__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Nº 8 - Ano 2 - Janeiro-Fevereiro 2011 • Distribuição gratuita • Periodicidade: Bimestral • ISSN 1647–7022

BUS EDITION

inovação

a hora chegou

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

www.jornalstrada.com


EVENTS

JORNAL

STRA

ganha prémio

Nuno Almeida - Jornal Strada

Reconhecimento internacional com o prestigiado Seal of e-Excelle Fiel ao seu estatuto editorial, sendo tecnicamente rigoroso, pioneiro nas novas tecnologias e apresentando uma boa imagem do produto, o Jornal Strada viu ser reconhecido todo o seu trabalho: foi distinguido com o European Seal of e-Excellence 2011 na categoria de Platina. É com grande orgulho que comunicamos a conquista deste prestigiado Seal, salientando que o Strada é a primeira revista do sector dos transportes, em todo o mundo, a ganhar distinto prémio com reconhecimento internacional.

Fevereiro 2011


EVENTS

DA

PLATINA

ence

Fevereiro 2011


EVENTS Nuno Almeida - Jornal Strada

Nuno Almeida - Jornal Strada

O Prémio

Fevereiro 2011

Este Selo Europeu de Excelência é reconhecido por promover empresas nos sectores de tecnologias de informação e comunicação (TIC) e de meios de comunicação digitais que se destacam no marketing inovador, isto é, empresas que combinam produtos ou ser viços inovadores com um marketing de excelência. O Seal é concedido anualmente desde 2003, pelo Fórum Europeu do Multimédia (EMF) e pelas suas Associações Parceiras (para Portugal: Agência de Inovação e ANJE). Um júri composto por representantes das mesmas selecciona os vencedores baseando-se nas candidaturas.


/#06TWEM$WU#)s7OCGORTGUCFQ)TWRQ/#0

YYYOCPOPRV

#VÅOGPQUEQODWUVÉXGNG%1 #TTCPSWGUGOHWOQGUGOTWKFQ

1.KQPoU%KV[ 2CTCWOHWVWTQOCKUXGTFG 1.KQPnU%KV[JÉDTKFQEQOTGEWRGTCÿQFGGPGTIKCGUKUVGOC5VCTV

OQFQGNÅEVTKEQUGOHWOQGUGOTWÉFQ%QPUGSWGPVGOGPVG'EQNÏIK

UVQRRGTOKVGTGFW\KTCVÅFQEQPUWOQFGEQODWUVÉXGNGFG

EQ%QPUGSWGPVGOGPVG'ǣEKGPVG

150435

GOKUUÑGUFG%12GTOKVGGHGEVWCTQCTTCPSWGGZENWUKXCOGPVGGO

/#06TWEM$WU#)


Durante os últimos oito anos, mais de 300 empresas do mundo inteiro tiveram o privilégio de receber o Selo. São empresas bem conhecidas como a NOKIA (Selo de platina, 2004), a VASCO data security (Selo de platina, 2008), a Zanox (Selo de platina, 2008) ou a PANGORA (Selo de ouro, 2007).

A Cerimónia A cerimónia de entrega do prémio European Seal of e-Excellence decorreu no dia 1 de Março, no Webciety Forum of the CeBIT em Hannover, na Alemanha. A CeBIT é a maior e mais reputada feira comercial do mundo na área das Tecnologias, Sistemas de Informação e Telecomunicações Digitais. Por essa ocasião, perante largas centenas de convidados de todo o mundo, o Jornal Strada recebeu o mais elevado prémio: o prestigiado e honroso Selo de platina. 0 Nuno Almeida - Jornal Strada

EVENTS

Clube de Vencedores

Fevereiro 2011


Fevereiro 2011 Nuno Almeida - Jornal Strada

EVENTS


EDITORIAL

Strada-Bus INDEX JORNAL STRADA ganha prémio PLATINA .............2 Strada-Bus regressa .............................................8 III Fórum ANTROP - Organizar, Contratualizar, Financiar o Transporte Público............................10 ARP - 5º Seminário de Transporte em Autocarro: Gestão operacional de transportes e manutenção de autocarros .................................14 63ª IAA ...........................................................16 FIAA 2010 .......................................................32 CaetanoBus: autocarro 100% eléctrico................46 Smart Move! - Políticas Inteligentes .....................52

Foi no Verão de 2008 que nasceu o «Strada Buses» com o propósito de informar sobre o sector do transporte pesado de passageiros, mantendo a mesma política editorial inerente ao «Strada Trucks». Foi um projecto bastante aplaudido pelos nossos leitores que queriam ver esta vertente dos transportes mais divulgada. Sempre com rigor técnico e boa comunicação, o «Strada Buses» saía mensalmente para um vasto número de leitores, a nível nacional e internacional. Porém, devido à crise que assolou o nosso país, em 2009, houve a necessidade de suspender, temporariamente, a publicação. Agora em 2011, é com o maior orgulho e empenho que conseguimos ressurgir o «Strada Buses». A demanda dos nossos leitores e o fortalecimento da empresa, foram as principais alavancas para retomar novamente a publicação. Passando a ser uma edição bimestral, o «Strada Buses» é um projecto que acompanha a inovação das novas tecnologias e da empresa em si, de tal

FICHA TÉCNICA

Director: Giancarlo Terrassan e giancarlo.terrassan@jornalstrada.net - Directora adjunta: Ana Bela Nogueira e ana.bela.nogueira@jornalstrada.net - Redação: e editor@jornalstrada.net - Colaboradores: Marle Editora, Lda. - Paginação: e editor@jornalstrada.net - Ameise Editora, Lda. - Directora Comercial: Marisa Nogueira de Sousa - Marketing e Publicidade: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 Propriedade e edição: Ameise Editora, Lda. - Rua da Cabreira, 83 R/C Dto - S. Bernardo - 3810-071 Aveiro - Portugal - Contactos: t +351 234 197 770 - f +351 234 197 770 m +351 916 834 742 - m +35 Cons. Reg. Com. de Aveiro N° 5940/040317 - NIF: 506 821 315 - Cap. Social: E 5.000,00 - Fundado: Dezembro de 2003 - Periodicidade: Mensal - Divulgação: Distribuição gratuita Depósito Legal: 203764/ Toda a reprodução, seja por fotocópia ou por qualquer outro processo, sem prévia autorização do editor, é ilícita e passível de processo judicial. - Todos os textos enviados pelos leitores e publicados no Strada ou em

Janeiro – Fevereiro 2011


| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

ene Mesquita da Silva, Vanda Lopes, Tavares Ribeiro, João Cerqueira, Nuno Almeida - Reportagem fotográfica: e editor@jornalstrada.net - Giancarlo Terrassan, Patrick Dreux, Nuno Almeida - Design e Layout: Ameise 968 708 537 - e comercial@jornalstrada.net 1 913 466 142 - m +351 968 708 537 - e ameise.editora@netvisao.pt - e giancarlo.terrassan@jornalstrada.net URL: www.jornalstrada.com /03 - Registo N° 124492 ERC - Entidade Reguladora para a Comunicação Social - ISSN: 1647–7022. m qualquer outro produto de propriedade da Ameise Editora, Lda., são de inteira responsabilidade dos mesmos; a Ameise Editora, Lda. declina qualquer responsabilidade em caso de acção judicial.

Janeiro – Fevereiro 2011

EDITORIAL

modo que abandonou o formato em papel e passou a ser uma e-magazine, em formato digital – com um layout mais arrojado e apelativo, totalmente revolucionário. Para além do novo formato e da nova imagem, o «Strada Buses» passará a ser enviado através de newsletters, por um programa certificado internacionalmente, chegando assim, a um substancial número de leitores em Portugal e no estrangeiro. A publicação pode ainda ser vista no nosso site, em www.jornalstrada.com. Por último e não muito menos importante, temos todo o orgulho em informar os nossos leitores que o Strada acaba de receber, na CEBIT em Hannover, a maior feira mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação, um prémio internacional – The European Seal of e-Excellence, na categoria de platina. Trata-se de uma prestigiada distinção pela inovação em imagem e marketing em comunicação digital – um prémio jamais entregue no sector. 0

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

s regressa


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS | Ana Bela Nogueira

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

O ano de 2010 foi bastante positivo para a ANTROP (Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros). Por ocasião da comemoração dos 35 anos de vida, a 24 de Setembro, realizou o III Fórum ANTROP, a 26 e 27 de Novembro, com casa cheia e convidados de luxo. Personalidades da nossa sociedade preencheram o magnificente painel de oradores, do III Fórum ANTROP, Miguel Anacoreta Correia (ex-Secretário de Estado dos Transportes), Carmona Rodrigues (exMinistro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações),

José Manuel Viegas (Prof. do Instituto Superior Técnico), Oliveira Marques (Prof. da Universidade de Economia do Porto), Álvaro Costa (Prof. da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto), entre outros, que se juntaram a um total de 300 pessoas que encheram o Centro de Congressos da Alfândega, na cidade do Porto. “Organizar, Contratualizar, Financiar o Transporte Público” foi o tema escolhido pela associação para promover a reflexão e o debate sobre o actual estado do sector, tendo em atenção estes três grandes elos que podem accionar medidas

geradoras de mais emprego, riqueza, eficácia e sustentabilidade no serviço prestado pelos operadores do sector. Organizar sistemas de transportes adequados às necessidades das populações, contratualizar serviços de transporte agrupados a um mercado mais livre e sobretudo mais competitivo, tendo em conta a qualidade do serviço prestado e a sustentabilidade. Por último, financiar o sistema de transportes públicos, uma responsabilidade de todos os agentes do sector, sem jamais esquecer de destacar, o papel primordial do operador, do gestor do território e do estado.

III Fórum

Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS riqueza nacional, gerador de emprego e potenciador de melhorias qualitativas na prestação do seu serviço». Neste âmbito, o Presidente da ANTROP, lembrou a todos os participantes que o Governo tem optado sempre pela «solução mais simples, a de absor ver a legislação comunitária sem nenhuma estruturação interna», adoptando medidas e regulamentos que nem sempre são os mais adequados à realidade do sector, dando o exemplo do «REG 1370/2007, o regulamento comunitário que determina a obrigatoriedade da implementação da contratualização do serviço

público de transporte até 2019. É neste contexto que se revela importantíssima a união do sector em torno da ANTROP, enquanto interlocu-

3 Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Luís Cabaço Martins «A ANTROP foi formada por pequenas empresas que, devido à sua dimensão, escaparam em 1975 à onda de nacionalizações que se verificou no nosso sector», lançou o Presidente do Conselho Directivo da ANTROP, dando assim, início ao seu discurso de abertura. Com uma retórica bastante coerente, Cabaço Martins salientou que a realização do III Fórum ANTROP é feita com o intuito de «(...) promover a reflexão e o debate sobre as matérias que poderão, a nosso ver, apontar o nosso sector no caminho da sua sustentabilidade, isto é, um sector criador de

ANTROP

Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS tora das Instituições Nacionais e Comunitárias, com capacidade para influenciar e participar activamente na definição das políticas e da legislação aplicáveis ao sector». Acusou mesmo o Estado de ser parcial, de continuar de «costas voltadas e de olhar com indiferença os operadores privados. (…) Tem tido como padrão do sector as empresas

públicas, para as quais tem regularmente transferido verbas avultadas sem quaisquer critérios, permitindo-lhes ocupar um mercado que à luz da regulamentação actual não lhes pertence» – reforçando assim, uma necessária e urgente igualdade entre os diferentes operadores. No que concerne o futuro, Cabaço Martins salienta que deGiancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

3 verá ser feita uma «aposta na economia e nos agentes económicos, no seu potencial e capacidade de intervenção e inovação, (…) colocar o transporte público de passageiros em lugar compatível com a qualidade, o profissionalismo e a capacidade dos nossos empresários e gestores, mas também com a importância estratégica do sector para o desenvolvimento económico do país». Sem esquecer, ainda, de dar a sua opinião sobre a situação económica do país, o presidente da ANTROP referiu que «Portugal encontra-se hoje numa verdadeira encruzilhada. E essa encruzilhada

III Fórum

Janeiro – Fevereiro 2011


passageiros, ganhem ainda mais enfâse e, consequentemente, o sector fortaleça a sua óptica nos serviços prestados aos passageiros. 0 Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

nove novas empresas. O dia seguinte, 27 de Novembro, colmatou com o último tema do Fórum “Sustentabilidade do Sector dos Transportes”, seguido do lançamento e apresentação do livro “35 anos da ANTROP” escrito por Paulo Oliveira, homenageando e relatando três décadas e meia de existência de uma associação que têm sido o rosto, o apoio e amiga de muitas empresas do sector. Em síntese, mais transparência, optimização, eficiência e rentabilidade foram algumas das acções sugeridas pelos oradores para que a gestão das empresas do transporte pesado de

EVENTS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

ganha uma particular ênfase no sector dos transportes». A ANTROP encerrou o primeiro dia com um jantar de gala, que decorreu em Vila Nova de Gaia, numa cerimónia que ser viu de recepção aos novos associados: Carristur, de Lisboa; Corgobus, de Vila Real; Covibus, da Covilhã; Trevo, de Évora; Joaquim Gomes Calçada, de Arouca; Sociedade de Transportes do Caramulo, de Vila de Besteiros (Tondela); Charline, de Oliveira de Azeméis; Transcunha, de Viana do Castelo; UTS, de Ponte de Lima. O número de associados da ANTROP passou a ser então de 114, com a adesão de

ANTROP

Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS

5º Seminário de Transporte em Autocarro

MANUAL DO MOTORISTA ARP A ARP (Associação Rodoviária de Transportadores Pesados de Passageiros), apresentou no passado dia 06 de Fevereiro, na Nazaré, no decorrer da V Convenção Nacional, o Manual do Motorista ARP. Trata-se de uma obra com 60 folhas, que aborda vários temas relacionados com o bom desempenho da condução e tarefas adstritas. O manual é constituído por procedimentos que relacionam a empresa, a actividade, o motorista, a viatura, a condução e o serviço prestado, pretendendo que este passe a constituir um instrumento essencial no exercício da actividade.

Janeiro – Fevereiro 2011

Gestão operaciona manutenção d


“Gestão operacional de transportes e manutenção de autocarros” foi o tema do 5º Seminário de Transportes em Autocarro realizado em Fátima, contando com a participação de uma centena de representantes de empresas. Marcado sobre a importância da manutenção preventiva das viaturas, o 5º Seminário recebeu a participação de ilustres oradores, entre os quais, o Eng. José Luís Carreira (Fátima Mundi – Agência de Viagens e Turismo e Peregrinações, Lda.), o Eng. José Cerqueira (Evobus Portugal, S.A.), Dr. Marco Silva (Auto-Sueco, Lda.) e o Eng. Rui Timóteo (Scania Portugal, S.A.). Os presentes tiveram a oportunidade de assistir a uma apresentação feita pela Trenmo,

al de transportes e de autocarros

EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

com a exibição de um módulo sobre o sistema de gestão operacional para transporte rodoviário de passageiros, vocacionado especificamente para a gestão de alugueres, denominado «Castor – Gestão de Alugueres». Paralelamente, a Seepmode, especialista inovadora na área dos tacógrafos, abordou o tema das alterações introduzidas aos incumprimentos dos tempos de condução, pausas e tempos de repouso, e de software que permite a leitura e visualização dos cartões tacográficos e discos analógicos. Em suma, a ARP tem mostrado ser uma forte interveniente no sector do transporte de passageiros, de tal forma activa que realizou recentemente a sua 5ª Convenção Nacional, nos dias 5 e 6 de Fevereiro, em Nazaré. Neste encontro, entre outras acções, foi destacado um seminário sobre «Tacógrafos – tempos de condução e repouso: implicações práticas dos regimes Português, Francês e Espanhol» dirigido por Jésus Magariños Negreiro, agente da inspecção de transportes e decisor de 1ª instância de autos de contraordenação em Espanha. 0

Janeiro – Fevereiro 2011


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

| Ana Bela Nogueira

«A IAA não é apenas a mais importante feira internacional de transporte, logística e mobilidade, é também a primeira feira depois da crise em que as empresas do sector apresentam as suas principais inovações», principiou Matthias Wissmann, Presidente da VDA (Verband der Automobilindustrie – Federação Alemã da Indústria Automobilística), por altura da cerimónia de abertura da feira. Entre os dias 23 e 30 de Setembro de 2010, a 63ª edição da IAA (Internationale Automobil Ausstellung) marcou um “nítido sinal de um novo começo”, recebendo 1.751 expositores de 43 países, 272 dos quais marcaram a sua estreia mundial no Salão de Hannover. Representando um novo arranque, a todo o gás, do sector automotivo, as grandes marcas também já nos habituaram as suas fantásticas novidades que por estas ocasiões fazem sempre questão de apresentar. O Strada mais uma vez, testemunhou em primeira mão, as novidades do sector dos Buses.

Janeiro – Fevereiro 2011

ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

63ª IAA


EVENTS Janeiro – Fevereiro 2011


MAN Lion’s City

Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS


Hybrid Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

mo de combustível e as emissões podem ser reduzidos ainda mais. Na verdade, os autocarros urbanos passam entre 25% e 40% do seu tempo parados em semáforos e paragens de autocarros. O MAN Lion’s City Hybrid é accionado por dois motores de tracção eléctricos com 75 kW de potência, respectivamente. Em conjunto, os dois motores eléctricos atingem uma força no máximo de 3.000 Nm. O MAN Lion’s City Hybrid ganha também pontos em comparação com os autocarros convencionais noutra ferramenta: sem uma engrenagem convencional, o Lion´s City Hybrid acelera da posição parada e sem interrupção da força de tracção para a velocidade de marcha desejada – isto significa um ganho em conforto para os passageiros e para o motorista. O económico motor diesel de moderna injecção common-rail respeita a Norma EEV (Enhanced Environmentally Friendly Vehicle) e dispõe de um filtro de partículas regulado CRTec®, que filtra até 99% das partículas.

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Após vários anos de trabalho de pesquisa e desenvolvimento, bem como de ensaios intensivos no laboratório e na rua, a MAN lança no mercado o novo Lion’s City Hybrid. É um inovador autocarro urbano que representa mais ecologia e economia na mobilidade urbana e é nitidamente mais eficiente do que o mais moderno autocarro urbano a diesel de construção convencional. O MAN Lion's City Hybrid consome até menos 30% de combustível do que um autocarro urbano convencional, o que corresponde também a uma redução até 30%.de CO2. Na realidade, os veículos até 18 toneladas de peso são conduzidos a velocidades médias e baixas, acelerando inúmeras vezes até uma velocidade de 40 a 50 km/h e logo depois são novamente desacelerados até à sua imobilização. O inovador autocarro Low-Entry com accionamento híbrido de série, ao contrário, recupera a energia de travagem e transforma-a em energia de propulsão. Com o sistema “Start & Stop” automático no Lion's City Hybrid, o consu-


Volksbus

Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS


o autocarro brasileiro Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

A MAN Latine América tinha em exposição um modelo Volksbus 18.320. Com suspensões pneumáticas e propulsionado por um motor Cummins de 320 cv (235 kW) Euro3. A Linha Volksbus é destinada aos mercados da América Latina e continente Africano, uma vez que oferece chassis económicos para aplicações urbanas e rodoviárias nestes países. A já consagrada tecnologia dos chassis e dos sistemas de travagem assegura uma manutenção simples e de baixo custo. Os chassis são montados pela MAN Latin America, no Brasil, e as carroçarias são montadas por fabricantes especializados dos territórios onde estes serão comercializados.


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Janeiro – Fevereiro 2011

NEOPLAN a grande novidade


deliciar a vista no exterior, mas que abrange, também, todo o interior, os espaços bem definidos e atractivos, oferecem aos passageiros, a possibilidade de desfrutar do mais agradável conforto e prazer de viajar, privilégio que estes luxuosos autocarros facultam. A tecnologia de ponta, utilizada na construção, complementa o aspecto estético e torna-os todos, embaixadores de um produto que marca a diferença no mundo inteiro. Não podemos esquecer que o Cityliner é um verdadeiro campeão de vendas! O Starliner, actualmente, representa o “ne plus ultra” nos produtos “premium” do mundo dos autocarros de turismo, exemplar, que cada frota de prestígio, deveria/gostaria de possuir/exibir. Finalmente, com mais de 40 anos de experiência na construção de autocarros de turismo de dois andares e mais de 4.000 exemplares vendidos, a NEOPLAN impressionou os visitantes com o seu novo Skyliner, que será comercializado a partir de 2012. O coração propulsor deste Skyliner será o bem reputado motor D26 common rail de 505 cv (371 kW) EEV com sistema EGR, o mesmo que equipa também o Starliner. As motorizações dos NEOPLAN são todas de elevado desempenho, económicas e amigas do ambiente.

Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

Com 75 anos de história, desde que Gottlob Auwärter tomou conta da oficina do pai e iniciou a construir carroçarias para camiões e autocarros sobre chassis de todas as marcas. Rapidamente, a especialidade da sua empresa tornouse na construção de autocarros de luxo panorâmicos, com enormes superfícies vidradas. A inovação e o requinte, bem como o design, foram desde sempre atributos que Gottlob Auwärter considerou de elevado relevo para a construção de veículos de prestígio. Foi em 1953 que Gottlob Auwärter estreou o novo nome NEOPLAN, iniciando a produção do seu primeiro autocarro com carroçaria autoportante. A partir deste momento, a história fala por si, com inúmeros sucessos e veículos construídos com um elevado standard de qualidade. No stand do Grupo MAN, a NEOPLAN tinha em exposição três dos seus prestigiados produtos: Cityliner, Starliner e o novo Skyliner. As actuais línhas aerodinâmicas com elevado efeito de fluidez, marcam o excepcional gosto que os designers conseguiram impor nestes maravilhosos veículos, obrigando a qualquer um que os observe, a ficar fascinado por tamanha e inconfundível beleza. Além deste design vanguardista, que não se limita somente a


Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS


A excelente qualidade e confoto que a Setra dá aos seus produtos foi motivo de atenção por parte dos visitantes durante a IAA. Uma geração completamente nova de bancos para passageiros, o seu primeiro autocarro com o distintivo ecológico (Blauer Umweltengel), motores EEV sem filtro de partículas, assim como novos e inovadores equipamentos foram os destaques da marca. MultiClass, ComfortClass e TopClass da Setra serão em 2011 uma gama jovem e resplandescente no mercado. Trata-se de uma linha de autocarros de luxo, altamente ecológicos e com uma segurança e polivalência excepcionais. A verdade é que a Setra distingue-se entre as demais, pelos seus atributos típicos: máxima comodidade e segurança aliados a uma aerodinâmica elegante e um design ultra-moderno. Os novos assentos são uma lufada de modernidade e conforto que só quem vê, toca e percorre somente alguns quilóme-

tros sentado nestes majestosos assentos sabe a comodidade que estes proporcionam – conjugando um design perfeito com funcionalidade. Aliás, graças à utilização de materiais de construção leves, foi possível reduzir claramente o peso de cada assento duplo. Assim, num autocarro de 12 metros de comprimento, a redução chega a um total de 70 kg. Ainda, a sua vertente altamente ecológica também é um aspecto central para a Setra. Agora, todos os modelos com motores de 6 cilindros estão homologados com a norma EEV, sem necessidade de incorporar um filtro de partículas. Conforto, versatilidade e segurança são as palavras-chave para definir os autocarros topo de gama, que a Setra apresentou em Hannover. Aliás, a marca serviu de artéria de conexão com o grande destaque da Daimler “Shaping Future Transportation”, características dominantes para o transporte do futuro.

Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

Setra sempre na vanguarda


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Janeiro – Fevereiro 2011

VDL Futura O Futura pretende assumir-se como uma referência no que concerne a poupança de combustível e a redução de emissões nocivas ao meio ambiente. Com um design aerodinâmico, todo o conjunto recebeu uma especial atenção, na dianteira o logotipo está bem evidenciado em conformidade com linhas minimalistas, enquanto a traseira também recebeu um cuidado especial, apresentando um design particular servindo para reduzir a área de baixa pressão atrás do autocarro. Tudo foi pensado no conforto do passageiro: a suspensão dianteira dispõe de um sistema pneumático controlado electronicamente, com piso totalmente plano. Com uma nova geração de bancos, que podem ser adaptados a cada cliente, consoante desejem estar dispostos, e o sistema de climatização completam o conforto do passageiro, proporcionando uma temperatura agradável em todas as condições climatéricas, podendo disfrutar da viagem com o máximo aconhego. No que diz respeito à mecânica, estão disponíveis motores de seis cilindros em linha de origem DAF. As versões de dois eixos recebem os motores Euro5 ou EEV.


Citea vence o troféu Bus of the Year 2011 Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

VDL Citea

O autocarro Citea da VDL Bus & Coach levou para Eindhoven, na Holanda, o troféu «Bus of the Year 2011». A escolha do júri, composto por jornalistas de 19 países europeus, especializados no sector automotivo elegeu o Citea, pela sua «usabilidade prática, acabamento, conceito e eficiência». O autocarro oferece aos passageiros todo o conforto e as características de condução são de alta qualidade. Rémi Henkemans, Director da VDL Bus & Coach, mostrou toda a sua satisfação por a empresa ter vencido este troféu: «ser premiado com o “Bus of the Year 2011” mostra que nós e os nossos produtos estamos entre a elite europeia. Este prémio demonstra que o transporte internacional de passageiros consolida o nosso know-how e experiência no campo dos autocarros citadinos». O VDL Citea é um autocarro equilibrado e harmonioso, com um design de piso baixo que facilita, consideravelmente, as reparações e a manutenção. As positivas percentagens de venda internacionais constatam o quão excelente e inovador é o design do Citea.


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Superbus é um novo conceito de transporte público, inventado pelo holandês Wubbo Ockles, da Delft University of Technology, combinando viagem de alta velocidade com a flexibilidade de um veículo de estrada. O Superbus é tão longo e largo como um autocarro normal. A estrutura e o corpo são feitos de carbono. A forma aerodinâmica deste veículo fá-lo altamente eficiente. A circulação do veículo a 250 km/h gasta tanta energia quanto um autocarro normal a 100 km /h.

Sup Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Os 23 passageiros têm um ambiente espaçoso, com bancos de luxo, como se estivessem a passear numa limusina. As 16 portas permitem um fácil acesso aos passageiros, oferecendo um ser viço rápido e prático, basta que façam o seu pedido para viajar via sms ou internet. O Superbus pode circular em estradas normais e rotundas. As suas baterias darão uma autonomia de 200 km e serão trocadas quando descarregadas. O potencial e o desempenho do Superbus, foi estudado pelo Ministério dos Transportes da Holanda tendo sido baseado na tecnologia do comboio de alta velocidade e do Magnetic Levitation Train.

perbus Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS

Scania A Scania levou para Hannover os autocarros Touring e OmniCity. Por ser a sua estreia, o Scania Touring foi o centro das atenções – construído em cooperação com o fabricante chinês Higer – é um eficaz e atractivo autocarro do século XXI, de piso elevado produzido de acordo com as especificações de qualidade da Scania. De acordo com declarações da casa sueca, «os passageiros de hoje são um reflexo da grande diversidade do nosso mundo. No entanto, todos apreciam um design elegante, capaz de transformar uma viagem longa numa experiência única. O Scania Touring não irá apenas satisfazê-lo, irá superar as suas expectativas com um estilo exclusivo de segurança e conforto, agradando certamente a todos os gostos». Por sua vez, o Scania OmniCity também recebeu bastante destaque – trata-se de um autocarro citadino totalmente em alumínio, com um Low-Entry elegante. O motor transversal de 9 litros (diesel ou etanol) e o eixo motor pórtico fornece a máxima comodidade em rotas no centro da cidade. Em suma, a estratégia da Scania é oferecer aos clientes, camiões, autocarros e motores completos que correspondam às necessidades e expectativas do mercado. 0

Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS 141568

2653589793 23 159 8 14

9643339732 17 693 1 7 97

Consultoria, Contabilidade e Gestão 3.

0

& PI, LD A CM

Rua Cónego Maio, 115 R/c C São Bernardo 3810-089 Aveiro Tel/Fax: +351 234 343 530

carlos@cmarques.org

Janeiro – Fevereiro 2011

83279502 433 88 26 41 46


Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS

Entre os dias 16 e 19 de Novembro de 2010, decorreu a 10ª edição da FIAA (Feira Internacional del Autobús y del Autocar), nas instalações da IFEMA, em Madrid, onde cerca de 200 empresas estiveram em exposição, numa área com mais de 20.000 m2. A décima edição da FIAA é a vitrina mais desejada pelos profissionais da indústria de transportes rodoviários de passageiros, para expôr as suas novidades a todo o mundo. As tendências e os mais recentes avanços tecnológicos que apresentam soluções na redução da poluição, através de autocarros eléctricos ou híbridos foram os maiores destaques apresentados pelas grandes marcas, que mais uma vez, mostraram o que de melhor sabem fazer. A presença de todos os segmentos da indústria do sector dos autocarros, com os seus produtos e serviços e o reconhecimento internacional da FIAA, fazem desta feira bienal, um centro de marketing e publicidade, de compra e venda de veículos e acessórios, disseminado entre profissionais e os meios de comunicação de todo o mundo – o Jornal Strada, mais uma vez, foi conhecer “in loco” as mais recentes novidades do sector.

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

2


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

010

Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

FIAA


Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS


Vinda directamente de Munique, a MAN apresentou 3 grandes novidades no seu stand: o Lion´s City, o Lion's Coach Supreme e o Cityliner C Spirit Edition da NEOPLAN. MAN Lion's City Hybrid O MAN Lion's City Hybrid é um autocarro urbano, que emana modernidade por todo o lado. Amigo do ambiente, este modelo da MAN consome até menos 30% de combustível do que um autocarro urbano convencional, o que corresponde também a uma redução até 30% de CO2. Com Low-Entry e o motor híbrido de série, este MAN, recupera a energia de travagem e transforma-a em energia de propulsão. Com o sistema “startstop” automático no Lion's City Hybrid, o consumo de combustível e as emissões podem ser reduzidas ainda mais, já que este tipo de veículo passa entre 25% e 40% do seu tempo parados em sinais vermelhos e paragens de autocarros. O MAN Lion’s City Hybrid é accionado por dois motores de tracção eléctricos com 75 kW de potência, acoplados atra-

3

Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

MAN NEOPLAN


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

vés de um redutor epicicloidal. Em conjunto, os dois motores eléctricos atingem uma força no máximo de 3.000 Nm. O moderno autocarro ganha também pontos em comparação com os autocarros convencionais noutra ferramenta: sem uma engrenagem escalonada convencional, o Lion´s City Hybrid acelera da posição parada e sem interrupção dá força de tracção para a velocidade de marcha desejada – isto significa um ganho em conforto e segurança para os passageiros e para o motorista, completando a excelente concepção modular criada para vários modelos e para todas as necessidades. Lion's Coach Supreme Dentro do segmento dos coaches (autocarros para longas distâncias), a MAN apresenta o elegantíssimo Lion's Coach Supreme, um modelo equipado com um potente motor common-rail de 480 cv que está em conformidade com a Norma EEV (Enhanced Environmentally friendly Vehicle). Graças à tecnologia MAN PURE DIESEL, composta pelo filtro MAN PMKAT®, as rigorosas normas ambientais são cumpridas sem um complexo tratamento posterior dos gases de escape e sem aditivos. Nesta situação, para alcançar a Norma EEV, os fabricantes de motores MAN apostam numa recondução dos ga-

Janeiro – Fevereiro 2011


Cityliner C Spirit Edition «O Cityliner tem influenciado significativamente o mercado europeu de autocarros de turismo», declarou fonte da NEOPLAN, por ocasião da feira. O novo Cityliner C Spirit Edition cumpre também a Norma EEV, que, graças à tecnologia MAN PURE DIESEL e com o filtro de partículas standard, reduz o peso até 170 kg. Para além de ser um veículo ecológico, espalha ao olhar de toda a gente, uma moderna tecnologia com um design inconfundível. Por sua vez, proporciona a máxima segurança aos passageiros através de equipamentos como o programa de estabilidade (ESP), Cruise Control adaptativo (ACC) e Lane Guard System (LGS).

Janeiro – Fevereiro 2011

EVENTS

ses de escape (AGR). Para além deste componente, o Lion's Coach Supreme está equipado com o Cruise Control, o programa de estabilidade (ESP), o sistema EBS com ABS, controlo permanente de tracção (ASR), entre outros. O elegante e moderno design, aliado à qualidade do equipamento e acessórios de segurança comprovam que o Lion's Coach Supreme é uma demonstração única de como o luxo e a eficiência podem estar mutuamente interligados.


Janeiro – Fevereiro 2011

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS


EVENTS

Outras novidades MAN Além das novidades já mencionadas, a marca alemã expôs também vários componentes diferentes, tais como o filtro CRTec e três tipos de motor: o D0836 LOH Common Rail EEV para autocarros urbanos, o D2676 LOH Common Rail EEV para coaches (longas distâncias) e o LUH E287602 GNC para autocarros movidos a gás natural.

Janeiro – Fevereiro 2011


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

EVENTS Evobus

Janeiro – Fevereiro 2011


Tourismo RH No Hall 10 das instalações da IFEMA, estiveram em exposição duas versões do Tourismo RH. Equipado com os mais económicos motores Euro5 de tecnologia BlueTec, caixas de velocidades manuais ou automatizadas da Mercedes-Benz, incorpora, também, ESP (Electronic Stability Programme), EBS (Electronic braking system), DBL (limitador automático de velocidade em descidas) e ASR (controlo permanente de tracção). Um conjunto de sofisticados equipamentos e uma ampla variedade de soluções, a par de conforto e qualidade dão ao Tourismo RH um retoque adicional de primazia. O Tourismo RH de 12m está homologado com 51 lugares sentados e 22 lugares de pé. Citaro G BlueTec Hybrid O público da FIAA também ficou a conhecer o Citaro G BlueTech Hybrid, com 18m de comprimento, é o único autocarro articulado híbrido que pode efectuar trajectos apenas

com propulsão eléctrica, não recorrendo ao motor diesel. Para tal, dispõe de quatro motores eléctricos nos cubos das rodas para obter electricidade que carrega as baterias de iões de lítio. A energia eléctrica pode, por exemplo, ser gerada durante a acção de travagem nas descidas. Porventura, também pode ser fornecida por um gerador accionado por um motor diesel. O interior oferece uma lotação para 125 pessoas, incluindo 46 lugares sentados. Sprinter City 77 em estreia Ibérica Um mini-bus urbano foi outro grande destaque no stand da marca de Stuttgart. Trata-se do Sprinter City 77, um veículo com três eixos, 1,99m de largura e 8,7m de comprimento. A carroçaria, com rodado traseiro duplo e Low-Entry contínuo, foi exclusivamente desenvolvida para o Sprinter City 77. Com capacidade para 40 passageiros, assegura rapidez no fluxo de passageiros e facilidade de embarque e desembarque, sendo a solução ideal para transfers e viagens rápidas e curtas em aeroportos, hotéis, eventos e outros serviços. Como é extremamente fácil de manobrar, ajusta-se perfeitamente às vias estreitas. O interior é bastante espaçoso e atraente, com amplas janelas e grandes portas de vidro.

EVENTS

Quais foram os maiores destaques da Mercedes-Benz na FIAA? Tendo em conta o excelente design, segurança, flexibilidade, economia e rentabilidade da marca, as grandes novidades centraram-se, sobretudo, em três nomes: o Tourismo RH, o Citaro G BlueTec Hybrid e o Sprinter City 77.

Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Solaris Alpino O Alpino é a mais recente novidade da Solaris. Este novo autocarro foi concebido para dar resposta às necessidades específicas dos clientes. Com um comprimento de 8,6m de comprimento, 2,4m de largura e com uma lotação de 14 lugares sentados e espaço para duas pessoas com mobilidade reduzida, é ideal para estreitas e sinuosas ruas de cidades em regiões montanhosas. Aliás, o seu nome já diz muito! O veículo é equipado com um motor Cummins, caixa de velocidades ZF e cumpre a Norma EEV. Este novo modelo da Solaris é a solução perfeita para as empresas de transporte que operam em pequenas aglomerações. A primeira remessa de veículos Alpino já foi adquirida pela empresa catalã, Transportes Municípios del Girones (TMG), que implica «um passo importante para a Solaris no mercado espanhol» declarou Solange Olszewska, CEO da Solaris Bus & Coach.

Janeiro – Fevereiro 2011

Urbino 12 Para além do Alpino, a Solaris também teve em exposição o seu Urbino 12, que, por sua vez, foi concebido de acordo com especificações para o mercado alemão. Todos estes veículos estão equipados com motores de reduzida emissão de gases obdecendo à exigente Norma Euro5, o que traz claros benefícios para o meio ambiente, contribuindo, por sua vez, para a sustentabilidade do transporte público. Por fim, um outro Urbino 12, esteve em exibição na FIAA, onde todos os profissionais, puderam testá-lo ao nível da condução e do conforto.


EVENTS Janeiro – Fevereiro 2011


EVENTS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Scania

Janeiro – Fevereiro 2011

No stand 11 do Hall 8, num espaço com mais de 900 m² de exposição, a marca sueca apresentou aos visitantes, os seus mais recentes destaques, sendo que o Scania Touring foi o mais aplaudido. Scania Touring Por ocasião da sua estreia em terras ibéricas, o Scania Touring foi o centro das atenções desta bienal. As forças da casa sueca e do constructor chinês Higer resultaram num belíssimo, eficaz e atractivo autocarro do século XXI. Mede 12m de comprimento, tem uma capacidade para 51+1+1 lugares e é ideal para serviços turísticos. De acordo com declarações da casa sueca, «os passageiros de hoje são um reflexo da grande diversidade do nosso mundo. No entanto, todos apreciam um design elegante capaz de transformar uma viagem longa numa experiência única. O Scania Touring não irá apenas satisfazê-lo, irá superar as suas expectativas com um estilo exclusivo de segurança e conforto, agradando certamente a todos os gostos». Está disponível em duas versões: Comfort e Classic.


EVENTS

Conclusão Num momento em que o mundo está a braços com uma profunda crise económica, a FIAA contrariou essa vertente menos positiva concluindo a sua edição com resultados satisfatórios. Entre outras aspectos, testemunhou um aumento no número de visitantes em cerca de 15% em relação à edição anterior (2008), tendo recebido cerca de 10.257 visitantes. Deste número, 70% foram os principais operadores nos diferentes sectores que compõem a indústria de transportes rodoviários de passageiros, nomeadamente, fabricantes de carroçarias, chassis e fabricantes de outros equipamentos, provenientes de 50 países. A maior percentagem era composta por profissionais de Portugal, que representaram quase 38% do número total de visitantes estrangeiros, seguidos pelos profissionais italianos, alemães e britânicos. No que respeita os visitantes espanhóis, depois dos profissionais de Madrid, que representaram 37% do valor total, os maiores grupos de profissionais participantes na feira eram provenientes da Catalunha, Andaluzia e Castela-Leão. Paralelamente, outro indicador que comprovou o grande interesse despertado pela 10ª edição da FIAA entre os profissionais, residiu no facto de que nesta feira foi verificado um grande número de Test-drives, num circuito específico dentro da IFEMA, onde puderam testar, em primeira mão, as mais recentes novidades. Em suma, a FIAA provou, mais uma vez, ser um evento ideal para a indústria dos Buses, dando a oportunidade a todos os profissionais do sector em conhecer, testar e comparar as grandes novidades, criando oportunidades de negócio e impulsionando, consequentemente, contactos para futuras transacções comerciais. 0 Giancarlo Terrassan

Janeiro – Fevereiro 2011


Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

NEWS

autocarro 10

| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

Desenvolvido e produzido pela CaetanoBus do Grupo Salvador Caetano e em estreita parceria com a EFACEC, o primeiro autocarro português totalmente eléctrico acaba de sair da linha de produção. Na cerimónia de apresentação, no dia 22 de Fevereiro, em Vila Nova de Gaia, o Primeiro-Ministro José Sócrates , foi convidado de honra, aplaudiu o projecto e até prometeu políticas que visam fomentar a mobilidade eléctrica.

3

Janeiro – Fevereiro 2011

Caetan


noBus

Janeiro – Fevereiro 2011

NEWS

00% eléctrico


NEWS

Com um investimento de 4 milhões de Euros, o «Caetano 2500 EL é a primeira de muitas unidades (…) destinadas ao transporte colectivo em circuitos rotineiros e delimitados, ou seja, para o meio urbano e para aeroportos», começou por referir o presidente da Caetano Bus, José Ramos. Caetano 2500 EL A larga experiência do Grupo Salvador Caetano no que concerne as necessidades de autonomia, circulação e capacidade dos veículos, levou José Ramos a afirmar que o Caetano 2500 EL «pode ser uma alternativa mais económica e amiga do ambiente às soluções tradicionais de transporte urbano». Para além de ser «uma solução versátil, com 8 a 10 horas de utilização diária

para um circuito citadino típico e com uma autonomia de 100 km proporcionada por baterias de lítio, o nosso autocarro eléctrico está pensado para uma movimentação diurna e um carregamento nocturno». O autocarro eléctrico poderá ter entre 10 e 14 metros e 50 a 70 lugares, e será comercializado com a marca Caetano e Cobus. O Caetano 2500 EL chegará ao mercado a custar cerca de 500 mil Euros com as baterias incluídas, um valor que «pode ter uma redução com o desenvolvimento do processo de fabrico», afirmou o Presidente da Caetano Bus. Tratando-se de um projecto pioneiro em Portugal com forte hipótese de colocar o país numa posição de destaque respeitante ao desenvolvimento mundial da mobilidade eléctri-

ca, com a produção do Caetano 2500 EL «(…) e uma maior disponibilidade de transportes colectivos urbanos eléctricos levaria a uma redução do tráfego urbano e consequente descongestionamento das cidades, com efeitos directos na qualidade do ar, no ruído e na circulação urbana, para além de contribuir para uma melhoria no balanço energético do País (…) comprovando-se a visão do Governo para a mobilidade sustentável». Ainda segundo José Ramos, o Caetano 2500 EL para além de «(…) ser um incentivo ao consumo de produtos feitos em Portugal» é também «uma prova de capacidade produtiva nacional». A propósito, José Sócrates, durante o seu discurso disse mesmo que o autocarro eléctrico é

3 Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

3

3

Janeiro – Fevereiro 2011


NEWS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada 150437

«o nosso autocarro eléctrico está pensado para uma movimentação diurna e um carregamento nocturno»


NEWS Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

3 «um bom contributo para pôr Portugal na linha da frente da utilização das energias renováveis, um bom contributo para pôr Portugal na linha da frente da mobilidade eléctrica, um bom contributo para pôr Portugal na linha da frente daquilo que é a investigação e desenvolvimento no sector da energia». Tecendo largos elogios à concepção do projecto Caetano 2500 EL, à sua importância enquanto transporte público eficiente e à estreita relação com o meio ambiente, o Primeiro-Ministro deixou no ar, «haverá melhor incentivo à qualidade de vida para as cidades do que ter autocarros que não fazem barulho e não têm emissões?». Discursando em torno das energias renováveis e da importância da mobilidade eléctrica, José Sócrates, aplaudiu ainda mais uma vez «este autocarro tem muito de investigação e desenvolvimento, tem muito de contributo de inteligência de Portugueses (…) e é disto que o País precisa.» Já com dois protótipos fabricados, começarão a ser testados em Abril – um autocarro vai para a Alemanha e o outro será testado nas ruas de Vila Nova de Gaia. “100% amigo do ambiente”, económico e inovador, o Caetano 2500 EL

Janeiro – Fevereiro 2011


NEWS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

é um projecto de futuro que vem dar novo alento à economia portuguesa. A par deste novo projecto, José Ramos referiu ainda que a CaetanoBus estima aumentar a produção para 472 autocarros, um crescimento de cerca de 30%, face aos 366 fabricados em 2010, sendo que grande percentagem dos autocarros produzidos será para exportação. Para isso, já está a contratar pessoas, com a expectativa de encerrar 2011 com mais 40 ou 50 funcionários. 0

Janeiro – Fevereiro 2011


NEWS Solaris

Smart M

políticas in

Janeiro – Fevereiro 2011


| Ana Bela Nogueira ana.bela.nogueira@jornalstrada.net

Todos os anos, os autocarros do mundo inteiro levam os passageiros até aos seus destinos com todo o conforto e segurança e com o menor impacto ambiental de todos os meios de transporte. No entanto, muitas pessoas ainda não se aperceberam a que ponto os autocarros são de facto seguros, ecológicos, económicos, de fácil utilização e eficientes. Smart Move tem tudo a ver com a educação dos decisores sobre os benefícios sociais, ambientais e económicos inerentes aos autocarros. Juntos, podemos criar um sistema de mobilidade verdadeiramente seguro, ecológico, económico, eficiente e fácil de utilizar simplesmente duplicando a utilização dos autocarros.

Solaris

3

nteligentes

Janeiro – Fevereiro 2011

NEWS

Giancarlo Terrassan - Jornal Strada

Move!


NEWS Scania

3 O que pode e deve ser feito Governos de todo o mundo procuram meios para aumentar a segurança rodoviária, reduzir os danos ambientais e satisfazer as necessidades dos seus cidadãos, com os menores custos em temos de tempo e dinheiro. Como elementos-chave da mobilidade sustentável, os autocarros são essenciais para alcançar efectivamente estes objectivos. Smart Move Os autocarros são o meio de transporte colectivo de passageiros mais seguro, ecológico, acessível, fácil de utilizar e eficiente. Como tal, oferecem uma solução optimizada para toda uma gama de desafios de mobilidade que as sociedades modernas enfrentam, incluindo as alterações climáticas, segu-

rança rodoviária, intermutabilidade, inclusão social e congestionamento, entre outros. No entanto, estas qualidades raramente são reconhecidas pelos decisores políticos e líderes de opinião E os autocarros são até muitas vezes incorrectamente associados a problemas geralmente atribuídos ao transporte rodoviário, como a poluição, o congestionamento do trânsito e o ruído. Esta percepção errada conduziu a uma situação em que os autocarros não só tem um subaproveitamente em termos de utilização e contribuição social mas sofrem também de negligência política e, frequentemente, de legislação inadequada, mal informada e até restritiva. Para permitir que o transporte

3

Janeiro – Fevereiro 2011


Janeiro – Fevereiro 2011

Scania

NEWS

petropoulosgroup.gr


NEWS Daimler

Janeiro – Fevereiro 2011


3 de autocarro realize todo o seu potencial na prestação de serviços de mobilidade ecológicos, seguros, eficientes e acessíveis para todos, é absolutamente crucial promover e facilitar ainda mais a sua operacionalidade implementando medidas simples, acessíveis e criteriosas. Este seria na realidade o verdadeiro Smart Move! O objectivo da Smart Move consiste portanto em aumentar a consciencialização política e dos media, de modo a duplicar a utilização do transporte de autocarro a nível da UE e para além da UE. Apenas na Europa, esse aumento teria o seguinte impacto: -Uma redução de CO2 de pelo menos 50 milhões de toneladas por ano; -Uma redução da mortalidade nas estradas e ruas da UE, de mais de 3.000 por ano; -Uma redução espectacular do congestionamento nas cidades a custo zero para os contribuintes, devido à redução

3

Janeiro – Fevereiro 2011

NEWS

Os autocarros fazem parte integrante do transporte público e da mobilidade. São elementos-chave num sistema de transportes sustentável.


NEWS Irisbus

3 de 10-15% prevista no tráfego automóvel; -A criação de 4 milhões de novos postos de trabalho. É possível obter uma mobilidade e opções de viagem mais inteligentes: -Informando-nos e informando os outros sobre os benefícios do transporte de passageiros de autocarro (leia as várias secções do website da campanha Smart Move. Visite também os websites da IRU e Busworld ou dos muitos Parceiros da campanha Smart Move); -Utilizando e promovendo a utilização dos autocarros (é necessária legislação favorável ao autocarro para concretizar todas as potencialidades dos mesmos. As autoridades deveriam estabelecer e promover serviços “estacione-e-vá” e publicitar de forma destacada informação sobre os serviços disponíveis. As autoridades poderiam igualmente desenvolver, em conjunto com os operadores, ferramentas de marketing e esquemas de incentivos para promover uma maior utilização dos autocarros); -Dando prioridade aos autocarros (as autoridades deveriam criar faixas bus especiais ou dar-lhes prioridade nos semáforos, de modo a agilizar os serviços, como já é uma

prática bem sucedida em várias cidades. Deveriam igualmente garantir áreas de estacionamento para autocarros próximo dos centros das cidades e das atracções turísticas com instalações e sinalização adequadas); -Integrando completamente os serviços de autocarro nas redes de transportes públicos colectivos e assegurando um tratamento fiscal justo (as autoridades deveriam ajudar a promover e melhorar os sistemas de venda de bilhetes e instalações de intermutabilidade para permitir transferências rápidas e convenientes entre diferentes meios de transporte públicos, bem como incentivar a cooperação entre estes. Devem igualmente assegurar um tratamento fiscal igual - impostos de circulação, IVA, etc. - entre todos os meios de transporte. -Providenciando fundos para a melhoria das infra-estruturas e dos serviços; -As autoridades têm de investir em melhores infra-estruturas rodoviárias, incluindo terminais de autocarro multimodais e permitir que os autocarros optimizem os seus ser viços conjuntamente com os outros meios de transporte para benefício do passageiro individual e da sociedade no seu todo. As autoridades de-

3

Janeiro – Fevereiro 2011


NEWS Janeiro – Fevereiro 2011


MAN Nutzfahrzeuge

NEWS

3 vem apoiar a privatização dos transportes públicos, uma vez que são os operadores privados que frequentemente disponibilizam as soluções de maior rentabilidade; -Incentivando as parcerias público/privadas (os operadores de autocarros já estão a colher os frutos do seu esforço em melhorar as suas frotas e ser viços. As autoridades locais estão igualmente a colher dividendos das suas abordagens inovadoras às estratégias de transporte e planeamento. O resultado líquido é uma renovada confiança do consumidor exemplificada pela mudança modal para os autocarros que se observa em muitos países, cidades e áreas rurais por todo o mundo. Para concretizar todo o potencial do turismo em autocarro, as autoridades locais, os operadores de autocarros e as atracções comerciais e turísticas devem continuar a trabalhar em parceria e criar condições propícias à expansão das viagens de autocarro. São indispensáveis instalações de estacionamento adequadas, pontos de tomada e largada de passageiros e acessos adequados a atracções turistas, caso as autoridades pretendam tornar as suas localidades ainda mais acolhedoras e atraentes para os turistas que viajam de autocarro. 0

Janeiro – Fevereiro 2011


NEWS Janeiro – Fevereiro 2011


VDL

BUS EDITION

Profile for Ameise Editora

Strada Bus #008  

Strada Bus #008 2011-02-28

Strada Bus #008  

Strada Bus #008 2011-02-28

Profile for ameise
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded