Page 1

9 772179 949008 9 772179 949008 20

ISSN 2179-9490

II

220 0

distribuição em condomínios

R$ 14,90

+

expansão

responsabilidade social

ESPORTE

Brasil já possui mais shopping centers em cidades do interior que nas capitais

Conheça o trabalho da ONG Amor de Patas e saiba como ajudar

Sexo nem tão frágil. Artes marciais caem no gosto do público feminino Revista Alvo - Edição 20


2

Revista Alvo - Edição 20


alvo design

Revista Alvo - Edição 20

3


4

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

5


6

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

7


revista alvo - edição 20

10 Editorial 12 Direitos e Deveres

O seguro predial e a responsabilidade civil do síndico - por Dr. Nazareno Nogueira Lima.

14 18

Entrevista

Sebastião Campos - Presidente da Federação de Comércio, Bens e Serviço de Turismo do Pará (FECOMÉRCIO -PA).

50

Playground Para entreter: música, cinema, aplicativos e literatura.

24 Traços & Ideias 28 Empreender

Conforto e segurança na palma da mão.

Coaching, em busca de resultados - por Marcia Acatauassú Ledo.

34 Paisagismo 38 Saúde 40 Esporte 46 Informe 48 Saber Educar 50 Capa 58 Arte 61 Evento 62 Área Comum

Meu verde que te quero verde.

58

90

40

82

Você sabe o que é optometria? - João Oliveira Lima

Elas não fogem à luta.

Academia Fórmula chega a Belém.

Educação e sustentabilidade. - por Elba Magave

SINDCON: 25 anos. Pronto para novos desafios.

Pequenas pessoas, grandes imagens.

Empresa Síndica recebe Troféu Muiraquitã.

Inadimplência em condomínios: como lidar e resolver? - por Inácio Monteiro Araújo.

64 Entretenimento 70 Automóveis

Brinquedo de gente grande.

76

Velozes & avassaladores

76 Negócios 82 Turismo 86 Muito particular 88 Acelerar 90 Responsabilidade social 94 Eventos 98 Eventos 98 Lado B

Shopping centers em expansão no Estado.

Sidney.

E aí, você é um cidadão? - por Guilherme Mendes. Por Adriano Farias.

64

Amiguinhos do peito

Posse do novo Grão-Mestre da Maçonaria do Pará.

Colégio Logos recebe prêmio Top Socioambiental por case de sucesso. Por Apoena Augusto.

70

8

Revista Alvo - Edição 20


A VIDA É MÓVEL NOVA COLEÇÃO BRAVO!

SUA CASA NUNCA MAIS SERÁ A MESMA.

Belém: Av. Gentil Bittencourt, 1302 | F: 91 3073.1400

sca.com.br

Revista Alvo - Edição 20

9


editorial

alexandre rocha Editor Responsável

O ano começa agora... Data do século XVI a utilização do calendário que utilizamos até hoje na maioria dos países ocidentais, implantado pelo Papa Gregório, no qual o ano “novo” inicia-se no mês de janeiro. Antes disso, o mês de março inaugurava o ano novo. Já pararam para pensar por que setembro é o mês nove em nosso calendário? Pois bem, o nome setembro é derivado do latim “septem”, assim como o nome dos outros meses: outubro “octo”, novembro “novem” e dezembro “decem”. O mês de fevereiro era o último mês do ano, por isso ele ajustava o calendário de acordo com o número de dias, no caso, 28 ou 29 dias. Ainda hoje, no Brasil, tudo leva a crer que o velho-novo calendário ainda não “pegou”. “Tudo começa, mesmo, depois do carnaval”. Fato. Então, iniciamos a primeira edição da ALVO, no ano novo (calendário antigo), homenageando os 25 anos da Sindcon/Secovi–PA. Nos últimos anos, a entidade promoveu a consolidação de direitos, aproximou a comunidade condominial da sociedade como um todo, além de incentivar o aperfeiçoamento dos colaboradores dos diversos condomínios em nosso estado. O Sindcon/Secovi-PA realizou várias ações durante todo esse tempo de existência. Entre elas, destacam-se a “Premiação do Calendário”, onde diversas escolas públicas e privadas são convidadas a participar da seleção de 12 frases e 12 desenhoss que serão representados no calendário do ano subsequente. Com isso, há o incentivo do lúdico, das artes, da escrita, da leitura e, principalmente, do pensar. É inegável a contribuição da entidade Sindcon/Secovi–PA com a educação e com o futuro de novos cidadãos. A entrevista desta edição foi com o presidente da Fecomércio-PA, Sebastião Campos, que faz uma avaliação do cenário econômico atual em nosso estado e no Brasil. A presença feminina nas modalidades de lutas nas academias é cada vez maior, desmistificando o sexo frágil. Fomos saber um pouco mais sobre está tendência na matéria “Elas não fogem à luta”, vale a pena conferir. Estivemos em São Paulo para cobrir os eventos que foram um enorme sucesso de público. O primeiro foi o já tradicional “Salão de automóveis”, que traz as novidades tecnológicas e protótipos de veículos que geralmente acabam circulando em nossas cidades após alguns anos. O outro evento foi a “Comicon”, que desembarcou agora no Brasil, trazendo aos amantes do cinema, quadrinhos, séries de TV, animes e games, o que está “bombando” no momento. O mercado de Shopping Centers no país é crescente, aqui não poderia ser diferente. Serão inaugurados nos próximos meses, em nosso estado, alguns desses empreendimentos. Saiba mais sobre os números desta expansão em nossa matéria de negócios. Espero que gostem de nossa edição especial. Boa leitura!

Expediente Credenciada

Gráfica: Halley Tiragem: 10.000 exemplares Editor Responsável: Alexandre Rocha DRT/PA 2233. Editor de Conteúdo: Thiago Viana DRT/PA 2169 Repórteres: Adriana Pereira Catarina Barbosa Marcelo Sousa Thiago Viana Atendimento Comercial: Lilian Comesanha Fotografias: Jefferson Ferreira Marcelo Sousa Marco Nascimento Neto Maia Criação e Design: Marcelo Sousa Social Media: Fernanda Cirino Produção: Jhon Santana

10

Revista Alvo - Edição 20

Fale Conosco Para Anunciar: contato@revistaalvo.com Belém: (91) 3351-8804 / 8122-0670 Atendimento ao Leitor: cartas@revistaalvo.com Cartas: Av. Conselheiro Furtado 1240. Sl. 102 Batista Campos - Belém - PA. CEP 66.035-350 Site: www.revistaalvo.com.br

A revista Alvo (ISSN 2179-9490) é uma publicação trimestral da Alvo Tecnologia Serviços de Publicidade Ltda EPP. Todos os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da revista. É proibida a reprodução de textos ou imagens sem prévia autorização do editor.


Revista Alvo - Edição 20

11


direitos e deveres

josé nazareno nogueira lima Presidente do SINDCON e Vice-Presidente da FESECOVI

O SEGURO PREDIAL E A RESPONSABILIDADE CIVIL DO SÍNDICO A

sentença, as frações ideias da minoria (art. 15). Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964, que trata Os demais parágrafos do art.15, orientam os de condomínios em edificações e as incorporações procedimentos e a tramitação judicial para a imobiliárias, traz em seu art. 13 e parágrafo único a adjudicação dos imóveis objeto do sinistro. obrigatoriedade do seguro da edificação ou do conjunto Em caso de sinistro que destrua menos de 2/3 de edificações, quando expressamente dispõe: da edificação, o síndico promoverá o recebimento “proceder-se-á o seguro da edificação ou do conjunto do seguro e a reconstrução ou reparos nas partes de edificações, nesse caso, discriminadamente, danificadas (art.16). abrangendo todas as unidades autônomas e partes Em 10 de janeiro de 2002, foi sancionada a Lei n. comuns, contra incêndio ou outro sinistro que cause 10.406 (Novo Código Civil), que entrou em vigor um destruição no todo ou em parte, computando-se o ano depois, cujo Capitulo VII, trata do Condomínio prêmio nas despesas ordinárias do condomínio”. Edilício, que em seu art. 1.346, diz que “É obrigatório o Mais adiante, no seu parágrafo único ele continua: “O seguro de toda a edificação contra o risco de incêndio seguro de que trata este artigo será obrigatoriamente ou destruição total ou parcial”. realizado dentro de 120 dias contados da data de concessão O seguro da edificação é despesa Logo a seguir, o art. 1.348, inciso IX, inclui como competência do “habite-se”, sob pena de ordinária do condomínio, para do síndico “Realizar seguro da ficar o condomínio sujeito à não há necessidade edificação”. multa mensal equivalente tanto, O seguro da edificação é a 1/12 do imposto predial, do síndico levar o assunto despesa ordinária do condomínio, cobrável executivamente pela à deliberação da assembléia para tanto, não há necessidade municipalidade”. do síndico levar o assunto à No caso de sinistro total, ou geral do condomínio.” deliberação da assembleia geral que destrua mais de 2/3 de uma do condomínio. edificação, o art. 14 manda que seus condôminos se Ao fazer o seguro da edificação, é conveniente reúnam em assembleia especial, e deliberem sobre agregar alguns outros sinistros ou acidentes contra a reconstrução ou venda do terreno e materiais, terceiros, que não encarecem o valor e deixa o devendo haver, nessa reunião, o quorum de maioria condomínio mais seguro por exemplo, como: absoluta, ou seja, metade mais um dos votos que vendável, incêndio, danos elétricos, danos materiais, representem a fração ideal do respectivo terreno. ente outros. Ainda no § 1º, do art. 14 da Lei, orienta, caso não Caso aconteça um sinistro que destrua o prédio seja aprovada a reconstrução do prédio na reunião de ou parte dele e o condomínio estiver descoberto com assembleia especial, a mesma assembleia ou outra a apólice de seguros, caberá ao síndico responder convocada com o mesmo quorum, qual o destino a pelos danos que foram causados ao edifício, por falta ser dado ao terreno e aprovará a partilha do valor do de cumprimento de suas obrigações prevista em lei e seguro entre os condôminos, sem prejuízo do que não obedecidas. receber cada um pelo seguro facultativo. Você que é síndico, fique atento, pois esse seguro A lei resguarda os direitos da minoria, quando tem prazo e deverá ser renovado anualmente, sob pena determina que essa (a minoria) não poderá ser de perder a validade e o condomínio ficar descoberto e, obrigada a contribuir para a reedificação, caso em que certamente, você não vai querer arcar com esse prejuízo a maioria poderá adquirir as partes dos dissidentes, por descuido ou sobre a alegação de que o condomínio mediante avaliação judicial, feita em vistoria (art.14, § não tinha fundos para pagar o seguro. 3º). Nesse caso, a maioria poderá ser adjudicada, por

12

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

13


entrevista por Thiago Viana fotos: Marco Nascimento

FECOMÉRCIO-PA

MAIS FORTE,

ATUANTE e PROATIVA

sebastião campos Presidente da Fecomércio-PA

Sebastião Campos, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Pará (FecomércioPA) assumiu a direção da instituição no ano passado e, até 2018, pretende escrever uma nova história na Fecomércio. Em entrevista à Revista Alvo, Campos fala dos principais desafios para esta gestão, além de analisar os números do comércio local e os impactos para o varejo diante da atual recessão que assombra a economia brasileira formais, também não houve geração de postos Alvo – Quais os principais números do comércio de trabalho significativa. No ano de 2014, admitiu paraense? 207.189 e desligou 196.288 (dados do CAGEDSebastião Campos – O Movimento do Volume MTE), tendo sido gerado um saldo de 10.901 postos de Vendas no Comércio do Estado do Pará, no de trabalho, considerando apenas os empregos ano de 2014, apresentou um pequeno aumento com carteira assinada. Com isso, o setor ainda de 2,9% em comparação com o ano de 2013, contribuiu com 64% de todos os segundo dados do IBGE. Mas os empresários do ““O setor ainda contribuiu com empregos formais gerados no Pará, entretanto, é um número comércio perceberam que 64 por cento de todos os relativamente insuficiente. houve desaceleração no ritmo de crescimento anual das empregos formais gerados no A Fecomércio-PA acompanha vendas, se comparado com Pará, entretanto, é um número mensalmente a conjuntura as taxas de crescimento dos relativamente insuficiente.” econômica. De acordo com anos anteriores. A Receita essas análises, na opinião da Nominal também foi modesta. entidade, de que maneira a alta da inflação e o Pelos dados do IBGE, a expansão foi de 7%, mas desacelerado crescimento econômico brasileiro se descontarmos a taxa de inflação, medida vem refletindo no comportamento do comércio e pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo do consumidor paraense? (IPCA) que foi de 6,41%, praticamente não houve De modo geral, a alta da inflação e o cenário expansão de receita. Quanto aos empregos

14

Revista Alvo - Edição 20


de desaceleração da econômica Brasileira tiveram forte impacto sobre todas as atividades econômicas e consumidores, com reflexos e dificuldades para o comércio. Com a inflação alta, outros fatores também interferiram na economia, como o aumento nas taxas de juros que iniciou o ano de 2014 com 9,90% e, em dezembro, alcançou 11,15%. Também tivemos o endividamento das famílias, com impacto na renda disponível, reduzindo o consumo. Se não forem adotadas medidas de política econômica que possam conter o processo inflacionário, a expectativa de vendas para 2015 será menor do que o movimento ocorrido no ano de 2014. Inflação alta, menor poder aquisitivo da população e queda nos investimentos podem engessar a economia.

representatividade”, “Autonomia na celebração das convenções coletivas de trabalho”, além dos valores da ética, transparência, autonomia, democracia, entre outros. Por isso, nesse caso específico da virada do Natal, a Fecomércio-PA, observando essas bandeiras e princípios, orientou as partes interessadas para que realizassem uma reunião com o objetivo de debater a questão para que a decisão fosse tomada pelo conjunto e com a anuência de todos, ou seja de forma democrática.

A Fecomércio é uma entidade com 65 anos de história. Como esta gestão pretende atuar para transformá-la em uma instituição mais forte e representativa? Nosso foco de atuação está pautado no desenvolvimento de ações que contribuam para a geração de resultados positivos e para o desenvolvimento da sociedade. Quais as estratégias para Sendo a Fecomérciomanter o crescimento neste PA representante legal do cenário desfavorável? Comércio de Bens, Serviços Depende do tipo e do modelo e Turismo, para esta gestão de negócio de cada um. É que iniciou em junho de 2014 importante ganhar economia de e vai até 2018, pretendemos escala nos processos de compra escrever uma nova história na e venda, negociar melhores instituição, de forma a torná-la taxas de financiamento, adotar mais forte, atuante e proativa. medidas arrojadas para ganhar Temos a responsabilidade mercado, utilizar ferramentas de agir em prol de cerca de de gestão e comunicação dos estabelecimentos mais efetivas, e agir em ““Inflação alta, menor poder 80% empresariais do Estado, conjunto com as entidades aquisitivo da população e também somos o setor que de classe representativas de mais gera empregos, renda e cada setor - seja no cenário queda nos investimentos podem riqueza, Além de expressiva estadual e nacional - para engessar a economia.” importância para a economia que sejam implementadas estadual, contribuimos para políticas que contribuam para a qualidade de vida e para amenizar as tensões reativar investimentos, reduzir impactos da carga sociais. Por isso, a história que a nova gestão tributária, alavancar o consumo, ampliar geração iniciou em junho de 2014 pretende “ser um marco” de emprego, etc. para a entidade sindical, focada em desenvolver ações que efetivamente garantam o cumprimento No final do ano passado houve um impasse de sua missão, principalmente, que assegurem o que resultou na proibição quanto a extensão de fortalecimento e o desenvolvimento do setor que horários de final de ano dos shopping centers de representa. Somos filiada à Conferência Nacional Belém, impossibilitando as já tradicionais ‘viradas do Comércio de Bens, Serviços e turismo (CNC), de natal’. Qual a posição da Fecomércio-PA sobre fazemos parte do Sistema Confederativo da esta situação? Representação Sindical do Comércio (Sicomercio) Na ação de representação, a entidade precisa e temos ainda a importante missão de administrar tomar decisões em conformidade com o conjunto o SESC e o SENAC. de representados. Para isso, define algumas bandeiras e segue alguns princípios norteadores Os desafios são muitos. Quais os projetos como a “Defesa dos Interesses do Setor com ética estratégicos estão na pauta? e transparência”, “Promoção do crescimento Já estamos executando um plano de trabalho, econômico da categoria”, “Fortalecimento da

Revista Alvo - Edição 20

15


entrevista

amplo, intenso e efetivo, iniciando pela ampliação dos sindicatos filiados e pela construção de um novo planejamento estratégico que já começou a ser elaborado em março de 2015 e que vai eleger diretrizes estratégicas ligadas a pontos que consideramos prioridade como: modernização, fortalecimento do associativismo, atuação efetiva na defesa dos interesses do setor, ampliação nos conselhos de representação, relações de trabalhos, produtos e serviços, fortalecimento da transparência e comunicação, entre outras ações.

A emissão de Certificados de origem na Fecomércio-PA se destaca pela qualidade, agilidade e custo, com a vantagem que geralmente os certificados são analisados no mesmo dia e, quando estão em conformidade com as exigências legais, são entregues para o cliente no mesmo dia da solicitação. Para obtenção, o empresário precisa, primeiramente, entrar no site da entidade e preencher os dados do certificado, depois ele deve imprimir os formulários que estão no site e vai à entidade apenas uma vez, com o certificado em mãos pronto para a análise e assinatura. Se tiver coerente com as normas que regem os diversos tipos de acordos econômicos, geralmente recebe no mesmo dia. Reduzindo custo de deslocamento, tempo e eliminando possíveis erros e retorno.

Quais os produtos e serviços que a entidade oferece aos empresários? Além dos serviços comuns à sua missão, como os específicos referentes à proposição de ações em defesa do setor, representatividade e contribuições para o E quanto a obtenção de seu fortalecimento, a certificados digitais? Fecomércio oferece também O processo é um pouco diversos outros serviços diferente, porém, não por por meio das assessorias isso seja menos ágil e econômica, jurídica e seguro. Atualmente têm ”Além dos serviços comuns à sindical. Os empresários crescido a necessidade e podem obter Certificados de sua missão, como os específicos as exigências legais para Exclusividade, Certificados referentes à proposição de ações em a emissão de documentos de Origem e orientações defesa do setor, representatividade com assinatura digital. A sobre exportação. Emitimos e contribuições para o seu Fecomércio-PA oferece também a Certificação Digital, fortalecimento, a Fecomércio os serviços de emissão por meio da Autoridade de oferece também diversos outros de Certificados Digitais Registro de Certificação serviços por meio das assessorias para pessoas físicas e Digital, inclusive estamos jurídicas de qualquer área abrindo um novo ponto de econômica, jurídica e sindical.” de atuação e apresenta atendimento para agilizar vantagens com relação mais ainda a aquisição a agilidade e segurança dos processos e dos certificados digitais para os empresários. Em da Autoridade Certificadora que trabalha, a CERTISIGN. Para aquisição, a pessoa jurídica parceria com a CNC, disponibilizados mensalmente ou física deve entrar no site da Fecomércio-PA: os resultados de pesquisas e análises sobre a www.fecomercio-pa.com.br, procurar e clicar no conjuntura econômica, a Pesquisa de Endividamento ícone da Certificação Digital. Ele irá direcionar e Inadimplência do Consumidor (PEIC), Índice para a Autoridade Certificadora. A partir daí o de Confiança do Empresário (IEEC) e Índice de empresário segue para a compra do certificado, Confiança das Famílias (ICF), além de publicações imprimindo o boleto e agendando no site a de trabalhos técnicos que a entidade já desenvolve, validação para AR Fecomércio. De posse do mas serão intensificados. boleto e documentos necessários, comparece a AR Fecomércio para validação e aquisição do Quias as vantagens, para os empresários, em obter Certificado por meio do Token ou cartão. certificados de origem por meio da Fecomércio-PA?

16

Revista Alvo - Edição 20

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


Revista Alvo - Edição 20

17


playground

Para Sempre Alice

filmes

Direção: Richard Glatzer Distribuidora: Diamond Filmes

Indicado ao Oscar de Melhor documentário em longa metragem, O sal da terra é um retrato pessoal do premiadíssimo fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado. O diretor alemão Wim Wenders conseguiu capturar o espírito de Salgado e sua obra. O documentário conta ainda com codireção de Juliano Ribeiro Salgado, filho do fotógrafo, que registrou várias imagens de viagens ao lado do pai antes que Wenders entrasse no projeto.

Whiplash

Boyhood

Direção: Damien Chazelle Distribuidora: Sony Pictures

Direção: Richard Linklater Distribuidora: Universal Pictures

O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração. Após chamar a atenção do impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão.

O filme conta a história de um casal divorciado (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo. O longa, gravado durante 12 anos, reunia o elenco anualmente para uma semana de filmagem.

Sam Smith

O Rappa

música

7 vezes

Este álbum do jovem artista britânico, que levou pra casa quatro dos seis gramofones para os quais foi indicado no Grammy 2015, é arrebatador. Sam Smith parece não apenas cantar, mas evocar vozes. Parece compor sem a pretensão venenosa de estar escrevendo poesia. Versa de maneira grandiosa temas corriqueiros e se esparrama com simplicidade por entre cada nota de cada canção.

Depois de cinco anos sem lançar um disco de inéditas, a banda carioca O Rappa apresenta o sétimo álbum da carreira, intitulado 7 Vezes. O cd traz 14 músicas novas e foi produzido por Ricardo Vidal, Tom Sabóia e pela própria banda.

Marisa Monte

Eddie Vedder

Verdade, Uma ilusão

Revista Alvo - Edição 20

Direção: Wim Wenders e Juliano Salgado Distribuidora: Imovision

A personagem da trama, Alice, interpretada pela premiada Julianne Moore (Melhor Atriz – Oscar 2015), é uma famosa linguista, que por ironia do destino, é diagnosticada portadora de uma forma rara e agressiva odo Mal de Alzheimer, chegando a desenvolver a doença precocemente, afetando diretamente a todos ao seu redor.

In The Lonely Hour

18

O Sal da Terra

Marisa Monte resgata vários sucessos, reúne músicos excepcionais e inova no cenário em um show que encantou milhares de pessoas. O show, gravado em agosto de 2013, no espaço Cidade das Artes no Rio de Janeiro, inclui grandes sucessos como “Ainda Bem”, “Não Vá Embora”, e algumas novidades como “E.C.T” e “Dizem”.

Into the wild - Trilha sonora

16 anos depois do primeiro disco do Pearl Jam, o vocalista da banda Eddie Vedder compôs sozinho a trilha sonora para Into The Wild, filme dirigido por Sean Penn sobre um garoto bem sucedido profissionalmente que larga tudo para morar na floresta - baseado no romance de Jon Krakauer.


Revista Alvo - Edição 20

19


playground

Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo Autor: Leandro Narloch Editora: Leya Brasil

livros

Pacifistas famosos como Dalai Lama, Gandhi e Madre Teresa estão mais para vilões do que para símbolos da paz mundial. O capitalismo é melhor coisa que aconteceu no mundo, sobretudo para os pobres. Essas e outras revelações bombásticas estão no livro do jornalista Leandro Narloch. Do império romano aos fascistas do atual cenário politico brasileiro, o livro propõe “jogar tomates nas versões ultrapassadas da história”.

Dois Irmãos

Autor: Fábio Moon e Gabriel Bá Editora: Quadrinhos na Cia.

Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo ocidente.

Um dos livros mais importantes da literatura brasileira contemporânea, Dois irmãos vem, desde seu lançamento, há quinze anos, conquistando novas gerações de leitores. E foi com o mesmo entusiasmo desses leitores que Fábio Moon e Gabriel Bá embarcaram na missão de adaptar o romance de Milton Hatoum para uma graphic novel.

STELLER

The Order: 1886

Plataforma: PlayStation 4

Apresenta aos jogadores uma visão única de Londres no período vitoriano, em que o homem usa tecnologia avançada para lutar contra um antigo e poderoso inimigo. Como Galahad, membro de uma ordem de cavaleiros de elite, participe de uma guerra secular contra uma poderosa ameaça que determinará para sempre os rumos da história num jogo intenso de ação e aventura em terceira pessoa.

Last of Us - Remasterizado

REPLAY

Plataforma: PlayStation 4

Ele reúne suas fotos e vídeos disponíveis na galeria de imagens e possibilita a criação simples e rápida de vídeos com trilha sonora e diversos temas para que você possa rever seus momentos. Não requer nenhuma habilidade especial de edição por parte do usuário.

games

Desenvolvedor: Stupeflix iOS

Apps

‘Habibi’ pretende ser a saga de dois escravos fugitivos, unidos e separados pelo destino, vivendo no limite que separa a tradição da descoberta. Em meio a sentimentos cada vez mais conflitantes, os dois passam o tempo contando histórias. Assim, os leitores são apresentados também à origem do islamismo e de suas tradições, conforme as narrativas se combinam em uma trama de aventura, romance, filosofia e tragédia.

Autor: Malala Yousafzai e Christina Lamb Editora: Companhia das Letras

Um excelente aplicativo para criar histórias com fotos. Você sobe as fotos e deixa elas de lado criando uma narrativa visual. Você pode compartilhar seu gibi real para o facebook e twitter.

Revista Alvo - Edição 20

Autor: Craig Thompson Editora: Quadrinhos na Cia.

Eu sou Malala

Desenvolvedor: Mombo Labs LLC iOS

20

Habibi

‘The last of us’ é uma experiência que redefine o gênero com uma mistura de sobrevivência e ação, contando uma história centrada nos personagens, sobre uma praga moderna que aflinge a espécie humana há 20 anos.


Revista Alvo - Edição 20

21


22

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

23


traços & ideias por Adriana Pereira

Conforto e segurança na palma da mão Cada vez mais presentes nas residências, sistemas de automação controlam desde a iluminação, sonorização do ambiente e até monitoram por meio de aplicativos, quem entra e sai da casa. O usuário tem a sensação de controlar tudo ao seu redor sem muito esforço.

P

conforto.

segurança que o investimento pode trazer. Este é o caso

Quem se interessou em obter tudo isso de uma só

da empresária Vanessa Ribeiro, que já possui sistemas

vez, pode começar a pensar em aderir às tecnologias

de automação residencial em sua casa, pensando no

de automação residencial. Em conceito, a novidade

bem estar dos filhos e na praticidade para toda a família.

chegou para facilitar cada vez mais a vida das pessoas,

“É um investimento que beneficia a todos. Além de

trazendo um leque de opções, desde as mais simples

trazer segurança, a tecnologia favorece na economia

até as mais complexas, que abrangem todos os

da energia da minha casa”, explica a empresária.

raticidade,

segurança,

economia

e

ambientes da casa. O resultado é um ambiente mais prático, agradável, bonito e até mesmo mais valorizado. Tudo isso de acordo com os gostos e necessidades individuais de cada usuário. Em Belém, estas tecnologias já são uma realidade. Várias residências já possuem sistemas de automação e quem já aderiu, destaca - entre vários outros fatores - a

24

Revista Alvo - Edição 20

START Todo projeto de automação começa com um bom levantamento de necessidades, considerando tanto os desejos imediatos como os possíveis pedidos futuros. Nos dias atuais, são vários os recursos que uma automação inteligente oferece.


Com isso, a complexidade dos sistemas também

vida da pessoa ou família, ao invés de dificultar o uso

aumenta. Por isso, recomenda-se a contratação de

dos aparelhos conectados através da nova interface

uma empresa especializada no ramo para evitar

de programa ou do sistema automatizado”, garantem

qualquer tipo de problema na

as arquitetas responsáveis pela

hora da instalação.

criação do espaço.

Durante o último evento Casa

Ainda citando exemplos de

Cor em Belém, realizado no final

segurança no lar, o controle feito

do ano passado, as arquitetas

pela automação permite - por

Cláudia Ribeiro, Renata Macário

exemplo - que os pais possam

e Alena Guimarães apresentaram

conferir os horários de saída e

o ambiente ‘Quarto da Jovem

chegada dos filhos, sem nem

Empresária’.

precisar sair da cama. Para saber

No

espaço,

visitantes

puderam

utilização

da

iluminação, de

cenas

automação

para que

os

conferir a

a na

criação

traziam

mais

conforto para o ambiente. Além do controle do painel de bolhas com iluminação de led, no qual controlava-se a variação de cores por um aplicativo no smartphone, a sonorização do ambiente também era controlado por um aplicativo no celular. “O foco na hora de se automatizar uma residência é,

Cláudia Ribeiro, Renata Macário e Alena Guimarães Arquitetas

O foco na hora de se automatizar uma residência é, certamente, saber o que o próprio cliente procura e adaptar-se ao que ele precisa. Com isso, pode-se criar qualquer alternativa que facilite a vida da pessoa ou família, ao invés de dificultar o uso dos aparelhos.”

certamente, saber o que o próprio

se os jovens chegaram em casa, basta olhar em um visor, instalado na residência, para descobrir se eles estão dentro da casa. Em caso afirmativo, o aparelho muda de cor caso os filhos tenham passado pela porta.

INVESTIMENTO Os valores mudam de acordo com o projeto, que é sempre personalizado e vai depender dos itens que o cliente quer automatizar.

Não

preços

cliente procura e adaptar-se ao que ele precisa. Com

tabelados nem um valor limite, tudo é calculado de

isso, pode-se criar qualquer alternativa que facilite a

acordo com o sistema de cada projeto e da quantidade

Quarto da Jovem Empresária Conceito da Casa Cor 2014

Revista Alvo - Edição 20

25


traços & ideias

de pontos dentro de cada sistema. O investimento pode ser de R$ 1 mil para uma sala de estar, por exemplo, e chegar a quase R$ 250 mil para uma casa inteira. Contudo, este valores já são bem menores se comparados com os que eram praticados há pelo menos cinco anos. As pessoas que moram de aluguel e ficaram interessadas no novo conceito, o conselho é esperar um pouco mais para fazer o investimento. “A última edição da Casa Cor tornou importante o momento, pois deu continuidade a um trabalho que já vem sendo feito e ofereceu maior sustentabilidade no ramo da arquitetura, design de interiores e produtos. Além, é claro, de divulgar novos conceitos e tendências de decoração e tecnologia”, comentou a arquiteta Cláudia Ribeiro.

26

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

27


empreender

Marcia Acatauassú Ledo

Pós-graduada em gestão de marketing

Coaching, em busca de resultados M

os remédios que tomava há 2 anos sem parar. E isso uito se tem ouvido falar da palavra Coaching e acontece porque o curso mexe com nossas estruturas muitas derivações são inventadas, mas a definição é internas. Veja alguns benefícios do Coaching: única, mesmo aplicada a diferentes áreas. Coaching é o processo de apoiar uma pessoa na identificação • Romper alguns limites pessoais e criação de estados desejados, desenvolvendo e • Ampliar suas realizações profissionais acessando seus recursos internos. • Mudar de carreira Coaching também é uma metodologia que visa • Conquistar melhor qualidade de vida melhorar o desempenho de um indivíduo (grupo ou • Obter mais realizações pessoais empresa), aumentando os resultados positivos, por • Planejar uma vida próspera, mais equilibrada e bem meio de processos, técnicas e ferramentas, conduzidas sucedida por um profissional (o Coach) em parceria com o Cliente (o Coachee). Uma alternativa poderosa para É notório o crescimento do mercado de Coaching no pessoas e organizações que sabem que o sucesso não Brasil, em média de 300% ao ano na formação de novos é um ponto de chegada, mas sim um caminho. Um Coaches. O Institute for Corporate Productivity realizou caminho que necessita de planejamento, superação um estudo global para analisar de obstáculos, ação, excelência pessoal, motivação, equilíbrio e Fazer um curso de Coaching é o crescimento do Coaching transformação individual. a opção certa para pessoas e avaliar as tendências desse No processo, mais Fazer um curso de Coaching é que buscam o aprimoramento de mercado. de 1000 executivos e gerentes a opção certa para pessoas que suas habilidades, desempenho e a foram entrevistados. Um buscam o aprimoramento de dos resultados da pesquisa suas habilidades, desempenho melhoria dos seus resultados.” mostra que 79% das empresas e a melhoria dos seus resultados. contratam o Coach para aumento de produtividade e Eu mesma tive o privilégio e a felicidade de fazer uma desenvolvimento de habilidades individuais e 63% para formação internacional em Coaching com o mestre aprimorar a liderança e sucessão. Ricardo Abel, aqui mesmo em Belém, com um dos O mercado tende a continuar no viés de crescimento, melhores professores que já tive na vida e uma das em virtude das empresas estarem sempre buscando mais ricas experiências que vivi em uma sala de aula líderes ou trabalhando no desenvolvimento deles. de alto nível. Esses números mostram um mercado promissor Na turma de 21 alunos havia psicólogos, para quem quer tornar-se um Coach profissional, educadores, publicitários, um biólogo, alguns pois o Coach pode trabalhar em casa no sistema de executivos de empresas e um médico cardiologista homeoffice, podendo definir o seu horário de trabalho. que, no primeiro dia de aula, deixou claro que só Além disso, a carreira de Coach não se conflita com estava ali pela insistência da sua esposa que havia nenhuma outra, podendo o Coach seguir em outro feito o curso em São Paulo e “pegou no pé” para que negócio paralelo. ele participasse. No último dia de aula esse mesmo Depois de 8 dias intensos de formação, descobri médico dizia que o curso foi transformador em sua que o Coaching não é apenas um modismo ou uma vida, tanto pessoal quanto profissional, ensinando-a tendência, mas sim um caminho seguro de aumento a retomar as rédeas da sua vida e de seus valores. de desempenho pessoal e profissional, a partir de uma Outro testemunho maravilhoso foi de uma educadora metodologia propulsora de grandes transformações que iniciou o curso em depressão e tomando doses e que gera resultados rápidos e dinâmicos. Assim diárias de medicamento controlado e terminou a aconteceu comigo e assim pode ser com você. formação agradecendo imensamente a todos pois havia retomado a vontade de viver e parado de tomar

28

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

29


30

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

31


32

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

33


paisagismo por Adriana Pereira fotos: Marco Nascimento

paisagismo meu verde que te quero verde Projetos de paisagismo hoje são sinônimo de qualidade de vida dentro de cenários já agredidos pelas construções

P

ode ser um quintal enorme e ensolarado, um corredor cimentado com pouca luz, uma varanda azulejada e um pouco úmida, uma parede, ou mesmo uma estante dentro de casa. Todos estes espaços são perfeitos para receber um projeto paisagístico. Mas por que considerá-los? Segundo a engenheira paisagística Mirella Moscardini, hoje os projetos paisgísticos se tornaram sinônimo de qualidade de vida. Vão muito além da técnica e procuram, por exemplo, reconstituir paisagens naturais dentro de cenários agredidos pelas construções. “São muitos os benefícios do projeto paisagístico em áreas de comum convívio, como os que vemos nos condomínios residenciais. O jardim integrado à arquitetura visa proporcionar lazer, convívio social, contemplação e prática de

34

Revista Alvo - Edição 20

esportes, trazendo mais qualidade de vida e sendo um escape para a vida agitada que levamos hoje em dia”, comenta. Sob outro olhar, podemos nos aliar ao paisagismo como uma última alternativa para correção de falhas arquitetônicas como, por exemplo, bloquear a visão de áreas privativas com plantas, suavizar um muro muito alto ou utilizar-se da projeção de sombra em uma janela/cômodo castigado pelo sol. Além de tudo isso, o paisagismo “valoriza o empreendimento imobiliário”, avalia a engenheira paisagista. Mas ele precisa ser planejado.

Planejamento Antes de projetar um espaço paisagístico dentro de uma área residencial, alguns pontos precisam ser


Um jardim não é só beleza, podemos aliar esta beleza à funcionalidade, tornando o jardim uma extensão útil de nossas casas.” Fábio Biga Franqueado da Dr. Jardim

verificados, tais como: levantamento dos hábitos e faixa etária dos usuários; presença de esportistas e crianças no local, para planejar pista de corrida integrada ao jardim, aparelhos de academia, parquinhos ou playgrounds; verificar se há idosos, para pensar em uma área silenciosa, para contemplação da paisagem. Deve-se ainda, levar em consideração as características do clima, solo e plantas a serem utilizadas, harmonizando estes fatores. É importante, também, levar em conta o clima da região antes de escolher o tipo de planta para o jardim, pois todas possuem características distintas. Por isso, antes de montar um jardim é bom consultar um profissional paisagista para indicar a melhor opção de planta para o espaço, seja ele instalado em uma área de sol, sombra,

muito encharcada ou área de muito movimento. Em Belém, muitas pessoas já procuram por projetos para a criação de jardins dentro das residências e em condominíos, principalmente pelos jardins verticais. “As paredes vivas estão em alta, ocupam pouco espaço. Os telhados vivos, que já são tendência em outras regiões, também estão sendo bastante solicitados pelos clientes”, ressalta Fábio Biga, franqueado da Dr. Jardim, empresa de manutenção de jardins e piscinas. “Hoje o paisagismo é visto e utilizado de maneira diferente. Um jardim não é só beleza, podemos aliar esta beleza à funcionalidade, tornando o jardim uma extensão útil de nossas casas. E a cada dia que passa estamos mais preocupados com os impactos da vida urbana no meio ambiente. Então, é dever do profissional paisagista, ou jardinista, minimizar estes impactos e garantir mais qualidade de vida às futuras gerações. É esse o trabalho que faço como paisagista e parceira da Dr. Jardim Belém Augusto Montenegro”, enfatiza Mirella Moscardini.

INVESTIMENTO Para Fábio Biga, o valor para este tipo de investimento varia de acordo com o tamanho do condomínio e o tipo do jardim que será implantado. Contudo, este é um “excelente investimento para a qualidade de vida dos moradores”, garante Fábio.

Revista Alvo - Edição 20

35


Em 2011, uma empresa de equipamentos de jardinagem realizou um estudo com 5 mil proprietários de residências de diferentes países, comprovando que jardins belos e bem cuidados valorizavam em media 16% o imóvel. Também foram entrevistados 44 corretores de imóveis que indicaram que casas sem jardins ou jardins mal cuidados desvalorizavam o imóvel entre 5% e 15%, pensando nestes números, as construtoras passaram a investir em paisagismo buscando tanto o conforto e o lazer dos moradores, quanto a diferenciação dos seus empreendimentos, agregando valor a eles. A Dr. Jardim é especializada em valorizar, cuidar e manter jardins. O trabalho da empresa é realizado aliando os desejos do cliente com as condições técnicas do ambiente, além de oferecer um serviço

36

Revista Alvo - Edição 20

de qualidade, com uma equipe especializada e preparada para realizar o serviço rapidamente. Hoje não precisamos de muito espaço para ter um belo jardim, que também pode ser funcional. Há uma parede sobrando em sua residência? Por que não fazer uma parede verde? Que tal uma mini-horta suspensa? “Somos seres que vieram da floresta e ficamos confortáveis na presença de plantas. Plantas acalmam, são um excelente passatempo e sabemos que também contribuem para a melhoria na qualidade do ar de nossas casas. E mesmo em pequenos espaços podemos nos beneficiar das plantas. Basta saber os hábitos do morador (de nada adianta colocar plantas no apartamento se não houver uma pessoa que cuide delas)”, conclui Mirella Moscardini.


Revista Alvo - Edição 20

37


saúde

joão oliveira lima Optometrista

Você sabe o que é OPTOMETRIA? O

ptometria é a ciência que estuda o fenômeno da luz e da visão, sendo essa, uma das profissões mais antigas, tendo surgido com a criação da luz, pois quando disse Deus: “Que haja luz!”, aí surgiu a optometria. Pois sem luz, não existe essa profissão. Quem conhece os evangelhos sabe muito bem que uma das maiores preocupação de Jesus Cristo era curar os cegos. Jesus Cristo relatou no livro escrito pelo apóstolo e médico Lucas, capitulo 4:18, que diz o seguinte, “...porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para pregar liberdade aos cativos e restauração da vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos.” Atualmente a optometria é uma profissão livre e respeitada no mundo inteiro, adotada como profissão social essencial em mais de 130 países do mundo, entre eles: Estados Unido, Canadá, México, Cuba, Uruguai, Paraguai, Inglaterra, Itália, Rússia, Colômbia, Portugal, Líbano, Nova Zelândia, Austrália, entre outros. A optometria é uma profissão essencial nos países em desenvolvimento como o Brasil, pois 80% dos problemas visuais que existem podem ser tratados e cuidados por um profissional optometrista. Atualmente, o Brasil tem diversos centros de formação técnica e acadêmica em optometria, mas seu trabalho ainda é pouco conhecido pela sociedade. Por ser livre e independente na assistência primária, a optometria é a ciência que estuda o complexo sistema visual com o fim de obter da visão o máximo rendimento visual com o mínimo gasto energético. Para consegui-lo, a OPTOMETRIA recorre às várias áreas do conhecimento: anatomia, biologia, neurologia, farmacologia, patologia, fisiologia, psicologia, ergonomia, etc.; mas, preferencialmente, há uma parte da física que mais tem contribuído para o desenvolvimento da humanidade: a física óptica. Grande parte das pessoas pensa que somente o profissional médico pode fazer exames relacionados a visão, o que não é verdade, pois, a oftalmologia é responsável por cuidar de patologias do globo ocular como astigmatismo, miopia, hipermetropia, presbiopia, enquanto que a optometria cuida dos defeitos físicos da visão e adaptação de lentes de contato, que são os problemas não patológicos da visão. Assim como existe médicos que fazem exames de vista sem ser oftalmologista, também existe optometrista atuando sem ter formação necessária para fazer exame de vista. Você leitor, não tenha medo de procurar um profissional qualificado, caso suspeite de algum, peça documentos que comprovem sua formação em optometria, pois assim você evita prejuízos com óculos mal receitados e lentes de má qualidade. O optometrista é um profissional sério, responsável, capacitado ético e para atendê-los com responsabilidade. Não tenha medo de procurá-lo para seu atendimento.

38

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

39


esporte

40

Revista Alvo - Edição 20


por Adriana Pereira fotos: Marco Nascimento

ELAS NÃO FOGEM À LUTA A prática de artes marciais como atividade física vem, cada vez mais, conquistando espaço entre o público feminino dentro das academias. Além de trazer benefícios para o corpo e para mente, o esporte oferece mais dinamismo e a possibilidade de defesa pessoal para a atleta Revista Alvo - Edição 20

41


esporte

G

inástica,

musculação,

bike

e

localizada

redes de academias de artes marciais do mundo,

terão sempre um público cativo nas academias.

localizada no município de Ananindeua, Região

Mas agora, as mulheres estão

Metropolitana de Belém.

aderindo a outras opções que

crescente

indesejadas um pouco mais

procurarem as artes marciais

rápido e, criar habilidades de

nas

academias

defesa. As aulas de boxe, muay

Elas

surgem

thai, MMA e outras lutas - que

melhor condicionamento físico,

antes eram dominadas pelos

aprender

homens - agora também fazem

também, aliviar a tensão. “Os

parte do universo feminino.

alunos saem da aula aliviados

Esse mesmo

público

enfrenta

treinamento

predominantemente

lutas e o MMA (Mixed Martial fazem

variada.

buscando se

por

defender

e,

chegam cansados e estressados

masculino, garantem que as as

é

a

pesado

E, apesar de inseridas em um

Arts)

a

mulheres

e cheios de disposição. Muitos

e até levantamento de pneus. universo

de

o

dos homens, com confrontos

ainda

mais

femininas. “Já caiu por terra aquela história de dizer que luta não é coisa de mulher. As academias são prova disso, pois

42

A razão que leva um número

permitem perder as gordurinhas

”Já caiu por terra aquela história de dizer que luta não é coisa de mulher. As academias são prova disso, pois muitas mulheres estão trocando os seus treinos convencionais, por algum tipo de luta.” João Diego Fonseca e Cleber Mendes Sócios da Team Nogueira

com o trabalho, estudo e outros fatores. Os golpes executados acabam liberando a adrenalina acumulada,

refletindo

diretamente

no

observa

empresário

o

bem

estar”, João

Diego Fonseca, também sócio da academia. Para

a

Sherllen

Moreira,

que há 5 anos pratica lutas marcias, o exercício é uma

muitas mulheres estão trocando os seus treinos

forma

convencionais, por algum tipo de luta”, comenta o

“Comecei pelo boxe e, hoje, minha atividade de

empresário Cleber Mendes, um dos proprietários

segunda a sexta-feira é o Muay Thai”, comenta a

da academia Team Nogueira, uma das maiores

administradora que, aos 30 anos, se revela uma

Revista Alvo - Edição 20

de

ganhar

condicionamento

físico.


apaixonada pela prática de lutas. “Não abandono

não há um limite de faixa etária imposto. Basta

o Muay Thai, não só pelos benefícios que ele

respeitar os limites do corpo, evitar excessos e,

traz ao meu corpo, mas porque me deixa menos

claro, consultar profissionais qualificados. “Além

estressada e mais disposta para minhas tarefas

da prática regular da atividade física, é importante

domésticas e no trabalho”, completa a atleta,

o acompanhamento médico e nutricional para

que trocou o boxe pelo Muay Thai, porque a

compor uma alimentação balanceada e seguir

nova modalidade dá a possibilidade de trabalhar

praticando a atividade”, alerta Cleber Mendes. Entre

bem mais a perna e o braço. Já faz cinco meses que a

analista

de

treinamento,

Renata Lobato, de 26 anos, pratica o boxe. A escolha foi pelo

rápido

resultado

para

entrar em forma”. “Além de não ser monótono como a academia, o resultado para perder peso, por exemplo, é

““Não abandono o muay thai, não só pelos benefícios que ele traz ao meu corpo, mas porque me deixa menos estressada e mais disposta para minhas tarefas domésticas e no trabalho.” Sherllen Moreira - Administradora de

as

atividades

oferecidas pela academia Team Nogueira, o público feminino pode conhecer o

programa

Camp.

O

Ladies

treinamento,

que é exclusivo para as mulheres,

foi

criado

a

partir do conceito Boot Camp

origem

-

militar,

treinamento

bem mais rápido”, comenta Renata, que divide-

americano

se entre as viagens pelo Brasil para ministrar

técnicas de circuitos, movimentos funcionais e

baseado

em

treinamentos e os treinos de boxe.

atividades ao ar livre.

Ainda ao contrário do que se pensa, hoje

Outros pontos fundamentais do programa são

em dia o público masculino respeita muito as

o estímulo a disciplina e o fomento à atividade

praticantes do esporte. “Os homens são bem

em grupo, aumento da auto-confiança, combate

receptíveis com as mulheres dentro da academia,

ao estresse, além de uma significativa perda

respeitam quem pratica a luta e até dividem o

calórica e definição muscular.

mesmo espaço, ensinando e aprendendo com a gente”, completa a analista. Para as mulheres que já venceram o preconceito e desejam começar a praticar atividades marciais,

UFC FEMININO A participação de mulheres no maior evento de MMA do mundo, o Ultimate Fighting Championship (UFC), é mais um marco no esporte mundial. Dana White, presidente do UFC, sempre se mostrou contrário à criação de uma categoria feminina em sua organização e respondia a qualquer entrevista com um categórico “Não vai acontecer”. Porém, em 2012, Ronda Rousey foi convidada para participar da competição, e em 2013 conquistou o primeiro título feminino no MMA. A americana confirmou seu favoritismo na modalidade e abriu espaço para a estreia de mais mulheres na competição.

Revista Alvo - Edição 20

43


esporte Conheça os benefícios de algumas lutas: Muay Thai É conhecida como boxe tailandês e caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos e pés, associado a uma forte preparação física que a torna uma luta de contato total, poderosa e eficiente. O Muay Thai ajuda na parte aeróbica como um excelente meio de exercitar o corpo e ajuda a melhorar a coordenação e a flexibilidade. Boxe Ótimo para queimar calorias, o boxe conta com um intenso programa de exercícios que melhora o condicionamento cardiorrespiratório, como pular corda, proferir golpes em acolchoados e sacos de areia, corrida e exercícios localizados, divididos em períodos de alta, média ou baixa intensidade. Além do ritmo, da coordenação motora e da resistência muscular, o esporte melhora a flexibilidade e gera intensa perda calórica. Taekwondô Do coreano, taekwondô significa, literalmente: saltar, voar, chutar ou quebrar com o pé (tae), socar ou destruir com os punhos (kwon) e arte, caminho, método (do). Voltado para a defesa pessoal, as técnicas da modalidade envolvem o uso de pés, das mãos e dos punhos, em uma combinação de movimentos do judô, caratê e boxe tailandês. Jiu-jitsu Usando técnicas de autodefesa baseadas nos princípios do equilíbrio, o jiu-jitsu, ou “arte suave”, era praticado por monges budistas na Índia. A modalidade usa o sistema de articulação do corpo e das alavancas, dispensando o uso de força ou de armas. Judô Idealizada no ano de 1882, a filosofia da luta procura integrar corpo e mente. As técnicas usam os músculos e a velocidade de raciocínio para vencer o oponente.

SERVIÇO

Academia Team Nogueira Av. 3 Coracões, 1001. - Ananindeua (Próximo Mário Covas) Telefone: (91) 3346-3051

www.teamnogueira.com.br

44

Revista Alvo - Edição 20


Para Todas as Idades! Mente saudável Memória ágil Independência Qualidade de Vida Mente saudável

Para Todas as Idades! ParaTodas Todasas asIdades! Idades! Para

Memória ágilsaudável Mente Mente saudável Independência Memória Memória ágil ágil Crescimento Qualidade de Vida Independência Independência prossional Qualidade Qualidade de Vidade Vida

Redução do estresse Crescimento Aprovação prossionalem Crescimento Crescimento concursos

Redução doprossional estresse prossional Aprovação em Redução do estresse Redução do estresse concursos Aprovação Aprovação em em concursos concursos

Concentração Raciocínio Autoestima Maior capacidade Concentração deRaciocínio aprendizado

Concentração Concentração Autoestima Raciocínio Raciocínio Maior capacidade Autoestima Autoestima de aprendizado Maior capacidade Maior capacidade Atitude de aprendizado de aprendizado

descolada SucessoAtitude no vestibular descolada Diferenciais AtitudeAtitude competitivos Sucesso no vestibular

descolada descolada Diferenciais Sucesso no vestibular Sucesso no vestibular competitivos Diferenciais Diferenciais competitivos competitivos

Qualidade de de Vida! Vida! Qualidade Qualidadede deVida! Vida! Qualidade

Rua Joaquim Nabuco, 70 (Próx. ao Colégio Marista) - Nazaré Rua Joaquim Nabuco, (Próx. ao Colégio Marista) - Nazaré Rua Joaquim Nabuco, 70 (Próx. ao Marista) -- Nazaré Rua Joaquim Nabuco, 7070 (Próx. ao Colégio Colégio Marista) Nazaré Tel. (91) 3355-2154 | 98948-5191 Belém - Pará Tel. (91) 3355-2154 | 98948-5191 Tel. (91) 3355-2154 || 98948-5191 Revista Alvo - Edição 20 Tel. (91) 3355-2154 98948-5191 45 Belém - Pará Belém - Pará


informe por Thiago Viana fotos: Neto Maia e Heloa Canali

Bruno Paes (gerente) e Julio César (franqueado Belém)

ACADEMIA FÓRMULA CHEGA A BELÉM Com localização estratégica na Região Metropolitana de Belém, a academia possui mais de 800m² e equipamentos de última geração. A Academia Fórmula é uma empresa do Grupo Bodytech e já possui quase 40 unidades espalhadas por 13 estados

Q

ualidade, conforto e eficiência. Este é o conceito da Rede Fórmula de Academias que já chegou à Região Metropolitana de Belém. A academia, localizada no Complexo Spaceball, na Rodovia Mário Covas, é a primeira unidade da rede na Região Norte e também já possui quase 40 unidades espalhadas por outros 12 estados brasileiros, são eles: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Alagoas e Paraíba. Com esse alcance, a Fórmula já se tornou a quinta maior rede de academias do Brasil. A unidade de Belém possui mais de 800 m² e começou suas operações no início do mês de março. Com um investimento de R$ 2,5 milhões, o franqueado da Rede Fórmula em Belém, Júlio Cesar Correa, garante que Belém e Ananindeua ganham uma academia de primeira qualidade. “Além da cidade ser carente nesse segmento, resolvemos investir na rede por ser uma franquia que se destaca com os melhores equipamentos do mercado fitness, todos os ambientes climatizados,

46

Revista Alvo - Edição 20

um preço que cabe no bolso do cliente e uma equipe de profissionais qualificados à disposição”, declara o franqueado. Com projeto arquitetônico moderno, a unidade segue todos os padrões da rede com duas salas de aulas coletivas, vestiário e estacionamento. A academia conta ainda com equipamentos de última geração da marca americana Life Fitness – como, por exemplo, esteiras com telas de LCD, uma sala de indoor cycle e a outra sala para aulas ginástica com uma grade completa de modalidades incluídas como MatPilates, Zumba, alongamento, ginástica localizada, MMA Fitness entre outras.

REDE FÓRMULA Do Grupo Bodytech Company, que tem a frente os empresários Alexandre Accioly, Luiz Urquiza, João Paulo Diniz e Bernardinho, a rede Fórmula conta com Luciano Huck como sócio da marca, usando também sua imagem nas campanhas da rede. Toda a operação das franquias Fórmula é controlada pela Bodytech Company, que segundo


dados recentes da IHRSA, órgão acreditado mundialmente pelo segmento, a Bodytech Company está entre as 20 maiores empresas do setor de fitness no mundo no critério faturamento. Em 2013, foram R$ 330 milhões de faturamento; em 2014, R$ 430 milhões e para 2015 a previsão é de R$ 500 milhões. Para a Bodytech Company, a rede Fórmula é uma oportunidade de ampliar a capilaridade da empresa, atingindo bairros de classe média em grandes centros urbanos e cidades médias a partir de 200 mil habitantes. A marca está presente em cidades como Blumenau (SC), Campos dos Goytacazes (RJ), Londrina (PR), Feira de Santana (BA) e, agora, na Região Metropolitana de Belém. “Estamos muito satisfeitos em entrar em mais um estado”, afirma o diretor geral da Rede Fórmula, Mário Esses.

““Resolvemos investir na rede por ser uma franquia que se destaca com os melhores equipamentos do mercado fitness, todos os ambientes climatizados, um preço que cabe no bolso do cliente e uma equipe de profissionais qualificados à disposição.” Julio César Correa

Equipamentos de última geração da marca americana Life Fitness

Bruno Paes, Ricardo Fagundes e Julio César

franqueado da marca em Belém

Ricardo Fagundes, gerente de implantação e consultoria da Rede Fórmula de Academias, fala da expectativa para a nova operação. “Já percebemos que Belém é uma cidade com um grande apelo para a atividade física e concluímos isso porque já estamos na cidade com a Body Tech. Agora, com o modelo Fórmula, esperamos que a academia seja um norteador em um conceito que oferece conforto e segurança para seus clientes. Com uma infraestrutura inigualável, a academia tem a capacidade para atender 1.600 clientes e a expectativa é que cheguemos a 1.200 já nos primeiros meses. Nosso objetivo é que nossos clientes tenham um ambiente onde se sintam bem praticando a sua atividade física”, comenta.

Infraestrutura com capacidade para 1600 clientes.

Equipe de profissionais especializados.

SERVIÇO

Academia Fórmula - Complexo Esportivo SpaceBall Rodovia Mário Covas, 575 - Coqueiro Telefone: (91) 3245.8441 www.formulaacademia.com.br Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 6h as 22h; sábados, das 9h as 18h; domingos e feriados, das 10h as 13h (*) sujeito a mudanças. Estacionamento gratuito para clientes. Revista Alvo - Edição 20

47


saber educar

elba magave Pedagoga

Educação e Sustentabilidade A

redução de riscos de desastres, biodiversidade, o observarmos a educação no mundo de hoje diminuição da pobreza e consumo sustentável. constatamos que, quanto mais desenvolvido for Também requer métodos participativos que o país, maior é o tempo de escolaridade de seus motivem e empoderem os alunos para mudanças de cidadãos. Esta tendência também avança no Brasil e, comportamentos e o desenvolvimento de atitudes em consequentemente, a responsabilidade e importância favor do desenvolvimento sustentável. A Educação da escola na formação das pessoas passa a ter uma para o Desenvolvimento sustentável promove importância ainda maior. competências como pensamento crítico, reflexão Mas, infelizmente, também constatamos que esse sobre cenários futuros e tomadas de decisão de maior tempo de escolaridade não significa maior forma colaborativa. capacidade de viver de acordo com os preceitos É um cenário que exige mudanças profundas no da sustentabilidade. Na verdade, muitos países modo como a educação vem sendo praticada, e que ricos enfrentam sérios problemas ambientais, da busca um futuro de maior integridade ambiental, com mesma forma que os países mais pobres. Esta viabilidade econômica através de uma sociedade realidade nos mostra que não basta aumentar mais justa para as gerações o tempo de escolaridade, se quisermos construir um mundo A preservação do patrimônio presentes e futuras. É uma nova visão da melhor para todos, precisamos ameaçado só será possívelcom a remodelar completamente a compreensão e a responsabilidade educação, focada em ajudar de todas as idades escola que aí está. compartilhada de diferentes pessoas a entender melhor o mundo Em virtude disso, as tão bem gerações.” em que vivem, tratando da formuladas diretrizes da UNESCO: complexidade e do interrelacionamento de problemas Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Ser, como pobreza, consumo predatório, degradação Aprender a Conviver e Aprender a Aprender, precisam ambiental, deterioração urbana, saúde, conflitos e passar por um novo olhar, o olhar da sustentabilidade. violação dos direitos humanos, que hoje ameaçam São novos valores, conhecimentos, habilidades e nosso futuro. competências que necessitam de desenvolvimento. A preservação do patrimônio ameaçado só será Nesse sentido, em 20 de dezembro de 2002, a possível com a compreensão e a responsabilidade ONU aprovou uma resolução proclamando os anos compartilhada de diferentes gerações. É fundamental de 2005-2014 como a Década da Educação para o seguir apoiando o aperfeiçoamento das políticas Desenvolvimento Sustentável (DEDS). nacionais em ambos os temas, pois elas têm A UNESCO foi a agência escolhida para promover perfil transversal, com reflexos em várias áreas da a DEDS e estabelecer padrões de qualidade para vida nacional. O impacto das políticas públicas uma nova educação. Seu principal objetivo foi implementadas pode gerar efeitos de escala planetária, integrar os princípios, os valores e as práticas do por isso, a conscientização e sensibilização do público desenvolvimento sustentável a todos os aspectos da sobre as implicações desses esforços de preservação, educação e da aprendizagem. tornam-se ainda mais fundamentais. Esta educação para o futuro inclui questões críticas da atualidade, como por exemplo: mudanças climáticas,

48

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

49


capa por Thiago Viana fotos: Arquivo Sindcom-PA e Neto Maia

PRONTO PARA NOVOS DESAFIOS Sindicato dos Condomínios no Estado do Pará (Sindcon-PA) comemora 25 anos de conquistas, apostando na qualificação do setor, no desenvolvimento de projetos sociais e na promoção da qualidade de vida dentro dos condomínios de Belém

50

Revista Alvo - Edição 20


N

este 27 de março de 2015, o Sindicato dos

Condomínios

do

Estado

do

Pará

(Sindcon-

em uma sala cedida por Drauz Reis no posto 22 de abril, mas já na administração de Monclar da Rocha

de

Bastos, o sindicato adquiriu

atividades. Há 20 anos sob

sede própria em um conjunto

a

José

de salas no Edifício Victor

Nazareno Nogueira Lima, o

Danin. O local abrigou a Escola

sindicato se apresenta hoje

de Síndicos Gabriel Cárdias.

como uma instituição forte e

Em 1995, o Sindcon/PA mudou

presente no setor no qual atua

a gestão mais uma vez, tendo

e, além de representar todos

assumido o Dr. Nazareno Lima

os

Belém,

e, também mais uma vez,

sejam eles associados ou não,

mudou de sede. Desta vez, a

também oferece qualificação

instituição passou a funcionar

para a melhoria de serviços e

na Travessa Rui Barbosa, 689.

promoção da qualidade de vida

Em 2003, o sindicato mudou

nos condomínios, sejam eles

para o endereço, na mesma

residenciais ou comerciais.

Travessa

PA)

completa

25

administração

condomínios

anos de

de

HISTÓRIA Reis, no início, as reuniões do sindicato eram realizadas no edifício Antônio Maria Fidalgo. A fundação e a elaboração do estatuto contaram com a ajuda do advogado Tadeu de Jesus e Silva. Na época, os a

primeira

Barbosa,

finalmente , adquiriu a sede própria na mesma travessa Rui

Idealizado por Drauz Cândido

fundadores

Rui

que agora no número 891, e

que

integraram

diretoria

foram

Drauz Reis (presidente), José

““Durante todo esse tempo a gente sempre deu prioridade para a melhoria da qualidade de vida nos condomínios. Fazemos trabalhos sociais como o concurso do calendários, o natal da solidariedade, o concurso de iluminação, e sempre procuramos estabelecer parcerias que possam oferecer condições para esta melhoria da qualidade de vida.” José Nazareno Nogueira Lima Presidente do Sindcon-PA

Nazareno Nogueira Lima (1º

barbosa , N°877.

MODERNIZAÇÃO José

Nazareno

Nogueira

Lima é o terceiro presidente a dirigir o sindicato. Com ele, veio uma gestão modernizadora, com

objetivos

empresariais

baseados na ampliação da prestação de serviços e nas parcerias

com

empresas

vice-presidente) e Monclar da Rocha Bastos (2º

de diversos segmentos de serviços e produtos

vice-presidente).

para condomínios associados. “A princípio, o

Por um curto tempo, o Sindcon/PA funcionou

sindicato passou a representar toda a categoria,

1ª sede

2ª sede

4ª sede

3ª sede

5ª sede Revista Alvo - Edição 20

51


capa

sindicalizados ou não, no sentido dos acordos coletivos de trabalho. Como ninguém é obrigado a

A atual gestão já prepara a incorporação

se associar a qualquer entidade sindical, a entidade

de outras categorias. “Um dos presentes do

passou a oferecer também serviços de consultoria

Sindcon-PA será a aprovação na mudança do

em áreas bem relevantes. Na presidência, adotou-se um modelo de gestão empresarial com foco na ampliação de serviços, parcerias e na base de associados. Entre as nossas maiores conquistas destacamos

a

obtenção

da

obrigatoriedade do vale-refeição”, enfatiza o presidente. Belém possui mais de 1.400 condomínios e mais de 80% são associados ao Sindcon-PA. A estimativa é de que sejam 60

““Já sou síndica há 10 anos e em todos os momentos sou orientada no que preciso. Não faço e nem respondo nada sem antes consultar o Sindcon-PA e essas orientações do sindicato foram fundamentais para o bom desempenho da minha administração como síndica. Sempre indico amigos meus de outros condomínios que se associem e procurem o sindicato porque confio no trabalho.” Lucilene Carvalho Síndica do Ed. Estrela

seu estatuto. A partir desta mudança, a

passaremos

abraçar

Secovi

e

categorias

do

incluiremos

em

nossa base de associados setores como administração de imóveis, de condomínios, i n c o r p o r a d o r a s , condohotéis,

shopping

centers e outras categorias na área de administração imobiliária.

Com

isso,

aumentaremos ainda mais a

mil unidades habitacionais e comerciais, o que

nossa capilaridade e teremos a oportunidade de

representa um quarto da população de Belém

oferecer mais qualificação para o setor, através

morando em condomínios. São, em média, 350 mil

de cursos, palestras e oficinas voltadas a estas

pessoas, principalmente da classe média alta, o

categorias. Sonhamos com um sindicato forte”,

que comprova a importância desse segmento. “Só

ressalta José Nazareno.

nos últimos quatro anos, Belém ganhou 400 novos

Em 1990 Drauz Cândido - 1º presidente do SINDCON-PA.

52

condomínios aproximadamente”, pontua Nazareno.

Revista Alvo - Edição 20


Empresas parceiras que apoiam o ‘Calendário SINDCON-PA.

SERVIÇOS Empregando, hoje, 14 pessoas em seu corpo funcional, o Sindicato dos Condomínios do Estado do

GESTÃO PRIORIZA RESPONSABILIDADE SOCIAL E PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA

Absorvendo em suas funções cotidianas a responsabilidade pelo bom da gestão dos condomínios funcionamento de espaços extremamente satisfeita associados, oferecendo um ““Estou com as consultorias ou qualquer que abrigam o lar ou ambiente calendário constante de cursos, outro serviço prestado pelo de trabalho de um quarto palestras e treinamentos para Sindcon-PA. Sempre que preciso da população, o Sindcon-PA síndicos e funcionários. Mais de resolver algum problema, peço entendeu como prioridade a 400 pessoas participam destas a ajuda do sindicato e todas necessidade de ações que programações ao longo do as vezes fui muito bem atendida. pudessem promover a qualidade ano, com cursos de até 15hs/ Hoje, no prédio, temos noções de administração condominial e até de vida destas pessoas, além aulas que abordam temas como brigada de incêndio graças aos da valorização de questões segurança em condomínio, treinamento do Sindcon-PA.” importantes do cotidiano da sociedade, como o direito das formação de brigada de crianças e do adolescente. Vanda Conde incêndio, legislação condominial Síndica do Ed. Assembleia Paraense Em vista disso, o sindicato e trabalhista, administração realiza e/ou apoia diversos eventos ao longo condominial, excelência no atendimento, entre outros. do ano. Entre as programações realizadas pelo Além disso, o Sindcon-PA oferece uma variedade Sindcon-PA está o concurso de iluminação natalina, de serviços aos administradores condominiais como desenvolvido em parceria com a Federação da assessoria jurídica, administrativa e na área de Indústria do Estado do Pará (FIEPA). No concurso, pessoas, seguro predial, serviços advocatícios, plano que já existe há 15 anos, os condomínios são de seguro de vida em grupo etc. incentivados a decorar suas dependências e Pará tem uma atuação ativa no fomento à melhoria

Revista Alvo - Edição 20

53


divididos nas categorias verticais e horizontais, são avaliados por quesitos como tema, criatividade, iluminação, originalidade e harmonia. “É sempre muito gratificante realizar o concurso que sempre começa por ocasião do Círio de Nazaré e segue até o dia 12 de janeiro, quando comemoramos o aniversário de Belém. Os condomínios participam ativamente e sempre ocorre uma competição saudável entre eles. Um querendo fazer uma decoração mais bonita que a do condomínio vizinho. Quando sai o resultado, todos querem saber em que posição o vizinho ficou”, comenta o presidente.

NATAL Também há 15 anos, o Sindcon-PA realiza a Campanha Natal da Solidariedade, com a arrecadação de roupas, alimentos, brinquedos, livros e calçados que são doados para a Creche Lar Acolhedor da Tia Socorro, no bairro do Tapanã. Só com as doações de livros, a instituição - que cuida de 68 crianças e adolescentes - já conseguiu montar uma biblioteca.

““A presença do Sindcon-PA é um marco na organização dos condomínios no estado do Pará, suas ações contribuíram significativamente para a realidade que vivemos hoje, síndicos conscientes da complexidade dos seus condomínios, conhecedores da importância de profissionalizar os serviços necessários para uma boa gestão. Nossos parabéns pelos 25 anos de credibilidade e contribuição para o interesse do bem comum dos condomínios do Estado do Pará.”

Jandira Soares Empresa Síndica

54

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

55


capa

““Nestes 25 anos, o SindconPA tem mostrado a pujança da administração que tem tido. Desde as gestões antes do Nazareno e, principalmente, na dele. É uma comemoração da qual vale a pena falar e elogiar, porque tem mostrado bons trabalhos dentro daquilo a que se destina.” Jaci Colares Pres. do Conselho Regional de Corretores Imobiliários (Creci-PA)

““Entre os serviços que mais demandamos ao Sindcon-PA estão a emissão de ticket alimentação e alguma consultoria relacionada a departamento pessoal, convenção coletiva. Em qualquer uma destas situações, sempre encontramos um sindicato pronto a nos atender. Parabenizamos o Dr. Nazareno pela administração e o Sindcon-PA pelos 25 anos de atuação.” Edna Sampaio Síndica do Ed. Importadora

SINDCON PREMIA CRIANÇAS EM CONCURSO Pelo 15º ano consecutivou o Sindicato dos Condomínios no Estado do Pará (Sindcon-PA) realizou o concurso que escolheu 12 desenhos e 12 frases de crianças entre o maternal e o 5ºano de escolas públicas e particulares da Região Metropolitana de Belém. Os 24 trabalhos selecionados já estão compondo o calendário institucional de 2015 do sindicato, distribuído aos seus colaboradores, parceiros e amigos. Neste ano, o concurso teve como tema ‘O direito de ser criança’ e teve a participação de mais de 4 mil crianças de 198 escolas. A cerimônia de premiação, ocorrida em dezembro do ano passado no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, reuniu as crianças vencedoras que receberam, como premiação, o calendário com a sua frase ou desenho, além de R$ 200 e mais R$ 100 em cartão-presente das lojas Yamada. As escolas das crianças vencedoras também foram premiadas.

56

Revista Alvo - Edição 20


CONFIRA AS FRASES PREMIADAS: JANEIRO “Trabalhar ainda não! Primeiro vem a educação!” José Leôncio dos Santos Siqueira - 10 anos - 5º ano - Centro Educacional Primeira Infância FEVEREIRO “Trabalho infantil, NÃO! Ensino e educação, SIM! Falta de convivência, NUNCA! Afeto e amor na família, SEMPRE!” - Anna Clara Leal Maria Fernandes - 10 anos - 5º ano - Centro Educacional Primeira Infância MARÇO “A criança tem que brincar de forma saudável com seus pais para se transformar em um adulto feliz” Rhenan Savyo Rodrigues Assef Souza - 8 anos - 3º ano - Centro de Estudo e Aprendizagem Integral CEAI ABRIL “As crianças têm que parar de sofrer bullying, exploração e apanhar dos pais” - Robert Marley Reis Braga - 9 anos - 3º ano - Escola Municipal República de Portugal MAIO “Ser criança é sentir pura alegria, ainda mais quando tem perto de si a família” - Salomão Henrique Cunha de Abreu - 8 anos - 3º ano - Colégio São Paulo JUNHO “Negando a minha educação você destrói o meu amanhã” - Angelo Nícolas Oliva Costa - 9 anos - 4º ano - Centro Educacional Primeira Infância

JULHO “Esporte e lazer é o melhor trabalho que uma criança pode ter” - Fabíola Hercilia Luz da Paixão - 9 anos - 5º ano - Centro de Ensino Clube do Pimpolho AGOSTO “Criança tem que ter nome, querendo você ou não, tem direito de ser amada e de ter educação” - Izabelly Cristiny da Silva Maciel - 7 anos - 3º ano - Centro Educacional Piaget SETEMBRO “Brincar, estudar, viver… Trabalhar, só quando crescer!” - Isabela Guedes de Almeida - 9 anos - 4º ano - Centro Educacional Oneide Lima - CEOL OUTUBRO “Adultos nos deixem ser livres pensadores, não nos obriguem a viver com as suas verdades, mas nos ajudem a viver sem as suas mentiras” - Raíss Ottília Miranda Schmidt - 10 anos - 5º ano - Centro Educacional Primeira Infância NOVEMBRO “Cansado de brincar de exploração, trocou a enxada pela caneta e foi lutar pela educação” Enzo Rodrigues Prieto - 8 anos - 3º ano - Centro de Educação Montessoriana do Pará - CEMP DEZEMBRO “Criança não tem o direito de dormir no papelão. Criança tem direito é de dormir no colchão” - Kayk Wyllyan Lima Borges - 9 anos - 3º ano - Escola Municipal República de Portugal

Revista Alvo - Edição 20

57


arte por Adriana Pereira

pequenas pessoas

grandes imagens Fotográfo paraense é destaque com projeto ‘Querida, encolhi as pessoas’, que revela situações inusitadas e grandes ideias em um mundo povoado por miniaturas

58

Revista Alvo - Edição 20


C

Instagram pessoal. O retorno foi grande e muito rianças brincando em um brócolis gigante, um rápido, e, aquilo me inspirou a continuar e fazer cada motoqueiro passeando pelo parapeito da Estação vez mais imagens diferentes”, lembra entusiasmado das Docas, em Belém, e uma aventura em um “rio” Renan, que é formado em Comunicação Social de refrigerante. Cenas inusitadas como estas, fazem com ênfase em Multimídia e pós-graduado em parte do projeto “Querida, encolhi as pessoas”, do Design, Computação Gráfica e Multimídia, além de fotógrafo paraense Renan Viana. O trabalho começou fotográfo profissional com experiência no mercado no início do ano de 2014, quando o fotógrafo achou, de fotografia publicitária, editorial e em um antiquário, uma caixa com institucional. bonecos em miniatura. Desde ““Virou vício e coleção. então, as imagens publicadas na Hoje o número de miniaturas web, vêm encantando milhares de aumentou muito. Já são Atualmente, as imagens são internautas que se impressionam itens indispensáveis na divulgadas em um perfil próprio do pela perfeição dos detalhes no minha mochila. Sempre que “Querida, encolhi as pessoas”, no cenário criado e pela criatividade Instagram e também no Facebook. surge uma ideia pela rua, do fotógrafo. “As miniaturas imitam Aproveitando o sucesso, Renan o real e dão possibilidade de criar o ou por onde estiver, acabo criou um site para, além de divulgar que imaginamos impossível, já que fotografando.” o projeto, disponibilizar para as figuras humanas não passam de venda quadros com as fotografias. Renan Viana Fotógrafo 2 centímetros”, explica o fotógrafo, “Algumas pessoas haviam me que já recebeu duas propostas solicitado as fotos para usar como artigo decorativo para expor seu projeto no Estado de São Paulo. “A em suas casas, foi então que pensei em criar esse primeira imagem que publiquei do projeto foi de espaço para comercializar as peças do projeto”, uma miniatura sentada em uma lente. Lembro que comenta o fotógrafo que não esconde a satisfação assim que comprei os bonecos corri para casa e fiz no sucesso de suas fotografias. “Utilizo o Instagram essa foto. Na época, o perfil do projeto nas redes como o principal meio de divulgação do trabalho, sociais ainda não existia, então, publiquei no meu

SUCESSO

Revista Alvo - Edição 20

59


arte

pois, é uma galeria de bolso de grande alcance e de muita audiência. O projeto já ganhou reconhecimento dentro do aplicativo, sendo divulgado, inclusive, como perfil sugerido (referência) pelo pelo Instagram mundial - @instagram”, por duas vezes, completa orgulhoso. “Já fotografei nas cidades de Belém e São Paulo e, neste ano, o projeto chega ao Chile após ser contemplado com uma viagem com todos os custos pagos em uma promoção fotográfica feita pelo governo do país”, concluiu. A coleção de bonecos em miniatura do fotógrafo continua. “Virou vício e coleção. Hoje o número de miniaturas aumentou (e muito). Já são itens indispensáveis na minha mochila. Sempre que surge uma ideia pela rua, ou por onde estiver, acabo fotografando”, comenta. Acompanhe o projeto “Querida, encolhi as pessoas”: Site: www.encolhiaspessoas.com.br Facebook: www.facebook.com/encolhiaspessoas Instagram: @encolhiaspessoas

60

Revista Alvo - Edição 20


eventos

Diretora Presidente Jandira Soares - Empresa SÍNDICA®

empresa síndica recebe

troféu Muiraquitã O

s Diretores da Empresa SÍNDICA® foram homenageados pelo Conselho Especial de Eventos do Estado do Pará e Amapá que tem como presidente a Ilma. Dra. Lucy Gorayeb Mourão. O evento ocorreu em janeiro de 2015. Na ocasião, as Diretoras da Empresa SÍNDICA, Jandira Soares e Graça Vilhena, e o Diretor Marco Antônio Contente Vaz, foram homenageados como destaque no segmento Administração de Condomínios, recebendo a Comenda Muiraquitã, O Oscar da Amazônia.

Diretora Administrativa Graça Vilhena - Empresa SÍNDICA®

Diretor Operacional Marco Antônio - Empresa SÍNDICA® e Elaine Castelo Branco - Conselho de Eventos do Estado do Pará

Revista Alvo - Edição 20

61


área comum

inácio monteiro araújo Administrador de empresas

INADIMPLÊNCIA EM CONDOMÍNIOS: COMO LIDAR E RESOLVER? I

desemprego ou doença não consegue cumprir com o nadimplência em condomínio sempre existiu, mas pagamento. O pior devedor é o contumaz, aquele que após o advento do Novo Código Civil, em 2002, os está sempre devendo, não paga nunca, faz acordo e condomínios, na sua grande maioria, vivem uma não cumpre, quita a dívida somente quando vende o situação financeira calamitosa em decorrência do apartamento ou é executado. Este devedor, além de alto índice de moradores em situação inadimplente, não se importar com os demais condôminos, acaba e isso deve-se, na maioria dos casos, à baixíssima por gerar grandes problemas ao condomínio. penalidade imposta pelo NCC, que derrubou a multa No caso do inadimplente temporário, o ideal é para ínfimos 2% (dois por cento) e os juros para 1% que tão logo a taxa deixe de ser paga, o morador (um por cento) ao mês, o que antes era praticado 20% entre em contato com o síndico. O morador nessa e 10%, respectivamente. situação deve procurar o mais rápido possível o Em um passado não muito recente, só habitava síndico e a administradora para explicar sua situação em condomínios as famílias mais abastadas e expressar sua vontade de pagar, de preferência por financeiramente, e, naquele tempo, o índice de escrito. Dessa forma a administração saberá o motivo inadimplência não era tão galopante como hoje, daquela inadimplência. onde a maioria dos moradores Já os permanentes são um caso preocupa-se, primeiro, em pagar Existem punições legais à parte, pois são os que realmente a prestação do carro, o cartão de que chegam até à perda do dão prejuízo ao condomínio. Estes crédito, plano de saúde... e, por último, a taxa condominial. Isso imóvel, por meio de leilão que sim devem ser cobrados pelos A cobrança vem fazendo com que muitos o condomínio pode realizar administradores. amigável ainda é a mais rápida e síndicos, sem saber como agir, para quitar as dívidas, e com menos custos para ambas deixam de pagar encargos vezes o morador as partes, então, tentar fazer um importantes do condomínio, como muitas acordo é sempre uma boa saída. o INSS, que é a dívida mais comum desconhece a lei.” De qualquer modo, é necessário nos condomínios. ser cauteloso quanto ao tratamento dado ao morador O sindico, principalmente aquele que trabalha sem com taxas condominiais em atraso. Morador o auxílio de uma boa administradora de condomínios, inadimplente não pode ser rechaçado, excluído e muitas vezes não está preparado para lidar com a alta nem passar por situações vexatórias, humilhantes ou inadimplência, e isso comumente é motivo de sérias sofrer perseguições por parte de quem quer que seja discussões nas assembleias gerais, onde os pagantes dentro do condomínio. assíduos e pontuais cobram atitudes enérgicas por No entanto, o inadimplente não pode votar e nem parte do síndico, e este, para mostrar que está fazendo ser votado nas assembleias, mas pode participar com algo, toma atitudes arbitrárias que, em muitos casos, críticas, sugestões e opiniões. Jamais ser excluído! vai parar na esfera da Justiça, tipo cortar a água, não Do mesmo modo, ser proibido de usar as áreas permitir a abertura dos portões por parte dos porteiros, comuns, como piscinas e playgrounds, não é não recolher o lixo, não entregar correspondências e, recomendado, visto que pode gerar mais conflitos, o mais grave, expor o nome do devedor. desestimulando o morador a quitar sua dívida, É fato esclarecer que nenhuma dessas atitudes assim como ter o nome exposto em elevadores e desastrosas vai resolver o problema da inadimplência, quadros de aviso. e o que é pior, em muitos casos o devedor reverte a Por outro lado, existem punições legais que situação sobre o condomínio, levando-o à Justiça, chegam até à perda do imóvel, por meio de leilão que obrigando à toda comunidade condominial arcar o condomínio pode realizar para quitar as dívidas, e com o ônus da demanda judicial. muitas vezes o morador desconhece a lei. Existe o inadimplente temporário, que por razões de

62

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

63


entretenimento texto e fotos: Marcelo Sousa

e d o d e u q n i Br grande e nt e g

i as d 4 em oi f s a e o p e s s x p e r i e n c ra s i l l i m 8 0 co n e o B erso n e d z a l d o co m i c e i ra v e d o u n i v i s d e s m u a m Co m v e n to , e l a p r i fac e ta s f i s s i o n a m e s e d e e i z a da pú m e ra s s e p r o T V , ga r e a l u n i u i n p o p , fã c i n e m a , e r e u lt u ra l i v r o s , da c r i n h o , i s . q ua d c i o n áv e co l e

64

Revista Alvo - Edição 20


H

istórias em quadrinhos, bonecos de personagens e fantasias, definitivamente já deixaram de ser coisa de criança e agora são itens mais que disputados entre realizar o maior evento pessoas de todas as idades, sejam elas homens ou de cultura pop da América latina. mulheres. Inclusive, as histórias em quadrinhos viraram Foram mais de 70 expositores, 220 quadrinhistas simplesmente HQ´s, os bonecos são chamados ‘action nacionais e internacionais, além de lançamentos figures’ e as fantasias receberam o nome de ‘cosplay’. exclusivos de livros, pré-estréias de filmes e Tudo isso pôde ser observado bem de perto durante seriados, e painéis com artistas internacionais. a Comic Con Experience (CCXP), que foi realizada “Nosso objetivo é mostrar para o público e para as pela primeira vez no Brasil em empresas que temos condições ““Nosso objetivo é mostrar para dezembro do ano passado. de ter um mercado profissional O evento ocorreu no Espaço o público e para as empresas de cultura pop. Sempre fomos dos Imigrantes Exhibiton & que temos condições de ter fãs dos eventos similares de Convention Center, em São um mercado profissional de outros países e queríamos que Paulo, e durante os 4 dias de cultura pop. Sempre fomos fãs o Brasil tivesse a sua Comic realização reuniu mais de 80 mil dos eventos similares de outros Con. Conseguimos. O evento pessoas entre fãs e profissionais foi um sucesso”, afirmou países e queríamos que o Brasil Pierre Mantovani, sócio da de quadrinhos, cinema, TV, games e colecionáveis, além de tivesse a sua Comic Con.” CCXP, durante a cerimônia de ter apresentado inúmeras facetas encerramento. Pierre Mantovani - Empresário da cultura pop mundial. O local Grandes nomes da indústria de do evento foi completamente tomado por estandes de quadrinhos compareceram ao evento participando estúdios de cinema, lojas especializadas, galerias de de painéis, ministrando workshops e, principalmente, artistas independentes, além de uma programação que atendendo os fãs que enfrentavam filas gigantescas se estendia por 3 auditórios. para adquirir um autógrafo de seus ídolos. Um dos Idealizada pelos fundadores do site OMELETE, objetivos do evento é gerar um grande fomento de uma das principais referências da cultura pop de mercado e trazer um olhar mercadológico para um entretenimento no país, a CCXP superou setor que tem enorme potencial de capitalização. Não suas expectativas ao à toa houve um crescimento de 72% de empresas que atuam no comércio de itens de cultura pop nos últimos dois anos.

Revista Alvo - Edição 20

65


entretenimento

DESTAQUES

que levou seu presidente, Jim Morris, ao evento. Ele esteve em um dos painéis apresentando novidades sobre os futuros lançamentos da empresa.

Uma das atrações de destaque na CCXP foi o estande da HP, onde foram colocadas 60 câmeras dispostas em um círculo capturando a performance, em 360 graus, dos participantes. Eles podiam postar Uma outra atração do evento foi a parceria da o vídeo na redes sociais e, de quebra, ainda levavam Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e a SP o flipbook com os registros da experiência para casa. Cine, que trouxeram uma série de nove workshops O estande da Warner trazia esculturas em tamanho real dos personagens dos ““A parceria com a CCXP com cerca de 2 horas de duração principais Blockbusters, como aproveita o excelente momento cada, ministrados por artistas premiados mundialmente, O Hobbit, Mad Max, Exodus, do cenário brasileiro de visando fomentar e desenvolver Uma noite no museu 3, além independentes talentos nacionais com foco no de exibir ao público o Batmóvel quadrinhos para fomentar a criação de processo criativo de histórias verdadeiro da série de TV. em quadrinhos, trazendo Outro espaço de enorme universos narrativos em outras similaridades com praticamente destaque foi o dos Estúdios plataformas do audiovisual .” todas as outras expressões da Disney, que apresentava em uma Alfredo Manevy cultura pop, como pode ser gigantesca tela o trailer inédito de Secretário Adjunto de Cultura de São Paulo visto nos desdobramentos de Vingadores 2, uma das estreias personagens e histórias criadas originalmente para mais esperadas de 2015, além de estátuas dos as HQs e que encontram grande sucesso no cinema, personagens e réplicas usadas nos filmes. Também séries de TV, literatura, games etc. “A parceria estavam no estande Disney, os itens de Star Wars, que com a CCXP aproveita o excelente momento do sempre atraem um público numeroso e diversificado, cenário brasileiro de quadrinhos independentes assim como os lançamentos tão aguardados da Pixar,

PROGRAMAÇÕES

66

Revista Alvo - Edição 20


para fomentar a criação de universos narrativos em outras plataformas do audiovisual. A presença de expoentes do mercado de HQs entre os convidados do evento facilita o intercâmbio entre as áreas e potencializa os resultados criativos”, destaca Alfredo Manevy, Secretário Municipal Adjunto de Cultura de São Paulo. Ivan Costa, um dos organizadores da CCXP afirma que esse tipo de iniciativa vai ao encontro dos objetivos da CCXP, de contribuir para a profissionalização e para o crescimento do mercado brasileiro de cultura pop e entretenimento. Os grandes estúdios de cinema também marcaram presença na CCXP, trazendo trailers inéditos, objetos originais usados nos filmes e uma série de brindes e atividades para o público, que fazia fila para participar das cabines de fotos, jogos e ver de perto os figurinos famosos das produções hollywoodianas. Uma programação especial incluía painéis, mesas redondas, rodadas de negócios e atividades de networking voltadas para líderes, executivos e criadores das diferentes áreas que compõem o universo de cultura pop e entretenimento para discutir oportunidades, tendências e soluções para a profissionalização e crescimento desse

Revista Alvo - Edição 20

67


entretenimento

e d i t o r a s possam interagir com seu público e vender prints, sketchbooks, artes mercado, aproximando esses profissionais para a discussão dos caminhos do mercado brasileiro de cultura pop e entretenimento.

enorme

fantasiadas

quantidade

de

de quadrinhos nacional, lançando seus produtos

seus

de

pessoas

mais adulto. Ricardo Alencar e sua namorada Patrícia Rocha

pedem parar tirar foto comigo”,

““Não paramos nem 20 minutos no hotel, só deixamos as malas e viemos correndo pra cá. Já comprei no cartão de crédito presentes equivalentes ao ano inteiro. Sempre junto grana pra gastar nesses eventos, que dificilmente encontramos na nossa cidade.”

diz Luana Lobato , que exibia

Ricardo Alencar - Arquiteto

personagens

favoritos

de

quadrinhos, cinema e games. Os cosplayers já são figuras carimbadas

nesse

tipo

de

evento. “Eu sempre procuro me caracterizar de um personagem que eu me identifique e que as pessoas conheçam. Acho bastante

divertido

quando

sua fantasia de Supergirl em

saíram de Belo Horizonte para São Paulo só por conta do evento. “Não paramos nem 20 minutos no hotel, só deixamos as malas e viemos correndo pra cá. Já comprei, no cartão de crédito, presentes equivalentes ao ano inteiro. Sempre junto grana eventos,

para

gastar

que

nesses

dificilmente

encontramos na nossa cidade.”, confessam. Assim, fica claro que essa vertente de mercado

meio a constantes flashes de máquinas e celulares.

constitue-se em um wallet-share em constante

Esteve também presente no evento a Chiaroscuro

crescimento e que, definitivamente, HQ´s, action

Studio, uma das principais agenciadoras de talentos internacionais para o mercado de quadrinhos e ilustração, situada junto ao Artists’ Alley , um espaço para quadrinistas independentes apresentarem seus trabalhos e também para que os artistas que atuam nas grandes

68

de Sousa esteve representando a maior empresa

personagens clássicos voltadas para um público

Quem esteve circulando no evento também a

Um grande nome do cenário nacional marcou presença e foi homenageado no evento. Maurício

mais novos, as grafic novels, com histórias de seus

COSPLAY conferiu

originais e outros materiais.

Revista Alvo - Edição 20

figures e cosplayers não são coisas para crianças.


Revista Alvo - Edição 20

69


automóveis por Thiago Viana

textofotos: e fotos: Marcelo GabrielSousa SAP

velozes & avassaladores Sofisticação, estilo e potência. Esses foram os principais elementos que se destacaram no 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Evento movimentou mais de R$ 280 milhões

70

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

71


automóveis

O

s 85 mil metros quadrados do Pavilhão de

exposição, os “Super Carros” que atraem fãs do

Exposições do Anhembi, em São Paulo, abrigaram

mundo todo, estiveram presentes entre as marcas

um gigante no final do ano passado. O 28º Salão

expostas. Sonhos de consumo como Rollsroyces,

do Internacional do Automóvel de São Paulo já

Lamborghinis, Porches, Mercedes, Jaguar e Ferraris

se tornou uma gigantesca vitrine no mercado

fizeram o público se comportar como criança

automobilístico. O evento contou com

mais

de

100

horas

de

programação e reuniu mais de 545 veículos de 41 marcas, sendo 150 desses, lançamentos exclusivos. A organização do evento afirmou que o investimento de R$ 26 milhões teve retorno de cerca de R$ 280 milhões em negócios.

““Quando soube que o Salão ia coincidir com minha estadia na cidade, não pude deixar de vir. Agora estou com uma enorme indecisão sobre o meu próximo modelo.” Daniel Correa - Empresário

Os 750 mil visitantes do evento puderam dispor de

inúmeras atrações, dentre elas, o

tão almejado sonho de dirigir uma Ferrari, que

72

em O

uma

loja

empresário

de

brinquedos.

Daniel

Correa

aproveitou estava de passagem pela capital paulista e aproveitou para visitar o evento. “Quando soube que o Salão ia coincidir com minha estadia na cidade, não pude deixar de vir. Agora estou com uma enorme indecisão sobre

o meu próximo modelo”, afirmou o empresário.

DESTAQUES

estava promovendo test-drive de sua máquina.

Um dos pontos fortes do 28º Salão do Automóvel

Além dos muitos lançamentos que estiveram em

de São Paulo, foi o significativo crescimento no

Revista Alvo - Edição 20


“A marca Nissan, como sempre, trouxe ao Salão do Automóvel muitas inovações e tendências para o mercado.”

número de mulheres circulando pelo evento. Além

anos no próprio Salão de São Paulo mas, desta vez,

das mais de 120 modelos que acompanhavam os

a Nissan teve a clara intenção de deixar o modelo

carros com sorrisos e charme, encantando o público

viável para produção. A Nissan trouxe ainda uma

masculino, outras 200 mil mulheres passaram

versão do March em homenagem às Olimpíadas do

pela feira visitando os 84 expositores de 11 países

Rio 2016 e fez a avant-prémiere do Sedã Compacto

diferentes,

contabilizando

cerca

de 25% do público. Isso é reflexo dos novos tempos. Na opinião da Doutora Rosângella Bier “acabou essa história de que carro é coisa de homem. Eu tenho três na garagem de casa e já estou aqui de olho em cada coisa linda que nem sei onde vou colocar”, brinca. Outro

““Acabou essa história de que carro é coisa de homem. Eu tenho 3 na garagem de casa e já estou aqui de olho em cada coisa linda, que nem sei onde vou colocar.” Rosângella Bier - Médica

Versa,

segundo

modelo

a

ser

produzido em Resende (RJ). E para quem preferia um estilo mais off-road, a Jeep trouxe toda a liberdade e espírito de aventura sobre 4 rodas com seus modelos Renegade, que além de estarem dispostos

no

estande,

também

possuíam um espaço alternativo

destaque foi o stand da NISSAN, que encantou os

para test-drive na área externa do evento. Quem

espectadores ao apresentar o Kicks, seu mais novo

também marcou presença foi a HotWheels, que

modelo sport. Um crossover conceito da Nissan que

expôs suas miniaturas de modelos históricos de

está praticamente pronto para ser produzido. Ele

sua linha para os visitantes do estande de 105

foi baseado no Nissan Extrem, apresentado há dois

metros quadrados.

Revista Alvo - Edição 20

73


automóveis

SUCESSO Entre as novidades do Salão do Automóvel 2014, estava a forte presença da interatividade com redes sociais e o ambiente on-line. Somente no Facebook, foram 230 mil fãs que conseguiram adquirir ingressos antecipados com até 30% de desconto. Estades de fotos sugerindo hashtags do evento eram encontrados em todos os cantos. Mas não é só de carros que se faz uma feira desse porte. Atrações musicais diversas, entre músicos famosos e Djs, alegraram os visitantes do evento, que também dispuseram de simuladores virtuais ultra realísticos de pilotagem, um jogo oficial da Stock Car, que além de divertir o público , também oferecia ao participante a possibilidade de ganhar uma viagem, com tudo pago, para assistir à final da Stock Car em Curitiba (PR) com um acompanhante, e um espaço dedicado exclusivamente ao herói nacional, Ayrton Senna, que exibia 20 capacetes customizados por celebridades em homenagem aos 20 anos do legado do piloto.

74

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

75


negócios por Adriana Pereira fotos: Marco Nascimento e Divulgação

SHOPPING CENTERS

EM EXPANSÃO NO ESTADO

Nos próximos anos, o estado do Pará deverá receber quatro novos empreendimentos, dois deles na Região Metropolitana de Belém que já possui quatro empreendimentos do tipo. Castanhal e Paragominas também estão na lista de municípios paraenses com shoppings em construção.

U

m estudo realizado pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping Centers (ALSHOP), no final de 2012, apontou que cerca de 157 shoppings estavam em construção em todo o Brasil. A maioria deles tinha a previsão de inauguração para meados de 2015, totalizando 28 mil novas lojas e investimentos superior a R$ 8 bilhões. Cerca de 10% destes empreendimentos estão localizados na Região Norte. No Pará, atualmente, temos pelo menos quatro novos empreendimentos em construção, dois na Região Metropolitana de Belém, um em Castanhal e outro em Paragominas. Estes empreendimentos, juntos, devem geram quase 10 mil novos empregos.

76

Revista Alvo - Edição 20

Os números apontam um expressivo crescimento no setor de shopping centers em todo o Brasil. Para se ter uma ideia, o primeiro shopping center no Brasil foi inaugurado em 1966. Treze anos depois, o Brasil só possuía mais seis empreendimentos do tipo. Hoje, quase 50 anos depois, são mais de 500. Até 2006, o número de shoppings no Brasil era de aproximadamente 350. Entre 2007 e 2013 o número saltou para 497, um crescimento de quase 50%. Atualmente, Belém possui quatro grandes empreendimentos distribuídos em bairros como Batista Campos, Reduto, Parque Verde e Castanheira. Esses empreendimentos geram hoje mais de 10 mil


empregos. Dois deles completaram, em 2013, 20 anos de atividades na cidade e foram responsáveis pela mudança de comportamento do mercado consumidor paraense em relação à atividade varejista. Nos anos de 2009 e 2012, foram inaugurados dois outros shoppings na capital, o que começou a chamar a atenção de investidores e consumidores.

Na fase de construção, o Shopping Metrópole deverá empregar 1.200 pessoas, já em operação serão 4 mil empregos diretos e outros 12 mil indiretos. Também em Belém, na Avenida Centenário, segue em reta final a construção do Shopping Bosque GrãoPará, do Grupo Jereissati Centros Comerciais. Com 45 mil m2 de área bruta locável, o empreendimento terá uma característica Segundo a Federação das que chama a atenção: um Indústrias do Estado do Pará número considerável de (FIEPA), até 2016, o estado do Pará lojistas operarão uma loja em deverá receber mais de R$ 130 shopping center pela primeira bilhões em investimentos, gerando vez, sendo que alguns cerca de 140 mil empregos. Este deles terão no shopping cenário tem chamado a atenção sua primeira operação de de diversos grupos como o varejo. “Enquanto alguns capixaba Sá Cavalcante, que já setores apresentam números começou as obras do Shopping modestos de crescimento, os Metrópole, em Ananindeua. “Cada shopping centers continuam empreendimento é concebido a a mostrar a força do varejo partir das particularidades regionais brasileiro (o crescimento onde estão inseridos e os números ““Enquanto alguns setores das vendas em shopping apresentados pela FIEPA projetam centers deverá ser de 8,5% apresentam números modestos de - Fonte Abrasce). A pouca para o estado do Pará um dos maiores crescimentos nacional crescimento, os shopping centers disponibilidade de tempo, a neste período”, analisa o presidente continuam a mostrar a força do sensação da insegurança, da Sá Cavalcante Shopping Center, o deslocamento cada vez varejo brasileiro.” Leonardo de Sá Cavalcante. Com mais difícil e outros fatores, mais de 71.100 m² de Área Bruta tem levado cada vez mais Antonio carlos Maziviero Locável (ABL) – área de lojas - e um pessoas para dentro dos total de R$ 340 milhões em investimentos, o Shopping shopping centers”, comenta o Superintendente do Metrópole estará localizado bem no entorno do empreendimento, Antonio Carlos Maziviero, que viaduto do Coqueiro, na BR-316 e terá mais de 260 também garante que o “Bosque Grão-Pará está focado operações entre lojas, supermercado e lazer. O projeto na perspectiva de levar ao seu público não somente um prevê ainda a construção de três torres comerciais. dos empreendimentos mais bonitos da Região Norte,

INVESTIMENTOS

Revista Alvo - Edição 20

77


negócios

Superintendente do Shopping Grão-Pará e lojistas do empreendimento.

INTERIOR

mas também um dos mais completos, com atividades voltadas ao lazer como nenhum outro empreendimento A incidência destes empreendimentos no da região”. interior também é um fator que comprova o Cassius Martins e Ana Paula Alcântara já possuem grande crescimento do segmento em todo o um salão de beleza no bairro do Umarizal e agora Brasil. Em 2014, pela primeira vez, o número de partem para uma nova operação. Desta vez, dentro shoppings centers fora das capitais superou do Shopping Bosque Grão-Pará. A expectativa é de os empreendimentos localizados nos grandes crescimento “Tínhamos dentro do centros. 51% deles não estão nosso planejamento a abertura nas capitais. de um nova unidade em outra No Pará, esta proporção ainda cidade. Mas com a apresentação é favorável para capital, mas a do projeto do shopping, não diferença deve ser amenizada tivemos dúvidas e aceitamos a em um futuro bem próximo. Em proposta. É uma área de Belém maio de 2013 foi inaugurado o carente em serviços como o nosso Shopping Pátio Marabá, levando e outros serviços. O objetivo é para o sul e sudeste do estado crescer junto com a região e com um novo conceito de consumo o empreendimento, para assim dar e lazer. O empreendimento, continuidade ao nosso plano de com mais de 32.500 m² de ABL, crescimento”, pontua Cassius. Já surgiu da união do Grupo Leolar, o casal Larissa e Ricardo Coelho, de Marabá (PA), e Dan-Hebert e a empresária Nassandra Lima Participações, de Brasília (DF). estão estreando no varejo. Larissa ““Há mais ou menos 5 anos que Com investimento total de R$ e Ricardo levarão para o mix do 300 milhões, o Shopping Pátio novo empreendimento o Bee estávamos procurando um ponto Marabá inaugurou o conceito de Baboo, um parque infantil voltado que oferecesse segurança e empreendimentos multiuso no para crianças de 0 a 9 anos, com acessibilidade para o nosso estado do Pará e deve inaugurar um conceito diferenciado do tipo de negócio e o shopping se em breve duas torres comerciais que já é apresentado hoje em já previstas no projeto inicial. dia. “Há mais ou menos 5 anos apresentou com um local ideal. Hoje, o empreendimento que estávamos procurando um Foi um casamento perfeito.” já emprega mais de 3 mil ponto que oferecesse segurança Antes do Shopping Larissa e Ricardo Coelho - Empresários pessoas. e acessibilidade para o nosso tipo Pátio Marabá, os dois únicos de negócio e o shopping se apresentou com um local representante do segmento de shopping center ideal. Foi um casamento perfeito”, comenta Larissa. na região era o Shopping Verdes Mares, pequeno Nassandra também prepara uma novidade para a empreendimento localizado em Marabá, e o cidade. A Nana Pet será a primeira boutique pet de Partage Shopping Parauapebas (ex-Unique), Belém. “Não seremos um PetShop. Vamos oferecer inaugurado em 2011 com 14.500 m² de ABL. roupas e acessórios para animais de estimação. Tudo No oeste do estado, em Santarém, o Grupo dentro das últimas tendências de moda”, adianta a Franere/Mr. Malls (MA) inaugurou, no fim de 2014, empresária. O Shopping Bosque Grão-Pará abre as o Shopping Rio Tapajós, que teve investimentos suas portas no dia 4 de agosto. na ordem de R$ 90 milhões. O shopping tem

78

Revista Alvo - Edição 20


Shopping Pátio Belém Inaugurado em outubro de 1993 com o nome Iguatemi Belém, o shopping foi o primeiro empreendimento deste porte na cidade e foi responsável pela mudança de comportamento do consumidor e do mercado de varejo em Belém.

Castanheira Shopping Center Ainda em 1993, Belém ganhou outro centro de compras. Localizado às margens da BR-316, o Castanheira Shopping Center passou a atender a demanda de consumo também do município de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.

Boulevard Shopping Belém só ganhou seu terceiro shopping mais de 15 anos depois da inauguração dos dois primeiros. Em novembro de 2009, o Boulevard Shopping abriu suas portas na Avenida Visconde (Doca) de Souza Franco e deu início a onda de grandes investimentos em centro de compras no estado.

Parque Shopping Inaugurado em abril de 2012, o Parque Shopping ratificou a importância da Rodovia Augusto Montenegro no processo de desenvolvimento da cidade. Hoje, a área é uma das que mais cresce em Belém, recebendo investimentos em condomínios residenciais e outros empreendimentos de grande porte como grandes redes de lojas e supermercados.

Revista Alvo - Edição 20

79


negócios

148 lojas em 25 mil m² de ABL e gera quase 5 mil empregos diretos e indiretos. Hoje, a cidade também é atendida pelo Paraíso Shopping Center, pequeno empreendimento de 9.500 metros quadrados de área total e 92 operações entre lojas e praça de alimentação, além de 2 salas de cinema. Já na região nordeste do estado, além de Belém e Ananindeua, as cidades de Castanhal e Paragominas também terão centros de compras nos próximos anos. O Grupo paraense MB Capital, por meio de sua divisão de shopping centers, prepara a inauguração do Shopping Paricá, em Paragominas e do Shopping Modelo, em Castanhal. Para o grupo, o mercado paraense não está saturado e o comércio de shopping centers na região norte atende proporcionalmente metade do percentual de compras do comércio geral, estatística que está de acordo com o cenário nacional. Já no interior, o cenário é ainda mais promissor pois as cidades estão crescendo e carecem deste tipo de equipamento, o amadurecimento da economia nestas cidades possibilitou a formatação de uma classe consumidora que até então tinha que se deslocar para outros centros na busca por estes serviços. Em Paragominas, o Shopping Paricá terá 115 lojas e um hipermercado, além de cinemas, restaurantes, parque infantil e estacionamento com mil vagas. O empreendimento se localizará às margens do principal ponto turístico da cidade, o Lago Verde, e terá 33 mil metros quadrados de área construída e 18 mil de ABL para atender cerca de meio milhão de consumidores

80

Revista Alvo - Edição 20

em uma região formada pelos 10 municípios no entorno da cidade. Seus investidores trabalham para que o empreendimento seja o primeiro shopping center da Amazônia a obter o selo LEED, uma certificação internacional de construção sustentável. O Shopping Modelo, de Castanhal, tem um investimento de aproximadamente R$ 180 milhões, o que possibilitará um empreendimento com 20 mil metros quadrados de ABL para a operação de 115 lojas entre hipermercados, cinemas e praça de alimentação, além de 1.100 vagas de garagem. Na geração de empregos, estima-se pelo menos mil vagas diretas durante a construção e duas mil quando em funcionamento.

SHOPPINGS DE BAIRRO Além dos grandes empreendimentos já em operação, Belém conta ainda com centros de compras de pequeno porte como o IT Center, no bairro da Sacramenta. Outros empreendimentos deste tipo devem surgir na cidade nos próximos anos. São os chamados Shoppings de Bairro. Um deles, o Shopping Pinheiro, já está em pleno funcionamento no distrito de Icoaraci. Ainda estima-se outros empreendimentos deste tipo em diversos bairros de Belém. O mais novo shopping center de Belém deve surgir no bairro de Sã Brás, em uma área na José Bonifácio, onde funcionava a antiga Belauto Automóveis.


Revista Alvo - Edição 20

81


turismo por Adriana Pereira

sidney

P. S H E R M A N 4 2 , W A L L A B Y W AY.

Primeiramente, é importante dizer que não existe a P. Sherman 42, Wallaby Way, Sydney. O endereço mundialmente famoso e repetido à exaustão na animação “Procurando Nemo” é fictício, criado unicamente para o longa. Mas não desanimem, a cidade tem como cenário belas praias e um povo bastante acolhedor. Vale a pena conhecer

A

Oceania é o segundo menor continente do planeta em extensão e número de habitantes, só perde para a Artártida. Mas como tamanho não é documento, é exatamente lá que está localizada a cidade de Sydney. Jovem, com um pouco mais de 200 anos, a capital do estado de Nova Gales do Sul, na Austrália, é a cidade mais populosa de todo o continente, com quase 5 milhões de habitantes. Exuberante de ponta a ponta, não à toa, ela é conhecida como a pérola australiana e reúne cartões postais como a Harbour Bridge e a Opera House.

HISTÓRIA O capitão James Cook foi o primeiro europeu a alcançar a região de Sydney, em 29 de Abril de 1770. Ele procurava um lugar para enviar condenados britânicos. Foi, então, que a região foi escolhida para abrigar uma colônia penal. Os condenados para lá enviados construíram ruas, pontes, cais, edifícios públicos e,

82

Revista Alvo - Edição 20

já em 1822, a cidade já possuía bancos, mercados, policiamento e vias públicas bem estabelecidas. A industrialização no final do século XIX, e a construção de linhas de trens ligando Sydney ao interior, atraiu ainda mais gente à cidade e, no início do século XX, a cidade já tinha mais de um milhão de habitantes. Localizada em uma área de clima subtropical úmido, lá o inverno é moderado, com temperatura média de 12°C. Embora a temperatura na área central raramente caia abaixo de 10 °C no inverno, em subúrbios mais afastados e próximos das montanhas a oeste (Montanhas Azuis), como Penrith e Campbelltown, temperaturas próximas a zero ou mesmo negativas são comuns. O verão é quente, com média de 23 °C, contudo, em alguns dias a temperatura ultrapassa os 40 °C. Quem já esteve por lá garante que é um lugar inesquecível. Em junho de 2013, a social media Amanda Pinho visitou e se encantou com a cidade. Foram poucos dias para desbravar alguns dos principais lugares da


Revista Alvo - Edição 20

83


turismo

praias da cidade. “A que eu achei mais legal foi a Manly região, o suficiente para ter uma ótima impressão do Beach. Para chegar até lá, é preciso pegar uma ferry que local. “Estive lá no começo do inverno, então o clima sai justamente do Circular Quay e te proporciona uma foi algo que chamou a minha atenção. O primeiro dia nova visão da Opera House. Indescritível”, relata. foi bem chuvoso e a vegetação seca embelezava as ruas. No segundo dia, no entanto, mesmo com o frio, o sol abriu e finalmente pude aproveitar a costa leste”, lembra. Sobre os lugares mais legais para um turista Sydney é um lugar incrível, com muitas atrações visitar. Amanda descreve: “Sem dúvida, o entorno da turísticas, parques e infinitas praias. Se você ficou Circular Quay - a baía, os bares, com vontade de encarar o passeio, os restaurantes, as lanchonetes Estive lá no começo do inverno, além de precisar se acostumar e a icônica Opera House são então o clima foi algo que com o fuso horário local – que é um encanto para os olhos, para chamou a minha atenção. O 13 horas à frente do horário de o paladar e para a alma”, conta. primeiro dia foi bem chuvoso e Brasília – pode anotar as dicas da Se começou a bater a vontade a vegetação seca embelezava as jornalista Mayara Tavares Cardoso de visitar Sydney, então aproveita ruas. No segundo dia, no entanto, de Albuquerque, que voltou da mais essa dica da social media: mesmo com o frio, o sol abriu e região em julho de 2014. “É difícil de descrever o momento. finalmente pude aproveitar a 1) O bairro Circular Quay. É lá Assisti a um pôr-do-sol incrível do que estão a Sydney Harbour Bridge costa leste.” Opera Bar (@operabarsydney) e o Opera House. Na Opera House Amanda Pinho - Social Media que fica ainda nos domínios do há opções de restaurantes com próprio Opera, às margens da baía, com direito a música uma vista sensacional de Sydney. Você pode ainda ao vivo, a Habour Bridge à distância e um menu que não conhecer a Opera House por dentro, seja assistindo a era caro, levando em consideração a vista privilegiada um espetáculo – o que eu recomendo – ou fazendo o que eu tinha diante de mim. Porém, se você quiser e tour guiado durante o dia. puder desfrutar de algo mais luxuoso, a dica é o Quay, do 2) O Wild Life Sydney Zoo, onde você pode tirar outro lado da baía (@quayrestaurant)”, continua. Outro aquela foto abraçada com um coala ou ao lado de passeio legal, de acordo com Amanda, é conhecer as um canguru, tão típicos da Austrália. Ao lado do zoo

ARRUME AS MALAS

84

Revista Alvo - Edição 20


fica também o Sea Life Sydney Aquarium, com arraias gigantes e tubarões. Também vale a visita. 3) O bairro Darling Harbour, principalmente à noite, é um destino imperdível! É um porto onde ficam diversos restaurantes, barzinhos e lojinhas de souvenir. A vista da cidade, cheia de luzes, deixa o local com uma vista sensacional. 4) Sydney é cheia de praias, mas minha recomendação seria Bondi Beach, a praia mais conhecida da cidade e onde foram filmados diversos filmes e séries como “Bondi Rescue”. Há ainda uma trilha chamada Bondi Coogee Coastal Walk que é uma caminhada de 6 km que beira o litoral entre a praia de Cooge e Bondi. O percurso é bem bonito e dura cerca e duas horas. 5) Royal Botanic Gardens. Um parque lindíssimo bem no centro da cidade. Dentro dele fica a Casa do Governo e o Conservatório de música de Sydney e do Mrs. Macquarie´s Point. É possível ter uma vista linda da Harbour Bridge e da Opera House.

SABORES Se você aprecia restaurantes e não pode deixar de experimentar as boas iguarias da cozinha, Mayara, fala sobre a experiência do menu em Sydney. “A comida na Austrália é um pouco parecida com a americana: muita fritura. Destaco o filé/frango schnitzel, que é uma carne/frango empanado com um molho por cima, à sua escolha, e o fish and chips, um peixe frito com batatas. Entretanto, em Sydney, você encontra todos os tipos de comida para todos os gostos ou mesmo comidas típicas de todos os lugares do mundo”, garante a jornalista.

Revista Alvo - Edição 20

85


muito particular

guilherme mendes Jornalista

E aí, você é um cidadão? E

m um domingo destes, comecei a passear com minha esposa

e filha na Praça da República. Era bem cedinho, as tradicionais barracas de artesanato ainda nem estavam funcionando. Os corredores cobertos por aquele fascinante túnel de centenárias mangueiras proporcionavam uma sombra maravilhosa. Apesar de estarmos na região central de Belém, sempre movimentada, tudo estava muito calmo e tranquilo. Chamou-me a atenção a calçada naquele momento, pela sua limpeza. Lembro-me que tinham vários garis, com os seus uniformes alaranjados, terminando o serviço de varredura, alguns já visivelmente cansados, provavelmente pela árdua jornada de trabalho. Ao dar um bom dia, aproveitei e indaguei por quanto tempo ali estavam, “desde às três da madrugada doutor.”, um deles me respondeu limpando o suor do rosto. O tempo foi passando, minha esposa entretida com os artesanatos, fazendo compras e eu ali com minha filha no colo observando o despertar daquele domingo.

Os vendedores

tomando posto em suas barraquinhas e o calçadão que antes parecia uma exclusividade a minha família, agora passava a ser disputado ombro a ombro. O local já não era mais adequado para um passeio familiar, ainda mais com uma recém-nascida, foi aí que decidimos voltar. Em direção ao carro vi um cenário que muito me chocou, uma quantidade impressionante de lixo jogada na calçada, na grama, na sarjeta, enfim, em vários pontos da Praça. Já dentro do carro, sentado ao volante aguardando a minha esposa acomodar nossa filha na cadeirinha, notei aquele grupo alaranjado sentado debaixo de uma mangueira aproveitando a sombra, visivelmente exaustos. Alguns deitados recuperando a energia, outros simplesmente conversando. Foi nesse momento que vi aquele senhor, o mesmo que desejei um bom dia, provavelmente fazendo a mesma análise. Com certeza, no lugar dele me sentiria desrespeitado. Tanto esforço e nenhuma consideração, e o pior, a grande maioria dos transeuntes ali, ainda seriam capazes de taxá-los como preguiçosos. Sempre é mais fácil cobrar, julgar e responsabilizar o outro, mas não podemos esquecer de que uma sociedade é formada por meio da parceria do poder público com os seus cidadãos, e que estes não possuem apenas direitos, mas também deveres. Neste caso, por exemplo, temos o direito de passear em uma praça limpa, porém, temos o dever de manter o espaço limpo e conservado também. Vamos refletir e tentar exercer a nossa cidadania para que tenhamos uma bela cidade.

86

Revista Alvo - Edição 20


EXCELENTE LOCALIZAÇÃO NA PEDREIRA

98224-1444 3244-2658


acelerar

adriano farias

Professor de Educação Física

exercitando a saúde A

prática de exercícios físicos aumentou de forma significativa

nos últimos anos, assim como o número de academias e a quantidade de atividades alternativas. Para atrair mais público, as academias passaram a se renovar e inovar cada vez mais, trazendo para seus espaços modalidades diferentes, criativas e dinâmicas, que são perfeitas para aquelas pessoas que acham a musculação entediante. Essas novas modalidades surgem de vários estilos, da dança à luta, do individual ao coletivo, atividades como a Zumba, o Ritmos e o Kangoo que são extremamente dinâmicas fazendo uma brincadeira entre a música e movimentos aeróbicos e trazem uma motivação especial ao dia a dia estressante, assim como o CrossFight que é uma modalidade que mistura movimentos de lutas e do treinamento funcional, tendo um incentivo à parte por professores que sabem bem como motivar seus alunos e cada aula chega a queimar até 400 calorias (ACHÔA, 2013).

Essas novas modalidades surgem de vários estilos, da dança à luta, do individual ao coletivo, atividades como a Zumba, o Ritmos e o Kangoo que são extremamente dinâmicas fazendo uma brincadeira entre a música e movimentos aeróbicos e trazem uma motivação especial ao dia a dia estressante.” Existem ainda aquelas atividades que todo mundo vê ou ouve falar, têm curiosidades mas não têm oportunidade como é o caso do SlackLine ou das atividades circenses que eram praticadas por grupos específicos de pessoas e agora estão invadindo as academias e conquistando os adeptos de um estilo ainda mais alternativo de prática esportiva. Seja qual for a atividade escolhida é sempre bom fazer algo que seja agradável para si, para que a prática seja prazerosa e não uma obrigação, Segundo a Organização Mundial da Saúde, 150 minutos de atividades físicas por semana diminuem o risco de doenças cardiovasculares, diabetes, câncer de mama, câncer de colo e depressão, além de fortalecer os músculos, a estrutura óssea e melhorar a qualidade de vida.

88

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

89


responsabilidade social por Catarina Barbosa fotos: Jefferson Ferreira

amiguinhos do peito A Associação Amor de Patas ajuda animais de rua que vivem abandonados à própria sorte

L

embro da primeira vez que levei um animal de rua pra casa. Eu tinha mais ou menos oito anos e, quando cheguei com aquele filhote de gato, minha avó surtou porque não era fã de bichos. Logo, a felicidade de ter levado um animal para casa foi interrompida, porque não me deixaram ficar com o gatinho e até hoje não sei o que aconteceu com ele. Agora, com 30 anos, tenho um cachorro e sempre que posso ajudo animais de rua. Uma vez resgatei um animal que estava há mais de uma semana na frente de uma casa abandonada, na Dr.Moraes, em Belém. Recebi a denúncia por telefone e fui ao local. Quando cheguei, percebi que o cachorro estava preso e gritava desesperadamente. Quando finalmente conseguimos tirá-lo, pude notar a extensão do ferimento que ele tinha na barriga. Na clínica, a veterinária explicou que ele provavelmente estava sendo devorado por ratos, por entre as frestas

90

Revista Alvo - Edição 20

das tábuas da casa de madeira, e que o caso era muito complicado. O Pirata – como o batizamos – morreu no dia seguinte. Era como se ele estivesse apenas esperando que o tirassem dali para morrer em paz. Só que ajudar o Pirata e outros animais é um trabalho que não consigo fazer sozinha. Resgatar um bicho saudável é uma coisa, mas um animal extremamente debilitado requer parceria e foi com esse propósito que eu e mais cinco voluntárias fundamos a Associação Amor de Patas. O trabalho, desenvolvido por Anita Brasil (presidente), Catarina Barbosa (eu sou a vicepresidente), Aína Gorayeb, Elyne Santiago, Nathália Proença e Rebeca Amanajás, e por mais de 20 voluntárias, é feito de diversas maneiras: alguns animais são resgatados das ruas e ficam sob


nossa tutela até que sejam adotados. Em outros casos são custeadas – com verba de doações – o tratamento de animais de quem é de baixa renda ou até mesmo de rua, sendo que nesse último caso, quando não é possível a ONG acolher, eles ficam com pessoas intituladas “lar temporário” – que abrigam esses bichinhos até que eles sejam adotados; e há ainda o pedido por divulgação de animais desaparecidos ou maltratados. A associação funciona como um trabalho qualquer. Há funções definidas entre os membros. As voluntárias responsáveis pelos animais tem que saber dos remédios, histórico de saúde e também os dias de levar o bichinho ao veterinário, sendo que elas também ficam responsáveis por fazer a entrevista dos interessados na adoção.

CASTRAÇÃO X FILHOTES Claro, é indiscutível que dez entre dez pessoas que gostam de animais amam filhotes. Eles cheiram a leite, são fofinhos, engraçados e fáceis de levar pra cima e pra baixo, mas o ideal é que ao adotar, comprar ou ganhar um bichinho, você o castre. A prática é a única forma de impedir a superpopulação e ainda evita uma série de doenças que podem prejudicar seu pet. A veterinária Cláudia Rufino explica, por exemplo, que o anticoncepcional comumente usado em fêmeas é uma verdadeira bomba de hormônios, que contribui severamente para o desenvolvimento de câncer. “O ideal é realizar a castração antes do primeiro cio da fêmea, o que acontece por volta dos cinco meses. Já o macho, a idade ideal é depois de um ano, seja cão ou gato”, defende. Além da castração, são explicadas aos novos donos as obrigações da posse responsável, informações sobre os primeiros cuidados, vacinas e a importância da visita regular ao veterinário.

ADOTE! Existem inúmeras formas de ajudar animais de rua e uma delas é adotar um animal. O publicitário Marco Antônio Braga fez a parte dele ao adotar a Margot, gatinha que tinha dois meses quando foi abandonada na porta do consultório da esposa dele. Resgatada muito magra e com verme – como quase todos os animais tirados das ruas – nos primeiros dias ela comia desesperadamente, mas rapidamente se acostumou com a nova casa e a comer calmamente. O publicitário conta, orgulhoso, que ela o escolheu como dono e é muito inteligente. “Ela é tão esperta que aprendeu a usar a areia de gatos de primeira. Ela também tem algumas manias como derrubar o sabonete líquido do banheiro social só pra ver ele fazer barulho ou pegar sol de manhã na sacada. Quando avalio, vejo que a minha vida e da minha esposa mudou pra melhor com a chegada da Margot”, afirma.

Aína Gorayeb e Vitório.

Só gratidão Qual é o pagamento? “Gratidão”, responde Aína Gorayeb ao ser indagada sobre qual recompensa ela tem ao ser voluntária. Na associação, cada membro tem uma história especial com um animal, a dela foi com o Vitório, um cão Marco Antônio Braga e a gatinha Margot. Revista Alvo - Edição 20

91


responsabilidade social Como ajudar a associação?

que não possui o movimento das patas traseiras, devido a sequelas de uma doença. Por incrível que pareça, o Vitório tinha uma dona, que o abandonou quando ele mais precisava. As voluntárias se reuniram e decidiram, então, alugar um kitnet para poder tratá-lo. Hoje, o Vitório tem um lar. Ele foi adotado por um senhor que o ama tanto quanto a voluntária. A cadeirinha de rodas que ele usa para passear foi feita pela Aína com a ajuda do pai. “No primeiro dia que ele usou a cadeira, ele correu nas ruas, sentindo o vento bater no focinho até cansar”, conta emocionada dizendo que esse foi um dos dias mais felizes de sua vida. As voluntárias da associação ajudam muitos animais e você também pode fazer a sua parte: dar comida ou banho, fazer carinho ou garantir a castração daquele bichinho que perambula pela sua rua faz diferença. E a sua atitude pode até não salvar o mundo, mas vai mudar pra sempre a vida daquele bichinho, pode ter certeza.

92

Revista Alvo - Edição 20

Doando ração, material de limpeza, camas, brinquedos, jornais, toalhas, coleiras, vasilhas, shampoo e sabonetes. Também são aceitos doação em dinheiro. Para mais informações, siga o Amor de Patas nas redes sociais: Facebook.com/amordepatas1 Instagram: @amordepatas E-mail: amordepatas1@gmail.com

associacaoamordepatas.blogspot.com.br

Quero ser voluntário

Ser voluntário é muito gratificante, mas requer tempo e dedicação. Hoje, antes de aceitar novos integrantes, é realizada uma reunião com as fundadoras a fim de explicar o funcionamento da ONG. Para saber mais é só enviar um e-mail para

amordepatas1@gmail.com


Revista Alvo - Edição 20

93


eventos fotos: Neto Maia

Posse do novo Grão-Mestre da

Maçonaria do Pará

N

o último dia de fevereiro, foi realizada no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia, em Belém do Pará, a solenidade de posse do Sereníssimo Grão-Mestre do Pará Wagner Spindola de Ataíde e também do Grão-Mestre Adjunto Raimundo Magno Braga da Silva. O evento foi prestigiado por Grão-Mestres de todo o Brasil e de outros países, assim como por autoridades locais e imprensa.

Wagner Spíndola de Ataíde - Sereníssimo Grão-Mestre do Pará.

94

Revista Alvo - Edição 20


Revista Alvo - Edição 20

95


eventos

colégio logos recebe prêmio top Socioambiental

por case de sucesso C

om o case “Futuro sustentável, apoiamos essa ideia”, o Centro Educacional Logos recebeu, em dezembro, o prêmio Top Socioambiental da Associação dos Dirigentes Vendas e Marketing do Brasil - Seção Pará (ADVBPA), que ocorreu no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia. A ação premiada teve a participação efetiva de professores e alunos da escola, que recolheram 1.025 sacolas plásticas e devolveram para o supermercado. O cliente entregava as sacolas e, em troca, recebia uma ecobag. Ao todo, foram distribuídas 396 ecobags na ação.

96

Revista Alvo - Edição 20

Elba e Jair Magave - Diretores do Centro Educacional Logos


Revista Alvo - Edição 20

97


lado b

apoena augusto

Administrador de empresas

Pérolas do Enem “No começo Vila Velha era muito atrazada mas com o tempo foi se sifilizando”. “Os Estados Unidos tem mais de 100.000 Km de estradas de ferro asfaltadas” “As estrelas servem para esclarecer a noite e não existem estrelas de dia porque o calor do sol queimaria elas” A vontade é de rir até lagrimar, mas quando se lembra que esse é o nível intelectual de quem também vai às urnas, certamente explica muita coisa.

Muy amigos Enquanto uns e outros se preocupam com a liberalização do cigarro do capeta, o álcool (ou melhor, o excesso dele) continua aprontando das suas por aí. A foto é da britânica Holly Aston que, durante uma festa com amigos (da onça), prá lá de Bagdah, acabou fazendo uma tatuagem, digamos, fálica nas costas. O desenho conta inclusive com o gozado detalhe de uma gota projetada da glande. Especialistas afirmam que o desenhista deve ter se inspirado em Picasso.

Veja bem...

Bêbados, talvez, também estivessem os projetistas, marqueteiros, vendedores, diretores... da Hasbro, multinacional americana fabricante da massinha PlayDoh, quando desenharam e puseram no mercado esta pouco inocente “seringa para confeitar bolinhos”. Só faltou usar a coitada da Holly Aston como garota-propaganda.

98

Revista Alvo - Edição 20

Fala pra mãe Não, não é uma montagem. Essa é a mais nova marmota que os gringos da terra do Tio Sam inventaram: barba colorida. Se o caro leitor gostou e está pensando em adotar o visual, a coluna sugere que mostre essa foto pra genitora e pergunte sua opinião. Mas lembre-se: mãe não se engana!

Lado A Depois de postar um selfie durante o banho com as três filhas, o casal gay Korndale e Kaleb Lewis conseguiu viralizar a imagem com milhares de curtidas e compartilhamentos e saltou do anonimato direto para uma campanha da gigante Nikon. No filme eles dizem como a foto aconteceu e falam um pouco sobre sua rotina diária, que não é nada diferente de uma família com um casal hétero. A Nikon contou uma bela história e, de quebra, contribuiu pra um mundo mais tolerante.

R$ 1,99 Complete a frase: Meu único critério pra contratar um fornecedor é o preço baixo. Sou um cliente muito .................. Só tenha um cuidado. A sua resposta pode ser a mesma do seu cliente.


DZ9

Seu m

ais do m seg u r o un SEGURANÇA ARMADA, ELETRÔNICA, PATRIMONIAL, CONTROLE DE ACESSO, ESCOLTA ARMADA E SEGURANÇA PESSOAL PRIVADA. O Grupo Elite oferece o mais completo projeto de segurança para você, sua empresa ou residência. Com 18 anos de experiência no mercado de segurança patrimonial, nossos projetos são desenvolvidos de acordo com a necessidade do cliente, empregando todos os recursos necessários

para prestar o melhor serviço. Presente em 143 municípios no Pará e também no Amapá, contamos com profissionais treinados e credenciados junto aos órgãos oficiais de fiscalização. Com a Elite Segurança seu mundo fica mais seguro.

Tel. 91 3204-5000 • www.eliteseguranca.com

Revista Alvo - Edição 20

99


100

Revista Alvo - Edição 20

Revista ALVO ed 20  

Nesta edição especial aos 25 anos Sindcon/Secovi-PA, contamos a história da entidade que promove integração, responsabilidade social e moder...