Page 1

TABLOIDE INGLÊS DETONA MANAUS

O JORNAL INGLÊS “DAILY MAIL” AFIRMOU, NA EDIÇÃO DE ONTEM, QUE A ARENA DA AMAZÔNIA – QUE VAI SEDIAR A PARTIDA ENTRE INGLATERRA E ITÁLIA – FICA “LOCALIZADA EM PLENA SELVA” E QUE ANIMAIS COMO ESCORPIÕES, TARÂNTULAS, JACARÉS E COBRAS “SÃO FACILMENTE ENCONTRADOS EM MANAUS”, ALÉM DE ALERTAR PARA A POSSIBILIDADE DO TURISTA “CONTRAIR RAIVA DOS CÃES DE RUA”. ÚLTIMA HORA A2 E CONTEXTO A3

R$ EXEMPLAR

1,00 DE ASSINANTE

VENDA PROIBIDA PREÇO DESTA EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

O JORNAL QUE VOCÊ LÊ ANO XXVI – N.º 8.202 – SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013 – PRESIDENTE: OTÁVIO RAMAN NEVES – DIRETOR EXECUTIVO: JOÃO BOSCO ARAÚJO

CLEBER YAMAGUCHI/AGÊNCIA ELEVEN/GAZETA PRESS

SELVAGERIA NO BRASIL DA COPA

DIEGO JANATÃ

FOTOCOM

SATIRO SODRÉ

Mais uma cena triste entra para a história do futebol brasileiro. Durante a partida entre Atlético-PR e Vasco, em Joinville (SC), torcedores entraram em conflito, sem a presença de policiais para apartá-los. As agressões foram tão chocantes que os feridos saíram do campo de helicóptero, em estado grave. Para o técnico do Vasco, Adilson Batista, o episódio é lamentável, principalmente “em um momento que se fala de Copa do Mundo no país”. País B1

A QUEDA DE DOIS GIGANTES DO FUTEBOL

FOGÃO VENCE E SE GARANTE NO G-4 O Botafogo (foto) terminou o Brasileirão no G-4, ao vencer o Criciúma por 3 a 0, no Maracanã. Para garantir sua vaga na Libertadores, o alvinegro torce para que o Lanús, da Argentina, vença a Ponte Preta, na final da Sul-Americana, na quarta-feira. Pódio E4

FORÇA-TAREFA

ALEX PAZUELLO/AGECOM

RICARDO OLIVEIRA

Fluminense e Vasco sentem novamente o gosto amargo que tem a ida para a Série B do Brasileiro. A vitória sobre o Bahia por 2 a 1 não foi suficiente para evitar a queda do Flu e o Vasco acabou duplamente humilhado ao ser rebaixado e goleado por 5 a 1 pelo Atlético-PR. Pódio E5

Feirão tinha até carros roubados Doze veículos foram apreendidos e 99 infrações registradas, ontem, em uma feira de veículos, na Cidade Nova. Dia a dia A7

SHOWS

Católicos prestaram homenagens à padroeira de Manaus, durante a procissão de ontem

em homenagem a Nossa Senhora da FÉ E DEVOÇÃO Procissão Conceição, padroeira de Manaus, reuniu milhares

de católicos, que também prestigiaram a missa campal, no Centro. Última Hora A2

Mais de seis horas de samba A “Retrospectiva do Samba” empolgou quem foi ao sambódromo curtir mais de seis horas de música. Plateia B5

FALE COM A GENTE - ANÚNCIOS CLASSITEMPO, ASSINATURA, ATENDIMENTO AO LEITOR E ASSINANTES: 92 3211-3700 ESTA EDIÇÃO CONTÉM - ÚLTIMA HORA, OPINIÃO, POLÍTICA, DIA A DIA, PAÍS, MUNDO, PLATEIA, FOLHAINVEST E PÓDIO.

Omar Aziz: “Vamos levar o programa a 14 municípios”

SEGURANÇA

Omar lança Ronda no Bairro em Humaitá O governador Omar Aziz lançou, neste fim de semana, o Ronda no Bairro, em Humaitá, primeira cidade do interior do Amazonas a receber o programa. Dia a dia A8 TEMPO EM MANAUS

MÁX.: 35

MÍN.:

23


A2

Última Hora

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Procissão da padroeira do AM ‘mira’ nos jovens Durante evento realizado, ontem, Igreja Católica focou sua pregação nos temas que afligem a juventude amazonense

RICARDO OLIVEIRA

ISABELLE VALOIS Equipe EM TEMPO

E

nvolvida pela bandeira do Estado do Amazonas, a imagem de Nossa Senhora Imaculada da Conceição seguiu em procissão pelas principais ruas do Centro, conduzida como de costume por marinheiros no meio de milhares de devotos. Os festejos da padroeira do Estado, dando a continuidade com a Jornada Mundial da Juventude que ocorreu este ano, pela primeira vez no Brasil, desfrutou o tema: “Façam tudo o que Ele vos disser”. Para o pároco da Catedral Metropolitana de Manaus (Paróquia Nossa Senhora da Conceição), padre José Albuquerque, a festa concedeu o que a organização planejava. “Sobre a inspiração da jornada, o festejo da padroeira celebrou a juventude, apresentando Nossa Senhora da Conceição como mãe-mestra, e a maior expressão da fé católica”, declarou. Despedindo-se do serviço como pároco da igreja Matriz, padre Albuquerque falou do dever cumprido. “Demos continuidade ao trabalho que foram realizados por outros párocos e sem dúvida a evangelização

terá prosseguimento com toda a dedicação vivida pela igreja e o povo de Deus”, informou. A procissão - que de acordo com o aluno oficial da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Moreira da Silva, reuniu em média 35 mil fiéis, mas que, segundo a Arquidiocese de Manaus, esse número chegou a quase 100 mil fiéis -, foi a primeira presidida pelo novo arcebispo de Manaus, dom Sérgio Castriani. O arcebispo, em homilia, destacou o tema do festejo, pedindo oração para todos os tipos de jovens que vivem na sociedade. “Este é o momento de vitalidade da igreja de Manaus, um momento especial da devoção que os católicos têm à virgem Maria, que sem dúvida se apresenta no evangelho e mostra a sua importância, que os jovens sigam o exemplo da virgem santíssima”, disse. As preces pela igreja de Manaus, os governantes, povo em geral, os idosos da sociedade, os jovens cristão da cidade e do Brasil e as famílias foram rezadas com pedido especial feita pela primeira-dama e titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Gorete Garcia Ribeiro, que expressou a sua devoção à padroeira do Estado.

AVIAÇÃO

Aeroporto Eduardo Gomes foi afetado por caos aéreo JULIANA GERALDO Equipe EM TEMPO

Apesar de ter sido uma das capitais menos afetadas pelo caos que atrasou e cancelou voos em aeroportos de todo o país, Manaus registrou, ontem, contratempos no aeroporto internacional Eduardo Gomes. Dos 34 voos programados para partir ou chegar na capital amazonense, 17,6% (seis voos) foram cancelados ou apresentaram atraso na decolagem ou aterrissagem entre 00h e 19h de ontem, segundo boletim da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A assessoria da Infraero em Manaus justificou que os voos 9339 e 1653, com destino a Fortaleza, classificados como”cancelados” no boletim da estatal, na verdade, tiveram o número trocado para as numerações 9070 e 9073,

mas teriam decolado normalmente no horário previsto. Já entre os quatro atrasos registrados em Manaus, a Infraero local confirmou apenas um. O voo 1654 da Gol, vindo de Brasília com previsão para desembarcar em Manaus às 11h de ontem, sofreu quase duas horas de atraso, aterrissando na pista de pouso às 12h43. Segundo o escritório da estatal, em Manaus, a companhia aérea teria passado por uma redução de equipe para a realização do check-in dos passageiros, situação que estendeu o tempo de verificação de bagagens e bilhetes aéreos, antes da decolagem. Ainda conforme o escritório regional, o atraso foi considerado dentro da normalidade e não teve nenhuma relação direta com o cenário nacional dos aeroportos. (Leia mais na página B2)

Milhares de fiéis percorreram as ruas do centro da cidade para mostrar sua devoção à Nossa Senhora Imaculada Conceição

COPA 2014

LOTERIAS

Jornal inglês arrasa Manaus Ingleses iniciaram nova polêmica em relação às condições estruturais de Manaus para receber turistas durante os quatro jogos da Copa do Mundo, em junho de 2014. O tabloide inglês “Daily Mail” voltou a fazer duras críticas à capital amazonense. O artigo assinado pelo repórter Chris Pleasance, baseado principalmente em opinião popular, traz animais peçonhentos, violência, altos preços e até raiva canina como principais fatores que visitantes terão que se preocupar durante este período. Para eles, a majestosa Arena da Amazônia fica localizada em plena selva e que animais como escorpiões, tarântulas (espécie de aranha), cobras e insetos são facilmente encontrados na capital amazonense. “Os mosquitos na selva transportam tanto a febre amarela e a dengue, infecções virais que causam dores de cabeça,

febre e cãibras musculares. Há cerca de 100 milhões de casos de dengue a cada ano e não há vacina para ela, com sintomas levando cerca de duas semanas para passar. Os torcedores são instados a vacinar-se contra a febre

DOENÇAS

O repórter indica ainda a possibilidade dos turistas contraírem “raiva dos cães de rua”, informação que é, inclusive, creditada ao Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra amarela, que pode ser fatal, uma vez que ataca o fígado, causando icterícia e pele amarela - daí o nome”. A violência aparece como outro fator preocupante, já que no artigo é citado o nú-

MEGA-SENA Concurso nº 1554 (07/12/2013)

mero de homicídios e dicas de como se portar durante os passeios. “Manaus também é conhecida pela violência de gangues, assaltos e tráfico de drogas e 975 homicídios foram registrados no ano passado. O Escritório Estrangeiro alertou aos fãs para ficarem atentos contra ladrões e batedores de carteira. O conselho é se vestir discretamente e evitar o uso de jóias”. No mesmo artigo, Chris Pleasance fala do ‘superfaturamento’ de diárias por quarto simples durante o evento. “Hoteleiros locais estão aumentando seus preços para capitalizar sobre o evento, com um único quarto agora custando supostamente até £500 (cerca de R$ 1.923) por noite”. Na última semana, o técnico da seleção Roy Hodgson afirmou que preferia enfrentar o grupo da morte ao clima amazônico.

30

32

49

50

52

53

TIMEMANIA Concurso n. 509 (07/12/2013) 06 23 28 29

45 53 72

Time do coração CORINTHIANS/SP

LOTOFÁCIL Concurso n. 991

(06/12/2013)

01

02

05

06

07

09

12

14

15

17

18

21

22

24

25

QUINA Concurso n. 3360 (07/12/2013) 27

30

37

58

80

LOTOMANIA Concurso n. 1407 (07/12/2013) 06

REPRODUÇÃO

14

17

24

26

40

51

54

56

68

70

73

75

78

83

84

85

86

90

93

DUPLA DUPLA-SENA Concurso n. 1235 (06/12/2013) Primeiro sorteio

19

24

25

27

37

41

22

34

48

Segundo sorteio 10

15

19

FEDERAL Extração nº 04821 (07/12/2013 Prêmio 1º

Bilhete

Valor (R$)

19.013

500.000,00

2º 33.404

34.200,00

3º 84.145

33.600,00

4º 56.015

32.800,00

5º 28.497

31.940,00

Opinião de repórter é segunda polêmica envolvendo Manaus e personalidades inglesas FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Opinião

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Contexto 3090-1017/8115-1149

A3

Editorial

marioadolfo@emtempo.com.br

opiniao@emtempo.com.br

Ainda esperando o Plano Diretor

Ingleses temem jacarés As polêmicas entre Inglaterra e Manaus não param. Só que os ingleses estão exagerando nas críticas e isso, com certeza, vai fazer o torcedor amazonense virar “italiano desde pequenino”. Vejam só a última debochada que eles deram contra Manaus. Neste domingo, o jornal “Daily Mail” publicou uma nota em que destaca a possibilidade de encontrar jacarés na capital amazonense, tomando como base um panfleto de turismo divulgado na cidade. Segundo a publicação, os “piores medos” da comissão técnica inglesa foram confirmados quando a partida contra a Itália foi sorteada para Manaus. O jornal também classificou como “bastante preocupante” a possível aparição dos jacarés na capital do Amazonas, descrita como “cidade da selva”. “Deus é amazonense!” — Eu já sabia que Deus era brasileiro, porque temos uma terra maravilhosa, mas descobri também que ele nasceu no Amazonas. O governador Omar Aziz afirmou neste sábado (7), ao retornar da Costa do Sauípe. A frase exagerada é para traduzir a sorte de Manaus no sorteio das chaves da Copa 2014. Jogaço de bola O governador ficou o satisfeito com os jogos que vão acontecer na Arena da Amazônia. Segundo o governador, depois de Manaus receber tantas críticas, alguma coisa tinha que dar certo. — O jogo mais importante da primeira fase do Mundial de Futebol será na capital amazonense – festejou. 14 de junho Omar Aziz se refere à partida entre Inglaterra x Itália, que jogam na Arena da Amazônia no dia 14 de junho. Manaus será ainda palco de Camarões x Croácia, no dia 18 de junho, Estados Unidos x Portugal, no dia 22 de junho, e Honduras x Suíça, no dia 25 de junho. Sorte grande O governador disse que está muito satisfeito, porque só Deus sabe o esforço que o Amazonas está fazendo para concluir as obras da Copa. — Agora, a sorte é tão grande que de todas as sedes a mais criticada foi a nossa e os melhores jogos na primeira fase são em Manaus. Nós podemos O governador também rebateu crítica dos que são contra a realização da Copa em Manaus. — Não sou de me queixar,

mas existe a incompreensão de alguns que fazem comparativos, que não resolvem o problema de ninguém, como por exemplo, dizer que tem dinheiro para construir arena, mas não tem para hospital. Nós temos que construir o estádio e também as unidades hospitalares. Não podemos achar que somos pequenos. Não podemos sonhar com pouco. Temos que sonhar alto –, afirmou. Ingleses agradecem Falando em Copa, as duas partidas que seriam realizadas às 15h em Manaus tiveram os horários alterados para as 18h (hora local). O jogo Inglaterra e Itália, inicialmente marcado para as 21h, também foi alterado para 18h. Apenas a partida Honduras e Suíça, dia 25/6, teve o horário mantido às 16h. Clima ameno A Fifa divulgou as alterações de horário na tabela neste domingo, 12, para que as partidas sejam realizadas em clima mais ameno em cidades como Manaus e Recife. — Essa mudança de horário vai proporcionar mais visibilidade para Manaus, pois os jogos serão transmitidos por volta das 23h na Europa. Otimista Capobiango acredita que isso, com certeza possibilitará aumento na audiência nos jogos realizados na Arena da Amazônia. Estreia O empresário de comunicação Ronado Tiradentes fez sua estreia como cronner da banda Original, que realizou seu baile anual na noite de sábado, no Tropical Hotel.

APLAUSOS

REGI regi@emtempo.com.br

O dono da rádio Tiradentes disse que gostou da experiência e a partir de agora vai retomar a carreira de cantor. Sonho não acabou Sem as partipações do vocalista Chaim e do guitarrista Ananias, a banda Original manteve a tradição e fez seu tributo anual à Jovem Guarda. Muitos acreditavam que, sem Chaim, que aposentou o microfone, e Ananias, que aposentou a Fender, a banda morreria. — Estamos mais vivos do que nunca. O sonho não acabou – disse Leonardo. Aos bichos O presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Everaldo Farias (PV), protocolizou R$ 350 mil em emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA-2014), que criam políticas públicas para o bem -estar animal. A LOA estabelece a receita fixa e a despesa do município para o exercício financeiro de 2014. Aos bichos 2 Nas propostas, estão a implantação do Centro de Socorro a Animais em Risco; a realização da Campanha de Castração e Chipagem simultânea de cachorros e gatos e também a Carreta do Bem Estar Animal. Juventude do PMDB O Departamento de Juventude do PMDB Amazonas (JPMDB), realizou na manhã de sábado, 7, a 2ª Edição do Projeto Amigos do Esporte, no bairro Petrópolis. O objetivo do projeto é levar atividades recreativas para crianças carentes incentivandoas a praticar o bem e a ter uma alimentação saudável.

VAIAS

Banda Original

Seria ingênuo não admitir que existam interesses muito pouco recomendáveis na construção do Plano Diretor de Manaus. Sua discussão, ainda em curso, remete à completa, no entanto justificável, confusão, instalada na mesa de debates. O plano que atualmente a cidade se esforça em reformar é uma herança da ideologia da segurança nacional, que animou todos os atos da ditadura instalada no país desde 1964 até 1985. Cuidou de, naquele momento da prefeitura do coronel Jorge Teixeira, ocupar o espaço urbano de maneira que uma reação das tropas não fosse obstaculizada, quando e se fossem convocadas a impor a ordem e o progresso, como rezava a cartilha da Guerra Fria que patrocinava esse absurdo. Teixeira sabia, e não escondia de ninguém, da excelência estratégica com que os portugueses trataram a ocupação da região, quando instalaram seu forte (ridículo, segundo historiadores) na margem esquerda do rio Negro: quem está fora não entra, quem está dentro não sai. A expansão urbana de Manaus se deu a partir desse conceito paranoico de combate ao comunismo. Daí não ser despropositado comparar o resultado dessa arquitetura kafkiana a um retorno a paisagens da Idade Média , no momento mesmo em que a Modernidade alcançava o seu formato de mercado globalizado e nem mais referia aquele período da história da humanidade ocidental identificado, não sem razão, como a Idade das Trevas. O Plano Diretor de Manaus, orientado pelo estrategista militar Jorge Teixeira, favoreceu, com a obediência oportunista e fervorosa da elite anticomunista de Manaus, que felizmente não se opôs ao retorno do Estado de Direito, logo que os militares voltaram aos quartéis. Está posto na mesa de discussões e vai continuar até que se aprenda a investir para o futuro e não copiar o passado.

Quem não ama Manaus RICARDO OLIVEIRA

REPRODUÇÃO

Para a banda Original, que lotou o salão Solimões do Tropical Hotel com seu baile anual “Tributo à Jovem Guarda”. Com isso, Leonardo, Janderruby e Carlinhos provaram que o sonho não acabou.

Àqueles manauenses que, sem um mínimo de escrúpulo, continuam atirando casca de coco pela janela do carro. É a maior prova de que não amam a cidade em que vivem e nem respeitam seu semelhante.

Tricia Cabral tricia@emtempo.com.br

Os cinemas do Joaquim Marinho Não importava o dia da semana. Você reunia uma turma animada, abordava o pipoqueiro e ainda comprava Mentex ou aqueles inesquecíveis bombons de caramelo. Bastava isso para curtir um dos cinemas do centro de Manaus. Eram as salas do Joaquim Marinho, verdadeiros points das décadas de 1980 e 1990, quando não tínhamos shopping centers e, ainda assim, nos divertíamos bastante. Era época de Starship, Face’s, Spectron, Honey Honey, Ziza’s, Alemã e outros espaços frequentados por adolescentes e adultos. Ir ao cinema tinha a mesma importância que ir à missa. E quantos filmes bons assistimos naquelas salas que – você há de concordar, Joaquim – não eram exemplo de segurança, mas faziam a gente viajar e até interagir com produções como “Dirty Dancing”, por exemplo. Era 1987 e a última cena, com Patrick Swayze e Jennifer Grey, fez todo mundo bater palmas como se acompanhasse a dança dos protagonistas ao vivo. Sem falar em filmes como “A Mosca” e um tal de “A Maldição de Samantha”, que fizeram muita gente gritar – sem querer – com medo ou asco daquelas cenas mórbidas. Os longas brasileiros também tinham vez nos cinemas do Joaquim. Lembro-me de ter saído de minha casa – na rua Huascar de Figueiredo, à noite – para ver o Lauro Corona dar pinta no Cine Chaplin e divulgar “Bete Balanço”. Era na mesma Joaquim Nabuco onde vimos passar o papa João Paulo 2º, quando visitou o Brasil e incluiu Tambaquitown no roteiro. Não importava o horário, todo mundo se encontrava por uma daquelas salas, fosse no Grande Otelo, no Carmen Miranda, no Renato Aragão... sempre uma ho-

menagem aos prováveis ídolos do Joaquim. Naquela época ainda havia lanterninhas, que orientavam as pessoas até a poltrona mais acessível ou davam bronca em quem começava a fazer bagunça ou a falar alto. Nas sessões mais aguardadas pelo público, muitos nem se importavam de pagar a entrada e ficar em pé, lá atrás, acompanhando a projeção. Sobre o Chaplin, a saída de emergência dava praticamente para o quintal da casa onde eu morava e uns dois filmes deu para a gente ver de graça (eu e meus amigos da Huascar – desculpa aí, Joaquim!). Só não era possível entrar com o uniforme da escola. Pelo menos, onde eu estudava. Colégio de freira. A diretora e as demais madres ficavam de olho para ver se alguma aluna matava aula ou fugia para os cinemas do Joaquim. Era preciso voltar para casa, mudar de roupa e, aí sim, ir ao cinema. Naquela época, tudo o que chegava à telona era obrigatório assistir, já que as locadoras levavam, às vezes, um ano para receber o filme. Hoje, temos as confortáveis salas das grandes redes de cinema do país. O telão é bem maior, o ar-condicionado é potente (até as 22h, pelo menos) e, de onde você estiver, é possível assistir ao filme sem nenhuma cabeçorra na frente para atrapalhar. Ir ao cinema continua sendo hábito em Manaus City, mas nenhuma sala – pelo menos, até agora – virou ponto de encontro de uma cidade inteira e deixou tantas histórias marcantes e tantas saudades como os cinemas do Joaquim. Esse texto também foi publicado no livro “Manaus - meu sonho”, do jornalista Joaquim Marinho

Tricia Cabral, Jornalista, autora do livro “Cinema Rebelde” e editora executiva do EM TEMPO

Não importava o horário, todo mundo se encontrava por uma daquelas salas, fosse no Grande Otelo, no Carmen Miranda, no Renato Aragão... sempre uma homenagem aos prováveis ídolos do Joaquim”


A4

Opinião

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Frase

Painel VERA MAGALHÃES

Dada a largada

Teoricamente, em 2002, também seria uma estreia fácil. Mas foi uma surpresa logo no primeiro jogo. A Turquia foi um adversário difícil (o Brasil venceu por 2 a 1). Por isso, tem que entrar em campo e dar logo o máximo. Quem vier pela frente, o Brasil tem que encarar como se fosse final. Teoria não é importante em Copa do Mundo

A presidente Dilma Rousseff liberou que seus dois comitês de campanha comecem a funcionar a partir de fevereiro. Um deles ficará em Brasília e concentrará a equipe política. Esse time cuidará de sua agenda, do programa de governo, dos partidos aliados e de parte da comunicação. O segundo ficará em São Paulo, e concentrará a arrecadação de recursos e a costura das alianças do PT pelo país. O presidente nacional do partido, Rui Falcão, pilotará as duas equipes. Hollywood O estúdio de TV e a equipe do marqueteiro João Santana também deverão se fixar em São Paulo.

nador Aécio Neves (PSDB-MG). Participam 50 ambientalistas de organizações não governamentais como o Greenpeace.

“Luz, câmera As equipes de TV do PT registraram em vídeo a participação da presidente Dilma no sorteio da Copa. A ideia é usar as imagens do evento na propaganda do ano que vem.

À mesa Eduardo Campos (PSB-PE) reuniu, no sábado, secretários e ex-secretários em sua casa para o tradicional almoço de fim de ano. Dentre os presentes estavam os petistas Humberto Costa e Fernando Duarte.

Pororoca 1 O novo presidente do PT paulista, Emídio Souza, convidou todos os partidos da base de Dilma para sua posse, hoje. Há chances de que o prefeito Fernando Haddad, o ex Gilberto Kassab e o vereador Antonio Donato (PT) se encontrem. Pororoca 2 Donato deixou a Secretaria de Governo de Haddad depois de ser citado nas investigações da máfia dos auditores fiscais municipais, que também registram acusações contra a gestão de Kassab, seu antecessor. Verde Fabio Feldmann, exsecretário de Meio Ambiente de São Paulo, e José Carlos Carvalho, ex-ministro do Meio Ambiente de FHC, oferecem jantar hoje, em São Paulo, ao se-

Café... Aliados de Aécio Neves se irritaram com a falta de empenho do governador Geraldo Alckmin na articulação de uma aliança com o PPS em torno da candidatura presidencial do mineiro. ... frio Parte dos 80 delegados do PPS paulista, que ocupa uma secretaria no governo Alckmin, votou a favor de um apoio da sigla a Eduardo Campos. “Delegados próximos a um secretário de Alckmin votam pelo apoio a Campos. Muito estranho, não?”, diz um político do círculo de Aécio. Olha eu Campos deve reforçar suas viagens pelo Nordeste na reta final do ano. Correligionários detectaram nas últimas

pesquisas que o pré-candidato à Presidência ainda é desconhecido por 40% dos eleitores de sua própria região, taxa similar à que tem no Sul (41%). Adesão Mesmo sem conversas formais sobre o tema, o nome de Silas Brasileiro (PMDB-MG) começa a ganhar o apoio tanto do Palácio do Planalto quanto de Michel Temer e da bancada peemedebista na Câmara para substituir Antonio Andrade no Ministério da Agricultura a partir da reforma da Esplanada, no início de 2014.

Ronaldo, ex-jogador, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, acredita que “se” a seleção repetir o mesmo desempenho da Copa das Confederações, “não deve ter muitos problemas”. O Fenômeno ensina que o Brasil precisa se preocupar inicialmente com seus rivais da primeira fase: Croácia, México e Camarões.

Olho da Rua opiniao@emtempo.com.br FOTO LEITOR

Livre... O Brasil ajudou a convencer Cuba a desistir de bloquear o acordo comercial da OMC, em Bali. Acionado pelo chanceler Luiz Alberto Figueiredo, que estava na Indonésia, o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) telefonou de Brasília para o ministro do Comércio Exterior cubano Rodrigo Malmierca, de quem é amigo. ... e solto Quando a reunião foi retomada, a posição de Cuba havia mudado e o acordo comercial global entre 159 países, o primeiro em 20 anos, foi assinado.

Tiroteio

E continua o festival de boas novas natalinas, cada qual com o seu cada qual para animar a festa do Feliz Ano Novo... de olho no décimo terceiro salário, que nem bem pousou na conta, já sumiu. Nesse ônibus da linha 090, que só parou para ficar bem na foto, Papai Noel prova que não é brinquedo de papel: rô rô rô rô para todo mundo

Antonio Carlos Pannunzio opiniao@emtempo.com.br

As licitações dos portos estão parecendo o Titanic: festa demais no lançamento e naufrágio previsto para o primeiro cruzeiro.

As prefeituras pagam, mas...

DO DEPUTADO FEDERAL MÁRCIO FRANÇA (PSB-SP), sobre a ameaça do TCU de suspender a concessão de portos no país por suspeita de direcionamento

Chega com quase 13 anos de atraso o projeto de lei complementar que acaba de ser aprovado pela Câmara dos Deputados e encaminhado ao Senado, substituindo o indexador das dívidas dos Estados e municípios com a União (troca-se o “IGP-DI mais juros de 6% a 9% anuais” pelo “IPCA mais 4% ou o teto da Selic”, o que for menor). A partir de 2000, o índice adotado à época da renegociação deixou de ser favorável e se tornou paulatinamente muito oneroso. Ademais, trata-se, no presente cenário, de uma proposta paliativa, aquém de solucionar o grave problema do débito das unidades federativas, pois a amortização será agravada, no mínimo, com juros de 4% além da inflação oficial, medida pelo IPCA. Aplique-se isso sobre o montante de quase 470 bilhões de reais que constitui o total da dívida e se perceberá que o pagamento, incluindo o principal, juros e taxas, dificulta muito, ou até inviabiliza, a realização de políticas públicas eficazes e investimentos prioritários. Mesmo com índices um pouco menores de correção das dívidas, estas continuarão crescendo de maneira desproporcional, como já vem ocorrendo há tempos, pois há, nesse tema, um erro de princípio: para atender às atribuições outorgadas aos municípios pela Constituição de 1988, que completou 25 anos em 5 de outubro de 2013, grande parte das prefeituras tem de gastar acima do suportável por seus orçamentos. Em vez de se fazer uma reforma tributária justa e condizente com as atribuições e responsabilidades de cada instância governamental (esta seria a medida eficaz e não paliativa), o que se verifica é uma crescente concentração da receita dos impostos por parte da União. Estimula-se, assim, a política do “chapéu na mão”, protagonizada por um Governo Federal “bonzinho”, que libera verbas eventuais para projetos estaduais e municipais, numa distribuição de recursos nem sempre atrelada

Contraponto

O preço do machismo O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) explicava na Câmara, na quarta-feira, como será a atuação da PF na investigação do cartel do metrô em São Paulo. Foi defendido pelos líderes dos partidos aliados. Tudo ia bem até que a deputada Manoela D’Ávila, líder do PC do B e ex-namorada do ministro, pediu a palavra para defendê-lo. Ao terminar, ela ouviu do tucano Duarte Nogueira: --Ah, tem razões que só o coração conhece! As deputadas mulheres se revoltaram, teve início um bate-boca e Manoela reagiu: --Se eu fosse um homem, o senhor não teria dito isso. Publicado simultaneamente com o jornal “Folha de S.Paulo”

CENTRAL DE RELACIONAMENTO Atendimento ao leitor e assinante ASSINATURA e CLASSIFICADOS

3211-3700 assinatura@emtempo.com.br classificados@emtempo.com.br

REDAÇÃO

3090-1010 redacao@emtempo.com.br

3090-1001 circulacao@emtempo.com.br

Norte Editora Ltda. (Fundada em 6/9/87) – CNPJ: 14.228.589/0001-94 End.: Rua Dr. Dalmir Câmara, 623 – São Jorge – CEP: 69.033-070 - Manaus/AM

www.emtempo.com.br

@emtempo_online

Diretor de Redação Mário Adolfo marioadolfo@emtempo.com.br Editora-Executiva Tricia Cabral — MTB 063 tricia@emtempo.com.br Chefe de Reportagem Michele Gouvêa — MTB 626 michelegouvea@emtempo.com.br Diretor Administrativo Leandro Nunes administracao@emtempo.com.br

CIRCULAÇÃO

DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Presidente: Otávio Raman Neves Diretor-Executivo: João Bosco Araújo

Gerente Comercial Gibson Araújo comercial@emtempo.com.br EM Tempo Online Yndira Assayag — MTB 041 yndiraassayag@emtempo.com.br

/amazonasemtempo

/ /tvemtempo

Os artigos assinados nesta página são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

à equanimidade suprapartidária que deveria nortear a gestão pública. Contudo, a generosidade da mão que doa é muito menor do que o apetite pecuniário da mão que toma. Para ilustrar bem o quanto é absurda tal situação, vejamos o exemplo da cidade paulista de Sorocaba. O contrato de refinanciamento da dívida do município com a União, no valor de R$ 34,29 milhões, foi assinado em 30 de dezembro de 1999, prevendo 360 parcelas mensais, calculadas com base na Tabela Price e atualização pelo IGP-DI, que pode, agora, ser trocado pela IPCA, segundo a proposta votada na Câmara dos Deputados. Até setembro de 2013, foram pagas 165 prestações. Os números referentes ao serviço desse débito, contudo, são absolutamente irracionais. A cidade já pagou R$ 38,25 milhões em amortização, R$ 68,43 milhões em juros e R$ 1,98 milhão em comissão, num desembolso total de R$ 108,67 milhões. A dívida está quitada? Não! Ainda há um saldo devedor de R$ 58,18 milhões. A atualização mensal do saldo devedor pelo IGP-DI, apesar de vantajoso à época do refinanciamento, hoje onera bastante os municípios, pois o cenário alterou-se após 2000. A Selic acumulada entre dezembro de 1999 e o mesmo mês de 2012 foi de 493%, ante 784% do IGP-DI + 9%. A comparação explica a gravidade do atraso na troca do indexador. Ainda tomando Sorocaba como exemplo, vejam o que poderia ser feito, em áreas prioritárias como a saúde e educação, com os R$ 108 milhões já pagos para rolar a dívida: 31 creches, ou 33 escolas, ou 43 centros esportivos, ou 30 Unidades de Pronto Atendimento (UPA). Como se percebe, as prefeituras estão pagando muito, mas a sociedade leva benefícios em proporção consideravelmente menor. É necessária uma solução urgente para o problema, pois a população não mora no Estado ou na União; vive no município.

Antonio Carlos Pannunzio Ex-deputado federal, é prefeito (PSDB) de Sorocaba (SP)Movimento Viva Brasil

Estimulase, assim, a política do ‘chapéu na mão’, protagonizada por um governo federal ‘bonzinho’, que libera verbas para projetos estaduais e municipais, numa distribuição de recursos nem sempre atrelada à equanimidade suprapartidária que deveria nortear a gestão pública”


Política

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

A5

CMM inicia a apreciação de emendas da LOA 2014 A Lei Orçamentária para 2014 recebeu 332 emendas. Cada parlamentar contou com R$ 300 mil para destinar recursos

ROBERVALDOROCHA/DIRCOM

Este ano, cada parlamentar contou com emenda individual de R$ 300 mil para a Lei Orçamentária Anual. Juntos, os vereadores contarão, a partir de 2014, com um recurso de R$ 12,3 milhões

A

Comissão de Revisão à Lei Orçamentária Anual (LOA) da Câmara Municipal de Manaus (CMM) inicia, esta semana, a análise das emendas apresentadas pelos vereadores ao orçamento da prefeitura. A LOA 2014 recebeu 332 propostas de emendas e o Plano Plurianual (PPA), 22 emendas, de acordo com balanço oficial divulgado pela Diretoria Legislativa da Câmara Municipal de Manaus (DL/CMM). Todos os vereadores em exercício contribuíram com emendas. Entre as emendas apresentadas está a conjunta no valor total de R$1,5 milhão para a reforma e ampliação do Centro Social e Cultural Zulândio Pinheiro, localizado no bairro Educandos, na Zona Sul da cidade. A emenda, de autoria dos vereadores Ednailson Rozenha (PSDB) e Hiram Nicolau (PSD), recebeu o apoio e adesão de Walfran Torres (PTC), Alonso Oliveira (PTC) e Luiz Alberto Carijó (PTB). “Essas duas próximas semanas serão de muito trabalho nesta Casa

Legislativa, o intuito é que antes do recesso de Natal e Ano Novo nós já tenhamos aprovado, em plenário, as emendas a LOA”, declarou Rozenha. Outra emenda apresentada foi a do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Professor Samuel (PPS), que priorizou a construção de três Centros Municipais de Educação Infantil e uma creche totalizando uma verba de R$ 3.078.000. As emendas foram baseadas nas demandas da população que procuraram o gabinete do parlamentar durante o ano de 2013. Os bairros contemplados com os centros municipais são: Cidade Nova, Zona Norte, e Compensa, Zona Oeste. O ouvidor da Câmara, vereador Hiram Nicolau (PSD), protocolizou R$ 3,4 milhões em emendas, que estabelece a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2014. Nas propostas o parlamentar priorizou três principais segmentos: infraestrutura, saúde e educação. De acordo com o parlamentar,

entre as emendas propostas por ele estão as de reforma e ampliação dos terminais expressos ‘3’ (Cidade Nova); ‘4’ (Jorge Teixeira) e ‘5’ (São José), e a emenda da recuperação de 12 paradas de ônibus, localizadas nas avenidas Constantino Nery e Torquato Tapajós. Para a saúde, o vereador propôs transferir R$ 2,2 milhões para a reforma das Casinhas de Saúde nos bairros Coroado, Japiim, São José e Cidade Nova. Na Educação, sugeriu a formação continuada de docentes e pedagogos. Este ano, cada vereador de Manaus contará com uma emenda individual de R$ 300 mil para a Lei Orçamentária Anual. A verba foi anunciada há duas semanas, resultado de um acordo entre o prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB) e os parlamentares. Juntos, os vereadores contarão a partir de 2014 com um recurso de R$ 12,3 milhões em emendas orçamentárias para investimentos nas áreas da saúde, educação e infraestrutura.

Plano Diretor também em pauta O Plano Diretor de Manaus entrou na reta final, mas não conseguiu agradar a todos. Divergências de entendimento foram travadas durante todo o processo, entre o relator, vereador Elias Emanuel (PSB) e o opositor, professor Bibiano Garcia (PT). O relatório final do anteprojeto está em análise pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e deve ser votado ainda esta semana. O presidente da CCJR, vereador Mário Frota (PSDB), informou que um parecer geral da Comissão será feito e votado ainda hoje (9), e por seguinte encaminhado para a mesa da casa.

RETA FINAL

O relatório final do anteprojeto Plano Diretor de Manaus está em análise pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e está previsto para ser votado ainda esta semana De acordo com o relator Elias Emanuel, o saldo do Plano Diretor é positivo. “O Plano Diretor quando chegou à casa já tinha 300 sugestões. Projetos da prefeitura e sociedade. A CMM acrescentou mais 101

emendas. Foi um processo democrático, houve várias discussões com todos os segmentos da sociedade”, enfatizou. Segundo o vereador Elias Emanuel, três emendas devem ser derrubadas. A do vereador Walfran Torres (PTC), que limita o gabarito dos prédios em 18 andares. A do vereador Amauri Colares (PSC), que requalifica todos os templos religiosos para atividade Tipo 1. E a terceira, do vereador Hiram Nicolau (PSD), que cria um espaço de socialização para animais domésticos em praça pública. Colaborou: Gláuria Sobreira – do AGORA


A6

Política

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

CARLOS HUMBERTO / STF

Cláudio Humberto COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

www.claudiohumberto.com.br

O PT faz mal à democracia e faz mais mal ainda ao próprio PT” Jornalista

Aécio Neves (PSDB), após mais uma defesa de Gilberto Carvalho aos mensaleiros

General se esquiva de cassar medalha de Genoino Ainda bem que o Brasil não vai à guerra: o comandante do Exército, general Enzo Peri, coitado, foge como o diabo da cruz da obrigação de confiscar a Medalha do Pacificador, entregue em 2003 a José Genoino, mensaleiro do PT-SP, hoje presidiário. O artigo 10 do decreto 4.207/02, que regulamenta a comenda, determina sua cassação em caso de condenação judicial por “crime ou atentado contra o erário”. É o caso. É obrigação Segundo o decreto 4.207, a cassação da Medalha do Pacificador “será feita ex officio (por obrigação) em ato do comandante do Exército”. Me errem Há duas semanas o general Enzo Peri se esquiva de responder se cumprirá o que determina o decreto, cassando a medalha de Genoino. Medo indevido Fonte do Palácio do Planalto garante que o medo do general Enzo Peri não procede: Dilma não o proibiu de retirar a medalha de Genoino. Laços de família Dizendo-se preocupado, o deputado José Guimarães (CE), líder do PT, visita o presidiário José Genoino praticamente todos os dias. PT pode preterir Lindbergh e apoiar Crivella no Rio Sem querer desagradar seu amigo Sérgio Cabral (PMDB), que veta a candidatura do senador Lindbergh Farias (PT) ao governo do Rio de Janeiro, o expresidente Lula cogita apoiar uma terceira via que, segundo

a cúpula do PT, poderia ser o próprio ministro Marcelo Crivella (PRB), favorito nas pesquisas. A sigla avalia que, além de ser da base aliada, Crivella menor tem índice de rejeição que Lindbergh. Muito jovem Pesa ainda contra candidatura de Lindbergh críticas de ala mais conservadora de que ele não teria bagagem para governar o Rio. Entre a cruz... Lula deverá se reunir esta semana com o senador Lindbergh Farias, em São Paulo, para tentar fazê-lo desistir da candidatura. ...e a espada O PMDB bate o pé sobre a candidatura de Luiz Fernando Pezão, que aparece em 6º lugar nas pesquisas, e com 60% de rejeição. Transparência A fim de diminuir o tempo de tramitação dos processos, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quer implantar até o início de janeiro sistema de transparência que mostrará todas as ações, por procurador. Íris favorito Se o veterano Íris Rezende (PMDB) quiser disputar o governo de Goiás, em 2014, não tem para ninguém. Ele lidera todas as pesquisas. Em seu partido, a comparação com o rival Júnior Friboi é um massacre. Reabertura Liminar do Superior Tribunal de Justiça autorizou a reabertura da fábrica de cigarros Phoenix, em São Paulo, lacrada pela Receita Federal. O temor é que se amplie a dívida de R$ 300

milhões ao fisco. Em campanha De olho no governo paulista, o ministro Alexandre Padilha (Saúde) enviou a toda a bancada, incluindo deputados da oposição, sua agenda aos dias 13 e 14 em SP, com direito à entrega de UPA e Mais Médicos. Prioridade Em cabo de guerra com o ministro Marcelo Crivella (PRB), Anthony Garotinho (PR) estabeleceu como prioridade número um, dentre as ações para eleição ao governo do Rio, alcançar o eleitor evangélico. Alto lá O deputado Marcos Rogério (PDT-RO) critica os elogios de Henrique Alves a José Genoino: “Se ele quer defender condenados, precisa deixar a Presidência e ir à tribuna, não falar em nome do Parlamento”. Maltratou a língua O deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF) chamou de “jogo de sena no Senado” (sic) votação “da PLC” nº122, que tipifica crime de homofobia. O post foi excluído assim que os seguidores começaram a corrigi-lo. Relançamento A paixão pelo futebol e a literatura unirão nesta segunda (9), no Museu do Futebol, em São Paulo, figuras em campos opostos do espectro político: Nelson Rodrigues, autor de A Pátria das Chuteiras, que será relançado, e Aldo Rebelo (Esporte), que escreveu a apresentação. Pergunta no Supremo Se Dilma convidá-lo para o funeral de Nelson Mandela, o ministro do Supremo Joaquim Barbosa dividirá quarto com o ex-presidente Lula?

Relator do processo é o ministro Luiz Fux. Ação deverá ser um dos principais itens da semana

STF decide se empresas podem bancar campanhas OAB pede ao Supremo para julgar ilegal doação de empresas. Ação é item da pauta de julgamentos nesta quarta-feira

O

Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir na próxima quarta-feira (11) se empresas privadas podem fazer doações para candidatos e partidos políticos durante campanhas eleitorais. Está na pauta de julgamentos do tribunal uma ação na qual a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pede que sejam declarados ilegais trechos da legislação que autorizam o financiamento de campanhas eleitorais por pessoas jurídicas. O processo, cujo relator é o ministro Luiz Fux, é o primeiro item da pauta da sessão de quarta. Mas cabe ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, decidir o que será julgado primeiro. A Ação

Direta de Inconstitucionalidade (ADI) foi protocolizada pela OAB em 2011. A entidade pediu uma decisão liminar (provisória) para proibir que as empresas financiassem campanhas, mas Fux decidiu que o tema deveria ser avaliado em definitivo pelo plenário em razão da “inegável relevância social”. Em junho, Fux realizou audiência pública para ouvir argumentos favoráveis e contrários a doações de empresas para candidatos e partidos. O presidente nacional da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coelho, sustenta que as empresas não se incluem “no conceito de povo”. “A Constituição estabelece que no poder democrático deve ser escolha popular. As em-

presas são importantes para o livre mercado e devem ser respeitadas, mas não se enquadram no conceito de povo para definir os rumos eleitorais do país. Apenas os cidadãos que compõem a nação podem contribuir a candidatos”, diz. Em outubro do ano passado, a Procuradoria Geral da República enviou parecer concordando com a ação da OAB e opinando pela inconstitucionalidade do financiamento por parte de empresas. O documento, assinado pelo exprocurador-geral da República Roberto Gurgel afirmou que “a opção legislativa pela possibilidade de doações por pessoas jurídicas permite uma nefasta cooptação do poder político pelo poder econômico”.

SENADO

PODER SEM PUDOR

DIVULGAÇÃO

Tempos de chumbo Os anos 1950 marcaram com sangue a política em Alagoas, onde uma eleição podia ser definida no voto ou na bala. Irmão do poderoso general Góes Monteiro, ministro da Guerra, o governador Silvestre Péricles chegou a ser acusado de mandar impedir um comício da UDN em Mata Grande, a 300 km de Maceió. Alguém lembrou que o senador Ismar Góes Monteiro, irmão dele, estaria no palanque. Reza a lenda na política alagoana, decantada por seus aliados, que ele teria ordenado: - No meu irmão atire na bunda!. Pelo sim, pelo não, nesse comício foram assassinados o deputado Moacir Peixoto, que o promoveu, e os filhos Urbano e Sônia. Para os senadores, as alterações são necessárias devido as mudanças ocorridas na casa

ANÁLISE

Voto Aberto na pauta do Congresso O Congresso Nacional analisará na próxima terça-feira (10) vetos da presidente Dilma Rousseff em votação aberta, a primeira após a promulgação da Emenda Constitucional que estabelece o fim do voto secreto nas votações de vetos presidenciais e em processos de cassação de parlamentares na semana passada, pelas mesas do Senado e da Câmara. Três itens estão na pauta da primeira sessão de votação aberta dos vetos presidenciais. A votação será feita diretamente no painel eletrônico do plenário da Câmara e o resultado será divulgado

na hora. A medida provisória do programa Mais Médicos é um dos itens da pauta, com veto parcial em um dos dispositivos. A presidente Dilma Rousseff vetou o parágrafo que proibia os médicos estrangeiros do programa de exercerem a profissão fora do projeto. Segundo o Executivo, a proibição é incompatível com a lógica da carreira pública na qual entram os profissionais intercambistas. O projeto que permitiu à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) usar o Regime Diferenciado de Contrata-

ções Públicas (RDC) para a construção de silos e armazéns públicos para a safra 2013/2014 também teve itens vetados. Entre eles, está o artigo que autorizava a Conab a contratar armazéns para guarda e conservação de estoques privados, o que foge às competências da companhia, segundo o Executivo. O terceiro item da pauta recebeu veto total da presidente Dilma Rousseff. Tratase do projeto que inclui a eficiência e o consumo energéticos entre os dados que devem constar na oferta e na apresentação de produtos ou serviços.

CCJ avalia mudança no regimento O senador Lobão Filho (PMDB-MA) informou que na próxima terça-feira apresenta à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania o relatório que fez com propostas de modificações no regimento interno do Senado. O presidente da comissão, Vital do Rego (PMDB-PB), explicou que as alterações são necessárias para que o regimento acompanhe as mudanças ocorridas na Casa. Uma prioridade, de acordo com o senador Lobão Filho, é a adequação do regimento ao texto constitucional que acabou com a votação secreta para a cassação de parlamentares.

No entanto, o senador disse que vai manter nas determinações regimentais as votações secretas para a escolha da Mesa do Senado Federal e das comissões da Casa. “Estou mantendo as eleições secretas da forma como é hoje, porque acho a mais correta. Se alguém pensar diferente, pode apresentar uma emenda para ir a voto”, disse. A reforma no Regimento Interno do Senado, segundo Lobão Filho, só deve ser concluída em 2014. Ele disse que levou um ano para concluir o relatório, em função da complexidade do tema. Por isso, sugere que as novas propostas sejam

amplamente debatidas. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) já apresentou um projeto de resolução, alterando o regimento interno do Senado para declarar o voto público e aberto no caso de processo de cassação de mandato de senador. “É um ajuste de texto, mas que precisa ser feito para que não haja interpretações difusas no futuro”, afirmou Jucá. O senador esclareceu ainda que no caso do voto aberto para os vetos presidenciais, é preciso modificar o regimento comum, uma vez que os vetos são examinados em sessões do Congresso.


Dia a dia

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

A7

Operação descobre veículos roubados vendidos em feirão Por meio de denúncia, força-tarefa apreendeu 12 veículos roubados e que estavam à venda em uma feira na Cidade Nova

U

ma operação comandada pelo Sistema de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) apreendeu 12 veículos e aplicou 99 infrações na Feira de Veículos da Cidade Nova, na manhã de ontem. O Feirão, realizado todos os domingos em posto da avenida Noel Nutels, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, foi alvo de denúncia de moradores de que veículos roubados estariam sendo vendido no local. Ao todo, a ação, elaborada no Gabinete de Gestão Integrada (GGI), teve a participação de 50 agentes da SSP-AM, membros das policias Militar e Civil, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e contou com o apoio da Manaustrans e da Prefeitura de Manaus. Durante toda a manhã de domingo, os agentes fiscalizaram 750 veículos e abordaram 450 pessoas, no local. No final da operação, os 12 veículos apreendidos – oito motos e quatro carros – foram levados ao parqueamento do Detran. Já entre as infrações registradas, as principais irregularidades encontradas, de acordo com o balanço do órgão, foram problemas na documentação do veículo, atrasos no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), ausência da carteira de habilitação quando solicitada e até um veículo com restrição de roubo. A confirmação do crime está sendo averiguada.

DIVULGAÇÃO/SSP-AM

Poluição sonora De acordo com a subcoordenadora do GGI, a delegada Samira Mousse, além de combater a comercialização de veículos irregulares, e até mesmo roubados, outra meta da operação foi coibir a poluição ambiental na área, com a presença dos carros de som, do tipo ‘batidão’. Segundo ela, a SSP-AM montou a ação fiscalizatória após a grande quantidade de denúncias recebidas pelo disque 181 de moradores do bairro sobre a perturbação causada pelos carros, logo após o encerra-

AÇÃO

Ao todo, a ação, elaborada no Gabinete de Gestão Integrada, teve a participação de 50 agentes da SSP-AM, membros das polícias Militar e Civil, do Detran, e contou com o apoio da Manaustrans mento da Feira, no início da tarde se estendendo por todo o domingo. “Não queremos prejudicar nenhum tipo de trabalho, mas temos o dever proteger o cidadão contra as irregularidades”, disse a delegada. “Vamos continuar as fiscalizações para estabelecer também a ordem no local, uma vez que a feira já tomou as ruas, inclusive com estacionamentos irregulares que chegam a fechar outras vias, impedindo o tráfego”, alertou.

Gabinete de Gestão Integrada fiscalizou pelo menos 750 veículos na feira da Cidade Nova e apreendeu 8 motos e 4 carros

Prostituição e drogas devem ser próximos alvos Segundo a SSP-AM, as ações ocorrerão todos os domingos a partir do próximo dia 15 e vão fiscalizar além das irregularidades de documentação e de poluição sonora

dos carros de som, situações de prostituição e consumo e venda de drogas nos arredores da área e qualidade dos produtos alimentícios vendidos em barracas instaladas

DIVULGAÇÃO

Em um dos acidentes durante o final de semana, motorista perdeu a direção do veículo e capotou na Constantino Nery

Capotamentos e colisões no domingo O fim de semana nas ruas de Manaus foi marcado pela imprudência de alguns condutores. Segundo o balanço do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), até as 13h de ontem foram registrados seis ocorrências, sendo um atropelamento, duas colisões de carro contra o poste e dois capotamentos. Um idoso foi atropelado na avenida Coronel Teixeira em frente ao Porão do

da Cidade Nova oferece, todos os domingos, vários veículos, desde motos a embarcações. Modelos clássicos que não são mais fabricados também estão disponíveis no lugar.

REGULARIZAÇÃO

ACIDENTES

GLÁURIA SOBREIRA Do AGORA

na avenida. Participarão da próxima operação, agentes da Vigilância Sanitária e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). A feira de carros

Alemão, por volta das 5h de ontem. Segundo informações o Manaustrans, o idoso foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao hospital pronto-socorro 28 de Agosto, Adrianópolis, Zona Centro-Sul. Colisões Um condutor colidiu seu veículo contra um poste, por volta das 8h, de ontem, na avenida Djalma Batista, do lado oposto ao Manaus Plaza, Zona Centro-Sul. O motorista foi levado pela polícia. De acordo com os

policiais, o condutor apresentava sintomas de embriaguez. Outra colisão envolveu um carro que se chocou contra um poste, na avenida Pedro Teixeira, em frente ao sambódromo. O condutor fugiu do local e abandonou o veículo. A última colisão foi entre um veículo, modelo Honda Fit e um Gol, na Avenida Cosme Ferreira, em frente ao hospital João Lúcio, por volta das 9h, de ontem. Uma vítima levemente lesionada, atendida no hospital de mesmo nome.

Capotamentos Um veículo capotou, também na manhã de ontem, em frente ao Residencial Maria da Fé, na avenida Constantino Nery, bairro São Geraldo, Zona CentroSul. Segundo informações do Manaustrans, o condutor perdeu a direção do veículo e ocasionou o capotaemento. Ele teve apenas ferimentos leves. O outro capotamento foi na avenida Brasil, sentido Centro-bairro, por volta das 11h30. Uma vítima lesionada foi atendida por agentes do Samu.

Moradores recebem garantia para viver em terras da União “Tudo estará bem enquanto o laço que nos une for maior, do que o que nos separa”, disse dona Mabel Frazão da Silva ao quebrar o protocolo da cerimônia de entrega dos Contratos de Direito Real de Uso Resolúvel (CDRUR) para os moradores da comunidade do Jatuarana, que viviam de maneira irregular nas terras da União, localizadas no Puraquequara, Zona Norte. Dona Mabel representava uma das 24 famílias que receberam o título na manhã de ontem no Campo de Instrução do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) e mostrou sabedoria ao falar sobre união, visto que a regulamentação dela e de seus vizinhos aconteceu graças aos esforços conjuntos do Senado Federal, Exército Brasi-

leiro, Ministério Público e da Superintendência do patrimônio da União. Estavam presentes na cerimônia de entrega o general Theóphilo de Oliveira que comanda a 12° Região Militar, o tenente coronel José Apolinário da costa, o Superintendente do Patrimônio da União (SPU) Silas Aquino de Souza, o procurador Allan Magalhães e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), além das pessoas que representavam as famílias beneficiadas com o documento que possibilita manutenção da moradia na área do Exército Brasileiro. Há anos estas pessoas lutavam por essa garantia. O documento possibilita o uso da terra, mas o impede de que sejam vendidas.

Audiência possibilitou benefício A regulamentação dessas e de outras 117 famílias de moradores que estavam na área de treinamento de Selva do Exército foi possível devido a uma audiência realizada em maio deste ano na Comissão de Assuntos Sociais. O general Theóphilo enfatizou que no dia em que se comemora o Dia da Justiça (8 de dezembro) se fez justiça com essas pessoas e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) afirmou que faz

questão de trazer o senador Capiberibe nas próximas entregas de títulos. Ainda existem algumas famílias que moram na área e no entorno que continuam de maneira irregular, mas o processo de regulamentação já foi iniciado. “O benefício maior é para o Amazonas e para o Brasil, já que estas famílias ajudam a manter a floresta em pé, o que é fundamental para o equilíbrio climático do planeta”, observou Vanessa.


Dia a dia

A8

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Governador Omar Aziz lança Ronda no Bairro em Humaitá Município é o primeiro do interior do Amazonas a receber o programa baseado no conceito de polícia comunitária

O

programa Ronda no Bairro rompeu as barreiras da capital e começou a ser implantado no interior do Estado. No sábado, 7, o governador Omar Aziz lançou o programa basedo no conceito de polícia comunitária em Humaitá, a 675 quilômetros de Manaus. Ainda na cidade, onde o Estado está investindo no momento cerca de R$ 60 milhões, o governador inaugurou a estação de alevinagem do polo de piscicultura local, visitou as obras do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti), e o novo hospital do município, que está sendo equipado para ser inaugurado no início do ano que vem. Em Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus), na manhã de ontem, Omar lançou o Projeto de Reflorestamento em Área de Intensa Pressão do Desmatamento no Sul do Amazonas, que vai plantar em propriedades de quatro municípios do sul do Estado, mais de um 1,4 milhão de mudas. O governador também anunciou pacote de investimentos em Lábrea, da ordem de R$ 60 milhões. “Humaitá é o primeiro município onde a gente lança o Ronda no Bairro. Vamos levar o programa a 14 municípios. Em janeiro, tenho a garantia de inaugurar o hospital todo equipado, com mamógrafo, inclusive funcionando para que a gente possa dar um atendimento melhor na saúde”, disse o governador, ressaltando ainda que está asfaltando 70 quilômetros de ruas e recuperando toda a orla. Em meio aos festejos de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Amazonas e do município, na praça da Matriz, o governador apresentou o Ronda no Bairro à sociedade humaitaense e pediu apoio da população para que ajude a po-

ALEX PAZUELLO/AGECOM

lícia, denunciando por telefone e ajudando a fiscalizar a execução do programa. Investimentos Com 48.812 habitantes, Humaitá está recebendo investimento de R$ 5.529.144,48 para construção e mobiliário das unidades das Polícias Civil e Militar e mais R$ 2,1 milhão para armamentos, equipamentos, viaturas, capacitação, radiocomunicação, tecnologia e sistemas de informação, com efetivo de 181 policiais entre civis e militares. No planejamento do Ronda no Bairro, Humaitá está dividida em sete setores estrategicamente distribuídos para atender tanto o município quanto as comunidades da área rural. São 28 viaturas, sendo 15 motocicletas e 13 carros para as polícias Civil e Militar. A PM também passa a atuar no muni-

APRESENTAÇÃO Em meio aos festejos de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Amazonas e do município, na praça da Matriz, o governador apresentou o Ronda no Bairro à sociedade humaitaense

Omar Aziz lançou o programa Ronda no Bairro, em Humaitá, onde o governo do Estado está investindo no momento R$ 60 milhões

cípio com viaturas fluviais para atender as comunidades. Lábrea O projeto de reflorestamento em Lábrea foi classificado pelo governador como pioneiro e exemplo para o restante do país. Na mesma oportunidade, ele anunciou investimentos nas áreas de infraestrutura, saúde e educação no município, que somam aproximadamente R$ 60 milhões.

Infraestrutura, educação e saúde são prioridades As intervenções que acontecerão em Lábrea serão, principalmente, nas áreas de infraestrutura, educação e saúde. Entre os projetos está o programa de tapa buraco para as ruas do município, no valor de R$ 20 milhões.

água, que buscará água diretamente no rio Purus, sendo distribuída para toda a cidade. O governador disse que espera que as obras da estação sejam iniciadas no mês de janeiro de 2014 e custarão cerca de R$ 6 milhões. Omar Aziz também

destacou o programa Água Para Todos, que será executado em parceria com o Governo Federal, e vai levar água para comunidades do município. O município também vai receber um Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti).

PROGRAMA

SXSX DIVULGAÇÃO/SEMCOM

A emissão da Carteira de Trabalho foi um dos serviços procurados durante a ação da cidadania

Mutirão da cidadania atrai 2 mil As zonas Norte e Leste receberam, no sábado, 7, duas ações sociais coordenadas pela prefeitura de Manaus. A 14ª Ação de Cidadania, promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) e o 20º Circuito do Trabalho, da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), que juntas movimentaram mais de duas mil pessoas. Na Escola Municipal Nova Vida, no Mauazinho, o principal serviço oferecido foi encaminhamento para empre-

“Uma cidade com problema de buracos se torna insalubre, já que as ruas ficam sempre sujas e isso precisa acabar em Lábrea”, disse ele. Outra obra anunciada foi a construção de uma estação de captação e tratamento de

go: 250 vagas para auxiliar de produção, pedreiro, servente, almoxarife, estoquista e serviços gerais. Os moradores puderam tirar carteira de trabalho, dar entrada no seguro desemprego além dos atendimentos oferecidos pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmas), de Limpeza Pública (Semulsp), de Saúde (Semsa), Semasdh e outros parceiros como Instituto Embeleze, Natura, Vivo, Ótica Diniz e Manaus Ambiental. Segundo o diretor do Sine/ Manaus, Adonay Sabá, somen-

te este ano, o órgão empregou quase 4 mil pessoas. Um número que deve repetir em 2014. “Nós vamos trabalhar para manter esse número no próximo ano. Tanto que o primeiro Circuito do Trabalho de 2014 já tem data para acontecer. Será no dia 18 de janeiro, na Escola Municipal Professora Isabel do Carmo Ribeiro, no bairro Rio Piorini. O ano ainda nem acabou mas já estamos planejando o próximo pra que possamos ajudar muito mais pessoas a conquistar uma vaga de trabalho”, declarou.

Alerta para prazos dos vestibulares Estudantes iniciantes (não matriculados) inscritos no programa Educações, que está oferecendo 6 mil bolsas de estudo até o próximo dia 14, devem ficar atentos às datas dos vestibulares agendados pelas instituições parceiras: Faculdade Martha Falcão, Universidade Nilton Lins, Fucapi e Instituto de Ensino Superior Materdei. Segundo o presidente do Educações, professor Rony Siqueira, só poderá participar do programa, no caso dos estudantes ainda não matriculados, os candidatos que prestarem vestibular e forem aprovados nas instituições. Ele destaca que na Fucapi o vestibular ocorrerá no próximo dia 11, já na Universidade Nilton Lins será realizado no dia 12 e na Faculdade Martha Falcão será dia 14. No Materdei, o candidato deve fazer um agendamento para realizar a prova, lembrando que as inscrições para o ‘Educações’ vão até o dia 14 de dezembro. Rony destaca que, para os candidatos a bolsas de supletivo, ensino técnico, cursos livres/ idiomas e cursos de Pós-Graduação, o calendário de início das aulas será defini-

do de acordo com a formação de turmas e os critérios de seleção também podem ser encontrados no site do programa, assim como na sede do Educações, onde ocorrerá a comprovação documental. Além das IES citadas, participam dessas modalidades as instituições Centro de

APROVAÇÃO

Segundo o professor Rony Siqueira, só poderá participar do programa, no caso dos estudantes ainda não matriculados, os candidatos que forem aprovados nas instituições Estudos Teológicos Brasileiro - Ceteo, Liceu de Ensino Contemporâneo e Pop Inglês. Segundo Rony Siqueira, depois de fazer a inscrição pelo site, escolhendo a Instituição de Ensino e o curso de seu interesse, o estudante selecionado receberá e-mail e mensagem (SMS) no celular, para então retirar sua carta de aprovação junto à sede

administrativa do programa, localizada à rua 24 de Maio, 220, sala 501 -Edifício Rio Negro Center – Centro. Programa O programa Educações concederá, no total, 6.283 novas bolsas de estudo de até 50% do valor das mensalidades, para pessoas com renda familiar per capita de até três salários mínimos. Informações adicionais podem ser obtidas através do e-mail contato@educacoes.com.br, ou por meio dos telefones: 3346-2677, 9292-9700 e 8153-5885. A seleção obedecerá à disponibilidade de cada instituição parceira, podendo haver concessão de bolsas nas seguintes modalidades: estudantes iniciantes (não matriculados) em instituição de ensino, estudantes com matrícula trancada ou inativa, e ainda pessoas que já são portadoras de diplomas de nível superior, as quais serão contempladas com as vagas remanescentes. Todas as regras para a concessão do benefício podem ser acessadas no site www. educacoes.com.br.


Caderno B

País

WILSON DIAS/ABR

Aeroportos têm atraso de voos

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

plateia@emtempoºcomºbr

(92) 3090-1042

Página B2

Violência nos estádios preocupa o país da Copa Briga entre torcidas do Vasco e Atlético-PR, ontem, em Joinville (SC) chamou atenção para segurança nas arquibancadas

U

ma grande briga na arquibancada interrompeu a partida entre Atlético-PR e Vasco, na Arena Joinville, em Joinville (SC). A partida estava no 17º minuto do primeiro tempo quando torcedores entraram em conflito, sem a presença de policiais para separá-los. Os jogadores até tentaram em campo pedir para que os torcedores parassem de brigar, mas não adiantou. Depois de chegar ao local, a polícia teve muito trabalho para conter a violência. As agressões foram fortes e alguns torcedores que caíram tiveram suas cabeças chutadas por rivais. Um helicóptero entrou em campo para atender os feridos. Segundo o canal SporTV, pelo menos, dois torcedores foram transportados para o hospital, ambos com vida -um foi levado de helicóptero, e outro, de ambulância. O Atlético-PR vencia a partida por 1 a 0 no momento que começou a confusão. O sargento Adilson Moreira, da polícia militar, afirmou que quem deveria atuar dentro do estádio seriam seguranças contratados pelo clube mandante, o Atlético-PR. “Há um entendimento do Ministério Público e da PM de que trata-se de um evento privado e tem que ter segurança privada. A PM faz [o trabalho] na parte externa do estádio. Talvez, se a PM estivesse no estádio, pudesse ter ocorrido a briga também, como já aconteceu outras vezes. Nossa missão é intervir. Fizemos isso”, afirmou ele ao SporTV. O técnico do Vasco, Adilson Batista, falou sobre a briga entre os torcedores. “Lamentável ver imagens assim em um momento que se fala de Copa do Mundo no país”, disse. O treinador atleticano, Vagner Mancini, também comentou o incidente. “A vontade é de sair do estádio e ir embora para casa. Nunca vi cenas assim”, disse Mancini.

UOL

Acordo Reunidos em São Paulo, representantes de torcidas organizadas do país assinaram, no último dia 7, um manifesto pela paz no futebol elaborado pelo Ministério do Esporte. Eles se comprometem a atuar no combate à violência nos estádios, respeitar o Estatuto de Defesa dos Direitos do Torcedor, divulgar as ações do manifesto às torcidas e cadastrar seus membros no site do ministério. Ao ministério caberá zelar pelo cumprimento da legislação esportiva e do Estatuto de Defesa dos Direitos do Torcedor, além de disponibilizar a ouvidoria para o recebimento e encaminhamento de denúncias. O acordo foi assinado durante o 1º Seminário Sul-Sudeste de Torcidas Organizadas. A entidade que descumprir os compromissos

SUSPENSÃO

Após briga, juiz decidiu parar o jogo, porém, os dirigentes dos clubes entraram em acordo sobre o andamento da partida, que terminou com a vitória dos atleticanos por 5x1 e o rebaixamento do Vasco assumidos no manifesto poderá ser excluída pelo ministério. Segundo o órgão, 34 organizações participaram do dois dias do evento. Na cerimônia de encerramento do seminário, o ministro Aldo Rebelo defendeu a existência desses grupos. “Por que proibir a torcida? Se há uma briga, o melhor seria encontrar quem brigou, o responsável pela agressão. Responsabilidade coletiva é uma coisa que só vi no nazismo”, disse o ministro, ao criticar o fato de se querer atualmente punir as organizadas por causa de atos de violência cometidos de forma individual. DIVULGAÇÃO

Membro da torcida do Vasco agride adversário atleticano, que está caído, com barra de ferro durante confronto entre organizadas

Torcedor de 19 anos está em estado grave Quatro torcedores, um do Atlético-PR e três do Vasco, estão internados no Hospital Municipal São José, a dois quilômetros da Arena Joinville. William Batista, 19, está em estado grave, diferentemente dos outros três, que estão em observação e deverão receber alta médica em breve. Outros dois torcedoress foram identificados como Estevão Viana, que sofreu múltiplas contusões, e Diogo da

Costa, com apenas um corte no rosto. Gabriel foi outro que sofreu contusões leves, não preocupando os profissionais. Um dos quatro foi retirado do estádio por um helicóptero da Polícia Militar. No primeiro tempo do jogo entre os dois times, vândalos entraram em confronto nas arquibancadas e forçaram a paralisação da partida em quase uma hora. O placar mostrava 1 a 0 para os pa-

ranaenses, que balançaram as redes com Paulo Baier. Justificativa A Polícia Militar, mesmo presente em pequeno número, não se sente culpada pela confusão que aconteceu na Arena Joinville. Segundo a PM, a segurança no estádio foi contratada pelo Atlético-PR, já que se trata de um evento privado, como acordado com o Ministério Público (MP).

Mesmo assim, houve policiamento na parte externa do local, como afirmou o sargento Adilson Moreira. Um dos líderes do elenco carioca, o defensor Cris revelou a situação antes do duelo. “Antes do jogo, não tinha policiamento nenhum nem para fazer a nossa segurança. O juiz está certo em cobrar segurança. Vimos imagens muito fortes de perto. Foi chocante e lamentável”, lamentou.

SÃO PAULO

Shopping é alvo de ‘arrastão’

Jovens são acusados de roubar produtos do centro comercial

Cerca de 6 mil jovens marcaram um encontro por meio das redes sociais e geraram tumulto na noite de sábado no shopping Metrô Itaquera, Zona Leste de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, foi registrado um arrastão na Lojas Americanas do centro comercial, mas ninguém foi detido. O shopping afirmou que foi um “fato isolado” e que “não houve arrastão dentro do estabelecimento”. Ainda segundo nota da assessoria do shopping, a PM foi acionada por volta das 19h, pois os jovens “se exaltaram”. Para garantir a segurança dos lojistas e clientes, o centro co-

mercial fechou mais cedo e encerrou atividades às 20h30. Frequentadores relataram no Facebook o que presenciaram no centro de compras. “Lógico que teve furtos porque eu estava lá e eu vi quando uns 20 moleques colocaram mercadorias, como boné, dentro das calças. Não podemos tapar o sol com a peneira a verdade é que nem dentro do shopping estamos seguros”, disse um dos frequentadores. Um vendedor relatou que funcionários foram obrigados a fechar as portas e que ficaram com medo. “(O shopping) é um lugar de família não de menores querendo beber pois teve

vários com garrafas de uísque e fumando maconha lá dentro. Graças a Deus não aconteceu nada, mesmo trancados dentro da loja ficamos com medo. Imagina as famílias que estavam ali presente sem lugar pra correr?”, questionou. Um dos jovens que teria participado do evento chegou a postar na sua página na rede social pares tênis supostamente levados de uma loja. O caso é investigado pela polícia. Crime O canadense Dean William Tiessen, 46, morto durante assalto na rodovia Anchieta, não reagiu à abordagem dos crimi-

nosos, disse o amigo britânico de 40 anos que acompanhava Dean em seu depoimento à Polícia. Segundo ele, os dois voltavam do Guarujá, no litoral de São Paulo, e estavam a caminho do hotel em que estavam hospedados, em Guarulhos. Por volta de 14h40, o veículo em que estavam, um voyage alugado, foi emparelhado por um carro branco com três ocupantes. Os criminosos, segundo o britânico, pediram que o veículo fosse para o acostamento. Em seguida, passaram a roubar os pertences de ambos. Pouco depois, mesmo sem que nenhum dos dois reagisse, o canadense foi baleado.


B2

País

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Fim de semana de caos nos aeroportos do país

Atrasos e cancelamentos de voos, em especial da empresa Gol, foram registrados nos terminais de várias capitais brasileiras

O

ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, criticou ontem a empresa aérea Gol pelos atrasos em voos que se espalharam pelos aeroportos brasileiros desde a sexta-feira. Ele disse que, apesar dos problemas meteorológicos, a empresa agiu de forma “muito lenta” para normalizar as operações. “Vamos ter que conviver com problemas climáticos, isso não dá para mudar. Agora, dá para mudar passar três dias para responder o impacto de um problema climático grave na malha da empresa”, afirmou. “Foi muito demorado, não dá para ter reação lenta”, completou. O ministro disse que as tempestades que atingiram o país no dia 5 provocaram reação em cascata nos voos, mas que “São Pedro” não pode ser responsabilizado pelos problemas que têm impacto nas viagens de milhares de brasileiros O ministro disse que, além das punições que serão aplicadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) às empresas aéreas que tiveram os voos atrasados, ele vai pedir que a agência exija da Gol mudanças em sua gestão e tecnologia para a solução de problemas. Moreira Franco afirmou que

WILSON DIAS/ABR

a aviação aérea é hoje um “transporte coletivo” no Brasil, com viagens de 200 milhões de pessoas em 2013, por isso toda infraestrutura aeroportuária precisa responder à alta demanda, a começar pelas próprias empresas. Apesar do caos nos aeroportos, o ministro disse que, até a Copa de 2014, os principais problemas registrados no transporte aéreo estarão solucionados.

PENALIDADE

Anac autuará a Gol por falhas na assistência aos passageiros. As multas podem chegar a R$ 300 mil - valor para cada infração varia de R$ 4 mil a R$ 10 mil. A Gol informou que responderá ao órgão Representantes da Anac vão se reunir hoje com o comando das empresas aéreas para discutir a operação de fim de ano nos aeroportos e o caos nos voos dos últimos dias. Caos Os problemas nos aeroportos começaram na quinta-feira (5),

com impactos nos voos até este domingo. O sábado foi de caos, quando mais de 400 voos domésticos sofreram atrasos durante o dia, e mais de 130 foram cancelados, segundo informações da Infraero. A maior parte dos problemas foi registrada pela Gol. Às 22h de sábado, a Infraero contabilizava atrasos em 319 dos 717 voos nacionais da empresa. Em nota, a companhia atribuiu os problemas “às fortes chuvas que acometeram a região sudeste do país entre os dias 5 e 6”. A companhia aérea chegou a ter 45% dos voos atrasados e cinco cancelados, de um total de 126. Os atrasos teriam provocado efeito dominó, com a diminuição do número de funcionários disponíveis, porque algumas tripulações tiveram a jornada de trabalho afetada, e a companhia teve que respeitar os limites legais da carga horária da categoria. A Anac também notificou a TAM, que terá 10 dias para comprovar que prestou assistência aos passageiros do aeroporto de Guarulhos. De acordo com nota do órgão regilador, “se comprovadas irregularidades, a empresa também será autuada” com multas.

Passageiros vêm sofrendo com problemas nos voos desde a quinta-feira da semana passada


Mundo

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

B3

Manifestantes ucranianos derrubam estátua de Lênin

Guerra entre manifestantes a favor e contra a adesão da Ucrânia à União Europeia derrubou a estátua do líder comunista

U

m grupo de manifestantes a favor da adesão da Ucrânia à União Europeia derrubou ontem a estátua do líder comunista russo Vladimir Lênin, em meio ao protesto de opositores contra o governo do presidente Viktor Yanukovich na capital Kiev. Cerca de 500 mil manifestantes ocuparam a Praça da Independência, uma das principais da cidade, com bandeiras da Ucrânia e da União Europeia e gritos de guerra pedindo a renúncia do mandatário. A expectativa dos opositores era reunir um milhão de pessoas. Durante o protesto, cerca de 2 mil pessoas, a maioria aliados do partido nacionalista Svoboda, levantaram barricadas em diversas partes da cidade para impedir a passagem da polícia. A intenção é permitir que milhares de manifestantes montem acampamento no bairro cívico de Kiev. Enquanto isso, cerca de mil policiais protegem o prédio da Presidência e outro grupo das forças de segurança cercam o Parlamento para evitar novas invasões a edifícios públicos. Dentro da área de cerco delimitada pelos agentes, cerca de 3 mil aliados de Yanukovich se manifestam a favor de seu governo. No início da mobilização, líderes opositores reforçaram seu discurso pela saída do presidente. Dentre eles,

DIVULGAÇÃO

a ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko, que enviou uma carta lida por sua filha. Além da renúncia, ela pediu que os manifestantes não sentem para negociar com “esse governo que tem sangue nas mãos”. “Yanukovich perdeu a legitimidade como presidente. Ele já não é mais o presidente do nosso país, mas um tirano”, afirmou a ex-chefe de governo, presa em 2011 por uso indevido do poder por ter assinado os contratos de gás com o governo russo, um dos motivos do gover-

RENÚNCIA

Cerca de 500 mil manifestantes ocuparam a praça da Independência, uma das principais da cidade, com bandeiras da Ucrânia e da União Europeia e gritos de guerra pedindo a renúncia do mandatário Ucranianos quebram estátua de Vladimir Lenin em protesto contra a aproximação do país com a Rússia e da União Europeia

no para recusar a adesão à União Europeia. Investigação Em meio à tensão provocada pelos protestos, um dos maiores desde a revolução pró-ocidental de 2004, a chamada Revolução Laranja, os serviços de segurança ucranianos informaram que abriram uma investigação contra políticos opositores, acusados de golpe de Estado.

Políticos investigados podem ser condenados Segundo o porta-voz dos Serviços de Segurança Ucranianos, Lada Safonova, os políticos investigados fizeram ações ilegais que os podem levar a serem condenados a até dez anos de prisão. O representante

não disse quais serão os políticos investigados. Ontem, a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, também anunciou que está viajando a Kiev para impulsionar uma solução política às tensões entre o governo

e a oposição. A viagem foi informada pelo presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, ao mandatário ucraniano. A tensão aumentou na Ucrânia após uma reunião na sexta-feira, 6, entre Viktor Ya-

nukovich e o presidente russo, Vladimir Putin, para falar sobre um acordo de associação estratégica. O Kremlin negou que os dois tenham comentado sobre o assunto, mas a oposição acusou o presidente de querer assinar o pacto.

VENEZUELA

MANDELA AFP

Eleições testam força de Maduro O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, enfrentou ontem seu primeiro teste eleitoral em um contexto de inflação elevada e escassez pontual de produtos básicos, sete meses depois de ter sido eleito após a morte do “Comandante Supremo” Hugo Chávez. As eleições para definir autoridades de 337 prefeituras foram elevadas à categoria de plebiscito pela oposição, em uma aposta arriscada que pode se voltar contra os partidos reunidos na Mesa da Unidade Democrática (MUD), liderada por Henrique Capriles, que perdeu as presidenciais de abril por 1,5%. Às 06h00 (08h30 de Brasília), os mais de 13.500 centros

Africanos rezam e dançam pelo ex-presidente Nelson Mandela em igreja da África do Sul

de votação no país começaram a abrir suas portas para os mais de 19 milhões de venezuelanos, também convocados a eleger 2.455 vereadores, segundo a televisão local. A “Revolução Bolivariana” de Chávez venceu quase todas as eleições e plebiscitos nos últimos 14 anos no país, que tem as maiores reservas de petróleo do mundo. Maduro pediu na noite de sábado serenidade diante da possibilidade de que algumas prefeituras sejam altamente disputadas e tenham resultados apertados neste domingo, declarado “Dia da Lealdade” a Chávez, quando é completado um ano de seu último discurso antes de se submeter a sua

quarta operação em Cuba. Chavismo O chavismo controla mais de 80% dos municípios e as previsões sugerem que manterá ao menos dois terços, em especial após a guerra econômica do presidente, que ordenou diminuições compulsórias de preços e ameaçou deter especuladores. Os opositores se entrincheiram em cidades grandes, entre elas as duas principais aglomerações do país, consideradas as “joias da coroa”: o distrito metropolitano de Caracas e a petroleira Maracaibo, que somam um sexto dos cadernos eleitorais. DIVULGAÇÃO

Missa lembra líder sul-africano Num dos locais simbólicos da resistência ao apartheid, a igreja Regina Mundi, em Soweto, a missa de ontem foi mais longa e concorrida do que o habitual. Por cerca de três horas, centenas de sul-africanos rezaram e cantaram em memória de Nelson Mandela. Em todo o país, segundo o cronograma definido pelo governo, ontem foi um dia de oração e reflexão. Catedrais, igrejas de bairro, sinagogas, mesquitas e locais de culto religioso em geral prepararam algo diferente para a tradicional celebração de domingo, o primeiro desde a

morte de Mandela, na quinta-feira, 5. O dia de oração para lembrar o líder nacional foi convocado pelo presidente Jacob Zuma. Templos de todo o país receberam milhares de pessoas, que prestaram homenagem. É o primeiro evento de uma semana de celebrações em diversas cidades do país, que serão encerradas com o enterro do ex-presidente na aldeia de Qunu, onde nasceu, no próximo domingo, 15. Na Regina Mundi, igreja católica no mais emblemático bairro de Johannesburgo, Mandela é lembrado em um

mural na entrada, ao lado de vidraças com buracos de bala com quase 40 anos de idade, ainda preservados. Para lá correram jovens perseguidos pela polícia na revolta do Soweto, de 1976, um dos momentos marcantes da luta contra a segregação racial. O local ficou lotado para a missa das 7h (3h em Brasília). Uma das fiéis, Gladys Simelane, disse que foi ao templo para rezar pela memória de Mandela, mas também pelo futuro sulafricano. “As pessoas estão orando para que não haja mudança, para que todos continuemos juntos”. Venezuelanos fazem fila em zona eleitoral para eleger novo prefeito em Caracas, na Venezuela


B4

Mundo

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013


Plateia

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

B5

‘Retrospectiva do Samba’ é sucesso no sambódromo Foram mais de seis horas de apresentações de artistas nacionalmente conhecidos na primeira edição do evento FOTOS: DIVULGAÇÃO

M

ilhares de pessoas estiveram no Centro de Convenções (sambódromo) para prestigiar a estreia do “Retrospectiva do Samba”, evento que trouxe a Manaus as atrações nacionais Nosso Sentimento, Pixote, Sorriso Maroto e ImaginaSamba. Sob a tutela da Fábrica de Eventos, o Retrospectiva do Samba proporcionou aos amantes do gênero musical mais de seis horas de música. O evento aconteceu sexta-feira (6). A noite de apresentações foi aberta pela cantora Tayna Pimentel, ao som de muito samba rock e axé. A cantora cearense há 5 anos canta profissionalmente. Ela apresentou um repertório dinâmico e fez o público começar a sentir um pouco mais do que viria pela frente. Tayna Pimentel “passou” o palco para o grupo Nosso Sentimento. Pela segunda vez em Manaus, os integrantes da banda disseram ter ficado impressionados com a receptividade do público e que querem estar mais vezes em palcos amazonenses. “Subimos ao palco e parecia que estávamos fazendo um grande ensaio, todo mundo conhecia nossas músicas. Ficamos bastante impressionados com a receptividade do público, com o carinho dos fãs, que foi quem permitiu que estivéssemos em Manaus. Estamos felizes com a repercussão do nosso trabalho e queremos estar mais vezes por aqui”, disse Chininha, vocalista da banda.

Nosso Sentimento cantou sucessos como “Sonho de Amor”, “Fora da Lei”, “Vai Embora”, “Perdoa” e encerrou a apresentação com a música “Liberdade”, que está no DVD de mesmo nome da banda e que está excursionando o país. Fã da banda, Maiara Corrêa era só elogios para o grupo. “Vi a primeira apresentação dele aqui em Manaus e fiquei encantada pelos meninos, estava torcendo muito para que eles voltassem. O show deles foi maravilhoso. Espero que voltem mais vezes”, falou. Em seguida, às 0h05, foi a vez do grupo Pixote mostrar seu repertório, incluindo “A Lua e Eu”, grande sucesso da banda paulista. Mesclando novos e antigos sucessos, o grupo interagiu em todos os momentos com a plateia. O líder do grupo, Dodô, falou da satisfação de voltar a Manaus. “Estamos preparando muitas novidades para o nosso público. Ano que vem completamos 20 anos de carreira, estaremos com um DVD composto de 25 músicas, sendo 17 novas. Estamos viajando, gravando imagens de shows que fizemos no exterior, pelo Brasil e aqui em Manaus também para colocar no nosso DVD. Tenho certeza de que o público vai gostar muito do que vem por aí. E queremos voltar aqui para mostrar o resultado”, afirmou. Sorriso Maroto e ImaginaSamba Às 2h a banda mais esperada da noite subiu ao palco. Sorriso Maroto começou sua

apresentação com a música “Assim você mata o Papai”. O grupo apresentou ao público algumas das músicas que estarão no novo trabalho da banda, intitulado “Riscos e Certezas”. Para o ano que vem, o Sorriso Maroto tem planos de começar a produção de mais um DVD com repertório inédito. A última atração do Retrospectiva do Samba foi a estreante em palcos amazonenses, ImaginaSamba. Com 10 anos de estrada, a banda estava impressionada com a recepção do público e disse que a vin-

AGENDA

O evento “Retrospectiva do Samba” já é considerado pela direção da empresa promotora como parte integrante de seu calendário cultural anual para a cidade de Manaus da a Manaus não poderia ter ocorrido num momento mais oportuno. “Estamos com DVD e CD comemorativo que tem a participação de artistas já conhecidos do público e viemos para esse show por meio de votação popular. Tudo isso nos deixa lisonjeados, felizes e agradecidos ao povo de Manaus. Esperamos voltar outras vezes e mostrar novos trabalhos”, vocalista Suel finalizou. No que depender da proprietária da Fábrica de Eventos, Bete Dezembro,

Pixote anuncia que está produzindo novo DVD, que possivelmente contará com imagens de shows em Manaus

todas as atrações terão outras oportunidades de se apresentar em Manaus. Idealizado durante o Samba Manaus 2013 com o intuito de dar continuidade ao maior evento de samba do mundo, o Retrospectiva do Samba visa atender ao público que não se deu por satisfeito mesmo depois de dois dias de festa e 12 atrações nacionais. “O Retrospectiva foi nosso último show do ano e já se destaca como um evento de calendário de Manaus e será mais um evento na agenda da Fábrica. Ano que vem teremos mais atrações bacanas para presentear o público. A primeira será o show de despedida do cantor Bell Marques, do Chiclete com Banana, em 16 de fevereiro, no Diamond (Convention Center)”, adiantou.


B6

Plateia

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Programação de TV

DIVULGAÇÃO

SBT

Entrevistas e bom humor no Programa do Jô, na TV Globo

Horóscopo

GLOBO

5h Jornal do SBT 6h Igreja Universal 7h Jornal do SBT 8h Bom Dia & Cia 10h05 Waisser 10h55 Programa A Voz Da Esperança 11h35 Programa Agora 12h25 Programa Livre 13h15 As Visões da Raven 13h30 Maria do Bairro 14h30 Por Ela....sou Eva 15h Cuidado Com o Anjo 15h45 A Madrasta 16h30 Eu A Patroa e as Crianças 17h20 Jornal Em Tempo 17h45 Sbt Brasil 18h30 Chiquititas 19h15 Rebelde 20h Seriado 21h Programa do Ratinho 22h Maquina da Fama 23h Jornal do SBT 23h45 Big Bang A Teoria 0h15 Mike & Molly 0h30 A Garota do Blog 2h Big Bang 3h30 Igreja UniversaL

3h55 Telecurso Educação Básica - PROFPRF 4h10 Telecurso Profissionalizante - Administração 4h25 Telecurso Ensino Médio - História 4h45 Telecurso Ensino Fundamental - Geografia 5h Globo Rural. 5h30 Bom Dia Brasil. 6h30 Bom Dia Amazônia. 7h30 Bom Dia Brasil (Reapresentação) 8h30 Mais Você 9h57 Bem Estar 10h40 Encontro Com Fátima Bernardes 12h Amazonas TV 12h40 Globo Esporte 13h15 Jornal Hoje 13h45 Vídeo Show 14h30 O Cravo e a Rosa 15h50 Sessão da Tarde 16h46 Globo Notícia 16h50 Malhação 17h20 Jóia Rara 18h10 Jornal do Amazonas 18h30 Jornal Nacional 19h08 Além do Horizonte 20h05 Amor à Vida

Cinema ESTREIA

ÁRIES - 21/3 a 19/4 Urano retoma o movimento direto e aponta para a renovação de sua identidade. Mas é preciso uma nova ambientação para desenvolver tal identidade nova.

Última Viagem à Vegas: EUA. 12 anos. Billy (Michael Douglas), Paddy (Robert De Niro), Archie (Morgan Freeman) e Sam (Kevin Kline) são amigos desde a infância e hoje são senhores de idade. Quando Billy, o solteirão do grupo, decide enfim pedir em casamento sua namorada de trinta e poucos anos, ele e os amigos resolvem viajar até Las Vegas para reviver a juventude e curtir uma tremenda despedida de solteiro. O que eles não imaginavam é que a Las Vegas atual seria bem diferente da cidade que eles conheceram décadas atrás. Cinemark 1 – 13h30, 16h, 18h30, 21h (dub/diariamente), 23h50 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 2 – 13h30, 19h10 (leg/diariamente); Cinépolis9 – 16h30, 21h15 (dub/diariamente); Cinemais Millennium – 15h10, 17h20, 19h30, 21h40 (leg/diariamente); Cinemais Plaza – 15h30, 17h40, 19h50, 22h (dub/diariamente).

GÊMEOS - 21/5 a 21/6 A vida social e os amigos lhe parecerão novamente interessantes. Você pode ter mudado seu ambiente social totalmente - e isso é magnífico. Seu trabalho e sua vida prosperarão. CÂNCER - 22/6 a 22/7 O impulso de renovação profissional volta a poder se desenvolver, agora que mudou (ou melhor, deveria ter mudado) a ambientação na qual trabalha. LEÃO - 23/7 a 22/8 Sua mente passa a captar com mais fluidez pensamentos originais e de elevado teor filosófico ou mesmo espiritual. Um novo campo filosófico irá se firmar em sua mente. VIRGEM - 23/8 a 22/9 Uma liberdade maior no trato com as pessoas, diante dos compromissos e das experiências conjuntas, é o novo campo que brota nas relações mais íntimas. LIBRA - 23/9 a 22/10 A participação em atividades sociais, relações de companheirismo e sociedades ganha uma outra dimensão - ainda mais se você reformulou o ambiente no qual estas ocorrem. ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11 As inovações e melhorias no cotidiano de trabalho são favorecidas pela mudança do ambiente no qual trabalha. A cooperação é muito positiva para essas inovações. SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12 O impulso criativo volta a ser forte e se realiza com plenitude. A estética artística e os projetos pessoais ganham nova dinâmica, inclusive exigindo aceitar novas ideias. CAPRICÓRNIO - 22/12 a 19/1 O desejo de mudar coisas em sua casa e no ambiente doméstico, volta a se realizar mais completamente. Um novo ambiente social para a família deve agora se formar. AQUÁRIO - 20/1 a 18/2 Algumas atividades irão se acelerar, pelo bom estímulo mental, modificando certas situações de trabalho. Uma nova rotina de vida pode se estabelecer a partir de agora. PEIXES - 19/2 a 20/3 Uma nova ambientação para trabalhar e fazer negócios é decisiva para os próximos passos. A partir de agora, você voltará a crescer financeira e materialmente.

Tela Quente Jornal da Globo Programa do Jô Sessão Brasil Série Americana Festival de Desenhos

REDE TV! 4h30 6h30 7h30 9h30 10h 11h 12h 13h 15h 16h 16h30 17h15 18h15 18h25 18h30 20h 20h45 22h15 23h45 0h15 1h 1h45

RECORD 6h15 7h40 9h 11h 12h 13h15 13h30 16h15 17h55 18h40 19h30 20h30 Chris 21h30 22h30 23h30 0h30 1h10

Record Kids Fala Brasil Hoje Em Dia Magazine Alô Amazonas Craque Na Tv Programa da Tarde Cidade Alerta A Crítica na TV Jornal da Record Peladão - O Reality Todo Mundo Odeia o CSI Nova York Pecado Mortal A Lei e o Crime Roberto Justus + Programação IURD

Igreja Int. da Graça Morning Show Você na TV Esclarecendo A Fé Igreja Int. da Graça Manaus 24 Horas Rompendo Barreiras A Tarde É Sua TV Kids Te Peguei Betty, A Feia Igreja Int. da Graça TV Kids Momento da Sorte TV Fama Rede TV News Igreja Int. da Graça Super Pop Leitura Dinâmica Companhia de Viagem Debate Brasil Igreja Int. da Graça

Cruzadinhas

GREGÓRIO QUEIROZ

TOURO - 20/4 a 20/5 Procure ter ações objetivas, dar uma solução de curto prazo, resolver um problema, e não apenas sonhar com melhorias. Há uma onda libertadora, e você deve aproveitá-la bem.

21h20 23h10 23h45 1h20 2h55 3h40

Como Não Perder Essa Mulher: EUA. 16 anos. Jon mora sozinho e tem orgulho da vida que leva, sem se prender a alguém. Por mais que goste bastante de sexo, ele segue a filosofia de que nenhuma relação sexual é tão boa quanto pornografia, já que lá ele encontra exatamente o que quer. Entretanto, sua vida muda após conhecer numa boate aquela que seria a mulher nota 10: Barbara. Ele tenta levá-la para casa, mas ela faz jogo duro e nada acontece. É quando Jon percebe que terá mudar sua tática habitual, aceitando namorála e se submeter aos seus caprichos, caso queira ter algo com ela. Cinemark 5 – 12h, 14h20, 16h40, 19h, 21h10 (dub/diariamente), 23h40 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 2 – 16h10, 21h55 (leg/diariamente); Cinépolis 9 – 14h15, 19h (dub/diariamente); Cinemais Millennium – 14h50, 17h10, 19h15, 21h20 (leg/diariamente); Cinemais Plaza – 14h30, 16h50, 19h, 21h (dub/diariamente). Carrie, a Estranha: EUA. 16 anos. Carrie retrata um grande desastre ocorrido na cidade americana de Chamberlain, Maine, destruída pela jovem Carietta White. Nos anos anteriores à tragédia, a adolescente foi oprimida pela sua mãe, Margaret, uma fanática religiosa. Além dos maus tratos em casa, Carrie também sofria com o abuso dos colegas de escola, que nunca compreenderam sua aparência, nem seu comportamento. Um dia, quando a jovem menstrua pela primeira, ela se desespera e acredita esta morrendo, por nunca ter conversado sobre o tema em casa. Mais uma vez, ela é ridicularizada pelas garotas do colégio. Aos poucos, ela descobre que possui estranhos poderes telecinéticos, que se manifestam durante sua festa de formatura, quando os jovens mais populares da escola humilham Carrie diante de todos. Cinemark 8 – 12h10, 14h30, 16h50, 19h10, 21h30 (dub/diariamente), 0h (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 10 – 13h15, 18h (dub/diariamente), 15h40, 20h30 (leg/diariamente); Cinemais Millennium – 15h20, 17h30, 19h40, 21h50 (leg/diariamente); Cinemais Plaza – 14h50, 17h10, 19h15, 21h30 (dub/diariamente). Linha de Frente: EUA. 16 anos. Jason Statham é um ex-agente do departamento de narcotráficos, Phil Broker, um homem de família que sai de cena com sua filha para tentar fugir de seu passado conturbado. No entanto, o entorno de Broker se revela nada tranquilo quando ele descobre que o submundo das drogas e a violência assombram a pequena cidade. Logo, um chefão sociopata do tráfico de metanfetamina, Gator Bodine (James Franco), coloca Broker e sua filha em perigo, forçando o ex-agente a voltar à ativa para salvar sua família e a cidade. Cinépolis 6 – 15h15, 17h35, 20h, 22h20 (leg/diariamente); Cinemais Millennium – 15h30, 17h40, 19h50, 22h (leg/diariamente); Cinemais Plaza – 15h10, 17h20, 19h30, 21h40 (dub/diariamente).

CONTINUAÇÕES

A Floresta de Jonathas: BRA. 12 anos. Playarte 4 – 12h50, 14h50, 16h50, 18h50, 20h50 (diariamente), 22h50 (somente sextafeira e sábado). Infectados: EUA. 12 anos. Cinépolis 13h (dub/diariamente). Crô: BRA. 12 anos. Cinemark 6 – 12h40, 14h50, 17h10, 19h30, 21h50 (diariamente); Cinépolis 1 – 18h10 (dub/diariamente); Cinépolis 4 – 14h (exceto dia 12/12/), 16h35, 18h45, 21h (diariamente), 14h (Cine Materna – somente dia 12/12); Playarte 6 – 13h30, 15h25, 17h20, 19h15, 21h10 (diariamente), 23h05 (somente sexta-feira e sábado); Playarte 7 – 19h16, 21h11 (diariamente); Cinemais Millennium – 15h, 17h15, 19h10, 21h10 (diariamente); Cinemais Plaza – 15h20, 17h30, 19h40, 21h50 (diariamente).

Um Time Show de Bola: ARG/ESP. Livre. Cinemark 3 – 12h30, 17h30 (dub/ diariamente); Cinépolis 1 – (3D/dub/somente sexta-feira e sábado), 15h15 (3D/dub/diariamente); Playarte 10 – 13h30, 15h45, 18h (dub/diariamente); Cinemais Plaza – 14h40 (dub/diariamente). Vovô Sem Vergonha: EUA. 14 anos. Cinemark 2 – 19h50, 22h10 (dub/diariamente); Cinépolis 7 – 12h30 (leg/somente sábado e domingo), 14h45, 17h, 19h20, 22h (leg/diariamente); Playarte 5 – 13h20, 15h20, 17h20, 19h20, 21h20 (leg/diariamente), 23h15 (leg/somente sexta-feira e sábado); Cinemais Millennium – 14h30, 16h50, 19h, 21h (leg/diariamente). Jogos Vorazes – Em Chamas: EUA. 14 anos. Cinemark 3 – 20h (dub/diariamente), 23h10 (dub/somente sexta-feira e sábado), Cinemark 7 – 12h20, 15h30,

18h50, 22h (dub/diariamente); Cinépolis 5 – 18h15 (dub/diariamente), 15h (leg/diariamente), 21h30 (exceto dia 12/12); Playarte 1 – 14h30, 17h30, 20h30 (dub/diariamente), 23h25 (leg/somente sexta-feira e sábado). Playarte 2 – 19h40 (leg/diariamente). 22h35 (leg/somente sexta-feira e sábado); Playarte 8 – 19h (dub/diariamente), 22h (dub/somente sexta-feira e sábado); Playarte 10 – 20h15 (dub/diariamente), 23h15 (dub/ somente sexta-feira e sábado); Cinemais Millennium – 14h40, 18h40, 21h30 (dub/ diariamente); Cinemais Plaza – 15h, 18h20, 21h10 (dub/diariamente).

(dub/diariamente). Thor 2 – O Mundo Sombrio: EUA. 10 anos. Cinemark 4 – 18h10, 20h50 (3D/ dub/diariamente), 23h30 (3D/dub/somente sexta-feira e sábado), 12h50, 15h20 (dub/ diariamente); Playarte 9 – 13h, 15h25, 17h50 (dub/diariamente), 20h15 (leg/diariamente), 23h45 (leg/somente sexta-feira e sábado); Cinemais Plaza – 17h, 19h20, 21h35 (dub/ diariamente).

Capitão Phillips: EUA. 14 anos. Cinépolis 1 – 20h40 (leg/diariamente).

Meu Passado Me Condena: BRA. 12 anos. Cinemark 3 – 15h (diariamente); Playarte 7 – 13h, 15h05, 17h10 (diariamente), 23h10 (somente sexta-feira e sábado); Cinemais Plaza – 16h40, 21h20 (diariamente).

Bons de Bico: EUA. Livre. Cinemark 2 – 13h, 15h05, 17h20 (dub/diariamente); Playarte 2 – 13h40, 15h40, 17h40 (dub/ diariamente); Playarte 8 – 13h, 15h, 17h

Sobrenatural – Capítulo 2: EUA. 14 anos. Cinemais Millennium – 14h45, 17h, 19h20, 21h35 (leg/diariamente); Cinemais Plaza – 14h20, 18h50 (dub/diariamente).


Plateia

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013 ALEX PAZZUELO/AGECOM

B7 VALDO LEÃO

Sérgio Frota sergiofrota@uol.com.br @sergiopromoter

ALEX PAZZUELO/AGECOM

VICE-GOVERNADOR José Melo acompanhou o prefeito Arthur Neto, a primeira-dama do município, Goreth Ribeiro, e o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Turco-Brasileira, Guray Sirkecioglu, durante evento beneficente que doou cerca de 10 toneladas de carne, e gêneros alimentícios a mais de 4,8 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e a entidades não governamentais em Manaus. A capital amazonense foi a terceira a receber a ação social

DIVULGAÇÃO

GOVERNADOR Omar Aziz, ao lado da primeira-dama Nejmi Aziz afirmou na terça (3), durante visita à Arena da Amazônia, estar convicto que o estádio, em construção para a Copa de 2014, terá público suficiente mesmo em jogos de clubes amazonenses. “Não tenho dúvida de que a arena vai ficar pequena para ver o Nacional e o Princesa do Solimões disputarem a Copa Verde ano que vem”, disse o governador. A deputada estadual Conceição Sampaio (PP), juntamente com o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto (PSD), e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM), promoveu a abertura da campanha do Laço Branco - Homens pelo fim da violência contra a Mulher, como parte importante da programação da campanha mundial dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher, na manhã desta quinta-feira (5), no plenário Ruy Araújo. DIVULGAÇÃO

O deputado Arthur Bisneto participou da homenagem aos 65 anos da rádio Difusora do Amazonas, na Aleam. Em seu discurso, ressaltou o trabalho desenvolvido pela rádio durante esses 65 anos e por toda a família Difusora, que demonstra pela notícia um grande comprometimento com Manaus.

Laço branco Presidente da Aleam, deputado Josué Neto, a presidente da Comissão da Mulher e das Famílias Aleam, deputada Conceição Sampaio e a senadora Vanessa Grazziotin realizaram na quinta (5) a abertura da Campanha do Laço Branco – Homens pelo fim da Violência Contra a Mulher, no Plenário Ruy Araújo da Aleam. VALDO LEÃO

Durante a comemoração pelos 18 anos da fábrica da Samsung Eletronics, em Manaus, o vice-governador José Melo e o presidente da fábrica, Lee Kun-Hee, e sua esposa, senhora Seo, anunciaram que a marca pretende abrir um estúdio de games na capital amazonense, onde serão produzidos jogos exclusivos para seus aparelhos móveis. Apresentador Luciano Huck, com o empresário Flávio Rocha, presidente das lojas Riachuelo, durante inauguração de mais uma unidade na rua Oscar Freire (SP).

Governador do Amazonas, Omar Aziz, afirmou na terça (3), durante a inauguração do 28º Distrito Integrado de Polícia, na Colônia Antônio Aleixo, que a redução de todos os índices de criminalidade naquela região é prova de que o programa Ronda no Bairro está dando resultado. O vice-governador José Melo, que acompanhou a entrega da obra ao lado da primeira-dama, Nejmi Aziz, explicou que a implantação do 28º DIP vai garantir segurança a pelo menos 23 mil moradores do bairro e no entorno, já que disponibiliza um aparato de 71 policiais militares e 25 agentes da Polícia Civil, entre investigadores e escrivães.

FOTOS: BRUNO POLETTI

Transferência A Semp Toshiba encerrou as atividades na Bahia, transferindo para Manaus toda sua fábrica de notebooks e desktops. A decisão fecha 200 postos de trabalho em Águas Claras, Região Metropolitana de Salvador.

FRANK SENA

O secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino e o chefe da Plataforma AmazôniaUnicef, Unai Sacona, durante o 1º Encontro Técnico Sobre a Educação na Amazônia Legal, que reuniu representantes do Ministério da Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, dos Conselhos de Educação do Estado e Município além de representantes da sociedade civil, dos governantes e da iniciativa privada com o objetivo de discutir os desafios e avanços da educação na região. Realizado pelo Unicef na terça (3). DIVULGAÇÃO

Filiação O TCE/AM vai fazer parte da Organização Latino-Americana e do Caribe de Entidades Fiscalizadoras Superiores (Olacefs) a parti r desta semana, segundo anunciou, na quarta (4), o presidente do TCE/AM, conselheiro Érico Desterro, durante o 27º Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil, que aconteceu em Vitória (ES). A filiação do TCE/AM como membro da Olacefs acontecerá na 23ª Assembleia Geral da entidade, que será realizada de hoje até o dia 12, em Santiago (Chile)

Certificação TCE/AM mantém e amplia ISO 9001:2008. Certificação do TCE passou de 2% para 25%, na gestão do conselheiro Érico Xavier Desterro e Silva. Depois de cinco dias de auditoria realizada pela empresa Bureau Veritas Certification nas dependências do órgão, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas conseguiu manter o certificado de qualidade ISO 9001:2008 pelo segundo ano consecutivo e ainda ampliar os escopo de certificação.

Leiloeiro oficial

Empresária Anna Claudia Rocha, mulher do presidente das lojas Riachuelo, Flávio Rocha, foi a grande anfitriã na inauguração da Riachue- Modelo Fernanda Motta e a cantora Claudia lo na rua Oscar Freire (SP). Leitte, na inauguração da Riachuelo

SECRETÁRIO DE PRODUÇÃO RURAL, Eron Bezerra e o presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas, Sérgio Muniz, apresentaram ao Sistema Sepror a Instrução Normativa nº 28, publicada no DOU, que garante ao Amazonas o status de “risco médio” para a febre aſtosa. A conquista representa um grande passo rumo à classificação de “Estado livre de febre aſtosa”

Governo do Estado, por meio da Comissão Geral de Licitação, realizou na segunda (2), sorteio público para a contratação dos serviços especializados de leiloeiro para a realização de leilão de bens móveis inservíveis, de diversos órgãos da administração pública do Estado do Amazonas. Ao todo, sete interessados compareceram à sessão pública. Após a solicitação do credenciamento dos participantes foi realizado o sorteio. Luiz de Chirico Júnior foi o vencedor.

PARCERIA firmada entre o Instituto Amazonense de Aprimoramento de Ensino em Saúde (Iapes) e o GACC vai garantir o atendimento fisioterápico para mais de 50 crianças em tratamento da doença e que são atendidas pela instituição. Na foto: Daniel Xavier, presidente do Iapes, o fisioterapeuta da seleção de Vôlei, Alexandre Ramos, e o fisioterapeuta da área Esportiva de Manaus, Rogério Olmedija, no momento que foi oficializada a parceria.

Delegacia da Mulher A deputada Conceição Sampaio, que responde pela presidência da Comissão da Mulher, das famílias e do Idoso da Aleam anunciou na terça (3), em sessão plenária da determinação do governador Omar Aziz para o retorno imediato do plantão da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher, uma reivindicação dos Movimentos de Mulheres do Amazonas. “O governador Omar Aziz tem sido uma parceiro nesta causa. Já temos uma rede de enfrentamento contra essa violência, estamos na luta para interiorizar essa rede, temos uma secretaria executiva de Políticas para as Mulheres”, pontuou a deputada.

Filantropia A NET, maior empresa de serviços de telecomunicações e empreendimento via cabo da América Latina, promove a partir do dia 12 a campanha de Natal 2013. A ação integra as atividades do NET Voluntariado, programa de responsabilidade social da empresa criado para estimular o engajamento dos colaboradores e o trabalho voluntário. A campanha de Natal do grupo de voluntários da empresa incentiva os colaboradores a adotar cartinhas com pedidos de Natal, escritas por crianças de instituições parceiras da empresa. Em Manaus serão atendidas as instituições Monte Salen e comunidade ribeirinha Lago Serpa.


B8

Plateia

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Canal 1 plateia@emtempo.com.br

TV Tudo

BAND

Consequências E é exatamente a liderança que o treinador da seleção exerce sobre os jogadores que mais preocupa dirigentes da Band e Espn. Não por acaso, a maioria daqueles frequentemente convocados preferiu fazer silêncio às iniciativas do Bom Senso F.C.. Numa dessas... Comercial Ainda sobre a Copa do Mundo, a Bandeirantes acaba de negociar mais uma cota para a Itaipava. Agora restam apenas mais duas para vender, mas com negociações bem encaminhadas. Boletim de Indy - 1 A transmissão da Indy, do ano que vem, que a Band colocou na UTI, apresentou melhoras significativas em seu quadro nos últimos dias. Hoje, as chances da transmissão da temporada que vem, que estavam próximas de zero, cresceram de maneira bem considerável. Boletim da Indy - 2 Existem, ainda sobre a Indy, alguns aspectos que devem ser considerados. O primeiro é que a Bandeiran-

Dani Calabresa gravou com David Brazil o último “Sem Saída” desta temporada. No ar hoje, no “CQC”, da Band.

tes e os organizadores ainda têm um contrato valendo e como vai haver a unificação dos seus veículos, é um produto que pode interessar. Decidida a transmissão, haverá a obrigação de realizar uma prova no Brasil, que não será em São Paulo. Consultas extraoficiais já foram feitas junto a algumas prefeituras. Assim, assim A paquera da Fox com o autor Tiago Santiago, nesta altura se pode dizer, é quase um namoro. Já pegaram na mão. Os entendimentos, na verdade, segundo representantes das partes, estão em um estágio bem avançado e é bem possível que o

“start” dos trabalhos aconteça já nos primeiros dias de 2014. Título interno As mudanças em “Além do Horizonte”, na Globo, são tantas nos textos e nas gravações, que a novela recebeu o título de “Adendo Horizonte” em seus bastidores. A destacar, também, a entrega de todo o seu pessoal para que o trabalho obedeça a boa e rápida recuperação, mesmo que isto signifique esticar o expediente, às vezes, até 3 da manhã. Para o português A Band vai traduzir os nomes das séries “American Horror Story” e “How I Met Your Mother”.

Bate–Rebate • Saiu a classificação indicativa do “BBB 14” sugerida pela Globo, já publicada no site do ministério da Justiça... • ... Programa não recomendado para menores de 12 anos. Exibição após 8 da noite. • Amaury Junior grava só mais esta semana, faz a festa com o seu pessoal e sai de férias... • ... Para o ano que vem, conforme o prometido, o seu programa na Rede TV! voltará com uma série de novidades. • Amanda Françozo está lançando uma linha de perfumes com o nome dela. • Boninho e Mauro Mendonça Filho irão aparecer em cenas da Valdirene, personagem da Tatá Werneck, nos próximos capítulos de “Amor à Vida”.

C’est fini Ricardo Waddington escolheu a nova equipe do “Vídeo Show” e deixou a cargo desse pessoal a responsabilidade de tocar o programa. Normal, são muitas as suas obrigações como diretor de núcleo. Apenas a audiência, que ainda não atingiu patamares esperados, continua incomodando um pouco. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Felipão é adversário Bandeirantes e Espn têm em comum o mesmo adversário, Luiz Felipe Scolari. No caso da Band, as críticas feitas ao Palmeiras não foram esquecidas pelo treinador. Pelos mesmos motivos, por comentários feitos ao seu trabalho, Felipão pretende também manter distância regulamentar das câmeras e microfones da Espn. É muito ruim tudo isso.

Flávio Ricco Colaboração: José Carlos Nery


DIVULGAÇÃO

Caderno C

Apps facilitam para clientes e lojistas economia@emtempo.com.br

(92) 3090-1045

Página C5

DAVI RIBEIRO/FOLHAPRESS

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Terremoto na Bolsa de Valores

Ferramenta inspirada no sismógrafo avalia grau de estresse no mercado de ações em períodos que antecedem crises

O

empresário Eduardo Cavendish, 29, investe em Bolsa há seis anos e está sempre em busca de novos modelos de análises de ações para evitar ao máximo perder dinheiro. Em 2012, descobriu pela internet um que avalia o grau de estresse na Bolsa nos períodos que antecedem crises, mas com um detalhe: baseado na análise de terremotos. A princípio, estranhei, pois não conseguia enxergar ligação entre uma coisa e outra. Mas depois obtive bons resultados e passei a usar o sistema constantemente. Desenvolvido pelo matemático Marco Antonio Caetano, do Insper, em parceria com Takashi Yoneyama, do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), esse sistema é conhecido como IMA (Índice de Mudanças Abruptas). Ele se baseia nas frequências percebidas no mercado e que nem sempre aparecem nas análises dos especialistas de corretoras. São dois tipos de frequências: as baixas, que são tendências de longo prazo, e as altas, que são as negociações diárias se o tempo estiver sendo medido em dias. Sempre há um estresse típico que antecede movimentos bruscos para baixo ou para cima, diz Caetano. O mercado fica nervoso e frenético, fazendo com que as frequências das negociações oscilem muito rapidamente próximo de um patamar, que é o preço que os investidores acham adequado. A ferramenta identifica essas frequências e, quando há alteração, aponta. É o mesmo mecanismo dos sismógrafos aparelhos utilizados para identificar as movimentações das placas tectônicas, que dão origem aos terremotos. O IMA é composto por um índice que vai de 0 a 1: quanto mais perto de 0, melhor é o

momento para comprar ações; quanto mais perto de 1, maiores são as chances de que a ação não suba mais, com probabilidade de crash (queda). Embora seja apontado como útil, usuários do IMA ressaltam que a ferramenta tem pontos a serem melhorados. Alerta Um deles é o alerta de venda. Ele indica o ponto que está esgotando a alta do papel, mas não mostra quando é a hora de vendê-lo, afirma Cavendish. Outra ressalva é que a ferramenta hoje acompanha apenas o Ibovespa, principal índice da Bolsa, e mais nove ações: as preferenciais (mais negociadas

Receita pode facilitar para investidores Em tempos de queda na arrecadação do governo, a Receita Federal reluta em aprovar as regras de tributação para os fundos de investimento em índices de renda fixa, novidade que deve reduzir os custos e facilitar a vida dos pequenos investidores. São fundos eletrônicos geridos por robôs, com taxa de administração de 0,54% ao ano, que replicam o desempenho de índices do mercado, como o Ibovespa.

Eles podem ser negociados diretamente no pregão como se fosse uma simples ação – daí o nome ETF (Exchange Traded Funds). No Brasil, o mais popular é o BOVA11, da gestora BlackRock, que replica o principal índice da Bolsa brasileira. A preocupação do fisco é perder parte do Imposto de Renda incidente sobre o rendimento dos fundos, que hoje é retido pelos bancos nos resgates e quando incide o

chamado come-cotas – mecanismo de pagamento de tributo que reduz a quantidade de cotas do aplicador. A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aprovou o funcionamento dos fundos de índice de renda fixa em setembro, mas até hoje o assunto não passou pelo crivo da Receita Federal. Os gestores desses fundos defendem que a Receita Federal isente de Imposto de Renda o rendimento para

movimentações abaixo de R$ 20 mil, como ocorre hoje com as ações para o investidor pessoa física. Também aceitam discutir um mecanismo que permita ao investidor recolher o imposto devido mensalmente. A Bolsa de Valores, aliás, já tem um sistema para reproduzir o come-cotas dos fundos tradicionais, caso a Receita Federal exija o mesmo tratamento tributário dado aos fundos tradicionais. RODRIGO PAIVA/FOLHAPRESS

ANDERSON FIGO DE SÃO PAULO

O matemático Marco Antonio Caetano, criador do método

FERRAMENTA

Desenvolvido pelo matemático Marco Antonio Caetano, do Insper, o sistema baseia-se nas frequências percebidas no mercado e que nem sempre aparecem nas análises dos especialistas de corretoras. e sem direito a voto) de Petrobras, Vale, Usiminas, Gerdau e Itaú Unibanco e as ordinárias (menos negociadas e com direito a voto) de BM&FBovespa, Banco do Brasil, Cielo e PDG. De acordo com os desenvolvedores do IMA, a ferramenta tem 89,3% de acertos desde a sua criação, em 2004. O sistema estã na web: www.mudancas abruptas.com.br, com custo de R$ 110 por mês. O educador financeiro Mauro Calil, da Academia do Dinheiro, afirma que, independentemente do modelo de análise das ações utilizado, o investidor deve ter em mente que as aplicações em Bolsa envolvem risco. O ideal é que o pequeno investidor não faça suas aplicações com base em um único instrumento de análise.

Regras de tributação para fundos de investimento em índices de renda fixa podem reduzir custos para pequenos investidores


C2

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Entenda como funcionam as ações antes de investir RODRIGO PAIVA/FOLHAPRESS

Saiba quais são os principais métodos de avaliação de ações e veja o que melhor se enquadra para você antes de aplicar

Análise técnica e análise fundamentalista são os dois principais métodos de avaliar ações

ANDERSON FIGO DE SÃO PAULO

O

s métodos mais usados hoje para avaliar ações e definir perspectivas que pesam na hora de aplicar na Bolsa são as análises técnica – ou gráfica – e fundamentalista. A análise técnica estuda os dados gerados pelas transações com os papéis, como preço e volume. “Essas informações são utilizadas pelo analista de mercado para criar gráficos em busca de tendências”, afirma o analista gráfico Dalton Vieira. “Suponha que você analise o histórico de uma ação por dois anos e perceba que ela sempre intensifica a alta quando atinge determinado valor. Esse valor acaba virando uma referência para o papel, um suporte”, diz. A análise técnica é mais indicada para operações no curto prazo, inclusive para as chamadas “day trades” (compra e venda no mesmo dia). Já a análise fundamentalista busca determinar um valor adequado da ação que reflita a situação atual da empresa e expectativas futuras. Força da marca Esse valor inclui fatores difíceis de medir, como o posicionamento da empresa no mercado e a força da marca. “Esse tipo de análise estuda as questões relativas à economia e perspectivas do segmento a que pertence a empresa”, diz Pedro Galdi, analista-chefe da SLW Corretora.

Antecipação “Por exemplo, uma empresa de mineração, como a Vale, tende a ser afetada pelo desempenho da economia da China, que é um grande consumidor de minério de ferro”. Por isso, nesse caso, a análise fundamentalista acompanha os indicadores econômicos chineses para tentar antecipar seus impactos sobre as operações da Vale.

Essa análise também considera o gerenciamento da empresa e a qualidade de seus indicadores financeiros e operacionais. A CVM (Comissão de Valores Mobiliários), que regula o mercado de capitais no Brasil, determina que só pode recomendar ações – seja por análise técnica ou fundamentalista – o analista certificado pela Apimec (Associação Nacional dos Analistas e Pro-

fissionais de Investimento de Mercado de Capitais). Há dois tipos de certificados específicos: um para o analista gráfico e outro para o fundamentalista. “O mais recomendado é que o pequeno investidor procure sua corretora ou banco. Essas instituições têm uma equipe de analistas, o que facilita a tomada de decisão”, diz o consultor financeiro Erasmo Vieira.


C3

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Utopia do consenso trava mais uma reunião da OMC RAQUEL LANDIM ENVIADA ESPECIAL A BALI (INDONÉSIA)

D

epois de fechar o primeiro acordo global em 20 anos, a OMC (Organização Mundial do Comércio) precisa aproveitar o fôlego e se reinventar. Especialistas e representantes do setor privado dizem que é hora de a entidade acabar ou ao menos reduzir o peso das decisões por consenso. O diagnóstico é que, ao exigir que todos os países concordem com tudo o que está sobre a mesa, as negociações dos temas mais importantes empacam. Essa seria a principal razão de o acordo selado em Bali, na Indonésia, incluir só uma fração dos temas previstos para a Rodada Doha. “A OMC precisa desistir da utopia do consenso. Antigamente um grupo pequeno de países tomava todas as decisões. Hoje é impossível colocar 160 países de acordo sobre os mais variados temas. O mundo mudou”, diz Marcos Jank, diretor de relações com o mercado da BRF e um dos maiores especialistas brasileiros em negociações internacionais. Filhos bastardos Para Jank, está na hora de a OMC assumir seus filhos “bastardos”, que são os acordos plurilaterais. São acordos sobre um tema específico – como tecnologia da informação ou investimentos – entre um grupo de países que represente uma fatia importante do comércio global naquela área. Os acordos plurilaterais são considerados mais “democráticos” que os bilaterais, pois qualquer país que deseje pode ingressar. Os acordos regionais e bilaterais excluem os países que estão fora, provocando desvios de comércio. O Brasil não fechou muitos acordos bilaterais, que já chegam a mais de 200 ao redor do mundo, e também não participa da maior parte das negociações plurilaterais. O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, diz que as diferentes formas de negociação não são excludentes, mas que a decisão por consenso é a que tem mais legitimidade, já que é aceita por todos os países. Para Michael Punke, vicerepresentante comercial dos Estados Unidos e embaixador do país na OMC, todas as formas de negociação são complementares e os acordos plurilaterais também são uma ferramenta muito útil. “Vamos continuar utilizando todas essas ferramentas de forma muito agressiva”. Os EUA estão negociando grandes acordos de livre-comércio, com a Ásia e a UE. No mesmo dia em que o acordo de Bali foi fechado, os negociadores americanos iniciaram em Cingapura mais uma rodada de conversas para tentar concluir a Parceria Trans Pacífica, que visa abolir tarifas e integrar as economias da Ásia e do Pacífico até 2015. Para a CNI (Confederação Nacional da Indústria), que comemorou os benefícios de facilitação de comércio obtidos no acordo de Bali, o Brasil também precisa se engajar nos acordos bilaterais.

‘Acordo fechado em Bali não é Doha light’ O brasileiro Roberto Azevêdo se emocionou ao agradecer o apoio da mulher na cerimônia de conclusão do primeiro acordo global de livre-comércio em 20 anos. Representantes de diversos países atribuíram o sucesso da reunião de Bali à dedicação do novo diretor-geral da OMC, que conseguiu uma façanha com três meses e meio no cargo. Em conversa com a Folha logo após fechar o acordo, ele rebate as críticas de que o pacote de Bali é modesto. “É um acordo ambicioso. Se não tivesse impacto econô-

Roberto Azevêdo, da OMC (dir.), comemora acordo em Bali

mico nenhum, não teria sido tão difícil de fechar.” Ele afirma que os resultados serão positivos para o Brasil. Qual é a sua avaliação sobre o acordo? Roberto Azevêdo - É um acordo ambicioso. As pessoas falam muito de Doha light. Não é um pacote light. Foi tão ambicioso que foi difícil de fechar. Se não tivesse impacto comercial nenhum, teria sido muito mais tranquilo. Qual é o impacto para o comércio global?

O primeiro é a harmonização dos procedimentos alfandegários. É muito importante porque facilita as transações e integra as cadeias de produção. E o Brasil está caminhando nesse sentido, com muitas empresas se internacionalizando, que vão se beneficiar do acordo. Terão mais oportunidades de inserção no mercado internacional e custos de produção mais baratos. Na área agrícola, conseguimos melhorar a administração das cotas tarifárias, um mecanismo importante

que vai ajudar a colocar a produção brasileira no mercado externo, sobretudo nos países desenvolvidos. E, na área de subsídios à exportação, também temos um compromisso político. Qual é o futuro da OMC pós- Bali? Vamos negociar durante um ano para desenvolver um programa de trabalho. É evidente que temos chance de retomar a Rodada Doha de forma ambiciosa. Vamos decidir que temas farão parte dessa negociação.

LUI SIU WAI/XINHUA-07-12-13

Órgão fechou no sábado o primeiro acordo global em 20 anos, mas que só inclui uma fração do previsto na Rodada Doha


C4

EDUARDO KNAPP/FOLHAPRESS

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Demanda por recursos para inovação supera oferta Empresas do Brasil precisam de R$ 68 bi para investir em tecnologia, segundo a Finep. Governo oferece R$ 32,9 bi MARIANA CARNEIRO ENVIADA ESPECIAL A CAMPINAS

A

procura por recursos para investimento em tecnologia superou a oferta do governo, de R$ 32,9 bilhões, anunciada em março deste ano. Segundo o presidente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), Glauco Arbix, a demanda das empresas alcançou R$ 68 bilhões, mais do que o dobro do que o oferecido pelo governo para este ano e 2014. Isso não significa, porém, que todos receberão recursos. A taxa de aprovação na Finep, por exemplo, gira em torno de 40%. Ou seja, quatro em cada dez projetos apresentados recebem recursos. Arbix classificou como “explosiva” também a demanda que a financiadora recebeu desde setembro, quando começou uma nova forma de avaliar projetos, em 30 dias. Até então, um projeto levava até 112 dias para ser avaliado pela Finep. Segundo Arbix, 1.114 empresas se inscreveram e 141 projetos foram apresentados. Em pouco mais de dois meses, cerca de 45 projetos foram aprovados, o que representa R$ 3,4 bilhões. O número de empresas cadastradas neste período já supera o cadastro formado pela Finep desde sua fundação, há 46 anos. Para o

presidente da Finep, a demanda indica que as empresas se deram conta de que precisam inovar “se não dançam”. Mas as taxas de juros negativas, quando considerada a inflação, ajudam. O programa Inova Empresa tem taxa de até 2,5% ao ano. Como comparação, a taxa básica da economia (a mais baixa do mercado) está em 10% ao ano e a do BNDES, que também é subsidiada pelo governo, está em 5% ao ano. Para Arbix, contudo, o relevante é que há projetos. “Há quatro, cinco anos tínhamos dinheiro e não havia projetos”. Sem crédito Arbix disse que nenhum banco, nem mesmo os estatais, oferecem crédito para inovação no Brasil e os únicos provedores de recursos são o BNDES e a Finep. O governo já sinalizou que pretende reduzir o volume de repasse de recursos para o BNDES no ano que vem, a fim de melhorar as contas públicas. Arbix disse que ainda não tem informações sobre eventual corte de funding para a Finep. “Para mim, está tudo mantido”, disse. A financiadora teve orçamento de R$ 10 bilhões neste ano. Arbix participou de seminário na Unicamp, organizado pelo professor Ruy Quadros, do curso de Gestão da Inovação.

Presidente da Financiadora de Estudos e Projetos, Glauco Arbix

COMÉRCIO

Gosto dos clientes fica visível FILIPE OLIVEIRA DE SÃO PAULO

Nem sempre uma pequena empresa precisa gastar para conseguir bons resultados em ações de publicidade nas redes sociais. A opinião é de Alexandre Suguimoto, presidente da Apadi (Associação Paulista de Agências Digitais). Segundo ele, muitas empresas ainda não aproveitam recursos simples como os perfis no Foursquare e no Facebook, por meio dos quais é possível conhecer os gostos dos clientes e interagir com eles. Também é possível realizar promoções para quem utiliza

essas páginas, dando “checkin” para dizer aos amigos que está lá. Ele diz que um depoimento positivo de um usuário nessas páginas pode ser mais eficiente na hora de ganhar clientes do que uma propaganda. Leonardo Naressi, professor da ESPM, dá uma ideia: “Se o empresário perceber na página do Foursquare de seu restaurante que o prato que mais recomendam lá é o filé à parmegiana, ele pode criar uma promoção com o prato e ter mais resultado do que em um anúncio”. Naressi diz que, para começar a fazer as primeiras

propagandas pagas, o empresário não precisa ser especialista no assunto. Isso porque a maioria das plataformas para propaganda é de uso intuitivo e possui tutoriais para tirar dúvidas e páginas que permitem o acompanhamento de resultados. Para anúncios mais avançados é possível buscar cursos de curta duração. Outra opção é contratar uma agência, que terá custo parecido (cerca de R$ 1.000 por mês). É importante que ele pilote um pouco para saber como funciona, mas, para ser efetivo mesmo, precisará de especialização”, afirma Suguimoto.

EMPREGO

Entrevistas por vídeo via internet Empresas iniciantes estão tentando convencer companhias maiores a entrevistar candidatos a vagas de emprego pela internet, com o uso de vídeos. Trata-se de algo mais sistematizado do que uma conversa por Skype. Na plataforma Présumé, os recrutadores podem disponibilizar perguntas e enviar um e-mail aos profissionais pedindo que eles as respondam. Eles respondem as questões em vídeo. “As empresas gastam muito tempo fazendo entrevistas com candidatos que não têm

o perfil básico da vaga. A ideia é que elas eliminem essas pessoas virtualmente”, afirma Renato Tavares, 46, cofundador da recrutadora Track Jobs, responsável pelo sistema. Os assinantes da plataforma, que foi lançada em agosto, pagam cerca de R$ 80 por profissional entrevistado. As entrevistas têm perguntas ilimitadas. A Atrians, iniciativa dos engenheiros de computação Marcelo Nascimento, 36, Alan Pakes, 35, e Kleber Bacili, 36, está no mercado há um ano e meio e faz o

mesmo serviço. “No começo, a recepção das companhias foi mais cautelosa. Mas, com o tempo, elas começaram a ver uma boa oportunidade”, afirma Nascimento. No sistema, é possível que o interessado na vaga ensaie a entrevista. Depois é que começam as perguntas de fato. No caso da Atrians, a empresa assina um contrato de no mínimo um ano e realiza um pagamento mensal por determinada quantia de entrevistas. O valor mínimo é de R$ 250 para cada dez sessões de perguntas.


C5

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Aplicativos criam novos e baratos meios de anunciar Juliano Bernardes diz ter conseguido 20% dos novos clientes pela internet; ele anuncia para a zona Sul de São paulo

FILIPE OLIVEIRA DE SÃO PAULO

A

proliferação de aplicativos para celulares que estimulam os usuários a indicar onde estão ou que rastreiam sua localização abre novas possibilidades de divulgação de produtos e serviços. E também de economizar com publicidade. Anúncios com apelo local em geral são mais baratos, já que a propaganda não vai para pessoas que não fariam compras no local devido à

distância – na internet, o custo da propaganda é proporcional ao número de pessoas que a veem ou clicam nela. A rede social Foursquare, que permite que usuários informem sua localidade e interajam com estabelecimentos que visitam, passou a aceitar anúncios em outubro. O Google também realizou atualizações em sua plataforma de compra de palavras patrocinadas. A intenção era facilitar a propaganda em dispositivos móveis. No Brasil, as empresas Kekan-

to e GuiaMais também possuem aplicativos com apelo local para anunciar de outras maneiras. A vantagem dos celulares está no fato de que, enquanto a localização dos computadores de mesa é feita por meio de seu IP (espécie de endereço do computador), os celulares podem ser encontrados via GPS. Isso aumenta a precisão no envio do anúncio, diz o professor de marketing digital da ESPM Leonardo Naressi. Há erros de padronização nos números de IP e, por isso, os anúncios feitos

com a tecnologia podem ser enviados para pessoas em locais errados. Juliano Bernardes, 35, dono da gráfica Art Visual, que produz cartões, banners e outros materiais, diz que investe anualmente R$ 1.500 para anunciar no guia de negócios locais pela internet GuiaMais. Segundo ele, cerca de 20% dos novos clientes que recebe na empresa conhecem seu negócio por meio da internet. “Sempre peço que façam propaganda para o público da zona sul de São Paulo e também

pergunto aos clientes como descobriram a empresa”. Ele diz que também anuncia por conta própria no Google AdWords, plataforma da empresa de buscas para compra de palavras patrocinadas. São investidos cerca de R$ 200 por mês, diz. Pesquise antes Antes de optar pelos dispositivos móveis, Naressi, da ESPM, sugere a análise de quais mídias seu público usa mais. Para jovens de classe alta e mais conectados, o

anúncio em aplicativos pode ser mais eficaz, exemplifica. Já para diminuir possíveis falhas nos anúncios em plataformas que funcionam a partir da compra de palavras em buscadores, pode-se investir no nome do bairro ou da rua, diz o professor. A tática tem sua imprecisão, como diz Bernardes. “Existem dois bairros chamados Vila Guarani em São Paulo [um na zona sul e outro na zona leste]. Acontece de pessoas de outra região ligarem para minha loja”.

RAQUEL CUNHA/FOLHAPRESS

Celulares com GPS facilitam localização de clientes próximos. Palavras-chave no Google com nome da rua alcança público local


C6

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

Finanças pessoais Marcia Dessen

FERNANDO DE ALMEIDA

Ouvidorias são a voz do cliente dentro das instituições financeiras Camila mora em São Paulo e está tentando, há quase dois meses, resolver um problema com uma instituição financeira que reclama o pagamento de uma dívida existente em uma agência na cidade do Rio de Janeiro. Ela soube da existência de uma conta-corrente aberta em seu nome em 2009 quando recebeu o cartão de débito. E a dívida, de mais R$ 1.000, refere-se à tarifa acumulada de manutenção da conta. SAC Durante uma de nossas caminhadas matinais, ela me contou essa história e comentou que estava tentando resolver o problema com o gerente da agência em que o problema está localizado. Disse a ela que o canal de comunicação em busca da solução não pode ser o mesmo canal da origem do problema e recomendei o contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente). Funcionou! No dia seguinte, isso mesmo, apenas um dia depois, o gerente da agência ligou dizendo que havia sido um erro operacional e que o caso estava resolvido. Camila só descansou quando recebeu uma carta do banco registrando o encerramento da conta que nunca quis ter e o cancelamento da dívida que nunca contraiu. Ouvidoria O caso do Beto foi um pouco mais complicado. Seu cartão de crédito foi clonado e diversas

compras foram feitas em seu nome, acumulando um saldo devedor de mais de R$ 4.000. Dias depois de falar com a Central de Atendimento de Cartões e de posse do número de protocolo, ele ligou para o SAC para registrar a irregularidade e ratificar que não reconhecia a dívida representada pelas despesas efetuadas com o cartão clonado. Beto seguiu todas as instruções que recebeu do atendente e guardou bem o número do protocolo

FOLHAINVEST

Carteira de ações do líder há 8 semanas valoriza 326% O participante Luiz Fernando Moreira Filho obteve valorização de 326% em sua carteira de ações e manteve a liderança, pela oitava semana seguida, no ranking do Folhainvest, simulador do mercado de ações feito pela Folha em parceria com a BM&FBovespa. Elson Costa segue na segunda colocação, após obter 262% em sua carteira de ações. Marco Antônio de Jesus saiu do quinto para o terceiro lugar, com ganho de 246,8%. Laercio Marinzek saltou da sexta para a quarta posição, ao alcançar 237%. E Renato Oliveira caiu da terceira para a quinta colocação, ao registrar 212,3%. O ranking universitário é liderado por Marco Antônio de Jesus. Damaris Marta da Silva aparece em primeiro no ranking fe-

minino, com 167,9%. No corte por regiões, Rodrigo Bitencourt do Livramento aparece na ponta no Sul, com 159,6%. Com maior pontuação nacional hã oito semanas, Luiz Fernando Moreira Filho é líder do Nordeste, e Elson Costa, do Sudeste. No Norte, Thatianna de Lira é a primeira colocada, com 66,3%. No Centro-Oeste, Jácomo Queiroz aparece em primeiro, com 87%. O vencedor anual da competição ganha uma viagem para a Costa do Sauipe, na Bahia, que será paga pelo Banco Fator. A cada mês, o prêmio é uma passagem aérea doméstica (ida e volta) da TAM. Os interessados em participar do Folhainvest devem fazer a inscrição gratuita pelo site do simulador (www. folhainvest.com.br).

desse atendimento. Ele seria necessário para prosseguir em busca de uma solução definitiva. Depois do prazo solicitado pelo SAC e considerando que não obteve a solução que esperava, Beto recorreu à ouvidoria, sua voz dentro da instituição financeira. Missão As ouvidorias dos bancos foram criadas, por determinação do Banco Central, para, entre outras atribuições, receber e tratar as re-

clamações dos clientes e usuários que não forem solucionadas pelo atendimento habitual realizado pelas agências ou pelos serviços de atendimento telefônico ou eletrônico mantidos pelos bancos. Segundo informação do Banco Central, elas não substituem os canais convencionais de atendimento. Ao contrário, existem para tratar questões de clientes e usuários que já tiverem recorrido às agências e aos serviços de atendimento complementar

do banco e que, não satisfeitos com o resultado, desejarem uma revisão do caso. Por isso, em caso de problemas com o banco, é fundamental que o usuário procure primeiramente a agência que faz seu atendimento e busque a solução com o responsável por sua conta ou mesmo pela agência. Caso não seja possível, podese recorrer aos serviços de atendimento ao consumidor que os bancos oferecem por telefone e

por meio da internet. Prazo Se as tentativas de solução pelos canais convencionais não funcionam, é hora de buscar a ouvidoria. O número do acesso telefônico gratuito deve ser divulgado e mantido atualizado em local e formato visível ao público nas agencias bancárias e nos sites na internet. Deve constar ainda nos extratos, nos comprovantes, nos contratos e nos demais documentos destinados aos consumidores. O prazo máximo estabelecido para a resposta final não pode ultrapassar 15 dias, contados a partir da data de protocolo na ouvidoria. Banco central Caso tenha dificuldade em localizar o contato da ouvidoria, consulte no site do Banco Central a lista, que traz os nomes dos ouvidores (www.bcb.gov. br/?ouvidbancos). Se a solução apresentada não for satisfatória, encaminhe sua denúncia aos órgãos competentes de defesa do consumidor. O Banco Central, por sua vez, oferece os seguintes canais de atendimento para pedidos de informação e recebimento de denúncias e reclamações: www.bcb.gov.br/ ?cidadao, telefone 0800-9792345 e atendimento presencial na sede em todas as cidades onde há sua representação.


C7

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

ANÁLISE

Acerte suas contas para enfrentar alta de juro e preço

Bússola Mande sua pergunta para coluna duvidaisvent@grupofolha.com.br/@folha_mercado

QUEM GANHA E QUEM PERDE COM A QUEDA DO PIB DO PAÍS

Taxas devem ficar maiores em 2014, e inflação, reduzir o poder de compra SAMY DANA ESPECIAL PARA A FOLHA

Na sexta-feira, foram divulgados os dados de inflação no Brasil referentes a novembro. Segundo o IBGE, os preços aumentaram 0,54% no mês, acumulando alta de 5,77% no IPCA (índice oficial) nos últimos 12 meses, ante os 5,84% de outubro, mês em que a inflação ficou em 0,57%. O resultado foi puxado principalmente pela desaceleração dos alimentos. O aumento menor chama a atenção, mas não chega nem perto de compensar as constantes altas dos últimos dois anos, que tornaram a refeição do brasileiro muito mais cara. Altos custos em alimentação e bens de subsistência provocam efeitos indigestos na renda disponível do cidadão. Indivíduos com orçamento mais restrito direcionam, naturalmente, uma parcela grande de sua renda para adquirir esses produtos, que são essenciais. Com as constantes elevações dos preços, a situação do cidadão com menor poder aquisitivo piora ainda mais, pois se faz necessário dedicar quase que a totalidade da

renda às compras básicas. Assim, sua capacidade de pagamento diminui, sendo preciso deixar para sanar as dívidas no futuro, podendo complicar o endividamento e aumentar a inadimplência no médio e longo prazo. Para piorar o cenário já crítico, a principal ferramenta de controle da inflação utilizada pelo governo é a taxa de juros, que incide diretamente sobre o custo das operações de crédito. Com as previsões de aumentos futuros do juro básico (Selic), dos atuais 10% ao ano para 10,5% ao ano, as taxas ao consumidor ficam mais salgadas. Além disso, a inflação tem um efeito indireto sobre a inadimplência: reduz o poder de compra e acaba comprometendo a chance das famílias de honrar as dívidas e fechar o orçamento doméstico. Para o consumidor, o melhor é tentar ajustar suas finanças para evitar as turbulências que 2014 promete. Fale com o Samy: caro.dinheiro@grupofolha.com.br @samydana facebook.com/CaroDinheiro

Indicadores Econômicos

Eu invisto em... GABRIEL WICKBOLD

Luan Santana, cantor sertanejo

Invisto em imóveis, mas também busco o que há de novidade em tecnologia para meus shows

Vender imóvel de R$ 1,6 mi e investir no mercado financeiro vale a pena? E. C. M., DE SÃO PAULO (SP)

RESPOSTA DO PROFESSOR DA FGV WILLIAM EID - Para decidir isso, é preciso fazer uma suposição sobre a evolução do valor do imóvel e vamos considerar que, no longo prazo, o bem mantenha seu valor real, isto é, que o valor seja corrigido pela inflação. Nesse caso, a conta é simples. Os R$ 55 mil recebidos por ano com aluguel representam 3,5% do valor do imóvel, lembrando que esse é um rendimento real, já que consideramos que o valor do imóvel acompanha a variação da inflação. A próxima questão é ver se há um título de longo prazo no mercado financeiro que dê uma rentabilidade real superior aos 3,5%. Analisando os títulos do Tesouro Direto, temos as NTNB (Notas do Tesouro Nacional Série B), que rendem juros mais a variação da inflação medida pelo IPCA (índice oficial de infla-

ção). Há diversos vencimentos, de 2015 até 2050. Como exemplo, a NTN-B com vencimento em 2035 paga IPCA mais 6,55% de juros acima do rendimento do imóvel em questão, oferecendo uma vantagem de cerca de 3% ao ano, ou R$ 48 mil. Alguns cuidados: o primeiro é ver se o preço do imóvel

acompanha a inflação. Se a variação fica abaixo da inflação, a decisão pelos títulos é mais fácil. Mas, se fica acima, o imóvel pode ser mais vantajoso. Outra questão são os rendimentos da NTN-B: só se deve gastar a parcela de juros, para manter o principal intacto.

Tiro R$ 50 mil da poupança e coloco no Tesouro? H. V., DE SÃO PAULO (SP)

RESPOSTA - Se a poupança em questão for de depósitos feitos depósitos até 3 de maio de 2012, a caderneta é boa alternativa, pois ela sempre rende 6,17% ao ano mais a TR (Taxa Referencial), ou cerca de 7% ao ano, o que é difícil de encontrar em títulos. Além disso, a caderneta é isenta de Imposto de Renda, o que é

uma vantagem sobre os títulos do Tesouro e diversos outros investimentos, como fundos. Se o leitor tiver outros investimentos, porém, os novos recursos aplicados deverão ir para outros produtos de renda fixa, pois, nesse caso, a poupança rende menos que 6,17% ao ano mais TR sempre que o juro básico for menor ou igual a 8,5% ao ano.


C8

MANAUS, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2013

28% das Notas Paulistas dão crédito zero ao cliente RAPHYE ALEXIUS/IMAGE SOURCE/FOLHAPRESS

Programa se propõe a devolver 30% do ICMS recolhido. Governo atribui crédito zero ao recolhimento antecipado do imposto

Clientes reclamam de não conseguir benefícios divulgados em campanha tributária

SILVIO CIOFFI LAURA CAPRIGLIONE EM SÃO PAULO

A

publicidade da Nota Fiscal Paulista afiança: “Quanto mais você pede, mais você ganha”. No entanto, ao abrir o site da Secretaria da Fazenda para conferir o seu extrato, o consumidor constata que, em média, 28% das notas resultam no decepcionante crédito zero. O levantamento foi feito pela Folha, que examinou 2.339 notas fiscais de quatro moradores da cidade de São Paulo com perfis de consumo

bem diferentes. De acordo com o site Reclame Aqui (www.reclameaqui. com.br), de janeiro a outubro de 2013, 3.160 reclamações foram registradas sobre o programa, que se propõe a devolver ao comprador 30% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) efetivamente recolhido aos cofres estaduais. No ano passado, houve 2.020 queixas, a maior parte relativa aos créditos zerados. “Peço a Nota Fiscal Paulista e sempre que calculam o valor dá zero”, protestou, no site, uma consumidora.

O que muitos consumidores estranham é que, comprando a mesma mercadoria por dois meses consecutivos, no mesmo estabelecimento, o crédito da Nota Fiscal Paulista pode ser nulo em um mês e existir no seguinte. Ilegalidade Para o jurista Ives Gandra Martins, não há ilegalidade na farta distribuição, pelo programa, de créditos zerados. Mas, segundo ele, a lei que regula a Nota Fiscal Paulista precisa ser aprimorada: “Os consumidores deveriam ter sempre o direito ao crédito em função do ICMS

incidente sobre a operação objeto de sua compra constante na nota fiscal”, diz. Mais arrecadação O programa foi criado pelo governo do Estado em 2007 com o objetivo de engajar o consumidor no combate à sonegação do ICMS. De acordo com Valdir Saviolli, coordenador da Nota Fiscal Paulista, da Secretaria da Fazenda, o programa conseguiu ampliar em 23% os recursos provenientes do ICMS no Estado. Saviolli justifica os créditos iguais a zero dizendo que eles decorrem da

chamada “substituição ou antecipação tributária”. “Se o estabelecimento tiver um crédito na Secretaria da Fazenda, não terá de pagar nada de imposto e, portanto, o consumidor nada receberá naquele mês”, diz. O que acontece hoje em dia é que a própria Secretaria da Fazenda estimula as grandes redes varejistas, que compram diretamente da indústria, a recolher antecipadamente o ICMS. Na prática, quando a mercadoria é adquirida pelo consumidor, o imposto já foi prépago, sobrando pouco – ou

nada – para ser distribuído ao cidadão pelo programa. Segundo Ives Gandra, o crédito deveria ser recebido pelo consumidor “independentemente de o estabelecimento comercial ter ou não obrigação de recolher o tributo naquele mês”. Nos quase seis anos de vigência da Nota Fiscal Paulista, 15,6 milhões de consumidores cadastraram-se no site www. nfp.fazenda.gov.br para receber créditos. O programa distribuiu R$ 6,7 bilhões para pessoas físicas até outubro deste ano. Entidades sem fins lucrativos receberam R$ 254 milhões.

EM TEMPO - 9 de dezembro de 2013  

EM TEMPO - Caderno principal do jornal Amazonas EM TEMPO.