 3181.3169 Críticas e sugestões serão bem vindas e avaliadas para nossa melhoria | redacaoestudiomix@gmail.com.

Capa Foto e tratamento: Pedro Melo Prato: Rodrigo Viriato


A n u á r io de G ast r onomia D O C E A RÁ 2 0 14

Bernard Twardy | Chef Corporativo Beach Park Hotéis e Turismo S/A O coração gastronômico do Beach Park bate forte. Quatorze Chefs, dezenas de cozinheiros e auxiliares. Todos com um propósito: praticar o ato de cozinhar, um ato de amor e de dedicação, virando dias e noites, sempre com a preciosa escolta dos anjos da guarda dos bons procedimentos. A batida dele marca as horas dos preparos e da sintonia dos executantes e não para jamais. Este anuário, pela essência do seu projeto, abre as suas páginas para o mundo da gastronomia executada no Ceará. É essa gastronomia que vale, a do nosso “terroir”. Vamos continuar se apropriando do que é nosso e passo a passo firmar a nossa terrinha nas linhas das grandes publicações dedicadas aos paladares exigentes deste mundo.

Jefferson Deywis | Gerente Executivo GRUPO 3CORAÇÕES A 3corações acredita no prazer das sensações agradáveis que experimentamos com os nossos sentidos. Temos satisfação em oferecer o nosso melhor sabor para o Brasil e o mundo, promovendo o valor das coisas simples e significativas, como um encontro à mesa. Para isso, trabalhamos com ousadia e nos relacionamos com paixão. Acolhemos e divulgamos o Anuário de Gastronomia do Ceará pela essência do projeto. Agora, com a solução TRES, queremos entrelaçar, ainda mais, histórias de quem faz e celebra a gastronomia. Porque vivemos, diariamente, a força dos laços que unem um universo de sabores, cores e sensações. Para nós, o prazer está nas coisas simples!

Severino Ramalho Neto MERCADINHOS SÃO LUIZ Os Mercadinhos São Luiz oferecem a seus clientes os melhores ingredientes, valorizando a qualidade e a história de cada um. A variedade de bebidas, além de ingredientes importados e delícias que só o bom cearense conhece, pode ser encontrada no São Luiz. Além disso, produtos da terra de excelente qualidade também estão entre as escolhas do São Luiz. Foi com esta proposta que a empresa se diferenciou de outros grupos que atuam no mesmo segmento. A iniciativa do Anuário de Gastronomia do Ceará reconhece e consolida o lugar dos Mercadinhos São Luiz no vida e no coração dos cearenses.

Roberto Schneider | Presidente GRANDE MOINHO CEARENSE O Grande Moinho Cearense tem orgulho de trabalhar na transformação e no beneficiamento do trigo, um produto que há mais de 8 mil anos contribui para a alimentação do mundo. O compromisso com a qualidade dos nossos produtos e com a satisfação dos nossos clientes é a nossa razão de ser. Nossa maior alegria é saber que todos os dias estamos presentes em milhares de lares brasileiros através de pães, bolos, biscoitos, salgados e tantos outros produtos que levam a Farinha Dona Maria em suas receitas. Ser parceiro do Anuário de Gastronomia do Ceará, para todos nós do Grande Moinho Cearense, é extremamente gratificante e engrandecedor, pois entendemos tratar-se de um projeto inovador, que apresenta o universo da gastronomia com muita sensibilidade e primazia, valores que permeiam nossa empresa.


Bernard Twardy

Bia Leitão

Didda Carneiro

Edilson Soares

Edson Nakada

Faustino

Germana Padilha

Gilvan Lopes

Izabela Fiuza

João Freires

Lúcio Figueiredo

Mattu Macedo

Neto Marinho

Rodrigo Viriato

VIviane Monte


Fabiana Tavares

Leiliane Pinheiro

Eduardo Sisi

Eneldo Peixoto

JardĂŞnia Siqueira

Lia QuinderĂŠ

Louise Benevides

Roberto Rufino

Marco Ferrari


Chefs & Gourmets

Foto Jarbas

Bernard

Coração franco-cearense Bernard Twardy, chef com formação europeia, conheceu muitos lugares do mundo. Foi em uma de suas andanças, que conheceu o Ceará e nunca mais quis voltar para a França. Essa história de amor à primeira vista começou no ano de 1985. Atual chef corporativo do Beach Park, Bernard dedicou os últimos anos a entender os produtos cearenses e aproximá-los de sua cozinha de origem, a clássica francesa. O público pode conhecer um pouco mais do seu conhecimento a respeito da nossa gastronomia no livro Cozinha Tropical Cearense, publicado em 2008. Ele continua suas pesquisas sobre insumos do Ceará, com outros chefs e amigos como Fernando Barroso e Elcio Nagano e, na empresa Gourmets Idéias & Soluções, presta serviço de consultoria em gastronomia, montagem e estruturação de restaurantes com foco em clientes do ramo, excluindo o grupo de iniciantes no segmento de alimentação. Com tantos planos e tanto anos no Estado, Bernard Twardy até já parece cearense, pelo menos de coração.


Foto Gentil Barreira


Foto Gentil Barreira

Filé de Badejo com Camarões e Pérolas de Sagu Ingredientes: ½ abóbora-moranga; Sal, pimenta do reino e colorau; Azeite de oliva; 2 colheres de sagu; ½ litro de fumet de peixe; 1 xícara de suco de limão siciliano; ½ litro de molho branco tradicional; 1 xícara de creme de leite fresco; 250 grs exatas de fécula de mandioca e 140 ml exatos de água para tapioca; 3 colheres de sopa de manteiga; 6 filés de badejo de 250 g; 12 camarões bem grandes.

Contato Bernard Twardy 85 91812.4305 bernard@beachpark.com.br


Chefs & Gourmets

Bia

Cozinha de afetos Família, memória, infância, amizades... Tudo isso se mistura aos ingredientes da personal chef e catering Bia Leitão. Natural de Fortaleza, Bia, que é formada em Ciências Sociais e já atuou como produtora cultural, faz uma gastronomia atemporal, inspirada nas lembranças da mãe e das vizinhas do bairro onde cresceu, a Cidade dos Funcionários. Há sete anos, Bia mudou a rota profissional, passando a se dedicar exclusivamente à gastronomia. As especializações no assunto foram adquiridas em cursos em São Paulo, na escola Nicolau Rosa e na Universidade Anhembi Morumbi, e também na experiência ao trabalhar em diferentes restaurantes em São Paulo e Fortaleza. Lautrec, Dio Cucina, Vojnilô, Fahir, Given, Kukukaya, e o renomado Dui na capital da garoa são alguns dos locais por onde passou. Ela também fez consultorias para o self-service Amélie e para os restaurantes naturais Verdelima (Aldeota e Bairro de Fátima) e no interior do estado do Ceará.

No pequeno Tangerina Bistrô, que funciona apenas sob reserva e para eventos fechados, o público pode conhecer mais do estilo da chef, que combina sabores contemporâneos às receitas caseiras. Paralelo a isso, Bia Leitão toca o projeto de pesquisa “Comida de Afeto”, em que investiga a gastronomia familiar cearense por meio de histórias, tradições familiares e manuscritos de receitas, além de assinar uma coluna em jornal local de Fortaleza.


Beijupirá em Crosta com Aligot de Cenoura e Tempurá de Queijo Coalho Beijupirá com crosta de rapadura, ervas e panko, aligot de mandioquinha e farofinha de banana, cereais e camarão. Rende: 4 porções Ingredientes: 600g de filé de beijupirá alto e limpo; 40 g de farinha panko (japonesa); 1 ovo; 40g de rapadura ralada; Ervas frescas picadinhas (tomilho, alecrim, hortelã, manjericão, o que encontrar e gostar mais); 150ml de vinho branco; 300g de mandioquinha; 200g de batata; 200ml de creme de leite; 50g de manteiga; 200g de parmesão; Sal e pimenta do reino q.b.; 50ml de azeite; 400g de cebola; 30g de alho; 200ml de óleo de milho; 50g de germe de trigo; 50g de aveia 100g de proteína de soja em flocos pequenos; 100g de farinha de mandioca; 2 bananas prata; 300g de camarão; 30g de amendoim; 1 maço de coentro.

Contato Bia Leitão 85 8671.3222 www.bialeitao.com.br biamlg@yahoo.com.br


Chefs & Gourmets

Didda


Da França para o Ceará Após uma vivência de seis anos da França, a personal chef Didda Carneiro faz de Fortaleza novamente sua morada, onde faz consultorias e dá aulas de gastronomia para grupos fechados. Formada em cozinha francesa e internacional em Istres Provence, Didda atuou no Club Privé do Rotary Club e Lyons, no Restaurante Garage. Na região de Provence -Alpes- Cotê D’Azur, em Martigues, chegou a montar um restaurante de cozinha brasileira e mediterrânea. Na receita a seguir, ela apresenta um clássico da cozinha marroquina. O couscous, considerado em 2011, o terceiro prato preferido dos franceses. Rico em aromas, por conta das especiarias e sabor, obtido pela mistura de legumes, carnes e a sêmola, trabalhada com as mãos ao invés dos utensílios. A receita pode ser feita com carne de boi, de carneiro, cordeiro, aves e peixes.


Couscous Marroquino de Cordeiro Ingredientes: 500 g de sêmola; 1 kg de carne de cordeiro. Para o molho: 250 g de carne de cordeiro; 3 cebolas; 6 dentes de alho; 4 cenouras; 4 abobrinhas;

3 nabos; 1 c/chá de pimenta branca moída; 2 c/chá de gengibre em pó; 1 c/ sopa de Raz el Hanout; 1c/ chá de massale; 1 c/ chá de páprica doce; Açafrão ( quanto baste); 1 maço de coentro; 3 tomates frescos e maduros; 1 lata de tomates inteiros e sem pele; 1 litro de água; 1 lata de extrato de tomates.

Contato Didda Carneiro 85 8672 2548 didacarneiro@yahoo.com.br


Chefs & Gourmets

Edilson

Chef de primeira linha Com 27 anos dedicados à gastronomia, o chef executivo do Hotel Gran Marquise, Edilson Araújo, tem ampla vivência e experiência acumulada. Edilson começou sua carreira em 1988 como commis de cuisine no restaurante Azul do Mar do Beach Park. Lá permaneceu até o ano de 1992, quando já carregava a condição de primeiro Chef do restaurante, período em que se iniciava a fase “Cozinha Tropical Cearense”. Ainda nos anos 90, já reconhecido, a convite do Chef Wilson Sá, integrou a equipe de montagem e assessoria do Chef Claude Troisgros, com o objetivo de elaborar novas propostas para os cardápios do Beach Park. No complexo, ele também passou a chefiar as cozinhas do empreendimento, além de desenvolver o trabalho de estruturação e elaboração de menus.


De 2003 até o ano de 2006, o Chef Edilson viveu na Bahia, onde assumiu a chefia executiva do Super Clubs Breezes na Costa do Sauípe. De lá, seguiu para Pernambuco, onde foi Chef Executivo do Summerville Resort até 2011. Nos últimos três anos, Edilson Araújo tem desempenhado um nobre papel na condução da chefia executiva do Hotel Gran Marquise, luxuoso hotel cearense. Edilson é responsável pela gerência gastronômica do hotel, desde o serviço de room service, passando pelo café da manhã, o restaurante contemporâneo Mucuripe, o asiático Mangostin, os banquetes dos eventos sociais e corporativos e até os trabalhos de catering. Sua atuação tem dado o afinamento e a coerência necessária para o Gran Marquise manter-se na condição de melhor hotel do Ceará.

Contato Edilson Soares chef@granmarquise.com.br


Chefs & Gourmets

Edson

Com sabor de infância Neto de imigrantes japoneses, o chef Edson Nakada, 35 anos, natural de Belo Horizonte, nunca tinha se interessado pela gastronomia, e trabalhava em um setor completamente diferente - mecânica. No ano de 2004, quando estava no Japão, conheceu a cearense Laura pela internet e ficaram se correspondendo, até o momento que decidiu vir morar em Fortaleza. Em 2008, começou a sua carreira na gastronomia em um restaurante que servia basicamente sushis tradicionais. A experiência da cultura adquirida na época em que esteve no Japão somada a que sempre viveu em casa, renderam a Nakada alguns trabalhos de consultoria a restaurantes cujo foco era a culinária japonesa, sempre inovando com técnica e criatividade. A parceria com o Restaurante Misaki, do Grupo Geppos, começou em 2009. Nakada teve a oportunidade de participar de treinamentos e cursos fornecidos pelo próprio restaurante e com o seu crescimento profissional, assumiu o cargo de Chef em 2011. Com essa responsabilidade passou a se especializar cada vez mais e a criar sushis, fugindo do tradicional.


O conceito Japonês Contemporâneo significa a mistura de ingredientes tipicamente japoneses com ingredientes da cozinha regional, como tilápia, mel, castanha de caju, acerola, rapadura e lagosta, proporcionando novas experiências gastronômicas com um mix de sabores. O intercâmbio de ingredientes garantiu o sucesso da casa com premiações importantes: Melhor Japonês pela Revista Veja Fortaleza em 2010, 2012 e 2013. Hoje, o Chef Edson Nakada apresenta criações que vão alem do sushi e sashimi, com novidades de três em três meses. Uma delas é o Pirulito de Salmão que leva uma tirinha de salmão empanado, que faz uma alusão ao palito do pirulito, salmão enrolado com um pouco de cream cheese e finalizado com um molho adocicado a base de acerola e pequenos grãos de gergelim. Um pouco da infância resgatada com influência nipônica.


Receita Pirulito de Salmão: 60 g de salmão; 20g de cream cheese; 10 g de gergelim preto e branco (torrar o gergelim em uma frigideira). Modo de fazer: Cortar o salmão em 4 tiras de 2,5cm/10 cm. Colocar um pouco de cream cheese em cada uma. Enrolar com 4 tiras finas de salmão 0,5 cm/10cm empanados. Para finalizar o Pirulito de salmão, colocar o molho de acerola e polvilhar um pouco de gergelim em cada um. Modo de empanar: Passar no trigo e em seguida na massa tempura. Finalizar na farinha panko e fritar. Massa Tempura: 1 xícara de trigo;

1 xícara de água; ½ colher de cha de hondashi; ½ colher de chá de sal. Molho: 150g de acerola; 100 ml de saque mirin; 40 ml de vinagre de arroz; 50g de açúcar; ½ colher de chá de sal; 1 colher de chá de Ajinomoto; ½ colher de chá de Hondashi.

Contato Edson Nakada Restaurante Misaki Jardins Open Mall | loja 1031 Aldeota | Fortaleza - CE 85 3433.1050

Bater a acerola no liquidificador com o saque e o vinagre de arroz. Em seguida, coar e levar o suco de acerola ao fogo com a açúcar, sal, Ajinomoto e o hondashi. Deixar em fogo baixo ate adquirir consistência. Levar para geladeira por 30 minutos.


Chefs & Gourmets

Idealizador de banquetes

Eduardo

A paixão do chef pela culinária foi descoberta já na sua primeira experiência gastronômica, em um restaurante familiar em São Paulo. Sisi passou uma temporada em Londres e voltou ao Brasil repleto de ideias adquiridas no contato com chefs de diferentes países, sobretudo, em grandes redes hoteleiras como Hilton, Marriot e Jumeirah Carlton Tower.


À frente do Moana Gastronomia & Arte desde 2009, o chef foi o campeão do II Festival Internacional do Camarão da Costa Negra e atua naquilo que lhe dá mais prazer: a inovação, o requinte e a criatividade do melhor da culinária internacional com toques regionais. Sisi também é um dos idealizadores do Banquete dos Chefs, evento que reúne grandes nomes da gastronomia cearense.

Contato Eduardo Sisi 85 3263.4887 | 9615.4816 eduardosisi@hotmail.com


Chefs & Gourmets

Eneldo

Paladar nacional Especialista em menus para eventos e jantares especiais para grandes eventos, Eneldo Peixoto é um dos chefs que desponta na capital pela qualidade do seu trabalho sempre preocupado com o paladar do brasileiro. Formado pelo Senac Ceará, estagiou no setor hoteleiro, pesquisando e viajando constantemente atrás de novas combinações e sabores. O chef tem a Itália e a França como principais fontes de inspiração e de aromas nobres. No entanto, tem sempre em mente as particularidades nacionais, que devem ser levadas em conta na hora de produzir um belo e saboroso prato. Minucioso com a qualidade dos produtos e a preparação adequada da equipe de serviço, hoje faz parte dos principais eventos da cidade, sejam estes casamentos, confraternizações, aniversários e inaugurações, com brilho garantido com suas delícias.


Medalhão de filé em cama de couve manteiga ao creme de queijo manteiga com salsa trufada, acompanhado com mix de batatas Ingredientes: 1 colher de sopa de salsa trufada; 200 gr de filé mignon; 100 gr de queijo manteiga; 150 gr de batata inglesa; 150 gr de mandioquinha; 1 xícara de caldo de legumes; Manteiga; 20 gr de parmesão; 1 couve manteiga fatiado bem fino; Sal e pimenta; Óleo para fritar a couve manteiga.

Contato Eneldo Peixoto 85 9925.1132 eneldopeixoto@gmail.com Local foto: Bontempo Fortaleza


Chefs & Gourmets

José

Toque nordestino com gostinho francês Bastante conhecido na cidade, José Faustino deixou o interior cearense para ganhar paladares mundo a fora. Sem qualificação profissional, enfrentou os primeiros anos longe de casa no Rio de Janeiro, onde trabalhou em hotéis e pode aprender a arte culinária. O percurso foi longo e o retorno ao Ceará parecia inusitado, diferente de tudo que ele imaginava, afinal voltou chef e trabalhou em grandes hotéis como o Praia Verde e Othon Palace. O passo seguinte foi abrir seu próprio negócio, há 22 anos, o Cantinho do Faustino, lugar onde a culinária francesa toca a nordestina, uma das marcas da sua cozinha. No Cantinho, a gastronomia orgânica é um diferencial. Faustino cultiva os ingredientes utilizados nos pratos em sua horta particular e no restaurante. Não à toa, no Brasil, o chef é um dos nomes do Movimento Slow Food, representando o país em festivais internacionais sobre o uso de ingredientes naturais e sem agrotóxicos. No Festival Terra Madre, que acontece a cada dois anos em Turim, o chef compartilha conhecimento, ensinando modos de preparo únicos, alinhando os orgânicos à regionalidade cearense.


Lagosta a P’ midorfrancês Ingredientes: 200 g de lagosta com casca; 1 colher de sopa de manteiga ou margarina p/ gratinar; 1 colher de sopa de cebola picada; 1 dente de alho picado; 1 taça de vinho branco seco; ½ taça de conhaque; 1 xícara de creme de leite fresco; 1 xícara de molho branco; 100g de arroz branco cozido; ½ noissete de maçã; 100 g de batata boulange; Sal e pimenta do reino a gosto; Queijo parmesão ralado p/ gratinar; 1 ramo de salsinha p/ decorar.

Contato Faustino cantinhodofaustino@hotmail.com 85 9919.5044 | 3267.5348


Chefs & Gourmets

Germana

Sabor e saúde em receitas especiais Quem disse que celíacos e intolerantes à lactose não podem se render a uma bela e saborosa receita? A gastróloga Germana Padilha elabora receitas livres de glúten, sem lactose, em um verdadeiro trabalho de alquimista. Farinhas especiais e diversidade de vegetais são seus aliados na hora de produzir receitas que unem saúde e sabor nas mesmas proporções. Aromas, texturas e cores se somam à apresentação dos pratos.


A frente da Ceia Alimentos Especiais e do La Nonna, no Colégio Santa Cecília, Germana tem larga experiência com alimentos especiais, área a qual e dedica tanto na produção quanto nas pesquisas que realiza em sua especialização em Gastronomia. Germana atua no mercado desde 1985, franqueou duas padarias Pão & Companhia, comandou o Top´s Fast Food e restaurantes e lanchonetes em ambiente escolar.

Contato Germana Padilha Rua Rocha Lima, 891 | Paulo Sarasate 85 8681.8681 | 9677.0190


Chefs & Gourmets

Gilvan

Internacional e local Gilvan Lopes não perde a simplicidade quando o assunto é trabalho. Chef de alguns dos espaços mais autorais da cidade, Tango e Oui Bistrô, o cearense que descobriu a paixão pela gastronomia há 12 anos, lembra que começou ao lado do pai, também chef de cozinha. Depois trabalhou em São Paulo, retornando à Fortaleza, onde atuou como sub-chef no restaurante do Marina Park. A oportunidade de trabalhar com as culinárias argentina e francesa, em duas casas completamente diferentes, tem sido um desafio dos mais saborosos para o chef.


Mesmo se tratando de cozinhas específicas, ele não abre mão da pegada regional nos pratos. É o que se pode conferir no Badejo em crosta de queijo coalho e rapadura. A inventividade de Gilvan não passa despercebida. Chef revelação pela revista Gula, ele estuda cardápios, origens culinárias, para entender bem o que está preparando e nos fazendo provar.

Contato Gilvan Lopes Oui Bistrô Av. Santos Dumont, 2391 (esquina com Nunes Valente) Aldeota | Fortaleza - CE 85 3268.4141


Chefs & Gourmets

Izabela Tendências do mundo Izabela Fiuza tem uma larga experiência. Já são 30 anos, 15 deles voltados à criação e execução de cardápios especiais. A chef fez cursos e estágios com chefs renomados em São Paulo e no exterior. Um momento decisivo para a sua formação foi a passagem pela Ecole Gastronomique Bellouet Conseit, em Paris. Em Fortaleza, ela acompanha os movimentos nacionais e do mundo, as tendências e influências que repercutem na gastronomia.


Ingredientes: Camar達o; Manteiga tablete com sal; 2 dentes de alho; Ervas frescas, manjericao, salsa, cebolinha e um toque de alecrim a gosto.


Contato Izabela Fiuza 85 8893.6757 izabelafiuza@yahoo.com.br La Maison Rua Júlio Siqueira, 535 | Dionísio Torres Fortaleza - CE | 85 3277.1300


Chefs & Gourmets

Jo達o


Sabores da Itália Depois de 23 anos em São Paulo, o chef João Freires regressa ao estado no comando da Cantina di Napoli. Natural de Amontada, Freires começou a trabalhar em restaurantes aos 19 anos. Com experiência nas cozinhas francesa e italiana, para o chef, o convite para o Napoli pareceu mais que oportuno, uma chance de matar as saudades da terra natal. Na gastronomia, ele se diverte ao fazer molhos e outras receitas que alinham frutos do mar e ingredientes tradicionais. Duas vezes ao ano, acrescenta uma pitada de novidade ao cardápio do Napoli propondo novos pratos, sempre com intuito de conquistar o público pelo estômago. Cada prato é pensado e preparado como único, afinal cada cliente é tratado deste modo na cantina italiana em Fortaleza.


Cantina Di Napoli Av. Desembargador Moreira, 125 Meireles | Fortaleza - CE 85 3234.0770 | 3231.1123


Chefs & Gourmets

Lia

Das doçuras do mundo A delicadeza das fachadas da Sucré Patisserie denuncia a personagem por detrás de tudo aquilo. A chef Lia Quinderé, formada pela prestigiada escola francesa Le Cordon Bleu, é quem dá forma e sabor à marca, eleita a melhor doceria e com o melhor brigadeiro da cidade pela revista Veja. O cuidado nos mínimos detalhes, a apresentação primorosa dos doces e as receitas genuinamente francesas marcam paladar e visão de quem passar por lá. Desde a infância, Lia Quinderé encantou-se pela culinária. Em casa, a mãe e uma tia-avó deram-lhe as lições iniciais no mundo das gostosuras. Era na cozinha de casa que ela se divertia enquanto a matriarca preparava tudo à perfeição para receber amigos e familiares. O jeito carinhoso de elaborar as receitas deixou de caber na residência da família, foi quanto passou a aceitar encomendas e a sonhar com um lugar próprio para suas criações e ideias. Assim nasceu a primeira loja em 2007.


Além do título de chef de pâtisserie, Lia é designer de bolos, pela Wilton School of Cake Decorating, de Chicago. Em 2013, Lia Quinderé foi eleita a melhor chef de patisserie do Brasil pela revista Prazeres da Mesa. A dedicação a refinados doces e salgados e ao preparo de mesas de eventos não para de render frutos. Hoje, os apaixonados pelos doces franceses contam com duas lojas físicas Sucré, uma loja virtual e 22 pontos de vendas da marca em Fortaleza e em outras cidades.

Contato Lia Quinderé Rua Nunes Valente, 1310 | Aldeota Fortaleza - CE 85 3268.2983


Chefs & Gourmets

Divulgação

Louise


A casa é sua Bistrô, café e decoração em um mesmo espaço. Viagens pelo mundo afora renderam referências, objetos de decoração e sabores para a Casa de Moá, há dois anos funcionando em Fortaleza. O lugar é daqueles cantinhos para chamar de seu, para se sentir em casa. A cozinha da chef Louise Benevides, formada pela Ecole Le Cordon Bleu, em Paris, prepara todos os pratos na hora em que são pedidos. O cardápio é sazonal, composto por crepes, sanduíches, sucos e drinques com café. Destaque para os iogurtes batidos e chás gelados, aromatizados naturalmente, para combinar com o nosso calor local.

A concepção dos ambientes é um presente a mais para os clientes. Além da experiência gastronômica, é possível comprar uma peça de mobiliário, design e arte e levar para casa ou dar um presente a alguém que gosta. Linhas exclusivas da Tramontina, de panelas especiais, juntam-se a jogos de cozinha, enfeites, objetos de decoração e uma linha de móveis da Tarugo, do designer cearense Rafael Studart, composta por peças que unem o clássico e o contemporâneo de maneira muito elegante. A linha Móvel da Vovó traz um suporte em rococó e módulos personalizáveis.


Divulgação No bistrô, insumos selecionados, de todo o mundo, como azeites, conservas, geleias, complementam cortes especiais das carnes. A casa só trabalha com peixe fresco, da nossa orla, para que a matéria-prima não seja “queimada” como acontece quando é submetida ao processo de congelamento. Os azeites vêm da França e muitos outros ingredientes, como a laranjinha kinkan, são bem cuidados e trazidos ao Ceará para dar sabor, cor e cheiro aos mais variados pratos.

Contato Louise Benevides Casa de Moá Rua Visconde de Mauá, 2675 | Aldeota 85 3067.3509 | 3067.4743 Fortaleza - CE


Chefs & Gourmets

Lúcio Jeito simples de viver Lúcio conheceu a cozinha aos sete anos, no seio da família, com vinte e poucos anos se profissionalizou e ainda hoje procura manter a mesma energia e paixão de quando tudo começou. Especialista em frutos do mar, foi reconhecido pelo trabalho no Guaramare, o melhor restaurante de pescados do Brasil eleito pelo Guia Quatro Rodas. Já em São Paulo. pensou em montar um negócio no Nordeste, aproveitando os frutos do mar. Assim surgiu a oportunidade e o desejo de viver no Ceará.


Simplicidade e descontração são marcantes no chef Lúcio Figueiredo, a frente do restaurante Vojnilô. Essas características são levadas da vida pessoal para o trabalho, como sinônimo de “viver bem”. Assim, o chef mineiro toca seus projetos de gastronomia, angaria clientes e amigos e faz do seu ofício uma grande fonte de prazer, satisfação e alegria. No Vojnilô, o público tem a oportunidade de conhecer um pouco da cozinha mediterrânea, de suas inventividades e sobretudo de seu prazer pela culinária.

Contato Lúcio Figueiredo Rua Frederico Borges, 413 | Meireles 85 3267.3081 vojnilo@gmail.com


Chefs & Gourmets

Mattu

Cozinha tradicional Infância, família, memórias. Na cozinha de Mattu Macedo, os melhores e mais frescos temperos são as recordações de origem, da menina que aos oito anos teve as primeiras lições culinárias. Orientada pela freira Sônia, no convento Josefina, no município de Varjota, Mattu conheceu sabores, aromas e receitas caseiras. Aos 17 anos, já em Fortaleza, concluiu seus estudos e começou cursos de aperfeiçoamento culinário no Brasil e no exterior completamente ciente da escolha traçada para a sua vida. O percurso de formação a levaria até a TV Jangadeiro, emissora onde comanda o programa Nossa Cozinha há 16 anos. A paixão de Mattu também já pode ser conferida em cursos ministrados para iniciantes e experientes na cozinha. Tudo isso para desvendar o mito de que culinária é para poucos, quando na verdade, no seu entendimento, é para aqueles que se dedicam e amam o que faz. É com este espírito que a culinarista atua há mais de 10 anos no mercado regional e nacional, além de comandar a consultoria gastronômica na empresa que leva seu nome e cursar um mestrado na área.


Nosso baião de dois O baião de dois caracteriza a comida regional em nossa cidade. Muitas vezes, não sabemos a contextualização da receita, então ai vai um pouco dessa história. Antigamente, o homem do sertão tinha o hábito de cevar seus animais, principalmente o porco para, no final do ano, comer ao comemorar a passagem do ano. Isso porque segundo a crendice popular, deve-se fuçar para frente. Depois de um ano comendo só milho para limpar a carne, o animal era abatido e dividido em partes. A cabeça e a fussura eram a comida no dia da matança. O sangue feito chouriço, o toucinho e a banha torrado por várias horas para retirar toda gordura que posteriormente era armazenada em garrafas para serem consumidas durante todo o ano. As costelas, passadas com sal e pimenta e secas ao sol, para serem assadas na brasa. No preparo do baião, a gordura do porco era colocada na panela juntamente com os pedaços de torresmo. O feijão verde era cozido à parte, pois geralmente não se fazia só baião, então o caldo já cozinhava o arroz para que este tomasse gosto de feijão. Somente no final, o feijão já cozido era incorporado ao arroz de terceira, muito quebrado, o que conferia ao baião uma textura bem grudada. Acrescentava-se ainda o que se tinha com facilidade; a nata retirada do leite que era cozido todos os dias manhã e tarde para não azedar, pedaços de queijo coalho e o coentro e a cebolinha que eram plantados em canteiro no quintal da casa. Que tempo bom. Acompanhe a seguir a receita para matar as saudades.

Ingredientes: 500 kg feijão verde; 2 xícaras (chá) de arroz tipo longo fino; 100 gr. de toucinho de porco; 1 cebola branca pequena picada; 2 unidades de alho picado; 1 unidade Folha de louro; 1 unidade Pimenta de cheiro; 150 gr. nata; 100 gr. Queijo coalho em cubos; 10 gr. Cheiro verde picado; 1000 ml água; Sal a gosto.

Contato Mattu Macedo 85 8817.1724 | 9985.1450


Chefs & Gourmets

Gastronomia criativa

Neto

A bagagem do chef Neto Marinho é das grandes e foi acumulada ao longo dos anos, no Brasil e no exterior. Nela cabem referências regionais, nacionais, adquiridas no conceituado Grande Hotel Escola São Pedro, em São Paulo, onde se formou em gastronomia internacional, e europeias, por onde trabalhou por muitos anos. Em Fortaleza, a frente da cozinha do Boteco Praia, ele mistura um pouco de tudo que aprendeu ao criar novas delícias. Sabores do mundo ganham releituras regionais por suas mãos. Carnes nobres são combinadas com ingredientes do Nordeste. Os frutos do mar também se destacam em receitas ousadas e descontraídas, feito o local onde são servidos. Natural de Campos Belos-Caridade, Neto Marinho tem 17 anos de carreira e desde 2012 comanda a gastronomia do Boteco Praia, criando pratos e planejando cardápios. Ele também dá apoio no preparo e na finalização de alimentos, observando métodos de cozimento e padrões de qualidade. Experiência e inventividade são as marcas do seu trabalho.


Na pontinha do mar Aos desavisados, que desejam um local agradável, com chopp gelado e de qualidade, comidas primorosas e música diferenciada, é fácil indicar, porque é a primeira opção que vem à cabeça. “O Boteco Praia, na pontinha do mar, depois que ele alcança a areia da praia, na Avenida Beira- Mar”, algum boêmio responderá. É no melhor estilo praieiro que o Boteco Praia se firmou como um dos locais preferidos de Fortaleza quando o assunto é descontração, diversão e garantia de bom atendimento. Em um só lugar, tendo a praia como paisagem, o Boteco alinha gastronomia e música, servidos juntos com um chopp, famoso por sua espuma cremosa e temperatura perfeita. Ou, quem preferir outros tipos de bebida, com cervejas premium, caipirinhas e caipiroscas. Na hora de petiscar, esteja certo que algum garçon vai te ajudar. É que as iguarias, como coxinha de caranquejo ou camarão, lagosta na brasa, saídas da cozinha sob o comando do chef Neto Marinho, são oferecidos constantemente entre as mesas. E quando a fome bater mais forte, boas pedidas são o Filé de Sirigado à Espanhola, a Picanha Fatiada com Fetuccine, a Moqueca Mista à Baiana e a Lagosta ao Molho Termidor. Com espaço para cerca de 500 pessoas, o Boteco Praia tem ainda música ao vivo diariamente, com a apresentação de bandas de poprock e MPB. Visão empreendedora O Boteco Praia é uma das marcas de empreendedorismo do Grupo Dias, de Pernambuco. Aberto em 2000, conquistou o público cearense de imediato, na esteira do que aconteceu em outras cidades do país como Teresina, Salvador, Recife, Maceió, Goiânia, Belém, Caruaru e Brasília.

Boteco Praia Avenida Beira Mar, 1680, Meireles Horário de funcionamento: de segunda a sexta, a partir das 17h, e aos sábados e domingos, a partir das 11h30 Couvert: R$ 5,90 Formas de pagamento: dinheiro e cartões Visa, MasterCard e Diners Mais informações e reservas: 85 3248.4773


B A R

&

R E S T A U R A N T E

Av. Beira Mar 1680 · (85) 3248 4773 · www.botecofortaleza.com.br

/botecopraiafort

@botecopraiafort - BEBA COM MODERAÇÃO


Chefs & Gourmets

Conhecimento e experiência

Rodrigo

Graduado como Cozinheiro-Chef Internacional pelo The Culinary Institute of America/New York em associação com o Senac-SP, Rodrigo Viriato especializou-se também em confeitaria como Chef Patissier pela École Ritz Escoffier/ Paris, além de diversas especializações pela École Lenotre, em Paris, França. Chef-Executivo e sócio do Alice’s há 17 anos, empresa que congrega os buffets, Alice’s Buffet, Buffet Viriato Jardins e Viriato Gatronomia, um Catering e um café chamado Café Viriato. Prestou diversos serviços paralelos a sua atividade principal entre eles: consultorias, produções culinárias para peças publicitárias, treinamentos e demonstrações de novas tecnologias para cozinhas comerciais e industriais.


Darne de Salmão salteado com Coulis de ervilha e zimbro acompanhados de legumes grelhados e escalfados sobre cama de purê de beterraba com baunilha bourbon.

O chef também foi professor convidado na pós-graduação em Hotelaria da Faculdade de Hotelaria e Turismo do SENAC-SP/Hotel Águas de São Pedro e na pós-graduação em Gastronomia da Fanor|DeVry Brasil. Professor do curso de Bacharelado em Gastronomia, lecionando as disciplinas Cozinha Brasileira, Controle de Custos aplicados à Gastronomia e de Introdução à Gastronomia. É graduado em Ciências Contábeis com Mestrado em Educação Brasileira (UFC), estudando a formação formal e empírica de cozinheiros. Viriato é colunista de gastronomia e cultura em um jornal local de Fortaleza.

Contato Rodrigo Viriato Rua República da Armênia, 1444 rviriato@gmail.com 85 3278.5505


Chefs & Gourmets

Viviane Floresta Negra O bolo Floresta Negra é uma deliciosa sobremesa típica da especialidade alemã. Por ser mundialmente conhecida, acaba, assim como o Strogonoff e outros clássicos, permitindo uma grande variação na sua forma, modo de preparo e apresentação. Na tradição alemã, o nome Floresta Negra pode até ser usado desde que sejam preservados os seus ingredientes originais. Ou seja: cereja, creme de leite fresco, pão-de-ló de chocolate e Kirschwasser (um licor claro, destilado de cerejas Ginja da Floresta Negra). O aroma característico dessa cereja negra e o teor alcoólico do licor proporcionam um sabor diferenciado à sobremesa. Segundo os alemães, o Kirschwasser, é obrigatório na receita original, sendo ilegal a venda da sobremesa sob o nome “Floresta Negra” sem o destilado. A primeira receita que se tem conhecimento foi criada pelo confeiteiro Josef Keller, que em 1904 após 3 anos de estudo e trabalho com o seu mestre Alfred Miller, recebeu o titulo de “Konditor”. Inicialmente, a sobremesa era composta por uma massa de bolo – que ainda não era de chocolate e sim de nozes, compota de cerejas e creme de leite fresco batido. Em 1915, Josef Keller abriu o Café “Ahrend” (hoje “Agner”) em Bad Godesberg. No Café, a combinação passou a ser servida em forma de torta e levava em sua composição o destilado Kirschwasser. A receita se tornou oficial em 1927, com seus ingredientes, quantidades e modo de fazer descritos no caderno de notas do Confeiteiro. Em 1934, a tradicional Torta Floresta Negra foi divulgada no livro do renomado autor, editor e Mestre Confeiteiro Johannes Martin Erich Weber “250 Especialidades da Confeitaria”. Hoje, ela é publicada por profissionais de todo mundo. Mas o segredo e a verdadeira arte de fazer a famosa “Floresta Negra” ainda pertencem a poucos. Eu, particularmente, sou apaixonada por essa receita. Esse “namoro” começou quando, no meio do meu curso, percebi que precisava mudar de Mestre. Queria aprender muito mais! Foi então que achei o Café Decker, em Staufen, uma cidade linda da Floresta Negra citada em “Faust- Goethe” e também sede da destilaria Schladerer, que fabrica a Kirschwasser mais famosa da Alemanha. O Café Decker, por ser um estabelecimento de referência na região, utiliza sempre produtos de altíssima qualidade e exige muito dos seus aprendizes. Tudo precisa ser perfeito: qualidade e apresentação! Assim, nossa receita leva cerejas de produtores locais, creme de leite da região e Kirschwasser da Schladerer. O resultado disso está na satisfação de fazer a receita tradicional da sobremesa e perceber a expressão de prazer de quem a experimenta!


Sobremesa Floresta Negra -Pão-de-ló: 150g farinha de trigo, 90g manteiga, 175g açúcar, 6 ovos, 30g cacau em pó. -Para molhar o pão-de-ló: 100ml Kirschwasser 40%, 100ml agua, 50g açúcar. -Recheio de cerejas: 750g de cerejas Ginja descarocada, 7g de gelatina sem sabor, 80g acucar, 30ml Kirschwasser 40%, 30ml vinho tinto. -Creme: 750ml de creme de leite fresco, 8g de gelatina sem sabor, 50g acucar, 80ml Kirschwasser 40%. -Decoração: Chocolate amargo ralado e cerejas frescas. -Rendimento: 1 forma de aro 26cm ou 8 copos.

Viviane Monte Külls Sickingenstraße,66 +49 761 2088218 | +49 1781794358 Mora desde 2002 em Freiburg, na Alemanha. Formada em Konditorei (Patisserie) pela Gertrud-Luckner Gewerbeschule de Freiburg. Trabalhos: Centro de Convenções de Freiburg - Responsável pelas sobremesas do evento da visita do Presidente Sarkosy a Angela Merkel. Produção de bolos e tortas para Feiras Nacionais e Internacionais. Café Decker, Staufen – Responsável pela fabricação de sobremesas e chocolates em geral.

Local Foto: Loja Marel


Sommeliers

Fabiana Leiliane

Maestria feminina Duas das únicas mulheres a atuarem como sommeliers no Ceará, Fabiana Campos e Leiliane Pinheiros dedicam-se a estudar, provar e harmonizar vinhos. Sinal de que uma atividade marcadamente masculina também é executada com maestria por mulheres em Fortaleza. A dupla indica o chileno Misiones D Rengo e espanhol Codorníu Clássico para inesquecíveis degustações.


Misiones D Rengo e Codorníu O carmenère Misiones De Rengo tem aroma intenso e expressivo. Destaques picantes, flores como violetas, notas de carne, café, fumo e mocha. Um aroma de taninos suaves, doce e frutado, que é equilibrado por notas de madeira chocolate, caramelo e canela. Ideal para desfrutar com carnes, empanadas de carne e queijo, leguminosas, como lentilhas e feijão, massas com diferentes tipos de molhos e queijos fortes. Já o espumante espanhol Codorníu Clássico Brut, produzido com uvas do tipo Chardonnay, tem aroma de frutas cítricas e maça verde. O brut é feito pelo método clássico (ou champenoise), ou seja, a segunda fermentação é feita em garrafa. Depois disso, passa 18 meses em autólise para depois ser colocada para descansar e só depois ser comercializada. Opção ideal para festas e comemorações por combinar com frutos do mar e aves.

Contatos Fabiana Campos 85 9138.1582 fabianacampos1@hotmail.com Leiliane Pinheiro 85 9168.0021 leiliane@interfood.com.br


Sommeliers

Jardenia

Opus One Emblemático rótulo produzido desde 1978, Robert Mondavi, remete a um grande conhecedor de vinhos. Barão Philippe de Rothshild, proprietário do Château Mouton Rothschild; e Christian Moueix, filho de Jean-Pierre Moueix, grande produtor francês do Pomerol, responsável pelo mítico Château Petrus, resolveram se unir e criar umas das vinícolas mais renomadas da Califórnia. Não tinham ideia de que fundariam naquele momento a primeira joint venture, a primeira ligação entre velho e novo mundo, prática comum nos dias de hoje.


Em 1984 a Opus One se tornou a primeira vinícola da América a produzir vinhos “Ultra” premium. Elaborado com as variedades 2% Cabernet Franc, 86% Cabernet Sauvignon, 1% Malbec, 7% Merlot, 4% Petit Verdot, normalmente apresenta 14,5° e envelhecimento de 17 meses em barricas de carvalho e guarda de 10 anos. Aroma de frutas escuras, especiarias e florais, tudo com um equilíbrio de ácidos e taninos que sugerem vida longa na adega. Na boca amora, cassis, café espresso e chocolate sem açúcar, contrabalançeada por um toque de tabaco da Cabernet Franc, noz-moscada, rosa e um toque de violeta. Qualquer semelhança com um Bordeaux não é mera coincidência.

Contato Jardenia Siqueira 85 8655.9866 jardenia@dorigem.com.br


Sommeliers

Roberto

Cearense de Cariré, Roberto Rufino traçou seu destino de sommelier ainda jovem. Aos 17 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde começou a trabalhar como garçom. A experiência o aproximou do universo dos vinhos, afinal saber conciliar o sabor dos pratos com o vinho adequado, ao que se chama harmonização, é quesito dos mais importantes para quem abraça esta profissão. Formado pela Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), estudou, além de harmonização, degustação, especialidades da Itália, França, Portugal, Espanha, Argentina e Chile, em viagens em que os sommeliers têm oportunidade de conhecer todos os processos de produção dos vinhos, do contato com os agrônomos até o vinho pronto para ser consumido.


Na Cantina de Napoli, onde atua como gerente e sommelier, é responsável pela seleção dos vinhos da casa, cuja carta é atualizada duas vezes ao ano. Apesar do reconhecimento, Rufino já recebeu os prêmios de campeão carioca e vice-campeão brasileiro, procura aliar qualidade e acesso para todos aqueles que querem degustar um bom vinho. “A carta de vinhos não pode ser prepotente, tem de incluir flexibilidade de preços”, explica.

Filus Reserve Um dos melhores vinhos argentinos, safra de 2010, 100% de uva malbec, é a escolha do sommerlier. Com 15% de álcool, 18 meses de tempo de maturação em barricas de carvalho francesas, cai bem com churrascos e pratos mais sofisticados como assados e gostos fortes.


Sommeliers

Marco

Das coisas boas que o Brasil produz, Marco Ferrari apresenta dois rótulos de excelência em nossa produção enológica. Começando pelo renomado espumante Maria Valduga, um Brut produzido pelo Método Clássico, o mesmo utilizado para fazer Champagne, na região francesa, chamado de Metodo Champenoise. Maria Valduga é uma homenagem à matriarca da geração atual que comanda o destino da importante vinícola gaucha. Esta, que sempre os incentivou a manter o elevado padrão de qualidade que hoje define os produtos da Casa Valduga mundo afora, dá nome a um dos seus principais produtos.

Trata-se de um espumante produzido pelo método em que a formação do perlage se consegue com uma segunda fermentação dentro da própria garrafa, num lento processo que, neste caso, se protrai por 48 meses na penumbra das caves subterrâneas da vinícola. A composição é de 80% Chardonnay e 20% Pinot Noir da safra 2008, selecionados nos parreirais de propriedade da família no Vale dos Vinhedos. O Maria Valduga apresenta um bouquet elegante e intenso com notas de frutas em calda, remetendo principalmente a peras e maças. Os aromas de brioche amanteigado e pão delicadamente tostado expressam a complexidade adquirida durante a lenta maturação. Na boca, tem uma impressionante cremosidade, refrescante e intenso com longo e persistente final.


Excelente representante da casta emblemática do Vale dos Vinhedos, a casta merlot; o vinho é o Pizzato DNA99 da safra 2005, um vinho tinto a Indicação Geográfica Protegida. Elaborado no Vale dos Vinhedos, segundo o conceito de Sigle Vineyard, quando as uvas são todas procedentes de um único parreiral de localização privilegiada, colhidas no mesmo dia e vinificadas todas juntas. Este Merlot representa uma homenagem à safra inicial da Pizzato, em 1999, quando o Merlot alcançou fama internacional. O Pizzato Merlot DNA99 2005 foi produzido para apenas 6.800 garrafas, todas numeradas, fermentado em aço inoxidável e estagiando durante nove meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso. É um vinho suntuoso, profundo, de muita classe com taninos marcantes e bem integrados à estrutura frutada; um grande tinto, da espetacular elegância, como somente a Merlot consegue fazer no auge de sua qualidade. Tanto o espumante Maria Valduga quanto o Pizzato DNA99 já foram degustados em várias ocasiões, inclusive às cegas e sempre conseguiram se destacar pela alta qualidade, mesmo quando confrontados com vinhos procedentes de outros países, bem mais tradicionais que os do Brasil.

Contato Marco Ferrari 85 8845.1823 ferrari.lima@hotmail.com blog Vinhofortaleza.blogspot.com


Empresas

Santa Em Sideways, um dos mais elogiados filmes sobre vinhos, dois amigos dividem a amizade, as dores de amor e a paixão pelos vinhos. Durante uma visita a uma vinícola, eles têm a oportunidade de estreitar laços e fazer uma das viagens mais difíceis e necessárias ao ser humano: a do autoconhecimento. A relação estabelecida no filme entre vinhos e amizade arrematou elogios da crítica especializada. A Santa Helena produz vinhos que tem encantado o mundo desde a sua fundação em 1942, oferecendo o que há de melhor pelos apaixonados pelo mundo do vinho. Nos últimos anos, a vinha tem concentrado sua produção em vinhos de alta qualidade e que possam ser o coadjuvante perfeito para os melhores momentos a serem vividos.


Seu principal vinhedo está localizado em San Fernando, nas profundezas do Vale do Colchagua, há 200 km ao sul de Santiago. A Vinícola e a família Santa Helena dedicam todos os seus esforços, conhecimentos e tradições para criar vinhos que possam proporcionar todos os tipos de experiências esperadas pelas pessoas. A cada garrafa aberta, um truque diferente. Desvende a nossa Magia do Vinho Chileno.


Bebidas

Lendário Louis XIII A primeira garrafa data de 1874, marco de criação de uma das mais sofisticadas bebidas mundiais. O Louis XIII, da Rémy Martin, transformou a paixão do cognac em um lendário destilado secular. O nome é uma alusão ao rei francês, na época em que a família Rémy Martin viveu na região de cultivo das uvas de Cognac, na França. Antes de provar, prepare-se para o aroma apimentado, inebriante, com toques de figo, gengibre e sândalo. Uma vez degustado, Louis XIII passará horas em seu paladar. Envelhecido por até 100 anos, em barris chamados tierçons, o cognac passa por rigoroso controle de degustação anualmente, quando cerca de 800 amostras de uvas são analisadas pela empresa. Personagens da história ajudam a fazer de Louis XIII um verdadeiro mito. Conta-se que em 1957, o cognac foi servido à Rainha Elizabeth II, em visita ao Palácio de Versalhes, e, nas eleições de 1951, Winston Churchill comemorou sua vitória para primeiro-ministro britânico com uma garrafa do destilado.


Raridade escocesa Royal Salute, whisky escocês de 38 anos, é um dos mais respeitados do mundo. O sabor incomparável torna-se ainda mais raro na embalagem feita em porcelana inglesa com efeito de granito. Um whisky de luxo, cuja história remota ao ano de 1949, período de governo de George VI e quando o mercado de whisky estava em ascensão no país. Todos os produtos que o compõem são envelhecidos pelo menos 38 anos. Com notas de cedro e amêndoas, mais o toque de xerez, Royal Salute traz ainda o sabor de frutas secas com leve apimentado ao final. Experiência inigualável até mesmo para os bons conhecedores de whisky.


ESCOLHA CO M O CORAÇÃ O.


Fortaleza


Destino de encantos, sabores e aromas

A cidade de Fortaleza conquistou de vez brasileiros e estrangeiros. Além da praia, do sol e das inúmeras opções de roteiros, a capital cearense cada vez mais se firma como destino turístico também por sua diversidade gastronômica. Quem chega conta com opções que vão do regional ao sofisticado, para todos os bolsos e gostos. Do caranguejo da Praia do Futuro à feijoada no Passeio Público. Da alta gastronomia em restaurantes refinados que invadiram o cenário da cidade nos últimos anos à descontração dos bares da vida noturna do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Fortaleza se apresenta a milhares de visitantes e fortalezenses com uma infraestrutura que a torna competitiva para a expansão do turismo com qualidade. Tanto é que já é um dos destinos mais procurados tanto por turistas nacionais quanto estrangeiros.


Preferida dos banhistas, a Praia do Futuro se estende por mais de cinco quilômetros pela orla da capital. Limpa e estruturada, abriga ao longo de seu calçadão cerca de 80 barracas que oferecem cadeiras de praia, duchas de água doce e as delícias da culinária regional. A praia tem início no Mucuripe, estendendo-se até a foz do Rio Cocó. Nas barracas são servidos pratos típicos, como a peixada e o peixe frito com baião de dois. Mas a grande atração é o caranguejo, saboreado com muita desenvoltura pelos fortalezenses e com certa dificuldade pelos turistas. A caranguejada é um apetitoso prato que deixa fortalezenses e turistas com água na boca! O crustáceo, inclusive, ganhou um momento da semana onde as pessoas saem de casa ou do trabalho,

como numa espécie de “happy hour”, apenas para apreciá-lo. Na famosa “Quinta do Caranguejo”, a iguaria pode ser encontrada tanto na praia como em diversos bares e restaurantes espalhados pela capital. Somente na Praia do Futuro, as barracas chegam a vender 30 mil unidades por semana. Em dias de grande movimento, as barracas maiores chegam a receber até 5 mil clientes. Serviço Barracas da Praia do Futuro Horário de funcionamento: diariamente, de 8h às 17h e nos fins de semana com horário estendido até às 20h, em algumas barracas maiores. Às quintas-feiras, ficam abertas até 1h.


Um Passeio no Centro de Fortaleza Uma pausa para o almoço em meio a um cenário bucólico, ouvindo o canto dos pássaros e desfrutando da beleza de árvores seculares e de uma vista belíssima do mar de Fortaleza. Em meio ao movimento intenso do centro da cidade isso é possível no Passeio Público. Também conhecida como Praça dos Mártires, a mais antiga praça de Fortaleza passou recentemente por um processo de revitalização tornando-se importante ponto de encontro na cidade, sobretudo aos fins de semana. O público é democrático, de turmas de amigos à famílias e casais. O almoço começa a ser servido sempre às 11h30 e o local que comporta até 400 pessoas sentadas mantem-se aberto até às 17h. De segunda a sexta-feira, no Quiosque do Passeio, saboreia-se um buffet (R$ 36,90 o quilo) com tempero caseiro, que varia entre tilápia frita, estrogonoff, feijão verde, vatapá de frango, coxa com sobrecoxa de frango crocante, além da variedade de saladas. Aos sábados o grande astro é a feijoada (R$ 47,90 o quilo), servida tendo como trilha sonora chorinho, jazz ou MPB. Petiscos, como o bolinho de carne de sol (R$ 13,50, com doze unidades), saem somente no fim de semana. Para beber, tem caipirinha (R$ 7,00). De sobremesa, abacaxi em fatias com raspa de limão servido gelado (R$ 2,00). Aos domingos, o restaurante também abre com repertório musical e o mesmo preço do buffet de sábado. Nas manhãs desse dia, a praça é ainda aproveitada para piquenique. A construção da charmosa praça foi iniciada em 1864. Outrora o espaço recebeu os nomes de Campo da Pólvora, Largo de Fortaleza, Largo do Paiol, Largo do Hospital da Caridade, Praça da Misericórdia. Foi em 1879 que surgiu o nome oficial de Praça dos Mártires, em referência aos revolucionários da Confederação do Equador que lá foram executados. Hoje, o Passeio Público integra a política de requalificação dos espaços públicos consolidada pela Prefeitura Municipal, através de ações conjuntas e estruturais entre secretarias. Tombado pelos três poderes (municipal, estadual e federal), o logradouro ressurgiu como cenário vivo de um processo de inclusão social através da arte e da cultura. Serviço Quiosque do Passeio Público Rua Doutor João Moreira, s/n, ao lado da Santa Casa de Misericórdia - Centro Tel: (85) 3474-1326 Horário de funcionamento: de segunda a domingo, de 9h às 17h


A tapioca, iguaria tipicamente nordestina, é outro carro-chefe da gastronomia local. Por fazer tanto sucesso, o alimento ganhou até um lugar próprio para ser saboreado: o Centro das Tapioqueiras, no bairro Messejana, em Fortaleza. Em funcionamento há doze anos, o local que chega a receber até oito mil pessoas aos fins de semana, tornou-se parada obrigatória para quem visita a cidade. São mais de 100 sabores comercializados em 26 boxes, em variações que vão do salgado ao doce e fazem sucesso entre fortalezenses e visitantes. Apesar da evolução, as tradições de décadas ainda perduram, como preparação a lenha, de maneira artesanal. As versões mais elaboradas, como a tapioca de carne do sol com catupiry (R$ 10,00) e a tapioca de frango desfiado com queijo (R$ 11,00) são bastante pedidas, mas a campeã de vendas mesmo é a tradicional com leite de coco (R$ 3,00), ótima para ser acompanhada com um cafezinho. Entre os sabores doces, destaque para a tapioca recheada com banana, leite condensado, queijo e canela (R$ 10,00) e para a tapioca com chocolate, morango e leite condensado (R$ 11,00). Seja no lanche da tarde, como no café da manhã ou ainda em um pit stop de quem retorna das praias do litoral leste pela CE-040. O lugar, que aposta em qualidade e atendimento, é um agradável ponto de encontro na cidade. O Centro das Tapioqueiras surgiu de uma tradição que começou há cerca de 80 anos, na comunidade da Paupina, onde algumas moradoras serviam as tapiocas acompanhadas de café em suas próprias casas. Após anos de tradição, passando de mãe para filha, uma estrutura própria foi inaugurada na Avenida Washington Soares. Os boxes são padronizados com um estilo rústico e simples, com tijolos aparentes e mesas de plástico. O acesso é fácil e há estacionamento. Outras delícias da culinária regional também podem ser consumidas no Centro das Tapioqueiras. No cardápio estão ainda a panelada (R$ 20,00 para duas pessoas), a carne de carneiro (R$ 28,00 para duas pessoas) e a galinha caipira (30,00 para duas pessoas). Se desejar, o visitante também pode levar para casa biscoitos e doces caseiros. Serviço | Centro das Tapioqueiras Avenida Washington Soares, 10.215 | Messejana | 85 3276.8580 | Horário de funcionamento: de 5h à meia-noite


Projetos

Inter

Desenvolvendo a cajucultura no Ceará O Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (SECITECE), concebeu o projeto Intercaju com o objetivo de desenvolver a cajucultura no Estado do Ceará. Atualmente, o Intercaju está presente nos municípios de Amontada, Tururu, Trairi, Itarema, Itapipoca e Barreira, promovendo a inclusão social e produtiva das organizações coletivas. Os produtores destas cidades têm a cajucultura como uma das principais atividades econômicas. Com o projeto, as comunidades já alcançaram a organização e estão inovando nos processos e produtos, além de estarem modernizando a produção. O Intercaju promove cursos e treinamentos para melhorar a organização dos produtores e disponibiliza ferramentas para a inserção, dentro da cadeira produtiva, de tecnologias que garantam aumento na produtividade. A Secitece entende que a Ciência e a sua correta aplicação no cotidiano podem transformar as condições de trabalho e melhorar a vida dos produtores cearenses. Assim, oferece cursos como os de substituição da copa do cajueiro e de processamento da castanha e do pedúnculo; disponibiliza motosserras com devido treinamento para sua utilização; oferece minifábricas e um bloco para o beneficiamento do caju, além de promover a participação dos produtores e consultores em diversos eventos nacionais e internacionais relacionados à cadeia produtiva do caju, com vistas à troca de conhecimentos e ao desenvolvimento da produção, do beneficiamento e da comercialização do caju.


Conhecimento em livro

Medalão de Filé Suíno | Chef Marie Anne Bauer

Dentro da ideia de incentivo ao consumo e à valorização da produção do caju, foi desenvolvido o livro Intercaju Gourmet. A publicação é resultado do 1º Encontro Gastronômico Intercaju, que em 2013 reuniu alguns dos principais chefs do Ceará para apresentar receitas exclusivas da alta gastronomia regional, utilizando como principal insumo o caju. Os renomados profissionais da cozinha demonstraram, através dos pratos, toda a versatilidade do fruto, que pode ser utilizado em sua totalidade - pedúnculo (polpa) e castanha. As receitas estão no livro e comprovam isto, em pratos simples e refinados, doces e salgados. O Intercaju Gourmet também dá dicas de harmonização dos pratos com vinhos brasileiros. O livro já está sendo distribuído gratuitamente em todo o País, nas principais redes de supermercados, faculdades e cursos de Gastronomia e em eventos nacionais e internacionais que envolvam a cadeia produtiva do caju. A versão virtual está disponível para download no site da Secitece (www.sct.ce.gov.br) ou pelo Facebook (www.facebook.com/Secitece).


Caju à Cione | Chef Faustino Paiva

Explosão de Caju | Chef Neiva Terceiro

Pão Funcional | Chef Karliano Pereira

A ideia é movimentar a cajucultura cearense, beneficiando diretamente os produtores, no sentido de promover a inclusão social e produtiva das organizações coletivas. É esperada a consolidação de uma identidade cultural gastronômica, ao inserir um fruto regional não como coadjuvante, mas como insumo principal dentro das receitas. Participam do livro Intercaju Gourmet os chefs Karliano Pereira (Rosmarino Pães Artesanais), Luciano Ferreira (Restaurante Atlântico | Hotel Oásis), Neiva Terceiro (Neiva Pães Artesanais), Liliane Pereira (Restaurante O Banquete | Pousada Villa Mango), Leo Gondim (professor de Gastronomia/UFC), Marie Anne Bauer (Restaurante Le Marché), Vládia Gomes (professora de Gastronomia/Fanor), Faustino Paiva (Restaurante Cantinho do Faustino), Edilson Araújo (Restaurante Mucuripe | Hotel Gran Marquise) e Cicero Disny (Restaurante Brasil Tropical). Há ainda a participação do sommelier italiano Marco Ferrari, na harmonização dos pratos com vinhos brasileiros, seguindo a tendência de valorização dos produtos nacionais.

Salada Nativa | Chef Leo Gondim


Salada Verde Tartar de Caju | Chef Liliane Pereira

Uma das receitas que constam no Intercaju Gourmet é o “Cajupirá”, da premiada chef Liliane Pereira, que também é a organizadora da publicação. O prato venceu o Festival Brasil Sabor 2013, realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-CE). Receita O “Cajupirá” é preparado com filé de beijupirá em crosta de castanha, acompanhado pelo arroz negro de caju. Na apresentação, o filé de peixe vai em cima do arroz e é coberto com a crosta da castanha. O prato leva na decoração mel de caju.

Cajupirá | Chef Liliane Pereira

SECITECE - Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará Av. Dr. José Martins Rodrigues, 150 | Edson Queiroz | Fortaleza - CE 85 3101.6400 | Fax: 85 3101.3675 www.sct.ce.gov.br | twitter.com/Secitece facebbok.com/Secitece (Facebook) youtube.com/CanalSecitece (Youtube) picasaweb.com/Secitece (Picasa)


Empresas

O prazer estรก nas coisas simples!


E continuamos sendo o que sempre fomos. O Grupo 3corações começou a escrever sua história em 1959, em uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Norte. Hoje, está no Brasil e no mundo. Fechou parcerias, agregou novas marcas, lançou produtos, conquistou mercados. Ousou e inovou. Cresceu e se transformou. E continua sendo o que sempre foi: uma empresa formada por gente apaixonada pelo que faz, que acredita na simplicidade e na sinceridade das relações. Na força do trabalho e dos laços que criam com todos aqueles que os cercam: colaboradores, fornecedores, clientes e comunidades. A 3corações é um sistema vivo onde interagem 3 Unidades de Compra e Beneficiamento de Café Verde, 5 Plantas Fabris com 9 Unidades Industriais, 24 Centros de Vendas e Distribuição (CDs), 2 Escritórios de Vendas, 4 Parceiros Comerciais, 1 Unidade de Exportação, 2 Unidades de Assistência Técnica TRES e Food Solutions e 1 Unidade Corporativa – a Integradora (CE, SP e MG) –, que garante que todas as fábricas tenham os mesmos processos, que todos os grãos tenham a mesma qualidade e que todos os colaboradores e parceiros falem a mesma língua. O Grupo conta ainda com a Escola de Serviços e Sabores 3corações, em Eusébio (CE), uma solução de aprendizagem pioneira que integra a Educação Corporativa da companhia. A companhia é hoje líder de vendas no Brasil. Com a marca 3 Corações, lançou o primeiro cappuccino do mercado nacional há 20 anos, líder de vendas em todo o Brasil. Em 2012, lançou o cappuccino #PRONTO, primeira bebida pronta a ser comercializada pelo Grupo. A solução TRES marca a entrada do Grupo no segmento de eletro. A marca 3corações expressa tudo que o Grupo é. Sua essência. Aquilo que o torna único. A marca carrega a identidade. Faz com que o Grupo seja reconhecido em todos os lugares, abraçando a diversidade dos produtos e das pessoas com as quais interage. A marca corporativa é o resultado do trabalho de quem faz a 3corações. Esta nova identidade institucional da empresa veio, em 2010, para endossar todas as marcas de produto, as quais mantêm seus nomes e logotipos. As formas entrelaçadas de três corações, seus traços leves, coloridos e harmoniosos expressam experiências vividas, a visão de mundo compartilhada e a confiança que se tem no outro. Representa os laços que a empresa criou com todos os públicos. Esses laços formam elos que se entrelaçam mostrando dinamismo, interdependência, modernidade e paixão. O novo símbolo mantem raízes, visão, crenças e valores do Grupo. Corações representam as três dimensões do conceito o saber, o sabor e o viver, formando um laço de três pontas, num movimento sem começo e sem fim, infinito. Proporcionar experiências prazerosas que promovam alegria e bem-estar, criando laços duradouros e gerando valor para todos é a missão do Grupo 3corações.


Um universo de sabores e sensaçþes


A ousadia faz parte do jeito de ser da 3corações. O Grupo sabe aproveitar as oportunidades para a inovação e esta é uma delas. O lançamento da TRES marca a entrada da empresa no mercado de cafés que mais cresce no mundo: os de monodose em cápsulas. Mas a 3corações vai além e apresenta ao público uma solução exclusiva ítalo-brasileira que engloba uma série de bebidas quentes apreciadas pelo consumidor em diversos momentos. A solução TRES oferece do café espresso ao filtrado, do cappuccino ao chá, tudo de maneira simples e prática. São três modelos de máquinas: Modo é a de entrada na categoria, simples e moderna e, ao mesmo tempo, bonita e eficiente; Gesto é voltada para quem aprecia um design mais moderno e arrojado, possui como diferencial um vaporizador para incrementar ainda mais as bebidas; Serv está voltada para atender o mercado de AFH (Away From Home). Em termos de bebidas, o Grupo lança uma completa linha de produtos com a qualidade 3corações e, principalmente, adaptadas ao paladar do brasileiro: • Cafés espressos: uma variedade de blends para todos os gostos, com altíssima qualidade. • Cafés filtrados: este é o café preferido do brasileiro. A solução não

poderia deixar de ter esta opção já tão tradicional e amada. • Cappuccinos: os produtos 3 Corações já são reconhecidos pela qualidade e tradição e isso foi levado para cápsulas. É uma nova forma de consumir o cappuccino 3 Corações. • Chás: são muito apreciados pelo paladar brasileiro, do sabor delicado e aroma floral ao intenso que transforma simples ocasiões em prazerosos momentos. A TRES selecionou quatro versões inconfundíveis: camomila, capim-cidreira, erva doce e chá preto, todos naturais. • Chocolate quente, Café com Leite e Leite: da criança ao adulto, a família toda é apaixonada pelos sabores que aquecem o dia do brasileiro. É uma solução para todos os momentos. Desde que o consumo fora de casa começou a crescer, o consumidor aprendeu a apreciar e a gostar cada vez mais dos cafés espressos. Ele também espera por opções que tragam diferentes propostas de sabor, que contem uma história, que possuam uma origem interessante e, assim, começa a experimentar, provar diferentes blends e formas de preparo. Eles levam para dentro de casa esta opção de bebidas que, preparadas individualmente, respeitam o gosto de cada um e permitem que o consumidor escolha sua preferida, agradando também sua família e seus amigos.


Máquina multibebidas da 3 Corações.

MODO

GESTO

SERV

Compacta e divertida

Moderna e arrojada

Food solution

Cores disponíveis

Cores disponíveis

Cores disponíveis


São mais de 12 opções de bebidas para você degustar.


Rua Santa Clara, 100 | Pq. Santa Clara | EusĂŠbio - CE 85 4006.5599 | 4006.5524 wwww.3coracoes.com.br


Caminho da diversão Um dos endereços certos de diversão bem perto de Fortaleza é o Beach Park, complexo que inclui resortes e o parque aquático, conhecido internacionalmente e classificado como o melhor do país segundo o Guia Quatro Rodas. Ao todo, são 180 mil m² que podem ser desfrutados em opções de lazer, em restaurantes, bares e lojas turísticas. O complexo conta com o Acqua Beach Park Resort e o Suites Beach Park Resort, contabilizando mais de 400 suítes. Há ainda o Oceani Beach Park Resort e o Wellness Beach Park Resort, totalizando 898 unidades hoteleiras. Por onde começar a diversão? Fica por conta do público, que pode escolher os brinquedos de acordo com a idade dos visitantes. O Aqua Park mantém a posição de melhor parque aquático da América Latina, com equipamentos como a piscina de ondas Maremoto, o Acqua Circo premiado pela IAAPA (International Association of Amusement Parks and Attractions) com o Best New Product e o Impact Award 2011, e o toboágua Insano. Além disso, cabanas para descanso, fraldário, chalés privados, tudo em um projeto de paisagismo preocupado com o conforto dos visitantes. Também são disponíveis opções de alimentação em bares, restaurantes e lanchonetes.


Quem optar por passar mais tempo no Beach Park poderá escolher entre várias opções de hospedagem nos resortes, equipados com uma completa infraestrutura de serviços e lazer, com piscina, quadra poliesportiva, quadra de tênis, fitness center, saunas, teatro, restaurante, Kid´s Club, sala de internet, loja de conveniência e bar molhado. Grupos maiores podem optar pelo Wellness Beach Park Resort, localizado a poucos metros do parque e da praia e com acomodações perfeitas para toda a família.


Na beira do mar O Oceani Beach Park Resort à beiramar possui além de apartamentos, salão de eventos para 300 pessoas, restaurante com vista para o mar e localização estratégica a 500m do Beach Park, com transfer diário para o parque aquático. O Beach Park Resort atua também em outros segmentos do turismo, com o Beach Park Vacation Club (na área de time share) e o BPK Travel (como operadora de turismo). Por conta do potencial turístico da região Nordeste, o Beach Park Resort investe constantemente na ampliação dos seus negócios, com o desenvolvimento de novos equipamentos e serviços para oferecer opções inéditas de entretenimento e lazer. Beach Park Rua Porto das Dunas, 2734 | Porto das Dunas, Aquiraz - CE | 61700-000 85 4012.3000 www.beachpark.com.br


Mercadinhos

O jeito Mercadinho de ser Gourmet Os Mercadinhos São Luiz apostam no Espaço Gourmet para atender uma demanda que vem crescendo nos últimos anos, os adeptos de uma culinária diferenciada e da gastronomia, os gourmands. O projeto está nas principais lojas da rede com mais de 250 produtos especiais, entre eles massas, condimentos, molhos, arroz, azeites importados, truffas, temperos e bebidas quentes. Desde a implantação desta ilha gastronômica, a venda desses itens cresceu 50%. Os Mercadinhos São Luiz têm investido na variedade, praticidade, exclusividade e especialidade de produtos para oferecer aos cearenses ingredientes antes encontrados apenas em outros estados ou em lojas especializadas. Os consumidores passaram a perceber, a diferenciar os produtos, ter vontade de experimentar. Com o espaço, também foi possível expor as linhas Gourmet com mais destaque e facilitar o acesso a esses ingredientes especiais. Além de ser uma área destinada aos chefs e a quem aprecia novidades na culinária.


As lojas também dispõem de uma seleção de frutas, legumes e hortaliças. Nela podese encontrar berinjela, abobrinha, aspargos brancos, tomate-cereja, mandioquinha, cogumelos frescos dos tipos shitake e shimeji e até itens exóticos como a deliciosa pitaia, fruta de origem mexicana e cultivada no Sudeste, e a physalis, típica da região amazônica, entre outros. Com o propósito de ensinar os consumidores cearenses a utilizar esses produtos, os Mercadinhos São Luiz promovem frequentemente ações de degustação, utilização e preparo desses ingredientes.


A linha de importados é outro destaque nas lojas do supermercado. Refinadas massas italianas, arroz de diversas localidades, azeites de várias nacionalidades, além de uma seleção especial de rótulos de cervejas, vinhos e bebidas quentes estão disponíveis. Além desses importados e possível encontrar delícias que o bom cearense conhece como os molhos da pizzaria Vignoli, os brownies da Empório Brownie e os chocolates da Sucré Patisserie.


Empresas

Grande Moinho Produção de qualidade O Grande Moinho Cearense não para de crescer. Resultado de quem sempre produziu farinha de trigo de altíssima qualidade. Um trabalho onde os frutos podem ser vistos, todos os dias, na mesa de milhares de consumidores.


Tradição, tecnologia e qualidade: esses sãos os principais ingredientes das farinhas de trigo do Grande Moinho Cearense. Fundado em 1963, o Grande Moinho Cearense é hoje um dos maiores e melhores moinhos de trigo de todo o país. Chegar aos 50 anos é uma conquista enorme, não apenas para o Grande Moinho Cearense, mas para todos os clientes que vêm participando da evolução de nossos produtos e marcas.


O Grande Moinho Cearense tem uma polĂ­tica comercial com foco no cliente e no desenvolvimento de boas parcerias nos mais diversos mercados, bem como uma logĂ­stica eficiente para levar seus produtos para as regiĂľes em que atua.


O compromisso contínuo com a qualidade deu ao Grande Moinho Cearense uma relevante projeção no mercado nacional, garantindo ao longo dos anos diversos prêmios como o “Melhores & Maiores 2012” da revista Exame, entre outros, e um amplo reconhecimento do publico consumidor.


Com um mix de produtos que atende as principais necessidades do consumidor, o Grande Moinho Cearense disponibiliza para o mercado: farinhas industriais para panificação e indústria alimentícia, farinha de consumo doméstico e uma linha completa de Food Service para o varejo.

Grande Moinho Cearense Av. Vicente de Castro, 6043 | Mucuripe Fortaleza - CE | 60180-410 85 3266.6200


Hotelaria

Hotel Gran

Gastronomia cinco estrelas A gastronomia do Hotel Gran Marquise se destaca pela pluralidade, diversidade e excelência. Gerenciada pelo master of wine, Jorge Bita, e pelo chef executivo, Edilson Araújo, a cozinha internacional do cinco estrelas está preparada para servir, diariamente, o room service de 230 apartamentos e o café da manhã de todos os hóspedes e passantes. Além disso, o Hotel Gran Marquise mantém dois restaurantes com diferentes propostas. O espaço gastronômico Magostin propõe a fusão de quatro cozinhas da Ásia, entre elas Tailândia, China, Coreia e Japão. Com mais de 15 anos dentro da cozinha do Hotel, o chef Raimundo Castro conduz, com inovação, sabor e beleza, a cozinha asiática do Mangostin.


Tem ainda o restaurante contemporâneo Mucuripe. Com atuação diurna, o espaço tem o menu amplo, atual e com a preocupação perene em utilizar elementos regionais. Ele serve hóspedes, passantes e clientes dos eventos corporativos. Além disso, serve a feijoada oito estrelas, que funciona há mais de uma década e já ganhou oito prêmios consecutivos pela revista Veja. O Mucuripe serve o buffet nordestino aos domingos. Destaque também para a confeitaria própria do Hotel - uma patisserie de excelência para hóspedes e eventos realizados no hotel.

Hotel Gran Marquise Avenida Beira Mar, 3980 | Mucuripe Fortaleza - CE | 60165-121 85 4006.5000


Restaurantes

Cabana

Experiência argentina Sabores portenhos podem ser degustados em Fortaleza com a qualidade que a gastronomia argentina merece. O Cabanã del Primo, especializado em carnes com cortes especiais, agora está localizado no charmoso Jardins Open Mall. O novo projeto, assinado pelo arquiteto Marcos Monteiro, tem capacidade para 150 lugares, além de área reservada para eventos com 80 lugares.


Um dos diferenciais da casa está no preparo das carnes em uma parilla. As carnes são assadas em uma grelha móvel e recebem apenas o calor da brasa. Entre os tipos de maior destaque estão o Bife de Tira, o Prime Rib, o Bife de Chorizo, o Bife del Primo , o T-Bone, Steak de Cordeiro, o Super Bife de Tira e o Coração de Picanha. Para que os clientes possam usufruir ainda melhor dos cortes nobres da casa, o Cabaña del Primo dispõe de uma faca especial feita com aço chromo molibdênio. Este aço tem como principal característica ser inoxidável, o que dispensa maiores cuidados com a proteção da lâmina. Quanto à qualidade do corte, pode-se dizer que é um dos aços mais apropriados para a produção de facas, pois tem boa retenção de corte e é muito fácil de afiar. Para harmonizar ainda mais o paladar, a casa dispõe de uma seleta carta de vinhos, com mais de 60 rótulos e para os que preferem as cervejas, são mais de 20 marcas entre nacionais e importadas, dispostas no interessante ofurô, logo na entrada do restaurante. As sobremesas são tentações à parte. O cliente pode escolher entre o Churros Premium com doce de leite ou o Trio Gateau, trio de mini gateaus nos sabores de chocolate, doce de leite e de café, acompanhado de sorvete de creme. Desta forma tão saborosa, a Argentina até parece bem pertinho daqui.

Cabaña Del Primo Rua Maria Tomásia, 503 | Aldeota Jardins Open Mall | 85 3244.3691 Aberto para almoço e jantar Cartões de crédito VISA , Mastercard e American Express


Restaurantes

Del Sabores do mar Del Mare traz pedaços de todo o país em seu cardápio. Especialidades tradicionais de cada região são servidas diariamente. Os pratos com frutos do mar e crustáceos são o carro-chefe da casa, que se beneficia do que o nosso litoral tem de melhor. Peixada Cearense, Filet de Peixe à Delícia e Camarão ao Molho de Coco são algumas das iguarias de sua cozinha regional.


O restaurante dispõe de amplo espaço, com área infantil, também bem procurado por famílias inteiras. Na semana, destaca-se o almoço executivo, que alinha boa culinária com ambiente tranquilo, tal e qual a temática proposta sugere, o mar. Chungara Gran Reserve Os vinhos brancos têm sabor marcante, personalidade, quando degustados com mariscos como o spagueti aos frutos do mar, do Del Mare. O vinho chileno Chungara Gran Reserve é uma escolha bem estrutura para uma degustação desse tipo.

Contato Del Mare Avenida Santos Dumont, 2390 Aldeota | Fortaleza - CE | 60150-161 85 3261.8666


Restaurantes

Restaurante

Cortes especiais Charmoso e agradável, o Murano oferece uma seleção primorosa de cortes nobres argentinos e uruguaios, além de pratos com aves, peixes e frutos do mar. A carta de vinhos contém 120 rótulos. Em ambiente para até 130 pessoas, o restaurante foi projetado pelo arquiteto Carlos Otávio, oferecendo comodidades aos clientes, como o espaço infantil monitorado.


“Que nem lá em casa”. É com esse tom, misto de brincadeira e verdade, que o Murano Grill convida seus clientes a provar do picadinho e outros pratos que fazem a cara do lugar. O estilo contemporâneo marca a diversidade de receitas vindas de todo o Brasil. Pratos tradicionais do Rio de Janeiro e de São Paulo são atualizados pelo chef Luis Amorim e ganham o nome de “Grelhados da boemia”. No “Especial Mulher”, as receitas são elaboradas com baixas calorias, atendendo a uma demanda especialmente feminina.

Murano Grill Shopping Pátio Dom Luís, piso L1 Aldeota | Fortaleza - CE 85 3268.1858


Restaurantes

Cantina di

Convite à culinária italiana O clima é de casa de família, descontraído, acolhedor, aconchegante, tal e qual as tradicionais cantinas italianas. Daí advém parte do sucesso entre o público cearense e até mesmo de quem apenas visita a cidade. A ambientação e a seleção musical ao som de violão e acordeom corroboram para o verdadeiro clima italiano. É como se, chegando à Cantina, os clientes fossem convidados a fazer uma viagem imaginária e sensitiva até Napoli, no sul da Itália. O cardápio, também característico da região, fica a cargo do chef João Freires, que faz questão de circular pelo salão, dar sugestões de vinhos e pratos individuais ou para toda a família. E se estamos em Napoli, uma boa pedida são as pizzas de massa crocante. O cardápio inclui massas, carnes, peixes e frutos de mar. Alguns serviços adicionais também facilitam a estada dos visitantes, como a seção infantil, com recreadoras treinadas para brincar com a criançada. Há três anos, a Cantina di Napoli é eleito o melhor italiano da cidade pelo júri especializado da Veja Comer e Beber.


Cantina Di Napoli Av. Desembargador Moreira, 125 Meireles | Fortaleza - CE 85 3234.0770 | 3231.1123


Restaurantes

Oui

Sim! para as coisas boas da vida Oui Bistro propõe uma interjeição. Digamos sim para o bem-estar, o comer bem, o aproveitar os amigos. Sim para as coisas boas da vida! O bistrô, especializado na culinária francesa, é daqueles lugares raros da cidade, a exemplo do próprio espaço, cheio de mobiliário garimpado em São Paulo e com uma varanda perfeita para encontros intimistas. Cada detalhe é um convite à contemplação. A ideia é que o cliente se sinta tão à vontade, que perca a hora, fique mais tempo. O chef Gilvan Lopes fez treinamentos especiais para garantir as receitas genuinamente francesas servidas no Oui. O cuidado na escolha dos ingredientes, alguns trazidos de fora, garante o sabor original dos pratos. Carnes, aves, risotos, peixes e frutos do mar, além das deliciosas sobremesas são servidos com toque francês.


Oui Bistr么 Av. Santos Dumont, 2391 (esquina com Nunes Valente) Aldeota | Fortaleza - CE 85 3268.4141


Restaurantes

Restaurante

Casa portenha bem perto As carnes são o chamariz do lugar, mas estão longe de ser o único motivo para se estar no Tango Casa de La Parrilla. O restaurante, de inspiração portenha, remete à Argentina nos pequenos detalhes, portanto visitá-lo é um convite à gastronomia, mas também a conhecer melhor o país vizinho. As carnes especiais, com cortes exclusivos, garantem o sabor tal e qual se come no país hermano. As bebidas, em carta integrada, trazem sempre uma opção apropriada aos pratos, que pode ser a tradicional parrilla, o bife de tira ou o bife de chorizo com creme de gorgonzola. Não perca a oportunidade de provar o doce de leite típico ou a versão portenha do francês gran gateau de dulce de leche. E assim, pela mistura de sensações, impulsionadas pelo paladar, aproxima-se um pouco mais do país de Carlos Gardel.


Restaurante Tango Av. Santos Dumont, 2391 Aldeota | Fortaleza - CE 85 3461.1313


Restaurantes

Regina

Referência de sabor A cozinha gourmet de Regina Diógenes convida o público a degustar através dos cinco sentidos. Com 25 anos de experiência no setor, Regina Diógenes procura conciliar um cardápio equilibrado, saudável e saboroso diariamente. É isso o que faz dos restaurantes uma referência na cidade. Hoje são duas casas atendendo na Av. Desembargador Moreira, desde 1997, e Av. Engenheiro Santana Júnior, desde 2009. Os dois espaços primam pelo aconchego, dando um ar de “casa de amigos” para quem quer que chegue. Assim, é possível degustar uma boa refeição e sair dali transformado. Os restaurantes também funcionam para eventos e recebe encomendas para ocasiões especiais.


Restaurantes Regina Di贸genes Av. Desembargador Moreira, 605 B | Meireles 85 3242.6799 Av. Eng. Santana Jr, 2977 | 85 3258.5353 Fortaleza - CE


Restaurantes

Santa Seleção equilibrada Que tal combinar grelhados, churrasco com saladas e legumes? A receita equilibrada faz sucesso no restaurante Santa Grelha, da Rede Social Clube. São 14 anos de experiência no mercado, sempre trazendo uma novidade, de segunda à sexta, durante o almoço. No cardápio, folhas selecionadas, produtos de origem orgânica, além de queijos e uma variedade de molhos. Tudo isso aliado às carnes, que lhe conferem o título de melhor restaurante da categoria na capital. O Santa Grelha oferece um menu especificado com cortes premium, de maior qualidade, preparados na churrasqueira a carvão. Além da carne bovina, a casa mantém o cardápio diversificado com suíno, frango, peixes, tudo feito no ponto preferido pelo cliente.


Santa Grelha conquistou pela sétima vez, na edição 2013/2014 da Revista Veja Comer e Beber, o cobiçado troféu de melhor restaurante da cidade. O cardápio ganhou uma seção exclusiva, com sete novos pratos, composta por criações diferenciadas assinadas pelo chef Ralfo Ifanger, um jovem paulista com experiência na Austrália e com atuação em restaurantes Polonês e Sueco. Em setembro próximo, a casa se prepara para lançar novo cardápio. A adega da casa reúne mais de 250 rótulos de países como Chile, Itália, França, Portugal, África do Sul, Nova Zelândia, Uruguai, Espanha e do Brasil. A variedade garante uma refinada carta com ótimas opções de harmonização com os pratos da casa. Serviço: Rua Tibúrcio Cavalcante, 790. Quase esquina com Avenida Dom Luís. 85 3224.0249 Funcionamento: Todos os dias a partir das 11:30. Capacidade para 180 lugares. Acessibillidade, Manobrista, Estacionamento com Serviço de manobrista, Wi-Fi, Arcondicionado, Espaço infantil.


Lojas e produtos

Grand

No mundo dos vinhos Não só entender, mais viver o mundo do vinho. Assim a Grand Cru Fortaleza direciona as suas ações nesse mercado apaixonante. Consultores especializados buscam uma constante satisfação dos clientes, enófilos iniciantes e iniciados no mundo de Baco, deus do vinho na mitologia romana. A casa conta com mais de 500 rótulos de diversos países do novo e velho mundo.


O cliente pode acompanhar a abertura do vinho em loco, no charmoso wine bar, fazendo uma bela harmonização com os pratos da casa. Há também a opção de consumo em taça, possível pela enomatic, máquina que serve o vinho fracionado. Além do consumo, o espaço também oferece cursos e palestras para clientes, ministrados em uma sala pensada pelo arquiteto Marcus Novais para esta finalidade.

Grand Cru Av. Sen. Virgílio Távora, 665 | Meireles 85 3055.7272 www.grandcru.com.br


Lojas e produtos

A hora e a vez do dogão Quem poderia imaginar um hotdog, tradicional lanche de rua, aperfeiçoado e cheio de personalidade? Foi exatamente o que pensaram os jovens empresários Jorge Kubrusly, Victor Kubrusly e Clóvis Queiroz quando decidiram montar seu próprio negócio. O ramo de alimentação, em alta na cidade, estourava com a abertura de hamburguerias, pastelarias e outros lanches rápidos. Mas foi com o cachorro-quente, produto clássico da gastronomia, que os sócios encontraram seu lugar no mercado. Em 2012, surgiu a primeira loja do Oh My Dog! Amazing Hot Dogs, localizada na Praia de Iracema, em um ponto de revitalização cultural e com permanente presença de turistas. Baseando-se na fama e na tradição dos hotdogs, foi criado um lanche com uma enorme simpatia pública, transformando o dogão da esquina em um lanche com ingredientes e receitas de primeira qualidade. O cardápio já possui total aceitação dos clientes e as lojas oferecem uma estrutura confortável, inovadora, descontraída e moderna.


Os hotdogs gigantes se tornaram febre em Fortaleza. Com os mais variados sabores, a rede conseguiu chamar atenção pela qualidade do produto e pelos preços populares, capazes de atrair clientes de todas as classes sociais e interesses gastronômicos. Todos os sanduíches são servidos em pão caseiro de 30cm, com três salsichas, queijo fundido e batata palha, podendo acompanhar também batata frita e refrigerante. O cardápio conta com dez sabores com preços que variam de R$ 10 a R$ 16. E a criatividade das receitas abarcam molhos diversos como o barbecue e molho gorgonzola, cebola caramelizada, bacon crocante, pepperoni, picles, entre outros ingredientes. Oh My Dog! já conta com sete lojas em funcionamento, sendo uma em Caucaia, e pretende ampliar a atuação no decorrer do ano, abrindo mais dez unidades até dezembro. De acordo com os proprietários, o processo de expansão veio com naturalidade. A boa aceitação da rede gerou interesse em franqueados, que acreditaram na marca e hoje colhem os bons frutos do investimento. O bom trabalho de comunicação da marca e a preocupação com o atendimento de qualidade auxiliam o crescimento do Oh My Dog! no gosto popular.

Atualmente, a casa está presente na Praia de Iracema, Av. Washington Soares, Shopping Iandê (Caucaia), Shopping Via Sul, Shopping Parangaba e North Shopping Jóquei.


Croco Diversão à beira-mar Um dos mais cobiçados locais da Praia do Futuro, o Completo Crocobeach reúne em um só lugar parque temático, espaço para eventos, loja, lan house e salão de beleza. Ideal para quem vai com toda a família, dos mais velhos à criançada. Isso porque a diversidade de atrações atende a diferentes idades e gostos. Para os pequenos uma opção a mais - o palhaço Tutu anima quem está na piscina. Já para os adultos, a descontração fica por conta das atrações musicais e dos shows de humor nas noites de quinta, já tradição do lugar.


E como não poderia deixar de ser, comer bem é questão de ordem no Crocobeach. Os sabores do mar aparecem em um delicioso cardápio de peixes e mariscos. O cliente pode usufruir de buffet completo e variado para o almoço diariamente.

Complexo Crocobeach Av. Zezé Diogo, 3125 | Praia do Futuro Cep: 60182-026 | Fortaleza – CE 85 3591.9600 Funciona às segunda, terça, quarta-feira e domingo de 08h00 às 18h00. Quinta de 08h00 às 02h00. Sexta e sábado de 08h00 às 00h00.


Sorvete

Gosto de uma antiga Fortaleza Uma bola de sorvete vale um sorriso e, se a movimentação do dia permitir, um bom dedo de prosa. Os causos podem variar. Tem história de família, dos gelados, da cidade suplantada sob asfalto e concreto, a Fortaleza de quatro décadas. Seu Juarez, como é conhecido o mais antigo sorveteiro de Fortaleza, faz questão de atender a todos que chegam ao seu estabelecimento, a Sorveteria Juarez, na Av. Barão de Studart. A fama, conquistada à custa de nada mais que a mistura de dedicação, simplicidade e sabor, não muda o jeito sem cerimônia de João Juarez Alburquerque, 87 anos, sempre a postos para atender a clientela cativa, os turistas e dos moradores que o visitam pela primeira vez. Ali, naquele pedacinho de passado, onde duas antigas máquinas ainda conduzem a produção de sorvetes sem aditivos químicos, Juarez faz maravilhas com frutas da terra, com gostinhos do Ceará. Quem pensa que a idade o fez pensar em facilidades como ter um ajudante ou auxiliar na hora das compras, engana-se. Juarez não abre mão de levantar diariamente às 4h30 para comprar as frutas que usa como matéria prima. No Mercado São Sebastião ou Ceasa, ele se esbalda escolhendo cuidadosamente o que precisa para mais um dia no batente. E como a tecnologia também não desponta por aquelas bandas e o computador passa bem longe, o sorveteiro anota na cabeça o que precisa e faz as compras em quantidades pequenas, que é para não estragá-las e terminar jogando no lixo.


Siriguela, graviola, murici e sapoti são alguns dos sabores preparados por Juarez. Tem também o incomum de capimsanto e o tradicional de tapioca, a base de farinha de mandioca fresquinha. A maioria é feita a base de leite, mas alguns sabores levam pouca ou quase nenhuma quantidade água, com zero lactose. São os de tamarindo, manga e abacaxi. Aliás, este último detalhe é o grande orgulho de Juarez, a que os outros chamam de “segredo”. Fato é que ali os sorvetes não levam emulsificantes, gordura hidrogenada, gordura trans ou óleo vegetal. E assim, as sorveterias que investem nas receitas de gelatos italianos não ameaçam a tradição conquistada por Juarez, afinal talvez a chave do segredo esteja na receita familiar, que dispensa maiores explicações. As gerações mais jovens da família de 13 filhos, 15 netos e sete bisnetos tocam os novos rumos da sorveteria. O negócio se expandiu e hoje tem lojas nas avenidas Washington Soares, Engenheiro Santana Júnior e Santos Dumont. Apesar disso, o xodó de Juarez continua sendo a loja da Barão de Studart.

Não contém na fórmula do sorvete Juarez: - Emulsificante - Emulsificante Apersante - Glucose liquida - Fermento sólido - Fermento hidrogenado - Liga especial - Arrozina e óleo vegetal - Gordura trans - Amaciante - Trigo

- Glucose pó - Glucose xarope - Fermento liquido - Liga neutra - Liga super - Ovo - Maizena - Gordura hidrogenada - Gordura de palma - Catalizador

Sorvete Juarez (Matriz) Avenida Barão de Studart, 2023 | Aldeota Fortaleza - CE | 60120-001 85 3244.3848


Endereços Beach Park Rua Porto das Dunas, 2734 | Porto das Dunas 85 4012.3000 | Aquiraz - CE Boteco Praia Avenida Beira Mar, 1680 | Meireles 85 3248.4773 | Fortaleza - CE Cabaña Del Primo Rua Maria Tomásia, 503 | Aldeota Jardins Open Mall | 85 3244.3691 Fortaleza - CE Cantina Di Napoli Av. Desembargador Moreira, 125 Meireles | 85 3234.0770 | 3231.1123 Fortaleza - CE Casa de Moá Rua Visconde de Mauá, 2675 | Aldeota 3067.3509 | 3067.4743 Fortaleza - CE

Grand Cru Av. Sen. Virgílio Távora, 665 | Meireles 85 3055.7272 | Fortaleza - CE www.grandcru.com.br

Murano Grill Shopping Pátio Dom Luís, piso L1 Aldeota | 85 3268.1858 Fortaleza - CE

Grande Moinho Cearense Av. Vicente de Castro, 6043 | Mucuripe 85 3266.6200 | Fortaleza - CE

Oui Bistrô Av. Santos Dumont, 2391 (esquina com Nunes Valente) Aldeota | 85 3268.4141 Fortaleza - CE

Grupo 3 Corações Rua Santa Clara, 100 | Pq. Santa Clara Eusébio - CE 85 4006.5599 | 4006.5524 wwww.3coracoes.com.br Hotel Gran Marquise Avenida Beira Mar, 3980 | Mucuripe 85 4006.5000 | Fortaleza - CE Interfood Rua Borges de Figueiredo, 1133 | Mooca 11 2602.7255 | 11 2602.7280 | São Paulo - SP

Complexo Crocobeach Av. Zezé Diogo, 3125 | Praia do Futuro 85 3591.9600 | Fortaleza – CE

La Maison Rua Júlio Siqueira, 535 | Dionísio Torres Fortaleza - CE | 85 3277-1300

Del Mare Avenida Santos Dumont, 2390 Aldeota | 85 3261.8666 Fortaleza - CE

Misaki Jardins Open Mall | loja 1031 Aldeota | 85 3433.1050 Fortaleza - CE

Regina Diogenes Av. Desembargador Moreira, 605 B | Meireles 85 3242.6799 Av. Eng. Santana Jr., 2977 85 3258.5353 | Fortaleza - CE Santa Grelha Rua Tibúrcio Cavalcante, 790 (Quase esquina com Avenida Dom Luís) 85 3224.0249 | Fortaleza - CE Sorveteria Juarez Avenida Barão de Studart, 2023 | Aldeota 85 3244.3848 | Fortaleza - CE Tango Av. Santos Dumont, 2391 Aldeota | 85 3461.1313 Fortaleza - CE


Patrocinadores

Anuário de gastronomia do ceará 2014 digital  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you