Page 1

a revista dos condomínios

vida preservando a fonte da

Investimentos em tratamento de água se mostram fundamentais para a continuidade do bem-estar.

9 772179 949008 23

II

23

distribuição em condomínios

R$ 14,90

entrevista Deputado Federal Joaquim Passarinho fala sobre a comissão anticorrupção que preside em Brasília.

espaços compartilhados

Escritórios virtuais estão fazendo sucesso no meio empresarial.

Decoração

+

A solidez e força das rochas, se aliam com o requinte da decoração, criando ambientes formidáveis. Revista Alvo - Edição 23


2

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

3


4

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

5


6

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

7


revista alvo - edição 21

28

10 Editorial 12 Entrevista 16 Playground 18 Traços & Ideias 24 Direitos e Deveres

Joaquim Passarinho - Deputado Federal.

As novidades no universo audiovisual.

Durabilidade & Paisagismo.

Suspensão de serviços essenciais em condomínios. - por Cleans Bomfim.

42

18

12

34

26 Capa 32 Empreender

Tratamento de água é a chave para garantir o futuro. Desenvolva seu time de alta performance - por Raquel Conde

34 Acelerar 40 Saber Educar

Aventura, consciência ambiental e saúde.

Educação e sustentabilidade. - por Elba Magave.

42 Bate Bola 44 4 Dedos de Prosa 46 Tendências 50 Perfil 56 Informe 58 Evento 60 Gastronomia 64 Lado B

Quem determina o tempo é você!

Coracionil - por Rominho Braga.

A tendência que veio para ficar.

Nanna Reis.

26

Bio Wellness.

Esporte no Greenville.

A gastronomia premiada pela UNESCO.

Por Apoena Augusto.

50

46

8

Revista Alvo - Edição 23

16


Revista Alvo - Edição 23

9


editorial

alexandre rocha Editor Responsável

A eminente escassez na abundância Notadamente ainda não damos a devida importância para a preservação dos nossos recursos naturais limitados. Achamos que por estamos rodeados por extensos rios e lagos, não nos faltará água no futuro, porém, ambientalistas e especialistas no assunto nos alertam que isso não é verdade. Em nossa matéria de capa procuramos saber como é realizado o tratamento de água que é distribuída à população belenense, qual a qualidade dessa água e de que maneira podemos evitar desperdícios. Entrevistamos o Dep. Federal Joaquim Passarinho, que é presidente da comissão especial anticorrupção da Câmara dos Deputados, que nos falou, entre outras coisas, sobre as medidas sugeridas pelo Ministério Público Federal e quais as consequências políticas, se aprovadas pelos parlamentares, em nossa sociedade. Dicas interessantes das jovens arquitetas – Karine Carneiro e Thais Diniz – na seção “Traços e Ideias”, que falaram sobre o diferencial na hora de escolher pedras exclusivas para os ambientes. Temos ainda as estreias das colunas: “4 dedos de prosa” do talentosíssimo Rominho Braga, “Direitos e deveres” com Dr. Cleans Bonfin e as dicas motivacionais e de empreendedorismo da Coach Raquel Conde na coluna “Empreender”. Espero que gostem. Boa leitura!

Expediente Credenciada

Gráfica: SERZEGRAF Tiragem: 10.000 exemplares Editor Responsável: Alexandre Rocha DRT/PA 2233. Repórteres: Adriana Pereira, Bianca Leão, Catarina Barbosa, Larissa Rocha, Marcelo Sousa e Timóteo Lopes; Videomaker: Weverson Pereira Fotografia: Anderson Gomes, Marco Nascimento, Henrique Siqueira, Pedro Henrique Siqueira, Tássia Barros e Valéria Linhares; Diretor de Criação e Design: Marcelo Sousa;

10

Revista Alvo - Edição 23

Fale Conosco Para Anunciar: contato@revistaalvo.com Belém: (91) 3351-8804 / 98122-0670 Av. Gov. José Malcher, 168 sl 110 - Nazaré Belém - PA - 66035-065 Atendimento ao Leitor: cartas@revistaalvo.com www.revistaalvo.com.br

A revista Alvo (ISSN 2179-9490) é uma publicação trimestral da Alvo Comunicação LTDA. Todos os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da revista. É proibida a reprodução de textos ou imagens sem prévia autorização do editor.


Revista Alvo - Edição 23

11


Entrevista por Timóteo Lopes fotos: P H Siqueira

a hora da verdade Comissão da Câmara discute pacote anticorrupção em meio a crise política brasileira.

F

Joaquim Passarinho Deputado federal Paraense

ormado em arquitetura, o deputado federal paraense Joaquim Passarinho (vice-líder do Partido Social Democrático (PDS) e presidente da Comissão Anticorrupção, na Câmara Federal,) tem um sobrenome de “peso” na política: ele é sobrinho de Jarbas Passarinho, ex-senador e ex-governador do Pará que também foi ministro da Educação, Trabalho e Justiça, no período militar. Durante quase uma hora de conversa, Joaquim Passarinho falou sobre a relação não tão próxima e fraternal com o tio, o começo na política, a corrupção no parlamento brasileiro, as medidas do pacote anticorrupção propostas pelo Ministério Público, a criminalização do caixa dois, a polêmica sobre a PEC 241, o impeachment da presidenta Dilma Roussef e a sua avaliação sobre o governo do presidente Michel Temer.

reconhecem uma pessoa séria e honesta, Revista Alvo: Deputado, o senhor é formado em principalmente pelo o que ele fez pelo Estado. arquitetura. Porque decidiu ser político? Foi por Naquela época, ele podia tudo, mas nunca influência do seu tio? aceitou que ninguém da família tivesse qualquer Joaquim Passarinho: Eu entrei na política de uma benefício por ele ser o governador do Estado. Ele forma engraçada. Apesar de ser de uma família de simplesmente não aceitava. A relação familiar políticos, eu só entrei na política depois que o meu tio nunca interferiu na política. Sempre tive o ônus e (Jarbas Passarinho) perdeu a eleição. Na época, eu o bônus de carregar o nome. Mas, o trabalho que fazia arquitetura na faculdade e fui eleito presidente do a gente foi fazendo foi independente. centro acadêmico e também comecei a me interessar pela política partidária. Meu outro tio (Ronaldo Passarinho) era deputado estadual O senhor responde a algum e me convidou pra trabalhar com ”a processo na Justiça? corrupção não começou ele. Quando foi em 1988, ele me Não, não respondo. Quando agora, é lógico. Talvez isso esteja eu me coloquei à disposição pra chamou e perguntou porque eu não me candidatava a vereador. Foi na genética do brasileiro .” presidir a Comissão, inclusive, quando eu entrei, de fato, na política. eu conversei muito com a minha família. Minha esposa me dizia que eu seria alvo de todo tipo de investigação Como era a relação com o Jarbas Passarinho? possível e que teria minha vida vasculhada. O sobrenome certamente ajudou na sua entrada Apesar de não dever nada, foi uma decisão difícil, na política, certo? por que eu não precisava me expor dessa forma, O sobrenome ajuda por ser uma referência ao e acabei eleito por unanimidade pra presidência Jarbas Passarinho, que foi uma pessoa muito séria. da Comissão. Independente de problemas, porque muita gente discorda da postura dele na época da revolução militar (eu também tenho as minhas discordâncias Ser presidente de uma das Comissões mais com ele de algumas coisas), mas até os adversários visadas da atual conjuntura política brasileira

12

Revista Alvo - Edição 23


não deve ser uma missão fácil. Como o senhor avalia a questão endêmica da corrupção no país? A corrupção não começou agora, é lógico. Talvez isso esteja na genética do brasileiro. Mas, nos últimos anos as pessoas perderam completamente a noção das coisas. Em uma das audiências da Comissão, nós ouvimos um policial federal aposentado que falou o seguinte: “antigamente, a corrupção tinha sua origem no crime organizado e agora nós temos o crime institucional, que tem como arma o Diário Oficial”. A Petrobras, os Correios, Caixa Econômica, o BNDES, sempre foram órgãos mais técnicos e não tínhamos essa instrumentação político-partidária. Do governo Lula pra cá, essa lógica mudou. Como essas empresas são as que mais movimentam recursos, acabamos tendo um campo fértil pra essas coisas acontecerem.

protestar por achar aquilo estranho. PT, PSDB e DEM ficaram calados. Foi uma reação das bases e não das cabeças. Quando viram que a reação já estava ficando cada vez maior, não teve jeito e retiraram de pauta. Se alguém pensava em amenizar o caixa dois, aquela ação foi um tiro no pé.

O senhor é favor da criminalização do caixa dois e responsabilização dos partidos? Hoje, não tem uma lei específica para punir caixa dois, que na minha opinião é crime. Nós precisamos penalizar sim, o crime. Nós sabemos que o partido não faz, mas faz o seu dirigente. Mas, se o partido foi beneficiado com aquele dinheiro ilícito, porque não fazer a suspensão do partido ou porque não obrigar o partido, através do seu fundo partidário, a devolver o dinheiro? Em vez de gastar de novo o dinheiro público, esse dinheiro volta pra cobrir o rombo.

O Ministério Público apresentou um pacote de medidas anticorrupção que contou com o apoio popular e teve mais de dois Na sua opinião, o Brasil milhões de assinaturas. O senhor precisa de uma reforma tem uma responsabilidade e tanto política? nas mãos... A eleição desse ano foi muito diferente. Todo mundo achou A população resolveu dar um que não tinha tido reforma. Pela basta. A classe média sempre constituição é muito difícil você foi muito acomodada, achava proibir a criação de partidos. Eu que passava com tranquilidade acredito que os partidos tem por todas as crises. Agora, pela primeira vez, a classe média está ”A classe média sempre foi muito que deixar de ser partidos só de “apertada” e decidiu ir pras ruas. acomodada, achava que passava com aluguel. Nós temos que acabar a coligação partidária. O E isso deu força pra que a Lava tranquilidade por todas as crises.” com que você deve fazer é agrupar Jato tivesse todo o poder que partidos de interesse comum tem hoje, com todos os méritos. pra que esse novo partido maior Nós temos diversos órgãos de passe a ter mais força e representatividade. controle que não viram isso (a corrupção), ou não tomaram as providências que deveriam ser tomadas. Nós precisamos apresentar soluções ou possíveis E como estão os trabalhos da Comissão? alterações de leis pra que a gente torne a nossa Nós temos datas previstas e definidas. O legislação mais moderna e facilite o trabalho de presidente da Casa, Rodrigo Maia, definiu que no dia quem está buscando passar o país a limpo. 09 de dezembro, nós devemos entregar ao Senado o que sair da Câmara. Ele nos avisou que se nós não entregarmos uma proposta nova, a original vai pra Os deputados tentaram votar em “segredo”, na votação. Nós vamos fazer 100 audiências. No dia 08 calada da noite, um projeto pra livrar acusados de novembro, já pretendemos apresentar o relatório de caixa dois da Lava Jato. O que o senhor achou e provavelmente no dia 16 (de novembro), levar o dessa manobra? relatório final pra votação no plenário da Comissão. Isso sim foi uma tentativa de “golpe”. O parlamento Um projeto como esse que levaria algo em torno de brasileiro parece que ainda não aprendeu que não 4, 5, 6 anos pra entrar em votação, numa tramitação dá mais pra fazer as coisas às escondidas. Nós normal, nós vamos fazer em quatro meses na estamos trabalhando nisso dia e noite e ninguém Câmara e quatro meses no Senado. Vamos aprovar nos consultou. É um texto que até hoje ninguém viu e um lei dessas em menos de um ano. ninguém sabe quem escreveu. Mas, alguém colocou ele na pauta. Houve um silêncio muito estranho de todos os líderes partidários. Nenhum se revoltou Por 366 votos a 111, o plenário da Câmara contra aquilo. Foi quando membros da Comissão aprovou o texto-base da Proposta de Emenda à e deputados do PSOL e da Rede começaram a Constituição (PEC) 241/16, que congela os gastos

Revista Alvo - Edição 23

13


Entrevista públicos nas áreas sociais, e também na saúde e educação, pelos próximos vinte anos. Dos 17 deputados paraenses, 13 votaram a favor da PEC e o senhor foi um deles. Por que? O Brasil está quebrado. O cidadão simples não sabe o que é PEC 241, ele sabe que ele perdeu o emprego, ele sabe que está tudo mais caro. Se nós não revertemos a economia, nós não vamos chegar a lugar nenhum. Nós precisamos de regras claras pra mudar isso. O Estado está quebrado. Nós precisamos acabar com a ideia do Estado paternalista. Não é o Estado que tem que investir e contratar, quem tem que fazer isso é a iniciativa privada. O Estado tem que fazer o mínimo que puder fazer.

gasta mais do que a inflação em todas as áreas. E ninguém reclamou. Como faz isso no orçamento de casa? O cidadão tem que se equilibrar. Com o país não é diferente. O remédio é amargo, mas necessário. Nós não tiramos uma presidente da República pra fazer graça.

O senhor se arrepende de ter votado pela saída da presidente que foi eleita por 54 milhões de brasileiros? Eu não me arrependo de ter votado a favor do impeachment da presidente Dilma. As pessoas apoiaram o impeachment, com a crença de que seria feito algo diferente, porque se for pra fazer a mesma coisa que o PT fez há 13 anos, é melhor voltar a Dilma, porque eles sabem fazer melhor do que qualquer um. Nós tiramos a presidente com a “desculpa” (a resposta) pro povo que nós não vamos fazer igual. Não fazer igual é não gastar como se está gastando, não roubar como se está roubando. Essa foi a tese pra tirar a presidente.

Mas, saúde e educação são áreas que já tem investimentos mínimos do governo. A situação não tende a ficar pior pra população mais pobre? A saúde tinha uma previsão de somente em 2020, aumentar os investimentos pra 15% do PIB. A PEC está antecipando em 3 anos esse aumento, já pra 2017, ou seja, a saúde é O que o senhor acha do a única área que já começa deputado Eduardo Cunha? com mais. A educação ficou Eu acho que o Cunha foi o de fora do teto, isso significa melhor presidente que a Casa teve que se a gente tiver um maior até hoje. Eu me refiro a presidente. aumento da arrecadação, mais A vida pessoal dele fora da Casa, investimentos pra educação. foi totalmente errada, mas não Quando você tem maior ”Nós não tiramos uma presidente da cabe a mim julgar. aumento da demanda na República pra fazer graça.” educação e na saúde? Quando Qual a sua avaliação do você desemprega as pessoas presidente Temer? e elas precisam ir pra rede O Temer está tentando acertar, pública. Não adianta falar de saúde e educação, com todas as dificuldades. Você vai fazer tudo que se não falarmos em emprego e geração de renda, agrade pra poder se eleger. Essa posição é que nos em tirar esse 12 milhões de pessoas das ruas. Se a dá uma garantia que ele está fazendo as coisas pra gente não conseguir recuperar a economia, nada acertar o país. Nós estamos apostando nisso, pra que vai mudar. Não adianta eu ter mais médico, se eu possa ser feito o que deve ser feito. Se a cada pressão não vou ter dinheiro pra pagar o hospital. É preciso você ceder, você não vai a lugar nenhum. trazermos essas 12 milhões de pessoas de volta ao mercado, porque os mesmos, deixaram de O senhor acredita na política brasileira? contribuir e impostos. Não tem doença pior do que Não tem democracia sem política. Tem um o desemprego. ditado antigo que diz o seguinte, “quando você não se interessa pela política, você está fadado a ser governado por quem se interessa”. Não tem E qual a saída? outro caminho, senão a política pra transformar. Se Eu vejo que a grande saída pra esse país é voltar nós começarmos a nos omitir, a anular voto, a não a gerar emprego, gerar renda, senão nós não vamos tomar posições, nós vamos deixar tudo do jeito que sair do buraco. Não adianta aumentar orçamento, está. E eu acho que o povo brasileiro acordou e quer se nós não vamos conseguir arrecadar porque o mudar a política brasileira. Vamos ver quem tem comércio não vai vender, a indústria não vai produzir, coragem de votar contra as medidas anticorrupção. aí vai tirar dinheiro da onde? Vão rodar dinheiro? A inflação aumenta. Nós temos agora que diminuir a inflação e dar uma certa garantia pro mercado pra atrair investimentos no país. Há 25 anos, esse país

Acesse o audio desta entrevista:

14

Revista Alvo - Edição 23


INDOOR • INSHADE • OUTDOOR • OBJETOS

VENHA CONHECER ESTES LANÇAMENTOS NA SACCARO BELÉM.

COLEÇÃO PAMPAS Design Studio Saccaro

Em 70 lojas no mundo • saccaro.com Saccaro Belém • Av. Gentil Bittencourt, 1278 Bairro Nazaré • 91 3073.1400

ASG_0054_16H_AN_225x300_AvantPremier_Belem.indd 1

1516:48

Revista Alvo - Edição 23 26/09/16


playground

Stranger Things | Coisas estranhas Direção: Matt Duffer e Ross Duffer

filmes & Séries

A série de suspense exclusiva da Netflix, ganhou destaque por fazer referências a filmes e séries dos anos 80. Ambientada em uma cidadezinha nos EUA, conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha muito, muito estranha.

música

Dois irmãos, um ex-presidiário e um pai divorciado com dois filhos, perderam a fazenda da família em West Texas e decidem assaltar um banco como uma chance de se reestabelecerem financeiramente. Só que no caminho, a dupla se cruza com um delegado, que tudo fará para capturá-los.

Doctor Foster

Direção: Hany Abu-Assad

Direção: Mike Bartlett

Um jovem rapaz em Gaxa, Mohammad Assaf sonha em um dia cantar na Cairo Opera House, com sua irmã e sua melhor amiga, Nour. Um dia, Nour sofre um colapso e é levada ao hospital onde descobrem que ela precisa de um transplante de rim, deixando Mohammad com o desejo de um dia se tornar um famoso cantor em Cairo.

Gemma Foster é uma médica respeitada que chefia um setor num hospital de uma cidade de interior inglesa. Leva uma existência pacata ao lado do marido Simon, quarentão que atua com sucesso no ramo de construção. Até que, casualmente, ela acha um fio de cabelo louro no cachecol do marido. É a ponta da meada da trama de desconfiança conjugal de “Doctor Foster”, série produzida pela BBC que acaba de chegar à Netflix.

Bruce Springsteen

Arthur Espíndola

Após o sucesso de “Born To Run” e problemas judiciais envolvendo seu empresário, Bruce lança este disco (1978). “Darkness é sobre pessoas se recusando a abrir mão de sua humanidade”, explicou Bruce à época. O hino “Badlands” abre esta obra de arte do premiado autor.

O cantor e compositor paraense Arthur Espíndola gravou este álbum ao vivo, em show realizado no Teatro Margarida Schivazappa. O artista apresenta o samba amazônico, que mistura toques de ritmos da nossa regiãol. Muitos artistas participaram da gravação como: Gaby Amarantos, João Cavalcanti e Wilson das Neves.

Fafá

Guilherme Arantes

Este álbum de 1995, da inigualável Fafá de Belém, traz os seus maiores sucessos. As músicas, que nunca perderam a essência, tocam qualquer paraense que ama sua terra. A faixa “P. da vida”, demonstra a sua politização habitual e torna essa artista sempre atual.

Guilherme Arantes, cantor e compositor, nos faz recordar os seus grandes sucessos como “Meu Mundo e Nada Mais”, “Planeta Água”, “Cheia de Charme”, “Coisas do Brasil”, e outros. Suas canções foram sucesso também na interpretação de outros artistas como: Elis Regina, Caetano Veloso, Roberto Carlos e muitos outros.

Fafá - Ao Vivo

Revista Alvo - Edição 23

Direção: David Mackenzie

O Ídolo | Ya Tayr El Tayer

Darkness on the Edge of Town

16

A Qualquer Custo | Hell or High Water

Prazer, Arthur Espíndola

Guilherme Arantes - Ao Vivo


Veneno + Sangue

Abílio

Veneno e Sangue narra uma trajetória encantadora e potente para nos levar a repensar o HIV e os tabus que ainda cercam essa vivência. Dan de Araújo nos presenteia com a intensidade de uma descrição que desperta as mais diversas sensações. Os sentidos das vivências do HIV tomam o texto com a realidade que nos desperta empatia, entre lágrimas e sorrisos, criando espaço para um rico debate de temas polêmicos como aborto, diversidade sexual, doação de sangue.

Este livro revela os bastidores do processo de saída do empresário do Pão de Açúcar, conta em detalhes a disputa familiar pelo controle da companhia e as histórias de pioneirismo protagonizadas pro Abilio no varejo brasileiro. É o retrato apurado de um homem movido por suas paixões – mesmo que elas lhe criem inimigos ao longo do caminho.

Ansiedade: Como enfrentar o mal do século

Conversas com um jovem professor

Autor: Dan Mafer Editora: Desfecho Romances

livros

Autor: Augusto Cury Editora: Saraiva

O conceituado psicoterapeuta Augusto Cury apresenta a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA), uma das doenças mais penetrantes da atualidade. Ainda pouco conhecida por psicólogos e psicopedagogos, não raro a SPA é confundida com hiperatividade ou transtorno do déficit de atenção.

Autor: Leandro Karnal Editora: Contexto

Professor com vasta experiência, dono de texto envolvente, Leandro Karnal discute os problemas cotidianos daqueles que lecionam: como dar aula, como corrigir provas, o que é necessário lembrar numa reunião com os pais. Em poucas palavras: como realmente lidar com as práticas escolares. Obra imprescindível para quem se aventura a ensinar.

O Escultor

Y - O Último Homem

David vai dar sua vida pela arte. Literalmente. Após um acordo com a Morte, o jovem escultor obtém seu desejo de infância: esculpir o que quiser com as mãos nuas. Mas agora que só lhe restam 200 dias de vida, decidir o que criar é mais difícil do que ele pensava. Scott McCloud já escreveu sobre como os quadrinhos funcionam. Agora ele lança-se na ficção – emocionante, divertida e inesquecível.

Em 2002 todas as criaturas com um cromossomo Y morreram instantaneamente ao redor do globo. Com a perda de mais da metade da população, a sociedade está à beira do colapso e cabe às mulheres o fardo de juntar os pedaços e tentar manter nossa civilização. Mas por alguma misteriosa razão, Yorick e seu macaco de estimação foram poupados do extermínio.

Saga

Punk Rock Jesus

ganhadora de diversos prêmios e frequentemente descrita pela crítica especializada como um “encontro entre Star Wars e A Guerra dos Tronos”, ‘’Saga’’ nos conta a história de Alana e Marko, dois soldados em lados opostos numa longa e devastadora guerra intergaláctica que se apaixonam e lutam para garantir que Hazel, sua filha recém-nascida, continue viva. Mas é claro que isso não será nada fácil.

Em um socieade onde a tecnologia para clonagem chegou ao seu ápice, um novo reality show pretende televisionar o (re) nascimento de Jesus Cristo e mostrar seu crescimento. Sean Murphy nos leva ao mundo de Chris, um jovem que vive sob os holofotes midiáticos e tem somente seu guarda costas como confidente. Mas como a reencarnação de Cristo será recebiada nos dias de hoje?

Autor: Scott McCloud Editora: Marsupial

Autor: Brian K. Vaughan Editora: Panini

graphic novels

Autor: Cristiane Correa Editora: Primeira Pessoa

Autor: Brian K. Vaughan Editora: Panini

Autor: Sean Murphy Editora: Vertigo

Revista Alvo - Edição 23

17


traços & Ideias

Durabilidade paisagismo

&

18

Revista Alvo - Edição 23


por Lari d’Roch fotos: P H Siqueira

Arquitetas Thais Diniz e Karine Carneiro Projetaram a casa dos sonhos de sua cliente.

Unindo o rústico ao moderno, as pedras são o detalhe que trazem a natureza para dentro de casa.

O

casamento entre arquiteto e cliente mais uma

vez rendeu excelentes resultados para as arquitetas Karine Carneiro e Thaís Diniz. Tentando conciliar o moderno com o rústico, inspirado nas raízes da cliente, que é do estado de Goiás, o final não poderia ter sido diferente: a realização do sonho de ter a sua casa exatamente como planejado. O maior desafio para o “sair da imaginação e tornar real” acabou por atender as necessidades existentes, trazendo ideias inovadoras para o estilo aconchegante da casa. A utilização de pedras na composição do projeto é o detalhe que mais chama a atenção. “É o diferencial do lugar”, afirmam Thaís e Karine. Presente na escada, nos lavabos, bancadas, cozinha, rodapé,

Revista Alvo - Edição 23

19


traços & Ideias

”O branco utilizado nos banheiros traz o aspecto clean para o ambiente.”

20

Revista Alvo - Edição 23


”Os tons mais escuros remetem a sensação de conforto para o espaço.”

as pedras trazem ao ambiente o toque rústico diferenciado. Sempre casando a variedade com as tonalidades do espaço. “A loja Piatra atendeu bastante as nossas necessidades. Tudo o que queríamos, sabíamos onde procurar.”, contam as arquitetas. O branco utilizado nos banheiros traz o aspecto clean para o ambiente. Já os tons mais escuros, como o da bancada da cozinha e do lavabo, remetem a sensação de conforto para o espaço. A

utilização

das

pedras

na

arquitetura é milenar, e atendem aos mais variados pedidos e necessidades. Elas podem ser utilizadas em pisos, criando continuidade entre ambientes internos e externos. Como revestimento, oferecendo manutenção.

conforto E

térmico

também

de

e

fácil forma

decorativa, unindo beleza e durabilidade,

”A utilização de pedras na composição do projeto é o detalhe que mais chama a atenção. É o diferencial do lugar, e a loja Piatra atendeu bastante as nossas necessidades. Tudo o que queríamos, sabíamos onde procurar.” Thaís Diniz Arquiteta

Revista Alvo - Edição 23

21


traços & Ideias

”O visual rústico que as pedras trazem ao ambiente, remetendo à natureza, contrasta com elementos modernos, gerando uma combinação interessante e agradável.” Karine Carneiro Arquiteta

22

Revista Alvo - Edição 23


PEDRAS NATURAIS: Mármores:

Rocha metamórfica, formada por carbonato de cálcio e outros componentes minerais que definem sua cor. Recomendado para: - Ambientes internos e externos; - Pisos, revestimentos de paredes, lavatórios, tampos, lareiras, etc.

Granitos:

Há possibilidade de vários tipos de acabamentos em suas superfícies, polido, bruto, escovado, levigado, jateado, flameado e apicoado. Recomendado para: - Ambientes internos e externos; - Pisos, paredes, lavatórios, tampos de pias, banheiras, lareiras, etc.

ÔNIX:

Uma pedra mágica. Pedra indicada para quem deseja investir em uma decoração requintada. Recomendado para: - Ambientes internos; - Pisos, bancadas de lavabo e bar, painéis decorativos, cubas de lavabos, etc.

PEDRAS INDUSTRIALIZADAS Dekton:

podendo ser utilizadas em áreas internas e externas. Aliadas a uma boa iluminação, criam belas e sofisticadas paisagens. O visual rústico que as pedras trazem ao ambiente, remetendo à natureza, contrasta com

elementos

combinação

modernos,

interessante

gerando e

uma

agradável.

Proporcionam peso e frieza a decoração, com sua presença marcante.

O Dekton é uma mistura sofisticada das matériasprimas que se utilizam para fabricar vidro, porcelana de última geração. Recomendado para: - Ambientes internos e externos; -Pisos, bancadas, mesas, etc.

Silestone:

Líder mundial em superfícies de quartzo. Recomendado para: - Ambientes internos; - Pisos, paredes, mesa, lavatório, bancadas, etc.

Quartzo Stone:

Produto de aparência sofisticada, com textura e peso da pedra natural, mas com qualidade muito superior. Resistência ao calor e a manchas de diversos produtos. Recomendado para: - Ambientes internos; - Piso, bancadas, escadas, mesas, etc.

Nanoglass:

Acesse o vídeo desta matéria:

Pedra industrializada produzido com pó de mármore e vidro através da nanotecnologia com cor uniforme. Recomendado para: - Ambientes internos; - Mesa, lavatórios, aparador, revestimento de pisos, etc.

PEDRAS DECORATIVAS PIATRA - Design Rochas Tv. Rui Barbosa, 1835 - Batista Campos, Belém - PA

Canjiquinhas:

Filetes cortados de pedras duras. Recomendado para: - Ambientes externos; - Revestimento de paredes e fachadas.

Fone: 91.3349-4679 www.piatrarochas.com.br Revista Alvo - Edição 23

23


direitos e deveres

Cleans Bomfim

Advogado escritorio@cleansbomfim.com.br

SUSPENSÃO DE SERVIÇOS ESSENCIAIS EM CONDOMÍNIOS O

inadimplemento de taxas condominiais não devedor (direito fundamental previsto no artigo 5°, autoriza a suspensão de serviços essenciais, XXII, da Constituição Federal), devendo o condomínio mesmo que por determinação da Assembléia Geral se socorrer em outras penalidades expressamente de condôminos, em clara afronta ao direito de previstas no Código Civil, na convenção do condomínio propriedade e sua função social, em detrimento da e, como medida definitiva, na ação judicial de cobrança utilização de meios expressamente previstos em lei de quotas. para a cobrança da dívida condominial. Desta feita, antes de aplicar as punições é preciso Ademais, a medida fere a dignidade da pessoa tomar alguns cuidados. Há três questões a serem humana, porque vexatória, abusiva e ilegal, por expor ser observadas: o devedor a condições indignas para constrangê-lo a • Previsão de tal proibição na Convenção do pagar as quotas não honradas e humilhá-lo diante dos condomínio (artigo 1.334, IV, do Código Civil); vizinhos e funcionários do condomínio, devendo ser • Jamais proibir o inadimplente de usar serviços lembrado que o ordenamento jurídico coíbe a autotutela essenciais (água, gás, elevador, interfone, vaga da e o abuso de direito (artigos 345/CP e 187/CC). garagem, acesso ao apartamento, outros); A deliberação de Assembléia • Extremo cuidado ao chamar condominial que impõe pena Uma alternativa a solução da atenção do inadimplente ou de discriminatória e vexatória ao inadimplência, além da cobrança seus dependentes em público, condômino inadimplente como pelos meios judiciais cabíveis , é quando estiverm utilizando forma de coagi-lo a pagar sua serviços não essenciais sem ter quota, viola direitos e garantias a possibilidade de se restringir o o direito. “ fundamentais. Tais medidas não uso das áreas comuns de lazer Destacamos que a forma configuram medidas salutares, mas pelos condôminos inadimplentes.” da abordagem pode gerar arbitrárias, e devem ser coibidas. condenação ao pagamento de Uma alternativa a solução da indenização por danos morais eventualmente sofridos inadimplência, além da cobrança pelos meios judiciais pelo devedor e seus dependentes. cabíveis e, ao mesmo tempo, uma das grandes Desta forma, evita-se o risco, ainda, da restrição polêmicas existentes nos condomínios é em relação a do uso da área comum ser entendida como uma possibilidade, ou não, de se restringir o uso das áreas dupla penalidade e uma afronta ao exercício do comuns de lazer pelos condôminos inadimplentes. direito de propriedade. De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo, a Há que se observar, ainda, o fato de que o restrição em participar de Assembléias, prevista no artigo condômino não perde o status de proprietário porque 1.335, III, do Código Civil Brasileiro, pode ser ampliada está inadimplente. também para o uso de equipamentos de lazer. Outro direito que não pode ser suprimido do devedor O Código Civil Brasileiro determina que o morador é sua liberdade de entrar e sair do edifício, nem de fruir que não paga em dia sua quota-parte nas despesas de sua unidade autônoma. O livre acesso ao imóvel condominiais, além de ter de pagar multa e juros inclui o uso irrestrito dos elevadores, necessário para sobre seu débito (artigo 1.336, § 1º, do Código Civil), quem mora nos andares superiores. também pode ser proibido de participar ou votar em Se a edificação dispõe de vagas para Assembléias Gerais do condomínio (artigo 1.335, III, do estacionamento, seu uso, em princípio, não poderá ser Código Civil). negado ao condômino em mora. Dentro deste cenário, também surgem algumas Para fazer valer qualquer proibição, o condomínio dúvidas como proibir o inadimplente de utilizar deverá regulamentar o uso de suas áreas comuns e determinadas partes comuns do prédio (sauna, dos serviços que oferece, através da convenção e do salão de festas, equipamentos da quadra esportiva regimento interno, estabelecendo não só punições, e churrasqueira) como punição adicional ao seu mas a cobrança discriminada de tudo o que não seja comportamento irregular. próprio da instituição, em forma de taxa de serviço, de Doutrinariamente há quem sustente que tal proibição modo a distinguir o básico do supérfluo. é ilegal por afetar direitos inerentes à propriedade do

24

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

25


capa por Bianca Leão fotos: P H Siqueira

tratamento de água é a chave para garantir

o futuro Preservação e tratamento da água chamam a atenção de instituições e sociedade civil.

E

mbora margeado e entrecortado por rios caudalosos, o Estado do Pará tem recursos hídricos limitados. Menos da metade da população da região Norte tem acesso à água tratada e os custos necessários para tornar a água potável são bastante elevados. A região também é a que tem os maiores índices de desperdício de água tratada, com 47,90%, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS 2014). A temática da água é uma questão mundial, integrando discussões na Academia, Estado, Associações, Organizações Não Governamentais e Sociedade Civil. Sabe-se que a degradação de áreas de floresta e a contaminação por pesticidas afetam diretamente o ciclo biológico da água, sendo necessária a preservação não apenas de mananciais, mas de todo o seu entorno. Com o objetivo de debater a questão, bem como construir compromissos políticos e provocar ações em temas críticos relacionados à água, o Brasil sediará em 2018 o 8º Fórum Mundial da Água, organizado pelo Conselho Mundial da Água, que é considerado o maior evento global sobre o tema. Entre os dias 9 e 12 de junho

26

Revista Alvo - Edição 23

deste ano, Belém recebeu o Projeto Rumo a Brasília, criado pela Seção Brasil do Conselho Mundial da Água com a finalidade de traçar as diretrizes de participação do País no Fórum. Na oportunidade, foi assinada a Carta do Norte das Águas, que, dentre outras metas, prevê a formatação de um plano de contingências para possíveis desastres ambientais relacionados às atividades econômicas da Região Norte das águas e estruturar e disseminar o conhecimento sobre o impacto de defensivos agrícolas nos corpos da água. A carta foi assinada por Newton de Lima Azevedo, Governador do Conselho Mundial da Água, e Adenauer Goes, Secretário de Turismo do Estado do Pará. POLÍTICA DE SENEAMENTO Valendo-se da necessidade de encontrar soluções para o problema do saneamento no Estado do Pará, a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) começou a ensaiar os primeiros passos em direção à parceria com a iniciativa privada. Conforme o diretor de operações da


da população - e a falta de Cosanpa, Antonio Crisóstomo, investimentos proporcionais a o problema da falta de recursos ele - também foi apontado por destinados ao saneamento é Antonio Crisóstomo como um nacional, sendo necessário fator que dificulta a melhoria um investimento na ordem de ”O problema da falta de recursos da qualidade do serviço pela bilhōes de reais para que toda destinados ao saneamento é nacional, Cosanpa atualmente. a população brasileira tivesse sendo necessário um investimento na Para reverter a situação, a acesso à água potável. Em ordem de bilhōes de reais para que Cosanpa aposta na parceria âmbito local, um grave impasse toda a população brasileira tivesse público-privado por meio do enfrentado é em relação ao Projeto Locação de Ativos. controle do consumo da água acesso à água potável.” O diretor de operações tratada. O diretor informa Antônio Crisostomo informa que o projeto prevê a que apenas metade da água Diretor de Operações da COSANPA substituição de redes antigas tratada consumida a partir de amianto e ferro com o objetivo de reduzir perdas. da Companhia é passível à medição. O restante, “Um grupo de empresas irá investir um determinado segundo ele, é obtido pela população de forma valor durante dois anos. A Cosanpa irá receber os clandestina ou é desperdiçada. O crescimento

Revista Alvo - Edição 23

27


capa

de cloro. “O ferro é característica que não é necessariamente nociva à saúde. A Portaria [nº 2.914 de 12 de dezembro de 2011] estabelece que até 0,3mg/l é aceitável”, garante. Ele alega que a água sai das estações com a qualidade devida, mas, no decorrer do transporte até as residências, que ocorre por estações com a mas, no decorrer meio de tubulações, pode do transporte até as residências ter sua qualidade afetada por diversos fatores. “Pode SOBRE A QUALIDADE DA ÁGUA que ocorre por meio de tubulações, ocorrer a acumulação de Quando se pensa em algum tipo de resíduo, qualidade da água, uma das pode ter sua qualidade afetada pode haver vazamento, principais preocupações é em por diversos fatores..” ligações mal feitas e, até relação à presença de ferro. De Antônio Crisostomo mesmo, ligações indevidas acordo com Antonio Crisóstomo, Diretor de Operações da COSANPA feitas pelo próprio cliente”, a presença de ferro é apenas afirma. O diretor garante, todavia, que são feitas uma das características dos poços locais, uma vez coletas regulares em toda a Grande Belém nas que quando a água entra em contato com oxigênio, quais são observadas as situações em que oxida e assume uma cor mais avermelhada. água é avaliada como fora dos parâmetros O diretor explica que alguns setores de tratamento de potabilidade, bem como feitas as devidas da Cosanpa fazem a desferrização. Em outros, correções. Antonio reconhece, contudo, que as como o teor de ferro na água é menor, é utilizada tubulações locais ainda contam com a presença uma pastilha conjugada com poliortofosfato, além benefícios e, após este período, começará a pagar pelo benefício feito”, explica. Crisóstomo informa que a Companhia já contratou um consórcio e esclarece que a obra, com duração de dois anos, contempla apenas a região central da cidade, nas áreas norte e sul. Segundo ele, as áreas são as que apresentam o maior índice de perda na Região Metropolitana ”A água sai das de Belém. qualidade devida,

28

Revista Alvo - Edição 23


mecânico e clínico Rodrigo Silvestre, gerente técnico de empresa de tratamento de água. Conforme o especialista, o custo do um tratamento modifica-se a partir da qualidade da água a ser tratada e da qualidade final que se deseja obter. De acordo com o engenheiro, a água in natura ”A seleção da metodologia obrigatoriamente deve correta ou associação de mais ser tratada antes de ser CUSTOS DO TRATAMENTO consumida pela população O custo por litros de água de uma forma acima destacada humana para evitar doenças potável cobrado pelas de tratamento de água muda de concessionárias de água acordo com a qualidade da água propagadas pela água contaminada como diarreia, no Brasil pode variar em até de entrada do sistema.” esquistossomose, hepatite 150%. Esta grande variação e cólera. Ele informa que constatada no Brasil se deve Rodrigo Silvestre existem inúmeras formas de ao fato que a água é diferente Engenheiro Mecânico tratamento, sendo as mais em cada região do país, e o comuns: filtração por leito multimeios, filtração custo de tratamento varia proporcionalmente à por leito de carvão ativado, dessalinização por melhor ou pior qualidade da água bruta encontrada osmose reversa, deionização e ultra-filtração. “A na região ou Estado. É o que explica o engenheiro de amianto, substância que teve seu uso proibido em alguns Estados do Brasil por ser considerada cancerígena. Sobre o Ph da água na Região Metropolitana de Belém, o diretor de operações da Cosanpa garante que está dentro dos padrões considerados aceitáveis, ou seja, entre 6,5 a 9.

Revista Alvo - Edição 23

29


capa RECURSO FINITO seleção da metodologia correta ou associação de Rodrigo Silvestre afirma que o Estado do mais de uma forma acima destacada de tratamento Pará é uma área privilegiada devido à imensa de água muda de acordo com a qualidade da água disponibilidade de recursos hídricos. “Esta de entrada do sistema”, acrescenta. generosa oferta de água fluvial da região Rodrigo explica que a qualidade da água é atestada amazônica realmente traz a sensação de que em laboratórios analíticos por meio de exame nunca teremos racionamento de água. Mas físico-químico e microbiológico de potabilidade, temos que entender que a previsto na Portaria nº 2.914 de ”Não basta ter na entrada água proveniente de leito de 12 de dezembro de 2011. “Os sua residência uma rio não apresenta condições resultados deste exame devem de de boa qualidade, o químicas e microbiológicas ser confrontados com o padrão água mínimas para tornar-se apta de potabilidade existente na armazenamento desta água em ao consumo humano. Esta legislação (Portaria nº 2.914 de 12 reservatórios exige cuidados água in natura demanda de dezembro de 2011). Caso os com o crescimento bacteriano uma série de etapas de elementos químicos orgânicos e e de outros microrganismos tratamento para torna-se inorgânicos respeitem os limites enquadrada a Portaria nº máximos impostos por esta lei, causadores de doenças.” 2.914 – ANVISA”, declara. a água apresenta condições de Rodrigo Silvestre Sobre as peculiaridades consumo humano”, informa. Engenheiro Mecânico da nossa região, o O especialista ressalta engenheiro explica que o Estado do Pará é a importância da manutenção dos locais de abastecido, sobretudo, por dois tipos de água: armazenamento da água: “Não basta ter na entrada a água de leito de rio (fluvial) e água provinda de sua residência uma água de boa qualidade, o de lençol freático (água de poço profundo). “A armazenamento desta água em reservatórios primeira tem alto teor de sólidos suspensos exige cuidados com o crescimento bacteriano e de (água barrenta), o segundo tipo de água outros microrganismos causadores de doenças”. tem como principais características o baixo Segundo ele, o controle pode ser efetivado com percentual de hidrogênio dissolvido (ph), dosagem constante de produto bactericida nos presença de ferro e nitrogênio amoniacal”, reservatórios, comumente hipoclorito de sódio ou esclarece. De acordo com o especialista, as o cloro. “Lembrando que as caixas de água devem formas de captação de água mais utilizadas na ser higienizadas e desinfetadas no mínimo a cada região são poço profundo e leito de rio. seis meses”, alerta.

1.

Entenda o percurso que a água que sai da Cosanpa percorre até chegar ao seu lar: Cerca de 70% da água que chega às residências da Região Metropolitana de Belém por meio da

Cosanpa é captada de fontes de águas superficiais, ou seja, tem origem em rios e lagos. O restante chega por meio de lençóis subterrâneos e poços profundos.

2. Na Região Metropolitana de Belém, o principal centro produtor de água tratada a partir de mananciais

superficiais é a Estação Bolonha, seguida pelas estações de São Braz e Quinto Setor.

3. A Cosanpa capta água no Rio Guamá e transporta para o Lago Água Preta. Do Lago Água Preta, a

água é transportada por um canal de interligação para o Lago Bolonha. Após a captação, a água segue para a Estação do Bolonha, que trata a água e distribui para vários setores da área metropolitana.

4.

Outra estação de tratamento e distribuição é o Quinto Setor, localizado no bairro do Marco, que

recebe a água do Parque Estadual do Utinga.

5.

Da mesma forma, a captação de água no Utinga também é direcionada para a Estação de São

Braz para tratamento e distribuição.

6. A medida que a cidade foi crescendo, passou-se a utilizar lençóis subterrâneos e poços profundos,

que representam 30% da água utilizada na Região Metropolitana. Os lençóis subterrâneos e poços profundos atendem a diversos setores da área de expansão, como os bairros da Cidade Nova e Marambaia.

30

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

31


empreender

Raquel Conde

DESENVOLVA SEU TIME DE ALTA PERFORMANCE N

Mestre em Administração Partner da Sociedade Brasileira de Coaching

preparados para o futuro da organização; a equipe o mundo corporativo, dream team passou a comercial pode ter como propósito gerar mais designar um tipo muito especial de equipe: o oportunidades de negócios; a equipe de TI pode ter time de alta performance. Isto é, um time que como propósito a segurança da informação. obtém resultados extraordinários. O time de alta Estabeleça os papeis e metas de performance. performance atua num nível muito mais elevado de O propósito diz o que fazemos, mas é necessário desempenho, comprometimento e resultados. ter clareza de onde queremos chegar e do que A questão então é como formar esse time, precisa ser feito para esse objetivo. A dica é iniciar certo? Pois, mesmo que você contrate os melhores colocando metas de curto prazo, promovendo profissionais disponíveis no mercado e os coloque aprendizados a partir das experiências. para trabalhar juntos, isso não significa que você Identifique quais são os valores compartilhados terá um time de alta performance da noite para o pelo time. Por que é importante atingir os dia. Formar times é um processo e, como tal, passa objetivos propostos? por diversas etapas. Um time precisa também ter habilidades Ter um Time dos Sonhos é essencial para complementares. Um indivíduo sozinho não competir no cenário global de hoje, no qual a terá todas as competências necessárias, muitas perfeição pessoal é até desejável, mas nem se vezes desenvolver uma nova competência leva compara ao alto nível de desempenho exigido tempo e muito esforço, quando no coletivo. Sozinhos nós não podemos conseguimos dar conta de toda Ter um Time dos Sonhos é compartilhamos, desenvolver o que temos de a complexidade do mundo em essencial para competir no melhor e pedir suporte onde que vivemos. não somos muito bons. Fazer É em time que conseguimos cenário global de hoje.” isso conduz a responsabilidade habilidades complementares compartilhada e respeito às diferenças. para realizar projetos mais complexos. Em grupo Para desenvolver o time, use o feedback como conseguimos aprender mais e mais rápido com o uma ferramenta de desenvolvimento e motivação, debate de ideias, assim como por meio da troca de mostrando onde estão bem e onde podem melhorar, experiências. Conseguimos mais resultados quando peça para sua equipe soluções para conseguir estamos em um time que tem objetivos comuns, melhores resultados. Ajude-os a sair da posição de com pessoas que entendem e exercem seus vítima colocando foco no aprendizado. papeis e que se sentem igualmente responsáveis e Agora eu te convido a pensar, o que você perde responsabilizados pelos resultados. para conseguir um time de alta performance? Se Não é tarefa simples para um líder conseguir você respondeu nada, cuidado! Porque superar sua atingir o nível de máxima performance de seu zona de conforto para entrar em ação será um dos time. Isso é tão verdadeiro, que o Instituto Gallup maiores desafios. Eu sei, pela minha experiência mostrou em resultado de pesquisa que 60% dos que tempo e dinheiro serão as maiores desculpas empregados estão desengajados, quer dizer, estão para ficar onde está. indo bater cartão e fazer o que mandam. Você só decide realmente mudar quando entra Se você quer ser um líder melhor e ter uma em ação. equipe de alta performance. Algumas coisas você Então, qual será seu primeiro passo? Quando ele terá que fazer. Uma delas é estabelecer as regras do será dado? jogo. Sobre que bases esse time vai operar? Esclareça qual o propósito: por que esse time existe? Quais são as necessidades que esse time atende, ou que problemas ele ajuda a resolver? Tenha uma declaração por escrito. Por exemplo: a área de RH pode ter como propósito ter líderes Acessce o vídeo:

32

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

33


acelerar por Lari d’Roch

Aventura, consciência ambiental e saúde A cada dia conquistando mais espaço e prestígio, as corridas de aventura ganham destaque no mundo todo.

J

á na sua 3ª edição, o Desafio Mojuim de Aventura

e natureza, é uma excelente possibilidade

vem para inserir o Estado do Pará no circuito nacional

de desenvolver atividades fora dos espaços

das corridas de aventura ou “trail runnings” como

fechados urbanos, aproveitando melhor a

são conhecidas no exterior. O evento é realizado

riqueza que a Amazônia nos proporciona.” afirma Roberto Baíma, 39,

pela Experience, empresa que planeja e promove atividades de aventura. O local escolhido para a prova foi a Fazenda Igaçaba, território de área 80% preservada, localizada às margens dos rios Mojuim e Igaçaba. A

diversidade

Estado a

34

prática

torna de

natural

do

convidativa esportes

”Além de aproximar homem e natureza, é uma excelente possibilidade de desenvolver atividades fora dos espaços fechados urbanos, aproveitando melhor a riqueza que a Amazônia nos proporciona.”

em

Roberto Baíma Educador Físico

educador físico há dez anos e coordenador da Experience. A

competição

concentração rapidez

na

sob

exige stress,

tomada

de

decisão, além de habilidades com

os

instrumentos

orientação.

Esta

cresce

Brasil

no

de

prática e

no

ambientes naturais. Além de melhorar a qualidade

mundo, sobretudo por provocar seus atletas

de vida dos atletas, ajuda o condicionamento físico,

a superação de desafios pessoais. “Um dos

sem contar que pode ser vista também como

objetivos de nossa equipe é estimular a maior

uma forma de lazer. “Além de aproximar homem

regularidade dos eventos, consequentemente

Revista Alvo - Edição 23


compaheiros de treine com seus e pr m Se ir. rm a do os longos. Tenh mente nos trein equipe, principal em ag deles re um ritmo a como cada um nte. Estabeleça rteza de que saib rta ce po im tos que to ui m no. São argumen - O ritmo é a privação do so e ; ga di pe fa ui à eq a toda que confortável para m a corrida; ção de tal forma podem acabar co seja entrar na respira nc ais importantes s to en - Procure se co a das coisas m mais movim um e z o lve cic rá Ta to em to er imen tenham praz haja pouco mov inhem juntos e m ca s do to e qu mpo para tros. É muito te ra é abdominais; ova de aventu mpanhia dos ou pr co a a r um te em e o tenha muito a - Lembre-se qu pre o mapa; ém que você nã m gu se al r m da co tu es er e rd pe equipe estratégias a é um esporte de importante criar ra completar um pre lembre que m pa : Se te r. en ze a m di ca gi icolo linha de chegad - Prepare-se ps como você poderá cruzar a te de en to m ui so m e cê nd vo e seus tura depe precisará ajudar te. corrida de aven mas vezes você psicologicamen gu e Al . te os nt en ju m ica ec o fis você pr isará está preparad equipe e outras o, remando, de nd s la ro da ei pe nh o, pa nd m co horas anda cê Gastar horas e ve lutar contra vo de cê Vo . de ajuda.; um cada s preocupações e ga di exige muito de fa a as das principai ra nt um é co , a tir nç sis ra de gu Se tidores amento em ovas e os compe ões mesmo e o pens verá tomar decis nizadores das pr de ga o, or s ss e. di do ém Al io . no e como pr ridad a privação de so gurança sempr se a r te ; m ga ve di de plica em essão e fa cipar s de aventura im rápidas sobre pr rença entre parti ação nas corrida fe di cip a rti rá Pa fa pe ui eq sobre as mais - O trabalho em e auto-controle la. Não existe ia êm nc no ve to e au l ra ta tu to de aven ores de uma corrida das condições. nto, os competid rta Po s. extremas e varia ta lis ua vid di prática de in ra pa ço espa ortante na tros. Haverá ou imp s ao is s ma un ar O prazer ivos e ajud da a esportiva é o devem ser posit o mais lento, e to uer atividade á ar rn ualq to q se esta ém ue gu ixe q casos em que al ionado. Não de rc po o o; m pr rit é u ue se q ocure panhar : sua saúde. Pr equipe deve acom 3 itens principais interfira em em ica ir át vid o di pr os m de especializad - Orçamento: Po profissional tigos a serem an um e os ov (n sempre amento o na parte ção, Inscrição, equip orientar, tant dormir, alimenta lhe ra pa r is para ga (lu ística inamento. Po trocados) e log suando para , como no tre am nal ab io ac ic es utr uip n a ver gumas eq aventura tem gasolina,etc). Al ecendo corrida de e acaba se esqu o inal içã cr af ins aç da o eir em situ ões conseguir o dinh senciais; confortável es e es nt estar rta m po co que são im co dos outros itens, is. e estará mais fra desconfortáve o seu corpo qu as en ap é o ra pa - Nã m pouco tempo ências físicas co após longas exig

DICAS GERAIS

Revista Alvo - Edição 23

35


acelerar

a maiores possibilidades naturais e estruturais para tais realizações. Estamos elaborando um calendário para 2017 com um Circuito itinerante por algumas localidades do Estado.” conta Roberto.

”Um dos objetivos de nossa equipe é estimular a maior regularidade dos eventos, consequentemente a maiores possibilidades naturais e estruturais para tais realizações. Estamos elaborando um calendário para 2017 com um Circuito itinerante por algumas localidades do Estado.” Roberto Baíma Educador Físico

De

início,

a

corrida

de

aventura

é

uma

oportunidade das pessoas se desafiarem. Envolve atividades multiesportiva de navegação através de um percurso não determinado e em ambiente desconhecido, com utilização de mapa e bússola. Em geral, as competições podem durar de duas horas a duas semanas ininterruptas. Os princípios esportivos

da

Corrida

de

Aventura

envolvem

trekking, ciclismo de montanha e remo, embora possam ser incorporados diversas modalidades, como técnicas verticais, flutuação, entre outros. É uma chance de testar seus limites ou até mesmo de redefinir seus limites. Há muito mais nas corridas do que estar em forma. O conceito principal é unir o esporte, a aventura e a conscientização ambiental. Projeto que alia um novo estilo de vida. Afinal, se você ainda quer mais uma razão para começar a prática do esporte, conhecer lugares novos a cada prova, onde você nunca teria a oportunidade ou vontade de ir, é ou não é uma ótima razão?!

36

Revista Alvo - Edição 23


glossário Mapa Topográfico

Os mapas mais utilizados nas provas de Corrida de Aventura do Brasil são os do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As escalas mais comuns são 1:50.000 ou 1:100.000 e apresenta linhas (curvas de nível) que representam as diferentes altitudes do terreno.

Coordenada UTM

A sigla UTM vem da designação Projeção Universal Transversal de Mercator. As coordenadas em UTM são representadas por duas dimensões. Estas dimensões são expressas como UTM (X / Y). A coordenada X é qualquer valor que representará uma linha vertical do mapa. A coordenada Y é qualquer valor que representará uma linha horizontal do mapa.

PC – Posto de Controle

Locais de passagem obrigatória onde as equipes registram o horário de passagem. – Utilizado pela organização como controle para saber em que trecho as equipes se encontram caso precisem de ajuda – Utilizado para “desenhar” o percurso proposto pela organização – Devem ser encontrados em sequência numérica

PC Opcional

Posto de controle sem passagem obrigatória. Quem decidir passar por ele pode receber um bônus em tempo. Quando não existe qualquer informação contrária, todos os PC’s são obrigatórios.

PCV – PC Virtual

Posto de controle sem a presença de fiscal. Pode ser qualquer referência fixa (faixas, placas, casas, etc) que a equipe deve encontrar e informar ao fiscal do próximo posto de controle para confirmar sua passagem pelo local. Em algumas provas a organização coloca um picotador (utilizado em corridas de orientação) no local e os participantes devem marcar sua passagem em um gabarito

Picotador

Objeto de plástico vermelho com um determinado número de dentes metálicos. O orientista utiliza este alicate para perfurar o cartão de controle com o padrão resultante dos seus dentes metálicos. Cada alicate faz um padrão de perfuração diferente, o que permite à organização saber através do cartão de controle se todos os pontos de controle foram visitados. (fonte: FPO – Federação Portuguesa de Orientação – www.fpo.pt)

Race Book

Informações entregue às equipes participantes que podem ajudá-las a identificar os locais do posto de controle (ex: nome de um bar) e também pode conter as coordenadas dos PC’s caso estes não estejam impressos no mapa. Contem também informações sobre quais PC’s são virtuais, bônus, penalizações, proibições e pode conter também telefones de emergência. Convém carregá-lo junto ao mapa.

Road Book

Mapas e/ou informações entregue às equipes de apoio para chegar nas àreas de transição

Corte

Local determinado pela organização (normalmente um PC) onde os participantes são direcionados para um percurso diferente do original, geralmente mais curto, possibilitando que alcancem a chegada, porém em classificação mais baixa em relação àqueles que fizeram o percurso completo.

Horário de Corte

Horário determinado pela organização para que a equipe possa chegar em determinado PC para que continue no percurso original. Caso chegue depois deste horário, a equipe segue para percurso alternativo.

Revista Alvo - Edição 23

37


acelerar

DICAS DE EQUIPAMENTOS

E CUIDADOS FÍSICOS

- Muitos atle tas ao térm ino de uma Isso ocorre corrida de a tanto em pro ventura che v a s gam a perd c u rt as, de 50km Muito pouco er até 4kg d , como nas do que se p e peso. mais longas erde em pe que chegam so é gordura - Lembre se mpre que u , não chega a 500km. m programa a 10% do pe de ocorrer le d s e o tr p e e in rd amento ma ido; sões; l elaborado aumenta a p - O trabalh robabilidad o de um n e utricionista necessidad é muito impo e ou não de rtante para suplemento melhor dete os supleme s. É importa rminar a s ntos vão se nte ter em m ua r simplesme e n te que, na maio ou tratamen nte parte de ria das situa to clínico de um plano a ç ões, um problem dequado de - Os compe a nutriciona nutrição esp tidores de c l específico; o rtiva e/ orridas de a as vestimen ventura se u tas. Elas po tilizam da té deriam ser cnica de ca exterior. A c dividas em madas (laye amada bas c a m rs) com a d a b a e s e s e , rv c a e para man mada do m meio para e te e r io o e a camada squentar o c corpo seco orpo e a últim o máximo p o - Tenha sem s a s c ív a e m l; ada para pro a camada d pre muito c o teger do ven uidado com que os estr to ; o s p és. Caso vo agos esteja cê sinta alg m feitos. Ta um desconfo tarde dema lvez seu co rto, pare an is e os dan m p a n h e ir tes o os estiverem não agrade mais longa ç a m quando voc aiores. Ten a prova, ma ê parar tar sempre is importante manter os p - Na maior é o cuidad é s s ecos. Quan parte do tem o; to po você lugares plan ir á correr ou a os ou some ndar em terr nte em acad enos difíceis emias não a - Existem d . Treinar em ju ois elemen dará; to s p ara o prog treinamento rama de tr de técnicas einamento: .; o treiname -Tenha as té nto físico e cnicas básic o as das disc e flutuação. iplinas envo Boa técnica lv idas, como pode dimin por exemplo uir o seu tem Equipamen técnica de re p tos: Se poss o, seu esforç mo ível, convers o e muita do e tenha um e com pess r; a idéia do q oas que já ue precisará participaram não estejam . Apenas pe da corrida a familiarizad rg u n ta ntes r a alguém as com as n u m você conhe corridas de a loja ou pe ça o clima, a s s v o e a n s que tura não aju o terreno e dará. Tenha o tempo no ajudará na c e rt escolha do lo e za c a l da corrida de que equipamen . Essa inform to; Cãibras: P a ç ã o c o m certeza ara evitá-la s devemos diminuindo fo rn e c e assim os ri r a quantid scos de uti ade adequ isotônicas e lizar massa ada de ca suco ajudam rboidratos, muscular c o , pois além d mo fonte d sódio e potá e e re e n p ergia. Bebid or o liquido ssio. Lanche promovem as s salgados a reposição aquecimento e bebidas e dos níveis d sportivas ta e o alongam e mbém são ento també prepara o c bastante ind m são fund orpo para a ic a a m d a e s n .O tais antes d sobrecarga O que fazer e iniciar o e que está po xercício, po r vir, evitand quando tem is o as lesões alivia a dor, cãibras? e as cãibras porém não A p ri m . e ir é a reação é o mais indic contração in alongar. O ado a fazer. tensa e o alo alongamen Q u a n n do temos c g amento aliv to musculares ãibras as fib ia essa con , ocasionan ra tr s a e ç d s ã o tã o , o u m m e as pode cau m a lesão ma massagear is séria O m sar lesões n o local afeta a a d s is o fi b e in ra d d s ic e ixar que as ado é relax uma compre contrações ar a muscu ssa de água terminem s latura, quente e só ozinhas, se depois de p possível faze assado os s r intomas ma is fortes alo ngar.

38

Revista Alvo - Edição 23


dicas de hidratação & alimentação - Lembre todos de comer e beber nas paradas. Tenha certeza de que está comendo e bebendo sempre para evitar o estágio de desidratação; - Nos dias mais frios, a regra de se alimentar a cada hora nas provas colabora com a tentativa de manter a temperatura corporal, os carboidratos de rápida absorção serão os mais requisitados, como: frutas secas e açucaradas, barras de cereais, géis, lanches, biscoitos e bebidas esportivas; - As gorduras também podem colaborar: castanhas e amendoins, chocolates, queijos tipo polengues (mais práticos e menos perecíveis), azeitonas; - Quando chega a noite a temperatura sempre tende a cair e o corpo, que estava quente, sente com isso, principalmente quando a modalidade poderá incluir travessias na água, natação ou remo. Nessas situações alimentos quentes ajudam a manter a temperatura com mais facilidade, evitando assim uma possível hipotermia. O atleta pode levar uma garrafa térmica que mantenha temperatura do alimento ou se estiver em áreas de transições, receber ajuda dos apoios. Exemplos de alimentos: sopas e outros líquidos quentes além dos pratos quentes que podem ser elaborados pela equipe de apoio; - Alimentos com proteínas também ajudam a manter a temperatura alta por mais tempo: lanches com pão mais queijo, peru ou atum ou barras de proteínas; - Em qualquer situação o competidor deve calcular no mínimo um alimento a para cada hora de prova; - As duas últimas refeições serão responsáveis por esse armazenamento de energia. Como a maioria das provas acontecem pela manhã, o atleta deve ficar atento ao jantar da véspera, pois será a ultima refeição mais completa, já que no café da manhã do dia seguinte a alimentação deve ser leve para que a digestão não seja prejudicada. A refeição antes de dormir é muito importante. São nas horas de sono, após o jantar, que o organismo irá maximizar os estoques de glicogênio muscular que será utilizado na hora da prova; - A reposição exclusivamente de água, em exercício prolongados, não repõe os minerais perdidos no suor, como sódio, potássio, magnésio e cálcio, podendo ocasionar câimbras, náuseas, fadiga e dor de cabeça. Nessas situações dê preferência a bebidas que os contenham, assim como os carboidratos. Uma hidratação e dieta adequada, reforça sua resistência, melhora o desempenho e a recuperação. Revista Alvo - Edição 23

39


saber educar

elba magave Pedagoga

Educação e Sustentabilidade A

redução de riscos de desastres, biodiversidade, o observarmos a educação no mundo de hoje diminuição da pobreza e consumo sustentável. constatamos que, quanto mais desenvolvido for Também requer métodos participativos que o país, maior é o tempo de escolaridade de seus motivem e empoderem os alunos para mudanças de cidadãos. Esta tendência também avança no Brasil e, comportamentos e o desenvolvimento de atitudes em consequentemente, a responsabilidade e importância favor do desenvolvimento sustentável. A Educação da escola na formação das pessoas passa a ter uma para o Desenvolvimento sustentável promove importância ainda maior. competências como pensamento crítico, reflexão Mas, infelizmente, também constatamos que esse sobre cenários futuros e tomadas de decisão de maior tempo de escolaridade não significa maior forma colaborativa. capacidade de viver de acordo com os preceitos É um cenário que exige mudanças profundas no da sustentabilidade. Na verdade, muitos países modo como a educação vem sendo praticada, e que ricos enfrentam sérios problemas ambientais, da busca um futuro de maior integridade ambiental, com mesma forma que os países mais pobres. Esta viabilidade econômica através de uma sociedade realidade nos mostra que não basta aumentar mais justa para as gerações o tempo de escolaridade, se quisermos construir um mundo A preservação do patrimônio presentes e futuras. É uma nova visão da melhor para todos, precisamos ameaçado só será possívelcom a remodelar completamente a compreensão e a responsabilidade educação, focada em ajudar de todas as idades escola que aí está. compartilhada de diferentes pessoas a entender melhor o mundo Em virtude disso, as tão bem gerações.” em que vivem, tratando da formuladas diretrizes da UNESCO: complexidade e do interrelacionamento de problemas Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Ser, como pobreza, consumo predatório, degradação Aprender a Conviver e Aprender a Aprender, precisam ambiental, deterioração urbana, saúde, conflitos e passar por um novo olhar, o olhar da sustentabilidade. violação dos direitos humanos, que hoje ameaçam São novos valores, conhecimentos, habilidades e nosso futuro. competências que necessitam de desenvolvimento. A preservação do patrimônio ameaçado só será Nesse sentido, em 20 de dezembro de 2002, a possível com a compreensão e a responsabilidade ONU aprovou uma resolução proclamando os anos compartilhada de diferentes gerações. É fundamental de 2005-2014 como a Década da Educação para o seguir apoiando o aperfeiçoamento das políticas Desenvolvimento Sustentável (DEDS). nacionais em ambos os temas, pois elas têm A UNESCO foi a agência escolhida para promover perfil transversal, com reflexos em várias áreas da a DEDS e estabelecer padrões de qualidade para vida nacional. O impacto das políticas públicas uma nova educação. Seu principal objetivo foi implementadas pode gerar efeitos de escala planetária, integrar os princípios, os valores e as práticas do por isso, a conscientização e sensibilização do público desenvolvimento sustentável a todos os aspectos da sobre as implicações desses esforços de preservação, educação e da aprendizagem. tornam-se ainda mais fundamentais. Esta educação para o futuro inclui questões críticas da atualidade, como por exemplo: mudanças climáticas,

40

Revista Alvo - Edição 23


Ensino Regular e Integral DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO ENSINO MÉDIO

Revista Alvo - Edição 23

41


bate bola por Bianca Leão fotos: P H Siqueira

quem determina

o tempo

é você! O Diretor Executivo da ORM CABO, Ernesto Lassance, apresenta as principais novidades em transmissão de conteúdo.

F

oi-se o tempo em que era preciso largar tudo

o que se estivesse fazendo para acompanhar um programa de televisão. Já é possível, via streaming, assistir, pausar, voltar e rever a transmissão de seu programa favorito a qualquer hora e em qualquer lugar. São as chamadas transmissões on demand, que permitem o acesso a dados em rede por meio de pacotes através da internet. Não há dúvidas de que as novas tecnologias afetam e são afetadas pelo consumidor. Sobre o atual cenário de transmissão de dados via internet, Ernesto Lassance, Diretor Executivo da ORM CABO, aponta perspectivas em relação ao mercado local.

A tecnologia de televisão por internet, via streaming, vem mudando bastante os produtos ofertados pelo mercado, bem como a forma do consumidor se relacionar com esses produtos. Como o senhor vê essa mudança?

Inicialmente, as operadoras de TV a cabo ficaram bastante apreensivas com relação a essa mudança no mercado. Porém, nós da ORM CABO vimos esta entrada do Streaming/On Demand como uma nova oportunidade de negócio. Para que os clientes deste segmento de mercado possam desfrutar da programação de vídeo streaming ou programas (filmes, séries, etc.) On Demand, é necessário ter acesso a uma internet com qualidade de download, e estabilidade na conexão.

42

Revista Alvo - Edição 23

De que forma o senhor acredita que a tecnologia streaming tem impacto sobre os mercado local?

O acesso a vídeos em Streaming ou On Demand via internet já é uma realidade no Brasil como um todo, e lógico que para o nosso mercado local não seria diferente. Entretanto, para utilizar estas tecnologias, é necessário acesso a uma boa internet. Infelizmente este produto ainda é caro aqui na região Norte, pois os gateways de conexão para rede www (internet) ficam localizados no Nordeste ou no Sudeste do país. A partir disto, o transporte da nossa informação de dados percorre um longo caminho até atingir os gateways citados e, por isso, o custo do megabyte aqui ainda é alto, o que restringe também velocidades mais altas.

Sobre a tentativa da Anatel de limitar o acesso à Internet, qual o seu posicionamento?

Em qualquer lugar do mundo a limitação de internet é uma realidade, e no Brasil isto não poderia ser diferente. A internet vive do transporte de pacote de dados, sendo que essa troca de dados necessita de meios físicos. A estrutura física é finita e precisa ser dimensionada para proporciona esse transporte. Assim, as regras para controle de pacote de dados precisam ser estudadas e dimensionadas de forma a atender à necessidade da população, mas não ter controle de pacote de dados é bastante complicado, principalmente para as empresas de telefonia móvel. Entendo que para nós, provedores de rede fixa, essa limitação é muito menos influente do que para as


têm, em tempo real, a programação disponível nos nossos canais, com sinopse e horário de reexibição nos próximos sete dias, ou seja, os assinantes podem se programar para assistir seus programas Hoje, fala-se muito em convergência entre favoritos na palma da sua mão, e em qualquer local. diferentes mídias. Como o senhor acredita que Na questão da internet, temos a duplicidade de essa influência entre elas tem se dado? O que link, que é um serviço único no Norte, o que garante esperar para um futuro próximo? aos nossos assinantes não ficarem sem internet, Basicamente hoje a tecnologia OTT (Over the além de garantir também a entrega de velocidades Top) já é uma realidade, tanto que nossos assinantes contratas, obedecendo as exigências da ANATEL já podem ter acesso a nossa programação sem a com relação a QoS (Quality of Service, traduz-se por necessidade de estar na frente da sua TV. Entretanto, qualidade de serviço). esta convergência de mídias exige a utilização de Temos também o único telefone IP do NORTE pacote de dados, o que nos retorna a discussão via o APP ORM PHONE, com anterior, porém, a facilidade de ele nossos assinantes levam no acesso a programação no status seu smartphone o seu telefone everywhere, ou seja, em qualquer fixo. A partir disto, os cliente lugar, proporciona aos assinantes podem estar em qualquer lugar uma liberdade real. Hoje, um do mundo e realizará chamadas assinante da ORM CABO pode como se estivesse na sua casa assistir uma partida de futebol, ou empresa, ou seja, sem a uma luta, um jornal, etc., em tempo necessidade de colocar códigos real. Este assinante também pode DDI ou DDD, além de pagar por decidir o melhor momento para isso uma ligação local. Se for de assistir um filme, série, programa ORM phone para ORM phone, de entrevistas, etc. Estamos o serviço é gratuito. Lembrando totalmente conectados com o que o nosso telefone fixo é o mais desejo dos nossos assinantes barato do mercado. com relação a convergência de Com relação ao futuro via mídia existentes. Com relação IP TV, já estamos em testes ao futuro, isto depende muito com alguns fornecedores, mas das nossas programadoras, necessitamos de uma sinalização pois a tendência do mercado é do mercado para identificarmos o IP TV via a tecnologia FTTH, porém as amarras com relação ”Em qualquer lugar do mundo qual tecnologia será adotada. ao carregamento de canais a limitação de internet é uma Independente das propostas, já obrigatórios, inviabiliza ações de realidade, e no Brasil isto não nos antecipamos com os trials (experimentos) das soluções hoje proporcionar aos clientes, pacotes poderia ser diferente. A internet existentes. A partir da decisão a mais específicos aos mesmos. vive do transporte de pacote de ser encaminhada pelo mercado, De que maneira a ORM dados, sendo que essa troca de não precisaremos de muito tempo para sermos novamente tem investido nessas novas dados necessita de meios físicos.” pioneiro nas adequações tecnologias para se manter à necessárias de lançamento. frente no mercado? Hoje a ORM CABO está totalmente atualizada com a tecnologia disponível no mercado. Temos Quais os planos de expansão da ORM Cabo? Há a melhor programação de canais existente no projetos específicos para as áreas condominiais mercado brasileiro, com a possibilidade dos da Augusto Montenegro? assinantes assistirem os mesmos em qualquer A ORM CABO está em franca expansão, e entende lugar via o ORM CABO PLAY. Nossos clientes não que o atendimento a condomínios horizontais e precisam estar em casa na frente da TV para assistir verticais é uma necessidade, tanto na área da nossa programação (streaming). Entretanto, se Augusto Montenegro, como em outras avenidas deseja assistir um programa que já foi exibido, o e bairros que vem apresentando crescimento ORM CABO PLAY proporciona uma programação residencial exponencial. A partir disto, entendemos sob demanda (VOD – Video On Demand), na qual que o aumento da nossa capilaridade via fibra temos filmes, séries, jornais, etc., disponíveis para óptica atingirá o maior número de condomínios assistir no momento desejado. Através do aplicativo possíveis em um curto espaço de tempo. Guia de Programação ORM CABO, nossos clientes operadoras móveis, pois somente seguiremos a limitação, caso haja exigência da ANATEL.

Revista Alvo - Edição 23

43


4 dedos de prosa

rominho braga

Humorista e Roteirista

coracionil -B

om dia - Bom dia! - Vocês tem o coracionil? - Temos sim. Serve gotas? - Serve. - Desculpe perguntar, o que você tem? - Meu coração tá muito triste, peguei uma desilusão crônica. - Caramba. Mas em que estado está? - Dessa vez veio com força, ele está sangrando e escorrendo. - Você quer levar um machucazol também? - Me dá tudo que tiver, não sei o que fazer. - Calma. O que aconteceu? - Minha mulher está me traindo. - Tem certeza? - Tenho, mas não entendo o porquê, nosso casamento estava tão bem. Bem que eu desconfiei que ela estivesse muito feliz ultimamente. - Mas estar feliz não significa nada, você falou com ela sobre isso? - Não tive coragem, confirmei tudo depois que ela voltou de viagem toda sorridente, aquela vagabunda, chegou toda feliz, mas eu ouvi tudo quando ela entrou no quarto e começou a falar com a amiga no telefone, dizendo que tinha gastado mais de 30 mil com o cara, acredita nisso? Gastou o meu dinheiro. - 30 mil? Meu Deus, esse cara deve ser bom. - O quê? - Nada. Continue por favor. - O nome dele é Luiz. - Como o senhor sabe, ela disse? - Sim. Disse que estava com medo de gastar tudo isso, mas que no final valeu a pena. - Ele é bom! - O quê? - Nada, continue. Por favor. - Ela ainda disse que foi difícil de acostumar, porque é maior do que ela tá acostumada. Eu sempre achei que o meu era o suficiente. - Meu Deus! Foi muito sério mesmo. - E tem mais! - Mais? - Agora ela disse que tá viciada. - Viciada? Definitivamente ele é bom. - E ainda arrematou dizendo que não vai mais largar esse tal de Luiz... Luiz Viton! - Senhor... - Diga. - Acho melhor você levar o ignorantil. Tá na promoção.

44

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

45


tendências por Larid’Roch fotos: P H Siqueira

a tendência

que veio para

ficar Em busca de facilidade e praticidade, os escritórios virtuais estão fazendo sucesso no meio empresarial. 46

Revista Alvo - Edição 23


A

virtual é a solução perfeita. Somando com a s salas corporativas de aluguel, ou escritórios

comodidade e flexibilização no horário de trabalho,

muitos

ambos oferecidos com a working solutions que você

empresários atualmente. Tendência no mundo

pode contar, o produto se torna muito bem aceito

em todas as épocas e em todos os ramos.

virtuais,

estão

bastante

sendo tempo,

a os

solução escritórios

de

oferecem

praticidade e comodidade aos seus clientes. “Não

Alguns dos serviços oferecidos nos escritórios

nos preocupamos com a implantação de uma

virtuais são: traslado exclusivo, suporte técnico, RH,

infraestrutura e nem de mão

hotelaria, entre muitos outros.

de obra. Apenas entramos e

Há 10 anos no mercado, uma

iniciamos nosso trabalho com

das empresas que oferece esse

tudo já pronto, e de acordo

tipo de serviço em Belém é a

com o layout que solicitarmos.”,

North Office, que conta com

afirma

uma grande rede de escritórios

Márcia

Ribeiro,

47,

virtuais e recentemente instalou

gerente comercial da Sodexo. O modelo já vem sendo

a plataforma de gerenciamento,

utilizado há bastante tempo

OpenSev. “O sistema permite

por multinacionais e empresas

agendamento

de pequeno e médio porte. Em

reunião com notificações para o

países que enfrentam crises

solicitante. Gerenciamento online

econômicas,

de correspondências, notificando

o

escritório

virtual se apresenta como uma grande solução para o público alvo, que muitas vezes não conhecem o funcionamento efetivo “coworking”.

do

chamado Mas

engana-

”O sistema permite agendamento de salas de reunião com notificações para o solicitante.” Marcus Rodrigues

Diretor da North Offiice

de

salas

de

a cada nova carta ou malote recebido. Notificações em tempo real de recados de ligações ou presencial, o cliente recebe a notificação descrevendo todas as informações para contato

se quem pensa que os escritórios virtuais são

futuro.”, como conta Marcus Rodrigues, 40, empresário

tendência passageira. As salas corporativas vêm

responsável da North Office.

evoluindo globalmente, e se apresentam também como solução tanto para microempreendedores, como para multinacionais.

Por quê escolher um escritório virtual? As palavras-chave são: mobilidade, segurança,

Investir em um imóvel se tornou uma atitude

conforto e tudo isso de acordo com o layout que

arriscada e pouco recomendada. Se em tempos de

você solicitar. O aluguel das salas conforme a

crise a ordem da vez é “reduzir gastos”, o escritório

demanda, ajuda na redução de custos para

Revista Alvo - Edição 23

47


tendências

a manutenção de um local próprio. O cliente também pode contar com uma gama de serviços auxiliares e tudo para sua comodidade.

c o m pa r t i l h a d o

”Não nos preocupamos com a implantação de uma infraestrutura e nem de mão de obra. Apenas entramos e iniciamos nosso trabalho com tudo já pronto, e de acordo com o layout que solicitarmos.”

1. Infraestrutura completa por muito menos - ar condicionado, projetor, mobiliário refinado, suporte de TI, Wifi, recepção e decoração corporativa

2. Redução telefone...

3. Localização privilegiada - grandes

Gerente de Negócios da Sodexo são

os

planos

oferecidos

para

os mais variados tipos de empresas. Você pode contar com uma sala fixa para utilização mensal, ou escritórios privativos mobiliados, privacidade e segurança nas suas reuniões, bem como auditórios e serviço de coffeebreak. Disponibilidade

de

para

startups

empresas

serviços e

drástica de despesas

- Aluguel, IPTU, luz, água, internet,

Márcia Ribeiro

Diversos

vantagens de um escritório

e

soluções

empresas

em

desenvolvimento. Várias são as vantagens na locação dos escritórios virtuais. Em tempos de mobilidade e incertezas econômicas, nada melhor do que saber investir seu capital.

centros empresariais

4. Flexibilização um

escritório

concentrar

do trabalho - Em virtual

apenas

você

pode

reuniões

com

clientes e direcionar chamadas. salas executivas com capacidade para até 16 pessoas

5. Descontos

em salas executivas

e de treinamento - Virtual Office também possui a estrutura certa para você, incluindo um auditório com capacidade para até 88 pessoas.

6. Atendimento gastando

pouco

personalizado -

recepcionistas

treinadas para encaminhar recados e Serviço:

North Office Av. Governador José Malcher, 168 cj. 110 Belém-PA www.northoffice.com.br (91)3110-2000

48

Revista Alvo - Edição 23

fornecer informações com o máximo de qualidade e profissionalismo.


Revista Alvo - Edição 23

49


perfil por Catarina Barbosa fotos: Valéria Linhares

nanna

reis Talento em todos os nichos

50

Revista Alvo - Edição 23


E

la tem 24 anos e é dona de uma voz forte e

clipe novo. Nos rendemos ao charme e ao

encantadora. Apesar de ser uma linda mulher,

sorriso dessa moça e dividimos com vocês não

a cantora e intérprete Nanna Reis ainda tem

só as curiosidades sobre o universo musical

brincadeiras de menina. Geminiana, do dia 25

que permeia a artista, mas também uma boa

de maio, ela tem comemorado seus aniversários

dose de risadas dessa cantora tão divertida.

em meio a muita correria, já que a carreira segue a todo vapor.

Meu pai, meu herói

A música ela traz consigo desde a infância.

É na infância que estabelecemos nossas

Cantava no ônibus da escola e até brinca

primeiras relações com o mundo. De lá, saem

dizendo que na sua casa, todos falam cantando.

sonhos, traumas, esperanças. As primeiras pessoas a estabelecer conexão com os filhos

Multifacetada, ela também decidiu

seguir

a

carreira

acadêmica. Aluna de música da Universidade Federal do Pará (UFPA), ela une as paixões e

se

arte

intitula: educadora,

professora,

”Comecei a compor modestamente até que conheci o Vital Lima e aí começamos a compor para o teatro.”

músico e compositor Alfredo Reis e conta que seu pai é a sua primeira a referência de mas de um herói.

compositora, atriz, roteirista, (às vezes).

a família. Nanna é filha do

artista e não, apenas, isso,

musicista,

gaiata, cozinheira e até bailarina de merengue

são pai e mãe, em seguida,

“Bebi na fonte da riqueza cultural regional do trabalho dele. Por mais imersa que eu

No seu dia a dia sempre há um momento

estivesse nesse universo amazônico, sempre

pra estudar e fazer exercícios dependendo do

curti referências diversas. Da música eletrônica

que ela precisa para determinada atividade que

ao chorinho, da bossa ao raggae. De Mozart a

vai desde dar uma aula, fazer uma direção de

Vinicius de Moraes”, diz.

estúdio, exercícios de voz, treinar dedilhado de teclado, violão até sentar para compor. Em abril deste ano, ela lança um EP e um

A artista sempre se mostrou eclética, como vocês

podem

notar.

E

dessa

mistura

de

ritmos, tem também o seu processo criativo. O pai, segundo ela, nunca a obrigou a nada.

Revista Alvo - Edição 23

51


perfil

“Imaginem, eu quis cantar em bar, sendo menor de idade. Então, ele me indicou o rumo dos festivais de música, onde comecei a me destacar como intérprete. Ele também me incentivava ao estudo, conservatório e mundo acadêmico”, lembra. A pergunta característica era sempre “é isso mesmo que tu queres? Então minha filha, estuda!”. Com base nisso, Nanna correu atrás do seu sonho e da troca de amor e arte com o pai ficou o desafio. “Com ele, aprendi não só a me desafiar, mas a me renovar. O maior ensinamento

foi:

adquira

conhecimento e devolva em forma de arte, música, o que for, mas devolva. Dê algo de bom para o povo. Para o povo que te escuta/lê/te curte”, diz.

A palavra de ordem no Brasil é crise. Mas será que viver de música em Belém do Pará também é complicado? Para Nanna, a missão é possível e deliciosa, mesmo com todos as dificuldades. “É buscar formas de se manter, correr atrás, produzir, se pintar. Não esperar cair do céu. Eu faço tudo isso: bato de porta em porta atrás de patrocínio, escrevo projeto, fuço os editais das leis, levo um bando de “não,” mas vou correndo atrás do ”sim””, diz.

”Não esperar cair do céu. Eu faço tudo isso: bato de porta em porta atrás de patrocínio, escrevo projeto, fuço os editais das leis, levo um bando de “não,” mas vou correndo atrás do ”sim”.”

E assim como o pai opina no trabalho dela, ela faz o mesmo com o dele. “Tô sempre a fim de somar. Então, me meto nas músicas dele, dou pitaco e até tiro onda”, comenta aos risos. Além do pai outras influências com as quais, Nanna ouve conselhos e admira, estão: Tynnoko Costa, Jacinto Kawage, Luís Pardal, Ziza Padilha e Dayse Addário.

A música em Belém do Pará

Nesse caminho, há vários trabalhos

paralelos,

entre

eles, cantar em casamento, compor jingle, fazer locução, dança,

teatro,

cinema,

roteiro de webserie, projeto de mestrado. Em setembro de

2015,

segundo

Nanna lugar

ficou no

em

reality

show do estúdio Nema, que divulgou talentos da região amazônica. Para ela, o projeto foi além do prêmio, porque ela ganhou visibilidade em outros estados do norte e da Amazônia Legal. “Fiquei toda feliz com a repercussão, ter trocado experiências e conhecido outros artistas foi demais. Além de tudo, tem um disco bonitão como resultado do programa, mas eu botei as

52

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

53


perfil

músicas no meu soundcloud e na minha fan page pro povo baixar sem bronca”, comenta.

Conservatório Carlos Gomes Em Belém, os interessados em estudar música, comumente procuram o Conservatório e com a Nanna não foi diferente. Mas apesar do aprendizado ela tem algumas ressalvas quanto ao ensino, principalmente no que se refere ao método. “Não curto alguns aspectos desse ensino tradicional. Há uma diferença entre o professor e educador. Por vezes você acha que aprendeu, mas na verdade só decora o que lhe é repassado”, critica. Nanna conta que sentiu isso na pele com o seu trabalho de docente e que ao chegar, por exemplo, em um bairro mais periférico não era possível aplicar a mesma metodologia. “Não dá pra entrar no bairro da terra-firme jogando Bethoveen no peito da molecada, se eles curtem ouvir Racionais MCs e a galera do Super Pop. Tem que partir da realidade deles e mostrar aos poucos que existem outras coisas. Foi nesse momento comecei a repassar as coisas de maneira diferente”, afirma. Assim como a cantora, a jovem Mayara, que participou da primeira edição do The Voice Kids, também estudou no Conservatório Carlos Gomes e foi uma pupila da Dayse Addário. “Como toda escola especializada, eles garantem um desenvolvimento maravilhoso para o musicista/artista. Tanto musicalmente (teoria, harmonia, leitura, percepção musical) quanto pessoalmente”, defende.

Internet A internet tem sido uma grande aliada na divulgação de artistas e empresas. Nanna brinca dizendo que gosta “desse lance de redes sociais”. “Gosto de ser próxima da galera, de trocar ideias. A internet é uma ferramenta sem barreiras de espaço, o que te aproxima das pessoas do outro lado do mundo. O intuito do artista hoje é alcançar o máximo de pessoas possível. Ninguém ganha dinheiro vendendo disco, esse lance gravadora já caiu por terra. Se eu quero que a galera ouça, baixe e conheça meu som, eu boto lá nas plataformas de streaming, libero no youtube, na fan page, compartilho em todos os grupos de whatsapp”, diz.

54

Revista Alvo - Edição 23


Com a internet surgiu o Sampleados. “A priori eu não iria cantar, só atuar, e no final foi tudo muito

”Vou lá e faço. Se eu quebrar a cara tudo bem, já tiro o exemplo pra não fazer besteira de novo.”

divertido. Hoje passei de atriz a roterista da webserie dirigida e idealizada pelo Leonardo Augusto, que se tornou viral com mais de um milhão de views. Ah! A segunda temporada de Sampleados já tem data marcada para junho desse ano”, Mas apesar de adorar as facilidades que a internet oferece, a artista diz que o que gosta mesmo é do calor humano, de ver as pessoas no show, de sentir o abraço, a risada, “É sempre melhor, né?”, diz. De aproximação surgiu o projeto Piña Colada ao lado da Natália Matos, Juliana Sinimbú e Camila Honda. “O pina é uma felicidade e de uma generosidade mútua. Primeiro porque fizemos o projeto com o intuito de nos divertir, trocar e somar as nossas vibes. Era um grande desafio tocarmos nossas músicas com shows autorais em casas de shows populares, na noite de Belém. Então pensamos que se somássemos nossas vozes seria mais fortes e deu super certo. Acho que por sermos amigas na vida e na música tudo flui muito tranquilamente”.

Medo Sobre temores, Nanna diz que aprendeu a não ter medo. “Vou lá e faço. Se eu quebrar a cara tudo bem, já tiro o exemplo pra não fazer besteira de novo, me ligar no movimento. Geralmente enfrento as coisas, me visto de Batman, finjo um peito de aço e vou. Qualquer coisa tem um colo de mãe se der errado. Choro, limpo o olho e começo tudo de novo”, afirma. E sobre a vida, a artista acredita na retibuição, no dar e receber proporcionalmente. A”credito que tudo que a gente planta a gente colhe. E isso tem muito mais forca se tu faz o bem. Vou continuar cantando no chuveiro ou no palco do Teatro da Paz, ou sei lá aonde a música me levar. E vou cantar da mesma forma para duas pessoas ou pra 20 mil. Ponho amor em tudo que faço, porque é isso que me move e o bom de fazer o que tu amas, além de ser feliz é que dá pra pagar as contas (risos)”, finaliza.

Acessce o vídeo desta entrevista:

Revista Alvo - Edição 23

55


informe

BI

wellness

FI T N ES S C EN T ER

56

Revista Alvo - Edição 23


PNEUS CENTRO AUTOMOTIVO

SAM PNEUS MULTIMARCAS

TÉCNIC REFRIGERAÇÃO

Revista Alvo - Edição 23

57


evento

esporte no greenville A Administracão

do

condomínio

Greenville I realizou evento para comemorar as reformas nas quadras de futebol society e de tênis. A valorização da prática esportiva é uma das marcas da atual administração que não mede esforços para a qualidade de vida dos seus moradores. Na ocasião a concessionária Tropical Nissan realizou uma ação de marketing e apresentou, pela primeira vez , o Kicks – SUV que se destaca pela tecnologia e inovação.

Acessce o vídeo do evento:

58

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

59


gastronomia por Adriana Pereira fotos: Tássia Barros

A gastronomia premiada pela Unesco da mesa do Ver-o-Peso à Estação das Docas 60

Revista Alvo - Edição 23


B

“As comidas mais pedidas na minha barraca elém de muitos sabores: do tacacá, são o peixe frito, o pirarucu no molho do cupuaçu, bacuri, maniçoba, pato no tucupi e camarão, pirarucu frito e a pescada”, revela peixe frito com açaí. Como não se apaixonar a cozinheira. “Costumamos pelo vasto sabor marajoara? vender mais para quem Nos pontos turísticos da vem de fora do que para capital, os pratos são servidos os próprios moradores da aos turistas e moradores da capital”, completou. cidade morena, tanto faz se A advogada Vera Rodrigues, nas barracas do Ver-o-Peso de 37 anos, contou que, ou em restaurantes mais pelo menos duas vezes por luxuosos. Alguns clientes semana, vai ao mercado para chegam a rejeitar o peculiar almoçar acompanhada de paladar paraense enquanto amigas. No cardápio, o peixe outros não vivem sem. frito reveza com o pirarucu e O pedido de um tacacá o açaí é peça indispensável à bem quente em uma tarde mesa. “Sou uma apaixonada ensolarada, ou mesmo de pelas comidas da terra. O uma tigela de açaí com peixe e o açaí, então, são farinha de tapioca antes de meus favoritos. Não vivo retornar para o trabalho pode sem”, confessou. soar estranho, mas para um “Nossa comida representa típico paraense o estranho é ”Nossa comida representa muito muito para o nosso Estado”, tomar o tacacá sem a goma para o nosso Estado. Quando ponderou a cozinheira ou camarão e o açaí com recebo turistas, eles dizem Osvaldina. “Quando recebo granola e pó de guaraná. turistas, eles dizem que nas No mercado do Ver-o- que nas outras regiões “não outras regiões não há peixes Peso, considerado como a há peixes como os daqui. Os como os daqui. Os nossos são maior feira livre da América nossos são únicos e muito mais únicos e muito mais saborosos”, Latina, os cozinheiros são saborosos.” referências quando se fala completou, toda orgulhosa. em pratos típicos com preço Osvaldina da Silva Ferreira Barraqueira do Mercado do Ver-o-peso popular. Sem gourmetizar, “apenas com o tempero regional”, como O reconhecimento da gastronomia em ressalta dona Osvaldina da Silva Ferreira, de Belém não ficou, apenas, com os turistas. 66 anos, o cardápio apresenta as comidas Em dezembro de 2015, a capital paraense foi originais da região. premiada como a cidade membro da Rede

Unesco

Revista Alvo - Edição 23

61


gastronomia

de Cidades Criativas da Unesco, órgão da

paraense e foi, até os últimos momentos de

Organização das Nações Unidas (ONU). A

vida, a grande influência da filha em produções

confirmação da escolha foi feita em Paris,

típicas de sua terra natal. Os ensinamentos

onde fica a sede da Unesco, e anunciada

ganharam força a partir dos cursos realizados

pelo prefeito Zenaldo Coutinho. A candidatura

na Escola de Gastronomia de Aires Scavone,

havia sido lançada pela Prefeitura de Belém.

em Porto Alegre e na Escola de Arte Culinária

Além de Belém, outras 47 cidades de 33

“As técnicas para cozinhar não mudam, e

Cidades Criativas da Unesco. São escolhidas

sim, se aprimoram, para serem colocadas em

cidades que se tornam símbolo pelo mundo

novas descobertas. E não tem coisa maior

em

e

que a gastronomia da Amazônia para ser

arte popular, design, cinema, gastronomia,

descoberta ou redescoberta”, pontuou a chefe.

literatura, artes de mídia e música. Além de

Graças ao prestígio e talento reconhecido

Belém, com a gastronomia, apenas mais duas

por outras regiões do Brasil, Daniela consegue

cidades do Brasil aparecem na lista: Salvador

divulgar e incrementar ainda mais as delícias

(BA), no campo criativo da música, e Santos

da culinária de influência indígena. “Não

(SP), no campo criativo do cinema.

importa se o prato for oferecido em uma das

sete

campos

criativos:

artesanato

“Quando falamos em Belém ganhar um

barracas do Ver-o-Peso ou na mesa de um

prêmio, ou seja, uma certificação no setor da

luxuoso restaurante, o sabor singular dos

gastronomia, isso me faz acreditar que tudo

ingredientes de nossa terra são saboreados

que meu pai fez, valeu a pena”. A afirmação é

da mesma maneira”, completou Daniela, que

de Daniela Martins.

é também chefe de cozinha do restaurante Lá

A

chefe

de

cozinha

referência

gastronômica

Seu

Paulo

pai,

teve

Martins,

uma

dentro é

de

grande

Revista Alvo - Edição 23

Em Casa, situado na Estação das Docas.

casa.

reconhecido

nacionalmente como o embaixador da cozinha

62

Laurent, situada em São Paulo.

países integram os novos membros da Rede de

Rede Cidades Criativas da Unesco Lançada em 2004, a Rede Cidades Criativas


da Unesco agora compreende 116 cidades em todo o mundo. O objetivo é promover a cooperação

internacional

entre

as

cidades,

empenhadas em investir em criatividade como motor de desenvolvimento urbano sustentável, além da valorização da inclusão social e a vitalidade cultural.

”As técnicas para cozinhar não mudam, e sim, se aprimoram, para serem colocadas em novas descobertas. E não tem coisa maior que a gastronomia da Amazônia para ser descoberta ou redescoberta.” Daniela Martins - Chefe de cozinha e dona do Lá em Casa A inclusão de Belém na lista da Unesco atrai ainda mais a atenção internacional para o Estado. A chegada de novos turistas, especialmente estrangeiros, ganhou reforço em 2014, quando se consolidaram os voos internacionais de Belém a Miami (EUA), por meio da TAM, e Lisboa (Portugal), pela TAP. De fato, há mais turistas interessados pelo Pará e pela nossa culinária. É só olhar para o lado no Mercado do Ver-o-Peso e perceber o quanto há pessoas de partes variadas do mundo. Mostramos assim, que valorizar nossas raízes, nossos temperos e sabores é o que nos torna um dos destaques da gastronomia mundial. Mas isso, a dona Osvaldina, lá do Ver-o-peso, sabia antes mesmo da Unesco ter reconhecido a criatividade da nossa cidade.

Revista Alvo - Edição 23

63


lado b

apoena augusto

Administrador de empresas

Leitinho Encontrar uma embalagem dessas no supermercado leva inevitavelmente à reflexão sobre o tipo de leite no qual o(a) designer estava pensando no momento em que criou a arte. E, claro, quanto tempo durou na profissão.

Reciclagem Daí o leitor ganhou um delicioso chocolate no Natal. Para amenizar o peso na consciência de toda tranqueira enviada ao pobre e ao sobrecarregado estômago durante o período festivo, ele resolveu deixar a iguaria hipercalórica e altamente prazerosa cuidadosamente guardada da vista dos olhos adiposos alheios para consumir depois, sentado ao sofá, coçando a frieira. Na hora de abrir, se percebe que os mutantes do X-Man ficariam orgulhosos da descoberta.

Veja bem Da série “nomes de produtos que você não pode usar em qualquer lugar do mundo”. Se bem que a embalagem é até convidativa.

64

Revista Alvo - Edição 23

Por falar em embalagem Pensei muito sobre o texto para a foto desta embalagem, mas a única coisa que me veio à cabeça foram aquelas histórias sobre como se perde a virgindade nas cidades do interior. A diferença é que, naqueles casos, a “princesa” é o burrico.

Dieta Anticrise Preste atenção nessa peça publicitária! Aqui é possível ver a aplicação direta do que se aprende na universidade naquela aula onde o professor fala sobre “anúncio de oportunidade”. Empurre para o canto do prato os acentos engolidos e o layout displicente e mastigue com vontade a inteligência e o sarcasmo de quem sabe brincar com o momento delicado da economia nacional cambaleante. Vou ligar não pela pizza com pastel e refrigerante, mas para pedir o currículo dele.

Me vê duas Depois de algumas noites sem dormir, horas e horas de um choro estridente interminável, vômitos e algumas birras no supermercado, não admira que você até se identifique com essa placa.


*

Revista Alvo - Edição 23

65


66

Revista Alvo - Edição 23


Revista Alvo - Edição 23

67


U M A R EG I ÃO C O M M A I S D E 7 0 0 M I L P E S S OA S . O U M E L H O R , PAC I E N T E S . A Síntese, a Living e a Cyrela apresentam o Next Medical, um empreendimento inédito na BR-316. Junto com o Porto Dias Diagnóstico Por Imagem e Laboratório Amaral Costa, é o único complexo de saúde da região. Localizado ao lado do Castanheira Shopping, em uma região onde vivem mais de 700 mil pessoas, o Next Medical tem tudo para ser o novo endereço do seu consultório ou da sua empresa. Agende uma visita.

O PRIMEIRO COMPLEXO DE SAÚDE DA BR-316

B R 3 1 6 - AO L A D O D O S H O P P I N G C A STA N H E I R A

meuliving.com.br 68

| 3245-0025

Next - Living Tupiza Empreendimentos Imobiliários LTDA. CNPJ: 10.336.270/0001-21. Memorial de incorporação do empreendimento registrado sob o R-1 da matricula 26.186 – Registrado no cartório de 1º oficio de Registro de Imóveis e Notas Faria Neto, da comarca de Ananindeua – Estado do Pará, em 20/10/2011. As torres não são exclusivas para médicos e podem ser comercializadas para outros profissionais.

Revista Alvo - Edição 23

Revista ALVO - ed 23  

Nesta edição trouxemos a matéria de capa "Preservando a fonte da vida". Apesar de vivermos rodeados por enormes rios e lagos, e termos a ide...