Page 1


Esta revista-post é uma séria de imagens inspiradoras selecionadas para compor a edição 51 da AEMEBE design . inspiração . design como forma de inpiração a todos que curtem arte e o bom design criativo


A EM EBE | 51

51 EDIÇÃO

Conheça nesta edição um pouco da história de uma das mais célebres mulheres da hirtória do cinema, Marilyn Monroe (1º julho, 1926 / 5 de agosto, 1962), a loira platinada que fascina o mundo há mais de meio século.

4

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

5


A EM EBE | 51

Marilyn Monroe, na promoção de seu filme “Love Happy”

6

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN “Nunca gostei do nome Marilyn. Frequentemente desejei que devia ter permanecido com o nome Jean Monroe. Mas suponho que agora está tarde demais para mudar.” Apesar de Marilyn ter começado a carreira em alguns pequenos filmes, a sua habilidade para a comédia, sua sensualidade e a sua presença em eventos a levaram a conquistar papéis em filmes de grande sucesso, tornando-a numa das mais populares estrelas de cinema da década de 1950/59 Ela tinha 1,67 metros de altura, 94 centímetros de busto, 61 cm de cintura e 89 cm de quadril. Apesar de sua beleza deslumbrante, suas curvas e lábios carnudos, Marilyn era mais do que um símbolo sexual da década de 50 e 60 Sua aparente vulnerabilidade e inocência, junto com sua inata sensualidade, a tornaram querida no mundo inteiro. Ao mesmo tempo que era uma menina frágil e inocente, era uma mulher dominante e irresistivelmente sedutora.

O MITO MARILYN | Edição especial

7


A EM EBE | 51

8

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

INSESQUECÍVEL REFERÊNCIA LENDÁRIA IMORTAL ETERNA ÍCONE

MITO O MITO MARILYN | Edição especial

9


A EM EBE | 51

O INÍCIO DA VIDA Marilyn Monroe, cujo nome era Norma Jean na infância. A mãe Gladys Mortenson, uma técnica de cinema, cujo marido, Edward Mortenson, abandonou a família. O pai natural de Norma pode realmente ter sido outro empregado do estúdio, C. Stanley Gifford. A doença mental de Gladys surgiu logo após o nascimento de sua filha, e ela foi internada por muito anos, ficando longe do crescimento de Marilyn (Norma). Norma Jean foi colocada em uma série lares adotivos, e uma vez em um orfanato. Aos dezesseis anos, Norma Jean escapou do sistema de adoção casando-se aos 20 anos de idade, com James Dougherty. Um ano depois, em 1943, juntou-se à Marinha Mercante dos EUA. Norma conseguiu um emprego em uma fábrica. Quando o governo chegou a tirar fotos promocionais de mulheres que trabalhavam na fábrica, a, ainda morena, morena Norma Jean soube que suas fotos ficaram muito bem, fez, então, um curso de modelagem, e começou a trabalhar em tempo parcial como modelo fotográfico.

10

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Foto: Frank Powolny, 1950.

O MITO MARILYN | Edição especial

11


A EM EBE | 51

Ainda bebĂŞ, com 5 anos de idade, bem antes de ser famosa. Foto: Hulton Archive / Getty Images

12

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

13


A EM EBE | 51

14

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O sucesso como modelo levou-a a seu sonho de se tornar uma atriz. Em 1946, ela se divorciou de Dougherty e tornou-se uma loira. Ela assinou controto de um ano, com salário de 125 dólares com a Twentieth Century-Fox em 26 de agosto de 1946. Ben Lyon, diretor de elenco, sugeriu que ela adotasse o nome Marilyn, e acrescentou o sobrenome de sua avó, Monroe. Marilyn Monroe agora atriz Marilyn Monroe interpretou um pequeno papel naquele ano, que acabou no chão da sala de corte. No ano seguinte, ela assinou outro contrato de um ano, desta vez com a Columbia. Os resultados não foram nada bem. Em 1950, Marilyn Monroe posou para full-length tiros nus, o que o fotógrafo Tom Kelley vendia para um calendário. Nesse mesmo ano, ela apareceu em um pequeno papel em The Asphalt Jungle, e embora o seu nome não foi sequer mencionado nos créditos, sua aparição gerou uma enorme quantidade de cartas de fãs.

Marilyn Monroe na foto de Earl Moran, 1948.

Mais: gosia.ca O MITO MARILYN | Edição especial

15


A EM EBE | 51

Foto: Nat Dallinger

16

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraída de: flickr.com/photos/37749111@N07/3800590078/sizes/o/in/photostream/

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

17


Foto extraĂ­das de: fanpop.com

A EM EBE | 51

18

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

19


A EM EBE | 51

Em março de 1952, Monroe enfrentou um escândalo quando uma de suas fotos nuas de sua sessão de 1949, com o fotógrafo Tom Kelley foi destaque em um calendário. A imprensa especulou sobre a identidade da modelo anônima e comentou que ela se assemelhava a Monroe. Como o estúdio discutia como lidar com o problema, Monroe sugeriu que deveria simplesmente admitir ter posado para a fotografia, mas enfatizando que havia feito isso só porque não tinha dinheiro para pagar o aluguel. Ela deu uma entrevista em que se discutia as circunstâncias que a levaram a posar para as fotografias, o resultado das fotos provocou um grau de simpatia por sua situação como uma atriz

20

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos de Tom Kelly, 1949.

O MITO MARILYN | Edição especial

21


A EM EBE | 51

SEX

APPEAL 22

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

“SÓ ME SINTO INTEIRAMENTE CONFORTÁVEL QUANDO ESTOU NUA.” Marilyn Monroe

Mesmo após anos sua morte, Marilyn já foi capa da revista masculina Playboy por algumas vezes. Na edição de Dezembro de 2012, em Portugal, a publicação trouxe fotografias inéditas. Fotos que para os anos 1950 são bem mais ousadas que algumas desta mesma revista nos anos atuais. O que aguça a curiosidade é ver a atriz emblemática de Holywood em poses sensuais, mostrando sua nudez.

O MITO MARILYN | Edição especial

23


A EM EBE | 51

“O PROBLEMA COM A CENSURA, É QUE ELES SE PREOCUPAM SE UMA GAROTA TEM PEITO. DEVIAM SE PREOCUPAR SE ELA NÃO TIVESSE.” Marilyn Monroe

24

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto: André de Dienes.

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

25


A EM EBE | 51

Foto: AndrĂŠ de Dienes, 1949

26

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

“SOU EGOÍSTA, IMPACIENTE E UM POUCO INSEGURA. COMETO ERROS, SOU UM POUCO FORA DO CONTROLE E ÀS VEZES DIFÍCIL DE LIDAR, MAS SE VOCÊ NÃO SABE LIDAR COM O MEU PIOR, ENTÃO COM CERTEZA, VOCÊ NÃO MERECE O MEU MELHOR!”

Marilyn Monroe

O MITO MARILYN | Edição especial

27


A EM EBE | 51

28

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Monroe teve três casamentos, todos os quais acabaram em divórcio. O primeiro foi com James Dougherty, o segundo com Joe DiMaggio e, finalmente, com Arthur Miller. Alega-se que ela foi casada com o escritor “Bob” Robert Slatzer. Ela é acusada de ter tido supostos casos com os irmãos John Kennedy (presidente dos Estados Unidos na época) e Robert Kennedy. Marlon Brando, em sua autobiografia, alegou que ele tinha tido um relacionamento com ela, e que eles permaneceriam amigos até a morte dela. Ela também sofreu dois abortos e uma gravidez ectópica durante seus três casamentos. Monroe se casou com James Dougherty em 19 de junho de 1942, na casa de Chester Howell, em Los Angeles. Quando ela começou a sua carreira de modelo, ele começou a perder o interesse por ela e Monroe afirmou que ele não aprovava o seu novo trabalho. Monroe, então, decidiu se divorciar de Dougherty. O casamento acabou quando ele voltou do exterior em 1946. Em The Secret Happiness of Marilyn Monroe e To Norma Jeane with Love, Jimmie, ele alegou que eles estavam apaixonados, mas os sonhos de estrelato atraiu-a para longe. Em 1953, ele escreveu uma peça chamada “Marilyn Monroe Was My Wife” para Photoplay, na qual ele afirma que ela ameaçou se matar pulando do píer de Santa Mônica, se ele a deixasse. Ela ficou furiosa após essa declaração, e explicou em 1956 durante uma entrevista, que havia tentado o suicídio durante o casamento e afirmou que se sentia presa e entediada com Dougherty, mesmo culpando o casamento de sua mãe adotiva. Em sua autobiografia, explicando a dissolução repentina de seu casamento, Monroe declarou: “Meu casamento não me deixava triste, mas também não me fazia feliz. Meu marido e eu quase não falávamos um com o outro. Isso não foi porque estava com raiva. Nós não tínhamos nada a dizer. Eu estava morrendo de tédio.”

Fotos: André de Dienes, 1949 O MITO MARILYN | Edição especial

29


A EM EBE | 51

Fotos: André de Dienes, 1949

Marilyn, em fotos de André de Dienes, mostrando toda sua desenvoltura em expressões que lembram tristeza, solidão, introspecção e morte.

30

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

31


A EM EBE | 51

32

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos: André de Dienes, 1949. O MITO MARILYN | Edição especial

33


A EM EBE | 51

Foto: AndrĂŠ de Dienes, 1949

34

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

“SE EU TIVESSE CUMPRIDO TODAS AS REGRAS, EU NUNCA TERIA CHEGADO EM QUALQUER LUGAR” Marilyn Monroe

Mais: www.ravshaniya.com

O MITO MARILYN | Edição especial

35


Foto extraĂ­das de: fanpop.com

A EM EBE | 51

36

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Então Twentieth Century-Fox fez um novo contrato - desta vez, por sete anos. Ela apareceu em All About Eve. Em 1953, ela teve seu primeiro papel, em Niagara. Em Gentlemen Prefer Blondes ela cantou e, pela primeira vez, ela tinha seu próprio camarim.

Joe Dimaggio e Marilyn Monroe.

O MITO MARILYN | Edição especial

37


A EM EBE | 51

Foto: Elliott Erwitt

38

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

THE SEVEN YEAR ITCH O Pecado Mora ao Lado

Em1955 no filme The Seven Year Itch, Marilyn aparece em um vestido branco, com a saia explodindo pelo ar que é assoprado da calçada, inclinando-se para abaixar o vestido, seu decote é visto. A fotografia foi usada para promover o filme, e tornou-se uma das imagens mais icônicas de Marilyn Monroe.

O MITO MARILYN | Edição especial

39


A EM EBE | 51

40

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Tom Ewell e Marilyn em fotos promocionais de ‘O Pecado Mora ao Lado.’ Foto: fanpop.com

O MITO MARILYN | Edição especial

41


A EM EBE | 51

O próximo filme de Marilyn Monroe, The Prince and the Showgirl, trouxe críticas mistas. Isso foi seguido por Let’s Make Love, e uma ligação romântica descontente com a co-estrela Yves Montand .

42

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraída de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

43


A EM EBE | 51

Depois de filmar The Seven Year Itch, no qual ela interpreta um protótipo “loira burra“, Marilyn Monroe decidiu trabalhar mais a sério em suas habilidades de atuação, para o ceticismo de muitos críticos. Ela quebrou o contrato filme, e se mudou para Nova York para estudar no Actors Studio com Lee Strasberg por um ano .

44

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Mais: artfucksme.com/matt-doust O MITO MARILYN | Edição especial

Foto: Philippe Halsman/Magnum

45


A EM EBE | 51

46

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

SUCESSO... E PROBLEMAS

Foto extraídas de: fanpop.com

Em 1955, ela fundou a sua própria empresa com Milton Greene, Marilyn Monroe Productions, e assinou um novo contrato com a Twentieth Century-Fox. Ela fez o filme de 1956 Bus Stop, que impressionou os críticos, mas ela começou a perder-se a insegurança, depressão, remédios e álcool. Marilyn Monroe, cuja mãe e avós maternos tinham tudo, lutou com doença mental e internação, começou a tomar pílulas para dormir para livrar-se da insônia. Ela consultou regularmente psiquiatras. Ela bebia muito e começou o hábito de chegar tarde ao trabalho, e, por vezes, não ser capaz de trabalhar em conjunto e esquecer falas e textos.

O MITO MARILYN | Edição especial

47


A EM EBE | 51

Foto: Sam Shaw.

48

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

ARTHUR MILLER Ela se casou com o dramaturgo Arthur Miller, pouco depois de Bus Stop ser lançado, e para o casamento se converteu ao judaísmo. Ela viveu em silêncio por dois anos, com seu novo marido.

O MITO MARILYN | Edição especial

49


A EM EBE | 51

50

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

51


Foto extraĂ­das de: fanpop.com

A EM EBE | 51

52

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

“UMA GAROTA SÁBIA BEIJA MAS NÃO AMA, ESCUTA MAS NÃO ACREDITA E PARTE ANTES DE SER ABANDONADA.” Marilyn Monroe

O MITO MARILYN | Edição especial

53


A EM EBE | 51

54

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

55


A EM EBE | 51

56

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

57


A EM EBE | 51

58

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

59


A EM EBE | 51

“OS HOMENS PASSAM, OS DIAMANTES FICAM.” Marilyn Monroe

60

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

DIAMONDS ARE A GIRL’S BEST FRIEND

Foto extraída de: weheartit.com O MITO MARILYN | Edição especial

61


A EM EBE | 51

“EU TAMBÉM TENHO SENTIMENTOS. AINDA SOU HUMANA. TUDO O QUE EU QURO É SER AMADA PELA PESSOA QUE EU SOU E PELO MEU TALENTO.” Marilyn Monroe

62

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Foto de: Alfred Eisenstaedt

O MITO MARILYN | Edição especial

63


Fotos de: Alfred Eisenstaedt

A EM EBE | 51

64

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

65


A EM EBE | 51

“MULHERES COMPORTADAS, RARAMENTE FAZEM HISTÓRIA.”

Foto extraídas de: fanpop.com

Marilyn Monroe

66

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

67


A EM EBE | 51

Foto extraĂ­das de: fanpop.com

Marilyn Monroe e Jane Russell (Gentlemen Prefer Blondes - Os homens preferem as louras)

68

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

69


Foto extraĂ­das de: fanpop.com

A EM EBE | 51

70

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

71


A EM EBE | 51

“SE VOCÊ CONSEGUE FAZER UMA GAROTA RIR, VOCÊ CONSEGUE FAZER ELA FAZER QUALQUER COISA” Marilyn Monroe

72

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraída de: analiseindiscreta.wordpress.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

73


A EM EBE | 51

74

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos extraídas de: analiseindiscreta.wordpress.com

Marilyn Monroe visitando as tropas que lutavam na Guerra da Coréia, em 1954.

O MITO MARILYN | Edição especial

75


A EM EBE | 51

Foto: Jock Carroll

76

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

“NÃO ME ALIMENTO DE ‘QUASES’, NÃO ME CONTENTO COM A METADE! NUNCA SEREI SUA MEIO AMIGA, OU SEU MEIO AMOR... É TUDO OU NADA.” Marilyn Monroe

O MITO MARILYN | Edição especial

77


A EM EBE | 51

78

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos: Sam Shaw, 1957.

O MITO MARILYN | Edição especial

79


A EM EBE | 51

80

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos: Milton Greene, 1955.

O MITO MARILYN | Edição especial

81


A EM EBE | 51

82

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

83


A EM EBE | 51

84

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

85


A EM EBE | 51

86

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraídas de: fanpop.com

DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

87


A EM EBE | 51

Fotos de Milton H. Green

The Misfits foi escrito para Marilyn Monroe por seu marido, Arthur Miller. Ela teve um bom desempenho no produto final, no entanto, durante a sua filmagem, ela foi muitas vezes sob a influência de álcool e pílulas, e ela chegva sempre notoriamente atrasada ao set. Marilyn foi afetada pela morte, dois meses depois que o filme foi concluído, de sua co-estrela, Clark Gable.

88

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

89


Bettmann/CORBIS/© Bettmann/CORBIS

A EM EBE | 51

No início de 1961, Marilyn Monroe e Arthur Miller se divorciaram. Durante este período, ela também estava incomodada por muitos rumores, inclusive com o Presidente, John F. Kennedy, e seu irmão, Robert F. Kennedy.

90

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Marilyn Monroe e seu cãozinho Maf. Maf foi dado de presente à Marilyn pelo cantor Frank Sinatra. Crédito: Reprodução/ London Evening Standard

Foto: Eric Skipsey

O MITO MARILYN | Edição especial

91


A EM EBE | 51

Foto: Eric Skipsey

kamilczapiga.blogspot.sg

92

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

ÚLTIMOS MESES Filmando seu próximo projeto, ironicamente intitulado Algo Got to Give, os atrasos e vícios de Marilyn levaram à sua demissão depois de um mês. Ela foi brevemente internada em um hospital mental. Ela recebeu alta para voltar para o filme, mas nunca retomou filmagens. Dois meses mais tarde, em sua casa em Los Angeles, Marilyn Monroe foi encontrada por sua empregada, morta, com um frasco vazio de pílulas para dormir ao lado de seu corpo. O legista determinou a morte como causada por uma overdose de barbitúricos, e um possível suicídio. Nenhuma evidência de crime foi apresentada ao legista. O funeral de Marilyn Monroe foi planejado por Joe DiMaggio.

O MITO MARILYN | Edição especial

93


A EM EBE | 51

94

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Fotos do fotógrafo Lawrence Schiller que trabalhou com Marilyn em diversos de seus filmes e tornando legendária estrela em seu livro “Marilyn & Me.”

O MITO MARILYN | Edição especial

95


O ÚLTIMO ENSAIO A EM EBE | 51

Crescido no Broklin, Bert Stern era filho de imigrantes judeus e logo cedo já se interessou pela arte da fotografia. Influenciado por seu pai, um simples fotógrafo de retratos, ele conseguiu seu primeiro emprego para a revista Look e entre problema com drogas e uma estadia no exército americano, Stern se tornou um fotógrafo renomado. Foi quando em 1962 ele teve a oportunidade de fotografar durante três dias, o que seria o ensaio mais famoso de sua carreira.

96

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

97


A EM EBE | 51

98

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

99


A EM EBE | 51

Marilyn Monroe havia acabado de completar seus 36 anos de idade e estava passando por um momento ruim na carreira. Muitas eram as reclamações sobre a dificuldade de se trabalhar com ela, e acreditasse que por alguns problemas pessoais ela se encontrava em depressão, o que a levou a piorar seu temperamento além do aumento na utilização de drogas.

100

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

101


A EM EBE | 51

102

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

Marilyn realizou seu último ensaio para Vogue, com mais de 2500 fotos tiradas, ela pousou para Bert Stern com modelos, desde os mais comportados até os mais provocantes, além de realizar algumas fotos nua. Stern conta em um documentário feito por Laumeister que “Foi uma experiência de uma vida, ter Marilyn Monroe em um quarto de hotel”.

O MITO MARILYN | Edição especial

103


A EM EBE | 51

104

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

105


A EM EBE | 51

106

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

107


A EM EBE | 51

108

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

109


A EM EBE | 51

110

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

111


A EM EBE | 51

112

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

113


A EM EBE | 51

114

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

115


A EM EBE | 51

116

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

117


A EM EBE | 51

118

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

119


A EM EBE | 51

120

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

121


A EM EBE | 51

122

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

123


A EM EBE | 51

124

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

125


A EM EBE | 51

Uma pequena seleção deste ensaio histórico, dessa que foi uma das mulheres mais conhecidas do mundo, e também uma das mais desejadas.

126

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

127


A EM EBE | 51

O MITO MARILYN MONROE ESTE NÃO É O FIM.

128

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

129


A EM EBE | 51

AEMEBE Design . Inspiração . Arte Revista-posts

issuu.com/aemebedesign

W aemebe

130

|

B @aemebedesign

|

h aemebedesign@ig.com.br

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


DESIGN . INSPIRAÇÃO . ARTE

O MITO MARILYN | Edição especial

131


A EM EBE | 51

Textos adaptados de: Wikipedia pt.wikipedia.org somentecoisaslegais.com.br

132

w facebook.com/aemebe | b @aemebe design


Foto extraĂ­da de: flickr.com/photos/gifake/5080133347/sizes/o/in/photostream/


T HA N K YO U Direção de arte e design: AEMEBE w aemebe b@aemebedesign

Foto de Milton H. Green

h aemebedesign@ig.com.br

51_  

Conheça, nesta edição, um pouco da história de uma das mais célebres mulheres da história do cinema, Marilyn Monroe, a loira platinada que f...

51_  

Conheça, nesta edição, um pouco da história de uma das mais célebres mulheres da história do cinema, Marilyn Monroe, a loira platinada que f...