Issuu on Google+

R$

1,00 PREÇO DESTA EDIÇÃO

O JORNAL QUE VOCÊ LÊ

De ‘Tropa de Elite’ a ROBOCOP

Estreia mais um filme do OSCAR

O brasileiro José Padilha, diretor de “Tropa de Elite” 1 e 2, estreia hoje seu primeiro filme hollywoodiano, a refilmagem de “RoboCop”. Plateia 10

Indicado a seis Oscar, incluindo melhor filme e ator (Matthew McConaughey – foto), “Clube de Compras Dallas” chega aos cinemas. Plateia 12

TIRULLIPA, orgulho do papai deputado Plateia

O fim de semana é para cair na FOLIA Plateia 4 e 5

8e9

FOTOS: DIVULGAÇÃO/OUTNOW

ANO XXVI – N.º 8.274 – SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 – PRESIDENTE: OTÁVIO RAMAN NEVES – DIRETOR EXECUTIVO: JOÃO BOSCO ARAÚJO

EIRUNEPÉ

LUIZ CASTRO TENTA EXPLICAR CRIME DE PEDOFILIA DO SOGRO O DEPUTADO LUIZ CASTRO ENVIOU NOTA À COLUNA CONTEXTO, NUMA TENTATIVA DE RESPONDER À INFORMAÇÃO DIVULGADA SOBRE SEU SOGRO, SÉRGIO PAULO TOMAZ FILHO, QUE CUMPRE PENA POR CRIME DE PEDOFILIA, EM EIRUNEPÉ. CONTEXTO A3 E POLÍTICA A5 EXTORSÃO

Fiscais da Semmas presos

Contexto A3

DROGA AVALIADA

EM R$ 1 MILHÃO

DUAS PESSOAS FORAM PRESAS E UMA ADOLESCENTE APREENDIDA COM 250 QUILOS DE ENTORPECENTES. A DROGA ESTÁ AVALIADA EM CERCA DE R$ 1 MILHÃO E PERTENCE AO TRAFICANTE ALAN DE SOUZA CASTIMÁRIO, CONHECIDO COMO “NANICO” OU “PERNA”, UM DOS LÍDERES DA FACÇÃO CRIMINOSA “FAMÍLIA DO NORTE” E RESPONSÁVEL POR VÁRIOS HOMICÍDIOS EM MANAUS. DIA A DIA C4

O boi do coração veste luto

AP PHOTO

REPRODUÇÃO

PARINTINS

8177-2096

Madrinha do bumbá Garantido, Maria Ângela Faria (foto) morreu, ontem, aos 91 anos, em sua casa. Última Hora A2

DENÚNCIAS • FLAGRANTES

HOJE E AMANHÃ

ACIDENTE DE ESQUI

Omar Aziz visita Alto Rio Negro

Lais deixa a UTI e já respira sem aparelhos DIVULGAÇÃO

Governador vai a São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos, onde inaugura oito escolas. Última Hora A2

ORÇAMENTO

Governo faz cortes de R$ 44 bi O governo federal anunciou corte no orçamento da União, mas nega que ano eleitoral tenha influenciado. Política A6

DIVULGAÇÃO

A atleta brasileira Lais Souza (foto) deixou a UTI do Hospital Jackson Memorial, em Miami, e foi transferida para a Unidade Semi-Intensiva. Ela já respira sem necessidade de ventilação mecânica. Pódio E8

SAÚDE

Consulta gratuita de quiropraxia Entre os dias 24 e 28, quiropraxistas americanos estarão em Manaus para oferecer serviços gratuitos. Dia a dia C3

Trégua não foi respeitada pelos manifestantes e pela polícia e 20 morreram ontem

SEM TRÉGUA

Pelo menos 20 pessoas morreram, na manhã de ontem, em novos confrontos entre polícia e manifestantes contrários ao governo em Kiev, na Ucrânia, mesmo em meio a uma trégua declarada pelo presidente do país, Viktor Yanukovich. Mundo C8

FALE COM A GENTE - ANÚNCIOS CLASSITEMPO, ASSINATURA, ATENDIMENTO AO LEITOR E ASSINANTES: 92 3211-3700 ESTA EDIÇÃO CONTÉM - ÚLTIMA HORA, OPINIÃO, POLÍTICA, ECONOMIA, DIA A DIA, PAÍS, MUNDO, PLATEIA E PÓDIO.

Assista ao Programa do Ratinho! Às 21h, na TV EM TEMPO/SBT

TEMPO EM MANAUS

MÁX.: 33

MÍN.:

24


Última Hora

A2

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Parintins perde ‘madrinha’ do boi-bumbá Garantido Maria Ângela Faria ficou conhecida como uma das torcedoras mais fervorosas do boi do coração, levando as cores para casa

REPRODUÇAO

SINTIA MACIEL Equipe EM TEMPO

O

céu mudou de cor, nesta quinta-feira na Ilha Tupinambarana. Avermelhou-se. Considerada a torcedora símbolo do boi bumbá Garantido, a aposentada Maria Ângela Albuquerque Faria, 91, morreu nessa quintafeira, pela manhã, em decorrência de uma parada cardíaca, em sua residência, na área central de Parintins – município localizado a 369 quilômetros de Manaus. A notícia da morte da torcedora mais fervorosa do boi da Baixa de São José foi uma surpresa para todos. A paixão de Maria Ângela pelo boi encarnado era notória não só pelo fato de ser mãe de Paulinho e Zezinho Faria – respectivamente ex-apresentador do Garantido por mais de 20 anos, e fundador da Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido -, mas também por transformá-la nas cores de sua casa. A residência dos Faria se tornou ponto turístico em Parintins, e na época do festival era comum a visitação de turistas atraídos pela piscina vermelha, que não era cheia, para não ficar azul, na cor do boi contrário – Caprichoso. Na ocasião, Maria

Ângela aproveitava para pousar para as lentes dos visitantes. No dia 12 de janeiro deste ano, a “madrinha” da Nação Vermelha e Branca foi surpreendida com uma homenagem promovida pela diretoria do Garantido, por ocasião dos seus 91 anos de idade. Liderados pelo apresentador Israel Paulain, batuqueiros, coreógrafos, jovens do comando Garantido e o boi vermelho e branco “invadiram” a residência dos Faria, para lhe desejar parabéns. Como presente Maria Ângela foi agraciada com um Boi Garantido em tamanho natural. Em nota, a Prefeitura de Parintins declarou que “Maria Ângela está marcada na história da Ilha Tupinambarana por seu amor à família, à cultura de Parintins, em especial ao BoiBumbá Garantido”. A diretoria do Boi-Bumbá Garantido também divulgou nota de pesar pelo falecimento da ilustre torcedora do boi do coração, destacando a sua importância. Amigos e parentes prestaram as últimas homenagens à eterna madrinha do boi vermelho e branco, na funerária Bentes, onde o corpo foi velado até as 16h, seguindo logo depois, para ser sepultado no cemitério de Parintins.

Sempre alegre, Maria Ângela espalhou a sua paixão pelo boi encarnado por toda a sua residência, atraindo turistas até o lugar

REDE DE ENSINO

MARCO CIVIL

Votação será depois do Carnaval O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse ontem, que a votação do Marco Civil da Internet (PL 2.126/11) deve ficar para depois do Carnaval. O texto está trancando a pauta da casa desde outubro do ano passado. Alves argumentou que a matéria é complexa e vai aguardar um consenso em torno da proposta, que determina os direitos e deveres de usuários e provedores de internet. “São muitas posições pró e contra; e é um texto que, a meu ver, tem que ter um consenso na casa, pela sua repercussão, pela sua importância”, disse o presidente. Na abertura dos trabalhos legislativos, Alves disse que o marco civil é um dos projetos que exige forte negociação para ser aprovado. Desde o início dos trabalhos legislativos, o debate e votação do projeto vem sendo

adiado. Na última quarta-feira (19), estava previsto o debate do texto, lido pelo relator do projeto, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), na semana passada. Mas o PMDB e o PP obstruíram a sessão. Em uma clara cobrança da postura dos dois partidos, Molon pediu na ocasião, que os parlamentares tenham responsabilidade com a aprovação do projeto. Ainda houve a tentativa, por parte do líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), de fechar um acordo para manter o debate do projeto. Como não houve acordo, PMDB e PP mantiveram a obstrução. Molon lembrou que vários partidos, inclusive de oposição como o Solidariedade, o PSOL, o PSDB e o DEM, apoiaram o PT contra o adiamento da discussão. O principal motivo das divergências é o ponto que trata da neutralidade da rede,

princípio pelo qual os provedores de conexão não podem restringir acesso a conteúdos privilegiando alguns acessos em detrimento de outros. O PMDB questiona o princípio e disse que vai votar contra. Ativistas consideram que a retirada do princípio pode colocar em risco o acesso livre aos conteúdos da internet. Outra polêmica é sobre a obrigatoriedade para que os provedores de conexão mantenham centrais de dados (data centers) instalados no país, como forma de garantir segurança aos dados dos usuários brasileiros. O DEM critica este ponto. O Marco Civil da Internet tramita em regime de urgência a pedido do próprio governo. Por falta de consenso, a proposta não foi votada em 2013, e é o primeiro de uma lista de cinco projetos do Poder Executivo com urgência constitucional.

Governador do AM entrega obras no Alto Rio Negro O governador do Amazonas, Omar Aziz, visita entre hoje (21) e amanhã (22 ), os municípios de São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos, na região do Alto Rio Negro. Acompanhado pela presidente de honra do Fundo de Promoção Social e primeira-dama do Estado, Nejmi Jomaa Aziz, e pelo vice-governador, José Melo, Omar Aziz visitará obras, anunciará investimentos e reinaugurará oito escolas. O governo do Estado investiu cerca de R$ 5,2 milhões na reestruturação da rede de escolas dos três municípios, com reforma e ampliação dos espaços. O primeiro município a ser visitado pela comitiva governamental será São Gabriel da Cachoeira - a 852 km de Manaus -, onde serão reinauguradas as escolas estaduais: Irmã Inês Penha, São Gabriel e Antônio João (na comunidade Cucuí). Em São Gabriel, os investimentos nas obras escolares somam R$ 2,3 milhões. Com os recursos, foram re-

formadas a escola estadual Irmã Inês Penha; a escola estadual Antônio João (na comunidade Cucuí) e a escola estadual São Gabriel. Além da reforma, o governo do Estado construiu uma quadra poliesportiva na escola São Gabriel, que será inaugurada na ocasião. À tarde, governador e comitiva seguem para Santa Isabel do Rio Negro - a 630 km de Manaus. Lá serão reinauguradas as escolas estaduais Padre José Schneider e Santa Isabel. As melhorias feitas nas duas unidades somam R$ 913 mil. Ainda em Santa Isabel, Omar Aziz visitará as obras do sistema viário e o hospital da cidade, onde a prefeitura local realiza reforma e manutenção. No sábado, pela manhã, a comitiva governamental estará em Barcelos - a 400 km de Manaus -, para reinaugurar as escolas estaduais João Badalotti, Angelina Palheta e Francisco Sales. Os investimentos em obras escolares somam R$ 1,1 milhão.

LOTERIAS

MEGA-SENA Concurso nº 1575 (19/02/2014) 01

04

05

14

45

56

TIMEMANIA Concurso n. 541 (20/02/2014) 10

45 60

67 73 76 77

Time do coração PALMAS/TO

LOTOFÁCIL Concurso n. 1021 (19/02/2014) 01

05

06

09

10

13

14

15

16

18

19

20

21

22

23

QUINA Concurso n. 3422 (20/02/2014) 05

12

34

40

53

LOTOMANIA Concurso n. 1428 (19/02/2014) 04

14

23

24

29

31

35

45

48

53

59

62

69

71

72

74

80

88

96

00

DUPLA DUPLA-SENA Concurso n. 1256 (18/02/2014) Primeiro sorteio 15

20

25

38

42

43

28

40

47

Segundo sorteio 08

11

18

FEDERAL Extração nº 04842 (19/02/2014) Prêmio 1º

Bilhete

Valor (R$)

56.165

250.000,00

2º 15.249

16.300,00

3º 33.169

16.000,00

4º 56.283

15.800,00

5º 63.703

15.223,00

FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Opinião

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Contexto 3090-1017/8115-1149

A3

Editorial

marioadolfo@emtempo.com.br

tricia@emtempo.com.br

Doa a quem doer A classe média, hoje, já representa 54% da população brasileira. Pelo menos é o que diz o estudo feito pela Serasa Experian, em parceria com o Instituto Data Popular. Tem mais: conforme a pesquisa “Faces da Classe Média”, a previsão é de que em 9 anos essa fatia da população, também chamada de classe C, chegue a 58%. Os dados revelam ainda que a classe média é composta por 108 milhões de pessoas, que gastaram mais de R$ 1,17 trilhão em 2013 e movimentaram 58% do crédito no Brasil. Maravilha! Só que não. Isso quer dizer que, entre a “classe” pobre e a “classe” rica, existe uma parcela da população – a maior parte, diga-se de passagem – que se divide em dois gêneros: a nova classe média e a classe média tradicional (mais antiga no “ramo”). É justamente essa velha categoria que continua a sustentar todo o país, incluindo a nova classe média, cada vez mais atolada em dívidas. É a classe média tradicional quem paga impostos, prestações ou prefere até pagar à vista. Como os pobres não têm condições, obviamente, de arcar com o custo de vida e a maioria dos ricos não está nem aí, sobra para a velha classe média o peso e as mazelas do “país das maravilhas”. O que podemos esperar de tudo isso? Uma crise econômica cada vez mais iminente. Um país em pleno desenvolvimento como o Brasil continua concentrando as riquezas nas mãos de minorias, enquanto a maioria vai se preparando para comer o pão que o diabo amassou. Veja bem, não é pessimismo, é realismo. Doa a quem doer.

Fala, Luiz Castro! O deputado Luiz Castro (PPS) enviou sua resposta ao CONTEXTO, numa tentativa de responder à nota sobre o fato de que seu sogro, Sérgio Paulo Tomaz Filho, cumpre pena por crime de pedofilia em Eurunepé. O problema é que o deputado não explica a situação, somente agride o jornal e desvia o assunto para a CPI da pedofilia.

Quem pratica Castro faz acusações para a coluna, como se o crime estivesse sido praticado pela imprensa. — Lamentavelmente, a coluna trata de um crime hediondo, que destrói a dignidade e a vida de centenas de crianças. Ora, mas quem destrói a vida de centenas de pessoas é quem pratica a pedofilia. Pejorativos como? Entre outras coisas, Luiz Castro diz que a CONTEXTO faz acusações e usa termos pejorativos, “que em nada contribuem para fortalecer o combate a esse delito ou para informar a sociedade”. Onde leu isso? Não sabemos a que termos pejorativos o deputado se refere, haja vista que a CONTEXTO – e mais duas dúzias de blogs e rádios – se limitou a transcrever os motivos da condenação. Então o senhor Sérgio Paulo pratica a pedofilia e uma coluna jornalística que divulga o fato é que é a vilã? Não falamos isso O deputado do PPS desvia o assunto e diz que “também não está sozinho nesta luta, 23 deputados assinaram o pedido da CPI da pedofilia”.

Mas em algum momento a coluna disse que ele estava só? O que se questionou é que ele quer pegar todos os acusados, mas esquece que tem um péssimo exemplo nos laços de família. Coari Luiz Castro esclarece que o objeto de investigação da comissão proposta por ele não está restrito ao caso de Coari, “mas para as denúncias de abuso, exploração e turismo sexual contra crianças em outros municípios, inclusive Eirunepé”. Responda Essa também é outra resposta que não pode ser enviada ao CONTEXTO. Em nenhum momento a coluna publicou que o alvo da CPI era apenas Adail. Onde ele leu isso?, perguntamos outra vez. Mais grave? Castro diz que o “caso de Coari é mais grave porque a rede de corrupção/ pedofilia é alimentada com o dinheiro dos impostos pagos pelos cidadãos e com os royalties do gás. Isto sim precisa ser informado”.

Ora, deputado, pedofilia é pedofilia, um crime hediondo em qualquer situação, em qualquer lugar, independente de

APLAUSOS

elvis@emtempo.com.br

quem o pratique. De mulher para mulher Comissão Relações Exteriores do Senado aprovou o voto de congratulações e aplauso a Michelle Bachelet, eleita como nova presidente do Chile. A autoria do requerimento é da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). ONU Mulher Vanessa recordou que a candidata eleita, que já ocupou anteriormente a presidência do Chile, conduziu com “muita competência” a ONU Mulher, nos anos entre seu governo anterior e seu retorno ao Chile, para disputar as eleições. Ficais presos A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) informa que aguardará o encaminhamento do inquérito por parte da Polícia Civil para tomar as providências cabíveis no caso envolvendo os fiscais presos em flagrante na manhã desta quinta-feira, acusados de extorsão. Expulsão A Semmas garante que os servidores envolvidos serão afastados imediatamente do exercício das suas funções enquanto tramitarem os procedimentos de apuração.

VAIAS

Isadora Williams

ELVIS

Invasão de vendedores AP PHOTO

JOEL ROSA

À patinadora Isadora Williams, que mesmo desclassificada nos Jogos de Olímpicos de Inverno, em Sochi, provou que tem garra e que representar o Brasil no esporte, onde não temos nenhuma tradição, já é uma grande vitória.

Para fiscais da prefeitura que permitem a invasão desorganizada de vendedores ambulantes em áreas, onde tradicionalmente as bandas de Manaus realizam seu Carnaval, ocupando o espaço que antes pertencia ao folião.

Luiz Lauschner opiniao@emtempo.com.br

Mamãe, não quero ser prefeito! Ouvindo a antiga música, fiquei meditando sobre a enorme carga que precisa ser absorvida por um administrador municipal, que precisa cuidar desde a recolha do lixo até as mazelas entre vizinhos por falta de uma medição perfeita do terreno há mais de 30 anos passando, é lógico, pelas vagas das crianças nas escolas, transporte público e muito, muito mais. Por outro lado, fico meditando em como as coisas públicas custam muito mais dinheiro que as realizadas pela iniciativa privada, além é claro, do volume enorme de profissionais que precisam planejar, executar, fiscalizar. Pelo menos, este é o seu papel. A renovação da Ponta Negra custou dezenas de milhões e aparentemente esqueceram-se de fazer uma área de lazer para o povo caminhar, andar de patins etc., porque continuam fechando – às quartas-feiras e aos domingos – a metade da única via de acesso dos moradores e do hotel Tropical na Ponta Negra, colocando em risco a vida de quem precisa sair de um dos condomínios ali existentes. Na frente do Jardim das Américas, as seis pistas existentes são reduzidas a duas – uma em cada direção – causando enormes engarrafamentos. Raramente há guardas para o trânsito! Enquanto isso, as três pistas no sentido Ponta Negra/Centro servem para alguns raros pedestres e ciclistas circularem. Outra música, um pouco mais recente toca no rádio do meu carro: “Pau que nasce torto, nunca se endireita...” que me remete à administração Alfredo Nascimento que colocou um semáforo embaixo de um viaduto e com isso encontrou imitadores, como o “complexo Gilberto Mestrinho” do seu sucessor Serafim Correa que apenas facilitou o trânsito num único sentido, provocando longas retenções de quem vem da André Araújo ou vem do Coroado. Sem falar do atentado à engenharia de trânsito que é a saída da Maceió para pegar a Recife, no sentido Centro/bairro. Além, é claro da sinalização em frente ao aeroporto, que só será efetivada depois que uma pessoa muito importante se acidentar por lá. De

dia é ruim, à noite é péssimo, à noite com chuva então é catastrófico. A cópia dos erros não para por aí. O BRT, anunciado como solução no lugar do monotrilho, mostra que a imitação continua muito presente, também nas coisas erradas. Pelo andar da carruagem, ou balanço da canoa, esse tal do BRT é um filme já visto, que vai aumentar o número de sinaleiras e não vai tirar ônibus algum do espaço destinado aos automóveis. Há automóveis sendo multados por andarem na “faixa exclusiva de ônibus”, mas estes continuam impunes para andar e parar fora de sua faixa. Coisas que os usuários de ônibus nem motoristas de carros entendem. As administrações anteriores a do senhor Arthur Neto foram atrapalhadas ou omissas no cuidado com as vias e, por tabela, do transporte público. Não queremos aqui tirar o mérito do esforço da atual administração que tem muito mais acertos que erros. Contudo, alguns projetos parecem ser implantados quando os planejadores estão de férias. As faixas de pedestres são ótimas em alguns lugares, mas em pista de rolamento, como a própria estrada da Ponta Negra, necessitam de sinalização muito mais adequada. Quem ensinou a colocar faixa de pedestres em parada de ônibus, como na Torquato Tapajós? Na avenida São Jorge há um redutor, bem sinalizado, em frente à escola que é um exemplo de como o trânsito pode fluir sem riscos. Poderíamos enumerar outras e outras. Contudo, não acreditamos que apontar erros leve à soluções. A prefeitura tem exemplos de muitos acertos que devem ser multiplicados. Afinal, a prefeitura não é uma imposição de ninguém. É uma disputa acirrada que envolve, antes de qualquer coisa, a vontade do candidato de assumir a prefeitura. Raul Seixas cantou uma música que é somente para o cidadão comum e nada tem a ver com a realidade eleitoral. O trabalho, é justo que se diga, é intenso e a administração atual está presente. Porém, não dá pra fechar os olhos a erros tão flagrantes.

Luiz Lauschner, escritor e empresário

O BRT, anunciado como solução no lugar do monotrilho, mostra que a imitação continua muito presente, também nas coisas erradas. Pelo andar da carruagem, ou balanço da canoa, esse tal do BRT é um filme já visto, que vai aumentar o número de sinaleiras e não vai tirar ônibus algum do espaço destinado aos automóveis”


A4

Opinião

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Frase

Painel VERA MAGALHÃES

Tão longe, tão perto

O governo vai deixar de investir. Vai segurar a tarifa de energia porque é ano eleitoral. Vai deixar um buraco para o futuro presidente

Em balanço apresentado na última terça-feira, a cúpula do PT constatou que o partido só deve se aliar ao PMDB para disputas aos governos em, no máximo, sete eleições. Em 2010, estiveram juntos em dez disputas. Além de São Paulo e Rio, estão fora da lista Estados como Ceará, onde PMDB e o Pros de Cid Gomes disputam o apoio do PT. Um dirigente petista diz que a conta revela a fragilidade da articulação política da sigla e a falta que faz o ex-presidente Lula no Planalto. Volver Ideli Salvatti (Relações Institucionais) telefonou para dirigentes de partidos aliados, preocupada com a intenção do PMDB de formar um bloco independente na Câmara. O PTB fez reunião de emergência para tentar barrar a adesão ao grupo. Embarque As bancadas do PMDB da Bahia e de Santa Catarina se articulam para emplacar o próximo ministro do Turismo. Os catarinenses buscam apoio para Vinícius Lummertz, secretário de Políticas de Turismo da pasta. Roça Apesar da rebelião na Câmara, chegou a Michel Temer o recado de que Neri Gueler, secretário de Política Agrícola, teria apoio de deputados da sigla para assumir o Ministério da Agricultura. Golpe O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reagiu com irritação à renúncia de Eduardo Azeredo (PSDB-MG). A decisão do parlamentar foi interpretada como uma afronta direta à denúncia que pede sua prisão por 22 anos por envolvimento no mensalão mineiro. Contragolpe Janot indicou que, se o relator do processo no STF, Luís Roberto Barroso, decidir enviar o caso à Justiça

Federal em Minas, vai recorrer ao plenário. O entendimento geral da corte, no entanto, aponta para a remessa à primeira instância. Grato José Genoino (PT) telefonou no intervalo da sessão para seu advogado, Luiz Fernando Pacheco, a fim de parabenizá-lo por sua sustentação oral no primeiro dia da análise dos embargos. Escaldado De um advogado sobre a previsão de que os ministros tendem a absolver réus do crime de formação de quadrilha: “Há precedentes, mas mensalão é mensalão. Tudo pode acontecer”. Concílio O atual chefe da Casa Civil de Geraldo Alckmin, Edson Aparecido, participou das discussões que levaram à escolha de Saulo de Castro para substituí-lo. Concílio 2 Julio Semeghini (Planejamento) e João Carlos Meirelles, que chegaram a ser cotados para a vaga, também foram consultados. Em frente Conselheiros de Alckmin relatam que a opção pelo perfil de Castro se dá pela disposição para “empurrar” os projetos do governo no último

ano de mandato. A casa é sua O governador fez chegar ao PSB que, a despeito da decisão de ter candidatura própria em São Paulo, ele segue disposto a conversar com a sigla e que o espaço para o partido continua aberto em sua chapa. Fla... O governo paulista anuncia na próxima terça-feira parceria entre as secretarias da Justiça e do Trabalho para oferecer vagas de emprego na administração pública a dependentes químicos que tenham passado por tratamento em programa de recuperação do Estado.

José Agripino (DEM-RN), senador

Olho da Rua opiniao@emtempo.com.br FOTO LEITOR

... Flu O programa será usado como vitrine pelo governo Alckmin. Tucanos querem usar o foco na exigência de tratamento prévio para compará-lo com ação semelhante da gestão de Fernando Haddad (PT), que emprega dependentes sem obrigatoriedade de internação. Visita à Folha Roberto Troncon Filho, superintendente da Polícia Federal em São Paulo, visitou ontem a Folha, onde foi recebido em almoço. Estava com Fernando Poch, diretor de Logística Policial, Humberto Prisco, chefe de Comunicação em Brasília, e Luciana Saldanha, assessora de Comunicação em São Paulo.

Tiroteio

Esse acidente foi registrado na avenida Torquato Tapajós, em frente à Nokia. Segundo testemunhas, a falta de sinalização na área pode ter provocado o acidente. Se bem que em Manaus imprudência no volante também é rotina.

Mário Antonio Sussmann opiniao@emtempo.com.br

Depois do quebra-quebra promovido pelo MST lulista em plena Esplanada, Dilma, irada, deve ter pensado: ‘Só me faltava essa!’. DO SENADOR JOSÉ AGRIPINO (RN), presidente nacional do DEM, sobre ato falho de Miriam Belchior (Planejamento), que chamou Dilma de ‘presidenta Lula’.

Contraponto

Não tá fácil pra ninguém O prefeito Fernando Haddad entregava ontem o título de regularização fundiária de cerca de 1.000 apartamentos do conjunto habitacional Garagem, em São Miguel Paulista, reduto petista na zona leste. A síndica do prédio reclamou que os recém-empossados moradores não queriam pagar o condomínio. — É, não é mesmo fácil ser síndico – solidarizou-se Haddad, às voltas com problemas na administração da cidade.

Publicado simultaneamente com o jornal “Folha de S.Paulo”

CENTRAL DE RELACIONAMENTO Atendimento ao leitor e assinante ASSINATURA e CLASSIFICADOS

3211-3700 assinatura@emtempo.com.br classificados@emtempo.com.br

REDAÇÃO

3090-1010 redacao@emtempo.com.br

3090-1001 circulacao@emtempo.com.br

Norte Editora Ltda. (Fundada em 6/9/87) – CNPJ: 14.228.589/0001-94 End.: Rua Dr. Dalmir Câmara, 623 – São Jorge – CEP: 69.033-070 - Manaus/AM

www.emtempo.com.br

@emtempo_online

Diretor de Redação Mário Adolfo marioadolfo@emtempo.com.br Editora-Executiva Tricia Cabral — MTB 063 tricia@emtempo.com.br Chefe de Reportagem Michele Gouvêa — MTB 626 michelegouvea@emtempo.com.br Diretor Administrativo Leandro Nunes administracao@emtempo.com.br

CIRCULAÇÃO

DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Presidente: Otávio Raman Neves Diretor-Executivo: João Bosco Araújo

Gerente Comercial Gibson Araújo comercial@emtempo.com.br EM Tempo Online Yndira Assayag — MTB 041 yndiraassayag@emtempo.com.br

/amazonasemtempo

/ /tvemtempo

Os artigos assinados nesta página são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

A Constituição é una A Constituição não se interpreta “por quem chegou primeiro”, e sim, a qualquer tempo, o que normatiza deve ser igual a si mesma. Mas é gratificante constatar quando o entendimento de texto se confirma por jurista da estatura de Gilmar Mendes. No artigo do dia 24 de janeiro, “Robin Hood às avessas”, observei que “fizeram cota para pagar a multa a que foi condenado José Genoíno. A Constituição, art. 5º, dispõe que nenhuma pena passará da pessoa do condenado. Significa, óbvio, que quem não cometeu o delito não pode ser condenado, igualmente quem é inocente não pode cumprir a pena do delinquente. Se pudesse, imaginem-se quantos pais se ofereceriam para ficar no lugar dos filhos, para livrá-los, total ou parcialmente, das agruras das penas aplicadas. A multa integra a pena tanto quanto a reclusão”. No último dia 14, o ministro Gilmar Mendes, em resposta a carta do senador Eduardo Suplicy, que defendeu o anonimato das agora chamadas “vaquinhas” do PT, segundo a UOL/FSP, “o ministro destacou trecho do artigo 5º da Constituição dizendo que “nenhuma pena passará da pessoa do condenado”. Para ele, assim como a pena de prisão, a pena de multa é intransferível e restrita ao condenado. Ou seja, tal como pessoas solidárias aos condenados não podem passar alguns dias por eles na cadeia, também não poderiam pagar as multas impostas pela Justiça. “A campanha de doações para o pagamento da multa em última análise sabota e ridiculariza o cumprimento da pena – que a Constituição estabelece como pessoal e intransferível – pelo próprio apenado”. “Mendes, continua a UOL, ainda reclama da falta de transparência no sistema de arrecadações e diz que todos os dados devem ser analisados pelo Ministério Público e pela Receita Federal”, a que também me referi. (Completo agora: alguém viu filas de trabalhadores em entidades

bancárias para dar algum trocado para os mensaleiros? Qual o valor médio de cada depósito?) E o que considero determinante: o ministro Gilmar Mendes sugeriu a Suplicy a realização de uma vaquinha para ressarcir “pelo menos parte dos R$ 100 milhões subtraídos dos cofres públicos”. Porque Delúbio Soares conseguiu R$ 600 mil em um único dia e Dirceu muito mais, a sugestão do Ministro não é despropositada. (Continua valendo o Robin Hood às avessas, tirar dos pobres para dar aos ricos?). O PT não se meteu em nenhuma “trapalhada” como o motorista que viaja sem estepe apostando que não vai furar pneu e fura. É da essência de sua prática governamental investir no setor público o que sobrar da arrecadação, aplicada em proveito próprio. (Não me equivoquei, a ideia é essa, “meu bolso primeiro”). Mas seria parcialidade não registrar que o PSDB é o criador do “sistema mensalão” que nenhum “tucano” (salvo o Artur Neto) condenou a própria falcatrua e, portanto, não pode criticar o PT. Aliás, em nada. Mais do que nunca o Poder Judiciário, embora “igual e harmônico”, tem de firmar sua força constitucional. Já basta a atrofia sob os governos militares. (Advogado, Amazonino foi tentar soltar cliente preso por um coronel e argumentou que “ele não tinha competência para prender” – no sentido de outorga legal de poderes à autoridade. O coronel entendeu que estava sendo chamado de incompetente na acepção de falta de capacidade e quase o Amazonino foi fazer companhia a seu cliente. Confiram com ele). O Poder Judiciário não se pode sujeitar um mínimo que seja em atribuições constitucionais ou se esvai o Estado Democrático de Direito. Vivemos momento tão triste que minha principal motivação de voto em Dilma é que, até hoje, nenhuma falcatrua respingou sobre ela. Merece ficar do lado de cá das grades.

Mário Antonio Sussmann, Advogado e jornalista

O PT não se meteu em nenhuma ‘trapalhada’ como o motorista que viaja sem estepe apostando que não vai furar pneu e fura. É da essência de sua prática governamental investir no setor público o que sobrar da arrecadação, aplicada em proveito próprio”


Política

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

A5

Coari, prestes a sofrer intervenção do Estado Ministério Público ingressou com pedido, ontem, à Justiça. Hoje, será a vez da CPI federal entrar com o mesmo pedido RAPHAEL ALVES/TJAM

RAPHAEL LOBATO Equipe EM TEMPO

A

relatora do pedido de intervenção no município de Coari, desembargadora Socorro Guedes, iniciou no fim da tarde de ontem a produção do voto sobre o pedido encaminhado ontem pelo Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado (MPE), Francisco Cruz. A decisão sobre a intervenção do governo no município terá de ser submetida ao pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), que deve acontecer na próxima sessão, dia 25. O prefeito em exercício de Coari, Igson Monteiro, disse que somente irá se posicionar sobre o caso quando for notificado. Além do pedido de intervenção do MPE, a deputada federal Érica Kokay (PT-DF), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes em diversos pontos do país, em curso na Câmara dos Deputados, também irá ingressar com pedido de intervenção no município, hoje, à Justiça local (ver box). A relatora Socorro Guedes disse à reportagem que, por ser um documento extenso, precisa analisar minuciosamente. “Não posso adiantar nada hoje (ontem), mas vou trabalhar no caso por meio da legislação que fala sobre o assunto”, afirmou a desembargadora, que também responde pela vice-presidência e corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). A magistrada foi sorteada eletronicamente para analisar o pedido. Às 10h desta sextafeira, ela deverá se pronunciar sobre as tratativas que serão aplicadas ao processo. O pedido entregue no começo da tarde de ontem pelo MPE-AM à Justiça afirma que a prefeitura do município teria criado dois conselhos tutelares além dos que já existiam, dando posse a dez conselheiros que não haviam sido eleitos regularmente. A prática viola o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e normas constitucionais da administração pública, fundamentando o pedido assinado por Francisco Cruz. Segundo o documento, a prefeitura chegou a ser notificada sobre o caso, mas não teria se manifestado. O documento determina ainda que, por meio da intervenção

sugerida, “sejam reintegrados os conselheiros eleitos, com a regularização dos pagamentos de seus vencimentos e a exoneração dos conselheiros não eleitos, sem prejuízo, se for o caso, da realização de eleições para os cargos respectivos”. A intervenção governamental em municípios é uma ferramenta político-administrativa e que encontra amparo no artigo 34 da Constituição Federal, que observa casos de violação da lei, sem possibilidade de recurso suspensivo por parte do representado. Caso o pedido seja aprovado e encaminhado ao governo do Estado, o vice-prefeito de Coari, Igson Monteiro da Silva – que está no cargo em exercício - poderá ser substituído por um interventor escolhido pelo Executivo estadual para administrar o município até que sejam resolvidos os problemas apontados. Igson Monteiro está há 13 dias à frente da prefeitura, desde que o prefeito Adail Pinheiro (PRP) foi preso pela Polícia Militar

NEGATIVA

Procurada pela reportagem, a secretária de Desenvolvimento Social de Coari, Margarida Rocha, negou qualquer irregularidade na contratação de conselheiros tutelares para o município Desembargadora Socorro Guedes é a relatora do pedido de intervenção ao município de Coari feito ontem pelo Ministério Público

e encaminhado ao Comando de Policiamento Especializado (CPE), na Zona Oeste da capital. Adail teve a prisão decretada pelo desembargador Djalma Martins, no dia 8 deste mês, acatando pedido do MPE. Durante uma vistoria à Arena da Amazônia em janeiro deste ano, o governador Omar Aziz (PSD) afirmou que, no caso do encaminhamento de um pedido de medidas ao governo para com Coari “seriam adotadas as medidas necessárias para o bem-estar da população do município”. Em outra ocasião, na cerimônia de abertura das atividades da Câmara Municipal de Manaus (CMM), no dia 10 deste mês, Aziz afirmou que o caso precisava de um desfecho. “Muito se fala, há muito tititi e poucas ações de verdade”, afirmou. DANILO MELLO/ALEAM

Deputada verifica impunidade A presidente da CPI da Pedofilia da Câmara dos Deputados, Érica Kokay, afirmou que vai solicitar hoje, durante encontro com o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Ari Moutinho, a intervenção do município de Coari. Ela também vai levar o mesmo pleito à Secretaria dos Direitos Humanos, em Brasília e aos órgãos competentes na capital federal. Chocada com novos relatos que colheu ontem em Coari, onde esteve com uma comitiva que veio de Brasília e também de dois deputados

estaduais, ela afirmou que ouviu o depoimento de oito pessoas e constatou que, mesmo Adail estando preso há 13 dias, ele ainda mantém uma estrutura e domínio na prefeitura de absoluto desrespeito ao Estado Democrático de Direito. “Muitas ameaças, muitos atentados. Duas casas que receberam balas. Conselhos tutelares sem condições de funcionamento. Chegou ao cúmulo de a Secretaria de Ação Social vasculhar a ficha das pessoas que fizeram denúncias”, disse a deputada. A parlamentar afirmou

que a comitiva esteve em vários locais na cidade ouvindo vítimas, testemunhas e ainda pessoas que sofreram atentados por terem tido coragem de denunciar os abusos cometidos pelo prefeito Adail. “A máquina da prefeitura está sendo usada para ameaçar e coagir as pessoas, de impedir o processo democrático e a isenção dos processos judiciais. A prefeitura está sendo usada para alimentar a impunidade, por meio da coação”, relatou. Kokay disse ainda que um conselho tutelar da cidade

está sendo alvo de investigação por parte da prefeitura, que elegeu uma comissão para vasculhar a ficha das pessoas. “Isso é um absurdo. É uma impunidade agressiva. É como se houvesse a reedição de Luís 16: O Estado sou eu. Isso não pode acontecer”, finalizou a deputada. Ontem à noite, Érica Kokay participou de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) para tratar dos crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes. *Colaborou Valéria Costa

SOGRO PEDÓFILO

‘Processo é público’, diz Castro

Deputado envia nota à redação defendendo instalação de CPI

O deputado estadual Luiz Castro (PPS), por meio de sua assessoria de imprensa, enviou nota à redação do jornal Amazonas EM TEMPO, tentando esclarecer sobre matéria jornalística veiculada na editoria de Política e uma nota, na coluna Contexto, na edição de quarta-feira, a respeito do processo de pedofilia que seu sogro, Sérgio Paulo Tomaz Filho, de 85 anos, responde no município de Eirunepé. Ele afirmou que este processo está disponível ao público no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Autor do requerimento que pede a

instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), para investigar prática de pedofilia no Amazonas, ele esclarece que o objeto da investigação não é somente Coari, mas que também envolve outros casos, inclusive de Eirunepé. “A investigação focará também a eficácia e eficiência dos mecanismos de controle e combate a esse delito, o que motivou a maioria dos deputados a assinar o pedido, faltando apenas o apoio do deputado Wilson L isboa (PCdoB)”, diz a nota.

“Lamentavelmente, a coluna trata de um crime hediondo, que destrói a dignidade e a vida de centenas de crianças, com acusações e termos pejorativos, que em nada contribuem para fortalecer o combate a esse delito ou para informar a sociedade. O caso de Coari é mais grave porque a rede de corrupção/pedofilia é alimentada com o dinheiro dos impostos pagos pelos cidadãos e com os royalties do gás. Isto sim precisa ser informado”, diz ainda na nota enviada à redação. O deputado diz ainda na nota que a tentativa de associá-lo

a um sogro, condenado por esse delito, não o constrangerá, nem abalará a sua convicção de que os casos de pedofilia têm que ser investigados e os culpados, punidos. Portanto, não há incoerência na iniciativa de instalar a CPI. No caso de Eirunepé, a Justiça funcionou, o que é muito louvável. Resta saber se o TJAM, o MPE e a Justiça Federal, farão a sua parte em relação a Coari, já que permaneceram inertes desde a operação Vorax (2008), cujo relatório comprovou o esquema de corrupção e de exploração sexual de menores naquele município.


A6

Política

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Governo corta R$ 44 bi do Orçamento federal

Cláudio Humberto COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

www.claudiohumberto.com.br

Você chamou a presidente Dilma de presidente Lula” MINISTRO GUIDO MANTEGA corrigindo a atrapalhada colega Miriam Belchior

Partidos aliados ensaiam ‘blocão’ contra Dilma Insatisfeitos com as imposições da presidente Dilma nas votações na Câmara, e sobretudo com a distribuição de cargos, a base aliada se articula em “blocão” informal, com PMDB, PP, PROS, PSD, PR, PDT e PTB, para medir forças com o Planalto. Em jantar, quarta, na casa do deputado Luiz Fernando Faria (PP-MG), líderes atacaram Dilma por tratá-los como meros “chanceladores” dos interesses do governo. Valentia Os líderes rebeldes, que representam 259 deputados, marcaram novo encontro para terça, quando definirão pauta de projetos para votação. Cargos, cargos Os deputados aliados ao governo acusam o PT de tentar “dizimá-los”, com o objetivo de concentrar todo o poder (e cargos) entre petistas. Sobrou para ele Portador de recados do Planalto, o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), foi à reunião dos rebeldes, mas ficou calado.

Alves (RN), estão deixando correr solto para ver no que isso vai dar. Na contramão da bancada do Rio, ala do PT defende a CPMI alegando que as investigações podem esfriar protestos mais violentos durante a Copa. Pergunta no Congresso Terá sido de peroba o óleo que vazou do Palácio do Planalto poluindo o Lago Paranoá de Brasília? Contágio Parece piada, mas um posto de atendimento do Tribunal Regional Federal no Rio fechou por falta d’água. Fica na avenida... Venezuela. A fila não anda Os bancos, sim, mas órgãos públicos e a Receita não disponibilizaram ainda a declaração de rendimentos. O prazo termina na próxima sexta, 28. Tarefa árdua Mal terminou discurso em defesa de Eduardo Azeredo, que renunciou para não enfrentar o julgamento do mensalão tucano no STF, Marcus Pestana (MG) recebeu telefonema do correligionário em agradecimento.

Eles querem é rosetar Os deputados federais aliados fazem barulho para tentar valorizar o apoio deles à reeleição de Dilma, mas ela nem sequer lhes pede votos.

Cruz ou espada O PSDB intensificou a pressão para Bernardinho se lançar ao governo do Rio. O esportista, que também sofre pressão da família para ficar fora da disputa, pediu até o fim do carnaval para dar uma resposta.

PT avalia que CPI manterá black blocs acuados O PMDB e o partido Solidariedade são os mais empenhados em emplacar a CPI mista dos Black Blocs. Os presidentes do Senado, Renan Calheiros (AL), e da Câmara, Henrique Eduardo

STF ridicularizado Advogada de José Roberto Salgado (ex-Banco Rural) ridicularizou a tese de formação de quadrilha no STF. Segundo Maíra Salomi, essa possibilidade só poderia ter existido em um “âmbito paranormal”.

Jornalista

Expectativa de crescimento do PIB do governo cai de 3,8% para 2,5%. Planalto prevê esforço fiscal de 1,9% do produto DIVULGAÇÃO

Encantadora Dilma chamou Edinho Araújo de “presidente do PMDB-SP”, em jantar no Jaburu. Percebeu o engano: “Olha só, Baleia [Rossi], eu te demiti. Mas gosto muito de você...”. Ela é um doce até quando se desculpa. Águas turvas O serviço público exige ao menos dez “nada consta” de servidores, mas o novo superintendente da Pesca em Pernambuco, Josemir de Vasconcelos, passou raspando: policial e advogado, foi citado em 2000 na CPI estadual da Pistolagem e do Narcotráfico, que deu em nada. Não desencarnou Lula manda tanto no governo que até ministros confundem o ocupante do principal gabinete do terceiro andar do Planalto: a ministra Miriam Belchior (Planejamento) chamou sua chefe de “presidente Lula”. Demanda do povo Aliado do governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ), o deputado Leonardo Picciani defende a criação de CPMI para investigar Black Blocs: “95% do Rio é contra atos de vandalismo e a violência nas manifestações”. Nota zero Operação policial na Austrália prendeu 16 estudantes brasileiros desde novembro de 2013, envolvidos em rede de tráfico de drogas, e procura outros, fora do país. Já apreenderam mais de 14 quilos de cocaína. Pensando bem.. ...escapando da pena de formação de quadrilha, os mensaleiros ainda podem se inscrever no bloco de sujos da Terça-Feira Gorda.

PODER SEM PUDOR

Meta do governo é conter a inflação e realizar um esforço fiscal de 1,9% do Produto Interno Bruto

O

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão anunciou, ontem, um corte de R$ 44 bilhões em gastos no orçamento deste ano. Com isso, o bloqueio inicial ficou um pouco acima do anunciado em 2013, de R$ 28 bilhões. Em 2011 e 2012, respectivamente, o corte somou R$ 50 bilhões e R$ 55 bilhões. O governo também anunciou que o objetivo de superávit primário deste ano, que é a economia feita para pagar os juros da dívida pública e evitar o seu aumento, foi fixada em 1,9% do PIB para todo o setor público consolidado (que engloba União, Estados, municípios e empresas estatais) – o equivalente a R$ 99 bilhões. O valor ficou abaixo dos 2,1% do PIB anunciados na proposta de orçamento de 2014, divulgada no ano passado. Do valor total, a União ficará responsável por R$ 80,8 bilhões (1,55% do PIB) e os Estados, municípios e estatais por outros R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. “Há sim um comprometimento de alcançar 1,9% do PIB. Vamos trabalhar para isso. Vamos trabalhar com os Estados e municípios. Temos condições de fazê-lo. Vamos fazer ajustes

ao longo do tempo. Tem alguma receita extraordinária que não computamos. Partimos de base favorável”, declarou o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O ministro negou ainda que o ano eleitoral tenha influenciado nos cálculos da meta de superávit primário. “Ano eleitoral não pesou. Se pesasse, faríamos um primário menor. Fizemos um esforço de contenção de gas-

META FISCAL

A meta cheia de superávit primário, incluindo Estados e municípios, para o ano de 2014 é de R$ 167,4 bilhões, ou 3,1% do PIB, conforme consta no Orçamento da União aprovado pelo Congresso Nacional tos e despesas olhando para a solidez das contas fiscais. Acreditamos que esse é o melhor caminho para reduzir a inflação. Fizemos sem olhar para o ano eleitoral”, declarou. Detalhamento do corte Do bloqueio de R$ 44 bilhões, R$ 7 bilhões são em gastos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), R$ 13,3

bilhões são em emendas parlamentares coletivas e outros R$ 13,5 bilhões em despesas obrigatórias. Por ministérios, o maior bloqueio foi na Defesa, seguida pela Fazenda. O Ministério da Defesa informou que soube somente nesta quinta-feira do valor do bloqueio efetuado na pasta, e acrescentou que ainda não há detalhamento de como ele será implementado. Crescimento econômico Por meio do decreto de reprogramação orçamentária, o governo também baixou de 3,8% para 2,5% a previsão para o crescimento do PIB que consta no orçamento federal para este ano. Apesar da queda, a expectativa de expansão da economia do governo ainda está acima do que prevê o mercado financeiro para 2014: 1,79% de alta. “Estamos em um momento um pouco difícil para prever o PIB por causa das turbulências causadas em parte pelo Federal Reserve (BC dos Estados Unidos) pela retirada dos estímulos econômicos. Nossa previsão de 2,5% de crescimento é moderada. Vamos trabalhar para que seja alcançado. É muito cedo para dizer que não vai dar. Em geral, mercados fazem previsões mais de curto prazo”.

EMBARGOS

O senhor é o famoso quem?

Penas saem na próxima semana

O ex-secretário de Estado americano Henry Kissinger visitava o então governador de São Paulo, Mário Covas, em meio às notícias sobre intervenção federal no Banespa. A certa altura, na entrevista coletiva sobre planos de investimento de empresas dos EUA no Brasil, Covas sugeriu que se fizessem perguntas ao visitante. Um jovem repórter se dirigiu a Kissinger: - O senhor veio aqui tratar do Banespa?

NELSON JR/SCO/STF

EM SUA CASA

Azeredo recebe visita de Aécio Um dia após renunciar ao mandato de deputado federal, Eduardo Azeredo (PSDB-MG) recebeu em sua casa, em Belo Horizonte, uma visita do senador Aécio Neves, pré-candidato dos tucanos à Presidência da República, e de integrantes da cúpula do partido. Azeredo, ex-governador de Minas Gerais e réu no processo conhecido como mensalão tucano, recebeu Aécio durante a tarde de

ontem. Além do senador, o candidato ao governo de Minas pelo PSDB, Pimenta da Veiga, o governador do Estado, Antônio Anastasia, o presidente do PSDB de São Paulo, Duarte Nogueira, e o deputado federal Marcus Pestana também estavam presentes. Segundo pessoas que acompanharam a visita, o clima era de solidariedade. “Nós fomos lá prestar nossa solidariedade e rea-

firmar que acreditamos na idoneidade dele”, afirmou Duarte Nogueira. De acordo com os tucanos, Azeredo apresentava estar mais tranquilo. Ele relatou que conseguiu controlar sua pressão arterial e que tem se sentido melhor. A carta de renúncia do exdeputado Eduardo Azeredo foi lida, anteontem, no plenário da Câmara Federal, pelo deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE).

Corte encerrou sessão, ontem, sem julgar os embargos infringentes de condenados no mensalão

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou a sessão de ontem sem finalizar o julgamento de recursos do mensalão. Os ministros apenas ouviram as sustentações orais de cinco advogados que questionam a condenação pelo crime de formação de quadrilha, além da posição da ProcuradoriaGeral da República (PGR). Segundo a PGR, há provas de que os condenados formaram uma quadrilha para cometer

os crimes. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, rebateu a defesa de José Dirceu: “Não houve a banalização do crime de quadrilha”. “Era uma organização estável e permanente, voltada para a prática de delitos, que perdurou de 2002 a 2005. Na verdade, o pressuposto de uma organização é a divisão de tarefas e geralmente as pessoas não conhecem todos os núcleos, para que se um

núcleo for desbaratado não atinja o seguinte”, afirmou. Entre os réus que aguardam o julgamento destes embargos, estão José Dirceu, José Genoino, ex-presidente do PT e Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido. Eles têm direito a esse recurso porque tiveram, no primeiro julgamento, quatro votos pela absolvição. A corte do Supremo deve encerrar o julgamento na próxima semana.


MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Política

A7

TJAM divulga edital de remoção de magistrados Vinte e nove comarcas e varas constam na lista de opções para os interessados. Critérios são de antiguidade e merecimento

O

Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) disponibilizou o edital nº 32/2014, para remoção de juízes para 29 comarcas do interior do Estado, pelos critérios de antiguidade e merecimento, alternadamente. O edital retificado está nas páginas 29 e 30 do caderno administrativo do Diário da Justiça Eletrônico (DJE), publicado ontem. Todos os magistrados interessados na remoção – seja pelo critério de antiguidade ou merecimento - devem fazer sua inscrição, apresentando o requerimento no setor de protocolo administrativo do TJAM, no período de 24 de fevereiro a 13 de março. Os juízes interessados em concorrer à remoção por merecimento devem compor a primeira quinta parte da lista de antiguidade do TJAM e ter 2 anos na entrância, comprovados por certidão emitida pela Divisão de Pessoal, e também apresentar relatório de produtividade circunstanciado das atividades, atendendo às exigências legais. Das 29 comarcas vagas, a de Pauini é a que pos-

ARQUIVO EM TEMPO

sui o maior tempo com a vacância: desde outubro de 2009. Para preencher aquela jurisdição o critério de escolha do juiz-candidato será por antiguidade. As demais vagas são: Juruá (merecimento); Apuí (antiguidade); Eirunepé (merecimento); Tabatinga - 1ª vara (antiguidade); Manicoré - 1ª vara (merecimento); Uarini (antiguidade); Coari - 2ª vara (merecimento); Manicoré - 2ª vara (antiguidade); Maraã (merecimento); Fonte Boa (antiguidade); Manacapuru – 1º Juizado Especial Cível e Criminal (merecimento); Tefé – 2ª vara (antiguidade); Coari – 1ª vara (merecimento); Santa Isabel do Rio Negro (antiguidade); Parintins – 1ª vara (merecimento); Beruri (antiguidade); Jutaí (merecimento); Canutama (antiguidade); Humaitá – 2ª vara (merecimento); Lábrea (antiguidade); Amaturá (merecimento); Parintins – 3ª vara (antiguidade); Tapauá (merecimento); Benjamin Constant (antiguidade); Nhamundá (merecimento); Ipixuna (antiguidade); Japurá (merecimento); Tefé – 1º Juizado Especial Cível e Criminal (antiguidade).

Tribunal de Justiça abre vagas para juízes que queiram trocar de municípios. No total, são 29 comarcas que estão vacantes


A8

Política

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Dirceu terá dez dias para pagar multa à Justiça

Prazo começará a contar após a defesa do ex-ministro for notificada. Na semana passada, ele lançou um site para doações

A

Vara de Execuções Penais do Distrito Federal determinou ontem que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pague multa de R$ 971 mil em função da condenação por corrupção na ação penal 470, o processo do mensalão. O pagamento deve ser feito em dez dias, após a defesa ser notificada. Antes mesmo da determinação da Justiça, um site foi criado para arrecadar a quantia a ser paga por meio de doações online. Até o momento, foram arrecadados R$ 763,7 mil. O valor foi depositado por 2.591 doadores. O pagamento de multas com ajuda de apoiadores é questionado por partidos de oposição. Na semana passada, o PPS entrou com uma representação no Ministério Público para bloquear o dinheiro arrecadado na internet para pagar a multa. Na representação, o líder do partido, deputado federal Rubens Bueno (PR), diz que todos os condenados estão obrigados a ressarcir o erário público e, no caso do ex-ministro, considerado “o principal acusado no esquema de desvio do mensalão e réu em ação de improbidade”. A assessoria de José Dirceu

ANTÔNIO CRUZ/ABR

criticou o pedido e disse que não tem cabimento. De acordo com nota divulgada à imprensa, ao pedir o bloqueio das doações on-line “a oposição mais uma vez cria um factoide com objetivos políticos”. “A oposição não se conforma por não ter conseguido – mesmo com todo o suporte midiático que teve e tem à disposição – levar os réus ao ostracismo. Não se conforma com a existência de uma militância aguerrida, solidária, justa e incansável. Temos certeza de que esse novo factoide apenas dará novo fôlego aos brasileiros e brasileiras para fazer desta campanha um gesto humano e político contra a implacável perseguição da qual José Dirceu vem sendo alvo”, diz a nota. O ex-ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, foi condenado em 2012 no julgamento do mensalão e, um ano depois, no dia 15 de novembro de 2013, ele foi preso após ter a prisão preventiva decretada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa. Desde então, Dirceu se encontra no regime semiaberto no complexo da Papuda, em Brasília.

José Dirceu está preso há três meses no complexo penintenciário da Papuda, em Brasília, após condenação no mensalão, no STF


Caderno B

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

economia@emtempo.com.br

DÓLAR compra/venda Paralelo -

INDICADORES ECONÔMICOS

R$ 2,27 / R$ 2,52 *

Câmbio livre BC - R$ 2,3793 / R$ 2,3799 **

Economia B3

(92) 3090-1045

Variação do câmbio livre BC no dia: -0,78% na semana: -1,81%

Câmbio livre mercado - R$ 2,371 / R$ 2,373 *

no mês: 1,99%

Turismo -

dif.livre mercado/paralelo: 6,19%

R$ 2,300 / R$ 2,460

JOEL ROSA

Economia

Cheia no Purus já prejudica produtor rural

OURO BM&F R$ 99,7 Poupança

(*) cotação do Banco do Brasil / (**) cotação do Banco Central / (***) cotação média do mercado

Salário Mínimo Janeiro 2014: R$ 724,00

0,2010%

Salário Família/Setembro

Aniversário

Rendimento (%)

21/2

0,6401

22/2

0,6366

Até R$ 682,50: R$ 35,00 de 682,51 até R$ 1.025,81: R$ 24,66

(*) Depósitos feitos até 3 de maio de 2012 (Lei 12.703/2012)

Setor de eletroeletrônico para na próxima segunda FOTOS: DIEGO JONATÃ

Alerta do Sinaees-AM é motivado pela falta de insumos para a produção, causada pela greve dos servidores da Suframa

Empresas podem ficar sem componentes para produção, uma vez que, a maioria do segmento trabalha com quantidades mínimas no estoque, contando com o serviço de liberação da Suframa JULIANA GERALDO Equipe EM TEMPO

D

entro de três dias, as linhas de produção das fábricas do segmento eletroeletrônico, do Polo Industrial de Manaus (PIM), podem parar e gerar perdas diárias no faturamento do setor de até R$ 115 milhões, por dia. O motivo é falta de insumos para a fabricação de novos produtos, causada pela greve dos servidores da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), que são os responsáveis pela liberação dos componentes utilizados no processo produtivo. A greve foi deflagrada no último dia 19. O presidente do Sindicato da Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Estado do Amazonas (SinaeesAM), Celso Piacentini, explicou que nenhuma empresa do setor trabalha com grandes quantidades de estoque e que os insumos são transportados e repostos diariamente. “Sem a liberação, na segunda-feira, as fábricas devem começar a parar as máquinas. Mesmo que apenas 15% do total paralisem, o impacto seria de R$ 17 milhões por dia. Se todas pararem, o prejuízo sobe para R$ 115 milhões”, calculou. Piacentini lamentou a si-

tuação dos servidores da autarquia, mas disse que o segmento, assim como os demais setores que compõem o parque fabril local, não podem “pagar a conta” pela situação. “Este problema nos afeta justamente no período em que a fabricação de televisores para a Copa, por exemplo, está mais acelerada. É péssimo para os negócios e afeta os ânimos de

O maior risco é o prejuízo na manutenção dos empregos, uma vez que, linhas de produção paradas podem causar instabilidade Wilson Périco, Presidente do Cieam

todos”, queixou-se. O presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, reforçou que, além do polo eletroeletrônico, os demais segmentos também podem parar no decorrer da próxima semana. Neste caso, o Cieam estima que as perdas alcancem R$ 300 milhões por dia, levando em consideração

que a greve se estenda por um período de 15 dias. Prejuízos O presidente do Sindicato dos Funcionários da Suframa (Sindframa), Sidnei Nunes, informou que, na manhã de ontem, dirigentes de algumas empresas do segmento eletroeletrônico entraram em contato com o sindicato em busca de prazos para o fim da greve. “Eles estão em estado de alerta aos prejuízos que podem sofrer já na próxima semana”, comentou. Segundo Nunes, a categoria que reclama, entre outros pleitos, por reestruturação do plano de carreiras dos servidores e equiparação salarial junto às empresas reguladoras, está preparada para manter o movimento grevista por um período de até 60 dias. “Não temos interesse de prejudicar o andamento da produção e muito menos os trabalhadores. Porém, até o momento, não fomos convidados a negociar com o superintendente da Suframa, Thomaz Nogueira”, ressaltou. O Sindframa informou que o concurso para o preenchimento de vagas na Suframa marcado para março deve ocorrer normalmente, uma vez que, é a Cespe que responde pela organização do certame.

Terceirizados apoiam a greve A greve, anunciada desde o início do mês, foi deflagrada quando 400 servidores se aglomeraram em frente a autarquia para protestar. O movimento contou com o apoio dos terceirizados da Suframa. Na ocasião, o titular da autarquia, Thomaz Nogueira, ao retornar de suas férias, declarou por meio de nota que respeita a greve da categoria. Nogueira disse ainda que as negociações com o Ministério do Planejamento, Or-

çamento e Gestão (MPOG) continuam, visando uma solução para as reivindicações colocadas pelo comando de greve dos servidores. “A demora na solução, que não depende diretamente de uma decisão dessa Superintendência, levou à greve. Nesse período, não abrimos mão do diálogo. Continuaremos nesse caminho”, salientou o superintendente. As reivindicações dos servidores da autarquia se intensificaram no mês de

outubro do ano passado, quando os primeiros rumores de greve iniciaram. No mês seguinte, houve uma paralisação de 24 horas para reforçar os pedidos. No início deste mês, o Sindicato dos Funcionários da Suframa (Sindframa) votou e aprovou a greve geral, que iniciou esta semana. De acordo com o sindicato, apenas quatro servidores da autarquia mantiveram as atividades durante o primeiro dia do movimento.

Movimento grevista cobra reestruturação do plano de carreiras e equiparação salarial


B2

Economia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Servidores do Judiciário cobram data-base e extra S

ervidores da Justiça amazonense reuniaram aproximadamente cem pessoas, na manhã de ontem, para protestar e reivindicar melhorias à categoria. A manifestação aconteceu em frente à sede do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na avenida André Araújo, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul. De acordo com a coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Justiça do Estado do Amazonas (Sintjam), Eladis Delzuita, a principal reivindicação é o pagamento da data-base e das horas extras dos servidores lotados há mais de 2 anos. Segundo ela, uma reunião marcada para a próxima segunda-feira (24), entre o Sintjam e os servidores do judiciário amazonense vai definir as datas de novas paralisações e uma possível greve geral da categoria, caso as reivindicações não sejam cumpridas. “Todas as nossas reclamações já foram apresentadas e acordadas com a presidência do TJAM, mas não foram cumpridas pelo presidente da casa, Ari Moutinho”, salientou.

Entre as outras reivindicações feitas pelos funcionários do judiciário estão o desembolso de R$ 31,5 milhões do orçamento de 2014 e R$ 32,63 milhões, em 2013, para o pagamento da Parcela Autônoma de Equivalência (PAE) feito aos magistrados do TJAM e não repassado aos outros servidores, conforme informações do sindicato. Eladis acrescenta que a categoria também reclama de uma possível monopolização do orçamento do poder pela magistratura, desestrutura nas comarcas do interior do Estado e falta de investimento na qualificação dos servidores. O Tribual de Justiça informou, por meio de assessoria de imprensa, que, há dez dias, o presidente do órgão, Ari Moutinho, enviou ofício à coordenadora do Sintjam para tratar da data-base. Sobre o pagamento desse item, de acordo com a assessoria, já existe um processo em análise pela diretoria técnica do TJAM, que ainda deverá ser apreciado pela divisão de cálculos do órgão. Já as horas extras, Moutinho determinou que fossem incluídas no orçamento, mas, que o recurso será repassado apenas na folha de 2015.

SXSXSXSXSX

AFEAM

Crédito chega a R$ 50 mil para investimentos fixos e mistos

Aberta linha de crédito para profissionais liberais Para incentivar o aumento da produtividade, a manutenção e a geração de emprego e renda aos profissionais liberais, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) abriu a oportunidade de financiamentos, por meio do programa AfeamProfissional Liberal. O recurso da linha de crédito específica para este segmento profissional, segundo a Afean, é destinado ao financiamento e à aquisição de máquinas e equipamentos. Entram na lista também, materiais tecnológicos, reformas, compra de mobiliários e ainda para capital de giro destinado a suprir as necessidades da execução das atividades. De acordo com o órgão, qualquer pessoa física, que seja profissional liberal de nível técnico ou superior, inclusive recém-formado, comprovadamente registrado no respectivo conselho de fiscalização da profissão e que possa exercer a profis-

são legalmente, está apto a receber o recurso. Os interessados no financiamento podem procurar o balcão de atendimento da sede da Afeam (avenida Constantino Nery, nº 5.733, Flores, Zona Centro-Oeste de Manaus), das unidades descentralizadas nos municípios de Rio Preto da Eva, Parintins e Manacapuru. O prazo máximo para quitação das operações, segundo a assessoria da Afeam, é de 48 meses para investimento fixo e misto, incluso até 12 meses de carência. Para operações de investimento financeiro, ou seja, capital de giro, o prazo é de 24 meses, incluso até seis meses de carência. A Afeam informa ainda que o limite máximo de crédito para atender a categoria é de até R$ 50 mil para investimentos fixo e misto e de até R$ 20 mil para capital de giro. Os encargos financeiros serão de 8,5% ao ano com bônus de adimplência de 25%.

TJAM informou que já iniciou negociação sobre a data-base e que diretoria técnica já trabalha sobre os cálculos das horas extras

FEDERAIS

PARLAMENTO

Operadoras assinam TAC na CPI da telefonia fixa As operadoras de telefonia fixa assinaram, ontem, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a melhoria do serviço prestado no Amazonas. Durante a reunião, o deputado estadual Sidney Leite (PROS) defendeu o indiciamento das operadoras no Estado, pela má qualidade do serviço e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por omissão na fiscalização das telecomunicações no Amazonas. O TAC foi assinado no plenário da Aleam, com a presença dos membros da Comissão, representantes do sindicato das operadoras (Sinditelebrasil), representantes de cada uma das empresas de telefonia no Estado, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) e do Ministério Público Estadual (MPE). O Termo prevê que as empresas informem seus planos de investimentos em análise na Anatel para 2014 e estabelece metas a curto, médio e longos prazos. Uma subcomissão será criada para acompanhar a aplicação do TAC pelas operadoras. O consumidor ganhará maior transparência para acompanhar mapas de cobertura do sinal por empresa e região. Há também o comprometimento de melhorar os canais de comunicação e reclamações. De acordo com Sidney Leite, o TAC é um passo

importante para orientar a atuação das empresas no Estado, mas ele defende que é preciso ter medidas mais energéticas, como a suspensão de vendas de novas linhas, até que as operadoras melhorem o serviço oferecido. O parlamentar aponta contradições na postura das empresas que administram a telefonia fixa. Tanto a Oi quanto a Embratel, por exemplo, afirmaram que possuem um sistema via satélite que informa, em tempo real, quando um orelhão apresenta defeito. “Se eles têm esse

ICMS

A CPI informou que conseguiu junto ao governo do Estado a redução de 30% para 20% na alíquota da cobrança do ICMS para a oferta da banda larga de internet. sistema e nós verificamos comunidades com aparelhos quebrados há meses, então não há interesse das empresas em resolver o problema”, afirmou. O deputado informou que fará todos os esforços para que o TAC seja amplamente conhecido no interior pelas prefeituras, entidades de classe, lideranças indígenas e ribeirinhas, para que possam monitorar o seu cumprimento. E, também, para que seja respeitado.

Sidsep-AM lança campanha salarial e alerta para greve Com um indicativo de greve marcado para o mês de março, o Sindicato dos Servidores Públicos Federais (Sindsep-AM) lançou a Campanha Salarial 2014, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam). O secretário geral do Sindsep-AM, Menandro Sodré, afirmou que o indicativo segue o comando nacional anunciado pela Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef). Antes disso, o movimento realizará assembleias setoriais que farão a mobilização, nas bases. “Tem o indicativo de greve, mas a greve se constrói, e é para isto que estamos nos organizando”, afirmou Sodré. Quanto ao plano de ação do calendário da campanha Salarial 2014, Sodré afirma que a meta é cobrar do governo celeridade nas negociações da pauta de reivindicações dos trabalhadores no serviço público federal.

“Nos últimos anos, temos arrastado longas mesas de negociações e, ao final, os reajustes salariais não cobrem sequer os índices inflacionários”, alerta. A greve prevista pela categoria deve contemplar esta e outras questões relativas ao fortalecimento do setor público, na região. Para o secretário, o que o setor precisa é de uma política clara para os setores, especialmente, meio ambiente, C&T, reforma agrária e indigenista. “O que se vê hoje é um abandono total do governo sobre a prestação do serviço público para a população”, reforça. Segundo Sodré, o sindicato busca estar mais próximo dos servidores, que são a parte fundamental do processo. “Se eles não tiverem consciência disso, nós ficamos em desvantagem. Não podemos assistir de braços cruzados, o que está acontecendo com o Ibama, virando apenas uma superintendência”, disse. DIVULGAÇÃO

JUCÉLIO PAIVA Do AGORA

JUCÉLIO PAIVA

Sindicato da categoria informa que reunirá com os servidores nos próximos dias para decidir sobre movimento de greve

Sindicato cobra celeridade do governo sobre a pauta salarial


Economia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

B3

Boca do Acre e Humaitá com produção submersa

Cheia antecipada dos rios Purus e Madeira atinge agricultura familiar e prejudica produtores rurais de bananas e hortaliças ARQUIVO EM TEMPO ALEXANDRE FONSECA

ANDRÉ TOBIAS Especial EM TEMPO

A

s cheias dos rios começaram a castigar algumas cidades do interior e a prejudicar os produtores rurais dos municípios de Boca do Acre e Humaitá, localizadas na calha do Purus e à margem do rio Madeira, respectivamente. No último levantamento divulgado pela Associação Amazonense dos Municípios (AAM), na segunda-feira, seis municípios já haviam decretado estado de emergência e outros sete estão em alerta. Com as cheias chegando pelo menos duas semanas antes do período esperado pelos produtores rurais, os municípios localizados na calha dos rios Purus e Madeira começam a sofrer prejuízos na produção da agricultura familiar de várzea, como hortaliça, banana e mandioca. Mas a preocupação também se estende para produtores das demais calhas e ações humanitárias já são realizadas pela Defesa Civil. Conforme dados da Defesa Civil do Amazonas, os municípios que estão em estado de alerta são: Apuí, Borba, Manicoré, Novo Aripuanã, Canutama, Lábrea e Carauari. Além de Boca do Acre e Humaitá, já foram afetados pelas inundações os municípios de Pauini, na calha do rio Purus, e Envira, Guajará e Ipixuna, na calha do rio Juruá. Os níveis mais altos apresentam-se no rio Madeira, onde o nível do rio bateu todos os recordes já registrados, alcançando 17,81 metros na última quarta-

feira (19), em dados divulgados pelo Corpo de Bombeiros de Rondônia. Segundo o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), a previsão é de muitas chuvas nos próximos dias na região, o que deve comprometer a produção rural de Humaitá. A Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror) informou que ainda não registrou nenhum tipo de perda na produção de produtos agrícolas das cidades afetadas pelas cheias. O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), com sedes em todos os municípios e responsável por informar a Sepror sobre os prejuízos no interior, ainda não recebeu cadastro quanto aos danos causados aos produtores rurais. Para o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, a antecipação das subidas dos rios impossibilitou um melhor planejamento por parte dos agricultores. Ele se mostrou preocupado com a situação dos municípios de Boca do Acre e Humaitá, e afirmou já estar acompanhando permanentemente os acontecimentos. “Nossa expectativa é que isso não se repita nas demais calhas. Por enquanto as culturas agrícolas produzidas em várzea tem sido as mais atingidas. Estamos fazendo um levantamento para contabilizar os prejuízos e elaborar propostas que possam ser levadas ao poder público. Ainda é cedo para afirmar que essa será uma cheia acima da normalidade, mas esperamos que não seja”, disse Lourenço.

A produção agrícola de várzea é a mais atingida até o momento, de acordo com a Federação de Agricultura e Pecuária do AM

Chuvas constantes preocupam produtores Em Boca do Acre, a cheia causa prejuízos diretamente aos agricultores da região, como o produtor rural e presidente do sindicato do setor no município, Ildo Gardingo. Ele comentou que o nível dos rios que banham a cidade, Purus e Acre, está estável.

RENDIMENTO ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

Setores do comércio, educação e saúde foram favorecidos em 1,4% do poder de compra

Trabalhador tem ganho de 3,6% O rendimento real habitual do trabalhador brasileiro ficou em R$ 1.983,80 durante o mês de janeiro deste ano. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgados, ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o valor é 0,2% acima do observado em dezembro e 3,6% superior ao de janeiro do ano passado (considerando-se valores já corrigidos pela inflação). Na comparação com dezembro, houve ganhos no poder de compra nos setores de comércio (1,4%), educação, saúde e administração pública (1,1%) e serviços domésticos (0,6%). Já na comparação com ja-

neiro de 2013, observouse crescimentos em todos os segmentos, com exceção dos serviços prestados à empresa, que se mantiveram estáveis. Os destaques foram os serviços domésticos, com ganho de 7,5% em um ano. Entre os tipos de vínculo empregatício, em um mês tiveram ganhos no poder de compra apenas estatutários e militares (2,8%) e trabalhadores por conta própria (0,6%). Já na comparação com janeiro de 2013, apenas os militares e estatutários tiveram queda no rendimento (-0,9%), enquanto todos os demais tiveram aumento, com destaque para os trabalhadores de empre-

sas do setor privado, sem carteira assinada (7%). A taxa de desemprego em janeiro deste ano ficou em 4,8%, abaixo dos 5,4% de janeiro de 2013, mas acima dos 4,3% de dezembro. A população ocupada caiu 0,9% em relação a dezembro e ficou estável na comparação com janeiro de 2013. Segundo o IBGE, nenhum grupo de atividade teve crescimento da população ocupada em janeiro deste ano. Na comparação com janeiro de 2013, todas mantiveram-se estáveis. Já em relação a dezembro, houve quedas de 2,7% nos setores de educação, saúde e administração pública e de 2,3% no segmento do comércio.

Apesar disso, Gardingo afirma que muitos produtores rurais de várzea já foram afetados, causando elevação dos preços dos produtos produzidos no município. “Na área ribeirinha, vários produtores já foram afetados. O valor de mercado de

produtos como a farinha e o açúcar mascavo subiu muito. Os gados foram levados para terra firme. Tudo está cheio, a qualquer momento tememos que outros colegas sejam também prejudicados”, lamentou Gardingo. O produtor destacou a

velocidade com que os rios enchem e vazam, atrapalhando o remanejamento e a colheita dos produtos. Gardino observa que as chuvas são constantes na região, o que preocupa mais ainda a produtores da agricultura familiar.


B4

Economia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Amazonense perde 2.658 postos de trabalho formal ANDRÉ TOBIAS Especial EM TEMPO

O

Amazonas sofreu uma redução de 2.658 postos de trabalho no primeiro mês do ano. A queda foi divulgada, ontem, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), a partir dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referentes ao mês de janeiro de 2014. O resultado é fruto do desempenho negativo principalmente dos setores do comércio (-1.169 postos), da construção civil (-940 postos) e dos serviços (-914 postos). Esse foi o segundo pior janeiro do Estado nos últimos 12 anos em relação à evolução do emprego formal. A eliminação dos postos de trabalho no primeiro mês deste ano só fica atrás de janeiro de 2009, quando 6.302 pessoas perderam seus empregos. Em nível nacional, o Amazonas ocupou apenas a 21ª posição. Apesar do resultado ruim, o Estado conseguiu ficar à frente de Estados como Pará, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Alagoas e Rio de Janeiro. O Estado de Santa Catarina foi o que mais gerou postos de trabalho no

ALFEREDO FERNANDES-SETRAB

Enquanto o comércio impulsionou a redução, o polo industrial de Manaus gerou saldo positivo de 433 novos empregos primeiro mês do ano, com o total de 29.595 novas vagas. Entre os municípios amazonenses com mais de 30 mil habitantes, Iranduba foi quem mais contratou, com 162 contratações, acrescentando 75 novos postos de trabalho. Por outro lado, Itacoatiara perdeu com menos 112 vagas. No entanto, quem apresentou o pior saldo dentre as cidades do interior foi Manacapuru. Segundo o Caged, 25 empregos deixaram de existir. PIM O Polo Industrial de Manaus (PIM) foi o setor que apresentou melhor o desempenho quanto à geração de novos empregos. De acordo com dados do Caged, foram registradas 5.254 admissões, gerando um saldo de 433 novos trabalhadores, apesar do alto número de demissões, que chegaram a 4.821. O comércio, por sua vez, apresentou o pior desempenho. A explicação é uma só: o alto número de empregos temporários, em função das festas de final de ano. Também perderam vagas os setores da agropecuária (-87), o extrativismo mineral (-16) e a administração pública (-7).

Indústria na expectativa de mais vagas O presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, afirma que boa parte das demissões no Polo Industrial é resultado dos contratos temporários firmados para a produção do período de final de ano, e do setor de duas rodas que baixa nas vendas. Contudo, ele disse que a tendência é melhorar. Périco acredita que as admissões irão crescer na indústria por conta do fenômeno Copa do Mundo. Segundo ele, o setor de eletroeletrônico dá sinais de que neste primeiro semestre o mercado será aquecido. “Nossa expectativa é de que depois do carnaval, as vendas aumentem”, destacou o empresário.

O Amazonas ficou classificado com o 7º pior resultado na perda de empregos, segundo o Caged


Caderno C

Dia a dia MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

diadia@emtempo.com.br

AGÊNCIA BRASIL

Cheia em Rondônia em observação

(92) 3090-1041

País C6

Liberação do sambódromo depende agora de laudo Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura, ainda não há previsão para o ato, mas deve ser antes dos desfiles

JOEL ROSA/ARQUIVO EM TEMPO

Interditado desde o dia 12 de fevereiro, o sambódromo passou por vistoria cujo laudo poderá resultar em sua liberação, segundo a Seinf. Realização do Carnaval pode ficar comprometida GERSON FREITAS Especial para o EM TEMPO

A

Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) informou ontem, por meio de sua assessoria, que todas as medidas necessárias estão sendo tomadas para a liberação do sambódromo antes do Carnaval, o que depende agora de um relatório do Corpo de Bombeiros sobre uma última vistoria. O centro de convenções foi interditado no último dia 12 de fevereiro por meio de uma ação civil pública iniciada em 2012, a qual relatou que o sambódromo oferece risco aos frequentadores. Confor-

me o Corpo de Bombeiros, o local não possui auto de vistoria, o sistema de hidrantes é antigo e precisa de reparos, as caixas de hidrantes estavam incompletas e eventos de grande porte só poderiam ser realizados com a presença de bombeiros militares, equipamentos e viaturas. “Já estamos realizando as ações de reparo nas instalações do sambódromo, agora estamos aguardando um relatório do Corpo de Bombeiros sobre a última vistoria feita para encaminharmos ao Ministério Público, solicitando a liberação do espaço para a realização do Carnaval. Não temos uma previsão da liberação, mas isso deve ocorrer antes dos

PERIGO

O centro de convenções foi interditado no último dia 12 de fevereiro por conta de uma ação civil pública iniciada em 2012, a qual relatou que o sambódromo oferece riscos aos frequentadores desfiles das escolas de samba”, informou a assessoria. A poucos dias para os desfiles das escolas de samba de Manaus, o centro de convenções, onde é realizado o evento, continua interditado sem previsão de reabertura tanto IVE RYLO

para o desfile quanto para grandes eventos. O juiz de direito Ronnie Frank Torres Stone, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual da Comarca de Manaus, informou no último dia 18 de fevereiro que o Estado tem permissão para o uso do local para atividades de seu interesse, mas ressalta que continuará interditado para o uso de grandes eventos como o Carnaval. “Até que sejam resolvidas as irregularidades que oferecem riscos aos seus frequentadores, apontadas pelo Ministério Público, o centro de convenções continuará interditado”, disse o juiz na ocasião.

Proibição para grandes eventos Por meio de nota, a asessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) disse que a decisão do magistrado foi divulgada após ele analisar os autos dos embargos de declaração propostos pelo governo do Estado no final da semana passada para esclarecer os limites da interdição do sambódromo a apenas eventos de grande porte, mantendo o espaço para outras atividades.

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) não se manifestou sobre o assunto e disse apenas, por meio de nota, que o caso está sob os cuidados da Procuradoria Geral do Estado. Multa Caso seja descumprida a determinação da Justiça, foi fixada pelo juiz uma multa de R$ 10 mil por dia para o responsável pelo sambódromo.

ZONA CENTRO-SUL

Calçadas viram estacionamentos IVE RYLO Equipe EM TEMPO

Carros estacionados obstruem calçadas na rua São Luiz, em Adrianópolis: falta de respeito

Na rua São Luiz, bairro Adrianópolis, Zona CentroSul, as calçadas viraram estacionamento. Pelo menos 10 veículos foram flagrados na manhã de ontem parados no local que deveria ser de uso exclusivo de pedestres. “Essa esquina é uma das poucas da cidade que tem uma calçada espaçosa com acessibilidade. Mas mesmo assim o pedestre não tem vez porque os motoristas usam o espaço como estacionamento”, lamentou o secretário Josué Dias, 44. Do outro lado da rua, em

DESRESPEITO

Na área, como em outros bairros da cidade, a concentração de lojas, escritórios, restaurantes e escolas sem estacionamento suficiente contribuem para o desrespeito às normas de trânsito frente ao reservatório do Mocó, na rua Belém, também foi encontrado um carro sobre a calçada, em frente a um restaurante. Na área, assim como em outros bairros da cidade,

a concentração de lojas, escritórios, restaurantes e escolas que não oferecem estacionamento suficiente, contribuem para o desrespeito às normas de trânsito e ao direito do pedestre. Na rua Belém, há diariamente veículos estacionados em ambos os lados da pista, ficando ao tráfego de mão dupla apenas um espaço estreito. A equipe do EM TEMPO entrou em contato com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Maansutrans), mas até o fechamento desta edição o órgão não enviou resposta.


Dia a dia

C2

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Município inicia trabalho contra doenças endêmicas explica que o evento foi organizado para o período antes do Carnaval com o objetivo de alertar não apenas os moradores, mas também os grupos que estarão em deslocamento para retiros religiosos nas comunidades rurais. “A programação vai levar em consideração as peculiaridades das comunidades rurais.

MÉTODO

A realização de um concurso de marchinhas foi a forma que a Semsa encontrou para abordar a prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, dengue, leishmaniose e malária Enquanto na área urbana, o foco das ações de saúde no Carnaval é a prevenção às DSTs/Aids, acidentes e casos de violência, devido ao grande número de foliões nas festas carnavalescas, na área rural a preocupação maior ocorre em relação ao grande fluxo de pessoas que participam dos retiros, contribuindo para o aumento de casos de

doenças endêmicas, como malária e dengue”, destaca Christiane Mendonça. O bloco contará com a participação das Unidades Básicas de Saúde Rural, incluindo as Unidades de Saúde Nossa Senhora do Livramento, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora Auxiliadora, Pau Rosa, Ada Viana, São Pedro e Ephigênio Salles. O evento também terá concurso para a Melhor Fantasia e o Folião Mais Animado. Todas as categorias do concurso levarão em consideração a abordagem criativa para a prevenção da dengue, leishmaniose, malária ou DSTs/Aids. “O evento é uma forma lúdica para alertar sobre a ocorrência destes agravos, bem como divulgar as formas de transmissão, sinais e sintomas, diagnóstico, tratamento e a prevenção, em uma estratégia para que não ocorra um aumento do número de casos das doenças endêmicas nesta época do ano”, explica Christiane Mendonça. O Disa Rural também já realizou ações de prevenção, mapeando as principais áreas de retiro e executando ações de borrifação e educação em saúde.

ALERTA AGECOM/DIVULGAÇÃO

SÁBADO

A ação vai permitir emissão de primeira e segunda vias de RG e CPF, entre outros serviços

Estado realiza ação de cidadania O governo do Amazonas, por meio da Ouvidoria Geral do Estado, promove, amanhã, ações de Ouvidoria Itinerante e PAC Alternativo. As atividades acontecem nas zonas Oeste, Leste e Norte. No bairro Compensa, a população terá acesso a emissões de primeiras e segundas vias de RG, CPF e ainda aos atendimentos básicos de odontologia por meio da parceria firmada com o projeto UEA Cidadã. As atividades acontecem na escola estadual Eldah Bitton Telles da Rocha (rua T-8, sem número, Compensa 3). A Ouvidoria Itinerante também estará na comunidade União da Vitória, Zona Norte, na escola municipal Antonia Medeiros da Silva (rua Ayrton Sena, 80). Nesta etapa, os trabalhos integram a terceira Ação de Cidada-

Aproveitando a realização do Carnaval, município vai iniciar ações para prevenção de doenças

nia da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh). Durante o dia, os moradores poderão emitir primeiras e segundas vias do CPF, gratui-

AÇÕES

As atividades acontecerão nas zonas Oeste, Leste e Norte, com serviços como emissão de RG e CPF e atendimentos básicos de odontologia por meio de parceria com o projeto UEA Cidadã tamente. Nestas duas ações o horário de atendimento será de 8h às 14h. Paralelamente, os postos do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) dos bairros

Falsa carrocinha age na capital A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) registrou, na última quarta-feira (19), um boletim de ocorrência no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para pedir a investigação de um grupo de pessoas que, pelo menos em uma situação relatada, passou-se por funcionários do Centro de Zoonoses, da Prefeitura de Manaus, para tentar capturar cães em uma residência e que pode estar agindo nas ruas de Manaus. A denúncia partiu da dona de casa Gilvanete Guimarães que procurou a direção do CCZ para solicitar informações sobre o motivo de homens, que diziam ser funcionários do órgão, tentarem entrar na casa dela, à força, para levar seus cães, no último dia 8 de fevereiro. Segundo o diretor do CCZ,

Francisco Zardo, a dona de casa Gilvanete chegou ao CCZ indignada, sem saber os motivos pelos quais queriam levar seus cachorros. “Explicamos a ela que o CCZ não enviou nenhuma carrocinha na casa dela. Somente vamos às residências quando somos solicitados. Mostramos a nossa carrocinha para ela e a dona Gilvanete não a reconheceu. Então, o carro não era nosso e agora a polícia está investigando, porque essas pessoas estão culpando a prefeitura por levar os animais de forma indiscriminada e nós não fazemos isso”, declarou. No boletim de ocorrência, Gilvanete relata que às 14h do dia 8 de fevereiro, um grupo de pessoas afirmando que seria do CCZ, queria capturar seus cachorros e tentaram entrar, à força, em

sua residência no Tarumã, Zona Oeste de Manaus. “Eles disseram que iriam retornar a minha casa com um mandado do órgão. Eu me dirigi ao CCZ para perguntar o motivo da captura dos meus animais e fui informada que a ação não procedia, que não tinha sido o CCZ”, afirmou. Diante da denúncia, o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, solicitou uma investigação rigorosa do caso e disse que nenhuma equipe do CCZ está autorizada a entrar na casa das pessoas sem a permissão dos donos. “Nunca vamos às residências sem sermos chamados. Pedimos a parceria da população para denunciar estas pessoas para que possamos identificar e tomar as devidas providências”, solicitou Melo. ALBERTO CÉSAR ARAÚJO/ARQUIVO EM TEMPO

A

Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Distrito de Saúde Rural, abriu ontem as inscrições para o concurso de “Melhor Paródia em Forma de Marchinha de Carnaval”. O concurso faz parte da programação das ações que serão desenvolvidas pelo Disa Rural, marcando o período carnavalesco e que vai abordar a prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs/Aids), dengue, leishmaniose e malária. O período de inscrição para o concurso de paródia seguirá até o dia 28 de fevereiro, quando o Disa Rural promoverá, na comunidade Nossa Senhora do Livramento, localizada às margens do rio Tarumã-Mirim, a partir das 10h, evento carnavalesco com a apresentação do bloco “Foliões da Saúde”, abordando o tema “É bom brincar, se divertir e não se esquecer de prevenir”. As inscrições para o concurso de paródia podem ser realizadas nas Unidades de Saúde Rural, sendo direcionadas para comunitários e profissionais de saúde. A técnica responsável pela programação, enfermeira Christiane Greyce Mendonça,

ALBERTO CÉSAR ARAÚJO/ARQUIVO EM TEMPO

Semsa prepara prevenção durante o Carnaval na zona rural, visando também os que usam o período para retiros religiosos

São José e Cidade Nova vão abrir as portas para ofertar os seguintes serviços: Bradesco Expresso, Detran-AM, Eletrobras Amazonas Energia, Instituto de Identificação (RG) e Setrab (CTPS) – primeiras e segundas vias - INSS, Manaus Ambiental, Sefaz e Receita Federal. O PAC Cidade Nova ainda conta com a parceria da Suhab. Os atendimentos nos PACs acontecem de 8h às 13h. Segundo o ouvidor geral do Estado, deputado Wanderley Dallas, essas ações têm o intuito de atender o trabalhador que não pode se dirigir ao PAC durante a semana. “É uma alternativa a mais para as donas de casas, industriários e até mesmo os funcionários públicos que não têm tempo para resolver suas pendências documentais”, disse. Centro de Zoonoses alerta para pessoas que usam o nome do órgão para levar animais


Dia a dia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

C3

Prevenção ao câncer deve chegar a 200 mil pessoas

Fortalecimento das campanhas educativas feitas pela Fundação Cecon está voltado para a capital e o interior do Estado

A

programação voltada à conscientização e prevenção do câncer, a ser desenvolvida pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), este ano, deve atingir diretamente, pelo menos, 200 mil pessoas no Estado, com ações voltadas para a capital e o interior, conforme dados do Departamento de Prevenção e Controle do Câncer (DPCC) da instituição. “Contudo, este número pode ser bem maior se as ações contarem com o engajamento e o apoio da sociedade”, informou o diretor-presidente da instituição, Edson de Oliveira Andrade. De acordo com a chefe do DPCC e coordenadora de atenção oncológica do Estado, enfermeira Marília Muniz, a ideia é fortalecer as campanhas educativas, chamando cada vez mais a atenção da população para a importância da adoção de hábitos saudáveis que reforcem a prevenção ao câncer. “Pretendemos alertar a população sobre os fatores externos de risco do câncer, principalmente, no que diz respeito ao tabagismo, ao HPV (Papilomavírus Humano)

FCECON/DIVULGAÇÃO

– principal responsável pela ocorrência de neoplasias malignas no colo uterino no mundo –, entre outros, reduzindo assim a mortalidade e incidência da doença no Amazonas. Para tanto, apostaremos na ampliação das campanhas educativas”, destacou. Entre as ações programadas para 2014, está a alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março em todo o país, e cuja agenda de atividades já está sendo elaborada. Estão confirmadas ações em frente ao mercado municipal Adolpho Lisboa (Centro de Manaus), no horário da manhã, com distribuição de flores naturais e kits educativos com informações sobre os principais tipos de câncer incidentes no Amazonas; e na sexta-feira que antecede a data, haverá visita aos leitos da FCecon por uma equipe de profissionais do DPCC, no intuito de promover a sensibilização de pacientes em tratamento na unidade hospitalar e acompanhantes. Ainda na sexta-feira, em frente à sede da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), órgão ao qual a FCecon é vinculado, uma ação em parceria

com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), levará uma carreta da mulher ao local – avenida André Araújo, Aleixo -, para a realização de exames de mamografia e coleta de preventivo em mulheres que passarem pelo local. Outras atividades devem ser confirmadas na semana do evento. Programação anual No cronograma de ações de prevenção definido para este ano pela FCecon, constam, ainda, a realização de cerca de 120 palestras – incluindo as realizadas nas escolas municipais e empresas do Distrito Industrial -, a participação em pelo menos 12 feiras institucionais para a orientação da população sobre a doença e seus fatores de risco, campanhas com abordagem corpo a corpo em datas comemorativas, como no Dia Mundial da Saúde, 7 de abril; Dia Mundial de Combate ao Câncer, 8 de abril; Dia Mundial sem Tabaco, 31 de maio; no Dia Mundial de Combate ao Fumo, lembrado em 29 de agosto, e o Dia Mundial de Combate ao Câncer, 27 de novembro, entre outras datas pontuais.

SAÚDE DIVULGAÇÃO

Os atendimentos serão realizados a partir do dia 24, mas consultas já podem ser marcadas

Quiropraxia tem consulta gratuita Entre os dias 24 e 28 de fevereiro, um grupo de quiropraxistas americanos estará em Manaus, para oferecer serviços gratuitos de quiropraxia à população. Serão cinco doutores e 24 formandos da Faculdade de Quiropraxia Palmer College of Chiropractic, dos Estados Unidos, que fazem excursões pelo mundo levando conhecimento sobre os benefícios da modalidade. As consultas serão realizadas na Igreja Tabernáculo Batista, localizada na avenida Japurá, 2.020, Cachoeirinha. De acordo com o coordenador da clínica, Juliano Silva, a quiropraxia é uma técnica que trabalha no sistema nervoso e controla a função de todas as células, tecidos, órgãos e sistemas do corpo humano. A modalidade pode ser uma resposta para sintomas como dores na cabeça, pescoço, costas, mão, ombro, joelhos, distúrbios digestivos, dormência nos braços, mãos, pés e pernas, desmaios, entre

outros sinais. “Essa é uma grande oportunidade para conhecer os maravilhosos benefícios que a quiropraxia oferece para a saúde. Muitas atividades podem fazer com que estes ossos saiam de sua posição

DOUTORES

O grupo que irá oferecer serviços gratuitos de quiropraxia à população é formado por cinco doutores e 24 formandos da Faculdade de Quiropraxia Palmer College of Chiropractic, dos Estados Unidos normal e percam a mobilidade. Isto pode resultar em uma disfunção do sistema nervoso e, por último, uma enfermidade”, explica o doutor. Ainda de acordo com Silva, o auxílio da quiropraxia na melhoria da saúde é detectar,

reduzir e prevenir a disfunção do sistema nervoso. O tratamento busca restaurar a saúde por meio de um modo natural, sem o uso de remédio e cirurgia. “Isto dá ao corpo a máxima oportunidade de utilizar seu poder de recuperação inerente”, destaca. Consultas Serão disponibilizadas 4 mil senhas e as consultas serão feitas somente com cartão e hora marcada. Os interessados podem pegar seu cartão na Igreja Tabernáculo Batista, lugar onde também serão realizados os atendimentos, desde ontem, das 8h às 17h, somente em dias úteis. “Solicitamos aqueles que planejam comparecer a clínica grátis, se possível, a levarem um quilo de alimento não perecível para doação em instituição carente Coração do Pai”, finaliza Juliano Silva, enfatizando que mais informações podem ser obtidas pelos telefones 35843652 e 9122-8966.

Campanhas para prevenção ao câncer incluem o Dia Internacional da Mulher, 8 de março


C4

Dia a dia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Polícia apreende cerca de R$ 1 milhão em tóxicos entregam. ‘Nanico’ não pode ficar junto com outros presos, ele é de alta periculosidade e já estamos trabalhando para que retorne para um presídio federal, de onde já veio transferido”, informou Vasconcelos. Demissão “Nanico” está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado no quilômetro 8 da rodovia BR-174 (Manaus - Boa Vista), onde comemorou seu aniversário com uma festa no último dia 2 de fevereiro, com direito a bebidas, bingo e drogas como prêmio. A informação sobre a festa acabou vazando e resultou na demissão do diretor da unidade e de mais seis agentes penitenciários. Os presos, identificados como Ricardo Figueiredo Araújo, 23, conhecido como “Buzina”, e o taxista Paulo Silva Santos, 45, além da garota de 17 anos, foram capturados por volta de 20h de quarta-feira (19), em uma casa localizada na rua das Marrecas, no conjunto Canaranas, no bairro Cidade Nova, Zona Norte. A casa servia como depósito da droga, que era distribuída pelo taxista para os compradores, enquanto a

adolescente era usada apenas para disfarçar o movimento para os outros moradores, levando-os a acreditar que se tratava de uma família normal morando no local. Foram apreendidos 217 quilos de maconha prensada, 16 quilos de pasta-base de cocaína, pouco mais de dois quilos de cocaína em pó, seis quilos da maconha skank, uma pistola calibre 380 com munições e cadernos de anotações do movimento do tráfico. Ainda de acordo com Thomaz Vasconcelos, a maconha que entra no Amazonas vem do Paraguai, passando por Mato Grosso e Rondônia. Já a cocaína vem da Colômbia e do Peru. Ricardo e Paulo foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. “Nanico” deve ser indicado pelos mesmos crimes. O secretário de inteligência descartou que a droga em grande quantidade seria para consumo no período do Carnaval. Vasconcelos informou que é uma “prática comum” dos traficantes deixar a droga armazenada e distribuir para os compradores em pequenas quantidades. As anotações seriam uma prova disso.

IONE MORENO/ARQUIVO EM TEMPO

TRANSPORTE

Pedro Carvalho, presidente da SMTU, explicou que mudanças resultaram de levantamentos

Mudanças aborrecem usuários HENRIQUE XAVIER EM TEMPO ONLINE

A alteração do trajeto da linha 461 – Parque das Garças 2/ via Tefé/ Centro - T2 resultou em reclamações de moradores do loteamento Águas Claras que, incomodados com a mudança, entregaram, ontem, um abaixo-assinado com mais de mil assinaturas à Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), pedindo a manutenção da única rota que liga o conjunto ao Centro. Um das moradoras, Carolina Dilma Albuquerque, conta que a empresa de ônibus afixou cartazes informando a mudança na rota ainda no início desta semana, mas não avisou quando começaria o novo itinerário. Além disso, segundo ela, desde o anúncio da mudança, o número de coletivos foi reduzido e não vêm cumprindo o horário de rota. “Ainda nesta quinta (ontem), protocolizamos o abaixo-as-

sinado e tentamos conversar com o diretor de operações da SMTU, Waldir Frazão, mas não conseguimos. O que mais nos indigna é que a decisão pelo novo itinerário foi tomada sem dar prazo para os moradores se adaptarem às mudanças. A placa de aviso colocada nos ônibus só informava que ‘em breve’ seria implantada a nova rota”, reclamou. Desrespeito Outro morador, Diego Nunes Sampaio, considerou um desrespeito a retirada da linha 461, que deixa pelo menos 2 mil usuários sem ligação com o Centro. “Acontece que os novos ajustes prometidos nesse tal planejamento operacional da SMTU, que incluiu a desativação de linhas e alterações de itinerário para otimizar o sistema de transporte público de Manaus, acabou prejudicando bairros inteiros. O pior é que os próprios funcionários da empresa disseram que haverá uma futura linha

alimentadora que não chega ao Centro. Mas e quem trabalha ou estuda por lá, como é que fica?”, questionou. O presidente da SMTU, Pedro Carvalho, explicou que as mudanças são o resultado de levantamentos sobre a demanda, frota, frequência e itinerário. Ele frisou que o funcionamento do consórcio operacional entre as empresas, modelo de gestão já adotado em outras capitais do país, ajudou na qualidade do transporte público de massa. Em Manaus, conforme Carvalho, além de melhorar o nível de serviço operacional, o consórcio corrigiu o desequilíbrio econômicofinanceiro entre as empresas que prestam serviço. “A SMTU sempre busca atender a demanda dos moradores das comunidades, oferecendo alternativas para evitar justamente que seja desabastecida de uma linha de ônibus. Vou averiguar esse problema pessoalmente”, garantiu.

Os dois indiciados e a droga apreendida: 250 quilos avaliados em aproximadamente R$ 1 milhão

SÃO JORGE

Homem incendeia residência Um homem ateou fogo dento de um dos quartos da residência onde mora com a família, na rua Voluntários da Pátria, Vila da Prata, Zona Oeste de Manaus, no inicio da tarde de ontem. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve perda total dos objetos, e o suposto causador do sinistro foi socorrido após inalar grande quantidade de fumaça. De acordo com o tenente da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Diogo Andrade, o incêndio começou por volta do meio dia, depois que Wesley Thiago Alberado da Silva, 27, que sofre de crise depressiva, ateou fogo nos móveis de um dos cômodos do andar de cima da casa. O tenente Frank Borges informou que todos os objetos foram destruídos. “Foi perda total”, disse. Segundo ele, três caminhões pipa foram acionados para controlar o fogo, gastando 9 mil litros de água. O causador do sinistro recebeu atendimento ainda dentro da casa pelo Serviço de atendimento Móvel de Urgência (Samu), em seguida foi levado para o hospital Eduardo Ribeiro, na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona CentroSul, para receber atendimento psiquiátrico.

APÓS 8 ANOS

Capturado suspeito de matar testemunha de roubo Suspeito de matar um homem que teria presenciado um roubo ocorrido no dia 21 de dezembro de 2006, Manoel Bacelar de Andrade, 54, foi preso na tarde de quarta-feira (19) por policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em cumprimento a um mandado expedido pela 2ª Vara do Tribunal do Júri, no dia 30 de janeiro deste ano. De acordo com o delegado Raphael Campos, adjunto da DEHS, Manoel participou, com mais dois homens identificados como Luiz Carlos Andrade de Lucena e Rudson dos Santos Alfaia, de um roubo de R$ 500 mil de um supermercado na Zona Centro-Sul. Como a vítima, Lidernei Pereira dos Passos, havia presenciado o crime, eles decidiram matá-lo. Segundo o delegado, como a vítima era mototaxista, Manoel e os outros

dois suspeitos ligaram para ele fingindo que queriam uma corrida e o atraíram para o bairro Jorge Teixeira, onde foi assassinado com dois tiros. “Eles mataram o rapaz porque teria presenciado o crime. Manoel estava respondendo pelo crime de roubo em liberdade, e quando chegou para nós que ele era suspeito deste homicídio, passou a ser considerado foragido, até que recebemos notícias de que ele estava andando pelo bairro Jorge Teixeira”, relatou. Manoel foi preso na rua Lírios, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. Na delegacia, ele negou que participou do roubo e do homicídio, e informou apenas que “deu a fita”, ou seja, informou para os outros suspeitos quando era o dia de pagamento no supermercado e que não sabia que eles iam cometer o crime. Manoel agora vai responder pelo crime de homicídio. ERLON RODRIGUES/AGORA

D

uas pessoas foram presas e uma adolescente foi apreendida com aproximadamente 250 quilos de drogas, entre maconha, pasta-base de cocaína, cocaína e a maconha skank, também conhecida como supermaconha. A apreensão foi feita por policiais da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) em uma operação coordenada pela Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai). A droga está avaliada em cerca de um milhão de reais. De acordo com o secretário da Seai, Thomaz Vasconcelos, a droga pertence ao traficante Alan de Souza Castimário, conhecido como “Nanico” ou “Perna”, considerado um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN) e responsável por vários homicídios na cidade. A informação, como relatou o secretário, foi confirmada pelas denúncias e por um dos presos. “Mesmo de dentro da cadeia ele continua sendo uma pessoa influente no tráfico de drogas da cidade. Um dos presos confirmou que ele é o dono de toda essa droga e anotações que foram encontradas no nome de ‘Perna’ também o

ERLON RODRIGUES/AGORA

A apreensão de aproximadamente 250 quilos de drogas levou dois homens à prisão e à apreensão de uma adolescente

Manoel Bacelar negou participação no roubo e no homicídio


MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Dia a dia

C5

Interior é prejudicado por concentração de dentistas N

o Amazonas, cerca de 90% dos 3 mil cirurgiões-dentistas registrados do Conselho Regional de Odontologia (CRO-AM) estão concentrados na capital, deixando o interior desassistido na área de saúde bucal. O problema é a realidade da maioria dos Estados do Brasil, segundo avaliação do presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Ailton Morilhas, que está em Manaus coordenando um encontro nacional com os presidentes dos 27 conselhos regionais de odontologia do país. O encontro, iniciado ontem, encerra hoje no hotel Caesar Business. Segundo Ailton, na maioria das cidades do interior, a falta de estrutura e os baixos salários oferecidos são um entrave para que os profissionais se fixem nessas localidades. “Profissionais nós temos, em excesso até, mas estão na sua maioria concentrados na capital. Isso faz com que, o Brasil, que possui o maior número de dentistas e cirurgiões, seja, paralelamente, o mais carente de saúde bucal”, afirmou. Para a presidente do CROAM, Vera Louzada, no Amazonas a dificuldade de acesso agrava ainda mais a situação.

“Como é de conhecimento de todos, em algumas das nossas cidades só é possível chegar de barco, em uma viagem que pode levar dias. O profissional que se forma acaba preferindo ficar na capital”, disse. Ela destaca que Manaus possui sete faculdades que oferecem o curso de odontologia, formando em média até 240 profissionais por ano. “Há uma grande oferta de profissionais, mas a população do interior não se beneficia por conta dessa falta de políticas públicas. Nós, enquanto conselho que fiscaliza a atividade profissional, estamos atuando firme na fiscalização dos falsos dentistas e também dos profissionais que praticam o exercício ilegal”, disse. Durante o evento, o CFO também está recebendo as principais demandas dos conselhos regionais. “Nós sabemos que a Região Norte, por exemplo, precisa de muita ajuda e é esse é um dos motivos de estarmos aqui”, afirmou o presidente Ailton Morilhas. “Estudos já apontam uma série de relações entre infecções que ocorrem na boca e problemas cardiovasculares, diabetes, obesidade, câncer, osteoporose, parto prematuro e outros”, disse Morrilhas.

DIVULGAÇÃO

Cerca de 90% dos profissionais do Amazonas estão concentrados na capital, deixando o resto do Estado desassistido

Presidentes dos conselhos regionais de odontologia do país discutem problemas com o acesso à saúde bucal nos Estados


País

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Rio Madeira é monitorado a cada 15 minutos, em RO

ELETRODOMÉSTICOS

Inmetro lança novo Selo Ruído, para três produtos

Medição está sendo realizada pela Agência Nacional de Águas, em parceria com o Sistema de Proteção da Amazônia. Cheia já é considerada histórica AGÊNCIA BRASIL

A

Nível do Madeira apresenta média de 17,88 metros acima do nível normal, segundo os Bombeiros

Acre corre o risco de ficar isolado A cheia do rio Madeira, pode isolar o Acre por vias terrestres e comprometer o fornecimento de combustível. A BR-364, que liga Porto Velho a Rio Branco, e único acesso por terra ao Acre, está parcialmente intransitável. Carros pequenos só conseguem atravessar a via com a ajuda de guincho. Se-

gundo a Defesa Civil, há trechos em que a água atinge 50 cm na rodovia. “A maior preocupação é com combustível, gás. Se o rio continuar enchendo, vai haver um momento em que os carros ficarão impedidos de passar. E ficaremos isolados”, afirmou o coronel Carlos Gundin, coordenador estadual

da Defesa Civil no Acre. Pela manhã, a Polícia Rodoviária Federal chegou a interditar completamente a rodovia, mas a liberou parcialmente depois. Apenas caminhões e veículos pesados estão trafegando. Empresas de ônibus que fazem o trecho Porto Velho-Rio Branco suspenderam as viagens. Aspirador de pó apresenta nova classificação de ruídos

AUXÍLIO-DOENÇA AGÊNCIA BRASIL

PARANÁ

Além de melhorias salariais e trabalhistas, policiais reivindicam transferência de presos

Polícia Civil suspende atividades Parte dos policiais civis do Paraná suspenderam parcialmente suas atividades por 24 horas, desde a 0h, dessa quinta-feira. Eles exigem do governo estadual aumento salarial, a transferência para presídios dos detentos que cumprem pena em delegacias, progressão funcional, concessão de promoções e a imediata contratação de 500 candidatos já aprovados em concurso público. De acordo com o presidente do Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol), André Luiz Gutierrez, ao menos 70% da categoria aderiram à paralisação. Em seu site, o sindicato orientou os policiais em serviço a só atenderem flagrantes delitos, casos de homicídios e a guarda de presos. Já os que estão de folga foram convocados a comparecer às

ples o nível de ruído para que o consumidor possa escolher os aparelhos mais silenciosos. O chefe substituto da Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade do Inmetro, Leonardo Rocha, explica que esta é uma nova maneira de apresentar o selo, que já existe e indica apenas o número de decibéis emitidos, o que não é muito bem compreendido pelos consumidores. “É uma nova forma de apresentar de modo mais didático e útil a informação para o consumidor, que poderá fazer uma compra mais consciente. A ideia também é incentivar a indústria a produzir aparelhos mais silenciosos sem que percam a potência”, disse Rocha.

delegacias a fim de apoiar o movimento. O Sinclapol espera que agentes do interior viajem à capital, onde estava prevista a realização de uma assembleia para analisar e votar a proposta apresentada pelo governo estadual na última quarta-feira à noite. Segundo Gutierrez, durante a reunião no Palácio Iguaçu, o governador Beto Richa sinalizou com o atendimento às reivindicações da categoria. Ele esclareceu que a primeira medida será esvaziar as delegacias, transferindo os presos já condenados para cadeias públicas. A remoção deve começar por Curitiba na próxima segunda-feira (24) e, até o fim da próxima semana, o governo apresentará um cronograma de transferência dos apenados que estão detidos em delegacias do interior do Estado.

Alcoolismo é a principal causa Dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) apontam que o alcoolismo é o principal motivo de pedidos de auxílio-doença por transtornos mentais e comportamentais por uso de substância psicoativa. O número de pessoas que precisaram parar de trabalhar e pediram o auxílio devido ao uso abusivo do álcool teve um aumento de 19% nos últimos quatro anos, ao passar de 12.055, em 2009, para 14.420, em 2013. Os dados mostram que os auxílios-doença concedidos as pessoas com transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de drogas passaram de 143,4 mil. Cocaína é a segunda droga responsável pelos auxílios concedidos (8.541), seguido de uso de maconha e haxixe (312) e alucinógenos (165).

São Paulo teve o maior número de pedidos em 2013 por uso abusivo do álcool, com 4.375 auxílios-doença concedidos, seguido de Minas Gerais, com 2.333. Integrante do Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo (CressSP), o assistente social Fábio Alexandre Gomes ressalta que o aumento é extremamente superficial, visto que boa parte da população não contribui para o INSS e por isso não tem direito a esse benefício. “O impacto do álcool hoje na vida das pessoas é muito maior. Muitos casos inclusive de uso abusivo do álcool estão associados com a situação de desemprego. E a juventude tem iniciado experiências cada vez mais cedo”, explica ele. “Tenho casos frequentes de crianças fazendo uso abusivo de álcool a partir dos oito anos.

Estou acompanhando um menino que hoje, com dez anos de idade, usa crack, mas a porta de entrada foi o álcool”, conta o assistente social ao relatar que por ser uma substância socialmente permitida em casa, acaba sendo de fácil acesso. Ele também relata aumento sensível de mulheres que não aderem ao tratamento, fruto de preconceito social. “Na minha experiência como assistente, este consumo abusivo está ligado principalmente a relações de violência, sobretudo, amorosas. E geralmente o consumo é de cachaça”, ressaltou. Ele criticou a concentração de políticas públicas dirigidas a substâncias ilícitas, quando o álcool é uma das substâncias lícitas cada vez mais usadas por adolescentes e mulheres, independentes da classe social. DIVULGAÇÃO

Defesa Civil de Rondônia acompanha a cada 15 minutos a medição do nível de água do Rio Madeira, feita pela Agência Nacional de Águas (ANA) e concentra as ações de monitoramento meteorológico da região, na unidade de Porto Velho (RO), por meio do Sistema de Proteção da Amazônia. De acordo com o o tenentecoronel Denargli da Costa Farias, do Corpo de Bombeiros, o nível do rio está mantendo uma média de 17,88 metros acima do nível normal. Conforme a assessoria do governo de Rondônia, a situação está sob controle e, no momento, não há necessidade de decretar estado de calamidade pública, apesar de já ter sido reconhecida situação de emergência em alguns municípios, na semana passada. O governo informa que uma das prioridades é manter o tráfego de caminhões na BR364 para o abastecimento do estado do Acre e das cidades de Guajará Mirim (RO) e Nova Mamoré (RO). Em alguns trechos onde a lâmina d’água já ultrapassou 45 centímetros sobre a rodovia, a Polícia Rodoviária Federal interrompeu o tráfego para veículos pequenos. Também foi providenciado um desvio por terra.

Desde ontem, liquidificadores, secadores de cabelo e aspiradores de pó deverão ser fabricados e importados com o novo Selo Ruído do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O objetivo é diminuir o excesso de ruído emitido pelos eletrodomésticos e estimular a indústria a fabricar aparelhos mais silenciosos. O novo selo colorido, que terá a marca do Inmetro e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), vai classificar os decibéis de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso) e deverá estar colado na embalagem para informar ao consumidor a potência sonora do produto. O selo indica de forma sim-

DIVULGAÇÃO

C6

Gutierrez adiantou à Agência Brasil que, se as propostas de transferência de presos discutidas durante a reunião forem cumpridas, todos os condenados serão removidos das delegacias estaduais até o fim deste ano. Segundo o sindicalista, só em Curitiba há em torno de 500 apenados cumprindo sentença em delegacias. Quanto ao reajuste salarial, os representantes da categoria e das secretarias de Administração e de Fazenda vão se reunir a partir da semana que vem para verificar a atualização salarial. “Acredito que, na assembleia a categoria dê um voto de confiança para o governador e suspenda o movimento, mas mantendo a assembleia em aberto pelo prazo que julgar adequado para o governo pôr em prática o prometido”, disse. O álcool é a substância que mais contribui para os casos de abandono de emprego, revela o INSS


País

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

C7

PM entra em confronto em meio a reintegração Invasores de conjunto habitacional do Minha Casa, Minha Vida, em São Paulo, resistiram, ateando fogo em algumas casas

A

Tropa de Choque entrou em confronto com moradores semteto, na manhã de ontem, durante reintegração de posse de um conjunto habitacional na Zona Leste da capital paulista. Embora a maioria dos moradores já tivesse saído dos apartamentos, muitas famílias decidiram resistir à desocupação, ateando fogo em alguns imóveis. No total, aproximadamente cinco mil pessoas viviam no condomínio, conforme a associação de moradores. Essa era a maior ocupação de unidades pertencentes ao programa Minha Casa, Minha Vida na capital, de acordo com a Caixa Econômica Federal, proprietária dos imóveis. A vendedora Vanessa Muniz, de 29 anos, contou que estava dentro de um dos apartamentos no momento em que a polícia decidiu entrar. “Eles usaram gás de pimenta, já chegaram atirando bombas. Tive que deixar meus móveis para trás”, lamentou. Ela disse que estava com seus três filhos, um deles com apenas 15 dias de vida. Em torno de 150 policiais militares participaram da reintegração de posse. Segundo a

MARCO AMBRÓSIO

Secretaria de Segurança Pública (SSP), os moradores fizeram cinco barricadas no entorno do conjunto para dificultar o acesso e atiraram pedras nos policiais, que revidaram com bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo. De acordo com a SSP, por volta das dez horas, a situação ficou sob controle e não foram registrados mais incidentes. A secretaria informou que não foram registrados feridos e que, segundo o comandante da operação, ninguém foi detido. Negociações Ontem foi o terceiro dia de negociações entre moradores e a Polícia Militar para que a desocupação ocorresse de maneira pacífica. Em reunião na tarde de quarta-feira, no Ministério Público, a Associação de Moradores tentou um acordo com a Caixa Econômica Federal. Porém, segundo o advogado que representa às famílias, Renan Verzola, a Caixa alegou que essas famílias estariam “pulando fila” dos programas habitacionais, caso recebessem imóveis para morar. “Não houve acordo e percebi que a reintegração de posse seria inevitável”, declarou o advogado.

Reintegração ordenada no ano passado O conjunto residencial Caraguatatuba, tem 940 apartamentos em 47 prédios, e foi ocupado no dia 25 de julho do ano passado. A decisão da 13ª Vara Cível da Justiça Federal, em São Paulo, foi expedida em agosto do ano passado. Em nota, a Caixa informou que os apartamentos integram a faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, destinado à famílias com renda até R$ 1,6 mil por mês. O valor do investimento chegou a R$ 49,6 milhões. Os prédios foram construídos para abrigar os moradores do Jardim Pantanal, bairro que fica em uma área de várzea do rio Tietê que sofre com problemas crônicos de inundação. Invasores resistiram a reintegração do conjunto habitacional, pela PM, com fogo e barricadas

CASO AMARILDO

BLACK BLOCS AG BRASIL

Apesar da prisão de até três anos de reclusão, black blocs continuarão usando máscaras

Projeto libera uso de máscaras A nova versão do projeto que a Câmara dos Deputados prepara para coibir a violência e abusos em manifestações prevê pena de seis meses até três anos de prisão para ações dos black blocs, regulamenta o uso de máscaras e estabelece o prazo de 24 horas para a comunicação de que um protesto será realizado. As medidas fazem parte do relatório elaborado pelo deputado Efraim Filho (DEM-PB) apresentado, ontem, na Câmara, em substituição a outros nove projetos que tramitam na casa sobre o tema. A ideia é que o texto seja analisado em março pelos deputados. O projeto altera o Código Penal e estabelece que “destruir, inutilizar ou deteriorar bens de outras pessoas em manifes-

tação pública ou durante evento e ainda mediante dissimulação ou qualquer outro recurso que dificulte a identificação do agente (máscaras, por exemplo) terá pena de seis meses a três anos de prisão, e multa, além da pena correspondente à violência”. A medida vale ainda para emprego de fogo ou outro meio que possa resultar perigo comum. Em relação às mascaras, o relatório proíbe o uso quando a pessoa for suspeita de dissimular sua própria identidade para esconder uma ação criminosa, estiver incitando crimes ou conduzindo armas. O texto ainda trata da abordagem policial estabelecendo que primeiro deve ocorrer revista, depois pode retirar objetos portados pe-

los manifestantes. Permite também que a polícia possa conter uma pessoa que oferecer resistência. A prisão seria o último passo apenas com mandado ou em flagrante. Segundo Efraim, o parecer é equilibrado. “A nossa maior dificuldade é não gerar nenhum retrocesso e permitir a livre manifestação, mas acredito que fizemos um texto equilibrado, sem exageros, sem terrorismo, para dar segurança aos protestos”. Desde o início da onda de protestos, em junho de 2013, pelo menos 16 projetos de lei foram apresentados na Câmara e no Senado, numa tentativa de alterar a legislação ou criar dispositivos para coibir atos violentos, tanto da polícia quanto de manifestantes.

Justiça faz a primeira audiência Começou na tarde de ontem, com meia hora de atraso, a primeira audiência de instrução e julgamento do sumiço do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, 43, na Central de Assessoramento Criminal (CAC), no Tribunal de Justiça do Rio. Todos os 25 PMs suspeitos de participar do desaparecimento do morador da favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, participaram da sessão. O delegado titular da Divisão de Homicídios da cidade, Rivaldo Barbosa, responsável pela investigação na ocasião, foi a primeira testemunha de acusação a depor. Ele disse que o major (Edson Santos/ ex-comandante da UPP Rocinha) autorizou a tortura do pedreiro atrás dos contêiners da unidade pacificadora e não dentro deles. Ele admitiu ainda que a investigação falhou porque o local exato da tortura não foi periciado. Na época, a polícia percorreu apenas o caminho de entrada e o suposto trajeto de

saída do morador, além da parte interna dos contêiners. O delegado disse ainda que todos os policiais que aparecem em imagens levando Amarildo num primeiro momento, participaram da tortura dele, que teria começado por volta das

MOBILIZAÇÃO

O mistério em torno do desparecimento do ajudante de pedreiro ficou popularizado pela frase “Cadê o Amarildo?”, estampada em cartazes de manifestantes pelas ruas de todo o país e nas redes sociais 19h35 do dia 14 de julho do ano passado. A defesa do major e de outros quatro policiais rebateu com a narrativa de uma conversa gravada entre dois traficantes dizendo que foi o traficante Catatau que matou Amarildo.

Foram arroladas nove testemunhas de acusação e 20 de defesa. Após os depoimentos de todas as testemunhas, os réus serão interrogados. O processo tramita na 35ª Vara Criminal do Rio. É possível que haja um desmembramento da audiência. O ajudante de pedreiro sumiu no dia 14 de julho de 2013, após ser levado para a sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha. “Os policiais que prenderam Amarildo disseram que depois de ouvi-lo o liberam para ir para casa na noite de 14 de julho. Inclusive, o major Edson disse que cumprimentou Amarildo e entregou os documentos a ele”, declarou durante as investigações, o advogado da família de Amarildo, João Tancredo. Segundo ele, se a vítima tivesse ido para casa, pelo caminho apontado pelos militares, a câmera instalada dez metros à frente, teria registrado Amarildo descendo as escadarias, o que não ocorreu.


C8

Mundo

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Cessar-fogo fracassa e Ucrânia tem mais mortes Número exato de mortos é controverso, entretanto, mais de 20 cadáveres haviam sido contabilizados nas últimas 24 horas

O

s confrontos entre manifestantes armados e a polícia em Kiev, capital da Ucrânia, provocaram pelo menos 25 mortos nas últimas 24 horas, apesar do cessarfogo anunciado quarta-feira. O número de mortos na cidade é um desafio e não há exatidão. As estimativas são baseadas na contagem de corpos espalhados nos locais de confronto entre forças policiais e manifestantes, em especial no centro da cidade. Ontem, haviam sido contabilizados 26 mortos. Nessa quinta-feira, manifestantes com o rosto coberto lançaram coquetéis molotovs e pedras contra a polícia antimotim na praça da Independência, o epicentro dos três meses de manifestações contra o governo ucraniano. A polícia usou balas de borracha para tentar repelir os ataques, afirmando que um atirador do lado da oposição havia ferido 20 policiais disparando munições reais a partir da janela de um prédio com vista para a praça. A sede do governo ucraniano na praça também foi evacuada na manhã de ontem.

AFP

Depois de várias semanas de calma, a capital ucraniana, Kiev, voltou, na última terça-feira (18), a ser palco de violentos confrontos entre ativistas antigovernamentais e forças de segurança, que têm sido condenados pela comunidade internacional. Apoio O Brasil se manifestou sobre a questão, assim como os Estados Unidos, a Rússia, o papa Francisco e o Alto Comissariado das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos. Para ontem estava prevista a chegada de uma comitiva de diplomatas europeus a Kiev, que foi cancelada por razões de segurança. A crise política na Ucrânia começou no final de novembro quando milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra a decisão do presidente Viktor Yanukóvich, de suspender os preparativos para assinar um acordo de associação com a União Europeia e reforçar os laços com a Rússia. Depois de algumas semanas de trégua nos confrontos, os enfrentamentos voltaram a ocorrer, especialmente na capital do país. TELAM

Rússia envia mediador a Kiev O presidente russo Vladimir Putin vai enviar um mediador para a Ucrânia, atendendo a um pedido de seu colega e aliado no país vizinho, Viktor Yanukovich. O anúncio foi feito pelo Kremlin ontem. O enviado será encarregado de fazer a ponte entre governo e oposição, cuja trégua não foi respeitada pelos manifestantes e pela polícia. “Vladimir Putin decidiu mandar o ombudsman de direitos humanos Vladimir Lutkin para essa missão”, afirmou o governo russo, em comunicado. Os confrontos mostram que nem o governo nem os principais líderes da oposição têm mais controle sobre as forças policiais e os manifestantes no centro de Kiev. Desde a última terça-feira os conflitos em Kiev estão se intensificando, aumentando as mortes

BOLÍVIA

VENEZUELA

Líder da oposição ficará 45 dias em prisão provisória

Leopoldo Perez é escoltado pela Guarda Nacional Bolivariana

Após audiência na madrugada de ontem, o advogado Juan Carlos Gutiérrez, que representa Leopoldo López, líder do partido Vontade Popular na Venezuela, divulgou detalhes sobre a decisão tomada pela juíza Ralenis Tovar Guillén, da 16ª Vara de Justiça de Caracas. Ela decretou prisão temporária de 45 dias para o opositor venezuelano, que deverá ficar preso até o julgamento. A informação divulgada inicialmente era a de que López ficaria 48 horas preso no aguardo do julgamento definitivo, mas o advogado esclareceu que esse é o tempo para o início da análise processual pelo Ministério Público (MP). “O próximo passo é a entrega das provas da defesa ao MP, o que deve ser feito na segunda-feira (24). Segundo ele, durante a audiência as punições de terroris-

mo, homicídio e lesão corporal foram retiradas. A Justiça indiciou o líder da oposição por danos a prédios públicos e associação ao crime. “Apesar disso, o cliente permanece privado de liberdade por determinação da juíza.” A audiência ocorreu fora de Caracas, no Centro de Processados Militares (casa de detenção militar), em Ramo Verde, estado de Miranda, lugar onde López permanecerá detido até o julgamento. Segundo o governo, a medida foi tomada para garantir a segurança dele. Gutiérrez disse estar confiante de que, no desenrolar do processo investigativo, a defesa conseguirá “comprovar que nenhum delito poderá ser imputado ao acusado”. Ele também disse que é cedo para fazer prognósticos sobre o julgamento.

Família homenageia jovem morto por corintianos Há um ano, Kevin Beltrán Espada se despediu dos pais para ver o jogo do San José contra o Corinthians e nunca mais voltou. Aos 14 anos, o garoto foi atingido de maneira fatal por um sinalizador durante o primeiro tempo da partida válida pela Copa Libertadores, disputada em Oruro - então menor de idade, o suposto responsável por lançar o fogo de artifício, integrante da Gaviões da Fiel, não recebeu qualquer tipo de punição. Libertados após pressão do Corinthians e da classe política brasileira, alguns dos 12 torcedores presos em Oruro se envolveram em novas confusões. Cleuter Barreto Barros, Leandro Silva de Oliveira e Fábio Neves Domingos participaram da briga com vascaínos no Campeonato Brasileiro de 2013. Tiago Aurélio dos Santos Ferreira esteve na recente invasão ao Centro de Treinamento, enquan-

to Raphael Machado Castilho Araújo é acusado de trocar tiros com a polícia no interior Bahia e está preso. “Isso prova que alguns dos torcedores não eram tão inocentes como asseguravam os representantes do Ministério da Justiça e da Embaixada do Brasil”, disse o professor Limbert, pai de Kevin, em entrevista à Gazeta Press. Ontem, a família Beltrán Espada realizou uma missa no Cemitério Parque de las Memórias, localizado na cidade de Cochabamba, para homenagear o garoto morto há exatamente um ano. Frustrado com as investigações sobre a morte de seu filho, Limbert Beltrán se emocionou ao lembrar que autorizou Kevin a viajar de Cochabamba para Oruro com a finalidade de acompanhar a partida no Estádio Jesus Bermudez. Para a família, os políticos brasileiros se aproveitaram do caso.


16

Plateia

MANAUS, SEXTAFEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

CURSO

Cenógrafos, cenotécnicos e artistas cênicos com experiência na área têm até o dia 28 de fevereiro para se inscrever na “Oficina de Cenografia” que a Prefeitura de Manaus irá oferecer entre 10 e 15 de março, no Café Teatro Les Artistes. A oficina é uma iniciativa da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), em parceria com a Fundação Nacional de Artes (Funarte), do Ministério da Cultura. O minicurso visa o intercâmbio de informações entre os profissionais da área e reciclagem profissional. As aulas serão ministradas pelo doutor em artes José Dias, que já atuou em mais de 380 espetáculos como cenógrafo e figurinista, e é uma das personalidades de maior renome na área atualmente. As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio eletrônico até o dia 28 de fevereiro e os interessados devem ter experiência ou já ter realizado estudos no segmento. Para concorrer a uma das 20 vagas, os candidatos precisam encaminhar a ficha de inscrição disponível no site da Manauscult (http://manauscult.manaus.am.gov. br) preenchida, bem como o currículo artístico, para o endereço eletrônico promfacmanaus@gmail.com. Os currículos serão avaliados pela Diretoria de Cultura da Manauscult e o resultado da seleção será divulgado no dia 4 de março no site da Fundação. As aulas serão realizadas no Café Teatro Les Artistes, localizado na avenida 7 de Setembro, 377, no Centro, de segunda-feira, 10, a sexta-feira, 14 de março, das 18h às 22h, e no sábado, 15, das 8h às 12h. Próximos cursos Em 2013, a parceria entre a Manauscult e o Centro Técnico de Artes Cênicas da Funarte possibilitou a realização das oficinas “Produção e Administração Teatral” e “Maquiagem Artística e Caracterização Profissional”, ambas as atividades são gratuitas e direcionadas aos profissionais das artes cênicas.

01_16 PLATEIA FIMSEMANA.indd 16-1

ESTE É UM SUPLEMENTO DO JORNAL EM TEMPO. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE

Inscrição grátis para oficina de cenografia


2

Plateia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

CULTURA

SEC abre editais para eventos durante a Copa Os editais públicos para a programação cultural da Copa do Mundo “Amazonas de todas as artes”, já anunciados pelo governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, estão à disposição do público e empresas, no www.editaisculturamazonas.com. No hotsite, artistas, grupos ou empresas interessados poderão participar de editais dos mais diferenciados, coordenados pela própria Secretaria de Estado da Cultura ou Agência de Desenvolvimento Cultural. Dois dos destaques dos editais da SEC para a programação cultural do Amazonas da Copa 2014 envolvem o mundo do futebol. Trata-se do “Concurso Cultural no Mundo da Bola” e o “Concurso Cultural Cinema no Mundo da Bola”. De acordo com o secretário de Cultura, Robério Braga, o objetivo é suscitar e apoiar produções artísticas e projetos com temática específica de futebol. “Acreditamos que a Copa é uma oportunidade também cultural para mostrarmos o que existe dessa cultura no nosso Estado ou mesmo a interação dessa cultura com o nosso Estado”, declarou. O Concurso Cultural no Mundo da Bola inclui as áreas de artes visuais, literatura e artes cênicas. Ou seja, serão sete vagas para exposições sobre fotografia, charges, arte digital, desenhos, pintura, instalação, videoinstalação ou grafite a respeito de futebol, além de 20 edições de obras literárias sobre o tema em forma de poesia e cordel e mais 20 apoios à produção de esquetes de teatro e trechos coreográficos dança com disposição de R$ 3 mil cada. Quanto ao Cinema no Mundo da Bola, o edital prevê premiações de R$ 2 mil para 5 filmes de ficção e documentário de um minuto e R$ 3 mil para filmes de ficção e documentário de cinco minutos. Os editais completos, coordenados pela Agência de Desenvolvimento Cultural, podem ser obtidos pelo e-mail coordenação.licitacaoaadc@gmail. com. O prazo é dia 7 de março.

02_15 PLATEIA FIMSEMANA.indd 2-15

O festeiro Zeca Nascime em homenagem à Fátim De convidados: a talento desembargadora Waldin

::::: Desla

b v c d


14

Plateia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

PROGRAMAÇÃO DA TV

SBT 05:00h 06:00h 07:00h 08:00h 10:05h 10:55h 11:35h 12:25h 13:15h 13:30h 14:30h 15:30h 16:30h 17:30h 18:20h 18:45h 19:30h 20:15h 21:00h 21:50h 23:00h

Jornal Do Sbt – Manhã – Igreja Universal – Jornal Do Sbt – Bom Dia & Cia Waisser – Local Programa A Voz Da Esperança –local Programa Agora – Ao Vivo –local – Programa Livre – Ao Vivo –local – As Visões Da Raven Café Com Aroma De Mulher Por Ela....sou EvaA Madrasta Por Teu Amor Caso Encerrado Jornal Em Tempo Ao Vivo Sbt Brasil Chiquititas Rebelde Seriado Programa Do Ratinho – Tela De Sucesso Juntos Pelo Acaso Jornal Do Sbt - Noite Big Bang A Teoria/ The Big Bang The-

01:15h 02:00h ory 02:30h Mike & Molly 03:00h Tele Seriado I Sobrenatural/supernatural 04:00h Igreja Universal

BAND 05:00 07:00 08:10 10:10 11:30 11:35 12:10 12:25 13:05 13:50 13:55 14:20 15:00 15:50 16:50 18:50 19:20 20:25 20:28 21:20 21:25 22:05 23:00 00:30 01:00 01:45 01:50 01:55 02:00 02:45 02:55 03:00

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Sochi 2014 – Olimpíadas De Inverno Dia Dia Sochi 2014 – Olimpíadas De Inverno Jogo Aberto (Hd) Teleshow Festa Clube Comunidade Alerta Notícia De Agora Exija Seus Direitos Câmera 13 Na Mira Da Notícia Cidade Urgente Ação Na Tv Sabe Ou Não Sabe Os Simpsons Brasil Urgente Band Cidade - Local Jornal Da Band (Hd) Minuto Da Copa - Boletim Show Da Fé Band Folia – Boletim Sochi 2014 – Olimpíadas De Inverno Os Simpsons Pânico Na Band - Reapresentação Sabe Ou Não Sabe - Reapresentação Jornal Da Noite Que Fim Levou? - Boletim Band Folia 2014 - Boletim Minuto Da Copa – Boletim Poker Night Rosário Minuto Da Copa - Boletim Igreja Universal

03_14 PLATEIA FIMSEMANA.indd 14-3

GLOBO 04h55 Telecurso Educação Básica - Profprf. 05h10 Telecurso Profissionalizante: Telecurso Tec - Comércio. 05h25 Telecurso Ensino Médio - Física. 05h45 Telecurso Ensino Fundamental - Geografia. 06h00 Globo Rural. 06h30 Bom Dia Brasil. 07h30 Bom Dia Amazônia. 08h30 Mais Você. 09h57 Bem-Estar. 10h40 Encontro Com Fátima Bernardes. 12h00 Amazonas Tv. 12h45 Globo Esporte. 13h20 Jornal Hoje. 13h50 Vídeo Show. 14h35 Sessão Da Tarde. Filme: Você De Novo. 16h30 Vale A Pena Ver De Novo: Caras & Bocas. 17h50 Malhação. 18h20 Novela I: Joia Rara. 19h10 Jornal Do Amazonas. 19h30 Jornal Nacional. 20h08 Novela Ii: Além Do Horizonte. 21h10 Novela Iii: Em Família. 22h25 Big Brother Brasil. 22h50 Globo Repórter. 23h45 Jornal Da Globo. 00h18 Programete Fórmula 1. 00h20 Homeland - Segurança Nacional: Desgraçado De Turbante / A Escolha. 01h55 Corujão Do Esporte. 02h56 Corujão I. Filme: K-19

RECORD 6h15 7h40 9h15 11h 12h 13h15 13h30 15h15 16h15 17h55 18h40 19h30 21h30 22h30 23h30 1h15

Record Kids - Pica Pau Fala Brasil Hoje Em Dia Magazine Alô Amazonas Craque Na Tv Programa Da Tarde Todo Mundo Odeia O Chris Cidade Alerta A Crítica Na Tv Jornal Da Record Todo Mundo Odeia O Chris Csi Nova York Novelah Pecado Mortal Retrospectiva Dos Famosos Programação Iurd

Bar esp

Quintall Bar ap GUSTAV CERVINKA Equipe EM TEMPO

U

m ambiente reg quentado por qu gode, samba e as portas para um que aposta no rock ‘n’ ro que é feito no Brasil. O ch Bar e Restaurante aprese do cantor Sandro Onety, do violonista Fabrício Rod experiência acumulada p gem em bandas como Fa Essence, além de integrar Violões do Amazonas (Ov tação está marcada para De acordo com o canto que lidera os vocais da Base – especializada em menagem ao rei do rock Seixas – o repertório pa uma compilação dos suc 1980 e 1990, embora canções não muito famos da mesma época. “Estive formato por algum tem vamos tocar juntos nos e 2005, antes das nos agora, estamos retornan acústica”, explica Onety. As versões musicais e contempladas no repertó e Fabrício incluem suces Urbana, Capital Inicial, B Nenhum de Nós, Uns e Ou tos, entre outros. “Mas, te haverá pedidos atendido de Raul Seixas”, afirma. A programação que en dinha de músicos está acontecer todas as sextas depois de uma performa apresentação pode ter a duração. Vamos incluir obr Plebe Rude e Ojeriza, que perpetuado seu legado, tão presentes na mídia”,


4

Capa

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Fim de semana n FO

Às vésperas da maior festa brasileira, leia-se: Carnaval, Manaus entra no clima do carnavalesco e apresenta uma série de opções que vão de shows de importantes bandas nacionais e, até mesmo, o baile voltado para o público infantil BRUNO MAZIERI Especial EM TEMPO

F

altando apenas uma semana para o Carnaval, Manaus – finalmente! – entra no clima da maior manifestação cultural do país. E como não poderia deixar de ser, o manauense, que não dispensa uma boa folia regada a confetes e serpentinas, pode escolher o evento que mais lhe agradar. Para facilitar a vida do leitor, o EM TEMPO separou as festas mais importantes do final de semana. Agora, é encontrar a fantasia preferida e curtir a Folia Momesca. SEXTA-FEIRA Pré-Carnaval do Lappa Bar Com decoração e nome que remetem a Cidade Maravilhosa, o Lappa Bar realiza m a i s u m a e d i ção do projeto musical Sexta Carioca, hoje, a partir das 19h. O evento desta semana segue com uma temática totalmente voltada para o Carnaval. As atrações ficam por conta da cantora Tayna Pimentel, que interpreta sucessos da Música Popular Brasileira (MPB) em samba rock; o sambista Ângelo Márcio que estará acompanhado de sua banda e; fechando a

04_13 PLATEIA FIMSEMANA.indd 4-13

noite o grupo Calçada do Samba, apresentando sucessos do gênero musical. Vale lembrar que nos intervalos o DJ Love levará o melhor do funk carioca. O ingressos custa R$ 20, por pessoa e o Lappa Bar fica localizado na rua Rio Mar, 98, Vieiralves. A casa abre a partir das 16h para happy hour. Terceira Idade na folia Em sua quinta edição, o CarnaIdoso, realizado pela Fundação Dr. Thomas, acontecerá hoje, a partir das 15h, no Parque Municipal do Idoso (rua Rio Mar, s/n, Nossa Senhora das Graças). A folia, que terá direito ao DJ Ery Castro, banda Badawera e bateria show da escola de samba A Grande Família, é uma forma de resgatar a forma antiga de brincar o Carnaval que, geralmente, era realizado em grandes clubes de Manaus. Outro destaque importante é com relação às fantasias. O idoso (a) que usar de sua criatividade e estiver usando a melhor fantasia poderá ganhar brindes. O evento contará, ainda, com guerra de confetes e muita serpentina. A entrada é gratuita

e a folia está marcada para 15h.

as

Agito verde e branco A quadra da escola de samba Mocidade Independente de Aparecida (rua Ramos Ferreira, 102, Aparecida) será palco do Baile Verde e Branco em homenagem a harmonia da agremiação que é responsável por conduzir os brincantes da melhor maneira possível. A festa será realizada hoje, a partir das 22h e o ingresso custa R$ 10 (pista) e R$ 20 (lugar no camarote). A anima-

TO

S:

DIV

UL

GA

ÇÃ

O

ção fica por conta do grupo amazonense Ases do Pagode, Júnior & Banda e Nosso Jeito. Já amanhã, dia 22, a partir das 19h, a Soberana realiza seu ensaio técnico que será realizado no Centro de Convenções (sambódromo). Ainda nesta noite realizam seus ensaios as escolas Vitória-Régia, Sem Compromisso e Balaku Blaku. Neste caso a entrada é gratuita.

Canal 1

plateia@emtempo.com

Linha divisória Por mais que a alt Gazeta tente contornar perigosa entre o Núcleo mado por ex-alunos da Fa Líbero, e o seu Departa Alguns programas, com “Hoje tem” e “Vem Com mais sob o guarda-chu responsável, Marinês R

Nanda na fita Está em vias de se escalação de Nanda C Brilhante”, do Aguinaldo de “Em Família”, na Glob conhecidos detalhes da Será a sua volta às de “Salve Jorge”. De lá fez a série “O Caçador”, em andamento.

No escuro O programa diário do Bandeirantes, durante a já tem cotas de patroc Vendidas ainda sem título ou o horário de e

TV Tudo

Data marcada O Nat Geo fixou um domingo, às 2 exibição do “Top Patrícia Maldonad Programa de do manal vai aprese os lugares mais in serem visitados.

Band adot descarta in

Por definição, sane uma região para mel impedindo que fator pessoas no seu bem Mas o que isso tem de Marcelo Mainardi mações no grupo.


12

Plateia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Doente contrabandeia medicamentos em longa “Clube de Compras Dallas”, que concorre a seis Oscars, é baseado em fatos reais e conta o drama de um eletricista texano com Aids que entra em guerra com a indústria farmacêutica

B

aseado em fatos reais, o filme “Clube de Compras Dallas”, que estreia hoje e concorre a seis Oscars (inclusive de melhor filme, ator e ator coadjuvante), narra a história do eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey), que, nos anos 1980, é diagnosticado com Aids e entra em guerra com a indústria farmacêutica para utilizar drogas que não são aprovadas nos EUA -a droga usada já era o AZT (coquetel utilizado como tratamento para portadores do HIV), que na época, estava em testes e fazia mal aos pacientes. McConaughey emagreceu 20 kg para o papel. Com o travesti Rayon, interpretado de forma brilhante por Jared Leto, ele passa a contrabandear as drogas e, inspirado em outras cidades, monta o Clube de Compras Dallas, onde pessoas com Aids pagam uma mensalidade de US$ 400 e podem buscar a quantidade de remédios que quiserem. O clube funciona até ele ser descoberto pelos médicos que testam o AZT e pela Justiça. Por Camila Gomes

DIVULGAÇÃO

O filme concorre aos prêmios de melhor filme, ator e ator coadjuvante

ESTREIA

Tragédia de Pompeia vira história de amor

DIVULGAÇÃO

Em “Pompeia”, que estreia hoje, a famosa história da cidade italiana que foi coberta pelas lavas do vulcão Vesúvio, no ano 79 d.C., é pano de fundo para uma história de injustiça, aventura e, principalmente, amor. No longa, todos os moradores da cidade do pequeno Milo (Kit Harington) são assassinados pela tropa romana comandada por Corvus (Kiefer Sutherland). O garoto, então, é levado como escravo por um grupo e, anos mais tarde, transformado em um forte e invencível gladiador. Levado a Pompeia para uma grande luta alguns dias antes da erupção do Vesúvio, Milo conhece Cassia (Emily

05_12 PLATEIA FIMSEMANA.indd 12-5

Browning), a bela filha do regente da cidade. Quem também está na cidade é Corvus, que agora é um corrupto senador que fará tudo para transformar Cassia em sua mulher. Além de lutar contra dezenas de gladiadores em uma batalha que remonta a tragédia de sua cidade, o herói precisa vingar a morte de seus pais, salvar sua amada das garras do vilão e ainda fugir da destruição das lavas que tomam Pompeia. Missão impossível? Por Camila Gomes

Injustiça, aventura e amor fazem parte do enredo do novo filme

CRÍTICA

Alegoria medieval para criança A espanhola Kandor Graphics, que em 2009 presenteou-nos com a curta de animação “La Dama y la Muerte, que obteve uma nomeação ao Óscares da Academia, aventura-se agora na sua primeira longa-metragem, o qual ficamos desde logo avisados que em termos gráficos não inveja em nada os seus concorrentes norte-americanos. “Justin e a Espada da Coragem”, de Manuel Sicilia, é uma alegoria medieval para criança ver, com os habituais toques humorísticos e personagens estereotipadas que fazem a alegria dos mais novos. É a típica história da perseguição do sonho e da concretização pessoal, contudo este é um filme animado que reserva-nos algumas mensagens subliminares de uma certa irreverência que passarão despercebidos por aqueles que o equivocam com inocência (será?). Se não acreditam, ora vejamos; “Justin e a Espada da Coragem”, relata-nos uma alternativa Idade Média onde os heróis são os cavaleiros dotados de honra, que lutam contra as mais variadas injustiças do Mundo por meio dos ferozes golpes de suas espadas. Todo este reino termina com a chegada da ordem jurídica, ou seja juízes, júris e advogados que fazem cumprir as leis e restauram a paz quotidiana sem o uso de violência nem afins, são vistos aqui como figuras antagónicas e tirânicas. Com alguma atenção percebe-se o subliminar deste enredo, a opressão e a exaustão burocrática e judicial em eterna luta contra aqueles que se opõem a este sufoco social. É uma ideia pertinente, algo por vezes equiparado ao discurso do vilão de O Cavaleiro das Trevas Renasce de Christopher Nolan.

o ri

SÁBADO Monobloco faz ‘esq Os tambores e tambo marca registrada do gru ca Monobloco que reún cos da Música Popular B ra e sambas emblemát banda é uma das atraç evento “U Bloco – Os Me Carnavais do Brasil Junt Manaus”, que contará presença dos baianos d mil e Uma Noites. A fest bém faz parte do calend comemorações dos for de Medicina da Univers Estado do Amazonas (UE como cenário a piscina gia do Hotel Tropical (P a folia inicia às 17h e custam R$ 50 (pista), R$ mulheres), R$ 120 (área à venda nas lojas Gra Minds English School.

Irreverência carnav Uma das bandas de mais populares de Manaus, a famosa Bica, será realizada amanhã, a partir das 16h, no Bar do Armando, localizado em frente ao largo São Sebastião, Centro. Sempre com um tom crítico, a banda tem como tema este ano “Em Tempo de Copa, Calor e Eleição, Até Inglês Foge do Caldeirão e Político Ladrão Vai Parar na Cadeia do Vivaldã


6

Plateia

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Sexta ao som de pop no Glam Dancing Bar Além da trilha sonora, a balada vai receber os frequentadores com seus famosos shots de vodka

D

iversão sem limites. Essa é a proposta da “Dance till the world ends: Survivors”, festa promovida pela Glamazon hoje, no Glam Dancing Bar. Hoje, a partir das 21h, o clube da rua Pará, 132, conjunto Vieiralves. A balada traz uma DJ list para ninguém botar defeito: Pan Dean, residente do Estação Cultural Arte & Fato; Joseph Williamms, titular da produtora; Reinaldo Bazonni, da Glamazon; e Mr. Bapho. Nos sets, os melhores hits da música pop, para fazer o público dançar sem pensar no dia seguinte. Além da trilha sonora, a balada terá participação da hostess Ingridy Reis, que vai receber os frequentadores com seus famosos shots de vodka. E, contribuindo para o clima de luxo e glamour, Joseph Williamms irá servir champagne para as pessoas mais bem vestidas. O público ainda poderá curtir di-

DIVULGAÇÃO

versas promoções no bar da casa. Por apenas R$ 10, é possível consumir duas caipirinhas; duas Cervejas Sujas; ou duas Itaipavas de 355ml. O mesmo valor ainda compra uma dose de whisky 8 anos ou vodka Smirnoff (somente sábado) com energético. Outras opções: Martini Bianco (R$ 5), Caipifrozen (R$ 8) e Cuba Libre (duas por R$ 15). E, no sábado, quatro Heineken saem por apenas R$ 25. Para “DTTWE: Survivors”, na sexta, as pulseiras de acesso terão preços de R$ 25 (Pista), R$ 20 (Pista Lista Amiga) e R$ 40 (VIP). VIP A lista amiga está à disposição dos internautas com a hostess Janaína Araújo ou o promoter Danz Vertchcovitch, via Facebook. As listas Amiga e Free são válidas somente até 1h da manhã. DIVULGAÇÃO

06_11 PLATEIA FIMSEMANA.indd 6-11

Robocop: EUA. 14 Em Robocop, o ano é 2 da tecnologia robótica. americanas ao redor do Alex Murphy (Joel Kinna o seu melhor para cont que ele é gravemente f robótica para salvar a v incríveis novas habilidad enfrentar. Cinemais Mill mais Millennium 8 – 14h – 15h, 17h20, 19h40, 22 21h20 (dub/diariamente (dub/diariamente), 23h5 16h10, 19h, 21h50 (dub (leg/diariamente), Cinépo 8 – 13h, 18h30 (dub/diari 16h40, 19h, 21h20 (leg Playarte 5 – 13h10, 15 sexta-feira e sábado), P

CONTINUAÇÕ

A festa “Dance till the world ends: Survivors” será realizada hoje, na Glam

HOJE

Cleber Cruz no Botequim

Cantor faz um “Jukebox” com canções variadas em ritmo de Carnaval

ESTREIA

Acompanhado por sua banda, Cleber Cruz faz um show especial para o Carnaval. Essa é a proposta do “Jukebox” que será apresentado no bar Botequim (Rua Barroso, 279, Centro) que inicia a partir das 22h e o couvert custa R$ 15 (por pessoa). Ele vai fazer um passeio pelas músicas de barzinhos e ritmos de Carnaval, e no repertório, clássicos de Tim Maia, Marisa Monte, Marina Lima, Roberto Carlos e outros. De acordo com Cleber Cruz, com a chegada do Carnaval as pessoas estão mais festivas por esta razão ele fez uma seleção bem dançante e animada para agradar o público presente. “Selecionei para esse re-

pertório músicas bem dançante para o público não ficar parado. Quero que seja uma noite especial”, afirma. Algumas músicas como, “Além do Horizonte”, do Roberto Carlos; “Oceano”, de Djavan; “Flor de Lis”, de Emilio Santiago; “Amor I Love You”, de Marisa Monte e muitos outros receberam arranjos especial com uma pegada mais alto astral. Porém, o passeio musical não para por aí algumas músicas como, “A Banda”, do Chico Buarque; “A Filha da Chiquita Bacana”, de Caetano Veloso; “A Jardineira”, de Orlando Silva; “Balancê”, conhecida pela versão de Carmen Miranda e muitos outros estão no show.

Caçadores de Obra 12 anos. Cinemais Mille 16h40, 19h, 21h35 ( Cinemais Plaza 7 – 16 (dub/diariamente); Cin (dub/diariamente), Cine (dub/diariamente); Ciné (leg/diariamente); Ciné (leg/diariamente); Play 15h35, 17h55, 20h15 te), 22h40 (dub/somen sábado).

Hércules: EUA. 14 Millennium 3 – 14h20 (3D/dub/diariamente); 3 – 14h40, 17h, 19h2 diariamente); Cinemark dub/diariamente); Play 15h15, 17h15, 19h15, riamente).

Trapaça: EUA. 14 Millennium 2 – 21h20 ( Cinépolis 3 – 18h25 ( Cinépolis 6 – 15h20 ( Cinépolis 7 – 20h45 (le

Operação Sombra EUA. 14 anos. Cinemais 21h30 (dub/diariamen – 18h35 (dub/diariame

Uma Aventura Leg


10

Cinema

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

ESTREIAS DIVULGAÇÃO

Clube de Compras Dallas: EUA. 16 anos.

Pompeia: EUA. 12 anos.

Em 1986, o eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) é diagnosticado com AIDS e logo começa uma batalha contra a indústria farmacêutica. Procurando tratamentos alternativos, ele passa a contrabandear drogas ilegais do México. Cinépolis 1 – 17h05, 20h05 (leg/diariamente), 23h (leg/somente sexta-feira e sábado).

Rodência e o Dente da Princesa: EUA. Livre.

Justin e a Espada da Coragem: EUA. 10 anos.

Rodência é um reino mágico, situado no meio de um bosque, onde vivem criaturas fantásticas e magos muito poderosos. Neste local, o pequeno Edam sonha em se tornar o maior mago do mundo. Para isso, ele decide partir em uma longa aventura, acompanhado pela rainha Brie, até obter um poder lendário. Seu maior obstáculo é o vilão Rotex, o rei dos Ratos, que planeja destruir Rodência. Cinemark 5 – 11h30 (3D/dub/somente sábado e domingo), 13h40, 15h50 (3D/dub/diariamente).

Justin sempre quis ser um cavaleiro, mas seu pai, conselheiro-chefe da Rainha, quer que o filho siga seus passos e se torne um advogado. Em busca de ajuda, o garoto procura a avó e descobre que seu avô, Sir Roland, foi o mais nobre cavaleiro do reino e protetor do Rei, até que ambos foram traídos e mortos pelo terrível Sir Heraclio. Playarte 1 – 12h40, 14h40 (3D/dub/somente sábado e domingo).

Um Conto do Destino: EUA. 12 anos. Situado numa mítica cidade de Nova York há mais de cem anos, Um Conto do Destino (Winter´s Tale) é uma história de milagres, destinos cruzados e a velha batalha entre o bem e o mal. Cinemais Millennium 7 – 15h, 17h20, 19h40, 22h (leg/diariamente); Cinemark 2 – 16h40 (dub/diariamente), Cinemark 5 – 18h20, 21h15 (dub/diariamente), 0h (dub/somente sexta-feira e sábado), Cinépolis 9 – 13h45, 16h30, 19h15, 22h (leg/diariamente); Playarte 2 – 13h20, 15h45, 18h10, 20h35 (leg/diariamente), 23h (leg/somente sexta-feira e sábado).

Pompeia conta a história épica de Milo (Kit Harington - Game of Thrones), um escravo que tornou-se um gladiador e se encontra em uma corrida contra o tempo. Ele precisa salvar seu verdadeiro amor Cassia (Emily Browning - Sucker Punch: Mundo Surreal), a bela filha de um comerciante rico que foi prometida a um corrupto senador romano, em meio a destruição da cidade de Pompeia causada pela erupção do Monte Vesúvio. Cinemais Millennium 1 – 14h30, 19h10 (3D/dub/diariamente), 16h50, 21h30 (3D/leg/diariamente); Cinemais Plaza 2 – 14h50, 17h10, 19h30, 21h50 (3D/dub/diariamente); Cinemark 4 – 11h20 (dub/somente sábado e domingo), 13h50 (dub/diariamente), 18h50 (3D/dub/exceto segunda-feira), 16h20 (3D/dub/diariamente), 21h30 (3D/dub/exceto segunda-feira), Cinemark 7 – 12h55, 15h20, 18h, 20h40 (3D/dub/diariamente), 23h20 (3D/dub/somente sexta-feira e sábado); Cinépolis 4 – 17h45 (3D/dub/diariamente), 15h35, 20h15, 22h30 (3D/leg/diariamente), Cinépolis 10 – 13h30, 18h45 (dub/diariamente), 16h, 21h30 (leg/diariamente); Playarte 1 – 16h50, 19h (3D/dub/diariamente), 21h10 (3D/leg/diariamente), 23h20 (3D/leg/somente sexta-feira e sábado).

Ana Paula Perrone, Socor Beth Castro

Charufe Nasser e Zamia H

‘RoboCop’ tem trama política e reflexiva

DIVULGAÇÃO

Dirigido pelo brasileiro José Padilha, filme custou 130 milhões de dólares e rendeu ao cineasta ainda mais reconhecimento da indústria norte-americana, pela condução do longa-metragem

O

cineasta brasileiro José Padilha, que fez sucesso mundial com “Tropa de Elite” e “Tropa de Elite 2”, estreia hoje seu primeiro filme hollywoodiano: a refilmagem do famoso “RoboCop”, que custou US$ 130 milhões e será exibido em cerca de 700 salas de cinema no país. Na “versão brasileira”, o herói metade homem, metade máquina é criado pela empresa OmniCorp com o objetivo de convencer os americanos a aprovarem a lei que permite que robôs atuem no lugar de policiais dentro dos EUA -ele já são usados em conflitos no exterior. “A ideia principal é mostrar como desumanizar a tropa pode abrir as portas para o controle excessivo e

07_10 PLATEIA FIMSEMANA.indd 10-7

o fascismo”, diz Padilha. O RoboCop tem uma jornada diferente da do robô original, de 1987. Desta vez, o policial Alex Murphy (Joel Kinnaman) sofre um atentado ao investigar uma quadrilha de tráfico de armas. Desta vez, ele acorda consciente e precisa aceitar o fato de que não é mais um ser humano. Para Kinnaman, a cena em que ele se descobre um robô foi a mais difícil de filmar. “Eu não podia me mover. Tive de usar muitas técnicas de expressão facial”, descreve. Raymond Sellars (Michael Keaton) é quem tem a ideia de criá-lo, mas acaba virando seu maior inimigo. “Ele não é um vilão comum. É complexo e toma decisões erradas”, diz Keaton. Ainda

estão no elenco Samuel L. Jackson, Gary Oldman e Abbie Cornish. Elogios Keaton e Kinnaman revelaram que a motivação para “RoboCop” foi o diretor brasileiro José Padilha. Kinnaman não havia se interessado em atuar no longa. “Tem muitas refilmagens ruins sendo feitas, mas, ao ficar sabendo que Padilha seria o diretor, mudei de ideia. Ele sempre tem um forte ponto de vista político e social em seus filmes”, diz. Keaton foi só elogios. “Ele é incapaz de fazer um filme comum. Se refilmasse “Debi & Loide”, pensaríamos: Não é que a imbecilidade é interessante?”, brincou.

Moramay Araújo e Zenald

>> Moda

. Um pouco de hum fashionista.

História do policial transformado em robô amplia questionamentos sociais

. A sandália em form Charlotte Olympia faz alista na moda, explor que já foi motivo de in criações de Salvador parelli. Objeto de des nada em conta.


8

Roteiro

MANAUS, SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Tirullipa

‘Meu pai (TIRIRICA) é o CARA’

FOTOS: DIVULGAÇÃO

BRUNO MAZIERI Especial EM TEMPO

C

Meu pai é um dos sete deputados federais que nunca faltou a uma sessão. Ele abandonou os shows para se dedicar à carreira política”

08_09 PLATEIA FIMSEMANA.indd 8-9

onhecido do público desde os 10 anos de idade por participar de diversos programas de TV como “Xuxa Park”, “Domingo Legal” e “Domingão do Faustão – do qual, atualmente, é contratado, diga-se de passagem –, Everson de Brito Silva, popularmente conhecido como Tirullipa retorna a Manaus amanhã, a partir das 21h, no Teatro Manauara, com o espetáculo “Tá gostando, tá? Tá querendo, tá?”, que promete misturar stand up comedy, paródias e sátiras. Em entrevista ao EM TEMPO, o filho de Tiririca fala sobre a paródia “Meu Caneco”, oriunda do hit “Lepo Lepo”, que promete ser sucesso no Carnaval de Salvador; mostra seu ponto de vista a respeito do politicamente correto e do humor, sua relação com pai e sua opinião sobre o cargo que ele ocupa na Câmara dos Deputados e afirma: “Toda semana tem amazonense assistindo a show meu em Fortaleza!”. EM TEMPO - Como funciona o espetáculo “Tá gostando, tá? Tá querendo, tá?”? Tirullipa – Na verdade esse show é bastante variado. Conseguimos misturar o famoso stand up comedy, que é aquela apresentação de “cara limpa”; temos um pouco de paródia, sátiras, brincadeiras com o público ao longo de uma hora e meia de apresentação. Entre as imitações que faço estão o Luan Santana, Naldo, Anitta, Beyoncé e tem a Gazella, uma

sátira de “Gabriela”, de Jorge Amado. Estamos com esse espetáculo tem um certo tempo, mas todo ano mudamos as piadas para que ele não perca a graça. EM TEMPO - E você fez uma paródia para a música “Lepo Lepo”, que promete fazer sucesso no Carnaval. Como surgiu essa ideia? T – No final do ano passado recebi o convite do cantor Leo Santana, vocalista da banda Parangolé, para participar do Carnaval de Salvador deste ano. Aceitei na hora, mas percebi que precisava fazer algo relacionado com os artistas de lá. Tinha inúmeras paródias, mas nada de axé. Aí, estava na estrada com meu irmão e meu segurança e o “Lepo Lepo” começou a tocar. Nessa hora o meu segurança faz a brincadeira com o “meu cano”. A partir daí, passamos a estudar todas as partes da música e fazer a paródia, surgindo assim o “Meu Caneco”. O resultado é esse sucesso todo onde tenho vídeos do cantor Wesley Safadão, do jogador Hulk e até mesmo meu pai cantando a música. EM TEMPO - Atualmente você está em estúdio gravando um CD. Como será esse trabalho? T – Ontem foi meu último dia de estúdio. Esse trabalho é composto por 15 paródias que vão desde Bruno Mars até Anitta, por exemplo. É um trabalho totalmente independente. Eu mesmo banquei tudo. Agora só falta remasterizar duas músicas e creio que até quarta-feira já esteja com esse trabalho em mãos. O lançamento

dele certamente será durante a minha passagem por Salvador no Carnaval. Estou muito feliz com o resultado. EM TEMPO - Como tem sido a experiência de fazer parte do “Domingão do Faustão”, da Globo? T – Tem sido uma loucura muito gostosa. Acabamos de renovar por mais 1 ano o contrato para fazer o “Saco de Risada” uma vez por mês, eu e o Papudinho. Estamos com diversas ideias bacanas dentre elas uma viagem de Fortaleza até São Paulo de “busão” que será toda gravada e exibida no programa do Faustão. Sem falar da agenda de shows que está lotada graças a visibilidade que a atração nos deu. EM TEMPO - O politicamente correto, de alguma forma, tem prejudica o humor? T – Costumo falar o seguinte: tudo nessa vida tem limites, inclusive o humor! Essa história de dizer que no humor vale tudo não acho certa. Sou adepto do humor sadio, voltado mais para o povão. Tocar em assuntos que envolvem o politicamente correto não é minha praia. Até porque acredito que só existam dois tipos de humor, o bom e o ruim, independentemente de qualquer coisa. E faço a arte que nosso mestre Chico Anysio nos ensinou. EM TEMPO - Como é o seu relacionamento com o Tiririca? T – Tranquilo e maravilhoso. Meu pai é


EM TEMPO - 21 de fevereiro de 2014