Page 1


Luciano Pereira

Editorial O Hospital Santa Cruz, maior centro de saúde do Vale do Rio Pardo, é referência regional para Gestantes de Alto Risco e Porta de Entrada de Urgência e Emergência, além de ser Unidade de Alta Complexidade em Traumato-Ortopedia e, desde 2014, Centro de Referência em Alta Complexidade Cardiovascular. Em 2014, 83,27% dos atendimentos foram prestados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2012 o HSC também é credenciado como hospital de ensino, estágio mais elevado que uma casa de saúde deste gênero pode atingir. Hospitais de ensino são instituições hospitalares onde pode-se praticar atividades curriculares na área da saúde. Seu perfil é diferenciado em relação a um hospital sem esse status, pois associa o ensino à prestação de serviço. Dessa forma, além de oferecer assistência à população, a casa de saúde também precisa incluir projetos de ensino nos níveis de graduação e pós-graduação, extensão e pesquisa, podendo assim captar recursos destinados para este fim junto ao Ministério da Saúde por meio de editais de pesquisa e desenvolvimento. Isso permite qualificar ainda mais o hospital em todas as áreas e, em consequência disso, aprimorar o atendimento à população. São vários os benefícios decorrentes da integração efetiva entre a assistência à saúde e as atividades de ensino, pesquisa e extensão. E o Informativo HSC destaca, nesta edição, uma série de projetos e atividades desenvolvidas na área da pesquisa, como é o caso da tese apresentada nas páginas centrais que aborda, justamente, o impacto da implantação de um curso de Medicina na região. A participação de bolsistas da Unisc e de residentes do HSC em congressos e missões de pesquisa, apresentando projetos desenvolvidos no Hospital, também é destaque nas páginas a seguir e consolida o envolvimento da Instituição nesta área. Uma boa leitura a todos!

Colabore com o Informativo HSC. Opine, critique, dê sugestões ou participe com artigos e crônicas. O e-mail para contato é hsc@unisc.br.

Expediente O Informativo HSC é uma publicação trimestral do Hospital Santa Cruz. Rua Fernando Abott, 174 - CEP: 96810-072 Santa Cruz do Sul/RS - Telefone: (51) 3713-7410. E-mail: hsc@unisc.br Site: www.hospitalstacruz.com.br Coordenação Assessoria de Comunicação do HSC - Luciano Pereira, MTb 9234. Comercialização: Priscila Midon - Telefone: (51) 3713-7410 - E-mail: priscilamidon@unisc.br.

Pequenos Valentes do HSC ganham exposição Uma exposição fotográfica por diferentes pontos de Santa Cruz do Sul apresentou à comunidade o Projeto Pequenos Valentes do Hospital Santa Cruz. A mostra começou a circular em agosto com 32 fotos de bebês que passaram por histórias de superação na Instituição. As imagens foram expostas na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), no Shopping Santa Cruz, no Max Shopping e nas dependências do próprio Hospital. O Projeto Pequenos Valentes registra em um blog, por meio de fotos no estilo newborn, os bebês que internam na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal do HSC. As fotos compartilham histórias de amor, esperança e inspiração, além de proporcionar às famílias, marcadas pelo nascimento antecipado de seu filho, momentos de orgulho e felicidade. A exposição foi desenvolvida e elaborada pela equipe da UCI e da UTI Neonatal do Hospital, com as fotos produzidas pela equipe assistencial. O blog que conta as histórias dos Pequenos Valentes do Hospital Santa Cruz pode ser acessado por meio do endereço eletrônico www.pequenosvalentesdohospi talstacruz.com.

Redação e diagramação: Luciano Pereira. Apoio: Priscila Midon e Gabriele Ayres da Silva (estagiária). Comitê editorial Vilmar Thomé (diretor geral), Daniel Vittielo Wink (diretor do corpo clínico), Egardo Orlando Kuentzer (diretor administrativo), Geraldo Richter (diretor técnico), Giana Diesel Sebastiany (diretora de ensino, pesquisa e extensão), Fernanda Ribeiro Gallisa (gerente assistencial), Eliane Cauduro (gerente de Controladoria) e Neijan Ercolani Konzen (gerente de Hotelaria e Serviços). Projeto gráfico: Case Marketing - Telefones: (51) 3056-2840 e 81640019 - E-mail: suzi@casemkt.com. Circulação: 1 mil exemplares

pág. 02 EDITORIAL


O diretor administrativo do Hospital Santa Cruz, Egardo Orlando Kuentzer, recebeu, no dia 17 de julho, junto com o representante do Banrisul Lair Ipê da Silva, um cheque no valor de R$ 217.880,00 da Fundação Lions Clube Internacional. Com a contrapartida do Hospital, a quantia já está sendo utilizada para a execução do projeto de reforma e adequação da estrutura física da cozinha do HSC. O past governador do Distrito LD2, Gilberto da Silva, acompanhado pelo atual governador Carlos Lindemann, do coordenador GMT do Lions Internacional Edison Karnopp e de representantes do Lions Clube Aliança, fez a entrega formal do cheque em reunião realizada no Clube Aliança, em Santa Cruz do Sul. A parceria entre o HSC e o Lions Clube Aliança é de longa data. O Lions apoiou diversos projetos da Instituição, entre eles as instalações da UTI Adulto e da UTI Neopediátrica e a aquisição do gerador do Hospital, além de doações de cobertores, fraldas e cadeiras de rodas. “Esta parceria com o Lions muito nos alegra e só temos a agradecer o apoio de sempre”, comentou Kuentzer. “Agradecemos a todos os que se envolveram na elaboração e que contribuíram para a aprovação deste projeto”, salientou o diretor. Atualmente são servidas, no HSC, mais de 1,2 mil refeições diárias para pacientes e acompanhantes, sendo que em 2014 foram mais de 410 mil refeições servidas.

Fotos: Priscila Midon

Hospital recebe doação do Lions Internacional para reforma da cozinha

Grupo visita as obras em setembro Em setembro o Hospital recebeu a visita do governador do Distrito LD2, CL Carlos Enor Lindemann, acompanhado do secretário distrital, CL Romar Bento Pereira; do presidente de Divisao E2, CL Daniel Mariotti; do presidente do Lions Clube Santa Cruz do Sul – Aliança, CL Flávio Benício Schuh; do secretário do Lions Clube Santa Cruz do Sul – Aliança, CL Eloy Maury Metz; do presidente do Lions Clube Santa Cruz do Sul – Centro, CL Luiz Carlos Moritzen; e do secretário do Lions Clube Santa Cruz do Sul – Centro, CL Júlio Cezar Meira Medina. Na oportunidade, o grupo acompanhou o andamento da reforma na área

física da cozinha da Instituição e tomou conhecimento do processo de aquisição dos novos equipamentos para o local. A previsão é que as obras sejam concluídas em dezembro deste ano.

INFRAESTRUTURA pág. 03


Foi realizada, dia 30 de setembro, a recepção aos alunos do curso de Instrumentação Cirúrgica promovido pelo Serviço de Educação Permanente do Hospital Santa Cruz. O curso é fornecido de forma gratuita para técnicos de enfermagem cadastrados junto ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren) e que tenham seis meses de experiência em centro cirúrgico. A turma é composta por profissionais de diversas instituições de saúde da região e as aulas ocorrem nas dependências do HSC. O objetivo do curso é proporcionar subsídios teóricos e práticos aos profissionais técnicos de enfermagem que queiram atuar nesta área em serviços de saúde. A carga horária é de 160 horas, distribuídas em 60 horas teóricas e 100 horas de estágio prático. Os encontros ocorrem aos sábados, das 8h às 12h e das 13h às 18h. O aluno que preencher satisfatoriamente os quesitos frequência e aproveitamento mínimos nas avaliações terá direito a certificado. Nos encontros são abordados os temas revisão anatômica, controle de infecção, processamento de materiais, noções de anestesiologia, recuperação pósanestésico, degermação campo opera-

Fotos: Luciano Pereira

Hospital promove curso de instrumentação cirúrgica

tório, paramentação, montagem mesa, tempo cirúrgico, escovação cirúrgica, eletrocautério, ética e postura profissional, segurança do trabalhador, fios cirúrgicos, suturas, segurança do paciente, atribuições e deveres do instrumentador, relação equipe, especialidades cirúrgicas e órtese, prótese ou material especial. A recepção contou com as boas-vin-

das da direção do Hospital, representada pela gerente assistencial Fernanda Gallisa. Na ocasião a enfermeira coordenadora do Serviço de Educação Permanente do HSC, Camila Ritta Hoeltgebaum, também apresentou a estrutura do curso e as normas gerais da Instituição. O encontro se encerrou com um coquetel oferecido aos participantes.

HSC recebe visita do diretor do Daha O Hospital Santa Cruz recebeu, em julho, a visita do diretor do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial (Daha), Alexandre Britto. O objetivo foi conhecer a infraestrutura da Instituição, em especial o Centro de Terapia Endovascular – Hemodinâmica, e os projetos de melhorias e ampliações do Hospital. Britto esteve acompanhado da coordenadora da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, Mariluci Reis, do coordenador adjunto Mário Filho e do secretário municipal da saúde, Henrique Hermany. O grupo foi recebido pelo diretor administrativo do Hospital, Egardo Kuent-

pág. 04 GERAL

zer. Após reunião na sala da direção, Kuentzer apresentou a estrutura do Centro de Diagnóstico e Intervenção por Imagem (CDii), em especial a Hemodinâmica, inaugurada em 2009 já com o objetivo de atender à alta complexidade no HSC. Desde 2014 o Hospital é habilitado pelo Ministério da Saúde como Centro de Referência em Alta Complexidade Cardiovascular e a Hemodinâmica representa um grande avanço nas técnicas de diagnóstico e de tratamento de diversas doen-

ças dos sistemas cardiovascular e neurovascular.


Na manhã do dia 6 de agosto, um grupo de puérperas internadas no Hospital Santa Cruz e seus recém-nascidos estiveram reunidos no saguão de entrada da Instituição para uma ação simbólica de amamentação dos seus bebês. A ação integrou as atividades promovidas pelo Hospital alusivas à Semana Mundial de Aleitamento Materno, que ocorreu de 1º a 8 de agosto. Na ocasião foram distribuídos folhetos informativos e prestados esclarecimentos e orientações sobre a importância da amamentação. Além do trabalho permanente que a Instituição já realiza junto às gestantes por meio do Serviço de Incentivo ao Aleitamento Materno (Siama), foram desenvolvidas ao longo da semana diferentes ações que alertam a comunidade sobre a importância do tema. Também foram postadas, no perfil do hospital na rede social facebook (www.facebook.com/hospitalstacruz), informações e dicas sobre o aleitamento materno, além da realização de mini palestras. O Siama do HSC busca conscientizar, orientar e estimular as gestantes sobre a importância e os inúmeros benefícios do aleitamento materno para as crianças. Para tanto, são atendidas gestantes, parturientes e puérperas internadas na casa de saúde, além de pacientes que já tiveram alta mas que permaneceram junto ao filho no alojamento materno.

Fotos: Luciano Pereira

Ação no HSC marca a Semana Mundial de Aleitamento Materno

Estabelecida em 1992, a Semana Mundial de Aleitamento Materno conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). O objetivo é facilitar e fortalecer a mobilização social para a importância da amamentação. A ação envolve mais de 120 países, considerando-se as iniciativas e

esforços globais relacionados com o tema.

DESENVOLVIMENTO pág. 05


Tese mostra impacto de um curso de Medicina na região Luciano Pereira

Luciano Pereira

No ano de 2007, quando o curso de Medicina da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) dava seus primeiros passos, 83 médicos clínicos atuavam pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na 13ª Coordenadoria Regional de Saúde. Em 2014, esse número já era de 255 médicos. O impacto da implantação de um curso de Medicina em determinada região foi o tema da tese de doutorado da professora e diretora de ensino, pesquisa e extensão do Hospital Santa Cruz, Giana Diesel Sebastiany. O resultado da pesquisa foi apresentado a um grupo de funcionários da Instituição no dia 23 de setembro (foto). A tese A “necessidade social” de uma nova escola médica: análise no contexto regional foi apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – Doutorado, Área de Concentração em Desenvolvimento Regional, Linha de Pesquisa em Estado, Instituições e Democracia, da Unisc. Ela apresenta um estudo sobre a necessidade social de novas escolas médicas em um recorte regional. Giana teve como orientadora a professora Silvia Virginia Coutinho Areosa. “Contextualizamos a política de formação de recursos humanos para o SUS e sua materialização em uma determinada região do interior do Estado do Rio Grande do Sul”, explica a diretora do HSC. “Apontamos pressupostos e contradições nas argumentações das Instituições de Ensino Superior (IES), das entidades representativas da classe médica e do Governo Federal quanto à justificativa da necessidade social (ou não) de mais médicos para suprirem as vagas existentes em vários municípios brasileiros”. Segundo Giana, dependendo da criatividade de quem argumenta é possível,

pág. 06 MANCHETE

para um mesmo contexto, justificar a abertura ou a não abertura de uma escola médica, utilizando o conceito da necessidade social. “Um curso de Medicina é considerado um projeto social pois envolve formação de recursos humanos, assistência, trabalho em equipe e interdisciplinaridade”, justifica a professora. No entanto, um problema apontado pela pesquisa é que pelo menos metade dos egressos não se dispõe a atuar na região. Entre outros motivos, está o fato de que são oriundos de municípios de outras regiões, para onde acabam voltando após a conclusão da graduação. A solução, conforme Giana, é atrelar o projeto do curso de Medicina à oferta de programas de residência médica e à qualificação de serviços de um hospital de ensino. “A implantação

do curso de Medicina em Santa Cruz do Sul, por exemplo, potencializou os serviços e a qualidade da saúde no município, atraindo profissionais e trazendo outros médicos especialistas para atuarem pelo SUS na região”, destaca a professora. “A Instituição tornou-se um hospital de ensino e atualmente oferece cinco residências médicas, com o objetivo de qualificar ainda mais os serviços oferecidos e, além disso, criar um vínculo destes profissionais com a região”, finaliza. Jô Nunes


Processo seletivo das residências médicas segue até dezembro A Comissão de Residência Médica (Coreme) do Hospital Santa Cruz abriu em agosto o processo seletivo para ingresso nos programas de residência médica a partir de março de 2016. São 16 vagas em cinco diferentes programas: Cirurgia Geral, Clínica Médica, Pediatria, Medicina da Família e Comunidade e Obstetrícia e Ginecologia. Os quatro primeiros têm duração de dois anos cada. Os residentes de Obstetrícia e Ginecologia precisam de mais 12 meses de aprendizado. A seleção se encerrará em dezembro e as atividades terão início no dia 1º de março de 2016. Conforme a coordenadora da Coreme/HSC, professora Cynthia Caetano, a Cirurgia Geral e a Clínica Médica sempre direcionam o maior número de interessados, o que é uma tendência em todo o Brasil. A primeira é

pré-requisito para os profissionais que desejem uma segunda especialização na área da cirurgia. “Desde 2010, quando as residências começaram a ser oferecidas, viramos uma referência em pós-graduação no País, pois passamos a fazer parte do grupo de hospitais que possuem especializações nas cinco principais áreas de atuação da Medicina”, explica Cynthia. Ela explica ainda que os residentes, mesmo sendo médicos formados, sempre são acompanhados por um preceptor – profissionais especialistas que orientam os selecionados. “Este período é para o aprofundamento dos residentes, tanto em conhecimento quanto em habilidades práticas", acrescenta a médica. "E esse acompanhamento do preceptor dá o suporte necessário para a tomada de decisão fren-

te a uma situação clínica, cirúrgica ou nas unidades básicas de saúde, por exemplo”. Os residentes passam por todos os setores, como cirurgia, ambulatório, emergência, plantões, centro cirúrgico, UTI e outros. Cynthia salienta ainda que as residências locais crescem com os contatos feitos pelos profissionais. “Participamos mensalmente da reunião da Comissão Estadual das Residências Médicas do Estado, no Cremers, em Porto Alegre, sempre engajados na melhora da formação.” A segunda etapa do processo seletivo, que inclui análise de currículo e arguição, entrevista e prova específica, ocorre entre os meses de novembro e dezembro. A divulgação do resultado da seleção será no dia 23 de dezembro e as matrículas de 4 a 7 de janeiro de 2016.

MANCHETE pág. 07


HSC realiza capacitações para equipes assistenciais da noite Fotos: Divulgação

O Hospital Santa Cruz realizou, entre os meses de julho e agosto, o 1º Encontro Interno de Enfermagem Noturna, promovido pela coordenação de enfermagem noturna em parceria com o Serviço de Educação Permanente e a gerência assistencial da Instituição. O evento incluiu diversos momentos de capacitações para os enfermeiros e técnicos de enfermagem do turno da noite, com o tema Desenvolvendo e aprimorando conhecimentos nas atividades internas da noite. O objetivo das atividades foi de promover, desenvolver e obter melhores conhecimentos entre os gestores, buscando assim uma melhor integração e comunicação na tentativa de despertar a motivação dos grupos e aprimorar atividades ligadas ao gerenciamento de enfermagem para qualificar e otimizar o atendimento assistencial. Os encontros foram quinzenais, nos horários de trabalho, onde os enfermeiros gestores noturnos apresentavam e discutiam assuntos como feedback, atribuições da equipe de

enfermagem e indicadores de gestão. No encerramento do evento foi desenvolvido uma atividade lúdica de integração e trabalho em equipe. Em breve outros projetos serão desenvolvidos com o objetivo de qualificar ainda mais a equipe de enfermagem noturna. Planejamento Estratégico Na primeira quinzena de julho também foi realizada a segunda reunião/capacitação aos técnicos de enfermagem noturnos. Os grupos foram organizados em diferentes datas e horários, reunindo um grande número de equipes participantes. Na ocasião os colaboradores foram capacitados com o tema Morte: preparação aos profissionais de enfermagem como parte da assistência, ministrado pela psicóloga clínica do HSC, Aline Badch Rosa. Os encontros foram proporcionados pelos enfermeiros gestores da noite, por meio da atividade de planejamento estratégico que tem como objetivo proporcionar momentos de capacitação

pág. 08 CAPACITAÇÃO

diretamente voltados ao trabalhador. A realização contou com o apoio do Serviço de Educa-

ção Permanente, da gerência assistencial e da coordenação de enfermagem noturna do Hospital.


A empresa de Fisioterapia Hospitalar CCGS realizou, no mês de julho, uma missão de pesquisa e um curso de atualização sobre fisioterapia no pré e pós operatório de cirurgia cardíaca, ministrados pela professora Renata Trimer, da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), São Paulo. A missão ocorreu nas dependências do Hospital Santa Cruz e integra o projeto Efeitos da reabilitação pulmonar sobre a capacidade cardiorrespiratória e funcional dos portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica, no município de Santa Cruz do Sul – RS, do Programa de Reabilitação Cardiorrespiratória desenvolvido na Instituição. A programação contou com a participação de todos os bolsistas de iniciação científica e professores do Grupo de Pesquisa Reabilitação em Saúde e suas Interfaces, do curso de Fisioterapia da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). A professora Renata Trimer possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Metodista de Piracicaba e especialização em Terapia Intensiva pelo HCFMUSP, além de mestrado

em Clínica Médica pela Universidade de São Paulo e doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia pela USFCar na área de fisioterapia cardiopulmonar. Ela também realizou estágio de doutorado sanduíche no laboratório de bioengenharia do Politecnico di Milano, na Itália, e desenvolve atualmente o curso de pós-doutorado na Ufscar, sob a supervisão da professora doutora Audrey Borghi e Silva. Possui experiência profissional na área de Fisioterapia Hospitalar, Terapia Intensiva, Reabili-

Luciano Pereira

Hospital Santa Cruz sedia missão de pesquisa e curso na área de fisioterapia

tação Pulmonar e Cardiovascular e Distúrbios Respiratórios do Sono, além de experiência docente em cursos de

graduação e de pós-graduação na área de fisioterapia cardiopulmonar, terapia intensiva e cardiologia.

Grupo do HSC e Unisc participa de Missão de Pesquisa em São Paulo O Hospital Santa Cruz e o curso de Fisioterapia da Unisc estiveram representados, de 5 a 10 de outubro, em uma Missão de Pesquisa realizada na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), no interior do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Pós-Graduação Strito Sensu em Fisioterapia daquela instituição. Participaram do evento a professora Andréa Lú-

cia Gonçalves da Silva e as bolsistas de iniciação científica Cassia da Luz Goulart e Paloma de Borba Scheneiders. Conforme a professora, o objetivo foi aprimorar as técnicas de investigação científica e participar de uma capacitação sobre novos equipamentos, conhecendo mais sobre os produtos de ponta na área de investigação da reabilitação cardiorrespiratória. ”Também levamos os resultados do nosso grupo de pesquisa para discussão junto aos pesquisadores de lá”, explica Andréa. O trabalho é desenvolvido pelo grupo de pesquisadores da área cardiorrespiratória da Unisc, composto pelos professores Dulciane Nunes Paiva, Dannuey Machado, Lisiane Carvalho e Eduardo

Garmatz, junto aos pacientes do Programa de Reabilitação Pulmonar do HSC. A Missão de Pesquisa faz parte do Programa Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS-2013) e a participação da professora e das bolsistas foi financiada pelo Ministério da Saúde e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs). “Estamos colhendo os resultados desta parceria com a Ufscar e neste ano fomos novamente consagrados com o Prêmio Destaque na Iniciação Científica, desta vez com o tema Frequência de sonolência diurna e apneia obstrutiva do sono em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca participantes de um programa de Reabilitação Cardiorrespiratória”, destaca a professora.

PESQUISA pág. 09


Luciano Pereira

Enxoval Solidário ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

No dia 1º de setembro o Hospital Santa Cruz recebeu da Zirkus Moda Infantil a doação de 600 peças de roupas e acessórios por meio do Projeto Enxoval Solidário. A casa de saúde faz uma triagem e repassa as doações para as famílias dos recém-nascidos que mais precisarem. A realização do Enxoval Solidário só é possível graças às doações das clientes da Zirkus. O projeto é permanente e, para participar da ação, basta levar até a Zirkus as roupas e peças de enxoval infantil que não usar mais e que estiverem bem conservadas. Na loja as peças são avaliadas e, somadas, terão o seu valor revertido em bônus especial para ser usado em compras. Divulgação

Residência Multiprofissional em Saúde ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Os residentes do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do HSC participaram, no dia 15 de agosto, da Feira de Saúde realizada juntamente com a inauguração da ESF Faxinal, em Santa Cruz do Sul. Os residentes participaram com atividades de educação em saúde em geral, prestando orientações sobre uso racional de medicamentos, campanha de vacinação, prática de atividades físicas, qualidade de vida na maturidade, alimentação saudável, diabetes e hipertensão. Luciano Pereira

Semana Nacional de Doação de Órgãos ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

A Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott) do Hospital Santa Cruz desenvolveu em setembro algumas atividades de divulgação e conscientização durante a Semana Nacional de Doação de Órgãos. Dia 25, durante os horários de visitas, foram distribuídos folhetos informativos e realizadas conversas com visitantes e familiares sobre a importância da doação. A ação ocorreu nas recepções da Emergência SUS e do Ambulatório de Convênios e Particulares. Divulgação / Aapecan

Solidariedade ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

pág. 10 COMUNIDADE EM FOCO

O HSC esteve presente na campanha de doação de medula óssea intitulada Você já pensou em ser um super-herói?, promovida pela Associação de Apoio a Pessoas com Câncer de Santa Cruz do Sul (Aapecan). O objetivo foi convocar pessoas para serem doadoras voluntárias de medula óssea e ajudar, num primeiro momento, a menina Franciele Vieira Pinto, de 9 anos. Participaram pelo HSC as enfermeiras Maria Antonieta Tonellotto Terres, Adália Pinheiro, Tatiane Vieira, Denise Nogueira e Caroline Martins, além da técnica em enfermagem Hianna Carvalho, que auxiliaram na coleta de medula óssea.


O estudo Perfil epidemiológico dos pacientes internados por infarto agudo do miocárdio (IAM) em hospital de referência em cardiologia do interior do Rio Grande do Sul, relação de custo e tempo de internação, desenvolvido no Hospital Santa Cruz, foi premiado no Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio Grande do Sul (Socergs), realizado de 6 a 8 de agosto em Gramado/RS. O estudo foi orientado pela professora Ana Paula Helfer Schneider, tendo como autores os residentes do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde (PRMS) Juliano Rodrigues Adolfo (Educação Física), Mariana Portela de Assis, Andrea Henes Wiesioek e Carlos Giovane Alves Acosta (Farmácia). Segundo os autores, foram avaliados o perfil e o tempo de internação de 60 pacientes admitidos por IAM, sendo verificado o custo que tais admissões representam para o SUS. O trabalho buscou identificar os motivos prévios de internação dos referidos pacientes, bem como sua relação com o sedentarismo, tabagismo, depressão e ansiedade, problemas circulatórios e/ou vasculares e problemas cardiovasculares, além da verificação do custo total mínimo hospitalar para o SUS

Luciano Pereira

Trabalho de residentes do HSC é premiado em congresso de cardiologia

e a média de internação no HSC. “Após a apresentação do trabalho, os avaliadores já haviam demonstrado grande interesse e identificação com a importância do tema”, destaca o residente Juliano Rodrigues Adolfo, que foi o responsável pela apresentação no Congresso. Ao final da avaliação, o trabalho foi premiado no encerramento do evento, con-

quistando o 3º lugar no Simpósio de Especialidades em Cardiologia. “Tal apresentação e premiação vem demonstrar o envolvimento e a atuação de excelência dos tutores e residentes do PRMS com a pesquisa no HSC”, avalia a professora Dulciane Paiva, coordenadora da Comissão de Residência Multiprofissional do Hospital.

HSC é representado em congresso de psicologia hospitalar em São Paulo UTI Neopediátrica e Unidade de Cuidados Intermediários e Desvelando significados sobre o conceito de má notícia. Apresentaram, ainda, um trabalho na modalidade oral, denominado MovimenDivulgação

A psicóloga clínica do HSC, Aline Badch Rosa, e as psicólogas residentes do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde da Instituição, Caroline Lau Koch, Francine Delavald Bottoni e Vanessa Monigueli Giehl, participaram, de 10 a 12 de setembro, do 10º Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar, realizado em São Paulo/SP. O evento teve como tema O tempo da vida e a vida do nosso tempo: repercussões na Psicologia Hospitalar e contou com palestrantes nacionais e internacionais. As profissionais do HSC expuseram dois trabalhos na modalidade pôster, denominados Auxiliando no desenvolvimento de pequenos heróis: relato de experiência da atuação do psicólogo na

tando a prática: caderno de registros como ferramenta à educação permanente em saúde. No evento elas também tiveram a oportunidade de conversar com a psicóloga Bellkiss Wilma Romano, diretora desde 1974 do Serviço de Psicologia do Instituto do Coração (Incor), doutora pela PUC/SP e livre docente em Psicologia Clínica pela USP. Bellkiss é uma das pioneiras da psicologia hospitalar no Brasil e, com cerca de 30 anos de atividades na área, implantou o primeiro curso sobre o assunto do país, na graduação da PUC/SP. Também redigiu a primeira tese de doutoramento e livre docência sobre o tema.

RESIDÊNCIAS pág. 11


O Hospital Santa Cruz realizou, de 14 a 18 de setembro, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho 2015 (Sipat 2015), com o tema Uma questão de postura. A abertura das atividades ocorreu no dia 14, juntamente com uma sessão de ginástica laboral, na sala de reuniões da casa de saúde. A Feira de Saúde que seria realizada no dia 19 de setembro, encerrando a semana, acabou sendo transferida para o dia 24 de outubro, na Praça Getúlio Vargas. Na tarde do dia 14, também na sala de reuniões, ocorreu uma palestra sobre postura frente ao uso das redes sociais, com a relações públicas Laura Nobre, da Assessoria de Comunicação e Marketing da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). No dia 15, turnos da manhã e noite, e na noite do dia 16, foi promovida uma oficina sobre cuidados que o profissional deve ter para evitar lesões posturais durante o manejo dos pacientes. No dia 16, pela manhã, teve ainda uma roda de conversa sobre postura ética. Já no dia 17 foram realizadas atividades da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott) e da Comissão Interna de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente (Cigersp). Na sexta-feira, dia 18, as ações foram voltadas para orientações de evacuação de área em caso de incêndio, com o Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Sul, e de segurança no trânsito, com o CFC Real.

pág. 12

Fotos: Priscila Midon

HSC promove Semana de Prevenção de Acidentes

Informativo Nº 19  

Informativo Nº 19 Edição Nº 19 do Informativo HSC - Julho/Setembro de 2015.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you