__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Michelin

Nº 103 - Ano 10 - Janeiro 2013 • Distribuição gratuita • ISSN 1647–7022 www.jornalstrada.com


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

SPECIAL Michelin

| Giancarlo Terrassan giancarlo.terrassan@jornalstrada.com

A partir do dia 1 de novembro entrou em vigor a nova normativa europeia sobre o labeling (etiquetagem) dos pneumáticos, com três importantes parâmetros de rendimento em evidência: eficiência energética/consumos, aderência em piso molhado e ruído provocado pelo rolamento. Naturalmente, Michelin habituou-nos desde sempre a um produto de excelência e ao mesmo tempo de vanguarda tecnológica, mas desta vez ultrapassou as espectativas. 3

FICHA TÉCNICA Platinum Winner of the European Seal of e-Excellence 2011 Innovation and marketing in digital communication

Janeiro 2013

Director: Giancarlo Terrassan e giancarlo.terrassan@jornalstrada.com - Directora adjunta: Ana Bela Nogueira e ana.bela gráfica: e editor@jornalstrada.com - Giancarlo Terrassan, Carlos Jorge Mateus, Patrick Dreux, Bruno Píncaro, Nuno Almeid - f +351 234 197 770 m +351 968 708 537 - e comercial@jornalstrada.com - Propriedade e edição: Ameise Editora, L - e ameise.editora@netvisao.pt - e giancarlo.terrassan@jornalstrada.com - URL: www.jornalstrada.com - Cons. Reg. Com. 124492 ERC - Entidade Reguladora para a Comunicação Social - ISSN: 1647–7022. - Toda a reprodução, seja por fotocópia o da Ameise Editora, Lda., são de inteira responsabilidade dos mesmos; a Ameise Editora, Lda. declina qualquer responsabilidade


SPECIAL

segurança km consumo

a.nogueira@jornalstrada.com - Redação: e editor@jornalstrada.com - Colaboradores: Andreia Nabais, Marlene Mesquita da Silva, Tavares Ribeiro, João Cerqueira, Bruno Píncaro, Nuno Almeida - Reportagem fotoa - Design e Layout: Ameise Editora, Lda. - Paginação: e editor@jornalstrada.com - Ameise Editora, Lda. - Directora Comercial: Marisa Nogueira de Sousa - Marketing e Publicidade: t +351 234 197 770 Lda. - Rua da Cabreira, 83 R/C Dto - S. Bernardo - 3810-071 Aveiro - Portugal - Contactos: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 916 834 742 - m +351 913 466 142 - m +351 968 708 537 de Aveiro N° 5940/040317 - NIF: 506 821 315 - Cap. Social: E 50.000,00 - Fundado: Dezembro de 2003 - Periodicidade: Mensal - Divulgação: Distribuição gratuita Depósito Legal: 203764/03 - Registo N° u por qualquer outro processo, sem prévia autorização do editor, é ilícita e passível de processo judicial. - Todos os textos enviados pelos leitores e publicados no Strada ou em qualquer outro produto de propriedade em caso de acção judicial.

Janeiro 2013


SPECIAL Michelin

performan

Janeiro 2013


3 No mundo dos veículos comerciais pesados, a exigência na qualidade do produto é cada vez mais elevada e a partir do Centro Tecnológico de Ladoux, a norte de Clermont-Ferrand, a Michelin apresentou a um vasto número de jornalistas especialistas do sector, o seu novo produto nascido nestas instalações: o Michelin X Line Energy — que veio a substituir o X Energy SaverGreen. Não se tratou de uma simples apresentação, mas sim de uma clara demostração da superioridade deste novo pneumático em relação aos dos concorrentes. Com o Michelin X Line Energy, a marca francesa deu um passo de gigante e estabeleceu um novo padrão no que diz respeito a segurança, a eficiência o conforto. 3

Janeiro 2013

SPECIAL

nce totale


SPECIAL

com

Michelin

3 A filosofia da “performance totale”, permitiu que os engenheiros produzissem um pneumático que respondesse nitidamente a favor dos empresários do sector dos transportes, proporcionando: um menor desgaste, aumentando a longevidade, sempre mantendo as características ao longo do seu tempo de vida; uma maior aderência em piso molhado, aumentando a estabilidade e sobretudo a segurança do veículo, da carga e naturalmente dos outros utentes da via; uma menor resistência ao rolamento, tendo uma influência direta na diminuição do consumo de combustível; maior silenciosidade durante a marcha, diminuindo a poluição sonora e aumentando o conforto. Em suma, todos factores que levam a uma substancial diminuição do impacto ambiental e de um significativo aumento da eficiência energética e rentabilização do pneu.

Janeiro 2013


O Michelin X Line Energy é o fruto de 4 anos de intensos estudos e testes, associados a décadas de experiência. O estudo em si, demorou “somente” 1 ano, seguiram 6 meses de rigorosos testes internos, simulando todos os eventos possíveis que um pneumático para pesado deve suportar ao longo da sua vida, em condições comparáveis à realidade. O restante período de 2 anos e meio foi dedicado a testes ocorridos no próprio circuito do Centro Tecnológico de Ladoux e, directamente na realidade, nos veículos de vários clientes modelo, escolhidos especificamente pelas característica dos serviços que estes efectuam. Simultaneamente, em background, durante todo o 2011, um grupo de engenheiros prestaram um precioso apoio, com mais de 320.000 visitas a empresas do sector dos transportes, em mais de 20 países europeus, ajudando a melhorar e optimizar a utilização dos pneumáticos e, simultaneamente, recolhendo as ainda mais valiosas informações, permitido perceber com mais exactidão as necessidades e as práticas destes empresários, em variadíssimos sectores do transporte. 3

Janeiro 2013

SPECIAL

mo nasceu


SPECIAL Michelin

3 Durante a apresentação dinâmica aos jornalistas do sector, no Centro Tecnológico de Ladoux, tivemos a oportunidade de testemunhar as diferenças comportamentais, dos veículos equipados com pneumáticos de qualidade equiparável, produzidos por outras marcas, e dos veículos equipados com a nova série Michelin X Line Energy. Impossível de acreditar se não estivéssemos a ver com os nossos próprio olhos! Para demostrar a qualidade que o novo Michelin X Line Energy possui, foram utilizados, pela primeira vez na história deste circuito, pneumáticos com um sulco de apenas 6 mm — gastos previamente até dois terços, o que corresponde aproximadamente a uma utilização de mais de 100.000 quilómetros percorridos em condições optimais. Dois testes demostrativos foram suficientes para convencer a todos sobre a qualidade e superioridade do Michelin X Line Energy, comparativamente a outros pneumáticos equivalentes. 3

Janeiro 2013

apres d


Janeiro 2013

SPECIAL

entação inâmica


Numa pista circular de aproximativamente 200 metros de diâmetros, a primeira demostração visava mostrar o nível de aderência lateral dos pneumáticos Michelin X Line Energy em piso liso e molhado (parecia tocar numa pavimento polido, condições propícias para derrapagens). Dois conjuntos (tractor com semitrailer), com tractores iguais e de mesma potência, carregados com o mesmo peso e circulantes à mesma velocidade, um a seguir do outro, a uma razoável distância de segurança — o primeiro (Nº 1) estava completamente equipado com os novos Michelin X Line Energy, enquanto o segundo conjunto (Nº 2) estava equipado com pneumáticos de qualidade premium de uma marca concorrente. Ambos os conjuntos tinham os pneumáticos dos semitrailers gastos previamente até dois terços, com 6 mm de sulco. A velocidade atingida durante esta demostração era de apenas 50 km/h e medida via GPS (esta velocidade era importante

ad

3

Michelin

SPECIAL Michelin

3

Janeiro 2013


Michelin

Janeiro 2013

SPECIAL

derĂŞncia lateral


SPECIAL Michelin

3

para permitir que o resultado do posicionamento via GPS e os relativos cálculos fossem fidedignos). Inacreditável! Enquanto o conjunto Nº 1 (que circulava à frente), equipado com os novos Michelin X Line Energy, enfrentava com normalidade e em segurança a curva, como se estivesse a circular em piso seco, o conjunto Nº 2, equipado com os pneumáticos premium da concorrência, estava em completo descontrolo. O semitrailer do conjunto Nº 2 estava entregue à força centrífuga, sem alguma aderência ao piso e em completa derra-

Janeiro 2013

pagem lateral, com mais de 1 metro fora da trajectória do tractor — neste circuito fechado, com a experiência e o controlo total dos pilotos de teste, a situação estava completamente controlada, todavia, ficou demostrado que numa situação parecida, numa normal via pública, este veiculo teria causado garantidamente um grave acidente, ceifando tudo aquilo que circulava na faixa ao lado. Comparativamente ao predecessor Michelin X Energy SaverGreen, mesmo com o pneu gasto até 2/3, a aderência lateral é 10% maior. 3


SPECIAL Janeiro 2013


SPECIAL Michelin

3 A segunda demostração efectuada num traçado direito, sempre em piso liso e molhado, visava meter em evidência a elevada capacidade de aderência dos pneumáticos Michelin X Line Energy e a sua importância em caso travagem de emergência. Aqui também foram utilizados dois veículos da mesma marca e mesma potência, equipados com ABS, com peso bruto igual e velocidade de 50 km/h até o ponto exacto em que era efectuada a travagem a fundo. O camião Nº 1 equipado com os novos Michelin X Line Energy e o camião Nº 2 equipado com pneumáticos de qualidade premium de uma marca concorrente — ambos com os pneus gastos previamente até dois terços, com 6 mm de sulco. Mais uma vez, o resultado foi no mínimo impressionante, ficamos todos sem palavras…! A diferença entre o ponto de paragem do camião Nº 1 e o ponto de paragem do camião Nº 2, chegava aos 13 metros. Isto significa 3 veículos ligeiros em fila, agora imagine, num dia de chuva intensa um camião a chegar atrás de sim e ser equipado com os melhores pneumáticos à venda no mercado, mas não os Michelin X Line Energy… 3

Janeiro 2013

ad longi


SPECIAL

derĂŞncia itudinal

Janeiro 2013


Michelin

SPECIAL

3 Durante estes testes dinâmicos, a Michelin, com a nova linha de produto X Line Energy, comprovou efectivamente o seu compromisso em oferecer ao transportador de longo curso nacional e internacional, um produto premium com preço atractivo que garante verdadeiramente um elevado nível de segurança, estabilidade na estrada, economia nos consumos, eficiência energética, longevidade e rentabilização do pneu, bem como um baixo impacto ambiental. Graças a estes predicados e com a utilização apropriada, os X Line Energy estarão em condição de se amortizar já durante a “primeira vida”, ou seja, antes de ser esculpidos novamente, o que proporciona um suplemento de 35% de quilómetros extra — terminada esta fase será ainda possível efectuar a recauchutagem. Comparado com o predecessor X Energy SaverGreen, durante o período de 1 ano, o novo X Line Energy associado ao conceito Business Efficiency, pode proporcionar uma poupança de até 1.000 € — 2/3 provenientes da poupança de combustível e 1/3 pelo aumento de vida útil do pneumático. Os X Line Energy, já são o exemplo que muitas outras marcas irão brevemente seguir, para poder fazer frente a este monumental avanço tecnológico que a Michelin conseguiu conquistar e impor no mercado. 3

Janeiro 2013

con


clus達o

SPECIAL Janeiro 2013


Michelin

SPECIAL

3 A linha de pneumáticos Michelin X Line Energy é disponível com três inovativos e distintos perfis: Z, D e T.

Michelin X Line Energy Z — tem um desenho composto por 5 costelas (4 sulcos). É principalmente um pneumático que pode ser utilizado em todas as posições. Comparado com a geração anterior, tem uma maior eficiência energética e uma menor resistência ao rolamento, o que lhe permite contribuir para a redução dos consumos de combustível e, dependendo do uso, aumentar de 20% a sua

Janeiro 2013

caract vida útil. O seu impacto acústico foi também melhorado, sendo agora mais silencioso, o que corresponde a um maior conforto. O perfil a blocos que caracteriza este pneu, garante uma óptima estabilidade e precisão a nível de direcção, especialmente em pisos molhados e com neve. Tem uma elevada capacidade de drenagem, o que aumenta a aderência da

zona de contacto do pneu (costelas) com o asfalto, especialmente em condições de superfície estradal banhada. Para aumentar ulteriormente as suas prestações, a largura das costelas externas foi aumentada de 25%, o que lhe confere um aumento da resistência lateral, bem como aderência. A dimensões são: 315/70 R 22.5


duzida já na série Multiway 3D) e Delta Sipes, que a Michelin adoptou nesta nova geração de pneumáticos, a capacidade de tracção aumentou significativamente, bem como a capacidade de aderência em caso de travagem, tornando o X Line Energy D um campeão na sua categoria. A Michelin determinou que para tornar o pneumático mais estável e compacto, visando aumentar a aderência, seja na tracção, como na travagem, tinha que diminuir a espessura

dos sulcos. Todavia, este procedimento, diminuía também a capacidade de drenagem do próprio pneu e em situações de circulação com piso molhado. A aderência ficava igualmente enfraquecida. Para obviar a este inconveniente, foram introduzidos os TowerPumps que, com o seu efeito de sucção, compensavam este efeito secundário e simultaneamente aumentavam a aderência. A dimensões são: 315/70 R 22.5

3

Michelin

Michelin

Michelin X Line Energy D — tem um desenho composto por 5 costelas (4 sulcos). É um pneumático específico para eixos de tracção com as marcas M+S (Mud & Snow) e 3pMSF (3 Peaks Mountain Snow Flake), sinónimos de elevada aderência mesmo em pisos escorregadios. Também o X Line Energy D, comparado com a geração anterior, é mais silencioso, possui uma maior eficiência energética e uma menor resistência ao rolamento, o que reduz os gastos em combustível e aumenta a vida útil, sempre dependendo do uso efectuado. Graças ao seu perfil simétrico, mas sobretudo às inovativas tecnologias TowerPumps (intro-

Janeiro 2013

SPECIAL

terísticas


Michelin X Line Energy T — tem um desenho composto por 6 costelas (5 sulcos). É um pneumático específico para eixos de reboque, que segue um conceito completamente novo no que diz respeito o perfil, bem como nos materiais que o compõe. O novo X Line Energy T é fruto da “Michelin Durable Technologies”, a mais moderna inovação da marca francesa que, na mistura da borracha, utiliza uma percentagem de CARBION™ — um inovativo material que permite aumentar significativamente a resistência à abrasão e uma diminuição do ruído provocado pelo rolamento, tornando-o bastante mais silencioso. Sempre tendo em conta a forma como o pneu é utilizado, em comparação com a geração anterior, o novo X Line Energy T, tem uma maior eficiência energética e uma menor resis-

tência ao rolamento, o que lhe permite contribuir para a redução substancial do consumo de combustível. Em testes internos, utilizando pneumáticos 265/70 R 19.5 da série Michelin X Line Energy T num conjunto que se destinava para o longo curso, Michelin demonstrou ser possível poupar até 0,4 litros por eixo, em comparação com mesmos pneumáticos da série Michelin XTA 2 Energy. A vida útil do novo Michelin X Line Energy T, também é beneficiada, podendo atingir entre os 12% e os 15% de incremento na quilometragem, sempre dependendo do tratamento. Graças ao seu novo perfil, a Michelin conseguiu aumentar expressivamente a capacidade de aderência e de drenagem.

As costelas laterais foram aumentadas e a superfície aderente ficou cerca de 7% maior, os sulcos foram remodelados de modo que mesmo com o pneumático gasto, eles continue a ter uma óptima capacidade de drenagem e ao mesmo tempo uma excelente aderência em piso molhado e em caso de travagem. Observando a nova e obrigatória etiquetagem, com a classificação A B 70, o Michelin X Line Energy T demonstra ser mais uma vez, um campeão na sua categoria. A dimensões são: 385/55 R 22.5, estando disponíveis também 245/70 R 17.5, 215/75 R 17.5, 235/75 R 17.5 e 265/70 R 19.5

A Michelin

Michelin

SPECIAL

3

Janeiro 2013


circuitos on-road/off-road, urbano e regional. É um produto robusto e flexível, oferece um óptimo rendimento em circuitos citadinos e em estradas normais, mas ao mesmo tempo, é poderoso quando entra nos territórios da construção, onde as vias deixam de existir e a faceta do todo-o-terreno toma posse. X INCITY é um produto que se destina exclusivamente para o serviço urbano e suburbano, específico para todos aqueles veículos sujeitos a constantes pára e arranca, nomeadamente autocarros urbanos, veículos para a recolha de resíduos, entre outros. X COACH, como diz o nome, este é um pneumático específico para autocarros de turismo, especialmente indicado para o serviço de longo curso, regional e extraurbano.

X MULTI, mais uma vez, o nome fala por si, claramente não se trata de um pneumático característico para tarefas específicas, todavia o X Multi tem a capacidade de desempenhar profissionalmente todas as missões que vão desde o longo curso, passando pelo regional e urbano, podendo até entrar, mesmo que parcialmente, também nos serviços mais rigorosos do on road/off road. X LINE é finalmente o pneumático que faltava para o desempenho específico em missões de longo curso internacional, nacional e regional. 0

Michelin

Com a série X Line Energy a Michelin completa a gama de pneumáticos para o sector dos veículos comerciais pesados. A nomenclatura simplificada que a Michelin introduziu na vasta gama dos seus pneumáticos, é clara e compreensível, não deixando dúvidas para qual missão eles se destinam X Force, X Works, X Incity, X Multi, X Coach e o recém nascido X Line. X FORCE especialmente estudado para o off-road, assegura o melhor desempenho mesmo em territórios com missões extremas, onde as estradas deixam de existir e o terreno bravo é senhor incontestado. X WORKS é o pneumático ideal para veículos dedicados ao transporte de mercadoria que se destina ao sector da construção, cumprir missões em

LONG HAUL

REGIONAL

URBAN

ON/OFF ROAD

OFF ROAD

Janeiro 2013

SPECIAL

segmentação


Nº151009 82 - Ano 8 - 31 Março 2011 • Distribuição gratuita • Periodicidade: Mensal • ISSN 1647–7022

WINNER of the platinum seal of e-excellence 2011

e e g n m i a t o chhas arrived t e r u t h e fu t

www.jornalstrada.com

MAN Truck & Bus

www.jornalstrada.com

Profile for Ameise Editora

Strada Truck #103  

Strada Truck #103 2013-01-31

Strada Truck #103  

Strada Truck #103 2013-01-31

Profile for ameise
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded