Page 1

R$ EXEMPLAR

1,00 1,00 DE ASSINANTE

VENDA PROIBIDA PREÇO DESTA EDIÇÃO

O JORNAL QUE VOCÊ LÊ 4 – PRESIDENTE: OTÁVIO RAMAN NEVES – DIRETOR EXECUTIVO: JOÃO BOSCO ARAÚJO ANO XXVI – N.º 8.341 – QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

NAS S TELAS DE MANAUS

ELIMINADO NA ARENA

Dos 35 mil torcedores presentes na Arena da Amazônia, 95% eram corintianos e viram o Timão derrotar e eliminar o Nacional (AM), por 3 a 0, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil

EM PARTIDA QUE REVERENCIOU AYRTON SENNA, NA ARENA DA AMAZÔNIA, O CORINTHIANS NÃO TOMOU CONHECIMENTO DO NACIONAL E VENCEU PELO PLACAR DE 3 A 0. COM O RESULTADO, O TIMÃO ELIMINOU A PARTIDA DE VOLTA E GARANTIU A VAGA PARA A PRÓXIMA FASE DA COMPETIÇÃO. PÓDIO E3 DIVULGAÇÃO

SENNA 20 ANOS

A Fórmula 1 nunca mais seria a mesma

DIVULGAÇÃO

1º de maio de 1994 sempre será lembrado pelo acidente no GP de San Marino, em Ímola, que tirou a vida do piloto brasileiro e campeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna. Pódio E4 e E5

Os professores saíram das praças do Congresso e da Polícia e seguiram para o Paço da Liberdade

TAREFA PARA AS RUAS Cerca de 5 mil professores das redes municipal e estadual foram às ruas, ontem, para reivindicar reajuste de 15% de salário para os professores da rede estadual (Seduc) e de 20% para os professores do município (Semed). Dia a dia C4

Dilma anuncia aumento no Bolsa Família

Amazonense paga R$ 200 mi em Imposto

Última Hora A2

Economia B3

Aeroporto está cheio de falhas Dia a dia C3

Diego Costa é festejado após marcar o pênalti da virada

FALE COM A GENTE - ANÚNCIOS CLASSITEMPO, ASSINATURA, ATENDIMENTO AO LEITOR E ASSINANTES: 92 3211-3700 ESTA EDIÇÃO CONTÉM - ÚLTIMA HORA, OPINIÃO, POLÍTICA, DIA A DIA, ECONOMIA, PAÍS, MUNDO, PLATEIA E PÓDIO.

GUERRA DE MADRI

Atlético vira sobre Chelsea e pega Real Atlético de Madri derrotou o Chelsea de virada por 3 a 1, nesta quarta-feira em Stamford Bridge, na partida de volta das semifinais da Liga dos Campeões, e decidirá o título em clássico da capital espanhola com o Real Madrid. Pódio E7 TEMPO EM MANAUS

MÁX.: 31

MÍN.:

24

DIEGO JANATÃ

O Espetacular Homem-Aranha 2 estreia nesta quinta-feira (1º) no Brasil. Como sempre, Peter Parker precisa enfrentar uma gangue de vilões. Entre eles Electro, vivido pelo incrível Jamie Foxx. Plateia D4


A2

Última Hora

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Baixo Amazonas recebe alerta máximo de cheia Envira, Humaitá, Lábrea, Pauini, Apuí, Canutama, Manicoré, Novo Aripuanã, Borba, Novo Olinda do Norte, Tapauá, Itamarati e Autazes. Dos municípios em emergência, apenas Humaitá está em estado de calamidade pública. O Governo do Estado, por meio do Subcomando de Ações de Proteção e Defesa Civil

NÍVEL

A Bacia do Madeira atingiu o nível histórico, com cota de 25,68 metros, com transbordamento nos municípios de Manicoré, Novo Aripuanã, Borba, Nova Olinda do Norte e Humaitá (Subcomadec), já enviou 386 toneladas de alimentos e continua fazendo os atendimentos aos municípios afetados pela cheia, enviando kits de ajuda humanitária, constituídos de materiais de higiene, limpeza, medicamentos, colchões, além de oferecer serviço aeromédico, barracas de campanha e gás de cozinha. O município de Humaitá foi

o primeiro a receber o programa Amazonas Solidário, que visa beneficiar famílias que estão sofrendo com a cheia, e receberam cheques no valor de R$ 300. Centenas de famílias foram cadastradas pela Defesa Civil do município. Foram emitidos 3.955 cheques nominais, que impossibilitam qualquer tipo de fraude. Somente recebem o benefício as famílias que comprovadamente estão sofrendo com os danos causados pela enchente de 2014. Manicoré foi o segundo município a receber o beneficio do programa Amazonas Solidário, no dia 26 de abril, beneficiando 1.322 famílias. Os municípios de Boca da Acre, Maraã, Apuí, Borba, Envira, Manicoré, Novo Aripuanã, Canutama e Humaitá receberam apoio financeiro, por meio de convênios junto à Defesa Civil do Estado, no valor total de R$ 3.255,885 para ações de prevenções, socorro e assistência por conta da emergência. Também está disponível para o município de Humaitá uma estação de tratamento de água móvel, produto cedido pelo Exército que recebeu o equipamento de consignação pela empresa H2Life e está atendendo a população.

PRESIDENTE NA TV DIVULGAÇÃO

AMAZONAS ENERGIA

Funcionários da Eletrobras serão acompanhados dentro das aldeias por um policial rodoviário

Trabalhos em aldeias retornam A Eletrobras Amazonas Energia, juntamente com a Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e representantes das etnias Tenharim e Jiahui, assinou um Acordo de Cooperação para desenvolver, com segurança, as atividades relativas ao serviço de energia elétrica nas aldeias localizadas na BR-230 (Transamazôniaca). O objetivo do acordo é propiciar um melhor atendimento nas manutenções da rede de distribuição de energia elétrica, além da entrega das faturas e da realização de leitura nas unidades consumidoras, localizadas nas aldeias Tenharim e Jiahaui. No último mês de março, os indígenas haviam solicitado que os serviços de manutenção da rede elétrica e a entrega da conta de luz fossem retomados, já que os mesmos haviam sido suspensos em virtude dos últimos conflitos naquela região. A solicitação foi protocolada

na agência da Eletrobras Amazonas Energia do Distrito de Santo Antônio de Matupi, no município de Manicoré - a 330 quilômetros de Manaus. Em abril, os colaboradores da distribuidora de energia, acompanhados por dois repre-

SUSPENSÃO

Os trabalhos de manutenção da rede elétrica e a entrega de contas de luz estavam suspensos desde o final de dezembro. Os mesmos foram retomados após a assinatura do Acordo de Cooperação sentantes indígenas indicados pelos caciques das tribos e também por funcionários da Funai, iniciaram a realização da leitura de medição das residências localizadas nas aldeias e executaram os serviços de manutenção

Moradores das áreas de risco de Parintins serão orientados a buscar locais mais seguros

na rede elétrica. Os trabalhadores também serão monitorados pela PRF. De acordo com o documento assinado pelos órgãos envolvidos, o objetivo da cooperação é garantir a integridade física dos funcionários no desempenho de suas atividades. Garantias A Funai também assumiu o compromisso de dar o suporte logístico aos trabalhadores, além de acompanhar e garantir a realização de todas as atividades junto às unidades consumidoras existentes nas aldeias. Ainda segundo o Acordo de Cooperação, em caso de impedimentos de realização dos trabalhos nas aldeias, a Eletrobras Amazonas Energia fica desobrigada de cumprir o que fora estabelecido no documento. Na última semana, os colaboradores da concessionária de energia iniciaram a retomada dos serviços na localidade.

LOTERIAS

Dilma anuncia aumento de 10% do Bolsa Família A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira (30), em pronunciamento na TV pela comemoração do Dia do Trabalhador, um reajuste de 10% nos benefícios do Bolsa Família. Dilma também afirmou que seu governo não vai “transigir” com casos de corrupção e saiu em defesa da Petrobras. “Não transigirei, de nenhuma maneira, em combater qualquer tipo de malfeito ou atos de corrupção, sejam eles cometidos por quem quer que seja. Mas igualmente não vou ouvir calada a campanha negativa dos que, para tirar proveito político não hesitam em ferir a imagem dessa empresa que o trabalhador brasileiro construiu com tanta luta, suor e lágrimas”, disse. E continuou: “O que tiver de ser apurado deve e vai ser apurado com o máximo rigor, mas não podemos permitir, como brasileiros que amam e defendem seu país, que se utilize de problemas, mesmo que graves, para tentar

MEGA-SENA Concurso nº 1595 (30/04/2014) 02

destruir a imagem da nossa maior empresa.” “Assinei também um decreto que atualiza em 10% os valores do Bolsa Família recebidos por 36 milhões de brasileiros beneficiários do Programa Brasil sem Miséria”, declarou Dilma, programa que, segundo ela, vai garantir que esses cidadãos continuem acima da linha da extrema pobreza, definida pela Organização das Nações Unidas. O programa garante às famílias renda mínima de R$ 70 por pessoa. No início deste ano, o valor médio do pagamento aos beneficiários do Bolsa Família era R$ 150,60. O discurso foi recheado de respostas a críticas que seu governo vem sofrendo. E, para rebater, a presidente anunciou medidas como correção da tabela do IR e compromisso de dar continuidade à política de reajuste real ao salário mínimo. Ela falou ainda que a inflação estará sob controle e disse que os aumentos são “localizados” e “temporários”.

05

08 42

46

59

TIMEMANIA Concurso n. 569 (29/04/2014) 01 13 47 52

64 66 74

Time do coração AMÉRICA/RJ

LOTOFÁCIL Concurso n. 1049 (30/04/2014) 02

04

05

09

12

14

16

17

18

19

20

21

22

23

25

QUINA Concurso n. 3477 (30/04/2014) 19

51

56

60

70

LOTOMANIA Concurso n. 1447 (30/04/2014)

DIVULGAÇÃO

F

altando apenas 0,55 cm para atingir a cota histórica que foi registrada em 17 de junho de 2009, o município de Parintins, no Baixo Amazonas, recebeu na manhã de ontem, o alerta máximo para emergência, que foi emitido pela Chefia de Monitoramento da Defesa Civil do Estado. O Departamento de resposta ao Desastre pretende iniciar os trabalhos paralelamente às ações de resposta ao desastre, que devem ser iniciadas o quanto antes pelo município de Parintins, que tem o dever de apresentar a primeira resposta à população. Uma das primeiras ações da Coordenadoria Regional de Proteção e Defesa Civil do Baixo Amazonas é orientar a população que mora em área de risco para buscar um local seguro: casas de amigos, casa de parentes, abrigos e se resguardar de possíveis perdas, tanto material quanto humana. Essa anormalidade tem como principal fator a cheia histórica enfrentada pelo rio Madeira, com influência direta no Baixo Amazonas. Em todo o Estado, 16 municípios estão em situação de emergência: Guajará, Ipixuna, Boca do Acre,

REPRODUÇÃO/PANORAMIO

Cheia histórica do rio Madeira influi diretamente no nível das águas do Baixo Amazonas, afetando os municípios da região

01

08

13

14

18

28

30

33

42

53

55

57

61

64

80

84

86

94

99

00

DUPLA DUPLA-SENA Concurso n. 1276 (29/04/2014) Primeiro sorteio

14

17

27

32

42

45

36

43

45

Segundo sorteio 17

29

35

FEDERAL Extração nº 04862 (30/04/2014) Prêmio 1º

No pronunciamento, Dilma também defendeu a Petrobras

Bilhete

Valor (R$)

39.573

250.000,00

2º 95.062

16.300,00

3º 29.193

16.000,00

4º 61.472

15.800,00

5º 92.589

15.223,00

FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Opinião

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Contexto 3090-1017/8115-1149

marioadolfo@emtempo.com.br

contexto@emtempo.com.br

A3

Editorial opiniao@emtempo.com.br

Policial não é jagunço Na manhã da quarta-feira 16, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou a ilegalidade da greve da Polícia Militar (PM). Na concepção do Supremo Tribunal Federal (STF), os militares e equiparados são proibidos de fazer greve. As mesmas interpretações poderiam ter atingido o ensaio grevista dos policiais militares do Amazonas, se um esforço conciliatório não fosse desenvolvido na madrugada de segunda-feira 28, com a Prefeitura de Manaus e o governo do Estado empenhados num exitoso “sossega leão”. Ontem, a presidente Dilma Rousseff, na Bahia, criticou a realização de greves por forças policiais e as classificou como “inadmissíveis” e conclamou a sociedade a “repudiar este tipo de atitude”. Houve paralisações na Bahia, Rio Grande do Norte e Amazonas. Em todos esses Estados, a situação poderia ter sido evitada. O que aconteceu foi um desencontro injustificável entre a inteligência dos governos estaduais e as tropas descontentes. Houve arrogância, sustentada na inconstitucionalidade do movimento paredista. No Amazonas, o comando garantiu que não haveria paralisação. Claro, a sociedade civil, que já exige mais segurança, sofreu mais esse abalo. A própria Dilma reconheceu a fragilidade da segurança, quando afirmou, lá na Bahia, “o Brasil inteiro tem este problema. Você me aponta o Estado que resolveu...”. A questão, vista não apenas pelo aspecto legal da “indisciplina” das tropas é que os governantes estaduais e federal consideram as polícias civil e militar como forças paramilitares dos seus governos e não como aparelhos do Estado. Sempre se beneficiando do erro ou da estratégia de confundir o público com o privado. Polícia não é tropa de jagunço. Nem existe para servir a governos. A interpretação precisa ser alterada. Para o bem de todos e a felicidade geral da nação.

A escolha de Rebecca A deputada federal Rebecca Garcia (PP-AM) continua firme no propósito de sua candidatura ao governo do Estado. Mas mesmo sabendo que, em nível nacional, seu partido está fechado com a presidente Dilma Rousseff (PT), a pré-candidata afirma que o cenário desenha uma aliança com os tucanos, de forma a viabilizar o palanque do presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG) no Estado. Inclusive, as conversas com o PSDB – que no Amazonas é comandado pelo prefeito Arthur Neto –, estão se afunilando cada vez mais. — O PP é parceiro do PT na administração, isso não significa dizer que sejam parceiros eleitoralmente – avisa, desde já. Bala de prata Da pré-candidata à VicePresidência da República pelo PSB, Marina Silva: — É inquestionável que Lula é a bala de prata do Partido dos Trabalhadores (PT), afirmou Marina Silva (Rede), pré-candidata à Vice-Presidência da República pelo PSB. A ex-senadora avalia que, mesmo que Lula se apresente no lugar de Dilma, isso não garante a vitória do PT. — Vai demonstrar que o governo vive um momento de incerteza política. Volta, Lula Há alguns meses começou a se especular uma eventual candidatura de Lula, que em várias pesquisas surge como a figura mais popular, ainda que ele negue o interesse em ser candidato presidencial novamente. Casa cheia Está explicado por que tudo que é time do Brasileirão quer jogar na Arena da Amazônia. Enquanto lá no sul maravilha cada vez mais os estádios ficam vazios, em Manaus é garantia de casa cheia. Bombou Até ontem à tarde, 35 mil ingressos já haviam sido vendidos.

A capacidade total da Arena Vivaldo Lima é de 44 mil. Até tu, flanelinha! Depois da paralisação de praças da PM, que teve final feliz, todo mundo agora resolveu colocar seu bloco na rua. Ontem, quem protestou em frente à Câmara Municipal foram os flanelinhas, que se consideram “tremendamente injustiçados”. Pressão A pressão dos “guardadores” de carro – que de flanelinhas não têm nada –, é contra o projeto de emenda 131/2014, do vereador Ednailson Rozenha (PSDB), que altera a lei 094/2003, que regulamenta a atividade em qualquer logradouro público da cidade. Boa! Em resumo, a proposta de Rozenha proíbe a atuação dos guardadores de carros, os “flanelinhas”, em locais públicos, ficando a atividade restrita apenas a áreas privadas e expressamente autorizadas pelos proprietários. Faz sentido O projeto de Rozenha tem a simpatia da sociedade. Quem tem carro sabe o que é enfrentar, diariamente, a ditadura dos flaneli-

APLAUSOS

elvis@emtempo.com.br

nhas. Donos da rua, eles demarcam espaço para quem paga, aumentam o valor da “taxa” nos dias de shows e eventos e riscam o carro de quem não paga. Dos males, o pior Alguns deles – acredite –, furtam acessórios como calota e retrovisor, para vender a donos de carros que já tiveram os seus roubados.

Flávio Lauria opiniao@emtempo.com.br

Trabalho escravo No dia 1º de maio, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, do Ministério do Trabalho, investiga a primeira denúncia de trabalho escravo envolvendo imigrantes haitianos. Pelo Acre A denúncias envolvem levas de haitianos que entram no Brasil de forma ilegal e são despachados do Acre para São Paulo em ônibus fretados pelo governador Tião Viana (PT). Haitiano legal Pelo menos 900 haitianos entram sem visto no território brasileiro por mês, segundo José Eduardo Cardozo. Agora o governo brasileiro quer regulariza a situação. Por isso vai ampliar o estímulo para a retirada do visto nas embaixadas brasileiras.

VAIAS

Apaixonados por futebol

ELVIS

São Paulo X Acre

DIEGO JANATÃ

DIVULGAÇÃO

À torcida de Manaus, que lotou a Arena da Amazônia, no jogo Nacional e Corinthians. Prova mais uma vez que é apaixonada por futebol e tudo que precisa é que os clubes da cidade se profissionalizem, oferecendo partidas dignas do nosso estádio.

Para a troca de acusações entre os governos do Acre e São Paulo, expondo publicamente o flagelo humano dos refugiados haitianos, um povo sofrido que não deixou se país porque quis, mas sim pelo estado de miséria absoluta em que mergulhou depois do terremoto.

Categorias privilegiadas Comemoramos hoje o Dia do Trabalho, nascido quando milhares de trabalhadores em Chicago, foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. A partir daí, vários países começaram a adotar a jornada das oito horas diárias. Dos 365 dias do ano, há 90 dias “improdutivos”: 52 repousos remunerados; 26 dias de férias (30 dias menos quatro domingos); e 12 feriados oficiais. Restam, portanto, 275 dias para trabalhar, isto para os pobre mortais que precisam trabalhar 44 horas por semana, durante 35 longos e exaustivos anos, com o que poderão garantir sua aposentadoria, descontando-se daí os períodos de inatividade por conta de eventuais desempregos. Para garantirem os trinta dias de férias que lhes são de direito, os trabalhadores precisam enfrentar a sua labuta por doze meses seguidos. É uma longa caminhada durante a qual as suas faltas ao trabalho precisam ser minuciosamente esclarecidas por atestados, sob pena de sofrerem os rigores da lei. Isso se dá porque ainda somos um país pobre, com excesso de oferta de trabalhadores em todos os níveis profissionais, e que patina em pífios níveis de crescimento há anos. Sustentamos uma insuperável desigualdade social que, por não receber o tratamento que merece, mostra-nos que os pobres estão cada vez mais pobres enquanto os ricos continuam cada vez mais ricos. No entanto, há categorias profissionais que, a despeito

de já possuírem e gozarem de tantas benesses garantidas por leis específicas, demonstram não estar ainda satisfeitas. É o caso de suas excelências os senhores vereadores, deputados e senadores, e afirmo, nada contra a classe política, mas há muitos excessos. Diferentemente dos mortais comuns, os senhores políticos, donos de um mandato, têm direito a 60 dias de férias por ano. E tem mais, com todas as vantagens como se trabalhando estivessem. A prática da corrupção, desvio de verbas, vencimentos nababescos para quem não trabalha, semana de trabalho reduzida a apenas três dias de atividades, pagamento de aluguel para proprietários de casas principescas, em outros tempos, levava ao repúdio da sociedade e à prisão; hoje, é prática usual e, ainda que condenada, pouco se faz para extirpá-la. Pois bem, em uma conta rápida, um desses privilegiados, com direito a férias e que tenha completado 5 anos de trabalho, que tenha adotado uma criança e tiver o infortúnio de perder um primo por exemplo, passará 278 (duzentos e setenta e oito) dias fora do batente, restando-lhe apenas 87 dos 365 dias do ano. Isso caso não tenha problemas de saúde em membros de sua família o que poderá afastá-lo por 6 meses prorrogáveis por mais 6, ou seja, um ano! Considerando que não trabalham aos sábados, domingos e feriados.Esses privilegiados, continuarão, e talvez consigam um dia trabalhar somente no primeiro de maio, deixando os outros 364 dias como folga. Aos trabalhadores, feliz Dia do Trabalho.

Flávio Lauria Professor universitário e consultor de empresas

Há categorias profissionais que, a despeito de já possuírem e gozarem de tantas benesses garantidas por leis específicas, demonstram não estar ainda satisfeitas. É o caso de suas excelências os senhores vereadores, deputados e senadores, e afirmo, nada contra a classe política, mas há muitos excessos”


A4

Opinião

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Frase

Painel VERA MAGALHÃES

Cabo de guerra

Você, Kurt Cobain, aceita Courtney Michelle Love como sua leal e esfarrapada esposa, mesmo sabendo que ela é uma puta com espinhas que suga todo o seu dinheiro para se drogar e vadiar?

A dúvida sobre a instalação de uma CPI mista ou exclusiva no Senado para investigar a Petrobras deu início a nova queda de braço entre Renan Calheiros (PMDB-AL) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). O presidente da Câmara foi à residência oficial do comandante do Senado na manhã de ontem para dizer que deputados exigem participar da apuração. Aliados de Renan reagiram com ironia, ao lembrar que a Câmara tem cinco comissões de inquérito em funcionamento. Coexistência A princípio, a CPI mista e a do Senado devem funcionar simultaneamente. Senadores lembram que em 2007 coexistiram comissões das duas Casas para investigar o caos aéreo. Roteiro A oposição tem certeza de que o governo vai criar dificuldades para a instalação da CPMI, mas aposta que haverá pressão da opinião pública e os aliados de Dilma terão de capitular. Mercado... Na audiência de Graça Foster na Câmara, Fernando Francischini (SDDPR) disse que Paulinho da Força (SDD-SP) tinha R$ 298 mil em ações da Petrobras em 2008 e que, hoje, elas valem menos de R$ 60 mil. ... futuro? Em nenhuma das últimas três declarações eleitorais de bens de Paulinho há registro de posse de ações do mercado financeiro. Nossos votos Do líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), sobre a declaração de Dilma de que será candidata com ou

sem o apoio da base: “Que tenha sucesso”. Diploma O governo federal abrirá vagas no Pronatec para haitianos que estiverem interessados em trabalhar em diversas cidades do país. O Planalto acredita que a formação técnica pode evitar que os imigrantes sejam explorados em subempregos. Mutirão A Prefeitura de São Paulo encaminhou 700 kg de alimentos para o abrigo dos haitianos que chegaram à capital, vindos do Acre. A administração também recebeu 130 ofertas de empregos. Impasse O secretário municipal Chico Macena (Governo) se reúne na segundafeira com o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) para discutir o destino dos imigrantes haitianos. Batendo... O grupo de economistas que debateu ontem o programa econômico do PSB colocou em discussão a experiência de outros países que formalizaram a autono-

Kurt Cobain, músico líder do Nirvana, morto há 20 anos (a teoria aceita é a de suicídio com um tiro), deixou este depoimento escrito, encontrado em sua carteira e mantido até agora em segredo pela polícia de Seattle (EUA), para “não alimentar outras interpretações”.

mia de seus Bancos Centrais, tema que opõe Eduardo Campos a Marina Silva. ... de frente Também levantaram questões práticas, como critérios para a escolha do presidente da instituição. Houve, divergência sobre a pertinência de incorporar o tema ao plano de governo.

Olho da Rua opiniao@emtempo.com.br

Escolinha Diante do local da reunião, que lembrava uma sala de aula, um dos acadêmicos brincou: “Fazia bastante tempo que muitos de nós não nos sentávamos deste lado da classe”.

IONE MORENO

Flerte Apesar da intenção de parte da Rede e do PSB de contar com Luiz Pinguelli Rosa no programa, o acadêmico registra que ainda não foi procurado pela dupla. Quem te viu O governo Geraldo Alckmin, destaque da última propaganda do PSB paulista, não deve aparecer nas peças que vão ao ar na segunda-feira. Estrelados pelo deputado Márcio França, os filmes devem promover críticas à política atual.

Tiroteio

O mau exemplo dos motoristas de Manaus faz (auto)escola do outro lado da ponte Rio Negro. Na Manoel Urbano, que leva a Manacapuru, mas oferece opção, no meio do caminho, de seguir (à esquerda) para Iranduba, e mais adiante (à direita), para Novo Airão, nove cidadãos viajam como rebanho nessa carroceria, com evidente risco de morte

Carlos Chagas opiniao@emtempo.com.br

Não sei se Alckmin escalou a tropa de choque ou sua tropa do cheque. Mas, se escolheu gente de peso, é porque quer afundar a CPI. DO DEPUTADO ESTADUAL MAJOR OLÍMPIO (PDT-SP), sobre a presença de três ex-secretários de Geraldo Alckmin na CPI dos Pedágios na Assembleia.

Contraponto

Vai indo que eu não vou Em evento ontem, Eduardo Paes (PMDB) defendia as vantagens da demolição da Perimetral, no centro do Rio. – Ainda está uma situação meio caótica ali, o que tem aumentado enormemente minha popularidade em razão dos engarrafamentos – brincou. Ele contou que, na véspera, ele e o governador Luiz Pezão tinham ficado uma hora presos no trânsito. – Aí o Pezão disse: ‘Vamos sair e andar?’. Eu falei: ‘Ô, Pezão, eu vou ser linchado se eu sair e andar aqui. Não te aconselho. Você vai disputar eleição, tem que ficar popular. É melhor não andar do meu lado no engarrafamento. Publicado simultaneamente com o jornal “Folha de S.Paulo”

CENTRAL DE RELACIONAMENTO Atendimento ao leitor e assinante ASSINATURA e CLASSIFICADOS

3211-3700 assinatura@emtempo.com.br classificados@emtempo.com.br

REDAÇÃO

3090-1010 redacao@emtempo.com.br

3090-1001 circulacao@emtempo.com.br

Norte Editora Ltda. (Fundada em 6/9/87) – CNPJ: 14.228.589/0001-94 End.: Rua Dr. Dalmir Câmara, 623 – São Jorge – CEP: 69.033-070 - Manaus/AM

www.emtempo.com.br

@emtempo_online

Diretor de Redação Mário Adolfo marioadolfo@emtempo.com.br Editora-Executiva Tricia Cabral — MTB 063 tricia@emtempo.com.br Chefe de Reportagem Michele Gouvêa — MTB 626 michelegouvea@emtempo.com.br Diretor Administrativo Leandro Nunes administracao@emtempo.com.br

CIRCULAÇÃO

DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Presidente: Otávio Raman Neves Diretor-Executivo: João Bosco Araújo

Gerente Comercial Gibson Araújo comercial@emtempo.com.br EM Tempo Online Yndira Assayag — MTB 041 yndiraassayag@emtempo.com.br

/amazonasemtempo

/tvemtempo /

Os artigos assinados nesta página são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

A dívida e a promissória Vinte e dois anos depois, vem a última e definitiva decisão do Supremo Tribunal Federal, no julgamento de Fernando Collor: absolvição plena. O ex-presidente discursou esta semana no Senado, cobrando a humilhação e o prejuízo a que foi submetido. Indagou quem lhe devolverá o mandato. A Câmara, que o afastou temporariamente? O Senado, que o condenou? Só que tem um detalhe: foi ele mesmo que renunciou, imaginando livrar-se do processo que os senadores entenderam devesse continuar. O atual senador por Alagoas manterá, no fundo da alma, o propósito de retornar ao palácio do Planalto, mas agora só através de nova eleição. Não dá para descontar a promissória, apesar da dívida vencida. Tantos anos depois, a gente fica lembrando os motivos que levaram o Congresso a promover o impeachment afinal frustrado pela renúncia. Inexperiência do jovem presidente? Arrogância? Ligações perigosas com o PC Farias? A verdade é que faltou diálogo entre Collor e a maioria dos parlamentares. Assim como faltaram ministros de primeiro nível para aconselhá-lo. Só quando não adiantava mais foi composto um ministério de excepcional densidade. Se o ex-presidente vai arriscar uma segunda candidatura, no futuro, nem ele saberá. Os tempos são outros. Perder a Presidência da República, no Brasil, tem sido uma constante para muitos de seus ocupantes. Deodoro da Fonseca foi o primeiro, ao renunciar. Afonso Pena e mais tarde Costa e Silva morreram no exercício do mandato. Washington Luiz, deposto, Julio Prestes, impedido de assumir. Getúlio Vargas, deposto uma vez, matando-se na outra. Carlos Luz e Café Filho, depostos. Jânio Quadros, outra renúncia. João Goulart, outra deposição. Tancredo Neves, doente horas antes de tomar

posse. Finalmente Fernando Collor, mais uma renúncia. Tomara que tantos dramas, tragédias e farsas nunca mais se repitam, registrando-se não haver no planeta uma só república que não tenha enfrentado percalços semelhantes, mesmo em situações variadas. Nos Estados Unidos, quatro presidentes foram assassinados. Na América Latina, muitos mais, nem se falando da África, Ásia e mesmo da Europa. Vale, por hoje, tirar uma lição: o poder é imperscrutável especialmente por quem o exerce. Perda de tempo – Torna-se necessário que Aécio amplie o leque. Na década de sessenta , no século passado, Jânio Quadros conseguiu empalmar a opinião pública e a presidência da República com um samba de quase uma nota só, prometendo botar os ladrões na cadeia. A classe média dominava o eleitorado. Hoje, os tempos são outros. Ampliou-se o espaço do proletariado, que se rejeita a corrupção, preocupa-se muito mais com sua própria sorte. O que pensa o ex-governador de Minas fazer diante da carência de habitações? Em matéria de transportes coletivos, qual sua solução para enfrentar a multiplicação desvairada de carros de passeio? A infraestrutura rodoviária, mesmo se funcionasse, não deveria ser compensada por profundos investimentos em ferrovias? Dizem os tucanos otimistas estar em elaboração amplo programa de metas que Aécio anunciará quando da convenção do PSDB que sagrará seu nome. Quer dizer, em julho. No mínimo, o candidato perde tempo, ou melhor, utiliza apenas parte de seu tempo. Fustigar a corrupção é imprescindível, mas há outro universo a explorar. Precisamente aquele que produz mais votos. Talvez pelo vazio até agora registrado é que as pesquisas não revelem mudanças.

Carlos Chagas Articulista da agência “Alô Comunicação”

Nos Estados Unidos, quatro presidentes foram assassinados. Na América Latina, muitos mais, nem se falando da África, Ásia e mesmo da Europa. Vale, por hoje, tirar uma lição: o poder é imperscrutável especialmente por quem o exerce”


Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

A5

PMDB engrossa oposição ao Executivo, na Aleam Outrora aliado, partido comandado pelo senador Eduardo Braga, já age como fiscalizador do governo de José Melo

DANILO MELLO/ALEAM

RAPHAEL LOBATO Equipe EM TEMPO

C

apitaneada pelo deputado estadual Marcos Rotta e líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), a bancada peemedebista na casa se rebelou ontem contra a recém administração do governador José Melo (Pros) e engrossou o coro da oposição no Legislativo estadual. Desde que Melo assumiu, há menos de um mês, a base governista vive num clima de instabilidade. Preocupado, o presidente do Poder Legislativo, Josué Neto (PSD), defendeu um “reordenamento” das bases aliadas e disse que esse será o tema de uma reunião préprogramada para a segunda semana de maio. O direcionamento do senador e adversário de José Melo na disputa pelo governo, Eduardo Braga – presidente regional do PMDB - é de que a maior bancada da Assembleia se posicione de forma “independente”. No entanto, ontem os parlamentares mostraram que prometem dar trabalho à gestão de Melo. Marcos Rotta usou a tribuna da casa para fazer críticas ao titular da pasta de Educação (Seduc), Rossielli Soares da Silva, e disse que “o governo está empurrando o PMDB para a oposição”. O líder denunciou que alunos de uma escola da rede estadual no município de Autazes estão sem aulas por conta de falhas no sistema de refrigeração e disse que Rossielli não atendeu às suas ligações e nem se interessou em dar explicações sobre a questão. Quem também se rebelou foi a deputada Vera Lúcia Castelo Branco (PTB), que ameaçou denunciar licitações do governo à Polícia Federal. O PTB já está aliançado com Braga. Com dificuldades e em meio a debates calorosos, o Executivo

conseguiu aprovar 11 projetos que estavam na pauta de votação de ontem. O PMDB pediu explicações ao veto do Executivo a dois artigos de um projeto do deputado líder do governo na casa, Sinésio Campos (PT), que cria uma cota para egressos do sistema carcerário no quadro de operários de obras promovidas pela administração pública. O veto foi suspenso com o pedido de vista do deputado Ricardo Nicolau (PSD). Em outra mensagem governamental, mesmo tendo votado com os governistas, Rotta criticou o projeto do Executivo que cria a delegacia especializada no combate ao furto de energia, água, gás e serviços de telecomunicações. Segundo o deputado, “essa é uma

POUCO TEMPO

José Melo está há 27 dias à frente do governo do Estado, desde quando assumiu o cargo, na noite de 4 de abril, após a desincompatibilização do exgovernador Omar Aziz (PSD) do mandato atribuição da Delegacia do Consumidor”. Ele acrescentou que “não basta criar uma nova delegacia, é preciso fiscalizar, o que não é feito”. Com a adesão do PMDB formado por Rotta, Vicente Lopes, Wanderley Dallas e pelo vice-presidente da casa, Belarmino Lins, além do PTB de Vera Lúcia Castelo Branco, a oposição pode se tornar um “blocão” de mais de um terço dos parlamentares. Até final de março, este grupo era formado somente pelos deputados José Ricardo (PT), Luiz Castro (PPS) e pelos pré-candidatos ao governo Marcelo Ramos (PSB) e Chico Preto (PMN).

Líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Estado, deputado Marcos Rotta tem aumentado o tom às críticas ao governo de Melo

Josué Neto quer ‘reordenar’ a base aliada Em meio à instabilidade que alcança até ao líder do governo e da Maioria na Aleam, Sinésio Campos, quem tem assumido a função de defender José Melo, é o único representante do seu partido no Parlamento, o deputado Sidney Leite (Pros). Caso o PT de Sinésio se alie ao PMDB de Braga, Sidney é o mais cotado a assumir a retaguarda

ELISA GARCIA MAIA/ALEAM

Réu em processo que corre na Justiça local, pedido de cassação de deputado é suspenso

do Executivo. Cuidado Alegando que as manifestações do PMDB na sessão de ontem “acenderam um sinal de alerta”, o presidente da Aleam, Josué Neto, disse que é “preciso ter mais cuidado com a defesa dos projetos do governo” na casa. O presidente disse que a maior preocu-

pação é com a bancada peemedebista, mas não negou que PT contribui com a instabilidade. Josué afirmou que na segunda semana de maio, depois de participar de um encontro nacional entre legisladores em Brasília, deverá ser realizada uma reunião na Assembleia para discutir o “reordenamento das bases aliadas”. O par-

lamentar espera que até lá, mais partidos já tenham fechado negociações eleitorais, dando mais clareza ao posicionamento das bancadas. Para controlar as dissidências, José Melo abriu a agenda para os parlamentares e reuniu com bancada em jantar na última segunda-feira, tendo como organizador o aliado Josué Neto.

CCJ suspende pedido de cassação Protocolizado pelo Instituto Amazônico de Cidadania (Iaci) no dia 4 deste mês, o pedido de cassação do mandato do deputado Fausto Souza (PSD) foi ontem suspenso pelos cinco parlamentares que compõem a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa. O parecer conjunto diz ainda que o pedido tem falha constitucional por não ter sido sobrescrito por nenhum parlamentar. A decisão foi assinada pelos deputados David Almeida (PSD), Orlando Cidade (PTN), Belarmino Lins, Sinésio Campos e pelo oposicionista précandidato ao governo, Marcelo Ramos, numa reunião mobilizada às pressas para oficializar o parecer que já havia sido preparado. Um acordo prévio entre os parlamentes definiu que não haveria relator específico para a matéria polêmica, apesar de Sinésio ter sido cogitado. No parecer, a CCRJ diz que o pedido ficará suspenso até que Fausto Souza, réu por favorecimento à prostituição infantil, seja julgado no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM),

onde é citado no processo da Operação Estocolmo. O julgamento, conforme o relator da ação, o desembargador Rafael Romano teria afirmado em março deste ano, deve ser instruído no final deste primeiro semestre. O argumento usado pelos deputados membros da CCJR foi o mesmo usado pela co-

REAÇÃO

O presidente do Iaci, Hamilton Leão, avalia ingressar com um projeto de emenda à Constituição do Estado que permita a instituições e a população solicitar a cassação de parlamentares missão no ano passado na suspensão do pedido de cassação do deputado Ricardo Nicolau (PSD), réu por corrupção no TJAM. O presidente do grupo, David Almeida, disse que o pedido baseado nos novos casos de pedofilia envolvendo Fausto

e divulgados pelo Fantástico poderia ser considerado inconstitucional porque não foi sobrescrito por nenhum parlamentar líder de bancada. Segundo ele, no entanto, a CCRJ preferiu apenas suspender o trâmite em “respeito” ao processo no TJAM e as investigações iniciadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, em curso na Aleam. “A CCJ analisa aspectos legais e constitucionais. O Iaci não tem legitimidade para pedir a cassação. O pedido deveria ser arquivado, mas não fizemos isso”, disse Almeida. Para o vice-presidente da casa, Belarmino Lins, “Isso é uma matéria de competência do Judiciário e da CPI. Ao sobrestar, o pedido fica à espera do parecer desses dois instrumentos responsáveis por analisar o mérito da matéria”. O presidente da Iaci, Hamilton Leão, disse que irá encaminhar uma nota institucional em repúdio à decisão da Assembleia. “Isso é mais um forma que eles encontram de adiar a decisão, uma manobra. A população está cansada disso”.


A6

Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

ANTONIO AUGUSTO/CÂMARA DOS DEPUTADOS

Cláudio Humberto COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

www.claudiohumberto.com.br

Não vai dar tempo de fazer um serviço de boa qualidade” MINISTRO PAULO BERNARDO (COMUNICAÇÕES), e seu vexame da internet sem fio na Copa

PSDB não desistiu de Serra para vice de Aécio O senador Aécio Neves (PSDB-MG) ainda trabalha com a hipótese de ter como seu vice, na disputa pela Presidência, o desafeto político José Serra (SP), que surpreendeu aliados ao comparecer em jantar para o mineiro na casa do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD). Para o tucanato, a aliança garantiria votação expressiva em São Paulo e Minas Gerais, desestabilizando aliança de Eduardo Campos (PSB-PE) e Marina Silva. Sonho meu Aécio deixou claro, em entrevista à Band, que adoraria ter na vice um quadro como José Serra nas eleições contra a presidente Dilma. Na pista Se Serra não aceitar o convite, o PSDB também avalia negociar a vice com o PSD de Gilberto Kassab, em troca de apoio nacional e em SP. DEM quer O DEM, aliado de longas datas do PSDB, reclama o direito à vice e não se conforma com apoio de Kassab, que quase levou a sigla à extinção. Me engana que eu gosto É manobra útil o “Volta, Lula”: ele finge que desestimula, Dilma usa o “vitimismo” para a reeleição e o PT aproveita para abafar escândalos. ‘Dono’ da CNC pode perder poder após 33 anos Reeleito com apoio de 94% dos sindicatos do comércio do Estado do Rio, o presidente da FecomércioRJ, Orlando Diniz, é o nome mais forte para a difícil ta-

refa de remover Antonio de Oliveira Santos da presidência da Confederação Nacional do Comércio (CNC). Santos, o “carrapato”, não quer deixar o cargo ao qual está agarrado há 33 anos. Aos 94 anos, o ambicioso “dono” da CNC quer mais 4 de mandato. Força carioca Orlando Diniz recebeu apoio de 50 dos 53 sindicatos que votaram na Fecomércio-RJ. E foi aclamado para enfrentar Antonio Santos na CNC. Sombrero Dilma disse ao Globo que em 1970 “estava na cadeia” e que, “na hora, até os da tortura torceram pelo Brasil”. Boas lembranças, pelo visto. PIB no peito A indústria de medalhas não sofre crise: serão mais 692 para o Ministério da Defesa distribuir com a Ordem do Mérito Militar a granel. Prenda-me se for capaz O mensaleiro José Genoino tem que se apresentar no presídio da Papuda para cumprir pena imposta pelo STF. Caso contrário, o tribunal vai expedir mandado para que a polícia o recolha na marra. Trabalhador uma ova Enquanto os trabalhadores de bem folgaram nesta quinta (1º), feriado do Dia do Trabalhador, deputados e senadores cataram beco na terça à noite. Ontem, só alguns gatos pingados apareceram no Congresso. Mês do Trabalho Maio deveria ser lembrado como mês do trabalho, não pelo feriado deste dia 1º, mas para “comemorar” o fim do colossal ciclo de

Jornalista

150 dias dando duro apenas para pagar a alta carga tributária brasileira. Explica aí A presidente Dilma assumiu tom político em seus discursos e declarou que “o povo brasileiro não vai retroagir”. Resta saber se foi referência ao declínio nas pesquisas eleitorais ou uma resposta ao “Volta, Lula”. Beleza Delegados da Polícia Civil de Minas escolheram o dia anterior ao feriado, claro, para cruzar os braços, garantindo feriadão mais amplo. Querem saltar de salários de R$ 7.747,50 para R$ 16.022,96. Dinheiro voando A Indonésia está irritada com os sete meses de atraso na entrega de quatro Super Tucanos do lote de oito da Embraer. A multa de US$ 7 milhões compensou, diz o Jakarta Post. Enrolou... A presidente da Petrobras, Graça Foster, passou por tremenda saia justa ontem (30) na Câmara. Os parlamentares perguntaram na bucha: é contra ou a favor da instalação da CPI que investigará a estatal? ...e não falou Foster tirou o corpo fora dizendo que como cidadã não tinha nenhum comentário sobre a necessidade de criação da CPI. Ora, ninguém ali queria ouvir a cidadã, mas a presidente da empresa a ser investigada. Pensando bem... ...deveria ser proibido o feriado de 1º de Maio para os 61 milhões que não trabalham nem querem trabalhar, como apurou pesquisa do IBGE.

PODER SEM PUDOR

O castigo de JK Antes mesmo de ser presidente da República, Juscelino Kubitschek era acusado pelos inimigos de viajar demais. Como governador de Minas, adorava pegar o avião do governo e percorrer o Estado. Certa vez, em 1952, a aeronave fez um pouso de emergência, dando um grande susto nos mineiros. Falha na manutenção. E logo identificaram o técnico responsável pelo parafuso a menos que quase matou JK. Quando todos imaginaram que ele puniria o técnico com uma demissão tão sumária quanto humilhante, JK fez diferente. Publicou no Diário Oficial do Estado um decreto tornando-o integrante permanente de sua comitiva, em todas as viagens. Se o governador morresse num acidente aéreo, o homem iria junto.

Graça Foster (1ª à dir.) foi sabatinada por duas comissões técnicas da Câmara Federal, ontem

‘Compra foi mau negócio, mas potencialmente bom’ Ao ser sabatinada, ontem, pelos deputados, a presidente da Petrobras, Graça Foster, suaviza discurso dado 15 dias antes

N

a abertura de seu novo depoimento no Congresso ontem sobre a compra da refinaria de Pasadena (EUA), a presidente da Petrobras, Graça Foster, suavizou seu discurso anterior ao Senado há 15 dias sobre a aquisição e sustentou que por 2 anos o negócio poderia ser considerado “potencialmente bom”. Em uma explanação que durou pouco mais de 40 minutos e sem citar nomes, Graça Foster negou falhas do Conselho de Administração da estatal na compra e rebateu declarações de Nestor Ceveró, ex-diretor internacional da Petrobras que foi responsável pelo resumo executivo que embasou a decisão da compra da refinaria de Pasadena (EUA) pela estatal, em 2006. Há 15 dias, a presidente da estatal participou de audiência pública no Senado e admitiu que a compra tinha sido um mau negócio. Hoje, ao prestar esclarecimentos nas Comissões de Fiscalização Financeira de Minas e Energia, ela disse que inicialmen-

te a compra da refinaria era um bom negócio. “Existem dois momentos claros (sobre a compra de Pasadena). Naquele momento em 2006 e 2008 o negócio era potencialmente bom. Porque faríamos a renovação do parque de refino (conhecida

AQUISIÇÕES

A presidente da Petrobras, Graça Foster, também anunciou na Câmara que na próxima semana serão iniciadas licitações para a construção das refinarias Premium1 no Maranhão e Premium 2 no Ceará como revamp) para processar o petróleo pesado, maioria do extraído no Brasil. Após 2008, ele é de baixo retorno porque as margens foram reduzidas, porque o mercado caiu e não fizemos o revamp da refinaria. O projeto é outro projeto”, disse. Aos senadores, Foster disse

que Pasadena “não foi um bom negócio”. Isso é inquestionável do ponto de vista contábil. É um projeto de baixa probabilidade de recuperação do resultado”, afirmou. Cobrada pelos deputados sobre a mudança de posição, Graça se justificou: “Analisarmos o passado é muito mais razoável do que analisar o presente”. A presidente da Petrobras também voltou a afirmar que as duas cláusulas omitidas no resumo executivo feito por Cerveró eram importantes e não podiam ser omitidas, rebatendo o depoimento do ex-diretor, que disse que as cláusulas não tinham relevância. “A cláusula put option é comum e de absoluta relevância porque ela precificava a saída do outro (sócio). A Petrobras tinha o direito da decisão, e a Astra tinha o direito de sair do negócio. Algo que parece razoável. A Petrobras não tinha direito à put option porque a Astra não tinha direito de fazer imposições. Tão simples quanto isso”, afirmou.

PMDB vai presidir CPI no Senado O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), afirmou ontem que o seu partido vai presidir a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que vai investigar as denúncias de irregularidades na Petrobras. Mas o líder do PMDB não divulgou ainda o nome do senador que vai presidir os trabalhos da CPI. Com essa escolha, a relatoria coube ao PT. O líder do partido, senador Humberto Costa (PE), disse que “a

maior probabilidade” é que o relator seja o senador José Pimentel (PT-CE). O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), solicitou aos partidos a relação dos nomes que vão compor a CPI da Petrobras, que devem ser indicados até a próxima terça-feira. Decisão do STF A intimação do Supremo Tribunal Federal comunicando a decisão em liminar da ministra Rosa Weber — a

decisão foi tomada na sexta-feira passada — chegou ontem ao Senado, conforme anunciado pelo vice-presidente da casa, Jorge Viana (PT-AC) durante a sessão extraordinária realizada ontem pela manhã. Na última terça-feira, Calheiros informou que vai recorrer da determinação por um dever funcional da Presidência, porque é preciso pacificar um entendimento do pleno do STF sobre essa matéria.


Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

A7

Barbosa determina que Genoino retorne à Papuda Há cinco meses, o ex-deputado petista cumpria pena domiciliar em Brasília. Laudo médico afirma que doença não é grave

GERVÁSIO BAPTISTA/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa (no centro) determinou que José Genoino se apresente em 24h ao Complexo Penintenciário da Papuda, em Brasília

O

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, determinou ontem que o ex-deputado federal José Genoino (PT) volte para o presídio da Papuda, no Distrito Federal. As informações são da Agência Brasil. Genoino cumpre prisão domiciliar temporária desde novembro do ano passado. Nesta semana, um novo laudo do Hospital Universitário de Brasilia (HUB) concluiu que o estado de saúde do

ex-parlamentar não é grave. Ele foi condenado a 4 anos e oito meses de prisão em regime semiaberto no processo do mensalão. De acordo com decisão de Barbosa, Genoino deverá se apresentar no presídio no prazo de 24h, sob pena de expedição de mandado de prisão. Segundo o presidente do STF, o ex-deputado deve voltar a cumprir a pena no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), pois dois laudos, feitos pela junta médica, con-

ESCLARECIMENTOS

Assembleia deve convocar desembargador Ari Moutinho O deputado estadual Marcelo Ramos (PSB) propôs, ontem, um debate entre os parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para saber qual a real situação financeira do órgão. Na opinião do parlamentar, a sociedade como um todo precisa saber se o TJAM vive ou não uma crise orçamentária. Segundo Ramos, o Tribunal de Justiça é uma instituição séria, portanto, faz-se necessário que sejam preservados os valores republicanos do Estado do Amazonas e do país. “O órgão não pode ser objeto de desconfiança da sociedade e do povo do Amazonas, já que o TJAM é a última ‘guarita’ na defesa dos direitos do cidadão”, assegurou. Ele destacou que no ano passado o presidente do TJAM, desembargador Ari Moutinho, pediu reforço de recursos da Assembleia para dar posse a novos juízes. Numa atitude republicana, Ramos disse que o pedido foi acatado. Ao entrar de férias foi substituído pelo desembargador Rafael Roma-

no, que ao assumir o posto toma a decisão de suspender todos os pagamentos, pede uma auditoria nas contas do tribunal e diz que a instituição vive uma crise gravíssima do ponto de vista orçamentário. Ramos destacou que ao voltar de férias, Moutinho anula a portaria, taxando-a de demagógica, e toma a decisão de aumentar o número de vagas de desembargadores, o que aumenta absurdamente os gastos do tribunal. Diante desse impasse, o parlamentar defende que o órgão tem o dever de abrir suas contas para que a população possa saber qual é a verdade. “Não tem cabimento a decisão do desembargador Rafael Romano em suspender pagamentos, promover demissão de temporários e solicitar auditoria se por outro lado o presidente Ari Moutinho resolve aumentar o número de desembargadores”, disse Marcelo Ramos. O deputado estadual Luiz castro (PPS), em aparte, disse que está solicitando a realização de um debate com o órgão na Assembleia para esclarecer essa situação.

cluíram que o “quadro clínico do condenado não apresenta a gravidade alegada”. Na decisão, Barbosa também destacou que o ex-deputado poderá ser acompanhado pelos médicos de sua escolha e terá garantia de atendimento médico, se precisar. Na defesa apesentada ao Supremo, o advogado do exparlamentar, Luiz Fernando Pacheco, defendeu que ele cumpra prisão domiciliar definitiva. De acordo com o advogado, Genoino é portador de cardiopatia grave e

não tem condições de cumprir a pena em um presídio, por ser “paciente idoso, vítima de dissecção da aorta”. Segundo Pacheco, o sistema penitenciário não tem condições de oferecer tratamento médico adequado ao ex-parlamentar. Enviado na quarta-feira ao STF, o novo laudo médico concluiu que o estado de saúde do ex-deputado continua estável, assim como no primeiro laudo pericial, feito em novembro do ano passado. “Constata-se mais

uma vez, em reforço à impressão emitida na avaliação anteriormente conduzida, a persistência de condições clínicas caracterizadas como não graves e o definido sucesso corretivo curativo da condição cirúrgica do paciente”, afirmaram os cardiologistas. Segundo os médicos, o quadro de saúde de Genoino não justifica tratamento diferenciado. “Não se expressa no momento a presença de qualquer circunstância justificadora de excepcionalida-

de e diferenciada do habitual para a situação médica em questão, visando ao acompanhamento e tratamento do paciente em apreço”, diz o laudo. Genoino teve prisão decretada em novembro do ano passado e chegou a ser levado para a Papuda. Mas, por determinação de Barbosa, ganhou o direito de cumprir prisão domiciliar temporária. Durante o período em que ficou na Papuda, o ex-deputado passou mal e foi levado para um hospital particular.

ZONA FRANCA WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO

Senador se reuniu ontem com o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB-RN), para tratar do assunto

Braga articula votação da PEC O senador Eduardo Braga entregou, na manhã de ontem ao presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o texto proposto pelo governo federal para a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para a prorrogação da Zona Franca de Manaus (ZFM) por mais 50 anos. A votação da matéria em segundo turno, na Câmara

dos Deputados, estava condicionada a algumas reivindicações das bancadas dos Estados do Sul, Sudeste e Norte com relação à Lei da Informática e às Áreas de Livre Comércio (ALC). O governo federal propõe a prorrogação por 10 anos dos incentivos para o setor de informática e mais 10 anos de vigência para as ALCs. A proposta deverá ser apresentada como emenda pelo deputado fede-

ral João Maia (PR-RN). “Negociamos com o governo e com as bancadas que reivindicavam prorrogação de outras propostas e, com esse acordo, acredito que poderemos colocar a PEC da ZFM em votação”, disse Braga. O presidente da Câmara informou que a votação poderá ocorrer até a segunda quinzena de maio. “Havia um grande desentendimento com relação à

Lei de Informática, que atende aos anseios do Sudeste do país. Mas o governo federal foi sensível ao apelo dos parlamentares. Recebi das mãos do senador Eduardo Braga o texto acordado para que possamos votar a Lei da Informática, as Áreas de Livre Comércio e, na sequência, a PEC da Zona Franca de Manaus”, explicou o deputado Henrique Eduardo Alves.


A8

Política

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014


Caderno B

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

economia@emtempo.com.br

DÓLAR compra/venda Paralelo -

INDICADORES ECONÔMICOS

R$ 2,10 / R$ 2,44 *

Câmbio livre BC - R$ 2,2354 / R$ 2,2360 **

no dia: 0,73% na semana: -0,29%

Câmbio livre mercado - R$ 2,228 / R$ 2,230 *

no mês: -1,08%

Turismo -

dif.livre mercado/paralelo: 9,42%

R$ 2,150 / R$ 2,310

(*) cotação do Banco do Brasil / (**) cotação do Banco Central / (***) cotação média do mercado

Economia B2

(92) 3090-1045

Variação do câmbio livre BC

REPRODUÇÃO

Economia

Concurso da Susam adiado para agosto

OURO BM&F R$ 93,00

Salário Mínimo Janeiro 2014: R$ 724,00

0,2155%

Poupança

Salário Família/Janeiro

Aniversário

Rendimento (%)

01/05

0,5461

01/05

0,5461

até R$ 682,50: R$ 35,00 de 682,51 até R$ 1.025,81: R$ 24,66

(*) depósitos até 03/05/12 / (**) depósitos apartir de 04/05/12

Dia de festejos em meio à luta por novas conquistas

Data mais importante para os trabalhadores, lideranças sindicais destacam avanços e desafios do proletariado do país AGÊNCIA BRASIL

Trabalhadores de todo o país, incluindo os do Amazonas, vão ás ruas hoje para comemorar a data dedicada a eles e também aproveitarão para reivindicar suas respectivas demandas de classe JOELMA MUNIZ Especial EM TEMPO

A

lém das festividades, o Dia do Trabalhador celebrado hoje será também para reflexão. A data neste ano ocorre em um momento em que várias categorias lutam por melhorias salariais e por seus direitos trabalhistas. De acordo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores no Amazonas (CUT-AM) e do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Valdemir Santana, apesar da geração de 130 mil empregos diretos no Polo Industrial de Manaus (PIM), o trabalhador precisa lutar mais para avancar. “Existem muitos gargalos. A questão da alimentação e da saúde são um deles. A maioria das empresas deve uma refeição de qualidade, tal como prescreve o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT). É necessário rever alguns procedimentos que tem causado aumento das doenças ocupacionais”, ressaltou o dirigente sindical. Santana sustentou ainda que nos últimos anos foi o aspecto econômico o de maior ganho para a categoria. Ele lembrou que em todos os pro-

cessos de negociações, foram acordados percentuais de reajuste acima da inflação. “A situação tem servido de exemplo para outros sindicatos no Amazonas e no Brasil. Além disso, desde 2005, tem crescido o número de empresas com as quais fechamos acordos de

CRIME

Até 2013, o Amazonas tinha 25 empregadores na lista de responsáveis por trabalho escravo, a maioria em Lábrea e Boa do Acre, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Somente no ano passado foram mais de R$ 300 milhões injetados na economia do Amazonas”, destacou o presidente da CUT-AM. Desafios Os desafios dos trabalhadores são lembrados ainda, pelo presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT) no Amazonas, Nindberg Barbosa. Ele lamentou a relutância dos patrões em dialogar com as

classes trabalhadoras. Segundo Barbosa, que é também representante dos bancários do Estado, a falta desse diálogo pode ser considerado um dos maiores entraves para a melhoria da condição de trabalho no Estado. “Por este motivo, temos vivenciado tantas greves, paralisações e manifestações”, enfatizou o sindicalista. Segundo ele, o trabalhador está cansado de ficar sem respostas. Barbosa argumentou ainda que os únicos meios de chamar a atenção dos patrões, da sociedade e do poder publico são as greves e manifestações. “Todo ato que é feito dentro da legalidade é válido quando o assunto é trabalhador”, ponderou. Para este ano, as metas de combate da UGT, em meio às categorias, está em torno do fim do fator previdenciário, da diminuição das alíquotas do Imposto de Renda, o fim do assedio moral, das metas abusivas e do aumento da jornada de trabalho. Em meio a lutas e vitórias, os trabalhadores, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), contribuíram com 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Direitos estão ‘engavetados’ Mesmo com a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 66/2012 a seu favor, os empregados e empregadas do Brasil ainda não conseguiram colher os frutos dos benefícios promulgados pelo gverno federal. A espera de regulamentação, a proposta está engavetada na Câmara dos Deputados. Pelo menos 14 itens estão em aberto, entre

eles, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), férias e adicional noturno. Segundo dados divulgados pelo Pnad Contínua do IBGE, apesar da formalização no mercado de trabalho ter crescido em todas as regiões, no último trimestre de 2013, no segmento de empregados domésticos, o índice permaneceu estável em 31,3%, no último trimes-

tre de 2012, e de 31,1%, no mesmo período de 2013. “Os pontos pendentes deixam tanto os patrões e quanto os empregados com um pé atrás quanto à formalização deste tipo de atividade”, avaliou o chefe de serviços de atendimento e orientação ao trabalhador do Ministério do Trabalho em Emprego no Amazonas, Breno Ortiz.

Combate ao trabalho escravo De acordo com Breno Ortiz, o trabalhador do país passa por um bom momento e deve sim comemorar a data. Segundo ele, nunca as classes puderam expressar de forma tão livre seus anseios. “É um período de estabilidade, mesmo as demissões acontecendo, elas têm sido registradas em cifras bem menores. É visível a necessidade de

mais diálogo entre patrões e trabalhadores. Vejo como um pleito válido expressado pelas entidades sindicalistas”, comentou. Fiscalização A importância do combate ao trabalho escravo, também é lembrada por Ortiz, que pede ajuda da sociedade, solicitando que casos de exploração de trabalhado-

res sejam denunciados ao Ministério do Trabalho. “Em 2013 tivemos registros de empresários que exploravam a mão de obra de homens e mulheres em algumas cidades do interior. Este ano, não fomos informados de nada nesse sentido, mas estamos sempre em prontidão para combater essa prática, que é mais que ilegal, é desumana”, destacou.


B2

Economia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Geração de empregos no Amazonas cai em 2014 vigilância. Além disso, com a proximidade da Copa do Mundo, houve também procura por parte da hotelaria em cuidar da limpeza dos hotéis. Outro motivo apontado por Frota foi a construção da Arena da Amazônia, uma vez que foi necessário requisitar serviços de pequenas empresas como na área de jardinagem.

PREVISÃO

O titular da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), Guido Medeiros, salientou que por causa da Copa do Mundo há expectativa positiva para turismo, hotelaria e bares “Portanto, percebe-se que a terceirização de serviços ganha espaço e colabora para a economia do Amazonas”, frisou o empresário. Comércio Já o setor do comércio fechou em baixa nos três primeiros meses do ano com queda de 1.306 postos de trabalho. Em março, esse déficit foi de

283 empregos celetistas. Segundo Frota, os meses de janeiro a junho é um período esperado na redução de postos de trabalho. Contudo, ele considerou que o ano de 2014 está melhor que 2013, motivado, em particular, pela reforma de móveis. Indústria Quanto ao setor industrial, o saldo de empregos celetistas foi positivo. Equiparando os meses de janeiro a março, o ganho foi de 233 novos postos de trabalho, sendo 44 vagas só em março. Conforme o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, esses números caracterizam estabilidade na indústria. “Por conta da Copa do Mundo, a fabricação de TV permaneceu aquecida”, destacou o dirigente. Ele ressaltou também que o polo de duas rodas e a produção de ar-condicionado e tablets influenciaram no crescimento do faturamento no Polo Industrial de Manaus (PIM). Para o empresário, a tendência é que a geração de empregos seja retomada a partir do segundo semestre deste ano.

TELEFONIA ARQUIVO EM TEMPO/JOEL ROSA

Afetada pela Copa do Mundo, construção civil deixou de gerar novos postos de trabalho

DILMA

Tabela do IRPF será corrigida

Deputado Marcos Rotta é o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Aleam

Operadoras realizam mutirão A partir de hoje até o dia 20 de maio, as operadoras de telefonia realizarão o mutirão de atendimento nas cidades amazonenses que possuem cobertura das respectivas empresas. Os consumidores devem procurar as operadoras para se informar sobre o cronograma de atendimento. O mutirão é uma das cláusulas a ser cumpridas conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado por meio da “CPI da Telefonia” entre a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), as operadoras e o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel e Pessoal (SindiTelebrasil). O mutirão também irá atender às reclamações por cobrança indevida e os consumidores poderão ser informados sobre a área de cobertura de sinal existente. Segundo comunicado público das operadoras, veiculado há

10 dias na TV e nos jornais de grande circulação do Estado, os consumidores devem procurar a sua operadora para se informar sobre os locais de atendimento. De acordo com o presidente da “CPI da Tele-

OBRIGAÇÃO

As operadoras serão obrigadas a enviar relatórios à subcomissão que será instalada na CDC-Aleam, permanentemente, para que os investimentos a serem feitos por elas tenham acompanhamento fonia”, deputado estadual Marcos Rotta, em caso de a operadora não informar o consumidor sobre o cronograma de atendimento, ele deve acionar imediatamente a Comissão de Defesa do Consumidor (CDC-Aleam).

“Se a operadora não souber informar os locais de atendimento, o consumidor deve denunciar o caso à comissão, que irá averiguar. Afinal de contas, isso se configura em descumprimento do TAC”, afirmou Rotta, ao acrescentar que a denúncia pode ser feita pelo e-mail defesado consumidor@aleam.gov.br. Rotta ressaltou, ainda, que a realização do mutirão é apenas um dos termos a ser cumpridos pelas operadoras. “Muitas outras conquistas obtidas com a CPI deverão ser concretizadas a curto, médio e longo prazo, conforme foi acordado com a assinatura do TAC”, completou o parlamentar. Monitoramento A CPI ainda irá apresentar um projeto de resolução para a instituição de uma subcomissão, que vai monitorar e fiscalizar a execução do TAC e funcionará dentro da CDC-Aleam.

A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem que vai corrigir a tabela do Imposto de Renda e atualizar os valores pagos aos beneficiários do Programa Brasil sem Miséria. Segundo ela, a correção trará um “importante ganho salarial indireto e mais dinheiro no bolso do trabalhador”, favorecendo quem vive da renda do trabalho. O discurso é para marcar o Dia do Trabalho, celebrado hoje. “Acabo de assinar uma medida provisória corrigindo a tabela do Imposto de Renda, como estamos fazendo nos últimos anos, para favorecer aqueles que vivem da renda do seu trabalho. Isso vai significar um importante ganho salarial indireto e mais dinheiro no bolso do trabalhador”, disse. No último dia 10 de março, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a correção da tabela para os isentos do pagamento de imposto de renda, segundo a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A OAB alegou que há defasagem acumulada de 61,24% no cálculo no período de 1996 a 2013.

CONCURSO

Susam transfere provas do certame para agosto A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou ontem que decidiu transferir para o dia 24 de agosto de 2014 a data de realização das provas objetivas do concurso público, que será realizado para o preenchimento de 11.646 vagas no órgão. A decisão de alterar o cronograma do certame foi tomada devido à decretação de estado de emergência e calamidade pública por parte das prefeituras municipais, em decorrência da cheia dos rios. Em vários desses municípios, as escolas públicas que seriam utilizadas como locais de prova, ou foram atingidas pela cheia ou estão funcionando como abrigo para os ribeirinhos afetados pela enchente. A previsão inicial era que as provas do concurso fossem realizadas no próximo dia 18 de maio de 2014, em todos os municípios, conforme o previsto no edital. “Essa decisão foi tomada

para evitar transtornos tanto para a entidade realizadora do certame, como para os candidatos inscritos no concurso público”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Wilson Alecrim. A nova data foi definida com base em relatório emitido pela Defesa Civil do Estado do Amazonas, que alerta, inclusive, que após a vazante dos rios será necessário um prazo para recuperar os prédios públicos e só então voltar a utilizá-los normalmente. Vagas Das 11.646 vagas ofertadas no concurso da Susam, 3.094 são para cargos de nível superior, 5.247 para nível médio, e 3.305 para nível Fundamental e Fundamental Incompleto. Os salários variam de R$ 1.294,57 a R$ 7.691,45. O concurso destinará 10% das vagas a pessoas com deficiência. REPRODUÇÃO

N

os três primeiros meses de 2014, a contratação de empregos celetistas no Amazonas apresentou saldo negativo de 1.956 postos de trabalho. A redução foi causada, principalmente, pela construção civil devido a Copa do Mundo, segundo os representantes deste setor. O mês de março deste ano contribuiu para esta queda com menos 472 postos de trabalho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados, ontem, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No mesmo período do ano passado, o Estado havia criado 1.321 vagas formais, ou seja, a queda em março foi de 135,73% na comparação com o mesmo mês de 2013. Por outro lado, o setor de serviços gerou 315 oportunidades de emprego no Estado. De acordo com o vice-presidente da Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomércio/AM), Anderson Frota, esse crescimento é resultado da formalização do emprego doméstico e da terceirização de serviços como os de zeladoria, portaria, segurança e

EBC

De acordo com dados do Caged, nos três primeiros meses do ano houve saldo negativo de 1.956 empregos formais

Serão preenchidas 11.646 vagas com o concurso da Susam


Economia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

B3

Receita estima arrecadar R$ 200 milhões no Estado EMERSON QUARESMA Equipe EM TEMPO

A

Receita Federal no Amazonas estima arrecadar aproximadamente R$ 200 milhões com o imposto pago pelo contribuinte, a partir das declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), cujo prazo encerrou ontem. O valor estimado pelo titular da Delegacia da Receita Federal em Manaus, Leonardo Frota, é 7% maior que o total arrecadado no mesmo período do ano passado, que foi na ordem de R$ 187 milhões. Até as 17h de ontem, mais de 295 mil amazonenses efetivaram a declaração IRPF, número correspondente a 95,20% dos 310 mil estimados pela Receita para esse ano. Até o fechamento do prazo (22h59 de ontem), o órgão esperava receber ainda mais de 15 mil declarações. O contribuinte que não conseguiu declarar no prazo previsto está sujeito ao pagamento de multa. O cálculo, de acordo com a Receita é feito a partir do imposto devido, com multa de 1% ao mês, incidente sobre o imposto devido, observados os valores mínimos de R$ 165,74, e máximo de 20%. Nos casos de inexistência do imposto devido,

EBC

Valor esperado é sobre o Imposto de Renda Pessoa Física, cujo prazo de declaração encerrou no país na noite de ontem multa será de R$ 165,74. O delegado Frota observou que o contribuinte que não declarou terá ainda o prazo de até cinco anos para apresentar as informações ao órgão. “Se calcularmos, por exemplo, um imposto de R$ 10 mil

RETIFICAÇÃO

A Receita alerta que a declaração retificadora substituirá a primeira apresentada, portanto, deverá conter todas as informações anteriormente declaradas, com as alterações e as exclusões necessárias Contribuinte que perdeu o prazo ainda poderá prestar contas à Receita, entretanto, pagará multa mínimna de R$ 165,74

declarados, a multa máxima em cinco anos será de R$ 2 mil reais”, exemplificou. O contribuinte que deixou de apresentar, no prazo previsto deverá baixar o Programa Gerador da Declaração (PGD) no endereço www.receita. fazenda.gov.br, preencher a declaração e apresentála pela internet, mediante a utilização do programa de transmissão “Receitanet”, ou em mídia removível, nas unidades da Receita.

Primeiro lote da restituição a partir de junho A Receita informa que a restituição do IRPF/2014 será paga em sete lotes, que serão liberados a partir de junho até dezembro deste ano. Assim como em outros anos, a Receita Federal dará prioridade no pagamento das restituições aos idosos e aos portadores

de moléstia grave ou de deficiência física ou mental. O contribuinte que prestou contas no prazo, mas constatou erro ou omissão de alguma informação deve apresentar uma declaração retificadora. Conforme a Receita, a declaração retificado-

ra deve ser enviada pela internet por meio do programa de transmissão “Receitanet” ou ainda pelo aplicativo “Retificação online”, na página do órgão. Outra forma é a apresentação em mídia removível, nas unidades da Receita. Se no ato da declaração o

contribuinte apresentar informações incorretas ou incompletas, ele deverá providenciar a retificação do documento, que é uma declaração com os dados corrigidos. O órgão alerta que não é possível retificar o documento após o início do procedimento de ofício.


Economia

B4

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Governo quer estrangeiros no leilão da internet 4G deve ocorrer em junho. Arrecadação Ainda segundo Paulo Bernardo, o edital do leilão 4G já será feito de forma a propiciar a entrada de competidores internacionais. Ao mesmo tempo, o texto deve permitir que empresas vencedoras do leilão possam

GASTOS

Eventuais custos para fazer a mudança de faixa do 4G e para prevenir interferências entre os dois serviços serão pagos pelas teles. O valor deverá ser publicado no edital do leilão de 700 MHz comprar mais de uma parte da faixa de 700 MHz (usada por essa tecnologia). Ao todo, quatro faixas serão oferecidas ao mercado. “Isso não é para aumentar a arrecadação, mas apara aumentar a concorrência”, disse o ministro. Para ele, a estimativa de arrecadação com o leilão segue mantida entre R$ 7 bilhões

e R$ 8 bilhões, conforme comunicado no início do ano ao Ministério da Fazenda. O governo acredita que possa atrair o interesse de teles estrangeiras uma vez que esse leilão não impõe regras tão rígidas quanto o último feito para a mesma tecnologia, realizado em junho de 2012. Esse primeiro pregão para tecnologia 4G no país (que usou a faixa de 2,5 GHz) exigia que as operadoras ganhadoras vencedoras se comprometessem a expandir, de acordo com um calendário definido, os serviços de internet no interior do país, principalmente nas áreas rurais, o que encarecia a prestação do serviço para as empresas. Desta vez as teles também não estão completamente livres de obrigações. A diferença é que o valor adicional que será gasto pela vencedoras - além do lote do leilão em si- será para indenizar os canais de TV. Isso ocorre porque essas empresas de TV ainda transmitem sua programação por meio da faixa que será usada pela internet 4G.

SETOR PÚBLICO DIVULGAÇÃO

INDÚSTRIA

Setor industrial brasileiro atingiu em abril o pior nível de confiança desde julho de 2009

Confiança está ‘em queda livre’ Pelo 14º mês seguido, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou abaixo da média histórica, que é de 105,4 pontos, ao atingir em abril 95,6 pontos. Esse nível é o mais baixo desde junho de 2009 (90,7 pontos). Em março, o índice havia ficado em 96,2. A pesquisa aponta ligeira elevação no nível de satisfação com os resultados de seus negócios no momen-

Tecnologia 4G permitirá conexão de dados a uma velocidade dez vezes maior do que a de 3G

to presente com o Índice da Situação Atual (ISA) em 97,3 pontos, avaliação que é 0,7% maior do que a anterior. Já em relação ao Índice de Expectativas (IE), houve queda de 2% com o nível em 93,9 pontos. “Os resultados de abril sinalizam continuidade do período de desaceleração do ritmo de atividade industrial, sem perspectivas, por ora, de reversão de tendência”, destacou nota da FGV.

O que influenciou a melhora no ISA foi a redução dos estoques. A parcela dos entrevistados que indicaram estoques excessivos diminuiu de 9,4% para 8,4%. Aumentou de 1% para 2,9% o total que apontaram a existência de estoques insuficientes. Em relação às previsões futuras no curto prazo, caiu de 30,9% para 27,1% proporção de empresas que acreditam em aumento da produção.

Superávit primário soma R$ 3,5 bi O setor público consolidado – governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais – apresentou superávit primário de R$ 3,58 bilhões, em março, divulgou ontem o Banco Central (BC). O resultado ficou próximo do registrado em igual mês do ano passado (R$ 3,5 bilhões). No primeiro trimestre, o superávit primário chegou a R$ 25,6 bilhões, contra R$ 30,7 bilhões verificados em igual período de 2013. Em 12 meses encerrados em março, o superávit pri-

mário do setor público ficou em R$ 86,217 bilhões, o corresponde a 1,75% do Produto Interno Bruto (PIB). O superávit primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública e reduzir o endividamento do Governo no médio e longo prazos. Neste ano, a meta do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) é economizar R$ 80,8 bilhões, o equivalente a 1,55% do PIB. Os Estados e municípios deverão fazer superávit pri-

mário de R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. No total, o superávit primário do setor público fechará o ano em R$ 91,3 bilhões – 1,9% do PIB. No mês passado, o Governo Central contribuiu com R$ 3,162 bilhões para o superávit primário. Os governos estaduais registraram R$ 186 milhões de superávit primário e os municipais, R$ 296 milhões. Já as empresas estatais, excluídos os grupos Petrobras e Eletrobras, registraram déficit primário de R$ 64 milhões. DIVULGAÇÃO

O

ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse ontem que pretende viajar para Estados Unidos e para a Europa acompanhado do presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e de técnicos do governo para divulgar as regras do leilão de internet 4G e previsões de crescimento do mercado brasileiro. O objetivo, segundo ele, é atrair competidores estrangeiros para a disputa. A data do leilão ainda não está definida, mas a previsão é de que o pregão seja realizado em agosto deste ano. A tecnologia 4G permite o tráfego de dados pela rede móvel, ou seja, viabiliza a conexão de internet para celulares e tablets a uma velocidade até dez vezes maior que a experimentada hoje com a internet 3G. “Achamos que é importante preservar e, se possível, ampliar a concorrência. Isso é de interesse do governo e do consumidor, porque as empresas vão prestar um serviço melhor e por um preço mais baixo”, disse o ministro. A viagem ainda depende da aprovação da presidente Dilma Rousseff e, se autorizada,

REPRODUÇÃO

Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo viajará para Estados Unidos e Europa para estimular competidores de fora

Neste ano, a meta do governo é economizar R$ 80,8 bilhões (1,55% do PIB), segundo o BC


Caderno C

Dia a dia MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

diadia@emtempo.com.br

(92) 3090-1041

AP

Ucrânia em alerta contra invasão russa Mundo C8

Foco de invasão começa a crescer na área do Tarumã

FOTOS: ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

Nova ocupação acontece em terreno particular ao lado da comunidade Cristo Rei, levando temor a moradores da região

Na entrada com placa anunciando construção de escolas, creches e até posto policial, movimento de ocupantes do terreno é intenso, chegando a ser intimidante para moradores da região IVE RYLO Equipe EM TEMPO

U

ma nova ocupação de um terreno particular tem sido articulada por indígenas e não indígenas no bairro Tarumã, Zona Oeste da capital amazonense. De acordo com testemunhas que moram nas proximidades, pelo menos 100 pessoas têm devastado e dividido o território que fica vizinho à comunidade Cristo Rei, no ramal do Bancrevea. A ocupação começou há cerca de duas semanas, quando pessoas entraram na área e começaram a retirar algumas árvores, dividir o local em lotes com pedaços de madeira e construir barracos de lona. Da estrada não é possível precisar a extensão ocupada pelas famílias, contudo, segundo moradores da comunidade, a devastação e divisão se estende - por dentro da mata - desde a beira do igarapé do Tarumã até a entrada da comunidade. No fim da tarde de ontem, foi possível ver mulheres e homens com terçados nas mãos, abrindo clareiras na mata. Várias fogueiras foram acesas e a fumaça se es-

palhava por todo o lugar. Na entrada principal do terreno, troncos de árvores foram colocados, impedindo a passagem e dois homens, sentados sobre as madeiras, pareciam fazer a “segurança” do local, limitando o tráfego na área recém-ocupada. Próximo à entrada do terreno havia uma placa alertando: o acesso é proibido. “Área destinada à escola, quadra poliesportiva, centro

DESTRUIÇÃO

A ocupação começou há cerca de duas semanas, quando pessoas entraram na área e começaram a retirar algumas árvores, dividir o local em lotes com pedaços de madeira e erguer barracas cultural, Unidade Básica de Saúde, posto policial, creche, centro de recreação. Entrada proibida” são as palavras constantes da placa, um contraste com a devastação do local. A atuação dos ocupantes tem gerado certa insegurança entre os moradores da comunidade vizinha. Se-

gundo eles, a área ocupada tem dono. “Toda esta área tem dono. Nós viemos para cá e a comunidade foi se formando. O dono deixou e disse que não ia nos tirar daqui. Mas ele pediu que ninguém entrasse na parte de trás do terreno, que é onde essas pessoas estão ocupando agora. A gente fica até com medo dessa movimentação e do dono resolver pedir toda a terra de volta”, disse um morador que preferiu não se identificar. A equipe do EM TEMPO não conseguiu entrar em contato com o proprietário das terras ocupadas. Reintegração De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a invasão ocorreu em uma área particular. A secretaria e demais órgãos como a polícia só poderão atuar na área a partir do momento em que o proprietário entrar com uma ação de reintegração de posse na justiça. Após comprovada a posse e a perda do terreno de maneira forçada, somente se o juiz deferir o pedido é que a remoção das famílias poderá ser feita.

Última ocupação foi em Iranduba Em setembro do ano passado, foram retirados os cerca de 5 mil ocupantes de um terreno localizado ao longo dos quilômetros 4 e 6 da estrada Manoel Urbano (AM070, Manaus-Manacapuru), no município de Iranduba (a 27 quilômetros da capital). O grupo ocupou a área que mede cerca de 150 hectares, durante três meses.

Para a reintegração, foi necessário um grande planejamento articulado pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP/AM). Pelo menos 320 policiais militares, civis e bombeiros participaram da ação. Entre os ocupantes, foram identificados indígenas

de diversas etnias, além de moradores dos bairros Compensa e Vila da Prata, na Zona Oeste da capital. A destinação equivocada do lixo, o desmatamento e a construção de instalações sanitárias inadequadas que depositaram os dejetos diretamente no solo - foi o que restou da passagem dos ocupantes.

Invasores começaram a acelerar o processo de destruição da área florestal no bairro


Dia a dia

C2

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Escola alerta alunos sobre bullying e doenças sexuais

EVENTO

Seminário discute educação No período de 12 a 16 de maio, o Centro de Formação Continuada, Desenvolvimento de Tecnologia e Prestação de Serviços para a Rede Pública de Ensino (Cefort) promove o seminário “Formação de Professores da Educação Infantil”. O objetivo é socializar, debater e avaliar as atividades desenvolvidas no curso de pós-graduação latu sensu em Educação Infantil, modalidade a distância, desenvolvida através da parceria da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) com o Ministério da Educação e a Secretaria Municipal de Educação. Inscrições podem ser feitas via site cefort. ufam.edu.br/portal.

A gestora informou ainda que a escola trabalhará fortemente no combate ao bullying. “Juntamente com nossos 26 professores, procuramos mecanismos de enfrentamento ao bullying que é uma agressão e uma forma de exclusão. O trabalho de conscientização já vem dando frutos com os alunos respeitando, por exemplo, seus pares que frequentam a escola portando alguma necessidade especial”, conta Tatiane Ayres, ressaltando que quando a instituição notifica algum indício de exclusão por bullying chama o aluno agressor para uma conversa de orientação. Bullying no Brasil Após entrevistar 109.104 alunos do 9º ano do ensino fundamental a Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE) 2012, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alertou que 30% da população de estudantes no país já sofreu ou praticou bullying, que é caracterizado pela agressão verbal ou física, intencional, aplicada repetidamente contra uma pessoa ou um grupo. Deste contingente, 20,8% é formado por agressores e 7,2% por vítimas deste tipo de abuso.

A dança e o teatro são métodos utilizados no projeto Pró-Copa para fixar as mensagens de alerta contra bullying e exploração

UNINORTE

Professores do município recebem bolsas de pós Professores efetivos da rede municipal de ensino foram contemplados com bolsas de pós-graduação do Centro Universitário do Norte (UniNorte). A parceria entre a Prefeitura de Manaus e a instituição de ensino foi firmada por meio do secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, e o reitor da universidade, Vicente Nogueira. Serão 25 curso de graduação, voltados para área administrativa e pedagógica. “Os 25 professores terão bolsa de graduação visando, evidentemente, à qualificação dos nossos professores, para que eles, bem mais qualificados e pós-graduados, possam levar conhecimento aos nossos alunos e possam, com isso, elevar o nível e a qualidade de educação”, disse Michiles. As vagas foram divididas para as sete Divisões

Distritais Zonais (DDZs). A prioridade das bolsas foi para os servidores que ainda não tinham concluído uma especialização. São cinco vagas para o MBA em Gestão de Pessoas, três para Psicologia Organizacional do Trabalho, cinco para Psicopedagogia e seis para Gestão e Supervisão Escolar e MBA em Gerenciamento de Projetos. “É muito importante que todos acreditemos no potencial que tem a escola pública e no potencial que possuem os nossos educadores. Temos de melhorar cada vez mais a educação dos nossos jovens e crianças e a formação desses professores significa um futuro melhor para os alunos. Queremos escolas nas quais os estudantes aprendam e não apenas escolas que apenas frequentem”, completou o secretário.

TRANSPORTE REPRODUÇÃO

C

om a chegada dos jogos da Copa do Mundo em Manaus e o aumento expressivo do fluxo de turistas, a escola estadual Arthur Araújo, localizada na avenida Djalma Batista, bairro Nossa Senhora das Graças, está apostando no projeto Pró-Copa para orientar seus estudantes quanto à exploração sexual. O projeto é desenvolvido em outras escolas públicas estaduais de Manaus e também leva aos alunos orientações sobre as mais diversas formas de bullying, sobre os prejuízos da gravidez indesejada na adolescência e ainda sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Na escola Arthur Araújo, o projeto Pró-Copa pretende beneficiar efetivamente os mais de 400 estudantes da instituição. “Planejamos uma série de ações que ganharão força a partir deste mês de maio. Pretendemos ministrar palestras informativas e levar orientações, inclusive, por meio de oficinas de teatro e dança que ajudarão a fixar as mensagens. Nossa intenção é instruir e alertar os jovens”, explicou a gestora da escola, professora Tatiane Ayres.

SEDUC/DIVULGAÇÃO

Com o projeto Pró-Copa, escola Arthur Araújo adverte seus estudantes quanto ao respeito às diferenças e exploração sexual

Motos, capacetes e coletes agora terão padrão para facilitar identificação dos habilitados

Mototaxistas são ‘padronizados’ Após reunião realizada com as principais lideranças dos mototaxistas, na última terça-feira (29), a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) divulgou que a padronização das motos e uniformes dos profissionais licenciados seguirá o projeto básico publicado no edital de licitação, lançado em dezembro do ano passado. “Na próxima semana será entregue às lideranças o documento com as orientações de cadastro e assinatura de contrato para os permissionários. Uma vez que não houve acordo entre as partes quanto à cor a ser adotada, decidimos que a padronização das motos, coletes e capacetes serão conforme o projeto básico publicado no edital”, frisou o superintendente da SMTU, Pedro Carvalho. Ainda segundo Carvalho, até o final do primei-

ro semestre deste ano, a população que utiliza esse tipo de transporte já poderá, facilmente, identificar os mototaxistas habilitados para a condução de passageiros. Conforme o edital de licitação, que se encerrou no último dia 24 de abril, 1.676 profissionais foram selecionados nessa primeira etapa. “A padronização demarca uma organização da categoria e, ao mesmo tempo em que oferece mais segurança aos usuários, facilita nossa fiscalização”, destacou. “Outras medidas de segurança também serão adotadas, como a instalação de taxímetros e equipamentos para o controle da velocidade”, completou o superintendente da SMTU. Com a padronização, os mototaxistas deverão trabalhar em veículos com a pintura automotiva do tanque de combustível na

cor verde antártida e carenagens laterais na cor laranja boreal, constando a palavra mototáxi e o respectivo número da permissão, licença de tráfego, selo de vistoria, bem como a logomarca do Serviço de Atendimento à Comunidade SAC/SMTU (118). Especificações Os capacetes do condutor e passageiro também deverão ser na cor laranja boreal, com a palavra mototáxi pintada na parte de trás. A presença da tarja refletiva e do número da permissão, em conformidade com padrão do projeto básico, também são itens obrigatórios. Já os coletes deverão conter alça de segurança para passageiro, na cor laranja boreal, constatando ainda a palavra mototáxi e tarja refletiva, na cor amarelo ouro, e número da permissão.


Dia a dia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

C3

MPF cobra medidas da Infraero sobre aeroporto U

ma série de falhas e vícios de construção detectados na obra de reforma e ampliação do aeroporto internacional Eduardo Gomes levou o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) a enviar recomendação à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para que adote as medidas administrativas necessárias à realização das adequações ainda não realizadas. Os problemas encontrados na obra vão desde a ausência de adequação dos pisos em relevo e das rampas de acesso de pessoas com deficiência até a ocorrência alagamentos no estacionamento externo por problemas no sistema de captação de águas pluviais. O documento, entregue a Infraero ontem, também requer que a empresa aplique sanções legais e contratuais ao consórcio responsável pela reforma, previstas em caso de descumprimento do contrato, em decorrência dos problemas verificados na obra e do não cumprimento dos prazos estabelecidos para os reparos. A Infraero tem dez dias para informar as providências adotadas em

relação à recomendação, com detalhamento de ações e prazos para cumprimento. Em fevereiro deste ano, equipe técnica do MPF/AM realizou inspeção nas obras do aeroporto e constatou uma série de vícios de construção. Alagamentos espalhados por toda a extensão do estacionamento externo superior, provocados por problemas no sistema de captação e drenagem das águas pluviais; infiltrações no estacionamento coberto decorrentes dos alagamentos; placas do forro dos saguões de embarque e desembarque totalmente desalinhadas, com risco de queda; e falhas no isolamento dos dutos de arcondicionado, resultando em gotejamento foram apenas alguns dos vários problemas verificados durante a inspeção. Diante do quadro constatado in loco, o MPF realizou reunião com representantes da Superintendência Regional do Noroeste da Infraero para tratar dos problemas e encaminhou ofício à empresa com o relatório detalhado das irregularidades detectadas. Os mesmos fatos foram encaminhados ao Tribunal de Contas da União (TCU) por meio de representação.

MPF/DIVULGAÇÃO

Ministério recomendou ao órgão que realize adequações diante das falhas e vícios nas obras de reforma e ampliação

Problemas no estacionamento do aeroporto internacional Eduardo Gomes foram observados durante inspeção feita pelo MPF

Última inspeção aconteceu dia 22 de abril Apesar de ter reconhecido oficialmente a existência de vícios de construção na obra, a Infraero não comprovou o cumprimento total das adequações previstas no cronograma apresentada pela empresa. Nova inspeção técnica foi realizada pelo órgão

no último dia 22 de abril e verificou que parte significativa dos problemas ainda permanecem sem solução, o que motivou a expedição de recomendação à Infraero. A ampliação do terminal de passageiros do aeroporto de Manaus é alvo

de acompanhamento por parte do MPF/AM desde 2009, por meio de inquérito instaurado logo após a confirmação da escolha da capital como sede da Copa do Mundo de 2014. A atuação preventiva do MPF, por meio do Grupo de

MAQSERRAS

Trabalho Copa do Mundo (GT Copa), em parceria com o Ministério Público dos Estados e órgãos de controle como Controladoria Geral da União e Tribunal de Contas da União garantiu, somente na obra do aeroporto de Manaus, economia de R$ 70 milhões.


C4

Dia a dia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Seis são denunciados por assassinatos em Humaitá dos seis denunciados que já estão presos e solicitou ainda a instauração de um novo inquérito para apurar a participação de mais pessoas no crime. A ação aguarda recebimento na Justiça Federal e tramita sob segredo de Justiça. Proteção de direitos Desde as primeiras movimentações a respeito do caso agora denunciado, o MPF/AM atuou na esfera cível para garantir a segurança do povo indígena Tenharim e repudiar atos discriminatórios e ofensivos aos indígenas da etnia. Logo após os protestos que provocaram destruição de prédios e bens públicos ligados aos povos indígenas e também de benfeitorias existentes na terra indígena, promovidos pela população de Humaitá em função da notícia de desaparecimento das vítimas, o MPF recorreu à Justiça para garantir proteção à terra indígena e obteve decisão favorável. A medida visava garantir a permanência do povo Tenharim em suas terras com segurança. Com base em informações de que faltam alimentos e me-

dicamentos nas comunidades da terra indígena TenharimMarmelos, em razão do temor de se deslocarem até a sede de Humaitá durante o período de tensão, o MPF também recomendou aos Municípios de Humaitá e Manicoré, ao Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Porto Velho e à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) que buscassem articulação junto à Fundação Nacional do Índio (Funai) para providenciar atendimento médico e fornecimento de medicamentos na terra indígena, além da prestação de apoio material com recursos básicos à sobrevivência do povo indígena. O MPF/AM também expediu recomendação para garantir o acesso à educação aos índios dos municípios de Humaitá e Manicoré. O documento se refere a indígenas de várias etnias, incluindo os Tenharim, e abrange os vários níveis da educação, desde o ensino fundamental até o nível superior. A recomendação objetivou garantir o funcionamento das escolas indígenas nas aldeias e a frequência às aulas dos índios matriculados. A medida foi acatada pelas instituições.

IONE MORENO

JAPIIM

O incêndio foi iniciado provavelmente por causa de brincadeira de crianças com fogo

Brincadeira com fogo destroi casa GLÁURIA SOBREIRA Equipe do AGORA

Um incêndio de grandes proporções destruiu uma casa de madeira no beco São Luiz, rua Polivalente, bairro Japiim 1, Zona Sul da cidade, por volta das 7h30 de ontem (30). Ninguém ficou ferido. Na hora do ocorrido estavam na casa Luana de Assunção, 14, e duas crianças - uma de 5 e a outra de 3 anos. Segundo a jovem, tudo foi muito rápido, as duas crianças brincavam no quarto da mãe sozinhas, e ela estava no seu quarto, quando o incêndio começou. Ela acredita que elas brincavam com fogo. “Chamei minha cunhada, que pegou as crianças e saiu da casa. Queimou tudo. Só fiquei com a roupa do corpo”, lamentou. Duas viaturas de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros e uma oficial de área fizeram o rescaldo do local. Foram utilizados 8 mil

litros de água. Os proprietários da casa, o soldador Francisco Cardoso da Silva, 57, e a esposa Bernarda de Assunção Silva, 56, cuidadora de idosos, não estavam na hora do incêndio. Na casa de

PERIGO

Segundo a adolescente que estava na casa, provavelmente as duas crianças estavam brincando com fogo quando o incêndio começou. Vários pintos de uma criação de aves morreram queimados seis cômodos moravam oito pessoas, quatro adultos e quatro crianças. Bernarda contou que soube do ocorrido por meio de uma ligação da nora e da neta. Ela acha que neta achou um isqueiro no

quarto e quando a filha dela percebeu, a rede já estava em chamas. “A minha filha quando viu tentou apagar sozinha, em vez de chamar os vizinhos. Foi quando o fogo alastrou. É perda de muitos anos de trabalho. Você luta para construir e de repente acaba tudo, você fica muito chocado. Minha casa era velha, mas tinha tudo de bom nela”, lamenta. A família ainda não sabe mensurar o prejuízo material, pois além de ser cuidadora de idosos, Bernarda também tinha produtos de perfumaria, além de joias para revenda. Ela revelou que não sabia onde iam ficar, pois os documentos foram queimados, assim como roupas, eletrodomésticos e móveis. No local, a família criava pintos, patos e galos. Morreram quase todos os pintos queimados. As causas do incêndio serão investigadas pela Polícia Civil.

Caso provocou uma onda de violência em Humaitá em dezembro de 2013, após desaparecimentos

PROJETO

EDUCAÇÃO DIVULGAÇÃO

O

Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) denunciou seis pessoas pelos assassinatos de Luciano da Conceição Ferreira Freira, Aldeney Ribeiro Salvador e Stef Pinheiro de Souza, em dezembro de 2013, no interior da terra indígena Tenharim-Marmelos, localizada no município de Humaitá, sul do Amazonas. De acordo com a ação penal entregue ontem à Justiça Federal, os seis denunciados vão responder por triplo homicídio duplamente qualificado e quatro deles também serão julgados por ocultação de cadáver. Todos são indígenas da etnia Tenharim. As investigações concluíram que as vítimas foram assassinadas a tiros no dia 16 de dezembro de 2013, ainda dentro do veículo no qual seguiam em viagem pela rodovia Transamazônica (BR230) rumo ao município de Apuí. Os corpos foram ocultados por parte dos denunciados e só foram encontrados no dia 3 de fevereiro. O MPF/AM pediu a manutenção da prisão preventiva durante toda a tramitação do processo para cinco

DIVULGAÇÃO

Indígenas Tenharim são acusados das mortes de Luciano Freire, Aldeney Salvador e Stef de Souza, em dezembro de 2013

Flanelinhas realizam protesto Mais de 200 flanelinhas fizeram uma manifestação ontem pela manhã, para buscar informações sobre o Projeto de Emenda 131/2014, do vereador Ednailson Rozenha (PSDB), que proíbe a atuação dos guardadores de carros em locais públicos, ficando a atividade restrita apenas a áreas privadas e expressamente autorizadas pelos proprietários. A proposta altera a lei 094/2003, que regulamenta a atividade em qualquer logradouro público da cidade. “Infelizmente, tenho ciência de que minha proposta não agradará a todos, mas tenho consciência que a maioria da população de Manaus será beneficiada com o fim da prática de extorsão por pessoas que se intitulam donos das ruas”, declarou o vereador. Rozenha disse ainda que não é contra a atividade de guardador de carro, mas condenas abusos de quem atua em locais públicos. O presidente da Associação dos Guardadores e Lavadores de Veículos Automotores do Amazonas (Aglavan), Henrique Santos, afirmou que os flanelinhas são contra a emenda, mas reconheceu que os profissionais precisam buscar alternativas legais para se manterem em atividade.

Manifestantes ocuparam Paço da Liberdade, no Centro

Professores fazem passeata cobrando plano de cargos Cerca de 5 mil professores das redes municipal e estadual de ensino fizeram manifestação na manhã de ontem. Os pontos de partida foram as praças do Congresso e Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), Centro, de onde seguiram em caminhada rumo ao Paço da Liberdade (antiga praça da prefeitura). A principal reivindicação dos educadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) é a revisão imediata do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS), atrasado há quatro meses. Já os professores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) cobram a data-base da categoria que está atrasada há dois meses. Após uma reunião realizada ontem com subsecretário da Semed, Luís Fabian, e representantes da Associação Movimento de Luta dos Professores de Manaus (Asprom) e outros movimentos de

base da categoria chegou ao fim a paralisação dos professores municipais. De acordo com o coordenador de eventos da Asprom, João de Oliveira, 44, o subsecretario da Semed garantiu que no máximo até dia 20 de maio, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, irá conversar com a categoria. Na Seduc, o secretário de governo e titular da Casa Civil, Raul Zaidan, garantiu junto à comissão da Asprom e movimentos organizados uma conversa com o governador José Melo até o fim desta semana. Reivindicações A Semed informou ainda que está em negociação com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam). Sobre a data-base dos professores, o responsável pelas finanças da prefeitura de Manaus está estudando a melhor proposta possível para a categoria. (GS)


MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1ยบ DE MAIO DE 2014

Dia a dia

C5


País

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Em cinco anos cheias desabrigraram 1,4 mil

COMUNICAÇÕES

Transmissão de dados será deficiente na Copa

Registradas neste ano, as enchentes recordes no Acre e Rondônia, com transbordamento dos principais rios, não foram computadas pela pesquisa IONE MORENO/ARQUIVO EM TEMPO

A

s cenas de pessoas amontoadas em abrigos, vistas nas enchentes neste ano no Norte, são comuns em várias partes do país. Foram 1,4 milhão de desabrigados ou desalojados entre 2008 e 2012. O número supera a população atual de Guarulhos (1,3 milhão em 2013), na Grande São Paulo. Tal realidade contrasta com o fato de apenas pouco mais da metade dos municípios possuírem alguma ação de gestão de riscos e desastres. Os dados são da Pesquisa de Informações Básicas Municipais, a Munic, divulgada pelo IBGE na manhã de ontem. Pela primeira vez, a pesquisa trata do tema de desastres naturais e da resposta do poder público a essas ocorrências. As enchentes atingiram 1.543 municípios (27,7% do total) entre 2008 e 2012. Foram registradas 8.942 ocorrências - ou seja, algumas cidades tiveram mais de um registro do problema climático nesse período. O IBGE identificou ainda outros tipos de fenômenos causados pelas chuvas, de acordo com a sua gravidade. As enxurradas (ocorrência com maior volume de chuva e de água acumulada) acometeram 28,3% das cidades, com 777,5 mil desabrigados ou desalojados de 2008 a 2012.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, admitiu ontem, que em alguns estádios da Copa do Mundo haverá dificuldade no serviço de transmissão de dados pelo celular. Ele participou de audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados e falou sobre os serviços de telefonia móvel no Brasil. Bernardo explicou que o compromisso do governo é fazer a transmissão para a televisão, o que está equacionado pela Telebras. Para os estádios, especificamente, além de colocar as antenas de 3G e 4G, o governo iria instalar pontos de wi-fi, porque se

prevê uso em larga escala, que talvez as redes móveis não dêem conta. “Em alguns estádios não conseguimos convencer as administrações, então vai ficar deficiente o serviço, do ponto de vista de dados, nesses estádios”. O ministro informou que em seis estádios o serviço será disponibilizado. Nos outros não será possível. “Acho até que, mesmo que façam o acordo agora, não vá dar tempo de fazer um serviço de boa qualidade”, disse o ministro. Entre os estádios que não fizeram o acordo estão o Itaquerão, em São Paulo, a Arena da Baixada, em Curitiba, e o Mineirão, em Belo Horizonte. MARCELO CAMARGO/ AGÊNCIA BRASIL

C6

O transbordamento de rios nos Estados do Acre e Rondônia alagou inúmeras localidades

Estados sem gestão de riscos Pelos dados do IBGE, os Estados recordistas com cidades afetadas por alagamentos são Amazonas (67,7% dos municípios) - devido ao transbordamento dos grandes rios da região Norte, apesar de ser uma área plana-, Rio de Janeiro (88%), Espírito Santo (71,8%) e Santa Catarina (60,3%). Os três últimos

têm em comum o litoral sob influência da mata atlântica e com revelo acidentado. Quase metade dos municípios não fazem gestão de riscos e desastres. Em 2013, 51,9% dos municípios possuíam pelo menos um dos 12 instrumentos de planejamento urbano pesquisados sobre o tema. Ou seja, 48%

das cidades não realizavam nenhuma ação de gestão de riscos e desastres. Um terço dos municípios tinham pelo menos um instrumento de gerenciamento de desastres decorrentes de enchentes e enxurradas e 21,1% possuíam pelo menos um instrumentos relacionados a deslizamentos. Segundo o ministro, não há mais tempo para acordo


País

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

‘Morte foi acidental’, diz madrasta em depoimento Presa por suspeita de envolvimento na morte de Bernardo Boldrini, 11, a madrasta do menino, Graciele Ugolini, afirmou em depoimento ontem que a morte ocorreu de forma “acidental”. Segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, a madrasta disse ter dado remédios para acalmar o garoto, que estava “agitado”. Em seguida, viu que ele não apresentava reações. A polícia não informou qual remédio a madras-

ta deu a Bernardo -também não forneceu outros detalhes do depoimento. É a primeira vez que a versão da madrasta de Bernardo sobre o crime é divulgada. Até então, a defesa afirmava que ela não havia comentado o caso. Graciele prestou depoimento pela manhã na Penitenciária Modulada de Ijuí, onde está presa. Na ocasião, ela também isentou o marido Leandro Boldrini, pai do garoto, de envolvimento na morte de Bernardo.

COPA

Cardozo ameaça punir policiais federais que fizerem greve A 42 dias do início da Copa do Mundo, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ameaçou ontem, punir os policiais federais que paralisarem as atividades durante o evento. Apesar de reconhecer a legitimidade das reivindicações da categoria, ele lembrou que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já se manifestaram pela ilegalidade de greves de policiais. Mesmo com a sinalização de greve por parte de agentes, escrivães e papiloscopistas, Cardozo acredita que os policiais federais não vão expor

o Brasil internacionalmente, mas citou a prisão do vereador e policial militar da Bahia, Marco Prisco, como exemplo que poderá ser seguido caso os policiais cruzem os braços. “Em situações abusivas teremos que aplicar a lei”, defendeu. Desde o início de fevereiro, agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal em todo o país têm feito manifestações por melhores salários e condições de trabalho. Representantes da categoria não descartam intensificar os protesto durante a Copa.

Obesidade para de crescer no país, revela pesquisa Dados do Ministério da Saúde dão conta de que mais da metade da população brasileira tem sobrepeso e por seis anos tal exceso cresceu percentualmente

O

percentual de brasileiros com excesso de peso parou de crescer, pela primeira vez, desde 2006. É o que revela a pesquisa Vigitel 2013 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), divulgada ontem pelo Ministério da Saúde. Realizada anualmente desde 2006, a pesquisa é feita por telefone e busca identificar comportamentos e fatores de risco na população -foram ouvidos 53 mil adultos nas 26 capitais, além do Distrito Federal. Segundo a pesquisa, 50,8% da população tem sobrepeso, contra 51% no ano anterior. Desses, 17,5% são obesos - em 2012 eram 17,4%. De 2006 a 2012, o percentual de brasileiros com excesso de peso foi crescendo continuamente. “Estatisticamente é a mesma coisa, mas a redução do aumento está se consolidando. Na maioria das capitais brasileiras, esse comportamento é o mesmo”, argumentou o secretário Jarbas Barbosa (Vigilância em Saúde) em coletiva de imprensa. Ele ponderou ainda que esses fatores estão relacionados com diversas doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares.

EBC

CASO BERNARDO

C7

Segundo a pesquisa, 17,5% da população brasileira é obesa, o restante tem apenas sobrepeso

Bons hábitos mudaram quadro O aumento de atividades físicas e a melhor alimentação são apontados pelo ministério como fatores que contribuíram para esse resultado. Em 2009, 30,3% da população faziam atividade física no tempo livre. Em 2013 o percentual subiu para 33,8% -nos últimos anos, já havia essa tendência de crescimento.

Ao mesmo tempo, também houve aumento da frequência do consumo recomendado de frutas e hortaliças -20% dos brasileiros adultos em 2008 atingiam esse consumo (5 ou mais porções por dia, em 5 ou mais dias da semana. Em 2013, eram 23,6%. Nesta edição da pesquisa, foi abordada

pela primeira vez o hábito de substituir o almoço ou jantar por lanches de baixo valor nutritivo, como pizzas, sanduíches e salgados. Segundo a pesquisa, 16,5% dos brasileiros adotam esse hábito diariamente. O percentual é maior entre as mulheres (19,7%) do que entre homens (12,6%).


C8

Mundo

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Exército ucraniano está em alerta para invasão A

s Forças Armadas da Ucrânia se encontram ontem em “estado de alerta total” ante uma possível invasão das tropas russas posicionadas na fronteira e o avanço dos insurgentes próMoscou no leste do país. A prefeitura da cidade de Gorlivka foi ocupada ontem por militantes pró-Rússia, mas os rebeldes não interromperam o trabalho da administração. “Nossas Forças Armadas se encontram em estado de alerta total. A ameaça da Rússia de começar uma guerra contra o território da Ucrânia é real”, disse o presidente ucraniano interino Oleksander Turchinov. Ele já havia anunciado há várias semanas que as forças de defesa estavam em alerta, mas não foram registrados sinais de aumento do dispositivo. A Rússia mobilizou em março 40 mil homens na fronteira que compartilha com a Ucrânia. Turchinov disse ainda que a Ucrânia deve impedir que o “terrorismo” ultrapasse as regiões do leste, afetadas há várias semanas por uma insurreição armada pró-Moscou. “Nosso primeiro objetivo é impedir que o terrorismo passe das regiões de Donetsk e de Lugansk para outras regiões”, destacou.

AP PHOTO

De acordo com o presidente interino, Oleksander Turchinov, exército russo estã posicionado na fronteira com o país “Decidimos criar milícias territoriais compostas por voluntários em cada região”, disse. A Rússia pôs, em março, cerca de 40 mil soldados na fronteira com a Ucrânia. Moscou indicou inicialmente que essas forças tinham sido

SABOTAGEM

O Serviço de Segurança Ucraniano (SBU) descobriu ontem um grupo de sabotadores que preparava um atentado para a festa de 9 de maio, na qual é comemorada a vitória sobre a Alemanha nazista em 1945 ‘Há várias semanas, as Forças Armadas ucranianas estão em alerta total para a possível invasão russa’, disse Turchinov

mobilizadas para exercício militares mas, na semana passada, informou que elas estão prontas para responder à ofensiva ucraniana contra as forças pró-russas. O presidente russo, Vladimir Putin, considera que tem “o direito” de enviar forças para a Ucrânia, mas que não o fez até o momento. O governo de Kiev e os Estados Unidos asseguram que a insurgência no leste do país é liderada por forças russas.

Pró-russos tomam prédios em Gorlivka Em torno de 20 homens armados, supostamente milicianos pró-russos, tomaram ontem a prefeitura e a sede da polícia da cidade de Gorlivka, no sudeste da Ucrânia, informou a imprensa local. Segundo a agência Ostrov, os ocupantes da prefeitura

vestem fardas militares. A cidade de Gorlivka, de pouco mais de 250 mil habitantes, se encontra a 40 quilômetros ao norte de Donetsk, capital da região homônima que há um mês é cenário de um levante contra o governo de Kiev.

“Quando chegamos ao trabalho não pudemos entrar no edifício porque havia gente armada na entrada”, disse um funcionário da prefeitura ao site de notícias local “06242.com.ua”. A ocupação de edifícios da administração pública

no sudeste da Ucrânia, cuja maioria da população é falante de russo, se intensificou nas últimas 24 horas. Ontem, ativistas pró-russos tomaram o controle da sede da Procuradoria e do governo da região de Lugansk, na cidade do mesmo nome.


Caderno D

Plateia MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

plateia@emtempo.com.br

DIVULGAÇÃO

Angra celebra 20 anos de obra antológica (92) 3090-1042

Plateia 3 REPRODUÇÃO

FOTOS: ALBERTO CÉSAR ARAÚJO

Cléia VIANA

‘Menos POLÍTICA e mais CULTURA’

BRUNO MAZIERI Especial EM TEMPO

C

onsiderada peça fundamental dentro da gestão do secretário de Cultura do Estado, Robério Braga, Cléia Viana retorna a capital do Amazonas após exercer durante nove meses a função de secretária de cultura de sua cidade, ou seja, Parintins. Pávula e sem falsa modéstia, ela conta como foi sua experiência enquanto gestora de uma pasta, qual seu legado para o município, afirma que houve sim, uma inversão de valores no festival de Parintins; fala sobre ser assessora de artes visuais da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e o que os amazonenses podem esperar para este segmento. EM TEMPO – Como foi ser secretária de Cultura em Parintins? Cléia Viana – Foi uma experiência incrível. Uma coisa é você ser assessora, ter uma hierarquia. Outra é você ser um líder, liderar uma equipe e participar diretamente de um governo, mesmo que seja no interior. E, na verdade, não é qualquer interior, é Parintins, cidade que possui a cultura mais representativa do Estado. Confesso que no início tive a síndrome do “estrangeiro”. Voltei, depois de 23 anos, para a cidade onde nasci e vivi por muito tempo. Levou um certo período para compreender a dinâmica, o ritmo, as pessoas, mas com o passar dos dias fui me adaptando novamente e, no final, deu tudo certo. Sou eternamente grata ao secretário Robério Braga por ter me indicado e grata ao prefeito Alexandre da Carbrás por ter me permitido fazer desse um momento único. EM TEMPO – O que você deixou de legado para a

cidade? CV – Cheguei no dia 18 de maio, dia do meu aniversário, diga-se de passagem, e já fui automaticamente pressionada pelo boi de Parintins, pela festa dos visitantes. Essa festa, por exemplo, foi feita pela primeira vez dentro de um estádio para 40 mil pessoas. Tive o trabalho de chamar todos os artistas para conversar, ouvir e planejar projetos para cada segmento, mas o tempo não me permitiu colocar tudo em prática. Comparo com a passagem de um comenta. Por isso, repeti o calendário que já existia dentro da própria secretaria e que incluía o Festival Folclórico de Parintins que inicia com quadrilhas e danças típicas, sendo finalizada com as apresentações de Caprichoso e Garantido. Além disso, consegui realizar uma edição do projeto “Cinema nos Bairros” e que me tocou muito, pois foi realizado em uma comunidade mais afastada e precária no qual os pais levavam seus filhos para assistir uma animação. Em resumo, foi uma ótima experiência. Pena que foi curta. EM TEMPO – Como você avalia, atualmente, o Festival Folclórico de Parintins? CV – Estamos vivendo em uma era de economia. Economia de água, de alimento, de luz... O festival precisa entender que ele precisa valorizar aquilo que ele mais profetiza que é a cultura indígena. Se faz uso dela, mas não se devolve nada. E quando falo de devolução, não quero dizer dinheiro, isso não acho que deva existir, mas precisa se ter mais cuidado, mais tato. Tive a oportunidade de visitar diversas comunidades indígenas próximas de Parintins no qual se vive de maneira muito precária. Não seria justo pegar parte do que se “ganha” com o boi e, de repente, investir nessas localidades?

Não seria possível saber quais as necessidades? Eles precisam de maloca, pois é o local onde se reúnem, podem conversar todos juntos e nem isso eles tem. Se pintar de índio, colocar um cocar e ir para a arena é fácil, mas porque não devolver isso os royalties? EM TEMPO – Você acha que houve uma inversão de valores dentro do festival? CV – Acredito que o poder público não deveria tomar conta de uma manifestação popular como é o boi de Parintins. Na cidade, existem três grandes forças: a primeira é a política, seguida na mesma escala pelas duas associações folclóricas – Caprichoso e Garantido. Minha filha acompanhou de perto o processo eleitoral para escolha do novo presidente de um dos bumbás e ficou confusa tamanha a proporção de tal ação. Para uma criança de 10 anos, que está formando sua percepção sobre política, a eleição de presidente de boi equivale a de um presidente da república diante da “grandiosidade” que existe por trás daquilo. Acredito que para o festival prosseguir, deve haver menos política e mais cultura. Não sei a receita, mas o início é esse. EM TEMPO – E qual o motivo da volta para Manaus? CV – O secretário Robério Braga havia me “emprestado” para o prefeito de Parintins. Por estarmos sediando um evento grande como é a Copa do Mundo, ele pediu que eu voltasse e reintegrasse o quadro de funcionários da SEC cuidando da parte das artes visuais. Claro que tenho um pouco de tristeza por não ter dado tudo de mim, por não ter feito mais. Não existe ninguém que me cobre mais do que eu mesma, mas tive que voltar. Não me sinto pesarosa, mas sim, dividida. Parintins “ficou para

trás” e me sinto bastante pávula de ter sido chamada para voltar, isso mostra o tamanho da minha competência. EM TEMPO – Como é sua relação com o secretário Robério Braga? CV – Normal. Tenho uma relação de respeito com ele. Aliás, acredito que ele é um divisor de águas dentro da cultura do Estado. Sou muito grata por tudo o que ele me ofereceu. Claro que fui a luta, mas ele me deu diversas oportunidades que me fizeram ser a profissional que sou hoje em dia. Sou grata a toda a família Braga. EM TEMPO – Como será a Copa do Mundo? CV – Já começa que não gosto de jogos, sou uma péssima jogadora em todos os sentidos e isso inclui a vida. Acho que tínhamos outras prioridades, tínhamos que ter lutado por outras coisas que rendessem outros frutos. A verdade é que não estamos preparados. O trânsito da nossa cidade é uma guerra, o Rio de Janeiro está em guerra, a Bahia está em guerra. Não estamos educados para tal. O turismo não será como o esperado. Porém, nos metemos na chuva e estamos aí para o que der e vier. EM TEMPO – Quais os projetos para este primeiro semestre? CV – Então, estamos com exposições internacionais em parceria com as embaixadas dos times que irão jogar em Manaus como Itália e Portugal, por exemplo. Temos o edital “No Mundo da Bola” que envolve diretamente as artes visuais – instalações, fotografias, quadros, grafite, etc – e outra de artesanato no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, onde está localizada, inclusive, o “QG” da Fifa.


D2

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

FOTOS MAURO SMITH

>> Acordo de Cooperação

Fernando Coelho Jr. fernando.emtempo@hotmail.com - www.conteudochic.com.br ALBERTO CÉSAR

>> Literária Alessandra Figliuollo, Kátia Sebbem, Simone Trigueiro e Denise Santana

. A Academia Amazonense de Letras (AAL) promove nos próximos dois sábados (3 e 10 de maio), um minicurso sob a responsabilidade do escritor Zemaria Pinto, intitulado “Augusto dos Anjos em 2 tempos”. . A iniciativa faz referência aos 100 anos da morte do poeta brasileiro, a ser efetivado somente no dia 12 de novembro.

>> Vitrine

. Eletrobras Amazonas Energia, juntamente com a Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e representantes das etnias tenharim e jiahui, assinou um acordo de cooperação visando desenvolver, com segurança, as atividades relativas ao serviço de energia elétrica naquela região. . O objetivo do acordo é propiciar uma melhor operacionalização do atendimento nas manutenções da rede de distribuição de energia elétrica, além da entrega das faturas e da realização de leitura nas unidades consumidoras, localizadas nas aldeias Tenharaim e Jiahaui, na BR-230 (Transamazônica). . No último mês de março, os indígenas haviam solicitado que os serviços de manutenção da rede elétrica e a entrega da conta de luz fossem retomados, já que os mesmos haviam sido suspensos em virtude dos últimos conflitos naquela região. A solicitação foi protocolada na agência da Eletrobras Amazonas Energia do Distrito de Santo Antônio de Matupi, no município de Manicoré. MÁRIO OLIVEIRA

>> Cássio Borges estreia idade nova nesta quinta-feira. Cumprimentos da coluna. Cristiane Dantas e Ane Cristine Cavalcanti

>>Hoje no Buteko de Piscina, acontece a comemoração do primeiro ano do Sertanejo do Grau, com Pegada Sertaneja, Cuka Fresca, Kadu Almeida e Luigi Zonny. >> Nejmi Aziz está aniversariando hoje e recebe os cumprimentos pela data neste 1º de maio. >> Norma Araújo orquestra a partir de hoje o seu Outlet das Mães no Manaus Plaza Centro de Convenções. >>Na sexta, a pista da Move vai sacudir com o DJ Moyse Sabbá nas pick-ups.

Nereida e Daura de Paula

O deputado Josué Neto aniversariando hoje, será cumprimentadíssimo durante festão no Clube Municipal

>> Ecos . O charme da festa que homenageou o aniversário deste colunista, coordenado por um grupo de socialites da cidade, tem sido assunto nas altas rodas. . O evento, na semana passada, aconteceu no Classic Hall, um dos melhores espaços para festas na cidade, reunindo um time especialíssimo de mulheres do society local. A ambientação luxo e o menu cinco estrelas foram aplaudidíssimos!

O prefeito Arthur Neto e o novo comandante do CMA, general Teófilo, que assume no lugar do general Villas-Boas. Na passagem de comando, o prefeito destacou a parceria entre a prefeitura e o Exército na pavimentação de ruas, agradeceu ao general Villas-Boas e saudou o general Teófilo, dizendo da expectativa de manter e ampliar essa parceria

MINICURSO RICARDO OLIVEIRA

Durante dois sábados, público pode conhecer mais sobre a obra de Augusto dos Anjos

‘Augusto dos Anjos em 2 tempos’ A Academia Amazonense de Letras (AAL) promove nos próximos dois sábados (3 e 10 de maio), um minicurso sob a responsabilidade do escritor Zemaria Pinto, intitulado “Augusto dos Anjos em 2 tempos”. A iniciativa faz referência aos 100 anos da morte do poeta brasileiro, a ser efetivado somente no dia 12 de novembro. Zemaria Pinto estuda a obra de Augusto dos Anjos há 14 anos, tendo participado de vários congressos nacionais e internacionais, produzindo textos sobre a obra do poeta. Em 2012, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Zemaria Pinto obteve o grau de mestre com a dissertação “A invenção do Expressionismo em Augusto dos Anjos”, livro publicado no mesmo ano pela editora Valer, com mais de 300 páginas, que incluem uma antologia com os melhores poemas do poeta do hediondo. A dissertação de Zemaria Pinto defende a ideia de que Augusto dos Anjos, a partir

de 1906 – antes, portanto dos poetas alemães, que só começaram a publicar poemas ditos expressionistas em 1910 – começou a desenvolver processos expressionistas, que não tiveram seguidores de peso no Brasil, porque a obra do mestre sufocou as tentativas. Sobre o minicurso, Zemaria diz que pretende “apresentar a poesia de Augusto dos Anjos a quem não a conhece e matar a saudade dos anjófilos”, que é como se chamam os admiradores do poeta. “Pretendo ser bem didático, dando ênfase à obra, mas sem deixar de corrigir alguns equívocos sobre a vida pessoal do autor”, disse o professor. Para Zemaria Pinto, “100 anos passados de sua morte, pode-se dizer que há dois Augusto dos Anjos: o poeta, reconhecido pelo público e pela crítica; e o homem, cuja biografia, pobre de informações, transita entre dois polos, compondo ora um ser comum, sem nenhum traço peculiar além da excelência

como escritor, ora um ser hediondo, mito alimentado pela própria poesia, que a crítica, em boa parte, considera ‘inclassificável’”. Paraibano, Augusto dos Anjos formou-se em Direito pela Faculdade de Recife, foi para o Rio de Janeiro atrás de trabalho, o que só conseguiu em Leopoldina, como diretor de uma escola estadual. Vitimado por uma pneumonia, o poeta, então desconhecido, faleceu naquela cidade mineira aos 30 anos de idade, deixando apenas um livro publicado: Eu, de 1912. A AAL fornecerá certificado de participação para a contabilização de horas complementares, para universitários. O preço da inscrição é de R$5. A Academia funciona regularmente de segunda a sexta-feira, na rua Ramos Ferreira, 1009, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3342-5381 e 3343-6309, ou pelo e-mail acadam@ig.com.br.


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

D3

Novo lote de ingressos para show está disponível

A banda de power metal Angra toca no Teatro Manauara em 30 de maio, para celebrar os 20 anos do CD “Angels Cry” DIVULGAÇÃO

LUIZ OTAVIO MARTINS Especial EM TEMPO

O

segundo lote de ingressos para a apresentação da banda paulistana Angra no Teatro Manauara já está disponível. O valor é o mesmo do lote anterior, R$ 75 e o show do grupo de power metal está marcado para o dia 30 de maio, às 20h. As entradas podem ser compradas na bilheteria do teatro (piso Buriti do Manauara Shopping) e pelo site www.ingresse.com. Informações pelo telefone (92) 3342-8030. A apresentação tem como convidado especial o cantor italiano Fabio Lione e faz parte da turnê que comemora os 20 anos de lançamento de “Angels Cry”, álbum de estreia do Angra. O CD inclui faixas como “Evil Warning”, “Carry On”, “Time” e “Wuthering Heights”, cover do grande sucesso da cantora inglesa Kate Bush. Vocalista da Glory Opera e um dos responsáveis pela produção local do show, Humberto Sobrinho considera “Angels Cry” um clássico. “É um dos melhores discos do Angra e, na época do lançamento, foi um

trabalho bastante ousado que abriu portas para o grupo até no exterior”, observa o cantor. “O Angra tem uma identidade muito peculiar, pois os integrantes sempre colocam um pouco de musicalidade brasileira no som”. O produtor comenta que o novo show está em turnê por todo o país e é uma boa oportunidade trazer o grupo para tocar na cidade. “É uma banda bastante expressiva e tem um público grande em Manaus”, diz. Um dos shows da excursão já está disponível em CD e DVD sob o título “Angels Cry 20th Anniversary Tour”, gravado em São Paulo, em agosto de 2013. Humberto Sobrinho lembra que quase entrou para o grupo Angra. Ele chegou a participar de uma audição em janeiro de 2001. “Eu gravei duas músicas para a banda, mas já estava morando em Manaus (ele é natural de Recife, Pernambuco) e tinha acabado de me tornar pai. E para uma banda desse porte não basta só saber cantar, tem que ter compromisso e eu teria que me mudar para São Paulo”, conta. A vaga de vocalista ficou, então, com Edu Falaschi, que deixou a banda em 2012.

Trilogia Atualmente, Humberto dedica-se às gravações do terceiro CD da Glory Opera, que ainda não possui título, nem data de lançamento definida. O cantor adianta apenas que esse novo álbum vai fechar uma trilogia que aborda lendas amazônicas, especialmente da tribo sateré-mawé, nos versos das composições. “É uma ideia de valorizar a Amazônia. Na Europa existem grupos que exploram nas músicas elementos que existem lá, então, não faz sentido nós aqui falarmos de dragões, por exemplo”, explica o artista. Essa trilogia teve início com os álbuns “Rising Moangá” (2002) e “Equilibrium” (2004). O vocalista da Glory Opera revela que o próximo disco da banda está sendo produzido sem pressa, pois os integrantes pretendem que seja um trabalho mais maduro, e que já existe material até para um quarto CD. Além de Humberto Sobrinho, o grupo é formado pelos guitarristas Jean Rothen e Cazé Mar, pelo baixista Emerson Dácio e pelo baterista e percussionista Helmut Quacken.

FEIRA DIVULGAÇÃO

“Book Lovers Kids” é uma feira literária em cartaz no Shopping Ponta Negra até junho

Livros infantis a partir de R$ 3 A feira de livros “Book Lovers Kids” está em cartaz desde a última terça-feira, 29, no Shopping Ponta Negra. A tradicional mostra literária nacional, que durante os últimos meses percorreu diversas capitais brasileiras, ofertará durante mais de um mês, aproximadamente, três mil títulos de livros infantis e infanto-juvenis com preços a partir de R$ 3. A feira vai ficar em cartaz até o dia 2 de junho, na praça de eventos do primeiro piso do centro de compras. Além dos livros, as crianças e adolescentes terão acesso à turma “Bicho de Livro”, com quatro personagens aficionados por literatura. Os personagens foram criados pelo ilustrador Dirceu Veiga, que garante que cada criança vai se identificar com um deles, que demonstram os mais diferentes tipos de personalidade. Além de comprar as publicações, os pequenos leitores

terão ainda uma área de leitura, onde poderão folhear os livros e ter um acesso mais direto com diversos tipos de literatura. De acordo com o gerente de marketing do Shopping Ponta Negra, Rafael Fied-

ATRATIVO

No local dedicado ao evento, crianças e adolescentes poderão também conhecer os quatro personagens da turma “Bicho de Livro”, criada pelo ilustrador Dirceu Veiga ler, o evento é mais uma maneira que o centro de compras encontrou para divulgar cultura. “Já temos um espaço dedicado às artes plásticas e queremos tornar acessível a todas as idades as mais diversas formas de cultura. É importante incentivar a leitura

desde cedo, pois assim teremos certeza que estamos contribuindo para a formação de pessoas com maior senso crítico”, explica. A feira é realizada nacionalmente pela Ponto Cultural. “É impossível passar pela feira e não ser absorvido pelas cores e pela alegria dos personagens. Painéis remetem a capas de livros e nos mostram aonde a leitura pode nos levar e a importância de ler para as crianças. Queremos encantar adultos e crianças e mostrar a importância de formar grandes leitores a partir do contato com o livro infantil”, explica o empresário Luiz Aragão, responsável pela mostra. A feira é gratuita e vai acontecer diariamente na praça de eventos do shopping. De segunda-feira a sábado o horário é de 10h às 22h, e domingo das 14h às 20h. Todos os sábados e domingos os personagens contarão várias histórias, sempre às 16h.

A turnê da banda tem como convidado o italiano Fabio Lione (segundo da esquerda para a direita)


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

DIVULGAÇÃO

D4

‘Getúlio’ retrata últimos

dias do presidente Getúlio Vargas é interpretado pelo ator Tony Ramos, que passou por transformação física para viver a personagem “A ideia é mostrar o Palácio do Catete por dentro, entender o que foi a vida desse homem, acusado de um crime e tentando provar a sua inocência. É um filme que aborda os bastidores do poder, ou seja, é bem contemporâneo”, conta Jardim. O roteiro é assinado por George Moura, o mesmo da recente série global “Amores Roubados”. “[Escrever o filme] foi uma tarefa árdua e fascinante que durou mais de cinco anos. A história mostra bem do que é capaz um ser humano em situaçãolimite”, diz Moura.

De acordo com Jardim, a escolha dos atores foi minuciosa. “Para fazer o Getúlio teria de ser o Tony mesmo, que, como o presidente, é carismático e reservado”, diz. “E, enquanto a Drica Moraes se encaixa perfeitamente no papel da filha dele, Alexandre é um cara forte, com voz grave, igual ao Lacerda.” A curiosidade do filme é que muitos detalhes que o espectador verá na tela são originais da época. “Usamos, na cena da morte, a mesma cama e a mesma arma que Getúlio usou

Transformação O ator Tony Ramos teve de enfrentar mudanças drásticas em seu visual para dar vida ao presidente do Brasil Getúlio Vargas, no cinema. “Clareei os cabelos e raspei os pelos da nuca e da parte das costas”, conta o ator. Além disso, no filme, ele aparece bem mais gordo. “Na verdade, é um enchimento, uma espécie de prótese que coloquei para aparentar ter 20 quilos a mais”.

Para entrar de cabeça no personagem, Ramos conta que precisou ler muito. Segundo ele, além dos jornais da época, embarcou em muitos livros e viu documentários, sempre com a ajuda do diretor e documentarista João Jardim. “A ideia nunca foi imitar o Getúlio, mas entender os seus dramas, as suas crises, os seus silêncios. Só assim eu conseguiria levar o espectador à reflexão”. O ator também conta que carrega algumas memórias do presidente bem signifi-

cativas que lhe ajudaram na elaboração do papel. “No dia em que Getúlio morria, em 24 de agosto de 1954, eu me lembro que estava com a minha avó. Ela preparava uma massa de bolo para a comemoração do meu aniversário de seis anos, no dia seguinte. Ela começou a chorar e a falar: “Morreu o presidente, morreu o presidente’. Portanto, a história desse homem está na minha cabeça desde aquela época”, finaliza. Por Leonardo Mesquita

INCÔMODO DIVULGAÇÃO

HOMEM ARANHA

Cenas de ação em novo filme do Aranha, juntas, somam parcos 30 minutos de duração

Sequência revela herói sem rumo “O Espetacular HomemAranha 2 - A Ameaça de Electro”, na verdade o quinto filme do herói no cinema, mostra um Homem-Aranha sem rumo. As tentativas de renovar o personagem aplicadas no longa anterior perderam o fôlego na segunda aventura. “Aventura” não é a palavra ideal. O que se vê na tela é romance, o caso “não ata nem desata” do herói Peter Parker com Gwen Stacey. Nos intervalos entre rompimentos e reaproximações do casal, o Aranha arruma algum tempinho para enfrentar uns superbandidos dispostos a acabar com Nova York. E são vários: Electro, Rino e Duende Verde (pela enésima vez). Mas as lutas somam pouco mais de meia hora. A ideia de rejuvenescer a

em seu suicídio, em 1954.”

franquia depois dos três filmes da década passada, que tinham Tobey Maguire como Aranha, era pertinente. E fãs dos gibis gostaram inicialmente da opção de mostrar Parker na escola, no equivalente americano ao ensino médio brasileiro. Nesse ambiente Stan Lee e Steve Ditko criaram o Homem-Aranha em 1962. E Andrew Garfield, 30, e Emma Stone, 25, convencem como recém-saídos da adolescência. Além dos grandes olhos claríssimos que parecem de uma boneca, Emma é boa atriz. Garfield, apesar de canastrão, traz uma fragilidade ao herói que faz uma boa ligação com o espírito dos primeiros gibis do Homem-Aranha. A dupla não é o problema,

mas sim colocá-la como o eixo principal. É como a série de TV dos anos 1990 “Lois & Clark”, que pouco exibia do Homem de Aço em ação. Assim, o filme desperdiça Electro, vilão sem graça nos quadrinhos que melhora na tela. O roteiro dá a ele um tom patético que o sempre bom Jamie Foxx soube aproveitar. Rino decepciona. O que era força bruta no gibi, um gigante cinza, vira uma armadura horrorosa. E o Duende Verde aparece em sua pior versão. “Homem-Aranha” (2002) era realmente espetacular. As continuações não se comparam, mas eram ótimas. Já “A Ameaça de Electro” é só muito chatinho. Por Thales de Menezes

Filme trata de sexo e religião Em “Amante a Domicílio” nunca sabemos se Woody Allen é personagem de John Turturro, o realizador, ou se John Turturro (também ator aqui) é personagem de Woody. Não se trata necessariamente de um problema. A indefinição designa, em princípio, o bom entendimento entre os dois. O certo é que Woody é bem Woody como dono da livraria de livros raros que por força das circunstâncias decide agenciar os serviços sexuais do florista Turturro. Desde que transita de uma atividade a outra, nenhum tipo de escrúpulo parece abalar o livreiro. Ao contrário: Murray (nome de seu personagem) emprega toda sua lábia para convencer Fioravante, o florista, a se prostituir. O primeiro núcleo femini-

no da trama é formado por Sharon Stone, a dra. Parker, e Sofia Vergara, sua amiga: a médica, aliás, é quem havia pedido a Murray que encontrasse um homem para um “ménage à trois”. Começa assim a carreira de garoto de programa para Fioravante. As coisas engrossam quando Murray começa a provocar Avigal (Vanessa Paradis), a viúva de um rabino ortodoxo, a ter um encontro com Fioravante. Pelo que o filme dá a entender, Avigal não tinha sido nem tocada diretamente (com as mãos) pelo marido. Sabemos apenas que Fioravante a massageia. É tudo o que acontece entre os dois (além de ele ver os cabelos de Avigal -só os maridos podem vê-los, segundo os costumes ortodoxos). Turturro sabe que invade ter-

reno de risco, e talvez por isso os desdobramentos da relação sejam tão tímidos -embora essa aproximação motive uma mobilização da colônia judaica do Brooklyn, NY. Mas essa invasão se dá em mais de um sentido. Turturro, como autor, encontra o centro do que pretende: colocar-se por um lado contra a repressão sexual e, ao mesmo tempo, contra um tipo de cultura que abriu mão de seus valores. Ele parece buscar um meio termo entre “sexo todo o tempo” e “sexo nunca”. O filme pode sofrer ao mexer com religião, daí “Amante” se travestir de comédia água com açúcar. Por mais suave que busque ser, porém, os temas da repressão e da erotomania continuam lá, incômodos. Por Inácio Araujo DIVULGAÇÃO

E

streia hoje o filme “Getúlio”, do diretor João Jardim, que mostra os últimos 19 dias de vida do presidente Getúlio Vargas (1882-1954), período em que ele foi acusado de mandar matar o jornalista Carlos Lacerda (1914-1977), seu principal opositor, interpretado por Alexandre Borges. Estrelada por Tony Ramos, a produção aborda a crise política, as acusações sofridas e os dramas pessoais de Vargas, que resistiu até o último instante em renunciar ao cargo.

Obra que traz John Turturro como protagonista incomoda comunidade judaica de NY


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

D5

Canal 1 plateia@emtempo.com.br

Bate-rebate

TV Tudo E tem outra... A Bandeirantes também precisa cuidar melhor do seu esporte. E verificar quais as verdadeiras necessidades dos integrantes da sua equipe. Chorar e fazer ligações para as concorrentes, reclamando da saída de alguns, como aconteceu com a Fox, não vai adiantar coisa nenhuma. Crescendo Passados os primeiros anos de implantação, a TV Aparecida, começa a sondar profissionais experientes e o primeiro deles foi Odilon Coutinho, ex-Globo e ex-SBT, que nesta semana visitou as instalações da emissora e se reuniu com o diretor-geral, padre Josafa de Moraes. Aliás, a TV Aparecida, antes de iniciar a fase de contratações, procurou se aparelhar, e hoje é uma das mais bem instaladas e equipadas. Band em Portugal Oficialmente, a Bandeirantes ainda não confirma, mas existe sim o desejo de levar Téo José e Neto para fazer a final da Liga dos Campeões, no Estádio da Luz, em Lisboa. O jogo está marcado para o próximo dia 24. Existe um porém Embora já tenha liberado verba para a viagem da

GLOBO/ALEX CARVALHO.

De volta ao crime Adriano Garib, após “Salve Jorge”, viverá novamente o papel de um criminoso. Desta vez, na série “O Caçador”, como um mafioso, Robson, que é o braço direito de um chefe da contravenção e vira alvo do caçador de recompensas André (Cauã Reymond). Seu personagem entrará na trama para confundir e atrapalhar um dos casos que devera ser solucionado pelo ex-policial. sua equipe, a Bandeirantes só não confirma a sua presença no Estádio da Luz, porque existem questões que ainda não foram resolvidas. A principal delas é a liberação de uma cabine de transmissão. Está complicado acomodar emissoras do mundo todo. Encontro demorado Durou cerca de 5 horas a reu-

nião da presidente Dilma, na noite de segunda-feira, com representantes da imprensa brasileira, para falar sobre Copa do Mundo. Como resumo simples de tanto tempo de conversa, a chefe da Nação pediu a colaboração de todos para que o Brasil possa fazer boa figura como organizador da competição. Um ponto... Que chamou a atenção dos presentes foi a preocupação da presidente Dilma com o racismo. Trata-se de algo que ela não deseja que aconteça durante a Copa do Mundo no Brasil, mas de maneira nenhuma. Corta o som - 1 Dentre outras mudanças previstas para o “Vídeo Show”, nesses próximos tempos, consta o encerramento dos trabalhos da sua banda musical, justamente uma das novidades anunciadas junto com a chegada do Zeca Camargo. Uma decisão que já está tomada Corta o som – 2 Como o “Vídeo Show” passará a apostar muito em externas, inclusive mobilizando o próprio Zeca, a banda deixará de ter função.

Resumo das novelas

• São, a cada dia, mais insistentes os comentários sobre a volta de José Emílio Ambrósio para a Bandeirantes. • Paloma Tocci também vai fazer parte do time de convidados do novo jornal das manhãs na Band. • Fala-se muito no interesse da Bandeirantes na Rachel Sheherazade... • ... Mas trata-se de algo que a sua direção não confirma... • ... Bem diferente do caso da Ana Padrão Padrão, que é um nome que realmente interessa... • ... E até já teve reuniões por lá. Resta aguardar o encaminhamento da conversa. • Carolina Kasting, que fez “Amor à Vida”, não renovou com a Globo depois da novela. Está no mercado. • O SBT acertou a permanência do menino Jean Paulo Campos, o Cirilo, mas ainda sem definir um novo trabalho para ele.

SBT transforma Band em celeiro O SBT, discretamente, tem realizado verdadeiro estrago nos quadros da Bandeirantes. A equipe do Danilo Gentili, incluindo o próprio, foi apenas um caso, entre os tantos ocorridos só nos últimos tempos. Hoje, toda a base do jornalismo de Silvio Santos é formada pelo pessoal que trabalhava na Band, a começar pelo seu diretor-responsável Marcelo Parada. A mesma coisa pode-se dizer do seu setor técnico, em sua boa parte, constituído por profissionais oriundos da concorrente.

Flávio Ricco Colaboração: José Carlos Nery

C’est fini Tom Cavalcante, como João Canabrava, vai gravar “A Praça é Nossa”, na segunda-feira, atendendo convite de Carlos Alberto de Nóbrega, que comemora 60 anos de carreira e 27 de SBT. Na terça, haverá uma outra gravação do programa. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Carmen Novoa Silva E-mail: novoasilva@yahoo.com.br

O santo dos jovens Mia acompanha Miguel até um determinado endereço onde ele ficou de se encontrar com um homem. Ao chegarem lá, outros homens dizem que Gastão os pagou para que desaparecesse com ele. Diego consegue enganar Roberta mentindo que a aposta foi apenas para que ela acreditasse que ele havia mudado e para impressioná-la. Josy está em um hotel esperando por seu tutor, mas acaba tento uma surpresa ao ver a ex-diretora do orfanato.

Amância diz a Epaminondas que Catarina se recusa a dormir no quarto com ele. Ferdinando avisa a Pedro Falcão que não permitirá que Epaminondas expulse Mãe Benta e Zelão de casa. Dona Tê fica admirada ao ouvir Gina dizer que está começando a gostar do jeito de Ferdinando. Rosinha comenta com Amância que Mãe Benta acha que Zelão está furioso com Rodapé. Rodapé propõe à professora que ela confesse para Zelão que gosta dele.

Ana e Tati encontram com JP na rua e conseguem lhe convidar para o piquenique. JP aceita o convite e entra no orfanato. O rapaz avisa que o ensaio foi cancelado, por isso está lá com Mili, Pata, Vivi, Cris e Bia. Mosca fica muito enciumado ao saber que elas estão todas interessadas nele, ainda mais agora que sabem que ele possui uma banda. Tobias quase consegue beijar Maria Cecília na sala dela, no Café Boutique. Os chiquititos decidem montar uma banda, mas como não possuem instrumentos, pegam alguns antigos, que estão danificados.

Antônio, Anita e Palhares seguem em direção ao banco. Zelândia faz exigências para Caetano em nome do filho dos dois. Norma conta que passou o dia avaliando o comportamento de Raíssa. Ben e Sofia se despedem de todos, e ele sente falta de Anita. Abelardo sente ciúmes de Bernardete com Caetano/Veloso. Sidney presenteia Sofia com flores e bombons.

Marina se preocupa com sua situação financeira. Nando pensa em como fazer para separar Juliana de Jairo. Ivan fica feliz ao ver Clara e Cadu se tratando carinhosamente de novo. Luiza e Laerte trocam olhares no Galpão Cultural. Shirley diz a Rafaela que um dia Bárbara vai agradecê-la por tentar ajudá-la a conquistar André. Helena diz a Virgílio que gostaria de fazer com ele uma viagem para o exterior e ele sugere Goiânia, deixando-a desanimada.

A emissora não divulgou o penúltimo capítulo.

Era o ano de 1978. O ano que marcou o século. Em 16 de julho desse ano era eleito um papa polonês, Karol Wojtyla, inédito até então, pelo colégio cardinalício da Igreja Católica. Iniciaram-se assim, os primeiros passos que mudariam o curso da história. Na cronologia do pontificado de João Paulo 2° bastaria dizer que teve como interlocutores cinco sucessivos presidentes dos Estados Unidos e seis históricos líderes russos. Nos seus 26 anos de papado enfrentou a acelerada descristianização da Europa, a proliferação crescente de seitas, o despertar de integralismos religiosos, a queda do comunismo, a globalização, recrudescer do terrorismo (torres gêmeas), a ascensão do Islamismo, os progressos da bioética... “NÃO TENHAIS MEDO!” – Com estas palavras deu o tom do pontificado em seu primeiro dia como papa. Sem o saber, indicava seu excepcional papel na queda do sistema comunista do Leste Europeu. Na opinião de muitos historiadores foi a primeira fenda na “Cortina de Ferro” quando viajou a Polônia em junho de 1979. “Este papa é um Dom de Deus”, disse à B.B.C o escritor Aleksandr Solgenistsin. Suas armas: As palavras. Propiciou extraordinária aproximação com o mundo judeu, culminando com a instauração de relações diplomáticas normais entre a Santa Sé e Israel (1994), E no princípio do 3º milênio fez o pedido de perdão aos judeus em nome dos cristãos de ontem e de hoje. E depôs uma oração no famoso e cultuado “Muro das Lamentações”, no ano de 2000. Colocou em relevo o ecumenismo no convite a todas as religiões do mundo para irem a Assis em 1986. Desenvolveu culto a Virgem a começar pelo seu brasão papal exibindo o M de Maria e a legenda latina de Totus tuus (Todo teu). O que lembramos mais: Seu perfil de peregrino em suas 250 viagens evangelizadoras por todo o planeta. A 13 do maio de 1981 foi abatido pelas balas de um terrorista turco em plena

Praça do Vaticano. Depois de curado estendeu seu perdão ao criminoso indo pessoalmente ao cárcere e em diálogo constante com seu algoz. O que sobressai de maneira profética em suas ações foi a idéia da convocação das Jornadas Mundiais da Juventude a cada três anos desde 1986. Meu filho Miguel, e um infindável número de jovens estiveram presentes na última que presidiu em Toronto (Canadá) em 2003, Emocionante essa cumplicidade entre um papa idoso e os jovens do mundo contracorrente em relação a todos os estereótipos de nossa época. Permanecerá sem dúvida como o “mistério mais bonito do pontificado do João Paulo II”. Os jovens, hoje de 30 e 40 anos são a garantia do seu perpetuar no futuro. Tenho assistido programa Cristianitá veiculado na RAI (TV Italiana). Todo dedicado a vida e obras de Karol Wojtyla. Todos têm algo a testemunhar sobre ele. E... os jovens principalmente, ansiedade pela canonização dia 27 de abril em solenidade televisada para o mundo. Os jovens já no terceiro milênio, são a esperança da Igreja. Humanizam as coisas áridas. E as cristianizam. Com a poesia em seguir João Paulo que acreditava no brilhante olhar da juventude... Em Manaus em 1980, conseguiu transformar o 30 de julho em feriado. Até a comoção por sua morte em 2005 a mídia cumpriu seu papel de transmissora dos anseios da terra. Nove anos depois, na data em que adentra na hagiografia da Igreja, a sociedade manauense modificou-se. Viu transformar seu potencial demográfico e tecnológico num gigantismo soberbo e até pedante. Sociologicamente falando, a memória persiste em dizer da liliputiana Manaus que abrigava almas de valores eternos e não tinha na epiderme coisas perecíveis. Essa Manaus se diluiu. Em meio aos incensos de “ser como Deus” do terceiro milênio... Só quem aqui nasceu sabe o que foi aquele 1980!

Carmen Novoa Silva *Carmen Novoa Silva é membro da Academia Amazonense de Letras

Os jovens já no terceiro milênio, são a esperança da Igreja. Humanizam as coisas áridas. E as cristianizam. Com a poesia em seguir João Paulo que acreditava no olhar da juventude”


D6

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

Programação da TV

Otávio Mesquita agora comanda as madrugadas do SBT

Horóscopo GREGÓRIO QUEIROZ ÁRIES – 21/3 a 19/4 Não tema ser quem você realmente é. Há descobertas a fazer a respeito de sua natureza essencial. Aceite se novas faces de si mesmo lhe forem mostradas ou reveladas.

GLOBO

REPRODUÇÃO

4h55 Telecurso Educação Básica - Profele 5h10 Telecurso Profissionalizante - Básico 5h25 Telecurso Ensino Médio - Geografia 5h45 Telecurso Ensino Fundamental - Ciência 6h Globo Rural 6h30 Bom Dia Brasil 7h30 Bom Dia Amazônia 8h30 Mais Você 9h57 Bem Estar 10h40 Encontro Com Fátima Bernardes 12h Por Dentro Das Seleções 12h02 Amazonas Tv 12h47 Globo Esporte 13h20 Jornal Hoje 13h50 Vídeo Show 14h35 Sessão Da Tarde - O Bicho Vai Pegar 3 16h05 Caras & Bocas 17h50 Malhação 18h20 Meu Pedacinho De Chão 19h10 Jornal Do Amazonas 19h30 Programa Político - Pen 19h35 Jornal Nacional 20h10 Além Do Horizonte 21h15 Em Família 22h30 A Grande Família 23h15 Doce De Mãe

0h Tá No Ar - A Tv Na Tv 0h30 Jornal Da Globo 1h03 Por Dentro Das Seleções 1h05 Programa Do Jô 2h15 Corujão - Os Bad Boys 4h15 Festival De Desenhos

SBT

5h Jornal Do Sbt 6h Igreja Universal 7h Jornal Do Sbt 8h Bom Dia & Cia 9h45 Programa Jogo Da Gente 10h Waisser Botelho 10h50 Programa A Voz Da Esperança 11h30 Programa Agora 12h25 Programa Livre 13h15 Casos De Familia 14h15 Café Com Aroma De Mulher 15h Por Ela... Sou Eva 15h45 Abraça-me Muito Forte 16h45 A Feia Mais Bela 17h30 Quem Não Viu Vai Ver 18h20 Jornal Em Tempo 18h45 Sbt Brasil 19h30 Prop. Partidária Obrigatória - Pen 19h40 Chiquititas 20h15 Rebelde 21h Seriado 22h Programa Do Ratinho 23h A Praça É Nossa 0h15 The Noite Com Danilo Gentili

Cinema ESTREIA

1h15 Jornal Do Sbt 2h Okay Pessoal 3h Big Bang 4h Igreja Universal

BAND 5h Minúsculos 5h15 Só Risos 6h Nosso Tempo 6h30 1º Jornal 7h Dia Dia 8h10 Band Kids 10h10 Jogo Aberto 11h30 Teleshow Festa Clube 11h35 Comunidade Alerta 12h10 Notícias De Agora 12h25 Exija Seus Direitos 13h05 Câmera 13 13h50 Na Mira Da Notícia 13h55 Cidade Urgente 14h20 Ação Na Tv 15h Sabe Ou Não Sabe 16h30 Brasil Urgente 18h50 Band Cidade 19h20 Jornal Da Band 20h25 Minuto Da Copa Boletim 20h30 Horário Político Pen 20h40 Show Da Fé 21h30 Como Eu Conheci Sua Mãe

22h Os Simpsons 22h30 Polícia 24h 0h Agora É Tarde 1h Jornal Da Noite 1h45 Que Fim Levou? - Boletim 1h50 Minuto Da Copa - Boletim 1h55 Rosário 2h55 Minuto Da Copa - Boletim 3h Igreja Universal

RECORD 6h30 Record Kids - Pica Pau 7h40 Fala Brasil 9h Hoje Em Dia 11h Magazine 12h Alô Amazonas 13h30 Craque Na Tv 13h50 Cine Record Especial - “Titanic” 16h30 Cidade Alerta 18h45 A Crítica Na Tv 19h30 Horário Político - Pen 19h35 Jornal Da Record 20h15 Todo Mundo Odeia O Chris 21h15 Pecado Mortal 22h15 Aprendiz Celebridades 23h15 Super Tela 1h15 Programação Iurd

Cruzadinhas REPRODUÇÃO

TOURO – 20/4 a 20/5 Não tema enfrentar as dificuldades, nestes dias. Ao dar seu esforço, irá se libertar de grilhões e de condições desafortunadas. Hora de deixar de carregar tantos pesares. GÊMEOS – 21/5 a 21/6 Relações novas e fascinantes ajudam-no a se integrar melhor. Não pense só em suas vontades. Seja generoso em sua participação com amigos e meio social. CÂNCER – 22/6 a 22/7 Momento importante para renovar os caminhos da carreira profissional. Um pequeno passo significa agora um grande salto. Há oportunidades que dão novo impulso a ela. LEÃO – 23/7 a 22/8 É tempo de suas paixões impulsionarem fortemente você a ingressar em caminhos e direções que estava construindo, mas diante dos quais não se decidia a valer. VIRGEM – 23/8 a 22/9 É tempo de se livrar de pesos e cargas que ancoravam sua vida no porto errado. Diga adeus a certos aspectos de suas raízes. Limpe o espaço pessoal para um novo futuro. LIBRA – 23/9 a 22/10 Seus relacionamentos precisam de franqueza, liberdade e confiança. É preciso ter liberdade ao se comunicar com as pessoas. Não fique preso demais às convenções. ESCORPIÃO – 23/10 a 21/11 Seu cotidiano precisa deixar de ser o aborrecimento que se tornou. Invista em novos objetos e condições, seja no trabalho ou na vida pessoal. Renove radicalmente a rotina. SAGITÁRIO – 22/11 a 21/12 Depende de você, quase exclusivamente, iniciar um novo empreendimento, romance ou criação - em muitos níveis. Saia fora de seus próprios preconceitos e se lance adiante. CAPRICÓRNIO – 22/12 a 19/1 Você que está a construir um novo lar e precisa agora se libertar de antigas cargas, encargos e pendências. Livre-se de pesos mortos e tudo irá fluir com mais naturalidade. AQUÁRIO – 20/1 a 18/2 Ingresse nas oportunidades que o mundo lhe oferece, sem muito preconceito. Participe de grandes movimentos e isso fará deslanchar suas relações e sua comunicação. PEIXES – 19/2 a 20/3 Trabalhar de modo novo ou em novas atividades traz um avanço especial para sua prosperidade material. Nem sempre esta correlação é eficaz como é neste momento.

Getúlio: BRA. 12 anos. Agosto de 1954. O presidente da República, Getúlio Vargas (Tony Ramos), é acusado de mandar matar o maior inimigo político do seu governo. As investigações mostram que a ordem para o atentado saiu de dentro do Palácio do Catete. Getúlio tenta se manter no poder e provar sua inocência, mas comete um ato extremo. Cinemark 2 – 11h20 (exceto segunda-feira, terça-feira e quarta-feira), 13h40, 16h, 18h30, 20h50 (diariamente), 23h15 (somente sábado); Cinépolis Millennium 7 – 14h15, 16h45, 19h20, 21h40 (diariamente); Cinépolis Ponta Negra 3 – 16h15, 21h40 (diariamente); Cinépolis Ponta Negra 6 – 19h45 (diariamente); Playarte 10 – 12h55, 15h, 17h05, 19h10, 21h20 (diariamente), 23h25 (somente sexta-feira e sábado). Amante a Domicílio: EUA. 14 anos. Murray (Woody Allen) é um senhor de idade que, durante uma conversa sobre sexo, diz que conhece um gigolô. Ao saber o quanto poderia ganhar como cafetão, ele tenta convencer seu amigo, Fioravante (John Turturro), a entrar para o ramo. Após muita insistência de Murray, Fioravanti topa fazer um programa com a doutora Parker (Sharon Stone), que está bastante insegura por ser a primeira vez que trai o marido. Cinépolis Ponta Negra 3 – 13h10, 19h10 (leg/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 6 – 17h30, 22h15 (leg/diariamente).

O Espetacular Homem Aranha 2 – A Ameaça de Electro: EUA. 12 anos. Para Peter Parker (Andrew Garfield), não há nada melhor do que se balançar entre arranha-céus, ser um herói e passar o tempo com Gwen (Emma Stone). Mas ser o Homem-Aranha tem um preço: apenas ele pode proteger os novaiorquinos dos inacreditáveis vilões que ameaçam a cidade. Com o surgimento de Electro (Jamie Foxx), Peter precisa confrontar um inimigo muito mais poderoso do que ele. E com o retorno de seu velho amigo Harry Osborn (Dane DeHaan), Peter percebe que todos os seus inimigos têm uma coisa em comum: a OsCorp. Cinemark 1 – 15h30, 21h30 (dub/diariamente), Cinemark 4 – 19h, 22h10 (3D/dub/exceto quarta-feira), 12h50, 15h50 (3D/dub/diariamente), Cinemark 6 – 11h50 (dub/exceto segunda-feira, terça-feira e quarta-feira), 14h50, 18h, 21h10 (3D/dub/diariamente), 0h15 (3D/dub/somente sábado), Cinemark 7 – 11h (3D/dub/exceto segunda-feira, terça-feira e quarta-feira), 14h10, 17h10, 20h20 (3D/dub/diariamente), 23h30 (3D/dub/somente sábado); Cinépolis Millennium 1 – 13h30, 16h30 (3D/dub/diariamente), 19h30, 22h30 (3D/leg/diariamente), Cinépolis Millennium 4 – 14h, 17h, 20h (dub/diariamente), Cinépolis Millennium 8 – 13h, 16h, 19h, 22h (leg/diariamente); Cinépolis Plaza 1 – 12h30, 15h30, 18h30, 21h30 (dub/diariamente), Cinépolis Plaza 2 – 13h, 16h, 19h, 22h (3D/dub/diariamente), Cinépolis Plaza 3 – 14h, 17h15, 20h30 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 1 – 15h10, 18h30, 22h20 (3D/leg/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 5 – 13h, 19h15 (3D/dub/diariamente), 16h10, 22h30 (3D/leg/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 8 – 15h30, 18h45, 22h (dub/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 9 – 14h30, 17h45, 21h (leg/diariamente); Playarte 1 – 14h10, 17h (3D/ dub/diariamente), 0h01 (3D/leg/somente quinta-feira), 20h (3D/leg/diariamente), 22h45 (3D/leg/somente sexta-feira e sábado); Playarte 5 – 0h01 (dub/somente quinta-feira), 12h30, 15h15, 18h, 20h45 (dub/diariamente), 23h30 (dub/somente sexta-feira e sábado), Playarte 6 – 15h16, 18h01, 20h46 (dub/diariamente), 23h31 (dub/somente sexta-feira e sábado).

CONTINUAÇÕES Profissão de Risco: EUA. 14 anos. Cinépolis Ponta Negra 10 – 20h45 (leg/ diariamente). Inatividade Paranormal: EUA. 12 anos. Cinemark 3 – 13h10, 18h20 (diariamente), 23h40 (dub/somente sábado); Cinépolis Millennium 2 – 20h20, 22h20 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 8 – 14h10, 16h30, 18h50, 21h45 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 10 – 18h15 (leg/ diariamente); Playarte 2 – 19h10, 21h05 (leg/diariamente), 23h (leg/somente sex-

ta-feira e sábado), Playarte 3 – 13h20, 15h20, 17h20, 19h20, 21h20 (dub/diariamente), 23h15 (dub/somentes sexta-feira e sábado); Playarte 4 – 19h21, 21h21 (dub/diariamente), 23h16 (dub/somente sexta-feira e sábado). Copa de Elite: BRA. 14 anos. Cinemark 1 – 13h, 18h50 (diariamente); Cinépolis Millennium 5 – 15h50, 21h50 (diariamente); Cinépolis Plaza 5 – 13h15, 16h15, 18h40, 21h15 (diariamente); Cinépolis Ponta Negra 6 – 15h (diariamente); Playarte 9

– 13h30, 15h30, 17h30, 19h30, 21h30 (diariamente), 23h35 (somente sexta-feira e sábado). Divergente: EUA. 14 anos. Cinemark 5 – 19h10, 22h20 (dub/ diariamente); Cinépolis Millennium 6 – 12h30 (dub/exceto segundafeira e terça-feira), 15h30, 18h30 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 6 – 20h20 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 7 – 16h, 21h30 (leg/diariamente); Playarte 2 – 13h50, 16h30 (dub/diariamente), Playarte 8 – 12h50, 15h30 (leg/diariamente). Capitão América 2 – O Soldado Invernal: EUA. 12 anos. Cinemark 8 – 12h55, 15h45, 18h40, 21h50 (dub/diariamente); Cinépolis Millennium 3 – 13h10, 16h10, 19h10 (3D/leg/diariamente); Cinépolis Millennium 6 – 21h30 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 4 – 12h40, 15h40, 19h15, 22h15 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 2 – 17h10 (leg/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 4 – 14h, 20h30 (3D/leg/diariamente); Playarte 7 – 12h30, 15h10, 17h50 (dub/diariamente), 20h30 (leg/diariamente), 23h10 (leg/somente sexta-feira e sábado). Noé: EUA. 14 anos. Cinemark 3

– 15h20, 20h30 (dub/diariamente); Cinépolis Millennium 3 – 22h10 (3D/dub/diariamente), Cinépolis Millennium 5 – 12h40 (dub/exceto segunda-feira e terça-feira), 18h40 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza 7 – 14h25, 17h20, 20h40 (3D/ dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 2 – 20h35 (leg/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 4 – 17h (3D/leg/diariamente); Playarte 8 – 18h10 (dub/diariamente), 20h50 (leg/diariamente), 23h30 (leg/somente sexta-feira e sábado). Rio 2: EUA. Livre. Cinemark 5 – 11h30 (dub/exceto segundafeira, terça-feira e quarta-feira); Cinépolis Millennium 2 – 12h50 (dub/exceto segunda-feira e terçafeira), 15h15, 17h50 (dub/diariamente); Cinépolis Plaza - 6 – 12h50, 15h20, 17h50 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 2 – 14h10 (dub/diariamente); Cinépolis Ponta Negra 7 – 13h30, 19h (dub/diariamente), Cinépolis Ponta Negra 10 – 13h15, 15h45 (dub/diariamente); Playarte 4 – 12h40, 15h, 17h10 (dub/diariamente), Playarte 6 – 13h10 (dub/diariamente).


Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

D7

::::: Sala de Espera William Pereira, Lilian D’Araújo e Josué Neto estão trocando de idade hoje. Os cumprimentos da coluna. Em busca de um programa cultural para toda a família neste feriado? A resposta é o Festival Amazonas de Ópera, que nesta quinta leva ao palco do teatro, a partir das 20h, a obra-prima de Donizetti, “Lúcia di Lammemoor”, com participação da soprano Dhijana Nobre e da Orquestra Amazonas Filarmônica.

De autoria do deputado Sidney Leite (PROS), no próximo dia 8, na Aleam às 14h, acontece Sessão Especial em homenagem ao poeta-diplomata Thiago de Mello, pelos 50 anos de sua obra “Os Estatutos do Homem”.

A Seduc lançará, com o assessoramento de um maestro profissional, o coral institucional “Vozes da Educação”. O DJ que tem dominado as principais pistas de dança do mundo e é apontado como um dos produtores musicais mais completos de e-music, Alex From Tokyo, é o headline de amanhã, a partir das 23h, do SUB. A noite terá ainda os DJs residentes da casa, Márcio S. e Cezar Dantas. Amanhã, no Pegada’s Sertaneja Classic acontece o tradicional festim dos fãs de sertanejo ao som de Forró Ideal, Edvan Silva e Banda Pegada Sertaneja, além do DJ Anderson Mix – a partir das 21h. A Esata – isso mesmo, com s – abre suas inscrições para o curso de

jandervieira@hotmail.com - www.jandervieira.com.br

::::: Evento gringo! HERICK

PEREIRA

No próximo dia 9 todos os caminhos levam ao Teatro Manauara. O palco da badalada casa recebe nada mais nada menos que Wayne Hussey, vocalista da banda inglesa The Mission. O show em formato acústico é uma iniciativa da gravadora Blast Records e a vinda do gringo ao evento atende aos pedidos de fãs amazonenses, já que a turnê do artista inglês roda as principais capitais do país. O pré-show fica por conta do artista amazonense Gustav Cervinka. Vai ser imperdível.

::::: Cadê o Rio Negro? Diante de tanta festa entre os times locais, o tradicional galo do centro da cidade sumiu! Por onde anda o “Barriga Preta”, arquirrival do Nacional? O Rio Negro, que é um dos grandes times do norte do país, anda de fora de um dos melhores momentos para o esporte futebolístico local. É bom dar o famoso “up grade” e voltar à cena para revitalizar os saudáveis e necessários clássicos do famoso “Rio-Nal”.

::::: Últimos dias

Para garantir uma pele macia e iluminada o ano inteiro, O Boticário acaba de lançar a exclusiva Cera Hidratante Monoï & Argan. Específico para áreas ressecadas, como joelhos e cotovelo. A novidade faz parte da linha Nativa SPA Frutoterapia.

O Comida di Buteco, maior concurso de cozinha de raiz do Brasil, chega a sua reta final na capital amazonense. Até domingo, o público pode percorrer o circuito de 17 botecos participantes e votar no melhor boteco da cidade. Sob o lema “Mais amor e mais boteco, por favor!”, os botecos participantes apresentam combinações criativas e inéditas, com variações que percorrem desde ingredientes típicos da região até combinações inovadoras, como no caso da culinária colombiana.

::::: Aplausos A Aleam aprovou, ontem, por unanimidade, o projeto de lei de autoria do deputado Adjuto Afonso (PP), que altera as normas para elaboração de forma artesanal da produção de queijos regionais. O PL vai dar atenção igualitária, tratando o pequeno produtor artesanal dos queijos regionais da mesma forma que as grandes empresas.

::::: Campanhas

A grande aniversariante de hoje, Nejmi Jomaa Aziz, sempre sinônimo de elegância e alto astral, continua sendo referência no que diz respeito a solidariedade e amor ao próximo. A ex-primeira-dama é merecedora de todos os aplausos e cumprimentos da coluna!

CINEMA

Morre ator de ‘Uma Cilada para Roger Rabbit’, aos 71 O ator britânico Bob Hoskins, de “Uma Cilada para Roger Rabbit” (1988), morreu terça-feira, aos 71 anos. Ele estava hospitalizado devido a uma pneumonia. Hoskins começou no teatro. Em 1978, tornou-se conhecido em seu país por seu papel na minissérie “Pennies from Heaven”. No cinema, atuou em sucessos como “Minha Mãe É uma Sereia” (1990), “Brazil: O Filme” (1985) e “Super Mario Bros” (1993). Por sua atuação em “Mona Lisa” (1986), ganhou um Globo de Ouro, foi premiado em Cannes e indicado ao Oscar.

Jander Vieira

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, a NFS-e. Mais informações pelos 36112153 e 3611-2410 ou escolatributaria@gmail. com.

Mas ficou mais conhecido com “Uma Cilada para Roger Rabbit”, como o detetive Eddie Valiant, que contracena com a personagem de animação Jessica Rabbit. Por essa atuação, Hoskins foi indicado ao Globo de Ouro de melhor ator em filme de comédia ou musical. Em 2012, após receber o diagnóstico de mal de Parkinson, Hoskins anunciou sua aposentadoria. Na ocasião, pediu que o público respeitasse sua privacidade e afirmou estar ansioso para passar mais tempo com a família. Deixa a mulher, Linda, e quatro filhos. DIVULGAÇÃO

Bob Hoskins contracenou com animações na década de 1980

Ancorada no sucesso da campanha que conscientiza os motoristas a reduzirem a velocidade para possível parada diante da faixa de pedestres, porque obvio as pessoas precisam atravessar ruas e avenidas, bem que a PMM poderia iniciar uma campanha para despertar em centenas de motoristas locais a utilização da seta ou o popular pisca-pisca. A campanha poderia ser assim: “As luzes não piscam só no Natal. Motorista atento, use o piscapisca do seu veículo ao dobrar a direita ou esquerda...”. Seria muito bom. Que tal?


D8

Plateia

MANAUS, QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2014

SEC e grupos folclóricos definem edital de festival A

manhã, às 19h, no Cine Teatro Guarany (anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro), será realizada a terceira e última rodada de reuniões entre o governo do Amazonas, por meio do titular da Secretaria de Estado da Cultura, Robério Braga, junto a agentes culturais e grupos folclóricos para elaboração, em conjunto, dos critérios finais do Edital de Credenciamento Público para Fomento aos Grupos Folclóricos para participarem do 59º Festival Folclórico do Amazonas. Pelo edital, os candidatos, pessoas físicas ou jurídicas, farão o credenciamento para concorrer às cotas de patrocínio que o governo do Estado vai dispor para a promoção da festa popular, que reúne dezenas de comunidades e milhares de brincantes na arena do Centro Cultural Povos da Amazônia, com entrada gratuita. Duas reuniões já foram realizadas com os representantes de grupos, agremiações e danças em geral. A terceira servirá para que os participantes levem sugestões para definir critérios de classificação e pontuação. A partir dessas definições e com

edital fechado, o governo, via SEC, terá como orçar o patrocínio que estará disponível em 2014 para o festival. “A reunião foi excelente, recebemos muitas contribuições, avançamos e praticamente encerramos o processo, com uma ampla participação democrática, aberta, franca, leal, sincera, construtiva, com

EM PAUTA

A terceira e última reunião vai servir para que os participantes levem sugestões para definir critérios de classificação e pontuação. O 59º Festival Folclórico do Amazonas será realizado em junho todos os grupos procurando oferecer, cada um, uma contribuição mais esclarecedora, cada um trazendo a sua experiência de gestão. Todos estão empolgados com a orientação do governo de que vamos melhorar e aprimorar a qualidade do Festival Folclórico do Amazonas, e isso será irreversível. O público pode esperar isso e muito mais na Bola da Sufra-

ma”, diz Robério Braga. Presidente do bumbá Corre Campo, Alvacir Siqueira acredita que a mudança na forma de patrocínio, apesar do impacto inicial, será para o engrandecimento do festival. “Esperamos as definições dos critérios finais, e queremos aproveitar o que foi positivo em anos anteriores, e o que foi negativo descartar completamente”. O Corre Campo é uma das agremiações mais antigas da capital, constituída desde 1985, e seu presidente disse estar com todos os documentos prontos para se credenciar. Mário Silvério, 37, brincante de quadrilha presente à reunião, acredita que o formato escolhido vai beneficiar diretamente os grupos e as comunidades, podendo pessoas físicas se cadastrarem para obter o patrocínio, de forma igual e competitiva. “Quem for melhor, vai continuar se destacando e os critério serão bem justos. Para melhorar, tem que mudar mesmo”, afirmou. O Edital do Festival Folclórico do Amazonas será aberto a todos os grupos interessados em participar do evento e se credenciar ao patrocínio do Governo, tanto pessoas físicas quanto jurídicas.

DIVULGAÇÃO

Critérios finais para credenciamento público de fomento às agremiações serão elaborados em reunião marcada para amanhã

O edital prevê que os candidatos façam o credenciamento para concorrer às cotas de patrocínio

EM TEMPO - 1º de maio de 2014  

EM TEMPO - Caderno principal do jornal Amazonas EM TEMPO