Jornal do Concelho - novembro 2016

from AEVVR

Scroll for more

Page 1

ANO XXXIV - Nº. 409 Mês de novembro de 2016

O CONCELHO DE VILA VELHA DE RÓDÃO Publica-se na última semana de cada mês

Registo de Imprensa - Nº 108771

Mensário Regionalista Fundador: DOMINGOS ALVES DIAS

Depósito Legal Nº. 4032/84

Director JOSÉ FAIA P. CORREIA

Redacção: Avª. Almirante Reis, Nº. 256 - 1º. esqº. 1000-058 LISBOA

-

casacvvrodao@sapo.pt

-

Número Avulso: 0,80

www.ccvvrodao.no.sapo.pt

- Telem. 967 018 215

-

NIB: 003500630008193433011

34 Anos ao serviço do nosso Concelho

Jornal RECONQUISTA recebeu Prémio Nacional de Jornalismo José Faia P. Correia

O

Prémio Gazeta de Imprensa Regional 2015, com que foi distinguido o prestigiado semanário Reconquista, é atribuído anualmente pelo Clube de Jornalistas e, segundo o júri, a escolha na atribuição do mesmo teve por base “a ampla e diversificada informação sobre a realidade regional”. Como sempre tem acontecido, desde que foi criado há 32 anos, a entrega dos prémios criados pelo Club mereceu a honra do Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, ele que, recorde-se, foi director dum jornal nacional. Com a devida vénia, transcrevemos

as palavras elogiosas que, na ocasião, o Presidente da República disse ao Reconquista: “Não é fácil ter-se um jornal - como o vosso – que é um jornal muito prestigiado, de grande influência local, regional e nacional, com muita qualidade. Não se imagina o que é manter, ano após ano, um órgão de informação, nomeadamente de imprensa escrita”. Nota: É evidente que nos regozijamos com a distinção atribuída ao prestigiado Reconquista, e na pessoa do seu subdirector, José Júlio Cruz, felicitamos quantos contribuem para o engrandecimento do mesmo.

CINQUENTENÁRIO DO GAFOZ foto: Ana Cargaleiro Freitas

Entrega dos Prémios de mérito

O

Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão promoveu, no dia 26 de outubro, num Salão Nobre da Câmara Municipal, repleto, a sua cerimónia de entrega dos prémios de mérito respeitantes ao ano letivo de 2015-2016. Estiveram presentes muitos alunos, pais e encarregados de educação e outros convidados que, um ano mais, valorizaram esta iniciativa que visou reconhecer os alunos que no ano letivo transato se destacaram pelo seu

desempenho de mérito, de excelência académica e cívico, esta última uma categoria pela primeira vez foi alvo da atribuição de prémio. Os prémios foram entregues aos alunos do 1.º ao 9.º ano, num total 15 – 7 de excelência académica, 7 de mérito académico e 1 de mérito cívico – que se distinguiram pelos seus excelentes resultados escolares e pela manifestação das suas atitudes e valores de cidadania.

F

oi de facto um dia grande na Foz do Cobrão, o dia 12 de novembro, para cumprir um programa com três importantes momentos, merecendo naturalmente destaque a homenagem a essa figura incontornável de Amigo da sua terra natal pela qual lutou e liderou um grande movimento pró Foz do Cobrão, nos anos 60, que chegou aos nossos dias, empunhando a bandeira do desenvolvimento, amizade e solidariedade, linhas orientadores da associação local, o GAFOZ Grupo Amigos da Foz do Cobrão que comemora 50 anos de vida! Cont Pág. 7

Cont Pág. 6

Espanha ignora Portugal e vai prolongar Almaraz

S

em consultar Portugal, Madrid autorizou construção de novo aterro de resíduos nucleares. O Conselho de Segurança Nuclear espanhol (CSN) aprovou o pedido de construção de um novo depósito de resíduos radioativos em Almaraz. Segundo o Movimento Ibérico Antinuclear esta autorização “dá luz verde ao prolongamento da vida” da

Editorial Pág. 2

central nuclear mais próxima de Portugal. Questionado pelo Expresso, o Ministério do Ambiente diz que "a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) não tem, até ao momento, qualquer informação de que o operador da Central Nuclear de Almaraz tenha solicitado ao Governo Espanhol a extensão do período de licença de funcionamento desta central". A delegação portuguesa

que acompanha estas questões já expressou junto dos responsáveis espanhóis "a importância de que Portugal seja consultado durante um eventual processo de renovação de licença de operação da Central Nuclear Almaraz", acrescenta fonte oficial do ministério por email. fonte: jornal Expresso

Comemoração do 1º de dezembro - Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas na Av. da Liberdade, Lisboa Estará presente a Banda da Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense. 15h00 - Início do desfile e 16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores


6

O CONCELHO DE VILA VELHA DE RÓDÃO

Contin. da 1ª. Pág.

Entrega dos Prémios de mérito

A cerimónia contou com a presença dos presidentes da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal, da Presidente do Conselho Geral do Agrupamento, do Diretor e da Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação. Estiveram ainda os representantes da Juntas de Freguesia, entidades que apoiam e procuram acompanhar de perto o percurso escolar dos jovens do concelho. Nas intervenções realizadas foi dado um especial destaque ao reconhecimento do trabalho realizado por todos os premiados e ao estímulo para que esse esforço tenha continuidade al longo do seu percurso escolar. Na intervenção do professor Batista, docente convidado para dirigir umas palavras aos presentes, destacou-se a proposta de criação de uma categoria que possibilite igualmente o reconhecimento do mérito a alunos que, apesar de não conseguirem alcançar os patamares de exigência previstos no regulamento, ainda assim revelam durante o seu percurso escolar um especial esforço de superação das suas capacidades de aprendizagem. Para além dos alunos homenageados, a cerimónia foi abrilhantada por um momento musical onde alunos do Conservatório Regional de Castelo Branco interpretaram

Mérito Cívico: João Gonçalo Barateiro

Agrupamento de Escolas e o seu Jardim de infância, não descurando a tradição, celebrou mais uma vez o S. Martinho, com o Magusto Escolar, que teve lugar no passado dia 11 de novembro, no recinto desta escola. Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer como se preparam as castanhas assadas

Lopes

Testemunho de um aluno premiado

diversas peças musicais para violino. O trabalho desenvolvido e os resultados obtidos justifica, da parte do Agrupamento de Escolas, a expressão do reconhecimento a todos os premiados, aos seus professores, pessoal não docente, pais e encarregados de educação que num verdadeiro trabalho de equipa, nem sempre fácil de

desenvolver, permitem fazer da educação a nobre missão capaz de criar cidadãos ativos, competentes, responsáveis e capazes de contribuir para a construção de uma sociedade que ambicionamos seja cada vez melhor. Foram os seguintes os alunos agraciados com os prémios:

Excelência Académica: Lara Sofia Marques Tavares, Lara Sofia São Pedro Pereira, Rania Filipa Pires Apolinário – 1º ano Isaura Carrilho Vicente – 4º ano Carolina Filipa Rei Santos, Patrícia Alexandra dos Santos Afonso - 6º ano Joana Candeira Carmona Pessoa e Silva -7º ano

Magusto Escolar

O

NOVEMBRO DE 2016

na fogueira, divertimento, onde não faltaram as “enfarruscadelas”, num ambiente de convívio e partilha entre todos os alunos, educadoras e assistentes operacionais. No dia 16 foi a escola sede a realizar esta atividade comemorativa juntando todos os alunos para um lanche e um convívio onde as castanhas

foram recheadas com outros acepipes que já constituem uma longa prática no Agrupamento. A alegria das crianças do 1º ciclo e o entusiasmo da sua participação constitui a maior motivação para a realização destas atividades comemorativas.

Mérito Académico: João Pedro Lourenço Fernandes, Leonor Martins Ribeiro, Maria Fernandes Martins – 4º ano, Beatriz Isabel Semedo Ribeiro, Dinis Pinto Gonçalves, Renato Henriques Marques - 5º ano João Gonçalo Lopes Barateiro - 9º ano

Quando entrei no ensino básico, no meu primeiro ano, recebi este “prémio” sem perceber muito bem do que se tratava. A minha mãe logo me disse: - “filho, nada se consegue sem trabalho, esforço e dedicação”. Aquelas palavras ficaram na minha cabeça. Nos anos seguintes senti a responsabilidade de voltar a receber esse reconhecimento embora, muitas vezes, quando era preciso estudar sentia vontade de brincar, mas lá ia eu mais um pouquinho, afinal não custa assim tanto, pois quando estudo fico a perceber muito melhor as matérias e a gostar mais de estar nas aulas. Tenho um problema que é: sou muito irrequieto e falador e percebi desde cedo que quem me avalia também tinha esses acontecimentos em conta. Mas tento todos os dias trabalhar e melhorar, para conseguir aprender e tirar proveito futuramente e para que a Escola volte a reconhecer o meu esforço e a minha dedicação, pois é muito gratificante ser reconhecido pelo meu pequeno-grande trabalho. Renato Marques

Jogos Matemáticos

N

a passada quarta-feira, dia 9 de novembro, realizaram-se os jogos matemáticos. Os alunos tinham que formar grupos de dois, no refeitório. E assim começaram a jogar os seguintes jogos: “Produto”, “Rastro”, “Cães e gatos” e “Avanço”.

Foi uma atividade muito divertida, em que aprendemos muitos jogos novos. Estávamos acompanhados pelas professoras Carla Nunes e a Alexandra Gonçalves. Estas tardes de jogos matemáticos servem para os alunos treinarem e serem

apurados os melhores jogadores para representarem a escola na fase nacional que se realizará em Guimarães. Verónica Gonçalves 6ºA Dinis Gonçalves 6ºA