Page 1

R$ EXEMPLAR

1,00 DE ASSINANTE

VENDA PROIBIDA PREÇO DESTA EDIÇÃO

O JORNAL QUE VOCÊ LÊ

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

ANO XXVI – N.º 8.252 – QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 – PRESIDENTE: OTÁVIO RAMAN NEVES – DIRETOR EXECUTIVO: JOÃO BOSCO ARAÚJO

ADAIL DEPÕE NO MP, MAS SAI ESCONDIDO IONE MORENO

Alvo de novas denúncias, o prefeito de Coari Adail Pinheiro (PRP) depôs, ontem, no Ministério Público do Estado (MPE-AM). O depoimento foi a portas fechadas e durou quase cinco horas. Com a ajuda da segurança, Adail entrou e saiu pelos fundos, driblando a imprensa. Os promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) planejam se deslocar até o município, na próxima semana, para colher mais informações. Política A5

FEDERAL DESOCUPA A FUNAI Polícia Federal cumpriu uma decisão judicial e retirou, aproximadamente, 60 índios que ocupavam a sede da Funai há quase três meses. Os índios, que exigem o afastamento do coordenador regional Eduardo Desidério, acataram a decisão, mas continuaram acampados em frente ao prédio. Dia a dia C1

LIBERTADORES

Botafogo vacila e perde na altitude AP

Após 18 anos de ausência na Libertadores, o Botafogo reestreou mal na competição, ontem, ao ser derrotado por 1 a 0, pelo Deportivo Quito, no Equador. Pódio E7

COMEMORAÇÃO

Chico Buarque, melhor ainda aos 70 anos O compositor comemora 70 anos de vida e 50 de carreira. O espetáculo “Todos os musicais de Chico em 90 minutos” celebram a data. Plateia D1

DIVULGAÇÃO

Índios das etnias miranha, cambeba, munduruku, mura, cokama, tikuna e tukano aceitaram deixar a sede da Funai, mas prometem manter acampamento na rua

DISCURSO ANUAL

Obama ameaça TÉCNICO INGLÊS BOLETIM colocar de lado Roy Hodgson Laís dá o Congresso escreve ao sinais de O presidente disse que vai colocar de lado o Congresso “quando e onde” for necessário, para superar o impasse que atormenta sua gestão. Mundo C8

governador

melhora

Pódio E6

Pódio E8

BC lança moedas da Copa

A de ouro é a mais cara e custa R$ 1.180. As mais baratas serão vendidas por R$ 30. Economia B2

FALE COM A GENTE - ANÚNCIOS CLASSITEMPO, ASSINATURA, ATENDIMENTO AO LEITOR E ASSINANTES: 92 3211-3700 ESTA EDIÇÃO CONTÉM - ÚLTIMA HORA, OPINIÃO, POLÍTICA, ECONOMIA, DIA A DIA, PAÍS, MUNDO, PLATEIA E PÓDIO.

TEMPO EM MANAUS

MÁX.: 31

MÍN.:

23


A2

Última Hora

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Pnud: 8% dos mais ricos do mundo detém renda global

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento afirma que os níveis de desigualdade atingiram patamares altos

U

m relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, revela que os níveis de desigualdade continuam altos nos países em desenvolvimento. O documento, lançado ontem em Nova York, sugere uma série de políticas abrangentes para combater o problema. Segundo o Pnud, 8% dos cidadãos mais ricos do mundo concentram metade da renda global. Os restantes 92% têm que repartir a outra metade. A chefe do Pnud, Helen Clark, afirmou que a desigualdade “grande e persistente” no meio de tanta riqueza é um dos paradoxos dos tempos atuais. Ela lembrou que nas últimas décadas, os níveis de pobreza baixaram em várias regiões do mundo, e que mercados emergentes registraram um crescimento jamais visto. Clark afirmou que em muitos países, a riqueza e as desigualdades de renda atingiram novos picos impedindo a realização dos esforços para aumentar oportunidades a todos. A subida dessas desigualdades também diminui a

RANIA REGO/ABR-FOTOS PUBLICAS

chance dos cidadãos de terem influência sobre decisões políticas. Para a chefe do Pnud, não é uma surpresa que em muitas partes do mundo, as pessoas estejam saindo às ruas para exigir mudanças. Helen Clark lembrou que o aumento da desigualdade atrapalha o crescimento econômico, especialmente aquele que ajuda a reduzir a pobreza e a promover mobilidade social. Tensões Uma outra consequência da desigualdade são as tensões sociais e políticas que podem resultar em conflito e instabilidade. Para o Pnud, os países precisam gerar crescimento inclusivo com o objetivo de combater a desigualdade. Além disso, os governos têm que tomar providências contra medidas que resultam de preconceitos e discriminações, que segundo Clark perpetuam a exclusão social. Helen Clark encerrou o prefácio do relatório afirmando que o objetivo do levantamento é ajudar cidadãos, legisladores e agentes do desenvolvimento a iniciar os debates em seus países sobre as causas da desigualdade.

EM BRASÍLIA

Seind busca soluções para por fim aos conflitos no sul do AM Uma comitiva coordenada pela Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind) esteve em Brasília nas últimas duas semanas, com o objetivo de buscar soluções junto ao governo federal, para a situação de conflito no sul do Amazonas. Um dos principais pontos da agenda foi o pedido de inclusão do órgão e da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) no grupo de trabalho que trata do caso naquela localidade, além da retomada urgente das atividades da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Humaitá (a 600 quilômetros de Manaus) e na capital amazonense.

Acompanhado do coordenador da Coiab, Maximiliano Tukano, e do representante dos povos que vivem nas terras indígenas Tenharín Marmelos e Jiahui, Jurandir Tenharín, o secretário da Seind, Bonifácio José Baniwa, recebeu da própria presidente da Funai, Maria Augusta Assirati, a garantia de que ela estará no próximo mês de fevereiro em Manaus, para cuidar pessoalmente do assunto. Ainda em fevereiro, Bonifácio deverá retornar a capital federal com o intuito de apresentar os resultados e metas do Comitê Gestor de Atuação Integrada entre o governo do Amazonas e a Funai, entre as quais, ações que beneficiam diretamente os cinco povos indígenas que vivem no sul do Amazonas.

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, revela que os níveis de desigualdade continuam altos nos países

RECURSOS

LOTERIAS DIVULGAÇÃO

MEGA-SENA Concurso nº 1569 (29/01/2014) 05

15

18

31

42

53

TIMEMANIA Concurso n. 531 (28/01/2014) 23 50 54

61 66 72 74

Time do coração GAMA/DF

LOTOFÁCIL Concurso n. 1012 (29/01/2014) 01

02

07

09

11

12

14

15

16

17

18

21

22

24

25

QUINA Concurso n. 3403 (29/01/2014)

Organização busca apoiadores que promovam ações com vistas aos direitos humanos

05

Fundo Brasil apoia novos projetos Os interessados em receber recursos para atuar em defesa dos direitos de comunidades e grupos impactados pela realização da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016 no país têm até o dia 7 de fevereiro para remeter projeto ao Fundo Brasil de Direitos Humanos. Por meio do edital “Megaeventos esportivos e direitos humanos”, cada iniciativa selecionada poderá receber 30 mil reais para realizar as atividades propostas no decorrer de até 12 meses. A chamada busca projetos que promovam os direitos humanos e combatam os impactos negativos resultantes da preparação e da organização desses megaeventos. Realizado em parceria com a Fundação Ford, o

edital pretende incentivar a construção de um legado positivo para a população brasileira, sobretudo para o público alvo já mencionado.

INICIATIVAS

Por meio do edital “Megaeventos esportivos e direitos humanos”, cada iniciativa selecionada poderá receber 30 mil reais para realizar as atividades propostas no decorrer de até 12 meses As orientações para remeter um projeto estão disponíveis aqui: http://www. fundodireitoshumanos. org.br/v2/pt/proposals/index/special

Projetos anteriores apoiados Desde 2011, o Fundo Brasil já apoiou 16 projetos nesse sentido. Os grupos apoiados lutam em defesa do direito à cidade e à moradia, especialmente no âmbito das remoções de famílias para realização das obras, e pela garantia dos direitos de trabalhadores e trabalhadoras informais. A maior parte das iniciativas apoiadas anteriormente foi selecionada por meio do edital “Direitos humanos e desenvolvimento urbano”, realizado em 2012, também em parceria com a Fundação Ford. Para conhecer todos os projetos apoiados neste tema, acesse: http://www.fundodireitoshumanos.org. br/v2/uploads/files/PROJ_ COPA_FundoBrasil.pdf

11

17

27

60

LOTOMANIA Concurso n. 1422 (29/01/2014) 03

10

15

16

23

29

30

33

37

40

46

52

57

67

68

70

73

84

91

94

DUPLA DUPLA-SENA Concurso n. 1250 (28/01/2014) Primeiro sorteio

07 18

28

38

42

46

21

26

46

Segundo sorteio 05

06

10

FEDERAL Extração nº 04836 (29/01/2014) Prêmio 1º

Bilhete

Valor (R$)

08.535

250.000,00

2º 59.188

17.100,00

3º 02.620

16.600,00

4º 39.476

16.100,00

5º 25.779

15.200,00

FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Opinião

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Contexto 3090-1017/8115-1149

contexto@emtempo.com.br

marioadolfo@emtempo.com.br

A3

Editorial opiniao@emtempo.com.br

Tamanho já é documento Todo estudante de direito, antes de iniciar o curso, no momento mesmo em que decide ser advogado, deveria entrar em contato íntimo com, ao menos, três obras seminais do escritor checo Franz Kafka (1884-1924): “O processo”, “Na colônia penal” e “O veredito”, se possível na tradução do alemão por Modesto Carone. Só com esse – e apenas com esse – feedback, alguém pode se aventurar, sem trauma, no labirinto jurídico brasileiro (a legislação e a burocracia que controla o seu descontrole). Só com esse contato intelectual e psicológico com o absurdo extremo poderá se movimentar entre discursos e práticas como o do bacharel em administração e radialista, Josué Filho, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre uma controvertida compra de móveis para o “palácio” que administra, e que seria, enfim, de gestão anterior: “Se você desmoralizar o tribunal, o tribunal não tem mais moral para julgar as contas de ninguém. Quem não faz certo, não pode exigir o certo. O tribunal tem o dever de ser certo. O tribunal pagou caro? Pagou. Mas foi legal? Foi”. (“A Crítica”, 29/1/14, pág. A5). O eventual vocacionado à advocacia também tiraria de letra (depois de conviver com o mundo kafkiano), a situação criada pela defesa do cônsul da Holanda no AM, Vitório Nyenhuis, surpreendido pela operação Estocolmo, às voltas com menores de idade do sexo feminino: “Ele se enganou. A menina não falou a idade que tinha. Com aspecto (sic) de 1,72m, maior que a gente, de salto... Ele (o cônsul) pensou que tinha no mínimo 18 anos”. O advogado cria, então, a figura do tamanho como documento. E vai ganhando tempo até a prescrição. Trazer para a normalidade arguições desse tipo é que deixa a Justiça, além de cega, surda e muda, doida de pedra. Antes de Beccaria, Kafka.

Aldo é Manaus no UFC A Prefeitura de Manaus produziu um vídeo turístico, que será exibido no sábado, à noite, no canal Combate, durante o UFC, em que o manauense José Aldo faz uma das lutas principais. Em 30 segundos, o vídeo mostra treinamentos do próprio Aldo, Adriano Martins e Ronaldo Jacaré.

Elvis elvis@emtempo.com.br

Made in Manaus Aldo foi criado em Manaus, Adriano é manauense e Jacaré é do Espírito Santo, mas apareceu para o esporte em Manô. Bela e fera O roteiro faz um contraste entre as “feras” do esporte e a “bela”, que é Manaus. Mar de lama O deputado José Ricardo Wendling (PT) detonou os coleguinhas de parlamento envolvidos em escândalos. Ele disse que é uma tristeza ver constantemente parlamentares eleitos pela população envolvidos em crimes de corrupção, pedofilia, sonegação fiscal e tantos outros delitos que desmoralizam, ainda mais, o Poder Legislativo diante da população. Esperteza Wendling disse que as instituições políticas estão desacreditadas. — O que percebemos é o uso da política e do poder público como um meio para se aproveitar, um espaço de esperteza –, disse. Seu bolso Considerado um dos mais caros da cidade, o colégio Lato Senso está repassando aos alunos 3 apostilas, encapadas com dorso de espiral de arame, ao preço absurdo de R$ 510. Falta senso Um dessas apostilas é praticamente um caderno em

branco, mais um envelope e uma resma de papel e é cobrado pelo “pacote” o absurdo de R$ 510. Belo exemplo de honestidade para os alunos. Máquina de dinheiro Ainda sobre o faturamento dos cartórios de Manaus. Fontes seguras informaram a CONTEXTO, que em Manaus, eles faturaram mais de R$ 45 milhões. Já o Cartório de Registro de Imóveis do 2º Ofício (Cartório David) abocanhou a bagatela de mais de R$ 11 milhões. Uma garapa! Carta para Vanessa O ex-técnico da CIA, Edward Snowden, acabou de mandar uma carta para a senadora Vanessa Grazziotin e para a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Senado, que investiga a espionagem, explicitando seu desejo em contribuir com o debate e ajudar a imprensa a entender melhor a natureza desse regime ilegal de espionagem”, declara no texto o brasileiro David Miranda. Um milhão assinaram Snowden solicitou asilo político a 22 países diferentes, entre eles o Brasil. Venezuela, Equador e Rússia foram até agora as únicas nações que decidiram espontaneamente abrigar o ex-técnico da CIA. O abaixo-assinado pedindo asilo já passa de um milhão de assinaturas. Dia de índio O Banco Nacional de De-

APLAUSOS

senvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai liberar recursos não reembolsáveis do Fundo Amazônia, no valor de R$ 16,4 milhões, para a execução de projeto de gestão ambiental sustentável de terras indígenas pelo governo do Amazonas. Dia de índio 2 De acordo com o BNDES, administrador do fundo, será beneficiada uma população de 35 mil índios. O anúncio foi feito pelo banco. Dívida pública Depois de encerrar 2013 acima da barreira de R$ 2 trilhões e em nível recorde, a Dívida Pública Federal (DPF) deverá chegar ao fim de 2014 entre R$ 2,17 trilhões e R$ 2,32 trilhões. Os números foram divulgados, ontem, pelo Tesouro Nacional, que apresentou o Plano Anual de Financiamento (PAF) da dívida pública em 2014. Chiclete A passagem da banda Chiclete, por Manaus, vai fazer história. Com ingressos vendidos a R$ 50 (1º lote pista), R$ 60 (2º lote pista) e R$ 180 e R$ 200 o camarote, o espetáculo deve atrair mais de 30 mil pessoas. Canto do cisne O show, que acontecerá no Diamond, marca o “canto do cisne” do vocalista Bel Marque, que se despede do Chiclete com Banana. Os ingressos estão vendendo como farinha.

VAIAS

Movimento Força Laís

Praça desprotegida REPRODUÇÃO

ARQUIVO EM TEMPO

Para a corrente de orações, que os brasileiros vêm fazendo, na tentativa de salvar a vida da atleta Laís Souza, cujo quadro de saúde é gravíssimo, depois do acidente sofrido nos EUA.

Para a falta de policiais da Guarda Municipal na praça da Saudade, o que deixa os pichadores à vontade, para lambuzar toda hora o espaço público.

Flávio Lauria opiniao@emtempo.com.br

Nós, os culpados Entre crimes de pedofilia e corrupção, hoje em dia sendo o alvo de investigações, passando por homicídios e escândalos, a coletividade de forma involuntária apresenta um comportamento hipócrita, transferindo sempre para os outros a responsabilidade dos seus atos. Sempre a culpa é dos outros, o que está sendo feito de errado, nunca é admitido na primeira pessoa do singular. Condenamos aquele que praticam roubos, mas esquecemos propositalmente que existem os receptadores impunes, às vezes perto de cada um de nós, que temos convívio amigável ou até íntimo. Condenamos os traficantes, mas esquecemos de que eles traficam para o consumo da sociedade; o mesmo com aqueles que exercem ilegalmente determinados afazeres, como os curandeiros ou os falsos médicos, que agem assim porque a sociedade os consulta e até os idolatra; dizemos que, habitualmente, governo tal ou qual é corrupto, esquecendo que o governante foi criado e eleito, cuidadosamente, pela sociedade; condenamos os ambulantes pela pirataria e o contrabando que corrói a economia nacional, mas esquecemos de que toda a sociedade é freguesa assídua do esquema; assustamo-nos com a violência social, em geral, quando é sabido que ela deveria ser coibida principalmente dentro da casa de cada indivíduo da sociedade, onde nasce e é cultivada. Mas fiquemos hoje com o caso da corrupção levando a crer pelas aparências, que é o problema mais grave de nossa atualidade. É provável que assim seja, embora pessoalmente tenha minhas dúvidas a respeito. Mas estas não

vêm ao caso e ao dia. Concordo, porém, que ele esteja parecendo um castigo que nos foi imposto pelo Estado-maior do inferno. Do céu é que não poderia ter vindo. De seu chefe máximo, certamente, seria incrível que brotasse tamanha perversidade. Ou poderia? Reconheçamos desde já que ela não constitui crime solteiro. Em sua esmagadora maioria é casada. Casada com Sua Excelência, o corruptor, um senhor de muitos poderes, tantos que só excepcionalmente aparece no noticiário e menos ainda na relação dos punidos. Isso não implica afirmar que a desonestidade seja praticada apenas pelos abonados. E tanto é assim, que Sua Excelência, a presidente da República, em recentes declarações, fez esta denúncia: “O grande problema do Bolsa Família era que não tínhamos um cadastro sério. (...) Sempre tem um picareta que quer cadastrar uma pessoa que não tem direito”. Em matéria de corrupção e assemelhados, os casos são incontáveis. E não raro neles estamos envolvidos. Quando, por exemplo, concordamos em aceitar a oferta de pequenos descontos em nossos pagamentos mediante a dispensa de notas fiscais a quem nos vende algo ou nos presta algum serviço. Ou não é assim? E assim por diante, em uma infinidade de exemplos. Não me restam dúvidas, pois, de que o problema maior da humanidade são as pessoas, em uma sociedade que se oculta. Só que elas ainda não sabem, ou fingem que não sabem. l a u r i a fe rr e i r a @ h o t m a i l . com

Flávio Lauria Professor universitário e consultor de empresas

E tanto é assim, que Sua Excelência, a presidente da República, em recentes declarações, fez esta denúncia: ‘O grande problema do Bolsa Família era que não tínhamos um cadastro sério. (...) Sempre tem um picareta que quer cadastrar uma pessoa que não tem direito’”


A4

Opinião

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Frase

Painel

BERNARDO MELLO FRANCO (INTERINO)

Canal direto

A primeira coisa a ser feita é a ampliação da educação infantil – precisamos alcançar no mínimo 80% das crianças da educação infantil nas escolas. A segunda seria expandir a alfabetização de adultos e jovens. E a terceira é a questão da qualidade. E quando falamos de qualidade, o ponto principal é dos professores e da sua valorização

Dilma Rousseff decidiu nomear o porta-voz do governo, Thomas Traumann, para chefiar a Secretaria de Comunicação Social, no lugar de Helena Chagas. Com a mudança, a presidente quer fortalecer a comunicação do Planalto, alvo de críticas do PT e de ministros, no ano eleitoral. A Secom terá interlocução direta com o ex-ministro Franklin Martins e com o marqueteiro João Santana, que coordenarão a comunicação da campanha à reeleição. Consultados, eles aprovaram a troca. Mordaça O Itamaraty e a Secom se recusam a prestar informações a respeito da viagem de Dilma e sua comitiva à Suíça e a parada técnica em Portugal, na semana passada. Os dois órgãos encaminham o mesmo e-mail padrão para driblar as perguntas. Nada... O Itamaraty não informa se o governo pagou diárias em dobro ou se cancelou a estada da comitiva presidencial em hotel na Suíça no sábado, quando Dilma deixou o país rumo a Lisboa, antes de seguir para Cuba. ... a declarar A Secom não responde se há previsão de suspensão do sigilo de gastos com cartões corporativos em viagens, decretado em maio do ano passado e que o governo tinha admitido rever meses depois. Anfitrião Miguel Judice, CEO da rede de hotéis que controla o restaurante Eleven, onde Dilma jantou em Lisboa, recebeu pessoalmente a petista em 2011, quando ela esteve em Coimbra e se hospedou no Hotel Quinta

das Lágrimas, do grupo. Para depois Dilma vai adiar a ida a Porto Alegre para a inauguração do estádio Beira-Rio, que estava prevista para amanhã. Neste mês ela já entregou a Arena das Dunas, em Natal (RN). Cronograma Aécio Neves (PSDB) só deve anunciar o colegiado que comandará o marketing de sua campanha no fim de março, após o ato de lançamento informal de lançamento da candidatura previsto para São Paulo.

Maria Rebeca Otero Gomes, coordenadora de Educação da Unesco no Brasil, comenta o relatório desse braço da ONU para ciência e cultura sobre educação no mundo, que o Brasil não deverá alcançar a meta, assinada em 2000 por 164 países, para melhorar em 50% os níveis de alfabetização de adultos até 2015.

De carona A gestão de Fernando Haddad (PT) suspeita alguns usuários tenham chegado em carros de prefeituras das outras cidades. Na agenda Auxiliares de Geraldo Alckmin (PSDB) acreditam que o metrô paulista pode enfrentar ao menos um dia de greve antes da Copa. Funcionários têm usado a proximidade com o evento para aumentar a pressão por maiores salários.

Imobilidade O Ministério das Cidades ainda não conseguiu liberar R$ 1 bilhão para a construção de corredores de ônibus em São Paulo. A falta de capacidade de endividamento da prefeitura travou os financiamentos.

Paz e amor A cúpula do PT proibiu seus dirigentes de criticarem Sérgio Cabral (PMDB), mesmo depois que o governador decidiu demitir os petistas de sua gestão. Nenhum aliado de Lindbergh Farias (PT) pode atacar o peemedebista por enquanto.

Migração A Prefeitura de São Paulo localizou usuários de drogas de outras cidades na cracolândia depois que começou a pagar R$ 15 por dia de trabalho a dependentes. São cerca de 50 pessoas de municípios como Diadema e São José do Rio Preto.

Trombone O analista de sistemas Roberto Grobman, que acusou Gabriel Chalita (PMDB) de fraudes na Secretaria de Educação de São Paulo, se filiou ao PRB. Ele entrou no partido no dia 4 de outubro, a tempo de disputar as próximas eleições.

Tiroteio

Olho da Rua opiniao@emtempo.com.br

IONE MORENO

Os índios, primeiros habitantes do que seria o Brasil, foram expulsos de suas terras (que azar: não havia cartórios que registrassem a propriedade indígena sobre a terra!), há mais de 500 anos. Ontem, em Manaus, foram despejados das instalações de uma repartição pública em que eles não têm a menor ingerência: a Fundação Nacional do Índio, mais conhecida como Funai. Praga de branco

Carlos Chagas opiniao@emtempo.com.br

O PSDB deve estar com preguiça de preparar projetos para o Brasil. Por isso, só se dedica a fiscalizar a vida cotidiana da presidente.

Voltar à nomeação de prefeitos?

DO DEPUTADO CARLOS ZARATTINI (PT-SP), sobre as representações protocoladas pelo PSDB para apurar os gastos da escala de Dilma Rousseff em Lisboa.

Dizia o saudoso dr. Ulysses que ninguém mora no país nem no Estado. Moramos no município. Na cidade. Sendo assim, morador há 45 anos em Brasília, de quando em quando vale dedicar espaço à terra que me adotou. Quando da inauguração era fácil de administrar, com 100 mil pessoas. O presidente da República nomeava um prefeito que se apoiava nas estruturas da Novacap, empresa pública responsável pela construção de Brasília. Juscelino Kubitschek e os sucessores, inclusive os generais-presidentes, mantiveram o modelo, mas o crescimento do Plano Piloto e das cidadessatélites ultrapassou as previsões de Lúcio Costa e Oscar Niemayer. Era para no ano 2000 Brasília abrigar 500 mil habitantes, mas rompeu o milênio com três milhões. Vai facilmente para os quatro. Muita gente chegou por necessidade, como os funcionários públicos para cá transferidos, ainda que a maioria dos prestadores de serviços e similares desembarcasse embalada pelo sonho de uma vida mais amena e economicamente mais proveitosa. Como em todas as comunidades, cresceram aqui os aventureiros. Mesmo assim, como casa do presidente da República, prevalecia a figura do prefeito escolhido pelo chefe do governo federal, com o adendo de caber ao Senado legislar sobre temas locais. O problema é que com o aumento populacional multiplicaram-se as antes modestas cidades-satélites, com suas reivindicações e necessidades. Já tinham aparecido antes, mas vicejaram a partir daí malandros e vigaristas, fazendo pressão para valer-se do voto popular em nome da representação das comunidades. Apresentou-se à escolha popular gente de todos os tipos, sérios e abnegados, alguns, mas outros, em maioria, dispostos a sair atrás das benesses e vantagens do Poder Público. Não demorou para que os prefeitos virassem

Contraponto

De que lado você samba? Cristovam Buarque (PDT-DF) era militante de esquerda e um dos líderes do movimento estudantil no Recife à época do golpe de 1964. Temendo perseguição por parte dos agentes da ditadura, refugiou-se na casa de parentes conservadores, ligados à aristocracia pernambucana. Passados alguns dias, o hoje senador resolveu deixar a casa, mas foi interrompido pela tia-avó: – Meu filho, não saia, não! – disse ela. – Mas por quê?! – reagiu Cristóvam, confuso. – Esses comunistas estão soltos por aí, pintando miséria na cidade! Deve ser perigoso! Publicado simultaneamente com o jornal “Folha de S.Paulo”

CENTRAL DE RELACIONAMENTO Atendimento ao leitor e assinante ASSINATURA e CLASSIFICADOS

3211-3700 assinatura@emtempo.com.br classificados@emtempo.com.br

REDAÇÃO

3090-1010 redacao@emtempo.com.br

3090-1001 circulacao@emtempo.com.br

Norte Editora Ltda. (Fundada em 6/9/87) – CNPJ: 14.228.589/0001-94 End.: Rua Dr. Dalmir Câmara, 623 – São Jorge – CEP: 69.033-070 - Manaus/AM

www.emtempo.com.br

@emtempo_online

Diretor de Redação Mário Adolfo marioadolfo@emtempo.com.br Editora-Executiva Tricia Cabral — MTB 063 tricia@emtempo.com.br Chefe de Reportagem Michele Gouvêa — MTB 626 michelegouvea@emtempo.com.br Diretor Administrativo Leandro Nunes administracao@emtempo.com.br

CIRCULAÇÃO

DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Presidente: Otávio Raman Neves Diretor-Executivo: João Bosco Araújo

Gerente Comercial Gibson Araújo comercial@emtempo.com.br EM Tempo Online Yndira Assayag — MTB 041 yndiraassayag@emtempo.com.br

/amazonasemtempo

/tvemtempo /

Os artigos assinados nesta página são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

governadores, de início ainda nomeados, mas nenhum governo conseguiu sofrear a onda para a formação de uma Assembléia Legislativa singular, denominada Câmara Distrital, como também a eleição de oito deputados federais e três senadores, privilégio dos Estados menos populosos. Já estávamos no governo José Sarney e, de lá para cá, estabeleceu-se também a eleição de governador. O diabo é que boa parte dos políticos locais afirmou-se através de raízes distorcidas. Seus métodos de atuar basearam-se no aproveitamento pessoal das facilidades do poder, na demagogia, até em religiões de ocasião, em grau maior do que na maioria das demais unidades da federação. O eleitorado brasiliense tornou-se presa fácil por conta da distribuição de favores, como lotes e casas populares na periferia, oferta de empregos e de vagas nas escolas e nos hospitais – tudo sempre insuficiente, servindo como moeda de troca para apoio político. E para votos. Quase tudo o que se implantou, nos diversos setores geridos pelas administrações locais, envolveu negócios pouco claros, propinas, enriquecimento ilícito e formação de verdadeiras quadrilhas, tanto faz se nos transportes urbanos, dos ônibus ao metrô, na construção civil, na educação, na saúde, no saneamento e onde mais que se queira observar. Por conta dessas distorções, um senador foi cassado, outro renunciou para não ser, e até um governador foi preso e perdeu o mandato. Para não falar nos deputados distritais processados e atingidos. Pois não é que essas figuras, e outras de igual periculosidade, andam se reunindo para disputar as eleições de outubro? Pior ainda: lideram as pesquisas eleitorais. Seria preferível retornar aos tempos da nomeação de prefeitos? carloschagas37@uol.com.br

Carlos Chagas Articulista da agência “Alô Comunicação”

Quase tudo o que se implantou, nos diversos setores geridos pelas administrações locais, envolveu enriquecimento ilícito e formação de verdadeiras quadrilhas, tanto faz se nos transportes urbanos, dos ônibus ao metrô, na construção civil e onde mais que se queira observar”


Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

A5

MPE ouve Adail e vai a Coari na próxima semana Dez novas supostas vítimas já foram ouvidas por promotores do órgão, que investigam denúncias desde dezembro de 2013 IONE MORENO

Coordenador do Gaeco/MPE, promotor Fábio Monteiro (sentado), não gostou de saber que o chefe da segurança do órgão, tenente-coronel Negreiros (em pé), facilitou a saída de Adail, após depoimento RAPHAEL LOBATO Equipe EM TEMPO

A

lvo de novas denúncias no Ministério Público do Estado (MPE-AM), o prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP), prestou na manhã de ontem, depoimentos ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) daquele órgão. Promotores envolvidos nas investigações planejam se deslocar até o município na próxima semana para colher mais informações. Segundo o coordenador do grupo, promotor Fábio Monteiro, é possível que as investigações sejam finalizadas até o fim de feve-

reiro deste ano. O depoimento de Adail foi a portas fechadas e durou quase cinco horas. Ele não falou com a imprensa que estava acampada no local e saiu sem ser visto. Conforme Monteiro, as declarações do prefeito de Coari “não foi diferente do que esperávamos”. “Tradicionalmente, envolvidos nesse tipo de crime não assumem responsabilidades em depoimento, mas ele pôde se pronunciar”, disse o promotor. As declarações de Adail em posse da Gaeco, segundo Fábio Monteiro, indicam que o prefeito poderá ser incriminado por exploração sexual infantil e formação de quadrilha. “É

cedo para emitir um parecer, mas tudo que foi apurado até agora caminha para a incriminação”. Em relação às declarações de Adail evidenciadas em escutas telefônicas, o prefeito se negou a falar sobre isso, já que sua defesa irá questionar estas provas na Justiça. Dez supostas vítimas de Adail, todas menores de idade, estão sendo ouvidas pelos promotores desde dezembro do ano passado, quando as investigações foram autorizadas pelo procurador-geral de Justiça (PGJ), Francisco Cruz. Segundo Monteiro, há casos atuais e também práticas que datam entre 4 a 5 anos atrás. “Pessoas tem declarado que

Prefeito tem saída facilitada

REPRODUCAO/TV GLOBO

Após depoimento de quase cinco horas, Adail sai do MPE-AM sem ser visto pela imprensa

Após 4 horas e 30 minutos de depoimento, às 12h40, o prefeito Adail Pinheiro, acompanhado de um agente de segurança do MPE, deixou a sede do órgão pela saída alternativa - exclusiva para promotores e autoridades da repartição localizada no bairro Ponta Negra, na Zona Oeste da capital. Ao saber do fato, o promotor Fábio Monteiro pediu explicações. “Nos

choca saber que ele (Adail) teve tratamento diferenciado pela segurança desta casa. Isso será apurado”. De acordo com o tenentecoronel Negreiros da Polícia Militar, responsável pela segurança da casa, Adail havia manifestado que não gostaria de sair pela saída comum do órgão, para “evitar populares e a imprensa”. Segundo Negreiros, os procedimentos foram adotados

para proteger a integridade do prefeito. A conduta da segurança, no entanto, foi equivocada, segundo Fábio Monteiro. “Somente aos promotores desta casa cabe decidir quem terá ou não tratamento privilegiado, e não era o caso de Adail. Em nenhum momento passou pelas nossas cabeças dar qualquer privilégio ao prefeito. Ele não merece e não é necessário”.

foram abordadas pelo prefeito nos últimos meses. E pessoas que ainda não tinham sido citadas”, informou. Investigação O conjunto de relatos aponta oito suspeitos de trabalhar com o prefeito acusado na articulação da rede. Segundo o promotor, há servidores públicos e assessores pessoais de Adail, em Coari e na capital, sendo investigados. Os suspeitos aparecem em diversas outras investigações estudadas pelo órgão e trabalham com organização semelhante à apontada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, em curso na Câmara

dos Deputados. “É o mesmo modo de operação. Os menores são abordados de forma direta por interlocutores, que articulam as ações”, afirmou a promotora Leda Mara Nascimento Albuquerque, que também atua no caso. Até mesmo os responsáveis legais pelos menores estão sendo investigados, segundo informou Leda. “Existem pais de menores que colaboram. Isso é um alerta para os pais. Nós temos que punir os responsáveis que colaboram com essas práticas”, acrescentou. Chefiados por Monteiro, o Gaeco planeja ir até a Coari na próxima semana para colher

novos depoimentos sobre os casos. O deslocamento ainda não foi autorizado pela Procuradoria-Geral da casa, mas, segundo Leda Mara Nascimento, “não há dúvidas de que novos casos importantes surgirão”. A intenção do órgão é finalizar o relatório em, no máximo, três semanas. “Será um procedimento rápido”, afiançou Monteiro. O relatório será entregue à Procuradoria-Geral de Justiça, que analisará os fatos e poderá encaminhar a denúncia ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). O responsável pela análise, Francisco Cruz, poderá também arquivar os relatos ou pedir novas investigações.


A6

Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Investigação de viagem a Lisboa é arquivada

Cláudio Humberto COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

www.claudiohumberto.com.br

Genericamente, eu desejo manter a aliança” CID GOMES (PROS), governador do Ceará, batalhando um ministério para chamar de seu

Brizola Neto acha que Lupi foi mesmo subornado Ex-ministro do Trabalho Brizola Neto não apenas acredita que são verdadeiras as denúncias contra seu antecessor Carlos Lupi, acusado de cobrar propina para obtenção de autorização de funcionamento de sindicatos, como adverte: mais revelações da máfia dos sindicatos, no Ministério do Trabalho, devem aparecer nas próximas semanas. O neto do engenheiro Leonel Brizola está enojado: “Lupi jogou o PDT no lixo”. Extorsão Brizola Neto acha inclusive que logo surgirão denúncias de vítimas de extorsão, gente que pagou para criar seu sindicato, mas não levou. Descontrole O “Brizolinha” foi ministro entre maio de 2012 e março de 2013 e pôde ver o descontrole deixado por Lupi na criação de entidades sindicais. Esquema Em entrevista à revista “IstoÉ”, uma empresária contou haver subornado Lupi com R$ 200 mil. A máfia movimentaria R$ 2 bilhões ao ano. Helena fica A ministra Helena Chagas (Comunicação) tem o compromisso de permanecer no cargo até o final do atual governo Dilma Rousseff. Dinheiro do BNDES não é auditado aqui, nem lá Os recursos do BNDES que financiam obras de empreiteiras brasileiras no exterior não são fiscalizadas no Brasil e nem nos países de destino. Por coincidência ou esperteza, os recursos têm sido oferecido a países subjugados por ditaduras longevas e governos acusados de cor-

rupção, onde não há órgãos de controle. Nesses países, se há licitações públicas, não há imprensa livre que as denunciem, quando fraudadas. Os favoritos Empreiteiras brasileiras atuam em países de governos autoritários ou de sob suspeita, como Cuba, Angola, Venezuela etc. Sem controle Nos países onde o BNDES financia obras não há órgãos como os brasileiros Tribunal de Contas da União e Ministério Público Federal. Vigilância Após ler as notas desta coluna sobre os empréstimos do BNDES, a senadora Ana Amélia (PP-RS) anunciou que vai exigir explicações. Culpa do fotógrafo O Planalto esclareceu ontem que não decorrem de acidente ou cirurgia plástica os olhos roxos da Dilma, fotografados em Lisboa pelo jornal “Expresso”. É que ela não teve tempo de se maquiar, diz a assessoria, que atribui o flagrante ao “mau posicionamento do fotógrafo”. Ah, bom. Moda boa de pegar Já que pagou do bolso o jantar em Lisboa, como disse, Dilma poderia aproveitar o embalo e também pagar a estadia da família na base naval de Aratu (BA), e o custo do Airbus para visitar o neto em Porto Alegre. Sem largar o osso O aspone palaciano Alessandro Teixeira, demitido do Ministério do Desenvolvimento Industrial, ainda se acha: tenta emplacar na Apex a agência FNazca, na licitação que se encerra amanhã. Teixeira é aquele baixinho fotografado indo a acade-

Jornalista

Comissão de Ética da Presidência alega não ter competência para julgar Dilma. Processo foi ingressado pelos tucanos ARQUIVO/ABR

mia de ginástica em carro oficial. Extravio Os Correios vão entrar em greve geral, não por aumento de salário, mas contra o Postal Saúde, associação privada acusada pelos servidores de “oneroso cabide de empregos de petistas” na estatal. Chave de cadeia Foi-se o tempo de “decisão judicial não se discute, cumpre-se”: hoje o meliante condenado João Paulo Cunha ganha “desagravo” de adoradores de mensaleiros em Curitiba (PR), com direito a autógrafos. Deu largada De volta à maratona nos Estados para costurar palanques, o senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que está “respirando fundo e planejando os próximos passos” para as eleições deste ano. Problema deles Após reunião com Lula na segunda (27), o líder do PT, José Guimarães (CE), lava as mãos: “Apoiaremos qualquer decisão do senador Eunicio Oliveira (PMDB) e do governador Cid Gomes (PROS) para as eleições no Ceará, mantendo apenas nossa preferência pela vaga no Senado”. Na ativa Ainda não empossado, mas já chefiando a Casa Civil, o ministro Aloizio Mercadante se reuniu com o governador Cid Gomes (PROS-CE). Na pauta, claro, cargos: reforma ministerial e eleições no Ceará. Pensando bem... ...pelo andar da carruagem política no Brasil, em breve chegaremos à Idade Média.

PODER SEM PUDOR

Américo Lacombe argumentou que comissão não tem competência para julgar a presidente

A

Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu arquivar, por unanimidade, um pedido de investigação contra a presidente Dilma Rousseff por causa de uma escala feita em Portugal no sábado, durante viagem entre Davos, na Suíça, e Havana, em Cuba. Anteontem, o PSDB ingressou com uma representação na comissão para analisar se a presidente infringiu o Código de Conduta da Alta Administração Federal por ter se hospedado em hotel de luxo sem compromissos oficiais e sem a divulgação da agenda oficial. Segundo o presidente do colegiado, Américo Lacombe, a comissão não tem competência para investigar a Presidência da República e, por isso, a representação foi arquivada liminarmente. “Nós não temos competência para julgar nem o presidente nem vice-presidente, só ministro de Estado para baixo. Tá na lei e não tem como mudar. Quem fez o regulamento não foi o presidente Lula, foi o expresidente Fernando Henrique Cardoso. Se o deputado quiser, que vá se queixar com o líder do partido dele”, disse Lacombe. Apesar de poder investigar os ministros que acompanharam a presidente durante a

viagem, Lacombe afirmou que só irá determinar qualquer tipo de análise se houver outra representação. “Eu não vejo nenhuma razão para fazer (investigação) de ofício porque, para começar, eles estavam ali acompanhando a presidente, então eles estavam em auxílio dela. E o problema de ter jantado também não é problema nenhum, desde que

DILMA FALA

Na última terça-feira, quando ainda estava em Havana participando da Celac, a presidente Dilma rebateu as críticas e negou que tenha usado recursos públicos para custear despesas em Lisboa eles paguem”, afirmou. A Comissão de Ética arquivou também a representação, apresentada pelo PSDB, contra o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, por causa da sua atuação na investigação do cartel que atuou em licitações do transporte público em São Paulo e no Distrito Federal. Em dezembro, a comissão pediu explicações ao ministro e hoje concluiu que não cabe uma

investigação. Também ontem, a comissão começou a analisar processo contra a ministra das Relações Institucionais Ideli Salvatti, sobre o uso de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF). PSDB rebate O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), criticou, ontem mesmo, a decisão da Comissão de Ética Pública da Presidência de arquivar o pedido de investigação contra Dilma. Na avaliação de Sampaio, a comissão não leu a representação do partido. Para ele, a decisão do presidente do colegiado, Américo Lacombe, de arquivar a investigação foi “lastimável”. Em nota, o deputado afirmou que pediu à comissão que avaliasse o caso e sugerisse aprimoramentos para o Código de Conduta da Alta Administração Federal. “Se tivesse lido a representação por inteiro, o presidente da comissão saberia que eu não pedi para o Conselho julgar a Dilma, como ele disse. (...) É uma pena que, a pretexto de alegrar aquela que o indicou, o presidente do Conselho de Ética da Presidência preste esse desserviço à nação”, disse.

JOSÉ DIRCEU

Teste da promessa Respeitável cabo eleitoral e dono de um armazém de beira de estrada em Minas, seu Juca recebeu, certa vez, duas visitas simultâneas: os deputados Afonso Arinos (UDN) e Ovídeo Abreu (PSD), ambos interessados em conquistar seu apoio na reeleição. Juca fulminou: - Vocês se lembram do que eu pedi na eleição passada? Os dois pigarrearam, coçaram a cabeça, desconversam e foram embora. Um freguês perguntou a Juca o que afinal eles haviam prometido. - Que eu me lembre, nada. Só queria ver o que eles diriam...

Justiça do DF vai analisar pedido

DIVULGAÇÃO

PESQUISAS

TSE já recebeu 29 solicitações O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já recebeu 29 solicitações de registro de pesquisas eleitorais feitos por empresas e entidades especializadas nesse tipo de serviço. Deste total, seis pedidos são para levantamentos de âmbito nacional e 23 para pesquisas sobre eleições estaduais. As solicitações obedecem à nova norma do tribunal, que estabeleceu a necessidade de comunicação prévia

para os levantamentos este ano. As pesquisas têm de seguir critérios científicos, que incluem amostragem mínima, segmentação dos entrevistados e metodologia, entre outras coisas. As chamadas sondagens ou enquetes, que não obedecem a esse tipo de critério, estão proibidas este ano. A resolução do TSE permite que os institutos utilizem equipamentos eletrônicos como tablets e similares,

mas estabelece que eles podem ser submetidos a auditoria dos técnicos do tribunal a qualquer momento. Os registros de pesquisas eleitorais podem ser feitos no TSE, em caso de levantamentos de opinião pública sobre os candidatos à Presidência da República, e nos tribunais regionais eleitorais, no caso das candidaturas para o Senado, a Câmara dos Deputados e os governos estaduais.

Ex-ministro pode receber autorização para trabalhar externamente durante o dia, em Brasília

O ministro Ricardo Lewandowski, presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou ontem um pedido da defesa de José Dirceu e determinou que a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal analise o pedido de trabalho externo feito pelo ex-ministro. A análise havia sido suspensa pela Vara de Execuções na semana passada, quando o juiz Mário José de Assis Pegado determinou que fossem refeitas as

investigações sobre o suposto uso de celular por Dirceu no começo do ano. À reportagem o secretário da Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia, disse que conversou com Dirceu por telefone no dia 6 de janeiro. Posteriormente, ele negou a ligação. Em sua decisão, Lewandowski diz que a suspensão da análise do pedido de trabalho de Dirceu não poderia acontecer. Ele citou que a direção do pre-

sídio da Papuda havia informado ao juiz da Vara de Execuções que não era possível provar a existência da ligação. Com a determinação do ministro, a Vara de Execuções pode se manifestar ainda nesta semana sobre o pedido de trabalho externo de Dirceu. Desde que foi preso, em 15 de novembro de 2013, o ex-ministro tenta, em vão, conseguir autorização da Justiça para trabalhar durante o dia.


Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

A7

TCE decide manter multa de R$ 17 mi a ex-gestor Ex-prefeito de Codajás, Agnaldo da Paz Dantas, não consegue reverter condenação referente às contas de 2010

DIVULGAÇÃO/TCE

Presidida pelo conselheiro Josué Filho, o colegiado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), se reúne todas as quartas-feiras, para julgar prestações de contas e recursos de gestores do Amazonas

A

corte do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) negou, ontem pela manhã, provimento ao recurso do ex-prefeito de Codajás, Agnaldo da Paz Dantas. O relator do processo, conselheiro Raimundo Michiles, manteve a decisão do processo originário, de relatoria da auditora Yara Lins, à época conselheira substituta, que aplicou uma sanção ao ex-gestor no valor de R$ 17,6 milhões, entre multas e glosas, por várias irregularidades detectadas nas contas do ano de 2010. Conforme o relator do recurso, a defesa apresentada

por Agnaldo Dantas não foi suficiente para suprir as irregularidades encontradas, o que motivou a manutenção do voto anterior. Segundo Yara Lins, o alcance de R$ 17,6 milhões foi aplicado, entre outras impropriedades, em virtude das receitas recebidas sem documentação comprobatória de sua regular aplicação, além de ele ter ignorado o TCE no ano de 2011, sendo considerado revel. À ocasião, o ex-prefeito foi multado ainda em R$ 32 mil pelo não encaminhamento de documentos referente à prestação de contas; não publicação dos relatórios de gestão

fiscal e orçamentária; não envio de 228 contratos; não apresentação de quitação de diversos impostos referente à prefeitura, bem como não comprovou o recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) e das contribuições previdenciárias ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) dos servidores do município. Ainda na sessão de ontem, o colegiado acatou duas representações do Ministério Público de Contas (MPC) junto ao TCE. Uma contra o presidente da Câmara Municipal de Maraã, Bethuel Pereira B. Filho, que foi multado pelo

ELEIÇÕES 2014

Apoio de Arthur será condicionado GLÁURIA SOBREIRA Do Agora

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) em entrevista ao AGORA disse que a escolha de quem irá apoiar para précandidato ao governo do Amazonas nas eleições deste ano, irá depender de quem “ajudar mais a cidade”. Com algumas pré-candidaturas anunciadas ao governo, as principais lideranças políticas do Estado, como o prefeito e o governador Omar Aziz (PSD) têm sido o “alvo” dos que almejam ao cargo. Os pré-candidatos ao governo do Estado, o senador Eduardo Braga (PMDB) e o vice-governador José Melo (PROS) já conversaram com o prefeito sobre as eleições. Arthur afirmou que está avaliando o que é melhor para a cidade. “Ainda teremos outras conversas políticas, irei apoiar aquele que mais ajudar Manaus. Isso será decisivo para ter o meu apoio nas eleições”.

O prefeito aproveitou a conversa que teve com Braga, para entregar em suas mãos uma lista dos pleitos de Manaus para serem apresentados à presidente Dilma Rousseff (PT). Entre os quais recursos para serem destinados à mobilidade urba-

COSTURAS

A cinco meses das definições de candidaturas, por meio das convenções partidárias, pré-candidatos ao governo articulam nos bastidores alianças para a disputa eleitoral nas urnas, em outubro na, infraestrutura, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas, previdência e construção de novas escolas. O valor dos recursos é estimado em R$ 1,5 bilhão. Braga que já está em Brasília,

deve ter uma conversa com a presidente em breve. E o prefeito disse que irá aguardar a liberação dos recursos do governo federal para a cidade. “A presidente já tinha solicitado os pleitos de Manaus. A minha preocupação é pensar no compromisso com a cidade e a liberação de recursos. Tenho certeza que o senador irá ajudar a cidade, pois trabalhar só com “recurso próprio” é sufocante”, afirmou. Parceria Arthur e Aziz estiveram reunidos na última terça-feira para tratar sobre a continuidade da parceria do pacote de obras para recuperar as ruas da cidade. O prefeito revelou que está sendo feito um projeto para ver os custos e o levantamento de quais bairros serão contemplados. O asfalto de qualidade terá a mesma densidade e durabilidade das vias principais. “Assim que tiver tudo pronto, iremos anunciar na imprensa”.

conselheiro Raimundo Michiles em R$ 2,5 mil; e outra contra a prefeita de Pauiní, Maria Barroso da Costa, pelo descumprimento a lei complementar n.º 131/2009, do governo federal, que determina que as administrações municipais tenham seus portais de transparência ativos. De acordo com o procurador-geral do MPC, Carlos Alberto Souza de Almeida, autor das representações, os gestores deixaram de informar por meios eletrônicos, conforme prevê a lei, os planos, orçamentos e leis de diretrizes orçamentárias; as prestações de contas e ao

respectivo parecer prévio; o relatório resumido da execução orçamentária e o relatório de gestão fiscal; e as versões simplificadas desses documentos, conforme constatado em espelho do portal do município. Contas aprovadas A corte do Tribunal também julgou e aprovou as prestações de contas de seis gestores, por unanimidade: do ex-presidente da Câmara Municipal de Novo Aripuanã, Raimundo Brasil Alho, exercício de 2011; da ex-secretária municipal de Meio Ambiente e do Fundo Mu-

nicipal do Meio Ambiente, Luciana Valente, exercício de 2006; da diretora-geral do hospital pronto-socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, Uidéia Galvão da Silva, exercício de 2012; do secretário de Estado da representação do governo em Brasília, referente ao exercício financeiro de 2011, Mário Coelho de Mello; do diretor-presidente da Fundação Hospital Adriano Jorge, Raymisson Monteiro de Souza, exercício de 2012; e do exsecretário municipal de Planejamento e Administração, Sandro Breval, referente ao exercício de 2007.


A8

Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Presidente Dilma estuda dar 6º ministério ao PMDB ‘Presente’ seria uma forma de assegurar o apoio deste partido ao seu projeto de reeleição. Reforma finaliza em fevereiro

A

presidente Dilma Rousseff tem sido aconselhada por interlocutores a rever sua posição e dar o sexto ministério ao PMDB. O objetivo é evitar rebeliões no partido, estratégico ao projeto de reeleição. Dilma retornou de Cuba ontem disposta a retomar as negociações para a última reforma ministerial deste ano. Ontem, integrantes do governo se mostravam pessimistas com a ida do empresário Josué Gomes, filho do ex-presidente José Alencar, para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Nos últimos dias a presidente foi avisada das dificuldades do interlocutor em deixar a Coteminas, empresa da família. Com isso a pasta pode ser usada para contemplar um aliado para acomodar alguém da cota pessoal de Dilma. A petista tem três destinos para acomodar aliados: Desenvolvimento; Ciência e Tecnologia; e Secretaria de Portos. Num dos cenários, o PMDB poderia ser alojado na primeira ou na segunda pasta. Nesse desenho, Portos poderia acomodar o PTB, cujo indicado é Benito Gama. A Secretaria de Relações Institucionais, responsável pela articulação política com o Congresso, tende a seguir com a petista Ideli Salvatti. Somente duas mudanças já foram confirmadas extraoficialmente: Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Arthur Chioro (Saúde). A posse de ambos está prevista para a próxima segundafeira, na parte da manhã, no

ROBERTO STUCKERT FILHO/PR

Palácio do Planalto. Trata-se da primeira etapa de uma reforma ministerial que, segundo interlocutores presidenciais, deverá se encerrar até o final de fevereiro.

Empresário deve assumir uma pasta

Casa Civil No dia 18 de janeiro, Dilma formalizou convite a Aloizio Mercadante, hoje titular da Educação, para que ele substitua a ministra Gleisi Hoffmann na Casa Civil. Mercadante já vem despachando no Palácio do Planalto desde o início da semana pas-

A presidente Dilma também deve realizar troca no Ministério do Desenvolvimento com a saída de Fernando Pimentel (PT), que deixará o ministério para concorrer ao governo de Minas Gerais. Uma das apostas de Dilma para ocupar a vaga de Pimentel é o do industrial Josué Gomes da Silva, dono da indústria têxtil Coteminas e filho do vice-presidente José Alencar. Seria uma forma de quebrar a tensão com o setor produtivo. Contudo, líderes empresariais estão evitando encampar publicamente o nome de Silva para pasta de Desenvolvimento. Apesar de gostarem da opção, não querem se sentir devedores da presidente Dilma Rousseff. As mudanças no alto escalão do governo federal atende às exigências da Lei Eleitoral, que determina que gestores públicos que queiram concorrer às eleições têm que se desincompatibilizar de seus cargos seis meses antes do pleito.

ACUSAÇÃO

O futuro ministro da Saúde, Arthur Chioro, é alvo de investigação do MP de São Paulo por improbidade administrativa. Ele é sócio de uma consultoria que atua no ramo de Saúde no Estado de São Paulo sada. Na saída de Mercadante, MEC (Ministério da Educação) definiu em 2014 um reajuste de 8,32% no piso nacional dos professores da educação básica e causou atrito com a categoria. Gleisi deixará o governo para se dedicar à campanha ao governo do Paraná. Arthur Chioro, atual secretário da Saúde em São Bernardo do Campo (SP), foi convidado no dia 21 de janeiro pela presidente Dilma para assumir o Ministério da Saúde no lugar de Alexandre Padilha (SP), que vai concorrer ao governo paulista. PEDRO FRANÇA/AG SENADO

Presidente Dilma deve finalizar reforma ministerial em fevereiro. PMDB deve sair ganhando

PROJETOS

Líderes se reúnem com ministra

Líder do governo, Braga se reúne hoje com Ideli Salvatti

Os líderes do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB), e no Congresso, José Pimentel (PT-CE), vão conhecer hoje a lista dos projetos considerados essenciais pelo Palácio do Planalto para votação nos próximos meses. A pauta, que será entregue pela ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, deve incluir medidas provisórias. Braga explicou que, somente após essa reunião, o Senado sa-

berá que projetos a presidente Dilma Rousseff quer ver aprovados no primeiro semestre. “Estamos fazendo um levantamento em geral. E vamos conversar de forma ampla com a ministra para definir a prioridade do governo no primeiro semestre. A gente só pode cravar o que vai ser a nossa estratégia após essa reunião”, disse o senador. Mas a ministra de Relações Institucionais também

deverá receber uma pauta com as prioridades dos senadores. Entre elas está o projeto que reduz os juros da dívida dos Estados com a União, trocando o índice IGP-DI pelo IPCA, mais 4% de juros reais, fixando como teto a taxa de juros anual. A equipe econômica, no entanto, ainda tem restrições em relação à proposta, que prevê a retroatividade. Segundo Braga, entre as prioridades estão projetos de autoria dos próprios se-

nadores e outros na área econômica. “Acho que tem a pauta dos próprios senadores e obviamente, haverá uma pauta federativa importante que diz respeito à macroeconomia do país”, diz o líder do governo. Já o presidente do Senado, Renan Calheiros, definiu como prioridade a votação da reforma política e da atualização dos Códigos Penal, Comercial e de Defesa do Consumidor.


MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

economia@emtempo.com.br

DÓLAR compra/venda Paralelo -

INDICADORES ECONÔMICOS

R$ 2,39 / R$ 2,50 *

Câmbio livre BC - R$ 2,4390 / R$ 2,4397 **

no dia: 0,96% na semana: 3,37%

Câmbio livre mercado - R$ 2,435 / R$ 2,437 *

no mês: 3,65%

Turismo -

dif.livre mercado/paralelo: 2,59%

R$ 2,360 / R$ 2,520

(*) cotação do Banco do Brasil / (**) cotação do Banco Central / (***) cotação média do mercado

Economia B2

(92) 3090-1045

Variação do câmbio livre BC

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

Caderno B

Economia

Prazo para o Simples vai até amanhã

OURO BM&F R$ 98,50

Salário Mínimo Janeiro 2014: R$ 724,00

1,5464%

Poupança

Salário Família/Janeiro

Aniversário

Rendimento (%)

30/01

0,5377

30/01

0,5377

até R$ 682,50: R$ 35,00 de 682,51 até R$ 1.025,81: R$ 24,66

(*) depósitos até 03/05/12 / (**) depósitos apartir de 04/05/12

Casas lotéricas devem se adequar à Lei das Filas

ARQUIVO EM TEMPO/BRENO FREITAS

Até o próximo mês de abril, loterias de Manaus se ajustarão para atender consumidores no tempo máximo de 20 minutos

População da capital amazonense tem sofrido com as longas filas existentes em locais que recebem pagamento de contas como as loterias, supermercados, prestadoras de saúde e bancos

A

partir de abril, o consumidor que efetuar pagamentos nas casas lotéricas da capital amazonense deverá permanecer na fila pelo tempo máximo de 20 minutos. Os empresários do segmento receberam o prazo de 60 dias para adequar a infraestrutura das lotéricas, em cumprimento à Lei da Fila (lei municipal 1.836/2014) – sancionada no início deste ano –, e garantir o atendimento dos clientes em tempo hábil. De acordo com o ouvidorgeral da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), Alessandro Cohen, os proprietários das lotéricas devem, dentro do prazo estabelecido, tomar medidas como a fixação de relógio em local visível para que o cliente possa controlar o tempo e o fornecimento de bilhetes ou senhas que indiquem o tempo de atendimento do usuário. Segundo ele, os estabelecimentos devem contratar mais funcionários para manter todos os terminais de caixas ativos. As loterias também devem conter cartazes informativos expostos e um aparelho de telefone disponível para ser utilizado pelo consumidor em caso de denúncia pela demora. O ouvidor acrescentou que os empresários têm até o dia

15 de março para realizar as modificações. A partir desta data até o dia 31 de março, o Programa de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon) do município procederá com a fixação dos cartazes. “Depois desse intervalo, a regra começa a valer”, esclareceu. Reclamações Os proprietários das casas lotéricas questionaram as re-

ATENDIMENTO

Segundo o Sinrel-AM, Manaus tem 89 loterias cadastradas, que juntas atendem 24 mil habitantes. Conforme a Caixa Econômica Federal, em outras capitais, uma loteria atende 13 mil habitantes gras estabelecidas no decreto municipal. Segundo eles, o setor precisa obter tratamento diferenciado. “Temos déficit de pontos comerciais, de terminais para atendimento, além de uma concentração de pagamentos bancários em alguns dias do mês. Precisamos de um tempo limite mais elástico”, cobrou o presidente do Sindicato dos Revendedores Lotéricos do Estado do Amazonas (Sinrel-AM), Samuel Azevedo. O autor da nova versão da

Lei da Fila, vereador Everaldo Farias, rebateu. Segundo ele, a legislação precisa ser igualitária, sem o favorecimento de um tipo específico de comércio ou prestação de serviços. “Aumentar o prazo para os lotéricos seria desrespeitar o consumidor, que não pode passar mais que 20 minutos em nenhum dos locais estipulados na lei”, ressaltou. Novas regras A norma, que anteriormente era aplicada apenas às agências bancárias, foi modificada em setembro de 2013 e sancionada em janeiro deste ano para garantir também, em estabelecimentos comerciais, o número de profissionais suficientes nas lotéricas de forma a atender o público no tempo determinado – 15 minutos em dias normais e 20 minutos em dias de pagamentos e vésperas de feriados. Agora, concessionárias de serviços públicos de água, luz e telefone, casas lotéricas supermercados, estabelecimentos de crédito e prestadores de serviços de saúde também se enquadram na determinação da legislação. Penalidades O descumprimento da regra, denunciada por clientes destes locais, pode gerar multas que variam de R$ 25 mil a R$ 150 mil, em caso de reincidência.

Fiscalização promete ser ‘dura’ O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Manaus (Comdec-CMM), vereador Álvaro Campelo, afirmou que a lei não inviabilizará o negócio de casas lotéricas na capital. “É preciso atender o anseio de uma população cansada de ficar horas na fila, seja de agencias bancárias, loterias ou supermercados”, reforçou.

O parlamentar informou que o consumidor prejudicado pelo tempo de permanência em filas pode procurar os Procons no âmbito municipal ou estadual, a própria Comdec-CMM ou qualquer outro órgão de defesa do consumidor para registrar a denúncia. “O órgão acionado fará a fiscalização no local para apurar a reclamação e procederá de acordo com a

legislação”, detalhou. Fundo O autor da lei modificada, vereador Everaldo Farias, acrescentou que o consumidor que for lesado não é diretamente ressarcido. Ele informou que o valor obtido com as multas será redirecionado para um fundo municipal de proteção aos direitos do consumidor. DIEGO JANATÃ

JULIANA GERALDO Equipe EM TEMPO

Órgãos de defesa do consumidor se reuniram, ontem, com donos das casas lotéricas


B2

Economia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Encerra amanhã o prazo para o Simples Nacional

Expectativa da Receita Federal é a de que número de adesões de empresas no Amazonas deverá crescer na ‘reta final’

A

s Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) do Amazonas, - que não incorram em nenhuma das vedações previstas na lei complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e suas alterações -, têm somente até amanhã (31) para aderir ao Simples Nacional. Não podem fazer a opção por este regime de tributação, por exemplo, as ME ou as EPP que tiveram receita bruta superior a R$ 3,6 milhões no anocalendário de 2013, de acordo com informações da Receita Federal no Amazonas. O Simples Nacional abrange seis tributos federais: Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), PIS/Pasep, Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e contribuição patronal para o INSS. Fazem parte também do sistema o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cobrado pelos estados, e o Imposto Sobre Serviços (ISS), de competência dos municípios. O recolhimento é feito pelo pagamento do docu-

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

mento único de arrecadação DAS. O Simples inclui ainda o Microempreendedor Individual (MEI), cujo faturamento anual é de até R$ 60 mil. Adesão Até o último dia 20, ou seja, a dez dias para o final do

OPÇÃO

Conforme a Receita Federal, os pedidos de inscrição devem ser feitos por meio do acesso ao Portal do Simples Nacional, no endereço virtual www8.receita.fazenda. gov.br/SimplesNacional Ao aderir ao Simples Nacional, pequenos empresários terão algumas vantagens referentes à cobrança de seis tributos federais

prazo de adesão ao sistema do Simples Nacional, apenas 2.321 empreendedores individuais e microempresários do Amazonas realizaram o pedido de inclusão junto à Receita Federal. A expectativa era de que as inscrições ultrapassassem o montante do ano passado, em torno de 8 mil solicitações, na “reta final”, de acordo com projeção da Delegacia da Receita Federal de Manaus (DRF-Manaus).

IPEM-AM ALFREDO FERNANDES/AGECOM

Inscrições devem ser efetuadas na internet A solicitação de opção pelo regime simplificado de tributos é gratuita e está disponível no portal do Simples Nacional. Quem perder o prazo neste ano só terá nova oportunidade de aderir ao regime em janeiro de 2015.

PIM

Novos PPBs são publicados

Corridas de táxi estão quase 9% mais caras na bandeira 1

Novo taxímetro começa a ser instalado em Manaus Iniciou, ontem, a troca do chip dos taxímetros de mais de 4 mil táxis credenciados em Manaus. A medida atende à nova tarifa da corrida de táxi concedida pela prefeitura, no ano passado. Os primeiros a serem atendidos são os taxistas com carros de placas de final zero. Até o próximo dia 1º de fevereiro, devem passar pelo posto de troca, na avenida Camapuã, nº 1.428, bairro Cidade Nova, na Zona Norte, quase 400 táxis desse primeiro grupo. Para atender à categoria, o Ipem-AM disponibilizou 20 profissionais do órgão e uma estrutura, onde vários serviços são oferecidos. “Colocamos no mesmo ambiente todas as oficinas credenciadas, mais a parte técnica, jurídica e administrativa do Ipem. Também utilizamos o coletor de dados, com uma impressora portátil, para que o processo seja otimi-

zado e o taxista não perca tempo para se regularizar”, afirmou o diretor-presidente do Ipem-AM, Márcio Brito. Taxista há 10 anos, Gilberto Messias, que passa pela segunda troca de chip, elogiou o novo sistema. “Antes ficávamos muito tempo esperando e agora o processo está rápido”, frisou. O Ipem-AM elaborou um calendário de atendimento de acordo com o número final da placa de cada veículo. Os taxistas que não comparecerem na data programada e não tiverem a justificativa (documento) sofrerão multa, alertou Brito. O valor dela é de R$ 1,1 mil. O diretor-presidente afirmou que, a partir de 28 de fevereiro, o instituto vai realizar blitz para verificar quem ainda não se adequou. O custo pelo serviço de troca do chip é R$ 170, além de R$ 37,50 pela verificação metrológica do Ipem-AM.

Quatro portarias interministeriais relacionadas a Processos Produtivos Básicos (PPBs) de relevância para o Polo Industrial de Manaus (PIM) foram publicadas pelo governo federal nos últimos dias. Dentre as portarias publicadas, uma estabelece etapas mínimas para fabricação de um produto pioneiro no PIM e as demais trazem alterações em regras produtivas de segmentos estratégicos para a indústria incentivada de Manaus, tais como Duas Rodas e Condicionadores de Ar. A portaria interministerial nº 12, publicada no último dia 24, estabelece o PPB para motos aquáticas e similares. A portaria interministerial nº 13, também de 24 de janeiro, estabelece o PPB para portas maciças fabricadas em madeira tipo MDF ou em HDF, revestidas com película de PVC. Já as portarias interministeriais nº 8 e nº 10, ambas publicadas no último dia 22 de janeiro, trazem, respectivamente, alterações nos PPBs de condicionadores de ar do tipo split system e de motocicletas, ciclomotores, motonetas, triciclos e quadriciclos produzidos na Zona Franca de Manaus (ZFM).

A empresa com pendências deve regularizar a situação até o dia 31 deste mês, do contrário, fica impedida de fazer a opção. As empresas novas constituídas em outros meses podem fazer a opção no prazo de até 30 dias, contado do úl-

timo deferimento de inscrição, no Estado ou no município, para efetuar a opção pelo Simples Nacional, desde que não tenham decorridos 180 dias da inscrição no CNPJ. “As empresas que estão regulares no Simples Nacional, ou seja,

que não foram excluídas do regime, por opção, por comunicação obrigatória, ou de ofício, não precisam repetir o pedido de adesão nesse mês de janeiro”, explicou o responsável regional pelo Simples Nacional, José de Sousa.

HOMENAGEM

Moedas da Copa são lançadas O Banco Central e a Casa da Moeda lançaram, ontem, nove moedas comemorativas da Copa do Mundo, que será disputada de 12 de junho a 13 de julho deste ano, em 12 capitais brasileiras. A coleção, que marca a vigésima edição da Copa do Mundo de Futebol, é formada por 22.120 moedas, das quais 2.720 em ouro, 12 mil em prata e 7,4 mil de cuproníquel, que foram disponibilizadas à venda, em dinheiro, logo depois da cerimônia, na sede do Banco Central, em Brasília. As moedas foram colocadas à venda, simultaneamente, também nas regionais do banco em Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e no Rio de Janeiro, bem como no site do Banco do Brasil. Valores A moeda de ouro tem valor de face de R$ 10 e peso de 4,4 gramas e sai para o comprador a R$ 1.180. A moeda

faz alusão à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, de um lado, e no verso mostra o momento do gol, com uma bola na rede, e ao lado as estrelas que formam a constelação do Cruzeiro do Sul.

EXCLUSIVO

A coleção colocada à venda vai agradar em cheio, principalmente, o público que gosta de colecionar moedas comemorativas a eventos, sejam eles esportivos, culturais ou de caráter patriótico As duas moedas de prata têm valor de face de R$ 5 e peso de 27 gramas e custam para o colecionador R$ 190. Ambas fazem alusão à Copa do Mundo, de um lado, mas, no verso, enquanto uma apresenta o mascote oficial, com desenho do tatu estilizado, a outra traz um

mapa do Brasil com indicação das 12 cidades-sede da competição. As seis moedas de cuproníquel têm valor cunhado de R$ 2 e peso de 10,17 gramas, ao custo de R$ 30 cada. Elas compõem a série Jogadas de Futebol, com lances típicos como a defesa do goleiro, a cabeçada, a “matada” de bola no peito, o passe, o drible e o gol. Pagamento No Banco Central e em suas regionais, o pagamento é só em dinheiro. Já nas compras pela internet, o pagamento poderá ser efetuado por meio de boleto ou débito em conta para os correntistas do Banco do Brasil. A partir de março, as moedas de cuproníquel também poderão ser adquiridas em cartela com o conjunto completo das Jogadas do Futebol, conforme informou o diretor do departamento de meio circulante do Banco Central, João Sidney de Figueiredo Filho. ABR

Com valor de R$ 10 na face, moedas de ouro pesam 4,4 gramas e vão custar cada R$ 1.180


Economia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

B3

Política de desoneração da folha gera empregos A

política de desoneração da folha de pagamentos, iniciada pelo governo em 2011 e ampliada para 56 setores em 2014, teve efeito na manutenção e criação de postos de trabalho, melhoria no fluxo de caixa das empresas beneficiadas, na competitividade e nível exportação. De acordo com o secretário de Política Econômica da Fazenda, Márcio Holland, que esteve reunido, ontem, com empresários e centrais sindicais para um balanço da medida, a discussão para tornar a renúncia fiscal permanente está iniciada. “A avaliação demonstra que a medida tem competência e capacidade para ser permanente, porque está beneficiando a economia brasileira”, disse. Os setores atendidos pela desoneração deixaram de pagar 20% de contribuição previdenciária sobre a folha de salários e passaram a arcar com uma alíquota de 1% ou 2% sobre o faturamento bruto anual, descontada a receita de exportação. O total estimado da renúncia fiscal em 2013 foi de R$ 13,2 bilhões. A projeção do governo para 2014 é de R$ 21,6 bilhões. Impactos Segundo estimativas da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgadas pelo secretário, 96% dos setores beneficiados aprovaram a medida, entre eles

IONE MORENO

Benefício concedido às empresas brasileiras deverá ser mantido permanentemente, conforme sinaliza presidente Dilma têxtil, autopeças, brinquedos, transporte, serviços e construção civil. A taxa média mensal de demissão das empresas enquadradas na política caiu de 15% (de janeiro de 2007 a dezembro de 2011) para -3% (de janeiro de 2012 a junho de 2013). O impacto da desoneração dos três primeiros setores (couro, calçados e vestuário, a partir de 2011) no Produto Interno Bruto (PIB) foi de 0,17%. Ainda não há uma estimativa do estí-

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou, ontem, que há perspectiva de renovar a desoneração, que se encerra em dezembro de 2014, pois a política tem ajudado o setor produtivo a continuar contratando e aumentando a eficiência. Não há perspectiva de retirada da desoneração da folha de pagamento das empresas que têm se beneficiado da medida, afirmou hoje o ministro da Fazenda, Guido Mantega. “A desoneração ajuda muito, possibilitou que o setor produtivo continuasse contratando trabalhadores e aumentando a eficiência”, afirmou. O governo deixou de arrecadar ano passado, por conta do incentivo, R$ 13,2 bilhões. Houve rumores de que o benefício não seria renovado para alguns setores no fim da validade da medida, em dezembro deste ano. Segundo o ministro, os setores beneficiados têm “aproveitado bem” o estímulo, que deve continuar.

APOIO De acordo com o ministro Guido Mantega, há duas semanas, a presidente Dilma Rousseff se manifestou sobre o assunto ao afirmar que a desoneração será algo “permanente” para o país mulo à produção de todos os setores. De acordo com a CNI, 43% das empresas passaram a prever aumento de exportação. Antes nenhuma tinha perspectiva de ampliação das vendas para o mercado externo. Segundo Holland, não haverá inclusão de novos setores na política de desoneração da folha. Porém, de acordo com o secretário de Política Econômica da Fazenda, pode haver eventuais ajustes no futuro.

Construção civil foi um dos setores beneficiados pela desoneração da folha, segundo a CNI

MARCELLO CASAL JR/ABR

TESOURO

Segundo Augustin, endividamento está dentro dos parâmetros traçados no PAF de 2014

Dívida federal supera R$ 2 tri A dívida pública federal - a soma dos endividamentos interno e externo do governo -, cresceu 5,7% em 2013, atingindo o valor recorde de R$ 2,12 trilhões. O crescimento da dívida ficou dentro dos parâmetros traçados no Plano Anual de Financiamento (PAF) para o ano, que previa valor entre R$ 2,1 trilhões e R$ 2,2 trilhões. Em dezembro, houve emissão líquida da dívida pública de R$ 31,5 bilhões. Segundo o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, 2013 foi um ano de turbulência internacional, com muitos eventos importantes, como a mudança es-

trutural da taxa de juros dos Estados Unidos, mas que o Tesouro teve um “resultado excepcional” do ponto de vista de gerenciamento de dívida. Para 2014, o Tesouro Nacional estima que o endividamento público ficará entre R$ 2,1 trilhões e R$ 2,3 trilhões. Para Augustin, o momento de volatilidade cambial dos países emergentes não deve prejudicar a venda de títulos da dívida pública brasileira este ano, e prevê emissões externas para os primeiros meses de 2013. “Os fundamentos do Brasil são sólidos, eles têm se imposto mesmo em momentos em que ou-

Medida pode ser renovada neste ano

tros países têm mais volatilidade”, afirmou ao citar a “solidez fiscal” brasileira como um dos fatores que deve contribuir para o bom gerenciamento da dívida em 2014. Augustin afirmou que agências de classificação de risco devem reconhecer a “situação muito boa do Brasil” e não rebaixar a nota do país. Instituições financeiras foram os maiores detentores dos títulos da dívida pública em 2013, com 30,2% do total. O tempo médio de vencimento dos papéis foi de 4,2 anos, o maior prazo médio da série histórica, iniciada em 2002.


B4

Economia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Petrobras alcança recorde na entrega de gás natural A

Petrobras bateu novo recorde de entrega de gás natural nacional ao mercado, em 2013, com a média anual de 44,5 milhões de metros cúbicos diários, 3,2% acima do resultado alcançado em 2012, que foi de 43,1 milhões de metros cúbicos diários. A estatal também bateu novo recorde mensal, com a média de 47,9 milhões de metros cúbicos diários, em março de 2013. O expressivo crescimento da oferta de gás nacional observado nos últimos anos é fruto de uma série de investimentos realizados no desenvolvimento de projetos de produção de gás natural, alavancados pelo Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangas). Desde o início do programa, em 2008, diversos novos campos começaram a produzir, com destaque para os de gás não associado de Canapu e Camarupim, no Espírito Santo, e de Mexilhão, Uruguá e Tambaú, na Bacia de Santos. Ressalte-se também o início das operações da Unidade de Tratamento de Gás de Caraguatatuba e do Gasoduto CaraguatatubaTaubaté, em São Paulo.

DIVULGAÇÃO

Incremento de 3,2%, em 2013, em relação ao ano passado, é reflexo dos investimentos realizados para elevar produção Além do Plangas, outros fatores que contribuíram para os recordes foram o incremento da entrega de gás para geração termoelétrica na região Norte, a elevação da produção do campo de Lula, que produz gás associado no pré-sal da Bacia de Santos, e do Parque das Baleias, Espírito Santo. Meta Ainda em 2013, a área de exploração e produção da Petrobras alcançou seu recorde anual de aproveitamento de gás, com a utilização de 92,6% do gás associado ao petróleo produzido nas condições de reservatório. Esse recorde é resultado da excelente performance da companhia em 2013, ano em que diversos recordes mensais de utilização de gás foram superados, sendo o último deles em setembro, quando a Petrobras atingiu 94,4% de aproveitamento do gás. Esses resultados reforçam o êxito do Programa de Otimização do Aproveitamento de Gás Natural (POAG 2015), que tem permitido melhorar o desempenho das Unidades Operacionais das regiões Sul e Sudeste desde 2010, quando o programa teve início.

No ano passado, a área de exploração e produção da estatal registrou seu recorde anual de aproveitamento de gás natural

Consumo apresenta crescimento de 17,8% O consumo de gás natural no país cresceu 17,8% em 2013 comparado aos 12 meses de 2012, com a média diária de consumo passando de 57 milhões para 67,2 milhões de metros cúbicos. Os dados foram divulgados, ontem, pela Associação Brasileira das Empresas Distri-

buidoras de Gás Canalizado (Abegás) com base em estudos que apontam que o crescimento foi puxado pelo segmento de geração elétrica, que subiu 64,5% entre um ano e outro. Com a alta, o segmento já ocupa a segunda posição no ranking dos maiores consu-

midores, com diferença de 6,5% em relação ao consumo industrial, setor que continua na liderança do consumo do produto.O segmento que mais aumentou a participação no volume nacional foi o de geração elétrica. “O governo não dá a devida atenção ao gás natural. Falta

planejamento integrado que dê incentivos e favoreça a equalização dos custos dos energéticos concorrentes. Todo o planejamento da Petrobras aponta para maior dependência do mercado externo”, disse o presidente executivo da Abegás, Augusto Salomon.


Caderno C

Dia a dia MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

diadia@emtempo.com.br

DIVULGAÇÃO

Condenado por pedofilia no Amazonas Dia a dia C4

(92) 3090-1041

Justiça Federal ordena a saída de índios da Funai IONE MORENO

Há dois meses acampados na sede da entidade, indígenas reivindicam a substituição do atual coordenador, por um índio

A

gentes da Polícia Federal cumpriram na manhã de ontem o mandado de reintegração de posse da sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), localizada no bairro Adrianópolis, Zona Centro- Sul de Manaus. Aproximadamente 60 famílias das etnias miranha, cambeba, munduruku, mura, cokama, tikuna e tukano, entre outras, foram retiradas do local, que estava ocupado há dois meses. O pedido de reintegração foi solicitado no último dia 21 de janeiro, pelo juiz, Érico Rodrigo Freitas Pinheiro, da 1ª Vara Federal. Os indígenas pediram um prazo de 30 dias para o cumprimento do mandado ao Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM), mas, o mesmo não foi atendido. A ocupação da Funai iniciou no dia 4 de novembro do ano passado, quando os índios exigiram a saída do atual coordenador da entidade, Eduardo Desidério Chaves. De acordo com o representante jurídico dos índios, Rosemberg Branco, os indígenas saíram do prédio da entidade de forma pacífica, porém continuaram a protestar do lado de fora, onde acamparam – no local foram montadas algumas barracas. “O objetivo da manifestação é que nós queremos que respeitem a nossa decisão”, enfatizou Rosemberg Branco, referindose a uma assembleia que teve a participação de 96 lideranças, e na qual foi votada a escolha de um novo coordenador para a Funai. Para os indígenas a coordenação da Funai, no Amazonas, deve ser assumida por um índio – por entender as dificuldades dos mesmos -, e o nome indicado por eles é o de Rosemberg, da etnia apurinã.

Para o cacique José Augusto Miranha, a Funai abandonou os índios. “Ninguém veio conversar conosco, para saber como estamos vivendo. Não estamos tendo direito à educação, moradia e saúde como deveríamos ter”, enfatizou. As lideranças reivindicam melhor assistência aos indígenas, além da indicação para ocupar o cargo de coordenador da fundação. Eles acreditam que a coordenação deve ser assumida por um índio que entende as dificuldades.

MOBILIZAÇÃO

Caso não sejam atendidos com a substituição do atual coordenador da Funai, por um índio, as lideranças indígenas prometem fazer um protesto com 70 mil pessoas na inauguração da Arena da Amazônia Contra a saída da Funai, indígena protesta se jogando na rua

Funcionários A servidora da Funai, Marineide Cardoso, integrante do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Amazonas (Sindsep-AM), disse que os 89 funcionários que trabalham na entidade foram impedidos de exercer suas funções desde o dia 18 de novembro, em virtude de uma circular suspendendo as atividades até segunda ordem. Conforme o documento, todos os funcionários deveriam trabalhar em suas casas, até que o prédio fosse desocupado e o local retomasse a sua rotina. “Nós estávamos trabalhando pacificamente, apesar da ocupação. Os índios não quebraram nada, só estão atrás do direito deles”, salientou. Entre os trabalhos prejudicados estão a realização de contratos e pregões, aposentadorias, entre outros.

Inspeção revelou organização Os indígenas foram notificados sobre a saída do prédio da Funai, na tarde do último dia 22, ocasião em que receberam o agravo de instrumento assinado pelo juiz federal Érico Rodrigo Freitas Pinheiro, referente à desocupação imediata do lugar, pelas 11 etnias que lá se encontravam representadas pelas lideranças de Maués, Autazes, Manicoré, entre elas, munduruku, mura, miranha, cambeba, cokama, tikuna, tukano, entre outra. Os indígenas ficaram indignados, porque a decisão judicial, segundo eles, contradiz o

laudo da inspeção judicial realizada pela Justiça Federal e o MPF/AM, no dia 21 de novembro. O laudo foi assinado pela juíza federal Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal do Amazonas. Em seu parecer, a magistrada classificou a ocupação como um “pequeno, pacífico e organizado movimento indígena”, além de pedir à Funai o estabelecimento e a execução da política indigenista brasileira. Os indígenas pediram um prazo de 30 dias para o cumprimento do mandado, mas, o mesmo não foi atendido.

Servidores fizeram protesto No último dia 17 deste mês, mais de 30 servidores da Funai, realizaram na sede da entidade, um ato público com a finalidade de chamar atenção das autoridades competentes, para a situação de abandono do caso dos indígenas. Na ocasião um dos caciques informou que depois daquela mobilização, caso não hajae um retorno das autoridades, aproximadamente 70 mil indígenas devem realizar uma manifestação no dia da inauguração da Arena da Amazônia. Os servidores afirmaram que, de início, trabalhavam com a presença dos índios sem nenhum problema, porém o coordenador tinha medo de algum contato ou reação dos índios caso retornasse para sede da Funai. Na ocasião os servidores da entidade também afirmaram que há quatro meses, o coordenador da Funai Eduardo Desidério

Caves juntamente com mais cinco servidores do órgão, se transferiram para uma sala cedida pela Agência Nacional de Avião Civil (Anac), na rua Belo Horizonte, no Aleixo. Na fachada do prédio da Funai, os servidores estenderam uma faixa reafirmando a mobilização, com os dizeres “Trabalhadores querem trabalhar”. Um dos diretores executivos do Sindicato dos Servidores Públicos Federais (SINDSEP-AM), Walter Matos, explicou na ocasião, que em geral todos os servidores querem retornar suas atividades no prédio da administração. Matos também explicou à época, que o lugar só não estava pior porque as lideranças indígenas que permaneciam na sede da Funai, de alguma forma realizavam a segurança e a limpeza externa do lugar, mas em geral tudo se encontrava abandonado. DIEGO JANATÃ

ADRIANA PIMENTEL Especial EM TEMPO

IONE MORENO

Mandado de reintegração de posse, expedido no último dia 21, foi cumprido na quarta-feira, por agentes da Polícia Federal, que retiraram os índigenas que há dois meses ocupavam a sede da Funai

Protesto dos servidores foi acompanhado pelos índios


C2

Dia a dia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Escolas do Grupo Especial protestam por verbas Sem o repasse do Carnaval e com uma conta de energia no valor de R$ 235 mil, presidentes ameaçam fechar rua

ARTHUR CASTRO

BRUNO IZIDRO Equipe PORTAL EM TEMPO

A

avenida do Samba, via que dá acesso aos galpões das Escolas de Samba do Grupo Especial, ao lado do Sambódromo, na Zona Oeste de Manaus, será bloqueada pelas alegorias inacabadas das agremiações a partir desta quinta-feira (30). Essa é a promessa dos presidentes das escolas de samba, em protesto pelo não recebimento da verba do Estado e da prefeitura para a realização do Carnaval 2014. Ontem os dirigentes das escolas de samba se reuniram em frente ao barracões e informaram que, além de não receberem a verba, ainda foram cobrados com mais dívidas. “Hoje (quarta) nós fomos chamados na Secretaria de Cultura, pensando que fosse para termos a liberação do recurso e, para a nossa surpresa, recebemos uma conta de luz no valor de R$ 235 mil e que o secretário (Robério Braga) quer que as escolas paguem para poder liberar o dinheiro”, informou o presidente da Grande Família, Gilberto Ferreira. Segundo ele e os demais presidentes, os geradores que fornecem energia elétrica nos barracões onde estão sendo montadas as ale-

gorias de cada escola serão cortados, impossibilitando a continuação dos trabalhos. “Nós queremos uma intervenção do governador e do prefeito para a liberação do recurso”, completou Ferreira. Retenção O repasse da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) para cada escola de samba do grupo especial é no valor de R$ 264 mil. Já a verba da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Artes (Manauscult), para cada uma das agremiações é de R$ 125 mil. Porém, esses valores não serão integralmente repassados para as Escolas, já que parte da verba é retida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT/AM) por causa de multas trabalhistas cometidas pelas agremiações e verificadas em fiscalização realizada no último dia 9 de janeiro. “Das três Escolas que iriam começar a receber o repasse, Grande Família, Aparecida e Sem Compromisso, foram retidos 20% para garantir o pagamento dessas multas, mas não significa que esse dinheiro estará preso para sempre e, dependendo dos acordos entre as secretarias, agremiações e o MP, ele poderá ser repassado”, explica a procuradora do trabalho Fabíola Salmito.

BOLSA IDIOMAS DIVULGAÇÃO

Escolas de Samba dependem do repasse público para colocar o Carnaval na rua, porém, algumas pendências emperram a liberação

Secretarias explicam procedimentos adotados Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, a SEC informou que só pode efetuar o pagamento para as escolas se elas cumprirem o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que assinaram em maio de 2013, com o Ministério Público do Trabalho, no Amazonas (MPT/AM).

SEJUS

Direitos humanos em pauta

Em sua terceira edição o programa oferece 11 mil bolsas

Inscrições seguem até o início do mês de fevereiro Até o próximo dia 4 de fevereiro estão abertas as inscrições para o programa Bolsa Idiomas. Em sua terceira edição, o projeto está oferecendo mais de 11 mil bolsas integrais e parciais, em cursos de inglês e espanhol, em 11 instituições de ensino de Manaus. As inscrições, devem ser feitas no site do programa – bolsaidiomas. manaus.am.gov.br. O Bolsa Idiomas é direcionado a estudantes que tenham idade a partir de 16 anos, cursem ou já tenham concluído o ensino médio, morem em Manaus e tenham uma renda per capita de até um salário mínimo e meio. “Os contemplados poderão conciliar outras atividades com as aulas de idiomas”, afirmou a diretora-geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo. As bolsas oferecidas são integrais ou com

descontos de 50% e 75%. A lista com o nome dos alunos contemplados no programa será divulgada no site do programa, a partir do dia 7 de fevereiro. Escolas participantes As instituições que estão participando do programa são: Aslan Idiomas (unidades do Aleixo e da Cidade Nova), CCAA (unidades do Vieiralves e Parque 10), Centro Universitário Superior do Amazonas (Ciesa), Faculdade Salesiana Dom Bosco (unidades do Centro e Zona Leste), English Oasis, Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), Instituto de Ensino Superior Fucapi (unidades do Boulevard e Distrito Industrial), Faculdade Martha Falcão, May Way Idiomas, Centro Universitário Nilton Lins e UNS Idioma (unidades do Centro e da Cidade Nova).

O Departamento de Direitos Humanos (DEDH), da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) realizará nesta sexta-feira (31), uma ação voltada aos diretos humanos com os temas: Tráfico de Pessoas, Violência contra a Mulher e LGBT. A mobilização acontecerá no horário de 10h às 20h nas dependências do Manaus Plaza Shopping, no bairro Chapada, na Zona Centro-Sul de Manaus. A iniciativa faz parte de várias ações que estão sendo desenvolvidas pela Sejus que tem por objetivo combater qualquer forma de violação de direitos humanos, por meio da informação e orientação à população em geral com a disponibilização de materiais informativos. A ação contará com a participação de instituições governamentais e movimentos sociais que realizam trabalhos voltados para a temática. A equipe técnica do Departamento de Direitos Humanos estará presente para esclarecer possíveis dúvidas da população. No último sábado uma ação foi realizada na saída das estradas AM-010 e BR-174.

Já em relação a conta de energia elétrica no valor de R$ 235 mil, a secretaria informa que é de multas por uso irregular de energia elétrica nos barracões e que devem ser pagas pelas próprias escolas de samba. Ainda segundo a nota, todas as contas de água e energia elétrica estão pa-

gas pelo governo do Estado, por meio da SEC. Em relação a parte do repasse municipal de verba, a Manauscult informou que até, o momento, somente seis das oito escolas de samba entregaram os documentos necessários para receber o apoio da prefeitura. Os documentos

para a liberação da verba se encontram no setor jurídico do órgão para elaboração dos contratos de patrocínio e posterior assinatura por ambas partes. As escolas de samba têm até o dia 16 de fevereiro para solicitar o apoio da prefeitura para a realização do Carnaval 2014.

BANDAS DE RUA

Órgãos devem autorizar interdição ADRIANA PIMENTEL Especial EM TEMPO

Os procedimentos para obter autorização de interdição da rua que será usada na concentração de bandas, trios elétricos ou carros de sonorização deverão ser solicitado com 30 dias de antecedência, junto aos órgãos responsáveis como o Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU); Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans); Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); Polícia Militar; Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp). De acordo com o Manaustrans, até ontem haviam sido realizadas 130 solicitações para o fechamento temporário de ruas para eventos carnavalescos e religiosos. Deste total, 122 solicitações estão autorizadas e as outras 18

estão sob análise. Os pedidos em sua maioria são para interdições nas ruas da Zona Sul (Educandos e Morro da Liberdade) e Zona Oeste (Compensa). O interessado deve procu-

DENÚNCIAS Caso o organizador do evento não cumpra os procedimentos exigidos, a festa pode ser denunciada para o Manaustrans (0800 092 1188) ou para a Polícia (190), que devem adotar as medidas cabíveis rar, primeiramente a SMTU e pagar a taxa de expediente no valor de R$ 7,87. Após a entrada na solicitação para a realização do evento, com informações sobre dia, hora, tempo de duração, trecho da via a ser utilizado

(ilustrado em mapa) e sugestões de desvios para veículos, o órgão irá analisar se a utilização do local para a festa vai interferir no tráfego do transporte coletivo. Nessa etapa, o organizador do evento, também deve apresentar um abaixo-assinado com, pelo menos, 60% dos moradores da rua concordando com a realização da festa. Caso a SMTU aprove a solicitação, o organizador do evento deve se dirigir ao Manaustrans, munido de todos os documentos aprovados pelo órgão, e mais a taxa devidamente paga. Após vistoria de sete dias úteis, o resultado da análise será comunicado para que o responsável pela festa encaminhe a solicitação para outros órgãos. Só então o organizador do evento deverá encaminhar o pedido para a Semmas; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros e Semulsp. IONE MORENO

Apesar de realizadas no meio da rua, as bandas devem ter autorização, para interditar a via


Dia a dia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

BRASIL ORGÂNICO

Consumo de orgânicos será estimulado na Copa As inscrições para participar dos Quiosques Brasil Orgânico e Sustentável, voltados para empreendimentos da agricultura familiar interessados em promover seus produtos durante a Copa do Mundo de 2014, foram prorrogadas até o dia 14 de fevereiro. Informações podem ser obtidas no site www.copa2014.gov.br No total, 60 organizações irão comercializar os produtos, entre os dias 11 e 27 de junho, em quiosques localizados em 10 cidades sedes do evento: Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Um dos objetivos da campanha é incentivar a comercialização e o consumo de produtos orgânicos e da

agricultura familiar antes, durante e após a Copa de 2014. Além de fomentar a agricultura familiar, promovendo inserção social dos pequenos produtores rurais, essa campanha pretende contribuir para o incremento do comércio de produtos orgânicos, com geração de emprego e renda para centenas de trabalhadores. O projeto é uma iniciativa do governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Ministério do Esporte, em parceria com a Agência de Cooperação Alemã (GIZ), o Programa da Nações Unidades para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Associação Brasil Orgânico e Sustentável (Abrasos). DIVULGAÇÃO

Alimentos orgânicos serão encontrados mais facilmente

C3

Municípios devem adotar práticas sustentáveis Municípios receberão “selo de sustentabilidade” ao adotarem boas práticas com resultados que combatam o desmatamento e fortaleçam a produção rural

DIEGO JANATÃ

Municípios devem comunicar os casos de desmatamentos, além de promoverem práticas voltadas à sustentabilidade

O

Termo de Cooperação Técnica pelo Desenvolvimento Sustentável, celebrado entre o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), foi enviado aos munícipios do Amazonas, para combater o desmatamento e apoiar a produção rural sustentável. O documento solicita a manifestação dos municípios em relação ao termo de cooperação no prazo de 30 dias. “Esse acordo representa a abertura do MPF ao diálogo

com os municípios e com o setor produtivo, para buscar soluções para problemas que são de todos”, afirmou o procurador da República Rafael da Silva Rocha. O termo de cooperação prevê a criação de um “selo de sustentabilidade” para os municípios que aderirem ao programa de redução do desmatamento e regularização da atividade fundiária local, com a estruturação da gestão ambiental do município. Entre as metas a serem alcançadas pela parceria firmada entre o MPF e a SDS estão a

diminuição do desmatamento até o desmatamento ilegal zero; a retirada de municípios da lista dos desmatadores do Ministério do Meio Ambiente; o aumento do número de produtores inscritos no Cadastro Ambiental Rural (CAR); o aumento do manejo e a redução da ilegalidade na exploração madeireira; o apoio à regularização fundiária dos imóveis rurais; e o fortalecimento da gestão ambiental dos municípios. Para atender às finalidades, a SDS deve permitir o acesso e repassar ao MPF

informações sobre o CAR e o licenciamento de atividades rurais; garantir que a nota fiscal e as Guias de Trânsito Animal (GTAs) só sejam emitidas para propriedades rurais devidamente cadastradas no CAR e regularizadas do ponto de vista socioambiental. Os municípios deverão ser estimulados, pela SDS, a desenvolverem iniciativas como a celebração de pacto de controle do desmatamento com as organizações locais de produtores e sociedade civil, a criação de grupos de trabalho, entre outras práticas.


C4

Dia a dia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

TJAM anula condenação de mais de 40 anos de prisão Réu foi acusado de ser mandante de um homicídio ocorrido em 2007, no Careiro Castanho, por desavença com vizinho

A

SHANA REIS/ARQUIVO EM TEMPO

pós ter sido condenado a mais de 40 anos pelo crime de homicídio, tendo como vítima Paulo Youlti Nomura, o industriário Olgaci Oliveira da Cunha, teve o julgamento anulado pelas Câmaras Reunidas do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). A leitura do acórdão que anulava o julgamento do Tribunal do Júri da Comarca do Careiro Castanho (AM), que havia condenado Olgaci, marcada para ontem foi adiada, para a próxima sessão, para que sejam feitos ajustes no texto que será publicado em Diário da Justiça Eletrônico. Familiares do industriário acompanhavam o procedimento, juntamente com o advogado Epitácio da Silva Almeida, No último dia 22, por maioria de votos, os desembargadores anularam o julgamento de 16 de julho de 2008 que condenou o réu a 45 anos e 6 meses e 10 dias de reclusão, pelo crime de homicídio qualificado. Olgaci foi condenado juntamente com Joel Araújo de Souza, sob a alegação de que teria sido o mandante do assassinato de Paulo Nomura, e da tentativa de homicídio de Maria de Nazaré Fernandes e Cecilia Kazue

Fernandes Nomura. O Tribunal do Júri também condenou Joel a 44 anos, 3 meses e 10 dias de reclusão, por ter cometido o homicídio e por lesão corporal à esposa e à filha de Paulo Nomura, conforme o processo nº 023183148.2010.8.04.0001. Após cinco anos cumprindo

PRISÃO

Após praticar o crime Joel foi preso no município de Iranduba, entretanto, o lavramento da prisão em flagrante ocorreu em Manaus, no 5º Distrito Integrado de Polícia, no bairro Santo Antônio Epitácio Pessoa em sua alegação ao TJAM argumentou que um dos envolvidos no crime foi torturado para confessar o assassinato

pena no complexo penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no quilômetro 8, da BR-174 (Manaus – Boa Vista), o autor dos crimes (réu confesso), Joel Araújo de Souza, disse as autoridades que Olgaci não havia participado do crime e nem dado ordens para que o cometesse. Com isso, a defesa entrou com um pedido de revisão criminal, no TJAM.

NORTE-AMERICANO DIVULGAÇÃO

Tortura utilizada para confessar morte Em sustentação oral na sessão das Câmaras Reunidas, no dia 11 de dezembro de 2013, o presidente da Comissão dos Direitos Humanos, da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional

FDN

Suposto integrante é preso

Warren admitiu ter abusado sexualmente de indígenas

Ex-missionário é condenado por pedofilia no AM Um ex-missionário norteamericano que admitiu ter tirado fotos pornográficas de crianças enquanto trabalhava com uma tribo da Amazônia foi condenado nesta terçafeira a 58 anos de prisão nos Estados Unidos. Warren Scott Kennell, de 45 anos, declarouse culpado em setembro de duas acusações de produção de pornografia infantil entre 2008 e 2011. A juíza-chefe distrital, Anne Conway, destacou na sentença que Kennell tinha abusado de sua posição de confiança como missionário, afirmou em comunicado a procuradoria norte-americana em Tampa. Warren, que é de Nova Jersey, admitiu que tinha amizade com as crianças na tribo e que depois abusou sexualmente delas enquanto trabalhava em um projeto da organização Missão Novas Tribos de Sanford, na Flórida. Os investigadores encontraram 940 imagens pornográfi-

cas em um disco rígido externo em sua bagagem quando foi parado e revistado no aeroporto internacional de Orlando em maio. Na ocasião uma operação foi deflagrada em Manaus e em Rio Branco (AC). Segundo os promotores, ele se identificou em uma das fotos como sendo o homem que praticava um ato sexual com uma menina pré-adolescente. “Kennell representa o pior tipo de criminoso, que ataca crianças inocentes”, disse em comunicado a agente especial adjunta encarregada pelo escritório em Tampa do departamento de segurança interna, Shane Folden. A Missão Novas Tribos, localizada ao norte de Orlando, se denomina em seu site como uma organização cristã evangélica focada na implantação de novas igrejas entre as tribos indígenas, que descreve como isoladas da Bíblia por causa da língua e cultura.

O suposto integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN), Erick Guerreiro dos Santos, 19, foi preso na noite de anteontem (28), com uma espingarda esculpida com as iniciais da facção, na rua Jeová Jire, bairro Ouro Verde, na Zona Leste de Manaus. De acordo com os policiais militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o suspeito foi detido em uma motocicleta modelo CG 125, cor vermelha, placa OAI- 6319, no momento em que tentava fugir ao perceber a aproximação dos policiais. Após abordagem e revista ao suposto membro da FDN, os policiais apreenderam a espingarda, com três munições intactas. O acusado chegou a confirmar que faz parte da facção criminosa, e que participou de vários homicídios cometido pela facção criminosa na capital. Levado ao 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro São José, ele foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, e em seguida foi encaminhado à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde ficará à disposição da Justiça.

Amazonas, Epitácio da Silva Almeida relatou o fato envolvendo o detento Joel Araújo de Souza, o qual teria afirmado passar por tortura por parte da polícia para apontar Olgaci como mandante

do crime, por divergências com o vizinho. O relator da revisão criminal nº 400041306.2013.8.04.0000, desembargador Sabino da Silva Marques, votou pela nuli-

dade do julgamento e para que o processo volte à Comarca de origem para uma nova pronúncia e, posteriormente, um novo julgamento. O Ministério Público foi contrário à decisão.

QUADRILHA

Adolescentes praticavam assaltos JUCÉLIO PAIVA Equipe DO AGORA

Um homem foi preso e três adolescentes, sendo dois de 17 anos e outra de 15 anos, todos de classe média, foram apreendidos, suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha de assaltantes que realizaram um roubo a um taxista na noite de anteontem na capital. A Polícia Civil divulgou a foto do líder do grupo identificado como sendo o professor de língua inglesa José Gregório Fabiano Robles de Abreu Vieira, 21, que conseguiu escapar após o crime. De acordo com a delegada titular do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Hosana Andrade, o professor de inglês, com um dos menores de 17 anos, solicitaram uma corrida ao taxista Manoel de Jesus Amaral Cardoso, 49, nas proximidades do Amazonas Shopping, na avenida Djalma Batista, bairro Chapada, Zona Centro-Sul, com destino a avenida Boulevard Álvaro Maia, também na Zona Centro-Sul.

Ao chegarem ao local informado, o adolescente teria sacado um revólver e anunciado o assalto. O taxista contou em depoimento que foi amarrado com um punho de rede e ameaçado de morte com a arma na cabeça. “O taxista conseguiu se soltar e começou a travar luta corporal com os suspeitos, que o jogaram para fora do carro, e empreenderam fuga”, comentou a delegada. Os suspeitos fugiram no carro da vítima, levando a quantia de R$ 270, e um relógio. Os outros suspeitos, identificados como sendo Maurício, o irmão dele de 17 anos e a namorada do adolescente, de 15 anos, que está gravida, deram suporte na fuga dos comparsas no carro da família dos irmãos, um Ecoesport, de cor vermelha, placas OAL 4234, conforme a polícia. A detenção do grupo foi realizada depois que a vítima realizou a perseguição aos suspeitos com a ajuda de um policial militar da Força Tática, que acionaram os policiais da 16ª Companhia Interativa

Comunitária (Cicom), na avenida Belo Horizonte, bairro Adrianópolis, Zona CentroSul. Gregório conseguiu escapar em um micro-ônibus, conforme os policiais. Conforme a titular do 12º DIP, a quadrilha é suspeita de praticar assaltos semelhantes na cidade. O professor de inglês que já responde na Justiça pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e furto qualificado, é investigado de ter participado de um roubo ocorrido ano passado na casa de um médico, de onde teriam levado a quantia de R$ 75 mil. No 12º DIP, Maurício foi autuado pelo crime de roubo, em seguida encaminhado à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, Centro. Já os menores ouvidos e encaminhados a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). A delegada Hosana Andrade divulgou os telefones 36548863 ou 3654-8306, para qualquer informação que possa levar a prisão do professor de inglês José Gregório. REPRODUÇÃO/ ERLON RODRIGUES

Trio de adolescentes, classe média, é suspeito de realizar vários assaltos em Manaus


MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Dia a dia

C5


C6

País

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Motorista falava ao celular quando bateu em passarela O

motorista da carreta que atingiu uma passarela na Linha Amarela, Zona Norte do Rio, na terça-feira, 28, deixando cinco mortos e três feridos, admitiu ontem em depoimento à polícia que estava falando no celular no momento do acidente. Segundo o delegado Fábio Asty, da 44ª DP, responsável pelo caso, Luis Fernando da Costa, 33, disse que conversava com um amigo no momento do impacto e não percebeu que a caçamba estava içada. Para o delegado, a hipótese mais provável é a de falha mecânica - o motorista informou que a caixa de marcha do caminhão foi reparada na semana anterior e, segundo Asty, o içamento da caçamba com o veículo em movimento poderia provocar uma falha grave na carreta. Após ser informado da gravidade do acidente, Costa teria reagido com surpresa e pesar. “Ele disse que falava ao telefone, as investigações apontam para um caso de negligência”, afirmou o delegado. Se confirmada a culpa, ele responderá por cinco homicídios culposos e três lesões corporais culposas - o quarto ferido é o próprio motorista -, quando não há a intenção de matar ou ferir.

DIVULGAÇÃO

De acordo com a polícia, o motorista não percebeu que a caçamba estava içada, pois falava ao celular com um amigo Costa segue internado em um hospital particular em Duque de Caxias, na região metropolitana do Rio. O telefone do motorista também será periciado para confirmar a versão relatada à polícia que deve ouvir ainda o mecânico responsável pelo conserto da carreta. Imagens divulgadas pelo Centro de Operações Rio mostram que a carreta se chocou com a

HIPÓTESES Para o delegado que investiga o caso, a hipótese mais provável é a de falha mecânica, o motorista informou que a caixa de marcha do caminhão foi reparada na semana anterior passarela, que tem cerca de 4,5 metros de altura, porque estava com a caçamba levantada no momento do acidente, derrubando, assim, a estrutura de metal. O acidente ocorreu entre os acessos 4 e 5 da Linha Amarela, em Pilares, e interrompeu o trânsito da Linha Amarela, uma das principais vias de acesso ao centro do Rio.

Delegado Fábio Asty afirma que motorista do caminhão admitiu que falava ao celular no momento do choque com passarela

DIVULGAÇÃO

MONITORAMENTO

Para o MEC, as ações do governo trabalham para ampliar a cobertura do ensino no país

MEC avalia avanços na alfabetização O Ministério da Educação avalia que o Brasil tem obtido avanços na alfabetização e trabalhado para ampliar a cobertura. O 11° Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, divulgado ontem pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), aponta que o compromisso assumido por 164 países, entre eles o Brasil, de melhorar a qualidade da educação até 2015 não será atingido globalmente. Pelo acordo, os países devem expandir cuidados na primeira infância e educação, universalizar o ensino primário, promover as competências de aprendizagem e de vida para jovens e adultos, reduzir o analfabetismo em 50%, alcançar a paridade e igualdade de gênero e melhorar a qualidade da educação. “O analfabetismo, quando você pega toda a faixa etária, é uma meta de grande dificuldade. Pode ser até que no global, a gente não che-

gue aos números, mas vamos chegar com a população mais jovem”, disse o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Cláudio Costa, sobre a meta de reduzir

CUIDADOS

Pelo acordo, os países devem expandir cuidados na primeira infância e educação, universalizar o ensino primário, promover as competências de aprendizagem e de vida para jovens e adultos a taxa de analfabetismo. Conforme o presidente do Inep, o Brasil vai cumprir ao menos quatro das seis metas do acordo. As duas que representam desafios são a da alfabetização e a de expandir a educação na primeira infância. “É preciso recordar que os dados do relatório são de 2011 e o Brasil está caminhando com

celeridade. O trabalho está sendo feito e são metas que vamos perseguir com cada vez mais afinco”, observa. Em relação à educação na primeira infância, ele informou que o atendimento de creches quase dobrou entre 2002 e 2012. Oitava colocação De acordo com o relatório, dez países respondem por 72% da população mundial de adultos analfabetos. O Brasil aparece em oitavo lugar no ranking. Na primeira posição, aparece a Índia, seguida pela China, pelo Paquistão, Bangladesh, Nigéria, Etiópia, Egito, Brasil, Indonésia e República Democrática do Congo. Para Luiz Cláudio, ao analisar a posição do Brasil no ranking é preciso observar que o país é o quinto mais populoso do mundo. “É evidente que qualquer percentual, mesmo que pequeno, que seja reduzido, vai representar um grande contingente”, disse. Ele ressaltou que 98,8% dos adolescentes de 15 anos ou 16 anos estão alfabetizados.

BISPOS

Brasileiros nomeados pelo papa O papa Francisco nomeou o reverendo Estevam Santos Silva Filho bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador e dom Edmilson Amador Caetano para a Diocese de Guarulhos, transferindo-o da Diocese de Barretos, ambas em São Paulo. Atual pároco da Igreja de Nossa Senhora das Candeias, em Vitória da Conquista, cidade baiana onde nasceu em 10 de abril de 1968, dom Estevam foi ordenado sacerdote em 9 de junho de 1995. Ele estudou filosofia em Vitória da Conquista e teologia em Belo Horizonte. Especializou-se em comunicação em Bogotá, disciplina que cursou também em São Paulo. Dom Estevam participou ainda de um curso para diretores espirituais inacianos em Itaici, no interior de São Paulo. Foi diretor espiritual de seminários e desempenhou várias funções em nível arquidiocesano. O novo bispo de Guarulhos nasceu em 20 de abril de 1960 em São Paulo, onde estudou filosofia e teologia. Dom Edmilson obteve licenciatura em liturgia no Pontifício Ateneu Sant’Anselmo, em Roma. Membro da Congregação de São Bernardo da Ordem Cisterciense, ele emitiu a profissão perpétua em 25 de março de 1982, foi ordenado sacerdote em 12 de dezembro de 1985.

FIGUEIREDO

Chanceler vai aos EUA para debater sobre espionagem O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, vai se reunir novamente com a conselheira de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice. Em pauta, as mudanças no monitoramento feito pela Agência de Segurança Nacional (NSA), anunciadas pelo governo norte-americano. O encontro ocorrerá hoje em Washington e está marcado para as 11h, horário local. De acordo com a assessoria de imprensa do Itamaraty, há uma ampla agenda entre Susan Rice e Figueiredo, mas naturalmente o tema da privacidade digital entrará em pauta. No encontro dos dois, em setembro de 2013, Rice classificou as demandas do Brasil de “legítimas”. No último dia 18, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que os serviços de informações não vão mais espionar rotineiramente os países considerados aliados, mas que não vai pedir desculpas pela prática. O governo brasileiro declarou que

o anúncio foi um “primeiro passo” e que vai acompanhar os desdobramentos práticos do discurso. Figueiredo estava em Havana, Cuba, onde participou da 2ª Cúpula da Comunidade dos Estados LatinoAmericanos e Caribenhos (Celac). Ontem, o chanceler brasileiro disse à imprensa em Cuba que não deverá discutir uma nova data para visita da presidente Dilma aos Estados Unidos, que foi cancelada. Além da conselheira, o ministro deve se reunir com o representante de Comércio Internacional dos Estados Unidos, Michael Froman. Em dezembro, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, por unanimidade, o projeto de resolução O Direito à Privacidade na Era Digital, apresentado por Brasil e pela Alemanha como reação às denúncias de espionagem internacional praticada pelos Estados Unidos em meios eletrônicos e digitais. DIVULGAÇÃO

Chanceler terá uma nova chance de ouvir explicações


País

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

C7

Fechar shoppings não é o caminho para acabar ‘rolés’ Ministro Gilberto Carvalho é contra propostas dos lojistas de São Paulo de fechar os shoppings para evitar os “rolezinhos”

O

ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência Gilberto Carvalho afirmou, ontem, que fechar os shoppings “não é o melhor caminho” para enfrentar os “rolezinhos” e que os comerciantes estão dispostos a dialogar. Pela manhã, Carvalho e os ministros Luiza Bairros (Igualdade Racial) e Marta Suplicy (Cultura) se reuniram com representantes dos shoppings centers, por solicitação da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), para tratar do assunto. Segundo o ministro, o segmento se mostrou aberto para o diálogo e não sinalizou vontade de fechar os shoppings para evitar os “rolezinhos”. “Deixamos claro para eles que o governo brasileiro não teme manifestação. Existe a concepção democrática de que as manifestações são naturais e legítimas. Agora, você pode estar preparado, tratando de maneira adequada, cuidando do comportamento do seu segurança e naturalizando os processos, não vendo nisso uma ameaça”, disse Carvalho, ao participar de um evento à noite, em Brasília. O governo federal se comprometeu a participar de uma reunião com representantes

ABR

dos shoppings no próximo dia 25, na qual o setor vai discutir parâmetros para atuação das seguranças internas dos estabelecimentos. “Evidente que eu acho que (fechar os shoppings) não é o caminho, eles não me disseram isso na mesa (que querem fechar os shoppings), é uma postura que agora vai amadurecer e eles vão ver que a melhor coisa é abrir o shopping, vão ter menos prejuízo, vão vender

PROPOSTAS Segundo o ministro Gilberto Carvalho, o segmento dos shoppings se mostrou aberto para o diálogo e não sinalizou vontade de fechar os centros para evitar os “rolezinhos” Ideia do governo é viabilizar propostas a fim de que os grandes centros de compras não proíbam o ingresso dos jovens

muito mais, vão dialogar com a molecada e não vão ter esse problema”, afirmou o ministro. Segundo Carvalho, durante a Copa, o governo federal pretende fazer uma “forte divulgação” das obras de mobilidade urbana “para mostrar o que o Brasil vai ganhar” e dialogar com os segmentos contrários. Essas ações podem ou não surtir o efeito desejado.

BAIXOU O TOM DIVULGAÇÃO

Prefeito de São Paulo voltou atrás e elogiou medidas

Haddad evita críticas às operações na cracolância O prefeito Fernando Haddad (PT) baixou o tom de críticas à ação da Polícia Civil na última quinta-feira, 16, na cracolândia e voltou, na tarde de ontem, a se alinhar publicamente com o governo. Haddad divulgou, ao lado do secretário de Segurança Pública, Fernando Grella, o primeiro balanço do programa da prefeitura na cracolândia e elogiou o trabalho da polícia na região. “A PM vem executando um trabalho permanente e bemsucedido com a prefeitura, usando a inteligência para agir contra o narcotráfico e efetuar prisões em flagrante. Isso só é possível com essa parceria inédita.” Após a divulgação do balanço, Haddad fez uma visita curta à cracolândia, onde conversou com usuários.

Na quinta-feira, a Polícia Civil entrou em confronto com usuários de crack da região, com uso de violência e bombas de efeito moral. A ação foi considerada como “lamentável” por Haddad. De acordo com Grella, o confronto da Polícia Civil com os usuários foi “apenas um incidente”. “O episódio não representa nenhum tipo de dificuldade para as ações em conjunto”, afirma. Segundo o secretário, as ações e investigações de inteligência da polícia continuam na área. “Temos o compromisso de trabalhar em conjunto”, disse. No mês de janeiro foram feitas 100 prisões em flagrante pelas polícias Civil e Militar e foram apreendidos 891 gramas de crack na região.


Mundo

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Obama desafia Congresso, mas pode ter ação limitada

VATICANO

Papa abençoa papagaio em incidente com pombos DAVID LIENEMANN/CASA BRANCA

Presidente americano foi ao Congresso discursar sobre suas propostas para fazer de 2014 “um ano de ação”. Porém, congressistas se sentiram ameaçados

Barack Obama tentou transparecer que suas metas eram a solução para os Estados Unidos, mas podem ser limitadas

N

o discurso em que apresentou seus planos para fazer de 2014 um “ano de ação”, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, demonstrou segurança em seguir trabalhando sem o Congresso, se for preciso, para fazer o país avançar. No entanto, a decisão de privilegiar as chamadas “ordens executivas” (semelhantes às medidas provisórias no Brasil) foi vista como uma manobra, que limitará sua atuação e evidencia a inaptidão de Obama em trabalhar com o Congresso.

Durante todo o discurso do Estado da União, ontem, o presidente convocou os republicanos a se “juntarem” a ele em seus projetos, mas deixou claro que “onde pudesse dar passos sem o Legislativo”, o faria. Engavetadas Em 2013, após um discurso considerado bem mais ambicioso que o de ontem, Obama viu várias de suas propostas serem engavetadas no Congresso, como a de um maior controle da venda de armas no país. Apesar de “driblar o Congresso” ser um caminho

viável diante de uma Câmara com maioria republicana hostil, pouco pode ser feito apenas com a assinatura de Obama. O aumento do salário mínimo defendido por ele, por exemplo, só poderá ser feito, com ordem executiva, para prestadores de serviço do governo. Reordenar gastos, aprovar uma reforma migratória ou mesmo fazer ajustes necessários no seu plano de saúde só será possível com o apoio do Legislativo. Parte da oposição recebeu a intenção de “driblar” o Congresso como uma “ameaça”. “É, certamente, uma posição

arrogante”, disse o senador republicano Rand Paul, pelo Kentucky, um dos nomes do partido cotados para disputar a Presidência em 2016. De quem é a culpa “É evidente que o presidente está querendo culpar antecipadamente o Congresso pela inação”, observou o estrategista republicano Ron Bonjean. O discurso foi avaliado como positivo por 76% dos americanos que o assistiram, segundo uma pesquisa conduzida pela CNN. O resultado foi o mesmo do ano anterior.

Não foi culpa dele, mas ficou feio: no domingo, uma das pombas brancas soltas pelo papa Francisco e por duas crianças no Vaticano, o objetivo era transmitir uma mensagem de paz para a atualmente turbulenta Ucrânia, foi atacada por um corvo e uma gaivota. Desta vez, a interação do pontífice com os pássaros foi mais amigável: o papagaio Amore repousou por alguns segundos sobre a mão esquerda de Francisco sem qualquer ameaça aparente no entorno. “Juro que por um momento pensei que vinham a gaivota e o corvo terminar o que começaram”, brincou no Twitter o jornalista italiano Marco Rizzo. O encontro ocorreu durante a audiência geral que Francisco conduz às quartas-feiras no Vaticano. A ave foi abençoada e, segundo seu dono, Francesco Lombar-

di, repetia a palavra “papa” entoada pela multidão. Segundo a agência italiana Ansa, Lombardi já foi stripper. Acompanhado da mulher e das duas filhas, afirmou estar apaixonado pelo papa, que, segundo ele, chamou o papagaio de “belíssimo presente da natureza”. “Foi um encontro divertido, de um lado o sagrado e de outro o profano”, disse. Aliás, sou campeão mundial de strip-tease e vou estrelar o próximo filme de Tinto Brass (diretor italiano conhecido pelas produções eróticas). A bênção ao papagaio Amore foi o mais recente episódio de quebra de protocolo e aproximação com o público protagonizado por Francisco. Seu estilo levou a edição americana da revista “Rolling Stone” a colocá-lo na capa de seu número mais recente e falar na “suave revolução” do papa. AP

C8

Francisco abençoa papagaio trazido ao papa por um fiel


Caderno D

Plateia MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

plateia@emtempo.com.br

DIVULGAÇÃO

Chiclete com Banana e Latino tem ‘esquenta’ (92) 3090-1042

Plateia 3

Cinquenta anos de poesia ‘buarquiana’

BRUNO MAZIERI Especial EM TEMPO

E

ste ano duas importantes datas marcam a vida do cantor e compositor carioca Chico Buarque de Hollanda. Primeiro que no dia 19 de junho ele completa 70 anos de idade e, além disso, celebra 50 anos de carreira, tendo estreado no mundo das artes com a canção “Tem Mais Samba”, que esteve presente na trilha sonora do musical “Balanço de Orfeu”, em 1964, e mais tarde, em 1966, compôs seu primeiro LP. Conquistando cada vez mais público dentro e fora do país – vale ressaltar não apenas por sua poesia repleta de romantismo, mas também pelos seus olhos azuis, no caso das mulheres –, Chico Buarque possui uma legião de fãs no Norte do país. Dentre eles, está a funcionária pública Karla Colares. “Comecei a gostar do trabalho dele quando passei a me ver como mulher aos meus 22 anos. Já conhecia algumas coisas feitas pelo Chico, mas nada aprofundado. Até que um amigo me levou para esse caminho e passei a comprar livros, CDs, LPs e confesso que hoje, sou bem mais fã que ele”, conta. Frequentadora assídua do Rio de Janeiro – onde inclusive ela estava ao conceder esta entrevista –, Karla teve a oportunidade de assistir ao primeiro show do cantor em 2006, dentro da turnê “Carioca”. “Estava no Rio para um curso na Cândido Mendes (universidade) e soube dessa apresentação dele. Entrei na fila, comprei o ingresso e fui. Acho que o momento mais emocionante foi vê-lo entrar no palco. Fiquei tão em choque que continuei em pé, mesmo depois que todos estavam sentados, e fiquei ali, chorando, sem nem ouvir a reclamação dos outros que também estavam ali para vê-lo”, comenta. Como a tradição manda, após o show o cantor convida as pessoas próximas a irem até a frente do palco, mas Karla estava relativamente longe dele. Foi então que decidiu “chorar” ao segurança para permitir que ela passasse para outra área. “Cheguei nele e falei: ‘Moço, vim do Amazonas para ver o Chico! Por favor, deixa eu passar’”. E ele prontamente permitiu que eu entrasse. E foi algo incrível porque até aquele momento era uma utopia ir para uma apresentação dele, já que não é algo frequen-

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Comemorando 70 anos de idade e mais meio século de carreira, Chico Buarque continua cativando seus fãs te”. Tiete, sim! Porém, a saga não termina por aí. Em 2012, durante o Amazonas Film Festival (AFF), a tiete – como ela mesma faz questão de se intitular, pois acredita que é muito mais que fã – conheceu o ator Antônio Pitanga que joga bola juntamente com o cantor no campo do Polytheama. “Cheguei nele e falei que era apaixonada pelo Chico. Ele disse que o dia que estivesse no Rio que poderia ligar que ele me levaria até ele”, disse. Não demorou muito tempo até Karla desembarcar na Cidade Maravilhosa, ligar para Pitanga e ir até o encontro de Chico Buarque. “O mais incrível foi que chegamos ao mesmo tempo que ele. Ele estacionou bem próximo de nós. Nossa, fiquei muito nervosa, não estava preparada para aquilo. O Pitanga o chamou e disse: ‘Olha, tem uma manauense aqui louca para te conhecer’. Ele veio, me deu um abraço e permaneci um bom tempo agarrada nele”, lembra. Em seguida, ela pediu para que o cantor autografasse seu primeiro LP, de 1966, no qual ele escreveu: “Um beijo do jovem Chico”, fazendo alusão a sua foto na capa. A funcionária pública acredita que a fácil transição dele por diversas gerações é justamente pelo fato de entender sobre as mulheres. “Nos shows o que mais podemos ver são adolescentes, pois é sabe como ninguém decifrar o nosso lado B, nos entender”. E destaca sua importância para música brasileira. “Ele foi importante em diversos momentos para o Brasil, se respeita enquanto música e, acima de tudo, respeita o seu público”, disse.

A amazonense Karla Colares é uma das fãs incodicionais de Chico: coleciona discos, livros e frequenta shows do cantor

‘Ele é um mestre’, diz Queiroz

Para o cantor local Serginho Queiroz, Chico Buarque é um compositor completo por passear por diversos estilos

Uma das vozes mais conhecidas da noite manauense, o cantor Serginho Queiroz é um desses fãs inveterados de Chico Buarque. Responsável por interpretar inúmeros sucessos do compositor carioca, o artista teve seu primeiro contato com a obra dele quando ganhou o LP “Ópera do Malandro” de uma amiga. “Quando me deparei com o “O Meu Amor”, fiquei encantado com o trabalho dele”, conta. Segundo Queiroz, o compositor é completo. “Ele consegue compor músicas românticas, sambas, marchinhas e tudo isso com o mesmo talento, a mesma competência”. Além disso, o

músico ressalta a sensibilidade Buarque para compor no feminino. “Ele é um eterno amante das mulheres, sabe como ninguém entendê-las. Talvez daí venha sua facilidade de cantar as belezas e os desejos femininos”, completando que uma de suas maiores interpretes é, sem dúvida, Maria Bethânia. O cantor adianta que pretende, juntamente com Márcia Siqueira, realizar um especial Chico Buarque, mas somente no segundo semestre. “Neste primeiro momento eu e ela (Márcia) estamos com outros trabalhos e ocupados, mas a data não passará em branco. O público local pode esperar novidades”, finaliza. ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

DESTAQUE:

Chico Buarque completa 70 anos em junho e 50 anos de carreira

Entre os diversos eventos comemorativos está o espetáculo “Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos”, no Teatro Clara Nunes, Rio de Janeiro. A direção da montagem é assinada pelos diretores Charles Möeller e Claudio Botelho

Acima, a “tiete” Karla Colares no treino de futebol do ídolo, no Rio de Janeiro


D2

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

>> Confete

>> Novas estruturas . A reforma e a ampliação do Abrigo Moacyr Alves, localizado no bairro Alvorada 1, devem melhorar o atendimento de mais de 50 internos e irão proporcionar a oferta de diversos serviços para a comunidade. . Isso será possível devido à inauguração das novas instalações da entidade, realizada ontem, pelo Fundo de Promoção Social (FPS) do governo do Amazonas. . A instituição conta com uma área ampliada de 1.360 m2. Os benefícios fazem parte do convênio entre o governo estadual e a entidade, no valor de R$ 564,9 mil. A presidente do Fundo de Promoção Social e primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, enfatizou a importância da ampliação. “É um benefício que vai proporcionar mais qualidade nas atividades dessa instituição, que realiza um trabalho importante e acolhedor em nossa cidade. Essa é a missão do Fundo de Promoção Social, que é sempre colaborar para a melhoria de vida das famílias que mais precisam em nosso Estado”, comentou.

Fernando Coelho Jr. fernando.emtempo@hotmail.com - www.conteudochic.com.br

>> Ziriguidum . O Hotel Caesar Business está se preparando para reabrir sua temporada de feijoadas aos sábados. . E a primeira edição deste ano será no próximo sábado. No palco, Grupo Kuca Fresca agitando a tarde e a Bateria da Escola de Samba Vitória Régia. Começa a temporada pré-carnavalesca da cidade.

>> Esporte . Manaus se prepara para receber um dos maiores eventos de arte marcial da América Latina.

No Bandeirão já é Carnaval: máscaras e acessórios da temporada de Momo já estão nas prateleiras da casa. Vale conferir

>> Feijoada chic A chic Maria do Carmo e Wellington Lins de Albuquerque comparecendo em festa high society

. Trata-se do Bitetti Combat 19, que acontecerá na próxima semana, quintafeira (6), no Ginásio do Tropical Hotel, a partir das 19h.

Paulo e Giulieta Carvalho durante evento alto astral em pista estrelada da cidade

. Será no dia 22 de fevereiro, no palácio dos eventos – o Diamond Convention Center – a badaladíssima feijoada anual de Carnaval que esta coluna assinará, em sua 15ª edição. . É uma ‘feijoada boutique’, o que é isso? Uma feijoada chic, exclusiva para gente bonita, perfumada, educada, bacana, animada e descolada. Vai nessa? Então, o info-line é 9114-1722 ou 8118-9717.

. Ronys Torres, Gilmar Manaus e Fábio Saci são alguns dos nomes que compõem o card das lutas. O evento é apoiado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), contará com sete lutas preliminares e cinco principais, além da defesa do cinturão dos médios, entre o atual detentor Paulo Filho e André Muniz “Sergipano”. Outra disputa acirrada será entre o amazonense Erick Silva e Andrézinho Nogueira, que brigam pelo cinturão dos pesos leves.

. O convite é uma linda e moderna t-shirt. Agendem

>> Preciosidades Reluzente conjunto de brincos em ouro 18 quilates com tanzanitas, esmeraldas e brilhantes acompanhado de anel com esmeralda e brilhantes da Gold Design. Puro luxo, sofisticação e bom gosto

SAMBA DIVULGAÇÃO

Intérprete Neguinho da Beija-Flor e convidados fazem show na quadra da Aparecida

Neguinho em Manaus no domingo A Mocidade Independente de Aparecida não para de surpreender. Depois de uma série de novidades, a Escola ultrapassa as fronteiras do Norte e comemora o sucesso do projeto “Aparecida Convida” com a presença do intérprete carioca Neguinho da Beija-Flor. A festa é neste domingo, na quadra da agremiação (localizada na rua Ramos Ferreira, 102 – bairro de Aparecida). De acordo com o idealizador do projeto, o diretor geral da Aparecida, Fabrício Nascimento, o grupo Sambaki abre à noite a partir das 18h e os músicos da banda Cacildes encerram a programação. A partir das 20h, é a hora da melhor bateria do Amazonas se apresentar e receber o Grêmio Recreativo Escola de Samba Beija-Flor. “Os ensaios de domingo já caíram na graça do público que gosta de samba”, destaca.

Para o presidente da agremiação, Luiz Pacheco, a Aparecida tem se esforçado para oferecer um serviço de qualidade. Em ambiente climatizado, com equipe capacitada de seguranças, estacionamento privativo e bares e banheiros estratégicos, a tendência é que a festa cresça a cada semana. “Essa evolução é fruto de muito trabalho em equipe e é para isso que trabalhamos o ano inteiro”, orgulha-se. Os ingressos de pista custam R$ 10 e o lugar no camarote é R$ 30. Para aqueles que preferem ficar pertinho do palco – que funciona com visão de 360º -, a melhor opção é a mesa, que sai por R$ 70 com quatro lugares. Além de numeradas, esta última conta com serviço de bar diferenciado, com cardápio de petiscos e garçonetes exclusivas. A venda antecipada de mesas é realizada no Bute-

quim da Pareca (localizado na quadra da Escola), a partir das 18h. Ensaios Os ensaios de rua já estão sendo realizados em frente a quadra da escola de quarta a sexta-feira, sempre a partir das 20h. Os intérpretes e os batuqueiros dão uma prévia do repertório que será apresentado à comunidade neste domingo. Além do samba de enredo 2014 – batizado de “Centro de Amor, Centro de Vida: História e Alma de Um Povo” – a Universidade do Ritmo homenageia títulos passados e agremiações cariocas como Salgueiro e Grande Rio. Além dos ensaios de rua durante a semana e dentro da quadra aos domingos, a escola realizará uma feijoada. A festa está marcada para o dia 8 de fevereiro, a partir do meio-dia, na quadra da Aparecida.


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

D3

‘Esquenta’ para Latino e ‘Chiclete’ tem edição hoje Agora todas as quintas-feiras, o bar Buteko da Piscina, no Vieiralves aquecerá o público para o show do próximo dia 16 SERVIÇO CHICLETE COM BANANA E LATINO Quando: 16 de fevereiro (domingo), a partir das 17h

C

om chope liberado de 19h às 21h, o esquenta oficial da banda baiana Chiclete com Banana e do funkeiro carioca Latino terá dia e endereço certo: à s

Onde: Diamond Convention Center – avenida do Turismo, Tarumã

Pontos de Óticas Veja, Asya Venda: Fashion (Shopping Uai), bar Chopp Brahma (avenida André Araújo, Aleixo) e stand da Fábrica de Eventos (Amazonas Shopping – 2º piso) Informa- 3303-0100 / www. ções: fabricaingressos.com

DIVULGAÇÃO

Ingressos: Pista – R$ 50 Camarote VIP – R$ 180 (2x no cartão) com open bar até as 23h (chope Brahma, caipirinha, caipiroska, água e refrigerante).

quintas-feiras, no Buketo da Piscina, na rua Acre, Vieiralves. Na estreia do evento na casa estão confirmados os shows de Vagner Martins, Nelly Miranda e Luigi Zonny. Já o show do Chiclete com Banana e Latino, promovido pela Fábrica de Eventos, será no dia 16 de fevereiro, no Diamond Convention Center, na avenida do Turismo. Conhecido pela pegada sertaneja, Vagner Martins irá fazer uma mistura de ritmos e preparar o público para a chegada do Carnaval com muito Chiclete com Banana. Em seguida, por volta de

Luigi Zoony é uma das atrações do esquenta de hoje

22h, será a vez de Nelly Miranda emprestar seu talento feminino ao esquenta. A cantora irá mesclar samba, axé music e outros ritmos em um repertório que promete agradar ao público. O encerramento da noite ficará por conta do cantor Luigi Zonny. Representante do arrocha e do sertanejo universitário, o cantor irá incorporar ao repertório, hits baianos para colocar o público desde já em ritmo de Carnaval. Segundo o produtor do Buteko da Piscina, Hans Young, no intervalo entre as atrações, um DJ irá animar o público, sobretudo, com músicas do cantor Latino, outra atração do sunset da Fábrica de Eventos. “Como é característica em todos esquentas, nossas atrações irão cantar alguns dos sucessos das bandas que farão o show em Manaus, além contemplar outros ritmos musicais”, afirma. Durante os esquentas serão sorteados vários brindes, camisetas promocionais e ingressos para os shows de Chiclete com Banana e Latino. Os esquentas têm entrada gratuita, sendo cobrado, no entanto, couvert artístico no valor de R$ 20 e

mais a consumação. Ações promocionais A segunda blitz do Chiclete com Banana e Latino acontece nesta quinta-feira (30), das 17h às 19h, no posto BOBs - Bandeira Shell – na avenida Djalma Batista. Passando pelo local, o motorista adesiva o carro e concorre a ingressos para os shows das atrações nacionais. “Após adesivar o carro, o participante preenche um cadastro com nome completo, número de telefone e a placa do carro que foi adesivado”, explica Kil Menezes, responsável pelas ações promocionais da Fábrica de Eventos. Ainda na blitz, os fãs ganham um CD promocional com músicas do Chiclete e Latino e ainda podem fazer tatuagens com a Narrila Tatto Henna, mas, nesse caso, serão limitadas a uma pessoa a cada edição da blitz. Outro atrativo são os copos long drink do Chiclete com Banana. Para levar o brinde para casa, basta tirar uma foto na blitz e postar nas redes sociais com as legendas: “se tem Chiclete eu to lá” e “eu vou dizer que valeu”. As fotos mais curtidas, o autor leva o copo e ainda concorre a uma camiseta.

SERVIÇO ESQUENTA CHICLETE COM BANANA E LATINO Quando: Hoje, a partir de 19h Onde: Buteko da Piscina - rua Acre, 366 – Vieiralves Quanto: R$ 20

SERVIÇO BLITZ DO CHICLETE COM BANANA E LATINO Quando: Quinta, 30/1 Onde: Posto BOBs - bandeira Shell (avenida Djalma Batista - Próximo a entrada para o conjunto Eldorado) Horário: Das 17h às 19h Quanto: Gratuito


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Oscar terá homenagem ao filme ‘O Mágico de Oz’

FOTOS: REPRODUÇÃO

D4

Realizado no dia 2 de março, filme de Victor Fleming será lembrado na cerimônia de maior premiação do cinema

O longa foi indicado a seis categorias em 1939

ram os produtores. “O Mágico de Oz” foi indicado a seis categorias da premiação da Academia de Hollywood em 1939 e ganhou como melhor trilha original e melhor música original. Na categoria de melhor filme, perdeu para “E o Vento Levou”. Além da homenagem ao legado de heróis reais do cinema, assim como heróis populares, de animação e nascidos nas páginas das histórias em quadrinhos, a cerimônia conta com apresentação da comediante Ellen DeGeneres, que prometeu grandes números musicais. Transmissão Marcado para o dia 2 de

março, domingo de Carnaval, o Oscar, maior premiação do cinema norte-americano, não será transmitido ao vivo pela Globo como acontece tradicionalmente. A emissora exibirá na segunda um especial chamado “Show do Oscar”, dirigido por Luiz Gleiser, responsável pelo programa “Sai do Chão” e pelo “Criança Esperança”, entre outros, e comandado por Fernanda Lima. A apresentadora tem ganhado espaço na emissora depois da repercussão internacional nos sorteios da Copa. A Globo não confirma se transmitirá flashes da premiação durante o domingo nem informa o horário do progra-

ma na segunda-feira. O canal de TV paga TNT transmitirá a premiação ao vivo no dia 2 de março. Nos EUA, a premiação será transmitida pela rede NBC e a humorista e apresentadora de TV Ellen DeGeneres comanda a premiação. Os indicados a melhor filme são “Gravidade”, de Alfonso Cuarón, “12 Anos de Escravidão”, de Steve McQueen, “Trapaça”, de David O. Russell, “Capitão Phillips”, de Paul Greengrass; “Ela”, de Spike Jonze; “Nebraska”, de Alexander Payne; “O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese; “Clube de Compras Dallas”, de JeanMarc Vallée; e “Philomena”, de Stephen Frears.

GRATUITO

LAPPA

Quinta-feira de samba rock

DIVULGAÇÃO

O Lappa Bar (Vieiralves) segue com sua programação diferenciada nesta quintafeira, a partir das 19h. Trata-

se da “Quinta Samba Rock”, que contará com a presença do grupo amazonense Três É Demais e o cantor Adriano Arcanjo que estará d e vidamente acompanhado da banda da Nasa e nos intervalos o público poderá conferir o DJ Daniel Barreto comandando as picapes. A noite conta, ainda, com a promoção do chope Brahma libe-

SERVIÇO QUINTA SAMBA ROCK

Adriano Arcanjo se apresenta hoje com a banda Nasa

Na Globo, Fernanda Lima apresenta os vencedores

Quando: Hoje, às 19h Onde: Lappa Bar (rua Rio Mar, 98, Vieiralves) Ingressos: R$ 20 e mulher não paga até meia-noite

rado do início da festa até as 21h e as mulheres não pagam até meia-noite. Um dos responsáveis pela animação do local, Adriano Arcanjo, adianta que o seu show, de aproximadamente duas horas e meia, contará com diversos sucessos repaginados. “Temos a característica de fazer uma viagem cronológica na Música Popular Brasileira. Dividimos nossa apresentação em blocos, onde o público que estará no Lappa pouco vai perceber a época certa de cada música devido à nova roupagem que gostamos de fazer”, explica. O cantor explica que em um bloco consegue reunir uma composição do Gonzaguinha, seguida de Sandra de Sá e Lenine, por exemplo. “Mas é claro que não paramos por aí. Também gostamos de incluir nomes mais “recentes” da MPB como Simoninha – filho do famoso Wilson Simonal –, Luciana Mello – filha de Jair Rodrigues –, Max de Castro e Gabriel Moura, que é um dos parceiros de composição do Seu Jorge. Quer dizer, queremos reunir o máximo de artistas e compositores nacionais que fazem a diferença”, explica. Arcanjo, que estará acompanhado de quatro

músicos da banda da Nasa, é conhecido por conseguir reunir um público fiel nas suas apresentações. Ele acredita que boa parte disso se deve ao estilo de sua apresentação. “Na verdade, gostamos de tocar aquilo que ouvimos constantemente. Além disso, existe uma troca de energia muito bacana quando estamos no palco e creio que o público goste disso”, conta ele completando que, quem for a “Quinta Samba Rock”, poderá conferir muita música para cima e contagiante. “O brasileiro possui essas características e queremos forçá-las por meio da música”. Carioca Já na sexta-feira, dia 31, o Lappa Bar realiza a “Sexta Carioca”. O local, que começa a funcionar a partir das 18h, terá como atrações a cantora cearense Tayna Pimentel que, recentemente lançou um novo CD homônimo; o cantor amazonense Ângelo Márcio, levando o melhor do samba e pagode nacional e; finalizando a noite quem subirá ao palco da casa é a banda Calçada do Samba. Vale ressaltar que o couvert só será cobrado a partir das 20h.

Espetáculo dedicado ao ‘Guerra nas Estrelas’ é hoje Com ingressos para a plateia esgotados há mais de duas semanas, restam apenas os outros locais do Teatro Amazonas para quem quiser assistir, hoje, ao o espetáculo “Música no Espaço”, com repertório dedicado a composições relacionadas com o Universo e temas de filmes de ficção científica, entre eles Guerra nas Estrelas. A apresentação, que faz parta da Série Guaraná será feita pela Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas sob regência do maestro Marcelo de Jesus. Parte do repertório é dedicado a composições de clássicos como “Assim falava Zaratustra”, de Richard Strauss – mundialmente conhecida na trilha sonora antológica do filme “2001, Uma Odisseia no Espaço” de Stanley Kubrick e a “Star Wars Suite”, composta por John Williams para a série de filmes Guerra nas Estrelas

e na qual se destaca a inesquecível “The Imperial March (Darth Vader’s Theme)”. Os portões serão abertos 30 minutos antes do início. Os camarotes do 1º, 2º e 3º pavimentos são gratuitos e preenchidos por ordem de chegada.

SERVIÇO ESPETÁCULO ‘MÚSICA NO ESPAÇO’ – SÉRIE GUARANÁ

Quando: Hoje, às 20h Onde: Teatro Amazonas, Centro Plateia esgostaQuanto: da; demais locais com entrada grauita DIVULGAÇÃO

O

Oscar, premiação da Academia de Hollywood que acontece em 2 de março, fará uma homenagem aos 75 anos do filme “O Mágico de Oz”, dirigido por Victor Fleming e protagonizado por Judy Garland. Os produtores da 86ª edição do evento, Craig Zadan e Neil Meron, não deram detalhes sobre como será o tributo. Os dois são os mesmos que divulgaram que a premiação deste ano fará homenagem aos heróis do cinema. “Estamos muito satisfeitos por celebrar o aniversário de um dos filmes mais amados de todos os tempos no Oscar deste ano”, disse-

A apresentação terá regência do maestro Marcelo de Jesus


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

D5

Canal 1 plateia@emtempo.com.br

Bate-rebate

TV Tudo Filet Mignon Substituição nos comerciais da Friboi: depois de vários trabalhos seguidos, Tony Ramos vai sair de cena para dar lugar a Roberto Carlos. Foi tudo praticamente acertado nos últimos dias. Faltam apenas alguns pequenos detalhes. Esqueceu da vida Os trabalhos da “Praça” foram retomados, terça-feira, no SBT, com a presença de todo o elenco... ou quase. Cadê o Porpetone? Liga daqui e dali, até que localizaram o homem. Ainda em viagem nos Estados Unidos, ele esqueceu da gravação. Só vai aparecer na semana que vem. Reconhecimento do terreno Já na condição de novo apresentador do “Agora é Tarde”, Rafinha Bastos passeou pela Bandeirantes na tarde de terça-feira. O encontro mais demorado foi com o dono, Johnny Saad. Os dois conversaram e riram por algum tempo. Rafinha, como novidade, agora está sem barba. Dupla formada Monalisa Perrone e Chico Pinheiro, os dois estreando nas funções, serão

GLOBO

Especial nos EUA Outra grande novidade do RC para os próximos tempos, é o seu especial de dezembro na Globo. Ao contrário do que normalmente acontece, o programa será realizado fora do Brasil. A ideia é gravar em Las Vegas. O assunto está sob os cuidados do diretor Jayme Monjardim. os narradores da TV Globo nos desfiles das escolas de São Paulo. Transmissão no dia 28 de fevereiro, com direção geral do Boninho. Próxima das sete Marcello Airoldi, após sequência de trabalhos no teatro e cinema, vai voltar às novelas. Está certa a sua escalação em “Geração Brasil”, de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, substituta de “Além do Ho-

rizonte” na Globo. Tripé O novo formato do “Domingo da Gente”, que entrará no ar em março, sempre ao vivo, vai apostar no tripé Jornalismo, Convidados e Musicais. É esse o modelo de programa que o diretor Virgílio Abranches irá anunciar hoje para assessores e profissionais de gravadoras. Expediente Serginho Groisman volta hoje aos estúdios da TV Globo - São Paulo para fazer a primeira gravação do ano do seu “Altas Horas”. A dupla Zezé di Camargo e Luciano, e Caetano Veloso estão entre os convidados. Gravação esta que já entra no ar neste próximo sábado. Blindagem Estão previstas para hoje, no Projac, as gravações das cenas decisivas do último capítulo de “Amor à Vida”. E por cenas decisivas entenda-se as que envolvem as participações de Antonio Fagundes e Mateus Solano. Haverá todo um esquema montado, inclusive na parte da distribuição do texto, para evitar vazamentos.

Resumo das novelas

• Na segunda-feira, às 21h, no “A Última Palavra”, do Fox Sports, Renato Maurício Prado terá como convidado Mauro Beting, novo contratado da casa. • Luciano do Valle, depois de superar uma fase mais difícil, está novamente em boa forma nas transmissões esportivas da Band. • Beetto Saad, Márcio Spimpolo e Edu Mainardi, entre outros, gravaram o último piloto de um novo programa, ainda sem título, para a Jovem Pan 2. Estreia prevista para fevereiro, inicialmente com apresentações às segundas e quartas feiras, das 17h às 19h. • Direção da Rede TV! estuda novos ajustes na sua grade. O problema é que os horários vendidos, em quantidade bem razoável, limitam demais.

Linha cruzada Já de algum tempo Tatá Werneck vem divulgando que será repórter especial do “Caldeirão do Huck” durante a Copa do Mundo. Algo que a Globo e o diretor Boninho até agora, pelo menos, não confirmam.

Flávio Ricco Colaboração: José Carlos Nery

C’est fini O “Cinema Nacional”, da Globo, vai exibir nos dias 25, 26 e 27, respectivamente, “Família Vende Tudo”, com Lima Duarte e Vera Holtz; “Paraísos Artificiais”, com Nathalia Dill; e “E aí...Comeu?!, com Bruno Mazzeo. A Net alterou a ordem de praticamente todos os canais tentando facilitar a vida do assinante. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Carmen Novoa Silva E-mail: novoasilva@yahoo.com.br

‘Manáos-do-Amazonas’ Hernandez é levado pela polícia e pede para Ben cuidar de Tita. Flaviana se desespera ao constatar que seus pais fugiram. Caetano comemora a prisão de Hernandez, e Zelândia se incomoda. Os vizinhos ofendem Flaviana, que é acolhida por Sofia e segue para o casarão. Ben pensa em procurar Abelardo para ajudar Hernandez. Serguei sugere que Flaviana more no salão e ela chora, deprimida. Virgílio afirma a Raíssa que ela na verdade quer ter um filho com João Luiz. Luiza acusa Caetano de ser o responsável pela prisão de Hernandez e pensa em convencer seu pai a denunciar o falso empresário.

A emissora não divulgou o capítulo.

Ernest pede perdão aos filhos, que ficam chocados com a história. Manfred avisa ao delegado que Franz está no cortiço. Ernest afirma que descobrirá as provas que provam a inocência de Franz no acidente de Sílvia. Valter pede a Décio que não revele a Davi que ele foi contratado a pedido de Aurora. Ernest finge para Manfred que quer ficar ao seu lado. Manfred arruma o quarto do pai e, aturdido, vê pela janela Silvia parada no portão da mansão.

Clarita diz para Beto que está namorando um garoto chamado Francis. Tudo para fazer ciúmes nele. Carol conta para o irmão, Beto, que viu Maria Cecilia e Junior se beijando. Matilde decide se vingar das chiquititas ao anoitecer. Ela manda que todos vão até a sala para fazer 50 flexões. Mosca, Pata, Mili e Bia se negam a cumprir o castigo. Matilde libera os demais e ordena que os quatro fiquem ajoelhados no milho até não aguentarem de tanta dor e choro. Após algum tempo Chico aparece e interrompe o castigo. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que não sabe o que lhe aconteceu para fazer isso.

Celina percebe o olhar de LC para William. LC manda o livreiro seguir William. Vitória é colocada na máquina da felicidade. William reconhece o livreiro em suas fotos. LC consegue a transferência de Hermes e Tereza para uma penitenciária. William, Celina, Guto e Jéssica chegam ao local onde ficava a livraria. Lili encontra Vitória na Comunidade e estranha seu comportamento. Marlon fica confuso sobre seus sentimentos por Lili. Marcelo grava uma confissão de Rose. Kléber chega ao Rio de Janeiro, e LC lhe entrega o endereço de William.

Téo mostra a Miguel uma caixa com aranhas, diz que os integrantes da Seita o obrigaram a colocar a mão na caixa para pegar uma chave e agora precisa esperar que lhe digam qual é o próximo passo. Ele diz também que se sente mais seguro tendo Roberta ao seu lado. Franco diz a Mia que sua mãe abandonou tudo para se casar com ele para ficarem imensamente felizes quando ela nasceu. Mas, Marina se transformou numa mulher triste e decidiu partir em busca da realização de seus sonhos.

O título deste artigo é de autoria do professor e membro da Academia Amazonense de Letras, Samuel Benchimol. Assim intitulou seu livro de memória empresarial editado em 1994. Dessa forma o denominou, porque então existiam as cidades-capitais: Belém do Pará, Salvador da Bahia... Nossa terra era assim cognominada porque estava a serviço do Estado do Amazonas. A capital, Manáos, existia em toda sua pujança em função das cidades interioranas e sua produtividade econômica. No resgate historial a que me propus na crônica anterior, falei na mudança de hábitos de Manaus quando recebeu o que em teologia chama-se de “Ruah de Yavé”, o sopro de Deus que insuflou a vida (embora efêmera) de 1944 a 1945, ao ambiente citadino. Constituiuse no contingente norte-americano que aqui deixou sua tecnologia a trabalho da extração da borracha para uso bélico na 2ª Guerra Mundial. De 1945 aos anos 50, as feições arquitetônicas das casas de Manaus passaram a imitar a “way of life” dos EUA. Proliferaram os bangalôs similares aos de Palm Bech (Miami). A avenida Getúlio Vargas demonstrou essa euforia da população, na construção dessas residências em série. Um magismo um tanto hollywoodiano de ser e por vezes no estilo excêntrico como a casa “Cai-Cai” assim apelidada pela fachada inclinada passando a impressão que estava caindo. O “Bolo Confeitado” na avenida Joaquim Nabuco, é outra casa que persiste em sua originalidade, como patrimônio cultural até os dias de hoje. Nos anos 60, foi a vez do deslumbramento ocorrido pela inauguração da nova capital do Brasil. Brasília, projeto concretizado do presidente Juscelino Kubitschek, influiu com arquitetura futurística nas mansões de muitos manauenses. Na avenida Sete de Setembro existe uma com a fachada a imitar o Palácio da Alvorada e o prédio chamado de “Alvoradinha”, construído no parque aquático do Rio Negro Clube. E Anibal Beça já começava a perguntar nos anos 70: “Onde estão nossos quintais?” Aqueles imensos terrenos atrás de cada

casa, plenos de árvores frutíferas. Onde estão os biribás, as pitombas, sorvas, mangas, pupunhas, tucumãs, abricós, jacas, ingás, jambos? Onde estão as frutas que faziam a alegria da criançada e o ar bem mais respirável e refrescante? Pergunto eu agora: Onde estão as vilas de Manaus? As dezenas que Manaus abrigava com as características europeias a emprestar certo conforto financeiro aos proprietários (geralmente portugueses), que as alugavam a preços módicos naqueles tempos estoicos, mas pacíficos. Villa Baependi, Perseveranda, Flacy, Carmen, Milu, Georgete... e por último registro, como arquétipo de todas elas, a Villa Ninita. Esta abriga, agora, a Secretaria de Cultura do Amazonas. A Ninita, preservada com carinho extremo, representa os batimentos cardíacos de uma época. Usa a sístole e a diástole do poder afetivo e bombeia às novas gerações o sangue daquela “Manáosdo-Amazonas de que falava Samuel Benchimol. Esta, capital e cidade, a criar os homens-raízes. Com suas ousadias industriais e empresariais. Em tempos de negatividade. Como as raízes, desafiavam a escuridão da terra à procura do húmus que alimentaria e formaria a base da hoje potente Federação da Indústria do Estado do Amazonas. Alguns deles ainda vivos, podem testemunhar a robusta árvore que se tornou a instituição fundada para a defesa de nossos interesses econômicos. E sobretudo, dar voz em nível nacional e internacional aos que não a possuem. Os homens-raízes das entidades industriais, na solitude de tempos sombrios, ousaram. Hoje podem vivenciar que na árvore frondosa, pássaros cantam e fazem ninhos em seus ramos. Notem bem: tudo isso antes do advento da Zona Franca, dita como 2ª fase do ouro do Amazonas. Dizem que o órgão vital, o coração humano, tem o tamanho de nosso punho fechado. Ao abrir o punho, os empreendedores dos negros tempos, ofereceram a perseverança como exemplo de sucesso. A bombear o sangue e a irrigar as artérias das novíssimas gerações.

Carmen Novoa Silva *Carmen Novoa Silva é membro da Academia Amazonense de Letras

A capital, Manáos, existia em toda sua pujança em função das cidades interioranas e sua produtividade econômica”


D6

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

Programação da TV

REPRODUÇÃO

GLOBO

Temas polêmicos estão no “Conexão Repórter”, do SBT

Horóscopo GREGÓRIO QUEIROZ ÁRIES - 21/3 a 19/4 É tempo de colocar sua marca naquilo que faz. Não poupe esforços, mas concentre-se no que é vital. Os empreendimentos pessoais e as ações criativas estão favorecidos.

3h55 - Telecurso Educação Básica Profprf 4h10 - Telecurso Profissionalizante - Básico 4h25 - Telecurso Ensino Médio - Química 4h45 - Telecurso Ensino Fundamental - História 5h00 - Globo Rural 5h30 - Bom Dia Brasil 6h30 - Bom Dia Amazônia 7h30 - Bom Dia Brasil (Reapresentação) 8h30 - Mais Você 09h57 - Bem Estar 10h40 - Encontro Com Fátima Bernardes 12h00 - Amazonas Tv 12h40 - Globo Esporte 13h10 - Jornal Hoje 13h40 - Vídeo Show 14h25 - O Cravo E A Rosa 15h50 - Sessão Da Tarde 16h46 - Globo Notícia 16h50 - Malhação 17h20 - Jóia Rara 18h10 - Jornal Do Amazonas 18h30 - Horário Político - Pco 18h35 - Jornal Nacional 19h13 - Além Do Horizonte 20h08 - Amor À Vida 21h25 - Big Brother Brasil

22h12 Minissérie – Doce Mãe 23h05 - Jornal Da Globo 23h13 Programete Fórmula 1 23h35 - Homeland - Segurança Nacional 1h20 - Corujão 3h20 - Festival De Desenhos

SBT 5h - Jornal Do Sbt 6h - Igreja Universal 7h - Jornal Do Sbt 8h - Bom Dia & Cia 9h50 - Programa Jogo Da Gente 10h05 - Waisser Botelho 10h55 - Programa A Voz Da Esperança 11h35 - Programa Agora 12h25 - Programa Livre 13h15 - As Visões Da Raven 13h30 - Café Com Aroma De Mulher 14h30 - Por Ela....sou Eva 15h30 - A Madrasta 16h30 - Chaves 17h20 - Jornal Em Tempo 17h45 - Sbt Brasil 18h30 - Horário Político - Pco 18h40 - Chiquititas 19h15 - Rebelde 20h - Seriado 21h - Programa Do Ratinho 22h - A Praça É Nossa 23h15 - Conexão Repórter 0h15 - Jornal Do Sbt 1h - Big Bang A Teoria 1h30 - Mike & Molly

Cinema

2h - Tele Seriado 3h - Big Bang 3h30 - Igreja Universal

BAND 4h - Popeye 4h10 - Jornal Da Noite - Reapresentação 4h50 - Primeiro Jornal 5h - Nosso Tempo 5h30 - Primeiro Jornal 6h - Dia Dia 7h10 - Band Kids 9h10 - Jogo Aberto 10h30 - Teleshow Festa Clube 10h35 - Comunidade Alerta 11h10 - Notícias De Agora 11h25 - Exija Seus Direitos 12h - Câmera 13 12h50 - Na Mira Da Notícia 12h55 - Cidade Urgente 13h10 - Ação Na Tv 14h - Voletta 14h50 - Sabe Ou Não Sabe 15h50 - Brasil Urgente 17h50 - Band Cidade 18h20 - Jornal Da Band 19h25 - Minuto Do Futebol - Boletim 19h30 - Horario Político – Pco 19h40 – Show Da Fé 20h23 – Band Folia 2014 - Boletim 20h25 – Zoo

20h35 – Como Eu Conheci Sua Mãe 21h30 – The Walking Dead 22h30 – A Liga 23h40 – Jornal Da Noite 0h25 – Que Fim Levou ? - Boletim 0 H27 – Band Folia 2014 - Boletim 0h30 - Minuto Do Futebol – Boletim 1h35 – Rosário 1h55 – Minuto Do Futebol – Boletim 2h00 – Igreja Universal

RECORD 6h15 - Record Kids - Pica Pau 7h40 - Fala Brasil 9h15 - Hoje Em Dia 11h00 - Magazine 12h00 - Alô Amazonas 13h15 - Craque Na Tv 13h30 - Programa Da Tarde 15h15 - Todo Mundo Odeia O Chris 16h15 - Cidade Alerta 17h45 - A Crítica Na Tv 18h30 - Horário Político - Pco 18h35 - Jornal Da Record 19h30 - Todo Mundo Odeia O Chris 21h30 - Csi Nova York 22h30 - Pecado Mortal 23h30 - Retrospectiva 2013 1h10 - Programação Iurd

Cruzadinhas

ESTREIA

TOURO - 20/4 a 20/5 Bom momento para construir uma casa ou um lar mais sólido, no sentido literal ou figurado. Pode construir relações familiares mais sólidas, limpando o que for preciso. GÊMEOS - 21/5 a 21/6 É favorável pensar em trabalhar em conjunto com as pessoas. O momento favorece também consolidar as relações de amizade. Os bons esforços resultarão em algo bom. CÂNCER - 22/6 a 22/7 O trabalho e os negócios ganham forma mais definida. As responsabilidades no trabalho estão a seu favor. Ao dar conta delas, você irá prosperar e consolidar sua posição. LEÃO - 23/7 a 22/8 Mantenha firme a direção e as grandes mudanças são facilitadas. Sua mente está imaginativa e inspirada, e você poderá dar encaminhamento criativo às questões. VIRGEM - 23/8 a 22/9 As relações e a boa comunicação se consolidam, mesmo que em meio a um caminho árduo. Não queira chegar logo à solução sem ter percorrido toda a estrada. LIBRA - 23/9 a 22/10 Procure perceber como você gosta de ajudar os amigos, seus companheiros e as pessoas do ambiente social. É um dia para dar e receber a ajuda de um jeito especial. ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11 Você precisa dar conta das responsabilidades básicas, se quiser que seu trabalho se desenvolva. As questões materiais são as principais a serem cuidadas por você. SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12 Momento para você absorver em seu comportamento, os ensinamentos e os valores que você julgue corretos e coerentes. Supere as velhas dificuldades e se renove por completo. CAPRICÓRNIO - 22/12 a 19/1 Você está mais confiante para superar as dificuldades e para fazer frente a compromissos assumidos. Resolver o passado está facilitado, e isso lhe permitirá dar um passo adiante. AQUÁRIO - 20/1 a 18/2 Momento favorável para fortalecer os projetos e intenções comuns com seu parceiro de vida e com possíveis sócios. Mesmo que dê trabalho, este é um trabalho que vale a pena. PEIXES - 19/2 a 20/3 O bom aspecto do dia favorece os resultados práticos no trabalho e a execução de tarefas de responsabilidade e rigor. Sua construção profissional se solidifica e ganha força.

Azul é a Cor Mais Quente: FRA. 18 anos. Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma garota de 15 anos que descobre, na cor azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher. Sem poder revelar a ninguém seus desejos, ela se entrega por completo a este amor secreto, enquanto trava uma guerra com sua família e com a moral vigente. Playarte 2 – 13h30, 16h55, 20h20 (leg/diariamente), 23h45 (leg/somente sexta-feira e sábado).

O Herdeiro do Diabo: EUA. 12 anos. Depois de uma misteriosa noite perdida em sua lua de mel, dois jovens recém-casados se encontram enfrentando uma gravidez não planejada. Enquanto resolve registrar todos os momentos dessa ocasião especial para a posteridade, o marido começa a notar um comportamento estranho em sua mulher, que no começo, eles achavam que era apenas tensão, mas, com o passar do tempo, fica evidente que alguma força do mal está mudando o seu corpo e a sua cabeça de uma forma muito mais sinistra do que eles imaginavam. Cinemais Millennium 6 – 15h20, 17h20, 19h40, 21h50 (leg/diariamente); Cinemais Plaza 5 – 15h, 17h, 19h20, 21h30 (dub/diariamente); Cinemark 8 – 11h30, 13h50, 16h10, 18h30, 20h50 (dub/diariamente), 23h10 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 9 – 13h10, 18h (dub/diariamente), 15h30, 22h30 (leg/diariamente). O Lobo de Wall Street: EUA. 16 anos. Corretor da bolsa de Nova York se recusa a cooperar para uma grande investigação sobre fraude em Wall Street. Cinemais Millennium 2 – 14h40, 18h, 21h20 (leg/diariamente); Cinemark 4 – 21h40 (dub/diariamente); Cinemark 7 – 22h30 (dub/diariamente); Cinépolis 3 – 13h05, 17h15, 20h55 (leg/diariamente), Cinépolis 5 – 17h45 (dub/diariamente), 21h15 (leg/diariamente); Playarte 3 – 13h30, 17h, 20h30 (leg/diariamente), 23h50 (leg/somente sexta-feira e sábado), Playarte 4 – 17h01, 20h31 (leg/diariamente). Frankstein – Entre Anjos e Demônios: EUA. 14 anos. Uma reinvenção do mito do monstro, com muita ação e efeitos especiais, para uma nova geração de fãs. Cinemais Millennium 1 – 15h10, 17h10, 19h30 (3D/dub/diariamente), 21h30 (3D/leg/diariamente); Cinemais Plaza 2 – 19h, 21h10 (3D/dub/diariamente), Cinemais Plaza 3 – 15h30, 17h30, 19h50, 22h (dub/diariamente); Cinemark 1 – 13h30, 15h50, 18h10, 20h30 (dub/diariamente), 22h50 (dub/somente sexta-feira e sábado), Cinemark 6 – 12h10 (3D/dub/exceto terça-feira), 14h30, 16h50, 19h10, 21h30 (3D/dub/diariamente), 23h50 (3D/dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 1 – 19h40, 22h10 (3D/leg/diariamente), Cinépolis 4 – 15h50 (3D/dub/diariamente), 20h25, 22h40 (3D/leg/diariamente); Playarte 1 – 13h, 15h, 17h, 19h (3D/dub/diariamente), 21h (3D/leg/diariamente), 23h (3D/leg/somente sexta-feira e sábado); Playarte 5 – 14h, 16h, 18h, 20h (dub/diariamente), 22h (dub/somente sexta-feira e sábado), Playarte 6 – 18h01, 20h01 (dub/diariamente), Playarte 7 – 13h30, 15h30, 17h30, 19h30, 21h30 (leg/diariamente), 23h30 (leg/somente sexta-feira e sábado).

CONTINUAÇÕES Ninfomaníaca: DIN. 18 anos. Cinépolis 2 – 18h35, 21h40 (leg/diariamente); Cinépolis 10 – 21h30 (leg/diariamente). Muita Calma Nessa Hora 2: BRA. 12 anos. Cinemais Millennium 4 – 15h, 17h, 19h10, 21h10 (diariamente); Cinemais Plaza 8 – 14h40, 16h40, 19h25, 21h25 (diariamente); Cinemark 5 – 12h50, 15h10, 17h30, 19h50, 22h10 (diariamente); Cinépolis 2 – 13h55, 16h10 (diariamente); Cinépolis 6 – 15h15, 17h30, 19h45, 22h (diariamente); Playarte 9 – 13h30, 15h25, 17h20, 19h15, 21h10 (diariamente), 23h05 (somente sextafeira e sábado). Tarzan – A Evolução da Lenda: ALe. Livre. Cinemais Millennium 3 – 16h50, 20h50 (3D/dub/diariamente), Cinemais Millennium 7 – 14h, 16h (dub/

diariamente); Cinemais Plaza 2 – 16h30 (3D/dub/diariamente), Cinemais Plaza 6 – 14h20, 18h40 (dub/diariamente); Cinemark 7 – 11h, 13h10, 15h30, 17h50, 20h10 (3D/dub/diariamente); Cinépolis 10 – 14h15, 16h45, 19h (dub/diariamente); Playarte 10 – 12h40, 16h40, 18h40 (dub/diariamente). Atividade Paranormal – Marcados Pelo Mal: EUA. 14 anos. Cinemais Millennium 8 – 15h30, 17h30, 19h50, 22h (dub/diariamente); Cinemais Plaza 1 – 15h15, 17h10, 19h30, 21h40 (dub/ diariamente); Cinemark 2 – 19h, 21h10 (dub/diariamente); Cinépolis 9 – 20h15 (leg/diariamente); Playarte 8 – 19h20, 21h15 (dub/diariamente), 23h10 (dub/ somente sexta-feira e sábado); Playarte 10 – 20h40 (leg/diariamente), 22h40 (leg/somente sexta-feira e sábado).

Ajuste de Contas: EUA. 12 anos. Cinemark 2 – 23h20 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 7 – 21h45 (leg/somente sexta-feira e sábado). Confissões de Adolescente: BRA. 12 anos. Cinemais Millennium 5 – 19h, 21h (diariamente); Cinemais Plaza 4 – 14h50, 16h50, 19h15, 21h20 (diariamente); Cinemark 1 – 11h10 (diariamente); Playarte 4 – 13h, 15h (diariamente), 23h55 (somente sexta-feira e sábado). Caminhando com Dinossauros – O Filme: EUA. Livre. Cinemais Millennium 3 – 14h50, 18h50 (3D/dub/diariamente); Cinemais Plaza 2 – 14h30 (3D/dub/diariamente); Cinemark 4 – 12h30, 14h50, 17h10, 19h20 (3D/dub/diariamente); Cinépolis 1 – 14h30 (3D/dub/diariamente); Cinépolis 4 – 13h35, 18h15 (3D/dub/diariamente).

Frozen, Uma Aventura Congelante: EUA. Livre. Cinemais Millennium 5 – 14h30, 16h40 (dub/diariamente); Cinemais Plaza 6 – 16h20, 20h50 (dub/ diariamente); Cinemark 2 – 11h20, 14h, 16h30 (dub/diariamente); Cinépolis 1 – 16h50 (3D/dub/diariamente), Cinépolis 5 – 15h (3D/dub/diariamente); Playarte 6 – 13h40, 15h50 (dub/diariamente). Até Que a Sorte Nos Separe 2: BRA. 10 anos. Cinemais Millennium 7 – 19h20, 21h40 (diariamente); Cinemais Plaza 7 – 15h10, 17h20, 19h40, 21h50 (diariamente); Cinemark 3 – 12h40, 15h20, 18h, 20h20 (diariamente), 23h (somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 7 – 14h, 16h25, 18h55 (diariamente), 21h45 (exceto sexta-feira e sábado); Playarte 8 – 12h50, 15h, 17h10 (diariamente).


Plateia

MANAUS,, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

::::: Em obras

::::: Sala de Espera Marcos Santos, Lianne Machado e Santa Cris estão trocando de idade hoje. Os cumprimentos da coluna. O executivo e conferencista Max Gehringer é o convidado da UniNorte para ministrar palestra exclusiva aos alunos e convidados da instituição, hoje, às 19h, no Centro de Convenções Manaus Plaza. O tema da palestra é “Carreira e Emprego”. É hoje, a primeira edição anual da liquidação Ponto Mix no Amazonas Shopping e a ordem é zerar todos os estoques. Por conta disso, diversas lojas dos segmentos de moda, beleza, brinquedos, eletrodomésticos, eletrônicos e informática estarão com descontos de até 80%. Falando em descontão, a Liz da linda e empreendedora Elizeth Lange está transpirando precinhos irresistí-

Jander Vieira

veis também. Vale conferir a loja de moda chique do Vieiralves. O competente Matheus Leite ministrará um curso intensivo de automaquiagem no Salão D&A, no próximo dia 10, em dois horários – matutino e vespertino. Informações e agendamentos pelos 3584-4452 e 9165-9696. “Werk – Músicas para dançar” é a nova festaassinatura do site Pelamordi, e acontece neste sábado, no Glam Dancing Bar. Fullgas e Official 80 serão as atrações desta semana para quem quiser curtir a Quinta Reggae’n Roll do Porão do Alemão – a última do mês de janeiro. Desta vez, a abertura da noite ficará por conta da Fullgas.

D7

jandervieira@hotmail.com - www.jandervieira.com.br

::::: Distância não é mais desculpa…

Asnah e Sérgio Barbosa, mãe e filho, anfitriões dos mais corretos no jantar intimista para a coluna no condomínio Maria Beatriz

Pensando nos que moram longe de uma universidade ou não podem ir à aula todos os dias por motivos diversos, o Senac Amazonas firmou um convênio com a filial de São Paulo – tradicional há mais de 25 anos em educação superior – e abriu inscrições até o dia 28 de fevereiro para 14 cursos de pós-graduação a distância, que podem ser realizadas pelo site: www.ead.senac.br.

::::: Quintas

::::: Inclusão

Com realização da BTP Urbanismo, o Quintas de São José do Rio Negro marcará uma nova fase no conceito de moradia de alto padrão em Manaus, no qual o bem-estar e a qualidade de vida são prioridades. O empreendimento será o primeiro condomínio da cidade a contar com hípica, marina, campo de golfe e heliponto. O lançamento está previsto para fevereiro.

Atento às políticas públicas de acessibilidade à pessoa com deficiência, a administração Aziz apresenta, na galeria do Centro Cultural Largo de São Sebastião, a exposição “Euros Do Risco ao Pixel”, com serviço de audiodescrição. A ação é mais uma iniciativa promovida pela SEC, executada por meio da assessoria de inclusão da pessoa com deficiência e pela biblioteca Braille do Amazonas, vinculadas à pasta.

FOTOS: JANDER VIEIRA

A simpática Lúcia Rosas degustando drinque elaborado em noite divertida

::::: A volta do anzol

Gabriel e Claudia Bernardinho conferindo os agitos da famosa laje de Pedrinho Aguiar

Em nome da repaginação necessária. Desde anteontem, a ponte São Jorge, sobre o igarapé da Cachoeira Grande, está fechada para obras. O tráfego no sentido Constantino Nery/São Jorge será desviado pela Arthur Bernardes, que ficará em mão dupla. A área do desvio e da obra está sinalizada para garantir a circulação segura para quem trafega na área. A conclusão da obra está prevista para 90 dias.

O prefeito Arthur Virgílio Neto concedeu entrevista ao jornal inglês “Sunday Express” e disse que os torcedores ingleses são bem-vindos a Manaus, não apenas durante a Copa do Mundo, mas também durante todo o ano. O prefeito também afirmou que não existe mais qualquer rusga entre a cidade subsede da competição e a Inglaterra, prova disso é a recente visita do embaixador do Reino Unido, Alex Ellis, que elogiou o Amazonas e disse ser uma satisfação estar em Manaus. Como é bom ter um prefeito diplomático.


D8

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014

EM TEMPO - 30 de janeiro de 2014  

EM TEMPO - Caderno principal do jornal Amazonas EM TEMPO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you