Page 1

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

(92) 3090-1017

Bolha imobiliária:

mito ou realidade?

Profissionais do setor imobiliário dão suas opiniões a respeito do fenômeno que pode – ou não – chegar ao país

A

discussão sobre a existência ou não da bolha imobiliária voltou a ser tema de especulação com a desaceleração nas vendas de imóveis, após um período de euforia do mercado com a construção de vários empreendimentos. Mesmo assim, especialistas do setor descartam essa possibilidade. “O que acontece no Brasil é muito diferente do que aconteceu nos Estados Unidos, em 2008. Nós temos muita oferta de crédito sim, mas com uma liberação do dinheiro feita de forma muito responsável, os

nossos bancos são muito criteriosos”, observa o consultor imobiliário Tiago Borges. Para ele, a mudança no ritmo de vendas foi influenciada, principalmente, pela alta dos preços. “Os preços dos imóveis cresceram acima da renda do brasileiro e ficaram sim, mais caros para a população”, afirma. Ainda segundo Borges, o alto valor cobrado pelo mercado fica mais evidente na hora de financiar o imóvel, quando o consumidor percebe a grande diferença no preço cobrado pela constru-

tora e na avaliação do banco. “Já vi casos de imóveis que o banco avaliou R$ 100 mil a menos do que estava sendo cobrado pela construtora. O cliente não conseguiu financiar, desistiu da compra e ainda teve prejuízo”, conta. O consultor acredita que este cenário já começou a mudar e o Feirão da Casa Própria, realizado no mês passado, foi um grande exemplo disso. “As construtoras baixaram os preços. Pela primeira vez vi uma construtora avalizando menos que o banco. Isso mostra que

as coisas estão mudando, afinal, hoje temos muitos imóveis parados e as incorporadoras precisam girar esse dinheiro”, explica Borges. Para Eduardo Lopes, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon), os preços dos imóveis em Manaus não são tão altos comparados a outros Estados do Brasil. Para ele, essa mudança nas vendas é apenas uma estabilização. “O mercado imobiliário cresceu muito nos últimos 7 anos e agora estamos estabilizando. Talvez até chegue a uma

retração, mas é cedo para falar”, diz. Lopes descarta qualquer possibilidade de bolha imobiliária e também destaca o “feirão” como bom exemplo disso. “A perspectiva era fechar R$ 120 milhões em negócios e foram fechados R$ 131 milhões. Passaram pelo evento 33 mil pessoas”. “Durante o “feirão” ficou claro que atualmente os imóveis destinados para a classe C são os com melhor saída, e essa também pode ser a causa de muitos imóveis não terem tido tanta procura. Nos últimos anos,

muitas construtoras que vieram para Manaus fizeram lançamentos grandes destinados principalmente para as classes A e B e não houve mercado para isso”, observa. O presidente do sindicato acredita que, a partir de agora, “as construtoras precisam analisar bem o mercado e descobrir para quem realmente devem vender”. “Não quer dizer que os imóveis A e B vão parar, mas deve haver uma acomodação sim. De qualquer forma, eles conseguirão vender tudo nos próximos anos”, afirma o presidente.


2

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

Downtown Doral ganha apresentação em Manaus do país, é só entrar em contato com Elite International Realty por meio do site www. eliteinternational.com. Empresa Fundada em 1994 por um empreendedor brasileiro, a Elite International Realty é especialista em compra, venda e aluguel de imóveis comerciais

PRESENÇA

O evento contou com a participação de corretores especializados no mercado imobiliário americano, oferecendo uma oportunidade única para quem pretende investir nos Estados Unidos e residenciais nas cidades de Orlando, Miami e Nova York, nos Estados Unidos. Para facilitar o contato dos clientes com a empresa na hora de buscar um investimento em imóveis, a imobiliária possui representantes em diversas capitais da América Latina, como: São Paulo, Rio de Janeiro, Caracas, Cidade do México, Bogotá, Cali e Lima.

A apresentação para investidores locais foi realizada na última semana pela empresa C&Castro Imóveis, parceira da Elite Realty

NACIONAL ARQUIVO EM TEMPO

M

anaus recebeu na última semana um evento para quem pretende investir em Miami. A consultoria imobiliária Elite International Realty, sediada na cidade norte-americana, e a parceira C&Castro Imóveis apresentaram aos interessados o complexo imobiliário Downtown Doral. O empreendimento, um mix de escritórios, casas e apartamentos, será um sofisticado centro urbano completo, com várias torres de condomínios de luxos, lojas, restaurantes e um pavilhão de exposições. O projeto é assinado pelo prestigiado escritório de arquitetura Sieger Suarez e pela renomada designer Adriana Hoyos. Com preços a partir de US$ 255 mil, o Downtown Doral ainda contará com serviços de manobristas, um fitness center, salas de conferências, parque infantil, espaço comercial, entre muitos outros benefícios. O evento contou com a participação de corretores especializados no mercado imobiliário americano, oferecendo uma oportunidade única para quem pretende investir nos Estados Unidos. Para os interessados em investir fora

REPRODUÇÃO

Empreendimento americano é um mix de escritórios, casas e apartamentos e leva a assinatura do escritório Sieger Suarez

O CNI diz que a expectativa sobre o nível de atividade dos empresários ficou em 52,1 pontos

Expectativa atinge menor nível A Confederação Nacional da Indústria (CNI) anunciou na última semana que o indicador de expectativa sobre o nível de atividade dos empresários da construção para os próximos seis meses ficou em 52,1 pontos – o menor nível desde o início da série, em dezembro de 2009. O indicador de expectativa varia de 0 a 100. Acima de 50 pontos, indica empresários confiantes. A CNI informou também que todos os indicadores de expectativa recuaram em maio. O de novos produtos

e serviços ficou em 52,1 pontos, o de compras de insumos e matérias-primas, em 52 pontos, e o de número de empregados caiu para 52,1 pontos. Os dados foram captados na Sondagem Indústria da Construção e mostram ainda que, em abril, o indicador de evolução do nível de atividade ficou em 45,4 pontos. O indicador do nível de atividade efetivo em relação ao usual alcançou 42,6 pontos. Ambos estão abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que mostra

retração do setor. O indicador de evolução do número de empregados ficou em 46,3 pontos em abril, abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que mostra a queda do emprego no setor. O nível de utilização da capacidade de operação do setor permaneceu estável em 69% pelo terceiro mês consecutivo. A pesquisa foi feita entre 5 e 14 de maio, com 537 empresas, das quais 169 de pequeno porte, 245 médias e 123 grandes. Por Agência Estado

EXPEDIENTE EDIÇÃO Bruno Mazieri

FOTOS Alberto César Araújo

DIAGRAMAÇÃO Leonardo Cruz

REPORTAGEM Bruno Mazieri Mariane Barroco

REVISÃO Dernando Monteiro Gracycleide Drumond Lorena Lima

TRATAMENTO DE FOTOS Adriano Lima


3

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Vitacon apresenta projeto inovador Construtora marca presença na Casa Cor de São Paulo com o apartamento do futuro: até seis versões em um mesmo ambiente com muita tecnologia

N

a última terça-feira (27), iniciou a mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do Brasil, a Casa Cor 2014. Em exposição no Jockey Club de São Paulo, até 20 de julho, a feira conta com a presença da Vitacon Incorporadora e Construtora para apresentar uma das principais novidades e tendências do mercado imobiliário: o apartamento sob medida. O espaço se chama “Futuro Sob Medida” e mostra até seis versões de um “apê” em um mesmo ambiente. “O diferencial deste projeto é unir em um espaço reduzido todas as funções do dia a dia: dormitório, sala de estar, home office, cozinha, sala de jantar e espaço de lavanderia”, conta o CEO da Vitacon, Alexandre Lafer Frankel. O projeto traz um ambiente prático e funcional, com materiais de pouca manutenção, e o próprio morador escolhe se a sala vai se tornar um quarto abaixando a cama que se desprende da parede, por exemplo – tudo sob medida para cada necessidade. “Todos os espaços são projetados com este objetivo. Criamos um estilo de vida sob medida, onde o que importa é o tempo de cada morador. Em grandes metrópoles já está insuportável perder cada minuto com trânsito, demora em serviços e atendimentos, filas. Todo metro quadrado tem que ser bem utilizado”, diz Frankel. O espaço na Casa Cor também visa mostrar como a tecnologia pode ajudar no aproveitamento do espaço e maximizar o uso de cada metro quadrado. Todo o mobiliário do apartamento sob medida é inteligente e tecnológico, integrado com automação (cama, mesa de cabeceira, home office) e com a TV integrada à decoração – automação de iluminação e som e projeção em vidro polarizado.

Inspiração Frankel ressalta que a inspiração para criar um apartamento multiuso partiu de um processo de pesquisa & desenvolvimento no mercado imobiliário de Nova York e Tóquio, cidades que ditam tendências de espaço e arquitetura. A Vitacon se uniu ao designer Graham Hill da empresa Life Edited para levar até São Paulo o conceito aplicado em apartamentos ultra compactos em NY. “O nosso empreendimento tem que refletir 100% das necessidades e desejos do morador”, conta Alexandre. “A sociedade brasileira começa a mudar e ver que não precisa mais sofrer horas no trânsito,

FACILIDADE

Alexandre Lafer Frankel, CEO da Vitacon, acredita que o brasileiro já perde muito tempo com trânsito, distância entre casa e trabalho, fila e o morador merece um apartamento que seja multiuso morar e trabalhar em lugares distantes um do outro. Morar perto do trabalho é economizar um tempo que pode ser aproveitado para curtir sua família, seu tempo de lazer. Não é apenas uma nova tendência, é um novo jeito de se viver. Localização faz parte de um dos diferencias dos empreendimentos da Vitacon. A proposta é que o morador esteja perto de tudo e ganhe em qualidade de vida”. Seu último lançamento – o VN Gomes de Carvalho, na Vila Olímpia – possui unidades de estúdios a partir de 23 metros quadrados, com serviços de hotel adaptados para a comodidade de um apartamento residencial. A proposta é ser multiuso – com móveis adaptados e modernos, o morador pode diversificar os ambientes com até cinco versões em um apartamento.

Linha une conforto e tecnologia O VN Gomes de Carvalho faz parte da linha VN Casa, pensada pela Vitacon para levar todo o conforto, tecnologia e qualidade de vida para quem busca uma nova forma de morar. Em 2013, a empresa inicialmente lançou o VN Casa do Ator e o VN Turiassu, respectivamente na

O projeto conta com um ambiente prático e funcional com materiais de pouca manutenção

Vila Olímpia e Perdizes. Desde então, passou também pelos Jardins, Itaim, Vila Mariana, Aclimação – bairros presentes na lista do metro quadrado mais valorizado de São Paulo. Na mesma linha, no final do ano passado, inovou mais uma vez ao trazer ao mercado o VN Quatá com um

projeto arrojado e com o menor apartamento do Brasil, de 19 metros quadrados. “Isso nos mostra que não importa o tamanho do espaço, do metro quadrado em um apartamento. É possível valorizar e usufruir das facilidades de mobilidade que os VN trazem, como os serviços

de car-sharing, bike-sharing, além da localização dos edifícios. Os apartamentos do futuro são sob medida, e quem decide como organizar seus ambientes é o próprio morador. É esse conceito que a Vitacon apresenta aos visitantes da Casa Cor 2014”, conclui Alexandre Lafer.


4 O hotel está localizado no centro antigo de Manaus

Os valores dos quartos do hotel vão de R$ 260 a R$ 320

Conforto e praticidade Com a mistura dos estilos clássico e contemporâneo, o mais novo hotel de Manaus, batizado de Seringal, aposta na qualidade de atendimento para atrair novos clientes e chega como mais uma opção para a Copa do Mundo

P

lanejado para receber turistas e empresários que buscam conforto, praticidade e turismo regional, o Seringal Hotel, a mais nova opção de hospedagem no Centro de Manaus, está com previsão de inauguração para o início do próximo mês. “Estamos fazendo os últimos trabalhos de acabamento para poder inaugurarmos com

estilo, bom atendimento e conforto, que serão as nossas principais características”, afirma a proprietária Elizangela Rabelo. Instalado em um prédio antigo do centro histórico, a decoração do lugar é um dos principais destaques por reunir elementos clássicos e contemporâneos. “Nos inspiramos nos estilos dos anos 70 e 80, e na sofisticação

do período mais clássico da história do nosso Estado, a era da borracha. Nosso mobiliário é em estilo provençal, os papéis de parede dos quartos remetem àquela época. Daí também que veio a ideia do nome”, explica a empresária. Localizado próximo ao Teatro Amazonas, o hotel conta com 16 apartamentos e 46 leitos. O valor das diárias

variam entre R$ 260 e R$ 320, com café da manhã incluso. “Vamos oferecer um bufê regional, um serviço que também estará disponível para a população em geral que desejar tomar um café da manhã especial fora de casa”, conta. Além disso, o local também contará com uma cafeteria que ficará aberta ao público. As reservas no hotel co-

meçaram a ser feitas nesta semana. “Será uma excelente opção para quem vem a Manaus assistir os jogos e deixou para reservar hotel em cima da hora e não conseguiu vaga em outro lugar”, destaca. Para o período do Mundial, o valor das diárias não sofrerá alteração. Para atrair os novos clientes, o hotel conta com um atendimento diferenciado

de alto padrão. “Dos nossos 14 funcionários, seis falam no mínimo inglês e alguns também falam francês e espanhol”, destaca Elizangela. Eles também trabalharão em parceria com agências de turismo. “Ainda estamos contactando as agências, mas queremos fazer uma trabalho de indicação, além de parceria para passeios e outros serviços”, acrescenta.

Carlos Célio carlos@investimento.net.br

Imóvel ideal para investir ou para morar A compra de imóveis é uma tradição entre os brasileiros. O bem sempre foi visto como uma forma de consolidar o patrimônio e ter a segurança de investir em um ativo real, que ainda pode gerar receitas mensais com aluguel. Mas comprar um imóvel com objetivo de morar ou com a finalidade de investir tem suas diferenças. Em primeiro lugar, quem já tem um imóvel e quer adquirir outro para obter renda precisa procurar empreendimentos que garantam um retorno maior, independentemente da sua localização ou do tamanho. Os apartamentos menores, por exemplo, são mais fáceis de serem alugados e costumam gerar receitas mais interessantes em relação ao investimento. No Sul, os apartamentos de um e dois dormitórios, com metragem entre 40 e 90 metros quadrados são os mais procurados para locação. Justamente por isso, eles têm uma taxa de vacância (desocupação) menor e também garantem um retorno proporcionalmente mais elevado. Em Manaus temos uma característica singular, a grande maioria prefere apartamentos de três dormitórios com pelo menos uma suíte e com fácil acesso ao distrito industrial. Outra opção bastante recomendada para quem deseja investir em imóveis é olhar para as salas comerciais. Apesar de serem mais caras, elas possuem menores taxas de inadimplência. O profissional que a aluga costuma possuir uma receita mensal com o negócio para pagar o aluguel e, como aquela é a sua fonte de renda, ele dificilmente ficará inadimplente a ponto de ser despejado. O imóvel comercial pode se mostrar mais

vantajoso em alguns casos por conta da sua melhor liquidez. Quem quer investir em imóveis deve fazer uma pesquisa com corretores e analisar as áreas de maior potencial de crescimento da cidade. Se o objetivo do investimento for obter retorno com o aluguel, também é preciso se atentar para a demanda, ou seja, pelos inquilinos em potencial. Outro ponto importante é se questionar sobre a rentabilidade que você espera do imóvel. Dependendo da região, é possível cobrar até 0,7% do valor do imóvel. Para descobrir essa porcentagem, é essencial fazer uma pesquisa de campo para saber quanto os outros locatários estão cobrando na região escolhida. Já quem procura um imóvel para morar deve se levar em consideração outros aspectos, focando principalmente na segurança e na qualidade de vida da sua família, é fundamental bons itens de lazer, como academia, piscina, quadra poliesportiva e outros que proporcione bem-estar. É preciso olhar o comércio ao redor e o deslocamento até o local de trabalho. A comodidade e praticidade que o imóvel pode trazer ainda são fatores determinantes na hora da escolha. Economize tempo e dinheiro morando perto do trabalho e da escola dos filhos. Também é importante checar se está no momento certo para comprar o imóvel. Em épocas de inflação alta é a forma mais concreta de você não perder dinheiro, quando há excesso de ofertas você terá mais opções e consequentemente maior poder de negociação. Pense nisso! O seu futuro agradece.

Carlos Célio é corretor de imóveis e perito avaliador

Os apartamentos menores, por exemplo, são mais fáceis de serem alugados e costumam gerar receitas mais interessantes em relação ao investimento”

FOTOS: DIVULGAÇÃO

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014


5

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

Baixa procura para investimentos

grandes terrenos, o que desperta o interesse de empresários que chegam a comprar até três imóveis para construir seu negócio. “O tamanho dos terrenos são excelentes, então vale investir em mais de um imóvel e construir uma grande loja como muitos empresários estão fazendo”, fala Cruz. O aluguel de um ponto comercial com 50 metros quadrados custa em média R$ 1 mil. A grande atividade comercial é um dos destaques do local que possui shopping, supermercado, bares, restaurantes, academia, grandes lojas de materiais de construção e também de produtos tecnológicos. “Nós temos tudo o que precisamos no bairro. Além da feira coberta e mesmo com os problemas que são comuns a outros bairros, gosto de morar nele”, ressalta o vendedor Herlison Silva.

Um dos atrativos é o parque localizado no bairro

REPRODUÇÃO

Segurança O bairro experimentou forte crescimento demográfico, dividindo-se em Japiim 1, Japiim 2 e Japiinlândia. As

inúmeras invasões ocorridas em torno da área comprometeram seu desenvolvimento urbanístico e social trazendo degradação ambiental e falta de segurança. “A falta de segurança é o principal problema do local, o que faz com que algumas pessoas queiram se mudar do bairro e também acaba desvalorizando os imóveis da área, porque ninguém vai querer comprar uma casa com um valor alto, por mais bonita que seja, em um local “perigoso””, afirma corretor de imóveis. O canteiro central da avenida General Rodrigo Otávio com praças, jardins e pistas para caminhadas, é uma das poucas áreas de lazer do bairro utilizadas pelos moradores, mas por estar localizado em uma avenida movimentada, o local atrai muitos moradores de rua e assaltantes. “Não podemos ficar na área até muito tarde, por medo de que aconteça algo”, lamenta a funcionária publica Eliete Cunha, que mora há 20 anos no bairro.

ALTERMAR ALCÂNTRA/SEMCOM

F

ormado predominantemente por casas, o bairro Japiim, um dos maiores da cidade, não possui nenhum edifício residencial. Segundo o corretor de imóveis, Luis Alberto Cruz, a área ainda não despertou o interesse das construtoras, mas ele acredita que esse cenário vai mudar. “É um bairro que ainda vai ser visto, assim como ocorreu com o bairro vizinho, Cachoeirinha, que hoje possui alguns empreendimentos que tiveram excelente aceitação”, observa. Próximo de um dos principais pontos da cidade, o Distrito Industrial, o bairro Japiim tem atraído muitas pessoas interessadas em adquirir um imóvel no local, o que causou uma grande alta nos preços. “Um imóvel que há 3 anos atrás estava sendo vendido por R$ 150 mil, hoje custa R$ 350 mil e, infelizmente, isso acaba fazendo as pessoas desistirem de comprar”, diz Cruz. A maioria das casas do local são antigas e construídas em

REPRODUÇÃO/BLOG DO SARAFA

A Universidade Ulbra está localizada no bairro Japiim

REPRODUÇÃO

O Japiim ainda não despertou o interesse das construtoras, mas atrai empresários movimentando o comércio

Áreas verdes ainda podem ser encontradas no bairro


6

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A área de lazer com espaço gourmet é um dos atrativos do Life Centro

A vista privilegiada chama a atenção de quem deseja morar no local

Viver com estilo e conforto no centro Pensando no conforto aliado à praticidade, o Life Centro conta com área de lazer que inclui piscina, fitness e espaço gourmet

F

echou negócio, mudou para o apartamento novo em folha. Esta é a frase mais correta para quem conhece o Life Centro. Pronto para morar, perto de tudo e na área central da cidade. “São várias as vantagens para quem gosta de um lugar para viver com estilo os melhores momentos da sua vida”, comenta Taísa Avelino, diretora de marketing da Capital Rossi, incorporadora do empreendimento. E acrescenta: “Por ser somente uma torre é mais tranquilo para administrar, fica localizado na rua Afonso Pena, entre a avenida Ayrão e a rua Barcelos”, acrescenta Taísa. Além de tantas vantagens, o Life Centro tem como um dos seus principais diferenciais a valorização do entorno por estar situado em uma região na qual estão as faculdades de odontologia e medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o novo Hospital Getúlio Vargas, e a localização privilegiada do Centro da cidade, do Vieralves e das avenidas Mário Ypiranga Monteiro e Umberto Calderaro Filho. Empreendimento Para jovens famílias, solteiros e para Terceira Idade, o imóvel possui completa área de lazer. Taisa é quem explica: “Além de todos os apartamentos possuírem varanda com uma excelente vista, tem uma completa infraestrutura com piscina, fitness, salão de jogos para adultos, pet care, espaço

gourmet, cinema, brinquedoteca e salão de festas. Uma comodidade sem sair de casa”, complementa a diretora de marketing da Capital Rossi. Com área de 55 a 79 metros quadrados, há apartamentos de dois e três dormitórios, todos com uma suíte e uma ou duas vagas de garagem. “Vale conhecer os poucos apartamentos disponíveis e morar em um elegante e agradável apartamento próprio”, complementa. Mais informações estão disponíveis no site www.capitalrossi.com.br. Reserva O encontro entre um bairro privilegiado pela paisagem exuberante com a inspiração na arquitetura inglesa, aliados à natureza é o desejo de toda família brasileira e, claro, da amazonense. O Reserva Inglesa reúne todos esses elementos em seus condomínios revelando projetos exclusivos com fachadas modernas e amplas áreas de lazer. Em uma oportunidade única para o cliente adquirir o seu imóvel em um condomínio contemporâneo, a Capital Rossi está oferecendo unidades limitadas de 69m² a 294m em condições especiais, com parcelas a partir de R$ 1.800,00 e mensais fixas durante a obra. “Somente até este domingo, primeiro de junho, estamos oferecendo uma chance inédita para o cliente fechar o melhor negócio da Ponta Negra.”, afirma Rodrigo Oliveira, gerente comercial da Capital Rossi.

Complexo padrão e com facilidades Os atributos para beneficiar aos moradores não param por aí. Além dos condomínios residências, London e Liverpool, no Reserva Inglesa o cliente encontra o primeiro complexo comercial da Ponta Negra. “Morar, trabalhar e se divertir no mesmo lugar. Foi neste conceito que nos inspiramos para desenvolver o projeto

do Reserva Inglesa, permitindo aos moradores maior qualidade de vida.” conta Taísa Pi, gerente de Marketing da incorporadora. O Reserva Inglesa possui uma área de 224 mil metros quadrados, equivalentes a 55 campos de futebol, e terá 8 condomínios independentes, sendo seis residenciais, um

comercial e um mall. Ou seja, lazer, conveniência e integração em um boulevard de 16 mil metros quadrados. A sustentabilidade faz do Reserva Inglesa um condomínio diferenciado. Água da estação de tratamento de esgoto para irrigação do paisagismo; louças sanitárias com baixo consumo de água nas

áreas comuns e nos apartamentos, iluminação com sensores de presença nas áreas comuns, acessibilidade para deficientes físicos a todos os espaços, incluindo área de lazer e fachadas com cores claras para reflexão da luz do sol são alguns do itens que demonstram este cuidado no projeto.

O Reserva Inglesa, também da Construtora Capital, está com uma série de facilidades para quem quer adquirir um imóvel


MANAUS, DOMINGO, 1ยบ DE JUNHO DE 2014

7


8

MANAUS, DOMINGO, 1º DE JUNHO DE 2014

Tudo pronto para curtir a Copa do Mundo de 2014

FOTOS: REPRODUÇÃO

Para quem está pensando em chamar os amigos e assistir aos jogos em casa, é preciso criar um espaço prático e confortável

A praticidade e o conforto são indispensáveis no ambiente para assistir aos jogos

F

altando pouco tempo para a abertura da Copa do Mundo, os brasileiros já estão se preparando para acompanhar os jogos e torcer pela seleção. Muitos, inclusive, preferem o conforto do lar a encarar as multidões que lotarão os estádios ou outros locais que transmitirão as partidas. Para quem vai receber os amigos em casa e acompanhar o campeonato mundial pela TV, é interessante preparar um espaço para essa reunião. Para equipar a sala com sofá, poltronas e TV de maneira harmônica e funcional, é preciso pensar, principalmente, na posição desses elementos, assim como na colocação de outros itens complementares para acomodar os torcedores. “É preciso planejar antes de mais nada. A primeira coisa é verificar o espaço que tem disponível e quantas pessoas vai convidar, com essas informações já se pode começar a montar um excelente local para juntar a torcida”, diz o decorador Edson Marques. Falando de futebol, a primeira coisa a ser lembrada é a TV. “Para não perder nenhum lance importante dos jogos, o ideal é a imagem em alta definição em uma tela grande. Dependendo do poder aquisitivo de cada pessoa, é interessante também fazer uma assinatura de um canal de TV com transmissão em HD”, recomenda o decorador. Para facilitar a comunicação entres as pessoas, o decorador

recomenda centralizar o sofá em frente à TV e posicionar as poltronas ao lado do móvel. “É preciso ter um espaço confortável, com um bom sofá principalmente. Também é legal retirar as mesas de centro e das laterais para otimizar melhor esse espaço, afinal, as pessoas gostam de pular. Torne o lugar o mais limpo e mais aberto possível para que haja a interação”, aconselha Marques, que também recomenda o uso de pufes e banquetas, que além de garantiram assentos extras, funcionam como mesas de apoio para copos e pratos. “Em relação à loucas, dê preferência às de acrílico para evitar quebrar, bater, cair. É preferível servir comidas fáceis, que os convidados possam pegar com as mãos”, ressalta. Para quem optar por fazer um churrasco, existem as opões de churrasqueiras pequenas de carvão ou elétricas. Em relação ao armazenamento das bebidas, o decorador indica o uso de um cooler. “A outra opção seria o frigobar, mas tem pessoas que não querem ter o trabalho de carregar o eletrodoméstico ou até mesmo não têm espaço para instalar”, ressalta. E por último, é importante ficar atento com a iluminação do lugar, evitando a penumbra, pouco ou excesso de luz. “Uma dica básica: nunca posicione luminárias sobre a cabeça das pessoas, para evitar o desconforto causado pela incidência direta dos feixes sobre os olhos”, observa Marques.

Salão imobiliário - 1 de junho de 2014  

Salão imobiliário - Caderno de esportes do jornal Amazonas EM TEMPO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you