Page 1

fotos Rodrigo Bethonico

MTPDAILY Belo Horizonte - 29 de outubro de 2011

Olhando pra frente

As novidades do MTP para o verĂŁo Labo B

As melhores imagens do backstage

Luxoterapia


Editorial

Expediente FIEMG

Até abril! Q

uatro dias vivendo e criando informação de moda para cerca de 30 mil pessoas das quais fazemos apenas uma ligeira ideia de quem são. Arrasamos na capa? Falamos o que todo mundo queria e procurava saber? Cometemos erros de digitação, escolhemos a foto certa? Fomos justos com todas as marcas? Essas são perguntas para as quais talvez nem tenhamos respostas. Foram 22 desfiles, cerca de 300 minutos (se considerarmos que cada apresentação dura 15 minutos) olhando a roupa passar e outras tantas horas circulando pelo salão de negócios em busca das peças mais desejadas, das mais vendidas, procurando o que vai ser do inverno que esperamos ser o melhor das vidas de todos nós. Para isso – o que vai ser do inverno – temos algumas boas respostas. Se depender das marcas que integram o

Presidente do Sistema FIEMG: Olavo Machado Júnior Coordenação Geral: Superintendência de Desenvolvimento Empresarial Coordenação de Comunicação: Superintendência Integrada de Gestão Corporativa Jornal O Tempo

casting do Minas Trend, a próxima estação será uma grande festa, luxo puro. Uma estação pautada por palavras como glamour, poder, feminilidade e repleta de plumas, paetê, brilhos, franjas, bordados, preciosismo. Trabalhos manuais como bordados e texturas feitas sobre bases de qualidade como seda, cetim, organza e couro também ganharão seu espaço em looks que vão bem para celebrações a qualquer hora do dia. Por isso, quando o termômetro esfriar, trate de festejar. A gente se vê em abril com mais respostas para o seu guarda-roupa.

Natália d´Ornellas * Natália é jornalista e publicitária, com especialização em varejo de moda pela London School, e edita o caderno Pandora que circula aos domingos em O Tempo

Fundador: Vittorio Medioli Presidente: Laura Medioli Vice-Presidente: Luiz Alberto de Castro Tito Diretor Executivo: Heron Guimarães Editora Geral: Lúcia Castro Chefe de Redação: Michele Borges da Costa Secretário de Redação: Murilo Rocha Redação MTPDaily Editora chefe: Natália d´Ornellas Editor de arte: Anderson Carvalho Redatora chefe: Daniela Nahass Repórter: Isabela Grecco Estagiárias de redação: Lorena Siman, Pollyana Teixeira Colaboradores: Cris Guerra, Fabíola Paiva, Glico Gênio, Gustavo Brito, Mary Figueiredo, Mariana Rodrigues, Natália Assis, Natália Miranda, Regina Machado, Thiago Romano, Thiago Leão Stylist: Davi Leite Ilustração: Marcelo Ramos Fotografia: Júlia Lego, Rafa Borges, Rodrigo Bethonico, Vitor Formiga Departamento comercial: Fabiano Guerra – Sempre Editora

Street style

Desfile nos corredores do MTP

Iris Chaves Camila Honorato Amanda Monesi

Ana Flávia


MinasTrend Preview 2011

Liga Fashion Por Thiago Romano

o Leão

tália Miranda, Thiag Gênio, Natália Assis, Na co Gli , iva Pa a íol Fab Com

Tô bonita?

Vermelhinho básico

Vai Daiane!

Pela primeira vez no Minas Trend Preview, o lounge do Chic, leia-se Gloria Kalil, abriga um estúdio de fotografia para capturar os maiores achados do evento. Acessórios, sapatos, maquiagens, looks e tatuagens estão sendo registrados pela fotógrafa Luíza Ferraz. Os “quase ensaios” já estão no ar e podem ser conferidos no site, www.chic.com.br, mesmo depois do fim da temporada que termina hoje.

Uma exposição de vestidos vermelhos chama a atenção de quem passa pelos lounges dos patrocinadores. Trata-se de uma coleção realizada, modelada e costurada pelos alunos do curso de “Aprendizagem Industrial em Confecção e Moda” do Senai Modatec, concluído em julho de 2011. Inspiradas nas obras da artista plástica mineira Lygia Clark, as peças exploram as formas e os conceitos de Bichos e Caminhando, ambas criadas da década de 60.

Chic e com seu andar inconfundível, Daiane Conterato foi destaque ontem no desfile da GIG. Para quem não conhece, ela é musa de estilistas como Miuccia Prada e sempre carrega looks icônicos na temporada de moda internacional. Para o MTP, Daiane fez o famoso bate e volta NY-BH-NY. Não teve tempo nem de experimentar nosso pão de queijo.

“O corpo das modelos é um ‘corpo profissional’, próprio para a passarela.” Silvana Holzmeister, jornalista

Cartela de cores Casulo, preto com pontos de

cor, arame. Essas são algumas das cores do inverno que vem aí. Já que a cartela cromática não cuidou de rebatizar suas integrantes, os estilistas deram seu jeito. Agora a tradução: casulo é um quase nude, preto com pontos de cor é exatamente isso que você leu e arame, uma maneira inverno 2012 de se referir ao chumbo, ou melhor, cinza.

Equipe do site Chic

4

foto luiza ferraz

Quando o verão chegar Futurismo primal, cinema e geração jpeg. Essas foram as principais macrotendências do verão 2013 detectadas pelo WGSN, portal inglês que fez conferência quinta-feira, no calendário do MTP. Portanto, caro confeccionista, ligue suas antenas.


MinasTrend Preview 2011

Moda além

do vestuário Alunos e professores de moda explicam: há um longo processo criativo e da indústria por trás do que vemos nas passarelas

D

o beneficiamento da fibra do tecido até a entrega da peça pronta, um longo caminho é percorrido durante as etapas de produção. Para um profissional de moda, entender esse processo é fundamental. "Desde o surgimento do estilo prêt-à-porter, nos anos 50, a moda passou a influenciar e a ser influenciada por outras esferas como o design, das indústrias de cosméticos e de perfumaria, e se fundiu a muitas áreas da indústria do entretenimento", explica Júlio Pessoa, coordenador dos cursos de cinema e moda da Una. Ao abordar questões relacionadas a gestão dos negócios, o curso de moda da Una busca formar profissionais que pensem além do corte e costura. "A ideia é buscar um encontro e ensinar o profissional a dialogar com o mercado", explica Pessoa.

Teoria e prática. Pedro Embiruçu, que passou pela Una e desde 2009 atua no estilo da Regina Salomão, conta como o curso o ensinou a ir além do desenho. "Vejo que minha identificação com a marca abre um leque para muitas possibilidades, e cada vez mais apuro o olhar para atender às expectativas de quem compra. Pesquisando e desenvolvendo coleções já viajei para Londres, Paris e Nova York, além de estar sempre entre Rio e São Paulo", conta ele. "O bacana é pesquisar todas as referências e culturas e criar a partir de toda essa experimentação". Antes de chegar neste estado de maturação, o aluno tem o desafio de unir teoria e prática durante o curso. Mariana Rodrigues, professora de História da Moda na Una, conta que o objetivo da disciplina é entender como as pessoas se vestiam e o porquê, para depois lançar um olhar contemporâneo sobre o ato de vestir. "Vestuário vai além do tecido e essa relação da roupa com a sociedade não é algo que muda por si só", explica ela. No campo prático, Geanneti Salomon, que ministra produção de moda, diz que já no primeiro período pede aos alunos para fazerem a produção executiva de um desfile. "Eles correm atrás de tudo - do patrocínio para maquiagem até a alimentação da equipe", explica. "A cadeia está tão interligada que a produção de moda virou uma grande área. Mais legal que isso, só mesmo vendo o resultado do nosso trabalho depois". Para quem quiser conferir, Geanneti lembra que no próximo dia 19 haverá um desfile com 18 looks de uma das turmas da Una, no Mercado das Borboletas, na av. Olegário Maciel, 742, 3º piso, no centro de BH.

Publieditorial Caminho. Antes de chegar no seu armário, o tecido que veio das tecelagens vai para a confecção, depois é distribuído pelo sistema modal do país e, segue para ser vendido no comércio

Mercado. O Brasil é o 6º maior parque têxtil do mundo, sendo o terceiro maior produtor de malhas e o segundo maior na produção de denim

Gestão. Como em qualquer negócio, é preciso manter relação com fornecedores, distribuidores e demais parceiros. Isso exige planejamento, organização, controle e liderança

Emprego e renda. O setor têxtil é responsável por 17,5% do PIB da indústria de transformação nacional e por cerca de 3,5% de todo o PIB do Brasil

Cadeia produtiva. São aproximadamente 30 mil empresas, movimentando US$ 46 bilhões/ano e empregando 1,65 milhão de trabalhadores

5


MinasTrend Preview 2011

MTP Adora

fotos julia lego

MTP Adora Por Davi Leite e Dill Diaz

Vestido Jardin

Um giro final pelo salão de negócios e mais um grupo de tem-que-ter para o inverno que há de chegar

Sandália Virginia Barros

Sapato Virginia Barros

Sapatos Claudia Mourão

“Comprei roupas e calçados de festa de Patrícia Motta, Patrícia Bonaldi e Isla, além de roupas em couro, que eu vi por aqui com bastante variedade. Gostei muito do evento.” Sílvia Lino, da Corpo e Arte, Cuiabá (MT)

Blusa Cristiane Ban

6

Scarpin Cavage

Sapato Boneca Cavage

Bota Cavage

Pulseira Claudia Marisguia


MinasTrend Preview 2011

Ensaio

foto julia lego

Frames

Estão nos bastidores dos desfiles algumas das imagens mais incríveis de uma temporada. Sabendo disso, colocamos nossos olheiros nos backstages mais bombados para registrar o irrevelado: o lado b do MTP. foto julia lego

foto julia lego Patricia Motta

agência foto site/divulgação

Cláudia Arbex

Cláudia Arbex

foto julia lego

Vitor Zerbinato Alessa

8

Mary Design


MinasTrend Preview 2011

agência foto site/divulgação

agência foto site/divulgação

Ensaio

Backstage

agência foto site/divulgação

Apto 03

foto julia lego

foto julia lego

GIG

GIG

GIG

9


MinasTrend Preview 2011

Business

MTP se consolida e

busca inovação foto rafa borges

Expectativa de vendas cresceu 15% em relação à edição passada Por Daniela Nahass A 9ª edição do Minas Trend Preview (MTP) comprovou que a mudança para o Expominas foi acertada ao possibilitar o crescimento do evento e, consequentemente, dos negócios. Com um maior número de expositores, a expectativa de aumento das vendas é 15% superior à edição passada. A avaliação é do superintendente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Sérgio Lourenço, que falou com exclusividade ao MTP Daily. “Além de aumentar significativamente a lista de expositores, conseguimos trazer elos importantes da cadeia produtiva para dentro do evento, como as empresas e entidades parceiras. Ampliamos também a agenda de palestras e mesas redondas”, afirmou. Até a 7ª edição, o MTP acontecia em Alphaville e foi pelo crescimento do salão de negócios que a Fiemg decidiu descer a BH 040 com destino ao Expominas. Sergio Lourenço avalia que o evento agora está mais do que consolidado. Para se ter uma idéia, três meses antes do início desta edição, as reservas dos estantes já estavam esgotadas. Segundo o superintendente, a grande sacada foi sair da zona de conforto. Por isso, a Fiemg começou a ouvir opiniões de parceiros e colaboradores sobre melhorias. “Moda é acima de tudo inovação”, enfatizou. Para a próxima edição, marcada para abril de 2012, as ideias são envolver a cidade na temporada, aumentar a sua visibilidade e até trazer uma atração internacional: o estilista mineiro radicado em Paris Gustavo Lins. “Não podemos pensar em geração de negócio só dentro do Expominas, afinal o evento movimenta toda uma cadeia produtiva, como hotéis, restaurantes e logística”, afirmou. Que venha então a próxima estação.

Superintendente da Fiemg, Sérgio Lourenço

foto gustavo lins/ Divulgação

foto gustavo lins/ Divulgação

Criações do estilista Gustavo Lins, que estará na próxima edição do MTP

10


Desfile

foto julia lego

MinasTrend MinasTrendPreview Preview2011 2011

Entrada final do desfile de Aurea Prates

Puro fetiche

11


Desfile

MinasTrend Preview 2011

Chouchou Inspirada no desenho infantil Josie and the Pussycats, a marca levou 15 gatinhas para a passarela. As modelos, usando rabinhos e orelhas, desfilaram uma coleção bem girly, que abusou do algodão, do moletom e das estampas de bicho em leggings, vestidos e sainhas curtas. Preto, cinza, amarelo, ocre e rosa predominaram na cartela. A trilha ficou por conta de Lu Alone.

fotos Rodrigo Bethônico

Patogê Assumindo seu DNA jeans, a marca fez uma apresentação redonda em que o denim e o street foram os pontos altos. Maxi coats, over parkas, calças curve e cropadas foram as peças-chave da apresentação que contou com o global Jonatas Faro.

fotos Rodrigo Bethônico

12


MinasTrend Preview 2011

Desfile

Talentos do Brasil Casacos assimétricos, xales e bolsas feitos com tapeçarias e bordados subiram à passarela. As peças, que ficam expostas no evento até hoje, levam a assinatura de 18 cooperativas espalhadas por 12 Estados brasileiros. Emocionadas, algumas das artesãs não seguraram as lágrimas.

fotos Rodrigo Bethônico

Fernando Pires Com toda sua tradicional sensualidade, Fernando Pires apresentou um inverno com muitas botas "cuissard", abotinados e scarpins, com toques de metal e amarrações. Para reforçar o clima, muito brilho vindo de pedras e glitter. Puro fetiche.

fotos Rodrigo Bethônico

13


Desfile Samuel Cirnansck

MinasTrend Preview 2011

Misturando referências aos anos 20 e 40, o estilista voltou à passarela do MTP com uma coleção luxuosa. Aos vestidos estruturados em moulage, que são carcaterísticos do seu trabalho, ele acrescentou a alfaitaria para modelar os ótimos tailleurs pretos que abriram o desfile. Sem se fazer de rogado, após a polêmica com as noivas amordaçadas do verão, ele usou máscaras de gás nas modelos para enfatizar períodos de guerra, e deixou como pista do que pensa, citando Paul Poiret: "A moda é a única tentativa da arte tomar vida". fotos Rodrigo Bethônico

fotos Rodrigo Bethônico

14


MinasTrend Preview 2011

Três dias,

News

três looks Jovens estilistas ganham vitrine e prêmio no MTP

foto rafa borges

1º lugar - Paula de Oliveira

E

2º lugar - Thiago Bernardo

Por Isabela Grecco

m sua segunda edição, o concurso “Drapping – Uma expressão criativa”, promovido pelo SENAI em parceria com o Modatec de Belo Horizonte, trouxe cinco alunos para exercitar suas técnicas no Expominas durante o Minas Trend Preview (MTP). Os participantes foram escolhidos nas principais faculdades e escolas de moda do Estado, e desenvolveram, durante os dias do evento, modelos com três temas distintos (sportwear, casual e festa). As criações das peças foram feitas sobre manequins de prova, desenhos técnicos e ilustrações através da técnica de moulage. Tudo

3º lugar - Leonardo Azevedo

observado pelos frequentadores do MTP no estande do SENAI, em esquema de reality show. Depois da avaliação final de time formado por gente como a estilista Tereza Santos, a consultora de moda Glória Kalil e a especialista em moulage, Júnia Melo, o primeiro prêmio foi concedido para Paula de Oliveira, do Senai. Thiago Bernardo, da Fumec, e Leonardo Azevedo do Uni ficaram em segundo e terceiro respectivamente. Os prêmios foram de R$ 3,5 mil para o primeiro colocado, R$ 2,5 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. É a moda mainstream dando espaço para quem chega ao mercado em breve.

15


MinasTrend Preview 2011

Fashiolândia 3 perguntas para ...

Fernanda Vasconcellos

Fashion quiz

Mostre que é um fashionista de conteúdo marcando as opções corretas para as questões que se seguem.

1. Você gosta de moda?

1)Entre os personagens abaixo, há um, apenas um, que não tem nada a ver com o universo da moda. Encontre a opção correta.

2)Qual rede de fast fashion gringa promete aportar em São Paulo ainda este ano, revolucionando a concorrência e, se Deus quiser, diminuindo os preços? a) H&M b) Target c) TopShop d) Urban Outfiters

16

Eu adoro preto e o desfile de abertura mostrou muito isso, além de cores bem neutras. Gostei bastante também de ver as peças em veludo com pedrarias e bordados.

1) c 2)c 3) b

U

Costanza Pascolato

nanimidade no mundinho fashion, Costanza Pascolato (preste atenção na grafia correta, é italiano) é a editora mais querida de que se tem notícias. Sabe tudo que se pergunta a ela, tem paciência com principiantes e ainda tem o dom de nunca, jamais errar no look, além de ter confessado, por exemplo, que os óculos escuros em desfile funcionam para tirar uma soneca se estiver muito chato. À frente hoje da Santa Constância, tecelagem de sua família, Costanza faz parte do conselho editorial da Vogue Brasil e já passou por outras publicações. Escreveu três livros: “Essencial: o que você precisa para saber viver com mais estilo”; “Como ser uma modelo de sucesso” e “Confidencial”. Te amamos, Costanza!

Tudo me inspira. Às vezes, cantar uma música com o som alto no carro, um abraço... Até a tristeza é inspiradora. 3. Do que você mais gostou de ver na passarela?

3) Nem só de desfile vive um profissional de moda. Encontre abaixo a dupla de estilistas mineiros que abandonou as passarelas e continua fashion e feliz.

Com Vocês:

Sim, muito. Gosto de vestir bem para mim, quando vou a eventos e até para os outros. Vestir bem é uma questão de carinho com as pessoas. 2. O tema do MTP é Inspiração. O que te inspira?

a) Paulo Borges, criador do SPFW b) Lilian Pacce, jornalista de moda c) Joãozinho Trinta, estilista carioca d)Daniel Ueda, stylist

a) Eduardo e Mônica b) Terezinha Santos e Renato Loureiro c) Fause Haten e Lenny Niemeyer d) Lorenzo Merlino e Isabela Capeto

por Pollyana Teixeira

mTP pills

Você sabia?

Para quem gosta de número, o MTP é paraíso. Confira alguns contabilizados na última edição, já que essa ainda não acabou. Vinte mil visitantes passaram pelo Expominas, entre eles 8 mil compradores potenciais. Seis mil eram convidados para os desfiles e a área total do evento era (e permanece) de 27 mil m². A sala de desfiles comporta cerca de 900 pessoas.


MinasTrend Preview 2011

Artigo

Quero comer

a moda I

Por Cris Guerra

nconveniente, o despertador grita apressado no meio do silêncio. E faz tão pouco tempo que eu fui dormir. O corpo finge de morto, o ouvido finge de surdo, o cobertor acoberta a preguiça, a cabeça já começa o dia buzinando um conflito – mais 5 ou 15 minutos? Até que a dor de realidade me tira da cama num susto. Penso em acordar de mau humor, mas abro os olhos e avisto o meu armário. Ali dentro, muitas de mim me esperam. Mudo de ideia, curiosa para descobrir quem sou hoje. Eu, minha própria estilista. Eu, minha própria modelo. Mais um desfile vai começar. Naquele quarto que é meu backstage, me inspiro no tempo que faz em mim: se é chuva que cai fina e insistente; se é sol que se abre besta e alegre no azul. A previsão do tempo é rápida e precisa – logo se desenham as cores do que vou vestir. Combino formas, estampas, texturas. Até me descobrir. O espelho me reserva surpresas. Quem será que vou ver ali? Todo santo dia é assim: só saio quando me acho. E aprendo um pouco mais sobre mim. É colorida, a moda. E eu tenho fome dela. Sou gulosa. Quero olhar, entrar, sentar. Apertar pra ver se é macio. Quero degustar o vestido, subir no salto, vestir o personagem. Quero engolir a moda. Inteira e com todos os “toppings”. Quero

um menu-degustação. E eu quero comer a moda sem hora certa. Almoçar comprido, me perder em risadas, sair para jantar e só voltar de madrugada. Moda para morar, para ler e para ouvir, como diz o Ronaldo. Não quero a moda me prendendo. Quero é me libertar. Quero é obrigar a moda a se vestir de mim. A moda me faz existir. Faz do meu vulto imagem nítida e com volume. Sou mais que necessidade, sou desejo. Sou mais que alimento, sou banquete. Sou mais que eu: sou muitas. Desfilar pelas ruas com minhas escolhas de moda é levar comigo muitas existências. Todas em uma, brilhando juntas no meu jeito de andar. Desfilar como quem escreve um poema. O corpo é a caneta, pincel de pintar o tempo em que estou e estive. A vida em movimento: suportável, inteira, nova, mutante. Quero encher meu prato de moda num self service sem balança. Quero todas as cores e sabores que eu achar em mim. Quero o movimento da seda da saia à medida que eu ando. Subir no salto como quem sobe no pódio. Comprimentos, caimentos, movimentos. Degustar uma loja inteira, sem hora para sair. Quero me levar muitas e novas em sacolas brancas. Quero comer a moda. Para depois fazer a digestão e começar tudo de novo.

Cris Guerra não quer ser chamada de fashionista, acha nariz empinado. Publicitária de sangue, blogueira até outro dia, ela é colunista de moda e modelo de vez em quando, e é uma superescritora de outras coisas o tempo todo

18


03 mtp 29 de outubro de 2011  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you