Issuu on Google+

Caderno C

Chelsea quer aproveitar tropeço rival Página 3 MANAUS, SÁBADO, 29 DE MARÇO DE 2014

esportes@emtempo.com.br

(92) 3090-1017

SXSXSXSXSX

Maratona de partidas

Sinomar Naves estreia sob o comando do Naça contra o Sul América, no Sesi. Rodada tem mais quatro jogos, só hoje rar a partida como última chance de classificação e conseqüentemente fuga de um rebaixamento. Após semana de treinamento intensa, a equipe do técnico Marcelo Lopes, deve entrar em campo com algumas modificações na zaga. Fernando se machucou e Luiz Fernando assume o posto. “Treinamos durante toda a semana e vamos buscar resultado. Assumo a posição de Fernando que se machucou e espero fazer um bom jogo”, disse Luiz Fernando. O time do bairro da Glória amarga a última colocação da tabela, com um ponto conquistado e um saldo de 12 gols negativos. Briga por pontos Após boa estreia no segundo turno, o Princesa do Solimões visita o Holanda, no estádio Francisco Garcia, no município de Rio Preto da

Eva. O grupo de Manacapuru mantém a liderança do Grupo A, com três pontos e quer manter a invencibilidade. Já o Holanda corre para garantir permanência na “elite” do futebol amazonense. A outra partida do dia fica por conta de São Raimundo e Fast, no estádio Roberto Simonsen (Sesi), na Zona Leste da capital. O Tufão terá um importante desafio contra a equipe do experiente Aderbal Lana, mesmo porque perdeu na estreia do returno para o Iranduba, amarga penúltima colocação do Grupo B. O Manaus FC também visita hoje, o Nacional Borbense, no estádio Gerdilson Bente. E uma vitória no nesta partida será fundamental para que os visitantes continue na briga pela classificação para as fases finais do campeonato. Todas as partidas serão realizadas as 15h30.

FERNANDO SOUTELLO/GAZETA PRESS

CARIOCA

Muralha é uma das novidades no elenco rubro-negro para partida contra o Caobofriense

Flamengo faz treino de luxo hoje Depois de atropelar o adversário por 3 a 0 no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Carioca, o Flamengo reencontra a Cabofriense neste sábado, às 17h30 (de Manaus), no Maracanã, no Rio de Janeiro, com a vaga na grande decisão praticamente sacramentada. Apenas um desastre causaria a eliminação rubro-negra. O time de Cabo Frio tem que golear por quatro ou mais gols de vantagem para avançar ou vencer por três gols de diferença para forçar a disputa de pênaltis. Diante deste cenário, é pouco provável que os jogadores do Flamengo entrem em campo realmente pensando na Cabofriense. O foco deve ser mesmo o duelo do meio da próxima semana, contra o Emelec, no Equador, que vai decidir a vida do time carioca na Copa

Libertadores. Apesar disso, os atletas garantem que não há desrepeito ao rival. “O Flamengo só vem conseguindo os bons resultados no Campeonato Carioca porque está respeitando todos os adversários, independentemente do que esteja acontecendo antes do jogo ou do cenário da partida. Contra a Cabofriense não vai ser diferente. O time deles tem méritos por estar nesta semifinal” analisou o meia Apesar da vantagem para este jogo, o técnico Jayme de Almeida descartou poupar os titulares, mas reconheceu que vai usar a partida como um teste para a Libertadores e promoverá duas alterações em relação ao jogo de quarta-feira. Os volantes Márcio Araújo e Luiz Antonio, não inscritos no torneio continental, cedem seus postos para Muralha e Gabriel.

FICHA TÉCNICA FLAMENGO CABOFRIENSE Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

FICHA TÉCNICA NACIONAL SUL AMÉRICA Local: campo da Ulbra Horário: 15h30 (deManaus) Árbitro: Djalma Silva dos Santos NACIONAL: Jairo; Daylson, Índio, Rodrigão e Fabinho; Negretti, Bruno Potiguar, Eder e Luciano; Fabiano e João Douglas Técnico: Sinomar Naves SUL-AMÉRICA: NÃO DIVULGADO Técnico: Marcelo Lopes

FLUMINENSE

REVOLTA

O cenário, na opinião dos dirigentes do Vasco, se repetiu novamente na noite de quinta-feira, quando o time empatou por 1 a 1 com o Fluminense no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Carioca. Na visão deles o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães prejudicou o time cruzmaltino. O vice-presidente de futebol Ercolino de Luca reclamou de dois pênaltis não marcados a favor dos vascaínos, além da não expulsão do zagueiro Gum no segundo tempo. No meio da semana passada a diretoria do Vasco solicitou para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a contratação de árbitros de fora do estado para as semifinais e finais. O fato causou aborrecimento, pois o presidente da entidade, Rubens Lopes, descartou essa possibilidade. Ercolino entende

que a situação precisa ser revista. “Espero que no domingo o fato não volte a acontecer, pois tem sido rotina nos clássicos. Dessa vez foram pênaltis não marcados no Rodrigo e no Edmilson. O Gum, inclusive, tinha que ter sido expulso”, reclamou Ercolino. O zagueiro Rodrigo, que sofreu um dos supostos pênaltis, também protestou. “Achei que sofri pênalti sim. A reclamação pode parecer bobagem, mas são lances como esses que decidem os clássicos”, protestou o defensor. Anteriormente a esse jogo o Vasco reclamou da arbitragem no empate por 1 a 1 com o Fluminense, na fase de classificação. Na derrota de 2 a 1 para o Flamengo também ficou claro o prejuízo ao clube com um gol de falta marcado pelo meia Douglas não sendo validado pelo trio, que não percebeu a bola ultrapassar a linha.

Horário: 17h30 (de Manaus Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) FLAMENGO Felipe, Digão, Wallace, Samir e João Paulo; Amaral, Muralha, Gabriel e Everton; Paulinho e Hernane Técnico: Jayme de Almeida CABOFRIENSE SCetin, Rodrigo Dias, Luizão, Victor Silva e Leandro; Jardel, Tijolo, Silvano e Eberson; Keninha e Fabricio Carvalho. Técnico: Alexandre Barroso

Sobis perde espaço para Walter

Vasco volta a reclamar da arbitragem de jogo

DIVULGAÇÃO

A

brindo a maratona de jogos da segunda rodada do Campeonato Amazonense, o Nacional entra em campo hoje contra o Sul-América as 15h30, no Campo da Ulbra, na estreia no novo comandante do Leão da Vila, Sinomar Naves. Na última quarta-feira (26), o técnico acompanhou a partida entre Holanda e Fast que terminou em uma empate de 3 a 3, e traçou um paralelo entra a situação do time de Rio Preto da Eva e do adversário de hoje. “Estive vendo o jogo do Fast Contra o Holanda e notei que mesmo o Holanda não estando com uma boa pontuação conseguiu complicar o jogo. É um campo pequeno, mas com um gramado bom. Temos de tomar cuidado”, alertou o técnico sobre as pretensões do Sulão que pode enca-

Ercolino lamentou pênaltis que não foram marcados

Titular durante a maior parte do Campeonato Carioca, o atacante Rafael Sobis perdeu espaço na reta final da competição. No empate por 1 a 1 com o Vasco na noite de quinta-feira, pela primeira partida das semifinais, ele teve que se contentar com o banco de reservas, de onde viu Walter e Fred formarem a dupla de ataque. No segundo tempo, quando teoricamente teria uma chance, foi preterido pelo técnico Renato Gaúcho, que mandou a campo o jovem Marcos Júnior, revelado nas categorias de base das Laranjeiras. Após o jogo, Renato foi questionado sobre o assunto e mostrou irritação com o tema. “As pessoas não tem que achar nada. Quem tem que achar é o treinador”, disse Renato. A situação de Rafael Sobis ainda não chega a causar um desgaste no clube, mas se o jogador ficar mesmo na reserva daqui para frente, provavelmente vai demonstrar insatisfação. Isso porque no início do ano esteve muito perto de ser negociado com Botafogo ou São Paulo, mas o Fluminense não quis a sua liberação, já que ele havia sido um dos poucos a se salvar na campanha que culminou com o rebaixamento no Brasileirão do ano passado. Em 2014, porém, o jogador ainda não repetiu o bom desempenho de 2013. Com Rafael Sobis provavelmente na reserva, o Fluminense volta a enfrentar o Vasco, pelo segundo jogo das semifinais, amanhã, às 15h (de Manaus), no Maracanã, no Rio de Janeiro.


C2

MANAUS, SÁBADO, 29 DE MARÇO DE 2014

Mano tira Sheik e se irrita uma das complicações para a transferência. ‘No caminho certo’ O Campeonato Paulista foi um divisor de águas no Corinthians. Após o mau começo, o técnico Mano Menezes deu cara nova à equipe e conseguiu mostrar evolução nas rodadas finais do estadual. Admitindo o planejamento em cima da hora, o presidente Mário Gobbi explica o processo e aposta em

‘DE LADO’

Emerson Sheik tem perdido cada vez mais espaço na equipe de Mano Menezes. Nos bastidores, os ruídos sobre sua possível ida para o Atlético Mineiro ganham mais força a cada dia um time forte no futuro. “O torcedor sempre quer um time competitivo, forte, que produza. Agora, o que aconteceu do início ao final do Paulista? Terminamos com outra cara, com outra condição física, técnica e tática, com uma produção bem melhor. Isso é um sinal inexorável de que estamos no caminho certo”, argumenta o dirigente, acreditando na volta por cima do Alvinegro.

DIVULGAÇÃO

SANTOS

Oswaldo apostaria no São Paulo, mas não duvidava do rival

Eliminação do São Paulo não surpreende Oswaldo A eliminação do São Paulo diante do Penapolense não foi uma surpresa para o técnico do Santos, Oswaldo de Oliveira. O treinador explicou que acreditava mais no triunfo do time de Muricy Ramalho, mas demonstra muito respeito pelo adversário do Peixe na semifinal do Campeonato Paulista, no domingo, na Vila Belmiro. “Não digo exatamente

surpresa (com resultado do Morumbi), porque, quando há um confronto desses, existe esta possibilidade. Eu me lembro de que em 1966 a Coreia ganhou da Itália na Copa e foi um desespero, mas os dois times vão ali para isso. O Penapolense já tinha feito grandes partidas. Claro que, se perguntassem em quem eu apostaria, seria no São Paulo, mas sempre com essa chance”, afirmou.

Técnico garantiu que os jogadores serão aproveitados no próximo treino

PALMEIRAS

SÃO PAULO

Muricy reúne elenco e jogadores se estapeiam - Marcado para 9h30, o treino do São Paulo começou por volta de 10h, nesta sexta-feira, dois dias depois da eliminação precoce no Campeonato Paulista. Durante aproximadamente meia hora, o técnico Muricy Ramalho conversou com o elenco em um dos campos do CT da Barra Funda. “Não foi uma dura”, disse. “Foi só a realidade, que a gente não se classificou porque a gente não mereceu. É muito pouco o que fizemos para classificar. A gente tem que olhar para dentro da gente. Tem que sentir isso. Os culpados somos nós. Temos que melhorar, e muito”. No papo com os jogadores, o treinador citou, além da queda nas quartas de final para o Penapolense (com derrota nos pênaltis, em pleno Morumbi), a eliminação para a Ponte

Preta, na semifinal da Copa Sul-americana do ano passado. Disse que, nos dois casos, seria obrigação do São Paulo avançar de fase enfrentando adversários de menor expressão. O tom da conversa não foi duro. Principalmente porque Muricy sentiu o abatimento dos atletas desde quinta-feira, quando os titulares se limitaram a dar voltas no gramado, cabisbaixos.

Sem vaidade, Kardec vira exemplo por passar a bola Alan Kardec teve a chance de assumir a artilharia isolada do Campeonato Paulista na vitória do Palmeiras sobre o Bragantino, mas mostrou ser humilde. O atacante abriu o placar e tinha boas chances de fazer o segundo, mas, na pequena área e com o goleiro no chão, preferiu rolar para Wesley selar o placar e a classificação para a semifinal. “O Alan é o nosso goleador, mas é um jogador

sem vaidade. O normal é eu passar a bola para ele fazer o gol, mas foi diferente”, sorriu Wesley. Ao dar o gol para o companheiro, Alan Kardec ficou com nove no torneio, igualando-se a Luis Fabiano e Léo, já eliminados com São Paulo e Rio Claro, respectivamente. “É a alegria e a humildade que mostram que temos tudo para fazer o que queremos acontecer”, disse. DIVULGAÇÃO

E

merson tem cada vez menos espaço no elenco alvinegro. O atacante não esteve nem entre os reservas no treino tático da manhã de ontem. Na atividade realizada em campo reduzido no CT Dr. Joaquim Grava, o técnico Mano Menezes separou duas equipes de oito atletas cada e não usou Sheik, que continuou o treino em outro gramado. Trabalhando à parte do elenco, Emerson treinou finalizações e cruzamentos em companhia de jovens que acabaram de subir das categorias de base. Questionado sobre a exclusão do atacante do treino tático, o técnico Mano Menezes mostrou irritação e garantiu que os atletas não aproveitados estarão na próxima movimentação tática. “Nove estiveram nesse trabalho técnico no outro campo. Vou ter que explicar sobre eles também? Não estiveram no oito contra oito e fizeram outra coisa. Não tem nada nisso. Bem possivelmente vou repetir essa atividade amanhã (sábado) e vou usar quem não esteve”, explicou Mano Menezes. Nos bastidores, o Alvinegro segue tentando envolver Emerson Sheik em negociações. Após quase chegar a um acerto com o AtléticoMG, o possível destino do jogador pode ser o Botafogo, mas o alto salário seria

MAURO HORITA/GAZETA PRESS

Técnico do Corinthians optou por deixar Emerson fora do treino de ontem e colocá-lo para treinar finalizações. Mano se irritou ao ser questionado sobre a ausência do jogador e perguntou se teria de responder pelos que estavam em campo também

Clima esquenta Uma disputa de bola quase resultou em briga durante treino do São Paulo na manhã de ontem. O volante Fabrício e o meia Maicon trocaram tapas e ofensas. Antes que os dois pudessem, de fato, brigar, os jogadores que estavam ao redor trataram de contê-los. Lucas Silva tranquilizou Fabrício. Kardec teve a chance de assumir a liderança na artilharia

GIRO POR OUTROS CLUBES SPORT E NÁUTICO DUELAM PELA LIDERANÇA DO HEXAGONAL FINAL Na última rodada do hexagonal final do Campeonato Pernambucano, Sport e Náutico se enfrentam hoje, às 15h (de Manaus), na Ilha do Retiro. Com a mesma pontuação, as duas equipes entrarão em confronto pela primeira posição da tabela e, consequentemente, por vantagens na fase final do Estadual. O Leão da Ilha vem de um empate no Clássico das Multidões contra o Santa Cruz, o que o manteve na ponta da classificação, porém deixou a equipe empatada com o Náutico. O atacante Ananias deve ser o desfalque hoje.

BRAGANTINO RECLAMA DE VALDÍVIA E DINHEIRO DA RENDA BA derrota por 2 a 0 que eliminou o time do Campeonato Paulista não foi o único motivo de irritação do Bragantino. Os jogadores deixaram o Pacaembu contestando a postura de Valdivia, acusando o atleta mais caro do Palmeiras de xingar a todos, incluindo o árbitro, e sair ileso, só com um cartão amarelo. “O Valdivia xinga a arbitragem e todos os auxiliares, mas ninguém tem peito para expulsá-lo. Quero ver quem vai ter peito para expulsar o Valdivia”, cobrou o volante Francesco, citando um palavrão para mostrar o comportamento do meia.

NO SUL, ROUPEIRO SOFRE INFARTO E MORRE APÓS PÊNALTI PERDIDO O roupeiro do Inter de Santa Maria, Monovan Pereira Gomes, morreu após sofrer um infarto dentro de campo, na noite de quinta-feira, no jogo contra o Santa Cruz, no Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria. Aos 20 minutos do segundo tempo, o roupeiro começou a passar mal depois que o atacante Josiel, ex-Flamengo, desperdiçou um pênalti. O árbitro Daniel Nobre Bins, então, paralisou a partida, e a ambulância levou Gomes ao hospital. Gomes não resistiu e morreu por volta das 20h30.


C3

MANAUS, SÁBADO, 29 DE MARÇO DE 2014

DIVULGAÇÃO

Líder do Inglês, o Chelsea entra em campo, hoje, contra o Crystal, de olho nos difíceis duelos dos concorrentes

Mourinho disse que tem evitado analisar tabela. Técnico prega foco apenas na partida

A

acirrada disputa pelo título do Campeonato Inglês promete ganhar mais um capítulo emocionante neste fim de semana, quando será disputada a 32ª rodada da competição. Líder com 69 pontos, o Chelsea tenta se aproveitar do fato de seus concorrentes mais diretos, Liverpool, que tem um ponto a menos, e Manchester City, terceiro colocado com 66 pontos, terem confrontos bem mais difíceis pela frente. Hoje o Chelsea, na condição de visitante, encara o Crystal Palace no Estádio Selhurst Park, em Croydon, distrito de Londres. Os anfitriões fazem campanha bem irregular e, com 28 pontos, lutam para

se afastarem da zona de rebaixamento. O discurso do português José Mourinho, técnico do Chelsea, é o de que sua equipe não deve contar com uma rodada favorável. Ele prega o máximo de respeito ao adversário. ”Não estamos analisando este campeonato pelo que vem marcando a tabela de classificação, pois a maioria dos times já mostrou que enfrenta qualquer adversário de igual para igual. Se o Chelsea deseja o título, o Crystal Palace sabe que não pode perder em casa para não se complicar na luta para permanecer na elite do futebol nacional. Portanto, espero mais um duelo muito bem disputado, mas que te-

DIVULGAÇÃO

COPA 2014

Ato foi marcado pela postura pacífica dos manifestantes

Ato contra Mundial sem incidentes em São Paulo Cerca de mil pessoas saíram às ruas de São Paulo para realizar o 4º Ato contra a realização da Copa do Mundo deste ano, no Brasil. Enquanto outras manifestações anteriores foram marcadas por cenas de violência e vandalismo, o protesto deontem transcorreu sem incidentes, ganhando destaque por causa do alto número de policiais. A concentração inicial foi feita na praça do Ciclista,

no final da Avenida Paulista. Para evitar tumultos, os policiais montaram dois cordões de isolamento. Depois de fecharem a Avenida Paulista, os manifestantes seguiram pela Brigadeiro Luís Antônio. Ao passarem pela rua Maria Paula, local da Câmara Municipal de Vereadores, eles não realizaram nenhum tipo de ação de vandalismo, mantendo a mesma postura inicial.

mos condições de ganhar”, analisou José Mourinho. Ainda hoje, no Emirates Stadium, em Londres, o Manchester City, que tem dois jogos a menos que o Chelsea e plenas condições de ser campeão, visita o Arsenal, quarto colocado com 63 pontos, em queda livre na tabela de classificação. Os visitantes minimizaram também a desfavorável rodada. ”Não podemos escolher adversários, ainda mais em um momento que o Campeonato Inglês está exigindo atitude de seus participantes. Temos que ir a campo, enfrentar o Arsenal com a seriedade que o confronto exige. Sabemos que nossa tarefa não será das mais tranquilas”.

Após conquistar no meio de semana o título com sete rodadas de antecipação, o Bayern de Munique faz a festa de sua torcida hoje, quando recebe o Hoffenheim em confronto válido pela 28ª jornada da competição. A equipe do técnico espanhol Josep Guardiola tem como principal motivação neste momento manter a invencibilidade na competição, o que faria a sua conquista ser ainda mais valorizada. “Para nós a competição prossegue porque queremos a invencibilidade e, mais do que isso, dar ao nosso torcedor exibição digna de um time que conquistou título importante. Todos podem apostar que vamos nos empenhar”, disse Guardiola. Apesar deste objetivo, é possível que Guardiola preserve alguns titulares de olho no jogo do meio da próxima semana contra o Manchester United, da Inglaterra, pela Liga dos Campeões da Europa. Jogando como visitante, o Hoffenheim tem como principal objetivo entrar para a história da competição como o primeiro time a derrotar o Bayern de Munique.

A disputa pela liderança do Campeonato Espanhol está cada vez mais acirrada e há muitos anos não se via uma disputa tão intensa entre três concorrentes. O Atlético de Madrid lidera com 73 pontos, um a mais que o Barcelona. O Real Madrid é o terceiro colocado com 70 pontos e todos entram em ação hoje. O Atlético de Madrid tenta manter a liderança, mas tem uma verdadeira pedreira pela frente, pois visita o quarto colocado Athletic Bilbao, que tem 56 pontos e defende a permanência na zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa. O Barcelona também tem outra tarefa complicada como visitante, pois medirá forças com o Espanyol. Os

anfitriões estão em oitavo lugar com quarenta pontos e desejam um triunfo para manterem vivo o sonho da Liga Europa. A rodada se desenha mais favorável para o Real Madrid, único dos postulantes ao título a jogar em casa no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Além disso, os merengues medirão forças com um decadente Rayo Vallecano, que tem 33 pontos e flerta perigosamente com a zona de rebaixamento. O Real tenta reagir após duas derrotas consecutivas para Barcelona e Sevilla. Já os atleticanos olham a rodada como estratégica, apesar de reconhecerem que possuem uma das tarefas mais ingratas e difíceis deste fim de semana.

Diego Costa é um dos grandes nomes em campo hoje

FUTSAL

FÓRMULA 1

Rosberg é o mais rápido. Felipe Massa é o sexto A Mercedes dominou o primeiro dia de treinos livres para o Grande Prêmio da Malásia. Depois de liderar a primeira sessão de ontem com o britânico Lewis Hamilton, a equipe viu o alemão Nico Rosberg manter a hegemonia na segunda atividade, que teve o brasileiro Felipe Massa (Williams) na sexta posição. Rosberg garantiu a liderança da tabela de tempos com a marca de 1min39s909, seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), que registrou 1min39s944. O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) fez 1min39s970 e completou o grupo dos três mais rápidos. Coincidentemente, eles fizeram as mesmas 30 voltas. Hamilton foi o quarto

Atlético quer seguir líder e Barcelona quer embalar

DIVULGAÇÃO

Bayern faz festa neste sábado

ESPANHA

colocado, logo à frente do espanhol Fernando Alonso (Ferrari). Em uma demonstração da confiabilidade da Williams, Felipe Massa completou um total de 34 voltas e terminou na sexta colocação. Superado pelo australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) e pelo britânico Jenson Button (McLaren), o finlandês Valtteri Bottas (Williams) ficou na nona colocação. Companheiro do brasileiro na equipe britânica, ele foi o piloto que mais andou na sessão (35 voltas). O alemão Nico Hulkenberg (Force India) completou o grupo dos 10 primeiros colocados. Em situação preocupante, Pastor Maldonado (Lotus) foi o único piloto que não marcou tempo nas duas sessões.

Romário compra briga e contesta ‘falhas’ na CBFS Após o pedido do ex-capitão da Seleção Brasileira de futsal, Vinícius, o deputado federal, Romário, decidiu apoiar a atitude liderada por Falcão. O ex-jogador garantiu a colaboração na luta pela transparência na atual gestão da Confederação da modalidade. “O Vinícius pediu o meu apoio para limpar o esporte de gestores corruptos, como o atual presiden-

te da confederação Aécio Borba Vasconcelos. Falcão não pôde comparecer por incompatibilidade de agenda”, declarou Romário. Um dos questionamentos dos atletas do futsal é a falta de infraestrutura mesmo com um bom patrocínio de grandes empresas. “Ele pediu auditoria nos contratos de patrocínio dos Correios e do Banco do Brasil com a Confederação”. DIVULGAÇÃO

Blues tenta tirar proveito de ‘pedreira’ dos rivais

ALEMANHA

Romário garantiu que lutará contra a corrupção no futsal


C4

MANAUS, SÁBADO, 29 DE MARÇO DE 2014


Pódio - 29 de março de 2014