Page 1

Venezuelanos se fantasiam para ganhar a vida em Manaus Economia13

MARCIO MELO

1,00

R$

Transporte pirata ARQUIVO EM TEMPO

ANO XXX – Nº 9.713 – Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018 – Presidente: Otávio Raman Neves – Diretor Executivo: João Bosco Araújo

Flamengo e Botafogo na luta pela Taça Guanabara

Passageiros enfrentam riscos de acidentes ao utilizarem veículos sem as condições ideais e legais de tráfego

Pódio 21

MARCELO CADILHE

70% dos negócios

são informais e 82% estão na Zona Leste” Política 10

Kombis, motos e carros de passeio transportam passageiros irregularmente na cidade. Em um ano, 2.197 veículos foram apreendidos. Polícia 6

Gerente regional do Sebrae-AM, Maria Helena Garcia.

Mestre das artes marciais na luta contra a criminalidade Pódio 22 e23

MARCELO CADILHE

www.emtempo.com.br

Sem título-23 1

/emtempooficial

/emtempooficial

@emtempooficial

/emtempo

10/02/2018 09:52:19


Artigos

2

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Dm  

J B Aúj

Arcebispo Metropolitano de Manaus

Superação da Violência Nesta semana os católicos darão início a sua caminhada quaresmal. A liturgia deste tempo recorda o Êxodo, as tentações a que Jesus foi submetido, o caminho do Calvário e convida os fiéis a conversão e a penitência preparando-se assim para a celebração da Páscoa. É um tempo propício para a oração, o jejum e a esmola, como meios privilegiados de crescimento espiritual. Conhecer melhor Jesus para identificarse com ele, tendo os mesmos sentimentos, atitudes e motivações que ele teve na sua vida terrestre é o grande desejo dos que se dispõem a viver este tempo de graça. No Brasil é também tempo de Campanha da Fraternidade. Já há mais de meio século a Igreja católica propõem um tema para diálogo com a sociedade. Este é um dos objetivos da Campanha, propor a todos sua visão, seus critérios e valores sugerindo ações concretas para criar fraternidade. Seu objetivo é ecumênico, no melhor sentido, pois se trata de viver bem juntos como irmãos e irmãs filhos do mesmo Pai. E mesmo para quem não tem fé é importante lembrar que a humanidade nos une e as desgraças atingem a todos indiscriminadamente. Este ano o tema é mais que pertinente. Fraternidade e Superação da Violência é o assunto que será abordado. O método é o de sempre; Ver, Julgar e Agir. O tema é sutil. Não se trata de convencer que a violência existe e que somos uma sociedade extremamente violenta que vive em tempos conturbados. Para isto basta ler os jornais e ver as estatísticas policiais. Talvez tenhamos que chamar a atenção para uma cultura de violência que de tão arrai-

gada se torna invisível. Ela se revela na linguagem e no comportamento e é preciso erradicá-la porque ela justifica comportamentos mórbidos e assassinos. A Campanha quer mostrar caminhos de superação da violência que são possíveis. A humanidade não está condenada a viver num ciclo mortal, mas sua vocação é a paz e a concórdia, pois somos todos irmãos. Esta é a mensagem central do cristianismo. O Brasil é um país de cultura cristã. Mesmo quem não professa nenhuma religião ou pertence a grupos de religião tradicional de raiz indígena ou africana, comunga com os ideais de igualdade e fraternidade universais. Como explicar então tamanha violência nas relações sociais que tem suas raízes históricas na escravidão e se perpetuam numa economia que gera desigualdade social? Como explicar relações pessoais violentas em função do machismo e do preconceito racial? E a bandidagem com suas queimas de arquivo com requintes de crueldade que fazem revirar o estomago. Está na hora de perguntar até que ponto a evangelização tem contribuído para a superação da violência. Às vezes tem-se a impressão que a influência do cristianismo é quase inexistente em termos sociais. Pior ainda quando a linguagem religiosa incita a violência e a intolerância religiosa. Creio que teremos boas discussões, não para nos acusarmos uns aos outros, mas para ousarmos trilhar caminhos novos de reconhecimento e de paz. A paz é possível, os violentos não estão com a razão e Deus não está com eles, só porque são vitoriosos. As aparentes derrotas dos que se recusam usar a violência são de fato a fonte de uma vida nova e de uma nova humanidade.

Diretor Executivo do EM TEMPO

A divina Callas A rigor, o adjetivo “divina” não é adequado, já que a sua significação é estritamente ligada à divindade e Maria Callas, mulher temperamental, de extrema vaidade e comportamento nem sempre elogiável, não o mereceria. Mas então, como qualificar aquela voz e aquele canto absolutamente insuperáveis, que ainda hoje se mantêm vivos em todas as memórias? Também, seria demais, e ponha demais nisso, se alguém com os soberbos dons vocais daquela dama, outros ainda tivesse a ostentar, para a cabal humilhação de quem teve, ou tem, no real ou no virtual, o privilégio de ouvi-la. Estas considerações decorrem da apresentação que a atriz Christiane Torloni nos proporcionou, em “Master Class”, no palco do Teatro Amazonas. Como se vê, os bons ventos tardam, mas um dia vêm. Depois dos Safadões, dos Tiaguinhos, das duplas que agora são tanto masculinas quanto femininas, finalmente fomos lembrados e reconhecidos como também merecedores de algum espetáculo de boa qualidade. “La Torloni”, no papel de Callas, não cantou porque isso não se poderia exigir dela, mas atuou e materializou teatralmente o personagem com maestria e competência, enquanto éramos brindados com a voz da grega maravilhosa em back-vocal. Incorporação tão perfeita, na postura, no gestual, na expressão verbal, que foi como se a maior de todas as sopranos tivesse adentrado aquele palco. Maria Callas não teve uma vida fácil e tranquila. De início, enfrentou as dificuldades de uma vida de pobreza e privações que a obrigou a deixar Nova York, onde nascera a artista, e a buscar suas origens familiares na Grécia. Nesse tempo Maria já sentira a força da sua voca-

ção, mas, feia, gorda e pobre, as dificuldades só se agigantavam. Mais tarde, emagreceu, tornou-se uma mulher atraente e seu enorme talento vocal e musical, que só crescia, foi reconhecido e já dominava as grandes casas operísticas na Europa e na América. Entrementes, nesse apogeu, quando ganhou o epíteto de Divina, outras passaram a ser as situações traumáticas que precisou enfrentar, dentre elas o destaque para a relação amorosa com o magnata grego Aristóteles Onassis, homem arrogante e rude que pouco valorizava a sua magnífica arte. Alguns biógrafos chegam a afirmar que o fim da relação entre Onassis e Callas, quando o milionário veio a casar com Jackeline Kennedy, então viúva do presidente americano, foi a marca do início do declínio da deusa dos teatros de ópera, não porque escasseasse o talento, mas porque parecia diminuir o interesse pelo sucesso e pela carreira. A essência dos Contos de Fada se fundamenta na subtração daquela linha que define e delimita a distinção entre a realidade e a fantasia e aí está a razão que os torna tão atraentes para as crianças. Nessas histórias é muito comum que a morte seja substituída pelo episódio do encantamento, bem mais sutil, mágico e isento da tragicidade definitiva daquela. A Bela Adormecida teve um dedo ferido por um fuso envenenado e ficou encantada, parecendo morta por 100 anos, até que o encantamento fosse desfeito por um beijo de amor. Assim aconteceu também com a Branca de Neve, que mordeu uma maçã envenenada, mas um dia foi desencantada também por um beijo. Alguém como a Divina Callas não morre nunca. Com certeza também deve estar em algum castelo, dormindo, encantada.

Ch

Malikadahil28@gmail.com

Presidente Otávio Raman Neves Vice-Presidente Otávio Raman Neves Júnior Diretor-Executivo João Bosco Araújo Diretor Administrativo Leandro Nunes Diretora Comercial Ivana Sampaio Diretor de redação Júlio César Guimarães Chefe de diagramação Mario Henrique Silva Fotografia Ione Moreno Projeto Gráfico Adyel Vieira e Mario Henrique Silva Fale conosco

(92) 3090-1010 | 3090-1017 DO GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO

Sem título-41 2

09/02/2018 22:38:17


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Ctext

Opinião

Opinião@emtempo.com.br

Indústrias do Estado do Amazonas, Antônio Silva, destacou a necessidade de se firmar uma parceria duradoura entre o governo estadual e as classes produtoras, para estimular a recuperação econômica no Amazonas. O recado foi dado em reunião da diretoria da Fieam, no em encontro com lideranças empresariais, secretários de governo e deputados estaduais. Retorno financeiro A Manaus Previdência está entre os cotistas que vão receber parcelas de um total de R$ 67 milhões do Fundo de Investimento Recuperação Brasil RF Longo Prazo. A boa notícia foi uma das pautas do Comitê de Investimentos da autarquia, que se reuniu, esta semana, na sua 3ª Reunião Ordinária. Multa

Comécio vjis mpio

Nem tudo está perdido. O setor que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção cresceu, em 14,6%, o volume de vendas, em relação a dezembro de 2016, no Amazonas. Um avanço registrado no mês, que contribuiu para que a média móvel trimestral ficasse em 17,4%, no trimestre encerrado em dezembro. Foi também a décima segunda taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 12% no ano. O acumulado nos últimos doze meses (12%) também quebrou a série de quedas anuais, que vinha desde 2015. Foi o desempenho da receita nominal, que, no mês de dezembro, cresceu 11,9% e acumulou aumento no ano, com o mesmo percentual (11,9%). Ou seja, os números favoráveis são prenúncio de um 2018 melhor.

Melhor desempenho O volume de vendas do varejo cresceu em todos os meses de 2017, no qual seu ápice foi em setembro (14,7%), e o menor ocorreu em fevereiro (0,1%), culminando no fechamento positivo de 7,7% no ano. O acumulado nos últimos doze meses, de 7,7%, foi o melhor desempenho desde 2009 (9,9%), e também quebrou a sequência de desempenhos negativos do comércio local, que vinha ocorrendo desde 2015.

Sem título-44 3

Investimento Com investimento de R$ 499 mil, a Secretaria de Produção Rural e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vão beneficiar 1.133 produtores de 23 municípios, com 14,9 toneladas de sementes de milho, considerando 20 kg para cada produtor que possuir até 15 hectares de terra. Fieam parceria O presidente da Federação das

O colegiado do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) reprovou as contas da Central de Medicamentos do Amazonas, referentes ao exercício de 2011, de responsabilidade do então ordenador de despesas do órgão, José Duarte Filho, que terá de devolver aos cofres públicos R$ 3 milhões, pelas irregularidades detectadas pelos técnicos do TCE-AM. Mais leitos O Hospital Adriano Jorge acaba de ganhar uma ala de enfermarias, com 47 novos leitos de internação. O espaço ocupa o quarto andar da unidade, que passou por uma reforma e recebeu equipamentos para funcionar como leito de retaguarda aos prontos-socorros da capital. Curso O IEL promove, nos dias 20 e 21, por meio da Confederação Nacional da Indústria, o curso “eSocial – Como Implementar com Eficiência”, com o economista Alan William Fernandes.

MARCELO CADILHE

DIVULGAÇÃO

Alau

Vaa

Para o mestre em vários estilos de lutas, Rudá Monteiro, por sua contribuição na segurança pública, onde atua como policial.

Para municípios que pretendiam contratar artistas e fazerem gastos no Carnaval, enquanto faltam medicamentos nos hospitais.

3

Edtral É Cnv É Carnaval, período de festa, diversão, lazer e até descanso para aqueles que não curtem muito as folias do reinado de Momo. Tradicional festa pagã, o Carnaval gera muitas reflexões, além dos desfiles de escolas de samba, blocos de sujos e marchinhas. Colocam, na conta da festa, temas como o mau uso do dinheiro público, para patrocinar eventos com recursos que poderiam ser muito bem destinados à outra área da administração pública, como a saúde, por exemplo. Fato tão comum, que chegou ao ponto de o Ministério Público interferir com requerimentos de ação civil pública à Justiça, pedindo a suspensão de gastos das prefeituras com o Carnaval. Em alguns municípios, a folha dos servidores estava atrasada, em outros faltavam medicamentos nos hospitais, e os prefeitos pretendiam contratar artistas e gastar pequenas fortunas em festas, enquanto a população não tinha remédios e não recebia o pagamento. Em alguns casos, a Justiça considerou uma inversão de valores os gastos com festas, em detrimento da falta de produtos de primeira necessidade aos cidadãos. Em um município do Ceará, a prefeitura abriu uma licitação no valor de R$ 179 mil, para contratar serviços de infraestrutura, som, iluminação e artistas para festas de Carnaval. Do total, R$ 77 mil seriam gastos em bandas de forró. Não vai muito longe, municípios fazem chamamento público para financiar eventos e bancar iluminação, som, palco e outros equipamentos para a diversão, enquanto ruas estão esburacadas e faltam calçadas para os pedestres. “Cá pra nós”, a situação não está boa para gastos com festa. Há muito por fazer, e quem quiser que faça o seu evento com recursos próprios. Aliás, quando o assunto é festa, costuma-se reunir multidões, mas quando o assunto é sério, o quórum é mínimo.

09/02/2018 22:53:25


Manaus

4

Manaus

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

manauseamazonas@emtempo.com.br | Thiago Monteiro

Doentes mentais vagam pelas ruas da capital

JANAILTON FALCÃO

Secretaria de Saúde afirma que 17 pessoas estão internadas no hospital Eduardo Ribeiro. Mas basta andar pela cidade para encontrar alguém com alguma deficiência psiquiátrica Nícolas Daniel Marreco

P

ara quem anda em Manaus, é comum se deparar de vez em quando com algum tipo de deficiente mental, perambulando sem rumo nas ruas ou paradas de ônibus. Homens, mulheres, jovens ou velhos, nas mais diversas situações constrangedoras. A humilhação pública não escolhe raça ou gênero e, ao longo dos anos, esses casos parecem piorar. A fisioterapeuta Mayanne Nascimento, 27, relata a história de quando estava no terminal de ônibus da Cachoeirinha, Zona Sul, uma idosa vestida de homem a esmurrou no braço. “A idosa já tinha entrado no ônibus e depois saiu. Quando eu estava subindo, ela bateu no meu braço e foi embora. Fiquei olhando sem saber o que fazer. Já vi ela outras vezes no Centro, entrando e saindo de ônibus”, afirma a mulher. Em comunidades, invasões e outros lugares inusitados da cidade, é comum visualizar pessoas deficientes e transtornadas. “Na rua da minha casa, anda uma mulher totalmente nua, com os dentes para a frente, estarrecendo as pessoas toda vez que passa. Algumas pessoas já me disseram que tentaram dar roupas para ela, mas a mesma sempre joga fora. Outros, dizem que ela foi estuprada e por isso vive desse jeito. Deve ter passado por algum trauma. Eu sinto muita pena”, relata a estudante Luíza Santos, moradora do bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. Conforme Santos, o caso da mulher se junta a de um homem idoso de situação parecida, dentro do cenário de insanidade pública na capital. “Outra situação é um homem

branco e barbudo que sempre anda trajando somente uma bermuda azul, de pano liso e gastado, com aparência de bêbado. Ele sempre está sujo e com cheiro forte, às vezes carregando uma sacola nas costas”, confessa a jovem. A história de outro ângulo Transtornados despertam medo ou repulsa alheia da sociedade, e sempre são alvos de olhares pesados de reprovação e críticas. Drogas, traumas psicológicos, maus tratos da própria família, muitos são os motivos que transformam pessoas comuns em “insanos de rua”. Um dos apontados pela culpa dessa situação são os pais. A dona de casa Glória Pacheco vive há cinco anos o sofrimento do filho, Paulo (nome fictício), de 29 anos. Ele é taxado como vândalo, perigoso e doente mental. “Ele já fez muitas coisas ruins. Andou alterado pelas ruas, roubou coisas, foi violento com estranhos e acho que, se pudesse, já teria sido linchado pela população. Uma vez, a polícia tentou o prender dentro no veículo de ronda e ele quebrou aquela barra que segura os detentos. Por algumas pessoas saberem que eu sou a mãe, acabam me culpando disso. Eu ensinei, cuidei e amei, mas o que meu filho faz não é responsabilidade minha e não posso controlar isso”, conta Pacheco explica que a causa dos transtornos mentais são as drogas e que já tentou internar o filho no hospital psiquiátrico Eduardo Ribeiro, mas sem sucesso. “Ele virou um perigo para si mesmo e todos os próximos. Passava dias fora de casa e depois só ouvia as notícias horrorosas. O hospital daqui é muito aberto e sem segurança adequada. Ele

Deficientes são abandonados por familiares nas vias, avenidas e comunidades

passou algumas horas lá e depois saiu”, disse. Paulo está internado em uma clínica de reabilitação psiquiátrica, desde de janeiro, em Mato Grosso do Sul. Hospício de Manaus Atualmente, cerca de 550 pessoas são atendidas, por mês, no único hospital psiquiátrico da cidade, e as primeiras impressões de quem chega são de espanto e aversão. A fétida entrada recebe os pacientes e familiares, confirmando a fama de lugar inóspito e inadequado. Os olhos curiosos de quem sabe que vai passar lon-

gas horas no hospital, esquadrinham os forros despedaçados de tetos e paredes na tentativa de se acostumar ao lugar que vai abrigar quem não sabe mais onde ir. A funcionária Lourdes de Souza (nome fictício) confirma a precariedade da instituição de saúde. “Oficialmente, no papel, o hospital tem 126 leitos para atender aos pacientes. Mas, na realidade, temos 28 que mal sobram para quem chega. Antes, aqui era referência de hospital para os que têm problemas psíquicos. Hoje, as pessoas não gostam nem de passar perto, porque sabem que cinco ficam espremidos”, relata. A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) afirma que 17 pessoas estão internadas no Eduardo Riberio. Segundo o órgão, o governo do Amazonas disponiliza cinco Centros de Atenção Psicossocial (Caps) na cidade.


Amazonas

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Amazonas

5

manauseamazonas@emtempo.com.br | Thiago Monteiro

Marinha registra 13 acidentes nos rios JANAILTON FALCÃO

O órgão militar afirma que a maioria dos acidentes nos rios acontecem no trajeto de Manaus a Tefé. Os principais problemas são fenômenos da natureza, negligência e imprudência Tainá Benevides

P

ara se chegar a maioria dos municípios do Amazonas, o principal meio de transporte são as embarcações como barcos, canoas ou jatos, e a principal estrada são os rios. Porém, condições naturais, negligências e imprudências podem causar acidentes irreparáveis a passageiros e tripulação. No começo deste ano, já foram registradas 13 ocorrências pelo Comando do 9° Distrito Naval da Marinha do Brasil. De acordo com o órgão militar, os maiores registros de acidentes ocorrem no trajeto de Manaus a Tefé (a 674 quilômetros da capital). Em 2017, foram 94 acidentes na área que compreende Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima. No dia 30 de janeiro deste ano, por exemplo, ocorreu uma colisão entre duas embarcações no Paraná do Caburi, que fica localizado entre Parintins e Nhamundá (municípios a 368 e 381 quilômetros de Manaus). Três barcos estavam navegando pelo rio estreito, sendo dois descendo e um subindo. O primeiro barco conseguiu passar sem bater. Entretanto, o segundo não conseguiu

Sem título-95 5

desviar e acabou colidindo com a embarcação. Apesar do choque, ninguém ficou ferido. A nhamundense Ana Paula D’Antona, 28, reside em Manaus e pelo menos duas vezes ao ano visita a terra natal. Ela disse que nunca teve problemas nas viagens, mas fica atenta com a segurança. “Não temos como controlar o número de passageiros, para saber se está acima do permitido, mas você consegue perceber se o barco está cheio ou não. Eu verifico algumas condições do barco, por exemplo, colete salva-vidas e bote, nas vezes em que viajei sempre tinham a disposição”, explicou Ana Paula. O professor Leanderson Santarém, 27, utiliza barco ferro ferry boat, para viagens ao interior do Estado. Geralmente, a embarcação leva cerca de 200 a 400 passageiros. “Eu verifico colete, a quantidade de passageiro e quem está no comando do barco. Ver o capitão é bom e se o mesmo conhece o caminho da viagem também. Já peguei um temporal em uma viagem que eu estava retornando para Manaus, no meio do rio Amazonas, passamos cerca de 30 a 40 minutos esperando o rio acalmar para se-

Passageiros precisam ficar atentos aos itens de segurança

guirmos viagem. Já vi um naufrágio por imprudência do comandante. O barco era de madeira, e a estrutura estava comprometida. Começou a entrar água, eles conseguiram navegar por um rio estreito e acostar na terra, depois de um tempo ele afundou”, disse. Aquaviário há 10 anos, Leilson de Souza, 36, faz transporte de cerca de 15 a 30 passageiros uma vez por semana, entre Nha-

mundá e Parintins (a 48 quilômetros de distância entre as cidades). Com um barco de madeira de médio porte, ele explica que as obrigações exigidas pela capitania é o melhor caminho para evitar acidentes. “Eu tenho os itens exigidos pela capitania como: extintor, colete, boia, a licença para aquaviário, com curso de formação, e os documentos do barco. A maior dificuldade que encontramos nessa região é o tempo de cheia do rio. Nesta época, é muito pau na água, e a atenção é redobrada para não bater em nada”, alertou o aquaviário.

09/02/2018 22:03:01


6

Amazonas

Polícia Amazonas

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

manauseamazonas@emtempo.com.br | Thiago Monteiro

Transporte ‘pirata’ desafia a lei

JÚNIOR MELLO

Kombis, motos e carros de passeios fazem o transporte irregular de passageiros na cidade. Prefeitura combate diariamente os automóveis ilegais Júnior Mello

A

pesar da fiscalização constate por parte dos órgão de trânsito, o número de pessoas que realizam transportes piratas em Manaus é cada vez maior. De acordo com o Superintendência Municipal de Transporte Urbano (SMTU), em 2017 foram apreendidos 2.197 veículos, um aumento de 164% em comparação com 2016, quando foram registradas 831 apreensões de carros irregulares. Entre os automóveis mais apreendidos estão motocicletas (1.394), táxis com problemas de documentação (298), veículos de passeio (167), e por último estão os veículos dos sistema de transporte Executivo e Alternativo, com 142 apreensões. Em janeiro deste ano, a SMTU informou que 89 apreensões foram feitas, destes, 56 mototáxis clandestinos e seis veículos de passeios estavam fazendo transporte irregular de passageiros na cidade. O caso foi confirmado pela equipe do EM TEMPO. Kombis, motos e carros de passeios realizam transportes clandestinos de passageiros nas paradas de Manaus. Um dos pontos observados pela reportagem foi parada de ônibus localizada na rua Dona Otília, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, próximo a famosa Avenida do Turismo. No local, foi possível ver motos e pelo menos cinco carros, modelo Kombi. Dois deles são de lugares diferentes, um possui a placa registrada no município de Presidente Figueiredo e o outro pertence a São João da Baliza, no sul de Roraima. Um mototaxista, que pediu para não ter o nome divulgado, relatou que é comum ver o vaivém de veículos “piratas” no local, que, segundo ele, muitos não possuem nem carteira de habilitação para dirigir. “É pela manhã e à noite. Eles ficam aqui pegando passageiro e atrapalhando nosso serviço, pois pagamos impos-

Sem título-104 6

tos. A pessoa que usa esses veículos sabem dos riscos que de assaltos, acidentes, mas preferem usálos porque não vão ficar esperando, horas e horas, o ônibus passar” disse. População contribui Apesar de ser proibido pelos órgãos de trânsito, a procura por parte da população, que mora entorno do local, ainda é intensa, pois os ônibus da região demoram a passar nas paradas. “A gente fica aqui esperando mais de duas horas o coletivo passar. Não tem nenhuma cobertura. Ficamos pegando sol e chuva. É por isso que as pessoas preferem pegar as lotações”. conta a moradora Sônia Silva (nome fictício). No local, um dos motoristas da Kombi clandestina contou à reportagem que, a cada 15 minutos, um carro sai e outro chega, para levar os passageiros até o destino. “A passagem, por pessoa, gira em todo de R$ 4, até o final da rua. Se for fica lá perto da ponte do Tarumã, o valor aumenta para R$ 8”, disse o “pirata”.

De acordo com a SMTU, a avenida Dona Otília é atendida pelas linhas 005 e 316 , no entanto 20 linhas também operam na avenida Torquato Tapajós, de onde os usuários podem embarcar nos ônibus para todas as zonas da cidade. O órgão disse que o combate ao transporte clandestino de passageiros é feito cotidianamente, incluindo a Zona Oeste, no Campos Sales.

Na avenida Dona Otília, no Tarumã, Zona Oeste, o transporte irregular ocorre pela manhã e à noite

Comissão de transporte De acordo com o vereador Rosivaldo Cordovil, que preside a Comissão de Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade (Comtmua), a quantidade de pessoas que utilizam o transporte coletivo de manaus teve uma redução de quase 20%. “Isso ocorreu por conta de alguns fatores que vão desde as novas alternativas como o Uber, mototáxis e alternativos, e também pelo número de pessoas que possuem carro. Elas estão desempregadas e precisam sustentar suas famílias, por isso acabam escolhendo entrar na ilegalidade”, relata.

09/02/2018 22:08:01


Polícia Amazonas Crianças estão frágeis no Carnaval

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Conselho Tutelar e Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente explicam que os crimes comuns nas festas são a exploração sexual, trabalho infantil e venda de bebidas Mara Magalhães

N

o Carnaval, o grande aglomerado de pessoas em bandas, blocos de ruas e no Sambódromo, facilita a ação de pessoas mal intencionadas. Neste período, aumenta o risco para situações de violência contra crianças e adolescentes, que ficam mais vulneráveis em grandes eventos. De acordo com o conselheiro tutelar da Zona Centro-Sul de Manaus, Marcelo Medeiros, são três os principais crimes cometidos contra crianças e adolescentes: venda de bebidas alcoólicas, exploração de trabalho infantil e exploração sexual. “Fazemos campanha de orientação durante todo o período de festas. Nas bandas, os coordenadores fazem orientações de prevenção sobre crimes contra criança e adolescente, durante o intervalo das

Sem título-105 7

7

DIVULGAÇÃO

atrações” disse. Medeiros explica que, durante as festas, um grupo de conselheiros, junto com Secretária de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), fiscaliza os blocos e bandas da cidade. A titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Juliana Tuma, afirma que, no período de Carnaval, as crianças e os adolescentes ficam sujeitas a situações de risco. Existem bailes infantis e festas para a faixa etária, considerada infantil. Segundo ela, é um grande risco expor crianças e adolescentes em festas que não são apropriadas para elas, pois as mesmas podem se machucar durante uma briga, ficar expostas a cacos de vidro, além de ficarem na presença de pessoas que ingeriram bebidas alcoólicas e substâncias que alteram o estado psíquico.

Delegada Juliana Tuma explica que crianças e adolescentes estão sujeitas à situação de risco

09/02/2018 22:08:13


Política

8

Política

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

politica@emtempo.com.br | Valéria Costa

REPRODUÇÃO

Wal Lima

A

bancada amazonense no Congresso Nacional aparece numa das piores posições no Ranking dos Políticos, site desenvolvido para medir, do melhor ao pior, os 513 deputados federais e 81 senadores, com base na presença de sessões, privilégios, processos judiciais e qualidade legislativa, desde 2015. Neste levantamento, o deputado Pauderney Avelino (DEM) é o melhor posicionado, por estar entre os 60 melhores parlamentares. Já o pior avaliado é o deputado federal Hissa Abrahão (PDT), que de 594 posições, é dono do 546º lugar. Para alcançar a liderança da bancada, com representativa em Brasília, e ocupar o 54º lugar, Pauderney acumulou 378 pontos positivos e atingiu a terceira posição entre os parlamentares do Democratas. Para ele, “liderar o ranking é uma grande satisfação, pois sempre buscou trabalhar incansavelmente nas questões importantes ao Brasil, em especial para o Amazonas”, afirmou Pauderney. Em segundo lugar, o site classifica a deputada federal Conceição Sampaio (PP), com 328 pontos, como uma das melhores, ao atingir a 101º colocação, identificada como a oitava parlamentar mais atuante pelo Partido Progressista na Câmara dos Deputados, ao atingir assiduidade em todas às 338 sessões da casa Legislativa. O ranking segue com o deputado Átila Lins (PSD), em terceiro lugar e posicionado na 169ª colocação, por atingir 266 pontos positivos e Alfredo Nascimento (PR), na 348ª colocação, com 110 pontos Com menos de dois meses de atuação, o deputado Gedeão Amorim (PMDB) alcançou o quinto lugar entre os parlamentares da Câmara dos Deputados. Como suplente de Sabino Castelo Branco (PTB), desde o dia 29 de dezembro do ano passado, ele já acumula 70 pontos no site e ocupa a 395ª colocação. Nas últimas colocações estão Silas Câmara (PRB), com 38 pontos, ocupante do 421ª lugar, e Carlos Souza (PSDB) com pontuação negativa de -51 e posicionado no 464º lugar. Entre os senadores, Omar Aziz (PSD) está na 319ª posição, por registrar 146 pontos positivos. Já Eduardo Braga (PMDB) ficou em 414º, acumulando 52 pontos. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) entra na categoria dos que estão em um “campo negativo”, já que marcou 185 pontos negativos e ocupa a 521ª vaga, perdendo apenas para Hissa,

Sem título-23 8

Site avalia desempenho de congressistas Na bancada do Amazonas, por exemplo, Pauderney Avelino é melhor avaliado e está entre 60 melhores deputados da Câmara

Deputados federais e senadores do país são avaliados desde 2015 por mídia especializada

último colocado geral, que registrou 221 pontos negativos. A reportagem procurou os parlamentares, mas não obteve retorno nas ligações telefônicas. Motivação O site, que marca a contagem regressiva de 237 dias para a eleição de 2018, tem a intenção de auxiliar o eleitor a avaliar em quem irá votar em 2018. Essa foi uma iniciativa da dupla de administradores de empresas, Alexandre Ostrowiecki e Renato Feder.

10/02/2018 09:05:20


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Pesquisa eleitoral avalia cenário presidencial

Política

9

DIVULGAÇÃO

Iniciativa inédita da empresa #Pesquisa 365 Informações Inteligentes, do empresário Durango Duarte, fez uma sondagem em todo o país, entre os dias 2 e 7 deste mês, sobre a intenção de voto para presidente da República Valéria Costa

A

oito meses de os eleitores brasileiros elegerem o novo presidente da República, o cenário pré-eleitoral mostra uma incerteza muito grande em relação ao futuro administrador do país e, pior, sem nenhum ou poucos favoritos à cadeira presidencial. Esse cenário confuso é revelado na primeira pesquisa nacional da empresa amazonense #Pesquisa 365 Informações Inteligentes, do empresário Durango Duarte, divulgada anteontem. A sondagem, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o nº BR-05162/2018, foi feita em 85 cidades, incluindo-se todas as 27 capitais brasileiras, com dois mil eleitores. O maior número de entrevistas foi feito na região Sudeste, com 868 pessoas. A pesquisa mostra que, se o ex-presidente conseguir emplacar sua candidatura, ele asseguraria sua ida ao 2º turno do pleito. Na sondagem espontânea, Lula foi lembrado por 22% dos entrevistados e, na estimulada, obteve 32,9% contra 37,1% de outros 16 presidenciáveis citados na entrevista.

Sem título-107 9

Em seu encalço, aparece o deputado federal Jair Bolsonaro, que na espontânea foi lembrado por 12,4% dos entrevistados, seguido do exgovernador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), com 4,1%, e da ex-senadora Marina Silva (Rede), com 2,6%. Já num cenário sem Lula, Bolsonaro cresce e alcança 17%, seguido de Marina, 10,4%, e Ciro, com 10,1%. O pré-candidato Arthur Virgílio Neto (PSDB), que luta em seu partido para se viabilizar como o candidato da legenda, aparece com 1,1% das intenções de voto. Diante dos números, da possibilidade de o TSE negar o registro de candidatura de Lula e do cenário pré-eleitoral ainda em construção, a pesquisa mostra que, de todos os sondados, o ex-presidente – apesar de seu alto índice de rejeição – é o único que apresenta reserva de voto e, conforme a aliança a ser costurada com o PT, pode até transferir esse capital eleitoral. Na avaliação de Durango, entre todos os presidenciáveis, excluindo-se aí os petistas Jacques Wagner e Fernando Haddad – que aparecem bem abaixo na pesquisa – o que mais se apro-

xima da linha ideológica do PT e pode se beneficiar com os votos de Lula numa eventual aliança seria Ciro Gomes, do PDT. O ex-governador cearense, inclusive, aparece empatado tecnicamente com a ex-senadora Marina Silva, na disputa pelo segundo lugar nos cenários em que Lula não aparece, com chances reais de crescimento. “Com essa reserva de voto fantástica que o Lula tem e se tiver realmente poder de trans-

ferência e apoiar o Ciro, o exgovernador do Ceará pode sair desse patamar de 9% a 11% e chegar numa condição em torno de 22% , se tornando competitivo no pleito”, analisa Durango. Estreando em nível nacional, com essa primeira pesquisa eleitoral para presidente da República, o empresário afirmou que pretende fazer mais uma sondagem na reta final da eleição, até para poder comparar seu estudo com as demais do mercado.

09/02/2018 22:12:05


Política

10

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Fabiane Morais

M

Em Manaus, 70% dos negócios são informais, e 82% estão concentrados na Zona Leste de Manaus. Para quem deseja se formalizar, há obrigações e vantagens. O empresário passa a ter a previdência social, auxílio aposentadoria, maternidade e auxílio doença. Com o CNPJ, ele poderá comprar com bons valores e compor a melhor precificação”

esmo atingindo a marca de 126.595 mil empresas, sendo 64 mil dentro da categoria de Microempreendedor Individual (MEI), o Estado do Amazonas é o recordista em taxa de mortalidade empresarial, conforme estudo da Monitor Global de Empreendedorismo (GEM) de 2016. Para a gerente regional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), Maria Helena Garcia, essas falências podem ocorrer, principalmente, por falta de orientações de gestão. EM TEMPO - Qual é o principal influenciador para que uma pessoa inicie o próprio negócio? Maria Helena Garcia – Temos percebido que o elevado índice de desemprego no Amazonas tem motivado o empreendedorismo por necessidade de oportunidade. Com essa mudança na forma de adquirir o próprio sustento, muitos têm buscado consultorias do Sebrae, para poder desenvolver seus negócios. Decididas a evoluir, as pessoas passaram a ter um enfoque em emdet preender determinados segmentos, desen como desenvolvimento de mídias inova sociais, inovação, tecnologia e ecoip novação. E, para que ele possa ter

orientações desde uma ideia inicial ou para um empreendimento já implantado, realizamos um plano de negócio, para que ele coloque o próprio projeto em uma folha de A3. EM TEMPO – Já que os novos empreendedores recebem auxílios desde a concepção da empresa, quais são as dificuldades frequentes daqueles que já possuem empreendimento? MHG – Pela experiência que temos, quem já possui um negócio esbarra nos controles. Caso ele tenha aberto o negócio sem nenhum tipo de consultoria, os problemas aparecem principalmente na administração financeira. Com isso, ele não consegue desenvolver a gestão, pois não possui fluxo de caixa, acaba misturando o dinheiro pessoal com o dinheiro da empresa e isso cria uma dificuldade no capital de giro. Entre os principais equívocos observados nas empresas já desenvolvidas estão a composição do estoque. Muitos não sabem o que fazer com o próprio volume de produtos acumulados. EM TEMPO – Este seria um dos motivos para o alto índice de mortalidade empresarial no Amazonas? MHG - Existem fatores externos e internos, que contribuem para

Gerente regional do Sebrae-AM ressalta a importância do microempreendedor buscar orientação para o negócio

‘O Amazonas tem 16% de microempresas inadimplentes’

Sem título-108 10

09/02/2018 22:14:42


Política

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

MARCELO CADILHE

que uma empresa feche as portas, com até 2 anos de desenvolvimento. Conforme o índice de Cidades Empreendedoras (ICE2016), ainda está se buscando entender as razões que levam o Amazonas a registrar a pior taxa de mortalidade do Brasil, atingindo 33%, quando a marca nacional é 23%. Pela nossa experiência, podemos dizer que, para uma empresa vir a falência, ela apresenta falta de gestão de controle, dificuldade de se posicionar no mercado e baixa capacidade de comprar. EM TEMPO – Como a formalização de Microempreendedor Individual pode contribuir para o desenvolvimento das atividades empresariais? MHG - Em Manaus, 70% dos negócios são informais e 82% estão concentrados na Zona Leste de Manaus. Para quem desejar se formalizar, há obrigações e vantagens. O empresário passa a ter previdência social, auxilio aposentadoria, maternidade e auxílio doença. Com o CNPJ, ele poderá comprar com bons valores, compor melhor a precificação, poderá fornecer, por exemplo, para a prefeitura, e não fica à margem da sociedade.

EM TEMPO- Qual o número real de MEIs que a Receita Federal pode cancelar, no Amazonas, por falta de pagamento da taxa do Simples Nacional e declaração anual? MHG – O Sebrae é um intermediador do microempreendedor no Brasil, mas a Receita Federal estipulou que aqueles portadores de CNPJ da categoria MEI, que não realizaram suas contribuições durante 2 anos, terão as inscrições canceladas e se tornarão inativos. No Amazonas, o número de inadimplentes fica entre R$ 18 mil e R$ 20 mil, o que representa 16% de todos os microempreendedores do Estado. EM TEMPO – Existe alguma tendência de mercado no Amazonas para 2018? MHG – Percebemos que o setor voltado para alimentação é um dos mais procurados, como a abertura de mercadinhos, que se encaixam no empreendedorismo por oportunidade. Nesse segmento, temos observado ainda uma tendência para o desenvolvimento da nutrição, que inclui alimentos orgânicos, naturais e fit. Além disso, um modelo que veio para ficar, é o dos foodtrucks. Fora desses setores, há muita busca que contemplam a beleza e bem-estar.

11

“Percebemos que o setor voltado para a alimentação é um dos mais procurados, como mercadinhos, que se encaixam no empreendedorismo de oportunidade. Nesse segmento, temos observado ainda uma tendência para o desenvolvimento da nutrição, que inclui alimentos orgânicos, naturais e fit”


Política

12

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

C H

Com André Brito e Tiago vasconcelos

“Que eu saiba, não há uma decisão por parte dele [Luciano Huck]”

Ex-presidente FHC, encarregando-se de manter o apresentador da Globo em evidência

Petistas sequestram eventos pagos pelo governo Tem sido frequente, sobretudo em Brasília, a realização de convescotes bancados pelo governo federal... para falar mal do governo federal. Em dezembro, por exemplo, o governo se viu obrigado a bancar a 11ª Conferência Nacional de Assistência Social, sem saber que o dinheiro público seria usado para pagar passagens, hospedagem e alimentação para a maioria dos presentes, quase todos “oposição”. Comando no grito Por delegação de Lula, Frei Beto tomou o comando do evento custeado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, aos gritos de “Fora Temer”. Palanques petistas O “aparelhamento” de eventos de conselhos de saúde, de educação e etc faz parte da estratégia do PT de tentar intimidar a Justiça. Roubos ignorados Eventos como a 11ª Conferência não citam os roubos nos governos do PT, que provocaram a diminuição de verbas para assistência social. Campanha antecipada O PT tem “aparelhado” reuniões nacionais de conselhos de saúde, de educação e de assistência social para convertê-los em atos eleitorais.

Sem título-37 12

Eleição de outubro pode ‘dizimar’ PT do Senado As eleições de outubro podem ser devastadoras para o PT, não apenas com a inelegibilidade do ex-presidente ficha suja Lula. Sua bancada no Senado, por exemplo, pode ser “dizimada”. O partido vai à luta, em outubro, para tentar renovar os mandatos de sete dos seus nove senadores, e nada indica que haverá chances de êxito. Somente dois têm mandato garantido até 2022 e não precisam disputar as eleições. Dupla sem decoro Gleisi Hoffmann (PR) e Lindbergh Farias (RJ) estão entre enrolados na Justiça. Ela é alvo da Lava Jato e ele já foi condenado por improbidade. Cara a tapa Além deles, terão de enfrentar as urnas Humberto Costa (PE), Regina Sousa (PI), José Pimentel (CE), Jorge Viana (AC) e Paulo Paim (RS).

Salvos, por enquanto Senadores Paulo Rocha (PA) e Fátima Bezerra (RN), eleitos em 2014, têm mais quatro anos e só disputam nova eleição em 2022.

da Educação já repassou R$ 579,26 milhões a instituições federais de ensino. Seria o suficiente para manter 1.812 alunos em Harvard, uma das mais caras do mundo.

Temer pagará o pato Até Michel Temer caiu na armadilha de justificar preço da gasolina com “preços internacionais”. Ele não percebe que essa política criminosa é atribuída a ele e não ao tecnocrata Pedro Parente, que a concebeu.

Vai dar em nada Para o leitor Álvaro Araújo, o processo contra os senadores petistas Lindbergh Farias (RJ) e Gleisi Hoffmann (PR) no modorrento Conselho de Ética “vai dar em nada”, disse. “Ali, todos se protegem”, concluiu.

Quem tem voto Os políticos estão mesmo mais sujos do que pau de galinheiro? Pelo sim, pelo não, só tradicionais – como Lula, Alckmin, Bolsonaro e Marina – ultrapassam, aqui e acolá, 15% das preferências para presidente.

Volta da atividade Para o Comitê de Acompanhamento Macroeconômico da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros), o ambiente atual “está favorável para a recuperação da economia”.

Usurpação É crescente no governo a crítica ao “protagonismo político” da Justiça. O ministro Moreira Franco, por exemplo, lembra que o presidente Michel Temer é vítima de usurpação de competência de juízo de 1º grau, que anulou um ato de sua exclusiva atribuição: nomear ministro.

Pensando bem... ...com tanta propaganda da Petrobras, quem precisa de gasolina barata?

Depuração O Partido Novo, de João Amoedo, chama atenção por um detalhe: não aceita os políticos em atividade. E não basta querer: para se filiar e se candidatar pelo partido será submetido a um processo de “depuração”. Chega de regalias Relator do projeto sobre o teto salarial do setor público, Rubens Bueno (PPS-PR) ainda admite o auxílio-moradia “para alguns casos”. Sai dessa, deputado. Os setores ainda beneficiados já ganham muito bem. Cada vez mais Nos primeiros 40 dias de 2018, o Ministério

O poder sem pudor Beijos paraibanos A festa era em homenagem às bodas de ouro de Severino Teixeira, líder político de Areia (PB). O lendário José Américo compareceu, aos 92 anos, e ficou assistindo outro convidado ilustre, João Agripino, entornar todas. A certa altura, Agripino fez um emocionado discurso e até beijou o Teixeira. D. Lurdinha, secretária de José Américo, perguntou ao chefe: - O sr. está se sentido bem? - Melhor do que o João Agripino, que já está beijando homem e eu ainda não beijei nem mulher...

09/02/2018 22:04:57


Economia

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Economia

13

economia@emtempo.com.br | Alyne Araújo

FOTOS: MÁRCIO MELO

Emerson Quaresma

A

té seria um pedacinho da Disney World em Manaus, mas eles não têm as pompas da riqueza e do lazer norte-americano. Amigos de estrada, eles chegaram à capital amazonense não faz muito tempo, mas já se encontraram por trás das fantasias de personagens como o Mickey, a Minnie, a Hello Kitty, os Minions e até o Luigi - irmão do Mário -, para fugir das dificuldades que enfrentaram em seu país de origem, a vizinha Venezuela. Fantasiados, sob o forte calor da cidade, eles carregam nas mãos, pelas ruas do Centro, Zona Sul, doces e outros artigos “para los niños” (às crianças) como: pirulito, tiaras e bonequinhos. O segredo do negócio não está na comercialização dos itens, mas sim na colaboração dos manauenses, em troca da atenção exclusiva para tirarem uma foto tipo selfie, como lembrança, ou postarem nas suas redes sociais. Mesmo longe do mundo encantado, onde vivem essas figuras famosas, os amigos venezuelanos já conseguem sorrir e fazer planos para ajudarem os seus familiares que ficaram no seu país. Leonardo Aguilar, 36, e Maryuris Garcia, 34, que desceram de Boa Vista (RR) há 15 dias, onde ganhavam com esse trabalho, de R$ 40 a R$ 50, hoje, ganham em Manaus, R$ 80 a R$ 100 nos dias fracos, e R$ 200 a R$ 300 nos fins de semana. Além da troca dos artigos e das poses de fotos pela colaboração dos transeuntes, Leonardo diz que o grupo de oito amigos também já presta serviço como animadores de festas. “Nós já animamos algumas festas, fantasiados. Cobramos por cada personagem R$ 50 por hora”, explica o imigrante, que na Venezuela atuava com técnico agrícola e professor e aqui é um dos Mickeys do grupo. Leonardo e Mayuris saíram das suas cidades, Puerto Ordaz e Puer-

Manauenses aproveitam para sair na foto com um pedacinho da Disney, no centro da cidade

Fantasiados, venezuelanos encantam Em Manaus, um grupo de imigrantes encontrou, nas figuras da Disney e dos games, um meio rentável para fugir das dificuldades econômicas do seu país

to la Cruz, respectivamente, há três meses e fizeram a sua primeira parada na capital de Roraima, porque, em Pacaraima, as condições da primeira cidade Brasileira próxima à fronteira já não mais suportava a acomodação de novos imigrantes venezuelanos. “Viemos para Manaus depois de três meses morando em Boa Vista, porque a situação de lá está muito difícil. Em 15 dias que chegamos aqui [em Manaus] já foi possível notar a diferença. Nós estamos conseguindo trabalhar bem e ganhar um dinheiro melhor”, disse a venezuelana, que no Brasil se veste da ratinha Minnie, mas, na sua terra, atuava na previdência social como técnica de segurança do trabalho. Com a saudade da família muito forte nos olhos, o pintor de construção civil Victor Soares, 35, da cidade de Maracay, foi um dos primeiros do grupo a chegar em Manaus. Casado e pai de dois filhos, ele aportou em solo amazonense no dia 16 de janeiro deste ano. Criou coragem incentivado pelo seu irmão e sua cunhada, que chegaram no ano passado. Ao contrário de muitos imigrantes, ele não parou em Boa Vista para tentar uma nova vida. “Meu irmão e minha cunhada já estavam trabalhando aqui [em Manaus], com fantasias. Eles me falaram que por aqui a situação estava bem melhor. Vim querendo chegar a todo custo no Brasil, não importava a cidade. Aqui estamos conseguindo ganhar um bom dinheiro, mas lembro muito da minha família”, disse Victor Soares. Morando junto com o irmão e a cunhada, ele conta que já faz planos de trazer a mulher e os filhos para o Brasil. Assim como Maryuris e Leonardo, Victor estava trabalhando na Venezuela, contudo, com uma inflação que fechou no ano passado em 2.300% - a expectativa é de chegar a 10.000% -, e um produto interno bruto que fechou 2017 com uma queda de 15%, a dificuldade de comprar alimento é muito grande.

Leonardo Aguilar, de Mickey, encanta pai e filho, na rua Henrique Martins

O Luigi, que é na verdade o pintor Victor Soares, interage com o público

Sem título-1 13

09/02/2018 23:42:05


14

Economia

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Refinarias reduzem preço da gasolina DIVULGAÇÃO

Essa é a maior baixa desde o início de 2018, e a segunda redução consecutiva anunciada pela Petrobras, que já havia diminuído o valor, na última quintafeira (8),em 1,5% Joandres Xavier

A

cotação do preço da gasolina sofreu mais uma alteração. Dessa vez, foi uma redução de 3%, a maior desde o início do ano, e a segunda redução consecutiva anunciada pela Petrobras, que já havia diminuído, na quinta-feira (8), em 1,5%. Porém, a falta de reflexo no preço estipulado nas bombas se tornou alvo de desconfiança do governo federal - que ordenou que os postos sejam investigados. Em Manaus, o preço médio da gasolina se mantém em R$ 4,29. A Petrobras adotou uma nova

Na capital amazonense, o preço médio da gasolina já passou da casa dos R$ 4

MAP Linhas Aéreas está com promoção Para quem está planejando viajar entre os meses de março e maio, a MAP Linhas Aéreas, sexta maior companhia brasileira de aviação, anuncia que, até a próxima quarta-feira (14), oferecerá passagens com preços promocionais para cidades onde opera, no Amazonas e Pará. Durante a promoção, será possível comprar passagens aéreas, dependendo do destino, a partir de R$ 149 o trecho, já com as taxas inclusas. A promoção segue até as 8h de

política de composição de preços desde o ano passado, que prevê reajuste quase que diariamente. De acordo com informações fornecidas pelo próprio site da Petrobras, apenas este ano, do dia 3 de janeiro até esta sexta-feira (9), a gasolina, entre aumentos e quedas no preço para as refinarias, já acumula uma redução no valor de 11,1%. No mesmo período, o diesel acumula redução de 6,9%. A Petrobras também já anunciou um novo reajuste para o preço do diesel, neste sábado (10), que será de 0,2%. Para a gasolina não teve alteração, permanecendo o último aumento. O vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Lubrificantes, Álcool e Gás Natural do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, explicou que as reduções não têm acontecido com mais frequência nas bombas do Estado porque, até dezembro de 2017, retirando os primeiros 40 dias deste ano, ocorreram mais aumentos que reduções.

quarta-feira (14). As passagens serão válidas para viagens entre 11 de março e 29 de maio, conforme disponibilidade de voos. As ofertas podem ser conferidas no site https://voemap.com.br. No Pará, a promoção inclui os seguintes destinos: Belém, Altamira, Porto de Trombetas, Itaituba e Santarém. No Amazonas, os municípios contemplados na promoção são: Manaus, Parintins, Carauari, Coari, Eirunepé, Tefé, São Gabriel da Cachoeira e Lábrea. Empresa genuinamente amazonense, a MAP tem cinco anos de atuação no mercado, operando com voos regulares para 14 municípios do Amazonas e do Pará. A companhia transporta, por ano, mais de 140 mil passageiros. DIVULGAÇÃO

As passagens promocionais serão válidas no período de 11 de março a 29 de maio

Sem título-98 14

09/02/2018 22:04:04


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Sem tĂ­tulo-99 15

15

09/02/2018 22:04:21


Economia Ministério do Trabalho tem 21 cursos gratuitos 16

DIVULGAÇÃO

Ao fim de cada curso, os participantes passam por uma avaliação e, se aprovados, recebem o certificado digital de conclusão

F

A Escola do Trabalhador já conta com um total de 126.480 pessoas cadastradas

Sem título-100 16

icou ainda mais fácil ter uma capacitação para o mercado de trabalho com a Escola do Trabalhador. O programa do governo federal, tocado pelo Ministério do Trabalho, continua com as inscrições abertas para 21 cursos de capacitação básica, voltados para o mercado de trabalho. Os 28 mil concluintes da primeira turma receberão o certificado logo após o Carnaval. Para participar, basta utilizar um computador ou qualquer aparelho móvel com conexão à internet. Não há pré-requisito nem exigência de escolaridade mínima. Os cursos foram elaborados pela Universida-

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

de de Brasília (UnB). Ao final de cada curso, os participantes passam por uma avaliação e, se aprovados, recebem o certificado digital de conclusão, que também é emitido pela instituição universitária. Os conteúdos incluem textos, vídeos e jogos ,com linguagem simples e navegação intuitiva, acessível a todos os trabalhadores. Cada curso dura em torno de 40 horas e o conteúdo fica disponível o tempo todo, para que todos os módulos possam ser concluídos com calma. A estimativa é que as pessoas concluam em aproximadamente dois meses. Comprovantes Dos 21 cursos já disponíveis, o de inglês aplicado ao trabalho é o que tem mais conclusões até agora: serão entregues 3.768 certificados, o equivalente a 11,8% do total de 32.038 matrículas na disciplina. O curso com o segundo maior número é o de introdução ao Excel, com 3.271 conclusões, ou 11,9% das 27.583 matrículas. Depois vem segurança da informação, com 2.756 certificados que já serão entregues, entre 17.861 inscritos (15,4%). Como não há prazo delimitado para a conclusão dos cursos, o número de conclusões em relação ao de inscritos ainda deve aumentar.

09/02/2018 22:05:56


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Sem tĂ­tulo-101 17

17

09/02/2018 22:06:20


18

País

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

País redacao@emtempo.com.br | André Moreira

Casos de sífilis aumentam no período do Carnaval DIVULGAÇÃO

Dados do Ministério da Saúde apontam que homens e mulheres tendem a não usar proteção no momento da relação sexual, nesse período do ano

O Período do Carnaval apresentou muitos casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis

Carnaval é o período do ano em que é realizado o maior número de campanhas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Apesar do avanço da tecnologia e dos estudos científicos, atualmente o uso do preservativo ainda é a forma mais eficaz no combate ao contágio por vírus ou bactérias transmissoras dos proble-

mas de saúde mais comuns, nessa época, como é o caso do HIV, sífilis, hepatite B e infecções por clamídia. Dados do Ministério da Saúde apontam que, em 2017, foram notificados 87.593 casos de sífilis adquirida, 37.436 casos de sífilis em gestantes e 20.474 casos de sífilis congênita (quando há transmissão da gestante para o feto). Segundo José David Urbaez, infectologista do corpo clínico do Laboratório Atalaia, dentre as principais ISTs, com casos notificados no Carnaval, a sífilis é a que tem o maior número de ocorrência nos últimos anos. O especialista conta que, durante o Carnaval, é comum as pessoas focarem na diversão, de forma que esquecem de tomar as devidas precauções, para que a saúde não esteja comprometida ao final da folia. “Nesse período, homens e mulheres tendem a não usar proteção no momento da relação sexual. Apesar dessa mensagem ser veiculada todos os anos, a camisinha é o único método eficaz de prevenção aos males que podem expor a saúde a graves doenças”, explica.


Mundo

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Mundo

19

redacao@emtempo.com.br | André Moreira

Sites incentivam jovens a cometerem suicídio

DIVULGAÇÃO

No ano passado, a Rússia aprovou uma lei que impõe penas de prisão de até seis anos pela indução ao suicídio

U

m total de 40 adolescentes se suicidaram em Moscou, ao longo de 2017, por influência de “grupos da morte” on-line, segundo informaram, nesta semana, fontes oficiais. “Há sites de suicidas. Só em Moscou e na província, 40 meninos se suicidaram após acessar essas páginas”, disse, hoje, Alexandre Bastrikin, titular do Comitê de Instrução (CI) da Rússia. A informa-

Sem título-102 19

Sites como o “grupos da morte virtuais” são suspeitos de incentivar suicídios de jovens

ção é da Efe. “Quantos menores a mais temos que perder para levarmos a sério esse assunto?”, perguntou o chefe do CI. Ele lembrou que, previamente, os investigadores russos propuseram o bloqueio dos sites suspeitos sem esperar a autorização judicial. “Estamos falando de um enfoque equilibrado, sem cair em extremos. Precisamente, na internet, é onde hoje em dia há uma guerra pela nossa juventude, temos de ver o caminho que vamos tomar”. No ano passado, a Rússia aprovou uma lei que impõe penas de prisão de até seis anos pela indução ao suicídio de menores, numa tentativa de frear a propagação dos chamados “grupos da morte” nas redes sociais. A norma, implantada depois que a imprensa denunciou a existência de “grupos da morte virtuais”, que teriam incentivado o suicídio de mais de cem adolescentes russos, elevou a incitação ao suicídio para a categoria de delito grave. Segundo as estatísticas oficiais, o maior número de suicídios juvenis na Rússia foi registrado em 2016, com 720 mortes.

09/02/2018 22:07:07


20

Sem tĂ­tulo-103 20

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

09/02/2018 22:07:25


Pódio

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Pódio

21

podio@emtempo.com.br podio@emt mttemp m emp em mpo o.c ..ccom om. om. m.br br | A An André ndré Tobias

S OR

VIT

DE

S A/

AN

ILV

LV GI

SP S/

F A/

S RE

UZ SO

GO FO TA BO

ME LA O

NG

Flamengo

Rever deve formar dupla de zaga com Rhodolfo. Ele costuma dar trabalho aos rivais em lances de bola parada

Igor Rabello é um dos pilares da zaga alvinegra e será titular no jogo desta tarde, contra o Flamengo

defende vantagem contra o

Botafogo

Dono da melhor campanha na fase de grupos, Rubro-Negro joga pelo empate com o rival, para chegar à final da Taça Guanabara

R

io de Janeiro (RJ) - Longe do Rio de Janeiro e sem muito entusiasmo por parte de suas torcidas, Flamengo e Botafogo decidem, neste sábado (10), às 14h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), quem será o adversário do Boavista na final da Taça Guanabara – o primeiro turno do Campeonato Carioca. Por ter melhor campanha na competição, o time rubro-negro joga pelo empate. Já o alvinegro precisa vencer para seguir na briga pelo troféu e tentar afastar a crise que ronda o clube. Eliminado logo na primeira fase da Copa do Brasil, pela Aparecidense-GO, no meio de semana, o time alvinegro passa por um momento conturbado. A torcida está na bronca com a equipe, e o novato técnico Felipe Concei-

Sem título-25 21

ção corre o risco de ser demitido. No último treino, antes do clássico, o presidente do clube, Nelson Mufarrej, cobrou os jogadores – e também declarou estar ao lado do elenco. “Tivemos essa conversa com o presidente, que nos apoiou e foi muito produtiva. Falamos da fatalidade da eliminação e nós sabemos da responsabilidade do próximo jogo. Amanhã (hoje), vamos buscar a vitória”, disse o meia Renatinho, que não está confirmado para a partida. “É um jogo importante e vamos fazer o melhor. Felipe (Conceição) corrigiu os erros para essa decisão”, complementou. Pelo lado do Flamengo impera a tranquilidade. O time ainda não sofreu nenhum gol na competição e precisa apenas manter a escrita para avançar à final. A equipe poderá ter prati-

camente força máxima pela primeira vez, inclusive com a estreia do atacante Henrique Dourado. Jogador mais experiente do time, o zagueiro Juan preferiu afastar o favoritismo do Flamengo. “Clássico não tem favorito. Sempre vai ser jogo difícil, pela grandeza do Botafogo. O duelo nos últimos anos tem sido acirrado, com jogos difíceis e decididos nos detalhes. Esse não será diferente”, ponderou. O zagueiro também comentou sobre a provável estreia de Henrique Dourado – o técnico Paulo César Carpegiani não confirmou a equipe. Para Juan, o atacante pode acabar decidindo a partida. “Mas temos que fazer o melhor coletivamente. Independentemente de quem brilhar, temos que sair vencedores”, resumiu.

09/02/2018 20:40:03


22

Pódio

Mestre em vários estilos de lutas, Rudá Monteiro acumula reconhecimentos e condecorações por sua contribuição nas duas áreas em que atua Ed Blair

P

rofessor de segurança pública e privada, instrutor tático, sargento da Polícia Militar e mestre em várias artes marciais, como Kenpo Budo Kai, Caratê Kyokentai, Kickboxing, Jiu-Jitsu, Muay Thai, Strike Fight e Hapkidô. Não faltam credenciais para o amazonense Rudá de Souza Monteiro, 46, dono de um currículo invejável – mais de 10 páginas e aproximadamente 100 cursos – por conta de suas habilidades. Apesar de todos os feitos, o sonho de Monteiro é ter seu Kenpo Budo Kai, reconhecido pelo mestre e ator americano, Jeff Speakman. Enquanto isso não ocorre, ele segue recebendo condecorações por sua dedicação às artes marciais e, consequentemente, à segurança pública, onde aplica grande parte de suas aptidões. A mais recente comenda veio da Erick Fromm World University INC, com sede no Estado da Flórida, nos Estados Unidos. Monteiro recebeu certificados e medalhas que reconhecem mundialmente os benefícios do trabalho desenvolvido por ele, para a sociedade brasileira. O documento destaca ainda seu exemplo de espírito,

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Artes marciai

segurança determinação, disciplina e comprometimento em sua missão de educador, com ética, dignidade e valores culturais, atestando, assim, o título de Mestre Honoris Causa em Segurança Pública e Privada. Em 2017, Monteiro teve sua história contada em uma importante obra: a sétima edição do livro “Grandes Mestres das Artes Marciais do Brasil”, com divulgação em todo o país e no exterior. Na opinião do editor e autor da publicação, Fábio Amador Bueno, falar do Mestre Rudá é praticamente desnecessário, uma vez que o seu vasto currículo já justifica qualquer argumento para ele constar no hall dos Grandes Mestres das Artes Marciais do Brasil. “‘Servir e Proteger’ é o lema de todo policial e este, em especial,

Rudá mostra com orgulho alguns de seus certificados, conquistados mundo afora

Sem título-36 22

ma. É altamente esleva a sério essa máxima. o ‘segurança públipecializado na questão ro das artes marcica e privada’ e, dentro rico invejável e alta ais, possui uma histórico e o Grande Me est s re graduação, apesar de Mestre ulado à gr ggraduação, raad du uaaççããão, o, o, (livro) não estar vinculado oféus, ma as ao ao n ob o brre e nem aos títulos ou troféus, mas nobre do perante à sociecompromisso assumido dade, com a missão de educador da setamento disciplinagurança e do comportamento do, por meio das artes marciais, com ética ustifica Bueno. e conteúdo cultural”, justifica o sargento da PM Este ano, o terceiro o tradicional “Oscar será condecorado no da Segurança Pública”,”, realizado por Hilton Ferreira, há oito anos, e agendado arço, no Centro de para o dia 30 de março, sques. Convenções Vasco Vasques. “Rudá é merecedorr do título e muito ntribuição dele, por mais incentivos. A contribuição ciais, na segurança meio das artes marciais, lém disso, tem um pública, é louvável. Além ento de respeitabiexcelente relacionamento ário e Ministério Púlidade junto ao Judiciário blico”, analisa Ferreira,, que também é esça pública. pecialista em segurança “Arma Perfeita” stória do Mestre Para contar a história vel dissociar uma Rudá, não é possível s) da outra (segucoisa (artes marciais) rança), até porque o tempo que ele tem ase o mesmo que na vida pública é quase dedica à arte suave. E, nesta, lá se vão 30 anos. Experiênciaa que lhe rendeu raduações. muitas medalhas e graduações. Mas foi assistindo ao o filme “Arte Perfeido por Jeff Speakta” (1991), protagonizado man, que sua vida na arte marcial mudou. “Eu já praticava outros ros estilos de luta. E quando vi o que era o Kenpo (arte marcial que reúne, em si, um conjunto de várias técnicas marciais, e estimula todos os rem a paz e o equipraticantes a procurarem cantei. Passei a eslíbrio interior), me encantei. tudar tudo que pude sobre a modalidaha criação, o Kenpo de, até chegar à minha u Grão-Mestre 10º Budo Kai, no qual sou Dan. E meu sonho é conhecer Jeff Spee, treinar com ele, akman pessoalmente, mo reconheça meu e, ainda, que o mesmo gado dele, aqui na Kenpo como um legado dá. Amazônia”, afirma Rudá.

Rudá conhecer Ru R udá ud dá ssonha onh on haa eem m cco onh onh nhec eceerr ator Speakman o aat to orr JJeff eff S ef peeak p akm maan

09/02/2018 21:42:39


Pódio

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

ais a serviço da

a pública

23

FOTOS: MARCELO CADILHE

DIVULGAÇÃO

O tatame ficou pequen pequeno para a quantidade de certificados e honrarias de Rudá

O sonho do tatame próprio

Rudá Ru R ud dáá é mestre meessttrre nas nas mais na maais is diversas div di ivveerrsssaas as artes art rtes es marciais, maarrcciiai ais, ais s, incluindo iin ncl clu uiin nd do jiu-jitsu, jjiiu u--jjiittssu, Kenpo Keen np po o Budo Bud Bu do o Kai Kai ai e caratê caarrrat aattê atê

Sem título-36 23

Junto a outros nomes d das artes marciais do Amaz Amazonas, como os mestres N Nonato Farias e Arthur Barr Barroso, Rudá busca contribuir co com a redução da criminalidade e formação de bons cidadã cidadãos, por meio dos projetos “L “Lutando para Mudar” e “Am “Amigos da Luta”. Deseja colab colaborar mais. Currículo e vonta vontade, ele tem para isso. Seu out outro sonho? Ter o próprio cent centro de treinamento e academ academia de arte marcial. “Sonho em poder cont contribuir mais, ajudando a sociedade a resga resgatar ou impedir que ta tantos jovens enver enveredem pelo mun mundo crime. Incentiv Incentivar novos tale talentos nas m mais variadas art artes marciais e cco-

laborar com meus irmãos de farda, por meio de tantas oportunidades que me foram dadas pelo grande Mestre Jesus Cristo, a potencializar nosso trabalho. Como policial, me sinto honrado em poder fazer isso, mas sei que posso mais. As artes marciais são uma arma poderosa de inserção social e valores morais”, declara o policial militar, lembrando que já precisou usar suas técnicas em uma situação extrema, na qual ele e sua esposa foram baleados durante um assalto. “Graças a Deus e às habilidades que Ele me conferiu, que repassei a ela (esposa), fomos baleados, mas sobrevivemos”, conta. Tal feito lhe rendeu outro título, dessa vez pela Polícia Militar: uma medalha e promoção por ato de bravura. Oss!

09/02/2018 21:42:26


24

Pódio

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Palmeiras busca ‘sena’ no Paulistão Com 100% de aproveitamento do Estadual, time comandado pelo técnico Roger Machado tenta manter boa fase contra o Mirassol, neste sábado, às 17h

REC ALM G. P O/A ÇÃO

LGA

U /DIV

S EIRA

casa vem de uma vitória importante para se manter fora da zona de rebaixamento do Estadual. No último final de semana, o Mirassol bateu o São Caetano por 2 a 0, fora de casa, e conquistou a sua primeira vitória na competição. O resultado deixou o time com cinco pontos, ainda na lanterna do grupo D, e brigando contra as últimas posições da competição. Mas, segundo o técnico, mais animado. Sem nenhum suspenso ou lesionado, é provável que ele repita a mesma escalação, com Danilo Boza na lateral direita, Léo Baiano no meio e Gilsinho ao lado de Douglas Baggio no ataque.

AR G

Sem título-35 24

Mirassol Se a campanha do Mirassol ainda é modesta, o clube pelo menos não pode reclamar do apoio da torcida, que comprou todos os 12 mil ingressos, que foram colocados à venda para o jogo deste sábado. O time da

Felipe Melo vem sendo um dos destaques do time alviverde neste começo de temporada

CES

S

ão Paulo (SP) - Quase cinco anos depois de uma das maiores derrotas recentes, o Palmeiras volta, neste sábado (10), para Mirassol (SP), onde joga contra o Marissol, no estádio José Maria de Campos Maia, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, às 17h, em situação totalmente diferente da vivida em 2013. O time do técnico Roger Machado busca a sexta vitória seguida na competição, com o discurso de não se deslumbrar com a boa fase vivida. A ótima campanha, nesse início de temporada, contrasta com o momento ruim, vivido pelo Pal-

meiras, na última vez em que enfrentou o Mirassol fora de casa. Em março de 2013, a equipe então dirigida pelo técnico Gilson Kleina perdeu por 6 a 2. Daquela equipe, somente o goleiro Fernando Prass continua no clube, mas será reserva neste sábado. O Palmeiras terá somente uma alteração para a partida. Roger deve apostar em Michel Bastos como lateral esquerdo, na vaga de Victor Luís. O treinador decidiu fazer a mudança, por entender que Michel tem se destacado nos treinos e merece ter uma nova oportunidade de jogar 90 minutos. A outra chance dele veio contra o Bragantino, na vitória por 2 a 0.

09/02/2018 21:40:39


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Sem tĂ­tulo-35 25

25

09/02/2018 21:40:21


Entretenimento

26

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Celebridades

Francine Carvalho

promete show na avenida Francine Carvalho está mais feliz do que nunca, com seu título na Gaviões da Fiel. Já há 4 anos desfilando pela escola, a beldade conquistou a simpatia de todos e é hoje uma das musas mais celebradas pela fiel torcida, recebendo sempre muito carinho em todas as ações da escola. “Faço tudo por amor mesmo. O Corinthians é meu time de coração, e aqui na escola construí relacionamentos, ao longo desses 4 anos, que sei que vão durar para a vida toda. A torcida sente essa vibração, essa admiração sincera, que sinto por eles, e isso acaba retornando multiplicado por cada um dos torcedores”, contou a loira, durante ensaio na quadra da agremiação.

Jack Fernandez madrinha do bloco Banda das Cachorras Jack Fernandez foi convidada para ser madrinha do bloco Banda das Cachorras, que sai no bairro Vila Matilde, SP. Após ser convidada pela Acadêmicos do Tucuruvi, para compor o time de musas, a gata recebeu também o convite da direção do bloco e logo aceitou. Afinal, ela quer brincar o Carnaval na avenida e nas ruas. “É a minha primeira vez no Carnaval de São Paulo. Ser convidada por uma escola e um bloco é, no mínimo, para estrear com o pé direito. Estou muito feliz em fazer parte de tudo isso e lógico que vou causar. Sempre tem que ter uma polêmica”, contou aos risos. “E mais, tem uma coisa ainda mais especial no Bloco das Cachorras. A banda preza pelo direito da mulher ser aquilo que ela quiser, inclusive, livre”, completou a madrinha.

Sem título-27 26

09/02/2018 21:20:24


Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

Entretenimento

27

Karyn e Anny Alvys Mãe e filha seminuas no Carnaval da Tucuruvi A Acadêmicos do Tucuruvi não para de anunciar novidades para o Carnaval 2018. Depois de confirmar um carro alegórico com 24 modelos pintadas, a escola de samba terá mãe e filha no time de musas. Karyn Alvys, que ficou conhecida como MC Sexy, ao disputar o Miss Bumbum e posar sem roupa para a revista “Sexy”, entrará na avenida ao lado da filha, a modelo Anny Alvys, de 19 anos. “Nunca topamos um convite assim, a minha filha sempre foi mais reservada. Eu não, já participei de concursos, de programas de TV, posei nua… Sempre estive nesse meio. O desfile será bem diferente, e claro que vamos causar muito”, avisa a MC Sexy, de 38 anos. “E a nossa estreia será marcante, nós duas vamos sair de topless”, revela Anny aos risos. “Acho que nunca aconteceu isso no Carnaval de São Paulo”.

Sem título-27 27

Anny conta que já perdeu as contas de quantas vezes ouviu a mãe ser elogiada pelos amigos e por seguidores nas redes sociais. “Dizem que minha mãe é gostosa, e levo na esportiva. Até porque ela é a minha musa inspiradora. Não só pelo corpão que ela tem, mas pela pessoa que ela se tornou”, diz a filha. “Apesar dela ser assim, toda jovem e animada, nunca passamos por saia justa. Ela respeita muito o meu espaço, e eu, o dela”. Posando no último ensaio de quadra da Tucuruvi, mãe e filha roubaram a cena ao desfilarem modelitos pra lá de provocantes. “Somos naturalmente sensuais, acho que está no nosso DNA mesmo”, brincou MC Sexy. “Agora é pegar firme nos treinos e fechar a boca. Nada de doces, nem fast food até o desfile. Temos poucos dias para manter o shape e fazer bonito”, completou a filha.

09/02/2018 21:20:10


28

Sem tĂ­tulo-39 28

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

09/02/2018 22:14:07


'RPLQJRGH)HYHUHLURGH

TV MIX HD COM 199 CANAIS + INTERNET 5 MEGAS COM WI-FI

1. IMร“VEIS APARTAMENTOS

164,

90 R$ 99139-9185

PROMOร‡รƒO RELร‚MPAGO.

APROVEITE!!!

01 QTO.



02 QTOS.



04 OU + QTOS.

2. ALUGUEL

VENDO APARTAMENTO NO TOTAL VILLE

APARTAMENTOS 



01 QTO.

 

CASAS

2 quartos, valor R$ 170 mil Para mais informaรงรตes ligue!

04 OU + QTOS.

02 QTOS.



OUTRAS LOCALIDADES  



FONE: 92 99135-9959

TERRENOS/SรTIOS

03 QTOS.



CRECI AM - 2339

03 QTOS.  

5 MEGAS COM WIFI E INTERNET FORA DE CASA POR APENAS

5 MEGAS COM WIFI E TV MIX 199 CANAIS POR APENAS

R$

154,90

R$



111,90

 



VENDE CASA COM3 QUARTOS COM PONTO COMERCIAL Bairro: Sรฃo Josรฉ 1 Dois banheiros e Garagem Valor R$128.000,00 Casa com documentaรงรฃo em dia Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

99515-6434 

VENDO CASA COM 2 QUARTOS MAIS QUITENETE Bairro: Jorge Teixeira 1 Valor R$135.000,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

MC VIDROS & ESQUADRIAS VIDROS TEMPERADDOS E ESQUADRIAS DE ALUMรNIO !!!

em oferta

VENDO CASA COM 4 Cร”MODOS Beco Vitรกria, bairro Jorge Teixeira 1 Valor R$40.000,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

JANELAS 2 FOLHAS TEMPERADO 1,00 X 1,00 M

PORTA DE VIDRO TEMPERADO 0,80X 2,10M

a 0,00 รก vist R $ 82

BOX FRONTAL TEMPERADO 1,00M R $ 48

a 0,00 รก vist

Loja 01: RUA ALFREDO PAES BARRETO, 02 SรƒO FRANCISCO Loja 02: POLIVALENTE, Nยบ 708- JAPIIM 1

Sem tรญtulo-33 29

,0 0 R$ 380

รก vista

IO

UMรN PORTรƒO DE AL 0,0 R$ 32

ta 0 m2 รก vis

ยทTUDO EM ATร‰ 6X SEM JUROS NO CARTรƒO ยทORร‡AMENTO SEM COMPROMISSO ยทACEITAMOS TODOS OS CARTร•ES

E-mail: mcserralheria@hotmail.com

3232-8021|99152-8830

VENDO PRร‰DIO EM BECO PARA INVESTIMENTO 2 andares, 4 apartamentos e 1 salรฃo de festa Bairro: Sรฃo Josรฉ 2 Valor R$80.000, Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145 VENDO APARTAMENTO 2 QUARTOS NO TOTAL VILLE Valor R$125.000,00 รก vista Valor para transferรชncia R$60.000,00 Mais saldo devedor de R$65.000,00 Valor da prestaรงรฃo R$513,00 Mais informaรงรตes ligue (92)99135-9959 CRECI AM 1145

09/02/2018 21:39:09


30

Classitempo

Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018

01 QTO.

EXCELENTE OPORTUNIDADE! VENHA E MONTE SEU RESTAURANTE, LOJA DE CONVENIĂŠNCIA, BAR DA PISCINA E SALĂƒO DE BELEZA NO TROPICAL FLAT. 

02 QTOS. 



Participe do Processo de Seleção de empresas terceirizadas para exploração do Restaurante, da Loja de Conveniência, do Bar da Piscina e do Salão de Beleza no Condomínio do Edifício Tropical Executive & Residence Hotel. O edital, na íntegra, encontra-se a disposição dos interessados no endereço eletrônico; www.tropicalexecutive.wixsite.com/processolicitatorio Para qualquer esclarecimento, entrar em contato: (92) 33064500E-mail: gerencia@tropicalexecutive.com.br



Manaus, 06 de fevereiro de 2018 Gerente Geral

3090-1065 / 3090-1028



CONDOMĂ?NIO DO EDIFĂ?CIO TROPICAL EXECUTIVE & RESIDENCE HOTEL







EDITAL DE INTIMAĂ‡ĂƒO 









CASAS 

03 QTOS.

O titular do CartĂłrio do 3Âş OfĂ­cio de Registro de ImĂłveis de Manaus/AM, a requerimento da Credora CAIXA ECONOMICA FEDERAL – CEF, INTIMA mediante o presente edital nos termos do art. 26 da Lei nÂş 9.514/97, os mutuĂĄrios devedores, abaixo relacionados, para satisfazerem no prazo de 15 (quinze) dias, as prestaçþes vencidas e as que vencerem atĂŠ a data do pagamento, por nĂŁo haver logrado ĂŞxito nas t e n t a t i v a s d e n o t i ďŹ c a ç ĂŁ o p e s s o a l d o s mesmos.Contrato:155553222816.MutuĂĄrios:KITTY OLIVEIRA DE SIQUEIRA CPF: 475.592.332-87 SAMANTA NUNES DA SILVA SILVEIRA CPF: 817.229.58200Endereços:AV CORONEL TEIXEIRA, NÂş 6208, AP 1305, TORRE A – SANTO AGOSTINHO. MANAUS/AM.MatrĂ­cula:45.873.Contrato:155551162668.MutuĂĄrios: PEDRO OMAR ROCHA PEREIRA CPF: 404.350.672-49 A N A K AT I A D A S I LVA C U S T O D I O C P F : 4 9 3 . 1 5 1 . 4 5 2 91Endereços:RUA 10, NÂş 25 - ALVORADA. MANAUS/AM.MatrĂ­cula:14.214.Contrato:155552465159.MutuĂĄrios: W I LT O N G O N C A LV E S M A R Q U E S C P F : 3 2 0 . 0 3 1 . 5 3 2 68.Endereços:ALAMEDA ALANIA, TORRE MYKONOS, NÂş 50, AP 904 – P O N T A N E G R A . MANAUS/AM.MatrĂ­cula:42.572.Contrato:155552508775.MutuĂĄrios: MARCONDES SILVA E SILVA CPF: 473.201.332-53Endereços:RUA RAIMUNDO NONATO DE CASTRO, NÂş 773, AP 1103, BL A – PONTA NEGRA, MANAUS/AM.MatrĂ­cula:43.555.Contrato:155550291412.MutuĂĄrios: RITA DE NAZARE MELO DIAS CPF: 243.155.402-34 SEBASTIAO ROMUALDO DA PAZ DIAS CPF: 040.980.21234Endereços:AV ULISSES TAPAJOS, LOTE 29, QUADRA 26, NÂş 29, CONJUNTO JARDIM VERSALES - PLANALTO. MANAUS/AMMatrĂ­cula:22.593 OďŹ cial



3. VEĂ?CULOS AUTOMĂ“VEIS FORD



4. SERVIÇOS MODA, VESTUà RIO BELEZA ACESSÓRIOS

SINDECONSERVIÇOS SINDICATO DOS EMPREGADOS EM CONDOMĂ?NIOS E EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE MANACAPURU E REGIĂƒO – AM  

CONTRIBUIĂ‡ĂƒO SINDICAL 2018 

LOJAS E SALAS

 





OUTRAS LOCALIDADES

AVISO AOS CONDOMĂ?NIOS E EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE MANACAPURU E REGIĂƒO AM (AlvarĂŁes, AmaturĂĄ, AnamĂŁ, Anori, ApuĂ­, Atalaia do Norte, Autazes, Barcelos,Barreirinha,Benjamin Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Borba, Caapiranga, Canutama, Carauari, Careiro, Careiro da VĂĄrzea, Coari, CodajĂĄs, EirunepĂŠ, Envira,Fonte Boa, GuajarĂĄ, HumaitĂĄ ,Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, JapurĂĄ, JuruĂĄ, JutaĂ­, LĂĄbrea, Manacapuru, Manaquiri, ManicorĂŠ, MaraĂŁ, MauĂŠs, NhamundĂĄ, Nova Olinda do Norte, Novo AirĂŁo ,Novo AripuanĂŁ, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva ,Santa Isabel do Rio Negro, Santo AntĂ´nio do Içå, SĂŁo Gabriel da Cachoeira,SĂŁo Paulo de Olivença,SĂŁo SebastiĂŁo do UatumĂŁ, Silves, Tabatinga,TapauĂĄ,TefĂŠ,Tonantins,Uarini,UrucarĂĄ e Urucurituba – AM). O SINDECONSERVIÇOS torna pĂşblico e necessĂĄrio a toda categoria representada, CondomĂ­nios (Horizontais, Residenciais, Comerciais, Industriais, Shoppings Centers, Verticais) e Empresas Prestadoras de Serviços da cidade de Manacapuru e RegiĂŁo AM, exceto Manaus), que a CONTRIBUIĂ‡ĂƒO SINDICAL DOS TRABALHADORES, ĂŠ devida a este SINDICATO e deverĂĄ ser descontada de todos os trabalhadores da categoria representada, dos salĂĄrios do mĂŞs de MARÇO do ano em curso e devidamente paga atĂŠ o dia 30 de Abril de 2018 nas agĂŞncias bancĂĄrias. O recolhimento da CONTRIBUIĂ‡ĂƒO SINDICAL DOS TRABALHADORES fora do prazo, quando espontâneo, sujeitarĂĄ ao contribuinte a correção com juros moratĂłrios de 1,0% ao mĂŞs e multa progressiva de 10% nos 30 primeiros dias acrescida de 2,0% por mĂŞs subsequente, ambos, multas e juros, incidentes sobre o valor corrigido. O recolhimento da CONTRIBUIĂ‡ĂƒO SINDICAL DOS TRABALHADORES É COMPULSĂ“RIA, CONFORME ARTIGO 149 DA CONSTITUIĂ‡ĂƒO FEDERAL DE 1988 E ANALOGIA DE ENTENDIMENTO LEGAL NOS ARTIGOS: 578, 579 E 580 DA (CLT), quando da NĂƒO OPOSIĂ‡ĂƒO POR PARTE DO TRABALHADOR EM FAVOR DO RECOLHIMENTO, COM APRESENTAĂ‡ĂƒO DE CARTA DE OPOSIĂ‡ĂƒO AO DESCONTO JUNTO A ENTIDADE SINDICAL DORAVANTE, devendo a mesma ser apresentada em duas vias, restando ďŹ car depositado a 1ÂŞ via na Entidade de Classe e a 2ÂŞ via direcionado a Empresa ou CondomĂ­nio, dando ciĂŞncia ao Departamento de Pessoal quanto sua aceitabilidade ou nĂŁo ao recolhimento de tal Contribuição CompulsĂłria, devendo as Cartas de Oposição serem protocoladas na sede do Sindicato atĂŠ a data de: 15 DE MARÇO DE 2018. Conforme determina o Art. 579 da CLT o nĂŁo pagamento sujeita aos infratores a sançþes dos Arts. 598 e 606 da citada Consolidação das Leis do Trabalho, devendo os empregadores enviar para o SINDECONSERVIÇOS a relação de funcionĂĄrios contribuintes. As guias de recolhimento para pagamento da Contribuição Sindical dos Trabalhadores deverĂŁo ser geradas no site da Caixa EconĂ´mica Federal, www.caixa.gov.br, no Ă­cone de emissĂŁo de GRCSU, com CĂłdigo Sindical: 000.562.821.26113-0 e CNPJ: 12.348.944/0001-33.



SERVIÇOS PROFISSIONAIS ESPECIALIZADO



5. NEGĂ“CIOS TURISMO E LAZER OUTROS ACOMPANHANTE

Manaus, 08 de Fevereiro de 2018. ORLEILSON ASSUMPĂ‡ĂƒO PRESIDENTE SINDECONSERVIÇOS 

Sem tĂ­tulo-32 30



Ligue e anuncie

03 QTOS.



09/02/2018 21:36:37


0DQDXVGRPLQJRGHIHYHUHLURGH

(GLomR

$75$d¯(61$&,21$,6

$/7262/,0¯(6

6DPEDH+XPRU ¶¶(ODV$MXGDPQD3RSXODULGDGHGRVVHXV0DULGRV·· QR$OWR6ROLP}HV

^

$V3ULPHLUDV'DPDVGR$OWR6ROLP}HV

)RWR'LYXOJDomR

)RWR'LYXOJDomR

ŝŵƉĄƟĐĂĞĐŽŵďŽŵĚĞƐĞŵƉĞŶŚŽŶŽƐŽĐŝĂů ŶĂƉŽƉƵůĂƌŝĚĂĚĞĚŽƐŵĂƌŝĚŽƐ͘

)RWR'LYXOJDomR

3UHIHLWR0XQLFLSDOGH%HQMDPLQ&RQVWDQW 3ULPHLUD'DPD

'$9,%(0(5*8< -+21$+0(//<&+$3,$0$)5$1&2

ĨƌĞŶƚĞƐ ƋƵĞ ǀĞŵ ĂŽ ĞŶĐŽŶƚƌŽ ă ŶĞĐĞƐƐŝĚĂĚĞ ĚŽ ƉŽǀŽ͕ ƐĞũĂ ůĄ Ğŵ ƋƵĞ ĄƌĞĂ ƋƵĞ ĨŽƌ ƉƌĞĐŝƐŽ͘ ůĂ 6$8/181(6%(0(5*8< $/=(125$&25'29,/ ĐŽŶƐĞŐƵĞĐŽŵŐĂƌƌĂĞĚĞƚĞƌŵŝŶĂĕĆŽĂƵdžŝůŝĂƌƐĞƵƐ ĐŽŵƵŶŝƚĄƌŝŽƐƉĂƌĂƋƵĞƚŽĚŽƐƐĞƐŝŶƚĂŵŝŶƚĞŐƌĂĚŽƐ Ɛ ƉƌŝŵĞŝƌĂƐ ĚĂŵĂƐ ĚŽ ĂůƚŽ ^ŽůŝŵƁĞƐ͕ ĚŽƐ ĂŽ ĐŽŶǀşǀŝŽ ƐŽĐŝĂů͕ ĂũƵĚĂŶĚŽ ĂŝŶĚĂ ŵĂŝƐ Ă ŵƵŶŝĐşƉŝŽƐ ĚĞ ƚƌşƉůŝĐĞ ĨƌŽŶƚĞŝƌĂ dĂďĂƟŶŐĂ͕ ƐŽĐŝĞĚĂĚĞďĞŶũĂŵŝŶĞŶƐĞĂĞŶƚĞŶĚĞƌŽĚĞƐĂĮŽĚŽ ĞŶũĂŵŝŶĞƚĂůĂŝĂĚŽEŽƌƚĞ͘ŽŵƐƵĂƐŝŵƉĂƟĂĞ ƉƌĞĨĞŝƚŽ͕ ƐĞƵ ŵĂƌŝĚŽ Ăǀŝ ĞŵĞƌŐƵLJ͕ Ğŵ ďŽŵ ĚĞƐĞŵƉĞŶŚŽ ĂƚƌĂǀĠƐ ĚĞ ƐƵĂƐ ĂĕƁĞƐ ŶŽƐ ƌĞĐƵƉĞƌĂƌ Ž ŵƵŶŝĐşƉŝŽ ĚŽ ĞƐƚĂĚŽ ƋƵĞ ƐĞ ĞŶĐŽŶƚƌĂǀĂ͘ ƐĞƌǀŝĕŽƐ ƐŽĐŝĂŝƐ͕ ĐŽŵ )RWR'LYXOJDomR ŵ ƚĂůĂŝĂ ĚŽ EŽƌƚĞ ĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽƐĞŵƚŽĚĂƐ ƐĞŶŚŽƌĂ ^ŝŵŽŶĞ ^ŝůǀĂ͕ ĂƐĄƌĞĂƐĞƉĂƌĂƚŽĚĂƐĂƐ ĞƐƚĄ Ă ĨƌĞŶƚĞ ĚŽ /D ŝĚĂĚĞƐ͕ĞůĂƐƐĞĚĞƐƚĂĐĂŵ ĐŽŵŽŐĞƌĞŶƚĞ͘DĂƐƐĞƵ Ğŵ ĮƌŵĂƌ ĂŝŶĚĂ ŵĂŝƐ Ă ũĞŝƚŽƐŝŵƉůĞƐĚĞƐĞƌĞĚĞ ƉŽƉƵůĂƌŝĚĂĚĞ ĚĞ ƐĞƵƐ ƚƌĂƚĂƌ ƐĞƵƐ ŵƵŶşĐŝƉĞƐ͕ ŵĂƌŝĚŽƐ ƉƌĞĨĞŝƚŽƐ͘ ŵ ĐŽŵŽ ƚŽĚŽƐ ĚĞ ƵŵĂ dĂďĂƟŶŐĂ Ă ƐĞŶŚŽƌĂ ĨŽƌŵĂ ŐĞŶƟů Ğ ƐĞŵƉƌĞ  ů nj Ğ Ŷ Ž ƌ Ă  ^ Ž Ƶ nj Ă ĂƚĞŶĐŝŽƐĂ͕ ůŚĞ ĨĂnj ƐĞƌ ŽƌĚŽǀŝů ĞŵĞƌŐƵLJ͕ ƵŵĂ ƐĞŶŚŽƌĂ ƋƵĞƌŝĚĂ ƋƵĞƌŝĚĂ ƉŽƌ ƚŽĚŽƐ Ğ ƉŽƌ ƚŽĚŽƐ͕ ĂũƵĚĂŶĚŽ ĐŽŶƐŝĚĞƌĂĚĂ Ă ŵĆĞ ĚŽƐ Ă ŝ Ŷ Ě Ă  ŵ Ă ŝ Ɛ  Ŷ Ă 3UHIHLWR0XQLFLSDOGH$WDODLDGR1RUWH 3ULPHLUD'DPD ŵĞŶŽƐĨĂǀŽƌĞĐŝĚŽƐ͕ĐŽŵ 121$727(1$=25 6,021(6,/9$ ƉŽƉƵůĂƌŝĚĂĚĞ ĚŽ ƐĞƵ ƐĞƵ ũĞŝƟŶŚŽ ĐĂƌŝŶŚŽƐŽ ŵ Ă ƌ ŝ Ě Ž  Ž  Ɖ ƌ Ğ Ĩ Ğ ŝ ƚ Ž ĐŽŶƐĞŐƵĞĞŶĐĂŵŝŶŚĂƌĂ E Ž Ŷ Ă ƚ Ž  dĞ Ŷ Ă nj Ž ƌ ͕  Ă ƚŽĚŽƐĚĞƚŽĚĂƐĂƐŝĚĂĚĞƐĂŽĂƚĞŶĚŝŵĞŶƚŽƋƵĞŽƐ ĞdžĞŵƉůŽĚŽWZͲWƌŽũĞƚŽĕĆŽĚĞZƵĂƋƵĞĂƚĞŶĚĞ ŝŶĐůƵŝ ŶŽǀĂŵĞŶƚĞ ŶŽ ĐĞŶĄƌŝŽ ŚƵŵĂŶŝnjĂĚŽ͘ ũƵĚĂŶĚŽƐĞƵŵĂƌŝĚŽŽWƌĞĨĞŝƚŽ^ĂƵůĞŵĞƌŐƵLJ͕Ă ŽƐŵĞŶŽƐĨĂǀŽƌĞĐŝĚŽƐĚŽŵƵŶŝĐşƉŝŽ͘ĂƐƐŝŵĞůĂƐ ƟƌĂƌ dĂďĂƟŶŐĂ Ž ĞƐƚĂĚŽ ĐĂſƟĐŽ Ğŵ ƋƵĞ ƐĞŐƵĞŵ ƐĞŶĚŽ Ă ǀŝƌŐĂ ĨƵŶĚĂŵĞŶƚĂů ŶĂ ǀŝĚĂ ĚĞ ƐĞƵƐ ŵĂƌŝĚŽƐ ƉƌĞĨĞŝƚŽƐ͕ ƌĞĐĞďĞŵ Ž ĐĂƌŝŶŚŽ Ğ Ž ƌĞĐĞďĞƌĂŵŽŵƵŶŝĐşƉŝŽ͘ ŵ ĞŶũĂŵŝŶ ŽŶƐƚĂŶƚ Ă ũŽǀĞŵ ƉƌŝŵĞŝƌĂ ĚĂŵĂ͕ ƌĞƐƉĞŝƚŽ ĚŽ ƐĞƵ ƉŽǀŽ͘ WĂƌĂďĠŶƐ ă ĞƐƚĂƐ :ŚŽŶĂŚDĞůůLJŚĂƉŝĂŵĂ&ƌĂŶĐŽĂĨƌĞŶƚĞĚĂĂĕĆŽ ŝŶĐĂŶƐĄǀĞŝƐƐĞŶŚŽƌĂƐƋƵĞůƵƚĂŵŶŽĚŝĂĂĚŝĂ͕ĂŽ ƐŽĐŝĂů  ƌĞĂůŝnjĂŶĚŽ ďĞůŽƐ ƚƌĂďĂůŚŽƐ ĚĞ ǀĄƌŝĂƐ ůĂĚŽ ĚĞ ƐĞƵƐ ŵĂƌŝĚŽƐ ŐƵĞƌƌĞŝƌŽƐ͕ ƉĂƌĂ ƋƵĞ Ž ďĞŶĞĮĐŝŽĐŚĞŐƵĞŵĂƚŽĚŽƐ͘ 3UHIHLWR0XQLFLSDOGH7DEDWLQJD

3ULPHLUD'DPD

6DtjV4XLQWDV

$GDPDVWRU3LWDFR+XPRULVWD H 5DIID %DQGHLUD ¿OKR GR /XL] &DUORV GR 5DoD 1HJUD HVWDUmR DEULOKDQWDQGR GLD  2 $QLYHUViULR GH $WDODLDGR1RUWHHGLDQR 3DJRGH GR %HHU +RXVH HP 7DEDWLQJD

1$&,21$,6(,03257$'26 )RWR,QWHULRUHP)RFR

-RJR5iSLGR (TXLSH



5XD6mR*HUDOGR7UDYHVVD6mR*HUDOGR %DLUUR6mR*HUDOGR

'(67$48(

SDUD7HIpFRPHVFDOD SDUD&RGDMiVH&RDUL

&RPWH6HYHULQR)HUUHLUD

Sem título-46 31

5XD&RPHQG&OHPHQWLQRQž&HQWUR0DQDXV$0

09/02/2018 23:18:26


JANAILTON FALCÃO

Mãe e filha de topless no desfile da Tucuruvi

Conselho tutelar alerta para crimes contra as crianças no Carnaval

DIVULGAÇÃO

Entretenimento 26 e 27

Polícia 7

ANO XXX – Nº 9.713 – Manaus, domingo, 11 de fevereiro de 2018 – Presidente: Otávio Raman Neves – Diretor Executivo: João Bosco Araújo

Perseguição, troca de tiros e morte durante assalto DIVULGAÇÃO

A suspeita foi atingida durante perseguição e troca de tiros entre seus comparsas e policiais militares da 13ª Cicom Rafael Tavares

D

epois de perseguição e troca de tiros com a polícia, Dariene Costa Ferreira, 18, morreu ao ser atingida por uma bala na cabeça, na tarde no início deste fim de semana. Segundo a polícia, ela era responsável por dirigir um veículo modelo Gol, de placa JWU9973, utilizado por uma quadrilha responsável por praticar vários assaltos na região. A jovem perdeu o controle do carro em um barranco da rua Salmão, no bairro Cidade de

Após ser atingida pelo tiro, a mulher perdeu o controle do veículo e caiu em um barranco

1,00

R$

Deus, na Zona Norte de Manaus. De acordo com os policiais, a vítima estava fugindo da polícia, com mais dois suspeitos. O tenente Clayton Santos, da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), informou que o trio estava fugindo da polícia, após fazer arrastão em uma parada de ônibus, em um mercadinho no Cidade de Deus, e ainda no Alfredo Nascimento. “A guarnição recebeu a denúncia e fez o acompanhamento do trio. Os PMs foram recebidos a tiros. A motorista era muito jovem e responsável por dirigir o carro, enquanto os dois atiravam contra os policiais. Ela dirigia muito bem, porque a guarnição teve dificuldade de fazer a perseguição”, relatou. No momento que Adriene foi atingida com um tiro, que acertou a nuca, ela ainda continuou dirigindo o veículo por alguns metros, mas depois perdeu o controle e caiu em um barranco, que fica em uma rua sem saída. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir do local, ao entrar em uma área de mata. O corpo de Adriane foi retirado pelo Instituto Médico Legal (IML), depois de passar por perícia. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Fundação Hospital Adriano Jorge ganha mais 47 novos leitos para internação Uma ala de enfermarias com 47 novos leitos de internação passou a operar na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), no bairro da Cachoeirinha. O espaço ocupa o quarto andar da unidade, que passou por uma ampla reforma e recebeu equipamentos para funcionar como leitos de retaguarda aos prontos-socorros da capital. Segundo o secretário estadual de Saúde, Francisco Deo-

www.emtempo.com.br

Sem título-23 32

dato, os novos leitos vão dar suporte à rede de urgência e emergência, em especial aos prontos-socorros 28 de Agosto, João Lúcio Machado e Platão Araújo, que a atual gestão recebeu com superlotação, funcionando acima da capacidade. Agora, já são 145 leitos de apoio aos prontos-socorros, abertos desde que a nova gestão da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) assumiu. São

/emtempooficial

mais 45 de um convênio com o Hospital da Sociedade Beneficente Portuguesa e 56 no Hospital da Zona Norte. “É mais um esforço do governo do Amazonas, atendendo à determinação do governador Amazonino Mendes, no sentido de reconstruirmos a saúde do Estado, que encontramos em situação crítica. Com isso, damos vazão ao fluxo nos prontos-socorros,

/emtempooficial

@emtempooficial

para que voltem a atender dentro das suas capacidades”, observa o secretário. O secretário destaca que, neste primeiro momento, 12 unidades de saúde da capital passam por obras de melhorias, como reformas e adequações, para que voltem a atender na sua capacidade plena. Além do Hospital Adriano Jorge, a Fundação Cecon também está aumentando o número de leitos.

/emtempo

10/02/2018 09:52:16

Em tempo 11 de fevereiro de 2018  
Em tempo 11 de fevereiro de 2018  
Advertisement