Page 1

Economia 14

Produção do Amazonas tem alta de 7% no início do ano

Ione Moreno

Marcely Gomes

Mercado de franquias em crescimento no Estado

Economia 16

1,00 VENDA PROIBIDA

ANO XXX – Nº 9.735 – Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018 – Presidente: Otávio Raman Neves – Diretor Executivo: João Bosco Araújo

DINHEIRO FALSO é comercializado nas redes sociais

EXEMPLAR DE R$ASSINANTE

Partido Novo quer promover as mudanças pela política

Márcio Melo

Política 10 e 11

Ione Moreno

Polícia 7

Explosão imobiliária atrai profissionais

para o outro lado da ponte www.emtempo.com.br

/emtempooficial

/emtempooficial

Economia 13

@emtempooficial

Moradores assustados com onda de crimes Polícia 6

/emtempo


Artigos

2

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Dm S Cn

J Bc Aúj

Arcebispo Metropolitano de Manaus

Adoração Recentemente a Arquidiocese de Manaus adquiriu uma casa para ser a casa do clero de Manaus. Sonho antigo, ela será uma casa de passagem para os padres do interior quando vêm à cidade, um lugar de repouso e recuperação para sacerdotes doentes e idosos que aí queiram morar. A casa é um antigo convento das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria que aí viveram por mais ou menos meio século. Foi construída para servir de moradia para as irmãs que trabalhavam no Hospital Alfredo da Matta. Ao entrar na casa pela primeira vez, além da beleza dos jardins, da disposição dos cômodos, impressionou-me a paz que reina no local. Demorei um pouco para entender a razão. Nestes dias terminamos de arrumar a capela da casa e depois de celebrar a missa, guardamos o pão consagrado no sacrário, o mesmo das irmãs. Tomei consciência de que durante cinquenta anos as religiosas que gastavam a sua vida no serviços aos doentes ali passavam longas horas em adoração silenciosa. Uma energia positiva habita aquele lugar de encontro entre criatura e criador, de diálogos entre almas consagradas e o Senhor que as conquistara para o seu serviço. Ali no mistério eucarístico está o sinal maior do amor que se fez pão, alimento, para permanecer entre os seus. Aquele pequeno cômodo se transformou numa porta para a eternidade, um lugar de sonho. O mundo todo esteve presente nas intenções daquelas que eram antes de tudo missionárias. Com certeza também as mazelas da humanidade foram lembradas na intercessão daquelas madres, que vivi-

am a maternidade no cuidado dos filhos de outras mães. Também ali se pediu perdão pelos pecados pessoais e pelos pecados do mundo. Na pequena capela cantaram-se os salmos e os hinos da liturgia das horas, como serviço de louvor em nome da Igreja. Mas foi na adoração que se manifestou o amor que ultrapassa as fronteiras do espaço e do tempo. Fiz o propósito de fazer o melhor para que esta casa seja de fato uma casa sacerdotal, onde a presença de Deus seja sentida e percebida por quem nela habitar e por aqueles que vierem de passagem. Que ela seja o que todas as casas deveriam ser, lares, espaços de encontro com o mistério da vida, que se renova a cada nascimento e que mostra sua beleza no envelhecer sereno. Que os doentes que aí viverem sintam a solidariedade e o carinho de todos. Que a paz, procurada por todos seja encontrada a partir do sacrário e que daí se irradie com a força que brota da adoração.  Adoração é uma forma de rezar que se dá no amor, que nada pede, nada agradece. É quando o orante faz a experiência da gratuidade que é uma dimensão essencial do amor. Não há mais necessidade de palavras. Perde-se a ansiedade dos discursos e a ansiedade de dar as razões de tudo e para todos. A adoração se alimenta da memória pessoal e coletiva, expressa nas Sagradas Escrituras que inspira o adorador e aponta para o futuro quando adoraremos todos o Cordeiro Imolado. Para adorar temos que ter a coragem de silenciar. É só no silêncio interior e exterior, que poderemos encontrar aquele que pode nos dar a Paz tão necessária na superação de toda violência.

Diretor Executivo do EM TEMPO

Distorção perigosa Já é quase uma rotina e, a esse título, começa a criar um clima de expectativa habitual e a revestir-se de ocorrência normal. Na verdade, raro é o fim de semana em que os jornais impressos ou televisivos não tragam notícias a respeito dos embates violentos, principalmente entre torcidas que deveriam apenas ser competitivas, mas que acabam por se tornar exércitos inimigos mutuamente sedentos do sangue do outro. Nesta última semana enfrentaram-se o Santos e o Corinthians e foi legada a morte de um torcedor, por linchamento. Não importa saber qual dos clubes contribuiu com a vida da vítima e qual com a trupe de feras sangrentas, pois a alternância é frequente e sucessiva. Para saciar os impulsos e a sede de violência dessas hordas, talvez fosse mais justo inverter os papéis, colocando os jogadores nas arquibancadas e as torcidas no gramado, num simulacro das arenas romanas, onde os espetáculos consistiam nos confrontos mortais entre gladiadores. Mas, afinal, não se trata de uma prática desportiva e o esporte não é costumeiramente definido como uma atividade educativa, que desenvolve e enriquece tanto o corpo quanto a mente? Então, alguma coisa vem acontecendo, a distorcer o que seria natural e de se esperar. A análise logo revela, num plano mais basilar, que a sociedade brasileira, como totalidade, há muito está a sofrer um processo degenerativo que consiste num declínio qualitativo decorrente da sua deseducação ou dos rumos equivocados que se têm dado ao que deveria ser a sua evolução cultural. Nitidamente, estamos a trilhar o caminho que somente leva à degenerescência social, seja nas microcélulas das unidades familiares, seja nas

mais amplas associações e mais largos conglomerados sociais. Aliás, constitui indicativo seguro do nível cultural de uma nação a maneira e os critérios com que nela se atribuem e distribuem os valores de um modo geral, principalmente aqueles que se enquadram nas categorias da ética e da estética. Precisamos colocar as práticas desportivas, sobretudo o futebol, nos seus devidos lugares, a fim de que seja interrompido esse fanatismo que cega e induz as pessoas a esse matar ou morrer por um clube ou por um brasão. Assinante de uma rede de televisão a cabo, ainda não deu para contar quantos são os canais “especializados”, entre os ESPN, os SporTV, os Fox, os Esporte Interativos, Band Sports e quantos mais, além dos programas e “mesas de debates” da TV aberta. Mas sei, por exemplo, que nesta última semana tornei-me um especialista no dedinho do pé do Neymar, por todas as detalhadas explicações que ouvi e pelas imagens radiográficas que vi, feitas de todos os ângulos possíveis. Por tudo isso e mais ainda, a nação brasileira está hoje convencida de que o futebol é o seu destino, o seu futuro e o que de mais importante pode existir. Então, muito justo que por ele se mate e se morra. Quando aconteceu aquela “desgraça” dos 7 X 1 da Alemanha, só não se seguiu uma onda de suicídios, porque foi tão surpreendente e inesperado que acabou por imobilizar o país. Literalmente um susto. E neste momento o pior está por vir. Ninguém esqueça que estamos às vésperas de uma Copa do Mundo. Para os brasileiros, o mais importante de todos os eventos que a humanidade jamais produziu. Ainda bem que esta vai acontecer bem longe, lembrando que, juntamente com a Olimpíada, a última quase levou à falência o país.

Ch

Malikadahil28@gmail.com

Presidente Otávio Raman Neves Vice-Presidente Otávio Raman Neves Júnior Diretor-Executivo João Bosco Araújo Diretor Administrativo Leandro Nunes Diretora Comercial Ivana Sampaio Diretor de redação Júlio César Guimarães Chefe de diagramação Mario Henrique Silva Fotografia Ione Moreno Projeto Gráfico Adyel Vieira e Mario Henrique Silva Fale conosco

(92) 3090-1010 | 3090-1017 DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Sem título-28 2

10/03/2018 01:18:25


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Ctxt

Opinião

Opinião@emtempo.com.br

devolução de R$ 14,5 milhões aos cofres públicos, entre multas e alcances, por diversas irregularidades detectadas na prestação de contas do gestor. Turismo Em sua viagem à Itália, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, teve um encontro com o secretário nacional de estruturação do Turismo, do Ministério do Turismo, José Antônio Totó Parente, com o qual discutiu ações para fomentar o turismo no Brasil, em parceria com o Ministério do Turismo italiano, na Embaixada brasileira, em Roma. Poluição

Pêmio inéio

O trabalho de capacitação, inclusão socioeducacional e empregabilidade realizado pela Escola de Serviço Público Municipal, rendeu o primeiro lugar na categoria Inovação na Administração Pública do Prêmio Nacional Guerreiro Ramos de Gestão Pública 2017, a professora Luíza Bessa Rebelo. O case “Os programas de inclusão socioeducacional da Espi, qualificação e empregabilidade” foi escrito em parceria com os professores da Ufam Manoel Carlos Oliveira Jr. e Andreia Brasil e concorreu com outros 13 trabalhos inscritos. Reforma

“Os Impactos da Reforma Trabalhista na Gestão das Empresas” é o tema da palestra ministrada pelo advogado Renato Saraiva, às 18h, da próxima quarta-feira, no auditório da Federação da Indústrias do Estado do Amazonas. O objetivo é mostrar as principais alterações na legislação trabalhista pós-reforma. Compromisso O Ministério Público Federal no Amazonas expediu recomendação ao Ministério da Educação e ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para garantir o cumprimento de termo de compromisso que prevê a construção de 50 esco-

Sem título-28 3

las indígenas em São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos. Mineral A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas anunciou a criação da coordenadoria operacional de Recursos Minerais, com o objetivo de incentivar outras formas de desenvolvimento econômico para a região, além de agregar as empresas do setor para uso sustentável das jazidas do Amazonas. Devolução Os conselheiros do Tribunal de Contas do Amazonas julgaram irregulares as contas de 2012 da Prefeitura de Urucurituba e determinou a

Falando em Itália, a Prefeitura de Roma determinou que a partir de 2020 nenhum carro movido a diesel poderá entrar em Roma devido a poluição provocada por eles no ar e no estrago que vem provocando nos monumentos históricos da capital italiana. Denúncia Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon) informa os números do disque-denúncia da unidade policial: (92) 99962-2405 e 3214-2264, disponibilizados à população para o repasse de delações relacionadas ao atendimento à pessoa física e consumidor. Parabéns A TV Cultura do Amazonas completará 47 anos nesta segunda-feira. Para celebrar a data, a emissora passa por um processo de mudança que beneficiará os telespectadores da capital e do interior do Estado e também os servidores da casa. O mais importante é a digitalização do sinal, até 30 de maio, quando o veículo se adequará ao prazo estabelecido pelo Ministério das Comunicações para o fim do sistema analógico e o início do sinal digital na transmissão de TV.

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Alau

Vaa

Para a TV Cultura, que completará 47 anos nesta segunda-feira e está em processo de mudança do sinal de transmissão analógico para o digital e ampliando a sua cobertura em todo o Estado.

Para o recorde de esquartejamentos em dois meses em Manaus, que segundo a polícia, ocorre por conta de disputa de traficantes por território e dívidas relacionadas à compra de entorpecentes.

3

Edtral O Bsi os bsieios O Brasil é um país que realmente surpreende, para o bem e para o mal. Cresce enquanto dorme, resiste de pé as roubalheiras que lhes são impostas diariamente, suporta a incompetência de seus administradores com decisões erradas e equivocadas que geram prejuízos incalculáveis e continua produzindo das suas. A última realmente é para ir para os anais do serviço público. Após todo o imbróglio com a pré-candidata à ministra do Trabalho, Cristiane Brasil, que nem sequer chegou a ser empossada depois de polêmica em torno de sua vida pessoal e imagens inadequadas para uma servidora pública, eis que o Ministério do Trabalho apresenta mais uma pauta para os noticiários. É que o ministério acaba de contratar para assumir funções na qual seu titular autoriza pagamentos de R$ 473 milhões por ano, um jovem de 19 anos, recém-saído do ensino médio. Ele não é nenhum gênio das finanças, até porque há bem pouco tempo se gabava nas redes sociais de ter ficado em recuperação e fazia bullying com os colegas que passaram direto escrevendo: “qm passa direito é busao kakakwkaka”. Esse é o Mikael Tavares Medeiros, que ocupa um cargo de confiança numa sala de um prédio anexo ao Ministério do Trabalho, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, depois de um tempo desempregado e cuja única experiência profissional foi de vendedor de óculos numa loja, indicado pelo pai. No mínimo o que um brasileiro pode pensar é sobre o pouco caso que é dado ao Ministério do Trabalho, um feudo do PTB, que pelo visto não tem tanta importância assim na vida do trabalhador, porque ficou tanto tempo sem ministro e ninguém deu a mínima, não fez a menor diferença, justamente quando o país é balançado por uma reforma trabalhista. Mas retornando ao garoto-prodígio, que não é o Robin, do Batman, ele começou nomeado coordenador de documentação e informação pelo então ministro Ronaldo Nogueira, do PTB, claro, e dois meses depois, recebeu a missão de ser gestor financeiro de um setor fundamental do ministério, responsável pelos atos necessários à execução orçamentária, financeira e patrimonial dos pagamentos da Coordenação Geral de Recursos Logísticos. E assim caminhamos como o país do futuro, que já vive o presente sem conseguir se livrar da cultura do “jeitinho” de arrumar as coisas. Os cofres públicos continuam como um poço sem fundo, mas um dia essa mamata acaba, vide a situação de alguns Estados como o Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, à beira da falência.

10/03/2018 01:18:17


4

Manaus

Manaus

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

manauseamazonas@emtempo.com.br | Thiago Monteiro

Esquartejamentos batem recorde em dois meses DIVULGAÇÃO

Polícia afirma que esse tipo de crime ocorre por conta de disputa de traficantes por território e dívidas relacionadas a compra de entorpecentes Júnior Mello

D

Ana Cristina da Silva Costa foi esquartejada e deixada em sacos de fibra no bairro Alvorada

ados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSPAM), revelam que quatro pessoas morreram por esquartejamento, em 2017. Em dois meses deste ano, criminosos já esquartejaram cinco pessoas no Amazonas. Os números tendem a aumentar mais devido a vi-

olência urbana. De acordo com a polícia, muitos desses casos ocorrem por disputa de bocas de fumo e dívidas recorrentes do tráfico de entorpecentes. Um desses crimes brutais, ocorreu no dia 14 de janeiro deste ano, quando Ana Cristina da Silva Costa, 25, foi encontrada com o corpo esquartejado e jogado em sacos plásticos, no bairro Alvorada. A vítima estava grávida. De acordo com a polícia, a jovem respondia na Justiça a um crime após ter tentado entrar com drogas escondidas na vagina no sistema penitenciário no ano passado. Trauma Para a psicóloga Karina Alecrim Bessa, a morte é um evento natural, como nascer e crescer. “O evento morte já é por si só bastante assustador para o ser humano. Mas a perda de um ente querido por meio de ato de extrema violência é algo bem mais pesado”. disse. Segundo ela, as mortes violentas e repentinas acarretam inúmeras mudanças e prejuízos cognitivos e comportamentais para as famílias enlutadas.


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Amazonas

Amazonas

5

manauseamazonas@emtempo.com.br | Thiago Monteiro

Prefeito quer trazer italianos para Manaus

DIVULGAÇÃO

Durante reunião na Embaixada brasileira, em Roma, Arthur Virgílio Neto apresentou o que os estrangeiros podem ver na capital amazonense

A

ções para fomentar o turismo em Manaus foram debatidas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e o secretário nacional de estruturação do Ministério do Turismo, José Antônio Totó Parente, na sexta-feira (9), na Embaixada brasileira, em Roma. A diretora de relações internacionais do Ministério da Cultura e Turismo na Itália, Alessandra Priante, representou o governo italiano na reunião. Também estiveram presentes a presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, além de representantes da Embaixada brasileira. Pauta Além do acordo de cooperação entre o Brasil e a Itália, também esteve em pauta investimentos e atração de turistas em

Sem título-28 5

Prefeito, primeira-dama, representantes do governo italiano, dentre outros, estiveram reunidos

ambos os países. “Apresentamos um pouco do que os turistas podem ver em Manaus, mas também nossa responsabilidade fiscal e nossas políticas econômicas para a representante do Ministério do Turismo italiano. Ela manifestou uma vontade pessoal de conhecer o Brasil, sobretudo de nos ajudar a compor uma agenda de trabalho que seja boa para todos”, afirmou prefeito Arthur Virgílio Neto. Representante O representante do governo italiano, Alessandra Priante, após ver o material de divulgação de Manaus, onde foram apresentadas algumas atividades feitas por turistas na região de Manaus falou sobre a questão do setor de turismo. “Temos aqui

na Itália empresas muito fortes que operam cruzeiros”, disse Priante. “Vamos acompanhar a agenda do governo brasileiro junto ao governo italiano para nos inserirmos nesse processo de composição do novo acordo de cooperação entre os países”, afirmou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, destacando que os italianos são a terceira nacionalidade que mais visitam a Amazônia. Invista no Brasil O prefeito Arthur Virgílio Neto participou na quinta-feira (8), na Embaixada do Brasil, em Roma, do evento “Invista no Brasil, oportunidades de investimento em infraestrutura de Turismo no Brasil”.

Seminf acelera obras na Djalma Batista A intervenção programada pela prefeitura de Manaus na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul, foi iniciada na sexta-feira (9), com a abertura do asfalto para a retirada da tubulação antiga. A ação envolve, aproximadamente cem servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e mais de dez retroescavadeiras para dar celeridade aos serviços previstos para serem concluídos até a noite da próxima segunda-feira (12). O serviço faz parte do cronograma de obras para a substituição da rede de drenagem de quase 40 anos que passa debaixo da avenida. A equipe de força-tarefa da Seminf já executou a retirada da camada asfáltica, no trecho que fica em frente a uma rede de fast food, passando até o outro lado da via. O prefeito interino e titular da Seminf, Marcos Rotta, destacou que, apesar do transtorno, a ação é necessária para salvaguardar a segurança dos proprietários de imóveis e de quem circula naquela área.

10/03/2018 01:17:58


6

Amazonas

Amazonas Polícia

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

manauseamazonas@emtempo.com.br manauseamazonas@emtempo.com.br || Thiago FabianeMonteiro Morais

Crimes em série assolam o bairro Cidade de Deus

MÁRCIO MELO

“Amazonas em Perspectiva - Segurança Pública do Brasil” tem registro de 104 assassinatos entre os anos de 2013 e 2017 (primeiro semestre) nessa área da Zona Norte Raphael Tavares

O

filme “Cidade de Deus”, que trouxe uma reflexão social sobre o crime em uma favela do Rio de Janeiro, há 16 anos, pode retratar muito bem a atual realidade vivida pelos moradores de um dos maiores bairros da Zona Norte de Manaus. A localidade, que leva o mesmo nome do sucesso do cinema nacional, foi considerada a área residencial com o maior número de mortes violentas em 2017. Nos primeiros dois meses deste ano, o bairro mantém os registros de criminalidade elevados e esboça o retrato fiel do medo nas comunidades dominadas pelo tráfico de drogas. Segundo o levantamento feito pela publicação “Amazonas em Perspectiva – Segurança Pública do Brasil”, 104 mortes violentas foram registradas no bairro Cidade de Deus entre os anos de 2013 e 2017 (até o primeiro semestre). Somente nos dois primeiros meses de 2018, o bairro teve 14 homicídios, aproximadamente 13.5% do total apurado nos quase 4 anos da pesquisa. Entre os casos registrados no segundo mês do ano está a morte de uma das lideranças da Família do Norte (FDN), o traficante Francisco Adelandio Marques Carioca, 34, conhecido como “Neném”, que ditava regras na comunidade e ordenava execuções a mando do narcotraficante João Pinto Carioca, o “João Branco”, um dos líderes da facção e seu tio de sangue. Ele foi morto no dia 12 de fevereiro e, até agora, foi o único crime do local a ser parcialmente elucidado. Apenas um suspeito de participar

Sem título-28 6

Moradores da localidade estão aprisionados pela falta de segurança

dessa execução foi preso. Medo O aumento dos crimes contra o patrimônio e a vulnerabilidade da população fizeram com que os moradores do Cidade de Deus tomassem medidas de segurança por conta própria. Bastou passar por algumas ruas da localidade para a reportagem encontrar casas e comércio com grades, muros altos e aparatos de segurança, que quase não são encontrados em periferias, um retrato da insegurança na região. Deixar as crianças brincarem na rua era comum há alguns anos, a moradora do Cidade de Deus, Maria Silva, disse ao EM TEMPO, que não aguenta mais a onda de violência.

Domínio do tráfico Mesmo com a polícia fazendo patrulhamento, o tráfico de drogas ainda é evidente no local. Bandidos armados controlam toda a atividade do bairro, desde a cobrança de pedágios ao toque de recolher. Para o mecânico Rodrigo Costa, o policiamento no bairro está reforçado, mas não dá conta da área. “Aqui perto da minha oficina tem uma boca de fumo, já chamei a polícia várias vezes, mas nunca houve resultado. Os caras continuam aí e, se são presos, aparecem outros no lugar. O esquema do tráfico é mais organizado que muitas empresas”, disse. A reportagem procurou os policiais da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para questionar sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido pela força de segurança para inibir a onda de crimes na região. Entretanto, os policiais civis e militares se negaram a comentar o caso.

10/03/2018 01:17:51


Amazonas Polícia Comércio de notas falsas avança nas redes sociais

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Bandidos usam internet para vender R$ 3 mil em cédulas adulteradas por R$ 400, com a taxa dos Correios inclusas

DIVULGAÇÃO

Elias Pedroza

C

omprar ou receber dinheiro falso é prejuízo na certa, e em alguns casos pode acabar em prisão. O esquema de venda de notas adulteradas no Brasil não é novidade, e os criminosos utilizam livremente a internet para negociar malotes de cédulas “fakes”. Elas são praticamente perfeitas e são produzidas por milhares de falsários, que vendem livremente por meio do aplicativo WhatsApp, páginas do Facebook e em alguns sites. Em uma publicação feita no início deste ano, o anunciante, que se

Sem título-28 7

Bandido enviou fotos das cédulas falsas de dinheiro por WhatsApp nesta semana

7

identificou apenas como “Keven”, realiza a propaganda do seu negócio que é a venda de dinheiro falso para qualquer parte do Brasil. Durante uma conversa registrada pelo EM TEMPO, em mensagens, o suspeito explicou como é realizado o envio das notas falsas e o valor de cada montante com notas fakes. “Eu moro em Rio Branco. É o seguinte: R$ 3 mil falsos sai no valor de R$ 400, já incluso a taxa dos Correios. Mas, no momento eu só tenho notas de R$ 50 e R$ 100. Eu vou te enviar o número da minha conta e você deposita o valor, assim que cair eu te envio as notas pelos Correios. As notas são perfeitas e passam facilmente, só não pode tentar passá-las no banco”, relata. A comerciante Clenilde Cordeiro, 39, conta que recebeu diversas vezes notas falsas em seu estabelecimento e em decorrência das cédulas obteve inúmeros prejuízos financeiros. “Eu lembro que uma vez eu recebi R$ 150 falsos e só percebi que eram falsificados no final do dia quando fui fazer o balanço”, disse. A reportagem entrou em contato com as assessorias de comunicação e imprensa da Superintendência da Polícia Federal dos Estados do Amazonas e Acre, porém não recebeu nenhuma resposta.

10/03/2018 01:17:41


8

Política

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

politica@emtempo.com.br | Valéria Costa

O papel da mulher na polític A participação de representantes do sexo feminino nos pleitos eleitorais ainda é tímida, mesmo com a legislação determinando uma cota de 30% de candidaturas femininas Ana Luíza Santos

A

proximidade das eleições deste ano afunila as discussões em torno de nomes, candidaturas, alianças e coligações. Além destes elementos, os partidos políticos também têm que, obrigatoriamente, formar uma chapa que contemple 30% de candidaturas femininas, conforme determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cada pleito é a mesma história: muitos partidos deixam para montar essa chapa na última hora, em vez de trabalharem potenciais candidaturas de mulheres com chances reais de se elegerem a um cargo legislativo. E esse “pouco” incentivo interno se traduz nos números eleitorais. Nas eleições de 2014, por exemplo, dos quase 25 mil candidatos em todo o Brasil, 7.407 eram do sexo feminino, representando 29,73% do total de concorrentes. A disputa para os cargos de deputado federal e estadual registrou o maior número de mulheres candidatas em relação a pleitos anteriores: 2.057 mulheres (30,45%) disputaram. Apesar do aumento e do constante incentivo, o número de representantes do sexo feminino nas casas legislativas ainda é baixo. No Brasil, que possui 50% do seu eleitorado composto por mulheres, cerca de 10% das candidatas ocupam os cargos eletivos. Isso se deve porque a preocupação de muitos partidos é preencher as cotas estipuladas pelo TSE, e não preparar as mulheres para a vitória. É o que afirma a professora Jaqueline (PHS), vereadora de Manaus e presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Manaus (CMM). “É preciso acabar com a ideia de que as mulheres disputam apenas para preencher cotas. A questão não é apenas determinar por-

Sem título-31 8

centagem de vagas, mas trabalhar para que as mulheres que entraram na disputa ocupem os cargos”, afirmou. Integrante do PHS Mulher, aba do partido que tem como objetivo transformar em políticas públicas as demandas das mulheres e suas reivindicações, Jacqueline afirma que no processo eleitoral deste ano, o partido vem trabalhando a adesão de mais mulheres na política partidária e fazendo campanhas de filiação. A vereadora afirmou que seu nome foi cogitado pelo partido, para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, mas que a proposta ainda está em análise. Em seguida, completou: “Sem voz, não temos políticas públicas para mulheres”. Credibilidade Entre as principais dificuldades enfrentadas por mulheres ao colocarem seus nomes em disputas eleitorais está a credibilidade. De acordo com a presidente estadual do PR Mulher, Jaqueline Sebben, a imagem da mulher é recorrentemente ligada a uma figura doméstica e, por vezes, a capacidade delas é colocada em dúvida quando o assunto é ocupar o poder. Atualmente, essa aba do partido possui aproximadamente seis mil filiadas e realiza encontros e cursos profissionalizantes para somar na formação e até mesmo complementar a renda dessas mulheres em horários estratégicos, para conciliar com seus afazeres domésticos. “Vemos muitas mulheres trabalhando para homens nas eleições, propagando o discurso deles e pedindo votos para eles. A mulher é versátil. Acredito que o que precisamos é da valorização delas”, explicou. Jaqueline destacou a presença de três mulheres nas eleições suplementares para o go-

10/03/2018 02:01:10


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

ica partidária verno do Estado: Rebecca Garcia (PP) e Liliane Araújo, que disputaram o governo, e a professora Jaqueline (PHS), que foi candidata a vice-governadora. Para ela, as três candidaturas foram essenciais para que mais mulheres decidissem se envolver na política. “Acredito que 2018 seja o grande momento delas. As eleições suplementares abriram um novo horizonte. Elas (Rebecca, Liliane e Jaqueline) fortaleceram a ideia de que a mulher pode sim ser atuante na política e em qualquer outra área”, disse. O Partido da República, segundo ela, pretende lançar duas candidaturas para deputado estadual neste ano.

Sem título-31 9

Projeto Responsável por lançar Liliane Araújo como candidata ao governo suplementar no ano passado, o Partido Popular Socialista (PPS) ainda se encontra em processo de construção de chapa e não tem, até o momento, a intenção de disputar o governo do Amazonas. No entanto, entre suas estratégias ,está eleger um homem e uma mulher. “A chapa não está construída, mas temos mulheres de nome forte nela. Buscamos uma estratégia de votação menor, sem grande expressão, podendo eleger um homem e uma mulher com condições iguais. Vamos lançar deputados estaduais e ainda estamos decidindo se lançaremos algum federal”, expli-

9

cou Bruna Batista, secretária de mulheres do partido. Importância Um dos partidos com mais atuantes em causas sociais, o Partido dos Trabalhadores (PT) tem como meta aumentar a participação de mulheres nesta eleição. De acordo com a secretária de mulheres do partido, Elisiane Andrade, o PT busca mostrar a importância das mulheres tanto para candidatas quanto para militantes. “Estamos mapeando aquelas que são candidatas em potencial e mostrando a importância da participação delas e das militantes no pleito, tanto para federal quanto para estadual. Vamos preparar essas mulheres explicando questões do processo e da eleitoral. Além disso, estamos organizando o mínimo de estrutura financeira e jurídica para que elas tenham suporte”, explicou. O Partido Democrático Trabalhista (PDT), que mais registrou

filiações no ano passado, está confiante quanto à participação de mulheres no pleito deste ano. Segundo o presidente estadual da sigla, Hissa Abrahão, o número de mulheres pode ultrapassar a cota exigida devido ao trabalho realizado pela Ação das Mulheres Trabalhistas do Amazonas, presidido por Madalena Silva. “A ação não trabalha só durante o período eleitoral, e, sim, anualmente, despertando mentes femininas para ingressarem na política, levando ideias e propostas, além de participar do pleito. Além disso, oferecemos cursos de formação e oratória”, explicou. Quanto a cargos majoritários, ele foi uníssono: quem decidirá os rumos do partido nesse campo é o governador Amazonino Mendes. “O PDT está firme e forte para participar do pleito eleitoral de 2018, mas o rumo relacionado ao cargo majoritário está nas mãos do governador Amazonino”, completou.

10/03/2018 02:01:17


10

Política

O Novo tem um histórico de ser um partido de valores e princípios. Por isso, fazemos uma seleção para aqueles que pretendem integrá-lo (...) Os interessados passarão por um processo seletivo, que inclui prova escrita, entrevista, realizações de ações e eventos de rua e conhecimento sobre a atuação de parlamentares”

Sem título-28 10

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

‘As mudanças que desejamos para o país passam pela política’ Fabiane Morais

C

tados do Brasil são díspares, com leis complexas e sem sentido. Por isso, apoiamos o federalismo, modelo em que se dá poder ao Estados e municípios para que possam gerir como acharem conveniente.

EM TEMPO – Como pré-candidato à Presidência, quais são as suas propostas para o Estado do Amazonas? João Amoedo – É necessário a valorização do meio ambiente, assim como a criação de empregos. O Estado tem uma particularidade, que é a dificuldade de logística, e há necessidade de outras formas de incentivo. A Zona Franca de Manaus é um modelo de negócios que nós apoiamos e o fato dela ter sido prorrogada, faz com que haja mais tempo para o desenvolvimento do Amazonas. Mas, acredito que nosso maior desafio é alcançar uma menor intervenção do governo federal, uma menor carga tributária e com mais facilidade para empreender. Os Es-

EM TEMPO – Qual o entendimento do Partido Novo em relação à segurança pública no país, num momento em que há uma intervenção federal em curso? JA - Eu avalio a intervenção federal no Rio de Janeiro como positiva, embora seja de conhecimento que existe uma intenção eleitoral nesta iniciativa. Isso só demonstra a incapacidade do próprio Estado, de gerir e controlar o problema. Eu acho que existem alguns pontos a serem lembrados sobre o controle da segurança. Primeiro, acabar com essa ideia de que bandido é vítima e que o policial militar é um problema, quando na realidade ele é parte da solução. Segundo, dar legítima defesa às pessoas. O Novo é a favor do porte de arma para o cidadão. Terceiro, há falhas no processo de investigação dos crimes. Deve haver uma melhora na estrutura da Polícia Civil, e a lei tem que ser mais rigorosa. E em quarto ponto, os presídios, hoje, são um treinamento para o crime organizado, quando na realidade deveriam ser comandados por uma administração

om uma agenda nacional de divulgação do Partido Novo, o fundador da legenda e empresário João Amoedo, 55, esteve em Manaus na semana passada, para falar do projeto da legenda, que defende a renovação no país. Pré-candidato a presidente da República, ele afirmou ainda que o Novo defende o porte de arma para o cidadão, a redução dos impostos e o investimento na logística do Amazonas.

pública-privada. O governo federal foi muito ausente com essas questões de segurança no passado. Por isso, aposto que deve haver uma maior integração. EM TEMPO – O Partido Novo no Amazonas conta apenas com núcleo de voluntários. Qual a previsão de ser criado um diretório estadual para a disputa eleitoral? JA - O Novo tem um histórico de ser um partido de valores e princípios. Por isso, fazemos uma seleção para aqueles que pretendem integrar a legenda. No Amazonas, ainda não há, por exemplo, presidente estadual, mas desejamos que nos próximos seis ou sete meses já estejamos com o diretório estadual completo, para assim podermos disputar a eleição de 2020. E para que haja essa composição de filiados, os interessados passarão por um processo seletivo que inclui uma prova escrita, uma entrevista, realizações de ações e eventos de rua e conhecimento sobre a atuação de parlamentares. A partir disso, vamos procurar avaliar se o candidato está apto ou não para ingressar na legenda. Nossa principal meta é divulgar nossas ideias e fazer as pessoas conhecerem e estreitar o laço com a política. Isso porque, parte das mudanças que desejamos para o país passam pela política.

10/03/2018 01:17:00


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

FOTOS: MÁRCIO MELO

Política João Amoedo é empresário, presidente nacional do Partido Novo e pré-candidato a presidente da República nestas eleições 2018

EM TEMPO – Qual a principal desvantagem do uso do recurso público para financiamento de partidos políticos no Brasil? JA - As pessoas acabam financiando os 34 partidos existentes no país, inclusive legendas das quais não concordam com as ideologias. Por isso, apoiamos que haja a extinção de dinheiro público para partido político. Atualmente, o Novo possui, em todo país, 18 mil filiados que contribuem mensalmente com R$ 29, o que garante o sustento do partido. Neste momento,

estamos muito perto da população, por meio de campanhas e mídias sociais, para motivar que esse modelo de financiamento partidário seja rejeitado e que essa verba seja revertida para outras áreas como Saúde e Educação. EM TEMPO – Por ser um partido alinhado à direita e às ideias de liberalismo econômico, como o Novo encara os projetos sociais criados pelo PT, como Bolsa Família e Prouni? JA - Eu gosto bastante da ideia do Bolsa Família e Prouni. Mas,

acredito que devem ter alterações. O Prouni deve ser estendido para o ensino fundamental, porque é uma maneira de motivar o desenvolvimento da educação no Brasil. Já o Bolsa Família, deve ter uma porta de saída. Essa é uma das filosofias do Novo, que o cidadão seja protagonista e possa ter acesso aos melhores serviços. E para que isso seja possível, é necessário também que haja a descentralização de recursos que que existem em Brasília.

Eu gosto bastante da ideia do Bolsa Família e Prouni. Mas, acredito que devem ser alterados. O Prouni deve ser estendido para o ensino fundamental (...). Já o Bolsa Família deve ter uma porta de saída. Essa é uma das filosofia do Novo

Acessibilidade no Design de Interiores A acessibilidade tem sido um preocupação crescente na arquitetura, principalmente a acessibilidade no design de interiores. Afinal, ao tornar um ambiente acessível, isso permite que as pessoas com necessidades especiais ou até mesmo com mobilidade reduzida possam também ter mais conforto e assim usufruírem igualmente destes espaços. Para entender mais sobre esse assunto, conversamos a professora da Pós-Graduação do IPOG em Design de Interiores – Ambientação e Produção do Espaço, Cristianne Abreu. Confira mais sobre o que significa acessibilidade e as vantagens de investir em acessibilidade no design de interiores: 1) Blog IPOG: Em primeiro lugar, a que nos referimos quando falamos de acessibilidade? Isso envolve apenas PNEs ou também tem a ver com mobilidade, conforto, etc.? Professora Cristianne Abreu: A NBR 9050 (2015) afirma que acessibilidade “é possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privado de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida”. A norma coloca como exclusividade às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, porém eu penso um pouco diferente. Na minha opinião, a acessibilidade vai além. Precisamos começar a pensar na diversidade humana como algo rico e de valor. A cultura da “normalidade” e do padrão ideal me incomoda muito, pois ela tenta igualar o que não é igual, ela tenta ignorar uma diferença que é rica e que deve ser levada em consideração. Todos nós somos beneficiados quando o ambiente/produto é acessível, porém algumas pessoas dependem disso (acessibilidade no design de interiores) para ter equiparação de oportunidades, autonomia, conforto e segurança. Tornar os

ambientes/produtos acessíveis a TODOS é fundamental para melhorar a qualidade de vivência, utilização, mobilidade e conforto das pessoas. 2) Blog IPOG: Qual o maior desafio do design de interiores quando o assunto é acessibilidade? Professora Cristianne Abreu: O maior desafio do Design é pensar em atender com qualidade o maior tipo de diversidade da condição humana possível, ou seja, pensar nos princípios do Design Universal. “Temos de fazer mais para quebrar as barreiras que segregam as pessoas com deficiências e que em muitos casos os forçam a viver à margem da sociedade”, afirma Margaret Chan, diretora da Organização Mundial da Saúde (OMS). 3) Blog IPOG: Ultimamente, o assunto tem ganhado mais atenção, como por exemplo sobre a utilização de sinalização tátil em calçadas. Como tem sido isso? As pessoas estão respeitando e se adaptando ou ainda há dificuldades? Professora Cristianne Abreu: O assunto (acessibilidade no design de interiores) tem sido mais discutido, principalmente por instituições que representam essa população, porém ainda pouco discutido na população de forma geral, apesar de sua relevância. Isso tende a mudar, já que o número de idosos está aumentando, e como consequência, a demografia social mudará também, o que tornará a questão mais presente. Já existem políticas públicas, programas e campanhas para melhorar a adequação dos espaços, e assim, torná-los acessíveis. Onde isso ocorre com maior vigor, fiscalização e conscientização da população, os resultados sociais são visivelmente melhores. Porém essa “vontade política” não ocorre com a mesma força em todo o território nacional. A falta de conscientização, educação e valorização da vida humana faz com que as pessoas se preocupem apenas no valor da multa que irão pagar, e não com o bem-estar de todos. Pensando assim, o caminho ainda é muito longo. 4) Blog IPOG: Quais são os principais recursos que uma edificação deve ter para garantir um acesso seguro e confortável a todos, ou seja, mais

acessibilidade no design de interiores? Professora Cristianne Abreu: Para se obter espaços acessíveis, devemos pensar na diversidade humana, e acredito que estes pontos citados abaixo sejam os essenciais, porém não são os únicos. A NBR 9050/2015 deverá ser consultada antes de qualquer projeto. Vejam os pontos essenciais para garantir a acessibilidade no design de interiores: • Circulação o Horizontal: devem ter no mínimo 120 cm; o Vertical: elevadores, plataformas elevatórias e rampas com inclinação adequada. Na minha opinião, a rampa é mais democrática e social, ela permite que todos andem juntos, sem segregar ninguém; o Rota acessível: manter bem identificada e livre de mobiliários e outras barreiras para evitar acidentes; o Áreas de manobra e áreas de transferência e aproximação: bem dimensionadas e livres de obstáculos o Aberturas / portas: aberturas com vãos livres de no mínimo 90cm dão maior conforto aos usuários o Banheiros: acessíveis • Comunicação e sinalização: comunicação visual adequada (com contraste, bem localizada), comunicação sonora e tátil nos lugares adequados • Área de transição: deve haver uma área de transição de luminosidade, para evitar o ofuscamento e melhorar a adaptação visual, principalmente para os deficientes visuais • Cor: fazer diferenciação de cor entre o piso e a parede, deixando bem demarcado a área do ambiente. • Obs: A NBR 9050/2015 prevê acessibilidade em muitos aspectos, porém, o bem estar das pessoas também deve ser levado em consideração. Por isso, devemos ir além da norma. 5) Blog IPOG: Investir em acessibilidade e acessibilidade no design de interiores, tem um custo alto? Professora Cristianne Abreu: O custo inicial é alto sim, porém se pensarmos a longo prazo, os

benefícios são incalculáveis. 6) Blog IPOG: Hoje, um profissional que deseja se destacar no mercado precisa entender também sobre como tornar um espaço mais acessível a todos. Por que isso é tão importante? Que oportunidades ele pode perder se não buscar conhecimento em acessibilidade no design de interiores? Professora Cristianne Abreu: É um mercado crescente, tendo em vista a busca, a divulgação e a conscientização das pessoas. Além disso, o envelhecimento da população mundial, o aumento da expectativa de vida e a busca pela qualidade de vida tornam essa questão mais pertinente e fundamental. Não ter conhecimento na área pode influenciar muito na qualidade do projeto, que será usado, vivenciado e também avaliado pelas pessoas. O relatório mundial sobre a deficiência (2012) afirma que, “a deficiência faz parte da condição humana. Quase todas as pessoas terão uma deficiência temporária ou permanente em algum momento de suas vidas, e aqueles que sobreviverem ao envelhecimento enfrentarão dificuldades cada vez maiores com a funcionalidade de seus corpos. A maioria das grandes famílias possui um familiar deficiente, e muitas pessoas não deficientes assumem a responsabilidade de prover suporte e cuidar de parentes e amigos com deficiências”. Tomando consciência disso, planejar espaços acessíveis é essencial e primordial. Na minha opinião, é uma questão de direitos humanos. Não é concebível mais planejar espaços que discriminem as pessoas. Diante dessas informações, já pensou na possibilidade de ampliar os seus conhecimentos em acessibilidade no design de interiores? O Instituto de Pós-Graduação IPOG tem a melhor Especialização de Manaus - Design de Interiores: Produção e Ambientação do Espaço.

11


Política

12

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Cá H

Com André Brito e Tiago vasconcelos

“O governo federal também”

Rodrigo Maia, carioca, lembrando que não foi apenas o Rio de Janeiro que quebrou

Partidos aliciam deputados pagando campanha

A garantia de financiamento de campanha preside as negociações da “janela” que permite aos deputados federais trocar de partido sem o risco de perda de mandato. Os deputados estão sendo aliciados por outros partidos, com a garantia de financiamento integral de sua campanha de reeleição. O valor é o limite máximo de R$ 2,5 milhões para campanha de deputado federal, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dinheiro público na veia Além do fundo partidário de R$ 1 bilhão, os partidos retirarão ao menos R$ 1,7 bilhão dos cofres públicos para financiar a campanha deste ano. Sorria, você está sendo roubado Pelo critério definido no Congresso e avalizado pelo TSE, o povo é que vai pagar campanhas de tipos que frequentam as páginas policiais. Majoritária às moscas As direções de partidos medianos como PP, PR e PTB decidiram priorizar a eleição do maior número possível de deputados, este ano. Deputado é dinheiro Trata-se de uma questão financeira: o número de deputados federais é um dos principais critérios para definir a fatia no fundo partidário.

Sem título-28 12

PP quer ser o MDB do próximo governo federal De olho na janela de infidelidade partidária, que se fecha em abril, o Partido Progressista fixou o objetivo de virar a principal legenda do “centrão” do Congresso. A estratégia atribuída ao presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), é deixar de lado as campanhas majoritárias, em geral dispendiosas, para consolidar uma bancada tão numerosa que nenhum governo poderá abrir mão do seu apoio. Influência direta Somados, partidos de centro como PP, Podemos, PSC, Avante, PEN, PR, PRB SD e PSD têm quase 200 votos na Câmara dos Deputados. Poder de peso O PP planeja se tornar o que o PMDB virou para os governos Lula, Dilma e Temer: indispensável. E isso garante car-

gos ambicionados. Daí para mais Atualmente, menor que o MDB, o PP controla ministérios como o da Saúde, com orçamento oceânico, e outros órgãos como a Caixa. O Brasil não tem jeito Joesley Batista foi solto por “excesso de tempo” de prisão preventiva. Ele revelou haver subornado 1.800 políticos ou agentes públicos, aliciou o procurador do Ministério Público Federal e ainda se aproveitou do próprio escândalo para manipular o mercado de ações e de dólares. Aqui me tens de regresso O deputado Heráclito Fortes (PI), que foi DEM desde criancinha, aproveitou a janela partidária para largar o PSB e retornar ao antigo partido onde esteve filiado desde os tempos em que se chamava PFL. Soltando os cachorros O governador do Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), é outro político que também tem soltado os cachorros contra a lei 8.666, a lei das licitações. Curiosa posição para quem atuava no Ministério Público. Monopólio na mira A Seguradora Líder, que opera o DPVAT, pode perder a boquinha do seu monopólio em breve. Projeto do deputado Lucas Vergílio (SD-GO) cria o Soat (Seguro Obrigatório de Acidentes de Trânsito), que permite ao cidadão escolher a seguradora cujos preços sejam mais atraentes. Obrigado, Correios! Esta semana circulou nas redes sociais uma foto de um celular Motorola MicroTAC com a legenda “Demorou, mas chegou! Obrigado Correios!”. O celular foi o principal lançamento da empresa em... 1994.

Prestígio brasileiro O presidente Michel Temer vai ao Chile para acompanhar a cerimônia de posse do novo presidente do país, Sebastián Piñera, neste domingo, em Valparaíso. Piñera volta ao cargo com 54,6% dos votos. Populismo de direita Há anos partidos populistas de direita ganham espaço em países europeus como Alemanha, Áustria, França e Holanda, mas não vingaram. Na Itália, esta semana, mudou: Luigi Di Maio, do Movimento 5 Estrelas, ou Matteo Salvini, da Liga Norte, podem virar premier. Acabou-se o que era doce A Câmara deve votar nesta semana o projeto que inclui a contribuição previdenciária de volta na folha de pagamentos. O relator Orlando Silva (PCdoB-SP) confirmou que reduzirá o número de setores beneficiados. Pergunta na reta de chegada Rodrigo Maia, que largou com 0,6% das intenções de voto na corrida presidencial, vai chegar com quantas voltas atrás do líder?

O poder sem pudor A paz das greves No começo dos anos 1980, um repórter encontrou Magalhães Pinto, velha raposa, e foi logo puxando conversa: - Tudo bem em Minas, deputado? - Minas está calma, em paz. - E as greves de motoristas, comerciários, funcionários, todo mundo?... - Pois é, meu filho, por isso mesmo. Minas está calma. Está tudo parado, tudo fechado. Tudo em paz.

10/03/2018 01:16:48


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Economia

Economia

13

economia@emtempo.com.br m.br | Alyne nee A n Araújo raú újjo ú

MARCELO CADILHE ILHE

Emerson Quaresma

C

om o segmento imobiliário e da construção civil ainda desaquecido em Manaus, profissionais do setor atravessaram a ponte sob o rio Negro e conquistaram um mercado que está em expansão. Ainda que lenta, conforme avaliação de especialistas, para este ano se espera pelo menos mais oito lançamentos imobiliários horizontais no município de Iranduda (a 25 quilômetros de Manaus). O empresário do ramo topográfico, Anderson Nery, 28, saiu da cidade paraense Barcarena, para atender, em 2013, o projeto do Nova Bairros. Na escolha entre Manaus e Iranduba, ele ficou com a segunda opção para se manter próximo ao mercado que ele atende. Não mais com o Nova Bairros, hoje o empresário segue independente, do outro lado da Phelippe Daou. Anderson e sua equipe, formada por mais seis profissionais, já têm serviço para pelo menos todo o ano de 2018 do outro lado da ponte. Atendendo a quatro empresas, ele está programado para realizar a topografia de seis novos empreendimentos, que deverão ser lançados ainda neste ano, a maioria deles, conjuntos residenciais horizontais, uma vez que os verticais ainda não tiveram a aceitação do consumidor da região. “Em Iranduba não se tem vendido loteamentos verticais, apenas lotes horizontais ou chácaras. Ainda assim é um mercado aberto, porque o município tem potencial imobiliário para dez anos. Devido o crescimento da capital, Iranduba vai se tornar uma cidade dormitório”, avalia. Hoje, atuando na prestação de serviços para outras empresas, Anderson explica que as construtoras e incorporadoras estão empreendendo ao longo das estradas Manuel Urbano e Carlos Braga - que liga a AM-070 à sede de Iranduba -, e não ao longo da estrada da Cidade Universitária, porque a maioria das áreas próximas a ele se tornou de interesse do Estado. “O que dificulta o licenciamento”, observa Anderson, que é agrimensor e acadêmico de Engenharia Civil. Moradora de Iranduba, desde os dez meses de idade, a arquiteta Jacqueline Pinheiro, 30, começou a carreira em Manaus. Mas, logo voltou para

Sem título-28 13

Um mercado bom do outro lado da ponte Profissionais que atuavam em Manaus encontraram, em Iranduba, oportunidades de trabalho no setor da construção civil e no setor imobiliário que segue em expansão JANAILTON FALCÃO

Empresário do ramo da topografia Anderson Nery atua na nova fronteira do mercado imobiliário desde 2013. Primeiro contratado, agora com independência

atuar do outro lado da ponte, assim como outros colegas seus de faculdade, que encontraram oportunidades de trabalho. “Atuei apenas por poucos meses em Manaus. Logo vi mercado em Iranduba e agora os meus projetos são de lá”, conta. Jacqueline, que faz exclusivamente os projetos da incorporadora que a contratou, começou a trabalhar com plantas residenci-

ais e agora cria projetos maiores. Apesar da crise, o crescimento do setor imobiliário em Iranduba deu uma estagnada, mas ainda assim, para ela, profissionalmente continua melhor se manter naquele município. “Inclusive, muitos colegas de faculdade que eu jamais imaginaria, estão aqui [em Iranduba]”, diz. Quando comecei a trabalhar, estava mais aquecido que este ano. Antes da copa, o mercado imobiliário estava melhor. Hoje, não está tão bom assim. Mas tenho fé que vai melhorar, porque em 2017, a empresa onde eu trabalho lançou dois empreendimentos. E este ano vamos lançar mais dois”, afirma. Foco do setor Para o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM), Romero Reis, Manaus ainda é o foco do setor da construção civil, por isso a capital ainda tem preferência do segmento imobiliário. No entanto, ele avalia que, em se adensando às áreas livres de Manaus, Iranduba passará a ser prioridade. “O mercado está de olho nas áreas do outro lado da ponte, mas ainda temos áreas disponíveis em Manaus. Entretanto, em cinco ou dez anos vamos atravessar a ponte”, avalia. Romero diz que 2017 foi um ano em que a recessão se fez muito presente para o setor, muito embora a economia se fez positiva. Mas o mercado imobiliário sentiu os efeitos de 2015 e 2016. “Inclusive, em 2016, o mercado faturou R$ 1,13 bilhões e em 2017, vendeu apenas R$ 803 milhões, muito embora a venda líquida dos dois anos quase se igualam”, diz. “Para 2018, esperamos que os bancos acompanhem a redução da Selic, e o crédito imobiliário seja vantajoso para o mercado voltar a crescer”, aponta.

10/03/2018 01:16:38


14

Economia

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

MARCELY GOMES

Joandres Xavier

O

mercado de franquias vem se expandindo por todo o Brasil, e o destaque fica com a Região Norte, que apresentou crescimento de 8% ano passado. Nesse mesmo período, apenas no Amazonas, o crescimento no número de redes presentes foi de 10%, passando de 216 para 237. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O número de unidades presentes no Amazonas também cresceu em 2017, saindo de 695, em 2016, para 747 ano passado, variação positiva de 7%. A alimentação continua sendo o segmento preferido para investimentos no Estado, com 211 unidades e representando 28,2% do total. Seguida de saúde, beleza e bem-estar, com 160 unidades e 21,4%, e por último o segmento de moda com 107 e 14,3%. Acompanhando a tendência nacional, o faturamento das franquias no Amazonas também apresentou crescimento que, em 2017, foi de 24,9%. Em 2016, o faturamento foi de R$ 1.301 bilhão, enquanto que ano passado alcançou R$ 1.624 bilhões. Inaugurações Um exemplo de expansão de fran-

Sem título-28 14

O segmento de alimentação continua sendo o preferido para as apostas no Amazonas

Franquias apostam no Amazonas

O número de unidades presentes no Estado também cresceu no ano passado, saindo de 695 em 2016 para 747 ano passado, representando uma variação positiva de 7%

quias em Manaus é a chegada de mais uma representação da rede Giraffas, uma das maiores redes de fast food do Brasil. O escolhido foi o shopping Manaus Via Norte, que vai ganhar, nas próximas semanas, uma nova unidade do Giraffas. Líder em vendas de pratos, a marca está presente em 130 cidades e possui mais de 410 unidades no território nacional e no exterior, com pratos e lanches caseiros e aproximadamente dez mil colaboradores. A nova loja Giraffas vai funcionar numa área de 78 metros quadrados e gerar 20 novos postos de trabalho. Presente em lojas de rua, rodoviárias e aeroportos, a marca chega no Manaus Via Norte com a décima unidade da expansão da franquia na capital amazonense. “Teremos uma equipe grande de colaboradores trabalhando em duas linhas de produção, para fazer a melhor comida caseira que o cliente possa comer em um shopping”, informa o sócio Jean François. Além do Giraffas, o Via Norte também vai operar com mais duas franquias, uma do Burger King e outra da Risoto Mix, esta já está em funcionamento. O shopping Manaus Via Norte fica na avenida Arquiteto José Henrique Bento Rodrigues, no bairro Nova Cidade, Zona Norte da capital.

10/03/2018 01:16:29


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Sem título-30 15

15

10/03/2018 01:56:53


Economia Planejamento para ter passagem mais barata 16

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

DIVULGAÇÃO

Quem compra com antecedência acaba sendo privilegiado com a política de preços das operadoras aéreas

A

compra de passagens aéreas com preços mais baixos exige planejamento e organização. Comprar com antecedência e ter flexibilidade em relação à data da viagem são alguns dos segredos para quem quer economizar. A política de preços das companhias aéreas do Brasil e de outros países privilegia os passageiros que se planejam para realizar a viagem e adquirem o bilhete com antecedência. A recomendação das empresas aéreas é que a passagem seja comprada com pelo menos 40 dias de antecedência. O vice-presidente da MAP Linhas Aéreas, Marcos Fernandes Pache-

O custo de mais impacto na passagem é do combustível, equivalendo a 38% do valor final

co, explica que a composição de preço de uma passagem leva em consideração diversos itens, como combustível, manutenção, salários, entre outros. Quem compra com antecedência consegue os melho-

res preços, porque o custo da operação vai sendo distribuído conforme a ocupação do avião”, detalhou. Segundo ele, a ampliação da oferta de voos para um mesmo trecho conta muito na hora de di-

AM teve alta de 7% na produção industrial Joandres Xavier

Na contramão da tendência nacional, mais uma vez a indústria do Amazonas apresentou expressivo crescimento em relação aos demais Estados. Apesar de queda em oito dos 14 Estados pesquisados, o Amazonas e o Pará cresceram acima de 7% na passagem de dezembro de 2017 para janeiro de 2018. Os dados foram divulgados na última sexta-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal Produção - Física Regional, no total de produção nacional, houve uma queda de 2,4%, na qual as principais perdas ocorreram no Paraná, com baixa de 4,5%, Rio Grande

Sem título-28 16

luir os custos da operação e, consequentemente, reduzir os preços. É o que a MAP já começou a fazer no Amazonas, iniciando o plano de expansão em Parintins. Antes, a MAP operava com apenas três voos semanais para o município e, atualmente, são seis. Com isso, conseguiu distribuir melhor os custos da operação e oferecer promoções, principalmente para essa fatia de público que compra com antecedência. A expectativa, diz Marcos, é de que nos próximos meses outras localidades também sejam beneficiadas com o programa de expansão da empresa. A MAP opera voos em 14 cidades dos Estados do Amazonas e do Pará. No Amazonas, atende a capital, Manaus, além de Parintins, Lábrea, Carauari, São Gabriel da Cachoeira, Barcelos, Tefé, Eirunepé e Coari. No Pará, tem voos regulares para Belém, Porto Trombetas, Santarém, Itaituba e Altamira. Conforme Marcos Fernandes, o custo de maior impacto na passagem é o do combustível, equivalendo a 38% do valor final. Na região Norte, ele ressalta que há uma peculiaridade que acaba impactando no valor final da passagem, que são os poucos pontos para abastecimento das aeronaves.

do Sul, com redução de 3,5% e São Paulo com 3,3%. De acordo com o IBGE, houve avanços apenas em seis Estados: Pará (7,3%), Amazonas (7,1%), Goiás (2,4%), Pernambuco (1,5%), Minas Gerais (1,4%) e Bahia (0,9%). Quando se compara este resultado com janeiro de 2017, o crescimento é ainda maior para a indústria local, com crescimento de 32,7%. Nesse período, o segmento de fabricação de bebidas apresentou um resultado mais expressivo de 101,3%. Em segundo lugar, ficou a fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos, com crescimento de 52,7. Em terceiro vem a indústria de transformação, com 36,5% de crescimento. No resultado acumulado dos últimos 12 meses anteriores, o crescimento foi mais ameno, chegando a 6,1%. Em relação a janeiro de 2017, a produção industrial cresceu 5,7%. A variação positiva foi a nona consecutiva na comparação de um resultado mensal com o mesmo mês do ano anterior.

10/03/2018 01:16:00


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Sem título-30 17

17

10/03/2018 01:56:32


18

País

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

País redacao@emtempo.com.br | André Moreira

Cidades brasileiras no ranking das mais violentas do mundo MARCELO CADILHE

Natal (RN) está em quarto lugar, com mais de 100 homicídios por cem mil habitantes, seguida de Fortaleza (CE), Maceió (AL) Belém (PA), Salvador (BA), João Pessoa (PB) e Manaus (AM)

O

Brasil é o país com o maior número de cidades entre as 50 áreas urbanas mais violentas do mundo, segundo ranking divulgado nesta semana, pela organização de sociedade civil mexicana de Segurança, Justiça e Paz, que faz o levantamento anualmente com base em taxas de homicídios por cem mil habitantes. São 17 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes listadas no ranking, que é encabeçado pela mexicana Los Cabos (com 111,33 homicídios por 100 mil habitantes em 2017) e pela capital venezuelana, Caracas (111,19). Natal (RN) aparece em quarto lugar, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes - para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a taxa acima de dez homicídios por cem mil habitantes como característica de violência epidêmica.

Outras cidades brasileiras que aparecem no ranking são Fortaleza (CE), Belém (PA), Vitória da Conquista (BA), Maceió (AL), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Recife (PE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Macapá (AP), Campos de Goycatazes (RJ), Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Vitória (ES). Fortaleza, em especial, é destacada no relatório por sua taxa de homicídios ter subido 85% entre 2016 e 2017 - de 44,98 para 83,48. O crescimento da violência em cidades menores - e, sobretudo, do Norte e Nordeste brasileiros alarma especialistas há mais de uma década. Como o Brasil não investiga seus homicídios (mais de 90% deles ficam impunes), é difícil identificar com total certeza as relações de causa e consequência no que diz respeito à violência urbana.

Cirurgia robótica é alternativa para pacientes com casos complexos As cirurgias robóticas batem recorde no Brasil, que atualmente possui mais de 30 robôs operando na rede pública e privada, o dobro de equipamentos disponíveis no país em 2015. Além de ser menos invasivo, o método pode reduzir o tempo de internação e é uma ferramenta a mais para casos complexos, como pacientes muito pesados ou que já tenham passado por uma cirurgia bariátrica ante-

rior e tiveram recidiva da obesidade. “Os avanços tecnológicos da medicina, como a cirurgia robótica, ampliaram as alternativas de tratamento e cura de pacientes graves. A tecnologia robótica viabiliza cirurgias que antes eram feitas com muita dificuldade, de forma demorada e com altas taxas de complicações, e que hoje são realizadas com muito mais segurança, precisão e menos trauma para o paciente”,

Pesquisa contabiliza mortes violentas, como homicídios e latrocínios em cidades brasileiras

Estudiosos do tema apontam fenômenos como guerra de facções criminosas, avanço do tráfico de drogas e crescimento urbano sem a oferta de serviços de segurança eficazes como alguns dos motivos mais prováveis para a explosão da taxa de homicídios em cidades outrora pacatas. Em grandes capitais, onde pode haver maior número ab-

afirma Fernando de Barros, coordenador de Cirurgia Robótica do Hospital São Lucas Copacabana, que há um ano inaugurou o Serviço de Cirurgia Robótica e já realizou mais de 240 procedimentos desde 2015. Como é o caso da paciente Maria Angélica Balbino, 30, obesa de grau três, diabética, portadora de dislipidemia e doenças articulares graves. Há 14 anos, ela foi submetida a uma cirurgia bariátrica pelo método convencional, ou seja, cirurgia aberta em que o médico realizava uma incisão no abdômen e fazia todo o procedimento manualmente. De-

soluto de homicídios, a taxa é menor, já que resulta do cálculo do total de assassinatos dividido pelo tamanho da população. São Paulo, por exemplo, teve taxa de 8,02 homicídios por 100 mil habitantes em 2017; o Rio, que vive uma crise de segurança pública, viu sua taxa crescer de 29,4 em 2016, para 32 homicídios por 100 mil habitantes no ano passado.

vido a alguns aspectos técnicos, após anos, ela iniciou um quadro grave de refluxo, azia e dor abdominal. Além disso, voltou a ganhar peso, acumulando novos 60 quilos, e a tomar remédios para tratar a diabetes e o colesterol, além de analgésicos potentes para dores articulares nos membros inferiores. Pelos riscos e dificuldades, Angélica foi indicada para um novo procedimento cirúrgico, dessa vez com a ajuda do robô. A cirurgia foi bem-sucedida, os sintomas passaram e ela eliminou 21 quilos em três meses, comprovando assim a eficácia do procedimento com robô.


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Mundo

Mundo

19

redacao@emtempo.com.br | André Moreira

Mulheres recebem 16% menos do que os homens Pesquisa aponta ainda que existem países europeus em que essa diferença salarial chega a mais de 20%, como é o caso da Estônia, República Tcheca, Alemanha, Reino Unido e Áustria

A

s mulheres na União Europeia recebem 16,2% menos do que os homens. Às vésperas do Dia Internacional da Mulher, o Escritório de Estatística da UE (Eurostat) divulgou estudo que aponta as particularidades da desigualdade salarial na Europa.

Sem título-28 19

As estimativas remetem ao ano de 2016 e mostram que, a cada euro recebido por um homem na União Europeia (UE), as mulheres ganhavam em torno de 84 centavos. Mas as disparidades variam muito entre os estados-membros, sendo de aproximadamente 5% na Romênia e chegando a

DIVULGAÇÃO

Por conta da desigualdade salarial, europeias realizaram protesto no Dia Internacional da Mulher

mais de 25% na Estônia. Entre os países que registraram disparidades salariais abaixo dos 10% estão a Romênia (5,2%), Itália (5,3%), Luxemburgo (5,5%), Bélgica (6,1%), Polônia (7,2%), Eslovênia (7,8%) e Croácia (8,7%), de acordo com dados de 2014. Desigualdades superiores a 20% Por outro lado, os países com desigualdades superiores a 20% são Estônia (25,3%), Repúbli-

ca Tcheca (21,8%), Alemanha (21,5%), Reino Unido (21,0%) e Áustria (20,1%). Quando comparados os dados de 2011 e 2016, as disparidades salariais entre homens e mulheres diminuíram na maior parte da UE. As reduções mais notáveis foram registradas na Romênia (-4,4 pontos percentuais), Hungria (-4,0), Espanha e Áustria ( -3,4), Bélgica (-3,3) e Holanda (-3.0).

10/03/2018 01:15:28


20

Pódio

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Pódio podio@emtempo.com.br | André Tobias

Nacional e Penarol fazem jogo decisivo Sem ter pontuado no segundo turno do Campeonato Amazonense e sob risco de rebaixamento, Leão da Vila Municipal recebe o único invicto do Barezão Paulo Rogério

U

DI VU

LG

ÃO

m jogo dramático com cara de decisão logo na segunda rodada do returno do Campeonato Amazonense. Assim pode ser tratado o duelo entre Nacional e Penarol neste domingo (11), às 15h30, no Carlos Zamith, Coroado, Zona Leste da capital. Ambos entram em campo com um único objetivo: a vitória para somar três pontos e se aproximar do mata-mata do segundo turno. Último colocado no grupo A, zerado em ter-

e conhecido por lá como “rei do acesso”. Ele estreia neste domingo diante do Nacional. “Nós chegamos na segundafeira (5) pela manhã e à tarde, já estávamos no campo trabalhando. Acho que tem pouco coisa para acrescentar na equipe do Penarol. Nós estamos fazendo esse trabalho no dia a dia, conscientizando os jogadores para cada um fazer o seu melhor, procurando posicionálos onde possamos evitar que o adversário nos agrida, possamos criar e finalizar. O Penarol está precisando mesmo é marcar gols”, pontuou.

Grupo A 1° 2° 3° 4°

Classificação

CDC Manicoré Penarol-AM P. do Solimões Nacional

PG

J

V

3 1 1 0

1 1 1 1

1 0 0 0

3 1 1 0

1 1 1 1

1 0 0 0

Grupo B 1° 2° 3° 4°

Manaus Fast São Raimundo Rio Negro

PG - pontos ganhos / J - jogos / V - vitórias 2ª rodada Princesa - CDC Manicoré

Nacional - Penarol

Sáb (10), 20h, Gilbertão

Dom (11), 15h30, Carlos Zamith

Manaus FC - Rio Negro

Fast - São Raimundo

Sáb (10), 15h, Colina

Dom (11), 15h30, Gilbetão

O atacante Alexsandro é uma das armas do Nacional para surpreender o único invicto no Amazonense

ALCÃO

TON F

Portões fechados Outra partida que promete grandes emoções, também pela segunda rodada do returno, será entre Fast Clube e São Raimundo, às 15h30, no Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros da capital). O duelo será disputado com portões fechados, já que o time comandado pelo técnico Paulo Morgado cumpre punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM). Campeão do primeiro turno, o Rolo Compressor perdeu para o Rio Negro na estreia do returno e ocupa a última colocação do grupo B, sem ter pontuado. Já o São Raimundo vive um momento dramático, ocupando a última colocação geral do Barezão sem nem sequer ter vencido nesta edição do Campeonato Amazonense. O Tufão da Colina é sério candidato a retornar à segunda divisão do Estadual, caso não consiga uma vitória contra o Tricolor.

CAMPEONATO AMAZONENSE

JANAIL

Meia Railson éo responsável pelas bolas paradas do Leão da Velha Serpa

mos de pontuação neste segundo turno, o Nacional se encontra em uma situação delicada e atualmente ocupa a zona de rebaixamento. Depois da derrota para o CDC Manicoré na estreia do returno, apenas a vitória interessa o Leão da Vila Municipal. Segundo o técnico Arthur Bernardes, a partida é fundamental para as pretensões do clube dentro da competição. “Na verdade, esse jogo é uma decisão, porque o torneio tem um regulamento, não digo nem que é um campeonato, para mim é um torneio. Cada jogo tem uma importância vital para você passar para outra fase e chegar na final. Essa partida vai ser preponderante para nós conseguirmos um bom resultado, embora o adversário queira o mesmo. Vai ser um jogo muito interessante e vamos lutar para conseguir os três pontos”, disse Bernardes. Único time invicto e detentor da melhor campanha do Barezão, o Leão da Velha Serpa não pode mais vacilar e busca, fora de seus domínios, o resultado positivo para suas pretensões na competição, depois de perder em casa o título do primeiro turno para o Fast e empatar na estreia do returno com São Raimundo, em 1 a 1. No returno, o Penarol ocupa a terceira colocação no grupo A, com apenas um ponto. Após o pedido de saída do técnico Carlos Tozzi, alegando não ter como continuar no comando do time itacoatiarense, a diretoria não perdeu tempo e contratou Zé Carlos, com passagem por clubes do futebol paraense


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Em terceiro lugar no grupo C, Botafogo visita Volta Redonda neste domingo, às 16h, no Raulino de Oliveira

R

io de Janeiro (RJ) – De olho em uma vaga na semifinal da Taça Rio – o segundo turno do Campeonato Carioca –, o Botafogo entra em campo neste domingo (11) para encarar o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, às 16h (de Manaus). Com nove pontos, o Glorioso está fora da zona de classificação, ocupando o terceiro lugar do grupo C. Já o time da Cidade do Aço está em quarto, no grupo B, com dois pontos conquistados. O técnico Alberto Valentim confirmou que o goleiro Jefferson ainda não será relacionado no Botafogo e deixou o atacante Ezequiel como dúvida para o jogo deste domingo. Jefferson voltou a treinar na última semana, demonstrou estar recuperado de um edema no tornozelo direito, mas ainda será preservado. O jogador de 35 anos não entra em campo pelo Botafogo desde a derrota para o Flamengo por 3 a 1 nas semifinais da Taça Guanabara.

Sem título-28 21

Pódio Para se aproximar do mata-mata 21

VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO

Técnico Alberto Valentim espera contar com Ezequiel no jogo deste domingo diante do Volta Redonda

Ezequiel recebeu uma pancada na região do cóccix, na vitória sobre o Bangu por 1 a 0 na última rodada da Taça Rio. “Foi uma pancada muito forte, aconteceu até próximo de mim. Achei que não voltaria para o segundo tempo, mas ele voltou. Espero que ele possa jogar. Vamos esperar até o último momento”, informa o treinador. O Botafogo ocupa a terceira colocação no grupo C da Taça Rio e precisa da vitória para estar entre os dois times que avançam às semifinais. “Teremos um jogo muito difícil, os jogadores sabem que cobro muito nos treinamentos e vamos procurar fazer o melhor contra o Volta Redonda”, garante o comandante. Se não tiver problema para escalar a equipe, Valentim deve mandar o time a campo com: Gatito; Marcinho, Marcelo, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, João Paulo e Valencia; Pimpão, Ezequiel e Kieza.

10/03/2018 01:14:47


22

Pódio

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

O ressurgimento

dos ‘cães de guarda’ Cobrados por uma maior qualidade no passe, na saída de bola e uma chegada com qualidade na área adversária, os volantes voltaram com tudo e estão em alta no futebol

MAURO HORITA / MOWA PRESS

S

Sem título-28 22

Casemiro é o principal homem de contenção no meio campo da seleção brasileira de Tite

ão Paulo (SP) - Muito se fala no futebol que os jogadores de meio de campo precisam ter qualidade no passe e saber jogar. Mas também é verdade que ninguém dispensa um bom “cão de guarda” para proteger a sua zaga. Felipe Melo ganha cada vez mais espaço no Palmeiras, Jucilei é uma segurança no São Paulo, o Corinthians foi atrás de Ralf, mesmo tendo Gabriel, campeão no ano passado, e a entrada de Casemiro equilibrou o poderoso Real Madrid, um dos melhores times do mundo. “Eu vejo grandes clubes do mundo, como o Barcelona, que têm jogadores da mesma função que a minha. No Barcelona tem o Busquets, que tem a função de deixar a bola para o Iniesta e o outros criarem. O Casemiro faz isso no Real Madrid e tinha o Thiago Motta no PSG. Os grandes clubes sempre têm esse jogador para roubar bola”, afirma Felipe Melo, que ostenta a titularidade na equipe do técnico Roger Machado com belas atuações. Segundo informações do clube, Felipe Melo é quem mais desarma adversários no Estadual. O jogador lidera o fundamento mesmo sem ter disputado todas as partidas. Além disso, ele tem sido certeiro nos passes, com poucos erros.

“Volantes como o Felipe Melo são úteis porque têm grande capacidade de roubar a bola e protegem a defesa. Quando se joga centralizado, ele não precisa fazer muitas coberturas laterais, têm boa jogada aérea e por ficar em bastante segurança na sua área de atuação, contribui para o time”, analisa o técnico do Palmeiras, Roger Machado. No São Paulo, quem recebe elogios é Jucilei, um dos únicos jogadores a ter destaque no péssimo ano de 2017 do São Paulo. “Jucilei é um jogador dinâmico, com pegada. Toma conta do meio de campo, sempre com muita intensidade. É um jogador que se escala nos treinos”, diz o agora ex-treinador do Tricolor, Dorival Júnior. O termo “volante” só existe no futebol brasileiro. Surgiu nos anos 30 e 40, quando o argentino Carlos Martin Volante atuou pelo Flamengo. “O volante sempre foi e sempre será um assistente da defesa. É sua função cobrir os laterais e dar o primeiro combate na frente da zaga”, disse Batista, ex-jogador de Internacional, Palmeiras e Grêmio, além de integrar a seleção brasileira nas Copas de 1978 e 1982. “Cobra-se muito dos volantes. Além do que já fazem, ainda querem que eles tenham fôlego para

10/03/2018 01:14:12


Pódio

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

23

NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

chegar ao ataque. É bom avisar que temos dois pulmões e não dois corações”, brincou Batista, que atualmente é comentarista do canal SporTV. Volantes históricos Na história do futebol, a função de volante sempre foi marcada por ser exercida por líderes, que na maioria das vezes assumem o cargo de capitão da equipe. O primeiro a deixar seu nome gravado foi o Obdulio Varela, que liderou o Uruguai no título da Copa do Mundo de 1950 sobre o Brasil. O maior exemplo de “cão de guarda” nacional é Zito, comandante do Santos de Pelé, na década de 60. “O Rei do Grito” tinha moral até para dar bronca no Rei do Futebol. “Eu era um chato”, admitia Zito, que morreu aos 83 anos, em 2015. “Foi uma figura paterna para mim”, costuma dizer Pelé. Apesar de ter sido um marcador implacável, Zito ainda demonstrou preparo físico e conhecimento tático para se impor no ataque e marcar um gol na final da Copa de 1962. Não por menos, o capitão do time do Santos na atualidade usa uma tarja com a letra “Z”. Discípulo de Zito no Santos, Clodoaldo também brilhou na seleção ao fazer parte do time tricampeão mundial no México, em 1970. Um carrapato para os adversários, “Corró” mostrou a sua habilidade ao driblar quatro italianos no início da jogada do gol de Carlos Alberto Torres, o quarto do Brasil na final da Copa. Outro que marcou época foi Chicão, jogador do São Paulo de 1973

a 1979. “Vê se apita direito essa porcaria”, resmungou com o árbitro José de Assis Aragão, em 1976, antes de um clássico contra Palmeiras. Levou cartão amarelo sem a bola rolar. Dois anos depois, bateu de frente com os argentinos no empate sem gols com os “hermanos” na Copa de 1978. Criativos livres Em 1994, Dunga e Mauro Silva formaram uma das melhores duplas de volantes da Copa e deram liberdade para a criatividade e o talento de Romário e Bebeto. “O volante proporciona o equilíbrio necessário à equipe. Ele dá a solidez defensiva fundamental para se aumentar a confiança de todo o time. Gosto da frase do treinador alemão Sepp Herberger: ‘atacar e defender com a máxima eficiência”, diz Mauro Silva. “Pergunte a um zagueiro central e a um quarto zagueiro quem eles gostariam de ter à frente deles. E da mesma forma, esse volante dá mais liberdade aos meias ofensivos e aos laterais para que se dediquem às tarefas de criação e organização, sem se preocupar tanto com as obrigações defensivas. No futebol brasileiro, nossa história sempre teve características ofensivas, e culturalmente muitas vezes não se aprecia tanto os aspectos defensivos do futebol”, completa o ex-jogador, atual vice-presidente de Integração com Atletas da Federação Paulista de Futebol. Por tudo isso, os cães de guarda estão cada vez mais na moda. A temporada de caça está aberta. Portanto, atacantes... Cuidado!

Sempre polêmico, Felipe Melo tem ganhado notoriedade nesta temporada pelo bom futebol apresentado com o Palmeiras

MARCELO D. SANTS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Após passagem pela China, Jucilei voltou para o Brasil para atuar no São Paulo e tem tido boas atuações com a camisa tricolor

Sem título-28 23

10/03/2018 01:14:29


24

Pódio

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Túnel do tempo Willian D’Ângelo | williancrdz@gmail.com

F

undador da Federação Amazonense de Futebol (FAF), o jornalista Flaviano Limongi nasceu no dia 4 de maio de 1926 e mesmo com uma curta carreira de atleta, é apontado como um dos bons goleiros da década de 40. Limongi foi revelado no futebol do Colégio Dom Bosco e logo já defendia as cores do Tijuca Clube, time fundado no dia 19 de junho de 1939. De família italiana, ele também foi goleiro da seleção amazonense de futebol na década de 40. A sua primeira convocação ocorreu no ano de 1942, aos 16 anos, quando o Amazonas enfrentou o Pará, pelo Campeonato Brasileiro de Seleções.

Em seu mandato como o primeiro presidente da FAF, cargo que ocupou de 1966 a 1974, ele conseguiu trazer pela primeira vez a Manaus o time do Santos de Pelé no ano de 1968. No ano de 1970, Limongi contava com prestígio na Confederação Brasileira de Desportos (CBD), quando conseguiu trazer a seleção brasileira na pré-inauguração do estádio Vivaldo Lima, quando o time Canarinho se preparava para a Copa do Mundo, no México. A Copa do Mundo de 1970 reuniu todos os cinco campeões anteriores e três deles, Brasil, Itália e Uruguai, chegaram com chances de conquistar o terceiro título e, de quebra, a

REPRODUÇÃO

De Limongi à Copa de 1970, no México Flaviano Limongi (à dir.) e Danilo Areosa, os grandes responsáveis pela construção do Vivaldão

posse definitiva da Taça Jules Rimet. O Brasil chegou a final da Copa do México com a Itália, e até hoje se fala que a cidade de Manaus foi pé quente. A final aconteceu no dia 21 de junho de 1970, com o time do técnico Zagallo vencendo pelo placar de 4 a 1. Pelé, aos 29 anos, foi escolhido o melhor jogador com quatro gols.

Com o título no México, Zagallo tornou-se o primeiro na história do futebol a sagrar-se campeão mundial como treinador e jogador. Além de jornalista, Flaviano Limongi também se formou em direito. Ele morreu aos 86 anos no ano de 2013, por falência múltipla dos órgãos, no Hospital Beneficente Portuguesa, em Manaus.


Manaus, sรกbado e domingo, 10 e 11 de marรงo de 2018

25


Entretenimento

26

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Celebridades

Flávia Alessandra

Aghata Moreira

Jéssika Alves Sem título-29 26

10/03/2018 01:52:53


Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

Entretenimento

27

‘Pele Project’

Artistas posam nuas para projeto fotográfico

“Porque por baixo da roupa somos todos PELE”. Esse é o lema do ousado “Pele Project” dos fotógrafos Brunno Rangel e Marcelo Feitosa, que está “quebrando” a web. A ideia divulga a arte do nu em P&B (preto e branco), promove a autoaceitação e a igualdade entre homens e mulheres. Da internet para as livrarias, o projeto vai virar livro e exposição. A obra reúne imagens de vários artistas e pessoas anônimas. A atriz Priscila Fantin, por exemplo, foi uma das primeiras a posar para as lentes do “Pele Project”. Detalhes deste trabalho você confere na conta @peleproject, no Instagram.

Sabrina Sato

Sem título-29 27

Priscila Fantin

Ed Blair

10/03/2018 01:52:40


28

Manaus, sรกbado e domingo, 10 e 11 de marรงo de 2018


'RPLQJRGH0DUoRGH

TV MIX HD COM 199 CANAIS + INTERNET 5 MEGAS COM WI-FI

1. IMร“VEIS APARTAMENTOS



TERRENOS/SรTIOS

02 QTOS.



164,

90 R$ 99139-9185

PROMOร‡รƒO RELร‚MPAGO.

APROVEITE!!!



CASAS 01 QTO.



OUTRAS LOCALIDADES 

02 QTOS.



 

VENDE CASA COM3 QUARTOS COM PONTO COMERCIAL Bairro: Sรฃo Josรฉ 1 Dois banheiros e Garagem Valor R$128.000,00 Casa com documentaรงรฃo em dia Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145



2. ALUGUEL

Venha ser um

COL Eร‡รƒO

REVENDEDOR DE SUCESSO,

2018

APARTAMENTOS

REVENDA

VENDO CASA COM 2 QUARTOS MAIS QUITENETE Bairro: Jorge Teixeira 1 Valor R$135.000,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

01 QTO.

top london

VENDO CASA COM 4 Cร”MODOS Beco Vitรกria, bairro Jorge Teixeira 1 Valor R$40.000,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

Rua Marechal Deodoro, nยบ 178 Galeria Central - CENTRO

99487-5022 99207-6549

lovetoplondon

ATACADO | VAREJO 

MC VIDROS & ESQUADRIAS VIDROS TEMPERADDOS E ESQUADRIAS DE ALUMรNIO !!!

VENDO PRร‰DIO EM BECO PARA INVESTIMENTO 2 andares, 4 apartamentos e 1 salรฃo de festa Bairro: Sรฃo Josรฉ 2 Valor R$80.000, Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145 VENDO APARTAMENTO 2 QUARTOS NO TOTAL VILLE Valor R$125.000,00 รก vista Valor para transferรชncia R$60.000,00 Mais saldo devedor de R$65.000,00 Valor da prestaรงรฃo R$513,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

em oferta JANELAS 2 FOLHAS TEMPERADO 1,00 X 1,00 M

PORTA DE VIDRO TEMPERADO 0,80X 2,10M

a 0,00 รก vist R $ 82

BOX FRONTAL TEMPERADO 1,00M R $ 48

0,00 รก vist

Loja 01: RUA ALFREDO PAES BARRETO, 02 SรƒO FRANCISCO Loja 02: POLIVALENTE, Nยบ 708- JAPIIM 1

Sem tรญtulo-28 29

a

,0 0 R$ 380

รก vista

UMรNIO

PORTรƒO DE AL

0,00 m2 รก R$ 32

vista

ยทTUDO EM ATร‰ 6X SEM JUROS NO CARTรƒO ยทORร‡AMENTO SEM COMPROMISSO ยทACEITAMOS TODOS OS CARTร•ES

E-mail: mcserralheria@hotmail.com

3232-8021|99152-8830

PROMOร‡รƒO RELร‚MPAGO NET 5 MEGAS COM WIFI GRรTIS + TV MIX 5 MEGAS COM WIFI GRรTIS 199 CANAIS COM 1 PONTOS POR + TV COM 2 PONTOS + LINHA APENAS R$ 154,90 TELEFร”NICA POR APENAS

154,90 R$124,90

R$

PAGAMENTO SOMENTE EM ABRIL

(POR 3 MESES)

99515-6434

10/03/2018 01:13


30

Classitempo

Manaus, såbado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

01 QTO.



02 QTOS.



EDITAL DE CONVOCAĂ‡ĂƒO ASSEMBLEIA GERAL ORDINĂ RIA 





A SĂ­ndica do CONDOMĂ?NIO UNIQUE, no uso de suas atribuiçþes, convoca os demais condĂ´minos para participarem da ASSEMBLÉIA GERAL ORDINĂ RIA que serĂĄ realizada dia 22 de Março de 2018 (quinta-feira) no “SalĂŁo de Festasâ€? do condomĂ­nio, Ă s 19h30min em primeira convocação, com 2/3 dos condĂ´minos, ou Ă s 20h, em segunda e ultima convocação, com qualquer numero de presentes, a ďŹ m de tratarem dos seguintes assuntos: 1.Aprovação da Prestação de contas de Janeiro a dezembro de 2017, Janeiro e Fevereiro/2018; 2.PrevisĂŁo OrçamentĂĄria 2018. 3.RetiďŹ cação da Ata de Eleição de SĂ­ndico, SubsĂ­ndico e Conselho Consultivo para adequação a Convenção Condominial Registrada; 4.Eleição para a vaga de Membro do Conselho Consultivo; 5.Outros Assuntos: Informaçþes sobre a ação judicial (fachada). Os (as) senhores (as) condĂ´minos (as) poderĂŁo se fazer representar por meio de procuradores, os quais deverĂŁo portar instrumento de procuração com ďŹ rma reconhecida em cartĂłrio, para participação na Assembleia ora convocada. SĂł terĂŁo direito a voto, os condĂ´minos que estiverem em dia com suas obrigaçþes condominiais, conforme estabelece o CĂłdigo Civil Brasileiro, em seu art. 1.335, inciso III. OBS : Os Balancetes estĂŁo disponĂ­veis para anĂĄlise na administração no CondomĂ­nio, bem como os relatĂłrios AnalĂ­ticos mensais no sistema Communy. RESSALTAMOS QUE É IMPRESCINDĂ?VEL A SUA PRESENÇA, POIS NA ASSEMBLÉIA É QUE SĂƒO DECIDIDOS OS RUMOS DO CONDOMĂ?NIO. VALE LEMBRAR QUE O NĂƒO COMPARECIMENTO Ă€ ASSEMBLÉIA, SUJEITARĂ O CONDĂ”MINO FALTOSO A CUMPRIR TODAS AS DECISĂ•ES NELATRATADAS. O presente Edital atende todos os preceitos da Lei 4.591/64, Lei 10.406/02 e Convenção Condominial.



Manaus, 08 de Março de 2018. _________________________________________ CONDOM�NIO RESIENCIAL UNIQUE Danielly Nazareth Síndica





LOJAS E SALAS



OUTRAS LOCALIDADES



4. SERVIÇOS MODA, VESTUà RIO BELEZA ACESSÓRIOS



SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS - SJPAM COMISSĂƒO DE REPĂ“RTERES FOTOGRĂ FICOS DO AMAZONAS EDITAL NÂş 001/2018 – SJPAM O SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS (SJPAM), por meio da COMISSĂƒO DE REPĂ“RTERES FOTOGRĂ FICOS DO AMAZONAS, torna pĂşblica a abertura de inscriçþes e estabelece as normas para o processo de avaliação de candidatos para obtenção de registro proďŹ ssional de Jornalista na função de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. A CertiďŹ cação de capacitação tĂŠcnica de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co se darĂĄ mediante processo seletivo nos termos deste edital; 1.2. A realização do processo seletivo ďŹ carĂĄ a cargo da ComissĂŁo de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co do Amazonas, instituĂ­da pelo Sindicato dos Jornalistas ProďŹ ssionais no Amazonas (SJPAM). 1.3. O processo de seleção constarĂĄ de 03 (trĂŞs) etapas. 1.4. Este edital nĂŁo prevĂŞ limite de inscritos e de aprovados, dependendo exclusivamente dos proďŹ ssionais interessados em obter a certiďŹ cação; 1.5. PoderĂŁo participar do processo de seleção, candidatos que concluĂ­ram o ensino mĂŠdio em instituição reconhecida pelo MinistĂŠrio da Educação e Cultura – MEC e que tenham, no mĂ­nimo, 02 (dois) anos de atividade na função de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co devidamente comprovado com portfĂłlio de publicaçþes em veĂ­culos de imprensa. 1.6. Aos aprovados no referido processo seletivo, serĂĄ conferida a CertiďŹ cação de Capacidade TĂŠcnica pelo SJPAM de que o aprovado ĂŠ Jornalista na função de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co, possibilitando assim que o candidato possa solicitar seu registro proďŹ ssional no MinistĂŠrio do Trabalho. 2. DA INSCRIĂ‡ĂƒO 2.1. O perĂ­odo de inscrição para este processo seletivo compreende os dias Ăşteis entre 12 de Março Ă 13 de Abril de 2018, de 2ÂŞ a 6ÂŞ-feira de 08h00 Ă s 12h00 e 14h00 Ă s 16h00. O formulĂĄrio de inscrição juntamente com o edital, estarĂŁo disponĂ­veis na Secretaria SJPAM. 2.2. As inscriçþes serĂŁo efetuadas na Secretaria do Sindicato dos Jornalistas ProďŹ ssionais no Amazonas (SJPAM), localizado na Praça Santos Dumont, 15 – Centro, Manaus, Amazonas, CEP 69020-550, devendo ser obrigatoriamente apresentados os seguintes documentos: - CĂłpia e original do Diploma de conclusĂŁo do Ensino MĂŠdio ou Diploma de Instituição de Ensino Superior. - CĂłpia e original da Carteira de Identidade, CPF e TĂ­tulo de Eleitor; - 02 (Duas) fotograďŹ as 3x4 recentes; - Pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 100,00 (Cento Reais) Ă  Secretaria do Sindicato ou atravĂŠs de depĂłsito bancĂĄrio identiďŹ cado na conta do SJPAM (Bradesco agĂŞncia 3734 ,C/C 5106-3) - CĂłpia impressa do Curriculum ProďŹ ssional atualizado. - PortfĂłlio com coleção de trabalhos publicados em veĂ­culos de imprensa, devidamente registrados no Brasil ou Exterior, impressos (jornais, revistas,) ou eletrĂ´nicos (sites de notĂ­cias com Jornalista responsĂĄvel em seu expediente), com no mĂ­nimo de 25 imagens dos Ăşltimos 2 anos, sendo que o ideal seja 1(uma) publicação/mĂŞs e de variadas editorias como: Cidades, Cotidiano, Cultura, PolĂ­tica e Esportes, podendo ser entregue impresso ou em CD ou DVD em arquivo PDF. Os candidatos de outros municĂ­pios do Estado do Amazonas, podem optar pelo encaminhamento dos documentos relacionados no item 2.2 pelo correio, de preferĂŞncia por SEDEX Ă  Secretaria do Sindicato dos Jornalistas ProďŹ ssionais do Amazonas para endereço supracitado, com data de postagem atĂŠ 13 de Abril de 2018. As provas serĂŁo aplicadas em Manaus e Parintins(AM) 2.3. Antes de efetuar o pagamento da taxa de inscrição, o candidato deverĂĄ certiďŹ car-se de que preencheu todos os requisitos para a participação no processo seletivo, principalmente os requisitos de documentação e portfĂłlio. A secretaria do SJPAM sĂł vai protocolar a documentação, nĂŁo sendo responsĂĄvel em avaliar se estĂĄ completa ou nĂŁo, isso ĂŠ de inteira responsabilidade do candidato e a anĂĄlise ĂŠ de inteira responsabilidade da comissĂŁo. 2.4. Uma vez efetivada a inscrição, nĂŁo serĂĄ permitida qualquer alteração na documentação. 2.5. As inscriçþes que nĂŁo atenderem aos critĂŠrios estabelecidos neste Edital serĂŁo indeferidas, nĂŁo havendo qualquer possibilidade de devolução da importância paga, salvo em caso de cancelamento do processo seletivo. 2.6. As informaçþes prestadas no FormulĂĄrio de Inscrição e documentação sĂŁo de inteira responsabilidade do candidato, sendo responsĂĄvel a ComissĂŁo de RepĂłrteres FotogrĂĄďŹ cos do Amazonas em excluir do processo seletivo aquele que o preencher com dados incorretos, incompletos ou rasurados, bem como se for constatado dados fornecidos inverĂ­dicos ou falsos. 2.7. NĂŁo haverĂĄ qualquer hipĂłtese de aceitação se a documentação estiver incompleta. 2.8. Cada pedido de inscrição constituirĂĄ um processo Ă  parte, com todas as suas pĂĄginas numeradas sequencialmente e rubricadas pela PresidĂŞncia da ComissĂŁo de Seleção, a comissĂŁo pode convidar outros proďŹ ssionais RepĂłrteres FotogrĂĄďŹ cos sindicalizados que estejam em dias com o sindicato para ajudar na avalição dos candidatos. 3. DO PROCESSO SELETIVO E DAS FORMAS DE AVALIAĂ‡ĂƒO

3.1. A certiďŹ cação de Capacitação TĂŠcnica de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co ProďŹ ssional serĂĄ feita por meio de processo seletivo composto das seguintes etapas: 1- Etapa - Homologação da inscrição por meio de anĂĄlise da documentação apresentada; Avaliação do CurrĂ­culo ProďŹ ssional; AnĂĄlise do PortfĂłlio; (25 fotograďŹ as publicadas em veĂ­culos de Imprensa) 2- Etapa – Prova TeĂłrica 3- Etapa - Prova PrĂĄtica 3.2. Todas as Etapas do processo de seleção sĂŁo eliminatĂłrias, sendo 70 (setenta) a nota mĂ­nima para aprovação; 3.3. A nota ďŹ nal serĂĄ calculada como a mĂŠdia ponderada entre as etapas: Etapa 01 (pontuação 30), Etapa 02 (pontuação 30), Etapa 3 (Pontuação 40) 3.4. Da 1- Etapa – AnĂĄlise da documentação de inscrição. a) A ComissĂŁo de Seleção analisarĂĄ a documentação entregue pelos candidatos no ato da inscrição e realizarĂĄ a homologação das inscriçþes atĂŠ o dia 23 de Abril de 2018, quando serĂĄ divulgado no site do sindicato, a relação dos aprovados aptos a fazer a prova. CurrĂ­culo ProďŹ ssional b) Do currĂ­culo: Falar um pouco da experiĂŞncia proďŹ ssional, empresas que trabalhou ou trabalha, cursos na ĂĄrea que pleiteia a certiďŹ cação. AnĂĄlise do PortfĂłlio c) Do portfĂłlio: SerĂŁo ponderadas as qualidades tĂŠcnicas e jornalĂ­sticas das matĂŠrias apresentadas pelo candidato. O portfĂłlio ĂŠ o cartĂŁo de visita do repĂłrter fotogrĂĄďŹ co, diversidade, criatividade, sensibilidade, carga de informação jornalĂ­stica, domĂ­nio da luz, e do equipamento sĂŁo caracterĂ­sticas importantes para a avalição. 3.5. Da 2 - Etapa – Prova TeĂłrica a) Data: 28 de Abril de 2018 (SĂĄbado) b) HorĂĄrio e local: das 9h Ă s 12h, no auditĂłrio do Sindicato dos Jornalistas ProďŹ ssionais no Amazonas (SJPAM). c) Em Parintins(AM) a prova serĂĄ na mesma data acima, porĂŠm ainda serĂŁo deďŹ nidos local e horĂĄrio, que serĂŁo comunicados posteriormente aos inscritos aptos a fazerem a prova.

3.5.1 - Da Prova TeĂłrica a) A prova TeĂłrica serĂĄ composta de 30 questĂľes, entre objetivas e subjetivas e uma redação com tema da atualidade. A avaliação da prova considerarĂĄ os seguintes aspectos: - Grau de domĂ­nio do tema e coerĂŞncia interna do texto (introdução, desenvolvimento e conclusĂŁo) - Os temas enfocados serĂŁo: - HistĂłria da FotograďŹ a, tĂŠcnicas fotogrĂĄďŹ cas, Objetivas, fotojornalismo, ĂŠtica no jornalismo, direito autoral, composição, conhecimento do equipamento e suas funçþes. b) O candidato deverĂĄ comparecer ao local da prova com antecedĂŞncia de trinta minutos do horĂĄrio estabelecido para o seu inĂ­cio, munido de caneta esferogrĂĄďŹ ca (tinta azul ou preta) e de documento de identiďŹ cação com foto. c) NĂŁo serĂĄ permitido o ingresso de candidatos, apĂłs o horĂĄrio previamente marcado para o inĂ­cio das provas. d) Durante a realização das provas nĂŁo serĂĄ admitida qualquer espĂŠcie de consulta ou comunicação entre os candidatos, uso de celulares ou aparelhos eletrĂ´nicos estĂŁo proibidos. e) O candidato que nĂŁo comparecer para realizar a prova estarĂĄ automaticamente eliminado do Processo Seletivo.

3.6. Da 3 - Etapa – Prova PrĂĄtica a) Data: 29 de Abril de 2018 (Domingo) b) A prova prĂĄtica serĂĄ composta por uma pauta de avaliação a ser executada pelo candidato. c) O Assunto serĂĄ enviado ao e-mail do candidato no dia 28 de Abril atĂŠ as 22h, o candidato sĂł poderĂĄ iniciar a pauta a partir das 05:00h da manhĂŁ do dia 29 de Abril e terĂĄ atĂŠ as 18:00h do mesmo dia para enviar as fotos para o e-mail do qual recebeu a pauta, com as seguintes especiďŹ caçþes: d) 7 a 10 fotos editadas (correçþes bĂĄsicas) em formato JPEG lado maior com 3000 pixel, com tamanho mĂ­nimo de 1MB e no mĂĄximo 1,5MB, devem ser legendadas usando o Lightroom ou Photoshop com as legendas inseridas nos metadados seguindo o padrĂŁo IPTC ( Os campos autor, assunto, data, tĂ­tulo e descrição devem estar completos), legendas escritas no nome do arquivo, ou em documento anexo, nĂŁo serĂŁo aceitas, os arquivos devem ser renomeados na sequĂŞncia: Seu nome _01.jpg, seu nome _02.jpg... NĂŁo sĂŁo aceitas manipulaçþes, montagens, nem qualquer tipo de arte digital. Em caso de dĂşvida, a ComissĂŁo poderĂĄ solicitar o arquivo bruto para checagem. 4 - DA CLASSIFICAĂ‡ĂƒO FINAL 4.1. NĂŁo hĂĄ nĂşmero limite de candidatos aprovados; 4.2. Todos os aprovados terĂŁo direito ao CertiďŹ cação de Capacitação TĂŠcnica de RepĂłrter FotogrĂĄďŹ co. 5 - DA DIVULGAĂ‡ĂƒO DO RESULTADO FINAL a) Data: 10 de Maio de 2018. b) Local: Quadro de Avisos do Sindicato dos Jornalistas ProďŹ ssionais no Amazonas, ou no site www.jornalistasam.com.br Manaus, 09 de Março de 2018. Diretoria SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS – SJPAM



Sem tĂ­tulo-28 30

10/03/2018 01:13:00


Classitempo

Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018

AVISO COMUNICADO O Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS GRÁFICAS, DA COMUNICAÇÃO GRÁFICA E DOS SERVIÇOS GRÁFICOS DE MANAUS E DO ESTADO DO AMAZONAS, no uso de suas atribuições vem muito respeitosamente COMUNICAR que foram ENCERRADAS as Inscrições de CHAPAS conforme determina o Artigo. 42 de seu Estatuto para concorrer a ELEIÇÃO do SINDICATO para a Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Representante junto a FTIEAM, conforme ELEIÇÃO SINDICAL - AVISO publicado no JORNAL AMAZONAS EMTEMPO no dia 06.03.2018. Portanto informamos a todos que foi inscrita apenas uma Chapa com a dominação NÃO PODEMOS JOGAR ATOALHA. Portanto a Eleição será realizada com CHAPA ÚNICA. A Eleição será realizada no dia 02.04.2018 na Sede da FTIEAM na Rua Carmem Miranda, 1043 – Cachoeirinha (antiga Santa Izabel). Com 02 URNAS uma FIXA na FTIEAM e outra ITINERANTE no horário das 09:00 às 16:00 horas Manaus (Am), 11 de março de 2018

3090-1065 / 3090-1028

ALMIR PEREIRA Presidente do STIGAM OBS: CONFORME DETERMINA A NOSSO CCT- CLÁUSULA QUADRAGÉSIMA OITAVA – PUBLICAÇÃO Estamos encaminhando para ser publicado neste conceituado JORNAL na EDIÇÃO do dia 11.03.2018 no espaço de 2X15. Saudações Sindicais

LICENÇA DE OPERAÇÃO N.º 275/15-02 Transportadora Nossa Senhora Aparecida Ltda-Me., torna público que recebeu do IPAAM, a Licença de Operação nº 275/15-02, que autoriza o transporte (rodoviário(oxigênio), em cilindros de aço, localizada na Av. Rodrigo Otávio, nº 2890, Centro Comercial, Sala 06, Distrito Industrial, no Estado do Amazonas-AM, para Transporte Rodoviário de Cargas Perigosas, com validade de 01Ano.

SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES COLETIVO URBANO E RODOVIÁRIO DE MANAUS E REGIÃO METROPOLITANA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano e Rodoviários de Manaus e Região Metropolitana no uso de suas atribuições estatutárias convoca todos os trabalhadores representados por essa Entidade Sindical, a comparecerem na Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 14 de março de 2018 (quarta feira) na sede da entidade sita à Rua Domingos Lima nº 119, Bairro Nossa Senhora das Graças, sendo a 1º Convocação dos Trabalhadores do 2º turno as 10h00min com a presença de 2/3 dos trabalhadores e a 2º Convocação será as 10h30min com os presentes que houver. A 1º Convocação dos Trabalhadores do 1º turno às 16h00min com a presença de 2/3 dos trabalhadores e a 2º Convocação será às 16h30min com os presentes que houver, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a)Aprovar o desconto da contribuição sindical (imposto anual), sendo desnecessária a autorização prévia e expressa para o seu desconto; b)Assuntos Gerais. Manaus, 09 de março de 2018. Givancir de Oliveira Silva Presidente

SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES COLETIVO URBANO E RODOVIÁRIO DE MANAUS E REGIÃO METROPOLITANA

SINDICATO DOS TRABALHADORES EM SANTAS CASAS, ENTIDADES FILANTRÓPICAS BENEFICENTES E RELIGIOSAS E EM ESTABELECIMENTO DE SERVIÇOS DE SAÚDE DO ESTADO DO AMAZONAS-SINDPRIV/AM CNPJ-MF Nº 04.476.024/0001-72

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Manaus, 09 de março de 2018. Givancir de Oliveira Silva Presidente

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Ligue e anuncie

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano e Rodoviários de Manaus e Região Metropolitana no uso de suas atribuições estatutárias convoca todos os trabalhadores representados por essa Entidade Sindical, a comparecerem na Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 14 de março de 2018 (quarta feira) na sede da entidade sita à Rua Domingos Lima nº 119, Bairro Nossa Senhora das Graças, sendo a 1º Convocação dos Trabalhadores do 2º turno as 08h30min com a presença de 2/3 dos trabalhadores e a 2º Convocação será as 09h00min com os presentes que houver. A 1º Convocação dos Trabalhadores do 1º turno às 15h00min com a presença de 2/3 dos trabalhadores e a 2º Convocação será às 15h30min com os presentes que houver, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a)Tomar conhecimento e deliberar aprovando a pauta de reivindicações a ser apresentada ao Sindicato Patronal para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019; b) Deliberar sobre assembléia permanente enquanto perdurar as negociações ou dissídio coletivo; c)Autorizar a Diretoria do Sindicato a firmar a convenção coletiva ou acordo por empresas, ou ainda, buscar via judicial se for o caso ajuizando Dissídio Coletivo, em havendo malograda as negociações; d)Estabelecer o valor da contribuição assistencial a ser paga, em face do presente acordo coletivo a ser firmado, de acordo com o artigo 512. Alínea “e”, da CLT, e fixando ainda prazo para o direito de recusa; e)Deliberar sobre indicativo de greve de advertência; f)Assuntos Gerais.

O Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades filantrópicas beneficentes e Religiosas e em Estabelecimento de Serviços de Saúde no Estado do Amazonas – SINDPRIV, vem por meio de seu Presidente no uso de suas atribuições Estatutárias e Legais, CONVOCAR todos os profissionais e trabalhadores associados, que exerçam suas atividades laborais em estabelecimentos de saúde do setor privado no estado doAmazonas a comparecerem à Assembleia Geral extraordinária que será realizada no dia 14 de marco de 2018, as 14:00 horas em primeira convocação, e as 14:30 em segunda convocação, no auditório da sede deste Sindicato, localizado na Rua Aires de Almeida, Nº 551 – RAIZ, a fim de deliberarem sobre o seguinte ORDEM DO DIA: 1) Apreciação das contas do exercício de janeiro, fevereiro, marco, abril, agosto , setembro e outubro de 2015. Manaus – AM 15.02.2018 Fredson Dantas Lopes PRESIDENTE

31


Entretenimento 26

Recorde de esquartejamento em apenas dois meses

DIVULGAÇÃO

BRUNNO RANGEL E MARCELO FEITOSA

Projeto reúne artistas em fotos de nudez em preto e branco

Manaus 4

1,00

ANO XXX – Nº 9.735 – Manaus, sábado e domingo, 10 e 11 de março de 2018 Presidente: Otávio Raman Neves Diretor Executivo: João Bosco Araújo

Rotta recebe representantes do Banco Mundial, em Manaus

R$

melhor para a cidade de Manaus”, disse o prefeito em exercício. A prefeitura de Manaus tinha a intenção de parceria com o Banco Mundial, no valor de US$ 200 milhões, para projetos nas áreas de resiliência urbana, cidade inteligente e mobilidade.

ALEX PAZUELLO/SEMCOM

Prefeitura de Manaus tem a intenção de parceria com o Banco Mundial no valor de US$ 200 milhões

Loterias

O

prefeito interino Marcos Rotta recebeu representantes do Banco Mundial, para uma reunião sobre o projeto apresentado pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, na conferência do Banco em Bangkok, na Tailândia, em novembro do ano passado, onde se discutiu ações do programa “Cidades Resilientes”. Durante o encontro, que aconteceu na sexta-feira (9), foram avaliadas todas as possíveis intervenções que compõem o projeto de infraestrutura resiliente para a comunidade Nossa Senhora de Fátima, na Zona Norte. O local foi sugerido por Arthur ao Banco Mundial ainda na viagem a Bangkok. Juntamente com o prefeito interino e secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), também participaram

Rotta se reuniu com representantes do Banco Mundial, a fim de discutir ações para Manaus

da reunião as equipes técnicas do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef). Rotta explicou que a situação fiscal administrativa e previdenciária da Prefeitura de Manaus garante condições para parcerias com a União e qualquer instituição financeira internacional. Ele desta-

Minivila Jair Sampaio oferece aulas de natação para PCDs Estão abertas as inscrições para natação destinada à Pessoas Com Deficiência (PCDs). As aulas iniciam no próximo sábado (17), na Minivila Olímpica Jair Sampaio, localizada na avenida Luís de Camões,

www.emtempo.com.br

Sem título-19 32

Santo Antônio, Zona Oeste. As atividades são oferecidas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel). As aulas poderão ser feitas de

/emtempooficial

cou ainda a importância desses recursos para serem investidos em áreas de risco. “Ter o Banco Mundial aqui com olhar clínico é muito bom, porque precisamos estimular parcerias para a cidade de Manaus, que é uma grande metrópole que sofre com problemas recorrentes e padece com as chuvas. Temos mais de 800 áreas de risco e quanto mais parcerias, como essa com o Banco,

8h às 9h e de 9h às 10h, tudo com acompanhamento dos responsáveis. Além da natação, o espaço também oferecerá aulas de hidroginástica. Os interessados precisam apresentar, na administração da Minivila Olímpica Jair Sampaio, cópias do RG, comprovante de residência, duas fotos 3x4, atestado dermatológico e laudo médico, para pessoas acima de 40 anos.

/emtempooficial

@emtempooficial

Mega-Sena

02

28

32

Sorteio nº 2011 6/02/2018

35

54

58

Lotofácil

03 04

05

Sorteio nº 1634 9/02/2018

06 07

09

15

21

10

13

14

22

24

25

Quina

19

07

Sorteio nº 4625 9/02/2018

43

63

52

80

Lotomania

03

04

05

Sorteio nº 1847 9/02/2018

06

14

16

26

33

41

46

51

53

67

69

70

73

75

84

94

95

Timemania

08

Sorteio nº 1153 8/02/2018

21

52

48 57

74

80

Time do coração PALMAS/TO

/emtempo

10/03/2018 09:48:55

Em tempo 11 de março de 2018  

Um Jornal do Grupo Raman Neves de Comunicação

Em tempo 11 de março de 2018  

Um Jornal do Grupo Raman Neves de Comunicação

Advertisement