Page 1

MUDE SUA VIDA.

VERDADEIRO AMOR Como encontrá-lo Como mantê-lo

Problemas Financeiros? A solução pode estar aqui!

O “Fator Deus” à Prova Vale a pena dar?

MUDE O MUNDO.


Vol 10, Número 11, Novembro de 2009

contato pessoal Uma canção popular que me impressionou muito quando eu era adolescente parecia uma oração. Digo “parecia” porque a letra não fazia nenhuma menção a Deus nem a oração. Tampouco parecia com a música religiosa típica. A letra era “enganosamente simples” — grandes verdades sobre caráter e sucesso na vida expressas de forma humilde e cativante. Retratava um exemplo no qual eu queria me espelhar. Lembro de pensar ter sido o melhor sermão que havia ouvido. Traduzindo livremente, a letra diz: Um Pouco Mais Bondoso Que eu seja um pouco mais bondoso Que eu seja um pouco mais cego Para os erros dos que me cercam Que eu elogie um pouco mais. E quando estiver cansado Que eu seja um pouco mais animador Pense um pouco mais nos outros E um pouco menos em mim.

Assinaturas, informações e produtos: Internet: www.contato.org E-mail: revista@contato.org Ligue grátis: 0800-557772 Endereço postal: Contato Cristão Caixa Postal 66345 Que eu seja um pouco mais terno São Paulo — SP Com aqueles que são mais fracos CEP 05311-970

Que eu pense um pouco mais no meu próximo E um pouco menos em mim.

E quando estiver cansado Que eu seja um pouco mais alegre Que eu sirva um pouco melhor Aqueles por quem luto.

E que eu seja um pouco mais terno Com os que são mais fracos Que eu seja um pouco mais forte Que pense um pouco mais no meu próximo Quando diante das tentações Que eu me esforce um pouco mais E um pouco menos em mim. — Glen Campbell Para ser tudo que devo ser.

Lembro-me de pensar que essa seria a religião ideal e, na verdade, expressa de forma sintética o que a Bíblia ensina ser o verdadeiro cristianismo: amar Deus e os outros. E foi muito bom ver que eu não teria de gerar esse amor, mas poderia recebê-lO de Deus, como uma dádiva, a qual Ele concede livremente a todos que Lhe pedirem. Tudo que é preciso é uma oração simples e sincera, como essa canção. Mário Sant’Ana Pela Contato 2

Contamos com uma grande variedade de livros, além de produções de áudio e vídeo, para alimentar sua alma, enlevar seu espírito, fortalecer seus laços familiares e proporcionar divertidos momentos de aprendizagem para os seus filhos. Para mais informações, visite nosso site, ligue ou escreva para nosso escritório central, ou contate seu distribuidor local.

EDITOR DESIGN DIAGRAMAÇÃO PRODUÇÃO

Mario Sant'Ana Yoko Matsuoka Gabriel Zachi Romeu Jessie Richards

© 2009 Aurora Production AG. www.auroraproduction.com Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil. Tradução: Mário Sant’Ana e Hebe Rondon A menos que esteja indicado o contrário, todas as referências às Escrituras na Contato foram extraídas da “Bíblia Sagrada” — Tradução de João Ferreira de Almeida — Edição Contemporânea, Copyright © 1990, por Editora Vida.


coloque-se no lugar da outra pessoa Curtis Peter van Gorder

“Nunca julgue ninguém até ter se colocado no lugar da pessoa.” É difícil pensar em alguém que encarne

essa mensagem tão bem quanto a Madre Teresa. Depois de viver quase 30 anos entre os carentes de Calcutá, na Índia, (o que continuou fazendo por mais uns 20 anos), recebeu, em 1979, o Prêmio Nobel da Paz. Ela iniciou seu pronunciamento pela premiação com as palavras: “A vida é a vida” e passou a explicar que todos os seres humanos são especiais e têm grande valor, independentemente de quem sejam, e que somente quando aprendemos a respeitar esse fato é que podemos começar a ajudá-los a melhorar suas vidas. A maioria das pessoas ficaria feliz em caminhar em sapatos pomposos de grife ou em calçados atléticos de última geração, mas quantas gostariam de calçar os sapatos de um pobre trabalhador e se colocar no lugar dele? Quando morava em Uganda, na África Ocidental, encontrei um par de sapatos jogado fora que para mim, se tornou um símbolo daquele continente, do seu povo trabalhador e do seu espírito generoso. O cimento respingado no calçado não deixava dúvidas de que seu último dono fora um pedreiro. Como muitos outros que conheci ali, ele sem dúvida trabalhava incansavelmente no calor sufocante sem proteção alguma contra os rigores do sol, e almoçava apenas uns pedaços de cana-de-açúcar. Ele havia usado aquele par de sapatos até os buracos nas solas ficarem tão grandes que eles não serviam para mais nada. Quando não restava motivo para usá-los nem mais um dia, ele os deixou ali, jogados, para que eu os encontrasse. É claro que não era essa a intenção do pedreiro, mas aqueles sapatos colocaram em perspectiva os meus problemas tão insignificantes.

Pouco tempo depois, quando um jovem bateu à minha porta pedindo ajuda, não tive dúvidas quanto ao que fazer. Ele ganhara uma bolsa para um colégio interno, mas estava tendo dificuldade em cumprir um dos requisitos, que era ter um par de sapatos. Ele me perguntou se eu teria um par sobrando que pudesse lhe dar. O que eu estava usando no momento serviu direitinho nele, então resolvemos a situação com facilidade. Com toda certeza, aquela simples gentileza não fez de mim um santo à altura da Madre Tereza, mas acredito que, naquele momento, senti um pouco do que a motivou a persistir naquilo que fez por tantos anos: o “amor de Cristo que nos constrange”.1 Curtis Peter van Gorder é membro da Família Internacional no Oriente Médio. 1 2 Coríntios 5:14

1

3


verdadeiroAmor Como encontrar

David Brandt Berg

Para ser genuíno e duradouro, o amor deve estar fundamentado em mais do que atração ou gratificação física.

Não pode faltar o desejo altruísta de proteger, ajudar e fazer a outra pessoa feliz e é imprescindível que haja admiração pelos atributos mais nobres da pessoa. É possível apaixonar-se pela mente, pelo espírito, pela visão e pelas reações de alguém, coisas que têm pouco, ou nada a ver com a beleza física. O verdadeiro amor é espiritual e não algo meramente físico, e se manifesta principalmente na convivência, na compatibilidade de pensamentos, nas preferências e nos hábitos que duas pessoas têm em comum. Quando eu era jovem e estava pensando em me casar, minha mãe me aconselhou a não dar prioridade às características físicas, mas procurar algo mais. Disse que eu deveria estar atento primeiramente àquela coisa indefinível

4

chamada personalidade, isto é, a vivacidade do espírito, o encanto da mente, o fascínio do coração e a grandeza da alma. As coisas da Terra podem satisfazer o seu corpo, mas Deus nos criou de tal forma que nossas necessidades espirituais só podem ser atendidas pelas coisas do espírito. A Palavra de Deus nos diz: “Não ameis o mundo, nem o que há no mundo — a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida. O mundo passa, e a sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”1 “Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra.”2 “Pois as coisas que se veem são temporais, e as que não se veem são eternas.”3 Ele não disse que não precisaríamos, desejaríamos ou deveríamos desfrutar das coisas desta vida. Mas nos avisa para não termos um amor desordenado por elas a ponto de darmos preferência a elas, acima das coisas do espírito.

Se colocarmos os desejos físicos em primeiro lugar, veremos que nada satisfaz, nem mesmo a mais completa permissividade carnal. Quem procura atender apenas às suas necessidades físicas ou às de seu parceiro ou parceira, jamais encontrará satisfação e felicidade plenas. As coisas da Terra podem satisfazer o corpo, mas somente Deus e o Seu verdadeiro amor podem preencher aquele dolorido vazio espiritual do coração, o qual Ele criou para Si próprio. A verdadeira felicidade não resulta da busca egoísta por prazer e satisfação, mas do encontrar Deus e do compartilhar do Seu amor e vida com os outros, para lhes levar felicidade. E é assim que a felicidade nos procura, alcança e domina sem termos que correr atrás dela. Certa vez, conheci uma mulher que vivia em busca do homem dos seus sonhos, mas jamais encontrava ninguém que, de fato, a satisfizesse, nem um relacionamento que durasse, porque procurava apenas receber amor e ser amada.


Sugeri-lhe que talvez ela devesse aprender a dar amor e amar desinteressadamente. Para ela, foi um conceito totalmente novo. Ela nunca tinha pensando nisso! Logo depois, encontrou o que sempre quis. Conheceu um homem a quem pode fazer feliz e dar amor. Este é o segredo: procure alguém a quem possa fazer feliz e a felicidade o encontrará! “O que semeia com fartura, com fartura também ceifará.”4 Essa é uma das leis espirituais de Deus, instituídas por Deus, tão certas quanto a lei da gravidade e as outras leis da Física. As leis espirituais de Deus nunca falham. Sempre funcionam a nosso favor ou contra nós, conforme nossas ações e motivações. A primeira é a lei do amor: amor altruísta por Ele e pelos demais. Se obedecer a essa lei e tiver o amor que deveria ter por Ele e pelos outros, também receberá amor, “pois com a mesma medida com que medirdes vos medirão também.”5 Vida, liberdade e a capacidade de fazer outras pessoas felizes são coisas que só Deus pode dar e as únicas que satisfarão o seu espírito. Portanto, se quiser encontrar e fazer outras pessoas realmente felizes, busque a satisfação espiritual que só pode ser encontrada em Deus e no Seu amor! 1 1 João 2:15–17

4

2

Colossences 3:2

5

3

2 Coríntios 4:18

1

2 Coríntios 9:6 Lucas 6:38

“Esteja atento àquela coisa indefinível chamada personalidade, isto é, a vivacidade do espírito, o encanto da mente, o fascínio do coração e a grandeza da alma.”

RETIRE A ROLHA! O vinho — até mesmo o de melhor qualidade — não pode ser apreciado dentro da garrafa. O mesmo vale para o amor. Portanto, saque a rolha, ou seja, traduza o seu amor em palavras. As palavras mais importantes que podemos aprender a dizer são: “Eu te amo.” Não presuma que os outros saibam que você os ama. Diga-lhes como são especiais, quanto precisa deles e como desfruta de sua companhia. Explique de que maneira eles lhe fazem feliz. E faça isso com frequência para que nunca esqueçam. — Shannon Shaylerc 5


VIVA PARA AMAR, AME DAR Faça todo o bem possível, por todos os meios possíveis, De todas as formas possíveis, a todo o momento possível, Enquanto lhe for possível. — Atribuído a John Wesley (1703–1791) Existe uma maravilhosa lei da natureza, segundo a qual sempre conquistamos nossos três desejos principais — felicidade, liberdade e paz — quando os concedemos a outra pessoa. — Peyton Conway March (1864–1955)

Senhor, ajuda-me a viver cada dia Com tal abnegação, Que mesmo quando diante de Ti me ajoelhar, Seja pelos outros a minha oração. Em tudo o que eu fizer, Ajuda-me a ser sincero e leal, Sabendo que o que faria por Ti, Pelos outros devo fazer igual.

Ganhamos a vida com o que obtemos, mas construímos uma vida com o que damos. — Winston Churchill (1874–1965) Todo ser humano tem o dever de devolver ao mundo pelo menos tanto quanto dele tira. — Albert Einstein (1879–1955)

Que o ego seja crucificado e morto E vãos seus esforços em renascer Depois de estar sepultado, A menos que seja para pelos outros viver.

Ninguém jamais foi honrado pelo que recebeu. A pessoa é honrada pelo que dá. — Calvin Coolidge (1872–1933)

E, ao fim da minha missão na Terra, Quando uma nova incumbência no Céu ganhar Que eu esqueça a coroa que recebi Para poder dos outros lembrar.

Existe uma palavra que nos liberta de todo o peso e pesares da vida: Amor. — Sófocles (496?–406? a.C.) Faça algo espontâneo para alguém todos os dias. — Albert Schweitzer (1875–1965) Deveríamos amar como Deus quer que amemos: “ardentemente, com um coração puro.” Isso significa se importar sinceramente pela pessoa e não só dizer “eu te amo” e depois ir embora e esquecer da necessidade dela; não apenas dizer "aquentai-vos e fartai-vos", quando tiver os meios para ajudá-la. Amor sem demonstração física é como fé sem obras, que é morta. — David Brandt Berg 1

1 Pedro 1:22

2

Tiago 2:16;

Provérbios 3:2-28 3

6

Outros

Tiago 2:26

Os outros, Senhor, sim, os outros! Que seja esse o meu lema. Ajuda-me a viver pelos outros, Para ser como Ti e minha vida valer a pena. — Charles D. Meigs (1792–1869)


RESPOSTAS ÀS SUAS PERGUNTAS

Rompendo o ciclo do egoísmo P: Fico chateada e irritada quando meu marido é egoísta, mas sei que volta e meia também sou. E isso me incomoda ainda mais. O que posso fazer para ajudar a nós dois nesse aspecto? R: Quando surgem problemas dessa natureza entre duas pessoas, casadas ou não, muitas vezes o primeiro e muito necessário passo é a comunicação sincera e sábia entre os envolvidos. Saber discutir a questão com tato e ter a humildade para isso são, muitas vezes, os aspectos mais difíceis a superar. No seu caso, uma alternativa poderia ser mencionar para o seu esposo um ou dois exemplos de como você própria se portou de forma egoísta e pedir desculpas pelo mal estar que provavelmente sua atitude lhe tenha causado. Ao assumir em vez de atribuir a culpa ao seu marido, você diminui os riscos de colocá-lo na defensiva. Em vez disso, cria uma chance real de que ele reaja desculpando-se pelas vezes que ele também foi egoísta. É próprio da natureza humana adotar uma atitude mais positiva com respeito à superação de fraquezas pessoais quando a ideia parte da própria pessoa, do que quando o problema é trazido à tona pelos outros. Por isso, não se apresse em aumentar a lista do seu companheiro com exemplos do egoísmo dele. Além disso, você talvez tenha de esperar um tempo até ele assimilar o que lhe disse. Se essa abordagem não surtir os efeitos desejados, é possível que, em outra ocasião, você deva tentar se expressar de forma mais direta. Uma abordagem seria dizer como se sente: “Quando não ajuda com os trabalhos da casa, parece que não me valoriza. Você está cansado demais?” Dar um voto de confiança deixa claro que está tentando resolver o problema, e não encontrar um culpado. Além disso, explicar seus sentimentos e necessidades pode dar ocasião para ele manifestar alguns dos dele, o que é outro passo importante para resolver a questão. A comunicação sincera em si já contribui para que ambos entendam um ao outro. É possível que você descubra que boa parte do problema não seja o egoísmo propriamente dito, mas expectativas irrealistas, ou seja, tentarem fazer mais do que vocês dois têm tempo ou energia para fazer. Entender melhor a situação, as necessidades e os limites do outro torna mais fácil ir além quando é necessário, porque, você vai querer fazer por amor. De modo geral, romper maus hábitos não é rápido nem simples, mas é muito mais fácil com a ajuda de Deus. Portanto, “fechem o negócio” com uma oração, pedindo a Deus a mudança desejada. Uma das orações que Ele mais gosta de atender é aquela em que se pede por mais amor e altruístmo. 1 7


Problemas Financeiros? A solução pode estar aqui!

Abi F. May A cada dia, mais pessoas veem a crise financeira se aproximar. Dada a onda de quebra de empresas e instituições financeiras, não admira que tantos se preocupem com os riscos que corre a própria subsistência. Em momentos críticos e de incerteza, preocupar-se com o bem estar da própria família é natural. Diante da perspectiva de um futuro sombrio, gente que até recentemente apoiava igrejas ou instituições filantrópicas tem se perguntado se esse tipo de doação faz sentido do ponto de vista da boa prática financeira. A resposta é que se quiser a bênção de Deus, então doar é, com toda certeza, a escolha certa! Um dos pilares do plano financeiro de Deus é que “Deus ama ao que dá com alegria”.1 Na verdade, é o caminho criado por Deus para a abundância. Sua

Palavra diz: “A alma generosa prosperará.”2 Com certeza, essa prosperidade nem sempre será material. Ouvi o relato de uma mulher que enviou dez dólares por mês para ajudar uma menino pobre na Índia por meio da organização Save the Children, até ele completar 18 anos. Durante esse período, ele se correspondia através de bilhetes e cartas de agradecimento que ele enviava à sua benfeitora. Trinta anos depois, ela recebeu um telefonema. Emocionado, ele contou que, graças a ela, conseguira estudar e havia alcançado sucesso nos negócios. Na verdade, ele ajudava a manter mil crianças carentes — tudo porque ela o ajudou com dez dólares cada mês.  Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de Meu Pai,

possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Pois tive fome, e Me destes de comer; tive sede e Me destes de beber; era forasteiro e Me hospedastes; estava nu, e Me vestistes; estive enfermo, e Me visitastes; preso e fostes ver-Me. Então perguntarão os justos: Senhor, quando Te vimos com fome e Te demos de comer? ou com sede e Te demos de beber? E quando Te vimos forasteiro e Te hospedamos? ou nu e Te vestimos? E quando Te vimos enfermo, ou preso e fomos ver-Te? Ao que lhes responderá o Rei: Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes. — Jesus, Mateus 25:34–40

Abi F. May é membro da Família Internacional na Europa. 1 2 Coríntios 9:7

1 2

8

Provérbios 11:25


Como Será Um Dia

Peter Story

Hoje ouvi o demo de uma canção. Um demo é uma

gravação feita apenas para demonstração. Já ouvi muitos antes, mas esse me parecia excepcionalmente cru. Tentei não demonstrar minha irritação. Antes de apertar o botão play, meu amigo me avisara que era um demo, mesmo assim não estava preparado para aquilo. Eu torcia para ele não reparar o incomodo que me causara. Depois de eu sofrer em silêncio por mais ou menos um minuto, Jesus conseguiu falar comigo. É apenas um demo, foram Suas palavras à minha mente. Eu sei, respondi, mesmo assim é desagradável. Você precisa ouvir como o compositor a ouve — como ela será um dia, não como está neste momento.

É uma abordagem interessante — concordei. E também a melhor. Na verdade, é a que uso para avaliar você. (Essa doeu.) Está bem, vou tentar. Fiquei surpreso ao constatar que funcionou imediatamente. Ao ignorar os ruídos ao fundo, a falta de ritmo e eventuais desafinadas, percebi que a canção era muito boa. A melodia era linda, reconfortante e se harmonizava perfeitamente com a letra. Havia potencial para um excelente produto final e disse isso ao meu amigo. Na vida, as pessoas erram, dizem ou fazem coisas da maneira errada e, às vezes, repetidamente, ou com resultados catastróficos. Mas é só porque ainda somos

“demos” muito crus nas mãos de Deus. Há muito em cada um de nós que Ele ainda precisa acertar, e vai levar tempo. Quando conseguimos enxergar as pessoas com bons olhos, e tentamos vê-las, não como são hoje, mas como serão um dia, todos saem ganhando. As pessoas passam a ter espaço para serem menos que perfeitas, aprender dos seus erros e acertos, e, assim, conseguirem crescer — e nós podemos apreciar melhor a beleza nas pessoas que Deus colocou ao nosso redor. Peter Story é membro da Família Internacional no México. 1

A M O R — O C ATA L I S A D O R Shannon Shayler Todos têm qualidades. Identifique nos outros coisas específicas pelas quais pode elogiálos sinceramente, e seja generoso com seu louvor. Se não conseguir encontrar nada em alguém, olhe mais a fundo. Peça a Deus que lhe mostre as qualidades dessa pessoa. Elas certamente existem, e Ele vê coisas dignas de louvor e de amor em todos. Quanto mais difícil for encontrar algo especial em alguém, mais gratificante será para ambos. Se você conseguir encontrar nem que seja um pequeno sinal de ouro, ele o levará a um grande filão. As pessoas se abrirão com você e você descobrirá coisas maravilhosas sobre elas.

9


COLOCANDO O “FATOR DEUS” À PROVA       Nehemiah Berg

Nehemiah e Esther, a caminho da Ucrânia, porque seguiram o plano de Deus

Faz algum tempo, eu e minha esposa, Esther, passamos por um período de dificuldade econômica. Estávamos nos Estados Unidos há alguns meses visitando parentes e angariando fundos para nosso trabalho voluntário cristão na Ucrânia, país natal de Esther.

Com nossos planos suspensos, pedimos a orientação de Deus quanto ao que fazer e Ele nos mostrou três coisas: depender dEle com respeito às nossas necessidades de sustento para nosso trabalho voluntário, dedicar um dia da semana à oração e doar um quarto de toda receita que obtivéssemos para outros voluntários e projetos que precisassem. Nas semanas seguintes, fizemos muitos amigos na comunidade onde estávamos e todo fim de semana realizávamos atividades para captar recursos para nosso trabalho na Ucrânia. Foi maravilhoso ver que, conforme seguimos o que o Senhor nos havia mostrado, Ele usou cada acontecimento e ocasião para nos levar ao próximo passo. Nos nossos “dias de oração” pedíamos pelas nossas necessidades e Mas, por conta de um acidente intercedíamos pelos nossos colegas, amigos, parentes, e outras pessoas e situações específicas que sabíamos que precisavam. No início parede trânsito, tivemos de adiar cia um sacrifício dedicar um dia inteiro por semana à oração, pois nosso retorno para a Europa tínhamos tantas necessidades financeiras e a nossa própria situação era poucos dias antes da data preincerta, mas descobrimos que nossas orações foram muito além do que vista. Esther precisou enfrentar nossos esforços físicos seriam capazes de realizar. meses de fisioterapia devido aos Vivenciamos um milagre após o outro e vimos que se seguíssemos ferimentos que sofreu e os exames atentamente as instruções de Deus, Ele faria a Sua parte. realizados depois do acidente Como havíamos designado, além da nossa contribuição costuconfirmaram que ela sofria de meira de 10% para nossa igreja (A Família Internacional), uma parte fibromialgia, uma doença que substancial da nossa receita para nossos colegas voluntários, Deus afeta os músculos e os nervos, nos surpreendeu repetidas vezes com oportunidades de angariação de e que lhe causava dores praticafundos, donativos imprevistos e presentes especiais. Mesmo depois de mente todos os dias. 10


havermos doado um quarto de nossa renda, o que havíamos economizado para nossos projetos voluntários era muito mais do que estávamos acostumados a ter e o suficiente para voltarmos para a Ucrânia. E quanto ao tempo dedicado à oração pelos outros, Ele nos recompensou com bênçãos que o dinheiro não pode comprar. Curou Esther. A fibromialgia ficou controlada, e nos inspirou a dar nova direção ao nosso trabalho que promete ser muito mais frutífero e gratificante do que qualquer outra coisa que já fizemos. Ele cumpriu na íntegra Sua promessa, que diz: “Dai, e dar-se-vos-á. Boa medida, recalcada, sacudida e transbordante, generosamente vos darão. Pois com a mesma medida com que medirdes vos medirão também.”1 Nehemiah e Esther Berg são membros da Família Internacional na Ucrânia. 1

O QUE É O “FATOR DEUS”? Quando fazemos nossos planos, devemos nos lembrar que Deus está no controle de tudo, e que Ele pode mudar corações e situações e realizar coisas muito além da nossa capacidade. Esse é o “fator Deus”. Quando se inclui o fator Deus, muitas vezes o que parece lógico para a mente humana passa a oferecer uma visão diferente. O fator Deus é o elemento adicional na equação que desafia inclusive as leis na natureza e realiza o impossível — e é ativado pela nossa fé.

A L G U É M E S TÁ O L H A N D O Miguel A. Sosa

Apressado a caminho de um compromisso, passei por uma mendiga maltrapilha com um bebê nos braços, uma cena nada rara em Caracas, capital venezuelana, onde o seguinte aconteceu. Dê-lhe algo — disse-me a voz no meu íntimo. Reconheci que era Jesus. Mas ela parece do tipo que vai usar tudo em drogas — discordei enquanto seguia meu caminho. Ora, então compre-lhe algo para comer. Bem naquele momento passei por um carrinho de cachorro quente. Está bem, farei isso por Você. Rapidamente, pedi um sanduíche e levei para a mulher. Ao lhe entregar disse que Jesus a amava e me ofereci para orar por ela. Ela aceitou, curvamos a cabeça e fizemos uma oração bem ali na rua. Vários dias depois, comi um cachorro quente no mesmo carrinho, mas o vendedor não me deixou pagar: “Vi o que fez o outro dia. Não apenas comprou comida para aquela mulher sem teto, mas também orou com ela. Trabalho neste lugar há quinze anos. Milhares de pessoas passam por aqui todo dia, mas eu nunca tinha visto aquilo! De agora em diante, aqui você come de graça.” Como aquele vendedor de cachorros quentes, Deus está sempre observando e “teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.”2 Miguel A. Sosa é membro da Fa míli a Inter nacional, na Á fr ica do Sul. 1

Lucas 6:38

1 2

Mateus 6:4

11


Amor Abnegado Quando alguém perguntou a Jesus qual era o maior mandamento de Deus, Ele respondeu: “‘Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.’

Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo.’”1 Para Deus, o amor é a virtude suprema. É o que há de mais importante. Deus não nos pede para sermos perfeitos, imaculados, nem pede que alcancemos destaque mundial. Tudo o que espera é que amemos os outros. — Shannon Shayler O amor prefere a felicidade alheia à própria. — David Brandt Berg

“Ele esperava isso de mim”

Conta-se a história de dois irmãos que, pouco depois 12

de se alistarem no exército, foram enviados para a linha de frente durante a I Guerra Mundial. Naquela época, cada lado combatente cavava uma rede de trincheiras ao longo da linha de frente, dentro do seu território. De vez em quando um atacava ou tentava invadir a linha inimiga. Em uma dessas ocasiões, o irmão mais jovem foi ferido mortalmente na terra de ninguém, a perigosa área aberta entre dois exércitos em combate. O irmão mais velho, ainda seguro na trincheira, ao observar o que acontecera, sabia instintivamente o que deveria fazer. Foi seguindo por dentro da trincheira até chegar ao oficial: — Tenho de buscá-lo! — gritou por sobre o barulho ensudercedor da batalha. — É impossível! Você será morto assim que colocar a cabeça para fora da trincheira. Mas o rapaz, desvencilhandose do oficial, arrastou-se para fora da trincheira e se lançou sob fogo cruzado à procura do irmão caçula. Ao encontrá-lo, o mais jovem só conseguiu

sussurrar: “Eu sabia que você viria!” A essa altura, o irmão mais velho, também ferido, mal conseguiu trazê-lo de volta para o seu território, onde os dois caíram agonizantes.

O oficial quis saber do mais velho: “Por que você fez isso? Eu o avisei que seria morto!” A resposta veio com o último sorriso: “Eu tinha de ir! Ele esperava isso de mim e eu não podia decepcionar meu irmão!” — Recontado por David Brandt Berg


Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a própria vida pelos amigos. — Jesus, João 15:13 “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a Sua vida por nós e devemos dar a nossa vida pelos irmãos.” E a verdadeira prova do amor é aquilo que ele está preparado para “dar”. Quanto está disposto a gastar? O amor [verdadeiro] está sempre dando a sua vida pelos outros. — J.H. Jowett

A EXCELÊNCIA DO AMOR O amor sempre dá — Perdoa e perdura — Sempre se apresenta Com as mãos abertas. E, enquanto vive, dá. Pois esta é a excelência do amor Dar, dar e dar. — John Oxenham O amor nunca pondera, apenas dá liberal e totalmente, tudo o que tem. E, depois, ainda teme ter dado muito pouco. — Hannah More

Desacordo nobre

Na cidade de Weimar, Alemanha, uma estátua erigida em 1857, retrata dois grandes amigos e notáveis escritores alemães: Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) e Johann Christoph Friedrich von Schiller (1759-1805). Quando ainda eram vivos, os críticos e o público muitas vezes discutiam tentando chegar a um consenso sobre qual seria o maior escritor. Se Goethe ouvisse alguém dizer “O senhor é o mestre dos poetas alemães”, era rápido na emenda: “Não se esqueçam de Schiller!” E quando elogiavam Schiller como sendo o melhor, este dizia: “Mas… e o meu amigo Goethe?” O escultor da estátua de Weimar expressou esse amor e admiração mútuos com grande beleza. Goethe tem uma coroa de louros na mão erguida para colocá-la na cabeça de Schiller. Mas este não a aceita, pois acha que Goethe a merece e, por isso, aparece empurrando-a na direção do amigo, como se dissesse: “Não, você é quem deve usá-la e não eu.” E assim discordavam com nobreza os amigos. Ambos recusaram ser coroados, pois se admiravam mutuamente, e valorizavam a sua amizade mais do que o reconhecimento do público. — Recontado por Keith Phillips Mateus 22:37-39

1

Jesus não foi apenas até a metade do caminho da cruz por você, ou quase todo o caminho. Ele foi até o fim e deu toda a Sua vida por você. — David Brandt Berg

Jesus amou tanto você que pagou o preço máximo, ao dar Sua vida para que você pudesse ter a vida eterna. Vivencie Seu amor agora e para sempre por meio desta oração: Querido Jesus, obrigado por dar Sua vida por mim. Por favor, perdoe-me pelas coisas erradas que fiz, entre no meu coração e me conceda Sua dádiva de vida eterna. Encha-me com Seu amor e me ajude a conhecê-lO melhor. Amém. 13


Safári Com Meu Filho Laila Enarson Eu morava em Gâmbia, no oeste da Àfrica, quando fui com meu filho Chris, na época com cinco anos, em uma viagem a uma vila chamada Sintet, onde nosso grupo de voluntários da Família Internacional ajudava na construção de uma escola. As façanhas contadas pelos meus colegas que voltavam de lá sempre me fascinavam. Por isso, quando ouvi que uma equipe faria uma viagem de um dia e meio ao vilarejo, aproveitei a chance. Durante boa parte da viagem, tudo que ouvi foi a voz do meu filho cheia de entusiasmo: “O que é aquilo? Mamãe, olhe! Pode tirar uma foto de mim em cima daquele cupinzeiro?” A estação das chuvas estava começando a transformar a savana da África Ocidental numa linda paisagem verde. A região é de uma beleza encantadora, combinando colinas, arrozais, coqueiros e lagos. Vê-se os agricultores trabalhando a terra com tranquilidade. Ao longo do caminho, desfrutamos os deliciosos pratos típicos da região, exploramos um pântano cheio de enormes cupinzeiros e baobás gigantescos com troncos às vezes mais grossos que nosso carro. Quando tomamos a estrada de chão ladeada de cajueiros que dá acesso a Sintet, vimos uma 14

multidão reunida na escola. Dois dos nossos voluntários, Joe e Richard, haviam chegado antes de nós e já estavam trabalhando, orientando os demais. As crianças da vila cercaram nosso jipe com seus lindos sorrisos. Mal Chris desceu do carro e elas o cercaram e foram lhe mostrar tudo. As outras crianças brincavam com carrinhos feitos de garrafas plásticas, solas de borracha de chinelos quebrados e pauzinhos. Com a ajuda delas, Chris logo arrumou um para si, o qual empurrava por sobre os formigueiros e poças de lama, enquanto um grupo de meninos corria atrás dele. Sem eletricidade, os moradores se recolhem assim que escurece. E foi o que fizemos, em nossa pequena barraca, sob o céu estrelado. Nosso segundo dia em Sintet foi igualmente divertido. Preparei o material para a aula que ia ministrar às crianças da vila e meu pai me ajudou a encontrar um lugar calmo e quieto em frente a um baobá. Cantamos umas canções e lhes contei a história da Criação usando um flanelógrafo (algo que para aquelas crianças é um recurso de alta-tecnologia). Depois, repassamos algumas coisas básicas que elas têm aprendido

na escola. Chris fez um excelente trabalho como assistente Depois, as crianças nos levaram para os campos, onde nos mostraram vários macacos grandes brincando e uma cobra enorme pendurada bem alto no galho de uma árvore. Elas também nos serviram uma fruta vermelha e amarela em formato de lua que nunca havíamos visto, chamada tao. Para “colher” a fruta, as crianças subiram num pé de tao enorme e ficaram se balançando nos galhos mais altos. Logo antes de começarem a se balançar, um garoto que tinha ficado no chão me deu um tapinha nas costas e advertiu: “É bom sairmos daqui, senão as frutas vão cair em cima de nós!” Dito e feito. Começou a chover fruta por todos os cantos. Algumas crianças ficaram comigo e Chris até o final de nossa visita. Muitas, no início, pareciam bem endurecidas, por causa das dificuldades que enfrentam todos os dias. Conforme fizemos amizade, vimos que por trás da dureza externa, havia corações ternos, que, como esponjas, só esperavam para ser embebidos de amor. Chris e eu lhes demos tanta atenção quanto podíamos. Algumas até começaram a me chamar de “mãe”, uma demonstração muito especial do quanto significa para elas o amor e


a atenção que estavam recebendo. Para uma experiência cultural autêntica mim, foi tão gratificante quanto ver o ou para ajudar os necessitados. Oportunidades assim estão em progresso na construção da escola. toda parte! A maioria das cidades O tempo voou e logo estávamos modernas é um cadinho de raças, em casa de novo. Minha visita a cada uma com algo especial para Sintet foi uma experiência cultural extraordinária e inédita para mim (e oferecer. Para fazer amigos, basta eu já viajei por quase toda a América apenas um pouco de iniciativa. Adicione um pouco de amor e do Sul e conheço muito da América interesse sincero pelas pessoas, e do Norte). Mas dividi-la com meu estará de fato unindo o seu mundo filho a tornou ainda mais especial. Aprendemos muito juntos e vive- ao de outros. mos o que muita gente só conhece pelos livros ou TV. Laila Enarson é membro da Obviamente, não é preciso visitar Família Internacional no uma vila na savana africana para ter Canadá. 1 NO FIM DO DIA Um Exercício Espiritual O fim do dia se aproxima. Você está cansado, talvez exausto por causa de tudo que precisou fazer. Sente-se um momento, ou recoste-se na sua cama. Leia esta mensagem de Jesus, feche os olhos e reflita nela. Deixe-O acalmá-lo, relaxar seu corpo cansado e preencher seu espírito com Seu amor e paz. “Estou convosco todos os dias.”1 Eu estava com você hoje, enquanto trabalhava. Bem ali, acompanhando cada um dos seus movimentos. Fazia a Minha parte para tornar seu dia melhor, aliviar sua carga e tornar seus fardos mais suportáveis. Procurei apoiá-lo e animá-lo no fim do dia, quando você estava quase vencido pelo cansaço. Ainda estou aqui com você, neste instante em que está cansado e desgastado pelo dia. Deite-se e relaxe. Descanse em Meus braços, como uma criança que se recosta e adormece nos braços fortes e acalentadores do pai. Não há nada a temer nem é preciso se preocupar. Agora é hora de descansar profunda, suave e tranquilamente, aninhado aqui, pertinho do Meu coração. UMA ORAÇ ÃO PELO DIA Obrigado, Jesus, por estar sempre pronto para me ajudar. É uma prova especial do Seu amor que Você me ajude ao longo do dia em todas as situações. Quando surgem problemas durante o dia, sei que está presente para me ajudar a resolvê-los. É maravilhoso ver como Se preocupa de verdade com cada pequeno detalhe, e Você sempre sabe o que é melhor. A cada dia que passa, quero que Você se torne uma parte maior da minha vida, dos meus pensamentos e das minhas decisões. Você é tão bom para mim!

LEITURA QUE ALIMENTA A Melhor Maneira de Dar Dê com alegria. 2 Coríntios 9:7 Deuteronômio 15:10a Êxodo 25:2 Êxodo 35:21 1 Crônicas 29:9 Dê generosamente. 2 Samuel 24:24 Provérbios 21:26b Lucas 21:4 Dê com a motivação certa. Mateus 6:1-3 Lucas 6:34-35 1 Coríntios 13:3 Dê segundo sua capacidade. Deuteronômio 16:17 Provérbios 3:27-28 Atos 11:29 1 Coríntios 16:2 Gálatas 6:10 Deus abençoa os que são generosos. Deuteronômio 15:10 Provérbios 22:9 Provérbios 28:27a Eclesiastes 11:1 Marcos 10:21 Lucas 6: 38 Atos 20:35b 2 Coríntios 9:6b

Mateus 28:20

1

15


A Corrente Eterna de COM AMOR, JESUS

Vim para a terra porque amo você. Abri mão do esplendor do Céu para tornar a salvação e a vida eterna disponíveis para você. A dádiva de salvação é para quem quiser recebê-la, e anseio que todos conheçam a Mim e o Meu amor. Essa mensagem tem sempre sido levada e sempre será passada pelas palavras e ações de Meus amigos e seguidores. Ao longo das eras, centenas de milhares de Meus seguidores se dedicaram, para dar continuidade a essa corrente de amor. Alguns deram pouco; outros, muito; e houve os que deram tudo. Mas todos fazem parte, todos são necessários e Minha grande corrente mundial de amor não estaria completa se cada um não fizesse a sua parte.

Amor

Houve momentos em que olhei para trás e pensei em como as coisas seriam se Eu não tivesse decidido vir, viver e morrer como um de vocês. Mas nunca Me arrependi nem desejei que tivesse sido diferente. Quero que a Minha corrente de amor perdure, cada vez mais forte. Quero envolver toda a Terra e que todos tenham a chance de fazer parte dela. Desejo que Meu amor toque a vida de cada pessoa. Você gostaria de ajudar? Gostaria de receber Meu amor e dividi-lo com os demais? Leve-Me para eles, dê-lhes Minhas palavras, dê a si mesmo e, acima de tudo, dê amor.

Novembro de 2009: Verdadeiro Amor  

O verdadeiro cristianismo pode ser resumido em uma palavra: amor. É mais fácil falar do que fazer, mas ajuda entendermos que o amor em quest...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you