Page 1

ARTE SOBRE FOTO DE SATIRO SODRÉ/AGIF/GAZETA PRESS

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

esportes@emtempo.com.br

Clássico

Quem leva a melhor, hoje? Flamengo e Fluminense já se encararam no Brasileirão deste ano. Na ocasião, o tricolor carioca venceu por 1 a 0. Hoje, o rubro-negro entra em campo, após se afastar da degola, disposto a dar o troco no rival. Pódio E4 e E5


E2

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

E a bola do Jorge Teixeira virou ‘rotatória do esporte’

Sem área adequada para a prática esportiva, moradores da Zona Leste dividem espaço com o tráfego intenso de veículos ANTÔNIO BARROS JÚNIOR Equipe EM TEMPO

M

oradores de áreas próximas da rotatória do Jorge Teixeira, Zona Leste, têm provado que a falta de espaço para a prática de atividades esportivas se tornou apenas mais um problema a ser driblado na dura rotina do dia a dia. No caso deles, a área conhecida como “bola do Produtor” já foi adotada como point para prática esportiva diversa, dentre elas, a caminhada, cooper, vôlei, skate, e bike. Até a “pelada” é realizada, vez ou outra, no local. E nem mesmo o espaço reduzido e adversidades como chuva, sol, calor, o excessivo barulho dos carros, desanimam os frequentadores. “O local mais próximo daqui é perto da Cidade Nova”, ressaltou Charles dos Santos, que joga vôlei na rotatória há pouco mais de 1 ano. De acordo com ele, as disputa entre os praticantes por espaço na rotatória é frequente, mas sem brigas, eles sempre decidem que o espaço fica para quem tiver a maioria de votos. “Todos os dias temos confusão com o pessoal da capoeira. Estamos aqui, jogando o nosso vôlei, e eles simplesmente invadem “a nossa quadra” e fazem a roda deles. Às vezes, ficamos até sem brincar”, desabafou. Ainda segundo Charles, um dos principais problemas para a prática improvisada no local é a proximidade com os tráfego de veículos. “Imagina se vem um louco dirigindo, perde o controle e atropela todo mundo que está aqui? Não temos segurança alguma”, frisou. E não para por aí. Devido a falta de opção para praticar esportes, duas moradoras do conjunto Alfredo Nascimento, Andreia Maria Cardoso e Letícia de Castro Cardoso, andam diariamente cerca de três quilômetros para chegar até o local. “O que falta é espaço. Deveria ter mais áreas para praticar exercícios como esse. Aqui, mesmo sendo um local perigoso, já vem tanta gente assim, imagina se tivesse uma quadra que a gente pudesse

FOTOS: DIEGO JANATÃ

dançar e caminhar. Seria mais seguro”, disse Letícia. Segundo Andreia, o local é o preferido por conta do clima. “A gente nem liga para a distância de casa até aqui. Mas gostamos de vir porque aqui é mais ventilado. O clima é mais gostoso”, justifica. Galeras ameaçam o local Como nem tudo é lazer e diversão, a “bola do Produtor” é também um ponto de encontro de galeras. Isso tem feito com que os frequentadores evitem o local e procurem lugares mais seguros em outras zonas da cidade para praticar esporte. De acordo com Rodrigo Batista, frequentador do local há 5 anos, o que mais preocupa durante as atividades físicas, são as ações dos galerosos que marcam brigas no local. Segundo Rodrigo, as brigas são assistidas de camarote.

PERIGO

Apesar de utilizarem o local como área esportiva, os moradores do Jorge Teixeira têm consciência dos riscos que correm ao ficarem na área exposta a acidentes de carro e usuários de droga “As brigas que acontecem aqui não têm horário. De repente, invadem a rua interditada e começam as brigas. É como se fosse outra modalidade praticada aqui”, relata. Decorrente das confusões, Rodrigo afirma que até tiro já teve na “quadra”. “Quem passa por aqui e vê a gente se divertindo, não imagina o que nós já presenciamos. Agora imagine você, enquanto pratica esportes, ouvir tiros perto de você. Como ficaria? Aqui sempre acontece e nem por isso as pessoas deixam de praticar atividade física”. Ainda segundo Rodrigo, os tiros não são rotineiros, mas, quando acontece, significa que as atividades estão encerradas. “Não é todo dia que ocorre. Mais quando acontece, é como se fosse um “toque de recolher” e vamos embora”, ressalta.

Nada de ciclovias ou rampas. Bicicletas e skates arranjam um jeito de viveram harmoniosamente no mesmo espaço, na Zona Leste

Na maioria da vezes, quem fica com o espaço é o grupo que obtem a maioria dos votos. Turma do vôlei também briga por área

Sem perspectiva de um espaço adequado Frequentador da “rotatória do esporte”, nome carinhoso dado pelos moradores para se referir ao local, o trabalhador de serviços gerais, Anderson Dênis, disse que o local já é utilizado para a prática esportiva há no Adeptos da bicicleta e da bola precisam dividir espaço

mínimo cinco anos. Nesse período, ninguém nunca levantou a possibilidade de construção de uma quadra no local ou pelas proximidades. “Nunca ouvi falar de um político que quisesse construir alguma coisa aqui.

A cada ano ficamos mais esquecidos”, reclama Dênis. De acordo com ele, o esquecimento é tanto, que os próprios usuários de drogas sabem que a polícia não vai até o local e se aproveitam da situação para o consumo

em “praça pública”. “Aqui a violência piora a cada dia. Agora, se não bastasse os galerosos, há maconheiros que, a cada dia que passa, fumam cada vez mais aqui e não estão nem aí para ninguém”, denuncia.


E3

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

Tricolor encara embalado Santos para ficar na briga Se o Grêmio tenta se manter na briga pelo título, o Santos quer aumentar a distância e evitar proximidade com a degola

A

última partida da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro promete fortes emoções. Grêmio e Santos fecham o fim de semana com o jogo único do horário das 17h30 (de Manaus), no Olímpico, com objetivos diferentes: o Tricolor Gaúcho busca uma vitória para se manter na briga pelo título com Fluminense e Atlético-MG. Já o Peixe, distante da luta pelo G-4, não pode bobear: mesmo com o craque Neymar em campo, a distância para a zona de rebaixamento é de apenas seis pontos. O calendário não dá trégua ao Grêmio. Depois de enfrentar três partidas seguidas fora de casa (o elenco passou 13 dias fora de Porto Alegre), o Tricolor tem mais um compromisso difícil neste final de semana: receber o Santos, de Neymar, no Olímpico, com necessidade de vitória para se manter na briga pelo título brasileiro. No primeiro turno, o Peixe fez 4 a 2 no time gaúcho na Vila Belmiro. Os últimos resultados gremistas foram bons. A equipe empatou em 0 a 0 com o vice-líder Atlético-MG, em Belo Horizonte, e venceu o Barcelona-EQU, em Guaiaquil,

LUCAS UEBEL/PREVIEW.COM/AE

pela Sul-Americana. Apesar de o empate com o Galo ter trazido um ponto importante na tabela, o Tricolor acabou deixando o Fluminense abrir sete pontos na briga pela ponta: 56 pontos, contra 49 e 52 do Atlético-MG, o que obriga a equipe a vencer os dois jogos que terá na sequência no Olímpico, contra

REVIGORADOS

A equipe do Santos encara a primeira partida após a conquista do título da Recopa, na última quarta-feira (26). Técnico Muricy Ramalho terá o retorno de Neymar, que estava suspenso

Santos e Cruzeiro, se quiser se manter vivo na luta pelo título nacional. O técnico Vanderlei Luxemburgo contará com time completo para encarar o Peixe. Gilberto Silva e Zé Roberto foram poupados da partida de quarta-feira, no Equador, e estão descansados para o jogo.

O atacante Kléber deixou o gramado em Guaiaquil se queixando de dores, mas deve ir para o jogo. O meia Elano, que fará seu primeiro confronto contra o ex-clube, também começa a partida, mesmo com o acúmulo de jogos. O desgaste é menor do que a nossa vontade de ganhar. Embalado pela conquista da Recopa Sul-americana, com uma vitória sobre a Universidad do Chile, na última quarta-feira, o Santos ainda sonha com a classificação para a próxima Copa Libertadores da América, ao mesmo tempo em que procura se afastar ainda mais da incômoda zona do rebaixamento. Para mais esse compromisso decisivo no Brasileirão, o técnico Muricy Ramalho conta com um retorno importante. O atacante Neymar, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, na derrota para a Portuguesa, está de volta ao time. Sem Neymar, o rendimento é de 25,4 %, inferior ao lanterna Atlético-GO. Por sua vez, quando o camisa 11 está presente, o aproveitamento santista é de 74,1 %, superior inclusive ao do Fluminense, atual líder da Série A.

FICHA TÉCNICA GRÊMIO-RS SANTOS-SP Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS). Horário: 17h30 Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE) Gremio-RS: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kléber e Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo Santos-SP: Rafael; Douglas, Bruno Rodrigo, Durval e Gérson Magrão (Juan); Adriano, Arouca, Felipe Anderson e Patito Rodríguez; Neymar e André Técnico: Muricy Ramalho

Após poupar Gilberto e Zé Roberto da partida de quartas, Luxemburgo terá o time completo


E4

Fla x Flu: o clássico Embalada na competição, a equipe Rubro-Negra encara o líder Fluminense, no Engenhão. Para os dois times, três pontos a mais nesta etapa do Brasileirão são sagrados

L

íder do Campeonato Brasileiro com 56 pontos, o Fluminense tem um difícil compromisso hoje, às 15h (de Manaus), quando faz o clássico carioca contra o Flamengo no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), em confronto válido pela 27ª rodada da competição. O Tricolor, que no fim de semana derrotou o Náutico por 2 a 1, terá pela frente um rival muito embalado. Depois de flertar com a zona de rebaixamento, o Rubro-Negro venceu seus dois últimos compromissos por 2 a 1, contra Atlético-GO e Atlético-MG, chegou aos 34 pontos e respira bem mais aliviado. Existem torcedores, inclusive, já falando em vaga na próxima Copa Libertadores, apesar de as chances matemáticas serem remotas. A realidade das duas equipes no Campeonato Brasileiro pode muito bem apontar o Tricolor, por conta da campanha, como o favorito. Mas os flamenguistas não querem perder o embalo das vitórias. “Ganhamos dois jogos importantes para melhorarem as coisas no clube e para mostrar que estamos no caminho certo. Mas ainda falta muita coisa para acontecer neste Campeonato Brasileiro e temos que subir ainda mais na tabela de classificação. Pre-

cisamos aproveitar o bom momento para somar o máximo de pontos. Não queremos que essa série seja interrompida contra o Fluminense”, disse o atacante Vagner Love. Essa subida de produção do Flamengo realmente é tratada com preocupação pelos tricolores. “O Flamengo tem um bom time e aos poucos vem conseguindo os resultados que lhe interessa no Campeonato Brasileiro. Ganharam

CAUTELA

A reviravolta nos resultados do Flamengo, que ficou próximo da degola no Brasileirão deste ano, é tratada com preocupação pela equipe do Fluminense. Ordem é não dar mole no fim de semana depois de uma sequência ruim e logo depois derrotaram o Atlético Mineiro, que briga pelo título. Portanto, me parece óbvio que eles entrarão em campo ainda mais motivados para a partida contra o Fluminense. Cabe a nós procurar fazer um grande jogo e não deixar que isso pese a favor deles, até porque nós também temos os nossos interesses”, disse o goleiro Diego Cavalieri.

Flu terá sequência complicada petição que começa a se tornar mais decisivo, uma vez que as equipes mostram pelo que pretendem lutar na reta final. Portanto, a nossa meta é tentar ganhar todos os jogos a partir de agora, mesmo esses que se desenham extremamente complicados, como devem ser os clássicos contra Flamengo e Botafogo”, afirmou o volante Jean.

Unida, equipe do Fla pede o apoio da torcida para conquistar mais uma vitória e conseguir nova subida na tabela de classificação

Rubro-Negro pede apoio da torcida FERNANDO SOUTELLO/AGIF/GAZETA PRESS

Os tricolores sabem que a sequência é complicada no Campeonato Brasileirão. Depois do Flamengo, eles terão pela frente outro clássico estadual, contra o Botafogo. Apesar disso, evitam fazer projeções. “Temos que pensar que todo clássico é sempre muito complicado e que qualquer resultado pode acontecer. Portanto, não dá muito para ficar projetando pontuação. Estamos em um momento da com-

Embalado e autor de gols nos últimos jogos do Flamengo, Vágner Love entra em campo hoje com o objetivo de manter boa fase

Concordando com os tricolores sobre a importância do clássico, os flamenguistas esperam contar com o apoio da torcida. “A gente conversou que nosso time não é o melhor do campeonato, mas também não é o pior. Temos atletas de qualidade e só depende da gente. Quando mostra serviço em campo, a torcida vem junto. Nosso torcedor vai continuar comparecendo e nos apoiando nos momentos mais complicados. Isso deixa o jogador confiante, toca o atleta. A gente confia no torcedor. Não pode abandonar. Tivemos essa mudança de postura e a torcida entendeu”, disse o goleiro Felipe.


MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

E5

Confira a campanha dos times no campeonato Primeiro clássico: 8/7 - no Engenhão - Fluminense 1 X 0 Flamengo

Flamengo

Fluminense

Data 19/5 26/5

Local Ilha do Retiro Engenhão

Confronto Sport 1 X 1 Flamengo Flamengo 3 X 3 Internacional

Data 20/5 27/5

Local Pacaembu Engenhão

Confronto Corinthians 0 X 1 Fluminense Fluminense 2 X 2 Figueirense

6/6 9/6/2012 17/6 24/6 1/7

Moisés Lucarelli Engenhão Engenhão Olímpico Engenhão

Ponte Preta 2 X 2 Flamengo Flamengo 3 x 1 Coritiba Flamengo 1 X 0 Santos Grêmio 2 X 0 Flamengo Flamengo 3 X 2 ACG

6/6 10/6 16/6 24/6 30/6

Vila Belmiro Engenhão Engenhão Serra Dourada Aflitos

Santos 1 x 1 Fluminense Fluminense 0 X 0 Internacional Fluminense 4 X 1 Portuguesa ACG 1 X 4 Fluminense Náutico 0 X 2 Fluminense

15/7 18/7

Pituaçu Engenhão

Bahia 1 X 2 Flamengo Flamengo 0 X 3 Corinthians

15/7 19/7

Engenhão Engenhão

Botafogo 1 X 1 Fluminense Fluminense 4 X 0 Bahia

22/7 26/7 29/7 26/9

Independência Engenhão Morumbi Engenhão

Cruzeiro 1 X 0 Flamengo Flamengo 0 X 0 Portuguesa São Paulo 4 x 1 Flamengo Flamengo 2 X 1 Atletico Mineiro

22/7 25/7 29/7 5/8

Moisés Lucarelli Olímpico Engenhão Couto Pereira

Ponte Preta 1 X 2 Fluminense Grêmio 1 X 0 Fluminense Fluminense 0 X 0 Atlético Mineiro Coritiba 0 X 2 Fluminense

8/8 11/8

Orlando Scarpelli Raulino de Oliveira

9/8 12/8

Arena Barueri Engenhão Engenhão

15/8 18/8 25/8

São Januário Engenhão Independência Raulino de Oliveira Engenhão

Fluminense 2 X1 São Paulo Fluminense 1 X 0 Palmeiras

15/8 19/8 26/8

Figueirense 0 X 2 Flamengo Flamengo 2 X 0 Náutico Palmeiras 1 X 0 Flamengo Flamengo 1 X 0 Vasco Botafogo 0 X 0 Flamengo

30/8 2/9

Raulino de Oliveira Beira Rio

Flamengo 1 X 1 Sport Internacional 4 X 1 Flamengo

29/8 1/9

Engenhão Orlando Scarpelli

5/9 8/9 12/9 16/9

Raulino de Oliveira Couto Pereira Vila Belmiro Engenhão

Flamengo 0 X 1 Ponte Preta Coritiba 3 x 0 Flamengo Santos 2 X 0 Flamengo Flamengo 1 x 1 Grêmio

6/9 9/9 12/9 15/9

Engenhão Beira Rio Canindé Raulino de Oliveira

Fluminense 1 X 1 Corinthians Figueirense 2 X 2 Fluminense Flumiense 3 X 1 Santos Internacional 0 X 1 Fluminense Portuguesa 0 x 2 Fluminense Fluminense 1 x 2 ACG

23/9

Serra Dourada

ACG 1 X 2 Flamengo

22/9

Raulino de Oliveira

Fluminense 2 x 1 Náutico

Cruzeiro 1 X 1 Fluminense Fluminense 1 X 0 Sport Vasco 1 X 2 Fluminense

A situação das equipes Em termos de escalação do Fluminense para o clássico, o lateral direito Bruno, que tinha sido barrado contra o Náutico, e o lateral esquerdo Carlinhos, preservado contra os pernambucanos por conta do excesso de jogos, reaparecem nas vagas de Wallace e Carleto, respectivamente. Outro que retorna, após cumprir suspensão, é o volante Edinho, que entra no lugar do colombiano Valencia. Ainda com dores no joelho esquerdo, o zagueiro Leandro Euzébio não deverá reunir condições de atuar. Assim, Digão será o companhei-

ro de Gum na zaga. Pelo lado do Flamengo, o volante paraguaio Víctor Cáceres, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-MG, fica de fora e Luiz Antonio herda a vaga. O meia Ibson, livre dores na coxa direita, vai a campo, ocupando o posto de Amaral. O meia Renato Abreu, liberado para atuar após se submeter a uma cirurgia no joelho esquerdo, será relacionado, mas ficará no banco de reservas, pois não tem condições de suportar noventa minutos. No primeiro turno as duas equipes, também no Engenhão, realizaram o clássico centenário, em homenagem aos cem anos de história do duelo. O Tricolor carioca ganhou por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Fred, que volta a campo hoje.

DHAVID NORMANDO/PHOTOCAMERA

BRUNO TURANO/NEWS FREE/GAZETA PRESS

o de hoje promete!

FICHA TÉCNICA FLAMENGO-RJ FLUMINENSE-RJ Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão (RJ) Horário: 15h Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Flamengo: Felipe, Wellington Silva, Frauches, Marcos González e Ramon; Luiz Antonio, Ibson, Leonardo Moura e Cleber Santana; Liedson e Vagner Love. Técnico: Dorival Júnior Fluminense: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred. Técnico: Abel Braga

O atacante Fred terá de mostrar serviço hoje, ao lado de Wellington, para garantir ao Tricolor três pontos e a permanência na ponta


E6

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012


E7

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

Timão encara o Sport de olho na prometida folga

Com histórico de atuações fracas diante de times próximos à degola, equipe de Tite entra em campo atento a tudo

O

elenco do Corinthians está cada vez mais perto da folga prometida pelo técnico Tite. Mas, para ganhar o descanso, o Timão ainda precisa chegar perto da meta estipulada pelo comandante, que são os 45 pontos. O maior desafio agora é buscar motivação para enfrentar um adversário que aparece na parte de baixo da classificação, o Sport. O confronto está agendado para hoje, às 15h (de Manaus), no estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar de ter complicado a situação de times que brigam pelo título (venceu AtléticoMG e Grêmio, além de ter empatado com o Fluminense, neste segundo turno), o alvinegro não foi tão bem contra equipes de baixo, como Figueirense e Atlético-GO. A ordem agora é conseguir um equilíbrio para duelar contra o time pernambucano. “Não era para ser diferente, mas nossa equipe realmente tem um rendimento melhor contra equipes de cima. Precisamos ter uma concentração maior contra times de baixo também”, explica o lateral esquerdo Fábio Santos.

MAURO HORITA/AGIF/GAZETA PRESS

Se derrotar o Sport, o Corinthians acabará ajudando o rival Palmeiras, concorrente direto da equipe pernambucana na luta contra o rebaixamento. Desfalques O técnico Tite ainda não poderá escalar sua força máxima neste domingo, já que o atacante Emerson Sheik está suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Por conta da ausência no jogo, o atleta ganhou folga de quinta até segunda-feira. Os demais jogadores também ganharão o período de descanso quando atingirem a meta de Tite, pois o treinador quer ter força máxima e sem desgaste na reta final do Brasileirão, para embalar antes do torneio no Japão. Com a ausência do Sheik, o peruano Paolo Guerrero será mantido na formação principal, ao lado de Romarinho. Já o Sport chega desesperado ao Pacaembu, por ocupar a zona de rebaixamento, com apenas 27 pontos. O técnico Waldemar Lemos não faz mistério na escalação. Sem poder contar com Gilsinho, o treinador confirmou Gilberto para a linha de frente.

FICHA TÉCNICA CORINTHIANS-SP SPORT-PE Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) Horário: 15h Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)Ribeiro Corinthians: Cássio; Alessandro, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Romarinho e Emerson Técnico: Tite Sport: Magrão; Cicinho, Edcarlos, Diego Ivo e Renê; Tobi, Moacir, Rithelly e Hugo; Felipe Azevedo e Gilberto Técnico: Waldemar Lemos

Tite (de preto) pretende “correr” até os 45 pontos e, depois, poupar jogadores. Intenção é tê-los revigorados na etapa final

ALVINEGROS

CONTRA O CORITIBA

Bota encara pressão em Salvador O São Paulo só pensa no G-4 Vindo de três empates seguidos, o Botafogo espera voltar ao rumo das vitórias hoje, contra o Bahia, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. Os alvinegros estão na sexta colocação e podem se aproximar da zona de classificação para a Libertadores. No entanto, os cariocas terão um adversário que está bem no retruno e só perdeu a invencibilidade sob o comando do técnico Jorginho na rodada passada. Os baianos necessitam dos três pontos para se afastar da zona de rebaixamento. No Bahia, o técnico Jorginho ganhou um desfalque na sexta-feira. O atacante Souza sentiu um estiramento na coxa e está de fora da equipes nas próximas três semanas. Com isso, Cláudio Pitbull e Elias brigam para ver quem vai fazer dupla com Gabriel, que volta ao time após se recuperar de lesão. Outra dúvida está no meio, pois Kleberson vem treinando bem e pode ficar com o lugar de Diones.

O experiente jogador espera ganhar uma chance para ter sequência com o Tricolor Baiano. “Quando estava bem, sofri uma lesão e fiquei de fora. Além disso, com a chegada de Jorginho, o grupo teve um crescimento e todo mundo está jogando bem”. Já no Botafogo, o pensamento é acabar com a sequência de empates nesta rodada. O goleiro Jéfferson destacou que a equipe teve boas atuações neste período, mas que as vitórias são necessárias para subir na classificação. “Estamos fazendo jogos convincentes contra adversários difíceis, mas chegou a hora de voltarmos a vencer para não deixar os outros se distanciarem”, declarou. Para hoje, o Botafogo não terá modificações em comparação a rodada passada. O zagueiro Antônio Carlos segue fora e Fábio Ferreira continua ao lado de Dória no setor defensivo. Oswaldo de Oliveira poupou jogadores de trabalhos para não desgastá-los.

FICHA TÉCNICA BAHIA-BA BOTAFOGO-RJ Local: estádio Pituaçu, em Salvador (BA) Horário: 15h Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)

Bahia: Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones (Kleberson), Hélder e Zé Roberto; Gabriel e Cláudio Pittbull (Elias) Técnico:Jorginho Botafogo: Jefferson, Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Jadson, Seedorf, Fellype Gabriel e Andrezinho; Elkeson Técnico: Oswaldo de Oliveira Técnico: Waldemar Lemos

A dois pontos do Vasco na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o São Paulo entra em campo às 15h (de Manaus) de hoje, no Couto Pereira, buscando exclusivamente uma vitória sobre o Coritiba. Enquanto um triunfo pode colocá-lo na zona de classificação para a Copa Libertadores, qualquer outro resultado ameaçaria afastá-lo dela novamente. O tricolor, a propósito, já esteve próximo de desistir do G-4. O técnico Ney Franco havia condicionado a esperança de se colocar entre os quatro melhores a duas vitórias nos dois últimos jogos. Aí a equipe venceu Portuguesa e Cruzeiro, no Morumbi, e contou com vacilo vascaíno para diminuir a distância de seis para dois pontos. Apenas uma vez o São Paulo esteve na faixa que dá vaga à Libertadores. Foi na oitava rodada, após vitória sobre o Cruzeiro, ainda sob o comando interino de Milton Cruz.

Mas o Botafogo tinha um jogo a menos e, mais tarde, derrubou o time de Ney Franco de lá. Hoje, além da pressão habitual para triunfar, a equipe encara a dificuldade de um adversário que luta para não cair à segunda divisão nacional. O técnico Ney Franco tem basicamente uma única dúvida na montagem da formação. Com a suspensão simultânea de Denilson e Wellington pelo terceiro cartão amarelo, Paulo Assunção e Casemiro travam disputa pela vaga. No ataque, Ademilson deve ser mantido ao lado de Lucas e Osvaldo. A derrota no finzinho para o Sport, em um duelo direto contra o rebaixamento, deixou o Coritiba em situação delicada. Com 28 pontos, o time alviverde precisa mais do que nunca fazer a lição de casa para ganhar pelo menos mais uma rodada de alívio. No entanto, segue sofrendo com desfalques, especialmente por lesões.

FICHA TÉCNICA CORITIBA-PR SÃO PAULO-SP Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR) Horário: 15h Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez

Coritiba: Vanderlei, Victor Ferraz, Demerson, Escudero e Eltinho; Willian, Gil, Robinho, Lincoln e Rafinha; Marcel (Anderson Aquino). Técnico: Marquinhos Santos São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção, Maicon e Jadson; Lucas, Osvaldo e Ademilson. Técnico: Ney Franco


E8

MANAUS, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

Real encara ‘pedreira’ hoje para emplacar no Espanhol

FRANCÊS

DIVULGAÇÃO

Olympique tenta ampliar vantagem sobre o Lyon

A

pontado como grande rival do Barcelona na luta pelo título do Campeonato Espanhol, o Real Madrid recebe o La Coruña, às 13h50 de hoje, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Os merengues ainda não emplacaram na competição e aparecem com apenas sete pontos na parte intermediária da tabela de classificação. Já os visitantes, têm um ponto a menos. “Nós precisamos ganhar este jogo por ser em casa e porque estamos com uma pontuação que não era a esperada para esse momento da competição. Além disso, estamos defendendo o título conquistado na temporada passada. Sei que ainda tem muita coisa para acontecer e por isso defendo um bom desempenho como anfitirião para encostarmos nas primeiras colocações”, afirmou o português José Mourinho, técnico do Real Madrid. Vice-líder com 13 pontos, o Atlético de Madrid, também hoje, mede forças com o Espanyol, que faz um péssimo início de temporada, com apenas um ponto conquistado e amargando a zona de rebaixamento. Rodada no italiano Hoje, a grande atração no

CESAR CEBOLLA/BRAZIL PHOTO PRESS/AE

Time do brasileiro Kaká e do português Cristiano Ronaldo encara, em casa, a equipe do La Coruña, para sair da parte intermediária da tabela de classificação Campeonato Italiano é o duelo entre a Internazionale e a Fiorentina, que se encontram no estádio Giuseppe Meazza, em Milão. Os milaneses, com nove pontos, não querem perder contato com os líderes. Com um ponto a menos, a equipe de Florença visa a zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões da Europa. Outro jogo que merece destaque e que envolve equipes na parte de cima da tabela de classificação acontece em Gênova, onde a Sampdoria, que tem dez pontos, recebe o Napoli. Para hoje também estão agendadas as seguintes partidas: Udinese x Genoa, Atalanta x Torino, Bologna x Catania, Cagliari x Pescara, Lazio x Siena, Palermo x Chievo, Sampdoria x Napoli e Internazionale x Fiorentina.

Baup diz que precisa pensar em uma partida de cada vez

CONFIRA AS PARTIDAS DE HOJE 6h- Granada x Celta 10h Valladolid x Rayo Vallecano 12h- Osasuna x Levante 13h50- Real Madrid x La Coruña 15h30-Espanyol x Atlético de Madrid Cristiano Ronaldo é uma das armas que o Real tem para hoje

Disparado na liderança do Campeonato Francês com 18 pontos conquistados, quatro a mais que o Lyon, seu perseguidor mais direto, o Olympique de Marselha tenta ampliar essa vantagem, hoje, quando visita o Valenciennes em confronto válido pela sétima rodada da competição. A equipe de Marselha, apesar de atuar na condição de visitante, não deverá encontrar maiores dificuldades, pois os anfitriões, com apenas oito pontos, fazem campanha irregular. A chance de o Olympique de Marselha disparar realmente é grande, ainda mais porque o Lyon tem um jogo duro pela frente, também hoje, quando joga, diante

de seus torcedores, contra o Bordeaux, que tem dez pontos e pretende encostar na zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões da Europa. “Realmente é uma rodada que se desenha muito favorável para a nossa equipe por conta de uma análise da tabela de classificação. Mas, sinceramente, não chego a me empolgar por isso, já que o Campeonato Francês tem sido marcado pelo equilíbrio nesta primeira metade e qualquer resultado pode ser considerado normal. Além disso, não estamos pensando em abrir vantagem, apenas em fazer a nossa lição”, analisa Elia Baup, técnico do Olympique.

Pódio - 30 de setembro de 2012  

Pódio - Caderno de esportes do jornal Amazonas EM TEMPO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you