__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

139897

Nº 82 - Ano 8 - 31 Março 2011 • Distribuição gratuita • Periodicidade: Mensal • ISSN 1647–7022

MAN vence

IMAGE AWARD 2011

MAN Truck & Bus

www.jornalstrada.com


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EDITORIAL

Governo chega a acordo com os Transportadores

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

Fim da Paralisação

Desde Junho de 2008 que não se voltara a ver uma paralisação tão evidente como a que se assistiu novamente durante estes dois dias. Com início às 00h00 de segunda-feira, dia 14 de Março, a paralisação dos camionistas foi convocada pela Associação de Transportadores de Terras, Inertes, Madeiras e Afins (ATTIMA), pela Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas (ANTP) e pela Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM).

3

Março 2011


/#06TWEM$WU#)s7OCGORTGUCFQITWRQ/#0          

YYYOCPOPRV

#VÅNKVTQUFGEQODWUVÉXGNOGPQU       #VÅaFGRQWRCPÃC    

1  U G I T G F Q  FC  G EQPQO KCFG EQODW U V KX GNGO NQPIQ  EWT U Q

0CGUVTCFCÅSWGUGICPJCQFKPJGKTQ 0CGUVTCFCÅSWGUGICPJCQFKPJGKTQ 1 1EWUVQFQEQODWUVÉXGNGUV½CUWDKTGCEQORGVKVKXKFCFGCCWOGP EWUVQFQEQODWUVÉXGNGUV½CUWDKTGCEQORGVKVKXKFCFGCCWOGP

VTCFW\PWOCRQVGPEKCNTGFWÿQCVÅaPQUEWUVQUOCKUWOC VTCFW\PWOCRQVGPEKCNTGFWÿQCVÅaPQUEWUVQUOCKUWOC

VCT'UV½PCJQTCFGTGFW\KTEWUVQU%QOQPQXQVTCEVQT6):'HǣEKGP VCT'UV½PCJQTCFGTGFW\KTEWUVQU%QOQPQXQVTCEVQT6):'HǣEKGP

TGFWÿQCVÅVQPGNCFCUFGGOKUUÑGUFG%1GOCPQU16): TGFWÿQCVÅVQPGNCFCUFGGOKUUÑGUFG%1GOCPQU16):

V.KPGRQFGGEQPQOK\CTCVÅNKVTQUFGEQODWUVÉXGNGOCPQU V.KPGRQFGGEQPQOK\CTCVÅNKVTQUFGEQODWUVÉXGNGOCPQU

'HǣEKGPV.KPGÅWOKPXGUVKOGPVQUWUVGPV½XGN 'HǣEKGPV.KPGÅWOKPXGUVKOGPVQUWUVGPV½XGN

149485

FGUGTXKÃQSWCPFQEQORCTCFQEQOWOVTCEVQTFGUGTKG1SWGUG F G  U G T X K Ã Q   S W C P F Q  E Q O R C T C F Q  E Q O  W O  V T C E V Q T  F G  U G T K G   1  S W G  U G

/#06TWEM$WU#) /#06TWEM$WU#)


EDITORIAL

INDEX Governo chega a acordo com os Transportadores .2 MAN fortalece estrutura de vendas.....................10 MAN altera nome em Portugal...........................11 500 MAN para PEMA ......................................12 "Saúde às cervejas!".........................................14 Vialtis Portugal ..................................................16 IRU Annual Spring Cocktail ................................24

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

MAN vence "Image Award 2011" .......................6

Conti HD HYBRID..............................................30 ANAREC ..........................................................34 TomTom ............................................................36 Elisabete Jacinto Regressa ao rali da Tunísia .......40

141568

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

De Rooy no Samoter .........................................42

83279502 433 88 26 41 46

Março 2011

26535897 9 3 23 159 8 14

9643339732 17 693 1 7 97

Consultoria, Contabilidade e Gestão 3.

0

& PI, LD A CM

Rua Cónego Maio, 115 R/c C São Bernardo 3810-089 Aveiro Tel/Fax: +351 234 343 530

carlos@cmarques.org


A Paralisação Um pouco por todo o país, a paralisação dos camionistas foi notória, sendo que os principais piquetes estiveram centrados no Carregado e na Maia, onde inclusive chegaram a ocorrer alguns desacatos entre camionistas e as entidades policiais. Os profissionais do sector protestavam, principalmente, contra o elevado preço dos combustíveis e o fim das SCUT s. Alguns sectores da economia nacional chegaram a anunciar a sua preocupação com a possibilidade de ruptura de stocks. Aliás, foi confirmado que algumas dezenas de postos de combustíveis, sobretudo, na zona da Grande Lisboa chegaram a ficar chegaram a esgotar as reservas. Os hipermercados também recearam ser afectados com a paralisação, especialmente no que concerne os alimentos frescos.

O Acordo O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, e as associações das empresas transportadoras estiveram reunidos no final do dia, 15 de Março, chegando a acordo, que inclui o fim da paralisação dos camionistas e novos compromissos. A introdução de descontos no pagamento das portagens das SCUT s, foi uma das medidas acordadas. O Governo admite descontos até aos 25% durante o dia e de 10% durante o período nocturno. Por outro lado, a majoração dos custos com combustível para efeitos de IRC também recebeu a aprovação por parte do Executivo. O Governo deverá ainda aprovar uma proposta de lei de alteração ao Código do Imposto Único de Circulação (IUC) «de modo a contemplar o regime excepcional de cancelamento temporário de matrícula, caso o veículo se encontre imobilizado por falta de ser viço, com a consequente isenção do pagamento do IUC, desde que os veículos tenham sido considerado aceites no âmbito do processo de incentivo de abate previsto no PIDDAC/2010», afirmou o ministro António Mendonça. 0

Março 2011

EDITORIAL

3


NEWS MAN Truck & Bus

IMAGE AWARD

Marรงo 2011


D 2011

NEWS Marรงo 2011


NEWS MAN Truck & Bus MAN Truck & Bus

As empresas de transportes e os operadores de transporte intraempresas alemães elegeram as melhores marcas do mercado dos transportes comerciais. Na categoria dos camiões acima das 3,5 toneladas, os operadores de frotas com onze ou mais veículos comerciais, elegeram, tal como no ano passado, a MAN como sua marca preferida. A MAN recebeu 794 pontos de imagem das empresas de transportes e dos operadores de transporte intraempresas, arrecadando assim o

Março 2011

Prémio de Imagem 2011. Os resultados baseiam-se num inquérito representativo a mais de 400 quadros dirigentes, realizado pelo instituto de pes quisa de mercado TNS Emnid, solicitado pela revista semanal VerkehrsRundschau, de Munique. Na cerimónia de atribuição do prémio, a 24 de fevereiro de 2011, em Munique, Frank Hiller, Diretor de Marketing, Sales & Service da MAN Truck & Bus AG, recebeu o troféu de vencedor das mãos de Franz

Josef Radermacher, da Universidade de Ulm. «Nós olhamos para este prémio como prova de confiança de todo o setor dos transportes nos nossos excelentes produtos e na nossa equipa comercial dedicada e competente. O nosso lema é “consequentemente eficiente”. O nosso objetivo aqui é melhorar a eficiência de transporte dos nossos clientes e oferecer-lhes um programa abrangente para reduzir os seus custos totais operacionais», explicou Frank Hiller.


Operadores de frotas escolhem a MAN como a sua marca de topo.

Março 2011

NEWS

Método do estudo de mercado do ranking de imagem 2011 O cerne do ranking de imagem é apurar uma opinião representativa da imagem e do grau de notoriedade dos principais fabricantes de veículos comerciais. Nesse contexto, são examinados os seus produtos e serviços para frotas de veículos comerciais. Em outubro e novembro de 2010, o instituto de pesquisa do mercado TNS Emnid, sedeado em Bielefeld, inquiriu um total de 400 responsáveis pelas compras e quadros dirigentes de empresas de transportes e de empresas industriais e comerciais com frota de veículos comerciais própria, escolhidos aleatoriamente. Como base do inquérito, foram abrangidas todas as empresas na Alemanha, com atividade no transporte de bens comerciais e/ou com uma frota de veículos comerciais. Decisivos para a escolha dos principais fornecedores do setor dos veículos comerciais são por exemplo fatores como a quota de mercado na Alemanha, presença em todo o país e notoriedade da marca junto dos principais decisores. Entre outros, ser vem como base os rankings públicos da quota de mercado e do volume de vendas, assim como avaliações de peritos. 0 MAN Truck & Bus


NEWS MAN Truck & Bus

fortalece de vendas Após a dissolução da joint venture com a Pon, a MAN assume a gestão total nos mercados estrategicamente importantes da França e Bélgica e alarga a sua equipa. A MAN e a Pon Holdings assinaram um acordo contratual para dissolver a sua empresa comum, fundada em 2007, para a venda e assistência de camiões e autocarros. Este acordo está sujeito à aprovação por parte das autoridades para a concorrência relevantes. As sociedades nacionais na França e Bélgica serão reintegradas na MAN Truck & Bus AG e na sua estrutura de vendas internacional. A cooperação com a MAN Truck & Bus Niederlande, que se mantém na Pon, irá continuar com base num contrato de importação. O controlo sobre estes mercados será da responsabilidade da "Sales Region Western Europe". O seu CEO, Joachim Dürr, terá o apoio adicional de

Março 2011

Birgit Kuhn, que será a CFO da região. Em França, Bert van Hasselt (CEO) vai alargar a sua equipa de gestão ao integrar Hartmut Müller, que irá assumir a função de COO. «Juntamente com o nosso parceiro de joint venture Pon, conseguimos aumentar o sucesso nos mercados destes países importantes. Podemos partir desta base sólida quando voltarmos a controlar diretamente os negócios desta região no futuro e continuar a desenvolvê-lo,» diz Frank Hiller, Diretor de Marketing, Sales e Service da MAN Truck & Bus AG. «Assim fortalecemos as nossas atividades no mercado principal da Europa com o objetivo de continuarmos a melhorar o nosso serviço de apoio ao cliente e a aumentar a quota de mercado das nossas marcas fortes MAN e NEOPLAN.»

0 MAN Truck&Bus

a em


NEWS

estrutura No passado dia 1 de Janeiro 2011, a divisão de veículos industriais da MAN, que até hoje se denominava MAN Nutzfahrzeuge, alterou o seu nome para MAN Truck & Bus AG. A alteração, somente como razão social, também abrange a MAN Portugal a partir de 1 de Abril de 2011. Desde o dia 1 de Janeiro de 2011, o grupo MAN assumiu uma alteração de nome da sua divisão de veículos industriais, com o propósito de aumentar o seu carácter internacional, assim como simplificar e adquirir um nome comum tanto a nível central, como para todas as regiões. Deste modo, a MAN Nutzfahrzeuge abandonou esta denominação para assumir a de MAN Truck & Bus AG. Da mesma forma a MAN Veículos Industriais (Portugal) Sociedade Unipessoal, Lda. irá passar

em 1 de Abril de 2011 a MAN Truck & Bus Portugal, Sociedade Unipessoal Lda. As razões para a alteração adaptam-se ao reforço da ideia de que a MAN é uma empresa global, com critérios que regem em todos os países e regiões, assim como na central. A nível operacional, tudo ficará na mesma, de forma que a organização não sofrerá mudanças. Isto implica também uma mudança na comunicação interna e externa, começando pelos endereços da Internet. Deste modo, as páginas web do grupo têm a mesma raiz (www.mantruckandbus), seguida pelo nome da região e da extensão própria de cada país. Portanto, para Portugal o novo endereço será www.mantruckandbus.pt. 0 MAN Truck&Bus

ltera nome Portugal

Março 2011


NEWS MAN Truck & Bus

A empresa de aluguer de camiões PEMA assina acordo para entrega no decorrer deste ano.

50 para PE Ao longo deste ano, a MAN Truck & Bus vai entregar um total de 500 camiões à empresa de aluguer de veículos comerciais PEMA. O acordoquadro entre as duas empresas prevê a entrega dos veículos no decorrer deste ano. Metade dos veículos tem encomenda firme e já se deu início à entrega. A PEMA encomendou sobtretudo tratores da gama pesada e chassis de carga para caixas amovíveis, que serão equipados com ecológicos motores Euro 5 de 440 cv, caixas de velocidades automatizadas e programa eletrónico de estabilidade (ESP). Além disso, o acordo prevê ainda a entrega de modernos camiões de distribuição MAN TGL. «O que contou a favor da MAN foram fatores como a eficiência e a economia dos ca-

Março 2011

miões bem como o excelente ser viço de assistência» afirma Peter Ström, gerente da PEMA, ao justificar a decisão desta empresa. «Temos vindo a cooperar com a MAN há vários anos e estamos extremamente satisfeitos com a prestação dos veículos». A frota da PEMA abrange atualmente cerca de 1.400 camiões MAN. A PEMA GmbH sediada em Herzbergam Harz (Alemanha), reivindica ser uma das maiores da Europa no setor de aluguer de veículos comerciais. Gere uma frota com cerca de 15.000 veículos e emprega 580 colaboradores em 21 locais, em nove países europeus. Desde julho de 2008, a empresa é detida pelo grupo financeiro francês Société Générale e pertence à área de negócios da SG Equipment Finance. 0 MAN Truck & Bus


Marรงo 2011

NEWS

00 MAN MA


NEWS Schmitz Cargobull

"Saúde às cervejas!" Como é que a nossa bebida favorita chega aos festivais. Barris de cerveja, transportados em semi-reboques certificados com cortinas. Nos eventos e festivais, como a Oktoberfest, o standard instaurado para servir cervejas a pressão, é o barril. Um sofisticado sistema logístico equipado com veículos e semitrailers de cortinas laterais, especialmente preparados para esta tarefa, garantem uma entrega pontual, segura e em grandes quantidades até ao seu destino. Para este especial tipo de mercadoria, a Schmitz Cargobull apresenta um novo semitrailer muito flexível, com a capacidade de abertura rápida das

Março 2011


Schmitz Cargobull

cortinas laterais, para a carga e descarga, produzido em série e com cer tificado de segurança para este tipo de produtos. Desde há vários anos que os semitrailers da Schmitz Cargobull têm certificação para a fixação da carga, especificamente no transporte de grades de bebidas. Adicionalmente, foram recentemente realizados testes em estrada aos semitrailers de cortinas, para o transporte de barris, com resultados bem sucedidos, aprovados e certificados pelo TÜV. Para além das grades de bebidas, este certificado adicional permite intercalar a carga com barris, num transporte com cortinas laterais normal, sem necessitar de equipamento de fixação para a carga adicional. A extensão do certificado de bebidas é aplicável ao transporte de barris de aço, de 30 e 50 litros, fixados em paletes. Em alternativa, também se podem incluir os barris sem amarração e os barris de plástico revestidos, com uma capacidade de 30 e de 50 litros. O modelo standard do semitrailer de

cortinas laterais da Schmitz gas, como por exemplo: comCargobull tem tecto reforçado bustíveis, pneus e caixotes e lonas laterais com barras de para transporte de peças suporte, cumprindo assim com de automóvel. 0 os actuais requisitos especificados na norma VDI 2700 da Schmitz CargoBull página 12 do vlb, "Load securing for beverages" (vlb = Breweries testing and teaching institute) e DIN EN 12642 (CODE XL). Com este certificado, fica assegurada a correcta interposição da carga, com identificação da resistência da carroçaria, salvaguardando assim o condutor, o carregador ou o cliente em caso de eventuais inspecções. A resistência da carroçaria é também certificada para ounsporte oque tra b e r o d tras cartica a telemá ncia Com eficiê da mais com ain

O seu

milagre.económico Mude para a faixa do sucesso.

Com os reboques Schmitz Cargobull controle o seu transporte com segurança e eficácia. Hoje e no futuro – just more.

www.cargobull.com

Mais informações: +351 243 999 530


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

INTERVIEW N24

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

No início de um novo ano, o Strada marcou encontro com Rui Justino, Director da Vialtis Portugal, a fim de conhecer melhor a empresa que está do lado dos transportadores europeus, fornecendo ser viços que, mais do que úteis, são imprescindíveis. «Aumentar a eficiência, poupar nos custos» é a mensagem da Vialtis, líder de mercado na Europa em matéria de redução de custos dos serviços rodoviários. Com sede em França, a Vialtis é uma empresa prestadora de ser viços que trabalha para empresas internacionais de transportes de pequena e grande dimensão, de forma verdadeiramente independente, profissionalizada e experiente. «Somos uma multinacional francesa que nasceu em 1982. Progressivamente, abrimos outras empresas com outros nomes mas sempre em complemento com a empresamãe (…). Depois ainda tive-

Março 2011

mos outras empresas, a ViaCard e a ViaRoute e, só em 2001, tudo foi fusionado na Vialtis», como nos contou o Director da Vialtis em Portugal. Enquanto parceiro privilegiado da IRU (International Road Transport Union), o Grupo Vialtis está representado, actualmente, com 10 sucursais na Europa e 6.000 clientes em mais de 40 países. Rui Justino acrescentou ainda que «em 1982 eram 3 pessoas e agora somos 200 pessoas com 10 filiais». «A Vialtis aposta em ser conselheira» dos seus clientes, é uma das características que a definem e distinguem da concorrência. Com a missão de fornecer serviços na rede de transportes que minimizam os custos no que concerne a gestão, o combustível e as taxas várias, o Grupo tem implantado, ao longo do tempo, alicerces um pouco por toda a Europa. «Nos últimos três anos, temos apostado no Leste Europeu (Turquia, Polónia, Eslováquia...)», a expansão aproxima-os dos seus clientes que estão espalhados por todo o continente. Como líder no mercado europeu, a empresa de terras gaulesas dedica-se a vários ser viços “amigos” do cliente. Segundo a perspectiva da empresa, o preço real do gasóleo não deve resumir-se apenas

Po «Em 1982 eram 3 pessoas e agora somos 200 pessoas com 10 filiais.»


«Aumentar a eficiência, poupar nos custos»

Março 2011

INTERVIEW

VIALTIS rtugal


INTERVIEW meinauto

ao preço na bomba, mas deve estar associado ao montante global que o cliente poderá poupar com a recuperação das taxas: o preço fiscal líquido. Nesse sentido, a Vialtis tem focado os seus serviços em torno do combustível. «Actualmente, resolvemos avançar para o gasóleo, porque no fundo temos de estar o mais próximo possível dos nossos clientes e o gasóleo é uma coisa que é incontornável», explicou o Director da Vialtis em Portugal. A empresa francesa criou uma série de ofertas úteis e competitivas para as empresas de transporte, seja através de cartões de combustível (cartões de crédito e cartões pré-pagos), que podem ser utilizados em qualquer parte da Europa, seja através da criação de uma rede de importantes parceiros europeus que dispõem de ofertas económicas ou a oportunidade de recuperar taxas (gasóleo, portagens...) a que têm direito. Salientando-se que a recuperação antecipada do IVA é «(…) neste momento o nosso produto forte e é o calcanhar de Aquiles dos nossos clientes», confirmou Rui Justino. O cliente pode também contratar serviços de ferries, «temos desde 2008 um parceiro na Alemanha, que é a Transcamion Shipping Agency», como comprovou Rui Justino.

Março 2011

«O nosso mercado, aqui em Portugal, ainda está um bocado em maturação.»


150439

INTERVIEW


na Turquia tem 50 a 100 camiões. O mercado em Portugal, pelo contrário, está muito atomizado (…) e mais do que greves, deverá haver mais união entre os transportadores», concluiu. Uma das estratégias da Vialtis, em Portugal, prende-se com o facto de estarem o mais próximo possível dos seus clientes, tendo mesmo o papel de conselheiros, «as visitas frequentes aos clientes permitem-nos estar mais perto do mercado, sentir o pulso do mercado e ver qual é a direcção que as coisas estão a tomar. Na minha perspectiva, o mercado está a evoGiancarlo Terrassan - Jornal Strada

INTERVIEW ARAL

Um conjunto de benefícios que permitem que o cliente possa poupar até 130 €/1.000 litros, consoante o país! No que diz respeito a Vialtis a nível nacional, «o nosso mercado, aqui em Portugal, ainda está um bocado em maturação», começou por explicar Rui Justino. «Na verdade, o mercado português é um mercado atípico na Europa. Aqui estamos muito baseados em pequenas empresas. Ter em Portugal uma empresa de 1 a 10 camiões é muita sorte. Por exemplo, na Turquia não existe uma empresa com 10 camiões. Uma empresa pequena

Março 2011

«A recuperação do IVA é o nosso produto forte e é o calcanhar de Aquiles dos nossos clientes.»


CAMIÕES. LEASING & FINANCIAMENTO. SOLUÇÕES DE FROTA. SERVIÇOS & PEÇAS.

O verdadeiro vencedor é você.

XXXXXXXXXXX

Uma marca da Daimler

O novo Atego. Camião do ano 2011.

* * Camiões de confiança


INTERVIEW

luir positivamente, digo-o com confiança. O mercado português é um mercado para todos», referiu Rui Justino. Querendo manter a liderança europeia na sua área, o objectivo da Vialtis é fornecer ser viços de qualidade aos transportadores, estando sempre na linha da frente.

fierdetreroutier

«Queremos ter uma imagem forte no mercado.» Para além da expansão para o leste europeu, «neste momento a coqueluche é o Leste, embora também esteja a amadurecer muito rápido». Também a nível estrutural resolveram posicionar a sede numa cidade mais estratégica, deslocalizando a sede, «mudámos a sede de Paris para Marselha e temos tido vantagem com a mudança. A Vialtis apostou e investiu em ter filiais próprias. Temos muitos portugueses que lidam directamente com a sede». A Vialtis é uma empresa pioneira na sua área e para tal «queremos continuar a deixar marca no mercado».

Março 2011

Paralelamente, o website da Vialtis é também uma ferramenta bastante útil para o cliente (www.vialtis.com). Graças ao acesso pessoal myVIALTIS.com, poderá beneficiar de múltiplos serviços online, nomeadamente a cartografia da Europa com funcionalidades avançadas para itinerários e consumos, informação actualizada sobre estacionamento seguro e preço do gasóleo, em mais de 29 países, extracto semanal das transacções efectuadas com os seus cartões, com análise estatística, entre outras funcionalidades. Para consolidar o seu papel de conselheira e próxima do cliente, a Vialtis «aposta forte em toda a Europa através de marketing directo, com o envio regular de mailings». Em suma, sendo pioneira, independente e competitiva, a empresa francesa está fortemente implementada no mercado europeu, com filiais próprias, em permanente crescimento, primando pela qualidade e atenção dada ao cliente, para benfício dos seus negócios. 0

«Queremos continuar a deixar marca no mercado.»


Marรงo 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

INTERVIEW


IRU Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS IRU

Annual Sp

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

A capital belga foi novamente o palco de mais um Cocktail anual de Primavera, organizado pela IRU (International Road Transport Union). No dia 2 de Março, Bruxelas recebeu mais de três centenas de personalidades ligadas ao sector dos transportes, para debater «o futuro dos transportes está no horizonte». Desde operadores de transporte, empresários, políticos, elementos da Comissão Europeia, ONGs, bem como as associações membros da IRU, os ouvidos da plateia escutaram

Março 2011

O futuro dos t


transportes estรก no horizonte

Marรงo 2011

EVENTS

ring Cocktail


Nuno Almeida - Jornal Strada

EVENTS IRU

atentamente os vários interlocutores do encontro. No discurso dirigido pelo presidente da IRU, Janusz Lacny falou sobre o próximo Livro Branco, em que destacou a necessidade da revisão da directiva Eurovinheta para minimizar sobretudo as externalidades do transporte e permitir que o sector dos transportes rodoviários possa trabalhar mais em conjunto com as aplicações da comunidade europeia. Janusz Lacny pegou nas declarações do Comissário dos Transportes e Vice-Presidente da Comissão Europeia, Siim Kallas, em que dizia que o

Março 2011


EVENTS

Nuno Almeida - Jornal Strada

Nuno Almeida - Jornal Strada Nuno Almeida - Jornal Strada

transporte terrestre de mercadorias com distâncias superiores a 300 km deve ser realizado principalmente por via ferroviária e fluvial. Confiante nas políticas e decisões da UE, Janusz Lacny disse que para além de estarem a discutir vários programas com a Comissão Europeia no que concerne a redução de CO2, deseja que esta assegure que todos os modos de transporte sejam tratados de forma análoga. Respondendo em nome do Comissário dos Transportes, Henrik Hololei, Chefe de Gabinete do Vice-Presidente Siim Kallas, explicou que a Comissão Euro-

Março 2011


Nuno Almeida - Jornal Strada

Nuno Almeida - Jornal Strada

EVENTS IRU

peia tem em mente, um sistema de transporte mais eficiente e respeitador do ambiente, onde todos os modos de transporte são tratados de forma igual. No evento foi estabelecida uma cooperação com a Euro Control Route e TISPOL, através da assinatura de uma declaração de intenções, para um trabalho conjunto que irá permitir melhorar e simplificar a legislação do sector dos transportes rodoviários, de forma justa, estabelecendo estratégias comuns, com a harmonização de interpretações legais, procedimentos de aplicação eficientes e uma melhor formação e educação. 0

Março 2011


150633


NEWS Continental

HD HYBRID

"PNEU DO ANO 2011 EM ESPANHA" FICHA TÉCNICA

Director: Giancarlo Terrassan e giancarlo.terrassan@jornalstrada.net - Directora adjunta: Ana Bela Nogueira e ana.bela.nogueira@jornalstrada.net - Redação: e editor@jornalstrada.net - Colaboradores: Marle Editora, Lda. - Paginação: e editor@jornalstrada.net - Ameise Editora, Lda. - Directora Comercial: Marisa Nogueira de Sousa - Marketing e Publicidade: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 Propriedade e edição: Ameise Editora, Lda. - Rua da Cabreira, 83 R/C Dto - S. Bernardo - 3810-071 Aveiro - Portugal - Contactos: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 916 834 742 - m +35 Cons. Reg. Com. de Aveiro N° 5940/040317 - NIF: 506 821 315 - Cap. Social: E 5.000,00 - Fundado: Dezembro de 2003 - Periodicidade: Mensal - Divulgação: Distribuição gratuita Depósito Legal: 203764/ Toda a reprodução, seja por fotocópia ou por qualquer outro processo, sem prévia autorização do editor, é ilícita e passível de processo judicial. - Todos os textos enviados pelos leitores e publicados no Strada ou em


"

LHT II, Hankook E-Cube, Pirelli ST:01 e o Dunlop SP 244. O significado deste prémio é explicado pela composição do júri. É composto por peritos do ramo dos pneus, representantes experientes de oficinas e distribuidores, bem como jornalistas da imprensa especializada. Através deste prémio, o júri distingue o empenho dos fabricantes na utilização de tecnologia avançada com o objectivo de aumentar a segurança, minimizar o desgaste, aumentar a sustentabilidade ambiental, e também reduzir o consumo de combustível. A cerimónia de atribuição do prémio “Pneu do ano 2011 em

Espanha” teve lugar em Madrid, no final de Fevereiro. O prémio na categoria de veículos comerciais foi atribuído ao Director de Vendas de veículos pesados Juan Uruburu, e ao Director de Marketing de veículos pesados Frank Deuter. O HD HYBRID é um pneu multifunções aplicado no eixo de tracção associado ao transporte de longo curso e ao transporte regional. Com este pneu, a Continental vai ao encontro das necessidades dos seus clientes, que cada vez mais precisam de pneus flexíveis nos diferentes perfis de estrada. 0 Continental

ene Mesquita da Silva, Vanda Lopes, Tavares Ribeiro, João Cerqueira, Nuno Almeida - Reportagem fotográfica: e editor@jornalstrada.net - Giancarlo Terrassan, Patrick Dreux, Nuno Almeida - Design e Layout: Ameise 968 708 537 - e comercial@jornalstrada.net 1 913 466 142 - m +351 968 708 537 - e ameise.editora@netvisao.pt - e giancarlo.terrassan@jornalstrada.net URL: www.jornalstrada.com /03 - Registo N° 124492 ERC - Entidade Reguladora para a Comunicação Social - ISSN: 1647–7022. m qualquer outro produto de propriedade da Ameise Editora, Lda., são de inteira responsabilidade dos mesmos; a Ameise Editora, Lda. declina qualquer responsabilidade em caso de acção judicial.

NEWS

Continental

Um júri espanhol do “Grupo Tecnipublicaciones“distinguiu o pneu para veículos comerciais da Continental HD HYBRID como "Pneu do ano 2011 em Espanha" (“Neumático del Año en España 2011“). O prémio, atribuído anualmente em Espanha desde o ano de 2000, é atribuído pela quarta vez à Continental. Depois do HDR no ano de 2000, do HSR1 em 2003 e do HTR2 em 2009, o HD Hybrid, conhecido com o pneu multifunções da Continental, conseguiu impor-se na categoria de veículos comerciais. Do lado da concorrência, estiveram presentes Bridgestone Ecopia, Goodyear Marathon


Continental

NEWS

PNEUS MAIS CAROS

Conti aumenta preços dos pneus para os veículos comerciais.

Março 2011

Devido à subida drástica dos preços das matérias-primas, o fornecedor do sector automóvel e fabricante de pneus Continental irá aumentar novamente os preços de pneus para veículos comerciais na Europa, no dia 1 de Maio. Entre Janeiro de 2009 e Fevereiro de 2011, o preço da borracha natural quadruplicou e atingiu o valor mais elevado de sempre, 5,60 dólares por quilo. Com algumas oscilações, a actual média anual permanece num nível extremamente elevado de 5,40 dólares. «Face à explosão de custos para a aquisição de borracha natural, somos obrigados a aumentar os preços dos nossos pneus», declarou Herbert Mensching, responsável na Continental pela Divisão de Marketing e Distribuição de Pneus para Veículos Comerciais na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África). O preço dos pneus para veículos pesados da marca Continental irá aumentar em 6%, o preço dos pneus das marcas secundárias Uniroyal e Semperit irá sofrer um aumento até

10%. As marcas Barum e Matador, distribuídas sobretudo no Leste da Europa, como só tiveram um pequeno ajusto de preços relativamente à marca Continental até ao momento, no dia 1 de Maio irão aumentar em 12%. «Com o primeiro ajuste de preços de 7% em Fevereiro, transmitimos parcialmente a enorme pressão dos custos da borracha natural ao comércio e aos clientes finais da indústria. Um novo aumento tornouse indispensável para contermos o efeito de “bola de neve” do início do ano», salientou Mensching. «Se o preço da borracha natural se mantiver, não ocorrerá mais nenhum aumento de preços além do anunciado para 1 de Maio.» Por último, Mensching referiu que um pneu para um veículo pesado possuí 15 vezes mais borracha natural do que um pneu para um veículo ligeiro. «Neste sentido, os ajustes de preços de ambas as gamas de produtos não podem ser comparados entre si.» 0 Continental


150631


NEWS viverlowcost

ANAREC

congratula-se com decisão de Macário Correia A Delegação Regional do Sul da ANAREC - Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis congratula-se com a decisão tomada pelo presidente da Câmara Municipal de Faro, Macário Correia, em construir o “Parque de Lazer das Figuras”, estrutura que irá ocupar parte de um terreno onde estava previsto ser instalado um posto de abastecimento de combustíveis. Em Junho do ano passado, a ANAREC teve reuniões com os autarcas do Distrito de Faro com o objectivo de sensibilizar os diversos presidentes de câmara para os problemas que o sector de revenda de combustíveis líquidos e gasosos enfrenta, nomeadamente no Sul do país. Na área dos combustíveis líquidos, a ANAREC alertou as autarquias para o não licenciamento de novos postos de abastecimento de combustíveis. Já nos combustíveis gasosos, a ANAREC deu conta das difi-

Março 2011

culdades que os profissionais do sector de revenda sentem na resolução de inspecções periódicas, nas renovações de alvarás e na aquisição de terrenos com viabilidade de construção para a instalação de parques de gás. Ainda na área do gás, a ANAREC solicitou um maior controlo nas transacções feitas com Espanha (ao abrigo das normas de transacções comerciais intracomunitárias), que obrigam a declarar o pagamento da diferença de impostos do país onde foi adquirido para o país onde vai ser consumido. Na altura, a ANAREC pediu ainda a colaboração das autarquias do Distrito de Faro, no sentido de dinamizar acções conjuntas, com vista ao controlo do cumprimento das normas de segurança rodoviária com o transporte de mercadorias perigosas (combustíveis líquidos e gasosos). 0 ANAREC


150635


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

NEWS Tom Tom

EcoPLU TomTom | Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

Fundada em 2005, a TomTom Business Solutions é a divisão da TomTom NV dedicada à solução de gestão de frotas, com serviços de telemática eficazes e inteligentes. A servirem mais de 125.000 veículos a nível mundial e com mais de 10.000 clientes empresariais, a TomTom Business Solutions continua a ser pioneira nos seus serviços e produtos. A Portugal, acabaram de chegar duas grandes novidades da casa holandesa, o EcoPLUS™ e o TomTom PRO. O ecoPLUS™ é um dispositivo eficiente e inteligente que ajuda as empresas a reduzir os

Março 2011

níveis de combustível e as emissões de CO2. «Para qualquer gestor de frota comercial, o duplo objectivo de reduzir os custos de combustível e a sua pegada ecológica está no topo da agenda. Com o ecoPLUS™ oferecemos uma solução simples que trabalha separadamente nos mais diversos veículos que compõem habitualmente uma frota», começou por explicar Thomas Schmidt, Director Geral da TomTom Business Solutions. A verdade é que as despesas em combustível representam, hoje em dia, uma parte consi-

inteligência


NEWS

US PRO

e eficiência

Março 2011


Março 2011

forma instantânea para os gestores de frotas no TomTom WEBFLEET®. Série TomTom PRO «No mundo dos negócios tempo é dinheiro. Com uma frota de veículos em estrada durante oito horas por dia, todos os minutos economizados reflectem-se numa maior produtividade. O novo TomTom PRO permitirá despender menos tempo em estrada e utilizá-lo para melhor servir o cliente», é a perspectiva de Thomas Schmidt, que consegue colocar sempre os seus produtos um passo à frente da concorrência. Os novos sistemas de navegação PRO (TomTom PRO 7100, TomTom PRO 7100 TRUCK e TomTom PRO 9100) oferecem uma maior cobertura cartográfica, uma vez que incluem mais 2 milhões de quilómetros em 45 países europeus. Por sua Tom Tom

NEWS Tom Tom

derável nos gastos. Com o EcoPLUS™ é possível poupar combustível quando o veículo está imobilizado ao ralenti. Por outro lado, preservar o meio ambiente é um dever que cada cidadão deve assumir. Neste sentido, as empresas estão cada vez mais empenhadas em demonstrar a sua responsabilidade social e ambiental, e a TomTom não é excepção – com o EcoPLUS™ contribui para a redução das emissões de CO2. A informação em tempo real do veículo no WEBFLEET inclui consumo de combustível, emissões de CO2, RPM, marcha e marcha lenta, permitindo aos gestores de frota visualizar o desempenho num determinado momento da viagem. O painel WEBFLEET e a funcionalidade de relatórios de desempenho ajudam a medir os objectivos traçados. Foi a pensar numa condução ecológica que o TomTom EcoPLUS™ aliou-se à solução WORKSmart™-Eco, permitindo às empresas uma maior optimização na utilização dos veículos e uma redução tanto na distância percorrida como também no consumo de combustível. Por último, o EcoPLUS™ utiliza as informações disponíveis no veículo e envia a informação via Bluetooth para o TomTom LINK 300/310 que, por sua vez, transmite a informação de

vez, a tecnologia Eco Routes incorporada na série oferece rotas mais eficientes, permite a redução do consumo de combustível, dos custos e, sobretudo, do impacto ambiental. Com uma subscrição WEBFLEET® e o LINK 300/310 instalado na viatura, o PRO 7100, PRO 7100 TRUCK e o PRO 9100 podem ser utilizados como parte de uma das seguintes soluções WORKsmart™: WORKsmart™-Traffic – Evita engarrafamentos e mantém os seus motoristas em movimento; WORKsmart™-Track – Monitoriza as viaturas em tempo real; WORKsmart™-Job – Mantém o condutor informado sobre a evolução dos trabalhos; WORKsmart™-Time – Faz a gestão do tempo dos motoristas com o simples toque num botão; WORKsmart™-Eco – Mantém a empresa amiga do


ambiente; W O R K s m a r t ™- I n sight – Dá informação num ápice para decisões mais inteligentes. TomTom PRO 7100 Concebido para poupar tempo e dinheiro a qualquer empresa, o TomTom PRO 7100 é o parceiro ideal na estrada. Com o TomTom PRO 7100 a condução fica ainda mais segura e eficiente. A nova interface do utilizador e o ecrã capacitivo Fluid Touch permitem que os motoristas possam comprimir os dedos para fazer mais e menos zoom ou percorrer os menus com a ponta dos dedos, necessitando de menos toques, o que lhes possibilita concentrarem-se na estrada. O conversor texto-fala dá aos motoristas informações de voz, como instruções e actualizações de trânsito, e até lê mensagens, para que possam concentrar-se na estrada. O serviço TomTom Radares de trânsito envia avisos de radares de trânsito fixos, o que mantém os motoristas seguros e tranquilos e lhes poupa dinheiro em multas. As chamadas em modo de mãos-livres per-

mitem aos motoristas utilizarem os seus telemóveis em completa segurança e manterem-se contactáveis na estrada. TomTom PRO 7100 TRUCK O TomTom PRO 7100 TRUCK, oferece aos condutores de veículos pesados a melhor navegação e cobertura das áreas restritas em toda a Europa. Thomas Schmidt explicou que «a quilometragem desnecessária e os desvios podem ter um forte impacto nas transportadoras implicando custos e atrasos nas entregas (…) O novo dispositivo da TomTom irá ajudar os condutores de grandes veículos a optarem pela rota mais eficiente e cumprir assim os rigorosos acordos ao nível do serviço». A verdade é que os motoristas de veículos pesados, têm de enfrentar, todos os dias, restrições na circulação e uma série de obstáculos e desafios. O dispo-

TomTom PRO 9100 O PRO 9100 é bastante similar ao PRO 7100, uma vez que também fornece as melhores ferramentas de navegação para ajudar o condutor a chegar de A até B de forma mais rápida e tranquila, ao mesmo tempo que garante a segurança do motorista profissional e assegura, não apenas, que este chegue ao destino mas que o faça no menor espaço de tempo e com a maior eficiência de combustível possíveis. «A maneira mais fácil e inteligente de trabalhar» é um dos slogans da TomTom Business Solutions que não descura um único segundo do profissionalismo e rigor da sua empresa, da qualidade e inovação dos seus produtos e da eficiência dos seus serviços. Sempre na linha da frente em relação à concorrência, a TomTom Business Solutions continua a marcar pontos nas soluções telemáticas para veículos. 0

Março 2011

NEWS

Tom Tom

sitivo PRO 7100 TRUCK utiliza a navegação mais inteligente para planear melhor os percursos dos motoristas. É menos provável que fiquem presos no trânsito, circulem com atrasos ou que percorram distâncias desnecessárias – o que significa viagens produtivas e uma planificação rigorosa.


SPORT AIFA

Elisabete

Marรงo 2011

Regressa ao r


Depois de ter tido uma participação notável na 3ª edição do Africa Eco Race onde alcançou um magnífico 7º lugar absoluto e 2º na categoria de camiões, Elisabete Jacinto esta já a preparar a temporada de 2011. Esta terá início com o rali da Tunísia que decorrerá entre 30 de Maio e 6 de Abril. Apesar dos recentes conflitos ocorridos neste país a piloto mostra-se bastante confiante nas garantias dadas pela organização que concluiu recentemente o reconhecimento do percurso: “A NPO, empresa organizadora deste rali, tem estado no terreno e assegura que não há qualquer tipo de impedimento à sua realização e que as autoridades tunisinas estão altamente empenhadas na realização da 30ª edição deste rali. Este constituirá, sem dúvida, uma importante demonstração de estabilidade e segurança no país e constituirá um forte incentivo ao turismo.” Elisabete revela também alguma curiosa em ralação á Tunísia que irá encontrar: “A Tunísia é um país extremamente simpático. Fico muito satisfeita

que a sua revolução tenha sido pacífica e espero que lhe permita melhorar a sua situação económica e social. Faço votos que me seja possível, durante o rali, encontrar já alguns sinais de progressos”. No Rali da Tunísia, Elisabete Jacinto irá ser de novo navegada pelo belga Charly Gotlib, com o mecânico Marco Cochinho a manter-se como o terceiro elemento desta equipa portuguesa que é apoiada pelo construtor germânico de camiões MAN. O MAN TGS tem estado a ser revisto e preparado para a temporada de 2011 nas oficinas da Hydraplan, pelo Marco Cochinho, tendo a equipa aproveitado este interregno para fazer algumas melhorias que oportunamente serão apresentadas. Ao longo da época, e mantendo uma forte aposta nas competições no norte de África, a equipa Oleoban/Man Portugal irá também participar no rali de Marrocos que se realizará em Outubro e na próxima edição do rali Africa Eco Race que terá início no dia 28 de Dezembro de 2011. 0 A2 Comunicação

rali da Tunísia

Março 2011

SPORT

Jacinto


EVENTS IVECO

Marรงo 2011

NO SA


O Iveco Trakker 4x4 com que a equipa holandesa De Rooy disputou o Dakar 2011 encontra-se exposto no Samoter – Salão Internacional de Construção, que abriu as suas portas no dia 2 de Março em Verona, Itália, numa mostra que se prolongou até ao Domingo, 6 de Março de 2011. O veículo, protagonista da pretérita edição do rali de todo-o-terreno mais famoso do mundo, mostra-se na Iveco Demo Area, um espaço alargado destinado a testes dinâmicos, desenhado no interior do complexo desta mostra. Assente num chassis 190T 50W com cabina Active Day, esta versão especial do Trakker foi adaptada e preparada para lidar com o ritmo alu-cinante e as inúmeras condicio-

nantes impostas por aquela jornada competitiva. O modelo conta com um motor de seis cilindros em linha FPT Cursor 13 que debita mais de 800 cv, podendo alcançar velocidades superiores a 150 km/h. O Trakker agora apresentado no Samoter realizou uma prova de realce frente aos seus maiores adversários no último Dakar, apenas capitulando devido ao facto do piloto Gerard De Rooy se ter lesionado na coluna, após o violento impacto resultante de um salto, obrigando à desistência. Por seu turno, o seu colega de equipa Pep Vila, em Trakker idêntico, atingiu a linha de chegada, alcançando um -6º lugar histórico para a formação holandesa.0

AMOTER

Iveco

Março 2011

EVENTS

DE ROOY


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Profile for Ameise Editora

Strada Truck #082  

Strada Truck #082 2011-03-31

Strada Truck #082  

Strada Truck #082 2011-03-31

Profile for ameise
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded