Page 1

Nยบ especial Oferta Forma va

1


Oferta Formativa 3º Ciclo O Agrupamento de Escolas de

Estamos atentos às necessidades das

Temos sala de estudo, atividades

Esgueira orienta a sua oferta

famílias, pelo que, com outros

de preparação para exames, duas

educativa para a prestação de um

parceiros da comunidade, construímos

excelentes bibliotecas.

serviço educativo de qualidade,

soluções para atividades de apoio à

numa lógica vertical.

família antes e depois da componente

Qual a vantagem? Tens um projeto educativo coerente durante toda a escolaridade de 18 anos. Conquistas

curricular e de enriquecimento

nome,

Jaime Magalhães Lima, procuramos

facilidades,

com relvado sintético…

das atividades letivas. Na Escola Básica e Secundária Dr.

tuas

excelência: dois pavilhões, campo

curricular, bem como nas interrupções

o direito a seres conhecido pelo nas

Temos espaços desportivos de

dificuldades e competências o que te

uma organização pedagógica

trará ganhos para o sucesso do teu

orientada para os sucesso desde o 2º

percurso.!

ciclo ao ensino secundário.

Nós investimos em ti! Investe também A Diretora, Helena Libório

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

2


Prémios Obtidos em 2014 e 2015 ⇒

lugar

para

a

ideia

empreendedora “Biscapp” ⇒

Prémio de Participação na XI Pinho 3º

no

Concurso

distrital

no

SupertMatik

Cálculo Mental

lugar

da

2º lugar do 5º ano no SupertMatik

(entre

concorrentes) Campeonato

4160

no

Nacional

lugardo

Concurso

III no

Iniciados de Xadrez - Fase

Local

ano

SupertMatik

no

2º lugar no Concurso Mat12

1º lugar no Campeonato Ouri -Matemática

de Bronze nas

Olimpíadas

de

Infantis

lugar

no

de

Basquetebol

Feminino ⇒

3º Lugar no Campeonato de

2º lugar no Campeonato Ouri

Infantis

-Matemática

Masculino

3º lugar no Campeonato Ouri

de

Futsal

Concurso

1º lugar na Prova de BTT

2º Lugar no Campeonato de Infantis de Basquetebol

-Matemática

Vice Campeã do SupertMatik de Física

1º Lugar no Campeonato de

Química

Júnior ⇒

Basquetebol

Masculinos - Fase Local ⇒

1º lugar no SuperTmatik de

Medalha

de

Cálculo Mental

Física ⇒

3º Lugar no Campeonato de Infantis

SuperTmatik de Astronomia ⇒

3º lugar no Campeonato de

Cálculo Mental ⇒

Lugar

1º lugar regional na Prova de Xadrez

Química 5º

SupertMatik

⇒ ⇒

Concurso

Olimpíadas

1º lugar do 5º ano no

programação

Concurso

2º lugar do 6º ano no

Concurso

participantes)

lugar

5º Lugar no concurso de TECLA

Concurso

Cálculo Mental ⇒

Informática - (300 equipas

Concurso

Spelling Bee, - Inglês, a nível

no

Canguru Matemático ⇒

lugar

lugar

Canguru Matemático

Edição do Prémio Ilídio

2º Lugar no Campeonato de

em Águeda, na categoria de

Juvenis

Iniciados

EAE

de

Basquetebol

Canguru Matemático ⇒

1º lugar local na Prova de

3º Lugar no Campeonato de Infantis

Xadrez

de

Basquetebol

Masculinos - Fase Local ⇒

lugar das Escolíadas

(competição artística entre escolas) Jornal das 6 - nº especial

nº 9

3


Pré-Escolar e 1º Ciclo Educação Pré-Escolar Além da componente educativa, a educação préescolar oferece: Atividades de Animação e Apoio às Família (AAAF); Serviço de Almoço.

Consideram-se AAAF as que se destinam a assegurar o acompanhamento das crianças da educação pré-escolar antes e ou depois do período de actividades educativas e durante as interrupções destas actividades. As AAAF são de frequência facultativa e são comparticipadas pelas famílias.

1ºCiclo do Ensino Básico Além da componente lectiva, o 1º ciclo oferece: Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC); Serviço de almoço; Componente de Apoio à Família (CAF)

Consideram-se AEC no 1º ciclo as actividades educativas e formativas que funcionam no horário das 16:30 às 17:30. As AEC são de frequência gratuita, sendo a inscrição facultativa. Considera-se CAF o conjunto de actividades destinadas assegurar o acompanhamento dos alunos do 1º ciclo antes da componente curricular e depois das AEC , bem como durante o período das interrupções letivas. A CAF é de inscrição e frequência facultativa e é comparticipada pelas famílias.

Educadora Evangelina Martins

2º Ciclo A Escola Pública para todos O 2º ciclo de ensino básico é uma parte do percurso educativo e formativo das crianças e jovens. Reúne a componente do currículo nacional definido pelo Ministério de Educação: Componente teórica Português, Inglês História e Geografia de Portugal, Matemática, Ciências Naturais, e Componente teórico-prática Educação Visual, Educação Tecnológica, Educação Musical e Educação Física e abrange ainda a componente de formação pessoal e social: Oferta Complementar Educação para a Cidadania e Educação Moral Religiosa.

Por outro lado, esta escola não esquece os desafios ou atividades de que todas as crianças gostam, assim, oferece atividades extra curriculares tais como Desporto Escolar, Jogos Matemáticos, Concursos Literários e Poesia, Concursos Musicais ou Clube Eco-Escolas.

O grande desafio do 2º ciclo é criar o gosto pelo saber, ajudar as crianças a ampliar a sua formação de um modo natural e contínuo, possibilitando-lhes explorar as suas capacidades, orientando-as para a concretização dos seus objetivos e aspirações que lhes permitam ser felizes.

O Agrupamento de Escolas de Esgueira desenvolve um ensino interligado entre ciclos, onde os alunos se tornam pessoas cientificamente informadas e competentes; capazes de pensar e de agir de forma autónoma, livre e criativa, competências necessárias à qualidade da vida pessoal e social dos cidadãos. Professora Leonor Pereira

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

4


Disciplinas de Opção no 3º Ciclo Música Artes Cabe à disciplina a exploração das potencialidades expressivas dos materiais articulando-os com as técnicas e utensílios específicos à sua manipulação e transformação em produto expressivo/artístico.

Desde tempos imemoriais, a música foi sempre um elemento importante da experiência humana. Mas é tremendamente gratificante saber que a música encontrou, finalmente e de pleno direito, o seu lugar essencial na sociedade – não meramente como forma de entretenimento ou execução artística mas como nutriente fundamental para o bem estar físico, desenvolvimento mental, libertação de stress ou expressão emocional. D o n

C a m p b e l l

( 2 0 0 1 )

Os conteúdos são uma base de trabalho, assumidos como assunto aberto, articulável com as necessidades específicas dos alunos, a partir dos quais e em função da planificação de cada turma, os professores consideram

as

abordagens

que

ao

momento

aconselhem como necessárias. Professora Lurdes Gamelas

Efetivamente, a Música integra-se na Educação Estética e Artística a que todo o cidadão deve ter acesso. Ela constitui uma parte essencial de um currículo equilibrado e aparece na Educação com objetivos próprios e inconfundíveis. A disciplina de Música no 3.º ciclo do Ensino Básico (opção), no contexto da formação artística, tem como objetivo principal contribuir para uma formação integral dos alunos promovendo a construção de competências artísticas, sociais e culturais. Consciencializando os jovens para o aspeto estético, artístico e científico da Música, esta disciplina oferece uma gestão curricular adaptada às necessidades dos alunos, contemplando as dimensões humana, social, cultural e tecnológica. Consequentemente, as atividades desenvolvidas abordam práticas diferenciadas em torno de um repertório promotor da literacia musical dos alunos e devidamente adequado a contextos diferenciados e multiculturais.

“Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver.” Bertolt Brecht

Professora Áurea Carvalho

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

5


Disciplinas de Opção no 3º Ciclo Teatro

Dança

Fazer teatro ou não, eis a questão… A disciplina de Oficina de Teatro funciona na escola Jaime Magalhães Lima há cerca de catorze anos. A abertura desta opção foi pensada para permitir aos alunos o exercício da liberdade criativa. Pretende-se que os nossos alunos desenvolvam as capacidades expressivas da voz e do corpo, da dicção, da interpretação, que criem e/ou recriem novos espaços.

Dançar é por definição a arte de mover o corpo de modo cadenciado ao sabor do som, do compasso da música, do silêncio e das emoções. Dançar

é

uma

tradição nesta escola que vive momentos de verdadeira

emoção

onde a magia, a cor e a alegria do movimento Nesta disciplina, sob a orientação do professo, os

arrancam

alunos planificam as atividades a desenvolver,

balanços e sorrisos a

estabelecendo as estratégias para resolver problemas;

quem passa!

ritmos,

produzem trabalhos originais e criativos a partir da informação recolhida; desenvolvem as ideias dos

DESAFIA-TE!!! Deixa-te envolver nas malhas

outros colegas; escrevem e representam pequenos

destas vivências!!

guiões; realizam e produzem projetos.

SÊ parte da tradição da escola!!

Ao longo destes anos, os alunos têm sido convidados

Vem e Dança connosco!!

a participar em projetos como: “Corrida ao palco” “Festival de Arte dramática”, Escolíadas. As idas ao teatro, que se realizam sempre que possível em conjunto com outras disciplinas, realizam-se com alguma frequência.

Professora Conceição Limas

Professoras Paula Albuquerque e Alcina Silva

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

6


Apoios ao Estudo Educação Especial O Agrupamento de Escolas de Esgueira, formado por uma Equipa de 12 docentes de Educação Especial, todos especializados e com formações de base diversificadas, apoia 114 alunos os com NEECP desde o pré-escolar até ao 12º ano. Temos parcerias com o Centro de Saúde de Aveiro e com o CRI/CERCIAV para despiste, avaliação e encaminhamento de crianças com NEECP. Realizamos intervenção em Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Psicomotricidade, Psicologia e acompanhamento de alunos em PIT (Programas Individuais de Transição para a vida adulta). Temos uma parceria com o SCA (Sporting Clube de Aveiro) para a promoção e desenvolvimento da natação adaptada da qual têm aparecido alguns campeões nacionais já com honrosas participações internacionais. Atuamos numa linha de intervenção inclusiva desenvolvendo e adequando estratégias que visam a inclusão educativa e social, o acesso e o sucesso educativo, a autonomia, a estabi-lidade emocional, assim como a promoção da igualdade de oportunidades, a preparação para o prosseguimento de estudos ou para uma adequada preparação para a vida profissional e para uma transição da escola para o emprego de crianças e jovens com necessidades educativas especiais de carácter permanente. O nosso grupo alvo são os alunos com limitações significativas ao nível da actividade e da participação num ou vários domínios de vida, decorrentes de alterações funcionais e estruturais, de carácter permanente, resultando em dificuldades continuadas ao nível da comunicação, da aprendizagem, da mobilidade, da autonomia, do relacionamento interpessoal e da participação social. Não esquecemos, neste âmbito, os alunos com dislexias, associadas ou não, com défice de atenção e hiperatividade. Somos, ainda, uma escola de referência, com Unidades de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Perturbações do Espectro do Autismo no âmbito do concelho de Aveiro e concelhos limítrofes Professor Carlos Silva

Preparação para Exames Preparar para um exame é uma das tarefas que se faz ao longo do tempo), mas no final do ano letivo estas sessões assumem um papel importante. Por ser aposta desta escola, e de professores, podem ser uma mais-valia para os alunos que as frequentam. Apresentam-se, a seguir, alguns dos objetivos subjacentes às aulas de preparação para exame: •

Tirar partido da motivação (intrínseca ou extrínseca) do aluno, que pretende ser bemsucedido. Assim, aumentam os índices de atenção e de rendimento durante as sessões;

Ajudar o aluno a avaliar as suas aprendizagens e a tomar consciência da necessidade de elaborar um calendário de estudo para aprofundar/rever conceitos através de estudo autónomo;

Proporcionar espaços privilegiados para o esclarecimento de dúvidas, apresentadas por alunos, com grau de complexidade mais elevado, que servem de mote para: a-treinar técnicas de leitura cuidada e concentrada da informação do item; b- retirar informação/dados relevantes e a organizálos; c-estabelecer possíveis ligações/relações entre conceitos; d-fazer uma revisão contextualizada de temas/ conceitos/assuntos passíveis de sair em exame. Nada há de mais prático que saber bem as teorias!; e-equacionar possíveis questões acerca do enunciado e diferentes estratégias/caminhos de organização da resposta ou de resolução de problemas (imaginar possíveis questões que se poderiam fazer a partir da mesma informação); f- privilegiar a qualidade em vez da quantidade; g- recordar critérios de correção e a importância de evidenciarem os tópicos importantes e explicitação de raciocínios; h- reforçar a memória de curto prazo, dada a proximidade do exame; i- aumentar os índices de confiança e autoestima fundamentais para superar medos e situações de stress.

É certamente a vontade de proporcionar condições para o sucesso pessoal e escolar dos nossos alunos que nos faz acreditar e investir, também, na preparação para os exames. Professor José Lopes

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

7


Apoios ao Estudo Serviços de Psicologia e Orientação Escolar

Bibliotecas

Sala de Estudo A sala de estudo é um espaço na escola, no qual se pretende que os

Orientação

Escolar

e

Profissional 9º Ano A

Orientação

de

Escolar

e

Profissional (OEP) com o 9ºano A Biblioteca Escolar (BE) é, há vários anos,

reconhecida

como

um

instrumento fundamental para o sucesso escolar e educativo dos alunos.

enriquecedora,

e

desenvolvendo

hábitos de trabalho autónomo ou

apoiar os alunos na tomada de decisão após o 9º ano.

alunos

Profissional 12º Ano

a

construtiva

ao 3ºperíodo, com o objetivo de

Orientação

para

forma

de escolaridade decorre do 1º até

“A biblioteca escolar desenvolve nos competências

alunos aproveitem os tempos livres

Escolar

e

aprendizagem ao longo da vida e

O objetivo deste programa de

em

estimula a imaginação, permitindo-

orientação

supervisão

lhes

cidadãos

esclarecer e informar os alunos

professores que orientam e apoiam

responsáveis” (IFLA/UNESCO). A

relativamente à candidatura ao

os alunos, não só ao nível das

sua ação está interligada com

ensino superior, bem como ajudá

técnicas e métodos de estudo, mas e

atividades do Agrupamento e com as

-los na tomada de decisão pós

sobretudo, no esclarecimento de

linhas orientadoras do Projeto

12º ano.

dúvidas pontuais na sua área

tornarem-se

escolar

é

o

de

grupo..

Funciona de

um

com ou

a

mais

Educativo.

disciplinar.

O nosso Agrupamento possui 3

controlam também a presença e

Bibliotecas (BE de Esgueira, BE Aires

comportamento

Barbosa e BE Jaime Magalhães Lima)

registando o sumário das atividades

integradas na Rede de Bibliotecas

desenvolvidas.

Escolares

aluno

e na Rede Concelhia das

que

Est es dos

Assim

o

docentes alunos, qualquer

pretenda

pode

frequentá-la, consultando para isso

Bibliotecas de Aveiro.

Professora Bibliotecária, Brígida Varanda

A c o m p a n h a m en to

o horário de funcionamento que se

Psicológico/Avaliação

encontra afixado na porta e é

Psicológica

divulgado

É realizado desde o 1ºano até 12º

Turma, de forma a encontrar um

anos de escolaridade, de modo a

espaço agradável, sossegado e com

contribuir para a solução de

supervisão específica, onde pode

problemas, tanto ao nível do

trabalhar de forma autónoma ou

processo

orientada, consultando todo o

como

ensino-aprendizagem, ao

nível

do

seu

autoconceito. Psicóloga Paula Sousa

pelos

Diretores

de

material didático ao seu dispor o que enriquecerá e facilitará o seu processo

de

aprendizagem.

Professora Ana Caetano Jornal das 6 - nº especial

nº 9

8


Curso Secundário Regular Línguas e Humanidades “Gosto

de

estar

nesta

escola

pelos

professores, pela qualidade das aulas, pelo ambiente tranquilo e pelos meus colegas e atvidades diversas com eles.” Tomás Ferreira, 10º ano de

Línguas

e

Humanidades

Socioeconómicas "No 10° ano, a disciplina de economia é basicamente teórica, mas interessante para quem a seguir de início. Responde-nos a questões para as quais nunca obtivemos resposta, e curioso é que passamos a entender mais das notícias sobre economia. Ganhamos também um espírito de poupança, a guardar mais para nós e a aprender a gastar o dinheiro em coisas úteis, pois temos a visão de como se encontra o nosso país e os motivos que o Ciências e Tecnologias

levaram a esta situação. Juntamente com a disciplina de História (B), é fácil relacionar os

"O que mais me agradou no curso de ciências e tecnologias na Jaime Magalhães Lima, foi a maneira como as coisas se foram simplificando ao longo dos três anos, não apenas nas várias disciplinas, mas também na interação com aqueles que nos rodeiam. "

erros do passado com o estado em que se encontra o nosso país hoje, pois tudo traz consequências. Ganhamos assim uma visão muito mais alargada sobre a vida política e económica do nosso país e do mundo. É um curso excelente para quem

Débora Soraia Correia , 12º ano , Ciências e Tecnologias

gosta de ciências sociais e temas relacionados."

Mariana Santos, 10º ano de Ciências Socioeconómicas

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

9


Curso Secundário Regular Línguas e Humanidades

Ciências Scioeconómicas

Ciências e Tecnologias

Línguas e Humanidades? Why not?

É um curso que prepara em

Na E. B.S. Dr. Jaime Magalhães

profundidade

Lima privilegia-se o estudo da

os

alunos

na interpretação dos pensamentos,

Matemática

dos comportamentos e interações

Experimentais. Estimula-se assim

dos homens, dos grupos e das

o

sociedades.

c o m p r e e nd e r

A atuação dos alunos, futuros profissionais,

nesses

campos

sustenta-se nas línguas e nas disciplinas que permitem a sua Num mundo tão global como o de

análise e compreensão como a

hoje, é fundamental conhecer várias

história, a geografia, a filosofia, a

línguas.

psicologia ou a sociologia.

As

empresas

estão

e

pensamento, o

Ciências ajudando

a

m un d o

e

desenvolvendo o raciocínio. O estudo destas matérias estimula a criatividade, incentivando o prazer da descoberta e permitindo o desenvolvimento de competências muito importantes no futuro dos cidadãos.

As

instalações

laboratoriais de Ciências Naturais,

representadas em vários países e precisam de funcionários que saibam

É, assim, um curso que incorpora

línguas estrangeiras.

ferramentas intelectuais capazes de tornar o aluno apto a projetar o seu

O curso de Línguas e Humanidades

futuro como advogado, fiscalista,

oferece a possibilidade de estudar

cientista social, político, assistente

línguas estrangeiras importantes

social, psicólogo, gestor de recursos

como o Inglês, Francês ou Espanhol,

humanos, sociólogo, criminologista,

e fornece uma formação cultural

ant ropólogo,

abrangente, no âmbito da História,

jornalista, publicitário, comercial,

de Física e Química, Informática e

Geografia, Matemática Aplicada às

gestor de marketing, comunicador

o

Ciências Sociais, no 10º e 11º anos, e

social, animador social ou cultural,

Matemática, permitem a realização

Sociologia, Antropologia, Psicologia

professor, entre muitas outras

de todas as atividades laboratoriais

ou Aplicações de Informática, no 12º

profissões.

propostas nos currículos, bem

juiz,

tradutor, material

disponível

em

como, de muitas outras adicionais

ano. Este curso oferece várias saídas profissionais para cursos superiores

As visitas de estudo, a possibilidade

e muitas vezes divertidas. Os

de Línguas e /ou de Relações

de participar em atividades como o

alunos podem também preparar-se

Empresariais, cursos da área de

Parlamento de jovens, em palestras,

para participar em competições

Gestão, e todos aqueles que peçam

em mesas redondas com temas

regionais e nacionais, tais como as

como

o

pertinentes e atuais, são uma forma

diferentes

Português, a História ou Geografia,

da escola promover dinâmicas de

SuperTmatik e outras. É bom

ou MACS. Escolha bem! Aposte

formação

estudar nesta escola!

num futuro global!

des env olvim ent o

prova

de

ingresso

que

consistente Professora Natália Ferreira

permitem

o

int egr al

e

dos

a l u n o s.

Olimpíadas,

Professora Celeste Caetano

Professor Isaque Tomé Jornal das 6 - nº especial

nº 9

10


Cursos Profissionais “Sempre desejei poder trabalhar na área do desporto, e através do curso profissional de técnico de apoio à gestão desportiva aprendi a ver o desporto de maneira diferente. O curso superou as minhas expectativas, tive bons

professores

e

a

oportunidade

de

realizar

experiências fantásticas como apoiar a organização da Meia-Maratona de Lisboa. Neste momento sinto-me mais preparado em relação a alunos de outros cursos para ingressar no ensino superior nesta área. O curso é bastante trabalhoso, mas se tu vives para o desporto, este curso é o mais indicado para ti”.

O Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva potencia a qualificação inicial dos alunos, privilegiando a sua inserção no mundo do trabalho, com uma Certificação de Qualificação Profissional de Nível IV (técnico altamente qualificado) , ao mesmo tempo que viabiliza o prosseguimento de estudos. Inserido numa envolvente pluridisciplinar desportiva, o perfil final dos alunos é amplamente elogiado e requisitado pelas Autarquias, Associações Desportivas, Clubes, Ginásios e Organizações Desportivas da Região, colaborando na gestão e manutenção de instalações e de equipamentos desportivos e participando na conceção, desenvolvimento e avaliação de programas e eventos desportivos. O Agrupamento de Escolas de Esgueira, dispõe de instalações desportivas ecléticas e pedagogicamente orientadas para a prática e para a lecionação deste Curso, nomeadamente: 2 pavilhões, campo relvado sintético, pista de atletismo com 2 caixas de saltos, vários espaços exteriores

para

a

prática

de

modalidades

como

Basquetebol, Andebol, Voleibol e Futsal, sala de Ginástica, utilização da piscina do Sporting Clube de Aveiro. Professor António Barata Jornal das 6 - nº especial

nº 9

11


Cursos Profissionais O curso Profissional Técnico de Multimédia tem como principal objetivo preparar jovens profissionais com competências técnicas na área da conceção e desenvolvimento de produtos multimédia interativos. Após a finalização deste curso, os seus participantes estarão aptos tecnicamente a: > Dominar as principais ferramentas de criação e tratamento de componentes multimédia; captar, digitalizar e tratar imagens, sons e texto, > Elaborar a nível conceptual a estrutura de um Web Site, > Desenvolver a programação de acesso a um servidor de informação para a Web, > Animar objetos para aplicações multimédia,

Mult im édi a

é

a

f o rma

de

comunicação com utilização de múltiplos meios: sons, imagens, textos, vídeos e animações. Trata-se de uma área de estudo emergente, na nossa sociedade de comunicação

e

Agrupamento

de

Esgueira,

daí

que

o

Escolas

de

acompanhando

as

tendências socioculturais, tenha apostado na abertura deste curso, que iniciará a sua vigência no próximo ano letivo de 2015-2016.

Professora Isabel Branco

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

12


Cursos Profissionais

“Por vezes os cursos profissionais são entendidos de uma perspectiva diferente da realidade. Algumas pessoas preferem não optar por esta via de ensino porque pensam que quem os frequenta tem dificuldades a nível de estudos e que no futuro não será a melhor via a seguir mas, no entanto, não é bem assim. São cursos certificados de nível IV, que nos preparam para o mercado de trabalho integrando 2 experiências de estágio, uma no 11º ano e outra no 12º ano. Existe uma grande variedade de cursos profissionais, que têm como

objetivo

integrar-nos

numa

determinada

área

preparando- nos assim com mais entendimento para um encargo profissional. Outra vantagem, é que os cursos profissionais não impedem “Escolhi um curso profissional por várias razões, mas há uma que se destaca mais, é o facto de ser mais vantajoso a nível profissional (emprego), do que estar no ensino regular

de maneira alguma que as pessoas não prossigam estudo no ensino superior, e para além disso têm um nível de empregabilidade elevado.

e, eu digo isto porquê?! Porque já andei no ensino regular e

Pertencemos ao Curso Profissional de Técnico de Comércio e

era mais complicado! Por isso optei pelo ensino profissional,

ao nível deste ano lectivo já adquirimos um nível de

a meu ver um Curso Profissional tem várias vantagens,

conhecimento elevado e especifico na

uma delas é estar organizado por módulos em todas as

área técnica de comércio, que nos

disciplinas, o que permite uma aprendizagem mais flexível e

permitiu criar bases sólidas o que nos

ajustada aos ritmos de aprendizagem de cada aluno. Outra

leva a termos mais motivação em

muito importante é a parte prática, ou seja, nós temos a

alcançar o sucesso e ser imagem de

oportunidade de estagiar, de ir conhecer

referência para quem representarmos

“o mundo do

trabalho”, isto é colocamos em prática tudo o que

quando

aprendemos na teoria do curso.

empresarial na formação em contexto de trabalho, já no

Andar num curso profissional é uma

integrarmos

o

Patrícia Gama

mundo

próximo ano lectivo.

emprego

Este ano tivemos uma boa experiencia ao participámos em

garantindo no mundo do trabalho, porque

actividades como por exemplo: a feira tradicional e a

a empresa onde estagiámos já fica com

divulgação do nosso curso noutras escolas. Esta experiência

uma ideia de nós, seja ela boa ou má, logo

está a ser muito enriquecedora e temos a certeza que fizemos a

quando acabarmos o curso aquela poderá

escolha certa para o nosso futuro”

“porta

aberta”

para

um

vira a ser a empresa que nos dará trabalho!” Marlene Lopes

Ana Filipa, Patrícia Gama e Ricardo Dinis Jornal das 6 - nº especial

nº 9

13


Cursos Profissionais

Olá, o meu nome é Nuno Teixeira, vim de Cacia, e sou

aluno

do

Curso

Professional Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos, na Jaime Magalhães Lima. Para mim este passo foi sem dúvida o mais importante da minha vida, ao início estava um bocado receoso de entrar no curso, mas arrisquei e hoje, sinto-me orgulhoso de mim mesmo, e sem dúvida estou satisfeitíssimo, tanto com o curso em si como com a escola e espaços verdes. Sem dúvida o apoio dos professores foi decisivo

para

conseguiram-me

dar

este

tirar

enorme

imensas

passo, dúvidas,

estimular a minha curiosidade e assim conseguiram dar-me um grande “empurrão”. Nuno Teixeira

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

14


Projetos e Atividades

Jornal das 6 - nยบ especial

nยบ 9

15


Instalações

Jornal das 6 - nº especial

nº 9

16

Jornaldas6 nº 9  
Jornaldas6 nº 9  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Esgueira nº 9

Advertisement