__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Nº 104 - Ano 10 - Fevereiro 2013 • Distribuição gratuita • ISSN 1647–7022 www.jornalstrada.com


EDITORIAL

INDEX Uma nova era, um novo futuro .............................2 Test Drive - A força silenciosa - apresentação dinâmica do novo DAF XF105 Euro6....................4 Ferreira & Filhos inagura novas instalações .........14 IVECO na Bauma 2013 ....................................22

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

130 MAN TGX para a Fowler Welch .................28 Cansaço e descuido na origem da maioria dos acidentes....................................................32 3.º Fórum do Mar com 2020 no horizonte..........40 Ecocalculator: aplicação para calcular as emissões de CO2 e de NOx .........................44 Motociclistas: cuidados com os automobilistas .....46 Michelin renova a sua aposta em todas as frentes ...........................................52 Dakar 2013: IVECO no top-10 ..........................54 Africa EcoRace: Elisabete Jacinto conquista pódio .60

uma no um novo FICHA TÉCNICA Platinum Winner of the European Seal of e-Excellence 2011 Innovation and marketing in digital communication

Fevereiro 2013

Director: Giancarlo Terrassan e giancarlo.terrassan@jornalstrada.com - Directora adjunta: Ana Bela Nogueira e ana.bela gráfica: e editor@jornalstrada.com - Giancarlo Terrassan, Carlos Jorge Mateus, Patrick Dreux, Bruno Píncaro, Nuno Almeid - f +351 234 197 770 m +351 968 708 537 - e comercial@jornalstrada.com - Propriedade e edição: Ameise Editora, L - e ameise.editora@netvisao.pt - e giancarlo.terrassan@jornalstrada.com - URL: www.jornalstrada.com - Cons. Reg. Com. 124492 ERC - Entidade Reguladora para a Comunicação Social - ISSN: 1647–7022. - Toda a reprodução, seja por fotocópia o da Ameise Editora, Lda., são de inteira responsabilidade dos mesmos; a Ameise Editora, Lda. declina qualquer responsabilidade


ova era, o futuro

a.nogueira@jornalstrada.com - Redação: e editor@jornalstrada.com - Colaboradores: Andreia Nabais, Marlene Mesquita da Silva, Tavares Ribeiro, João Cerqueira, Bruno Píncaro, Nuno Almeida - Reportagem fotoa - Design e Layout: Ameise Editora, Lda. - Paginação: e editor@jornalstrada.com - Ameise Editora, Lda. - Directora Comercial: Marisa Nogueira de Sousa - Marketing e Publicidade: t +351 234 197 770 Lda. - Rua da Cabreira, 83 R/C Dto - S. Bernardo - 3810-071 Aveiro - Portugal - Contactos: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 916 834 742 - m +351 913 466 142 - m +351 968 708 537 de Aveiro N° 5940/040317 - NIF: 506 821 315 - Cap. Social: E 50.000,00 - Fundado: Dezembro de 2003 - Periodicidade: Mensal - Divulgação: Distribuição gratuita Depósito Legal: 203764/03 - Registo N° u por qualquer outro processo, sem prévia autorização do editor, é ilícita e passível de processo judicial. - Todos os textos enviados pelos leitores e publicados no Strada ou em qualquer outro produto de propriedade em caso de acção judicial.

Fevereiro 2013

EDITORIAL

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.com

Ao terminar mais um ano repleto de dificuldades para o sector dos transportes, avizinham-se tempos ainda mais difíceis. As publicações especializadas, como é o caso da revista Strada, não são exceção e coloca-se a pergunta, como será o jornalismo especializado daqui a alguns anos e o que é que as empresas esperam das publicações? O futuro exige uma mudança de paradigma e o mundo virtual já é uma realidade cada vez mais forte, com alteração de hábitos e comportamentos, a internet vai continuar a mudar os nossos hábitos, até porque também somos seres mutantes. A evolução tecnológica dos meios e adaptação a várias plataformas é a grande aposta, mas exige meios e um esforço financeiro. A vantagem é que poderá haver mais transparência, porque torna-se cada vez mais possível saber exatamente o que se lê e que lê, esse é o medo de algumas publicações agarradas ao tradicional. Gostaríamos de deixar uma mensagem de esperança e força para encontrar novas formas de ultrapassar as dificuldades e encontrar o caminho, sem abandonar o nosso percurso mantendo a qualidade e os nossos pontos referenciadores. 0


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

TEST-DRIVE

força s

| Ana Bela Nogueira

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

ana.bela.nogueira@jornalstrada.com

Foi em Málaga, Espanha, que recentemente a revista STRADA teve a oportunidade de sentir em primeira mão o poder do novo DAF XF Euro 6, com diferentes configurações. Oito tratores Space Cab e Super Space Cab com motores de 460 cv e 510 cv, equipados com caixas manuais e automatizadas estavam à disposição dos jornalistas convidados, da imprensa internacional especializada, para ensaio em estrada. Este evento proporcionou uma ocasião especial para testar estes novos nas condições normais de trânsito. O novo DAF XF Euro 6 foi desenvolvido para responder aos mais elevados níveis de eficiência e de conforto. Equipado com o novo motor PACCAR MX de baixo consumo de combustível, design exterior aerodinâmico e interior moderno e espaçoso. A produção do novo DAF XF Euro 6 terá início na primavera deste ano. 3

apresentação dinâmica

Fevereiro 2013


do novo DAF XF Euro6

Fevereiro 2013

TEST-DRIVE

silenciosa


DAF

TEST-DRIVE

3 O novo DAF XF oferece o mais alto nível de conforto para o motorista, a partir do momento que entra na cabina, proporcionando as melhores condições de trabalho graças aos novos bancos e à disposição do painel de instrumentos completamente renovado. Descanso como se estivesse em casa O espaço da cabina foi bem aproveitado, prestando especial atenção às funções mais importantes de condução, mas também de repouso. A cama é mais longa e o col-

Fevereiro 2013

cabina com mais conforto


TEST-DRIVE

DAF

chão tem uma espessura de 16 mm e uma largura de 70 mm atrás dos assentos e 80 mm ao meio. O colchão tem duas zonas de conforto (a parte central que é mais firme) para oferecer o máximo conforto para o sono e descanso. O colchão de molas e somier estão suportadas por duas molas de gás, de modo a poderem ser dobrados com uma mão e assim, permitir o acesso a grandes áreas de armazenamento interior. A cabine do XF Space Cab tem um colchão de espuma frio moldado e vulcanizado Lastilux e o modelo da Super Space Cab tem colchão de molas. 3

e espaço para o motorista

Fevereiro 2013


TEST-DRIVE DAF

Fevereiro 2013


DAF

Novos assentos O assento do motorista pode ser ajustado mais de 220 mm em comprimento e 145 mm em altura. Os assentos são elegantes, com estofos especiais em tons de cinza e logótipo DAF integrado no encosto de cabeça A segurança do condutor Para poder satisfazer as necessidades do conductor, a DAF incluiu no novo XF, a opção Night Lock, sistema de bloqueio nocturno. Este sistema, inclui um detector de gás, que é tão simples como eficaz na proteção contra roubos e arrombamentos. O DAF XF vem equipado com a última geração de sistema de bloqueios. O design inteligente da chave com comando à distância integrado para abrir e fechar as portas é completamente novo. A nova chave também oferece ao condutor a possibilidade de fechar todas as janelas simultaneamente e controlar a iluminação do veículo para desfrutar ao máximo a segurança e o conforto. 3

Fevereiro 2013

TEST-DRIVE

3


DAF

TEST-DRIVE

3 A primeira coisa que sobressai no DAF XF é o novo design exterior. A frente tem um aspecto mais refinado e integra de forma esplêndida a parte superior e inferior. Com a grande grelha em preto mate e acabamento de alumínio e painel central cromado com o logotipo DAF, fica com um aspecto muito elegante. O desenho dos faróis, também contribuem para a elegância do design, bem como o pára-choques de aço galvanizado com guias de ar integradas para oferecer a refrigeração ao motor. Os novos faróis estão equipados com luzes de halogéneo H7 e luzes de condução diurna integradas (4 lâmpadas LED). A Tecnologia LED para os faróis é opcional no novo XF mas garantem o máximo de iluminação e oferecem uma maior vida útil e menor consumo de energia. Junto com esta inovadora tecnologia LED, pode vir incorporado com lava-faróis, opcionalmente disponíveis. «O grande investimento feito na DAF com o novo XF Euro 6 reflete o plano estratégico de crescimento da empresa, impulsionado pelo excelente desempenho das suas operações», referiu Harrie Schippers, presidente da DAF e vice-presidente da PACCAR. «Este é o projeto de engenharia e o programa de desenvolvimento mais completo realizado pela

Fevereiro 2013

novo design ex


xterior atraente

Segurança e conforto O DAF XF está equipado com um sistema de controlo de estabilidade, que ajuda a prevenir o efeito de tesoura. O ACC, o sistema de aviso de colisão frontal e de emergência avançado de travagem são opcionais. O painel de instrumentos está equipado com zonas de absorção de choque que proporcionam um ambiente de trabalho ergonómico para o motorista. Caixa de velocidades automatizada e condução optimizada A cadeia cinemática sofreu várias alterações. O seu novo motor Euro 6 PACCAR MX 13, com potências de 410 cv (300 kW), 460 cv (340 kW) e 510 cv (375 kW), proporciona, mesmo a baixas rotações, um elevado binário de até 2.500 Nm e consumos do mesmo nível do que o Euro6. A nova caixa ZF AS-Tronic com Eco Roll garante maior rapidez nas mudanças. O eixo de tracção com novas reduções torna o veículo mais ajustado à missão. Com componentes de chassis mais leves o novo DAF XF oferece um melhor payload e um aumento da rentabilidade. 0

Fevereiro 2013

TEST-DRIVE

DAF durante os seus 84 anos de história. O novo DAF XF complementa os premiados CF e LF».


Fevereiro 2013

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

TEST-DRIVE


O teste de condução teve início no Truck Stop Paneque, situado entre Granada e Antequera. O primeiro veículo a ser testado foi um DAF 510 CV Euro VI, que conduzimos durante cerca de uma hora entre Antequera, Malaga e Granada. Efectuámos a subida de Malaga com 7% de inclinação onde o DAF 510 demonstrou ser um grande trepador. Segundo Norberto Neves, especialista de testes de condução, da revista STRADA, «nas descidas, o sistema de travagem é excelente. O intarder em conjunto com o travão motor Mx Engine Brake dão-nos uma perfeita segurança de travagem e com uma direção muito precisa e sem vibrações. “O interior do veículo é confortável e sofisticado e de grande qualidade, os espelhos dão uma boa visibilidade e com o assobiar do turbo, ficamos com a sensação de estarmos a conduzir uma berlina de alta gama». O nosso condutor, Norberto Neves, confirma ainda que «o interior está com grande qualidade com os acabamentos a imitar madeira, que lhe dá um toque de beleza e sofisticação. Quanto ao motor, é muito silencioso e com grande poder de resposta nas subidas». Conduzimos outros dois veículos DAF num percurso mais pequeno, um tinha 460 cavalos, com um semi-reboque tipo frigorífico e outro com um tanque para combustível. As cabines Space CAB e Super Space CAB são muito espaçosas, sendo a Superspace CAB a que tem maior dimensão face à concorrência”.

FEIRA INTERNACIONAL DE LOGÍSTICA, TRANSPORTE DE CARGAS E COMÉRCIO EXTERIOR

2A4

Abril 2013 13 - 21h Transamerica Expo Center São Paulo - Brasil 2º MAIOR EVENTO DO MUNDO PARA OS SETORES DE LOGÍSTICA, TRANSPORTE DE CARGAS E COMÉRCIO EXTERIOR 36 MIL M² DE EXPOSIÇÃO 23% MAIS ESPAÇO! MAIS EXPOSITORES, MAIS SOLUÇÕES, MAIS NETWORKING MAIS DE 27 DIFERENTES SEGMENTOS DA INDÚSTRIA VISITARAM A FEIRA EM 2012

Melhore sua estratégia de logística e transportes em nível nacional e internacional! Encontre novas soluções para superar desafios logísticos, reduzir custos e melhorar prazos de entrega! Faça seu pré-credenciamento pré-cr é ed d denciamento i online. li Evite i Filas! ilas! Credenciamento online line GRA GRATUITO TUITO para profissionais do setor. setorr. No local: R$ 50,00.

www.intermodal.com.br 169337

Realização

Patrocínio

Últimos espaços disponíveis. Informações: Bruna Sá: 11 4878 5922 - info@intermodal.com.br

TEST-DRIVE

Conclusão


EVENTS IVECO

Ferreira

inagura Fevereiro 2013

insta


novas lações

Fevereiro 2013

EVENTS

& Filhos


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Ferreira & Filhos inicia novo ca na sua relação com a IVECO A Ferreira & Filhos, Concessionário Oficial IVECO na região centro do país, nas áreas de Leiria e Coimbra, entrou no passado sábado, dia 19 de janeiro de 2013, numa nova fase da sua já longa história de duas décadas, através de uma ação de apresentação da renovada imagem das suas instalações da Marinha Grande. O processo de transformação ficou, assim, completo, na representação oficial do reputado construtor italiano de veículos comerciais ligeiros e pesados que lhe foi atribuída há um ano. Vários convidados marcaram presença na cerimónia de inauguração das renovadas instalações da empresa, representantes de várias entidades oficiais do setor e da região, membros da imprensa, clientes e parceiros de negócio, sendo recebidos por Nuno Ferreira, cogerente da empresa, a par do seu pai e fundador António Lopes Ferreira e pelos seus colaboradores.

Fevereiro 2013


Apresentando uma breve história da empresa e da ligação com a IVECO, Nuno Ferreira começou por agradecer a todos os funcionários, parceiros e clientes, ao mesmo tempo que relembrou a falecida irmã, Ana Manuela Ferreira, também ela grande mentora deste projeto. «Hoje é um dia muito importante para a Ferreira & Filhos, juntando-se aos vários registos do nosso longo historial de agora 21 anos de presença no mercado nacional, há um ano a esta parte associado à IVECO como seu representante oficial em Portugal, como uma das empresas mais competentes e profissionais da região e que tem visto consecutivamente reconhecida a qualidade do seu trabalho», referiu Nuno Ferreira, acrescentando que espera «continuar com esta ligação por muitos anos, sob o lema “não queremos ser os maiores, mas sim os melhores”».

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

3

Fevereiro 2013

EVENTS

apítulo


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Fevereiro 2013

3 Por seu turno, David Carlos, Diretor Geral de Vendas e Marketing da IVECO, destacou os serviços da Ferreira & Filhos e a sua ligação à marca, referindo-se-lhes como sendo «um bom exemplo dentro da rede


EVENTS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

IVECO pela sua perseverança e excelência de serviço. Que nos possamos voltar a juntar com todos os convidados para comemorar os próximos 40, 50 anos e seguintes… sempre ao mais alto nível.» 3

Fevereiro 2013


3 Completaram-se na véspera do evento, no dia 18 de janeiro, 21 anos de presença no mercado nacional da empresa Ferreira & Filhos. Fundada no primeiro mês de 1992, viu-lhe ser atribuída pela IVECO, apenas dois anos mais tarde, a chancela de Oficina Autorizada, permitindo que passasse a operar no mercado com o suporte direto de peças e serviço do construtor italiano. A empresa opera assente num conjunto de valores como a honestidade, transparência, competência e profissionalismo, flexibilidade, criação de valor, formação contínua, soluções e atendimento personalizado, vetores que são reconhecidos no mercado.

Fevereiro 2013

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

um elevado profissionalismo 24 horas por dia, 365 dias por ano




169339

NOVO ESP PAÇO AÇO COMERCIAL VISITE E-NOS JUNTO AO RET TAIL AIL P PARK. ARK.

24h



 

EVENTS

Um trabalho que evoluiu gradual e positivamente, levando ao reconhecimento em 2003 e 2004 da Ferreira & Filhos como a ‘Melhor Oficina IVECO em Portugal’ e uma das melhores da Europa, para depois em 2010 ser considerada a ‘Melhor Oficina IVECO da Península Ibérica’. Um conjunto de consagrações que refletem a qualidade do trabalho dos seus técnicos nas instalações. 0 IVECO


EVENTS IVECO

IVECO

Fevereiro 2013


EVENTS

na

Fevereiro 2013


EVENTS BAUMA

A IVECO estará presente na 30ª edição da Bauma, o mais importante salão internacional do setor da construção, escavação e movimentação de terras, apresentando-se com uma vasta gama de soluções offroad. A exposição terá lugar em München, de 15 a 21 de abril. A IVECO irá contar com uma área de exposição superior a 2.500 m2, onde irá mostrar aos visitantes a completa gama de veículos do Grupo Fiat Industrial. Ao lado da IVECO estarão também as marcas New Holland Construction e FPT Industrial, testemunho da excelência de soluções tecnológicas do Grupo para os profissionais dos setores da construção e da movimentação de terras: dos pequenos furgões até aos camiões articulados e basculantes; das mini-escavadoras com peso inferior a 1 tonelada até às grandes escavadoras de pedreira de 60 toneladas.

Fevereiro 2013


165503








EVENTS IVECO

3 Os veículos expostos Na Bauma, a IVECO irá apresentar toda uma gama de veículos off-road de diversas capacidades, dos modelos do segmento ligeiro aos veículos pesados. Cada modelo demonstrará as principais características que o tornam adequado para um trabalho de escavação, ou para utilização numa pedreira: a capacidade de operar em terrenos acidentados e irregulares, o conforto da cabine, a ergonomia e flexibilidade de utilização. Para responder às mais diversas solicitações, seja em estrada ou fora dela, a oferta é completada pela marca Astra. Entre os veículos das gamas média e pesada estará em exposição o novo Trakker AT 440T 45 WT/P, veículo com uma cabine completamente renovada, ideal para missões offroad e também o novo Stralis Hi-Way, premiado com o galardão de "Truck of the Year 2013", na versão Euro6, modelo AS440S50 T/P. Entre outros estará também exposto as versões 75 "E" (versão trator) e 80 "E" (versão reboque) do modelo Eurocargo. A completar a oferta de pesados, estará exposto um Dumper Astra HHD9 8x6 ADT de 30 m,

Fevereiro 2013


As soluções tecnológicas a bordo dos veículos Todos os veículos expostos estão equipados com motores desenvolvidos pela FPT Industrial, altamente eficientes em termos de consumo de combustível e de redução de emissões. O novo Trakker e o novo Stralis Hi-Way estão equipados com o sistema tecnológico Hi-eSCR, desenvolvido pela FPT Industrial, em conformidade com os limites impostos pela norma Euro6, sem recurso a EGR. Com a utilização do sistema HieSCR podem obter-se vantagens diversas próprias das aplicações na área de construção, onde os motores são, inevitavelmente, utilizados em situações difíceis, necessitando muitas vezes de trabalhar em elevados regimes de rotações. 0 IVECO

Fevereiro 2013

EVENTS

ideal para utilização em escavações de grandes estaleiros, a céu aberto, mesmo em condições difíceis de solo, que se destaca o seu design robusto. Para a gama ligeira estará exposto o versátil modelo Daily, na versão 55S17 DW, com tração integral, transmissão Sonntag, e várias opções para diferentes soluções de transporte.


NEWS MAN Truck & Bus

130 MAN para a Fow

Fevereiro 2013


A empresa de logística britânica Fowler Welch encomendou 130 camiões MAN TGX para substituir cerca de um terço da sua frota. 56 tractores semi-reboque do tipo 26.440 XLX Euro5 já foram entregues e os restantes veículos serão entregues no decurso de 2013. Todos os novos camiões MAN estão equipados com sistemas de telemática e cobertos por contratos de serviço de manutenção completos. A manutenção é apoiada por uma ampla rede de assistência com cerca de 70 centros de serviço na Grã-Bretanha. Como parte de um teste comparativo no terreno, 5 modelos MAN TGX do Euro6 também serão incorporados na frota. A Fowler Welch é uma das principais transportadoras na Grã-Bretanha e entre os clientes da empresa estão incluídas algumas das grandes cadeias de supermercados. O gestor de

frota, Paul Allera, resume os requisitos da frota branca da seguinte forma: «Os nossos clientes no sector dos refrigerados sempre confiaram em nós para satisfazer os seus calendários apertados – os produtos têm de estar à venda em balcões de produtos frescos e refrigerados no dia seguinte. E isto significa manter a nossa frota tão eficiente e cuidadosamente controlada quanto possível». Os 130 TGX são os primeiros camiões MAN a integrar a frota da Fowler Welch. A grande maioria dos camiões tem menos de três anos. Segundo Allera, a decisão de compra assentou sobretudo no baixo consumo de combustível e na dinâmica de condução dos camiões, bem como na boa rede de concessionários e no pacote de serviços. «Contudo, também é importante para nós que os veículos sejam apelativos. E, por último mas não menos im-

3

Fevereiro 2013

NEWS

TGX wler Welch


MAN Truck & Bus

NEWS

3 portante, que os nossos condutores gostem dos camiões». A telemática desempenha um papel importante nos processos de negócio da Fowler Welch. «Como é natural, os clientes esperam fiabilidade e eficiência da nossa parte. Mas cada vez mais, também temos de ser res-ponsáveis pelas nossas práticas ambientais e a telemática é uma componente essencial dessa gestão». Todos os novos camiões MAN para a Grã-Bretanha estão equipados com sistemas de telemática da MAN. Este sistema fornece um relatório de desempenho para o veículo e o condutor. A eficiência é claramente demonstrada sob a forma de classes de eficiência codificadas por cores. Isto torna possível comparar rapidamente mesmo frotas de grandes dimensões. A função Track & Trace oferece um resumo permanente da posição actual no mapa, bem como do percurso efectuado. O sistema também oferece monitorização de um alarme de zona (delimitação geográfica). A Fowler Welch já utiliza a telemática há três anos para optimizar a sua frota de veículos. Ao avaliar o consumo de combustível e a implementação de formação de condução orientada, foi possível aumentar a eficiência global da frota em cerca de 6%. 0 MAN Truck & Bus

Fevereiro 2013


A DINAMICA FASCINA A EFICIENCIA CONVENCE O NOVO MAN TGX VERSÃO EURO 6

169465

$(ÀFLrQFLDpXPDIRUoDPRWLYDGRUDWDQWRSDUDQyVFRPRSDUDRVQRVVRVFOLHQWHV 6HTXHUHQWUDUQDHVWUDGDGRVXFHVVRGRVWUDQVSRUWHVGHORQJRFXUVRWHPGHPHWHURXWUDYHORFLGDGHH DSRVWDUQDSHUIRUPDQFHGRVHXWUDQVSRUWHDRPHVPRWHPSRTXHDSOLFDWUDYmRDRVFXVWRVeDTXLTXHRV QRYRVPRGHORV7*;H7*6(XURHQWUDPHPMRJR$OFDQoDUDVVXDVPHWDVHEHQHItFLRVpJDUDQWLGRJUDoDV DXPDWHFQRORJLDPDLVHÀFLHQWHGHVHQYROYLGDSDUDUHGX]LUFXVWRVQDFODVVHGHORQJRFXUVR2VVHXVREMHFWL YRVSRGHPDJRUDVHUDLQGDPDLVDPELFLRVRVJUDoDVDRVVHUYLoRVTXHOKHGLVSRQLELOL]DPRV 0DLVLQIRUPDomRHPZZZPDQWUXFNDQGEXVFRPWJ

Engineering the Future – since 1758.

MAN Truck & Bus


na origem da dos acidentes

Volvo-Trucks

NEWS

cansaço e

Nove em cada 10 acidentes envolvendo camiões resultam de factores humanos. Este facto foi revelado num novo relatório sobre segurança de trânsito e acidentes rodoviários na Europa produzido pela Volvo Trucks. O relatório foi concebido pela Equipa de Pesquisa em Acidentes (EPA) da Volvo Trucks, baseado nos seus próprios estudos, bem como em dados obtidos junto de várias autoridades nacionais e europeias. Este relatório descreve por que razão ocorrem os acidentes com camiões, a sua sequência e o que pode ser feito para redução do risco de acidentes e respectivas consequências.

3

Fevereiro 2013


maioria

Fevereiro 2013

NEWS

descuido


NEWS

3

Volvo-Trucks

«90% de todos os acidentes com camiões derivam total ou parcialmente de factores humanos, por exemplo, quando um ou mais condutores dos veículos envolvidos estão distraídos ou calculam erradamente a sua velocidade», afirma Carl Johan Almqvist, Director de Segurança Rodoviária e de Produtos na Volvo Trucks. O relatório revela ainda que beber e conduzir não é uma das principais causas de acidentes de trânsito relacionados com motoristas de camião. Apenas 0,5% dos motoristas envolvidos em acidentes graves se encontravam sob a influência de álcool. O valor correspondente para acidentes de veículos de passageiros varia entre 15 e 20%. Os camiões pesados correspondem a 17% de todos os acidentes mortais e a sete por cento dos acidentes com danos pessoais. A maioria dos acidentes que resultam em ferimentos para o motorista de camião tratase de incidentes envolvendo um único veículo em que o camião se despista para fora da estrada. Mais de metade de todos os acidentes graves com camiões consistem em colisões com automóveis. 3

Fevereiro 2013


| 19 – 22 MARCH NEC BIRMINGHAM |

REGISTER NOW for your FREE Priority Pass www.imhx.biz/strada

LOOKING TO SPEED UP YOUR LOGISTICS OPERATION?

Then visit IMHX 2013. • IMHX is the premier event for logistics professionals showcasing all equipment and services used in the supply chain network – from automation through to forklift trucks and warehouse handling equipment, racking through to software. And a whole lot more • Over 400 exhibitors showing all the latest products, services and state of the art technology • Your opportunity to see 1000’s of new products and meet with new suppliers • Free to attend informative and topical conference programme • Live demonstrations of new equipment and intralogistics solutions • Discover how to reduce your costs in the supply chain network through efficiency savings and latest technology

169467

With over 20,000 logistics professionals together in one place – can you afford to miss out? Register now for your free Priority Pass at www.imhx.biz/strada Follow us on your favourite social media platform – for all the latest IMHX 2013 news and developments.


Fevereiro 2013

Volvo-Trucks

NEWS


«O acesso a dados sobre acidentes é extremamente precioso para o nosso trabalho contínuo sobre segurança, contribuindo para elegermos as prioridades correctas no desenvolvimento dos nossos produtos. Por exemplo, dispomos de um reforço na melhoria da segurança nos nossos modelos de camiões mais recentes, com uma gama de sistemas de apoio que melhoram a visibilidade, alertam o condutor ou centram a sua atenção em situações de anomalia», explica Carl Johan Almqvist. Está disponível no youtube.com o novo sistema de segurança activa Collision Warning with Emergency Brake da Volvo Trucks, que pode evitar uma colisão traseira. Graças a veículos mais estáveis, melhores infra-estruturas e um comportamento mais seguro na estrada, o número de acidentes fatais nas estradas europeias tem vindo a cair continuamente desde os princípios dos anos 90. Mas muito mais vidas poderiam ser salvas se mais pessoas utilizassem o cinto de segurança, procedimento que nem metade dos condutores de camiões nas estradas europeias pratica. Apenas 5% dos motoristas de

camião vítimas mortais de acidentes rodoviários usavam o cinto de segurança. «Enquanto houver pessoas feridas em acidentes de viação, continuaremos à procura de níveis mais elevados de segurança. Primeiramente, tornando os nossos camiões mais seguros para os condutores e outros utentes da estrada; em segundo lugar, pela propagação de know-how e pelo impacto nos padrões de comportamento, persuadindo também mais pessoas a usar o cinto de segurança». A EPA investiga e analisa os acidentes de trânsito envolvendo camiões desde 1969. Durante mais de 40 anos, a experiência e perícia da EPA formaram a pedra angular do trabalho da Volvo Trucks na melhoria contínua das propriedades de prevenção de acidentes e de ferimentos dos seus camiões, tornando os camiões Volvo entre os mais seguros do mercado. O “Relatório Europeu de Pesquisa em Acidentes e Segurança 2013‟ marca a primeira publicação externa da pesquisa da Volvo sobre acidentes. 0 Volvo Trucks

Fevereiro 2013

NEWS

3


29-31 MAIO 2013 DESAFIOS DO MAR 2020

Conferências e workshops sobre conhecimento e economia do mar

Encontros de negócio Convidados internacionais

169469

Exposição de produtos, serviços e tecnologias


60° Congresso Mundial E Exposição De Transporte Mobilidade & Cidade

O modelo de negócios para amanhã?

O programa está disponível on-line! www.uitpgeneva2013.org 160853

Realização

Anfitrião Local Apoio

Parceria


EVENTS

3

Pelo terceiro ano, AEP e Oceano XXI vão organizar, na Exponor, entre 29 e 31 de Maio, o Fórum do Mar. Ecvento agregador da comunidade marítima nacional, abrangerá uma mostra de produtos, serviços e tecnologias relacionados com o mar,

trasko

encontros de negócios e conferências.

3.º Fórum

com 2020 n

evento agregador do s

Fevereiro 2013


m do Mar

no horizonte 3

sector volta à Exponor

Fevereiro 2013

EVENTS

O mar no Quadro Comunitário de Apoio (QCA) 2014/2020. É esta a bússola do 3º Fórum do Mar, evento agregador dos agentes económicos e da comunidade científica nacional relacionados com o setor, que se realizará na Exponor, em Matosinhos, entre 29 e 31 de Maio. A organização volta a ser partilhada pelas associações Empresarial de Portugal (AEP) e Oceano XXI – Cluster para o Conhecimento e Economia do Mar, que acabam de renovar o protocolo de cooperação que estabeleceram em 2011. “Desafios do mar 2020” é o tema do evento, de cujo programa constam uma mostra de produtos, serviços e tecnologias marítimos, encontros de negócios e conferências sobre assuntos relacionados com o mar. 3


EVENTS Exponor

3 Neles participarão especialistas nacionais e estrangeiros, decisores políticos, dirigentes associativos, empresários e gestores, académicos e investigadores, responsáveis da Armada e estudiosos interessados pelas dimensões económica, científica e ambiental de um recurso que os responsáveis das associações promotoras valorizam como estratégico para o país. Portugal como uma nova centralidade mundial na área dos transportes e da logística, pelas evoluções das grandes rotas marítimas do comércio internacional, será um dos tópicos incontornáveis dos debates a encetar. Na assinatura do acordo de cooperação, subscrito pelos presidentes da AEP e da Oceano XXI, foram realçados os proveitosos resultados conseguidos pela parceria com as primeiras duas edições. Hoje, o Fórum do Mar é já um evento com âncora certa na agenda da comunidade marítima nacional e as duas instituições estão empenhadas em colocar o mar no topo das prioridades nacionais e europeias durante o próximo QCA 2014/2020. Na oportunidade, José Ribau Esteves, Presidente da Oceano

Fevereiro 2013

XXI, adiantou que «o mar constitui um activo que pode ajudar Portugal a sair mais rapidamente da crise, gerando riqueza e criando emprego». Para isso, acrescentou, importa definir e levar à prática uma estratégia que resulte do contributo dos diferentes players que trabalham nas áreas do conhecimento e da economia do mar tendo 2020 no horizonte. Neste quadro, a associação liderada pelo também presidente da Câmara Municipal de Ílhavo e da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro aproveitará o evento de Maio para reunir os clusters do mar da fachada atlântica europeia. A ideia, adiantou Ribau Esteves, é articular propostas e aprofundar a colaboração entre os sete clusters que se farão representar no Fórum do Mar. «As autoridades europeias têm o orçamento plurianual da UE em cima da mesa e só teremos a ganhar em cooperar, harmonizando propostas e estratégias, no quadro da rede europeia de clusters marítimos, tendentes à valorização da fachada atlântica. Temos que trabalhar em conjunto para influenciar políticas e aumentar a nossa capa-


Fevereiro 2013

EVENTS

cidade de lobbying», justificou. Por seu lado, a AEP propõe-se despertar os participantes para os desafios que colocará, no QCA 2014/2020, a nova macrorregião das Regiões do Sudoeste Europeu (RESOE), que arrancou com o Norte de Portugal, Galiza e Castela Leão, mas que, por razões de escala, se deverá alargar a regiões como o Centro de Portugal, a Cantábria, as Astúrias, a Aquitânia, Poitou-Charentes, o Loire, a Bretanha, a Baixa Normandia e o Sul da Irlanda. «Na Europa do futuro, Portugal e Espanha vão ter forte concorrência no acesso aos fundos estruturais da UE e só com uma grande região, que corresponda a quase todo o arco atlântico, o mar pode voltar a conferir ao nosso país o mesmo protagonismo de há 500 anos», sustentou José António Barros, presidente da AEP. Para além de conferências e workshops, o Fórum do Mar 2013 voltará a abranger uma feira de negócios e a organização de uma missão de compradores internacionais interessados na oferta portuguesa nesta área, como nas edições anteriores. 0 AEP


NEWS Renault Trucks

Eco A partir de 1 de Outubro de 2013, os fornecedores de transportes em França terão a obrigação de comunicar aos seus clientes as emissões de dióxido de carbono (CO2) e de óxido de nitrogénio (NOX) dos seus trabalhos. Para facilitar esta tarefa e para antecipar-se a futuras normativas que se possam desenvolver nesta linha, a Renault Trucks põe à sua disposição uma aplicação gratuita: o EcoCalculator. Depois de introduzir os dados técnicos do veículo, o EcoCalculator indica o nível de emissões de CO2 e de NOX em gramas por tonelada de mercadoria transportada e por quilómetro percorrido. A aplicação indica imediatamente o nível das emissões de CO2 e de NOX em gramas por tonelada e por quilómetro para um camião ou veículo utilitário. O utilizador pode arquivar estes dados ou enviá-los directamente por correio electrónico. O EcoCalculator é uma aplicação gratuita disponível em App-

Fevereiro 2013

aplicação pa as emissões


Renault Trucks

Store e em Google Play. Como funciona? Depois de fazer o download da aplicação, o utilizador introduz uma série de dados: norma ambiental do veículo (de Euro1 a Euro5, EEV), tipo de carburante utilizado (diesel ou gás natural), carga transportada, quilometragem do trajecto, consumo aos 100 km... Depois, a aplicação EcoCalculator, calcula automaticamente o nível de emissões de CO2 e de NOX Para o chefe da empresa, gestor de frota, motorista responsável desta tarefa ou o motorista particular, o EcoCalculator é uma ferramenta gratuita muito simples de usar, que facilitará o seu trabalho. A Renault Trucks foi um dos primeiros fabricantes a desenvolver aplicações para smartphones para ajudar os motoristas e profissionais do transporte por estrada no seu dia-a-dia. Actualmente, o fabricante oferece 9 aplicações em AppStore e em Google Play. 0 Renault Trucks

ra calcular de CO2 e de NOX

Fevereiro 2013

NEWS

Calculator


cuidados com o automobilistas

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

gdefon

SAFETY

motocicl

| Antánio Macedo - CR&M

Os veículos de 2 rodas, bicicletas, motorizadas e motociclos, são ainda uma das principais vítimas da sinistralidade rodoviária em Portugal. Cerca de ¼ dos acidentes com vítimas mortais em cada ano, envolvem condutores e passageiros de veículos de 2 rodas. 3

Fevereiro 2013


SAFETY

listas: s

Fevereiro 2013


polizeinews

SAFETY

3 Evidentemente que a condução deste tipo de veículos, quer pelo seu implícito desequilíbrio potencial, quer pela vulnerabilidade em caso de acidente, aumenta não só o risco mas também a responsabilidade de quem os conduz. É o condutor deste veículo que deve, em primeiro lugar, zelar pela sua segurança na estrada, nunca criando falsas expetativas de que as condições de circulação sejam as ideias e evitando atirar para cima dos outros as culpas dos acontecimentos perigosos. Todos sabemos que há curvas mal desenhadas e com buracos, tampas de esgoto, grelhas metálicas ou resíduos escorregadios. Essas “ratoeiras”, para os motociclistas, não estão na sua maioria identificadas ou com pré-aviso. Mas se o motociclista sabe que esta é a realidade, não pode vir dizer que teve o acidente porque havia um buraco no meio da curva. Faço aqui uma ressalva, pois não quero aqui deixar a ideia que as quedas e mortes de muitos motociclistas sejam apenas da culpa do motociclista e que não pudessem ser evitadas se quem desenha, projeta, constrói e faz a manutenção das vias, tivesse algum cuidado em ver a perspetiva de quem conduz com 2 rodas. No entanto, cabe sempre em primeiro lugar ao motociclista,

Fevereiro 2013


- mantenha sempre dois dedos no travão, em locais de perigo potencial, preparado para travar numa situação inesperada; - circule sempre com as luzes acesas. Lembre-se que uma moto não é facilmente visível e que alguns automobilistas podem não o ver; - mantenha-se fora dos ângulos mortos dos automóveis (ao lado deles, ligeiramente atrás à esquerda ou à direita) ou atrás de veículos de caixa fechada (furgões, camiões, atrelados, etc. ...); - não siga encostado à traseira dos veículos, mantenha sempre a distância de segurança de pelo menos 2 segundos e, com uma trajetória ligeiramente descentrada do veículo que o precede, procurando sempre uma escapatória. Em caso de necessidade de manobra evasiva rápida, verifique se tem espaço para se desviar de forma segura; - use sempre luvas e um casaco forte. Quando um motociclista cai, as mãos, os braços e as costas são pontos sensíveis e frágeis. Evidentemente, use sempre um bom capacete, aperte-o e feche-o, particularmente se anda em velocidades acima de 40 km/h; - se tiver de passar numa portagem, evite ultrapassar os automóveis. Mantenha-se na fila. Procure efectuar o pagamento com brevidade. Se possível,

3

Fevereiro 2013

SAFETY

manter uma velocidade e posição e ter o cuidado e a atenção necessárias para tentar evitar todas as “ratoeiras”. Nesta perspetiva e, como motociclista ocasional que também sou, deixo aqui algumas ideias de comportamentos e atitudes a tomar para a redução do risco de acidente: - quando ultrapassar veículos em filas, estabeleça o contacto visual com os condutores dos outros veículos; - verifique pelos retrovisores dos carros, se os seus condutores o estão a ver a si; - use os máximos ou a buzina, com toques ligeiros e apenas se necessário, para os alertar da sua presença. - passe sempre afastado dos automóveis; - não ultrapasse pela berma; - ao circular entre filas, faça-o a baixa velocidade e sempre esperando que uma porta se abra, que um carro mude de fila sem avisar ou que altere repentinamente a sua trajetória por distração ou para se afastar de qualquer obstáculo; - ao aproximar-se de cruzamentos ou entroncamentos onde estejam ou possam estar automóveis parados, afaste-se da berma, mantenha uma trajetória mais próxima do eixo da via e não passe em aceleração; ao aproximar-se da interseção, “alivie” o punho direito;


motorrad

SAFETY

3 mantenha o seu cartão MB à mão, ou utilize Via Verde (é mais barato); - os automobilistas (e toda a gente em geral) não gostam de ver os motociclistas a fazer manobras arriscadas ou perigosas como ultrapassar junto dos rails pela esquerda, passar em velocidade pelo meio dos carros e pelas bermas, fazerem cavalinhos, circularem pelo meio dos carros sempre a buzinar...; - quando um automobilista lhe facilitar a passagem, agradeça. E se ele não o ajudar, seja tolerante, pois por vezes os automobilistas não vêem os motociclistas nem compreendem os seus problemas; - quando parar num semáforo, tente manter-se bem visível à frente dos carros. Evite ficar parado no meio deles pois desse modo, quando iniciarem a marcha, podem tocar-lhe; - cumpra as regras e seja educado. Andar de moto não lhe dá regalias especiais em relação às regras do código da estrada. Automobilistas, cuidado com as motos! Pois bem, este texto não ficaria bem por aqui, se não desse também uma perspetiva acerca do problema das motos, agora vista de dentro do carro. Como automobilista, lembre-se que no caso de ter um acidente com um motociclista, ele é o

Fevereiro 2013


Fevereiro 2013

SAFETY

“elo mais fraco” e potencialmente será ele a sofrer a maioria das consequências. Isto não lhe deve provocar a si, automobilista, a atitude errada e negativa de passar o ónus da prevenção para cima dele – “se lhe dói mais a ele, ele que tome as medidas para se proteger!”. Assim, veja aqui alguns exemplos de como pode ajudar a proteger-se contra os motociclistas, ajudando-os a manterem-se seguros: - olhe sempre pelos retrovisores e por cima do ombro antes de mudar de direcção ou ao mudar de fila e mesmo quando não tem nenhum veículo à vista, faça sempre pisca antes de mudar de direcção. As motos aparecem de repente e rapidamente; - quando vir uma moto atrás de si ou ao seu lado, dê-lhe espaço para que possa passar em segurança. Seja compreensivo e tolerante. Os motociclistas facilitam o trânsito. Quem mais o complica são os automóveis; - antes de entrar num cruzamento, olhe sempre à esquerda e à direita. Avance com precaução. No cenário visível e, ao longe, um motociclo é difícil de ser visto, particularmente se estiver em contraluz ou se existirem outros estímulos visuais mais fortes; - pare sempre nos Stops. Olhe primeiro, avance depois. 0


SPORT Michelin

Michelin reno aposta em tod

Fevereiro 2013


phane Peterhansel (vencedor da edição 2013), Nasser Al Attiyah, Nani Roma e Carlos Sainz estavam entre os favoritos do plantel. Nas motos, esperava-se novo e palpitante duelo entre Kurt Caselli e Cyril Despres mas este levou a melhor, vencendo a edição 35. Nos camiões, a Kamaz procurava o regresso aos triunfos, após a vitória da IVECO em 2012, mas desta feita foram russos que lideraram o pódio, vencendo Eduard Nikolaev. Como líder incontestado da tecnologia dos pneus, a Michelin conserva a intenção de acompanhar os melhores, o mais longe possível. E para eles preparou as suas últimas inovações, que têm como principal objetivo a conquista da vitória final. Foi assim que a Michelin construiu um palmarés sem igual nos Rali-Raid: 29 vitórias em moto, 15 vitórias em automóveis, e outras 12 alcançadas pela BF Goodrich. Um palmarés desportivo único, que assenta numa competitividade e alto desempenho permanentes, sob as condições mais extremas. 0 Michelin

ova a sua das as frentes Fevereiro 2013

SPORT

O facto de a Michelin estar ligada ao Dakar desde 1982, não é uma mera coincidência (nem representa um interesse puramente comercial). A parceria assinada agora, por 3 anos, confirma isso mesmo. A Michelin e o Dakar partilham valores comuns. O Dakar tem uma importância particularmente relevante para o construtor francês. Ao longo dos anos, o Dakar tornou-se uma das provas de todo-o-terreno mais importantes do mundo. Hoje, o Dakar tornou-se a prova de referência desta categoria, Rali-Raid. Os pilotos disputam-na para concretizar o sonho de lutarem e vencerem o deserto sul-americano! Entre competição de velocidade pura, orientação, navegação, regularidade e destreza de pilotagem nos terrenos e pistas mais difíceis e hostis, o Dakar é uma prova complexa e completa. A elite do Rali-Raid, voltou a encontrar-se na 35ª edição (2013), com nada menos do que 53 diferentes nacionalidades à partida, incluindo pilotos de referência em todas as categorias. Nos automóveis, Sté-


SPORT IVECO

IVECO no

Fevereiro 2013


O Team Petronas De Rooy IVECO obteve um 4º, um 9º e um 13º lugares na Classificação Geral do Dakar 2013, através, nomeadamente, de Gerard de Rooy com um IVECO Powerstar, René Kuipers num IVECO New Trakker Evolution 3 e Miki Biasion num IVECO New Trakker Evolution 2. Na 14ª e última etapa do Dakar, Gerard de Rooy obteve o 2º melhor tempo, seguido por Miki Biasion em 3º. Apesar de bastante positivos, aqueles resultados não tiveram influência directa no escalonamento final da categoria Camiões. Gerard de Rooy e o seu IVECO Powerstar perdeu um lugar do pódio por apenas três minutos atrás do 3º classificado. Apesar da sua tenacidade e dos grandes esforços em face de uma série de dificuldades e do ambiente desafiador durante todo o rali, o piloto holandês não conseguiu reconquistar o prestigiado 1º lugar que alcançara no Dakar 2012, contentando-se com uma 4ª posição na edição

deste ano. De Rooy exibiu as suas qualidades como líder da equipa desde o início da prova, obtendo uma vitória tripla nas três primeiras especiais. Ao longo da corrida voltaria a ganhar mais três etapas. Já o seu companheiro de equipa Miki Biasion demonstrou frequentemente um enorme apoio para com o líder de Rooy. A sua 13ª posição no ranking final regista uma recuperação significativa para o piloto do seu posicionamento a meio da prova. René Kuipers fez, também, um excelente regresso, terminando em 9º da geral: «O Dakar 2013 marcou a minha estreia na competição na categoria de camiões, mostrando-se uma experiência maravilhosa. Também desenvolvi um grande apreço para com o novo Trakker que tive o prazer de conduzir. Pretendo começar tudo de novo», disse Kuipers no final da prova sobre esta sua experiência.

3

Fevereiro 2013

SPORT

o top-10


SPORT IVECO

3 Miki Biasion, piloto italiano e veterano do Dakar referiu que «o Dakar deste ano mostrou-se muito difícil devido à areia, especialmente na primeira parte da corrida onde havia um percurso muito mais variado em termos de terreno. O trabalho em equipa é essencial em momentos como esses, quando se têm de enfrentar tais desafios. No início não tive sorte e perdi algum tempo, mas continuei a lutar, ajudando a equipa a alcançar um lugar no pódio para as cores da IVECO. No final não o conseguimos, mas decerto que fizemos o nosso melhor». Um mais desalentado de Rooy acrescentou que «tínhamos os camiões perfeitos, um conjunto de pilotos em perfeito estado físico, uma equipa verdadeiramente unida e não conseguimos nenhum prémio. Não tenho nada mais a dizer». Graças a um excepcional trabalho de equipa, o Team Petronas De Rooy IVECO conseguiu colocar dois dos seus veículos no top-10 final. Os veículos IVECO que participaram no Dakar provaram ser ideais para o ambiente off-road em condições extremas da prova, tendo sido optimizados para permitir um elevado nível de eficiência energética. 3

Fevereiro 2013


SPORT Fevereiro 2013


SPORT IVECO

3 O extremamente exigente rali disputado na América do Sul serviu como plataforma na qual os veículos e os seus pilotos exibiram coragem, reflexos e uma habilidade em resolver os mais diversos problemas, numa rota que se viu repleta de obstáculos, desde rochas de deserto, dunas de areia e, muitas vezes, condições atmosféricas desfavoráveis que obrigaram os organizadores da prova a cancelar duas etapas. Esta prova representa, portanto, uma valiosa oportunidade para a IVECO colocar os seus produtos em acção, permitindo-lhe testá-los em condições extremas ao longo de três países da América do Sul. Os resultados obtidos no Dakar demonstram a excelente fiabilidade dos camiões pesados da IVECO, bem como as suas características de força e eficiência. O Dakar é considerado como a mais importante prova off-road do mundo, captando a atenção de milhões de seguidores. A edição de 2013 arrancou a 5 de Janeiro de Lima, no Peru, atravessou a Argentina e concluiuse no dia 20, em Santiago, no Chile. Incluiu 14 etapas numa distância total de 8.000 km. 0 IVECO

Fevereiro 2013


SPORT Fevereiro 2013


SPORT AIFA

Elisabete conquista

Fevereiro 2013


SPORT

e Jacinto a p贸dio

Fevereiro 2013


SPORT AIFA

O Team Oleoban/MAN Portugal completou a sua participação em mais uma edição do Sonangol Africa Eco Race, tendo conquistado o 3º lugar do pódio na categoria de camiões e o 7º posto absoluto da classificação geral auto-camião. Robusto e bastante rápido em pista, o MAN TGS de Elisabete Jacinto conquistou uma vitória na sua categoria na 4ª etapa disputada em solo marroquino, feito que se voltou a repetir na 8ª especial deste mítico rali, já na Mauritânia onde, apesar das dificuldades habitualmente sentidas ao rolar na areia mole, o MAN TGS impôs-se face aos seus adversários mais diretos: a equipa russa Kamaz e o Tatra pilotado pelo checo Tomas Tomecek, vencedor das duas anteriores edições da prova. Ao longo deste Sonangol Africa Eco Race, a formação lusa, composta por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho, brilhou na 8ª etapa onde,

Fevereiro 2013

para além da vitória entre os camiões, conseguiu ainda um 2º lugar absoluto tendo o seu tempo neste dia sido apenas superado pelo buggy pilotado por Jean Louis Schlesser, o vencedor da competição auto. Para além das duas vitórias já referidas, a equipa conquistou ainda por 4 vezes o 2º lugar, num total de 10 etapas disputadas ao cronómetro. Foram onze dias de prova que cruzaram as mais belas pistas de Marrocos, Mauritânia e Senegal, ao longo das quais o potente e fiável MAN TGS de série enfrentou os camiões protótipos dos seus adversários, numa luta muito animada, após a qual a formação lusa está de parabéns já que conseguiu cumprir os objetivos propostos de alcançar um lugar do pódio entre os camiões e de ficar entre os 10 primeiros da classificação geral auto/camião. 0 MAN Truck & Bus


SPORT Fevereiro 2013


Nº151009 82 - Ano 8 - 31 Março 2011 • Distribuição gratuita • Periodicidade: Mensal • ISSN 1647–7022

WINNER of the platinum seal of e-excellence 2011

e e g n m i a t o chhas arrived t e r u t h e fu t

www.jornalstrada.com

MAN Truck & Bus

www.jornalstrada.com

Profile for Ameise Editora

Strada Truck #104  

Strada Truck #104 2013-02-28

Strada Truck #104  

Strada Truck #104 2013-02-28

Profile for ameise
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded