Issuu on Google+

����������������������� � ����������������������������������������� ��������������������

RODADA ‘D’ ���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� �������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������


����������������� �����������������������������������

CHARGE

CLICK ESPORTIVO

LOTERIAS

REPRODUÇÃO

MEGA-SENA �����������������

�����������

������������������������������������

TIMEMANIA ����������������

�����������

������������������������������������� ����������������

��������

LOTOFÁCIL O atleta sérvio Andrija Prlainovic (esq.) luta com o húngaro Peter Biros pela posse da bola durante partida de polo aquático, no 14º Campeonato Mundial Fina, em Xangai, na China

PROGRAMAÇÃO ESPORTIVA ����������� �������������������� ���������������� �������������������� ������������������������ �������������� ������������������� ��

������� ��������������������

������� ��������������������� ������

���������� �

��� �������������� ������������ ������������������

������������ ����������� ������������������� ����������

������������� ���������������������� ��������������������� ������������������������ �������������������� ������������������������� ������������������� ������������������������ ������������������� ��

�������������� �����������

���������� ����������������������� ����������������������

������� ����������� ������������������� ��������������� ������������������������

��� ������������������� ����������������� �������������������

������������ ������������������������ �������� �������������������� ����������� ���������������������� ������������� �������������������

������������������������������������������������������������

������������������� �������������������� ��������������������� ������������������������ ����������������� ��������� ����������������� �

����������������

QUINA �����������������

����������

�����������������������

LOTOMANIA �����������������

����������

����������������������� ����������������������� ����������������������� ������������������������

������

��������������������� ��������������������� ������������������ ������������������� ������ ��������������������� ���������������������� ������������������� ����������������������� ��������������������� ���������������������� ����������� ��������������������

����������

� ����������������������� � �������������������������� �������������������������

DUPLA-SENA ����������������

����������

����������������

��������������������������� ���������������

������������������������������

FEDERAL ������������������ �����������

��������

���������

���������� ��

����������

�����������

������������������������������ ������������������������������ ������������������������������� ������������������������������


����������������� �����������������������������������

Só a vitória

Caso o Leão da Vila Municipal perca o jogo de hoje, suas chances matemáticas de classificação serão mínimas

INTERESSA ������������� ������������������

Nacional

�����������������������

Plácido de Castro

Nacional - André Luíz; Lucas, Lídio, Flávio, Edmilson, Jordy Guerreiro, Alexandre, Maico Gaúcho e Igor Carlos; Léo Mineiro e André Leonel. Técnico: Tarcísio Pugliese.

No desespero pela vitória, técnico dispensou pelo menos dez jogadores nos últimos dias

Plácido de Castro - Máximos; Bruno, Welinton, Ray Manaus, Renan Carioca; Araújo, Rogério, Renato e Tiaguinho; Zico e Leonardo. Técnico: Luiz Carlos. Estádio: Arena da Floresta, em Rio Branco (AC), 18h (horário de Manaus). Árbitro: Wales Martins de Souza Auxiliares: João Gomes Jacome e Jean Carlos Rodrigues da Silva

meiros colocados do grupo”, ressaltou Pugliese. Para mudar a realidade na qual se encontra o Leão da Vila, foram contratados mais quatro atletas, pois nos últimos dias a diretoria do clube dispensou pelo menos dez jogadores. A lista impressionou até mesmo o técnico do seu rival amazonense: Penarol. “Queria muito poder contar com todos esses atletas. Se eles não querem mais os jogadores eu quero, para formar um time muito forte e vencer a competição”, brincou o ‘professor’ do Leão da Velha Serpa, Uidemar Oliveira, ao se referir aos grandes jogadores que o Nacional se desfez: os atacantes Charles, Clailson e Branco, o meia Delciney, os zagueiros Amaral Capixaba, Fábio Gomes e Santiago, o goleiro Nailson, os laterais Clemilton e Alberto, praticamente a base do América que

foi vice-campeã da Série D no ano passado. Apesar do mau rendimento do clube na Série D, o presidente do Nacional, Luís Mitoso, afirma que o time não está em crise. “Não existe crise. Estamos passando por uma fase de mudança e isso não significa crise. Todos os clubes passam por dificuldades dentro de uma competição e, com o Nacional não é diferente”, justificou. Porém, para esconder o descontentamento com o time na competição o vice-presidente do Leão da Vila Municipal, Gílson Mota, predestina que o clube está com muito azar e que um dia isso vai acabar. Resta saber se vai ser ainda este ano. Pois o clube nadou, nadou e morreu no seco, no primeiro semestre deste ano, quando foi vice-campeão do amazonense. “Estamos com uma ‘uruca’ que parece não

���������

Desesperado em busca da sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro Série D, para continuar com chances matemáticas de classificação para a próxima fase da competição, o Nacional joga hoje, às 18h (horário de Manaus), no estádio Arena da Floresta, no Estado do Acre, contra o Plácido de Castro, pela quarta rodada do Brasileirão. Para continuar sonhando com a segunda fase do campeonato, o Nacional vai ter de vencer pelo menos quatro dos cinco jogos que faltam para terminar a primeira fase. Além do jogo de hoje, o Leão da Vila Municipal fará mais duas partidas fora de casa e duas em seu território. O Nacional segura a lanterna do campeonato, com apenas um ponto em três jogos disputados. Mas para mudar essa realidade o técnico recém-contratado, Tarcísio Pugliese, promete um time ofensivo, mesmo jogando na casa do adversário. “Nosso lema é vencer ou vencer, isso quer dizer que temos de conseguir mais três pontos para sonharmos com a próxima fase e posteriormente com o título”, afirmou Pugliese. De acordo com o técnico, o time vai ser totalmente diferente do que jogou contra o Penarol, no último sábado. “O time não estava confiante e muito menos entrosado, por conta disso perdemos a chance de vencer o jogo e garantirmos nosso time dentre os pri-

�������������������

Time vai ser totalmente diferente do que jogou contra o Penarol no último sábado

acabar. Chutamos várias bolas contra nossos adversários e não entra nenhuma, porém os outros clubes chutam uma e conseguem fazer dois gols. Mas somos filhos de Deus, tenho fé que isso vai mudar”, apelou para força divina, Gílson Mota. No Acre Enquanto o Nacional se lamenta pela má fase do time neste ano, no Plácido de Castro é só festa. O time entrou na briga por uma das duas vagas para a segunda fase da

Série D ao vencer o Cuiabá, no último sábado. Com a vitória, o time acreano assumiu a viceliderança com quatro pontos e pode terminar a quarta rodada como líder caso vença o Nacional, hoje, pois o líder, do grupo A1, Cuiabá, vai folgar nesta rodada. O time acreano promete jogar da mesma forma que enfrentou o time matogrossense: recuado. “Gosto de estudar o time adversário, para depois armar contra-ataques e chegar ao gol”, ressaltou o técnico do Plácido de Castro, Luiz Carlos.


����������������� �����������������������������������

Com cautela, Luxemburgo mira liderança

Único invicto do Nacional após 14 rodadas, o Flamengo recebe hoje o Coritiba. Na segunda colocação, rubronegro pode assumir a ponta se o Corinthians tropeçar

������������������������

Em ótima fase, Ronaldinho é uma das esperanças para o Fla chegar ao topo

Único invicto do Nacional após 14 rodadas, o Flamengo recebe hoje o Coritiba. Será o confronto entre os dois melhores ataques do torneio -o time carioca já marcou 27 gols, ante 25 dos paranaenses. A equipe da Gávea ocupa hoje a segunda colocação, com 30 pontos, e pode assumir a ponta se o Corinthians tropeçar ante o Atlético-PR, domingo, em Curitiba - os paulistas, no entanto, seguem com um jogo a menos. O técnico Vanderlei Luxemburgo minimiza a pressão sobre o Flamengo. “Não tem pressão de ter que tomar a liderança nessa ou naquela rodada. Pressão é ficar na zona de rebaixamento, ainda mais com time grande. Você tenta sair e dão na sua cabeça”, afirmou o treinador. Nas últimas nove rodadas, o Flamengo venceu sete vezes e empatou duas.

Os desfalques rubro-negros são o zagueiro Ronaldo Angelim e o volante Airton, suspensos. Eles serão substituídos por Welinton e Willians, respectivamente, que retornam depois de cumprir suspensão. Luxemburgo deve manter o meia Botinelli entre os titulares, com Renato mais recuado. Fierro e Luís Philipe também têm chance de começar jogando. A estreia do zagueiro Alex Silva, ex-São Paulo, foi adiada para o dia 21 de agosto, contra o Inter. De acordo com o departamento médico do clube, o jogador fez durante a semana um trabalho de fortalecimento muscular e em breve será liberado para treinar com o grupo. Vice-campeão da Copa do Brasil e dono de um recorde de 23 vitórias consecutivas no início do ano, o Coritiba é hoje o décimo colocado do Brasileiro, com 18 pontos, e busca se aproximar

Desatenção do time preocupa Scolari Na defesa, o pesadelo é a bola aérea. No ataque, o problema é o famoso “ladrão”. O Palmeiras faz boa campanha neste Brasileiro. Mas, talvez, se o time redobrar a atenção, pode ir mais longe. Contra o Grêmio, hoje à noite, a equipe do exigente e perfeccionista Luiz Felipe Scolari tenta manter uma série de três jogos sem derrota. E tem uma nova chance de corrigir seus principais erros. Na zaga, por exemplo, é pública a queixa de Scolari sobre os gols que o time tem sofrido nas bolas aéreas -na

quarta, no empate contra o Coritiba, foi assim. Aliás, não é de hoje: desde o Paulista que Scolari e o goleiro Marcos se queixam da desatenção dos defensores. Na quarta, em Curitiba, ambos disseram que as falhas na bola aérea “irritam”. “Dentro de campo, devido a uma ou outra colocação, vacilo ou titubeada, aquilo que foi trabalhado acaba não sendo correspondido”, disse o treinador palmeirense. “Me irrita. Mas tenho que valorizar, também, o trabalho do técnico adversário”, completou Scolari.

do G4. O técnico Marcelo Oliveira não confirmou a equipe titular, mas a tendência deve manter a escalação do empate com o Palmeiras (1 a 1), com exceção do lateral direito Jonas, que retorna de suspensão, no lugar de Maranhão.

Flamengo Coritiba Flamengo - Felipe; Léo Moura, David, Welinton e Júnior César; Willians, Renato, Bottinelli (Fierro) e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo Coritiba - Edson Bastos; Jonas, Emerson, Jéci e Eltinho; Leandro Donizete, Léo Gago, Tcheco e Rafinha; Marcos Aurélio e Bill. Técnico: Marcelo Oliveira Estádio: Engenhão, no Rio Horário: 18h30 (de Brasília) Árbitro: Elmo Alves de Resende Cunha (GO)

Palmeiras Grêmio Palmeiras - Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Leandro Amaro (Henrique) e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Maikon Leite, Kleber e Dinei (Patrik). Técnico: Luiz Felipe Scolari Grêmio - Victor; Adilson, Vilson, Rafael Marques e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Douglas, Lúcio e Leandro; André Lima. Técnico: Celso Roth Estádio: Canindé, em São Paulo Horário: 18h30 (De Brasília) Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Exigente e perfeccionista, Scolari enfrenta o Grêmio hoje à noite pelo Brasileiro


����������������� �����������������������������������

Em casa, Atlético-MG busca

RECUPERAÇÃO

�������������

Há duas rodadas sem vencer e, próximo do rebaixamento, o time mineiro recebe o Figueirense pela 15ª rodada do Campeonato

Há duas rodadas sem vencer e ainda próximo da zona de rebaixamento, o Atlético-MG recebe hoje à noite o Figueirense, em Ipatinga, pela 15ª rodada do Nacional. O time do técnico Dorival Júnior tem uma das campanhas mais irregulares da competição. Com quatro vitórias, três empates e sete derrotas, a equipe mineira ocupa apenas a 13ª posição na tabela. Com 15 pontos, está apenas dois à frente do Avaí, que hoje é o primeiro time na zona de descenso. A última vitória do Atlético aconteceu em 27 de julho, também no Ipatingão, ante o Fluminense (1 a 0). Depois, o time perdeu para o Palmeiras (3 a 2), fora de casa, e empatou com o Grêmio (2 a 2), também como visitante. Agora, precisa de um triunfo ante o Figueirense, que faz boa campanha e é nono colocado,

com 19 pontos. O técnico Dorival Júnior ainda não sabe se poderá contar com o lateral Eron, que sofreu uma fratura no nariz no duelo contra os gremistas. Se ele for vetado, o volante Fillipe Soutto -que se recuperou de contusão deverá ser o titular no meio-campo, com Richarlyson improvisado na ala esquerda. No ataque, Dorival Júnior também poderá contar com Guilherme, liberado pelo departamento médico. Porém, o atacante deverá ser apenas opção para a reserva. Na frente, os titulares deverão ser o centroavante André e o veterano Magno Alves. O meia Caio, suspenso, será substituído por Giovanni Augusto. Já o Figueirense tenta manter o embalo após o fim de um jejum de seis jogos sem vitórias. Na última rodada, o time catarinense

bateu o Botafogo (2 a 0) em Florianópolis. Contundidos, os atacantes Aloísio e Rhayner desfalcam o time do técnico Jorginho por pelo menos 30 dias. Suspenso, o zagueiro Edson Silva dá lugar a Roger Carvalho. Poupado por desgaste físico, o meia Fernandes também está fora.

Atlético-MG Figueirense Atlético-MG - Giovanni; Leonardo Silva, Lima e Werley; Patric, Serginho, Richarlyson, Giovanni Augusto e Eron (Fillipe Soutto); Magno Alves e André. Técnico: Dorival Jr. Figueirense - Wilson; Coutinho, Roger Carvalho, João Paulo e Juninho; Ygor, Túlio, Elias e Maicon; Héber e Júlio César. Técnico: Jorginho Estádio: Ipatingão, em Ipatinga Horário: 21h Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Dorival Júnior tem uma das campanhas mais irregulares da competição

Fred não treinou ontem pelo Fluminense Por causa do incidente com os torcedores do Fluminense, que o teriam o perseguido na última terça-feira porque estava num bar, o atacante Fred não apareceu ontem para treinar nas Laranjeiras e está fora do jogo deste domingo contra o América-MG, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

(MG). Ele já não havia enfrentado o Internacional na última quinta-feira. Depois da atividade, o vice-presidente de futebol, Sandro Lima, avisou que o jogador foi liberado até domingo, quando se apresenta à Seleção Brasileira que vai disputar amistoso contra a Alemanha, na pró-

xima quarta, em Stuttgart. Diante da suspeita de que Fred pode se transferir para outro clube - Cruzeiro e Internacional estão interessados -, o dirigente avisou que o atacante só sai se alguém pagar a multa rescisória no valor de 15 milhões de euros (cerca de R$ 33 milhões).

Fred marcou para este sábado, às 10h, coletiva para explicar a confusão. Ele registrou queixa na 13.ª Delegacia de Ipanema (Zona Sul do Rio de Janeiro), mas o caso foi transferido para a 14.ª DP do Leblon. Ele identificou dois torcedores que estariam envolvidos no episódio: Piero Martins

de Carvalho e Leandro de Carvalho Moraes, o Campinho, que tem passagens na polícia por formação de quadrilha e tentativa de homicídio contra um torcedor do Vasco, em 2002. Presidente da Young Flu, Campinho já agrediu Diguinho dentro das Laranjeiras em 2009.


����������������� �����������������������������������

Presidente da CBF é investigado no Maranhão

Foi aberto inquérito para investigar os presidentes da CBF e da FMF

����������������

���

A Polícia Civil do Maranhão abriu inquérito para investigar os presidentes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, e da FMF (Federação Maranhense de Futebol), Carlos Alberto Ferreira, pelo crime de desobediência. De acordo com a promotora Lítia Cavalcante, autora da denúncia que motivou o

A denúncia é referente a pedidos de envio de documentos aos repasses de 2009 e 2010

Presidente Ricardo Teixeira é agora investigado pela Polícia Civil do Maranhão

inquérito, os dois dirigentes não atenderam ao pedido de envio de documentos referentes aos repasses de verbas de 2009 e 2010. A denúncia foi enviada ao secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes, e será investigada pela Deic (Delegacia Estadual de Investigações Criminais). No balanço financeiro publicado no site da CBF, a Federação Maranhense divulgou

Thiago Alcântara, filho de Mazinho, é a novidade na Seleção O meia Thiago Alcântara, 20, do Barcelona, é a principal novidade da relação de convocados do técnico da seleção da Espanha, Vicente del Bosque, para o amistoso da atual campeã mundial contra a Itália, no próximo dia 10, na cidade de Bari (ITA). Destaque da seleção espanhola sub-21 na conquista

Destaque da seleção espanhola sub-21 na conquista do campeonato europeu, ele é a novidade no dia 10 do campeonato europeu da categoria, Thiago foi chamado ontem pela primeira vez para a equipe principal. O jogador é filho do ex-

volante Mazinho, campeão do mundo com o Brasil na Copa de 1994, nos Estados Unidos, e nasceu na Itália, em 1991, quando seu pai atuava pelo Lecce. Apesar disso, optou por defender a Espanha nas seleções de base, por ter passado a maior parte de sua vida naquele país, onde Mazinho jogou por diversos clubes.

Presidente da Federação Maranhense de Futebol, Carlos Alberto Ferreira, também é investigado

dois valores diferentes em relação ao recebimento de verba em 2010. O documento apresenta duas versões diferentes, com valores de R$ 240 mil e R$ 320 mil. “A diferença [R$ 80 mil] é muito grande. Acredito que a federação [maranhense] nem percebeu o erro de mandar dois balanços distintos do mesmo ano”, disse a promotora. Paralelo ao inquérito por desobediência, que prevê pena de 15 dias a seis meses, o Ministério Público

Estadual do Maranhão abriu um inquérito civil público para investigar outros possíveis desvios de recursos e transgressões ao Estatuto do Torcedor. “Não pensei que um pedido simples sobre a transparência no futebol do Estado fosse criar tanto problema. Seria muito mais fácil eles [dirigentes] disponibilizarem os recibos”, afirmou a promotora. O presidente da FMF não foi encontrado para comentar a denúncia. Procurada, a CBF não se manifestou. ����������

Thiago é filho do ex-volante Mazinho, campeão do mundo em 1994, nos EUA


����������������� �����������������������������������

���������������

SELEÇÃO DE VÔLEI

estreia com vitória

Equipe dirigida pelo técnico José Roberto Guimarães venceu o Japão por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/16 e 25/21, em 1h15 ���

Tenista brasileiro Thomas Bellucci foi derrotado por Marcos Baghadatis

Bellucci é eliminado em Washington O tenista brasileiro pou o desgaste físico. “Não Thomaz Bellucci foi elimi- é fácil jogar dois jogos no nado nas oitavas de final mesmo dia, principalmente do Torneio de Washing- jogos longos”, disse vi asseston, nos Estados Unidos, soria de imprensa. “Comecei na noite de muito bem e quinta-feidepois acara, ao ser Um pouco mais cedo bei errando derrotado o brasileiro havia mais do que pelo ciprio- eliminado o alemão devia. O Bata Marcos ghadatis é Tommy Haas Baghadatis um grande por 2 sets a jogador e 1 (3/6, 6/3 e 6/2). aproveitou as oportunidaUm pouco mais cedo ele des”, continuou. havia eliminado o alemão Na próxima semana, Tommy Haas na estreia da Bellucci vai disputar o competição. Até por isso o Torneio de Montréal, no número 36 do mundo cul- Canadá.

Sheilla foi o destaque do jogo, marcando 15 pontos, sendo 13 de ataque, um de saque e um de bloqueio

A Seleção Brasileira de vôlei estreou com o pé direito no Grand Prix. Na madrugada de ontem, a equipe dirigida pelo técnico José Roberto Guimarães venceu o Japão por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/16 e 25/21, em 1h15minutos de jogo. A partida, válida pelo Grupo C, foi realizada em Busan, na Coreia do Sul.

O destaque do jogo foi Sheilla, que marcou 15 pontos -sendo 13 de ataque, um de saque e um de bloqueio. A ponteira Paula Pequeno também teve uma boa atuação, com 14 acertos. “Jogamos uma grande partida. O nosso saque foi eficaz. Além disso, tanto o bloqueio quanto a defesa funciona-

ram bem. No terceiro set cometemos alguns erros que fizeram o Japão voltar para o jogo. De qualquer forma, isso serve de parâmetro para os próximos jogos”, afirmou o treinador brasileiro. O Brasil volta à quadra na madrugada deste sábado, quando encara a Alemanha. O jogo será às 4h30.


����������������� �����������������������������������

Manaus tem 1ª edição do campeonato de patins ����������

Ponta Negra será o espaço onde os amantes da modalidade participarão da disputa, que deve reunir cerca de 30 patinadores Os amantes da prática de patins em Manaus estão se organizando para criar uma associação ou federação da modalidade na capital amazonense e, dessa forma, regularizar o esporte na região. A primeira iniciativa acontece amanhã, a partir das 8h, no skate park da praia da Ponta Negra, Zona Oeste, com a primeira edição do campeonato de patins, que deve reunir cerca de 30 patinadores, informou o organizador do evento, Sérgio Deodoro. Segundo ele, o torneio vai abrigar duas competições: street e vertical (espécie de rampa

em u para quem é adepto dessa modalidade) e as inscrições acontecem minutos antes do início do evento, com uma taxa simbólica de R$ 10. O torneio, explicou Deodoro, é a primeira ação de um grupo de praticantes de patins que querem organizar as competições locais e criar a cultura deste esporte na cidade. Deodoro, que patina há oito anos, inclusive em circuitos internacionais, lamenta que esta modalidade ainda não tenha tanto espaço no calendário esportivo do Estado. “Eu e mais três patinadores resolvemos fazer o evento e, dependendo do sucesso e do

número de participantes, queremos partir para a próxima etapa, que é mais burocrática que é o registro em cartório da associação ou federação”, disse o patinador. O torneio será dividido por duas baterias com apresentação dos competidores: iniciantes e amadores, onde seis jurados tirados entre os próprios competidores é que vão julgar as performances dos atletas. “Três do grupo de iniciantes irão julgar os amadores e viceversa”, acrescentou Deodoro. As premiações serão medalhas para o 1º ao 6º lugares, camisetas e cds.

O torneio será dividido por duas baterias com apresentação de iniciantes e amadores

Expedição ‘Conectando’ inicia 2ª fase no dia 17 �������������������

O canoísta carioca Ângelo Corso vai explorar, por mais de duas semanas, pela primeira vez, o rio Negro e a selva amazônica, na segunda fase da “Expedição Conectando”, iniciada no primeiro semestre do ano passado. Essa segunda e última fase da aventura vai contemplar a subida do rio Negro, saindo de Manaus no próximo dia 17, num caiaque, em companhia do presidente da Federação Amazonense de Canoagem (FAC), Marcelo Santos da Luz, até o município de São Gabriel da Cachoeira , num percurso de 1,1 mil quilômetros de remo contra a correnteza e que deve levar um tempo estimado de 15 dias de expedição. Ao chegar em São Gabriel, o grupo – composto por cinco pessoas – segue em uma

incursão à pé, selva adentro, até o Pico da Neblina, que fica na Serra do Imeri, com 3.014 metros de altura, nas proximidades do vizinho município de Santa Izabel do Rio Negro e do país caribenho da Venezuela. Neste trecho, Marcelo da Luz não participa da caminhada. A previsão do grupo é percorrer este caminho em mais duas semanas entre a selva, subida e descida do Pico da Neblina. Luz explicou que será um desafio da equipe ter que remar contra a correnteza do rio Negro e a meta é que os dois remem entre 60 a 70 quilômetros por dia, que na sua avaliação será um desafio tanto ao rio quanto aos limites do corpo. Para servir como apoio aos dois aventureiros, outros dois canoístas – que integram a

equipe de Corso – também deverão subir o rio em outro caiaque remando esporadicamente neste trecho. Está sendo esperada a participação do secretário-executivo da Secretaria de Estado da Juventude e Lazer (Sejel), Christian Barnadd. Caso não confirme a sua presença, deverá ser designado outro técnico da repartição para acompanhar a expedição como representante do governo. Além disso, a Expedição está negociando um patrocínio da Sejel e também com as prefeituras de São Gabriel da Cachoeira, Santa Izabel do Rio Negro e Barcelos, além de já ter fechado apoio com duas empresas do ramo náutico do Rio e Janeiro e São Paulo. Ângelo Corso iniciou sua expedição na cidade de Paraty

Um dos principais desafios da equipe será remar contra a correnteza do rio Negro

(RJ) e já percorreu 10 mil quilômetros, sendo 7,5 mil quilômetros de bicicleta até à cidade de Belém (PA) e outros 2,5 mil quilômetros também de bike de Belém até o município de Santarém, no Pará. Do vizinho Estado, ele veio subindo o rio Amazonas até a capital amazonense, chegando por aqui

em janeiro deste ano. Já o presidente da FAC, Marcelo da Luz, possui vasto currículo em expedições pelo Brasil, num total de oito aventuras, sendo duas na Região Sul do país e as demais na região amazônica, entre os Estados do Amazonas, Pará e Roraima.


Podio - 06 de agosto de 2011