Issuu on Google+

R$ EXEMPLAR

1,00 DE ASSINANTE

VENDA PROIBIDA PREÇO DESTA EDIÇÃO

O JORNAL QUE VOCÊ LÊ ANO XXVI – N.º 8.367 – TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014 – PRESIDENTE: OTÁVIO RAMAN NEVES – DIRETOR EXECUTIVO: JOÃO BOSCO ARAÚJO

A TOCA DAS FERAS

FOTOS: RAFAEL RIBEIRO/CBF

COORDENADOR TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA, CARLOS ALBERTO PARREIRA DISSE, ONTEM, QUE O “TIME CAMPEÃO DA COPA CHEGOU”, EM REFERÊNCIA À CHEGADA DOS JOGADORES À GRANJA COMARY, EM TERESÓPOLIS (RJ). “TEMOS UM TIMAÇO, O TIME É MUITO BOM. NÓS SOMOS FAVORITOS, SIM. NÃO TEMOS OBRIGAÇÃO DE GANHAR, MAS SOMOS FAVORITOS, SIM”, AFIRMOU PARREIRA. OS TRÊS PRIMEIROS DIAS DOS JOGADORES DA SELEÇÃO BRASILEIRA NA COMARY SERÃO DEDICADOS A EXAMES MÉDICOS E AVALIAÇÕES FÍSICAS. PÓDIO E7

Esperança do hexa, Neymar recebeu carinho do técnico Felipão

David Luiz brinca durante os exames com a cardiologista

A seleção brasileira chegou, ontem, à Granja Comary, em Teresópolis, no Rio, onde iniciou a preparação para a Copa do Mundo DIVULGAÇÃO

TRABALHO ESCRAVO

Empresário tem bens bloqueados Por prática de trabalho escravo em Barcelos, o empresário Luiz Cláudio Rocha teve o bloqueio imediato de R$ 255,4 mil, determinado em liminar concedida pela Justiça do Trabalho. Dia a dia C3

EM BRASÍLIA

Força-tarefa em defesa da Zona Franca O governador José Melo, o prefeito Arthur Neto e o ex-governador Omar Aziz vão a Brasília para garantir a aprovação da PEC da Zona Franca de Manaus (ZFM). Política A5

ELEIÇÕES

Cortes de energia são constantes DIVULGAÇÃO

Autoridades e bancada do Amazonas vão a Brasília pressionar votação da PEC da Zona Franca

MANAUARA

Angra faz turnê de aniversário Os fãs da banda Angra (foto) vão conferir a turnê de lançamento do DVD “Angels Cry 20th Anniversary Tour”, dia 30. Plateia D3

FALE COM A GENTE - ANÚNCIOS CLASSITEMPO, ASSINATURA, ATENDIMENTO AO LEITOR E ASSINANTES: 92 3211-3700 ESTA EDIÇÃO CONTÉM - ÚLTIMA HORA, OPINIÃO, POLÍTICA, DIA A DIA, ECONOMIA, PAÍS, MUNDO, PLATEIA E PÓDIO.

Churrasco, na Copa, sai por R$ 15

Dia a dia C4

Contexto A3 RICARDO OLIVEIRA

Ex-campeão Ronaldo vai apoiar Aécio Política A8

Zagueiro Dante também passou por exames no primeiro dia

ENCHENTE

Situação de emergência em Manaus Prefeito Arthur Neto decretou, ontem, situação de emergência em Manaus, por conta da cheia do rio Negro (foto). Dia a dia C2 TEMPO EM MANAUS

MÁX.: 32

MÍN.:

23


A2

Última Hora

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Rodoviários negam boato de greve para esta terça

Integrantes do Sindicato dos Rodoviários e da junta governativa negaram ligação com a carta que anuncia paralisação JOEL ROSA/ARQUIVO EM TEMPO

IVE RYLO Equipe EM TEMPO

U

m boato de grevegeral do transporte público supostamente convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM) tem se espalhado pela cidade. A atual diretoria do sindicado, liderado por Givancir e Josildo Oliveira, descartou envolvimento na articulação do movimento, assim como a junta governativa – que luta na justiça para retornar à direção da entidade. A carta convocando motoristas e cobradores de ônibus para uma greve-geral, que seria iniciada na madrugada de hoje, foi distribuída nas garagens das empresas do transporte coletivo. O documento traz no cabeçalho a assinatura do sindicato representante da categoria e, com uma linguagem informal pede a participação dos trabalhadores na paralisação de 100%. A ação é justificada na lentidão e incoerência da justiça que multou a categoria em R$ 96 mil por realizar uma greve, que havia sido liberada. O texto também destaca que os trabalhadores têm sido atacados pelos patrões, que não

respeitam o direito previsto nas leis trabalhistas e que somente com a “união de todos é que se pode vencer os empresários”. O vice-presidente do sindicato, Josildo Oliveira, negou uma nova paralisação e atribuiu a ação ao presidente da junta governativa, Francisco Bezerra. “Um grupo dissidente ao sindicato, liderado por Francisco Bezerra, que quer fazer manifestação. Não estamos por trás deste movimento. Isto não tem nada a ver com a gente. Espero que o trabalhador não caia nessa. Estão querendo nos queimar perante à sociedade”, disse Oliveira. Ele também explicou que além de usarem o nome do STTRM, usaram uma logo do sindicato de outro Estado. “Esta logo nem nossa é, é de outro sindicato. Quando formos fazer greve vamos anunciar”, ressaltou. O presidente da junta governativa, Francisco Bezerra também negou participação na convocação dos trabalhadores para o movimento. “Somos pacíficos, a gente tem uma postura diferente. Não estamos envolvidos nisto. Jamais vamos adotar este tipo de atitude que não é da nossa índole. Tudo que partir da gente será através do diálogo”, afirmou.

Josildo negou participação do sindicato na carta que circula pela cidade e atribuiu a mesma aos integrantes da junta governativa

CASO DG

CIN-AM

LOTERIAS

Polícia faz reconstituição do crime Inscrições sobre despacho REPRODUÇÃO

aduaneiro encerram hoje

Empresários, profissionais, estudantes têm até hoje para se inscreverem no Curso de Despacho Aduaneiro de Importação, que será promovido pelo Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM) amanhã (28), no Centro de Treinamento do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), na Avenida Joaquim Nabuco, Centro. Conforme o gerente executivo do CIN-AM, Marcelo Lima, a palestra terá como objetivo orientar como evitar erros e atrasos na liberação de produtos. O treinamento terá carga horária de oito horas, com informações aos participantes sobre uma visão detalhada do processo

de despacho aduaneiro de importação, suas etapas, procedimentos e conceitos. A participação no evento custa o investimento de R$ 280 para profissionais e R$ 250 para estudantes. O treinamento terá como instrutora Deise Quevedo pós-graduada em gestão de projetos pela Universidade Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), e com 18 anos de experiência na área. Para se inscrever no treinamento, os interessados devem entrar em contato com o endereço de e-mail tiago.albuquerque@fieam. org.br ou pelos telefones (92) 3186-6511 ou (92) 3631-0899.

MEGA-SENA Concurso nº 1602 (24/05/2014) 08

12

22

35

40

44

TIMEMANIA Concurso n. 579 (24/05/2014) 03 07 26 30 42 54

69

Time do coração GAMA/DF

LOTOFÁCIL Concurso n. 1060 (26/05/2014) 01

02

04

05

07

08

13

14

15

16

17

20

21

22

23

QUINA Concurso n. 3498 (26/05/2014) 36

41

51

66

77

ALEXANDRE FONSECA/ARQUIVO EM TEMPO

LOTOMANIA Concurso n. 1454 (24/05/2014)

Uma das dúvidas a ser elucidada pelos trabalhos é identificar de onde partiu o tiro que atingiu DG

A Polícia Civil do Rio realizou ontem a reconstituição para esclarecer as circunstâncias da morte do dançarino Douglas da Silva, o DG, ocorrida em 22 de abril na favela do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, Zona Sul do Rio. O dançarino foi atingido durante um tiroteio intenso entre policiais militares da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) que atua na comunidade e traficantes. O caso provocou um protesto nas ruas do bairro, levando ao fechamento do comércio. DG era dançarino do programa “Esquenta”, da TV Globo. O corpo de DG foi encontrado com uma perfuração de bala, nos fundos da creche Lar de Pierina, na subida da ladeira Saint Roman.

A reconstituição dessa segunda-feira iniciou às 15h15. O trabalho começou na quadra esportiva do Pavãozinho, onde foram feitas medições e projeções periciais. No local teria começado o tiroteio. Três policiais militares que atuavam naquela noite chegaram para a segunda etapa da reconstituição às 16h40. O trabalho na creche em que o corpo foi encontrado ocorreu à noite. Os nove policiais envolvidos numa operação realizada na comunidade na noite em que “DG” foi morto negaram terem atirado contra o dançarino. No entanto, seis deles admitiram que fizeram disparos durante a ação no Pavão-Pavãozinho. A mãe do dançarino, Maria de Fátima da Silva, disse durante

o sepultamento do filho que iria recorrer à Anistia Internacional para que a morte dele não virasse “mais um (caso) Amarildo”, em referência ao ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, desaparecido desde o dia 14 de julho de 2013, depois de ser levado por policiais da UPP da Rocinha para averiguação. Adiamentos A reconstituição da morte do dançarino inicialmente estava prevista para ocorrer no último dia 21, mas foi adiada para o dia seguinte, o que não ocorreu, em função da paralisação de 24 horas decretada pelos policiais civis do Rio. Como os trabalhos de reconstituição fazem parte da investigação, os mesmos não puderam ser realizados na ocasião.

07

30

34

35

43

51

57

66

67

68

73

77

79

83

89

90

95

97

99

00

DUPLA DUPLA-SENA Concurso n. 1283 (23/05/2014) Primeiro sorteio

14

17 26

34

41

45

27

33 39

Segundo sorteio 01

17 19

FEDERAL Extração nº 04869 (24/05/2014) Prêmio 1º

Evento orientará sobre despacho aduaneiro de importação

Bilhete

Valor (R$)

36.856

500.000,00

2º 95.988

34.200,00

3º 82.709

33.600,00

4º 63.056

32.800,00

5º 23.645

31.940,00

FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Opinião

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Contexto 3090-1017/8115-1149

marioadolfo@emtempo.com.br

contexto@emtempo.com.br

A3

Editorial opiniao@emtempo.com.br

Um a zero para a estupidez O futebol amazonense, mau das pernas e desacreditado dentro e fora de casa, precisava se atualizar: no final do campeonato estadual, promoveu, neste fim de semana, dentro do campo, um exemplo de estupidez, que se pensava acontecer apenas entre as torcidas de grandes clubes nacionais. Princesa do Solimões e Nacional fizeram gol contra o esporte. O futebol perdeu espaço para sua prática, que se restringe a quadras e beiras de praia muito limitadas (o boom imobiliário teria acabado com o “craque de várzea”), embora ainda seja o esporte preferido do brasileiro de qualquer lugar. Mas não perdeu só espaço. Nos últimos 14 anos, as torcidas, organizadas ou não, decidiram que o futebol não pode existir sem violência. Em 2009, o país já assumia o primeiro lugar em números de óbitos provocados por essa “receita”, em comparação com outros países. O sociólogo Maurício Murad levantou que 42 torcedores haviam morrido em confrontos dentro, no acesso ou no entorno dos estádios, entre 1999 e 2008. De lá para cá, esses confrontos só têm aumentado e não se tem feito praticamente nada para contê-los. As leis brasileiras são “mansas” diante da fúria das torcidas, que, agora, estão sendo ligadas ao tráfico de drogas – duas toneladas de maconha foram apreendidas na quadra da torcida do Corinthians, a Gaviões da Fiel, neste início de semana. Essa liderança “é uma conquista trágica, perversa”, definiu Murad, em uma entrevista à “Agência Brasil”. Essa perversidade está dentro dos campos. Ela chegou a Manaus, como se fosse um inofensivo comportamento da moda. Ao invés de aprenderem a jogar futebol, Nacional e Princesa do Solimões preferiram aderir a esse outro esporte, inspirado nas brigas de rua, Artes Marciais Mistas (MMA, em inglês). Vitória da estupidez.

Elvis

Dormindo com o inimigo Guilherme Boulos, o líder do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), ameaçou impedir o jogo inaugural da Copa, se não atenderem às suas exigências. — Se não respeitam nossos direitos, no dia 12 de junho não vai ter inauguração. A pergunta que não quer calar é: quem é esse tal de Boulos, que chantageia o governo e ameaça fazer de junho um mês de conflitos?

Aprendiz de terrorista Tudo bem que o “aprendiz de terrorista” é filósofo formado, filho de um professor da USP e médico famoso. Mas isso não lhe dá o direito de sair por aí tocando terror. Muy amigo Agora o que não dá para entender, é que o Sr. Boulos é ligadíssimo ao ministro Gilberto Carvalho. Ele e ela E mais: depois de instalar três mil de seus seguidores nas proximidades do estádio do Corinthians, em Itaquera (SP) e ameaçar a realização da Copa do Mundo, foi recebido pela presidente Dilma Rousseff . Selfie Acredita, o homem que ameaça incendiar a abertura da Copa posou para fotos abraçado com a presidente e com o ministro Gilberto Carvalho. Durma com um barulho desses! Farofa na Copa A Fifa vai cobrar R$ 15 por churrasquinho nos estádios da Copa. O torcedor não poderá ficar com o espeto de madeira, como de costume, por questões de seguran-

ça. Agora o alimento será servido em um pratinho, com farofa. Aumentou O preço da cerveja e do refrigerante aumentou. A garrafa de 600 ml de Coca-Cola custará R$ 8 (era R$ 7 na Copa das Confederações), e a cerveja de 435 ml, de R$ 10 (Brahma) a R$ 13 (Budweiser). Antes eram R$ 9 e R$ 13, respectivamente. O copo e a Copa A Fifa e a CSN, responsável pelo fornecimento de alimentos nos estádios, afirmaram que o aumento de preço se deve à confecção de um copo comemorativo. Ele será personalizado com a data e a partida em andamento no estádio. Manteve o preço Já a Coca-Cola disse que manteve o preço praticado no ano passado aos fornecedores do evento. Preços abusivos O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara, vereador Álvaro Campelo, também anda preocupado com a cobrança abusiva de preços de produtos e serviços durante a realização da Copa. Desafio

APLAUSOS

Para ele, um dos desafios para segurar os preços será a Lei Geral da Copa, que em alguns pontos torna vulnerável o Código de Defesa do Consumidor (CDC). — Há algumas imposições legais da Fifa que se sobrepõem ao CDC e deverão ser enfrentadas de forma conjunta –, alertou. Ele e Alfredo Apoiador solitário, dentro do PR, à reeleição da presidente Dilma, o senador Alfredo Nascimento encontrou um parceiro. O presidente regional e deputado estadual do partido em Mato Grosso do Sul, Londres Machado Independente Londres anunciou na manhã de ontem que o PRMS decidiu que vai apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Independente da decisão nacional, que ainda não foi tomada. Rachado A resposta do PR–MS vem em contrapartida ao boato de que o PR não irá apoiar a presidente. Muitos já dão como certo que marcharão ao lado de Aécio Neves (PSDB) e até de Eduardo Campos (PSB).

VAIAS

Justiça do Trabalho

Calor no supermercado REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

Para o Ministério Público do Trabalho no Amazonas que determinou, através de liminar concedida pela Justiça do Trabalho do Amazonas, o imediato bloqueio de R$ 255.472,94 do empresário Luiz Cláudio Morais Rocha, acusado de prática de trabalho escravo em Barcelos.

Para certos supermercados de Manaus que não ligam seus sistemas de refrigeração, para economizar energia. Com isso, sacrificam consumidores que enfrentam longas filas num calor infernal.

elvis@emtempo.com.br

Alfredo MR Lopes opiniao@emtempo.com.br

A ‘fulanização’ da Zona Franca Dividida entre a árdua tarefa de defender os descaminhos da Petrobras e a maratona obtusa de conquistar o pódio na prorrogação dos incentivos fiscais constitucionais da Zona Franca de Manaus, a classe política do Amazonas, com exceções pontuais, entra na galeria anódina do oportunismo eleitoral. Fica em segundo plano o interesse maior da socioeconomia regional, o debate de seus gargalos, a superação de seus deslizes, sobretudo em relação à incúria de investir os ganhos da indústria nas cadeias produtivas do interior, na pesquisa atrelada à inovação e formulação de novas trilhas de oportunidades para os baixos índices de desenvolvimento do beiradão amazônico. Desconfiança incômoda e ceticismo crescente, por isso, tomam conta da opinião pública, com o pano de fundo eleitoreiro, critério e diferencial para equacionar o imbróglio. Esse imediatismo tosco, que busca “fulanizar” os avanços da história, como denunciava o pensador Renan Freitas Pinto, e confiscar de trabalhadores e empreendedores os frutos da relação entre capital e trabalho, precisa ser sacudido e exorcizado. Em vez da corrida insensata atrás do sufrágio, é hora de debater e de consolidar estudos na cadeia produtiva do conhecimento, o encaminhamento necessário e factível para o modelo ZFM e para a economia da Amazônia Ocidental na qual se insere. Estudar a ZFM. Eis o velho conselho que os mais antigos cobram historicamente das gerações que se estabelecem. Nunca foi tão oportuno, essencial e decisivo. A definição do arcabouço jurídico-institucional só faz sentido se esse dever de casa for cumprido, se os novos caminhos, para mais 50 anos, forem desenhados a partir das finalidades originais do projeto ZFM.

Propugnar pelo aperfeiçoamento do modelo, resgatar seu arcabouço legal original vai obrigar a reconfigurar e revigorar o papel gerencial da Suframa, assegurar as condições essenciais e infraestruturais de competitividade, reunir elementos cognitivos que permitam sustentar, com visão estratégica e embasamento técnico o rumo a seguir. Desenhar os novos caminhos de integração desta economia com a lógica produtiva do Brasil significa promover a produção de estudos técnicos da dinâmica socioeconômica estribada em indicadores de desempenho, na reorganização da política de produção de bens associado às tecnologias de informação e comunicação. Eis um desafio inadiável que precisa pensar a ZFM em dimensões nacionais e continentais, imediatamente, seu fortalecimento competitivo, com estudos interdisciplinares e interinstitucionais, sinergia e harmonia, portanto, para definir paradigmas de inovação, de produção e de pesquisa e desenvolvimento, de onde emergirá a inclusão da economia local na dinâmica produtiva nacional. Há 3 anos, entre tantas boas notícias de estudos sobre iniciativas para a Amazônia, o IPPA, incubadora de políticas públicas para a região, articula universidades, institutos de pesquisa, governos e setor produtivo da Amazônia. Sua ambição é meritória: contribuir para a concepção, formulação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas de desenvolvimento sustentável para a região, seus Estados e municípios, apoiadas no conhecimento científico, nos saberes tradicionais e na participação qualificada dos atores regionais. Uma tarefa coletiva, entre a academia e a economia que, de quebra, pode “desfulanizar” o futuro e os benefícios da Zona Franca de Manaus.

Alfredo MR Lopes Filósofo e ensaísta

Estudar a ZFM. Eis o velho conselho que os mais antigos cobram historicamente das gerações que se estabelecem. Nunca foi tão oportuno, essencial e decisivo. A definição do arcabouço jurídico-institucional só faz sentido se esse dever de casa for cumprido para mais 50 anos”


A4

Opinião

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Frase

Painel VERA MAGALHÃES

Algodão entre cristais

Sou amigo do Aécio. Conheci a presidente Dilma, tenho uma ótima relação com ela. Mas minha amizade com o Aécio tem 15 anos. Ele foi o único cara que eu apoiei publicamente. Apoiei para governador de Minas e aí ele fez um excelente trabalho. É meu amigo, confio nele e acho que é uma ótima opção para mudar o país

Os articuladores da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à reeleição operam uma complicada engenharia para tentar incluir na coalizão do tucano PSD e PSB, as duas siglas que pleiteiam a vaga de vice. Gilberto Kassab, presidente do PSD, já deixou claro que só fechará com Alckmin se for seu companheiro de chapa. Por isso, os operadores do governador tentam convencer o PSB a ficar com a vaga ao Senado -que poderia ser um palanque para Eduardo Campos em São Paulo. Formal Integrantes do PMDB respiraram aliviados por conseguirem conter as pressões para que a convenção da sigla não formalize a aliança com Dilma Rousseff, mas acreditam que o apoio à reeleição da presidente já está prejudicado. Formal 2 Avaliações internas apontam que deserções em Estados como Rio, Minas e Rio Grande do Sul são irreversíveis, e não há ordem superior que possa engajar as lideranças locais na campanha da petista. Bandeirante Tucanos paulistas exibiram a Aécio Neves pesquisas internas do partido que mostram o tucano na frente de Dilma em três macrorregiões do Estado: Baixada Santista, Ribeirão Preto e Bragança Paulista. Prospecção O PSDB apresentou ação no TSE para pedir a suspensão de comerciais da Petrobras e aplicação multa à estatal e à Dilma. Prospecção 2 Os tucanos alegam que a empresa faz “propaganda negativa em relação à oposição” ao dizer

que seu valor de mercado “é seis vezes maior do que em 2002”, último ano da gestão Fernando Henrique Cardoso. Efeméride Já a direção do PT entrou com representação na Justiça Eleitoral acusando Eduardo Campos e três jornais de Pernambuco por propaganda antecipada. A sigla aponta “promoção pessoal” de Campos na cobertura de sua saída do governo. Bem na fita O PTB, que anunciou apoio à Dilma, foi o terceiro partido com mais emendas empenhadas em 2014. Foram R$ 23,1 milhões, atrás apenas do PT (R$ 33,1 milhões) e do PMDB (R$ 31,3 milhões), segundo dados do Siafi. A sigla tem a 11ª bancada, com 17 deputados. Volta pra casa A defesa de José Genoino enviou ontem petição ao STF pedindo que Joaquim Barbosa reconsidere a cassação de sua prisão domiciliar. O advogado Luiz Pacheco anexou laudos que apontam deterioração da saúde do ex-deputado. País da toga Barbosa determinou que não haverá expediente no Supremo em

26 e 30 de junho, quando acontecem jogos da Copa em Brasília. Os prazos processuais serão prorrogados para os dias seguintes. Nos dias de partidas do Brasil, o atendimento será encerrado às 12h30. Coletivo Três funcionários do gabinete de Luiz Moura (PT) na Assembleia Legislativa também estavam presentes na reunião de março na sede da cooperativa de transportes da qual o deputado faz parte, que teve a presença de 13 integrantes da facção criminosa PCC. Coletivo 2 A reunião foi investigada pela Polícia Civil. A coluna não conseguiu contato com assessores de Moura em seu gabinete ontem. No papel 2 anos depois de empossar uma comissão para redigir o código de ética da administração estadual, o governo paulista publicou, sem alarde, o documento no início do mês. De molho O texto estabelece, por exemplo, quarentena de seis meses para ex-servidores atuarem na iniciativa privada na mesma área em que atuavam no governo.

Tiroteio

Ronaldo, ex-jogador da seleção brasileira e campeão mundial em 2002, declarou que apoiará o candidato Aécio Neves, do PSDB-MG, na eleição presidencial. Anunciou em entrevista ao jornal “Valor”, publicada ontem.

Olho da Rua opiniao@emtempo.com.br IONE MORENO

Motoristas e motociclistas disputam o título de o “mais esperto” no trânsito sem saída de Manaus. Os canteiros não são mais obstáculos para a transgressão. A ansiedade de quem dirige, pensando na prestação do carro e da moto que vence no fim do mês, alimenta a irracionalidade, que será paga por quem não tem nada com isso. Não vêem que o retorno é mais embaixo.

Alexandre Garcia opiniao@emtempo.com.br

Onde há fumaça há fogo. É intolerável um deputado, responsável por fiscalizar, se ver envolvido por todos os lados nessa situação.

Cidadãos indefesos

DO VEREADOR CORONEL TELHADA (PSDB-SP), sobre reunião investigada pela polícia de que participou Luiz Moura (PT) com suspeitos de integrar o PCC.

O governador de Mato Grosso foi preso por posse ilegal de arma. A pistola, na casa dele, estava com o registro vencido, enquanto ele tentava renovar o cadastro. Mas a burocracia é tanta, as exigências são muitas e complicadas, e a arma – na verdade constante do registro de armas – foi considerada ilegal, embora estivesse no endereço conhecido pelo Sistema Nacional de Armas. Nenhum bandido precisa de tudo isso para portar armas, atirar contra a polícia, assaltar bancos e sequestrar cidadãos. No referendo de 2005, dois em cada três eleitores responderam contra a proibição do comércio de armas de fogo. Na cabeça da população, o argumento básico é de que precisa ter o direito de se defender, já que o Estado, que recebe impostos para prestar segurança, não assegura esse direito. Mesmo com o resultado acachapante de 64% sobre 36%, o governo fingiu que não entendeu, e faz de tudo para impedir que o cidadão exerça o direito natural de defesa, criando dificuldades para as famílias terem arma em casa ou, para aqueles que estão sob risco, andarem armados. A arma foi o que igualou a velhinha de Caxias do Sul ao bandido que a ameaçava dentro da própria casa. Defender sua própria casa e família é o mínimo que se pode esperar como direito numa nação civilizada e organizada. A arma não é por medo, mas para não precisar ter medo; não para buscar encrenca, mas para mostrar que não quer ser atacado. O que o governo faz é deixar o bandido tranquilo, sabendo que vai assaltar sem ter resistência. Nos Estados Unidos, onde há arma em toda casa, ninguém se atreve a invadir território alheio, pois sabe que a velhinha ou o menino manejam bem uma boa espingarda. Há 60 milhões de caçadores registrados por lá. Com tanta dificuldade para re-

Contraponto

Nem o papa é tão pop O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, recebeu queixas de que a presidente de uma associação estava impedindo turistas de tirarem fotos no Bosque do Papa, que homenageia João Paulo 2º, e pediu para um assessor verificar. – É verdade que a senhora está proibindo fotos aqui no bosque? – perguntou o emissário à dirigente da entidade. –Não. Claro que não – respondeu a presidente. – Não é verdade que a senhora proibiu uma moça de tirar fotos na capela do bosque na semana passada? – Ah, bom! Aí sim. Não deixei mesmo. Ela queria tirar fotos sem roupa para uma revista. Publicado simultaneamente com o jornal “Folha de S.Paulo”

CENTRAL DE RELACIONAMENTO Atendimento ao leitor e assinante ASSINATURA e CLASSIFICADOS

3211-3700 assinatura@emtempo.com.br classificados@emtempo.com.br

REDAÇÃO

3090-1010 redacao@emtempo.com.br

3090-1001 circulacao@emtempo.com.br

Norte Editora Ltda. (Fundada em 6/9/87) – CNPJ: 14.228.589/0001-94 End.: Rua Dr. Dalmir Câmara, 623 – São Jorge – CEP: 69.033-070 - Manaus/AM

www.emtempo.com.br

@emtempo_online

Diretor de Redação Mário Adolfo marioadolfo@emtempo.com.br Editora-Executiva Tricia Cabral — MTB 063 tricia@emtempo.com.br Chefe de Reportagem Michele Gouvêa — MTB 626 michelegouvea@emtempo.com.br Diretor Administrativo Leandro Nunes administracao@emtempo.com.br

CIRCULAÇÃO

DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Presidente: Otávio Raman Neves Diretor-Executivo: João Bosco Araújo

Gerente Comercial Gibson Araújo comercial@emtempo.com.br EM Tempo Online Yndira Assayag — MTB 041 yndiraassayag@emtempo.com.br

/amazonasemtempo

/tvemtempo /

Os artigos assinados nesta página são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

novar registro de arma, calcula-se que há, no Brasil, mais de oito milhões de armas tão ilegais quanto a do governador Silval Barbosa: em 2010, havia 8.974.456 armas de fogo com registro; neste ano, o registro ativo despencou para cerca de 600 mil armas. Será que vão prender, como fizeram com o governador, mais de 8 milhões de brasileiros? Além dessa pergunta, há outra: que interesse existe por trás da intenção de ter a cidadania desarmada, inerme, indefesa? Homem cordial – Criou-se o mito de que o brasileiro é uma pessoa cordial, desde que o sociólogo Sérgio Buarque de Hollanda assim decidiu. Não sei se sociólogos percorrem um país inteiro antes de tirar conclusões; se visitam cada aldeia, cada cidade, cada região, antes de tirar suas conclusões, ou se ficam lendo os livros das estantes para depois elaborar uma teoria que seja inédita para que os imortalize. Tão imortais se tornam que surgem seus intérpretes. Que agora explicam que o sociólogo usou “cordial”, não para indicar docilidade, mas sanguinidade, já que o termo vem da bomba sanguínea, cor, coração, em latim. Não acredito. Cordial vem mesmo de “cor” – alguém com bom coração, bondoso. Ora, direis, a prova dessa bondade é a devolução das mercadorias saqueadas em Abreu e Lima, na grande Recife. Ah, sim? Mas quem é esse brasileiro que, ao perceber que não estava sob o olhar da polícia, aproveitou a greve da PM para promover saques? Por toda a parte, neste país, se houver oportunidade, rouba-se – usando bermudas ou gravata. Esse brasileiro decide na urna que seu representante vai ser um seu semelhante. Por isso, não reage como deveria ao receber notícias dos escândalos, desvios, corrupção. O brasileiro cordial pensa que é esperto, mas é um bobo, que vive mal, elege mal e acha que isso é normal.

Alexandre Garcia Colunista da agência “Alô Comunicação”

No referendo de 2005, dois em cada três eleitores responderam contra a proibição do comércio de armas de fogo. Mesmo com o resultado acachapante de 64% sobre 36%, o governo fingiu que não entendeu, e faz de tudo para impedir que o cidadão exerça o direito natural de defesa”


Política

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

A5

Arthur, Melo e Omar vão a Brasília fazer pressão

Prefeito Arthur Neto viaja hoje a Brasília para se juntar ao coro ISABELLA SIQUEIRA Equipe EM TEMPO

P

ALEX PAZUELLO/AGECOM

Governador José Melo chega na quarta-feira para a votação

A comitiva terá a presença do ex-governador Omar Aziz (PSD)

balho constante da grandeza desta aprovação”. Já Henrique Oliveira, mesmo otimista, ressalta que ainda existe o empecilho da votação da Lei de Informática e das Áreas de Livre Comércio, e que o deputado federal Édio Lopes (PMDB-RR), que é presidente da Comissão Especial da PEC da Zona Franca sequer convocou os membros da comissão para a reunião que definirá os trâmites da matéria. “Ainda assim, eu sigo otimista. Acredito que de todas as vezes em que prometeram votar a PEC está é a que me demonstrou mais entusiasmo. As pressões estão sendo constantes e o momento é agora, pois estamos com a Copa do Mundo na porta e depois vem os recessos. Se não for agora só no segundo semestre”, disse Oliveira. A progressista Rebecca Garcia também aposta na aprovação do projeto ainda nesta semana. Ela, que também já está em Brasília declarou que, ao lado de todos os colegas da bancada federal tem se mantido vigilante para que os entraves que impedem a

reunião de líderes para definir isso. Estou apostando na nossa vitória”, disse. Procurado em seu gabinete, o deputado João Maia declarou à reportagem, por meio de sua assessoria de imprensa, que não iria dar declarações sobre o caso e que ainda não havia, até o fim da tarde de ontem, terminado o relatório. Na manhã de hoje, o prefeito Arthur Neto deverá ir a Brasília. A ideia é realizar um corpo a corpo entre os líderes de bancada e tentar colocar em pauta a matéria. Arthur deverá ir acompanhado dos secretários de Governo e Comunicação. Amanhã, o governador José Melo e o exgovernador Omar Aziz também chegam em Brasília para reforçar o grupo. Na comitiva do governador, estará o Secretário da Fazenda, Afonso Lobo, e o Superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Thomaz Nogueira.

votação da matéria sejam resolvidos. Na semana passada, a parlamentar declarou que esteve conversando com o deputado João Maia (PR-RN), que é o relator da Lei de Informática, para pressionar a entrega do relatório. “Essa questão da Lei

ESPERANÇA

A expectativa da bancada do Amazonas e dos governantes locais é que a PEC da Zona Franca seja votada em 2º turno amanhã, quase três meses depois da primeira votação, em 19 de março de Informática é o principal entrave para votação da PEC da ZFM, e precisamos que o colega João Maia entregue esse relatório logo, para que seja aprovado em plenário e possamos dar seguimento à pauta. Vou ficar fazendo essa cobrança constante, pois temos até nesta terça-feira, na

REPRODUÇÃO

arlamentares da bancada federal do Amazonas preparam a partir de hoje uma força-tarefa para garantir a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Zona Franca de Manaus (ZFM). O projeto está previsto para entrar na pauta de votação da Câmara dos Deputados amanhã, mas ainda precisa garantir a aprovação da Lei de Informática e das Áreas de Livre Comércio. Na manhã de hoje, o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) vai a Brasília realizar um corpo a corpo com parlamentares de outros Estados. O governador José Melo (Pros) e até o ex-governador Omar Aziz (PSD) também deverão desembarcar na capital federal com intuito de capitanear votos favoráveis ao modelo econômico. Parte da bancada federal do Estado tem se mostrado confiante na aprovação da matéria ainda nesta semana. No último dia 20, o presidente

da Câmara Federal, Henrique Alves (PMDB-RN) deu garantias ao governador José Melo de que a proposta entraria em votação no plenário na sessão do dia 28, e ressaltou que a casa legislativa aprovaria em regime de urgência a Lei de Informática e a Área de Livre Comércio. “Acredito que estamos no momento certo para aprovação, o Brasil já percebeu a importância da prorrogação da Zona Franca e acredito que com a desobstrução da pauta não haverá dificuldades e vou acompanhar de perto a explanação desta matéria”, enfatizou Melo. Os deputados federais Pauderney Avelino (DEM) e Henrique Oliveira (Solidariedade) chegaram a Brasília ainda ontem para iniciar as articulações. Ambos se mostraram confiantes com a votação do projeto nesta quarta-feira. Para Pauderney, as negociações estão bem avançadas e os demais parlamentares de outros Estados já entenderam a influência da Zona Franca para o país. “Estou confiante sim, estamos fazendo um tra-

ROBERTO CARLOS/AGECOM

MÁRIO OLIVEIRA/SEMCOM

Acompanhados da bancada federal do Amazonas, grupo prepara força-tarefa para emplacar votação da PEC da Zona Franca

Ex-primeiro vice-presidente da Câmara Federal, André Vargas deve perder mandato no TSE

Cauteloso Apesar das promessas da presidente Dilma Rousseff (PT) para aprovação do pro-

jeto, o petista Francisco Praciano está cauteloso com a data prevista para votação. O petista declarou que ainda não há uma definição concreta em relação à questão das Áreas de Livre Comércio, e isso poderá atrapalhar as previsões feitas para a PEC da Zona Franca. “Ninguém está contra a Zona Franca, mas precisamos ser realistas e perceber que estamos em cima do prazo e com várias pendências. Acredito que não haverá tempo hábil para as negociações”, alertou. O primeiro turno da PEC da Zona Franca foi aprovado por 364 votos a favor e três contrários, no dia 19 de março, na Câmara dos Deputados. A proposta foi votada após sucessivos adiamentos e retirada da PEC da pauta de votação. A PEC foi enviada pelo Executivo ao Congresso em 2011 e tem o objetivo de manter o estímulo ao desenvolvimento industrial na Amazônia. O texto ainda precisa ser votado em segundo turno antes de seguir para análise do Senado.

NO TSE

PT pede mandato de André Vargas O PT entrou com pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para decretar a perda do mandato do deputado federal André Vargas (sem partido – PR) por desfiliação partidária. O partido pretende ficar com a vaga para dar posse ao suplente. A relatora da petição é a ministra Luciana Lóssio. As informações são da Agência Brasil. No dia 25 de abril, Vargas desfilou-se do PT após 24 anos de filiação à legenda. O deputado responde a processo de cassação no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia federal na Operação Lava-Jato.

De acordo com o PT, Vargas não prestou, de acordo com a lei, as justificativas para sua desfiliação. “Resta caracterizado, a toda evidência, o desligamento voluntário da agremiação e exposição de motivos pessoais alheios ao programa partidário ou que denotem discriminação.”, argumentou o advogado do PT. Em 2007, a Resolução 22.610 do TSE definiu quatro hipóteses em que parlamentares podem mudar de partido sem perda do mandato. De acordo com o tribunal, é justa causa para desfiliação partidária a criação de partido, incorporação ou fusão de partido, mudança ou desvio do programa partidário e

discriminação pessoal. O deputado André Vargas não foi localizado pela Agência Brasil. A assessoria disse que não há previsão de o deputado se pronunciar sobre o pedido do PT. Tramitação A relatora do processo, ministra Luciana Lóssio, determinou a notificação do deputado federal André Vargas para que, se desejar, ofereça resposta no prazo de cinco dias a contar da data de ontem. No despacho, a relatora estabelece que seja observado o parágrafo único do art. 4º da resolução nº 22.610/2007 do Tribunal Superior Eleitoral.


A6

Política

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Programa de governo defende reforma política

Cláudio Humberto COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

www.claudiohumberto.com.br

Acho que os brasileiros estão cansados de tanta incompetência AÉCIO NEVES, presidenciável tucano, após receber o apoio de Ronaldo, o Fenômeno

Propaganda dos ‘feitos’ da Petrobras induz a erro A propaganda da Petrobras na TV utiliza gráficos desproporcionais para passar a impressão de “grande crescimento” da produção de petróleo desde o início da era Lula. Nos comerciais, um gráfico fora de escala faz parecer que a produção em 2013 foi quase 11 vezes maior que a de 2002, mas, segundo especialistas do setor, cresceu apenas 2,37% ao ano, em média: de 1,64 milhão para 2,12 milhões em 2013. Dois pesos, zero medida O gráfico da Petrobras tem eixo X, que mostra a evolução cronológica em anos, mas não eixo Y. Ou seja, não contabiliza a produção de fato. Números reais O crescimento real da produção da Petrobras é de 29,4% em 11 anos; com uma média de 2,37% ao ano. Pernas curtas Se o gráfico divulgado pela Petrobras fosse correto, deveriam ter sido refinados 21 milhões de barris em 2013. Mas foram só 2,12 milhões. O conto do Lula Pode dar com os “burros n’água” o conselho de Lula para o povo ir de jegue à falta de metrô: em 2010 a China propôs comprar 300 mil asnos. PMDB culpa Lula pelo fiasco de Friboi em Goiás O PMDB nacional responsabiliza Lula pela desistência do empresário Júnior Friboi de disputar o governo de Goiás. Após convencer o PMDB a acolher a filiação do bilionário, Lula passou a estimular a candidatura de Íris Resende. O ricaço se

sentiu traído, sobretudo por Íris Rezende, sem perceber que a prioridade de Lula não era ajudar na sua eleição, mas prejudicar o esquema político de um adversário em Goiás. Sabe de nada, inocente Júnior Friboi caiu como um pato, sem perceber que Lula queria retirá-lo do PSB de Eduardo Campos, ao qual era filiado antes do PMDB. Fonte suprimida Lula achava que o bilionário que saiu do comando do Grupo JBS era a principal fonte de financiamento privado de Eduardo Campos. Agora vai O Brasil definiu padrões para a plantação, colheita, controle de pragas e armazenamento de batatas. O diabo será controlar o preço na feira. Preliminar O deputado Marcos Rogério (PDT-RO) avisou ao Conselho de Ética que já está com parecer pronto para o processo de cassação de Luiz Argôlo, do partido Solidariedade, enrolado com doleiro Alberto Youssef. Fui! Com Dilma ameaçada de vaias, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, poderá anunciar sozinho “declaro aberta a Copa do Mundo”. Até nos anos de chumbo, o ditador Emílio Médici era aplaudido nos estádios. Demissão Agarrado à presidência da Confederação Nacional do Comércio há 33 anos, Antônio Oliveira Santos ameaça substituir advogados recrutados a peso de ouro para sua briga com Orlando Diniz, da Fecomércio-RJ. Já teria gasto mais de R$ 60

Jornalista

ROBERTO STUCKERT FILHO/PR

milhões com escritórios de advocacia. Tempinho extra O PRP anunciou oficialmente que irá apoiar a candidatura de Eduardo Campos (PSB) a presidente. Não é nada, não é nada, não é nada mesmo: agregará apenas alguns segundos à propaganda do PSB. Revolta na Valec Servidores da Valec, estatal de construção de ferrovias, ameaçam rebelião contra o novo chefe de Planejamento e Desenvolvimento, Maurício Pereira Malta, um bacharel em teologia que chegou ao cargo indicado pelo irmão, senador Magno Malta (PR-ES). Dobradinha Pré-candidata ao Senado, a líder Jandira Feghali (PCdoB-RJ) foi uma das poucas convidadas ao jantar para ministra Marta Suplicy (Cultura), em São Paulo. A dupla trabalhou em sintonia para aprovar vale-cultura. Renan.com Um grupo de “investidores”, com fortes ligações ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), comprou um site de notícias em Maceió. Negócio de mais de R$ 1,5 milhão. Voto de confiança A chefe de relações com a mídia do Comitê Olímpico Internacional (COI) na Suíça rechaçou a chance de transferir os jogos 2016 do Rio para Chicago, como se chegou a noticiar. “É boato sem fundamento”. Pensando bem... ...o pessimista acha que, igual à África do Sul em 2010, dará tudo certo na Copa; o otimista, que a comparação é atestado de incompetência.

PODER SEM PUDOR

Mente prodigiosa Vice-governador do Ceará, Humberto Ellery presidia a cerimônia de inauguração de uma indústria. Na hora do seu improviso, o barulho de um avião o obriga calar-se, para logo em seguida observar: - A mente humana é realmente prodigiosa. O avião... quem inventou essa máquina maravilhosa foi genial... um espetáculo... muito bem... Fez-se silêncio. As pessoas se entreolhavam. Ellery pediu desculpas: - ...pois é. A mente humana é prodigiosa, embora às vezes falhe. Eu, por exemplo, não faço idéia do que dizer agora... Os convidados, educados, aplaudiram Ellery e salvaram a pátria. DIVULGAÇÃO

A Executiva nacional do PT divulgou ontem um conjunto de propostas que vai nortear o projeto de reeleição de Dilma

Presidente Dilma deve tentar a reeleição do cargo nas eleições gerais de 5 de outubro deste ano

O

PT focará seu programa de governo para a reeleição da presidente Dilma Rousseff em um conjunto de propostas que serão apresentadas como “um novo ciclo de mudanças”. A sigla divulgou nesta segunda-feira um documento, aprovado pela Executiva nacional, com as principais diretrizes que irão embasar o programa de governo. “A avaliação é de que o que fizemos até agora, como a superação da miséria, a distribuição de renda, a elevação do poder de compra e das condições sociais da população, a inclusão de uma parcela significativa da sociedade, agora é chegado o momento de produzir avanços que certamente estarão expressos em algumas reformas”, explicou o secretário-geral do partido, o deputado Geraldo Magela (DF). O documento busca apresentar propostas para as principais demandas apresentadas pelas manifestações de rua do ano passado e que foram encampadas pela presidente Dilma Rousseff na apre-

sentação dos “cinco pactos em favor do Brasil”, apresentadas logo após os protestos de junho e julho de 2013. Uma das reformas propostas pelo documento é a reforma política como meio de permitir maior “participação da sociedade na formulação e controle das políticas públicas”. O texto propõe ainda a realização de uma Constituinte Exclusiva que poderá eliminar o financiamento empresarial privado nos processos eleitorais. “Não há como deixar de reconhecer que aquelas manifestações têm um apelo em todos os partidos e nós não vamos deixar de reconhecer que elas são justas e procedentes”, disse Magela. Apesar de defender as reformas, o texto não menciona a realização de plebiscitos ou referendos, mas afirma que “deve haver maior participação da sociedade na formulação e controle das políticas públicas”. O texto afirma ainda que o partido se proporá a fazer as reformas agrária, urbana, política e tributária, a democratização dos meios de comunicação, a ampliação dos direitos

públicos universais, aprofundar a soberania nacional, a integração latino-americana e caribenha e a participação no bloco econômico dos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China) como “parte da construção de uma nova ordem mundial”. Em uma crítica direta aos pré-candidatos do PSDB, Aécio Neves, e do PSB, Eduardo Campos, à presidência, o documento afirma que ambos são neoliberais e a proposta do PT configura a “melhor resposta aos que tentam manipular as legítimas aspirações de mudança |do povo brasileiro”. “A sociedade brasileira quer mudar, mas pensando no futuro e não em um passado que ela repudiou nas três últimas eleições presidenciais. (...) A proposta de um novo ciclo de mudanças constituiu a melhor resposta aos que tentam manipular as legítimas aspirações de mudança do povo brasileiro, propondo o retorno aos tempos dos governos neoliberais de Fernando Henrique Cardoso. Constitui também, a melhor forma de desmascarar quem tenta se apresentar como ‘terceira via’.

Partidos aliados devem opinar O documento com as diretrizes do partido ainda será submetido ao diretório nacional do PT que deverá referendá-lo. Depois, os partidos aliados deverão discuti-lo além de apresentar suas propostas para o programa de governo. De acordo com Magela, ainda não há uma data para a finalização do programa, mas a sigla espera que ele esteja pronto no início da campanha presidencial.

Resistência Os pontos apresentados pelo PT podem, no entanto, sofrer resistências de partidos aliados como o PMDB. No ano passado, o partido foi contrário à realização de um plebiscito para alterar regras eleitorais, como proposto por Dilma. À época, os peemedebistas da Câmara criticaram a iniciativa que foi considerada uma manobra para desviar a atenção dos protestos.

Os deputados defenderam que a consulta fosse feita neste ano e sem validade para o pleito eleitoral imediato. A proposta chegou a levantar suspeitas sobre a manutenção da aliança entre PT e PMDB para as eleições deste ano. A pré-candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff foi lançada no mês passado durante evento do PT nacional, liderado pelo dirifente da sigla, Rui Falcão.

CPI DA PETROBRAS

Sérgio Gabrielli dá nova versão

Ex-presidente da Petrobras dá nova versão sobre refinaria

Em documento encaminhado ontem à CPI da Petrobras, o ex-presidente da estatal Sérgio Gabrielli diz que alguns aditivos e contratos da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, foram submetidos à diretoria executiva da Petrobras. A afirmação representa um recuo em relação ao depoimento prestado por ele à comissão de inquérito na semana passada. No depoimento, Gabrielli

disse que a refinaria Abreu e Lima tinha um conselho de administração próprio, que tomava decisões sobre a assinatura de novos contratos e aditivos sem submetê-las ao comando da estatal. No documento, o ex-diretor afirma agora que alguns contratos e aditivos eram levados diretamente à refinaria, mas outros passavam pela diretoria executiva da Petrobras. “Os aditivos e contratos da

Rnest (Refinaria de Abreu e Lima) passavam pela análise e aprovação de vários órgãos da empresa antes de serem encaminhados à Refinaria de Abreu e Lima. Alguns, em razão de valor ou de matéria, eram submetidos à diretoria executiva da Petrobras”, diz Gabrielli. O ex-diretor também afirma que os demais aditivos eram “analisados e aprovados por outras autoridades

da Petrobras nos seus limites de competência” e que todos eram de responsabilidade executiva da refinaria. Presidente da CPI, o senador vital do Rêgo (PMDB-PB) disse que vai ler durante reunião da comissão de inquérito do Senado, hoje, as explicações encaminhadas por Gabrielli. “Por estar muito tempo fora da companhia, ele não sabe se a Petrobras atualizou os seus protocolos”, afirmou Vital.


Política

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

A7

Executivo e Legislativo devem parar na Copa

TIAGO CORRÊA/DIRCOM/CMM

Prefeitura municipal já decretou ponto facultativo nos dias de jogos do Mundial em Manaus. CMM vai antecipar sessões

Na sessão de ontem, o presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Bosco Saraiva (no centro) colocou em votação o calendário especial do Legislativo por conta da Copa do Mundo ISABELLA SIQUEIRA Equipe EM TEMPO E ASSESSORIAS

A

16 dias para o início dos jogos da Copa do Mundo, os órgãos públicos estaduais e municipais já se organizam para realizar um “recesso branco” nos dias de partidas do Brasil e também dos jogos que irão acontecer na Arena da Amazônia. Na maioria das instituições nos dias de jogos da seleção brasileira, o expediente será até o meio-dia e no dia dos jogos em Manaus irá sedia, será ponto facultativo. A Prefeitura de Manaus decretou ponto facultativo nos dias 18 e 25 de junho, quando acontecem dois dos jogos pela Copa do Mundo, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Os outros jogos ocorrem em finais de semana, onde não há expediente nas secretarias. O ponto facultativo abrange a administração direta e indireta, inclusive autarquias e fundações municipais. Os serviços essenciais serão mantidos. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM)

de 14 de maio de 2014, e atende ao disposto na lei federal 12.663, de 05 de junho de 2012, que prevê a possibilidade de os municípios decretarem o ponto facultativo nos dias de jogo. “É uma recomendação do governo federal que em dias de jogos façamos isso. Não podemos decretar feriado, pois isso prejudicaria a indústria e

FOLGA

Manaus vai sediar quatro jogos da Copa do Mundo, entre os quais dois acontecerão durante a semana: 18 e 25 de junho, ambos numa quarta-feira. Nestes dias, já foi decretado ponto facultativo o comércio. Então resolvemos optar por ponto facultativo nos dois dias em que os jogos caem no meio da semana”, disse o secretário-chefe da Casa Civil, Lourenço Braga. No Estado, o governador José Melo (Pros) ainda não definiu a questão, mas a exROBERVALDO ROCHA/DIRCOM/CMM

pectativa são que os órgãos atuem semelhante à prefeitura, isto é, nos dias de jogos do Brasil, o expediente ocorra até o meio-dia e nos dias de jogos locais não ocorra atendimento. O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) também já baixou portaria sobre o atendimento. O órgão irá suspender os trabalhos somente nos dias de jogos na Arena da Amazônia. Em jogos do Brasil, o expediente será até meio-dia. No Tribunal de Contas do Estado (TCE) ainda será baixada uma portaria em relação a esse assunto, mas a tendência natural, de acordo com o conselheiro-presidente, Josué Filho, é que nos dias dos jogos do Brasil e também nos jogos na Arena da Amazônia, o expediente no órgão seja somente pela parte da manhã, não sendo ponto facultativo em nenhuma dessas partidas. No Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os trabalhos também ainda estão indefinidos, pois a instituição aguarda uma posição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para definir seu calendário.

Câmara vai antecipar sessões Ontem, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) decidiu realizar três sessões ordinárias compensatórias no calendário de atividades do mês de junho, que vão coincidir com os dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. Com a medida, os vereadores vão trabalhar no próximo dia 29 de maio para compensar o dia 17 de junho e nos dias 5 e 6 de junho para compensar os dias 23 e 24 de junho. Esta última data ficará imprensada em decorrência do jogo do Brasil (23) e o jogo na Arena da Amazônia (25), que será ponto facultativo. A discussão do calendário foi o primeiro tema a ser colocado na pauta da casa nesta segunda-feira pelo presidente, vereador Bosco Saraiva (PSDB). De acordo com ele, era necessário tomar uma decisão a respeito do calendário de junho, levando-se em con-

A Câmara não vai ter nenhum prejuízo à pauta de votação dos projetos. A LDO deve vir ao plenário para votação das emendas amanhã Bosco Saraiva, presidente da CMM

sideração o recesso parlamentar, marcado para o dia 26 e que com as reuniões compensatórias em virtude dos jogos da Copa será antecipado para o dia 16. Bosco Saraiva fez questão de lembrar que a Câmara não vai ter nenhum prejuízo à pauta de votação dos projetos. Segundo ele, a Lei de Diretrizes Orçamentárias

(LDO), que está em fase de análise de emendas (143 apresentadas), e que deve ser aprovada antes do recesso, deve vir ao plenário para votação das emendas amanhã. “Teremos tempo, pois vamos ter reunião compensatória na quinta-feira”, explicou. O retorno dos trabalhos na CMM ocorrerá em 10 de julho, com as sessões plenárias sendo retomadas somente no dia 14 de julho, numa segunda-feira. Na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) ainda não há nenhuma determinação sobre o expediente, pois a casa legislativa aguarda a posição do Estado. Entretanto, como o estacionamento da instituição estará à disposição para os torcedores que forem assistir aos jogos na arena deixarem seus veículos, provavelmente não deverá ter expediente nestes dias de partida.

LEI ORGÂNICA

Comissão realiza 1ª audiência

Vereador Alonso Oliveira, presidente da Comissão Especial

Na primeira audiência pública realizada pela Comissão Especial de Revisão da Lei Orgânica do Município de Manaus da Câmara Municipal de Manaus (CMM) na tarde de ontem, as discussões ficaram centralizadas na segurança pública, já que as demais autoridades convidadas para participar da reunião não compareceram. Os outros temas a serem tratados seriam idosos e menores de 16 anos. A segunda audiência, que acontece hoje, às 15h, será voltada

para os serviços públicos, energia elétrica água e transporte coletivo. Sob o comando do presidente da comissão, vereador Alonso Oliveira (PTC), o ouvidor-geral da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Aloíso Paes de Lima, destacou como uma das soluções para a segurança do Município, a criação - por meio da Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman), da Secretaria Municipal de Defesa Social e Cidadania, que funcionaria como estrutura para os guar-

das municipais. “Sou um grande defensor da criação da secretaria para abrigar de forma estrutural não só o guarda municipal, mas a defesa civil e o trânsito”, destacou. Para o vereador Waldemir José (PT), a segurança vai além das ações dos guardas ou dos próprios policiais. “A discussão também envolve a iluminação pública, as ruas, as quadras, tudo isso é importante para a eficiência da segurança pública”, defendeu. O presidente da Comissão,

Alonso Oliveira, adiantou que após a realização das audiências um novo prazo para apresentação de novas emendas será aberta. As audiências públicas são abertas à população em geral. Também participaram das discussões os vereadores Professor Bibiano (PT), Mitoso (PSD) e Walfran Torres (PTC). A Loman tem 446 artigos, afora os Atos das Disposições Transitórias. A última revisão feita foi em 2005 e já recebeu 83 emendas.


A8

Política

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Presidenciável Aécio Neves recebe apoio de Ronaldo E

x-jogador da seleção brasileira e campeão mundial em 2002, Ronaldo declarou publicamente que apoiará o candidato Aécio Neves, do PSDBMG, na eleição presidencial deste ano. O anúncio foi feito em entrevista ao jornal “Valor”, publicada ontem. Membro do COL (Comitê Organizador Local) da Copa do Mundo-2014, Ronaldo foi questionado em quem vai votar e fez elogios ao político mineiro. Disse que eles se conheceram há 15 anos e que votaria em Aécio mesmo que o candidato defendesse outro partido. “Sou amigo do Aécio. Conheci a presidente Dilma, tenho uma ótima relação com ela. Mas minha amizade com o Aécio tem 15 anos. Ele foi o único cara que eu apoiei publicamente. Apoiei para governador de Minas e aí ele fez um excelente trabalho. Sempre tivemos uma forte amizade e agora vou apoiá-lo. É meu amigo, confio nele e acho que é uma ótima opção para mudar o país”, disse ao jornal. Ao ser questionado sobre Luiz Inácio Lula da Silva, que apoia a reeleição da

presidente Dilma Rousseff e teve participação direta na construção do estádio do Corinthians (palco de abertura da Copa), Ronaldo respondeu apenas que Lula não é candidato à eleição. A declaração de Ronaldo ao “Valor” foi dada no mesmo dia em que o ex-jogador afirmou à Reuters que se sentia envergonhado com os atrasos e dificuldades do país nos preparativos para a Copa do Mundo, com críticas diretas ao governo. Ronaldo foi escalado em 2011 pelo então presidente do COL, Ricardo Teixeira, para o conselho de administração da entidade, numa tentativa de apaziguar as críticas à preparação do Brasil para a competição. Tornou-se a principal imagem do COL, especialmente nos eventos relacionados à Copa no exterior e em visitas às cidades-sede, apesar de não ter um papel de atuação executiva no dia a dia da entidade. Ele acredita que as críticas feitas pela Fifa ao Brasil por não ter cumprido prazos são justas, já que o país concordou com todas as exigências da entidade quando aceitou ser sede da competição, em 2007.

AGÊNCIA BRASIL

Ex-jogador de futebol e membro do comitê da Fifa fez críticas aos atrasos das obras e preparativos da Copa pelo Brasil

Ronaldo “Fenômeno” justificou seu apoio afirmando que é amigo pessoal de Aécio Neves há 15 anos e que conhece sua gestão

Presidente Dilma rebate críticas do ex-jogador “E de repente chega aqui e é essa burocracia toda, uma confusão, um disse me disse, são os atrasos. É uma pena. Eu me sinto envergonhado, porque é o meu país,

o país que eu amo, e a gente não podia estar passando essa imagem para fora”, afirmou o ex-jogador na última sexta-feira. As críticas de Ronaldo foram

respondidas por Dilma. “Tenho certeza da nossa capacidade, do que fizemos, das nossas realizações. Não temos por que nos envergonhar. E não temos complexo de vira-la-

tas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues se referindo aos eternos pessimistas sempre”, afirmou Dilma durante congresso da UJS (União da Juventude Socialista).


MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

economia@emtempo.com.br

DÓLAR compra/venda Paralelo -

INDICADORES ECONÔMICOS

R$ 2,13 / R$ 2,40 *

Câmbio livre BC - R$ 2,2203 / R$ 2,2209 **

no dia: 0,20% na semana: 0,25%

Câmbio livre mercado - R$ 2,222 / R$ 2,224 *

no mês: -0,52%

Turismo -

dif.livre mercado/paralelo: 7,91%

R$ 2,150 / R$ 2,310

Economia B2

(92) 3090-1045

Variação do câmbio livre BC

(*) cotação do Banco do Brasil / (**) cotação do Banco Central / (***) cotação média do mercado

JOEL ROSA/ARQUIVO EM TEMPO

Caderno B

Economia

Mototaxistas ganham linhas de crédito

OURO BM&F R$ 92,5

Salário Mínimo Janeiro 2014: R$ 724,00

0,00%

Poupança

Salário Família/Janeiro

Aniversário

Rendimento (%)

27/05

0,5411

27/05

0,5411

até R$ 682,50: R$ 35,00 de 682,51 até R$ 1.025,81: R$ 24,66

(*) depósitos até 03/05/12 / (**) depósitos apartir de 04/05/12

Brasileiro sonega mais de R$ 200 bi em tributos

Cofres públicos deixaram de arrecadar essa quantia devido à sonegação de impostos, segundo ‘sonegômetro’ do Sinprofaz EBC

EMERSON QUARESMA Equipe EM TEMPO

E

m quase cinco meses, o Brasil deixou de arrecadar mais de R$ 200 bilhões devido à sonegação de impostos de pessoas físicas e jurídicas. O dado é resultado do cálculo feito pela ferramenta chamada de “Sonegômetro”, do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), que trabalha a campanha “Quanto custa o Brasil para você”. O presidente do Sinprofaz, Heráclio Camargo, disse que falta no país um sistema de cobrança fiscal mais justo. Para ele, os números mostram que, se não houvesse sonegação fiscal, o peso da carga tributária poderia ser reduzido em 28,2% e ainda sim, o nível de arrecadação manteria o ritmo. A entidade, no entanto, não apresentou dados regionais de quanto é a média da evasão fiscal por Estado. O titular da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), Afonso Lobo, afirmou que o órgão não tem o levantamento sobre a índice de sonegação fiscal, mas garantiu que o Amazonas apresenta o menor índice entre os Estados brasileiros. Lobo disse que, em matéria de arrecadação, o Amazonas é mais eficiente em relação às outras unidades da federação. Segundo ele, entre os fatores que garante a eficácia da arrecadação no setor industrial, por exemplo, é a qualidade das empresas instaladas no Polo

Industrial de Manaus (PIM). Na área comercial, ele apontou a existência do sistema de tributação que providencia a arrecadação do imposto até o consumidor final, já na entrada de mercadoria no Estado. Lobo assegura que, em função da sistemática de arrecadação, o Estado controla “muito bem”, uma vez que grande parte da entrada internacional está concentrada nos portos Bertoline e Passarão, e as nacional por meio dos portos Superterminais e Porto Chibatão e ainda pelo aeroporto internacional Eduardo Gomes.

Pequenos são bons pagadores As micro e pequenas empresas seguem o ritmo de recuperação no crescimento da taxa de pontualidade nos pagamentos. Segundo a Serasa Experian, no mês de abril, elas alcançaram índice de 95,3%, resultado maior que os 95,2% registrado em março, porém, 0,3% menor que a pontualidade verificada no mês período do ano passado. Conforme a Serasa, durante o mês de abril desse ano, a cada mil pagamentos realizados pelo segmento, 953 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Nos quatro primeiros meses de 2014, a pontualidade de pagamentos foi menor que a do ano passado em três meses: janeiro (94,5% contra 94,7%), março (95,2% contra 95,3%) e abril (95,3% e 95,6%). As micro e pequenas empresas de serviços apresentaram o menor nível de pontualidade no período, com 94,3%.

ESTIMATIVA

Dados da Sefaz apontam que, para esse ano, é estimado crescimento nominal da arrecadação do Estado, em torno de 25% e um aumento real de 18%, percentual equivalente ao valor de R$ 10 bi Segundo o titular da SefazAM, ainda há a nota fiscal eletrônica, que permite visualizar em tempo real, a entrada e a saída de mercadoria. Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Finanças (Semef) informou que a equipe de fiscais reunirá para calcular o índice de sonegação de impostos. Já o delegado da Receita Federal de Manaus, Leonardo Frota, informou que o órgão não faz cálculos sobre evasão fiscal. MILENA DI CASTRO/PROCON MANAUS

Segundo estudo, valor sonegado é 25 vezes maior que gasto na construção das arenas para Copa

COPA DO MUNDO

Ação em defesa do consumidor SILANE SOUZA Especial EM TEMPO

Parceria em prol dos turistas foi sacramentada no Estado

O visitante que se sentir lesionado em seu direito como consumidor em sua estadia em Manaus durante a Copa do Mundo terá a disposição um programa criado com exclusividade para promover a proteção do turista na hora de adquirir um produto ou serviço nesse período na capital amazonense. Órgãos de defesa do consumidor fecharam uma parceria, ontem, no lançamento do projeto Câmara Técnica de Consumo e Turismo e da assinatura do Termo de Cooperação Técnica. Segundo a diretora do Programa Estadual de Proteção, Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-AM), Janaína Sales Rodrigues, todas

as demandas decorrentes de relação de consumo ocorridas no período da Copa serão recebidas, analisadas e julgadas pela Câmara Técnica, em conjunto com os órgãos colaboradores, tais como: Delegacia do Consumidor, Ouvidoria do Estado do Amazonas, Ouvidoria do Município, Procon Manaus e Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Manaus (Comdec-CMM). O principal objetivo é dar maior celeridade na resolução de problemas, que por ventura, o turista vier a ter com serviços relacionados à hotelaria, restaurante, mobilidade urbana, hospitalar, dentre outros, ‘’Seja qual for a demanda de consumo, tentaremos de solucionar o mais breve possível, visto que o visitante não poderá esperar

por muito tempo, porque estará na cidade por, no máximo, dois dias’’, explicou. Segundo o ouvidor-geral do Município, Alessandro Cohen, a Ouvidoria irá atuar nos casos de serviços prestados pela Prefeitura de Manaus, como por exemplo, mobilidade urbana, plataformas e paradas de ônibus, linhas de transporte coletivo, em questões da saúde que envolva o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e nas atividades comerciais. Para o presidente da Comdec-CMM, vereador Álvaro Campelo, a maior demanda será relacionada à abusividade no preço e na própria prestação de serviços. ‘’A comissão não atuará isoladamente, pois contará com o apoio dos outros órgãos de defesa que juntos terão a missão

de resolver esses eventuais problemas’’, frisou. Para a presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amazonas (Abrasel-AM), Janete Fernandes, o projeto é importante, pois os consumidores irão conhecer seus direitos. Aplicativo Diante da expectativa da alta demanda dos 176 mil turistas que são esperados em Manaus no período da Copa, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) lançou há 15 dias um aplicativo chamado Guiatur. Segundo o diretorpresidente Bernardo Monteiro de Paula, o app disponibiliza informações sobre os principais pontos da cidade e, também, serviços de bares e restaurantes.


B2

Economia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Afeam libera linha de crédito para mototaxista Empréstimo máximo de R$ 8,5 mil a juros anuais de 5% será liberado a partir de hoje para profissionais que planejam comprar novas motocicletas JOEL ROSA/ARQUIVO EM TEMPO

Para obter crédito, mototaxistas deverão observar critérios como idade mínima de 21 anos e ter boa conduta no trânsito

O

governo do Estado, por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), inicia, hoje, a ação de crédito especial para a categoria de mototaxistas, que tem como finalidade oferecer financiamento para a compra de motocicletas. A ação visa beneficiar mototaxistas residentes na cidade de Manaus, pertencentes a cooperativas e/ou associações oficiais e que tenham

AGRICULTURA

idade mínima de 21 anos. Para a obtenção do crédito, é necessário ter 2 anos de habilitação, histórico de boa conduta no trânsito, comprovação de curso preparatório e ser aprovado por concorrência pública da Secretaria Municipal de Transporte Urbano (SMTU) e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM). Já a garantia do financiamento será constituída por alienação fiduciária da motocicleta e aval coletivo de, no

mínimo, cinco proponentes. Essa iniciativa dará condições efetivas para que os profissionais possam desenvolver suas atividades de forma mais eficiente, servindo com maior qualidade e comprometimento à população, além de gerar mais empregos e aumentar a renda econômica do Estado. Limites e prazos O limite de crédito será de até R$ 8,5 mil com taxas de

IBGE IONE MORENO

Governo faz aporte de R$ 24,1 mi A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem seu pacote anual para a agricultura familiar no valor de R$ 24,1 bilhões com mudanças no processo de assentamento da reforma agrária orientado pelo governo federal. O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 vai destinar os recursos em crédito para pequenos e médios produtores. No ano passado, o valor disponível foi de R$ R$ 21 bilhões, também R$ 3 bilhões superior ao ano anterior. Dentre outras medidas, o programa contempla também seguro agrícola, linhas de crédito para produção sustentável, microcrédito para assentamentos da reforma agrária, projeto de garantia de preços de safra e assistência técnica. Segundo o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, o governo irá adotar três fases distintas de injeção de investimentos nos novos assentamentos rurais. O primeiro crédito é para aqueles que chegam na terra. Serão R$ 14,6 mil para se instalar no campo. Depois, serão liberadas três operações de R$ 4 mil para iniciar a experiência produtiva do assentado. Em seguida, para estruturar a ampliação da produção, poderão ser liberadas até R$ 25 mil e três de R$ 7.5 mil. “Eu acredito que tivemos um avanço neste Plano Safra. Asseguramos taxas de juros inalteradas, mesmo que a gente saiba que houve um aumento da taxa Selic. Significa na prática que ampliamos o subsídio ao custeio e ao investimento”, disse Dilma em seu discurso.

juros de 5% ao ano (0,41% ao mês) e bônus de adimplência de 25% (3,75% a.a. – 0,31% a.m.). O prazo para pagamento é de 24 meses sem carência, tendo como condição de acesso à concessão aprovada para permissão de mototaxista, conforme publicada no Diário Oficial do Município de 9 de abril de 2014, cumprindo todas as exigências da Comissão Especial de Licitação Concorrência Pública nº 001/2013.

Funcionários do IBGE no Amazonas já realizaram outros atos por melhorias no trabalho

Funcionários deflagram greve GERSON FREITAS Equipe AGORA

Servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do Amazonas aderiram à paralisação nacional deflagrada, ontem, na frente da sede do órgão, localizado na avenida São Jorge, no bairro der mesmo nome, na Zona Oeste. Segundo um dos coordenadores do Instituto, Paulo Sarmento, uma votação foi realizada em Nova Friburgo nos dias 15 e 18 desse mês, onde ficou decidido a paralisação em alguns Estados. De acordo com ele, dentro do órgão, há uma insatisfação generalizada em relação aos crescentes contratos por tempo temporário, assunto que é a principal reivindicação da greve.

“Estamos descontentes com a quantidade crescente de funcionários com contrato por tempo temporário no Brasil. Esse número de colaboradores representa quase a metade do corpo funcional do órgão que atualmente é de 5,7 mil funcionários” disse Paulo. O coordenador afirmou ainda que esses contratos são renovados a cada três meses, gerando mais insatisfação dos servidores que não conseguem ter estabilidade, uma renumeração compatível com a função exercida e os direitos trabalhistas. Segundo ele, a prática fragiliza o órgão. Outras reivindicações feitas pelos servidores são por melhorias na condição de trabalho, aumento no orçamento do órgão, contrata-

ções efetivas, seguro dos carros, reposição de chefia a cada 4 anos e salários equiparados aos de outros órgãos de pesquisas. Pesquisas Com a paralisação, quase todas as pesquisas foram canceladas no Amazonas, uma vez que a maioria dos manifestantes é do setor de coleta, cujo funcionamento ficou comprometido . O Ministério do Planejamento foi informado sobre as demandas dos grevistas. Além do Amazonas, a greve ocorre em Alagoas, Amapá, Distrito Federal, Paraíba, Rio Grande do Norte, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Outras assembleias acontecerão nesta semana para tratar da greve.

Linha com a Previdência *MARIA DO CARMO CASTRO

PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS O pagamento da folha de maio dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) teve início na segunda-feira (26). Os depósitos começaram a ser liberados nessa data para quem recebe até um salário mínimo e possui cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, o pagamento começa a ser depositado no dia 2 de junho. O pagamento de maio será depositado até o dia 6 de junho. A folha de pagamento do INSS paga atualmente mais de 31 milhões de benefícios e injeta na economia do país mais de R$ 29 bilhões todos os meses. O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato pode ser feita também no site da Previdência Social. Basta acessar a Agência Eletrônica Segurado e fazer a consulta. Os segurados conseguem apenas visualizar o extrato do mês corrente, caso precisem das informações dos meses anteriores devem comparecer a uma Agência de Previdência Social. INSS EXPRESSO Representantes do Serviço Social e do Programa de Educação Previdenciária (PEP), da Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Manaus (Gexman), inauguram hoje (27), às 10h00, na sede do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), no município de Manacapuru (AM), área metropolitana de Manaus, o serviço de auto atendimento INSS Express naquele órgão. O INSS Express é um serviço de autoatendimento oferecido pela Previdência Social em suas agências, onde o cidadão tem acesso a um computador com impressora para realizar 22 serviços na internet (www.previdencia.gov.br). O atendimento virtual que será oferecido no PAC não contempla todos os serviços prestados em uma Agência da Previdência Social, mas facilita o dia a dia do cidadão e reduz a demanda espontânea das unidades de atendimento do INSS. A implantação do INSS Express no PAC/Manacapuru é resultado da parceria firmada pela gerência-executiva de Manaus com o governo do Estado que cedeu recursos humanos para o pleno funcionamento de mais um ponto de atendimento previdenciário. e-SOCIAL O Comitê Gestor do eSocial está informando que o prazo para implantação do eSocial será contado apenas após publicação da versão definitiva do manual de orientação. A publicação desse pacote completo de informações é fundamental para o início do processo de adaptação das empresas ao projeto. Seis meses após a divulgação desse manual, as empresas começarão a inserir os eventos iniciais em um ambiente de testes. E, após mais seis meses de testes, entrará em vigor a obrigatoriedade para o primeiro grupo de empregadores, formado por empresas grandes e médias (com faturamento anual superior à R$ 3,6 milhões no ano de 2014). O cronograma de ingresso no sistema para as pequenas e microempresas está sendo elaborado em conjunto com as entidades representativas desses segmentos. As equipes dessas instituições estão sendo capacitadas para prestar suporte regional e local aos usuários do sistema. Além disso, estarão disponíveis em breve para consulta no Portal do eSocial (www. esocial.gov.br ) vídeos de orientação, guias de “Perguntas e Respostas” e um novo manual de orientação mais claro e explicativo. e-SOCIAL 2 O eSocial abrangerá todos aqueles que contratam trabalhadores, sejam empresas de diversos portes, produtores rurais, profissionais liberais, empregadores domésticos, que utilizarão o sistema para registrar os eventos relativos às relações de trabalho. De forma simplificada, dados referentes à admissão, licenças, aviso prévio, desligamentos, remunerações e pagamentos, informações que já são obrigatoriamente prestadas por meio de diversos sistemas, passarão a ser encaminhadas por um canal único: o eSocial.O sistema vai simplificar e racionalizar o cumprimento das obrigações previstas na legislação trabalhista, previdenciária e tributária, eliminando declarações e formulários exigidos pela Previdência Social, pelo Ministério do Trabalho e Emprego, pela Caixa Econômica Federal e pela Receita Federal, tais como GFIP, RAIS, Caged, entre outros. ATENDIMENTO INDISPONÍVEL O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa que, em decorrência da modernização do Centro de Processamento da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social - Dataprev, no período de 30 de maio a 1º de junho, os sistemas de atendimento do instituto estarão indisponíveis em todas as suas unidades. No entanto, as agências estarão de abertas somente para prestação de orientações e informações aos segurados. Esta interrupção também afetará os serviços previdenciários disponíveis no portal da Previdência Social e na Central de Teleatendimento 135. Serviços como Agendamento do Atendimento, Extrato de Pagamentos, Inscrição na Previdência Social, Guia da Previdência Social entre outros estarão indisponíveis. Os serviços estarão restabelecidos no dia 2 de junho.


Economia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

IMPOSTOS

Arrecadação federal é de R$ 105 bi A arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 105,8 bilhões no mês passado em termos nominais, valor recorde para meses de abril. Os números foram divulgados ontem, em Brasília, e mostram que o crescimento ficou em 0,93%, em comparação ao mesmo período de 2013, com a correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (Ipca). No primeiro quadrimestre, a arrecadação foi, em termos nominais, R$ 399,3 bilhões e teve crescimento real (corrigido pela inflação) de 1,78%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Receita Federal, o resultado foi influenciado pela queda na arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre Lucro Líquido em janeiro e em fevereiro. Houve, porém, reversão do quadro em março - principalmente em razão dos crescimentos observados nos recolhimentos de estimativas mensais que, no mês de abril, apresentou crescimento de 21,76% em comparação ao mesmo mês do ano passado. Mais fatores Outro fator considerado foi o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos que influenciam a arrecadação de tributos, como a produção industrial (-0,9%), vendas de bens e serviços (-5,63%), massa salarial (10,71%) e o valor em dólar das importações. Fatos esses ocorridos em março, mas que influenciaram o resultado de abril.

B3

Paralisação ameaça o fornecimento de energia

Urbanitários deflagram hoje uma greve de advertência que pode prejudicar o consumidor do AM IONE MORENO

EMERSON QUARESMA Equipe EM TEMPO

A

capital amazonense poderá sofrer com série de apagões a partir de amanhã, quando 70% dos 2,1 mil trabalhadores da Eletrobras Amazonas Energia iniciam às 7h, a segunda paralisação de advertência, desta vez por 72 horas. Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado do Amazonas (STIU-AM), Edney Martins, o movimento cobra o pagamento do direito da Participação nos Resultados (PLR). Segundo ele, se a empresa e o governo federal não resolverem a questão dentro de uma semana, será deflagrada greve por tempo indeterminado. A paralisação no Amazonas segue orientação do movimento nacional dos trabalhadores, coordenado pelo Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) e Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Martins disse que os trabalhadores recebem a participação nos lucros há 10 anos. No entanto, ele afirmou que o pagamento não foi efetuado e que a empresa não sinalizou nem ao menos o diálogo com os trabalhadores. “Não pedimos aumento de salário, pedimos o que temos direito todos os anos”, salientou. Amazonas Energia Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Eletrobras Amazonas Energia informou que a empresa se manifestará somente após tomar conhecimento oficial da decisão dos trabalhadores.

Empregados da Eletrobras Amazonas Energia realizaram um protesto em abril deste ano e agora ameaçam parar geral no AM

Diálogo em andamento, mas sem resultado O presidente do STIU-AM informou que, desde o início do ano, o CNE e a FNU mantém reuniões periódicas de negociação com os representantes da Holding (união das empresas da Eletrobras no Brasil), que até o momento não apresentaram proposta de pagamento do referido direito.

Martins afirmou que a classe não pretende penalizar a população com apagões. No entanto, ele observou que ninguém pode garantir a inexistência da possibilidade de que o corte no fornecimento ocorra eventualmente. Caso aconteça, ele observou que a solução não terá a mesma agilidade, uma vez que a

maioria dos trabalhadores estará de braços cruzados. “Os 30% de funcionários que continuarão trabalhando em Manaus e nos municípios do interior do Amazonas servirá para manter as máquinas ligadas. Pode ser que ocorra alguma eventualidade e o retorno será mais lento”, apontou Martins.

Segundo ele, os setores que ficarão paralisados serão os de serviço de faturamento, comercial e atendimento aos clientes. “Fizemos no dia 25 de abril a primeira advertência. Essa será a segunda. Independente de Copa, podemos parar as nossas atividades para cobrar o que é nosso de direito”, frisou.


B4

Economia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014


Caderno C

Dia a dia MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

diadia@emtempo.com.br

(92) 3090-1041

IONE MORENO

Rua dos Barés sofre interdição Dia a Dia C2

Vítimas da cheia cobram solução do poder público

DIEGO JANATÃ

Em protestos, moradores de áreas atingidas nas zonas Sul e Oeste reclamam da falta de assistência das autoridades

No igarapé da Cachoeira Grande, moradores reclamam do descaso das autoridades com sua situação. Muitos foram expulsos pelas águas e dormem ao relento, enquanto não recebem assistência FLÁVIO GUIMARÃES E IVE RYLO Equipe EM TEMPO

P

or causa das casas alagadas e da situação de risco em que se encontram, dezenas de moradores do beco Bragança, na rua Cachoeira Grande, às margens do igarapé de mesmo nome, no bairro São Jorge, Zona Oeste, protestaram na manhã de ontem na avenida São Jorge, interrompendo parcialmente a via. Eles reivindicaram ajuda do poder público e a retirada deles do local por conta da subida das águas. A doméstica Renata Torres da Silva, 34, já teve a casa inundada pelas águas do igarapé da Cachoeira Grande, e em razão disso teve que suspender os seus pertences em assoalhos de madeira improvisados feitos por ela mesma e com a ajuda de um vizinho. Ela passou a dividir o imóvel de apenas um cômodo com os seus dois bichos de estimação: um gato e um cachorro. “Chamei a Defesa Civil pra eles verem minha casa hoje (ontem) de manhã aqui, mas disseram que não podiam fazer nada e que era para esperar. Esperar minha casa afundar? Eu não tenho para onde ir!”, protestou, aflita, a doméstica, que teme voltar do trabalho não encontrar mais nem a casa ou seus animais. Renata reclamou que os representantes da Defesa Civil nada disseram sobre eles serem beneficiados pelo aluguel social da Prefeitura de Manaus. O medo de ter a casa inundada e sofrer com a perda de objetos e outros problemas acarretados pela subida das águas também é manifestado pelo pedreiro Lauro Rosa Teixeira, 34, que reside na área há mais de 15 anos. “Há muitos anos dizem que vão tirar a gente daqui, mas continuamos no mesmo sofrimento”, lamen-

tou o morador, apontando para a casa onde mora com os filhos e a esposa, cujo assoalho já é alcançado pelas águas do igarapé em meio ao lixo acumulado. Já a dona de casa Natalina França Matos, 22, contou que foi dito aos moradores que não receberiam neste ano ajuda em madeira para fazerem as conhecidas marombas e elevar os assoalhos das casas. “Simplesmente disseram que só iriam fazer mesmo as pontes de madeira porque madeira para maromba não ia ter. Ano passado, muitos funcionários da própria prefeitura pegavam a madeira que era para a gente e ainda vinham vender aqui”, denunciou. “Se nada for feito até a tarde de hoje (ontem), vamos num grupo bem maior invadir a Constantino Nery e protestar!”, anunciou outro morador do local, o autônomo William Michel, 28. Dois dias após a primeira manifestação, os moradores do bairro do Céu, Zona Sul, voltaram a obstruir o tráfego da rua Luiz Antony, no Centro, em novo protesto na tarde de ontem. Após uma casa ser arrastada pela enchente e prejudicar a estrutura de outras seis, eles solicitaram novamente pela intervenção urgente da Defesa Civil de Manaus e aplicação do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Cerca de 50 moradores atearam fogo em geladeiras velhas, pedaços de madeira e pneus para interditar a rua. Em seguida eles se posicionaram em círculo e de mãos dadas pediram pela intervenção dos governantes na sofrida situação. Mais de 10 famílias ficaram desabrigadas desde a quarta-feira passada (14), após um temporal, em que uma casa - construída sobre o igarapé - foi arrastada pela correnteza e acabou por abalar a estrutura de outras seis residências de madeira.

Ponte vira cama para famílias

Defesa Civil dá esclarecimentos

Desde então, os moradores estão dormindo na ponte de madeira que dá acesso as casas. “Eu tenho dormido num colchão com dois netinhos, que a gente coloca no meio da ponte. A casa está quase para se arrebentar toda. Minha casa estava boa, pedi um empréstimo de R$ 3 mil para reformá-la e só vou terminar de pagar em 2018”, constatou a aposentada Lucivalda Souza, 61. Na família de dona Lucivalda, 20 pessoas dividem o espaço da ponte com os móveis, eletrodomésticos e com outras famílias que também tiveram que abandonar suas casas. Os moradores reclamaram da falta de apoio dos órgãos competentes e denunciaram a lentidão da aplicação do Prosamim na área. “Fomos cadastrados em 2009. Aqui na parede, eles colaram o papel com a numeração do cadastro, mas até agora nada”, disse a aposentada Maria Francisca do Nascimento, 67, enquanto removia água de dentro de casa com um balde. Ela alugava parte da casa para uma família, que teve que abandonar o local após a água invadir. O vendedor ambulante Luis Roberto de Castro, 45, mostrou um documento de registro no Prosamim e outro com fotos que apresentou à Defesa Civil há 3 anos, chamando atenção quanto à dificuldade da população em morar no local de risco. “Eles não vieram avaliar nossa situação. Se ninguém vir nos ajudar vamos fechar a rua todos os dias”, anunciou o morador.

Sobre as queixas dos moradores da região do Igarapé da Cachoeira Grande, a Defesa Civil confirmou que desde 2013 deixou de fornecer ajuda em madeira aos moradores das áreas de risco, pois foi detectado pelos técnicos do órgão que a adição de mais pisos as residências sofriam um sobrepeso que poderia culminar em desmoronamento. As passarelas de acesso às residências estão sendo feitas desde abril. A respeito da venda ilegal de madeira destinada aos alagados nos locais onde o órgão presta assistência, a assessoria esclareceu que essas situações foram detectadas no ano passado, mas que adotou medidas administrativas e punitivas necessárias para corrigir. Quanto ao aluguel social, o órgão informou que quem teve a casa inundada será beneficiado, assim

Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) desviaram o tráfego. Duas viaturas da Polícia Militar também acompanharam o movimento. A Defesa Civil informou que esteve no bairro na última quinta-feira (15) e recomendou a saída imediata dos moradores por conta do risco. O órgão encaminhou o relatório com o cadastro de 11 famílias para a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) para inclusão por meio do aluguel social. Moradores do bairro do São Jorge, Zona Oeste, também organizaram uma manifestação no fim da tarde de ontem. Eles pretendiam interditar a avenida Kako Caminha, mas após serem atendidos por funcionários da Defesa Civil de Manaus, abortaram a ideia. “Eles prometeram voltar aqui amanhã (hoje) e cadastrar as famílias para que recebam o aluguel social por dois meses. Vamos aguardar o retorno”, disse o morador Rômulo da Silva. De acordo com os moradores, pelo menos 40 casas – construídas sobre o igarapé, atrás da feira do São Jorge - já sofrem os efeitos da enchente. “A água já invadiu mais de um metro dentro de casa. Estou colhendo madeira do igarapé para fazer a maromba e ninguém vem nos ajudar”, disse a autônoma Silvia Soares, 41. Rômulo explicou que todas as famílias já foram cadastradas no Prosamim, mas as obras ainda não começaram.

como outras residências também serão verificadas. O benefício seria executado logo que o decreto emergencial assinado pelo prefeito de Manaus, Artur Neto, fosse publicado no Diário Oficial do Município (DOM), o que aconteceu ontem (leia matéria na página C2). A responsabilidade pelo controle e monitoramento das famílias ficará a cargo da Semasdh. A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), responsável pelo projeto de saneamento e urbanização do igarapé da Cachoeira Grande, informou que as ações serão retomadas na área logo após a descida das águas, inicialmente na comunidade Athur Bernardes. Todas as moradias existentes na área de influência do projeto já estão cadastradas, conforme a Seinfra. IONE MORENO

Cheia crescente traz novamente situação de calamidade


C2

Dia a dia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Manaus está em situação de emergência com cheia Mas enquanto as pessoas não são retiradas definitivamente das áreas de risco, nós estamos oferecendo madeira, cestas básicas e fazendo o que é possível fazer”, disse Arthur. Com a situação de emergência, serão promovidas ações de combate aos danos causados pela enchente no prazo de 180 dias, somente nas áreas do município de Manaus comprovadamente afetadas pela cheia. A responsabilidade do planejamento e execução das ações do plano emergência é da Defesa Civil Municipal de Manaus, que além da contratação de pessoal por tempo determinado, como diz a lei, poderá ainda convocar voluntários e realizar campanha de arrecadação de recursos com o fim de facilitar ações de assistência. “Nós começamos o trabalho em janeiro e efetivamos em abril com a construção de 2,6 mil metros de passarelas. Agora as ações serão de atendimento para as famílias que podem ser afetadas pela enchente com remoção e doações”, explicou Aníbal Gomes, secretário executivo de Proteção e Defesa Civil.

Águas do rio Negro invadem ruas da orla fluvial do centro de Manaus: situação de emergência é decretada pela prefeitura

PITTER FREITAS

PARINTINS

Em Parintins, cheia do rio Amazonas limita o acesso dos estudantes, expondo-os a perigos

Escolas suspendem aulas na ilha As escolas públicas do município de Parintins das redes estadual e municipal de ensino irão suspender as aulas a partir de sexta-feira (30), por conta dos prejuízos causados pela cheia do rio Amazonas e seus afluentes na sede da cidade, distante 369 quilômetros de Manaus. De acordo com o prefeito Alexandre da Carbrás (PSD), a medida leva em consideração os constantes riscos de acidentes em que os 20 mil alunos estão expostos nas ruas do município devido à limitação do tráfego de veículos nas vias alagadas. “Foi constatado o risco a que as crianças estão sendo expostas, inclusive tendo que atravessar áreas alagadas, o que aumenta a chance de elas contraírem doenças provenientes da água contaminada, sem contar o perigo com cobras e outros animais peçonhentos”, disse. Ele destaca que a decisão

foi tomada na última sextafeira (23), durante reunião com a secretária municipal de Educação de Parintins, Eliane Regina Melo, e a coordenadora regional da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Ana Ester Paulino. Pelo menos oito bairros da ilha estão sendo afetados diretamente com a cheia deste ano. A avenida Paraíba, uma das mais importantes de Parintins, está interditada. “Tivemos que alterar o fluxo de veículos por conta das áreas alagadas. Com todos esses problemas, nós também temos a obrigação de pensar na segurança dos alunos”, afirmou o prefeito. Para a coordenadora da Seduc, Ana Ester Paulino, a cada dia, os alunos têm mais dificuldades de acesso às escolas, por isso, nesse momento, a única alternativa é suspender as aulas. Ana Ester informou que vai repassar as imagens do município ao secretário da

Seduc, Rossieli Soares, para fundamentar a necessidade de paralisação. “Não temos problemas com a estrutura das escolas e sim o acesso a elas”, justificou. Cheia anormal De acordo com o prefeito Alexandre, a cheia deste ano no município é considerada anormal, sendo comparada a cheia de 2009, uma das maiores já registradas. “Todo ano temos cheia, mas nem sempre vemos as ruas alagadas como estamos enfrentando este ano novamente”, ressaltou. Ele destaca que a prefeitura está distribuindo cerca de 10 mil kits de itens essenciais como cestas básicas, materiais de higiene e limpeza, colchões e garrafas com água mineral, para as famílias atingidas pela cheia. A ação de ajuda humanitária visa atender cerca de 15 mil pessoas na sede do município e na zona rural.

FEIRAS

Canoeiros irão para o Coroado Dezesseis canoeiros que comercializavam peixes irregularmente na travessa Tabelião Lessa, ao lado do mercado municipal Adolpho Lisboa, no Centro, serão realocados amanhã para a feira municipal do Coroado 3, localizada na alameda Cosme Ferreira, Zona Leste. O espaço foi oferecido pelo secretário municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento, Fábio Pacheco. “Após diversas notificações, os canoeiros foram encaminhados à Sempab, onde realizamos uma reunião e chegamos a uma solução de forma definitiva, que seria torná-los de imediato permissionários da feira do Coroado”, explicou. Segundo a Sempab, os permissionários já conheceram o espaço e receberão, inicialmente, todo o apoio. “O caminhão do peixe, da Sempab, ajudará no transporte do pescado para que eles possam oferecer um produto de qualidade e com procedência”, garantiu Pacheco. Eles também irão passar por cursos como o de noções sobre a lei n° 123, relacionada às feiras e mercados municipais, e vão receber instruções de atendimento de qualidade, higiene e manipulação de alimentos.

CENTRO

Com avanço das águas, rua dos Barés sofre interdição A Prefeitura de Manaus interditou, na manhã de ontem, a rua dos Barés no trecho entre a rua Pedro Botelho e a avenida Joaquim Nabuco, Zona Sul. A interrupção é necessária porque a enchente do rio Negro começa a atingir algumas vias da área central e prejudica o tráfego de veículos e de pedestres. A interdição do tráfego é monitorada pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) que direcionou agentes de trânsito para o local e sinalizou a área com divisores de concreto. Condutores estão sendo orientados a desviar do trecho interditado.

Desvio Quem segue pela rua dos Barés deve agora entrar à esquerda na avenida Joaquim Nabuco e seguir até as ruas Miranda Leão ou Andradas, para acessar a avenida Lourenço da Silva Braga (Manaus Moderna). A prefeitura sugere que os motoristas evitem estacionar nas ruas que começam a ser atingidas pela enchente. O Manaustrans está acompanhando a subida das águas e só vai decidir pela interdição de outras vias a partir do momento em que a enchente representar ameaça à segurança na circulação de pedestres e motoristas. DIVULGAÇÃO

O

prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, decretou ontem situação de emergência em Manaus, diante da cheia do rio Negro e dos relatórios apresentados pela Defesa Civil do município. Com isso, a Prefeitura de Manaus reconhece legalmente a situação de anormalidade, provocada pelo fenômeno natural e amplia a possibilidade de adquirir recursos do Estado e da União, para amparar e socorrer moradores de áreas afetadas pela subida do rio. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de ontem, disponível hoje em sua versão eletrônica. “Espero que, diferente do ano passado, haja uma sensibilidade maior do Ministério da Integração para com os ribeirinhos. Decretando situação de emergência na capital, incluindo a área rural, já garanto o seguro defeso para eles. Agora quero mais perspectiva de ajuda para as pessoas que estão com suas casas alagadas também na cidade. O Prosamim (Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus), que é um programa bom do governo do Estado, está avançando.

IONE MORENO

Prefeito reconhece legalmente situação de anormalidade do fenômeno natural para aquisição de recursos para socorro

Rua dos Barés está com tráfego prejudicado com a cheia


Dia a dia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

C3

Em Barcelos, empresário enfrenta bloqueio de bens A

pedido do Ministério Público do Trabalho no Amazonas (MPT 11ª Região), a empresa Irajá Fibras Naturais da Amazônia (L.C. Morais Rocha Comercial) e seu proprietário Luiz Cláudio Morais Rocha, conhecido como “Carioca”, tiveram a quebra do sigilo bancário com o imediato bloqueio de R$ 255.472,94 determinado em liminar concedida pela Justiça do Trabalho do Amazonas. A indisponibilidade de bens tem por objetivo garantir o pagamento das verbas rescisórias e indenizações de 13 trabalhadores resgatados em condições de trabalho similar às de escravos atuando na extração da piaçaba, no município de Barcelos (a 405 quilômetros de Manaus). Segundo o procurador do Trabalho Renan Bernardi Kalil, o pedido foi ajuizado “diante das condições extremamente degradantes a que estavam submetidos os empregados, endividados, isolados geograficamente e sem qualquer expectativa de receber seus direitos trabalhistas”, explicou. Renan Kalil ressaltou ainda que a medida também foi proposta diante da postura do empresário Luiz Cláudio Rocha du-

rante o curso da ação fiscal. “Ele descumpriu o poder de notificação do Ministério do Trabalho e Emprego para a realização dos procedimentos administrativos cabíveis e também procedeu de má-fé nas negociações entabuladas na semana seguinte ao resgate dos trabalhadores, quando houve o acordo de pagamento das verbas rescisórias e indenizações devidas”, disse. O procurador acrescentou ainda que o levantamento efetuado pelos auditores-fiscais do Trabalho constatou que as verbas rescisórias dos 13 empregados encontrados nas localidades do igarapé Buracão e Águas Vivas alcançam o montante de R$ 125.472,94. A Justiça determinou ainda a indisponibilidade de imóveis e veículos como garantia do pagamento das verbas e indenizações devidas, caso o bloqueio dos valores não seja suficiente. O resgate dos trabalhadores foi realizado entre os dias 27 de abril a 11 de maio deste ano, em duas comunidades rurais entre os municípios de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro, no norte do Estado do Amazonas, a partir de operação conjunta entre o MPT, Ministério Público Federal no Amazonas

(MPF/AM) e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com apoio do Exército brasileiro e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As operações de fiscalização deverão continuar, já que há informações de mais pessoas trabalhando sob as mesmas condições, inclusive vinculados a outros empresários. Os piaçabeiros, como se autodenominam os trabalhadores do ramo, eram submetidos a um ciclo de servidão por endividamento, com jornadas de trabalho excessivas e sem acesso aos direitos trabalhistas mais básicos. A operação de resgate comprovou que os piaçabeiros moravam em construções improvisadas no meio da floresta ao longo de vários meses, sem qualquer segurança ou mínimas condições de higiene pessoal. Diante da constatação de que a atividade extrativista tem adotado o regime de aviamento nas relações de trabalho, o MPF/AM recomendou a representantes de órgão e autarquias estaduais e federais que atuam nas áreas de meio ambiente, produção rural, trabalho e emprego e política fundiária no Amazonas, que assumam compromissos para regularizar a cadeia produtiva da piaçaba.

MPT/DIVULGAÇÃO

Justiça do Trabalho bloqueou R$ 255 mil para efetuar pagamento de trabalhadores encontrados em regime de escravidão

Piaçabeiros foram encontrados em condições deploráveis de trabalho e de sobrevivência


C4

Dia a dia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Curso permite reforço no atendimento em DST/Aids guns profissionais do interior do Estado também contribuiu para a realização do curso que é promovido pela FMT/HDV, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam). O evento conta com a participação da diretora adjunta do Departamento Nacional de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, médica Adele Benzaken, que fala sobre o papel da Atenção Primária no atendimento ao paciente com HIV/Aids. “Recentemente, o Ministério da Saúde publicou o Novo Protocolo Clínico de Tratamento da Infecção pelo HIV em adultos e crianças. O documento traz dados epidemiológicos e de assistência para contextualização da realidade brasileira, e atualiza as recomendações para manejo”, comentou Silvana Lima. Ela ressalta que a qualidade da assistênciaprestadanosserviços de saúde e o diagnóstico precoce são as principais estratégias para a redução de mortalidade e morbidade em Aids. “A identificação precoce do HIV/Aids é importante para que o paciente tenha a oportunidade de aderir ao tratamento antes mesmo que a doença se manifeste”, ressalta.

Silvana Lima, coordenadora de DST/Aids e hepatites virais: intenção do curso é facilitar ainda mais diagnóstico e tratamento

ARQUIVO EM TEMPO

ELETROBRAS

Diversas quedas de energia têm acontecido na cidade em horários até mesmo de madrugada

Quedas de energia ficam intensas A oscilação e a interrupção no fornecimento de energia elétrica em bairros de Manaus é uma das principais queixas de moradores e proprietários de estabelecimentos comerciais da capital. Na madrugada de ontem, moradores de diversos bairros denunciaram que sofreram com paradas sucessivas no abastecimento de energia. De acordo com o comerciante José Alberto dos Santos, 66, residente no bairro Nossa Senhora das Graças, as falhas são constantes e resultam em diversos prejuízos como perda de eletrodomésticos. “Já tive freezer queimado e os produtos todos estragados, um prejuízo para mim, que sobrevivo apenas disso”, reclamou. Ele acrescentou ainda que não acontece somente durante o dia. Na madrugada de ontem, em menos de meia hora, foram mais de seis interrupções. “Quase não dormi direito, levantando para ligar ou desligar as coisas”, disse.

A dona de casa Maria dos Anjos Maciel, 58, moradora do bairro Aleixo, que cuida da neta de 16 anos, portadora de necessidades especiais e necessita armazenar alimentos específicos para ela e também manter em refrigeração remé-

EXPLICAÇÃO

Apesar das reclamações, a Eletrobras Amazonas Energia afirma que houve interrupções programadas na cidade, mas as oscilações ou falhas sofrem influência de agentes externos dios que a neta toma, disse viver um transtorno quando a energia elétrica cai. “Acontece muito na madrugada e também durante o dia, a gente liga, mas demoram uma eternidade”. Ela conta que neta se agita com o calor quando o

aparelho de ar-condicionado para e fica a noite praticamente acordada. “É doloroso você ter alguém com problemas de saúde em casa e ter que passar por isso, mesmo pagando as contas em dia”, afirmou. A Eletrobras Amazonas Energia informou que em razão da necessidade de melhoria dos serviços de energia elétrica, realizou algumas interrupções programadas na cidade, porém, ressaltou que nem todas elas são os principais motivos das oscilações ou falhas, mas que comunica via imprensa e no site do órgão o dia, horário e local a serem afetados. A concessionária justificou ainda que a influência dos chamados agentes externos como tempestades ou queda de árvores na rede também colaboram para essas interrupções. Porém, ressaltou que procura atuar com agilidade de acordo com as demandas recebidas pelos canais de atendimento, tanto pela internet quanto pelo telefone.

ZONA OESTE

Ponte fará novo acesso O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, visitou ontem as obras da ponte Ilhas Gregas, que ligará a Ponta Negra ao condomínio Alphaville, ambos na Zona Oeste. Graças a uma parceria com o Exército brasileiro, em menos de 15 dias o fluxo de veículos estará liberado no local com a instalação de uma ponte de ferro, provisória. “Vamos cumprir com o nosso compromisso de dar a segunda saída da Ponta Negra até a Copa. Agradeço ao Exército mais uma vez pela capacidade de serem beneméritos para conosco. A rota definitiva vai sair, resolvemos algumas questões de desapropriação, mas a ponte provisória servirá para a população com bastante segurança durante a Fan Fest”, afirmou o prefeito. Paralelamente aos trabalhos no acesso provisório, a obra definitiva continuará em execução e a expectativa é que em três meses a ponte Ilhas Gregas esteja concluída. No próximo fim de semana, a mesma ponte de ferro utilizada pelo Exército na rodovia BR-174 (ManausBoa Vista) já deve começar a ser montada no local.

MOBILIDADE

Ciclovia Boulevard-Ponta Negra fica para fim do ano A Prefeitura de Manaus retomará a construção da ciclovia Boulevard-Ponta Negra a partir da próxima semana. A notícia, para os praticantes da modalidade, foi divulgada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto ontem durante vistoria nas obras da ponte Ilhas Gregas, na Zona Oeste da capital. “Todos os problemas que apareceram e que impediam o avanço dos serviços foram contornados. Neste verão, vamos trabalhar bastante nesse projeto e, até o fim de 2014, vamos entregá-lo para a população”, garantiu o prefeito. Além dos mais de 14 quilômetros de ciclovia entre a avenida senador Álvaro Maia, Zona Centro-Sul, até a marina do Davi, Zona Oeste, a prefeitura também iniciará a construção de mais seis quilômetros de ciclovia na área pública cedida pelo condomínio Alphaville, no Tarumã, Zona Oeste. “Será uma beleza de obra que vamos fazer, no ponto

de vista de apoio ao esporte, que é uma das metas do meu governo. Eu recomendo que todos procurem ter uma vida saudável praticando esportes e o que vamos fazer é oferecer mais uma opção

PROMESSA

A prefeitura garantiu que as obras da ciclovia serão retomadas a partir da próxima semana na região da avenida Senador Álvaro Maia, além de iniciar a construção de outra na Zona Oeste segura para os ciclistas”, destacou Arthur. De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Luiz Borges, a ciclovia do Alphaville está em fase de estudo e as obras devem iniciar paralelamente aos serviços da ciclovia Boulevard-Ponta Negra. TÁCIO MELO/SEMCOM

C

erca de 70 profissionais da área de saúde – entre médicos, enfermeiros e farmacêuticos, dos Serviços de Assistência Especializada (SAE) em HIV/Aids e das Unidades Básica de Saúde (UBSs) - estão participando do Curso Básico de Manejo Clínico do Paciente com Infecção pelo HIV e coinfecções Tuberculose, Hepatites B e C. A capacitação, que começou ontem e prossegue até quintafeira (29), na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD), é preparatória para a ampliação da rede de serviço de atendimento a esses pacientes, na capital e no interior do Estado. “A intenção é facilitar ainda mais o diagnóstico e tratamento dos pacientes, que futuramente poderão dirigir-se a uma unidade mais próxima de sua residência”, explica a coordenadora de DST/Aids e Hepatites Virais do Amazonas, Silvana Lima. A programação do curso conta com conteúdo teórico, casos clínicos e aulas práticas no SAE da FMT-HVD. Silvana destaca que a entrada de novos profissionais nos Serviços de Saúde de Manaus, em decorrência do último concurso público e a rotatividade de al-

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO/ARQUIVO EM TEMPO

Capacitação foi iniciada ontem e é preparatória para a ampliação da rede de serviço na capital e no interior do Estado

Trabalhos da ciclovia no boulevard estavam paradas


Dia a dia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

C5

Censo mostra a realidade educacional do Amazonas O

governador do Estado, José Melo, abriu oficialmente ontem no Centro de Educação de Tempo Integral Elisa Bessa Freire, Zona Leste de Manaus, o censo escolar da Educação Básica 2014. Os trabalhos foram iniciados com a capacitação de 350 técnicos da capital e do interior do Amazonas. Coordenado regionalmente pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), o censo da educação básica contabilizará dados escolares das redes estadual, municipal e particular de todos os 62 municípios do Amazonas. De acordo com Melo, o trabalho gerado pelo censo é imprescindível para o desenvolvimento educacional. “Com as informações adquiridas, o poder público tem um diagnóstico preciso da rede de ensino e pode projetar melhorias, financiando ações em prol da comunidade escolar”, apontou o governador. Segundo o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, as informações do censo servem de referência para a formulação de políticas públicas e para

EDUARDO CAVALCANTE/SEDUC

Lançado ontem, trabalho vai abranger redes pública e privada de ensino em todos os 62 municípios amazonenses a execução de programas na área da educação. “Incluindo investimentos em transporte, merenda e uniformes escolares, distribuição de livros didáticos, financiamento para capacitações de professores, ampliação de escolas, dentre outros”, citou Rossieli Silva. Números Conforme informações do último censo escolar (2013), o Amazonas conta com 1.192.133 estudantes, sendo 493.853 matriculados em escolas da rede estadual e 591.273 em escolas das redes municipais. Do contingente total de alunos, 97.399 estão matriculados em escolas de tempo integral. O último censo revelou também que o Estado conta com 5.541 estabelecimentos de ensino, sendo 692 da rede estadual (incluindo as unidades que oferecem o ensino mediado por tecnologias / Centro de Mídias) e 4.581 das redes municipais de ensino. O Estado conta, conforme o último censo, com 41.202 professores, sendo 15.086 da rede estadual e 25.399 das redes municipais.

José Melo, governador do Estado, na solenidade de lançamento do censo escolar: diagnóstico projeta melhorias na educação

ALEXANDRE FONSECA/SEMINF

PRAÇAS

Obras devem ser entregues dentro de semanas, diz PMM A Prefeitura de Manaus está revitalizando três praças da cidade: a praça de alimentação Mário Verçosa, localizada no Dom Pedro, a praça do Centro de Instruções de Guerra na Selva (Cigs) e a praça Senador Raimundo Parente, no Aleixo. A previsão é de que as obras nos três espaços sejam concluídas nas próximas semanas. As obras na praça Mário Verçosa visam, principalmente, o fato de este ser um dos lugares que deve receber maior movimentação durante a Copa do Mundo. Nos últimos 40 dias, foi feita a troca completa das telhas e calhas que compõem a cobertura, além da implantação de novo policarbonato, material elaborado à base de resina que oferece transparência e aproveita-

mento da luz solar. Toda a estrutura metálica recebeu nova pintura. Banheiros e a quadra de esportes da praça foram reformados. O espaço também está recebendo as revisões necessárias para sanar o problema de goteiras. Nos próximos dias, os serviços serão de acabamento com a pintura dos canteiros, de todo o ladrilho, além da colocação da cobertura do anfiteatro. A revitalização da praça é executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), em parceria com a Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), além da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Praça Mário Verçosa, no Dom Pedro: reforma mais agilizada

MANAUSTRANS

Em operação, instituto faz 141 autuações de veículos O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) realizou, na manhã de ontem, uma fiscalização nas principais vias do Centro e Zona Sul da cidade, que resultou na remoção de oito veículos e na autuação de 141. As operações constantes do instituto fazem parte das ações da Prefeitura de Manaus para disciplinar a circulação de veículos nas ruas e avenidas da capital amazonense. A ação, denominada operação Explosão, envolveu 37 agentes do Manaustrans, quatro caminhõesguincho e contou com o apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). As infrações de desobe-

diência às leis de trânsito foram flagradas nas ruas dos Barés, Marquês de Santa Cruz, 24 de Maio, 10 de Julho, avenidas Lourenço Braga (Manaus Moderna), Floriano Peixoto, 7 de Setembro, Joaquim Nabuco e Ayrão. Proibições Grande parte dos veículos estava em área de estacionamento proibido por sinalização ou estacionado sobre a calçada. Os veículos removidos foram enviados para o parqueamento da Prefeitura de Manaus, no bairro da Paz. A operação Explosão é realizada diariamente pelo Manaustrans em todas as zonas da cidade. Para solicitar a presença dos agentes, é necessário que o interessado ligue para o 0800 092 1188.


País

C6

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Copa tem investimento de R$ 1,9 bi em segurança C

om investimentos de R$ 1,9 bilhão, a operação de segurança e defesa para a Copa do Mundo conta com 157 mil agentes da segurança pública e das Forças Armadas. O plano operacional começou na última sexta-feira (23) e vai até dia 18 de julho, cinco dias após a partida final, marcada para 13 de julho. A esse contingente, somamse 20 mil agentes de segurança privada, contratados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), que vão cuidar dos perímetros externo e interno dos estádios e de outras instalações oficiais da federação, como hotéis, onde estarão hospedadas as delegações e centros de treinamento. Nesses locais, a atuação é liderada pelos seguranças particulares, mas a força pública também estará presente e será acionada em caso de necessidade. Em média, serão 900 agentes privados por jogo. O secretário extraordinário de segurança para grandes eventos, do Ministério da Justiça, Andrei Rodrigues, disse que o país está preparado para garantir a segurança durante o Mundial. “Estamos prontos para re-

ceber turistas estrangeiros, autoridades e delegações e garantir a segurança de todos. As forças de segurança estão preparadas para qualquer cenário como atentados terroristas e manifestações violentas. Não toleraremos atos de vandalismo, saques e depredação.” Para Rodrigues, o grande legado da Copa para o setor é a integração das forças. Para reforçar a segurança, policiais estrangeiros virão ao Brasil. Além de agentes dos 31 países que vão participar do Mundial, serão enviados policiais de outros 15 países convidados. Cada país classificado para a Copa poderá enviar até sete agentes, sendo que três deles devem atuar no Centro de Cooperação Policial Internacional, chefiado pela Polícia Federal (PF), em Brasília. Os outros países podem mandar até três agentes para trabalhar na capital federal. Os policiais estrangeiros poderão verificar antecedentes criminais e checar a autenticidade de documentos dos torcedores. Também vão ter função de intérpretes, além de identificarem cartazes com mensagens ofensivas em estádios e em locais de concentração de turistas.

FABIOPOZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

O secretário extraordinário do Ministério da Justiça, Andrei Rodrigues, disse que o país está preparado para o Mundial

Equipamentos de tecnologia serão utilizados pela segurança durante todo o período da Copa do Mundo, nas subsedes dos jogos

EBC

PERNAMBUCO

PARÁ

Justiça condena PM e bombeiros a pagar gastos

Demora na demarcação de TI gera ação judicial

Uma decisão judicial da 3ª Vara de Justiça de Pernambuco determinou que a Associação Pernambucana de Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS-PE) e a Associação dos Praças de Pernambuco (Aspra-PE) paguem R$ 1.103.014,40 à União. O valor, que deverá ser dividido igualmente entre as associações, é referente aos gastos com o envio da Força Nacional de Segurança Pública e do Exército brasileiro ao Estado, em decorrência da greve das categorias, entre os dias 13 e 15 deste mês. A decisão referendou pedido da Advocacia-Geral da União, que ajuizou processo contra as duas associações e contra um dos líderes do Movimento Independente da Política Militar, na última sexta-feira (23). De

O Ministério Público Federal (MPF) entrou ontem na Justiça Federal em Itaituba, no Pará, com uma ação civil pública contra a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a União por causa de demora na demarcação da Terra Indígena (TI) Sawré Muybu. A área de 178 mil hectares, ocupada tradicionalmente por indígenas da etnia munduruku, está localizada nos municípios de Trairão e Itaituba, no sudoeste paraense. O processo de demarcação já dura 13 anos. “O objetivo é a efetiva e adequada tutela dos direitos indígenas, especialmente a garantia da posse exclusiva das terras indígenas, de modo que seja concretizado o dever constitucional de demarcar as terras por eles tradicionalmente ocupadas”, argumentou o procurador da República Camões Boaventura, que assina ação, segundo nota

acordo com o juiz titular da Vara, Frederico José Pinto de Azevedo, a condenação foi baseada na Constituição Federal e na Constituição de Pernambuco, que proíbem a realização de greves por parte de militares. “A Força Nacional e o Exército ainda estão nas ruas do Recife e demandam custos, que estão listados no processo, como combustível, manutenção de viaturas, deslocamento, entre outros. Esses custos devem ser pagos por alguém”, disse o juiz à Agência Brasil. As contas dos bens das associações já foram bloqueados, por meio do sistema BacenJud, para que o ressarcimento seja feito à União. O profissional apontado como líder do movimento não foi condenado a efetuar pagamento.

Efetivo da Força Nacional foi deslocado para Pernambuco

divulgada pelo MPF. A ação pede também a condenação da Funai e da União por danos morais coletivos contra os grupos indígenas por causa da demora na demarcação. No ano passado, o processo foi paralisado “inexplicavelmente”, segundo o MPF. Na ação, o MPF argumenta que a demora da demarcação tem afetado os munduruku da região do Médio Tapajós, que são constantemente ameaçados por invasões de madeireiros e garimpeiros. Além disso, de acordo com a ação, a área Sawré Muybu deverá ser alagada pelas usinas hidrelétricas de São Luiz do Tapajós e Jatobá que o governo pretende construir no Tapajós. Com o alagamento, os indígenas poderão perder uma de suas aldeias, roças, locais de coleta, caça e pesca, e um cemitério ancestral.


País

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Univesidade de Coimbra terá vagas para brasileiros Estudantes brasileiros que fizeram alguma das três últimas edições do Enem poderão concorrer, até o próximo mês, a aproximadamente 630 vagas na Universidade de Coimbra, instituição portuguesa fundada no século 13. Ontem, o reitor João Gabriel Silva e Chico Soares, presidente do Inep (órgão responsável pelo Enem), assinaram a parceria, anunciada no mês passado. A expectativa é a de que

outras universidades de Portugal sigam o mesmo modelo - além de Coimbra, a Universidade da Beira Interior também passou a aceitar o exame no processo de seleção. Hoje, há em torno de 2 mil brasileiros estudando em Coimbra - a instituição tem aproximadamente 23 mil alunos. Segundo o reitor português, as vagas agora oferecidas aos brasileiros não se somam com as ofertadas atualmente.

Liberados R$ 5,5 bi para saneamento e mobilidade O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou a ampliação dos limites de crédito para os entes públicos contratarem empréstimos para projetos do PAC DIEGO JANATÃ

ENEM

C7

MARANHÃO

Parentes mantidos reféns em Pedrinhas são liberados Familiares que eram mantidos reféns por detentos do presídio de Pedrinhas, em São Luís (MA), foram liberados na manhã de ontem. Ao todo, 32 familiares estavam em uma das unidades do complexo penitenciário, de acordo com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão. Após o horário de visita, eles foram impedidos pelos parentes de deixar o local. Os presos queriam que o governo cumprisse uma lista de exigências. Entre os pedidos, estavam a instituição de visitas íntimas, troca de monitores, en-

trega de novos colchões e banho de sol coletivo. Segundo a secretaria, a liberação ocorreu após a retomada das negociações com os detentos. Até então, os familiares eram mantidos na Central de Custódia de Presos de Justiça. Em nota, a pasta negou que os familiares estivessem sendo mantidos reféns e informa que eles “decidiram permanecer (no local) de forma solidária”. O presídio maranhense esteve no centro do noticiário após a divulgação de casos de violência, como a decapitação de presos.

Dos R$ 5,5 bilhões anunciados, R$ 3,5 bilhões destinam-se a obras de saneamento ambiental e o restante, ao transporte

A

s prefeituras e os governos estaduais poderão pegar mais de R$ 5,5 bilhões em financiamentos de obras de saneamento e mobilidade urbana. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou a ampliação dos limites de crédito para os entes públicos contratarem empréstimos para projetos do Programa

de Aceleração do Crescimento (PAC) nessas áreas. Dos R$ 5,5 bilhões, R$ 3,5 bilhões destinam-se a obras de saneamento ambiental. Os R$ 2 bilhões restantes financiarão projetos de transporte coletivo, como corredores de ônibus, Bus Rapid Transit (BRT), veículo leve sobre pneus (VLP) e veículo leve sobre trilhos (VLT).

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, o CMN atendeu ao pedido do Ministério das Cidades para ampliar os limites de crédito. A quantia que as prefeituras e os governos estaduais pode pegar emprestada no sistema financeiro passou de R$ 19,4 bilhões para R$ 21,4 bilhões, para os projetos de mobilidade e de R$ 25,95 bilhões para R$

29,45 bilhões, para as ações de saneamento. O CMN é composto pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e pelo presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. A reunião mensal do órgão ocorreu na última sexta-feira (23), mas os votos só foram divulgados ontem à tarde.


Mundo

C8

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Novo presidente ucraniano quer reunião com Putin “Nós vamos ouvir as intenções de Poroshenko, incluindo os assuntos relacionados à Rússia. Estamos prontos para dialogar com os representantes de Kiev”, afirmou. Com pouco mais de 70% dos votos apurados até a tarde dessa segunda, o bilionário conhecido como “Rei do Chocolate” (é dono da maior

ESTOPIM

A crise na Ucrânia foi desencadeada em novembro de 2013 com a decisão do presidente, Viktor Ianukóvitch, de não assinar um acordo com a União Europeia e fortalecer os laços com a Rússia marca do país) aparece com aproximadamente 54%, confirmando pesquisa de boca de urna que indica sua vitória no primeiro turno. Segundo a comissão eleitoral, o resultado oficial só será divulgado entre 4 e 5 de junho. Essa eleição é considerada a mais importante da Ucrânia

desde sua independência em 1991, na derrocada da União Soviética. Marca a substituição definitiva do presidente deposto em fevereiro, Viktor Yanukovich, aliado dos russos, em meio a protestos que deixaram dezenas de mortos. Poroshenko foi um dos principais mentores da queda de Yanukovich, sob a acusação de que ele cedeu à pressão de Moscou ao se negar a assinar um acordo comercial com o bloco europeu. Apesar disso, chegou a ser ministro de Yanukovich, em 2012. Invasão Nessa segunda, separatistas invadiram o aeroporto da cidade de Donetsk, no leste, obrigando a suspensão de voos. Forças ucranianas iniciaram uma operação de desocupação. A eleição foi praticamente esvaziada nessa região em razão do bloqueio de zonas eleitorais por parte dos militantes pró-Moscou. A comissão eleitoral informou ontem que a adesão em todo país deve ficar em torno de 60%, o que não invalida a votação porque não há nenhum tipo de regra neste sentido.

COLÔMBIA AP

MÉXICO

Após 20 anos, guerrilheiro anuncia que está se afastando do movimento Zapatista

Subcomandante Marcos dá adeus O mascarado subcomandante Marcos, que liderou um levante indígena no sul do México e se tornou um dos revolucionários mais emblemáticos da América Latina, disse no domingo (25), que estava deixando o cargo de porta-voz dos rebeldes zapatistas e que desapareceria. O líder guerrilheiro que fumava cachimbo usando uma máscara de esqui se tornou um ídolo do movimento antiglobalização, depois que ele liderou a rebelião zapatista em 1994 no sul do Estado de Chiapas. “Decidimos que Marcos não existe mais”, escreveu em uma longa declaração publicada no site do movimento Zapatista, o que disse ser sua última mensagem como líder rebelde. Marcos negou rumores de que estava doente, dizendo que estava abrindo caminho

Apontado como o novo presidente ucraniano, Poroshenko só será oficializado no mês de junho

para uma nova geração assumir o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN), que ainda mantêm algumas comunidades em Chiapas. Nomeado em homenagem ao revolucionário mexicano Emiliano Zapata, o EZLN lançou uma batalha de 12 dias contra o exército mexicano que deixou 140 mortos, depois que o México abriu as suas fronteiras para o livre comércio no dia 1º de janeiro de 1994, após o presidente Carlos Salinas assinar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA). Marcos se tornou um herói para os ativistas de esquerda e intelectuais por defender os direitos dos índios maias que tinham sido oprimidos durante séculos, mas ele também era visto como um publicitário que fazia autopublicidade. Marcos não fazia nenhuma grande aparição desde 2006,

Esquerda decidirá segundo turno Embora o candidato Óscar Zuluaga, do Centro Democrático, e o presidente Juan Manuel Santos, candidato à reeleição, sejam considerados representantes da direita, a esquerda colombiana poderá definir o cenário no segundo turno, previsto para o próximo dia 15 de junho. Analistas consultados pela Agência Brasil mostraram que o apoio da esquerda será decisivo para que Santos consiga ser reeleito. A manutenção da agenda do processo de paz entre as Forças Armadas Revolucionária da Colômbia (Farc) e o governo terá um peso importante na decisão a ser tomada pelos partidos de esquerda Juntos, os candidatos de esquerda, Clara López, do Polo Democrático Alternati-

vo, e Enrique Peñalosa, da Aliança Verde, conseguiram 23,51% dos votos. A candidata Marta Ramírez, terceira colocada, obteve 15,52%. As definições dos partidos e coalizões derrotados deverão ser anunciadas hoje, mas a cúpula política de Santos já trabalha para conseguir o apoio de Clara López e Peñalosa. A expectativa no país é de que os votos de Marta Ramírez sejam transferidos para Zuluaga e de que as duas forças mais à esquerda se unam em torno da candidatura de Santos. “A esquerda se uniria a Santos, primeiro para derrotar Zuluaga e a força que está por trás dele: Álvaro Uribe (ex-presidente e senador eleito)”, disse Jorge Restrepo, cientista político

do Centro de Recursos para Análise do Conflito. Embora o processo de paz tenha sido o principal eixo de sustentação da campanha de Santos, alguns analistas mostram outras diferenças entre ele e Zuluaga que poderiam “convencer” a esquerda. O economista Carlos Martínez comentou que ainda que os dois candidatos defendam o mesmo modelo econômico de crescimento, eles têm diferenças no viés de pensamento no campo social. “Santos cometeu erros. Fez muitas promessas de melhoria social e isso não ocorreu na proporção necessária. Mas ele sabe que não há como fazer um governo sem inclusão social na Colômbia e sem políticas de transferência de renda”, disse Martínez. AFP

O

magnata ucraniano Petro Poroshenko, 48, anunciou ontem, em Kiev que pretende se reunir com lideranças do governo russo em junho para discutir a crise entre os dois países. Apontado como vencedor da eleição presidencial realizada no último domingo (25), Poroshenko afirmou ser “impossível” encerrar o conflito armado no leste da Ucrânia sem debater o assunto com o presidente russo, Vladimir Putin. “A Rússia é nosso maior vizinho. Precisamos parar a guerra, trazer a paz e a estabilidade para a Ucrânia. Isso é impossível de fazer sem as autoridades russas, sem reunir com lideranças russas. Provavelmente, isso vai ocorrer na primeira metade de junho”, afirmou. “E não será só para apertar as mãos”, garantiu. Mais cedo, o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que está disposto a dialogar com Poroshenko. Foi o primeiro gesto de Moscou à vitória do magnata.

AFP

Segundo Petro Poroshenko, é impossível encerrar o conflito armado no leste do país, sem uma conversa com a Rússia

quando viajou pelo México para condenar a classe política do país durante a campanha eleitoral presidencial. Ele proibiu a mídia de celebrar o 20º aniversário da insurreição em 2014. O governo lhe havia identificado como um ex-professor, mas Marcos negou, chamando a si mesmo de “holograma”. Ele disse que sua figura, agora estampada em camisetas, havia se tornado uma “distração”. “Aqueles que amavam e odiavam o subcomandante Marcos agora sabem que têm odiado e amado um holograma “, escreveu. Em 2001, o Congresso aprovou a legislação para dar mais direitos aos indígenas. Mas os zapatistas rejeitaram os esforços do governo para apaziguar a região e montaram seus próprios governos autônomos em cinco municípios de Chiapas. Candidata esquerdista Clara López terá apoio negociado pelos candidatos do segundo turno


Caderno D

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

plateia@emtempo.com.br

(92) 3090-1042

DIVULGAÇÃO

Plateia

Entrevista com uitarrista do Angra Plateia D3

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

‘Um lugar para todas as artes’ Projeto da associação cultural Casarão de Ideias foi o único do Amazonas contemplado com apoio do Itaú Cultural

Selecionado entre mais de 15 mil inscritos, o projeto de João Fernandes envolve quatro atividades

O

projeto “Casarão de Ideias – Um Lugar Para Todas as Artes” foi o único do Amazonas contemplado com prêmio do programa Rumos, do instituto Itaú Cultural, voltado para a pesquisa e a produção de conteúdo. O anúncio dos vencedores foi feito ontem pela manhã e, ao todo, foram inscritos mais de 15 mil projetos do país e do exterior. Desses, 104 obtiveram aprovação para apoio financeiro. O edital 2013/2014 teve como novidade a possibilidade de misturar áreas de expressões artísticas nas propostas apresentadas. O Rumos atua há 16 anos para apoiar a produção artística e intelectual sobre a arte e a cultura brasileiras. O ator e diretor João Fernandes, responsável pela associação cultural sem fins lucrativos Casarão de Ideias, explica que “Um Lugar Para Todas as Artes” consiste na manutenção de quatro atividades que o local já desenvolve há alguns anos. Uma delas é “Lugares que o Dia Não me Deixa Ver”, realizada com recursos do próprio Casarão, que envolve a exibição de intervenções artísticas de rua, com a participação de outros grupos artísticos, em lugares cujas fachadas histórias necessitam de restauro ou conservação. O objetivo é chamar a atenção do público para esses locais. João Fernandes explica que, com o apoio do Itaú Cultural, a ideia é produzir um

trabalho de restauro digital com alunos da escola estadual Eunice Serrano. “Por meio desse trabalho, os estudantes poderão visitar ruas da cidade em 3D e vê-las sem fiações, por exemplo. Queremos ampliar esse projeto também para outras escolas do Centro para poder trabalhar um resgate da memória do que a cidade já foi. Buscamos não apenas incentivar a restauração, mas também

Queremos ampliar um dos projetos para outras escolas para poder trabalhar um resgate da memória do que a cidade já foi João Fernandes, ator e diretor

a revitalização de determinados espaços”, comenta. No caso do festival de dança “Mova-se: Solos, Duos e Trios”, a proposta é inserir mais espetáculos no evento. “Nós já conseguimos trazer dez grupos, então com o apoio poderemos ampliar para 15 ou 20 companhias nacionais e ainda distribuir esses espetáculos pela cidade”, prevê João. A edição deste ano do festival, a quinta, acontecerá de 6 a 10 de agosto, com abertura no Teatro Amazonas e apresentações

diárias no Teatro da Instalação. A proposta do evento é promover a dança contemporânea e outras artes de performance por meio de três formatos. Publicação Outra atividade que faz parte do projeto premiado é a revista trimestral “Ideias Editadas”. “Com esse apoio queremos publicar pelo menos um ano de edições impressas contínuas, além de uma versão online da publicação”, diz o diretor. E a quarta atividade que faz parte do projeto “Um Lugar Para Todas as Artes” é o encontro “Cênicas Autorais”, uma parceria com autores de todo o país que publicam livros voltados para as artes cênicas (dança, teatro e performance) e que promove debates e lançamentos das obras desses escritores. Com o apoio do Itaú Cultural, espera-se que o encontro potencialize esse mercado literário na cidade. João Fernandes conta que o valor total do apoio que será direcionado para o projeto “Casarão de Ideias – Um Lugar Para Todas as Artes” não foi divulgado porque a quantia ainda vai ser ajustada a partir do orçamento fixo do Itaú Cultural (o valor máximo previsto por projeto é de até R$ 400 mil). “Mas, o instituto deve nos informar o valor nesta semana”, afirma. O ator e diretor diz também que o cronograma de atividades com o apoio do edital começa no mês que vem e segue com uma programação fixa até o mesmo período do próximo ano.

Reconhecimento de credibilidade Para João Fernandes, a aprovação num programa como o Rumos é de fundamental importância. “Isso mostra que estamos conectados ao Itaú Cultural, que temos uma demanda artística e que os responsáveis pelo instituto começaram a nos observar como pessoas com credibilidade”, analisa. Em 2012, João Fernandes esteve entre os premiados de outra iniciativa do programa Rumos, chamada “Formadores em Dança”, com a qual ganhou R$ 30 mil. “Esse projeto contemplava pessoas que estimulavam a dança no país, escolhidas por meio de um portfolio das ações desenvolvidas por elas”, explica. O Casarão de Ideias é a sede da companhia teatral Companhia de Ideias, formada em 2005, e está localizado na rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro. O local é Ponto de Cultura desde o ano passado e, além das atividades incluídas no projeto “Um Lugar Para Todas as Artes”, abriga ações como “Leitura e a Cena”, de leitura dramatizada, e “Cinema de Segunda”, dedicada à exibição de filmes fora do circuito comercial.

DIVULGAÇÃO

LUIZ OTAVIO MARTINS Equipe EM TEMPO

“Mova-se” ganha mais participações de companhias de outros Estados


D2

Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

>> Vitrine >> A ótima Farah Neves estreia idade nova nesta terça-feira. Cumprimentos especiais da coluna. >> A editora da Amazônia está convidando para o lançamento do livro “Ordenação das Cidades e o papel do Direito Urbanístico: O Licenciamento Urbanístico no Município de Manaus”, de autoria da professora e procuradora de Justiça, Jussara Pordeus, no dia 30 deste mês, no auditório Carlos Alberto Bandeira de Araújo, na Procuradoria-Geral de Justiça. >>Na lista de aniversariantes de hoje constam Feliciano Mêne, Helena Fonseca e Adriano Pizzonia. Congratulações. >> Giullia Ribeiro

Bolognese ganha chá de beleza, no dia 7 de junho, no salão de festas do condomínio Ephigênio Salles. A ambientação será com temática londrina. A sugestão de presentes estão nas lojas Nyx, Top, Scala e Valisère, no Manauara. >> Será com bufê apresentando pratos da culinária brasileira, o jantar da Festa dos Namorados que esta coluna irá promover, no dia 11 de junho, no Diamond Convention Center. O DJ Pratinha irá comandar o som da festa. Info-line pelos números 81189717 ou 9985-1422. . No dia 30, abertura do Tentação Beer, nova ferveção da avenida do Turismo, com show de Nelly Miranda, Zouk e Clóvis e Banda.

Fernando Coelho Jr. fernando.emtempo@hotmail.com - www.conteudochic.com.br

>> Noite de homenagens . O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, Antonio Silva, e o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas, Wilson Périco, foram anfitriões de uma bela festa na sexta-feira à noite, no salão de eventos do Clube do Trabalhador. . O evento foi palco para a solenidade de entrega dos Diplomas ao Industrial do Ano de 2014 para a empresária Valdenice Garcia, diretora da AmazonGás Distribuidora de Gás Liquefeito de Petróleo Ltda., ao Microindustrial do Ano de 2014 ao empresário Fredson Andrade da Encarnação e para a Empresa Exportadora do Ano de 2013, a Recofarma Indústria do Amazonas Ltda. . Noite elegante com jantar e apresentação da Orquestra Sesi Big Band e nomes do society da cidade presentes. Festa com glamour.

Juca Semem e o filho leonardo

FOTOS: MAURO SMITH

César Bandiera e a desembargadora Graça Figueiredo

Os homenageados da noite

Mano e Vanessa Cavalvante

Diego e Elizangela Silva

A querida Valdenice Garcia homenageada com o Diploma de Industrial do Ano de 2014, pela AmazonGás Gizella e Marco Bolognese

Fredson e Ana Isabela Encarnação

Antonio Silva, Pauderney Avelino, Wilson Périco e Jack Corrêa Anselmo e Helen Garcia, elegantíssimos na festa

Antonio e Norma Silva, na festa que movimentou o Clube do Trabalhador na sexta-feira, com homenagens da Indústria

Francisco Garcia e a filha Rebecca

Célia VillasBoas e Wilson Périco no evento que a Fieam e o Cieam orquestraram no fim de semana

Karyne Medeiros e Orsine Jr.

U2 DIVULGAÇÃO

Além de encararem o desafio no cinema, músicos trabalham disco para o ano que vem

Roqueiros fazem filme musical O líder da banda irlandesa U2, Bono, e o guitarrista The Edge, estão trabalhando com o diretor John Carney (“Apenas Uma Vez”) em um musical sobre a infância do cineasta. Segundo a revista “NME”, o filme “Sing Street” será produzido pela empresa Weins-

tein e contará a história de um jovem que usa a música para superar seus problemas, que começam quando se muda de uma escola particular da cidade grande para o interior. Novo álbum O U2 se destacou na indústria cinematográfica nes-

te ano ao levar o Globo de Ouro de melhor canção pela música “Ordinary Love”, parte da trilha sonora do filme “Mandela - O Caminho Para a Liberdade”. O grupo está também trabalhando atualmente em um novo álbum, previsto para ser lançado em 2015.

JACK ‘N’ BLUES

A estreia do Quinteto Bossa Jazz Uma nova banda de jazz está despontando na cena manauense. Formada por três integrantes da conhecida Chega de Saudade, que toca bossa nova há 6 anos, o Quinteto Bossa Jazz soma talentos musicais à (ainda) tímida seara jazzística da cidade. “Vamos fazer nossa primeira apresentação na Terça Jazz, do Jack ‘n’ Blues Snooker Pub. O Portuga, proprietário do bar, nos incentivou a experimentar uma pegada misturando bossa e jazz e nós gostamos da ideia. Na realidade, são gêneros musicais que se comunicam e se integram

muito bem”, comentou Jorge Mussa, o violonista de ambos os grupos. O Quinteto Bossa Jazz é formado, ainda, por Sérvio Túlio (contrabaixo), Fred Teixeira (bateria), Antônio Lemos (cavaquinho) e Júnior Leal (sax). No show de hoje, estão confirmadas interpretações de músicas como “Insensatez”, “Garota de Ipanema” e “Corcovado”, de Tom Jobim. O repertório também contempla obras de Chico Buarque e Paulinho da Viola. A “Terça Jazz”, que já é agenda cativa semanal, promete movi-

mentar ainda mais a cena local no próximo mês, quando acontece o 9° Festival Amazonas Jazz, no Teatro Amazonas.

SERVIÇO TERÇA JAZZ Quando Hoje, a partir das 20h Onde Jack ‘n’ Blues Snooker Pub (rua Nova Palma, 945, Vieiralves) Quando R$ 20 (couvert artístico)


Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

D3

Show celebra 20 anos de ‘Angels Cry’

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Enquanto celebra o aniversário do primeiro álbum de sua história, Angra prepara mais um disco, gravado na Suécia MARIANE BARROCO Especial EM TEMPO

D

epois de um jejum de 4 anos, os fãs amazonenses da banda Angra vão poder conferir um show especial da turnê de lançamento do DVD “Angels Cry 20th Anniversary Tour” que comemora os 20 anos do primeiro álbum do grupo. A apresentação que acontece no dia 30 de maio no Teatro Manauara traz clássicos da banda, especialmente aqueles do disco de estreia “Angels Cry”. “O show mostra um pouco do DVD com um repertório de aproximadamente 14 musicas que foram sucesso em diferentes épocas como ‘Rebirth’, ‘Angels Cry’, ‘Carry On’, ‘ Waiting Silence’”, conta o guitarrista Rafael Bittencourt. O novo show traz o cantor italiano Fábio Lione, que foi convidado como participação especial no DVD, integrado como membro oficial da banda. “Conhecemos o Fábio há 14 anos e tínhamos uma admiração mútua. Quando nosso antigo vocalista Edu Falaschi saiu, fizemos o con-

vite para o Fábio e ele topou”, diz o guitarrista. Formado no início dos anos 90 com a proposta de unir heavy metal, música clássica e ritmos brasileiros, o Angra obteve repercussão mundial com shows explosivos que atraíram uma legião de seguidores no Brasil, na Europa e no Japão. “Esse show é uma retomada na carreira, pois relembra todos os momentos importantes que vivemos e ainda estamos mais felizes porque os fãs estão indo, curtindo. É um momento muito legal que estamos vivendo”, ressalta Bittencourt. Formada por Kiko Loureiro (guitarra), Rafael Bittencourt (guitarra), Felipe Andreoli (baixo), Ricardo Confessori (bateria) e agora Fábio Lione (vocal), a banda que já tem uma carreira internacional consolidada, no próximo mês levará a turnê para a Europa, onde fará fazer shows em Londres, Paris e Milão. “Temos bastante respeito do público internacional nesse segmento do heavy metal melódico, já fizemos várias turnês e participamos de importantes festivais”, Como já é tradição, os mú-

sicos vão receber os fãs antes do show para uma sessão de fotos e autógrafos. “Nós sempre dedicamos uma momento para trocar uma ideia com a galera é o que chamamos de ‘met and great’, uma forma de retribuirmos a lealdade do público, pois se não fosse isso, não teríamos conseguido nada nesses 20 anos”, observa Novo disco Em 2014, o Angra irá continuar as comemorações de 2013 e está preparando um novo álbum de estúdio que será gravado na Suécia. “Para o tipo de rock que nós fazemos tem mais estúdios especializados fora do Brasil, nós queremos misturar o heavy metal com música erudita e influências de ritmos brasileiros e estilos mais modernos que misturam o rock progressivo com sons eletrônicos”, explica o músico. Com oito álbuns lançados, o grupo está preparando um repertório de 12 músicas inéditas que abordam diferentes assuntos como religião, metafísica, filosofia, amores e desamores. O álbum está previsto para ser finalizado no mês de agosto.

Bittencourt afirma que show significa a retomada na carreira e agradece pelo apoio dos fãs

DIVULGAÇÃO

LANÇAMENTO

Livro reúne histórias de solidão Obra de José Maria Mayrink mostra relatos de personagens reais, “solitários e tristes”

Em 1982, o jornalista José Maria Mayrink, do jornal O Estado de S. Paulo, escreveu uma surpreendente série de reportagens sobre a solidão em São Paulo, a maior metrópole brasileira. Mendigos, trabalhadores noturnos, presidiários, padres, freiras reclusas, cidadãos comuns foram surpreendidos em sua frágil intimidade. Eles eram solitários e tristes no meio da multidão. Escrita em estilo literário, como já não se vê na imprensa diária, os relatos comoveram os leitores e tiveram um impacto impressionante. Mais de 30 anos depois, a solidão nas grandes metrópoles não diminuiu. Os solitários continuam sozinhos, agora espalhando suas angústias nas redes sociais.

O que era e é ser solitário numa cidade marcada por multidões e ruídos? Quem eram aquelas pessoas que falavam de uma sensação paralisante de abandono? Um livro absolutamente original e comovente, um relato sobre a angústia e a melancolia, sobre a dor e o desespero — mas também sobre a esperança e o sentido da existência. Este é um livro sobre o amor ao próximo — e sobre a possibilidade de este amor tornarse real. Porque o que há de espantoso na solidão não é nosso desejo frustrado de ser amado, mas a indiferença de todos nós em relação ao que acontece em nosso íntimo e de como isso se reflete no relacionamento

com os demais. Queremos ser amados — mas já nos perguntamos se somos capazes de amar? Solidão fala de seres esquecidos e rejeitados. Estas pessoas foram ouvidas por quem se dispôs a viver com elas alguns momentos que não foram apenas ocasionais, tal a sua intensidade. Mayrink traça neste livro um painel terrível, real e, paradoxalmente, esperançoso sobre os impasses da grande metrópole. Um livro único e quase perfeito em sua unidade: ele fala de pessoas que estão a caminho da morte e que avançam inexoravelmente para o escuro abismo, mas buscando nessa desesperada rota não a previsível escuridão — mas a luz. É esta a inquietante

revelação dessas histórias. Existem no mundo pessoas que sofrem. Elas precisam do outro para sobreviver. A solidão urbana é mais ampla e assustadora do que se imagina. A solidão de que falam é a mesma que se sente hoje, um dos estigmas da atualidade. A identificação é inevitável. Este livro é um convite à reflexão sobre o que é a solidão particular de cada um. José Maria Mayrink é escritor e um dos jornalistas mais experientes e renomados da imprensa brasileira. Ganhou vários prêmios nacionais e internacionais, como o Esso de Jornalismo e o Rondon de Reportagem. Trabalha atualmente no jornal O Estado de S. Paulo.


Plateia

Índios.com faz ‘dabucuri’ durante período da Copa

Segundo a diretora artística da companhia, Yara Costa, toda a programação tem acesso gratuito pelo público

Projeto da companhia amazonense foi o único de dança do Estado e o terceiro no ranking nacional selecionado por edital do governo federal

E

spetác u l o s , workshops e debates sobre dança também irão compor a programação desenvolvida pelo governo federal para o período dos jogos do Mundial na capital amazonense, sendo que o único projeto selecionado do Estado foi o da Índios. com Cia. de Dança, que obteve a terceira colocação no ranking nacional de propostas aprovadas na área de dança pelo Concurso Cultura 2014, lançado pelo Ministério da Cultura (MinC) no início deste ano. Batizado de “Dabucuri da Índios.com Cia. de Dança na Copa 2014”, o projeto foi desenvolvido pela intérprete-criadora e diretora artística Yara Costa e prevê a apresentação de três montagens do repertório da companhia (“Rito de Passagem”, de 2008, “Rastros Híbridos”, de 2010, e “Aëëë: Pra Falar do que Não Foi Perdido”, de 2013), workshops de dança aérea com a técnica

de rapel e tecido circense e, ainda, debates com temas envolvendo a relação arte contemporânea versus cultura indígena. “Estamos super felizes. A Índios.com Cia. de Dança se fortalece e se revigora nesse

Ficamos à frente de grupos nacionais reconhecidos. É a certeza de que estamos no caminho certo, com produção de alta qualidade Yara Costa, diretora artística

resultado. O terceiro lugar obtido foi bastante significante, pois ficamos à frente de vários grupos nacionais reconhecidos e é a certeza de que estamos trilhando um caminho certo, com uma produção de alta qualidade que a Índios.com vem se propondo ao longo desses 14 anos”, comentou a diretora artística da companhia, quando foi informada do resultado do edital

CD

federal. Yara Costa também é professora e pesquisadora em Dança na Escola Superior de Artes e Turismo (Esat) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Programação eclética Yara explicou que toda a programação é gratuita, sendo que os espetáculos serão apresentados nos dias 11, 14, 16, 18, 24 e 25 de junho e dia 17 de julho, no Les Artistes Café-Teatro (avenida Sete de Setembro, s/nº, Centro, Zona Sul), com apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult). Somente no dia 11, a apresentação está prevista para iniciar às 20h30. Nos demais dias, os espetáculos serão às 19h e 20h. Já os debates e workshops têm o apoio da UEA e acontecerão no período da tarde, a partir das 14h, na Esat (rua Leonardo Malcher, nº 1.728, Praça 14 de Janeiro, Zona Sul). Os debates serão realizados nos dias 15, 19 e 26 de junho, e as oficinas, dias 13, 20 e 27 de junho. Segundo Yara, essa programação foi pensada com vários objetivos. Além de

oferecer atividades artísticas de entretenimento para a população tanto local quanto para turistas nacionais e estrangeiros, o projeto vai oportunizar a quem estiver interessado possa aprender as técnicas básicas da dança aérea e também aprofundar as discussões sobre o complexo processo de produção de trabalhos de arte contemporânea, que envolvem elementos físicos, cênicos, musicais e, sobretudo, pesquisa acadêmica e artística. “O termo ‘dabucuri’ é uma palavra em nhengatu, que faz referência aos rituais de troca entre etnias/povos indígenas. O nosso interesse é justamente compartilhar o que a Índios.com Cia. de Dança realiza, por meio de apresentações, debates e oficinas”, resume a diretora artística. “Rito de Passagem” estreou no Sesc de Manaus. “Rastros Híbridos” teve première internacional, em Caiena, na Guiana Francesa. “Aëëë” estreou em Brasília. Todos os três espetáculos tem duração de aproximadamente 40 minutos.

ÁLBUM

Vanusa está de volta ao estúdio digital e físico, o EP traz as quatro primeiras canções do álbum completo, com arranjos românticos e toques saudosistas dos amores e sentimentos do passado. Vanusa já gravou 24 discos. No novo, há a bela “O Silêncio dos Inocentes”, de Zé Ramalho, que ganhou videoclipe e parcerias com Guilherme Arantes, Angela Ro Ro (“Compasso”), Vander Lee (“Esperando Aviões”) e Zeca Baleiro (“Tudo Aurora”). “Fico muito em casa, ouvindo música e curtindo meu cachorrinho. Mas gosto de viajar, adoro fazer shows. Estava

Daniel Boaventura canta clássicos internacionais

com muita saudade do contato com o público, da energia que a gente troca. Isso me faz muito bem”, diz. Zeca Baleiro conheceu Vanusa em um projeto do Sesc. “Depois disso, nós nos tornamos amigos, e a convidei para gravar um novo disco. Sabia que ela não lançava canções inéditas havia anos, e ela é um ídolo da minha geração”, avalia o artista. Sobre o novo CD, Zeca adianta: “Está ficando lindo, o repertório é de primeira, e ela canta lindamente”. Por Milene Spinelli DIVULGAÇÃO

Após 10 anos sem gravar músicas inéditas, Vanusa volta aos estúdios e lança o EP (disco com poucas faixas) “Vanusa Santos Flores” -seu nome de batismo. O álbum é uma prévia de um maior, programado para julho. A volta da cantora foi motivada pelo chacoalhão que levou do cantor Zeca Baleiro, de quem se tornou amiga. É ele quem assina a produção do novo disco. “Fiquei internada, e o Zeca me ligava, me dava forças e insistia para gravarmos um disco novo. Aí me animei”, conta ela, que teve depressão. Em formato

RUTH JUCÁ/DIVULGAÇÃO

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

O ator Daniel Boaventura, atualmente no ar no humorístico “Tapas & Beijos” (Globo), acaba de lançar o CD “One More Kiss”. Nele, o artista interpreta clássicos românticos internacionais. Com 12 faixas, este é o quarto álbum da carreira do cantor -tirando a sua coletânea “Novelas”. “Depois de um jejum de 4 anos sem gravar um disco, entrei em estúdio com esse repertório, que já estava na minha cabeça havia muito tempo”, diz Boaventura. Entre as canções escolhidas, destacam-se as famo-

DIVULGAÇÃO

D4

sas “The Lady Is a Tramp”, “Feelings” e “My Way”. “São músicas que marcaram a minha vida e que ganharam novos arranjos. Também dei a elas a minha interpretação”, conta. A faixa “Time Stand Still” tem participação especial da holandesa Trijntje Oosterhuis. “É uma música inédita”, adianta ele. Destaque, ainda, a música “Cry to Me”trilha do filme “Dirty Dancing” (1987). Por Isabela Rosemback

Artista grava obras que marcaram sua vida

MERCADO

DIVULGAÇÃO

Irmã de Beyoncé amplia vendas

Depois de vazamento de vídeo em que briga com Jay Z, cresce demanda por álbum

A irmã de Beyoncé, Solange Knowles, viu as vendas digitais de seu álbum “Stateside” crescerem após o vazamento de um vídeo em que aparece brigando com seu cunhado, o rapper Jay Z. O vídeo, registrado por uma câmera de elevador, mostra Solange atacando Jay Z na frente de sua irmã, Beyoncé, que assiste impasVanusa afirma que, além de produzir o novo disco, Zeca Baleiro atua como um incentivador

sível à cena enquanto um segurança tenta controlar a situação. A briga aconteceu em uma festa após o baile de gala do Met, em Nova York, no dia 5 de maio, e o vídeo foi divulgado pelo site “TMZ” no dia 12. As imagens se espalharam rapidamente pela internet e a briga foi um dos assuntos mais comentados da semana nas redes sociais

e em jornais e revistas. Agora, dados do instituto de pesquisa Nielsen SoundScan, revelam que “Stateside” foi de 600 cópias vendidas na semana do incidente para 2 mil, na semana seguinte. Alguns dias após o vazamento, um comunicado em nome dos três cantores foi divulgado, descrevendo o evento como um “incidente infeliz”.


Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

D5

Canal 1 plateia@emtempo.com.br

Bate-rebate

TV Tudo SBT na Copa O jingle da Copa do Mundo exibido pelo SBT em 2014 é o mesmo de 2010, cantado por Silvio Santos. Até aí, beleza. No entanto, como a competição será no Brasil, a letra não faz sentido algum. “Vai lá Brasil... Volta com a taça na mão”. Voltar de onde?, é bem o caso de perguntar. Vai rolar a festa A direção da TV Globo começa, a partir de agora, cuidar das comemorações do seu cinquentenário, em 2015, que irá incluir uma série de novidades na grade de programação. O dia do aniversário é 25 de abril, mas já se planeja um ano inteiro de festa. Um dado importante Meio que em cima de tudo isso, a próxima edição do “The Voice” irá apresentar a sua final em 25 de dezembro. Dia de Natal mesmo, com programa ao vivo e participação direta do público na escolha do vencedor. A estreia será em 18 de setembro. “Malhação” termina com musical... A Globo terá o cantor Nando Reis como convidado especial no encerramen-

GLOBO

escrita por Rosane Svartman e com estreia em 14 de julho, Arthur Aguiar e Bruna Hamú serão os protagonistas. Primeira bateria

Amistoso Aquela certa rusguinha no ar, entre Ana Paula Araújo e Chico Pinheiro, revelada no “Bom Dia Brasil” da sexta-feira - por causa dela falar em cima dele, parece que foi neutralizada na folga do fim de semana. Na edição de ontem, os dois voltaram a ser os velhos amigos de infância. to da atual “Malhação”. A cena do último capítulo, que irá ao ar dia 11, será um musical cujo tema é a Copa do Mundo, que começa no dia seguinte. Todos os atores estarão reunidos nessa festa para torcer pelo Brasil. ... E passa a bola para a Copa “Malhação” praticamente vai “passar” a bola para o futebol. A Globo não exibirá o programa durante o período da Copa do Mundo. Na próxima temporada,

O elenco de “O Rebu”, próxima novela das 11 da Globo, concluiu sua primeira bateria de gravações na Argentina na semana passada. A trama se passa no Rio de Janeiro, mas a locação de uma mansão fica em Buenos Aires. “O Rebu” estreia dia 14 de julho e ficará no ar até 12 de setembro. No elenco, Tony Ramos, Patrícia Pillar e Sophie Charlotte, entre outros. Caiu do céu O período da Copa do Mundo vai ser importante também para que alguns programas da Globo, como “Vídeo Show” e “Fantástico”, ainda em turbulência, saiam um pouco do foco. Um tempo que chega em boa hora. E muito mais que isso, durante esse intervalo, com todas as atenções voltadas para o Mundial, serão realizados novos ajustes tanto no “Show da Vida” quanto no programa de Zeca Camargo.

Resumo das novelas Vera pensa em desistir do casamento, mas as filhas a impedem. Com a ajuda de Omar, Flaviana, Meg, Luciana e Soraia decidem promover rifas para custear a lua de mel de Vera e Bernardete. Sidney desabafa sobre a dívida de Maura com Sofia. Abelardo tenta aprender a andar de bicicleta para agradar Bernardete. Anita afirma a Júlia que não aguenta mais esconder de Ben a investigação sobre Antônio.

Marina tenta convencer Clara a sair com ela da festa de Gisele, mas Vanessa as interrompe. Felipe pergunta a Silvia se ela está apaixonada por Cadu. Branca tenta irritar Chica falando de Clara e Marina. Jairo não gosta quando Juliana diz que Nando será seu advogado. Bárbara prepara uma mesa de café da manhã para André, que agradece sua amizade. Cadu e Clara discutem por causa de Marina. Luiza aceita o pedido de casamento de Laerte. Malu conta para Alice e Neidinha que um dos suspeitos do estupro dela está morto.

Manuela e Davi se encantam um com o outro. Gláucia acredita que Jack será seu aliado. Tommy conta para Jack tudo o que foi instruído por Jonas a falar sobre sua mãe. Rita vê Herval com a foto de Pamela e estranha sua reação. Verônica convida Edna para morar com ela. As famílias dos candidatos chegam para a apresentação na Parker TV. Estreia o concurso Geração Brasil.

• Ana Maria e Patrícia Moretzsohn, mãe e filha, autoras da atual “Malhação”, já estão trabalhando em uma nova novela na Globo, faixa das 19h. • Gilberto Barros perdeu o pai, que também se chamava Gilberto, no último domingo, em Bauru... • A gravação do seu programa, marcada para ontem, foi cancelada. • Luiz Bacci viajou na noite de domingo para a Europa. Vai ficar uma semana fora. • O futebol de Sport e Corinthians, na Globo, domingo, mostrou que Alex Escobar, como narrador, não está pronto. • A foto do Luciano do Valle foi apagada de dentro do avião que irá transportar a equipe da Bandeirantes durante a Copa do Mundo... • Propositadamente ou não, só deixaram a figura da mão dele.

‘Encontro’ é grande desafio O “Encontro”, da Fátima Bernardes, vai completar 2 anos no dia 25 de junho, mas não esperou por ele para colocar no ar algumas novidades. Uma delas é o “Caminhão do Encontro”, que mostra para as pessoas como o programa é feito. Fátima define seu encontro com o entretenimento: “Você termina um programa e começa outro do zero. Um desafio diário. Tenho gostado muito do que estamos fazendo”.

Flávio Ricco Colaboração: José Carlos Nery

C’est fini A própria Globo anuncia a próxima novela das 9, escrita por Aguinaldo Silva, como “Falso Brilhante”. É o título tratado como oficial. Aguinaldo, consultado, diz que tem um outro título guardado no cofre, que poderá ser utilizado. O autor já está escrevendo o capítulo 29 e planeja estrear com 50. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

NOVELA

Rocche faz mais uma ‘periguete’ Após viver a divertida funkeira Brunetty de “Sangue Bom” (Globo, 2013), Ellen Rocche está de volta ao horário das 19h na pele de mais uma “periguete”: a objetiva e bonitona Ludmila, de “Geração Brasil” (Globo). Enquadrada no grupo das “marias-arroba” -- que buscam ascensão social ao lado de nerds da tecnologia --, a personagem volta a explorar a beleza da atriz a favor da dramaturgia. E Ellen adora. “Ainda bem. Eu já tenho esse estereótipo de mulher voluptuosa, então, tenho de aproveitar enquanto posso. Não me incomodo. Até porque essa coisa de ser gostosa é só a casca”, afirma. Para ela, o desafiador é inovar a cada papel. “O difícil é se reinventar em uma personagem batida, que é a ‘pe-

riguete’. Mas existem vários tipos delas, e a Ludmila é do time que não usa o corpo para aparecer. Ela é mais sofisticada”, diverte-se Ellen. Não é de hoje que a atriz vive “periguetes” na TV. Em participações especiais em novelas como “Insensato Coração” (Globo, 2011) e “Guerra dos Sexos” (Globo, 2012), por exemplo, a loira também interpretou mulheres da linha gostosona. Em seu papel no folhetim “O Astro” (Globo, 2011), ainda, Ellen vivia uma sensual assistente de palco que mantinha um relacionamento picante com o poderoso Samir Hayalla (Marco Ricca). “Em todos os casos, tento imprimir humanidade às personagens. Seria fácil fazer apenas uma mulher fútil, mas eu penso muito nos sentimentos delas”, afirma.

Ellen não esconde o carinho que sente por suas personagens e reforça que cada uma tem um jeito. “A Ludmila não tem o humor que a Brunetty tinha, por exemplo”, diz, comparando seu atual papel à Mulher Mangaba de “Sangue Bom”. “Ludmila é uma menina imatura, mas objetiva. E conquista pelo olhar, não pelo corpo”, diz, mesmo admitindo que o figurino da personagem é ousado. “Brunetty era mais povão e usava o corpo para o sucesso, mas era carente, emotiva.” O que liga as duas à sensual Valéria, de “O Astro”, é a ambição. “Ali era uma coisa de poder sexual, mesmo. E ela se entregou até a morte”, encerra. Por Isabela Rosemback DIVULGAÇÃO

Pedro se surpreende com a reação de Gina a respeito de Ferdinando ao perceber que a filha se mostra disposta a convencer o rapaz de se candidatar a prefeito. Renato comenta com Juliana que terá que conquistar a confiança das pessoas. Dona Tê estranha o comportamento de Gina que demonstra menos envolvimento com o trabalho. Dona Tê desmaia ao saber que Ferdinando beijou Gina. Gina confessa a Juliana que gostou do beijo de Ferdinando. Pedro Falcão fica furioso ao saber que Ferdinando beijou Gina.

JP fala para Cris que leu a historia de Açucena, que na verdade é Mili. Cris inventa que Açucena é prima de consideração de Mili. JP conta que outra pessoa diz ter escrito a história e que gostaria deconhecer quem escreveu. Cris conta para Mili que ela terá que se vestir como outra pessoa e fingir ser Açucena para a história não piorar. JP discute com Renata, que assume não ter escrito a história. Pata e André acabam conversando e se dando bem. O menino a acompanha até o orfanato após o castigo.

Roberta pergunta a Vick se é verdade que o professor Henrique vai embora do colégio. Pilar diz que perguntará a sua mãe se é verdade. Roberta, impaciente, decide verificar com o professor. Henrique responde que não pensa em deixar o colégio. Peter explica a Mia que a carta que recebeu de sua mãe foi escrita há muitos anos, que a encontrou e acreditou que seria um bonito presente de aniversário. Franco discute com Alma por querer levar Mia para viver com ele sem a sua autorização.

Ellen Rocha está de volta na pele de uma “periguete”, no horário das 19h, a bonitona Ludmila


D6

Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Programação de TV

REPRODUÇÃO

GLOBO

“Romeu tem que morrer”, no “Cine Espetacular” de hoje, no SBT

Horóscopo GREGÓRIO QUEIROZ ÁRIES – 21/3 a 19/4 Os bons aspectos estimulam a expressão amorosa e afetiva. Você se comunica bem com aqueles por quem nutre um sentimento especial. Os negócios podem deslanchar.

5h09 - Telecurso Educação Básica - Profele 5h21 - Telecurso Profissionalizante - Básico 5h31 - Telecurso Ensino Médio - Geografia 5h48 - Telecurso Ensino Fundamental - Ciência 5h59 - Globo Rural 6h30 - Bom Dia Brasil 7h30 - Bom Dia Amazônia 8h30 - Mais Você 10h - Bem-Estar 10h45 - Encontro Com Fátima Bernardes 12h02 - Por Dentro Das Seleções 12h05 - Amazonas Tv 12h51 - Globo Esporte 13h20 - Jornal Hoje 13h49 - Vídeo Show 14h38 - Sessão Da Tarde Evelyn - Uma História Verdadeira 16h25 - Caras & Bocas 17h47 - Malhação

18h16 - Meu Pedacinho De Chão 19h06 - Jornal Do Amazonas 19h30 - Jornal Nacional 20h11 - Geração Brasil 21h09 - Em Família 22h24 - Tapas & Beijos 23h09 - Pé Na Cova 23h53 - Profissão Repórter 0h23 - Jornal Da Globo 0h57 - Por Dentro Das Seleções 0h59 - Programa Do Jô 2h88 - Corujão I - 8 Milímetros 4h12 - Festival De Desenhos

SBT 5h - Jornal Do Sbt 6h - Igreja Universal 7h - Jornal Do Sbt 8h - Bom Dia & Cia 9h45 - Programa Jogo Da Gente 10h - Programa Waisser Botelho 10h50 - Programa Agora 12h25 - Programa Livre

BAND 5h - Café Com Jornal Sp 6h30 - Nosso Tempo 7h - Café Com Jornal

8h - Dia Dia 9h10 - Band Kids 10h10 - Jogo Aberto 11h30 - Comunidade Alerta 12h05 - Notícias De Agora 12h20 - Exija Seus Direitos 13h - Câmera 13 13h55 - Cidade Urgente 14h20 - Ação Na Tv 15h - Sabe Ou Não Sabe 16h30 - Brasil Urgente 18h50 - Band Cidade 19h20 - Jornal Da Band 20h25 - Minuto Da Copa – Boletim 20h28 - Show Da Fé 21h20 - Zoo 21h30 - Como Eu Conheci Sua Mãe 22h - O Mundo Segundo Os Brasileiros 23h - A Liga 0h15 - Agora É Tarde 1h15 - Jornal Da Noite 2h05 - Que Fim Levou ? Boletim 2h10 - Minuto Da Copa – Boletim 2h15 - Trip Tv - Reapresentação 2h55 - Minuto Da Copa - Boletim 3h Igreja Universal

Cruzadinhas

Cinema ESTREIA

13h15 - Casos De Familia 14h15 - Café Com Aroma De Mulher 15h - Por Ela... Sou Eva 15h45 - Abraça-me Muito Forte 16h30 - A Feia Mais Bela 17h30 - Quem Não Viu Vai Ver 18h20 - Jornal Em Tempo 18h45 - Sbt Brasil 19h30 - Chiquititas 20h15 - Rebelde 21h - Seriado 22h - Programa Do Ratinho 23h - Cine Espetacular - Romeu Tem Que Morrer 0h45 - The Noite Com Danilo Gentili 1h45 - Jornal Do Sbt 2h30 - Big Bang A Teoria 3h - Okay Pessoal 3h30 - Big Bang 4h Igreja Universal

REPRODUÇÃO

TOURO – 20/4 a 20/5 Dias benéficos para você se tornar uma pessoal realmente renovada. É preciso mostrar a que veio, afirmar as qualidades que pretende ter como sua face principal. GÊMEOS – 21/5 a 21/6 Agradáveis relacionamentos, entre amigos, novos conhecidos e aqueles que lhe acompanham. Algumas pessoas lhe fascinam e você deseja aproximar-se delas. CÂNCER – 22/6 a 22/7 Sua sensibilidade afetiva e amorosa leva você a uma participação mais atuante com os amigos e pessoas queridas. É tempo de se unir às pessoas, de ser parte de um grupo. LEÃO – 23/7 a 22/8 As relações humanas estão, em geral, beneficiadas. Mas as relações de trabalho estão em momento muito fértil e positivo. Defina as metas que quer atingir com essas pessoas. VIRGEM – 23/8 a 22/9 O bom aspecto da amorosa Vênus com o móbil Mercúrio espelha as boas relações sociais e afetivas destes dias. As pessoas honram e admiram algo em você. LIBRA – 23/9 a 22/10 O entendimento quanto ao futuro de vocês favorece a relação a dois. Momento de ir mais fundo no convívio na relação, confiando no entendimento de um clima de harmonia. ESCORPIÃO – 23/10 a 21/11 Estes são dias positivos para o amor, em especial as relações em que a concordância de ideias seja o fator central. É tempo de construir junto com seus parceiros. SAGITÁRIO – 22/11 a 21/12 Momento especial para a afeição amorosa: tudo se encaixa de modo tranquilo e agradável. No trabalho, é hora de estar com as pessoas certas para suas atividades. CAPRICÓRNIO – 22/12 a 19/1 Disposição mais tranquila e voltada para o conforto. Um bom ambiente faz com que se sinta especialmente bem. Um dia decisivo para a expressão dos sentimentos amorosos. AQUÁRIO – 20/1 a 18/2 Momento para se entregar às boas conversas e aos pontos de afinidade com as pessoas que lhe são queridas. A afeição pela família e pela pessoa amada está em alta. PEIXES – 19/2 a 20/3 Facilidade de lida nos negócios e para colocar uma nova ordem em sua rotina. As atividades intelectuais irão se desenvolver de modo especial nestes próximos dias.

X-Men – Dias de um Futuro Esquecido: EUA. 12 anos. Os X-Men precisam viajar no tempo para mudar um grande evento histórico que terá impacto global no homem e na natureza mutante. Cinépolis Millennium 3 – 12h45, 18h15 (3D/dub/diariamente), 15h30, 21h (3D/leg/diariamente), Cinépolis Millennium 4 – 14h15, 17h, 19h45, 22h30 (leg/diariamente), Cinépolis Millennium 8 – 13h30, 16h15, 19h, 21h45 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 1 – 12h50, 15h30, 18h10, 20h50 (dub/diariamente), Cinépolis Plaza 2 – 13h30, 16h15, 21h45 (3D/dub/diariamente), 19h (3D/ leg/diariamente), Cinépolis Plaza 5 – 14h15, 17h, 20h, 22h30 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 1 – 15h45, 18h45, 22h (3D/leg/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 4 – 15h15 (3D/dub/diariamente), 18h, 20h45 (3D/leg/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 5 – 13h30, 19h (3D/dub/diariamente), 16h15, 21h45 (3D/leg/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 8 – 17h, 22h20 (dub/diariamente), 14h15, 19h45 (leg/diariamente); Kinoplex 3 – 16h10, 18h50 (3D/dub/diariamente), 13h30, 16h10, 18h50 (3D/dub/diariamente), 21h30 (leg/somente sábado e domingo), Kinoplex 4 – 14h40, 17h20, 20h (dub/diariamente), Kinoplex 5 – 15h40 (3D/dub/diariamente), 18h20, 21h (3D/dub/diariamente), 13h, 18h20, 21h (3D/dub/somente sábado e domingo); Playarte 1 – 15h10, 17h55 (3D/dub/diariamente), 20h40 (3D/leg/diariamente), 23h25 (3D/leg/somente sábado e domingo), Playarte 5 – 12h55, 15h40, 18h25, 21h10 (dub/diariamente), 23h55 (dub/somente sexta-feira e sábado), Playarte 6 – 12h56, 15h41, 18h26, 21h11 (dub/diariamente), Playarte 7 – 14h10, 17h10, 20h10 (leg/diariamente), 22h55 (leg/somente sexta-feira e sábado), Cinemark 4 - 13h10, 16h10, 19h10 (dub/diariamente), 22h10 (leg/diariamente), Cinemark 6 3D - 12h10 (leg/somente sábado e domingo), 15h10, 18h10, 21h10, 00h10 (leg/somente sábado), Cinemark 7 - 11h10 (leg/somente sábado e domingo), 14h10, 17h10, 20h10, 23h10 (leg/somente sábado).

CONTINUAÇÕES Godzilla: EUA. 12 anos. Cinépolis Millennium 1 – 16h, 21h30 (3D/leg/diariamente); Cinépolis Millennium 6 – 12h50, 15h45, 18h50, 21h50 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 4 – 13h, 15h45, 18h30, 21h30 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 2 – 14h45, 17h45, 21h10 (3D/leg/ diariamente), Cinépolis Ponta Negra 7 – 14h30, 22h30 (leg/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 9 – 13h (dub/somente sexta-feira, sábado e domingo), 16h, 22h (leg/diariamente); Kinoplex 1 – 16h10, 18h40, 21h10 (dub/diariamente), 13h40, 16h10, 18h40, 21h10 (dub/diariamente); Playarte 1 – 12h25 (3D/dub/diariamente), Playarte 3 – 14h, 17h, 20h (dub/diariamente), 22h45 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinemark 3 3D – 12h50 (dub/ diariamente), 18h40 (leg/diariamente); Cinemark 8 – 13h50, 16h45, 19h30, 22h20 (dub/diariamente).

A Recompensa: EUA. 16 anos. Cinépolis Ponta Negra 3 – 20h10 (leg/diariamente). Praia do Futuro: BRA. 14 anos. Cinépolis Ponta Negra 10 – 18h15, 21h (diariamente); Cinemark 2 – 16h30, 19h (diariamente). Mulheres ao Ataque: EUA. 12 anos. Cinépolis Millennium 7 – 16h45, 19h20, 22h (dub/diariamente); Cinépolis Millennium Plaza – 16h45, 19h30, 22h (dub/diariamente); Playarte 10 – 13h30, 15h45, 18h, 20h20 (dub/diariamente), 22h35 (dub/somente sexta-feira e sábado). O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro: EUA. 12 anos. Cinépolis Millennium 1 – 13h (3D/dub/diariamente), 18h30 (3D/leg/diariamente), Cinépolis Millennium 2 – 14h45, 17h50,

20h50 (leg/diariamente); Cinépolis Millennium 5 – 15h50, 19h15, 22h15 (dub/ diariamente); Cinépolis Plaza 3 – 14h45, 18h15, 21h15 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 6 – 13h15, 16h30, 19h15, 22h15 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 3 – 13h20 (leg/somente sexta-feira, sábado e domingo), 16h45 (leg/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 6 – 14h, 17h15 (dub/diariamente), 20h30 (leg/diariamente); Kinoplex 2 – 14h30, 17h30, 20h30 (dub/diariamente); Playarte 4 – 12h35, 15h20, 18h05, 20h50 (dub/diariamente), 23h35 (dub/somente sexta-feira e sábado); Cinemark 1 – 11h15 (dub/somente sábado e domingo), 14h15, 17h20, 20h30, 23h40 (dub/somente sábado); Cinemark 3 – 15h30, 21h30 (dub/diariamente). Inatividade Paranormal: EUA. 12 anos. Playarte 9 – 13h40, 15h30, 17h20, 19h10,

21h20 (dub/diariamente), 23h10 (dub/somente sexta-feira e sábado). Copa de Elite: BRA. 14 anos. Playarte 8 – 17h30, 19h30, 21h30 (diariamente), 23h30 (somente sexta-feira e sábado). Capitão América 2 – O Soldado Invernal: EUA. 12 anos. Cinépolis Plaza 7 – 14h, 17h15, 20h10 (dub/diariamente); Playarte 2 – 12h30, 15h10, 17h50 (dub/diariamente), 20h30 (leg/diariamente), 23h10 (leg/somente sexta-feira e sábado); Cinemark 2 – 21h45 (dub/diariamente). Rio 2: EUA. Livre. Cinépolis Millennium 7 – 13h45 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 8 – 13h45 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 10 – 13h15 (dub/somente sexta-feira, sábado e domingo), 15h50 (dub/diariamente); Playarte 8 – 13h10, 15h20 (dub/diariamente).


Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Sala de Espera

FOTOS: DIVULGAÇÃO

O anúncio aconteceu na noite do último sábado, no Rio Negro Clube, e reuniu a assinatura de 53 dos 62 prefeitos no Amazonas: o ex-governador Omar Aziz recebeu uma moção de apoio para a sua pré-candidatura ao Senado. Na solenidade, o governador José Melo também recebeu o apoio para a sua pré-candidatura à reeleição

Farah Mamed Neves, Maria Helena Fonseca, Mencius Melo, Natan Balieiro e Carlos Valente estão trocando de idade hoje. Os cumprimentos da coluna. Karinny Nobre inaugurará, em junho, a SuperBook, no Manaus Plaza Shopping. O estúdio será especializado na produção de books fotográficos para clicar animais de estimação. No próximo dia 3, a Cia. Athletica do Manauara Shopping pilotará uma aula especial de boi-bumbá com banda ao vivo e dançarinos para ensinar as coreografias de 2014. O evento será às 19h e aberto a não alunos. Benito di Paula faz show no próximo dia 5, às 21h, no Dulcila da Ponta Negra. Juca Semén é quem assina. A editora da Amazônia convida para o lançamento do livro “Ordenação das cidades e o papel do direito urbanístico: o licenciamento urbanístico no município de Manaus” da autora Jussara Pordeus. Quando? No próximo dia 30, às 11h, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, na Ponta Negra. O jovem-competentíssimoconcursado Edson Rosas Neto é o mais novo contratado do TJAM. Seus pais Lúcia e Edson Rosas Júnior são só alegria.

D7

Jander Vieira jandervieira@hotmail.com - www.jandervieira.com.br

Precinhos convidativos Até as incorporadoras PDG e Alianças aderiram ao outlet. As duas empresas da construção civil comandarão uma edição especial do Dia dos Namorados do Chic Bazar reunindo lojas bacanérrimas com grandes descontos no estande da Via Láctea, na Morada do Sol, nos próximos dias 6 e 7, das 10h às 20h. Durante o evento haverá sorteios, paNa emocionante entrega do Industrial do Ano, assinado pela lestras e vale-compras com a Fieam, a grande escolhida com participação de lojas como Via louvor: a empresária ValdeniMia, Moda Home, Just For Girls, ce Corrêa Garcia exibindo sua Laly Semijoias, Miss +, Gaby justa e cobiçada premiação Harb, Xik’s e Cupcake.

Vitrine original A diretora-presidente da Fucapi, Isa Assef, convida para conferir o Showroom do Design Tropical da Amazônia, amanhã. O ambiente é exclusivo para atender a demanda de turistas e de clientes que vêm a Manaus nos meses da Copa. O horário de funcionamento do espaço será das 10h às 16h, de segunda a sextafeira, na sede do campus da fundação no Distrito Industrial.

Números

Uma das principais empresas de análises clínicas do Brasil, o laboratório Sabin completa, neste mês, 30 anos de mercado e planeja investimentos para ampliar ainda mais sua presença nas principais regiões do país. No Amazonas, onde está há pouco menos de 2 anos, a previsão é inaugurar, até o fim de 2014, mais três novas unidades para atender à população na capital. O investimento em mão de obra é um dos fatores que levou o Sabin a ser condecorado, no início de maio, como a 3ª melhor empresa para se trabalhar na América Latina, segundo o Instituto Great Place toWork.

Futuro próspero

Patrocinado pela Petrobras, o projeto social MovaBrasil iniciou a sexta etapa do programa de alfabetização para jovens e adultos no Amazonas. As aulas acontecem em 118 turmas, nos municípios de Caapiranga, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Itacoatiara, Manaquiri, Manacapuru, Manaus e Parintins. O objetivo do projeto é alfabetizar cerca de 2,5 mil amazonenses. O programa terá duração de aproximadamente nove meses. A ação é desenvolvida há 10 anos pela Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, pelo Instituto Paulo Freire e pela Federação Única dos Petroleiros.


D8

Plateia

MANAUS, TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2014

Próxima récita da ópera “Onheama” será amanhã FOTOS: MILENA DI CASTRO

A montagem do regente João Guilherme Ripper foi composta com exclusividade para o 18º Festival Amazonas de Ópera

“Onheama” estreou no último domingo, no Teatro Amazonas, e será encenada novamente no mesmo local. No elenco, estão Corpos Artísticos do Estado, como o Coral Infantil do Liceu Cláudio Santoro

O

nheama, ópera inspirada no poema do escritor Max Carphentier, volta ao palco do Teatro Amazonas amanhã, às 20h, para sua segunda apresentação no 18º Festival Amazonas de Ópera, após estreia mundial com casa cheia na noite do último domingo, no evento promovido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura. A obra, voltada principalmente para o público infantojuvenil, conta por meio de elementos mitológicos e telúricos a saga do jovem guerreiro Iporangaba, protagonizado pelo estudante de canto do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, Edilson Cardoso. A montagem foi composta especialmente para o festival pelo regente, professor e diretor da sala Cecília Meireles (RJ), João Guilherme Ripper, e tem 100% do elenco, equipe técnica, cenográfica, figurinistas e músicos formados e integrantes dos Corpos Artísticos do Estado: Orquestra Experimental, Corpo de Dança, Coral do Amazonas e Coral Infantil do Cláudio Santoro. “Acompanhamos esse trabalho desde o nascedouro e é a coroação de um projeto constante e único no país desenvolvido pelo governo do Amazonas. Em breve, esperamos levar ‘Onheama’ para outros lugares e apresentar ao Brasil a diversidade de nossa cultura e a qualidade de nossos talentos”, revela o secretário de Cultura, Robério Braga. Emocionado, Max Carphentier disse que assistir ao seu poema ganhar vida no Teatro Amazonas foi uma “honra inesquecível” que será estímulo para muitos outros trabalhos sobre o Amazonas, seu povo e histórias. “É uma montagem esplen-

dorosa pela qual parabenizo o governo do Estado e a Secretaria de Cultura, e que tem uma mensagem clara de amor pela nossa terra e nossa origem que nos engrandece e liberta”, disse o escritor. Antigo sonho No final de 2013, o compositor e regente carioca João Guilherme Ripper havia finalizado a criação de uma obra de câmara intitulada “Lux Aeterna”, quando visualizou a oportunidade de realizar um antigo sonho.

PROPOSTA

O regente titular da Orquestra Amazonas Filarmônica, Luiz Fernando Malheiro, foi quem propôs a João Guilherme Ripper a produção de um espetáculo para o festival de ópera De passagem pelo Rio de Janeiro, o regente titular da Orquestra Amazonas Filarmônica, Luiz Fernando Malheiro, propôs a Ripper que escrevesse uma ópera para ser encenada no Festival Amazonas de Ópera. O convite partiu do secretário de Cultura, Robério Braga. Ele sugeriu também que a temática da obra girasse em torno da infância. Ripper tomou como base do novo projeto o poema “A Infância de um Guerreiro”, escrito pelo amazonense Max Carphentier, e acrescentou ao enredo o mito indígena do eclipse (onheama, em guarani). Durante o processo de elaboração, Ripper seguiu à risca um princípio básico: evitar o tom didático que parece contaminar obras de cunho regionalista, seja em música, cinema ou teatro.

Processo colaborativo durou quatro meses “Essa produção não pretende ser um documentário sobre os índios. Utilizei ritmos indígenas para criar o universo sonoro, e também falas em tupi-guarani, que soam bem em determinados trechos. Mas não exclusivamente”, explica João Guilherme Ripper. Ao final de quatro meses de trabalho, o maestro encerrava a composição de “Onheama”. Além das pesquisas em livros e sites, ele também contou com o auxílio dos recursos proporcionados pelo meio digital. Por meio de um software que simula a dinâmica de uma orquestra, compunha os atos e enviava os arquivos em áudio e pdf para os maestros e cantores. Como se não bastasse, o processo colaborativo é uma

das características que tornam “Onheama” uma produção singular dentro da programação do 18º FAO. Ao contrário das demais óperas, a figura do compositor não se resume a uma luxuosa referência. Nesta, o elenco tem a oportunidade de compartilhar e propor sugestões com o próprio criador da obra. “O desenvolvimento conjunto de papéis é um processo fantástico”, destacou a soprano Isabelle Sabrié, durante mesa redonda realizada com parte da equipe de “Onheama”, na noite do último sábado, 24, no Centro Cultural Palácio da Justiça. Ela se desdobra na interpretação da onça Xivi e na mãe da tribo Nhandeci, cuja profecia acaba por envolver o jovem Iporangaba (Edilson

Cardoso, Edney Lira) numa jornada para salvar o Sol dos domínios do felino celestial. A vertente humorística é representada pelo Boto (interpretado pelo tenor chileno Enrique Bravo) que, ao lado da sereia Iara (a soprano Dhijana Nobre), acompanha Iporangaba na difícil tarefa de salvar a comunidade a qual pertence – e o próprio universo – do desaparecimento. Na opinião do poeta Max Carphentier, o mito não exerce apenas função histórica, de explicar as tradições e origens de um povo, por exemplo. “Escrevi a história de um guerreiro que conversasse com nossos mitos, nossas lendas, pois desde cedo aprendi que a mitologia é a expressão verdadeira da nossa sensibilidade. Não é

possível falar do mito sem encontrar nele uma verdade profunda”, diz. “Nossa história tem base nos mitos, é neles que procuramos respostas”, reforça Dhijana. A terceira participação consecutiva do sopranino Edilson Cardoso no FAO marca sua estreia como protagonista de uma grande produção. Ele já atuou nas montagens “Tosca”, de Puccini (1858-1924), em 2012, e no ano seguinte em “As Aventuras da Raposa Astuta”, ópera em três atos do compositor tcheco Léos Janacek (1854-1928). “É uma grande honra participar do festival como protagonista”, diz Cardoso, integrante do Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofício Cláudio Santoro há 4 anos.

ELENCO Na montagem desta quarta-feira, o protagonista será interpretado por Edney Lira, e terá ainda a soprano Dhijana Nobre como Iara, o barítono Rafael Lima como Tuxaua, a soprano Isabelle Sabrié como Nhandeci e Xivi e Enrique Bravo como Boto, além da regência do maestro Otávio Simões. Mais informações sobre a programação do festival e demais eventos, projetos e atividades da Secretaria de Estado da Cultura podem ser acessados pela rede social www. facebook.com/culturadoamazonas. Obra evita tom didático para abordar a região e não pretende ser documentário sobre os índios


EM TEMPO - 27 de maio de 2014